Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

3186 resultado(s) encontrados.
  • #DICAS DE VIAGEM: NO RITMO DE IBIZA

    Foi nos anos 70 que aquele pacato reduto hippie explodiu e não parou mais. Ibiza entrou no radar da galera mais baladeira do planeta… e quer saber? Hoje recebe festas mega incensadas do verão europeu, de segunda a segunda, non stop. As baladas rolam dia e noite com DJ’s como David Guetta, Alok e Calvin Harris. Entre uma festa e outra, o descanso fica por conta das ondas do mar, seja num dos tantos beach clubs animados ou numa praia tranquila qualquer (onde o nudismo está liberado). Será que tem sua vibe? Chegar a Ibiza é fácil. Um voo de menos de uma hora liga Barcelona, Valência ou Madrid à ilha. Ainda no aeroporto, alugue um carro. É fundamental. Opte por ficar hospedado nos arredores da cidade antiga de Ibiza – que em catalão se chama Eivissa – por ser central em relação aos principais pontos de interesse. A cidade é uma graça. Toda murada, cheia de ruelas bonitinhas com prédios históricos, tem bons restaurantes e foi declarada pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Um hotel simpático dentro das muralhas de Ibiza é o Dalt Vila, com o selo Relais & Chateaux. Se quiser um hotel super exclusivo indico o Nobu Ibiza Bay. Ele inaugurou há pouco tempo e é o hotel mais aclamado da ilha. Tem 152 apartamentos de decoração caprichada e o restaurante nem preciso dizer. Maravilhoso! Mas, se seu astral aponta para tranquilidade dê uma olhada no hotel Hacienda Na Ximena, num penhasco de Sant Miquel, ao norte da ilha. Quer saber das baladas? As mais concorridas são a Pacha (onde rola a tradicional Flower Power ao estilo anos 70); Ushuaia Club (com festas bombásticas à beira da piscina desde as 4 da tarde que vão noite adentro); Circoloco (uma festa que pega fogo todas as segundas-feiras na DC-10); a Hi (que recebe David Guetta na F*** me I’m Famous!); e por aí vai… As praias de Ibiza são muitas e são lindas. Minha favorita é a Platges de Comte, de um azul divino e onde fica o restaurante Ashram super concorrido ao pôr do sol, mesmo sendo bem simples. Cala Bassa, também é muito azul, e tem o Cotton Beach Club, onde vale a pena almoçar. Outras praias legais são Sa Caleta, Cala D’Hort (onde fica o icônico Es Vedrá – um dos pontos mais magnéticos da terra), Cala Gració, Cala Salada… De Ibiza aproveite para fazer um bate e volta à ilha vizinha de Formentera que é pequenina, mais tranquila e muitíssimo azul. Vá de ferry. Curtiu Ibiza? Só indo para entender seu astral doido e contagiante. Desejo um mês de setembro super alto astral para vocês. Beijos e até a próxima terça. Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • English Video: MOVING VLOG – Part 2

    Amores! O video de hoje é uma continuação do Vlog da nossa mudança de Boston para Los Angeles. Fiquem atentos para o Vlog final onde eu mostro um pouco da nossa situação atual em Los Angeles. Espero muito que gostem!

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: SPARKLES PIECES

    Podemos arriscar que há uma unanimidade entre as fashionistas em relação ao uso do brilho nos visuais. Afinal, independente do estilo, ele pode ser usado nas roupas e acessórios de diversas formas. Seja em composições que trazem paetês, cristais, correntes, fios de lurex ou pastilhas metalizadas, a estética sempre vai trazer um ar glam e poderoso, mesmo sem seguir fielmente uma aparência oitentista. A década ficou marcada por apresentar formas livres de usar produções brilhantes da cabeça aos pés. Após um período dominado pelo normcore, durante a década de 1990, as sparkles pieces voltaram com força nos anos 2000, em propostas usadas, principalmente, pelas divas do pop. Hoje, existe uma liberdade para explorar novas formas de usar a tendência. E é incrível como podemos ver, não só um mero detalhe, mas uma peça como verdadeira protagonista. Aqui, a Cami e eu escolhemos itens de impacto, cada um dentro do seu mood. Enquanto ela investiu em um longo transparente coberto por brilhos, em um mix elegante com blusa knitwear turtleneck, o meu elemento statement foi o blazer com bordados de paetês Balmain. Veja como foi uma forma de atualizar o look black and white composto por camisa e saia longa. Elegi uma key piece transformadora para colocar por cima dos ombros. Mudou completamente os ares neutros e deu um toque de glamour e poder na dose certa. Nas passarelas, a ideia surge em diferentes maneiras – e todas são surpreendentes. Para Isabel Marant, o vestido bordado traz diferentes materiais metalizados. Nos pés, as botas de couro com aplicação de tachas são o complemento cool ideal. Já na Michael Kors, um efeito especial transformou a peça, sendo mais homogênea em relação à camada brilhante na parte superior e mais espaçada próxima à barra. Para a alta costura da Givenchy, o metalizado deu o ar das graças no blazer oversized em formato de escamas e, na saia, contornando desenhos de flores. Na mesma temporada de Fall 2019, a Armani Privé apresentou um casaco com fechamento transpassado para ser o protagonista do visual. Respeitando o DNA da sempre glamurosa Balmain, Olivier trouxe um all black look, composto por casaco e calça clochard de veludo preto, com pontos de luz marcados por fios de lurex. Enquanto isso, Anthony Vaccarello trouxe uma interpretação de brilho para a Saint Laurent com pastilhas pretas no paletó de ombros marcantes. Adoro a ideia de como algumas roupas são consideradas verdadeiras joias. Na moda, diversas maisons são conhecidas por investir seu savoir faire em itens statement, baseado em estéticas encantadoras e inesquecíveis. Beijos, Alice.

    Leia Mais

  • Music Festival looks!

    Amores, Acabei nunca postando meus looks do Lollapalooza aqui – festival de música que acontece em Chicago! No primeiro dia fui em uma pegada mais feminina, de vestido rosa larguinho, bem confortável pra dançar. Ao invés de bota, usei tênis, uma proposta mais inusitada que amo! Já no segundo dia, fui na pegada mais festival mesmo, com shortinho de couro e top de franjas dourada, com botinha branca! Amo essa pegada! Qual vocês gostaram mais? Festival de música não tem certo ou errado, o foco é a música, e o mais importante é se sentir livre e a vontade com que está vestindo (lembrando em sempre estar confortável pra aproveitar o máximo)!

    Leia Mais

  • #DICA DE VIAGEM: COMINO, UMA ILHA DE CORES MÁGICAS

    Que o mar Mediterrâneo tem um dos azuis mais incríveis da face da terra… todo mundo já sabe. Mas que esconde uma pérola chamada Comino, no arquipélago de Malta, entre a Sicília e a Tunísia, pouca gente sabe. Portanto, se você nunca ouviu falar nessa ilha, preste bem atenção aos tons fluorescentes de “azul-comino” e garanto que você vai ficar morrendo de vontade de mergulhar nesse paraíso. Fazia muito tempo que Malta vinha pipocando nos meus sonhos. Até que o dia chegou. O país é bem pequeno, aliás o menor do bloco da União Europeia. No entanto, é de uma beleza estupenda. Três de suas ilhas são habitadas: Malta, Gozo e Comino, sendo que a grande estrela é sem dúvida nenhuma Comino. Tão turquesa que chega a ofuscar os olhos! Comino é muito, muito pequena. Tem dois quilômetros e meio por um e meio. Mínima! Tem apenas um hotel simples e alguns quiosques à beira-mar para receber a avalanche de turistas que brotam ali no verão europeu. Para chegar é preciso embarcar num ferry (que parte tanto da ilha de Gozo, como da ilha de Malta) ou alugar um barco privativo (eis a melhor opção!!). A Blue Lagoon é o lugar mais incrível da ilha. Parece uma lagoa mas na verdade é uma grande piscina natural formada no mar entre lajes de calcário cheias de cavernas. A água é cristalina. Daqueles lugares que você não acredita no que está vendo de tão UAU. Há uma trilha sobre a falésia que leva até a Crystal Lagoon, outra piscina natural de lascar de linda. Também vale circular pela ilha toda de barco e fazer algumas paradas para mergulhar nas Baías de Santa Maria e São Nicolas. Observe que alguns barquinhos tem dois olhos pintados com cores vibrantes. São os “Olhos de Osires”. Eles são herança do período em que os fenícios estiveram na ilha e lembram aqueles olhos turcos e gregos, não é? Pois eles fazem parte da história das Ilhas Maltesas e servem para trazer boa sorte e proteção às embarcações. Um lugar legal para ficar hospedado próximo a Comino é o hotel Kempiski San Lawrenz em Gozo. De lá em dez minutos você chega de barco. Comino é imperdível!! Coloque na sua lista de desejos pelo mundo. Anota essas #claudicas Desejo uma semana de muito azul-comino para vocês! Beijos e até a próxima terça. Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • Como usar: Meia calça

    Cheguei no Brasil e agora sim estou percebendo que por aqui o Inverno chegou de verdade, né?! Haha! Que frio! E por isso resolvi fazer um post de uma peça que nunca sai de moda e que nos mantem quentinhas durante o dia e a noite: a meia calça. Sei que muita gente acha brega, mas a meia calça pode e deve ser usada em looks com uma pegada mais fashion. Seja ela arrastão, colorida, de fio grosso ou fino e até mesmo estampada, a meia é versátil e pode ser encaixada em qualquer produção. Por isso, no post de hoje trouxe algumas inspirações que vão te ajudar a compor o look com peças que vocês com certeza já devem ter em casa. Olhem só: Fotos: Victória Rocha | Pinterest Minha maneira preferida de apostar na meia calça é deixando ela a mostra e ser um dos itens principais do look, usando uma saia ou shorts. Dessa forma sempre acabo apostando em um casaco mais quentinho e statement que me ajude a deixar a produção ainda mais cool Fotos: Pinterest O jeans é o nosso aliado na hora de apostar na meia calça e o melhor é que todo mundo têm em casa. Seja saia, calça ou apenas compondo com uma jaqueta jeans essa combinação fica linda e ultra style. Fotos: Pinterest Para as mais ousadas e dias mais amenos, vale apostar na meia arrastão, ela dá um toque atual se combinado com peças mais despojadas. Fotos: Pinterest Os vestidos também entram na onda, para ficar ainda mais quentinha aposte em um de tricot e combine com um coturno. Não tem erro e fica lindo! Gostaram das inspirações?

    Leia Mais

  • #DICAS DE VIAGEM: SEVILHA, A BELA CAPITAL DA ANDALUZIA

    Mergulhar na essência de um povo é o que faz a diferença numa viagem. E Sevilha mostra com nitidez toda a força da Espanha, exatamente do jeito que a gente imagina: na arquitetura de traços mouros, na culinária saborosa com uma mistura de influências, nos passos firmes do flamenco, nas cores vibrantes e nas tradicionais (e atualmente tão criticadas) touradas. Estive em Sevilha há mais de 20 anos pela primeira vez e retornar à capital da Andaluzia foi sensacional. Incrível como cada viagem nos traz novos ensinamentos e nos pega em momentos de vida diferentes. Por isso, adoro rever lugares por onde já passei e confesso que me apaixonei perdidamente por Sevilha. O centrinho histórico é relativamente pequeno, o que torna a cidade fácil de ser explorada a pé, de bonde ou de bike. Tudo gira em torno da Plaza del Triunfo, que é considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Ali fica a imperdível Catedral de Santa Maria da Sede (que tem uma torre árabe, a Torre da Giralda), além dos palácios do Real Alcazar e do Arquivo das Índias (que guarda a história das grandes navegações). Para ficar muito bem hospedado em frente à esses ícones da história do mundo opte pelo tradicional hotel Alfonso XIII. Ele foi construído exatamente para acolher os nobres visitantes da época. É um clássico. Tem traços mouros e decoração muito elegante. Sevilha também tem um antigo bairro de judeus, Santa Cruz. Hoje, é um lugar animado, cheio de bares e restaurantes. Vale experimentar o Oriza e o Las Terezas quando quiser dar uma pausa para descansar da caminhada pelas ruas labirínticas do bairro. Para assistir um show de flamenco legítimo vá ao bairro de Triana, o berço do flamenco. Para fechar com chave de ouro visite a Plaza de Espanha que foi construída fora do centro para receber a Exposição Ibero-Americana de 1929, mas numa distância que pode ser facilmente alcançada numa caminhada. É linda. Vale passar algumas horas caminhando por ali de queixo caído, especialmente, num dia de sol. A Espanha é um país que agrada facilmente e Sevilha precisa entrar no seu roteiro por mostrar a essência e as raízes espanholas com força. Desejo uma semana iluminada para todos. Beijos e até a próxima terça. Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: MANGAS VOLUMOSAS

    É fato que, há algumas temporadas, as mangas vêm se destacando entre tantos outros elementos nas passarelas. Seja por seu material, textura ou shape, é indispensável pensar nas inúmeras formas como as marcas atualizam a estética das peças investindo apenas nas alterações feitas nas suas estruturas. Recentemente, tenho visto uma série de variações das bufantes e presunto, as clássicas modelagens que surgiram no Período Romântico (século XIV) e tão simbólicas na década de 1980. Elas têm aspecto fofo, variam entre os comprimentos curtos e longos e, independente da produção, são sempre as protagonistas. Nos últimos tempos, as ruas e apresentações de semana de moda têm sido responsáveis por traduzir novas maneiras de acrescentar a tendência no nosso dia a dia – e não reservá-la apenas para visuais ocasionais. Há desde camisas, como a versão que usei com oversized sleeves, às opções em tricô, passando pelos tops de couro. Para as coleções apresentadas recentemente, os estilistas apostaram em looks com ares urbanos, mostrando que o contraste de proporções “cintura x mangas” é um dos hits do momento – e dismistificando toda aquela ideia de preservar mangas volumosas apenas para o evening dress. Aqui, a Cami e eu mostramos duas formas de trazer a tendência para a nossa rotina de passeio e workwear. Enquanto ela investiu na blusa com decote quadrado e manga com três marcações de elástico (o que deixam a estética ainda mais fofa) para um look de verão cool, eu escolhi a camisa de medium sleeve no comprimento, mas com proporção ampla na sua estrutura. Durante as últimas apresentações, uma infinidade de exemplos de como criar combos fashionistas. Com direito a boné e short de cintura alta, a Miu Miu investiu em uma ideia girlie moderna, trazendo a blusa de algodão estruturado com decote v profundo e mangas esculturais. Já na francesa Isabel Marant, o match de couro e lã deu um tom chique e ousado ao top all black. Para a Zimmermann, o contraste entre o shape volumoso e a estampa floral foram o ponto de impacto da produção – e uma das evidências de que mangas amplas e prints podem combinar muito bem. Já na sempre arquitetônica Louis Vuitton de Nicolas Ghesquière, o macacão destaca ainda mais a grandiosidade das long sleeves oversized com sua brincadeira de sobreposições. Para a sempre sofisticada Carolina Herrera, o minivestido de material estruturado mostra que o formato “comprimento da peça x mangas bufantes” pode ser uma forma de explorar a estética lady like de um jeito renovado e sem perder a delicadeza. Na Valentino, Pierpaolo Piccioli é adepto de explorar e criar composições de sejáveis que misturam volume e detalhes chiques, como as pregas, plissados e babados. Além de ter tanta história para contar, elas são elegantes, versáteis e contemporâneas. É tão especial quando a moda consegue apresentar detalhes transformadores nas produções e deixá-las ainda mais atraentes. Se no passado eram decorativas, agora é a vez das mangas volumosas mostrarem seu espaço nos looks casuais e nas formas incríveis de estarem cada vez mais presentes na nossa rotina. Beijos, Alice.

    Leia Mais

  • English Video: Se Arrume Comigo – Cabelo/Make & Look!

    O vídeo de hoje no meu canal em inglês é com um GRWM (se arrume comigo)! Nós finalmente nos mudamos para Los Angeles, então este é o primeiro vídeo que eu gravei na nova casa! Essa é uma make/cabelo/ look rápido e fácil que criei para ir almoçar. Espero muito que gostem! IGK First Class Charcoal Detox Dry Shampoo Charlotte Tilbury Wonderglow Face Primer Lancome Teint Idole Ultra Long Wear Foundation The Overachiever High Coverage Concealer Nars Sun Wash Diffusing Bronzer Benefit High Brow Highlight & Lift Pencil Diorskin Nude Luminizer Shimmering Glow Powder Marc Jacobs Highliner Gel Eye Crayon Eyeliner NARSissist Wanted Eyeshadow Palette Milano Luminoso Baked Blush Laura Mercier Caviar Volume Panoramic Mascara Laura Mercier Longwear Lip Liner Rouge Dior Ultra Rouge Lipstick Caudalie Beauty Elixir Camila Coelho Coellection Bexley Sweater Skir: Zimmermann

    Leia Mais

  • #DICAS DE VIAGEM: 24 HORAS EM ROMA

    Eis uma das cidades mais antigas do mundo e com um legado que emociona a cada esquina. Roma é um museu a céu aberto, cheia de tesouros arquitetônicos que fizeram parte da vida de muitos imperadores. Um daqueles lugares que quanto mais você visita mais vontade tem de retornar. Dessa vez, eu tinha apenas 24 horas para rever alguns dos cantinhos que mais amo em Roma, para saborear uma bela pasta, para tomar um sorvete, comer um tiramissú e sentar para um café. Parece muito? Mas, deu tempo para tudo. Do aeroporto tomei o trem Leonardo Express que chega em meia hora à estação central. Esse é o modo mais fácil e rápido para chegar no centro de Roma. Com um dia ensolarado, de cores vibrantes, decidi fazer todo meu roteiro a pé, o que sempre garante belas surpresas pelo caminho. Caminhei duas quadras e já cheguei na igreja Santa Maria degli Angeli, em estilo renascentista que foi projetada por Michelangelo no local onde havia as Termas de Diocleciano. Ela fica exatamente em frente a belíssima Praça da República. Dali meu destino seguinte era a Piazza di Spagna, um lugar icônico da cidade que sempre quero rever. O barulho da água da Fontana della Barcacia e as badaladas do sino da igreja Trinita dei Monti no alto da escadaria conseguem me arrancar muitos suspiros. Sentei no Babington’s Tea Room para uma pausa rápida e um café nessa praça que adoro e logo me dirigi a Villa Borghese para uma caminhada naquele parque idílico. Então desci até a Piazza del Popolo e já era hora do almoço. A dica é o pequenino e delicioso Dilla, na Via Mario di Fiori 85, onde comi um fettuccine com trufas negras dos deuses! Para a sobremesa, caminhei mais 50 metros até a Pompi e me fartei de tiramissú, considerado um dos melhores lugares da cidade para provar a típica iguaria italiana. Próxima parada: Piazza Navona com suas belíssimas fontes. Então, uma passadinha rápida pelo Pantheon, a expressão mais gloriosa e ainda intacta da antiga Roma, com direito a um sorvete na gelateria Giolitti. Imperdível! O gran finale não poderia deixar de ser o emocionante Coliseu construído há dois mil anos atrás para oferecer entretenimento ao povo com lutas de gladiadores e que de modo impressionante continua em pé contando sua história. De volta a estação central, uma passadinha pela Basílica de Santa Maria Maggiore para agradecer pelo belo dia. ROMA é uma das cidades mais impactantes do mundo. Não é à toa que seu nome quando lido de traz para frente se transforma na palavra AMOR. Desejo uma semana linda para vocês. Beijos e até a próxima semana. Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • Hair trend: Scrunchies

    Não tem nada que me anime mais do que uma tendência de acessório capilar, afinal nada melhor do que uma tendência que nos permita sair do comum e que nos ajude a dar um UP no look, né?! E o acessório da vez são os scrunchies – pra quem nunca ouviu falar, o acessório nada mais é que um elástico de cabelo coberto por tecido que era muito popular na década de 80 e 90 e agora voltou com tudo para o cenário fashion e tem feito muito sucesso entre as meninas mais antenadas do mundo da moda. Aqui a regra é livre, seja em um rabo de cavalo, em um meio preso ou coque, o que vale é apostar no seu modelo e cor preferida e deixar seu look com uma pegada mais fun e cool ao mesmo tempo. Olhem só algumas inspirações lindas que achei na internet: Fotos: Pinterest Quem me acompanha no Instagram já deve ter notado que sou super adepta dessa tendência e adoro combinar os scrunchies com looks mais leves, que me permitam brincar com o hi-lo entre as peças e de quebra já dar aquele truque de beleza nos dias de bad hair! Haha! Eu amooo! O que vocês acharam dessa tendência? Vão apostar?

    Leia Mais

  • Dicas para a Base durar mais

    Melhor do que o processo de se maquiar é fazer uma pele que dure o dia ou noite inteira, sem ter aquele medo da base começar a craquelar ou derreter, e pra isso não acontecer, no meu dia a dia faço alguns truques simples e rápidos que vim compartilhar com vocês no post de hoje. Tenha em mente que o produto que escolhemos influencia bastante na durabilidade, por isso sempre opte por uma base que seja adequada para o seu tipo de pele e que tenha uma proposta de longa duração. Dito isso vamos a primeira dica: Não me canso de dizer que uma pele desidratada não segura maquiagem, de nada vai adiantar você usar as melhores marcas se sua pele não estiver bem preparada. Por isso, antes de aplicar a base limpe a pele com um sabonete, um tônico e aplique o seu hidratante preferido e só depois comece a preparação de pele. A água termal ou fixador de maquiagem é o seu melhor amigo quando o assunto é durabilidade, use e a abuse desses produtos. Não fuja do pó, mesmo se a sua intenção seja deixar a make o mais natural possível. Aplique-o em pontos estratégicos, onde você saiba que sua pele tenha mais tendência a ser oleosa e assim espalhe para o resto do rosto. Fotos: Pinterest Por fim, a maneira como você aplica pode sim fazer total diferença, eu sou do time que ama aplicar com um pincel de base normal e depois dar batidinhas com uma esponja humedecida. Ela deixa a pele com um aspecto mais bonito e ainda faz a durabilidade aumentar. Gostaram das dicas, amores? Me contem quais os seus truques para fazer com que a base dure mais tempo no rosto?

    Leia Mais

  • Como dar um Up no Look Usando Tricot

    Já fiz um post aqui no blog dando dicas de como ficar mais estilosa durante o Inverno, e por isso hoje resolvi falar de uma peça específica que vai te ajudar nessa missão, afinal além de ser um item curinga para usar nas estações mais frias, se combinada da maneira certa, ela vai deixar o look super estiloso sem esforço. O tricot geralmente é relacionado com combinações mais antigas e old fashion, porém hoje reuni algumas inspirações lindas que vão mudar esse percepção e provar que é possível deixar uma produção ultra cool usando o tricot. Olhem só: O primeiro motivo para apostar nessa peça é que ela é uma ótima opção para usar com qualquer tipo de peça por baixo, seja calça jeans, de alfaiataria, saia, short ou por cima de um vestido, a verdade é que um bom e belo tricot se torna viciante e quando você se der conta estará usando praticamente todos os dias da semana. O mesmo vale para os calçados, não importa qual seja seu mood ou ocasião do dia, um bom par de tênis, botas ou até mesmo salto alto, vai compor com facilidade sua produção e te manter quentinha durante o dia inteiro. Para as opções de tricot aberta não deixarem o look com uma cara antiga, aposte no nosso truque de styling preferido: o hi-lo. Combine com jeans ou arremate um cinto despojado por cima. O resultado fica lindo! Fotos: Pinterest Por fim, não tenha medo de colocar em prática a tendência da maxi-saia (que falei mais sobre nesse post). O tricot cai super bem com esse tipo de peça e deixa a produção super especial. Gostaram das dicas, amores? Quero ver todo mundo estilosa nesse Inverno, hein!

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: LONG SKIRT

    Gerações passadas acompanharam diversos movimentos que sinalizavam o ápice do uso de vários comprimentos de saias. Se o início dos anos 1960 foram marcados pelas minissaias, graças a nomes como Mary Quant, a década de 1970 trouxe as long skirts como protagonistas. A juventude da época buscava novas formas de usar – e os estilos eram dos mais variados, entre hippies e jetsetters que traziam referências alongadas vindas do Marrocos com seus modelos estampados, terrosos ou feitos com camurça. Nas últimas temporadas, acompanhei uma volta forte das versões longas em composições urbanas e, outras, dignas de red carpet. No que diz respeito às produções do dia a dia, é incrível ver como há uma abertura maior para entrarem na nossa rotina de forma fresca e elegante. Recentemente, a Cami e eu usamos peças que foram ideais para enfrentar o verão no hemisfério norte. Claro, cada uma dentro de uma proposta de estilo específica. Ela criou uma estética que acompanha o mood de balneário, com direito a cropped top, acessórios de palha e a long skirt com maxifenda. Veja como a barra com listras coloridas deu um toque divertido à produção. Já no visual fresh que apostei em Arles, trouxe a saia de algodão combinada à dupla lenço caleidoscópio + mocassim nude. Nas coleções de Fall 2019, as long skirts surgiram com interpretações que as transformaram em ponto de impacto nos looks. Para a Dior, a diretora criativa Maria Grazia Chiuri optou pelo uso do tule com bordados concentrados da metade do comprimento até a barra. Enquanto isso, Ulla Johnson elegeu a padronagem floral com fundo escuro para cobrir o modelo. Em uma mistura de transparência delicada na blusa e tecido estruturado na saia pink, Carolina Herrera deu um refresh na combinação sofisticada e cool para o estilo girlie. Para a italiana Max Mara, o match monocromático do tricô + skirt ganhou força graças ao brilho do tecido acetinado e ao trabalho do plissado. Aqui, o contraste de shapes e styling mostra bem como a tendência pode funcionar em diferentes ocasiões. Na Brandon Maxwell, a peça com fenda encontra o suéter amplo de um jeito refinado e jovem na medida certa para uma produção noturna. Com brincadeira de materiais, detalhes e uso da camiseta de malha, a Off-white apresentou a saia como elemento transformador dentro do DNA de streetwear tão destacado pela marca. Beijos, Alice.

    Leia Mais

  • #DICAS DE VIAGEM: VAMOS PARA MALLORCA?

    Quando chega o verão tudo que a gente merece é um lugar ao sol. E se for numa ilha cercada por um mar azul turquesa, com enseadas lindas, vilarejos medievais aninhados nas montanhas e com uma gastronomia fantástica, então é a perfeição. Vamos para Mallorca? Ela é a maior das quatro Ilhas Baleares que ficam na costa da Espanha. Você provavelmente chegará num voo rapidinho vindo de Barcelona ou Madrid, as rotas mais comuns. O aeroporto fica a 8 quilômetros de Palma de Mallorca, a capital da ilha. Palma é um charme. Uma cidade portuária, à beira-mar, cheia de prédios históricos na parte antiga, mas também com muita vida noturna e aquela animação típica do verão europeu. O centrinho ferve no final do dia. Depois de curtir as praias, a galera caminha pelo Parc de la Mar, vai até a Catedral La Seu, que tem obras de Gaudi e curte o melhor pôr do sol da cidade na mureta em frente a igreja. A avenida Passeig des Born é o ponto mais concorrido para o jantar no centro antigo. Recomendo os restaurantes Ombu de tapas-fusion, De Tókio a Lima no rooftop do hotel boutique Can Alomar, além do Bar de Nudos e Can’Eduardo para provar a comida mediterrânea e ter o mar como pano de fundo. Peça um bom vinho local ou uma tradicional sangria e não deixe de fora o jamón ibérico e as croquetas. Saindo de Palma na direção noroeste você encontrará vilarejos lindos plantados na Serra Tramuntana, uma região considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Valdemossa foi onde morou o compositor Chopin. Deià é onde fica o florido hotel Belmond La Residencia. Outro vilarejo que vale visitar é Sóller. A estradinha que leva a ele é cheia de plantações de laranjeiras, parreiras e oliveiras. Ao chegar no vilarejo sente num café da Plaza de la Constituición e espere o bondinho passar. Se quiser fazer um passeio, saiba que ele vai até o porto a 5 quilômetros dali. Também conheça o povoado de Fornalutx pendurado na montanha e cercado de muito verde. Suas ladeiras cheias de escadarias são uma volta no tempo. As praias que precisam entrar no seu roteiro são Cala de la Posada, Platja de Formentor, Cala de Deia, Cala Portals Vells, Es Trenc e Cala Figuera. Minha favoritíssima é a Cala des Moros, à leste da ilha. Chegue cedo para ter a enseada só para você, aliás quase uma piscina. Para ficar muito bem hospedado recomendo o Cap Rocat. O hotel ocupa as instalações de uma antiga fortaleza militar, o que trás personalidade e um contexto histórico incrível, num dos locais mais luxuosos de Mallorca. Outras excelentes opções são o Belmond La Residence, The St Regis Mardavall, Es Princip Urban Boutique Hotel e Can Alomar (esses dois últimos no centro histórico). Mallorca me conquistou completamente. Garanto que também vai te conquistar. Beijos, boa semana e até a próxima terça. Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: CORES PASTEL

    Mesmo com a enxurrada de cores vibrantes ocupando o guarda-roupa das fashionistas durante os 365 dias do ano, há sempre aquela dosagem generosa de tons suaves que não fica de lado. Após ocupar passarelas de grifes como Prada, Miu Miu e Chanel, a cartela pastel virou febre absoluta, não só nos acessórios, mas nas produções monocromáticas também. O ponto que torna a tendência especial é a alteração completa de conceitos – se antes, o rosinha era visto como tom de ar infantil, hoje ele já é considerado cool e elegante. E essa ideia se repete em todas as variações de tonalidades. Aqui, dois exemplos de como a Camila e eu apostamos na estética candy colors. A Cami investiu em um minivestido mint green, com mangas levemente bufantes e franzido na cintura. Visual superfeminino e perfeito para um dia na praia, caso o styling conte com rasteiras, ou urbano, se a opção for tênis. Já o look rosa que escolhi, para usar durante a minha última temporada em Paris, é um conjunto de tricô com jogo de tramas delicadas e que fazem uma brincadeira de contraste de texturas com sofisticação. Durante as últimas apresentações de Fall e Spring, os diretores criativos investiram em paletas açucaradas de formas surpreendentes. Enquanto a Boss trouxe o azul clarinho em um mix de materiais e texturas, composto por malha canelada e saia de tecido plano de estrutura leve, a Sies Marjan criou uma interpretação assimétrica e fluida. Repare como os acessórios deram novos ares à sobreposição de chemises. A meia-calça preta e o sapato com pitada masculina no seu shape foram essenciais para uma proposta contemporânea. Entre os clássicos lady like shades, o rosado surgiu como protagonista de produções ideais tanto para o dia quanto para a noite. Para a Givenchy, a estilista Clare Waight Keller desfilou uma versão de maxi capa que faz a vez de vestido. Já na Tom Ford, a top Carol Trentini apareceu a bordo de um longo assimétrico, que traz correntes no decote e one shoulder sleeve. Para quebrar o tradicional mood glacial, Marc Jacobs deu um toque fun ao combo dress coat de lã + cachecol, com o casaco em tom verde e o acessório em amarelo. Na Tibi, a cor solar foi destaque no full look, claro, em uma tonalidade pastel para transformar o visual clássico de alfaiataria. Beijos, Alice.

    Leia Mais

  • #DICAS DE VIAGEM: É VERÃO EM FORMENTERA

    Quando o sol chega na Europa o astral esquenta literalmente. As ilhas e praias fervem, todos buscam um lugar ao sol e a agitação toma conta. Já ouviu falar em Formentera? É a menor das Ilhas Baleares, um arquipélago espanhol no mar Mediterrâneo formado por Mallorca, Menorca, Ibiza e por essa pequenina pérola azul. Formentera é super tranquila pois é a única das ilhas sem aeroporto. Para chegar é preciso tomar um ferry em Ibiza, a vizinha festeira do pedaço. Aliás, conjugar as duas é ótima ideia. Uma agitadíssima e outra tranquila. Um bom equilíbrio. Alugar um carro ou uma scooter assim que chegar no porto de La Savina, o ponto mais movimentado de Formentera, é fundamental, já que o transporte público é bem rudimentar. A ilha tem apenas 25 quilômetros de ponta a ponta. Dá para circular por todas as praias e pontos de interesse num único dia, tanto que muita gente faz apenas um bate e volta de Ibiza. No entanto, recomendo que fique dois ou três dias (pelo menos) para aproveitar bastante aquele azul fluorescente. A praia mais concorrida é a Platja de Ses Illetes, próxima do porto, com cantinhos lindos de águas tão azuis e cristalinas que mais parecem piscinas. Mas, chegue cedo pois quando o estacionamento lota não dá mais para entrar. Dali, de barco vá até a Illa de S’Espalmador. Espetacular! Super dica: faça uma reserva antecipada no restaurante pé na areia Juan Y Andrea em Sés Illetes. Tem frutos do mar maravilhosos e atendimento simpático. Imperdível. Também vá a Punta Pedrera para praticar snorkel entre as pedras. Outras praias lindas são Cala Saona, Platja Migjorn, Es Arenals, Es Ram, Sés Platgetes e Platja de Tramuntana. Para ver a ilha do alto suba os cento e poucos metros da única elevação da ilha e vá ao Es Mirador. Visual lindo! A melhor época para ir a Formentera é durante o verão europeu. Junho é excelente pois a galera ainda não chegou em massa. Os meses de julho, agosto e início de setembro são bem cheios. No final de setembro e início de outubro as temperaturas ainda estão boas para praia e os turistas já se foram. Fica a dica. Desejo uma semana cheia de amor para todos. E que agosto traga ótimas energias. Beijos Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • Como usar: Maxi Saia

    O frio chegou no Brasil e nessa época sempre começo a receber muitos pedidos de vocês para dar dicas de looks invernais que fujam do óbvio e pois isso eu não poderia deixar de falar de uma peça que voltou com tudo para o cenário fashion e têm sido a protagonista de muitas produções cheias de charme: a maxi saia. O motivo de tanto amor, é porque a peça por si só já é bem marcante e consegue com facilidade transformar uma produção, e com as composições certas a gente já garante um look estiloso e cool sem esforço. Olhem só algumas inspirações lindas que achei na Internet: Para começar parta do princípio que cores marcantes também podem (e devem) ser usadas no inverno. Não tem nada mais lindo do que desfilar pelas ruas um look vibrante e cheio de personalidade nos dias cinzentos, não acham? Crie um hi-lo dos sonhos! Essa saia já tem uma pegada mais feminina por isso a maneira mais fácil de garantir um look harmonioso e estiloso é combinando com peças com uma pegada mais esportiva e despojada. Truque que não tem erro! Fotos: Pinterest O legal das maxi saias é que elas te permitem criar composições com diversos estilos de sapatos, desde a rasteirinha, tênis até as botas e salto alto, por isso não tenha medo de apostar nessa tendência, com certeza você já têm o calçado perfeito para compor o seu look. Gostaram das dicas, amores?

    Leia Mais

  • Look: Preto total pra Elie Saab

    Eu amo um look todo preto! Sou fã e sempre que eu tenho oportunidade de usar peças no preto, principalmente peças “statement” eu adoro e aposto sem medo. Para esse look de Elie Saab, quando fiz o fitting não podia deixar de escolher essa produção all black maravilhosa. A blusa é cheia de maxi-babados e renda e eu combinei com uma calça preta cintura alta, que alonga as pernas. Deixei a beleza mais clean: cabelo preso (que usei muito durante essa semana de moda de Paris) e apostei em uma maxi-argola com pérolas que fez total diferença no look. Sempre que eu uso um look preto eu tento dar um UP no look com acessórios, eu acho que o momento mais fácil de combinar a produção com acessórios poderosos é quando você está usando preto. Olhem só o resultado: Look Total: Elie Saab | Brinco: Lili Claspe | Bolsa: Okhtein Gostaram do look, amores?

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: RED DRESS

    É inevitável creditar o vermelho como a cor mais quente. Eternizados pelas divas de Hollywood, como Marilyn Monroe, Rita Hayworth e Elizabeth Taylor, os diversos tons do amor têm aparecido cada vez com mais destaque nos visuais monocromáticos, com grandes doses de sofisticação e modernidade – independente da tendência da vez ou da temporada. E, diferente dos códigos que eram aplicados há algumas décadas, vale usar um look total red em ocasiões urbanas, com elementos que trazem peças com materiais e modelagens elegantes. A Cami e eu criamos duas propostas de produções que apresentam o vestido vermelho como protagonista absoluto. Enquanto ela investiu em um shape de barra pontuda assimétrica, mangas longas bufantes e decote discreto com amarração, eu elegi o longo cocktail Barbara Bela com um maxi cinto e decote levemente canoa. Repare como os vestidos apresentam uma certa leveza e uma pitada cool na forma com que eles ganham a cena. Para torná-los ainda mais parte de um outfit casual, vale substituir as sandálias por tênis ou botas baixas de cano curto. Nas passarelas, uma infinidade de inspirações. Icônico da maison, o vermelho é sempre um dos grandes aguardados nas coleções da Valentino. A cada estação, o estilista Pierpaolo Piccioli apresenta uma adaptação do uso da cor em peças altamente desejáveis. Para o Fall 2019, ele trouxe o vestido com construção assimétrica. Por cima da silhueta em linha reta há uma espécie de poncho com ponta lateral que esconde as mangas e transforma o modelo em uma opção delicada, versátil e contemporânea. Já Ronald van der Kemp apostou na modelagem em linha A do tomara que caia. O red dress tem pregas que partem do decote princesa em direção à barra volumosa. Ainda no caminho assimétrico, Elie Saad desfilou uma proposta que brinca com fendas, laços volumosos e saia ampla. Tudo ao mesmo tempo e, para arrematar, scarpin do mesmo tom, mas em veludo. O ponto de contraste para dar uma pitada vintage cool ao look monocromático. Com direito a open boots na mesma tonalidade, Victoria Beckham investiu no vestido mais soltinho, com maxiprega e barra composta por uma estrutura balonê discreta e vaporosa. Franzidos, amarrações e mangas bufantes fizeram parte das coleções da Brock Collection e Alexander McQueen. Claro, cada marca apostou em uma proporção. A primeira apostou em um shape mais justo e com certo perfume camponês requintado. Já a grife inglesa não economizou na estética dramática e trouxe saia, mangas e gola rufo com muito volume. Pronta para usar vermelho de janeiro a janeiro? Definitivamente, ele já ocupa um posto de cor indispensável do guarda-roupa, é sinônimo de poder e tem sua versatilidade como ponto alto no dia a dia. Beijos, Alice.

    Leia Mais

  • #DICAS DE VIAGEM: BEM-VINDO AO ARPOADOR

    O sol sorria calorosamente quando entrei no repaginado hotel Arpoador. Dia lindo! E, para completar o quadro, o mar parecia uma piscina, de tão calmo e azul. Isso foi só o começo. Ao abrir a porta de entrada senti a alma carioca pulsar na arquitetura, na hospitalidade e no sabor do sorvete Itália de manga que recebi ainda antes do check in. O hotel está a cara do Rio! Daniel Gorin – gerente-geral e neto dos fundadores Manoel e Rachel Strosberg – nos recebeu de sandálias Havaianas, em vestes despojadas e elegantes de linho, e com uma muita gentileza. Sempre atento e sorridente, ele circula pelo hotel. Contou parte de sua história que ecoa pelas paredes da propriedade inaugurada por seus avós na década de 70 e tocada por sua mãe. Agora foi a vez da terceira geração assumir o leme. Sim, o leme! Afinal o arquiteto Thiago Bernardes idealizou um projeto incrível que remete a proa de um navio e onde os 49 quartos fazem você se sentir numa cabine flutuando em pleno mar. Quinze acomodações são de frente para a praia do Arpoador e tem redes super convidativas, especialmente para curtir o pôr do sol de camarote. O hotel reabriu as portas esse ano, mantendo o posto de único hotel “pé na areia” do Rio. Sofisticação e leveza dão o tom. Você se sente acolhido em todos os ambientes do hotel que passaram por uma longa obra de quase dois anos. O lobby conecta numa linha reta as ruas Francisco Otaviano e Francisco Bhering, de onde os olhos alcançam as icônicas pedras do Arpoador. Um luxo! Muita luz natural, madeiras claras e palha dão um clima praiano. É exatamente ali que você vai sentar para comer divinamente, do café da manhã ao jantar, sob a batuta da craque Roberta Sudbrack, que assina a cena gastronômica com sua habitual criatividade e perfeição. Alguns pratos são verdadeiras obras de arte. No último andar, o terraço tem uma vista incrível que vai do Arpoador ao Leblon e uma piscina onde você vai sentar e ficar enfeitiçado sem conseguir sair. Resta agradecer ao Cristo Redentor pela beleza natural e pedir um belo drinque assinado pela alquimista Néli Pereira para brindar a vida. O hotel Arpoador é o mais novo xodó dos cariocas e já virou ponto de encontro de uma galera elegante, descolada e despretensiosa. Desejo um dia cheio de sol bem ao estilo carioca para todos vocês. Beijos Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • A volta das Sapatilhas

    Pois é! E quando menos esperávamos olha só quem está entrando no cenário fashion novamente: as sapatilhas! Por muito tempo usamos esse calçado que fez parte de muitos looks confortáveis e após a invasão dos tênis acabamos deixando elas de lado. Porém ao que tudo indica as sapatilhas estão de volta, mas será que vai “pegar”? O calçado inspirado nas bailarinas é uma alternativa elegante e confortável ao salto, e as fashionistas de plantão já colocaram o calçado em prática em looks super atuais e cheio de personalidade. Olhem só: Como era de se esperar as clássicas de “bico redondo” são as mais usadas, afinal elas são mais confortáveis e garantem um look ultra feminino. Ao que tudo indica elas estão chegando em diversas cores e essa vai ser a pegada vez, vale ousar nas tonalidades e deixar que a sapatilha seja o ponto de cor que seu look precisava! Ou criar um colorblocking que nunca falha. Pra quem ainda não quer arriscar em tons marcantes, vale apostar na bicolor, inspiradas na Chanel, que também não ficam de fora dessa tendência, esse modelo é clássico e deixa produção super chique. As de bico fino são perfeitas para encarar um office look ou para aquelas ocasiões mais formais, nos dias que não estamos dispostas a usar salto alto. O legal do bico fino é que alonga a silhueta e ainda dá um ar de sobriedade ao look. O que acham, amores? Vão (re)apostar?

    Leia Mais

  • Look: Xadrez para o DESFILE DIOR (Haute Couture)

    O desfile de Dior como vocês sabem é o desfile mais importante na Semana de Moda de Paris, tanto na Alta Costura como no Ready to Wear, e essa é uma das minhas marcas queridinhas que eu nunca deixo de prestigiar.  Para esse ano, escolhi um look todo xadrez, que foi uma das tendências que mais gostei do último desfile. Para compor o look usei uma calça cenoura xadrez, com uma camiseta regata transparente e o famoso top/sutien da Dior, também no xadrez. Usei também duas tendências fortes que continuam, que é a pochete e o chapéu “de pescador” que eu torci muito o nariz quando lançou, mas agora amo! Haha! Posso falar um pouco mais sobre essa tendência em outro post se vocês quiserem. O desfile foi lindo, a cor preta sem duvida teve uma presença forte, mas eu amei porque prestei mais atenção nos detalhes da roupa do que na cor e texturas. Sou fã da Maria Grazia, por criar peças maravilhosas, mas também por sempre empoderar mulheres nos seus desfiles e nas suas peças. Fotos: Vogue Gostaram do look, amores?

    Leia Mais

  • LOOK: DESFILE ACNE (Paris Haute Couture)

    Mais uma semana de Alta Costura em Paris, essa época de Julho é a minha favorita porque o clima está perfeito, o sol se põe as dez da noite e apesar da correria dos desfiles e eventos, é possível aproveitar um pouquinho a cidade e o clima de lá – que eu mais amo! O primeiro desfile foi Acne que é uma marca super cool e sofisticada, eu usei um vestido mini estampado da marca com mangas bufantes e combinei com um scarpin verde e bolsinha neon. Para o cabelo eu optei por deixar preso e coloquei um maxi-brinco pra dar um UP no look. Fui acompanhada de pessoas que eu adoro como a Bruna e Karen Wazen, e como era de se esperar o desfile foi lindo! Fiquei encantada com vários looks que vi na passarela! O que acharam do look, amores?

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: Cropped Jacket

    Mesmo que após boas temporadas tenham passado desde seus primeiros sinais, o urban style permanece como uma forte referência para o que é visto na passarela e fora dela. Lembra quando os cropped tops abriram caminho para uma série de outros comprimentos curtos, incluindo, as jaquetas? Saiba que o movimento segue firme para as próximas temporadas. E não só com a ideia de deixar pele à mostra, como era usado na década de 1990, mas criando brincadeiras de sobreposições de um jeito cool. A Cami e eu investimos na tendência e adaptamos a outros movimentos de destaque na moda. Enquanto a Camila apostou no formato de conjuntinho, com jacket e calça do mesmo material dentro da estética esportiva, eu elegi a versão com modelagem bomber envernizada para sobrepor um visual monocromático. Diferentes propostas que provam como as cropped jackets conseguem transitar entre diversas ocasiões e estilos. Já nas coleções apresentadas durante as semanas de moda internacionais, criações e combinações de styling para ficar de olho. No desfile sempre fun e ousado de Jeremy Scott, um conjunto – composto por cropped jacket e minissaia – surge em tom verde militar coberto por palavras em cores contrastantes e nada discretas. Para Sally LaPointe, a jaqueta não foi uma peça separada, mas o seu shape fez parte do trench coat em mint green, deixando lapelas destacadas no modelo. Repare como esses recortes sobrepostos deixam o look monocromático moderno e elegante. Na oitentista Tom Ford, a cropped jacket surge em formato bomber em veludo brilhante fazendo um contraponto fashionista com a calça de alfaiataria preta. Dentro do universo rocker, o estilista Anthony Vaccarello explorou ombros pontudos e uma modelagem seca e reta para sua mini jaqueta. Em um mood all jeans, a Tibi trouxe um match de cropped jacket ampla nas laterais e mangas + high waisted pants em um outfit casual chique e minimalista que se encaixa muito bem nos looks do dia a dia. Com ar vitoriano, a Alexander McQueen apresentou uma opção off-white com toque de tailoring para arrematar a produção que traz também uma chemise de broderi branca e calça com barras levemente desfiadas – mas com corte impecável! Bons caminhos para inspirar e transformar a cropped jacket em uma aliada perfeita para usar durante todo o ano. Veja como há formas de adaptar a peça aos visuais mais pesados de inverno e deixá-la ainda mais leve em dias quentes e ensolarados. Beijos, Alice.

    Leia Mais

  • DICAS DE VIAGEM: 5 DICAS IMPERDÍVEIS EM MADRID

    Adoro rever lugares desse mundão que me marcaram e trouxeram boas experiências. Madrid é um desses destinos. Aliás a Espanha toda é apaixonante. Na semana passada tive o prazer de voltar a Madrid e compartilho com vocês cinco dicas poderosas. 1. Almoce no Quintin, um restaurante maravilhoso, de atendimento atencioso e ambiente super acolhedor, no elegante bairro Serrano. O cardápio é todo delicioso e a carta de vinhos excelente. Faça reserva pois é super concorrido. 2. Fique hospedado no The Principal, um hotel muito bem localizado, em frente ao icônico edifício Metropolis, pertinho da praça Cibelis. O hotel tem café da manhã delicioso, um rooftop fantástico para curtir o pôr do sol, quartos de decoração moderna e outra coisa que adorei foi receber um wi-fi portátil sempre que saia do hotel para ter conexão pela cidade. Mega prático! 3. Visite o Museu Reina Sofia, meu favorito em Madrid. Não deixe de ver e se emocionar com Guernica, a obra de Pablo Picasso, de 1937, que tem um simbolismo lindo de paz. A grande tela é um manifesto contra a violência das guerras. Faz pensar! 4. Para entrar na gastronomia local de modo direto e descomplicado vá ao Mercado San Angel, pertinho da Plaza Mayor. Prove os sabores da Espanha. Experimente tudo que seus olhos convidarem. 5. Caminhe no imenso e lindo Parque del Retiro. Ele é o pulmão da cidade. Seus jardins foram projetados no século XVII e são belíssimos. Vá ao Palácio de Cristal, uma estufa envidraçada de frente para um lago. Puro charme. Anotou as dicas? Madrid está cada dia mais bonita e interessante. Uma capital grandiosa e elegante que vale a viagem. Beijos e até a próxima semana. Claudia Liechavicius

    Leia Mais

  • Look: AMFAR em Paris

    No primeiro dia de Alta Costura em Paris teve o AMFAR, que é um evento beneficente super especial que eu sempre adoro participar. E para prestigiar fui usando uma peça de Rami Kadi – um vestido mini, que fez parte do desfile da marca que aconteceu 2 dias depois. Sim! Eu tive a honra de usar essa peça antes mesmo de ir para a passarela! Eu adoro vestido mini com brilho, e eu amei o efeito que as franjas dão quando você anda. Fica incrível! Combinei com uma sandália prata bem clean, cabelo preso e uma mini bolsinha, para deixar o vestido ser o protagonista do look. Olhem só: Vestido: Rami Kadi | Sandália: Tom Ford | Bolsa: Okhtein Gostaram do look, amores?

    Leia Mais

  • Look: CANNES Film Festival 2019

    Foi uma honra ter participado mais uma vez do CANNES Film Festival (agora que eu percebi que esse post não tinha subido aqui no blog, mas eu não poderia deixar de registrar). Essa vez no festival foi ainda mais especial pra mim, porque eu fui anunciada como uma das embaixadoras da Boucheron, que é uma grife francesa responsável pela criação das jóias mais sofisticadas, sempre encantando com as verdadeiras preciosidades! Fui na Premiere de A Hidden Lies usando peças alto joalheria da marca. Deus tem sido cada vez mais incrível na minha vida, me sinto muito abençoada de estar fazendo coisas que nunca imaginei fazer um dia. Vestindo: GEORGES HOBEIKA | Jóias: Boucheron | Beleza: Patrick Ta | Cabelo: Amanda Lee Fui usando um vestido maravilhoso, que também parecia uma jóia, do designer GEORGES HOBEIKA. A beleza foi feita por Patrick Ta, cabelo bem clean e pele glow bem iluminada. Amooo! Foi um momento muito especial na minha vida! Me contem nos comentários o que vocês acharam do look?

    Leia Mais

  • Looks: LANÇAMENTO de #CamilaCoelhoCollection !

    A realização de mais um sonho – o lançamento da minha própria marca de roupas! Quanta gratidão meu Deus!!! Os últimos meses foram os mais corridos da minha vida, dias intensos de trabalho, poucas horas de sono, stress (que faz parte) mas muito amor envolvido, para que tudo saísse como imaginei!!! Dia 19 de Junho nasceu a marca CamilaCoelho e junto a Revolve e um time de mulheres poderosas que amo e admiro, fomos celebrar o lançamento no lugar que mais amo nesse mundo – meu BRASIL! Passamos 3 dias lindos no Rio, onde aconteceu a festa de Lançamento (fiquei muito emocionada em receber o apoio/presença de tanta gente que admiro)! Não poderia ter sido mais perfeito – e colocamos todo mundo pra sambar!!! A viagem continuou em Trancoso, queria muito mostrar um lado diferente do nosso Brasil, e os gringos AMARAM!!! Nos divertimos tanto! Abaixo estão todos os looks que usei na viagem! Quero deixar registrado aqui, um agradecimento especial a CADA UM de vocês, que transmitem tanto amor e apoio todos os dias aqui, e em todas minhas redes sociais, sem vocês não seria possível! OBRIGADA! Acompanhem o insta da marca @camilacoelhocollection pra ver com exclusividade todos os looks e conteúdos novos!

    Leia Mais

  • DAS PASSARELAS PARA AS RUAS: LISTRAS COLORIDAS

    Nos últimos tempos, as listras coloridas têm feito fortes aparições na moda. Seja no street style ou na passarela, o padrão composto por várias cores (de preferência, contrastantes) surge em propostas extremamente elegantes e cheias de poder, um tanto diferente do tal ar infantil que a cartela multicolorida era considerada no passado. E é provável que toda aquela simbologia estética, que reúne características divertidas e jovens com pitadas eighties, estejam ainda mais visíveis nas criações de várias marcas, em looks ideais para diversas ocasiões. A Camila e eu apresentamos maneiras diferentes de apostar na tendência em caminhos perfeitos tanto para o dia quanto para noite. Ela investiu no vestido cachecour, com estampa de faixas largas, em um mix de cores com toque vintage. Já na minha escolha, o listrado fininho deu leveza e sofisticação ao conjunto composto por jumpsuit + casaco para uma produção em solo carioca – fazendo um match especial com toda bossa da cidade maravilhosa. Nas passarelas, uma série de interpretações que desperta um verdadeiro desejo de usar as colorful stripes sem parar. A Richard Malone explorou as listras em diversos sentidos, formando recortes e deixando a silhueta com efeito alongado. Já na Valentino, o estilista Pierpaolo Piccioli trouxe um modelo longo de veludo brilhante, coberto com minúsculos bordados de canutilhos, e mangas com leve bufante nos punhos. Elegância em nível altíssimo! Para o Fall 2019, Kate Spade e House of Holland optaram pelas listras coloridas em sintonia com detalhes em tons bordô/violeta em full looks em tricô. Enquanto a primeira trouxe uma composição à la anos 70 e brincou com brilhos com o uso dos fios de lurex, a segunda escolheu uma proposta urbana, que carrega elementos supercoloridos + coturnos pesados. Na Missoni, o maxicasaco colorido apareceu com novas texturas e diferentes tipos de fios – sendo alguns tramados, outros tricotados – em um encontro chique e cool com a legging composta por listras brilhantes de lurex. Para a Moschino, o criador Jeremy Scott ousou como sempre. Do chapéu à calça de alfaiataria, as linhas em pink, laranja, preta e branca se uniram para formar um visual vibrante, com um quê latino e modernidade na mesma medida. Dentro dos conceitos usuais do estilista, “Quanto mais cor, melhor!”.

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS