Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

177 resultado(s) encontrados.
  • Gravidez: saiba quais são os hábitos que toda gestante deve adotar

    Se você está vivendo uma gravidez, o post de hoje é para você. Nesta fase, o seu corpo está mudando completamente – tudo para se adequar às alterações que vão acontecer para gerar uma nova vida. É na gravidez que muitas sofrem com sintomas variados, enquanto vão aumentando de tamanho. No entanto, alguns destes sintomas podem ser revertidos através de uma alimentação específica que ainda vão garantir muita saúde para o bebê que está a caminho. Hábitos para adquirir durante a gravidez Hora de comer Mal estar como azia e enjoo é um sintoma muito presente no dia a dia de uma grávida, principalmente no primeiro trimestre. Porém, é possível reverter isso reduzindo o tamanho das refeições e tornando os intervalos entre elas mais curtos, como a cada duas horas. Ganhe peso de forma saudável Esqueça a preocupação com a forma, a prioridade é nutrir o bebê agora. Só que quem já tem o IMC elevado (acima de 30) deve se segurar um pouco com os desejos para não somar mais de 9 kg nos nove meses. Já as mulheres com 18% de gordura podem engordar até 18 kg de forma saudável: com verduras, frutas, integrais, hortaliças. Aliás, os nutrientes e vitaminas são mais importantes que as calorias. Invista em gorduras boas (abacate, coco, peixe) e arroz e feijão, que são ricos em aminoácidos. Hidrate-se Ao contrário do que muitas pensam, não é preciso beber litros de água, mas tenha em mente que durante a gestação, a hidratação evita infecção urinária, diminui o inchaço e melhora a circulação. Leia o que você come Quando evitamos industrializados, o nosso corpo funciona melhor e para as grávidas, isso é ideal. Em produtos assim, há uma quantidade muito grande de sódio, que acaba contribuindo para o inchaço. “Vitamine-se” Além do ácido fólico (importante para o desenvolvimento neural da criança), a futura mamãe deve reforçar o consumo de ferro – lembra que o volume sanguíneo aumenta? – e de cálcio, por causa da formação dos ossos do bebê. Converse com seu médico sobre o assunto porque a suplementação deve ser personalizada. Árvore de Fuxico – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Decoração X crianças em casa: saiba como decorar deixando tudo prático e seguro.

    Não tem nada melhor do que fazer a decoração do “nosso cantinho” e ir deixando ele cada vez mais confortável e aconchegante. A questão é que quando temos crianças em casa, precisamos adaptar algumas coisas para deixar o ambiente menos perigoso e cheio de bagunça. Pensando nisso, reunimos algumas dicas para você deixar a casa estilosa e ao mesmo tempo funcional. Ah, e aproveite para fazer essa reorganização com os pequenos junto! Decoração com os filhos Além do fator segurança e praticidade, é preciso também levar em consideração a personalidade de cada criança. Algumas são mais quietas e outras mais ativas. De uma forma geral, antes de mais nada é preciso pensar em móveis sem quinas, áreas de circulação amplas e pisos que facilitem a limpeza. Além disso, anote nossas dicas para facilitar a vida: Espaço A circulação da casa não pode ser muito estreita, por isso não encha o espaço com móveis e evite tapetes que escorregam com facilidade. Móveis Quando for escolher os móveis, dê preferência aos mobiliários multiusos, como sofás baú e nichos, que facilitam na hora de guardar objetos. Os móveis da casa devem ter altura padrão, mas os do quarto da criança devem ser de acordo com seu temanho. Paredes Evite texturas nas paredes, tanto internas quanto externas. Isso vai evitar que a criança se machuque ao passar por elas correndo. Pisos escorregadios Em áreas que ficam sempre molhadas, como banheiros, cozinhas e áreas de serviço, aposte em pisos antiderrapantes. Janelas É de extrema importância colocar redes de proteção nas janelas. Opte pelas cores preta e marrom, que são melhores que as brancas, tanto pela visibilidade quanto pelo aspecto de sujo quando ficam encardidas. Sofá O sofá é um dos móveis preferidos da garotada quando o assunto é brincar. Escolha sofás com tecidos especiais, que facilitam a limpeza. Esqueça os de aparência plastificada e prefira as opções de veludo, atoalhados e de camurça com tratamento especial usado na indústria náutica. Sofá Sanfona 8 Lugares – Crafta Comprar

    Leia Mais

  • Salada de quinoa com molho de limão, pimenta jalapeño e mel

    Esta salada reúne ingredientes perfeitos para um detox, além de acelerar o metabolismo. A pimenta acelera o metabolismo, o mel é rico em antioxidantes, o limão, rico em vitamina C, faz bem para o sistema imunológico. Além disso tudo, nesta salada temos a quinoa, grão que reúne uma grande quantidade de proteína e outros nutrientes. Prepare hoje mesmo e deixe seu jantar diferente e saudável! Receita de salada de quinoa com molho de limao, mel e jalapeño  Para a salada: 1 xícara de quinoa cozida e resfriada 2 xícaras de rúcula lavada ½ xícara de nozes cruas Para o molho: 4 dentes de alho, descascados ½ jalapeño, com sementes retiradas Suco de 1 limão 3 colheres de sopa de azeite 1 colher de chá de vinagre de maçã Colher de chá de sal 1 colher de sopa de mel Modo de fazer Em um pequeno processador de alimentos, misture todos os ingredientes do molho até ficar homogêneo. Reserve. Em uma panela, coloque as nozes para torrarem por cerca de 4-5 minutos em fogo médio, mexendo com frequência até que estejam levemente douradas. Fazer isso não só deixa as nozes mais saborosas, como também as deixa mais digestivas. Misture o molho com a quinoa, a rúcula e as nozes até que todos os ingredientes estejam embebidos. Aproveite esta salada deliciosa! 😉 Kit Colher de Café – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Tomadas pelo mundo: conheça as diferenças e previna-se

    Existem algumas coisas pequenas que fazem toda a diferença na vida, não é mesmo? Recarregar o celular ou a câmera fotográfica, por exemplo, são questões essenciais se você estiver viajando. Por isso, prestar atenção nas tomadas de cada lugar deve ser um item da sua lista. Mesmo que você leve um adaptador para um local específico, ele pode não servir em outros lugares. Paris, Londres e Berlim, por exemplo possuem diferença e isso atrapalha bastante se você está num mochilão pela Europa. Além deste problema, ainda é preciso levar em consideração as tensões de cada país. O ideal nestes casos é contar com utensílios do local de hospedagem ou ter um transformador de tensão portátil para evitar acidentes ou danos nos aparelhos. Mas como resolver a questão das tomadas diferentes? Para não ser pego de surpresa, providencie antecipadamente um adaptador de tomada que seja universal ou específico para o destino a ser visitado. Compre ainda no Brasil, onde será mais fácil de encontrar. Abaixo, listamos algumas tomadas e tensões para você preparar: 1) América do Sul: A maioria dos países adota 220 volts. A Colômbia e o Equador são as exceções, com 120V. 2) América do Norte: Os Estados Unidos, Canadá e México utilizam o mesmo padrão variável, de 110V a 127V. 3) Europa: Também segue padrão unificado, de 220V a 240V. 4) Oceania: As vizinhas Austrália e Nova Zelândia usam só 230V. 5) Ásia: O Japão adota 110V, enquanto China e Índia são 220V. 6) África: Na África do Sul, por exemplo, a voltagem é 220V, ou seja, compatível com aparelhos eletrônicos bivolts. Só é preciso comprar um adaptador de tomada. Dependendo do seu país de destino, veja abaixo qual adaptador será necessário: Tomadas pelo mundo Faça uma lista de pendências e de coisas que possam dar errado e curta bastante a sua viagem! 😉 Camas que escolhem Sonhos de Daniele Agostini Comprar

    Leia Mais

  • Equilíbrio emocional: plantando uma semente do bem

    Ultimamente, muito tem se falado sobre equilíbrio emocional. Tudo indica que, quando estamos de bem conosco, conseguimos conviver com as pessoas e com o mundo de maneira mais fluida e pacífica, plantando assim, uma semente do bem! Mas como atingir esse almejado equilíbrio? Cuidar das relações é essencial para o equilíbrio emocional A busca pela paz e pela energia positiva me parece ser a grande questão nos dias de hoje. Muitas pessoas acreditam que, estando em harmonia com a nossa mente, temos mais facilidade em resolver as situações do dia a dia, lidando melhor com as pessoas que nos cercam e também com as pessoas que temos contato ao longo da vida. Mas o que fazer quando, de repente, temos o nosso equilíbrio emocional é colocado à prova? Como interromper o fluxo de pensamentos e atitudes desencadeados por uma injustiça, pelo medo ou pela raiva? “Somos o que pensamos. Tudo o que somos surge com nossos pensamentos. Com nossos pensamentos, fazemos o nosso mundo. “ (Buda) Então, como buscar uma vida mais feliz e conviver melhor com as pessoas? Com essa preocupação em mente, Dalaï Lama, líder espiritual budista, ícone da paz e da compaixão, desenvolveu um site em conjunto com o pesquisador Paul Ekman. Nesse site as pessoas podem ser auxiliadas a reconhecer as emoções que as desequilibram e qual antídoto para as mesmas. Assista abaixo um vídeo do Dr. Ekman a respeito das emoções:   Precisamos também lembrar que toda mudança de hábitos demanda um trabalho minucioso e diário, para que seja efetiva. Analisar seus pensamentos e principalmente suas atitudes, é o ponto de partida para poder pensar no outro e no mundo. Somente  exercitando a tolerância, podemos tentar entender o ponto de vista de outra pessoa. Mesmo não concordando, respeitá-lo é essencial na busca pelo equilíbrio e pela paz, já que não estamos sozinhos neste mundo e nenhum de nós detém a verdade absoluta.  A partir do respeito construímos pontes e laços que fazem bem para cada indivíduo e para a sociedade em que vivemos. Plantar uma semente do bem começa dentro de cada um de nós, no exemplo que damos aos familiares, amigos e no nosso ambiente de trabalho. Que tal, hoje, fazer esse exercício? Será que você está contribuindo de alguma forma para o mundo com pensamentos e atitudes melhores? Beijos,         Colar Energia Aberta Bemglô Comprar

    Leia Mais

  • Valores pós-materialistas: entenda a nova forma de enxergar a vida

    Nos últimos tempos, vêm surgindo valores entre as pessoas que consistem em uma nova forma de enxergar a vida, começando pelo abandono da prática de consumo excessiva. Inglehart, na década de 1970, já tentava explicar que os valores políticos surgem das necessidades individuais durante o processo de socialização e com isso, surgiram os termos materialismo e pós-materialismo. Para ele, a preocupação com bens materiais e inseguranças econômicas fazia com que políticos priorizassem a força econômica e militar. Com esse foco, as pessoas passaram a correr contra o tempo, priorizando o trabalho e aumentando os níveis de estresse – o que é um caminho que sabemos que não pode ser considerado bom e indicado para ninguém em sã consciência. A chegada dos valores pós-materialistas Os novos valores pós-materialistas surgiram quando as pessoas começaram a experimentar uma vida social além da preocupação econômica. Os pós-materialistas começam então a valorizar ideias, os laços sociais, a autoestima e a igualdade de oportunidades. Na história da humanidade, sempre existiram fases onde as pessoas chegaram a extremos de comportamento, o que fez com que o momento logo depois desse fosse o oposto. A vida é cíclica e sempre estaremos voltando às origens, com uma nova abordagem e novos aprendizados. O mais importante é entender o que isso traz de benefícios e mudar aos poucos os nossos hábitos. Além disso, transmitir esses valores para a família e principalmente aos mais novos, que serão a próxima geração. Pensar na forma de consumo, entendendo o seu impacto tanto para o mundo quanto para nós mesmos, fará a diferença e dessa forma teremos um mundo mais saudável em todos os sentidos. Que tal aproveitar essa onda para rever suas atitudes e desacelerar o consumo devagar, até entender que o simples basta e faz muito feliz? Pratique o amor e viva, sempre querendo ser alguém melhor! Bolsa Transversal Natividade Amarelo – Rede Asta Comprar  

    Leia Mais

  • Dicas de culinária: O Amor e as Panelas

    O aconchego pede fogo. O amor é morno. As paixões pegam fogo. O fogo se manifesta com as pulsações do corpo. O fogo do corpo pode ser alimentado pelo calor de uma fogueira, de uma lareira, de velas acesas, mas sobretudo, o que não pode faltar: o fogão aceso e uma panela sobre ele.  Por isso, hoje as dicas de culinária estão repletas de amor! O amor remete ao cuidado e oferecer a comida a quem ama é um gesto nobre e espontâneo entre os humanos. Fazemos isto para festejar e perpetuar a vida na pessoa amada. Cuidar da alimentação significa cuidar da vida fornecendo nutrientes energéticos para que continuemos a pulsar por longo tempo. As panelas são ferramentas essenciais na hora de preparar os alimentos. Em muitas casas a qualidade do alimento comprado é excelente, mas isto não basta para uma refeição saudável. Quais as piores e as melhores panelas? Esta é uma pergunta frequente que me fazem no consultório. Respondo que as piores com certeza são as de alumínio e as revestidas por teflon, quando arranhadas. Mas, vamos lá quanto a descrição das panelas mais usadas no dia a dia da população. Confira as dicas de culinária de hoje: Dicas de culinária: as panelas mais usadas no dia a dia Panelas de vidro São resistentes e duráveis e não liberam nenhuma substância química para o alimento. São ideais para o preparo de molhos e sopas. São bonitas e nos permitem ver o andamento do cozimento devido a sua transparência. Ecologicamente são as melhores, pois são totalmente recicláveis. O inconveniente é que elas não conduzem tão bem o calor para o interior do alimento, que pode queimar mais rapidamente. Panelas de Cerâmica Adquirem uma superfície homogênea com aspecto vítreo que facilita a higiene do alimento e a limpeza após o seu uso. Demoram mais tempo para esquentarem e esfriam mais lentamente. São bonitas e por isso podem muito bem sair do fogão para a mesa, com a vantagem de manterem a comida quente por mais tempo. Na hora de comprá-las é importante reparar se têm certificação de que os corantes usados na sua vitrificação não tenham chumbo e nem cádmio, que são metais tóxicos que se desprendem durante o preparo dos alimentos. Panelas Esmaltadas ou de Ágata São indicadas desde que estejam íntegras, ou seja, não lascadas ou arranhadas. Também mantêm o calor por mais tempo e são mais indicadas para o cozimento e não para as frituras. São bonitas e decorativas. Quando houver algum dano no esmalte, jogue-a fora. Panelas Inox Duram por muito tempo, são pesadas, mantêm o calor do alimento preparado por um bom tempo. Não liberam substâncias tóxicas. Não devem ser raspadas com nenhum metal ou esponjas de aço. Ideal para cozimentos. Panelas de Ferro Indicadas para quem tem anemia e contra-indicadas para quem tem excesso de ferro no organismo, pois liberam este mineral durante o cozimento do alimento. São indicadas para vegetarianos e para mulheres que têm maior fluxo menstrual. São muito usadas no interior do Brasil e são tradicionais para a cozinha mineira. Quanto mais ácido o alimento maior a liberação de ferro durante o seu preparo. Panelas de barro Não liberam tóxicos e mantêm o aquecimento do alimento por mais tempo. São charmosas e decorativas para irem à mesa. Energeticamente, na panela de barro o elemento Terra (do barro) e o elemento Fogo (do fogão) se juntam, ajudando a criar um ambiente de equilíbrio ao alimento preparado. O único problema é em relação à higiene e a possibilidade de acumular bactérias quando não forem bem lavadas. Panelas Antiaderentes – Teflon Têm que estar absolutamente íntegras, sem ranhuras, pois são feitas do material chamado politetrafluoretileno, que é um plástico tóxico, teoricamente estável quando aquecido até 200 graus. De acordo com a Environmental Working Group, as panelas de teflon quando arranhadas ou lascadas, liberam substâncias tóxicas que entram em contato com o nosso organismo, permanecendo nele por longo tempo, provocando danos ao fígado, à tireoide e ao sistema imunológico. A degradação térmica destas panelas leva à liberação de substâncias tóxicas capazes de permanecer por longo tempo no ambiente. Não devem ser lavadas com escovas de aço ou raspadas com algum talher. Para sua limpeza use só água, esponja e detergente. Panelas de Alumínio São as mais usadas pela população, por serem as mais baratas. O alumínio, no entretanto, tem estreita relação com a maior incidência de Alzheimer, Parkinson e Hiperatividade infantil. Diversos fatores podem facilitar a liberação do alumínio da panela para o alimento preparado, entre eles são: a acidez e alcalinidade dos alimentos, a qualidade da liga de alumínio usada na sua fabricação, o desgaste da panela que ocorre com o tempo, o tempo de duração do cozimento, o sal e o açúcar presentes na receita. Molho de tomate e o café, durante seu preparo, são mais susceptíveis à liberação do alumínio da panela para o alimento.   Para completar as dicas de culinária, tenha em mente que todas as panelas devem ser lavadas somente com esponja, sabão ou detergente neutro. Não devem ser raspadas com esponjas de aço e nem com talheres.   Conjunto Jogo Americano Fuxico – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Cookies integrais de chocolate 70% e frutas vermelhas

    Ter cartas na manga quando se pretende melhorar a alimentação é a melhor dica que damos. Por isso, buscar receitas e novidades mais leves, orgânicas e ricas em nutrientes faz parte da nossa rotina. Hoje, a gente te ensina a preparar cookies integrais, cheios de fibras e pra lá de deliciosos – perfeitos para sua festa junina ser um sucesso! 😉 Receita de cookies integrais de chocolate 70% e frutas vermelhas INGREDIENTES 1 xícara de farinha de trigo ½ xí­cara de farinha de trigo integral 1 xícara de açúcar de coco 1 xícara de aveia em flocos 3/4 xícara de óleo de coco 1/2 xícara de sementes (pode ser chia e linhaça) 2 ovos 1 colher de fermento em pó 1 colher de essência de baunilha 1 barra de chocolate 70% cacau picada 1 xícara de frutas vermelhas secas a gosto MODO DE FAZER Para começar, você vai bater os ovos mais o óleo de coco na batedeira por mais ou menos 3 minutos. Importante: o óleo de coco precisa estar líquido. Se ele tiver sólido, é só colocar por 1 minuto no micro-ondas que o óleo derrete e fica líquido de novo. Enquanto os líquidos batem na batedeira, coloque em outro recipiente todos os ingredientes secos. Depois, despeje o líquido e misture. A massa vai ficar meio molenga, mas não se preocupe: o segredo é deixar 30 minutos na geladeira, para que ganhe consistência. Passados os 30 minutos, faça bolinhas e “amasse” para chegar no formato redondinho ou abra no rolo e corte com um cortador para ficar em um formato bonitinho. Cubra a assadeira com papel manteiga e distribua os cookies, de preferência, com um bom espaço entre eles. Se quiser, deixe uma quantidade extra de chocolate para salpicar por cima. No forno pré-aquecido, deixe assar por entre 7 e 10 minutos (no máximo!). Quando terminar de assar, tire do forno, espere esfriar e… pronto. Distribua em um recipiente e sirva! \o/ Kit Petisqueira Trançada – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Museu do Amanhã: confira a exposição “Inovanças – Criações à Brasileira”

    Para quem ainda não conhece o Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro, pode aproveitar para conferir a exposição “Inovanças – Criações à Brasileira”. Este Museu, que já é uma obra de arte pela sua arquitetura, é um museu de ciências diferente. A proposta é que seja um ambiente de ideias, explorações e perguntas sobre a época de grandes mudanças em que vivemos – por isso o nome. Sempre com mostras tecnológicas, o museu abre as portas para um mundo de inovação e criatividade que vai agradar toda a família. As 40 inovações de talentos brasileiros ficam disponíveis para visitação até 22 de outubro deste ano, sempre de terça a domingo, das 10h às 18h. Museu do Amanhã: sobre a mostra “Inovanças” convida o visitante a mergulhar em mundo de criações de artistas do Brasil todo, inclusive alguns pouco conhecidos. São 40 inovações que vão desde o high ao low tech destacando as tecnologias sociais. Tais invenções são apresentadas em vídeos, com declarações de seus criadores, além da exposição de objetos. A exposição foi idealizada sem paredes para contribuir com o clima de fluidez do processo criativo e passar a mensagem de que não existem barreiras ou limites ao conhecimento. Esta escolha foi baseada no filme “Dogville”, de Lars von Trier. Para visitar, compre o ingresso antecipadamente no site que custa R$20,00. Às terças-feiras a entrada no museu é livre para todos, com retirada diretamente na bilheteria. Boa exposição! Reprodução Coração 1 de Thamy Albrecht Comprar

    Leia Mais

  • Responsabilidade ambiental no camping

    Acampar é tudo de Bemglô, mas é preciso atenção e responsabilidade com a natureza. Por isso, reunimos algumas dicas hoje para você curtir esse momento maravilhoso sem agredir o meio ambiente. Na maioria das vezes, o camping é praticado justamente pelo prazer do contato com o verde e a paz de estar longe do caos da cidade. Outras, o camping surge como uma forma de economizar. Seja lá qual for, saiba que é possível pegar a barraca, a mochila e todos os itens necessários para um acampamento e ainda ser sustentável. Como acampar com responsabilidade ambiental Antes de mais nada, comece pela escolha do local. Prefira sempre lugares onde outras pessoas já ficaram antes, evitando mais estragos na natureza ao redor. Ah, e prefira ficar perto de fontes de água, assim você pode gastar menos ao não acumular galões e garrafas de plástico. Na hora de comer, prefira um fogareiro. Se for usar uma fogueira, opte por colher madeiras soltas disponíveis no local, evitando extrair da vegetação viva do lugar que você estiver. Mantenha o fogo controlado e quando acabar apague-o completamente. Quanto ao banheiro, se não tiver um no camping, escolha uma área longe da fonte de água. O jeito mais certo de “usar o banheiro” na natureza é cavando um buraco de 15 cm e depois cobrindo com terra. Na hora do banho, não use sabonete e xampu em rios e lagos. No último dia, junte o lixo produzido e descarte corretamente. Caso não encontre uma opção por perto, leve junto com você até encontrar uma lixeira. Uma dica boa é levar a menor quantidade de lixo possível, o que significa deixar em casa embalagens e itens que não sejam essenciais. Bom senso e consciência são itens essenciais que servem para a vida! Boa viagem, bom camping e boa relação com a natureza! 😉 Repelente de Neem (200 ML) – Uso Humano Comprar

    Leia Mais

  • Economia colaborativa criando laços

    Em geral, vejo novos produtos e serviços que surgem de forma positiva, especialmente os que se pautam no conceito de sustentabilidade. De todas as formas, a publicidade nos faz crer que precisamos de determinadas coisas para sermos felizes, completos e bem-sucedidos. A economia colaborativa, ao contrário, mostra que podemos viver nossas vidas, sem precisar adquirir mais, o que impacta na nossa maneira de nos relacionar com as pessoas, no nosso bolso e na sustentabilidade do planeta. A economia colaborativa se pauta na união de três fatores de sucesso que a fazem tão atrativa para empresas e pessoas: social, que dá enfoque para a sustentabilidade; econômico, que estimula a geração de renda; e tecnológico que facilita toda a logística de um negócio ou local. Um ótimo exemplo disso são os locávoros – pessoas que preferem consumir alimentos de origem local, contribuindo para a economia de sua região. Essa pequena atitude fortalece os laços pessoais e ainda contribui para o crescimento econômico de toda uma comunidade. A tecnologia, que em um determinado momento nos afastou, agora nos coloca próximos, nos oferecendo informação, nos unindo como se vivêssemos em uma vila, porém com laços que acontecem em escala global. Nossos valores também mudaram ao entendermos que são pessoas de verdade que consumirão os produtos/serviços e que as marcas precisam ter mais responsabilidade com isso. Temos que ter atenção para não adquirirmos produtos/serviços que sejam frutos de práticas abusivas ou disfarçados de boas práticas. Isso torna a experiência ainda mais responsável e contribui para a economia como um todo. A Rede Asta, já mencionada aqui na Bemglô, é um novo segmento na relação de interatividade e economia colaborativa: é um negócio social. Nesse formato existem ganhos para o negócio, mas sem “achatar” os fornecedores, contrariando a lógica capitalista. Nos produtos da Rede Asta, sempre quem ganha mais são os artesãs e artesãos. Hoje em dia, as pessoas estão preferindo manter essa relação na forma de viver, no que compram e até no que comem. Eu acho isso fantástico! Relações humanas: o grande motor da economia colaborativa Outra forma interessante de economia colaborativa que descobri recentemente são os empréstimos sociais, onde pessoas se juntam, sem intermediário financeiro ou varejista, para fornecer entre si empréstimos sem taxa de juros ou com juros muito abaixo do praticado no mercado. Isso faz o dinheiro circular, os pequenos negócios locais crescerem e o que me deixou mais confiante: a taxa de inadimplência é muitíssimo baixa, ou seja, é muito bom ainda poder acreditar nas pessoas. Procure conhecer essas novas formulações de modelos econômicos, algum deles pode encaixar com seu estilo de vida! Eu sempre procuro consumir serviços e produtos em que acredito e confio na ideia, e que de alguma maneira contribuam para um bom funcionamento do nosso planeta. Também é muito bom saber que a maioria das pessoas começa a se interessar pela economia colaborativa, buscando empresas, serviços e pessoas que tenham o pensamento em comum, que ofereçam produtos e serviços que contribuam para um mundo melhor, fortalecendo a interação das pessoas. Pratique uma relação mais saudável com o seu próximo, será ótimo para todos! Beijos,       Colar Alma Lusidia – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Saúde e sustentabilidade: seja um Locávoro!

    Você já ouviu falar no termo “locávoros”? Este termo é um neologismo baseado em palavras como “herbívoros” e “carnívoros” e serve para designar pessoas que dão preferência aos produtos de sua região – que faz muito bem para a saúde e para o mundo. Segundo alguns ambientalistas pelo mundo, o melhor lema para quem se preocupa com o meio ambiente é “think globaly, act locally” (pense globalmente, aja localmente). Dessa forma, quando pensamos em mudar o que está bem do nosso lado, acaba fazendo uma diferença enorme sem precisar ir muito longe. Imagina se todos resolvem fazer isso? O impacto dos locávoros na saúde e no meio ambiente Procurando buscar comer de uma forma mais sustentável, algumas pessoas começaram a perceber que o consumo local traz uma série de benefícios. Os hábitos dos locávoros são definidos por um raio de quilometragem. Qualquer alimento cultivado dentro dessa demarcação pode ser consumido. Além disso, os adeptos procuram se alimentar de produtos que utilizem embalagens biodegradáveis e tenham a “etiqueta ambiental”. Quando consumimos produtos das proximidades, a poluição emitida pelos veículos no transporte das mercadorias é reduzida, assim como também as perdas decorrentes da degradação dos alimentos no processo. O hábito de comprar produtos em pequenas quitandas, feiras e estabelecimentos locais também ajuda a reduzir o consumo de embalagens plásticas, pois dessa forma fica mais prático o hábito de levar Ecobags ou carrinhos de feira para as compras. Sabendo de todos esses benefícios, que tal começar a se tornar um locávoro também? Evite embalagens e frequente a feira! Sua saúde e o meio ambiente agradecem. Kit Petisqueira Trançada – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Exercícios em casal: amor e saúde são tudo de Bemglô!

    O amor ultrapassa barreiras. Alguns poderiam dizer que esta é uma frase clichê, mas se analisarmos atentamente nossas conquistas, perceberemos que tudo aquilo que realizamos com dedicação e disposição é efetivamente mais produtivo. E que maneira melhor de superar obstáculos senão ao lado do seu amor? Exercícios em casal são ótimas escolhas para melhorar a saúde e o bom humor! Quando o casal treina junto há menos chances de desistências e deslizes, pois há o incentivo do outro. A parceria também estimula a cumplicidade entre os dois, além de ser uma maneira de passar mais tempo em contato (inclusive em um Dia dos Namorados que caia durante a semana!). A prática esportiva é um ótimo instrumento para fortalecer a autoestima individual e da dupla. Dessa forma o casal se torna mais confiante com o próprio corpo e com a relação, sem cobranças por resultados e sim apoio nos obstáculos a serem ultrapassados. Dicas de exercícios em casal O primeiro passo para que os exercícios em casal deem certo é escolher modalidades que agradem aos dois. Pode ser corrida, musculação ou exercícios de HIIT (High Intensity Interval Training ou Treinamento Intervalado de Alta Intensidade). Estabeleçam um horário bom para o casal, para que o treino não vire mais um fator de estresse na agenda e mãos à obra! Reunimos algumas dicas do preparador físico Vinícius Possebon que podem ajudar a começar essa nova rotina de praticar exercícios em casal. Agachamento de mãos dadas Segurando as mãos do seu par, desça até formar um ângulo de 90 graus com as pernas. Inspire pelo nariz, quando descer, e expire pela boca, ao subir. Tome cuidado para não deixar os joelhos muito à frente dos pés, eles devem ficar retos. E o quadril deve ir bem para trás, para os joelhos não saírem da posição. Abdominal batendo as mãos Com os pés apoiados no chão, deite de costas e suba o tronco com as mãos para frente, para encontrar com as mãos do seu par. Tome cuidado para não deixar o pescoço apoiado do tórax e não forçar a região. Agachamento com apoio Para quem for agachar: segure os pés do seu par e desça até formar um ângulo de 90 graus com as pernas, assim como fez anteriormente com o agachamento de mãos dadas. Para quem for fazer flexão: apoie as mãos na altura dos ombros e deixe ser segurado pelos pés pelo seu par. Quando a pessoa agachar, você flexiona junto.   Cada exercício precisa ser feito por 20 segundos. Descanse 10 segundos. Repita a série por mais 5 vezes. Lembre-se de sempre trocar as críticas por elogios durante os exercícios em casal. Isso vai motivar seu parceiro, melhorar o entendimento entre vocês e, é claro, favorecer o treino! Aproveitem para suar a camisa! Camiseta Feminina Eu Curti, Bacana Bemglô Comprar

    Leia Mais

  • Manchas na pele: como driblar este problema de uma forma menos nociva

    Existe uma substância muito utilizada no combate às manchas de pele, chamada hidroquinona, ela é proibida na Europa e possui restrições nos Estados Unidos, pois é nociva e causa irritações na pele. Pensando nisso, a gente trouxe algumas possíveis substituições para você tratar esse problema chato de um jeito mais natural. Depois de muito sol tomado, seja pegando praia ou andando na rua mesmo, dá para notar bem de perto algumas manchinhas que vão surgindo pelo rosto. Até pouco tempo, era comum ir ao dermatologista e ouvir dele a recomendação do uso constante de filtro solar aliado ao tratamento com hidroquinona, substância poderosa no clareamento da pele. O problema é que esta substância causa irritação e além disso, se utilizada em altas concentrações, pode originar dermatites de contato e outros problemas mais graves de pele. Felizmente, podemos contar com outras soluções: Manchas, sol e idade: drible este problema Peeling Pode ser uma ótima solução para melhorar o tom da pele, se o procedimento for usado em conjunto com os produtos certos em casa. Isso porque o peeling ajuda a promover a renovação celular, com a troca e a descamação das camadas superficiais da pele. Ácidos Esta opção é uma boa escolha porque contribui na esfoliação da pele ao eliminar manchas de todos os tipos, das mais leves às mais profundas. O ácido kójico, por exemplo, age inibindo a tirosinase, uma enzima que transforma o aminoácido tirosina em melanina. Outra opção é o ácido azeláico – encontrado naturalmente no trigo, na cevada, no centeio e que também pode ser obtido por meio da oxidação do óleo da planta mamona. A substância é usada principalmente no tratamento contra a acne, mas também é indicada para clarear manchas na pele, por atuar nas células que produzem a melanina. Extrato de alcaçuz Proveniente da raiz da planta alcaçuz, a substância é capaz de inibir a ação da tirosinase (enzima que permite a produção de melanina), reduzindo a pigmentação e a vermelhidão provocadas pela exposição aos raios ultravioleta B (UVB).Também possui ação anti-inflamatória na pele. Vitaminas que trabalham contra as manchas Vitamina C Os dermatologistas chamam a vitamina C de ácido ascórbico. Esta substância inibe a produção de melanina (pigmento responsável pelas manchas acastanhadas na pele), porém de uma forma menos eficaz que outros agentes. A solução é utilizar a vitamina C associada a algum outro agente clareador para aumentar a eficácia. Retinol e retinoides Derivados da vitamina A, eles melhoram a superfície da pele porque “ajudam a dispersar os grãos de melanina, ficando mais fácil de retirar o pigmento escuro”, afirma Claudio Wulkan, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e do Hospital Albert Einstein. Além disso, os dois estimulam a produção de colágeno deixando o rosto mais firme, além de controlar a oleosidade e prevenir acne. Utilize à noite, pois apresentam grande sensibilidade à luz solar. Lembre-se sempre também do protetor solar, que é a melhor maneira de prevenir futuras manchinhas e envelhecimento. 😉 Emulsão Suavizante Para as Mãos Bemglô 30g – Avatim Comprar

    Leia Mais

  • Dança, teatro e emoção: saiba mais sobre Pina Bausch

    Como neste mês nosso foco são as relações humanas e afetivas, resolvemos trazer alguns artistas que trabalham esta temática também em suas obras. Pina Bausch é uma coreógrafa conhecida pelas suas obras de dança com elementos teatrais que impactam pessoas pelo mundo todo. Pina Bausch, cujo nome verdadeiro é Phillipine, é uma mulher incansável, magnética e determinada. De personalidade introvertida, conversa pouco, mantém o semblante compenetrado em suas entrevistas e tem sempre entre seus longos dedos, um cigarro, seu grande vício. “Amo dançar porque sempre tive medo de falar”, disse ela, em uma entrevista. A expressão “Dança -Teatro” ( “Tanztheater”, em alemão) tem como definição mais universal “a união genuína da dança com alguns elementos do teatro, criando uma nova e única forma de arte, na qual a maior referência é a realidade humana.” Tal termo já havia sido utilizado na Alemanha, entre 1910 e 1920, por membros do movimento Expressionista. Estes membros pretendiam distanciar a dança contemporânea do balé clássico, por isso esse foco na representação. A dança com teatro de Pina Bauscher Este estilo de dança mantém sempre a mesma essência de basear-se no elemento humano, procurando ser uma arte com um maior papel pessoal que prioriza a sensibilização e reflexão do público. Numa performance que combina: dança, canto, diálogos, uso de personagens, cenários e figurinos; situações específicas como: medos, tristezas e outros conflitos humanos são apresentados com um propósito; unidos a todos estes outros elementos, como um amálgama. Os trabalhos de Pina Bausch, que já foram apresentados no mundo inteiro, deslumbram e emocionam plateias por onde passam. Seu trabalho marcante originou inúmeras pesquisas, livros, fotos, documentários, dissertações e até filmes. Pina Bausch faleceu em 30 de junho de 2009, mas deixou uma herança de beleza, sentimento e trabalho cheio de dedicação para o mundo. Para saber mais, acesse http://www.pina-bausch.de/en/pina_bausch/ Camas que escolhem Sonhos de Daniele Agostini Comprar

    Leia Mais

  • Suco funcional para a família: conheça a Dr. Smood em sua próxima viagem

    De uns anos para cá a preocupação com uma boa alimentação, a saúde e o bem estar aumentou bastante e vem transformando o mercado do mundo inteiro. Recentemente em uma viagem com a família, Gloria Pires conheceu um destes lugares modernos que se preocupam antes de tudo com uma boa alimentação e teve ótimas experiências. O lugar se chama Dr. Smood – uma casa de suco funcional cheia de personalidade e boas ideias! O nome faz uma brincadeira com a palavra “mood”, que significa humor em Inglês e reflete bem o conceito-base da casa. Cada suco possui um objetivo, que na verdade, é o resultado percebido em seu organismo pelo consumo dos respectivos ingredientes. Comer bem vai muito além do que pensamos. Aquilo que comemos pode fazer mal ou um bem danado. Quando nos preocupamos com uma alimentação mais orgânica e natural, por exemplo, estamos fazendo uma limpeza no organismo, o que resulta em consequências que vão desde uma pele melhor até uma excelente noite de sono. Suco funcional: garantindo uma vida mais saudável Segundo o especialista da Dr. Smood, Dr. Etti (Ph.D), “ao dar aos nossos corpos e órgãos um bom tempo de descanso para reabastecer-se, a nossa pele, o maior órgão do corpo, torna-se radiante e mais suave. Conseguimos recuperar aquele brilho que tínhamos quando crianças. Começamos o “Processo de Rejuvenescimento”. Seu corpo vai “digerir” toxinas e eliminar elas junto aos resíduos corporais. Esse processo fisiológico é chamado de autólise. Assim você se livra do peso dos resíduos. É um processo de purificação dos retos de substâncias ruins acumuladas ao longo de muitos anos comendo alimentos não saudáveis.”. Logo, quando fazemos trocas alimentícias inteligentes, livramos nosso organismo de resíduos acumulados, que só fazem mal ao corpo. Por isso perdemos peso com mais facilidade e nos tornamos pessoas mais felizes. Na Dr. Smood é possível ainda escolher um programa específico. Seja para conseguir mais energia, emagrecer ou simplesmente, alimentar-se melhor, basta escolher e conferir qual é a melhor combinação de suco funcional. Genial, né? Se pararmos para pensar, ingerir um alimento só por que temos em mente seu valor nutricional é algo que só faz sentido para quem entende a função real de cada vitamina ou substância. Nós até procuramos saber, ouvimos os médicos e possuímos entendimento básico. Porém, no dia a dia, certas coisas caem no esquecimento e saber que estamos ingerindo algo para obter resultados como “imunidade”, “energia” e “beleza” faz mais sentido e nos estimula. Somos seres visuais e se usarmos táticas de preparo de alimentos que os tornem mais atraentes, coloridos e com ideias bacanas associadas, o mundo torna-se mais simples e ganhamos muito mais qualidade de vida com isso. Que tal conhecer a Dr. Smood em sua próxima viagem e ter novas experiências saudáveis? Almofada Redonda Fuxicão – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Amizade é algo para se cuidar!

    A amizade nada mais é do que um sentimento de zelo, afeição e simpatia que construímos com o outro, de maneiras surpreendentes. Essa construção pode acontecer de forma simples e natural, ou com atritos e choques. Sim, a verdade é que a química da amizade muitas vezes é difícil de ser explicada. Outro dia li uma notícia que me chamou a atenção: no Japão há uma agência onde se alugam amigos! A princípio achei que era uma piada, ou algum duplo sentido, mas, lendo a matéria, vi que existe mesmo uma agência para esse serviço. Fiquei pensando que a amizade realmente é um “serviço” fundamental! Ter um amigo é muito mais do que ter alguém com quem se pode usufruir de momentos agradáveis da vida – é também uma delicada aprendizagem. Essa relação que um amigo tem com o outro é um poderoso motor para se viver uma vida mais feliz. Todos nós precisamos de um ombro amigo para dividirmos alegrias e tristezas e nos aconselhar nos momentos mais difíceis. Para mim, a amizade é fundamental e necessária em todas as fases da vida. Com quem aprendemos a compartilhar? Com quem dividimos nossos medos e inseguranças? Com quem realmente podemos contar, quando a vida nos surpreende, nos tirando de nossa zona de conforto e nos fazendo refletir sobre nossas escolhas? “A felicidade de um amigo deleita-nos. Enriquece-nos. Não nos tira nada. Caso a amizade sofra com isso, é porque não existe.” Jean Cocteau. Concordo plenamente com o sentimento que o filósofo francês imprime à amizade: quando gostamos de alguém e sentimos que essa pessoa, além de tudo, faz a diferença em nossa vida, devemos cuidar dessa relação para que ela sempre floresça. Amizade: não esqueça de quem está ao seu lado! Com o advento da internet, as relações de amizade se modificaram bastante ou, pelo menos, a maneira como se encara a amizade. Ir até a casa de um amigo, fosse para contar novidades ou somente para desabafar era uma atividade corriqueira. Hoje em dia, por conta da correria e da praticidade da internet, nos contentamos em fazer uma ligação, mandar uma foto ou mensagem de áudio para quem amamos. E mesmo o que antes era resultado de alguma convivência, a amizade passou a acontecer entre pessoas que nunca se encontraram, fisicamente. Procuro ter uma relação de proximidade com meus amigos, quase sempre nos reunimos lá em casa. Também adoro dar uma escapadinha e passar para um cafezinho com eles. Tenho poucos amigos, mas o suporte emocional que eles dão me fortalece muito. Está aí a qualidade mais interessante da amizade: o apoio e o cuidado de um amigo, que faz toda a diferença na vida! Muitas vezes, não basta ter alguém que aceite a sua dor passivamente. Muitas vezes, o amigo te sacode e, assim, te coloca de pé. A amizade precisa de atenção. Cultive-a, cuide dos galhos que estão enfraquecidos e nutra com amor e energia aqueles que estão crescendo! Beijos,       Colar Energia Aberta Bemglô     Comprar

    Leia Mais

  • Dicas de beleza: hábitos que não podem faltar!

    Cuidar do cabelo, do rosto e do corpo é tão importante quanto escovar os dentes. Essa rotina deve existir na vida de todos para garantir a prevenção de problemas futuros, como o envelhecimento precoce. Hoje, selecionamos algumas dicas de beleza muito importantes e geniais para você incluir em seu dia a dia e garantir o cuidado que você merece! Algumas dicas de beleza para inserir na rotina Tirar a maquiagem Apesar do cansaço, é de extrema importância que você retire a maquiagem no fim do dia. Tenha sempre por perto aqueles lenços demaquilantes, pois eles facilitam o processo e não deixam a pele oleosa. Esfoliação Esfoliar a pele remove as células mortas e deixa a pele livre de cravos e espinhas. Apenas lembre-se de escolher um esfoliante para o corpo e para o rosto. Invista em hidratações caseiras Ingredientes naturais fazem bem tanto na alimentação quanto em tratamentos. O óleo de coco, por exemplo, é poderoso e dá para usar de várias formas. A dica mais simples é aplicar o óleo puro em todo o comprimento do cabelo e deixar agir alguns minutinhos. Unhas Cuidar das unhas é super importante e não é só de pintar e tirar a cutícula que estamos falando. O ideal é utilizar produtos fortalecedores e hidratantes, aplicando um dia sim e um dia não. Ficar sem maquiagem Desencane e fique um tempo sem maquiagem. Sua pele agradece e descansa e quando você resolver maquiar, verá a diferença! 😉 Se você não consegue de forma alguma ficar sem, invista em bb creams, bases leves e blushes naturais. Passe protetor solar Não importa a estação ou idade, o protetor solar evita o envelhecimento precoce e ainda potencializa a hidaratação. Não esprema espinhas Apesar da sensação horrível de ter espinhas, espremer só piora tudo. Aposte em produtos secativos que aliviam o inchaço e ajudam a sumir a espinha. Aproveite as nossas dicas de beleza e fique ainda mais linda e saudável! 😉 Batom Líquido Matte Bemglô Comprar

    Leia Mais

  • Churros assado com calda de alfarroba

    Se tem uma coisa que a maioria das pessoas ama no mundo dos doces, essa coisa é o churros. Crocante por fora, macio por dentro e cheio de recheio. Uma delícia, não é? Pensando nele, a gente encontrou uma receita do bem, onde você poderá matar a vontade dessa delícia sem culpa, pois além dos ingredientes melhores, esse churros é assado e não frito – perfeito para as festas juninas que vêm por aí! 😉 Além desta característica, sugerimos a calda feita com alfarroba – substituto maravilhoso para o chocolate. Anote aí: Receita de churros assado com calda de alfarroba INGREDIENTES 300 ml de água 1 colher de sopa de óleo de coco (pode ser margarina ou outro óleo vegetal) 1 pitada de sal 1 colher de chá de essência de baunilha 2 colheres de sopa de açúcar de coco (pode ser mascavo ou demerara) 1 xícara de farinha de arroz (pode ser farinha de trigo) 1 ovo Canela em pó para polvilhar MODO DE PREPARO Coloque em uma panela a água, o óleo de coco, o açúcar, o sal e a essência de baunilha, misture e espere ferver. Desligue e misture aos poucos a farinha até virar um creme. Acrescente um ovo ligeiramente batido à mistura. Depois, coloque a mistura em um saco de confeiteiro com bico pitanga. Forre a assadeira com papel manteiga e faça os “churros” com o saco de confeiteiro, pressionando-o. Coloque no forno pré-aquecido por cerca de 20-25 minutos. Depois de assado, polvilhe com canela. Para acompanhar, use creme de alfarroba com avelã ou derreta uma barra de chocolate 70% cacau (que é bem mais saudável do que ao leite). Faça hoje mesmo e delicie-se! 😉 Conjunto Jogo Americano Fuxico – Rede Asta Comprar    

    Leia Mais

  • Projeto do Orelhão e a artista Chu Ming Silveira

    Nascida em Xangai, em 4 de abril de 1941, Chu Ming Silveira foi a criadora responsável pelo projeto do famoso “Orelhão”. Filha de Chu Chen e Shui Young Queen, foi a segunda de quatro filhos. Seu pai, Chu Chen, era engenheiro civil e durante a guerra serviu às forças armadas nacionalistas de Chiang Kai-Shek. Com a vitória dos comunistas em 1949, a violenta perseguição e repressão aos opositores levaram-no a mudar-se com a família para Hong Kong, onde permaneceram por quatro anos. Após esta fase, a família de Chu Ming mudou-se para a América, embarcados em uma viagem de navio que durou três meses. Apesar de terem chegado no Rio de Janeiro, a família instalou-se em São Paulo, no bairro de Pinheiros. Chu Ming estudou Arquitetura na Universidade Mackenzie, em São Paulo, formando-se arquiteta em 1964. Em 1968, casou-se com o engenheiro paulista Clóvis Silveira. O primeiro filho, Djan, nasceu em abril de 1971. Alan nasceu em outubro de 1976. O trabalho de Chu Ming, incluindo seu carro-chefe: o projeto do famoso Orelhão Dentre as características de seu trabalho em São Paulo, destacam-se a simplicidade e o respeito às forças da natureza nos projetos residenciais no litoral paulista. O “Orelhão”, desenvolvido pela arquiteta, foi um projeto que exigia uma solução em termos de design e acústica para protetores de telefones públicos. Além disso, era preciso que o projeto apresentasse uma relação de custo-desempenho vantajosa. Chu Ming inspirou-se na forma do ovo para propor uma estrutura forte, leve, resistente ao sol e à chuva, barata, e com um bom desempenho acústico. Isso porque a maior parte do ruído externo era refletido pela forma, enquanto que os sons produzidos internamente convergiam para o centro do raio de curvatura, localizado logo abaixo do ouvido do usuário médio, minimizando a interferência na comunicação. O projeto de Chu Ming teve reconhecimento expressivo na mídia popularizando-se no Brasil e sendo, inclusive, exportado para países como Peru, Colômbia, Paraguai e até mesmo Angola e China. Chu Ming faleceu em 1997 e faria 76 anos no dia 04 de abril de 2017. Seus filhos mantêm o acervo sobre o projeto no site orelhao.arq.br/ Carteiro Bordada Margarita Preta – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Canadá: saiba por que este lugar é perfeito para passear ou morar!

    De uns tempos para cá, o Canadá tem se tornado destino de muita gente: tanto de quem vai para ficar uns tempos, tanto para quem resolve ir de vez. Além da facilidade de entrada no país, o Canadá reúne diversas culturas, além de ser rico em belezas naturais. Se você pretende estudar ou trabalhar fora do Brasil, mas não sabe ainda para onde ir, vale conferir nossas dicas e acrescentar este país lindo em sua lista! Motivos para ir ao Canadá e se encantar Natureza e beleza Inverno e verão, não importa. Em qualquer estação você consegue curtir paisagens lindas, lagos, pontes, montanhas, mares e parques. O visual se difere um pouco daqui e por isso, surpreende qualquer turista. Duas características marcantes do Canadá são a neve e os inúmeros lagos espalhados por todo o território. Para começar sua lista de passeios, vá até o Niagara Falls. As cataratas ficam a 130KM da cidade de Toronto e é um dos destinos mais buscados. São 3 quedas de água que formam um cenário incrível e de tirar o fôlego! O segundo destino são as Rocky Mountains: conjunto de parques com cordilheiras, lagos e natureza lindíssimos. A parte canadense abriga quatro parques nacionais: Jasper, Yoko, Kootenay e Banff – este possui um dos lagos mais bonitos, o Lake Louise, com águas clarinhas e num tom azul-turquesa incrível. A língua Depois de se encantar com as belezas naturais do país, é hora de virar poliglota. A vantagem de estar em um país bilíngue é poder aprender mais de uma língua e sair na frente. Em Montreal, a maioria da população pratica a língua francesa e em Quebec praticamente todos preferem falar e escrever o francês, já que teve mais influência francesa na época da colonização. Então, ter noção do idioma pode ajudar bastante na comunicação. Já em Ottawa e Toronto pratica-se mais o inglês. Segurança O Canadá está entre os 10 primeiros países mais seguros do mundo, segundo o Índice Global da Paz de 2016, realizado pelo Institute for Economics and Peace. Logo, quer motivo melhor do que esse? Dá para viajar sozinha bem mais tranquila e curtir bastante sem se preocupar tanto! Trabalho Se existe um lugar bom para estudo e trabalho, esse lugar é o Canadá, O país é um dos mais procurados devido a sua infinidade de benefícios, como estabilidade, bom retorno financeiro, além de ser referência do ensino de Inglês e Francês do mundo todo. Além disso, o governo tem incentivado cada vez mais a mão de obra estrangeira, por causa da carência de pessoas jovens no mercado de trabalho. Boa viagem! Brinco Franja Miçanga Azul Piscina – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Alimentação: dicas do que comer após do trabalho

    O dia de trabalho é longo e exigente. Logicamente, a sua alimentação após o trabalho tende a ser inversamente proporcional ao seu nível de cansaço: quanto mais cansada, menos disposição para preparar alguma coisa saudável para comer. O cerne da questão, contudo, é que não podemos usar a justificativa do cansaço para comer refeições “rápidas” e cheias de aditivos químicos que vão destruindo nosso organismo pouco a pouco. A sua alimentação à noite pode ser rápida, fácil e muito saudável. Vem saber como! O seu desempenho e a sua capacidade de lidar com as diferentes variáveis que lhe surgem ao longo do dia estão altamente dependentes dos seus hábitos alimentares e da forma como gere a nutrição do seu corpo. Um objetivo comum ao ser humano é viver melhor, sendo assim, a nutrição deve ser o primeiro aspecto a ver e rever. Se você costuma chegar tarde do trabalho, aqui vão algumas dicas de alimentos com proteínas magras, carboidratos bons e que o preparo é simples e rápido! Dicas para uma alimentação correta à noite Abacate O abacate tem gordura boa, que protege o coração. Ela ainda sacia e reduz a inflamação nas células, o que favorece a perda de peso. Você pode consumi-lo cortado em cubos e misturado numa salada (compre as folhas já higienizadas). Ou então cortado ao meio e assado com um ovo estalado, temperado com sal e ervas (alecrim, orégano) e pimenta-do-reino a gosto. Se prefere algo doce, você pode fazer creme ou até um sorvete de abacate com cacau. Confira a receita aqui! Ovo O ovo é rico em proteína de ótima qualidade e, por isso, sacia com facilidade. Combinado ao exercício ainda contribui para o ganho de músculo. A gema ainda oferece colina, vitamina importante para o bom funcionamento do cérebro. Pode ser consumido cozido, frito, mexido ou na forma de omelete. Tapioca Apesar de ser um carboidrato simples, não tem glúten – proteína do trigo que, em excesso na dieta, provoca processos inflamatórios. Os recheios são infinitos, mas tenha em mente que precisa-se evitar os recheios calóricos. Sugestões: uma proteína (ovo, peito de peru, frango desfiado, atum, cogumelo, queijo magro) polvilhada com sementes e grãos (chia, linhaça, amaranto em flocos), além de temperos termogênicos (pimenta, gengibre em pó, cúrcuma) e pouco sal. Acrescentar o ovo à massa e preparar uma crepioca deixa a receita proteica e mais apropriada para quem se preocupa em manter o peso.   Reorganize a lista de compras e alimente-se de maneira saudável e prática, preparando seus alimentos! Avental Preto Ecopet Laranja Carmen Miranda – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Mulheres históricas – Uma homenagem às mulheres do Brasil

    Fechando o mês de Maio, quero saudar mulheres históricas brasileiras, que foram vitoriosas na luta por um ideal. Nomes como o de Nísia Floresta, autora do primeiro livro feminista brasileiro, escrito em 1832, fundadora de uma revolucionária escola para moças, no Rio de Janeiro. Ou então, Chiquinha Gonzaga, primeira mulher a reger uma orquestra, ter composto em 1889 a primeira marchinha de Carnaval e ter lutado em favor da abolição da escravatura. Não podemos esquecer de Dandara dos Palmares que se rebelou contra o escravagismo, lutando ao lado de Zumbi. Nem de Maria da Penha que, sobrevivendo à duas tentativas de homicídio pelo marido, inspirou a Lei que leva seu nome e que é garantia de justiça às mulheres. Além de Zilda Arns, pediatra e sanitarista que dedicou sua vida ao combate da desnutrição infantil. Há, ainda, Maria Lenk, única nadadora brasileira a ser introduzida no Swimming Hall of Fame- USA. Tarsila do Amaral, que revolucionou a pintura com seu Abaporú- a tela brasileira mais valiosa de todos os tempos. E, claro, Nair de Teffé, nossa Primeira Dama, a primeira mulher cartunista, que escandalizou a sociedade quando abriu os salões presidenciais ao maxixe – ritmo musical considerado impróprio além de ter introduzido as calças compridas no guarda-roupa das brasileiras. As mulheres históricas de minha carreira Em minha carreira, tenho interpretado mulheres históricas, gloriosas, heroínas reais que quebraram paradigmas no Brasil. Como, por exemplo, a psiquiatra Nise da Silveira, que revolucionou os tratamentos convencionais na década de 1940 em pacientes diagnosticados com esquizofrenia, tendo se tornado discípula de Carl Jung. Lota de Macedo Soares, a criadora do Parque do Aterro do Flamengo- RJ. E a Dona Lindú, mãe-coragem que, fugindo da grande seca no Nordeste brasileiro e de um marido abusivo, aventura-se com os nove filhos para São Paulo e vê o filho Lula se tornar presidente da República. Vamos celebrar estas e tantas outras mulheres históricas que romperam padrões, ampliando a participação da mulher na política, na saúde, nas artes, na ciência, no esporte, no urbanismo e na música. Por causa delas estamos aqui, hoje! No mês de Junho, eu e a Bemglô falaremos sobre as relações humanas em seus muitos aspectos. Até lá! Beijos     Reprodução Coração 5 de Thamy Albrecht   Comprar

    Leia Mais

  • Desvalorização da mulher: hábitos que as mulheres precisam extinguir

    Você já parou para pensar que aquilo que falamos ou escrevemos pode ocasionar uma ferida em nós mesmas? E que essas atitudes, mesmo que de maneira inconsciente, podem contribuir para que a sociedade continue com a desvalorização da mulher? Existem algumas “pequenas coisas” que as mulheres fazem, na fala e na escrita, que não são realmente “pequenas”. Na verdade, elas têm um enorme impacto ao nos fazer parecer menos competentes e confiantes. A seguir listaremos algumas dessas atitudes que tomamos e que consequentemente ajudam a enraizar ainda mais a desigualdade. É bastante surpreendente ver, de repente, que nossos hábitos inconscientes são nocivos. Porém, mais surpreendente ainda, é perceber que somos capazes de abolir essas práticas. Principalmente porque estamos juntas pela luta contra a desvalorização da mulher! Hábitos que contribuem com a desvalorização da mulher O uso do “só” “Eu só quero entrar e ver …” “Eu só acho …”. A palavra “Só” tende a nos fazer parecer um pouco apologéticas e defensivas sobre o que estamos dizendo. Pense sobre a diferença entre o som de “Eu só quero verificar…” e “Eu quero verificar…” ou a diferença entre “Eu só acho” e “Eu acho …”. O uso do “na verdade” ou expressões afins “Na verdade, eu discordo …” “Na verdade, tenho uma pergunta.” Isso nos faz soar surpresas de que discordamos ou de que temos uma pergunta – não é bom! Seja assertiva sobre suas opiniões e não tenha medo de demonstrá-las. Usando qualificadores “Eu não sou especialista nisso, mas …” ou “Eu sei que todos vocês estão pesquisando isso há muito tempo, mas …”. Isso prejudica sua posição antes mesmo de você ter declarado sua opinião. Perguntando “Isso faz sentido?” ou “Estou fazendo sentido?” Ao analisarmos perceberemos que a maioria costuma fazer isso o tempo todo. Fazemos isso com boas intenções: queremos fazer o check-in com as outras pessoas na conversa e nos certificar de que estamos sendo claras. O problema é que “isso faz sentido” aparece como condescendente (como se as pessoas que estão ouvindo não fossem compreender) ou implica que você sente que tem sido incoerente. Uma maneira melhor de encerrar sua argumentação é algo como “Gostaria de ouvir a opinião de vocês sobre isso”. Assim a outra parte poderá dizer se está ou não com dúvidas sobre o que você disse sem precisar se diminuir perante os outros.   É importante lembrar também que a relação entre mulheres precisa ser melhor trabalhada como um todo. Estamos unidas em tantas causas, menos na nossa própria. Não podemos julgar umas às outras apenas porque somos diferentes, porque isso aumenta ainda mais a desvalorização da mulher perante a sociedade. O respeito e a conquista do nosso espaço precisam começar por nós mesmas: provando que somos capazes e que respeitamos a individualidade da outra. Não há nada mais perigoso para nós, mulheres, do que diminuirmos umas às outras. Portanto, preste atenção não só nos seus hábitos, como nos das amigas, filhas, familiares… Mulheres confiantes e que não tem medo de expor suas opiniões costumam encontrar grandes barreiras em seu caminho. Logo, porque não ajudarmos umas às outras para que não continuemos com hábitos que nos sabotam? Juntas somos mais fortes! Levante essa bandeira você também! Brinco PET Bandeira – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Frida Kahlo: inspire-se no seu estilo transcendental e encantador

    Única, intensa e revolucionária. Assim podemos começar a definir quem foi Frida Kahlo. Apaixonada pela arte e motivada pela intensidade inerente à vida, essa mulher à frente do seu tempo se transformou em um ícone do surrealismo e do universo feminino na década de 50. Não obstante, o estilo de Frida Kahlo se manteve de maneira transcendental. Portanto, que tal conferir algumas dicas sobre como essa artista símbolo do feminismo costumava se vestir? Assim poderemos combinar nosso interior revolucionário com o exterior enigmático e único que essa mulher incrível ostentava! O estilo de Frida Kahlo Roupas Frida usava a moda para transformar suas inseguranças em força, beleza e inspiração para a sua própria pintura. Ela costuma usar vestidos e saias normalmente em algodão cru para espantar o calor. Mas esqueça os modelos mais justos ou curtos! Frida usava vestidos que eram longos e com saias bem volumosas e soltas, que ficavam ainda mais em destaque por conta das estampas e cores que a pintora amava usar. As cores primárias e vibrantes integram a cartela de cores predileta da artista. Acessórios Não podemos pensar em Frida sem lembrar das icônicas flores no cabelo. Porém, além delas, a pintora gostava de usar muitas pulseiras bem coloridas e colares compridos, além de óculos de sol no modelo gatinho – muito utilizado em sua época, década de 50. Vale também investir em uma variedade de anéis grandes e chamativos. Juntamente com brincos marcantes e lenços ou echarpes para completar o look. Sapatos Por causa da paralisia infantil que sofreu na infância, as pernas da pintora cresceram de tamanhos diferentes e suas botas precisaram ser adaptadas para que ela pudesse andar corretamente. Mesmo com esse detalhe, ela fazia questão de usar modelos tão coloridos e chamativos quanto o restante do seu estilo. Escolha modelos com flores, estampas e cores vibrantes. Existem inclusive marcas que fizeram coleções que homenageiam o estilo de Frida Kahlo, com modelos lindíssimos e de muito bom gosto.   Frida fez com que as cicatrizes que a vida lhe deixou se transformassem em beleza e arte. Seu estilo inspira até hoje diversos estilistas, como por exemplo Paul Gaultier, Dolce & Gabbana, Christian Lacroix, Alexander McQueen, dentre muitos outros. Sua herança se converteu em uma extensa fonte de inspiração, seja na arte, no pensamento ou, é claro, na moda. Boneca Frida M – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Ricota de amêndoas, para combater a ansiedade

    A ansiedade é um dos males que mais afeta as mulheres. Atualmente, uma crescente parcela da população feminina está envolvida em atividades que demandam uma crescente carga energética. Isso sem falar do acúmulo de funções que é cada vez mais comum: estudam, trabalham, se dedicam à família e ainda precisam achar tempo para uma vida social minimamente saudável. Isso provoca uma série de distúrbios, um deles a ansiedade. Para isso, a receita de hoje conta com ingredientes que vão ajudar a regular o organismo para melhor lidar com os estresses do dia: uma ricota feita de amêndoas! As amêndoas são fontes de triptofano, que ajuda na produção da serotonina e regula o humor e diminui a compulsão pelo doce. Ele também pode ser encontrado no arroz integral, na farinha de aveia, na clara de ovo e no frango. Como estimula a produção da serotonina, um neurotransmissor cerebral que ajuda a regular o humor e diminui a compulsão pelo doce, ele é responsável por ajudar na diminuição da ansiedade. Além de diminuir a vontade de atacar alimentos mais calóricos, o triptofano também pode melhorar o humor e contribuir para uma noite de sono mais tranquila e sem interrupções. Consequentemente, ele auxilia no emagrecimento, pois controla o apetite, além de uma possível melhora nos sintomas da TPM. Uma vez que a redução dos níveis de serotonina no cérebro é apontada como um dos fatores que causam TPM, uma melhor ingestão do triptofano no cotidiano pode ajudar no controle da irritação, tensão e das variações de humor características do período. Sendo assim, pegue o caderno e anote a receita de hoje! Ingredientes e modo de preparo da ricota INGREDIENTES 1 xícara de resíduo de amêndoa (ou castanhas) 1 colher de sopa de salsinha e cebolinha Gotas de limão siciliano 1/2 colher de chá de raspas de limão siciliano ou de sua preferência Pimenta do reino e sal marinho à gosto Azeite de Oliva (opcional)   MODO DE PREPARO Simples e prático: basta misturar todos os ingredientes em um recipiente e depois servir com torradas ou pães. Um excelente petisco que vai ajudar bastante na regulagem do organismo! Cesta de Pão Patchwork P – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Filmes com mulheres empoderadas

    Cada vez mais as profissionais do cinema nacional e internacional querem que o tão propagado empoderamento das mulheres seja sinônimo de igualdade de condições e de respeito, tanto no ambiente de trabalho e nas oportunidades, quanto na avaliação de cada obra. Sendo assim, trazemos hoje algumas dicas de filmes com mulheres empoderadas para nos orgulhar, instigar e inspirar! Dicas de filmes com mulheres protagonistas poderosas “Hoje”, de Tata Amaral Inspirada no livro Prova Contrária, de Fernando Bonassi, Tata Amaral dirigiu a história sobre uma ex-militante, vivida por Denise Fraga, que passa a ser assombrada pelas memórias das torturas sofridas nos tempos da ditadura no novo apartamento para o qual acaba de se mudar.  Vencedor de diversos prêmios no Festival de Brasília, o sensível longa acumula ainda uma passagem pelo Festival Internacional do Novo Cinema Latino-Americano de Havana. “As Horas”, de Stephen Daldry Produção relacionada à escritora inglesa Virginia Woolf (neste filme, interpretada por Nicole Kidman). Ele se passa em três épocas diferentes e mostra a história de três mulheres que estão ligadas ao livro “Mrs Dalloway”, de Virginia. Além de Nicole Kidman, estrelam: Meryl Streep, Julianne Moore, Claire Danes e Toni Collette. Fala sobre os anseios das mulheres, a inconformidade com a sociedade, vivências, a representação feminina… Um dos  nossos filmes com mulheres fortes em papéis empoderadores preferidos! “A Hora da Estrela”, de Suzana Amaral Adaptação de Suzana Amaral para o romance homônimo de Clarice Lispector que marcou o rosto e os trejeitos da Macabea protagonista. A jovem nordestina, órfã em todos os aspectos, vem a São Paulo trabalhar como datilógrafa e desenha-se, em suas fragilidades, num forte retrato social. Suzana levou os prêmios de direção no Festival de Berlim (que também contemplou a atriz Marcélia Cartaxo), no Festival de Brasília (onde recebeu outros cinco troféus) e no Festival de Havana. Nise – O Coração da Loucura No enredo, a doutora Nise da Silveira propõe uma nova forma de tratamento aos pacientes que sofrem da esquizofrenia, eliminando o eletrochoque e lobotomia, mas seus colegas de trabalho discordam do seu meio de tratamento e a isolam. O que resta a ela é assumir o abandonado Setor de Terapia Ocupacional, onde dá início a uma nova forma de lidar com os pacientes, através do amor e da arte. O filme, que foi transmitido no Festival do Rio e na 39ª Mostra Internacional de Cinema, estrela Gloria Pires no papel principal. Com muita emoção e sinceridade, ele também foi levado ao Festival de Tóquio, onde ganhou o troféu de melhor filme e Gloria recebeu o de melhor atriz, concretizando a promessa de ser um dos melhores filmes brasileiros de 2016. Em junho, Nise marcou presença em mais um Festival: Epernay Latin Film Festival, na França. O prêmio foi o de melhor (votado pelo público). No mês de outubro de 2016, o filme rendeu mais prêmios para a conta: Grand Prix de Melhor Filme, Melhor Diretor (Roberto Berliner), Melhor Atriz (Gloria Pires) e Melhor Filme – escolha do público jovem. O filme já está disponível nos serviços de Streaming “Now” e “Netflix”! Ainda hoje percebemos que nem sempre é dada a atenção devida para a importância de haverem narrativas contadas por mulheres. Essas narrativas influenciam e cooperam para a maior formação do cinema nacional. Que fique aqui a mensagem de que não existe e nem deveria existir um rótulo definitivo de ‘cinema feminino’, mas sim a valorização das vivências que as mulheres passam e entregam a cada um de seus papéis, percebendo a presença de um olhar único. Este olhar tem que ser valorizado! Boneca Frida M – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Uruguai, um dos países mais seguros da América Latina

    A preocupação com a segurança na hora de organizar uma viagem é sempre uma prioridade. Ultimamente, com tantas notícias preocupantes, é preciso que se escolham destinos que inspiram conforto e uma sensação de tranquilidade. Ainda mais para mulheres, que precisam pensar em inúmeras outras questões atreladas à questão da segurança. Por conta disso trazemos um destino na América do Sul que é considerado um dos mais seguros para se viajar: o Uruguai. De acordo com um levantamento feito pelo Institute for Economics & Peace, o Uruguai se encontra em 35º lugar no ranking dos países mais seguros do mundo, o Global Peace Index 2016. Esse levantamento leva em conta fatores como número de policiais ou agentes de segurança, constantes ameaças de atentados terroristas e instabilidade política. Sendo assim, turistas podem aproveitar um país que oferece muitíssimas opções para desfrutar a natureza, a tranquilidade, o ar livre, além de lindas praias, sem a instabilidade que a insegurança causa. Uruguai: segurança garantida para uma viagem inesquecível Um dos privilégios de visitar o Uruguai é encontrar-se em um dos países mais tranquilos, mais estáveis, com menos conflitos, e mais seguros da América Latina. Apesar de Montevidéu ser uma cidade capital, continua sendo um lugar tranquilo e agradável onde ainda é possível desfrutar do passeio pelas ruas da cidade, como dar uma volta pela Rambla para apreciar o entardecer, sem inconvenientes. Dado que é um dos menores países da América do Sul, as distâncias são muito curtas, o que significa que você pode atravessar o país de norte a sul em ônibus e não levar nisso mais de sete horas. Já na Capital, em Punta Carretas e Pocitos estão shoppings e restaurantes; em Buceo, a marina, os novos escritórios e os bares mais animados; em Carrasco, mais afastado, o grandioso cassino, restaurado. Montevidéu é uma metrópole na medida para explorar e se encantar. Faça as malas e boa viagem! Bolsa Organizadora – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Assédio e violência contra a mulher: nunca mais!

    Hoje li sobre uma campanha publicitária chamando a atenção sobre o fato de que a roupa que uma mulher está usando nunca pode servir de desculpa para qualquer tipo de assédio. Fiquei pensando no absurdo que é, ainda nos dias de hoje, termos que nos preocupar com tamanha desvalorização da mulher. É falta de isonomia salarial, é assédio de todas as formas, enfim, temos que arregaçar as mangas e ir à luta, porque essa força precisa vir de nós, vide o movimento #MexeuComUmaMexeuComTodas. Resolvi então trazer algumas iniciativas que venho recebendo de amigas e que me despertaram muito interesse, seja pela criatividade, seja pela abordagem importante e focada: Assédio e violência: não permitiremos! Mapa do Acolhimento (http://www.mapadoacolhimento.nossascidades.org/) De acordo com uma pesquisa feita pelo IPEA, cerca de 527 mil pessoas são estupradas por ano no país, sendo que 89% das vítimas destes atos violentos são mulheres. Ou seja, aproximadamente um estupro a cada 11 minutos. O Mapa do acolhimento foi criado a partir das voluntárias que se dispuseram a avaliar serviços públicos de atendimento a vítimas de violência sexual no Brasil. Além disso, várias mulheres se inscreveram para formar uma rede de acolhimento às vítimas de violência sexual. Desde o lançamento dessa mobilização, dia 6/6/2016, já se juntaram à causa cerca de 450 terapeutas e mais de 2,5 mil voluntárias em 10 cidades do Brasil. Se você conhece alguma mulher que sofre violência doméstica ou outros tipos de assédio, encaminhe o link para ela. Assim, eu e você, podemos salvar uma vida! Revista CAPITOLINA (http://www.revistacapitolina.com.br/) A Capitolina é uma revista online, totalmente independente, feita por (e para) jovens garotas e adolescentes, que sentiram a necessidade de ver suas experiências representadas na mídia. Achei muito bacana porque os temas são abordados de forma inclusiva, sem restrições de classe, raça, orientação sexual, aparência física ou qualquer outra forma de interesse. A intenção é representar todas as jovens, especialmente as que se sentem excluídas pelos padrões tradicionais da adolescência, mostrando que elas têm espaço para crescerem da forma que são. As matérias enfatizam sempre que é imprescindível que as leitoras tomem ciência de suas realidades como algo que deve ser apropriado, em vez de negado. Vale a pena indicar paras suas filhas e amigas, para que juntas preparemos essa nova geração, mais atenta a questões importantes para sua formação. Para finalizar, trago uma série de vídeos super bem produzidos pelo ator David Schwimmer, que interpretou o personagem “Ross” na série “Friends”. Com o nome #ThatsHarassment (Isso é assédio), os filminhos mostram narrativas baseadas em histórias reais de mulheres vítimas de assédio. Mesmo estando em inglês é fácil entender as situações. Espero que você nunca tenha passado por uma dessas, assim como eu já passei. Não podemos nos calar! Vamos juntas? Beijos,   Boneca Frida M – Rede Asta Comprar

    Leia Mais

  • Coletor menstrual, uma prática sustentável e libertadora

    Um absorvente demora cerca de 100 anos para se decompor na natureza. Se levarmos em consideração que uma mulher usa, em média, 11.000 absorventes em sua vida, pode-se imaginar o quanto o meio ambiente sofre com a ação humana. Sendo assim, que tal propagarmos uma ideia sustentável, higiênica e empoderadora? Conheça um pouco mais sobre o coletor menstrual e adote essa prática que é tudo de Bemglô! O coletor menstrual dispensa o uso de absorventes descartáveis e é, inclusive, apontado por alguns especialistas como mais higiênico e seguro à saúde feminina. Ele funciona como um absorvente interno, mas é reutilizável e pode ser usado por até 12 horas sem necessidade de troca. Ele coleta todo o sangue da menstruação, bastando removê-lo e higienizá-lo para que ele possa ser utilizado novamente. Além disso, ele é feito de silicone e dura até 10 anos! Quando fazemos as contas, percebemos que são toneladas de absorventes que deixam de ir para aterros sanitários quando trocamos os absorventes convencionais por coletores menstruais. Os absorventes tradicionais do mercado não se degradam com facilidade, o que significa que, ao chegarem nos aterros, o processo é ainda mais demorado do que a estimativa prevê. Isso sem contar que o algodão é uma das matérias-primas essenciais para produção de absorventes descartáveis e o seu cultivo além de trabalhoso é caro, além de ser uma das plantações que mais utilizam agrotóxicos no mundo. Como o coletor menstrual pode ser uma opção mais saudável e empoderadora É necessária uma maior análise da produção dos absorventes comuns. As grandes produtoras dos absorventes que encontramos nas prateleiras realizam testes (desnecessários) em animais. Eles também possuem produtos bioacumulativos que permanecem no nosso corpo por décadas. Isso tudo sem contar as fragrâncias e outros químicos adicionados no produto final, além do plástico, que bloqueia a ventilação necessária para manter a saúde vaginal. Infelizmente a sociedade construiu um tabu, transformando a menstruação feminina em algo que deve ser escondido, quando, na verdade, não há nada mais natural do que o ciclo menstrual. Mulheres não podem e não devem sentir-se envergonhas em discorrer sobre práticas positivas que podem ajudar a lidar com o que lhes é íntimo, de uma maneira mais natural e menos prejudicial ao meio ambiente. O coletor menstrual, além de sustentável, é empoderador. Empodere-se! Boneca Carmen M – Rede Asta Comprar

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS