Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

1232 resultado(s) encontrados.
  • F*hits no Bal Harbour Resort

    Dias leves e ensolarados. Miami é daqueles destinos com boas vibrações e cheio de cenários encantadores. Durante os dias por lá, o F*hits team e eu tivemos diversas experiências deliciosas – da vista revigorante do quarto do hotel ao passeios pela cidade. Nós ficamos em Bal Harbour, o burburinho fashion da cidade. O hotel que nos hospedamos foi o The St. Regis Bal Harbour Resort, que tem vista para o mar da sacada do quarto. É uma delícia acordar e contemplar a vista incrível. Além da paisagem paradisíaca, com coqueiros e uma piscina de cinema, o hotel conta com uma série de restaurantes que valem a visita. São cinco no total e há opções para todos os gostos – desde sushi ao grill.   Outro ponto alto é a sua localização. É do outro lado da rua de um dos centros de compras mais bacanas de Miami, o Bal Harbour Shops, que reúne uma série de marcas-desejo de luxo e moda. Por lá, tivemos diversas experiências.  Uma das pausas especiais no shopping foi para almoços nos deliciosos Le Zoo e Makoto. No primeiro, experimentei a fabulosa arte de Stephen Starr e o mais delicioso profiterole. No segundo, o  restaurante do chef Makoto Okuwa, com pratos da gastronomia japonesa apresentados com aquela pitada de modernidade. No cardápio, há desde o sushi roll feito com tuna apimentada ao ceviche com peixe branco, tuna, polvo, pepino e limão. Aqui, um brinde ao nosso QG F🌟hits, com as nossas belas estrelas Raíssa Santana e Claudia Bartelle, no incrível The Palm Bar no The Grill, conhecido por seus drinks divinos, sua culinária tradicional norte-americana, em um clima super aconchegante. Viajar é tão enriquecedor! Mesmo que você vá a trabalho, explore o máximo. Encontre aquele momento para explorar a cidade e conhecer lugares maravilhosos. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Amarelo Solar

    E quem duvida que o amarelo vai embalar muitos looks monocromáticos nas próximas temporadas? Tenho acompanhado diversos movimentos durante as últimas semanas de moda e, acredite, essa ideia vai além das passarelas. As ruas estão cheias de propostas cada vez mais desejáveis e superestilosas. Além de ser alegre e dar energia aos visuais, a cor surge como uma opção elegante, urbana e (por que não?) prática. Há alguns bons anos, ela aparecia tímida, em uma peça ou outra – e, até mesmo, em algum acessório fora do dia a dia. Sem falar que a cartela é perfeita para ser usada o ano todo – não apenas no verão. Eu estou adorando a tendência! Descobri formas de acrescentar a cor nas produções diária de acordo com o meu estilo. Aqui, escolhi duas formas: com alfaiataria para o workwear e em vestidos fluídos para ocasiões especiais. Na composição com blazer, elegi a peça como protagonista no tom e camiseta + calça all white. O match amarelo + branco é perfeito para quem ainda está inserindo este mood solar aos poucos. Para uma tarde leve em Miami, apostei no longo e esvoaçante assinado pela brasileira Fátima Scofield. O dream team do F*hits também provou que agora é o momento de renovar e investir nas tonalidades amarelas. E vale tudo! Misturar texturas, sobreposições, modelagens, acrescentar detalhes e brincar com algumas padronagens, como as meias da Fendi usadas por Paulinha Sampaio, a calça listrada de Helena Lunardelli e o print no vestido curto de Luiza Sobral.  Alguma dúvida sobre o poder do amarelo? Ele dá vida e luz aos visuais e é sempre válido explorar as diversas maneiras de entrar na tendência. Uma injeção de alegria sempre faz bem! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • OQVestir em Miami

    Miami é uma cidade tão inspiradora! A atmosfera leve e solar é única. Em especial, no verão, transparências, comprimentos curtos, assimetrias e pele em evidência surgem com força nos visuais das it-girls que circulam pelas calçadas. A cartela de cores varia entre os vibrantes e os neutros em versões monocromáticas ou nas próprias estampas. É possível se identificar com cada uma destas tendências, sempre de acordo com o seu estilo. E o melhor é poder encontrar estas opções em um e-commerce só! Com a grande quantidade de lançamentos na passarela – e referências vindas de fora dela -, não é prático dividir compras em diversas lojas online. Afinal, haja tempo! O destaque da vez é a OQ Vestir! Como uma apaixonada por moda, acho incrível compartilhar uma nova forma de consumo. Na minha escolha para o jantar especial, três tendências que já foram destaque por aqui: pink + tricô + pantalona no macacão perfeito para a temperatura em Miami. Neste dia, foi especial celebrar o conceito de Fashion Hunters que, nada mais é, o encontro entre fashionistas que acreditam na compra por meio de uma consequência do prazer de desfrutar de momentos leves e encontrar marcas que oferecem mais do apenas que produtos.   Dos vestidos delicados e fluídos, com estampas ou monocromáticos, como os modelos usados por Claudia Bartelle, Luiza Sobral e Raissa Santana, às propostas utilitárias, entre o jumpsuit jeans de Nicole Pinheiro e o conjunto superelegante de alfaiataria eleito por Alice Salazar, a seleção de peças do OQ Vestir traz sempre os destaques da estação. Adoro quando a moda se aproxima ainda mais dos consumidores. É importante quando as empresas do mercado fashion-digital fazem uma curadoria especial de produtos que estão em voga nas coleções apresentadas e sejam de fácil acesso – com entregas eficazes após um clique. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Fendi Straps

    Usar alças superdecoradas é uma tendência forte há boas temporadas. E a italiana Fendi é uma marcas das responsáveis por impulsionar este conceito e lançar versões removíveis incríveis – ou seja, você pode tirar e colocar na bolsa que quiser. A diretora de acessórios Silvia Fendi, que criou as it-bags Peekaboo e Baguette, desenvolveu as primeiras straps cobertas por flores feitas em couro python para o Verão 2016 da grife. Tanto as mini quanto as maxi bolsas tinham as tiras enfeitadas. Resultado: foi sucesso imediato! A partir daí, as alças ganharam novas aplicações, como os studs coloridos, e formatos ondulados, recortados ou acolchoados com trabalho de trança. Cada estação tem uma temática e elas acompanham o ritmo da coleção. Além de serem lindas, as straps trazem modernidade e um toque fun para o dia a dia. Repare como o truque de styling que combina look monocromático e as tiras deixa a produção descontraída.   O melhor é que você pode ter várias e mudar de acordo com a ocasião. Tenho visto cada vez mais fashionistas mundo afora adotando as alças como acessório protagonista. É um tipo de contraste que tira os visuais do óbvio e surpreende! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • It’s art! Exposição arte digital imersiva em Paris

    Como sempre, os dias parisienses foram tão inspiradores e revigorantes. É um respiro! Quem acompanhou o Instagram do F*hits viu uma agenda supercorrida, com várias visitas a showrooms, desfiles, festas… e, claro, exposições. Porque arte sempre caminhou, lado a lado, com a moda. E, mesmo que você não seja fashion addicted, o universo artsy faz muito bem para a alma. Neste embalo durante a mais recente temporada de Couture, tivemos uma participação especialíssima de Anna Carolina Ralston, expert em cultura e lifestyle, contando sobre o que há de mais incrível no mundo da arte. Ela esteve em Paris nos dias da semana de moda e visitou exibições incríveis. Uma delas foi novo Atelier des Lumières. Trata-se de um espaço que usa a arte digital imersiva para aproximar o público de obras feitas por grandes artistas de diferentes períodos da história. Desta vez, as mostras que estavam em cartaz eram dedicadas a dois nomes da cena artística austríaca, Gustav Klimt e Friedrich Hundertwasser. Os ambientes dedicados a Klimt traziam imagens emblemáticas, como O Beijo e Adele Block-Bauer, com uma possibilidade de (praticamente) mergulhar em suas cores e formas. Enquanto isso, na ala de Hunderstwasser, uma série de construções ultracoloridas, que mesclava linhas, faces e uma espécie de labirito hipnotizante. É possível visitá-las até 11 de novembro! Se estiver com viagem marcada para a capital francesa, não deixe de ir. É uma oportunidade especial de experimentar uma nova forma de viver a arte! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Full Color Suits

    A história da alfaiataria no guarda-roupa feminino é relativamente nova. Gabrielle Chanel e Yves Saint Laurent foram os grandes responsáveis por transformar a clássica vestimenta masculina em um tipo de roupa usável pelas mulheres, que, até então, vivam entre vestidos e saias. Hoje, a história avançou muito! Não só os conjuntos deixaram de ter relação com o office look, como foram repaginados e receberam título de modernos! Tudo graças às passarelas e a criatividade das fashionistas. Blazers e calças de alfaiataria vivem seu momento de estrela! A clássica cartela neutra abre espaço para cores vibrantes e pastel, em diversos materiais, que fogem da proposta da tradicional lã fria. Nas coleções, a prova de que há uma aposta forte na tendência. Tanto na Haute Couture quando no Ready-to-Wear, as peças ganharam novos formatos e cores superdesejáveis. Eu sou adepta e tenho usado muito a versão full ultraviolet, com calça de modelagem pantalona e casaco com botões grandes e forrados. Já nas grifes internacionais, a aposta para renovar alguns detalhes – e torná-los destaque. A Dior investiu nas mangas volumosas, enquanto Alberta Ferretti trouxe a gola de cetim como ponto de brilho do visual monocromático. No Verão 2018 de Victoria Beckham, nada de botões e a Max Mara elegeu o material acetinado para toda a produção. Além das opções candy color, incluindoo verde maçã da Acne com shape oversized, as labels também cobriram seus visuais com tonalidades supervibrantes. Na Tom Ford, o mood oitentista vibrou em um look pink na modelo argentina Mica Argañaraz. Com direito a paetês, Alberta Ferretti deu ao smoking um ar glam, com delicadeza para a modelagem da calça, que tem material fluido. Mesmo tendo o full look em preto, Jean Paul Gaultier apresentou uma ideia que brinca com texturas e materiais que, por si só, já transformam completamente a alfaiataria. Pronta para desfilar com conjuntos de tailoring por aí? Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Coleção Aurore – Collab Paula Torres by Silvia Braz

    Momento perfeito para lançar uma collab cheia de elegância e modernidade. No início da Semana de Alta Costura, aconteceu o lançamento oficial da coleção cápsula Aurore, que Silvia Braz assina em parceria com a querida shoe designer Paula Torres. Entre mules e sandálias sofisticadas, há um detalhe em comum: as pedrarias. As aplicações foram pedido da influencer, que achou importante incluir uma seleção de pedras nos modelos, para acentuar o luxo e a sofisticação da linha de sapatos desejo e super confortáveis. Paula, com sua expertise, criou fivelas exclusivas, como a versão de lapidação baguete, que estou usando no meu aerolook antes de ir a Paris. Ele faz parte da equação que eu amo: alfaiataria + t-shirt + mule. A sintonia entre mules e fivelas de pedras trazem um ar aristocrático, que foi muito visto nas passarelas e no street style. E há opções rasteiras, chamadas de Mule Ametista, e com salto alto, batizadas de Mule Safira. Já as sandálias, com padronagem e aplicações, remetem a uma versão mais fresh e lady like. Se eu amei? Foi meu companheiro perfeito para os dias parisienses e aqui no Brasil também. É quando o conforto encontra o design e a sofisticação. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Beauty Fall 18 Couture: Chanel, Dior e Valentino

    Os desfiles da temporada de Couture chegaram ao final e é hora de fazer o balanço dos pontos altos em relação a vários aspectos. Falando de beleza, vale destacar o que continua em alta, o que surgiu de novidade e adaptar para o dia a dia. De uma certa forma, as grifes costumam criar uma harmonia entre as roupas e cabelos + make, transformando o visual em uma proposta única. Adoro também como a marca consegue deixar o seu DNA bem claro na hora de apresentar a maquiagem, por exemplo. Com foco no olhar, Chanel e Valentino apostaram em cores vibrantes para as pálpebras, enquanto a pele estava natural e iluminada. A primeira escolheu o verde esmeralda como tonalidade protagonista do make, com brilhos e leve esfumado. Já a marca italiana teve olhos delineados nas mesmas cores das roupas. O formato alongado do traço deu maior contraste e um toque fun ao visual. Sem interferência de cores fortes, o diretor de criativo de maquiagem Peter Philips apresentou uma beleza ultrasofisticada para a passarela de Inverno 2018 da Dior. Para a pele, ele investiu em uma cobertura imperceptível de base e em tons mais claros de contorno para esculpir o rosto. Nos lábios, a cartela bege foi combinada ao acabamento gloss blush. Os olhos têm ênfase com tons mais suaves, como rosa brilhante e rosa matte, que abrem o olhar de maneira sutil. Já escolheu a sua beleza preferida? E qual vai testar antes em casa? É sempre válido tirar um dia, experimentar aquela estética que deixa você mais curiosa e ousar. A moda é feita de arriscar, tentar, errar e acertar. A beleza também! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Beauty Fall 18 Couture: Chanel, Dior e Valentino

    Os desfiles da temporada de Couture chegaram ao final e é hora de fazer o balanço dos pontos altos em relação a vários aspectos. Falando de beleza, vale destacar o que continua em alta, o que surgiu de novidade e adaptar para o dia a dia. De uma certa forma, as grifes costumam criar uma harmonia entre as roupas e cabelos + make, transformando o visual em uma proposta única. Adoro também como a marca consegue deixar o seu DNA bem claro na hora de apresentar a maquiagem, por exemplo. Com foco no olhar, Chanel e Valentino apostaram em cores vibrantes para as pálpebras, enquanto a pele estava natural e iluminada. A primeira escolheu o verde esmeralda como tonalidade protagonista do make, com brilhos e leve esfumado. Já a marca italiana teve olhos delineados nas mesmas cores das roupas. O formato alongado do traço deu maior contraste e um toque fun ao visual. Sem interferência de cores fortes, o diretor de criativo de maquiagem Peter Philips apresentou uma beleza ultrasofisticada para a passarela de Inverno 2018 da Dior. Para a pele, ele investiu em uma cobertura imperceptível de base e em tons mais claros de contorno para esculpir o rosto. Nos lábios, a cartela bege foi combinada ao acabamento gloss blush. Os olhos têm ênfase com tons mais suaves, como rosa brilhante e rosa matte, que abrem o olhar de maneira sutil. Já escolheu a sua beleza preferida? E qual vai testar antes em casa? É sempre válido tirar um dia, experimentar aquela estética que deixa você mais curiosa e ousar. A moda é feita de arriscar, tentar, errar e acertar. A beleza também! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Haute Couture: Valentino Fall 18

    Há passarelas que são verdadeiros espetáculos. Não só pelos cenários, que eventualmente são exuberantes, mas pelas criações tão emocionantes e marcantes. Falando sobre savoir faire e sofisticação, uma das mais aguardadas da Semana de Alta Costura é a italiana Valentino. Sob o comando de Pierpaolo Piccioli, ex-dupla de Maria Grazia Chiuri, a marca vem apresentando propostas cheias de histórias para contar. Desta vez, ele reuniu contos da mitologia grega, pintura dos séculos 17 e 18, os filmes de Pasolini e as fotografias de Deborah Turbeville, armadura medieval, Ziggy Stardust, óperas de ballet e o som de Maria Callas, criando uma atmosfera idílica que ganha vida. Uma mistura inesperada – e que deu muito certo. Entre as tonalidades está o vermelho profundo, que foi escolhido pelo seu fundador Valentino Garavani como cor símbolo da grife, e surge repaginado ao lado do pink, neutros, ouro, amêndoa, pistache, tangerina, limão. No que diz respeito às modelagens, há estruturas dramáticas, como o maxivestido rosa em linha A com mangas bufantes e a capa coberta por paetês no tom esmeralda. Há uma brincadeira com volumes, brilhos e cores vibrantes. Um desfile encantador, digno de uma passarela de Couture. Apesar de todo movimento que traz peças mais simples para as coleções das grandes marcas, a Alta Costura ainda é conhecida por toda sua magia. É o ambiente certo para explorar dimensões ousadas e materiais luxuosos. Trata-se de uma combinação certa para emocionar. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Fall 2018 Couture: Maison Margiela, Jean Paul Gaultier e Elie Saab

    As ruas e as passarelas são grandes fontes de inspiração durante esta semana. Eu adoro a atmosfera fashionista que sempre domina Paris quando há eventos de moda. É único! As grandes marcas também fazem a sua parte e apresentam coleções cheias de surpresas que contam histórias além das roupas. E na lista não poderia faltar John Galliano – e suas criações surpreendentes. Incrivelmente, o estilista foi o responsável por grandes mudanças e shows na moda até hoje. Desde a época que esteve à frente da Christian Dior, com suas apresentações espetaculares, a sua estética estruturada, com camadas e volumosa foi o grande foco na passarela de Couture da Maison Margiela. É sempre fascinante ver a mente criativa em ação. Em sua apresentação dinâmica, as etapas de trabalho da Alta Costura foram expostos – veja recortes na região do busto, pences e costuras. Tudo como se estivesse sendo apenas destacado do molde. Um verdadeiro mágico colocando em prática sua genialidade. Na Jean Paul Gaultier, a peça escolhida para mostrar sua versatilidade e forma como circula facilmente entre os gêneros foi o smoking. Com toda a pegada dos anos 80, a coleção mostra o casaco de alfaiataria desconstruído, seja com um vestido bustiê trespassado; com mangas transparentes e até mesmo o formato convencional, mas com contraste de materiais. Para esta temporada, Elie Saab se inspirou no design das obras-primas luminescentes e irregulares de Gaudí. Pense em, além dos shapes vaporosos dos seus longos e na alfaiataria impecável, em roupas com bordados, em diversas tonalidades, que representam toda a irregularidade do arquiteto espanhol, conhecido pelas construções com recortes supercoloridos. Há um casaco de brocado com gola smoking, feito em modelagem de roupão fino, que é coberto por ouro e miçangas coloridas. Acho incrível como a Alta Costura consegue representar a delicadeza do perfeccionismo em coleções compostas por uma infinidade de looks. Apaixonante! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Fall 2018 Couture: Giambattista Valli, Alberta Ferretti e Givenchy

    Brilhos, bordados e materiais super sofisticados! Sem dúvida, é o que não falta durante a Semana de Alta Costura. As criações são tão especiais, e feitas com excelência e exclusividade nos ateliês das marcas, que parecem um sonho. Para a temporada de Inverno 2018, as grifes tiveram o desafio de renovar a estética das peças e dar um toque de modernidade. Começando por Giambattista Valli, que foi além na hora de provar que Haute Couture não é composta apenas por vestidos supervolumosos com espartilhos. Desta vez, o estilista, que tem completa noção de que seu público também é jovem, escolheu deixar parte da barriga de fora e dar espaço para calças de cintura alta e croppeds. Veja como as modelagens são ajustadas e sugerem uma proposta cool e sofisticada ao mesmo tempo. Nas peças dentro da cartela neutra, o estilista apostou nas penas e plumas para criar uma brincadeira de texturas incrível no visual all white, que ainda conta com transparências na blusa. Já na ala dos monocromáticos pretos, uma variação entre vestido com franzido + laço na região do decote e aplicação de cristais por todo o modelo, além do combo top + saia com bordados contrastantes em branco. A italiana Alberta Ferretti apresentou a sua Limited Edition, label específica para consumidoras em busca de peças de ocasião, com detalhes artesanais e fabricações one-of-a-kind. Conhecida pelas combinações espetaculares de elementos, Alberta deu vida à sua coleção com uma abundância de franjas de seda, que dividiam espaço com ternos de smoking inspirados nas versões usadas por Bianca Jagger, com direito a muito brilho em paetês brilhantes com efeito glam. Há também as modelagens fluidas, que variam entre vestidos bicolores com transparência e plissados em efeito assimétrico e conjuntos full white compostos por macacão e capa com visual extremamente chique e clean. Uma brincadeira de contrastes ao longo do desfile que deu certíssimo! Com palco armado no belíssimo Musée des Archives Nationales, a estilista britânica que eu amo, Clare Waight Keller, resgata na história da Givenchy, as mais icônicas criações do gênio e fundador da maison, Hubert de Givenchy. Como uma conversa entre tempos e uma homenagem emocionante, a coleção de inverno couture propõe uma visão minimalista sobre os principais códigos da grife: aqui, a feminilidade, não menos frágil, é delicada mas muito potente – pense em capas longas e trench coats sobrepondo vestidos deslumbrantes repletos de plumas e paetês. Nos acessórios, maxi colares e handcuffs sugerem a força de mulheres gladiadoras. Uma apresentação para admirar cada detalhe e, sem dúvida, se apaixonar. E ainda não acabou! Esta estação tem muito para nos surpreender ainda. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Haute Couture: Dior Fall 18

    A Semana de Alta Costura começou! E estar aqui em Paris novamente é uma delícia. Ainda mais para acompanhar de perto os desfiles mais concorridos e deslumbrantes. Entre eles está a label francesa que mais vem se destacando nos últimos tempos, por ser desejável, acompanhar as mudanças comportamentais da sociedade e, claro, manter o seu DNA cada vez mais forte. A Christian Dior apresentou uma coleção dos sonhos ontem, dia 2. Toda experiência começou pelo cenário. O espaço foi inspirado nos ateliês de couture e na exposição “Christian Dior: Designer of Dreams”, recorde de bilheteria em Paris. Na passarela, ela, mais uma vez, a oferece uma imersão nos arquivos da @dior, ao expor algumas das clássicas modelagens da maison francesa, no incrível Musée Rodin, em Paris. Depois de um Cruise transgressor, Maria Grazia volta seu olhar ao minimalismo luxuoso que ganha destaque sobre os tão tradicionais New Look e tailleurs Bar, além de vestidos plissados, ternos ajustados e uma cartela tingida, principalmente, pela vasta opção de nude. Inclusive, os tons de pele surgem misturados, em diferentes texturas e materiais, dando ainda mais elegância às peças. Plissados e pregas, que destacam a cintura, aparecem com delicadeza e dão delicadeza aos visuais. Adorei a silhueta ampulheta escolhida para os longos! Na família dos pretos e marinhos, a lã é a protagonista de casacos encantadores, que aparecem em modelagens soltas e com mangas marcantes. Há desde modelos que lembram mantôs franjados, maxicoats com abotoamento duplo e capas pregueada. Florais e bordados não poderiam faltar! Com transparências feitas com tule ou renda, as peças são vaporosas, sofisticadas e modernas, graças aos ombros descobertos com recorte frontal que lembram as roupas esportivas. Já os modelos tomara-que-caia são cobertos por flores com certo ar vintage. Como sempre, a diretora criativa surpreende. Desde que entrou, Maria Grazia Chiuri vem investindo em experiências únicas para os fashionistas. E parece que a sua intenção em deixar os convidados e o público geral de queixo caído, sem dúvida, vem dando bons resultados. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • MADE – Mercado Arte Design SP 2018

    Além das semanas de moda serem os eventos clássicos e obrigatórios entre as fashionistas, há uma série de projetos que envolvem arte e design de forma tão inovadora. Nesta semana aconteceu a abertura da MADE, que acontece entre os dias 27 de junho e 1º de julho no Pavilhão da Bienal, e já está na sua sexta edição. A feira de design colecionável tem como principal compromisso o incentivo ao design autoral do Brasil e conta com peças dos mais de 100 expositores. No primeiro dia da MADE (que significa Mercado de Arte e Design) a expert em arte, cultura e design Ana Carolina Ralston passou uma tarde especial entre os designers e uma série de exposições que traz o que há de melhor no nosso país. Tem talentos de todos os estados – e muitos apresentam as suas raízes com muita modernidade. Aqui, você vê cinco dos criadores que se destacam no evento e já fazem parte há anos da feira. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • All Yellow – Resort 19

    Sintonia total! Na semana passada, fiz um post (aqui) falando sobre como criar looks inspirados nas cores da bandeira brasileira especialmente para entrar no mood da Copa do Mundo. Na temporada de Resort 2019, diversas marcas investiram em propostas monocromáticas. Entre elas? Os visuais all yellow, com muita informação de moda, entre shapes, texturas e até intervenções de outras tonalidades em detalhes. Na lista de criações, o amarelo surgiu forte na alfaiataria, que vem renovada de várias formas – seja na modelagem, que brinca, principalmente, com proporções. Tanto a Oscar de La Renta quanto a Emilio Pucci elegeram o tailoring para produções marcantes, com mistura de estruturas amplas e encurtadas para blazer e calça/short, respectivamente. Eu adorei a escolha do azul pastel (nas meias e camisa) como coadjuvante da estética apresentada pela Pucci. Já a Akris foi no caminho superfeminino, com cintura marcada e caimento lady like, assim como a Prabal Gurung. Na ala setentista, a 3.1 Phillip Lim trouxe o handmade para o conjunto, aplicação de tassels nas barras e sobreposição de tecido na blusa, com referência aos lenços. Com alta dose de modernidade, a Tibi, que eu sou fã, optou pelo volume na blusa, que lembra um abrigo, e assimetria na saia com ponta frontal. Muito cool! Na vida real, vale (e muito!) explorar as diversas maneiras de entrar na tendência. E, se o amarelo estiver na sua cartela de opções preferidas, é hora de apostar sem medo. Uma injeção de alegria sempre faz bem! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Pride Month

    Amarelo, vermelho, laranja, verde, azul e roxo. Uma estética que vai além do colorido. A união de vários tons vibrantes e marcantes, que, na maioria das vezes, remetem ao arco-íris. A combinação representa o movimento LGBT, que busca igualdade, com o apoio de pessoas com uma postura positiva contra a discriminação. No mês de junho acontece a celebração do Orgulho Gay e, há 22 anos, a Parada do Orgulho LGBT em São Paulo. O tema de 2018 foi“Poder para LGBTI+, Nosso Voto, Nossa Voz”, que fala sobre o respeito pela diversidade sexual. Considerada uma das formas de comunicação mais livres e transgressoras, a moda revela tantos caminhos e inspirações nesta manifestação. Brilhos, texturas, modelagens e detalhes que mesclam estas tonalidades abrem um caminho para simbolizar este comportamento em prol do amor sem preconceitos. Recentemente, o estilista Virgil Abloh apresentou a sua primeira coleção masculina para a Louis Vuitton e a passarela teve as cores do arco-íris. Há desde presenças nos red carpets, como de Janelle Monae, Miley Cyrus e Lena Whaite, aos looks encantadores nas passarelas. Podem ser recortes de patchwork, listras ou camadas volumosas. Para a sua última apresentação para a Burberry, Christopher Bailey fez um show emocionante para o Inverno 2018. Ele, que falou muitas vezes sobre ser levado a fazer da Burberry uma marca “democrática”, escolheu se despedir da grife com uma coleção repleta do simbolismo do orgulho gay e com uma grande doação para instituições de caridade de jovens que apoiam os direitos e a saúde mental. Havia arco-íris em todos os lugares – das bolsas às saias. Cara Delevingne surgiu com uma capa de shearling comprida em todas as cores do arco-íris. Viva as cores! Vivemos em uma era que não tolera preconceitos e desrespeitos. E a moda vem fazendo a sua parte, mostrando que é possível trazer o amor à frente de tudo. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • 4 Trends: Resort 2019

    As apresentações de Resort 2019 chegaram ao fim. É uma das mais longas e que reúne maior quantidade de marcas. Com essa grande quantidade de criações, silhuetas, cartela de cores, detalhes e texturas, as fashionistas suspiram com o que vem por aí. Há estilistas que consideram a temporada como uma oportunidade para experimentar novos caminhos para modelagens, estruturas e combinações. Fiquei encantada com várias coleções. Além do desfile deslumbrante da Christian Dior, que pude ver de perto, há uma série de grifes que lançaram desejos absolutos, claro, confirmando algumas tendências. Aqui, selecionei quatro hot trends que prometem conquistar as it-girls e dominar as ruas. O que Chloé, Christian Dior e Prabal Gurung têm em comum? Todos trouxeram adaptações modernas à alfaiataria, principalmente aos modelos de blazer estruturado colocado por cima de um vestido romântico e leve. É uma forma de unir as estéticas femininas e masculinas em um cenário elegante e, acima de tudo, moderno.  A tal brincadeira de proporções que já vem ganhando espaço há estações, independente das temperaturas. Trazer minissaias ou shorts curtíssimos por baixo de maxicoats é um dos stylings mais queridinhos das ruas. Para arrematar o visual, vale apostar em meias que vão até o joelho e botas cuissardes. As estampas sessentistas estão de volta! Flores, arabescos e formatos geométricos trazem toda a atmosfera retrô e jovem para os vestidos do Resort. Emilio Pucci trouxe os icônicos motivos em tons contrastantes para o cocktail dress com franjas na barra, enquanto a Etro apresentou uma proposta fresh para o seu clássico étnico e Ghesquière mesclou babados e camadas na peça coberta por poás de diversas cores. A tendência boudoir não é apenas um amor de verão! Ela permanece firme e forte. Rendas decoram vestidos de alcinha, com sobreposição ou não, como as versões da Paco Rabanne e Louis Vuitton, respectivamente. Na Altuzarra, a assimetria no decote destaca sobreposição e amarração em um modelo black and white sofisticado e contemporâneo. Renovações “entre-temporadas” aquecem a moda e, consequentemente, nos inspiram! Afinal, o calendário nunca para – e nós também não! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Navy Blue

    Uma das minhas cores preferidas, o azul está entre os protagonistas das últimas temporadas. A versão navy, que ganhou ainda mais força graças à Gabrielle Chanel na década de 1950, surge na proposta monocromática, com mix de intensidades de tom, padronagens e texturas. O nome “navy” vem da inspiração nos uniformes da marinha e do universo náutico – tendência que se popularizou entre as estrelas de Hollywood, como Brigitte Bardot. Além de serem versáteis, as diversas tonalidades de marinho dão um toque sofisticado aos visuais com peças tipicamente urbanas. Recentemente, tenho apostado bastante em camisetas na minha rotina semanal, não só aos finais de semana. Com tantas opções ótimas por aí, com tecidos de luxo, a camiseta virou ainda mais democrática. Combinei a tee de linho e viscose, com blazer floral e pantacourt, em várias escalas da cor. Veja como o ton sur ton cria uma sintonia moderna entre as três peças. No Resort 2019, já estéticas que trazem a sobreposições de tonalidades, como na Salvatore Ferragamo, que manteve a cartela cromática, inclusive, no cinto e botas. Na Ralph Lauren, as listras risca de giz aparecem renovadas no look completo, na combinação azul e branca, duo clássico navy. Já a norte-americana Carolina Herrera explorou um contraste ainda maior – com tons pastel e deep blue. E o marinho também aparece nas propostas brilhosas. Com casaqueto de cashmere coberto por paetês, técnica dos bordados em lantejoulas foi bem explorada nos anos 40 e teve seu comeback nas décadas de 70 e 80, explorei o all blue e brinquei com as texturas ao lado de camisa levíssima e pantacourt em tecido de alfaiataria. Combo ideal para transformar o visual diurno – além de possuir atitude cool!Vestidos assimétricos e saias plissadas com sobreposição de suéter ou casaco estão entre os destaques das coleções e, sem dúvida, no radar das fashionistas. Natacha Ramsay-Levi misturou itens estampados, meias e tiras da sandálias com o modelo em marinho para a Chloé. As norte-americanas Tory Burch e Tibi investiram no lady like moderno, com tricô e camisaria ampla, respectivamente. Referências ideais para inspirar. Dentro da família blue, vale experimentar combinações inesperadas e surpreender. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • All Yellow – Resort 19

    Sintonia total! Na semana passada, fiz um post (aqui) falando sobre como criar looks inspirados nas cores da bandeira brasileira especialmente para entrar no mood da Copa do Mundo. Na temporada de Resort 2019, diversas marcas investiram em propostas monocromáticas. Entre elas? Os visuais all yellow, com muita informação de moda, entre shapes, texturas e até intervenções de outras tonalidades em detalhes. Na lista de criações, o amarelo surgiu forte na alfaiataria, que vem renovada de várias formas – seja na modelagem, que brinca, principalmente, com proporções. Tanto a Oscar de La Renta quanto a Emilio Pucci elegeram o tailoring para produções marcantes, com mistura de estruturas amplas e encurtadas para blazer e calça/short, respectivamente. Eu adorei a escolha do azul pastel (nas meias e camisa) como coadjuvante da estética apresentada pela Pucci. Já a Akris foi no caminho superfeminino, com cintura marcada e caimento lady like, assim como a Prabal Gurung. Na ala setentista, a 3.1 Phillip Lim trouxe o handmade para o conjunto, aplicação de tassels nas barras e sobreposição de tecido na blusa, com referência aos lenços. Com alta dose de modernidade, a Tibi, que eu sou fã, optou pelo volume na blusa, que lembra um abrigo, e assimetria na saia com ponta frontal. Muito cool! Na vida real, vale (e muito!) explorar as diversas maneiras de entrar na tendência. E, se o amarelo estiver na sua cartela de opções preferidas, é hora de apostar sem medo. Uma injeção de alegria sempre faz bem! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Match the style: Alice Ferraz e Katy Perry

    O Match the Style está de volta! Desta vez, a cantora Katy Perry foi a escolhida por duas grandes coincidências fashion elegantes – e preciosas! Ela, que não dispensa um acessório impactante, tem investido recentemente em diversas joias com pedras vibrantes e formatos ousados. Entre os eleitos para suas aparições em eventos estão as criações da Maxior, marca brasileira de 35 anos, que desenvolve itens encantadores. Para o último Baile de Carnaval da Vogue, apostei no look Ultraviolet e, como ponto de brilho, escolhi brincos de ametistas e esmeraldas. Eles foram essenciais para dar aquele toque luxuoso ao visual monocromático. Já Katy foi com o mesmo par para a final do American Idol, que também serviu de match para a sua produção em tons de roxo. Repare como o contraste das cores das peças são sofisticadas e trazem feminilidade. Black and gold? Um duo perfeito! A cantora e eu apostamos em roupas pretas com destaque para os brincos longos de bolas feitos com ouro 18k. Eles têm desenhos geométricos vazados e seus círculos vão diminuindo proporcionalmente da base à tarraxa. Além de deslumbrante, ele dá um movimento e brilho ao look. E qual é o seu Match the Style preferido? Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • News: Coleção Yoga #desafiolovelife

    A busca pelo equilíbrio é uma das grandes metas nos dias de hoje. E quem vive em uma rotina frenética não hesita em encontrar saídas para trazer bem estar da mente e do corpo em aulas relaxantes. Entre as práticas mais procuradas – e de grande eficiência – está a ioga. Várias fashionistas investem um tempo da sua semana em uma horinha para este tipo de terapia de origem indiana. Agora, imagine quando a moda ganha espaço em uma coleção com peças exclusivas para a usar durante as aulas, com conforto e design.  Foi assim que nasceu a collab #DesafioLoveLife, entre a estilista Carol Bassi e Helena Lunardelli. Elas se uniram para lançar hoje uma série de itens, como casacos, sendo um de renda e outro de tecido tecnológico com capuz,  para ser a terceira peça ideal para vestir por cima dos looks mais justos. A capsule collection vai estar disponível na flagship da marca nos Jardins, no Shop2gether e nas principais multimarcas do país. Aqui, alguns dos modelos-desejo para entrar na lista de compras da turma da ioga!   Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Red Block Heels

      Uma das tendências que mais marcou as fashionistas nas últimas temporadas, sem dúvida, é a bota com salto blocado – ou a também conhecida Block Heels Boots. Com maior ar retrô, o modelo de ano curto foi hit nos anos 70 e 80 e, quase 6 décadas depois, surge como opção contemporânea e com atitude urbana. Nas últimas temporadas internacionais, vi tantas it-girls usando versões elegantes e marcantes – principalmente na cor vermelha! Queridinhas das francesas e britânicas, as botas também têm um quê de juventude. Pense nela como um elemento versátil, que é possível criar looks com espírito rocker (com direito à calça de couro preta), transformar o visual casual com jeans e t-shirt, destacar a modernidade ao lado de peças envernizadas e com estampas tradicionais, como o xadrez… e por aí vai! Na minha proposta, adotei um par incrível, envernizado, da shoemaker Paula Torres, para usar com pantalona da mesma cor e colete de tricô nude. Sem falar do mix de texturas e contrastes entre cores neutras e vibrantes, que eu amo! Aqui, separei algumas inspirações para levar as red boots com esse salto mais grosso para o dia a dia. É o tipo ideal para usar em diversas ocasiões – do primeiro compromisso do dia ao evento noturno. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Velvet Coat

    Quem suspeitava que o veludo seria apenas um amor de inverno, acredite, ele vai se manter firme e forte nas próximas temporadas frias. O material, com todo ar aristocrático, ganhou pitadas de modernidade e urbanos há algumas estações e surge em diversas peças e estilos. E também acompanhou o revival oitentista que conquistou várias grifes – como Balenciaga, Tom Ford e Max Mara. Uma das grandes apostas? Os casacos! Em várias modelagens e tonalidades, os modelos apareceram nas versões fosca, brilhosa e com aquele efeito molhado (também chamado de Wet Velvet). No meu guarda-roupa, tenho algumas opções, mas o shape que mais me conquistou é o mídi coat. Ainda mais por ele ser ultraviolet, cor que amo e tenho usado tanto recentemente. No meu visual, investi na proposta monocromática com variação de tonalidades. A capa, da coleção de inverno da nossa rainha da moda nacional Gloria Coelho, é ideal para o clima brasileiro, porque ao mesmo tempo que aquece, possui leveza e movimento. Nas passarelas, mais criações encantadoras! A Balenciaga apresentou uma jaqueta em veludo com trabalho de matelassê, que traz pitadas de romantismo e feminilidade de forma cool. Já a Self-Portrait trouxe o conjunto paletó + shorts no tecido com o mesmo tom marcante de azul para um look noturno ousado. A F* hits Claudia Bartelle entrou no clima ultraviolet e criou uma produção com uma cartela neutra por baixo e o maxi casaco como peças statement. O pink também tem seu espaço na tendência. Tom Ford, com seu mood 80’s, propôs uma aparência acetinada para o blazer rosa vibrante no visual monocromático. Na italiana Max Mara, o tom pastel cobriu o modelo que vai até a canela. Adorei o contraste de estéticas que a peça fez com o look full black por baixo. Formas de usar a tendência em vários estilos e ocasiões. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Get the look: Copa do Mundo

    Começou a Copa! Um dos mais importantes eventos esportivos do mundo teve seu primeiro dia na quinta-feira e é hora de entrar no clima verde e amarelo – digamos, literalmente! Há aquela dúvida de como criar looks sofisticados e modernos para celebrar o nosso país e, acredite, a moda vem mostrando que é mais simples do que a gente imagina. Na última temporada de Resort, as três cores da nossa bandeira marcaram visuais incríveis de deixar qualquer fashionista com vontade de usar agora. Além de inspirar, é uma forma de trazer ainda mais segurança para quem adoraria vestir verde, amarelo ou azul em produções monocromáticas. E todos os estilos podem entrar no espírito do World Cup, dos discretos aos vibrantes. Para a primeira ala, algumas dicas de ouro. Combine uma das tonalidades com peças neutras ou invista em alternativas cromáticas que não sejam tão chamativas, como o amarelo pastel + azul marinho. O verde militar também ganha espaço e dá poder ao outfit. Nas propostas full color, que tal brincar com texturas, materiais, recortes e modelagens? A criatividade é muito bem-vinda! No time do verde, vale trazer o branco (como neutro leve) para manter a cor como protagonista absoluta. Alice Salazar e Silvia Braz deram um toque white, com t-shirt e, no caso da Silvia, com uma listra contrastante na calça de alfaiataria. Entre as diversas opções de amarelo, uma liberdade ainda maior para ousar. Invista em roupas com shapes frescos e com um pouco mais de pele em evidência, como na escolha de Luiza Sobral, em camisas cool e vestidos off-shoulders com franzidos superfemininos. Sem dúvida, é a injeção de luz e alegria para o seu visual! Da família do azul (e uma das minhas cores preferidas), a sofisticação é certeira! Para usar em dias mais frios, a Helena Lunardelli traz uma inspiração perfeita, rica em texturas no material, volumes nas mangas e caimento chique. Na minha produção para um dia de trabalho, elegi a camisa, com movimento de babados nas mangas, no tom royal e calça branca. Com mix de materiais, a Camila apostou na ideia all blue, composta por camisa transparente de renda e saia em camadas. Formas criativas de elaborar visuais sem cair na zona comum. Experimente novos shapes, tecidos e acabamentos para dar vida a looks surpreendentes para desfilar durante e após a Copa! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Get the look: Copa do Mundo

    Começou a Copa! Um dos mais importantes eventos esportivos do mundo teve seu primeiro dia na quinta-feira e é hora de entrar no clima verde e amarelo – digamos, literalmente! Há aquela dúvida de como criar looks sofisticados e modernos para celebrar o nosso país e, acredite, a moda vem mostrando que é mais simples do que a gente imagina. Na última temporada de Resort, as três cores da nossa bandeira marcaram visuais incríveis de deixar qualquer fashionista com vontade de usar agora. Além de inspirar, é uma forma de trazer ainda mais segurança para quem adoraria vestir verde, amarelo ou azul em produções monocromáticas. E todos os estilos podem entrar no espírito do World Cup, dos discretos aos vibrantes. Para a primeira ala, algumas dicas de ouro. Combine uma das tonalidades com peças neutras ou invista em alternativas cromáticas que não sejam tão chamativas, como o amarelo pastel + azul marinho. O verde militar também ganha espaço e dá poder ao outfit. Nas propostas full color, que tal brincar com texturas, materiais, recortes e modelagens? A criatividade é muito bem-vinda! No time do verde, vale trazer o branco (como neutro leve) para manter a cor como protagonista absoluta. Alice Salazar e Silvia Braz deram um toque white, com t-shirt e, no caso da Silvia, com uma listra contrastante na calça de alfaiataria. Entre as diversas opções de amarelo, uma liberdade ainda maior para ousar. Invista em roupas com shapes frescos e com um pouco mais de pele em evidência, como na escolha de Luiza Sobral, em camisas cool e vestidos off-shoulders com franzidos superfemininos. Sem dúvida, é a injeção de luz e alegria para o seu visual! Da família do azul (e uma das minhas cores preferidas), a sofisticação é certeira! Para usar em dias mais frios, a Helena Lunardelli traz uma inspiração perfeita, rica em texturas no material, volumes nas mangas e caimento chique. Na minha produção para um dia de trabalho, elegi a camisa, com movimento de babados nas mangas, no tom royal e calça branca. Com mix de materiais, a Camila apostou na ideia all blue, composta por camisa transparente de renda e saia em camadas. Formas criativas de elaborar visuais sem cair na zona comum. Experimente novos shapes, tecidos e acabamentos para dar vida a looks surpreendentes para desfilar durante e após a Copa! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Velvet Coat

    Quem suspeitava que o veludo seria apenas um amor de inverno, acredite, ele vai se manter firme e forte nas próximas temporadas frias. O material, com todo ar aristocrático, ganhou pitadas de modernidade e urbanos há algumas estações e surge em diversas peças e estilos. E também acompanhou o revival oitentista que conquistou várias grifes – como Balenciaga, Tom Ford e Max Mara. Uma das grandes apostas? Os casacos! Em várias modelagens e tonalidades, os modelos apareceram nas versões fosca, brilhosa e com aquele efeito molhado (também chamado de Wet Velvet). No meu guarda-roupa, tenho algumas opções, mas o shape que mais me conquistou é o mídi coat. Ainda mais por ele ser ultraviolet, cor que amo e tenho usado tanto recentemente. No meu visual, investi na proposta monocromática com variação de tonalidades. A capa, da coleção de inverno da nossa rainha da moda nacional Gloria Coelho, é ideal para o clima brasileiro, porque ao mesmo tempo que aquece, possui leveza e movimento. Nas passarelas, mais criações encantadoras! A Balenciaga apresentou uma jaqueta em veludo com trabalho de matelassê, que traz pitadas de romantismo e feminilidade de forma cool. Já a Self-Portrait trouxe o conjunto paletó + shorts no tecido com o mesmo tom marcante de azul para um look noturno ousado. A F* hits Claudia Bartelle entrou no clima ultraviolet e criou uma produção com uma cartela neutra por baixo e o maxi casaco como peças statement. O pink também tem seu espaço na tendência. Tom Ford, com seu mood 80’s, propôs uma aparência acetinada para o blazer rosa vibrante no visual monocromático. Na italiana Max Mara, o tom pastel cobriu o modelo que vai até a canela. Adorei o contraste de estéticas que a peça fez com o look full black por baixo. Formas de usar a tendência em vários estilos e ocasiões. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Wide Legs

    Há, mais ou menos, um ano, Victoria Beckham declarou “go big or go home” antes de um de seus desfiles. Essa frase marcou tanto e, logo de cara, vi que outras marcas estavam caminhando nesta direção. Nada de shape skinny e reto. As pantalonas, que foram sucesso nos anos 70, voltam com força absoluta, garantindo movimento, elegância e modernidade nos visuais fashionistas. Eu, que sou fã de shapes amplos, já coleciono uma série de modelos de diversas tonalidades – do vermelho ao marinho. As wide legs são ideais para transformar o look, principalmente quando falamos de alfaiataria. Nos meus visuais, gosto de brincar com estampas, como na proposta com blazer listrado, usando a calça como ponto de cor, e escolho versões escuras para criar combinações sofisticadas e que transitam entre várias ocasiões. E a cartela azul é uma das queridinhas das it-girls e apareceu forte nas passarelas. Aqui, Luiza Sobral investiu no marinho, enquanto a marca Roksanda foi na opção mais clara, que fez match com o blazer e as biqueiras das botas. Em jeans, Silvia Braz mostrou uma ideia cool e urbana do modelo com jaqueta de couro e blusa branca. As estampas geométricas também são bem-vindas. Rebeka Guerra e Helena Lunardelli optaram por pantalonas com fundo preto e linhas contrastantes – em tons terrosos ou branco. Como complemento, as partes de cima são neutras, entre camisas com mangas volumosas e regatas básicas. A calça vai bem com tudo! Dentro da cartela acinzentada, Off-White e Eudon Choi exploraram a peça de formas diferentes. Enquanto a primeira apresentou um monocromático com padronagem Príncípe de Gales, a segunda optou pelo invernal cinza mescla com aquele ar de conforto para o modelo clochard. Quem também investiu no shape da Eudon Choi foi Lalá Noleto, que trouxe uma ideia fresh e cheia de elegância, em uma estética que brinca com proporções justas e volumosas. Inspirações para levar a peça para o nosso dia a dia. Escolha a sua versão preferida e crie propostas para usar em qualquer ocasião! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Trend hits: Wide Legs

    Há, mais ou menos, um ano, Victoria Beckham declarou “go big or go home” antes de um de seus desfiles. Essa frase marcou tanto e, logo de cara, vi que outras marcas estavam caminhando nesta direção. Nada de shape skinny e reto. As pantalonas, que foram sucesso nos anos 70, voltam com força absoluta, garantindo movimento, elegância e modernidade nos visuais fashionistas. Eu, que sou fã de shapes amplos, já coleciono uma série de modelos de diversas tonalidades – do vermelho ao marinho. As wide legs são ideais para transformar o look, principalmente quando falamos de alfaiataria. Nos meus visuais, gosto de brincar com estampas, como na proposta com blazer listrado, usando a calça como ponto de cor, e escolho versões escuras para criar combinações sofisticadas e que transitam entre várias ocasiões. E a cartela azul é uma das queridinhas das it-girls e apareceu forte nas passarelas. Aqui, Luiza Sobral investiu no marinho, enquanto a marca Roksanda foi na opção mais clara, que fez match com o blazer e as biqueiras das botas. Em jeans, Silvia Braz mostrou uma ideia cool e urbana do modelo com jaqueta de couro e blusa branca. As estampas geométricas também são bem-vindas. Rebeka Guerra e Helena Lunardelli optaram por pantalonas com fundo preto e linhas contrastantes – em tons terrosos ou branco. Como complemento, as partes de cima são neutras, entre camisas com mangas volumosas e regatas básicas. A calça vai bem com tudo! Dentro da cartela acinzentada, Off-White e Eudon Choi exploraram a peça de formas diferentes. Enquanto a primeira apresentou um monocromático com padronagem Príncípe de Gales, a segunda optou pelo invernal cinza mescla com aquele ar de conforto para o modelo clochard. Quem também investiu no shape da Eudon Choi foi Lalá Noleto, que trouxe uma ideia fresh e cheia de elegância, em uma estética que brinca com proporções justas e volumosas. Inspirações para levar a peça para o nosso dia a dia. Escolha a sua versão preferida e crie propostas para usar em qualquer ocasião! Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Must read: quatro livros inspiradores

    Dentro do ritmo frenético que vivemos é necessário dar aquela pausa para recarregar as energias e acalmar a mente. Afinal, recebemos uma enxurrada de informação e é preciso dar um reset. Durante os finais de semana costumo desconectar um pouco e ler alguns livros no meu cantinho especial ao lado da Tetê. Aqui, selecionei quatro publicações que mais gostei de ler nos últimos tempos. E que são as minhas dicas para quem está nesta busca por boas leituras. Minha mais recente descoberta! Da minha última viagem para Londres, encontrei o “12 Rules for Life”, escrito pelo psicólogo canadense Jordan Peterson. Como o título já entrega, o best seller traz os doze princípios profundos e práticos de como viver de forma leve e conectada com si mesmo. Inclusive, ele propõe uma busca por significados e dá algumas dicas que vale pensar a respeito. Uma delas? “Organize a sua casa antes de criticar o mundo”. O britânico Ian McEwan é um dos maiores escritores da atualidade – isso porque há uma genialidade na hora de propor narrativas, acima de tudo, inesperadas. Em “Enclausurado”, quem conta a história é um feto, que, ainda na barriga da mãe, escuta os planos para assassinar o marido. Com todo aquele caminho esperado para o lado trágico, há um humor incrível e completamente inesperado. Já o livro “Pequeno Tratado das Grandes Virtudes” é, sem dúvida, uma das publicações mais importantes dos dias de hoje, porque acompanha exatamente o que estamos vivendo. Li ele em Alagoas,  durante o casamento da Helena Lunardelli, e foi revigorante. Ele levanta questões que muitas vezes ficam esquecidas e dá destaque para uma palavra importantíssima, a virtude. Segundo o autor André Comte-Sponville, não é porque não falamos dela que isso a torna dispensável. É preciso julgar as virtudes mais importantes, o que são, ou o que deveriam ser, e o que as torna sempre necessárias e sempre difíceis.E quem não gostaria de encontrar o segredo da felicidade plena e duradoura? A questão foi levantada por grandes nomes religiosos, Dalai Lama e Desmond Tutu, que se encontraram para falar do assunto e todo o diálogo foi registrado no livro “Contentamento”. O escritor Douglas Abrams acompanhou acompanhou a conversa entre os dois, que durou cinco dias em Dharamsala, na Índia, durante a celebração do 80º aniversário do líder tibetano. É inspirador! Eles levantam histórias marcadas por décadas de exílio e pela opressão e intolerância, ao longo de conversas íntimas, repletas de risos espontâneos e lembranças de amor e perda. Quando a gente chega no final da última página é uma sensação única de leveza. Formas deliciosas de alimentar a mente de boas energias e palavras sábias. Os quatro livros são daqueles que a gente começa e, sem ver o tempo passar, já acaba. E você, já leu algum deles? Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais

  • Dia dos Namorados – Elisabete Gaspar

    Uma data para lá de especial. Celebrar o amor é algo que está sempre na minha rotina, mas quando chega o Dia dos Namorados é certeiro. É quando somos surpreendidas. O Fernando, meu companheiro, amigo e namorado fez uma declaração tão linda ❤️ O vídeo faz parte da campanha ”As 3 coisas que fazem o seu amor ser a mulher da sua vida” tem ligação com os anéis da coleção Alianças, da designer Elisabete Gaspar. O formato do anel em elo, sem início e fim, representa a força de uma união e esse foi o seu ponto de partida para criar uma uma série de desejos que interpreta o real valor de um vínculo entre casais. http://www.blogdaaliceferraz.com.br/wp-content/uploads/2018/06/33728010_238134280072398_124148671095767040_n-2.mp4 Assim como eu fui surpreendida, Lalá Noleto, Carol Bassi e Helena Lunardelli também receberam recados românticos dos seus maridos. As declarações estão no perfil do Instagram da Elisabete Gaspar. As peças são perfeitas opções de presente para o Dia dos Namorados – elas são exclusivas e carregam sofisticação, alta qualidade e design único. Claro, cada uma das alianças é feita à mão, o que garante uma produção limitada. Compartilhe isso:Compartilhar no TumblrEmail Siga o F*hits nas Redes Sociais

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS