Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

1011 resultado(s) encontrados.
  • O HYPE DO SHORTS BOXER

    Já vimos por aqui que desde a década de 1920, através da reformulação do tradicional traje de tênis, a moda e o mundo esportivo desenvolvem uma relação que se estreitou no fim do século passado com a ascensão de marcas esportivas ao status de grife e com a incorporação de elementos esportivos pela alta costura. Alicia RoddyJosefine H. J.Atualmente vemos um movimento cada vez mais forte da haute couture e do prêt-à-porter de abraçar a moda esportiva e incorporar muitos de seus elementos em suas coleções. Desde o tênis como calçado fashion, símbolo desse movimento, até o hype das calças jogger, dos biker shorts ou das bomber jackets, por exemplo, observamos uma moda cada vez mais alinhada ao esporte e o must have da vez são os shorts boxer. Matilda DjerfAlicia RoddyLucy WilliamsAlém da inspiração esportiva, essa tendência vem impulsionada pela valorização das linhas e marcas de loungewear, com roupas marcadas pelo conforto e praticidade, perfeitas para ficar em casa ou para um look mais leve e descontraído. Tipicamente caracterizado pelo comprimento de medio a curto, pela modelagem mais solta e pelo elástico na cintura, esses shorts estão dominando o streetwear das fashion influencers durante o verão europeu. Seu frescor e conforto são aliados para essa temporada, mas a tendência já vale para nosso inverno tropical também, além de ser um aliado de todas as horas para compor um look mais comfy. Charlotte GroeneveldEmili SindlevOs boxers como tendência do momento estão bastante associados, ainda, à alfaiataria e muitos dos modelos que mais vemos nos armários das trend setters são fabricados em tecidos de algodão leve, muitas vezes pareados com camisas no mesmo tecido e estampa – as listradas e as lisas parecem ser as queridinhas para essa trend. Algumas dicas de styling para arrasar na tendência e compor outfits para o dia a dia são combinar o short boxer com um blazer oversized (outra super trend), com camisas ou suéteres (vale a pena investir nas superposições, que ainda estão em alta) ou ainda com um salto alto – o tamanco é uma boa opção de salto pois mantém a essência casual ao mesmo tempo em que agrega estilo e sofisticação ao look.Alicia RoddyAmy Julliette LefévreCaroline DaurClaire Rose CliteurDanielle BernsteinDébora RosaEmili SindlevEmma RoseEmma RoseGala GonzalezHedvig Sagfjord OpshaugMathilde GohlerLucy WilliamsJosefine H. J.Josefine H. J.Jen CeballosMonica de La VillardièrePernille TeisbaekBeijos, H.

    Leia Mais

  • DIOR BOBBY: A IT BAG DO MOMENTO

    Na última quinta-feira (16/7) chegou ao Brasil o mais recente lançamento e nova sensação da Dior: a Dior Bobby Bag. Desenhada por Maria Grazia Chiuri, diretora criativa à frente da marca, a it bag teve seu debut no lançamento da coleção de outono 2020 e foi batizada em homenagem a um dos cachorrinhos preferidos de Christian Dior, Bobby, e à tradição que o designer cultivava de dar esse mesmo nome à peça de cada coleção que prometia se tornar mais um ícone da marca. Christian Dior e Bobby / Reprodução: @diorOutras peças que levaram o nome de Bobby em diferentes coleções:Reprodução: @diorReprodução: @diorReprodução: @diorFazendo jus ao título de peça desejo que se espera de um modelo Dior Bobby, a Dior Bobby Bag já pode ser considerada uma peça icônica da maison e ocupa o topo das wishlists mais conceituadas desde seu lançamento. Seu design moderno e ao mesmo tempo atemporal é marcado pelas extremidades suavemente arredondadas, por seu shape feminino, pelas iniciais “CD” do costureiro e fundador da marca sobre o fecho magnético da bolsa e pelo endereço “30 Montaigne” da legendária sede da maison em Paris gravado à mão e em baixo relevo na parte de trás da bolsa. A it bag é confeccionada, ainda, nas cores preta, creme, caramelo e azul, além da eterna estampa que carrega a logo da marca aplicada em rapport, e pode ser encontrada em 3 tamanhos distintos. Esse acessório desejo fala por si só e traduz perfeitamente a tradição da marca e sua habilidade ímpar de ser uma grife atual, que reflete os desejos e a moda contemporânea sem deixar de valorizar sua bagagem histórica.BibleeBlanca Miró ScrimieriCamila QueirozCaroline DaurCharlotte GroeneveldChriselle LimEllie @slipintostyleJanina PfauJenny Suet In TsangJulie SarinãnaLily MymacLinh Dang Khanh NguyenMarina Ruy BarbosaNatallia YakimchykOlivia FaehPeggy GouRomee StrijdSomsomiTamara KalinicYoyo CaoViolet Grace AtkinsonTú HảoMarie von BehrensDiorBeijos, H.

    Leia Mais

  • L’AMOUR DE JACQUEMUS

    Um ano após seu icônico desfile em um campo de lavandas ao sul da França, o designer francês Simon Porte Jacquemus apresentou ontem (16/7), à frente da label que leva seu sobrenome, sua nova coleção para a temporada de primavera-verão 2021 em um fashion show não menos icônico que o anterior. Dessa vez em uma plantação de trigo em Marseille e com um público reduzido, o desfile foi um dos primeiros não virtuais após a flexibilização do isolamento na Europa.Intitulada L’amour, a coleção foi inspirada no ideal de confraternização entre pessoas que comemoram o amor, e foi tomando forma através de referências como a coreografia do trigo do bailarino sueco Alexander Ekman e o realismo fascinante do filme Time of the Gypsies, do cineasta sérvio Emir Kusturica, ambas evocando à celebração entre pessoas queridas. Nas palavras do estilista, a coleção transmite a beleza da capacidade do amor de durar e até se fortalecer na ausência de pessoas reunidas – levando à compreensão que o contexto de isolamento social também teve influência na idealização da coleção por parte da equipe criativa. O amor que permeia suas decisões como diretor criativo e empresário, conta, incentivou a marca a mudar seu processo produtivo e criativo para um modelo mais sustentável, com dois desfiles por ano que apresentem de forma unificada uma coleção feminina e masculina para cada temporada.Em um desfile que reflete a identidade visual da Jacquemus e sua estratégia comercial, a marca manteve seu calendário próprio de coleções e provou mais uma vez sua maestria em comunicar sua estética na era do Instagram, em que a apresentação é praticamente uma extensão do produto e em que o conteúdo é valorizado como um todo. Desde bolsas minúsculas a saltos esculpidos em formatos inusitados, o estilista conquista através de todo o imaginário que logra construir em torno de suas criações, que ascendem ao status de peça desejo rapidamente após seu lançamento. Segundo o designer, a coleção é uma externação dos mundos interiores de cada membro de sua equipe criativa, que mesmo separada durante o confinamento, conseguiu expressar de forma unificada sua interpretação dos ambientes, objetos e tecidos de suas casas e comunicar a ideia de lar através das pequenas maravilhas que esses ambientes nos reservam. Chaveiros em formato de objetos cotidianos como pregadores de roupas e garfos, tops que aludem a almofadas, vestidos que remetem a cortinas, cós desconstruídos, muitas amarrações, assimetria, cores neutras e tecidos maleáveis são alguns dos elementos que refletem a sutileza escondida pelo corriqueiro e reforçam a intenção por trás da coleção nessa apresentação de tirar o fôlego. Beijos, H.

    Leia Mais

  • 2 ESTAMPAS QUE ESTÃO FAZENDO A CABEÇA DAS FASHION INFLUENCERS

    Duas estampas têm chamado muito a minha atenção nos looks de fashion influencers pelo mundo recentemente. Mesmo sendo considerados clássicos, o print de zebra e o xadrez Vichy têm sido hype nas últimas temporadas, marcando presença em coleções recentes de grandes marcas globais e garantindo assim seu espaço reservado nos nossos guarda roupas por um bom tempo. Trouxe hoje algumas inspirações com composições de marcas e influencers e que reproduziram a trend. Lucila PenaEmili SindlevDébora RosaCamille CharriereXadrez VichyMiu MiuA estampa xadrez Vichy já alicerçou suas bases no terreno da moda atual. A tendência que já dava seus sinais há algumas temporadas (vide a última coleção outono/inverno da Dior) vem com força total no verão europeu, agora alavancada por marcas como La Veste e Ganni, e promete transitar bem entre estações. A escala da padronagem pode variar entre um xadrex mais largo ou mais miúdo, e o styling mesclando diferentes escalas e cores do Vichy está super em voga nessa tendência. Outra trend de styling para apostar na estampa Vichy e montar um look bastante fashionista é o mix com estampas florais ou cores sólidas. Para as mais discretas, vale investir no P&B e combina-lo com cores neutras, ou ainda deixar para ousar nos acessórios com a estampa. Lucila PenaHelmstedtHelmstedtJessie BushJessie BushJessie BushCamille CharriereCamille CharriereHelmstedtJessie BushBlanca Miró ScrimieriGanniChloe HillMarta CyganAnne JohannsenLa VesteAngela ScanlonAngela ScanlonImani RandolphAnne JohannsenSimone Noa HedalSimone Noa HedalLa VesteLa VesteDiorLucila PenaLucila PenaLeia SfezSusie LauMiu Miu(Print de) ZebraThora ValdimarsA animal print da vez é a estampa de zebra!  Inconfundível pelo contraste entre linhas orgânicas em preto e branco desenhadas ao longo do tecido, essa padronagem atemporal possibilita a criação de looks mais sofisticados e com uma baita informação de moda! Além da estampa clássica em P&B, a tendência também conta com prints coloridas, que podem ser reconhecidas pelas listras irregulares. Desde o icônico denim desenvolvido pela The Attico – que já virou hit entre as fashion influencers – até os tricots lançados pela Vivetta para sua última coleção de outono, a estampa tem batido ponto nos outfits das trendsetters em distintos tecidos, peças e cores. Josefine H. J.Caroline DaurVivettaVivettaMary Lawless LeeEmili SindlevMary Lawless LeeBenita BanuGilda AmbrósioJessie BushAmy Julliette LefévreElsa HoskPernille TeisbaekPernille TeisbaekEmma LegerThora ValdimarsLucila PenaAnne-Laure MaisGeorgia Luisa Allegra MeramoBeijos, H.

    Leia Mais

  • 3 ROCK STARS QUE SÃO REFERÊNCIAS DE ESTILO

    Hoje é o Dia Internacional do Rock, essa vertente musical com rica bagagem estética que foi em diversos momentos aplicada na moda ao longo dos anos. Para celebrar a data, selecionei três célebres inspirações fashion dessa cena musical, que viraram referência e são ícones de estilo até hoje.Tina TurnerRita LeeDebbie HarryDebbie HarryInfluenciada pela cena musical das décadas de 70 e 80, pelo glam e punk rock, pela pop art de Andy Warhol e pela juventude nova iorquina, Debbie Harry desenvolveu um estilo próprio bastante peculiar, identificável e rebelde, o qual impulsionou seu sucesso no campo musical e eternizou a cantora como um ícone de estilo atemporal. Com um visual marcado pelo cabelo platinado, maxilar definido, olhos dramáticos e cintilantes e looks que até hoje poderiam facilmente ser encontrados num street style jovem e moderno (hello gravatas, animal print, cano alto, make colorida e legging + camiseta) a vocalista à frente da banda Blondie deixou uma marca registrada com seu estilo glam, edgy e despreocupado. Tina TurnerAclamada mundialmente como a rainha do rock and roll e reconhecida por uma voz singular, rouca e potente, Tina Turner marcou a cena artística não apenas com sua voz, mas com suas performances, danças e looks envolventes e chamativos. Trazendo referências dos boêmios anos 20 e do glamouroso rock dos anos 70, Tina estabeleceu um visual marcante em torno de sua persona, carregado de brilhos, materiais metalizados, cores fortes, lantejoulas e transparências dignos da extravagância emanada pela artista. Em suas escolhas fashion, claramente não tinha medo em ousar: perucas imponentes e looks elaborados davam vazão à sua expressão artística, e as franjas e plumas que apareciam com frequência em suas roupas proporcionavam fluidez e movimento a sua performance. Seu estilo também é marcado pelo cabelo volumoso e dourado por luzes loiras, pelo uso de couro colorido e metalizado, do batom vermelho e do salto alto, que no combo com saias curtas ou biker shorts (que a artista amava!) contribuíram para a fama de suas pernas torneadas. Rita LeeRainha do rock nacional, a paulista Rita Lee sempre teve uma estética marcante desde a vanguardista “Os Mutantes”, estabelecendo uma relação íntima entre seu estilo pessoal e sua performance artística desde os primórdios de sua carreira. Bastante eclética, aportava influências múltiplas em seus looks e apresentações, desde The Beatles a David Bowie, de Hebe Camargo a Twiggy. O visual com referências hippie e psicodélica é notável em sua estética até hoje, mas apesar de marcante, nunca permaneceu estático e sempre acompanhou os momentos artísticos e pessoais da cantora, importando referências do glam de discoteca ou do punk dos anos 70, por exemplo. O cabelo ruivo de franja reta, seus contornos e poses andróginas, as calças justas à la Mick Jagger e os famosos óculos redondos são algumas das marcas registradas dessa lenda da loucura, da criação e da irreverência, que sempre soube comunicar com maestria e personalidade suas atitudes e posicionamentos através do seu visual. Beijos, H.

    Leia Mais

  • ALGUNS HIGHLIGHTS DA SEMANA DE ALTA COSTURA

    Essa última semana tivemos a tão aguardada semana da alta costura parisiense. Marcada pela produção artesanal e minuciosa, com esmero em cada detalhe e uso de tecidos, bordados e acabamentos da mais alta qualidade, a haute couture costuma ser direcionada a um público extremamente seleto. O contexto de isolamento social, contudo, provocou mudanças profundas no calendário da moda e shows exclusivos tornaram-se democráticos em suas inovadoras formas de exibição. Ralph and RussoRalph and RussoA semana já começou com a apresentação da coleção de alta costura da Dior no formato de um filme totalmente deslumbrante e cativante, sobre o qual fiz questão de comentar em detalhes aqui. Agora chegou o momento de comentar algumas das minhas apresentações e coleções favoritas nessa semana da alta costura.ChanelGiambattista ValliRalph and RussoChanelInspirada nas boates dos anos 80, a diretora criativa à frente da Chanel, Virginie Viard, desenvolveu a coleção de alta costura outono/inverno 2021 da maison. Nomeada Paraffection, a coleção conta com 35 técnicas de artesanato, incluindo bordados e rendas costuradas à mão, e apresenta looks repletos de volume e movimento. O tweed clássico da marca ganha um ar de glamour com fios metalizados, franjas, aplicações de lantejoulas e bordados, e os tecidos mais estruturados também contribuem para o resultado de uma coleção sofisticada, glamourosa e romântica. Ralph and RussoAssista ao vídeo show aqui.A marca que é um dos grandes expoentes da alta costura mundial apresentou sua coleção de couture para a próxima temporada de outono/inverno em um formato digital e bastante inovador. Capturando bem o efeito tridimensional de cada peça, a coleção foi apresentada através de uma modelo avatar que vestia as peças da coleção nos cenários das 7 maravilhas do mundo. Tamara Ralph, diretora criativa da maison, criou uma coleção inspirada nas belezas naturais do nosso planeta e com o DNA sofisticado da marca. A coleção está marcada por modelagens amplas e volumosas em tafetá ou diversas camadas de tule, pela presença de estampas florais e cores que remetem à natureza, como tons de amarelo, rosa e lavanda. Os adornos ficam à cargo de aplicações e bordados em organza, pedrarias, franjas e plumas. Giambattista ValliAssista ao curta-metragem aqui.Outra apresentação de tirar o fôlego foi o curta-metragem que Giambattista Valli produziu para apresentar sua última coleção de alta costura, em uma linda homenagem à Paris. Com a intenção de enaltecer a cidade luz, a coleção “La Ville Lumière” teve como protagonista o tule, que deu forma e volume aos modelos excêntricos e elegantes que carregam a alfaiataria perfeita característica da marca. A escolha de cada cor também foi intencional e assertiva para endossar o ode à cidade: desde o vermelho vibrante que alude às marcas de batom deixadas nas xícaras dos cafés parisienses até o marfim característico das fachadas e construções, as cores traduzem o imaginário do estilista italiano e sua visão acerca da cidade que o abraçou como artista. Beijos, H.

    Leia Mais

  • FRANJAS: AS QUERIDINHAS DESSE INVERNO

    O inverno chegou e convém falar em mais detalhes sobre as protagonistas das últimas coleções de outono-inverno das semanas de moda mais badaladas: as franjas. Com a propriedade de conferir movimento e fluidez à indumentária, as franjas foram primeiramente incorporadas à moda ocidental na década de 1920. Na famosa “era do jazz”, as franjas foram adicionadas aos vestidos das melindrosas, dando a falsa sensação de comprimento ao mesmo tempo em que permitiam liberdade aos movimentos da dança charleston. Até os dias atuais, esse elemento é um grande aliado de artistas em suas performances, por prender o olhar e acompanhar cada movimento com leveza.DiorBalmainNos anos 70, com o chamado revival da era do jazz e a chegada do novo romantismo, as franjas voltam aos holofotes no terreno da moda, dessa vez associada ao imaginário folk evocado pela estética romântica. DiorChloéBalmainAtualmente as franjas ainda podem ser bastante ligadas ao estilo boho ou à caracterização das melindrosas, mas esse elemento da moda se tornou muito mais versátil e moderno. Em seu hype atual, elas compõem não apenas os clássicos vestidos ou coletes do século passado, mas se fazem notar em composições mais arrojadas – jaquetas, calças, saias, bolsas e outros acessórios – e em materiais não convencionais como o vinil, a palha e o acetato. Nas semanas de moda em que apareceram como as queridinhas de todas as coleções, essa tendência prevaleceu nas cores terrosas ou saturadas, dando cor e ritmo a saias e casacos, principalmente. BalmainBalmainBalmainAylin KoenigStella McCartneyOscar de la RentaDiorDiorBeijos, H.

    Leia Mais

  • 3 FORMAS DE ESTILIZAR SUAS BOTAS PARA O INVERNO

    Companheiras de todos os invernos, as botas ganham protagonismo nessa época do ano, pois podem nos garantir looks elegantes, cool e quentinhos. Com a característica de ser extremamente versátil, essa peça é representada em uma diversidade modelos com variações em seu material, altura do cano, salto e estilo. Hoje trouxe 3 maneiras de explorar diferentes composições com esse calçado, usando saias longas/midi, calças ou minissaias. Confira abaixo como é possível construir produções de diversos estilos mantendo sempre esse elemento em comum.Bota + Saia midi ou longaUma das minhas combinações preferidas, esse combo inspira sofisticação e feminilidade. Uma aposta certeira para dias um pouco mais frios, o styling que combina botas com saia midi proporciona uma estética romântica ao mesmo tempo em que é funcional em seu papel de aquecer. Bota + MinissaiaO contraste entre pele à mostra e pele coberta é o ponto alto nos looks que combinam saias mais curtas (ou vestidos, porque não?) e botas de cano alto ou médio, resultando em um visual meio rock and roll, super feminino e moderno. A meia calça pode, ainda, entrar como um terceiro elemento no styling dessa composição, agregando um toque extra de glamour ao outfit. Bota + CalçaEssa combinação clássica nunca perde o posto nos looks de inverno – é uma forma mais garantida de assegurar um outfit elegante e que aqueça, mas não por isso precisa ser boring né? Alguns truques de styling para investir nesse combo saindo da mesmice e explorando as tendências de moda atuais: combinar uma pantalona ampla com uma bota de cano alto; apostar nas botas em modelo western, em animal print ou em cores menos tradicionais, como o vermelho ou o branco; ou ainda, estilizar uma bota de salto com um moletom mais despojado. Beijos, H.

    Leia Mais

  • A HAUTE COUTURE LÚDICA E INSPIRADORA DA DIOR PARA O OUTONO-INVERNO 2020/2021

    Ontem, mais uma vez, a Maison francesa Dior fez história no mundo da moda ao apresentar sua coleção Haute Couture outono-inverno 2020/2021 em um formato totalmente inovador e democrático. Um dos eventos mais aguardados e exclusivos do universo da moda, os desfiles da alta costura – compostos por roupas extremamente requintadas, feitas artesanalmente e sempre com os tecidos mais nobres – costumam ser limitados e apresentados em primeira mão apenas a um público bastante seleto dentro do universo fashion. O conceito de couture sempre esteve associado à algo destinado a poucos, pelo menos até agora.Em um novo contexto social em que todo o calendário de shows e coleções das grandes marcas mundiais vem sofrendo adaptações para o formato digital a fim de respeitar as recomendações de isolamento social, a Dior conseguiu revolucionar ainda mais esse novo cenário ao dar um twist refrescante e mágico à forma convencional de apresentar coleções de moda, ainda que digitalmente. Ocupando o lugar dos tradicionais desfiles, a Maison apresentou sua mais recente coleção de alta costura no formato de um filme ao invés de um desfile virtual, dando eco à mágica do teatro da moda evocada pela coleção. Le Mythe Dior, filme dirigido pelo aclamado cineasta italiano Matteo Garrone, apresenta de forma lúdica e envolvente os suntuosos e delicados vestidos criados por Maria Grazia Chiuri e confeccionados em tecidos nobres, enaltecendo à fluidez dos movimentos, bordados à mão e com aplicações de adornos personalizados da própria marca, concretizando tudo que se espera quando falamos de alta costura. Numa narrativa inspirada em histórias de contos de fadas, miniaturas com 1/3 do tamanho das peças originais e confeccionadas com a mesma precisão estrita da alta costura são apresentadas a sereias, ninfas e outros personagens míticos e pouco a pouco invadem esse universo mágico, casando perfeitamente com sua estética romântica e sonhadora. Confira abaixo alguns highlights do filme.Você pode conferir esse filme incrível na íntegra criando aqui.Beijos, H.

    Leia Mais

  • WISHLIST: ALGUMAS DAS PEÇAS MUST HAVE DO MOMENTO

    Algumas tendências na moda não dizem respeito apenas a um estilo ou modelo de roupa, mas muitas vezes se concretizam na forma de peças ou acessórios específicos que ganham buzz em meio aos fashion influencers. Os queridinhos de temporada são bastante voláteis, pois ao mesmo tempo que podem permanecer como “it” durante longos períodos, podem perder o posto facilmente com lançamentos da própria marca ou de outras também. Selecionei hoje 4 exemplos de itens que carregam atualmente esse título de must have.Cozy Skims SKIMSSKIMSA label de shape & underwear lançada pela influenciadora digital Kim Kardashian West em setembro do ano passado ganhou esse ano uma linha de lougewear. Com roupas super comfy e ao mesmo tempo com uma modelagem impecável e democrática, as peças desenvolvidas em tecido macio e felpudo da Cozy Collection já viraram sensação entre as fashion influencers. Marissa LeickMatilda DjerfHelena Bordon MeirelesKylie JennerKylie JennerKelly DillonKelly AugustineCharmaineSKIMSCardigã assimétrico  Ssence x JacquemusJACQUEMUSQue o cardigã é uma tendência super em alta a gente já sabe, né? Principalmente em sua versão oversized e cropped, essa peça está dominando o street style das trend setters. E ao que parece, o mais novo hype dentro da tendência é o cardigã assimétrico desenvolvido pelo estilista francês Simon Jacquemus, cuja vista é costurada na diagonal, dando um twist super moderno a essa peça clássica. Anne-Laure MaisAnne-Laure MaisGeorgia Luisa Allegra MeramoJosefine H. J.@latenightsforloveOlivia CassanoTamancos Bottega VenetaBottega VenetaBottega VenetaBottega VenetaOutra tendência que já domina a cena fashion há umas boas temporadas é o tamanco. A inspiração vem com referências à moda das décadas de 80 e 90, e as tiras largas e saltos médios são praticamente uma constante nos modelos que desfilam entre grandes marcas e influencers. Entre as peças desejo associadas a essa tendência estão os tamancos da tradicional marca italiana Bottega Veneta, que já podem ser considerados alguns dos it shoes do momento. Confeccionados artesanalmente em couro 100% natural, os modelos variam desde tiras entrelaças em tramas até texturas acochadas por meio do quilting, gerando efeitos texturizados excepcionalmente acabados.Aylin KoenigEmili SindlevEllie @slipintostyleLeonie HanneLeonie HanneLeonie HanneLeonie HanneLeonie HanneAylin KoenigRegata The Frankie ShopThe Frankie ShopUm outro ode à moda dos anos 80 é o novo modelo de regata lançado pela The Frankie Shop. Enaltecendo o volume característico da moda dessa década, a nova regata da marca novaiorquina conta com uma modelagem básica de camiseta sem mangas em malha de algodão e seu diferencial é a silhueta proporcionada pelas ombreiras embutidas. Super versátil e descolada, essa regatinha básica (porém cheia de charme) tem sido assídua nos looks das fashionistas mais antenadas. Alex RivièreAylin KoenigCamille CharriereCharlotte GroeneveldEmili SindlevJanina PfauMarie von BehrensStephanie BroekStephanie BroekPernille TeisbaekXenia AdontsXenia AdontsBeijos, H.

    Leia Mais

  • ARQUITETURA QUE INSPIRA

    Hoje é Dia Mundial da Arquitetura e separei algumas referências de profissionais que admiro dentro desse universo. São 5 arquitetos internacionalmente aclamados e com trabalhos extremamente inspiradores. Confira abaixo a minha seleção e a galeria de imagens repleta de cenários de tirar o fôlego! Joseph DirandUm dos meus favoritos, o francês Joseph Dirand é reconhecido mundialmente por seu estilo minimalista – e muitas vezes monocromático. O arquiteto e designer se destaca por criar efeitos estéticos interessantes em seus projetos ao explorar os contrastes de luz, cores, formas, linhas, curvas e materiais, sempre aportando elementos clássicos e materiais nobres – o mármore tem lugar de destaque no seu trabalho. Em suas criações, costuma dar destaque às linhas fortes e marcadas, unindo o clássico ao minimal com destreza. Um dos seus diferenciais mais marcantes é o design de mobiliário, uma vez que o arquiteto desenha móveis pensados especialmente para cada ambiente que projeta, fator que caracteriza sua insaciável busca pela criação de ambientes vivos e que comunicam um estilo de vida. India MahdaviMundialmente reconhecida como a “rainha das cores” e como uma das arquitetas e designers mais influentes da atualidade, a iraniana India Mahdavi tem como marca registrada a sua capacidade única e inovadora de explorar o uso das cores e formas de uma maneira elegante e estimulante. Com uma estética bastante eclética e contemporânea, India logra provocar experiências e sensações através da forma como projeta seus ambientes, que são verdadeiras obras de arte habitáveis e funcionais. Marcelo PassarelliO brasileiro Marcelo Passarelli conquista os olhos para seus ambientes minimalistas e elegantes, mas sempre brindados de um estilo que representa a personalidade de seus clientes. Em suas criações preza pela proporção e distribuição espacial, além de estudar as melhores combinações entre cores e estilos de acordo com a intenção por trás de cada projeto. Combinando sua estética clean e ao mesmo tempo versátil para entregar projetos que imprimam a estética desejada para cada espaço, Passarelli atua internacionalmente e é referência em projetos residenciais e comerciais tanto na arquitetura quanto no design de interiores. Fernanda MarquesOutra brasileira com atuação a nível internacional, a arquiteta Fernanda Marques tem como principal marca o seu estilo contemporâneo. Com o diferencial de integrar conhecimentos da arquitetura, do design de interiores e de produto, da comunicação visual e do paisagismo, Fernanda pensa a criação de seus projetos de forma sistêmica e completa. De traços minimalistas e modernistas, a arquiteta e designer costuma utilizar bastante vidro, madeira e projetar espaços amplos, muitas vezes aportando um toque rústico cheio de sofisticação em suas criações, explorando as cores neutras dos materiais utilizados e arrojando mais na ornamentação com objetos decorativos ou funcionais. Kelly WearstlerO eixo que norteia as criações da arquiteta norte-americana Kelly Wearstler integra arquitetura, design de móveis, de interiores e de moda. Referência mundial associada ao estilo maximalista, Kelly é reconhecida por sua habilidade estilística de mesclar a sofisticação e o ideal contemporâneos com uma pegada vintage, criando ambientes que unem presente, passado e futuro em um mix de sensações. Amante da arte decorativa, Wearstler costuma brincar com cores intensas e aposta no uso de estampas gráficas, na mistura de estilos e no contraste entre diferentes texturas e materiais em seus projetos. Beijos, H.

    Leia Mais

  • COMO DAR START EM UMA ROTINA BÁSICA E DIÁRIA DE SKINCARE

    Nada como uma segunda-feira para dar aquele start cheio de energia em uma atividade ou rotina nova, não é mesmo? Esse post é dedicado a quem ainda não possui uma rotina de skincare estruturada e contém algumas dicas valiosas sobre os cuidados essenciais para qualquer tipo de pele. Sempre gosto de lembrar que antes de seguir qualquer passo a passo ou comprar cosméticos para a pele, é importante estabelecer e manter uma rotina de cuidados gerais com a alimentação e hidratação. Um organismo bem nutrido reflete esse cuidado em seu exterior, e manter uma alimentação saudável, beber bastante água, ter um sono balanceado e  colocar o corpo em movimento são essenciais para anteceder quaisquer outros processos de cuidado com a cútis. Tendo isso em mente, pode-se estabelecer uma rotina básica de skincare, cujos passos devem ser seguidos diariamente e de forma disciplinada, sendo indicada a repetição de todos os passos (exceto o último) pela manhã e pela noite. Quanto maior o comprometimento, melhor o resultado, mas não se assuste: essa rotina é super enxuta e pode ser feita em menos de 10 minutos. Por fim, não deixe de consultar seu dermatologista sobre os produtos mais adequados para cada etapa da rotina de acordo com as características de sua pele. LimparO primeiro passo para qualquer rotina de skincare é a higienização. Além de controlar a oleosidade produzida naturalmente pela pele, a limpeza é essencial para remover partículas de sujeira, células mortas e resquícios de produtos ou maquiagem, além de purificar os poros e preparar a pele para a melhor absorção dos nutrientes presentes nos produtos que serão posteriormente aplicados. Dica: para manter a pele super limpinha, sempre recomendo que após o enxágue, se seque o rosto com toalhinhas novas e limpas. Diferentes tipos de sabonetes, géis ou espumas de limpeza podem ser indicados para cada tipo de pele. TonificarSabe aquela mesma toalhinha que indiquei para secar o rosto após a limpeza? Aproveite-a para aplicar um tônico sobre a pele como uma forma de complementar a limpeza realizada no passo anterior (e devido à textura da toalha, ainda funciona como uma esfoliação leve). A etapa de tonificação, além de ajudar na limpeza mais profunda dos poros e controlar a oleosidade da pele, também otimiza a absorção dos próximos produtos a serem aplicados na pele. Nessa etapa, os tônicos podem ser substituídos ou acompanhados por uma água micelar ou termal. HidratarA hidratação é um passo crucial nos cuidados para ter uma pele saudável. Sempre acompanhada da hidratação interna (não adianta hidratar a pele sem manter seu organismo hidratado também), a aplicação de cremes ou géis hidratantes, séruns ou óleos são de extrema importância para conservar os nutrientes da pele, controlar a oleosidade e prevenir o amadurecimento precoce da pele. ProtegerPor fim, mas não menos importante, o último passo dessa rotina básica é a aplicação do protetor solar. Já está comprovado que a radiação solar está associada à produção de radicais livres e ao envelhecimento precoce, sem falar nos riscos que pode implicar à saúde. O protetor solar, contudo, não protege a pele apenas contra esse tipo de radiação, mas também resguarda a pele dos efeitos da iluminação emitida por lâmpadas e telas, o que indica que esse passo é insubstituível e deve ser realizado havendo ou não exposição direta ao sol. Essa é uma indicação de rotina básica e essencial para o dia a dia, mas é possível acrescentar novos passos e tratamentos ao seu skincare de acordo com suas necessidades e tempo! Pode ser interessante, por exemplo, incluir uma esfoliação mais profunda ou tratamentos com máscaras faciais pelo menos uma vez na semana. Como há algumas etapas que podem ser adicionados a essa rotina básica, deixo um guia com a ordem sugerida para uma rotina de pele, de forma a indicar onde cada passo deve ser inserido caso deseje acrescenta-lo ao processo.LimpezaEsfoliação Máscara facial com enxágue Água termalTônico ou água micelarHidratante ou sérumVitamina CMáscara facial sem enxágueProdutos anti idade ou para a região dos olhosProtetor solarBeijos, H.

    Leia Mais

  • O ESPARTILHO MODERNO

    Ao longo da história da moda, o espartilho ocupou por bastante tempo uma posição marcante e essencial para a indumentária feminina. Originalmente desenhado como peça de baixo para modelar o corpo em diferentes silhuetas, marcando principalmente sua cintura, quadril e busto, o espartilho sofreu muitas críticas por ser uma forma desconfortável (e muitas vezes dolorosa) de moldar a anatomia feminina.DiorDiorSeu design sofreu variações na forma e na composição desde a Idade Média (época da qual se têm os primeiros registros da peça) até os temos modernos, em que aparece de forma desconstruída e adaptada à realidade da mulher contemporânea.Dua LipaJean Paul GaultierAlongados em vestidos ou saias, em versões cropped ou frente única, o corset moderno se apresenta não mais como uma roupa de baixo modeladora, mas sim reinterpretado em forma de tops ou partes de cima que aportam elementos da moda atual e que podem ser combinadas com uma infinidade de peças de baixo, desde o jeans à alfaiataria, ou ainda como segunda camada em sobreposições. Matilda DjerfClaire Rose CliteurJean Paul GaultierAlguns highlights na cronologia do espartilho:Era vitoriana: corpete ajustadoA coroação da rainha vitória em 1837 trouxe mudanças no panorama social da época que logo foram refletidas na indumentária. As saias dos vestidos tornaram-se mais amplas e os corpetes alongados, que facilitavam o sistema de ajuste que unia a saia ao corpete, se tornaram característicos da moda nessa época.Espartilho da SaúdeFonte: “Cronologia da moda: de Maria Antonieta a Alexandre McQueen”, 2012.Em 1890 surge o chamado espartilho da saúde, que tinha sua estrutura reforçada com cordões como uma alternativa mais confortável em relação aos espartilhos estruturados com barbatanas.Espartilho em SDurante a Belle Époque, um dos símbolos que marcavam a frivolidade característica da época era o espartilho em forma de S, cujo design projetava o busto para a frente e os quadris para trás. Cinta Espartilhada BerleiThe Dior Corolla DressNos anos 1940, Christian Dior divide opiniões ao ensaiar o retorno dos espartilhos no lançamento de sua linha Corola, a primeira coleção assinada pelo estilista. Espartilho de WestwoodNas década de 1980 e 1990 o busto pushed up impulsionado pelo uso de espartilhos foi uma tendência marcante da moda que se deveu em parte à influência da icônica coleção Portrait, lançada por Vivienne Westwood e inspirada nas pinturas do século XVIII da Wallace Collection em Londres. Confira a galeria abaixo e inspire-se com diversas formas de incorporar o corset em looks para o dia a dia!Camille CharriereCamille CharriereElsa HoskEmili SindlevEmili SindlevEmma RoseEmma RoseJacquie AlexanderEmma RoseJen CeballosLionessLionessLaQuan SmithLeonie HanneLirika MatoshiLirika MatoshiMarie von BehrensMatilda DjerfStephanie BroekSofia CoelhoMiu MiuMoschinoMatilda DjerfMatilda DjerfWith JéanWith JéanWith JéanWith JéanWith JéanXenia AdontsBeijos, H.

    Leia Mais

  • A VEZ DAS GRAVATAS E COLARINHOS

    Nas passarelas das últimas semanas de moda mais badaladas, as gravatas apareceram em peso como elemento constante em praticamente todas as coleções de outono inverno apresentadas pelos estilistas mais conceituados do mundo. Muitas vezes acompanhadas por camisas abotoadas e com colarinhos marcantes, essa tendência chega para corroborar a influência da indumentária masculina sobre a moda feminina, que pode-se evidenciar também em outras tendências como a do mocassim, dos coletes, dos blazers oversized e do auge das peças clássicas da alfaiataria.GucciPor mais que não seja a tendência mais convencional para a moda feminina, as gravatas prometem invadir o street style das próximas temporadas e elevar looks casuais com um toque de estilo e sofisticação, sendo uma peça chave para a construção de sobreposições nos looks. GucciYves Saint LaurentJá os colarinhos oversized e de designs desconstruídos ou super adornados constituem uma alternativa à apropriação do vestuário masculino que ainda pode conservar muita delicadeza e feminilidade. Influenciada pela estética de formas amplas e volumosas dos anos 80 que tem tido lugar de destaque na moda atual, essa tendência veio com força total na última temporada de primavera na Europa e tudo indica que ainda será bastante impulsionada tanto no terreno da alta costura, quanto no street wear.Pernille TeisbaekPradaLa VesteConfira a galeria abaixo e inspire-se!GravatasAlyx Menswear/Bella HadidCaroline DaurDiorDiorDiorEmili SindlevGanniGetty ImagesMax MaraMax MaraMax MaraThe Style StalkerThe Style StalkerYves Saint LaurentMonica de La VillardièreGucciOlivia PalermoCamille CharriereColarinhosCamille CharriereCamille CharriereCamille CharriereEllie/Slip Into StyleGanniGanniGucciPernille TeisbaekMiu MiuMiu MiuMiu MiuLa VesteGucciPernille TeisbaekSophia RoeVivettaVivettaVivettaVivettaVivettaBeijos, H.

    Leia Mais

  • BEAUTY TREND: MAKE COLORIDA

    Tendencia que marca presença há algumas temporadas, a make colorida pode ser reproduzida através de diversas técnicas e é capaz de dar um up nos seus looks e na sua autoestima! Com uma pegada oitentista, essa beauty trend é pura forma de expressão. Deixe a criatividade livre, crie e aposte!Sarah RedzikowskiDior MakeupDurante o inverno, o predomínio é de cores mais intensas e saturadas, mas você pode brincar com as cores que quiser! Confira abaixo 4 técnicas para investir nessa trend e inspire-se.DiorMulticolorida Carregando uma nuance artística, essa make consiste em uma opção mais elaborada e ousada que envolve o uso de uma paleta mais ampla e que nos permite brincar com cores e formas. Não há uma regra na hora de escolher as cores nem de como mescla-las, e o mais interessante desse tipo de produção é o incentivo à criatividade e a possibilidade de criar maquiagens super originais. As nuances entre as diferentes cores usadas podem ser mais marcadas, para um resultado mais dramático, ou esfumadas e suavizadas, proporcionando uma estética mais clean, mas que ainda assim se faz valer da tendência nas cores usadas.Celine BernaertsNathalie BillioLancômeSavana SáMAC CosmeticsSavana SáSavana SáSavana SáNathalie BillioTraços ColoridosUma opção para apostar na tendência e que permite criar maquiagens mais discretas ou super conceituais é o delineado colorido. Já há no mercado muitos produtos específicos como delineadores e lápis em diferentes cores, mas é possível usar truques com pincel e sombras ou batons coloridos. Quanto ao design, vale tanto investir no clássico delineado gatinho, quanto ousar em interpretações geométricas mais arrojadas e que dão um ar super moderno e cool a qualquer produção.Kárin LasmarKylie CosmeticsLancômeMAC CosmeticsNathalie BillioNathalie BillioNathalie BillioNathalie BillioSavana SáSavana SáSavana SáYSL BeautyYSL BeautyYSL BeautyYSL BeautyMonocromático A make mais fácil de todos os tempos é super trendy! Basta escolher uma cor da sua paleta – dê preferência às cores mais intensas – e aplicar uniformemente por toda a pálpebra fixa e móvel, até perto da linha da sobrancelha. Se não quiser uma make tão marcada e mesmo assim apostar na tendência, a dica é esfumar a sombra com um iluminador na linha da sobrancelha. Vale lembrar que nessa make o acabamento com máscara de cílios (pode arrematar com um delineador também se quiser) é essencial para um resultado mais polido.Dior MakeupChanel BeautyKárin LasmarKárin LasmarNathalie BillioNathalie BillioSavana SáSavana SáSavana SáSavana SáSavana SáYSL BeautyLágrimas de sereiaA essência dessa make é a aplicação de um ponto de cor na área de lágrima dos olhos, daí seu nome. A preferência é por cores mais vibrantes e saturadas que destaquem esse ponto que caracteriza a maquiagem. O resultado é bastante simples de se obter e geralmente é associado a algum outro elemento de make nos olhos, que pode variar desde um delineado simples até uma make colorida mais elaborada aplicada sobre a pálpebra.Anastasia VoevodinaDior MakeupKárin LasmarKärol maeNathalie BillioSavana SáStephanie SueroStephanie SueroDior MakeupBeijos, H.

    Leia Mais

  • SAIBA PORQUE O COLETE É UM MUST-HAVE PARA QUALQUER TEMPORADA

    Desde a última coleção primavera verão da Louis Vuitton, acompanhada das recentes coleções outono inverno de marcas como Prada e Gucci, o mundo fashion anuncia uma tendência que tem tudo para se firmar e permanecer: o colete. De fácil trânsito entre temporadas e perfeito para as meia-estações (outono e primavera), essa tendência sai das passarelas e invade o street style, conquistando diferentes estilos e propostas. Louis VuittonLouis VuittonLouis VuittonOriginalmente usado como uma terceira peça em sobreposições – combinação que segue sendo puro hype entre as fashionistas – o colete tem sido usado também como única parte superior do look, configurando uma alternativa interessante às corriqueiras blusas ou regatas. ChloéAlex RivièreMonica de La VillardièreDesde uma interpretação de blazer sem mangas numa confecção clássica da alfaiataria, até os coletes mais despojados fabricados em jeans ou sarja, há diversas opções de cortes e tecidos para a tendência, proporcionando a criação de looks que podem transitar perfeitamente entre o clássico e o moderno, o formal e o despojado. Emili SindlevVivettaLouis VuittonAs propostas são inúmeras, mas tudo indica que a aposta da vez para o inverno são os coletes de tricot! Com uma pegada vintage e ao mesmo tempo super cool, essas peças que podem ser facilmente “roubadas” do guarda roupa dos nossos pais ou avôs têm bombado nas produções das fashionistas mais antenadas e roubado a cena no street wear.Emili SindlevPradaConfira a galeria abaixo para se inspirar!Alicia RoddyMiu MiuLouis VuittonLalá NoletoAlicia RoddyBurberryDebora Spanhol IvankioDiorMiu MiuEmili SindlevEmma RoseLouis VuittonMiu MiuGucciPradaAlicia RoddyDiorPernille TeisbaekOlivia PalermoBeijos, H.

    Leia Mais

  • DICAS DE DECORAÇÃO E RECEITAS JUNINAS

    Bandeiras, toalhas de mesa em estampas chita ou xadrez, fogueira, chapéus e arranjos florais são típicos elementos que marcam a decoração junina. Quando a ideia é comemorar São João, esses elementos são essenciais para simbolizar os costumes dessa festa, mas podem aparecer de forma desconstruída em ideias criativas que conservam o espírito junino. Bastidores com chitaComo uma alternativa às típicas toalhas de mesa, a chita ou tecidos em estampas florais, coloridas ou xadrez podem aparecer na decoração posicionada em bastidores de bordado, que podem ser expostos de forma decorativa nas paredes ou apoiados em mesas ou prateleiras. Uma forma super inovadora e de transportar o clima junino para uma decoração atual. FitasEntrelaçadas ou enfileiradas, penduradas em árvores, mesas, cadeiras, sobre o teto ou até na parede, as fitas de tecido em diferentes cores e estampas agregam cor e movimento à decoração, podendo fazer a vez das tradicionais bandeiras juninas, mas mantendo suas principais propriedades estéticas. Nessa possível interpretação, a decoração junina ganha um ar de sofisticação sem perder sua essência alegre e colorida. Vela “fogueira”As velas sempre têm a capacidade de deixar qualquer ambiente mais aconchegante e toda decoração mais charmosa. Nessa versão mais rústica, pode-se usar paus de canela ou pregadores de roupa em madeira para armar um suporte para a vela que aluda ao formato de uma fogueira. Nada como esse toque de classe para arrematar uma decoração típica e ao mesmo tempo desconstruída. Quitutes doces e de fácil preparoQueijadinhaIngredientes:3 ovos2 latas ou caixas de leite condensado 100 g de manteiga5 colheres (sopa) de farinha de trigo1 xícara (chá) de queijo meia cura ou parmesão ralado200 g de coco seco ralado1 xícara (chá) de açúcarPreparo:Primeiramente, peneire as gemas, junte as claras e bata com um batedor de arame por aproximadamente 30 segundos. Acrescente o leite condensado e a manteiga e misture bem. Depois adicione a farinha de trigo, o queijo e o coco aos poucos, misturando até obter uma massa homogênea. Despeje a massa em forminhas de papel e coloque-as dentro de uma assadeira ou em formas de empadas. Leve ao forno preaquecido a 200°C por volta de 35 minutos ou até dourar.Pipoca de leite ninhoIngredientes: 1/2 xícara de açúcar1/2 xícara de milho de pipoca1/4 xícara de água1/4 xícara de óleo1/2 xícara de leite ninhoPreparo:Preferencialmente em uma pipoqueira, adicione o milho, o óleo, a água e o açúcar. Incialmente a mesma receita para fazer a pipoca caramelizada simples. Não pare de mexer a panela para que o caramelo não fique concentrado no fundo da panela e nem queime. Quando terminar de estourar, despeje a pipoca em uma assadeira ou recipiente e polvilhe o leite ninho com ela ainda quente, porque assim o leite ficará grudadinho no caramelo!Bolo de milho da LaláIngredientes:3 ovos1 lata de leite condensado 1 xícara de fubá 3 colheres de sopa de manteiga2 latas de milho (sem água)200 ml de leite de coco1 colher de sopa de fermentoPreparoMisture todos os ingredientes exceto o fermento no liquidificador e bata até obter uma massa homogênea. Acrescente o fermento e misture com uma colher ou fouet. Finalmente, basta assar em forno pré aquecido por 30 a 40 minutos. Beijos, H.

    Leia Mais

  • 5 CLÁSSICOS DO CINEMA BRASILEIRO QUE VALE A PENA CONFERIR

    O cinegrafista italiano Affonso Segretto realizou o primeiro registro de imagens em movimento no Brasil quando estava prestes a desembarcar na costa brasileira em 19 de junho de 1898. Honrando este primeiro registro histórico, celebra-se na data de hoje o Dia do Cinema Brasileiro. Para apreciar a sétima arte, a nossa cultura e o cinema nacional, que tal aproveitar para conferir hoje algum dos clássicos do nosso cinema? 1) Deus e o Diabo na Terra do Sol (Glauber Rocha, 1964)DEDEElencado como segundo melhor filme brasileiro de todos os tempos pela Associação Brasileira de Críticos do Cinema (Abraccine), este filme representa um grande marco do Cinema Novo, movimento que deu destaque ao intelectualismo e à crítica social, além de se opor ao então cinema tradicional brasileiro marcado por comédias, musicais e longas que propagavam o estilo de Hollywood. A trama se tece em torno da sofrida vida de Manoel e Rosa, casal sertanejo interpretado por Geraldo Del Rey e Yoná Magalhães e que luta contra as adversidades na secura do interior. 2) Central do Brasil (Walter Salles, 1998)Com duas indicações ao Oscar (melhor filme estrangeiro e melhor atriz), “Central do Brasil” representa um dos filmes brasileiros mais respeitados nacional e internacionalmente. A trama cativa o olhar para o laço criado entre uma ex-professora (Fernanda Montenegro) e uma criança, que têm suas vidas cruzadas pelo acaso. 3) O Auto da Compadecida (Guel Arraes, 2000)Marcado por sua veia teatral, este filme inspirado na peça escrita por Ariano Suassuna estrela a famosa dupla formada por Selton Mello e Matheus Nachtergaele. Eles interpretam Chicó e João Grilo, que vivem às custas de pequenas falcatruas para sobreviver no sertão nordestino até entrarem no caminho de um cangaceiro e terem de lidar com Deus, o Diabo e a Virgem Maria. 4) Cidade de Deus (Fernando Meirelles, 2002)Possivelmente o filme brasileiro de maior fama e repercussão internacional, “Cidade de Deus” teve quatro indicações ao Oscar (melhor diretor, melhor roteiro adaptado, melhor edição e melhor fotografia) e é aclamado pela crítica principalmente por seus aspectos estéticos e artísticos. A narrativa atravessa a trajetória de dois amigos que crescem na favela Cidade de Deus no Rio de Janeiro – um para tornar-se fotógrafo e o outro, chefe do tráfico.  5) Lisbela e o Prisioneiro (Guel Arraes, 2003)Também com direção de Guel Arraes, “Lisbela e o Prisioneiro” mantém a mesma linha teatral de “O Auto da Compadecida” e também se pauta sobre a adaptação de uma peça, cuja autoria é de Osman Lins. O diretor desenvolve um conto romântico protagonizado por Débora Falabella e Selton Mello, que dão vida ao casal composto por uma jovem sonhadora e um malandro galanteador.  Beijos, H.

    Leia Mais

  • A NOVA PROPOSTA DA BOTA WESTERN

    De inspiração faroeste e resgatada do vestuário dos cowboys, as botas western tem ligação direta com o imaginário country. Essa peça que já é tendência fashion desde as temporadas mais recentes, permanece firme para a próxima temporada de inverno no Brasil e segue como peça hype na Europa mesmo com o verão se aproximando por lá, onde ela aparece para dar um toque extra de estilo aos looks mais frescos e casuais. VivettaNew look Devido a sua herança provinciana, a bota country, quando incorporada ao mundo fashion, costuma ser associada a looks que remetem a uma estética folk. Vestidos românticos, chapéus, cintos afivelados, coletes, franjas, batas e camisas ombro a ombro são alguns dos elementos que costumam ser combinadas à bota western para proporcionar uma típica produção boho ou hippie chic. Alicia RoddyAlberta FerrettiLucy WilliamsA grande novidade na tendência, contudo, é a criação de um novo look impulsionado pela própria bota e que funde o rústico ao cosmopolita. Numa interpretação moderna, a bota western aparece agora na composição de outfits utilitários, sofisticados e até corporativos. Num movimento congruente à tendência hi-lo, a bota western pode entregar looks incríveis e super fashionistas quando combinada com um vestido mais fino, como um slip dress de seda, ou com peças clássicas como a calça de alfaiataria ou o trench coat – fica a dica para o inverno! Além disso, pode ainda elevar looks básicos como jeans e camiseta ou moletom e conferir-lhes um toque glam. Lucy WilliamsAletaniaKaren BlanchardAmy Julliette LefévreLucila PenaAmy Julliette LefévreAmy Julliette LefévreAlicia RoddyAmy Julliette LefévreKaren BlanchardLeia SfezKaren BlanchardAmy Julliette LefévrePernille TeisbaekCaroline DaurBeijos, H.

    Leia Mais

  • FRESH VIBES: A ESTÉTICA BUCÓLICA QUE TEM REINADO NO INSTAGRAM E NOS EDITORIAIS DE MODA

    Uma onda fresh e bucólica tem invadido o mundo digital e se faz notar nos editoriais de moda mais conceituados da atualidade. Diretamente relacionada a um lifestyle leve, saudável e despreocupado, a estética bucólica evoca uma atmosfera romântica que promete permear as criações artísticas e digitais mais atuais, além de ter um potencial latente de influenciar comportamentos e consumos relacionados a esse estilo de vida. Uma vibe fresh & easy conforma essa estética, que se nutre de referências românticas, barrocas e renascentistas para ressignificar a compreensão da natureza e da vida bucólica na contemporaneidade e, mais ainda, no plano digital, integrando o natural ao virtual.PradaJacquemusElementos da natureza como árvores, folhas, campos, flores e frutas dão vazão a infinitas interpretações em torno da apreciação de tudo aquilo que é natural e personificam o reinado das formas orgânicas nessa estética. No Instagram, os registros mais naturais e despreocupados, as poses mais relaxadas e o visual effortless chic invadem o conteúdo propagado pelas contas mais influentes e pouco a pouco tomam o lugar dos filtros mais pesados, dos feeds montados e dos cenários elaborados. Josefine H. J.Leonie HanneEmma RoseLeia SfezDébora RosaViky RaderCamille CharriereAlex RivièreEmma RoseMatilda DjerfHanna SchönbergStephanie BroekNo mundo fashion, a influência bucólica se expande para além do conteúdo digital e se reflete nas campanhas, coleções e desfiles das marcas mais conceituadas. Para comemorar sua primeira década como estilista no ano passado, Simon Porte Jacquemus apresentou sua coleção primavera verão 2020 num memorável desfile em meio a um campo de lavandas no sul da França, cuja estética ele denominou como “pop provençal”. Marcas como Dior, Prada, Miu Miu, Gucci e Fendi também impulsionaram a inspiração bucólica em suas últimas campanhas, que quando não produzidas em jardins, parques ou campos, migravam para cenários ou estúdios carregando elementos que caracterizam o romantismo imperante nessa estética. JacquemusDiorDiorDiorFendiFendiFendiGucciGucciGucciMiu MiuMiu MiuMiu MiuPradaPradaComo tendência que permeia inúmeras faces de todo um lifestyle, influenciando a criação artística, a estética bucólica pode ser contemplada por meio de diversos elementos visuais, espaciais e materiais, dos quais alguns estão listados a seguir. Tecidos e Texturas: malha de algodão, linho, jeans, sarja, tricot, viscose, transparências, tramas, rendas e babados. FendiCores e Padronagens: cores neutras ou em tons pastéis, tie dye, animal print, estampas florais, xadrez vicky.Victoria SaceanuVictoria SaceanuPeças/acessórios: camisas, saias, vestidos, calças em modelagem ampla ou reta, jardineiras, botas western, chapéus e bolsas de palha.Mary L. JeanMake: natural e glow. A estética está muito mais relacionada a uma aparência saudável e a uma pele cuidada, sem muita cobertura ou retoques.Viky RaderDecor: ambientes arejados e sem excessos, presença marcante de plantas e arranjos florais em ambientes internos, predomínio de enxovais brancos, uso de velas ou luminárias que criem uma atmosfera aconchegante.Viky RaderHanna SchönbergViky RaderBeijos, H.

    Leia Mais

  • MOCASSIM: O ATUAL QUERIDINHO DE TODAS AS ESTAÇÕES

    Um clássico aliado para nos ajudar a criar looks que remetam a uma estética genderless, o mocassim é um modelo de sapato unissex, cool e muito confortável. Presente em diversos editoriais, desfiles e looks de trend setters, esse calçado é versátil e atemporal, podendo ser considerado um must have para diversos estilos.Louis VuittonGucciContextualização Apesar de ser um modelo de sapato clássico e versátil que transita entre diferentes épocas, modas e estéticas, o mocassim teve lugar de destaque na moda que se desenvolveu entre as décadas de 1950 e 1980. Primeiro teve seu sucesso propagado com Elvis Presley, depois foi introduzido ao guarda roupa feminino na moda unissex da década de 60, endossada pela aclamada estética de Jane Birken, e nos anos 80 ganha mais uma vez os holofotes, agora nos passos do moon walk de Michael Jackson, que combina um mocassim preto com uma meia branca. Desde então, o mocassim migra entre as temporadas fashion ganhando várias releituras em termos de material e design. Por circular com facilidade entre diferentes épocas, estilos e ocasiões, essa tendência que volta com força na moda atual é uma peça curinga que pode se aliar a diferentes estilos e ornar na produção de looks que vão do clássico ao moderno. Elvis PresleyJane Biken e Serge GainsbourgMichael JacksonMocassim + SaiaElegância e romantismo dão forma a esse match entre saia e mocassim. Outra aposta que proporciona uma estética semelhante é o vestido, que também aporta feminilidade ao look. A meia calça como um terceiro elemento nessas composições pode dar, ainda, um toque extra de glamour. PradaPradaDiorEmma RoseGucciJessie BushOlivia PalermoMocassim + CalçaEssa combinação pode ter seu potencial de sofisticação elevado em produções mais clássicas, carregando elementos da alfaiataria ou do vestuário corporativo, ou desconstruído em outfits que aportem elementos mais casuais, como o jeans ou a malha. Josefine H. JAylin KoenigClaire Rose CliteurLouis VuittonAnouk YveOlivia PalermoLucy WilliamsmocassimEmma RoseLalá NoletoMocassim + MeiaDe inspiração old school, o combo mocassim e meia carrega na sua essência uma informação vintage e ao mesmo tempo super pop e cool, proporcionando uma estética it girl vintage a la Blair Waldorf. Essa combinação proporciona a criação de looks que logram mesclar o clássico ao descolado sem perder a elegância. No. 21GucciGucciRefinery29 + Levi’sEmili SindlevPernille RosenkildeMadewellEmili SindlevMaría BernadJessie UrvaterBeijos, H.

    Leia Mais

  • TENDÊNCIAS PARA ESQUENTAR: JAQUETA CROPPED E BLAZER OVERSIZED

    Com a queda da temperatura, os casacos voltam a fazer parte do nosso cotidiano e mesmo adorando os cortes clássicos, dois modelos bem modernos têm chamado muito a minha atenção. A versão cropped de jaquetas e o blazer em modelagem ampla são facilmente capazes de atualizar looks básicos, os transformando em composições totalmente atuais. Essas modelagens têm aparecido enfaticamente desde a última temporada e com o inverno brasileiro se aproximando, nossa vontade de apostar só aumenta!Tamu McPhersonJaqueta CroppedHanna SchönbergEmili SindlevA jaqueta, peça naturalmente associada a uma estética mais cool & edgy, ganha um ar ainda mais descontraído em sua versão cropped, com o comprimento terminando acima da cintura. Como tendência, proporciona um caimento super in, representado pela combinação entre o curto e o volumoso. Os modelos são diversos e abarcam diferentes texturas, cores e padronagens, sendo o corte sua característica marcante e que pode ser realçado em combinações com peças inteiras (vestidos, macacões e afins) ou peças inferiores de cós alto. O contraste entre a cintura marcada e o volume da jaqueta proporciona uma mescla de ousadia e delicadeza nessa tendência. Blazer OversizedJessie BushNous EtudionsNuma proposta de silhueta mais ampla, o blazer oversized se apropria do vestuário masculino sem muitos ajustes na modelagem, havendo espaço apenas para releituras em termos de tecido e cor. Ao contrário do icônico e então revolucionário smoking feminino desenhado por Yves Saint Laurent, o terno oversized preza pela estética do volume e não marca a cintura. Anouk YveA tendência pode aparecer em diferentes releituras: desde o clássico blazer de alfaiataria em cores neutras, até ternos de couro, veludo ou lantejoulas e também em cores mais vibrantes, trazendo um toque mais moderno a essa peça, que em todas as suas versões mantém a elegância herdada de seu modelo clássico. Anouk YveKaren BlanchardAylin KoenigAmy Julliette LefévreCaroline DaurAnouk YveXenia AdontsNiki Wu JieAmy Julliette LefévreCamille CharriereEmili SindlevAylin KoenigHanna SchönbergJessie BushJessie BushXenia AdontsAnouk YveCaroline DaurHanna SchönbergAylin KoenigBeijos, H.

    Leia Mais

  • A ÚLTIMA TREND DE NAIL ART

    O post de hoje tem tudo a ver com o momento que estamos vivendo. Além de utilizar uma técnica que distrai a mente e estimula a criatividade, ainda supre nossa vontade de ter as mãos cuidadas com as unhas feitas. Nós sabemos que arte impressa em unhas como forma de decoração e denotação de estilo já é uma trend instaurada! Endossada por celebridades da cena pop como Dua Lipa e Lady Gaga, a nail art pode assumir designs diversos e já configura como uma informação de moda extra nas produções visuais das trend setters mais modernas. Já pensou na possibilidade de elevar um look básico com unhas divertidas? Pois a nail art está ai para isso! DiorTendência da vezA tendência da vez tem inspiração nas artes plásticas e remete à forma de pinceladas ou manchas de tinta, gerando um desenho abstrato e orgânico, mas ao mesmo tempo bastante moderno. A dica é experimentar preencher as unhas com gotas ou pinceladas de esmaltes em cores diferentes.Para as mais minimalistas, também vale pintar apenas algumas partes das unhas, deixando outras em sua tonalidade natural, e utilizar somente uma cor de esmalte. A principal regra nessa tendência é: não há regras! Não se estresse em delimitar formas com precisão, uma vez que a estética abstrata pode ser facilmente obtida à mão livre. Não esqueça de finalizar com uma cobertura transparente para obter um acabamento mais caprichado e mãos à obra! Beijos, H.

    Leia Mais

  • A INFLUÊNCIA ESPORTIVA NA ALTA COSTURA E A TENDÊNCIA HIGH-LOW

    As referências esportivas no mundo da moda não são novidade, mas têm tomado proporções cada vez maiores. Com o poder de deixar produções clássicas mais modernas, as peças e acessórios esportivos também são ótimas opções para agregar conforto, praticidade e utilitarismo aos looks, propriedades altamente valorizadas nas tendências fashion atuais.FendiDiorA intercessão entre moda e esporteAo longo do século passado, as roupas esportivas contribuíram para a reforma na indumentária feminina, e além de carregarem elementos da moda em seus designs, passaram também a aportar informações esportivas ao universo fashion. Na década de 1920, a tenista francesa Suzanne Lenglen, invicta em Wimbledon entre 1919 e 1923, introduz o traje de tênis desenhado por Jean Patou, uma peça única que rompia com a então tradicional combinação de blusa com gravata e saia longa. Seu sucesso reverberou e até a fita que a tenista utilizava na cabeça para jogar logo foi copiada. Na mesma década, o golfe tornou-se um esporte mais acessível após a guerra e favoreceu a adoção do suéter e do cardigã como roupas informais para uso rotineiro. Ainda nessa época funda-se a marca Lacoste, criadora do modelo de camisa polo e que mais tarde se tornaria um símbolo da fusão entre moda e esporte. PradaÉ somente com a incorporação do street style pela alta costura, contudo, que marcas esportivas como Adidas e Puma ganham relevância fashion e ascendem ao status de grife. Esse movimento fashion de abraçar a cultura esportiva, que ocorre nos anos 1990 e 2000, pode ser representado pela onipresença do tênis e pelo nascimento das primeiras collabs entre marcas esportivas e da alta costura. Prada for Adidas/2019GucciA contribuição esportiva para as produções high-lowSe antes as grandes grifes de alta costura se limitavam às colaborações, agora muitas já desenvolveram sua linha própria de artigos esportivos, além de incorporar elementos do esporte em suas coleções sazonais. À medida em que o street wear encontra relevância no tradicional mundo da moda, outfits que mesclam o fino ao esportivo passam a ser cada vez mais valorizados e ganham visibilidade. GucciTendência cada vez mais crescente, os looks high-low consistem em produções que mesclam o sofisticado ao causal, o underground ao luxuoso, o exagero ao minimalismo. As opções são infinitas e muitos contrastes interessantes podem ser proporcionados pela inspiração esportiva, desde um short jogger confeccionado em paetê, até um clássico trench coat fabricado em tecido esportivo. A produção high-low também pode ser alcançada mesclando itens da alta costura a artigos esportivos, seja numa combinação entre uma peça clássica de alfaiataria e um tênis ou numa composição com roupa esportiva e salto alto. Essa união entre conforto e estilo, entre arrumado e desarrumado, nunca antes foi tão in e promete render produções elegantes e cool ao mesmo tempo.Anouk YvePernille TeisbaekPernille TeisbaekPetra MackAnouk YveCharlotte GroeneveldEmili SindlevBruna MarquezineGivenchyPernille RosenkildeVersaceHanna SchönbergPetra MackPernille TeisbaekLaura Chinasso KubruslyLeonie HanneMarie HindkaerMathilde GohlerMathilde GohlerNaomi GeorgeMarie HindkaerPernille TeisbaekPetra MackVersacePetra MackBeijos, H.

    Leia Mais

  • A BOINA VEIO PARA FICAR

    As boinas são acessórios cheios de personalidade e estão em alta há algumas temporadas. A cara do outono/inverno, elas aparecem com frequência nos looks de trend setters, filmes, editoriais de moda e desfiles, sempre associada a um estilo cool e a uma estética genderless.GucciGucciTrajetória histórica Até a década de 1930, quando Coco Chanel revolucionariamente passou a incorporar e adaptar peças masculinas ao vestuário feminino, a boina era um chapéu de uso masculino. Após ganhar seu espaço no armário de mulheres, foi o cinema que difundiu a popularização do acessório ao longo das décadas seguintes desde a imagem de divas como Greta Garbo nos anos 40 e Brigitte Bardot nos anos 50 e 60, até o clássico longa Bonnie and Clyde, que transportou a estética dos anos 30 para as telas de cinema ao final dos anos 60. No início dos anos 2000, a boina volta como um hit fortíssimo e conquista a cultura popular através de divas pop como Madonna, Gwen Stefani e Cristina Aguilera. Greta GarboBrigitte BardotBonnie and ClydeChristina AguileraGwen StefaniMadonnaAtualidadeDepois da boina mania dos anos 2000, a peça voltou a aparecer tímida e pontualmente na moda da década seguinte. A coleção apresentada no Gucci Cruise de 2016, com direção criativa do designer Alessandro Michele, foi um primeiro ensaio do retorno mais forte da tendência, reforçado pelo icônico Chanel Cruise em Cuba, no mesmo ano. No ano seguinte, Maria Grazia Chiuri, à frente da Dior, apresentou o desfile de outono inverno da maison com todas as modelos vestindo boinas de couro preta, não deixando espaço para dúvidas de que a boina anunciava um retorno em peso. Endossando a tendência, Karl Lagerfeld apresentou tanto na coleção Chanel Métiers d’art  em 2017, quanto em sua coleção inspirada na temática navy  para o Chanel Cruise 18/19, todas as modelos exibindo boinas de tweed, têxtil clássico da label. Desde então a boina tem conseguido espaço entre diversas coleções de outras grandes marcas como Prada e Miu Miu, consolidando-se como uma tendência que veio para ficar. Gucci Cruise 20164Gucci Cruise 20164Gucci Cruise 20164Chanel Cruise 2016 (Cuba)Chanel Cruise 2016 (Cuba)Chanel Cruise 2016 (Cuba)Dior AW17Dior AW17Dior AW17Chanel Métiers d’art 2017/18Chanel Métiers d’art 2017/18Chanel Métiers d’art 2017/18Chanel Cruise 2018/19Chanel Cruise 2018/19Chanel Cruise 2018/19Confira alguns exemplos de como incorporar esse acessório nos looks do dia a dia:Camila CoelhoMax MaraCaroline DaurDiorEmili SindlevVivian HoornGigi HadidLeonie HannePernille TeisbaekPradaCamila CoelhoPradaThássia NavesValentinoVivettaVivian HoornZendayaPradaBeijos, H.

    Leia Mais

  • UPCYCLING E SEUS EFEITOS SOBRE A MODA

    Como forma de inovar e reaproveitar materiais, o upcycling é um recurso da moda para se reinventar em um momento em que a sustentabilidade é uma pauta constante. Com o aumento das discussões sobre consumo consciente, essa prática tem chamado muita atenção tanto nas passarelas quanto nos looks das fashion influencers pelo mundo.Carol DaurDefinição de UpcyclingO upcycling, termo intimamente ligado à moda, diz respeito à praticas de customização e reaproveitamento de materiais utilizados em confecções anteriores que possivelmente seriam descartados. Gaby Loayza, do Up Coletivo de Upcycling, de São Paulo, afirma que é importante não confundir o conceito de upcycling com reciclagem, uma vez que este último muitas vezes pode estar associado à transformação de resíduos em materiais de menor qualidade, ao passo que o upcycling agrega valor a produtos ou materiais que estariam em desuso, atribuindo-lhes novas configurações com o intuito de prolongar seu ciclo de vida. O conceito carrega em si, portanto, a ideia do reaproveitamento criativo de peças ou materiais que seriam descartados. Stella McCartneyLucy WilliamsFendiInfluência na indústriaA indústria da moda tem aplicado práticas de upcycling em suas confecções, gerando produções criativas, diferentes e que carregam em si um teor de consciência e sustentabilidade em sua confecção. Para sua coleção de outono inverno 2019/20 apresentada durante a Paris Fashion Week, a estilista Stella McCartney logrou reaproveitar camisetas vintage para a criação de vestidos multicoloridos, dando um novo uso e um formato inovador a peças antigas. No Brasil, o conceito abre espaço para a criação de marcas com um modelo de negócio totalmente voltado ao reaproveitamento criativo da indumentária, como é o caso das marcas Comas e Reroupa. COMASCOMASCOMASREROUPAREROUPAREROUPASTELLA MCCARTNEYSTELLA MCCARTNEYSTELLA MCCARTNEYPor fim, é importante ressaltar que o reaproveitamento de sobras de tecido, fruto do upcycling, trouxe consigo uma tendência fashion que está super em alta há algumas temporadas: peças assimétricas e construídas a partir da mistura de tecidos e materiais ou estampas distintas, muitas vezes com cortes desiguais e costurados e entrelaçados de forma criativa, prezando o aproveitamento máximo de recursos e resultando em peças únicas e cheias de personalidade.Confira a galeria abaixo e inspire-se!Matilda DjerfLucy WilliamsFendiCamille CharriereBruna MarquezineCaroline DaurCaroline DaurElsa HoskEmma MoldtFendiGloria CoelhoNous EtudionsJosefine H. JBlanca Miró ScrimieriGloria CoelhoLouis VuittonVersaceTezzaTamu McPhersonSusie LauXenia AdontsBeijos, H.

    Leia Mais

  • O RETROFUTURISMO DO VINIL

    A origem:O vinil ganhou relevância na produção têxtil na década de 1960, quando os costureiros foram influenciados pela corrida espacial e por esse período em que a ficção científica e a realidade se mesclaram. Foi nas mãos de Yves Saint Laurent que o vinil foi enobrecido, pois antes disso, sua utilidade era limitada a confecções de capas de chuva por conta da sua funcionalidade característica, a impermeabilidade.Essa fase em que a artificialidade se tornava cada vez mais palpável marcou a história da moda e ficou conhecida como a era espacial, imprimindo uma forte influência futurista nas confecções da época. Yves Saint LaurentO retrofuturismo e a cultura pop:Definido pelo conceito de uma visão passada acerca do futuro, o retrofuturismo tão bem explicado pelo nome do exitoso álbum Future Nostalgia, da cantora pop Dua Lipa, tem exercido forte influência na cultura popular contemporânea. Como movimento artístico, é marcado por uma estética que funde o antigo ao moderno e que pode-se ver refletida no mundo fashion. A impressão da estética retrofuturista na moda se evidencia através da tendência cada vez mais crescente do uso de tecidos brilhosos ou metalizados e pelo lugar de destaque que o vinil, material icônico da era espacial, vem ganhando nas coleções de moda das últimas temporadas, quase sempre associado a cortes clássicos, modelagens estruturadas e com uma pegada retrô, resultando no combo moderno + vintage característico do retrofuturismo. Kim Kardashian West e Kourtney KardashianConfira na galeria abaixo algumas referências para se inspirar!Amina MuaddiAmy Julliette LefévreChiara ScelsiElsa HoskValentinoElsa HoskEmili SindlevKim Kardashian WestEmma RoseKim Kardashian WestLeia SfezTezzaLeia SfezMonclerOlivia PalermoElsa HoskPernille TeisbaekLeia SfezStefanie GiesingerSusie LauThora ValdimarsVivettaEmma RoseBeijos, H.

    Leia Mais

  • O HIT DOS SALTOS GEOMÉTRICOS DA DESIGNER AMINA MUADDI

    Desde o lançamento de sua marca de sapatos em agosto de 2018, a designer de origem romena-jordaniana, Amina Muaddi, tem causado um forte impacto no meio da moda. Amina MuaddiFormada em comunicação de moda pelo Instituto Europeo de Design, em 2012 Amina decidiu se aprofundar na criação de sapatos e chegou a fundar uma empresa em 2013 junto a dois sócios, da qual anunciou sua saída em 2017, quando passou a focar no desenvolvimento da label que levaria seu nome. Amina MuaddiSalto PiramidalAinda que nem todos os modelos assinados pela designer levem o salto geométrico, foi a ideia de Muaddi de adicionar uma base piramidal ao clássico salto stiletto que deu origem ao principal diferencial de seus designs, de forma que os saltos piramidais já podem ser considerados marca registrada da nova grife.Amina Muaddi por aíCaroline DaurPernille TeisbaekTamu McPhersonEllie – Slip into stylePernille TeisbaekLala RudgeKendall JennerReleiturasO sucesso após o lançamento foi imediato e os sapatos desenhados por Muaddi logo podiam ser vistos no armário de diversas it girls e celebridades do mundo todo. Além disso, os já icônicos saltos geométricos influenciaram muitas outras marcas a adotarem em suas assinaturas as características marcantes do design original, e as releituras vieram com força total para consolidar essa fashion trend. ArmaniVicenzaManolo BlahnikSalvatore FerragamoSchutzCamila Coelho usando VicenzaThássia Naves usando Luiza BarcelosBeijos, H.

    Leia Mais

  • DIOR TRIBALES: HISTÓRIA E LEGADO

    Na ultima semana postei alguns stories mostrando os brincos que estava usando, um par de Dior Tribales que gerou muito interesse de vocês. Esses brincos são clássicos que unem sofisticação com referências tribais e já foram reinventados diversas vezes. Então, decidi trazer hoje uma seleção de modelos feitos pela própria Dior e algumas releituras icônicas da peça.Jeninifer Lawrence usando Dior Tribales na campanha do batom Dior AddictHistória/criaçãoCriados em 2014 pela então diretora criativa de acessórios da Dior, Camille Miceli, os brincos Dior Tribales constituem um híbrido entre os estilos clássico e rústico. A designer repaginou o clássico e elegante brinco de pérolas com uma forte influência tribal, obtendo o design caracterizado por uma pérola menor posicionada sobre a orelha e outra maior que aparece por detrás do lóbulo. Esse design simples porém inovador, brindado por uma assimetria para lá de chique, rapidamente virou um hit fashion e atualmente já pode ser considerado um acessório clássico e atemporal, um ícone da maison francesa. Design original por Camille MiceliDior Tribales Earrings“Sempre gosto de ver as mulheres usando brincos. Eles proporcionam um belo toque final”, afirma Christian Dior em seu Petit Dictionnaire de la Mode.Natalie PortmanEmma WatsonQueen Rania Al AbdullahReleiturasAo configurar-se como um must have poderosíssimo, os Dior Tribales sofreram releituras da própria marca ao longo dos últimos anos e também tiveram seu design marcante reproduzido por diversas outras marcas, ganhando milhares de versões em joias e bijuterias também. PiagetCarla AmorimChopardVivaraH. SternA atual diretora criativa da Dior, Maria Grazia Chiuri, vem repaginando há algumas temporadas o já clássico modelo tribal de 2014, conferindo-lhe variações diversas no design, seja agregando elementos, mudando a escala ou substituindo a famigerada pérola por outras pedras nobres, mas mantendo sua constante principal e definidora em todas as peças: sempre há um elemento de destaque que aparece atrás do lóbulo. Dior AW18/19Dior AW19/20Dior AW19/20Dior AW19/20Dior AW19/20Dior Cruise 2019Dior Cruise 2019Dior Fall 2019Dior SS19Dior SS19Beijos, H.

    Leia Mais

  • TIE-DYE: ALGUMAS TÉCNICAS PARA FAZER SEU PRÓPRIO TINGIMENTO

    Quem me acompanha no Instagram já viu que além do bordado, também investi em outra atividade artística muito divertida durante a quarentena, o tie-dye! Essa técnica de tingimento de tecidos através de amarrações resulta em peças únicas e super trendy. As amarrações podem ser feitas com barbante, cadarços ou elásticos e a maneira com que são feitas implica no resultado final da padronagem estampada na peça. É uma atividade ótima para fazer em família e uma boa maneira de renovar algumas peças do guarda-roupa.Jaqueta em tie-dye listradoTIE – Algumas técnicas para amarrar  1. Efeito espiralEssa técnica corresponde à primeira que usei no vídeo do IGTV. É um dos efeitos tie-dye mais clássicos e simples de obter: basta ir enrolando a peça a partir de seu centro, fazendo uma espiral com o tecido e amarrando com barbante.2. Efeito listradoEssa foi a segunda técnica que usei no tutorial do IGTV. Também é bastante simples, basta compactar o tecido e amarrar delimitando as zonas que correspondem à cada listra. A quantidade e espessura das listras varia de acordo com a quantidade de amarrações e o espaço entre cada uma delas. Isso permite uma infinidade de possibilidades! 3. Efeito marmorizadoUma padronagem clássica do tie-dye e uma das mais simples de fazer, porque nela não há regras. Essa técnica consiste basicamente em ir amassando o tecido em várias partes, aleatoriamente, até formar uma bola e amarrá-la. O resultado é sempre único e o efeito se assemelha à padronagem presente no mármore. 4. Efeito mandalaEsse efeito se assemelha visualmente ao espiral, mas não se confunda! Enquanto a espiral é um mesmo “círculo” que vai se abrindo, a mandala são vários círculos concêntricos, um por fora do outro. A técnica consiste na definição de um centro para os círculos que serão criados (pode coincidir com o meio do tecido ou não, você decide). A partir do centro escolhido, o tecido deve ser compactado e amarrado de forma semelhante à técnica de amarrar usada para as listras.5. Efeito várias mandalasEsse efeito resulta em várias mandalas distribuídas ao longo do tecido. A técnica é a mesma usada para fazer uma única mandala, mas dessa vez é feita repetidas vezes no mesmo tecido. DYE – Opções de tingimento Na hora de tingir, existem duas formas de pigmentação que são as mais comuns: aplicando tinta para tecido diluída em água ou utilizando corante para tecido em pó, que deve ser diluído e aplicado com água fervente para maior fixação. A proporção de água para a quantidade de tinta ou corante deve variar de acordo com a intensidade da cor desejada: para uma cor mais vibrante, dilua com menos água, e para obter tons mais pastéis, use mais água.Os resultados são lindos e as possibilidades infinitas, então, a dica é aproveitar essa atividade para estimular ainda mais a criatividade. Beijos, H.

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS