Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

1556 resultado(s) encontrados.
  • Onde Comprar – Vestidim Preto!

    Oi migles!!! Segundona linda e mara para fazer uma comprinha básica hahahaha. Semana passada fiz um post sobre o poder de um vestidinho preto (LEIA AQUI) e hoje volto com dicas de onde comprar! Escolhi 3 lojas apenas, e com preços bem mais acessíveis ok? Vamos lá! AMARO, tubinho básico por R$ 69,90! LINK AMARO, de crepe e assimétrico. Apesar da assimetria, é um vestido que dá para usar MUITO! Achei esse minha cara na balada rsrsrs LINK AMARO, soltinho, minimalista, algo meio oriental, daqueles que aceita ir na padaria ou ir numa festa! R$ 159,90 LINK AMARO, mais sexy, mais ousadinho, esse é pra night mesmo mas achei a dica válida, ele é LINDO! R$ 169,90 LINK Renner, R$ 119. Talvez o mais fiel ao estilo que comentei no post da inspiração! O mais básico, o mais versátil. LINK Riachuelo, que tem váaaarios modelos! Esse de manga longa, também super básico, por R$ 39,90!!! LINK Outro da Riachuelo, esse tem um decote bem lindo nas costas, vale o click para ver! R$ 39,90!! LINK Riachuelo, vestido regata, de malha beeeeeeem básico, mas é isso que queremos né? R$49,90 LINK Riachuelo, R$ 59,90. Amei amei amei esse. Liso, sem nada, comprimento certo, manguinha solta e a produção com a ankle boot branca e o colar, ficou perfeita! LINK Riachuelo, mais um de malha bem básico. R$ 49,90 (Riachuelo arrasando nos precinhos hein!) LINK Riachuelo, com fios metalizados (nem aparece né? Mas no site diz que é). Acho fofo usado com camisa assim por baixo! Dá outra cara pro vestido. R$ 59,90 LINK Riachuelo, mais um! Também usado com uma blusinha por baixo, modelo estilo regata, de tecido plano, por R$ 89,90!!! LINK   Monte de dicas Onde Comprar hein!!! Acho que vale uma passadinha com carinho na Riachuelo, achei os preços ótimos e os modelos também! O da Renner, é o Little Black Dress fiel, e os da AMARO, com certeza, qualidade mara e acabamento impecável! Podem escolher!

    Leia Mais

  • Mi casa su casa – Importante na Decoração: Cor da parede

    Fufu-terráquias e Fufu-extraterrestres, tuto pom cocêis? Estão arrasando na decoração? O dia tá cinza por aqui e eu fico im-pres-tá-vel neste clima. Alguém mais é influenciável pelo que acontece lá fora? Eu jamais poderia viver em um clima Londrino, por motivos de: me enforco com a correia do guarda chuva. Nó, dá desespero só de pensar em viver em um mundo nublado. Mas vamos seguir com nosso trabalho de hoje. Muita gente me pede “dica” de cor pra pintar a parede. É aqui nos comentários, é via instagram, é no buffet do almoço, no salão de beleza… o dia que alguém me pedir isso no trânsito vai ser o auge. Já imaginou? Tô eu lá ouvindo “Trash Brasil” a playlist maravilhosa de Constanza Fernandez no Spotify, alguém bate no vidro e me pede uma cor pra parede. Lusho, poder e reconhecimento. Paredes, a não ser que você more numa caixa de vidro (também conhecida como estufa), representa MUITO da decoração. Então vamos para algumas dicas, porque nada é regra. Aqui em Terra Brasilis a tendência é: Parede Branca. Por que? Não sei. Acredito que pela nossa mania de “limpeza”, pelo fato de tanta gente morar de aluguel, e as casas de aluguel geralmente são pintadas de branco… será que é também porque a tinta branca é mais barata? Sim, a tinta branca custa menos e quanto mais escura maior é o preço… e maior é a quantidade de demãos para deixar uniforme então uma parede escura é a ryqueza sobre a rykeza. Eu já deixei por aqui  bem claro meu desamor por paredes brancas e o trauma de infância causado pelos berros de uma mãe que tinha que controlar as patas sujas dos filhos nas paredes (brancas) das casas alugados. Sério, não traumatizem seus mini humanos. Obviamente a cor da parede vai ser uma base para o restante da decoração. Se você é uma pessoa colorida eu sempre acho interessante enlouquecer na cor da parede e manter os móveis neutros. Por maior que seja a “bagunça” de pintar um imóvel, o custo é relativamente baixo. É muito mais barato pintar uma sala do que trocar um sofá. Ao invés de sair caçando imagens na internet, optei por um exercício diferente. Vou mostrar para você como a cor da parede muda a “aura” de um mesmo ambiente. Peguei o projeto do Joy 106D e apliquei uma série de cores pra gente analisar juntos, então pega uma rolo de pintura BEM grande e  #vemkoito! PS: Não vale pintar com broxa. Lá no Joy 106D o tema é industrial, então permite uma certa ousadia e um “peso” na cor das paredes. Sempre pensamos em um cinza escuro, por isso na pré seleção de cores entraram: Coral Cinza Profundo Coral Soldado de Chumbo Suvinil Elefante Suvinil Nanquim E olha, por mais assustada que possa estar, a cor que eu mais gosto é a Cinza profundo, que é a mais gótica-não-suave das quatro opções. Sempre fazemos uma seleção que começa na cor que imaginamos e engloba tons mais claros porque quando você põe na parede a tinta “escurece” um ou dois tons. Como isso não é uma ciência exata sempre pedimos pro pintor fazer testes de cor. Então quando entrar numa obra e se deparar com isso: Não é uma zoeira de um pintor revoltado, é um caso muito sério de estudo de cor, HAHAHAHA. Nós lá na NEST Interiores sempre pedimos para o pintor fazer testes de mais ou menos 1 metro quadrado em dois pontos da casa o mais iluminado e o mais escuro, para vermos como as tintas se comportam conforme a incidência de luz. Tem pintor que não quer fazer, porque eles esquecem de contabilizar isso no orçamento e cada teste de cor custa +- R$ 70,00 então é prudente ver com ele se você compra a tinta e ele arca com os demais materiais ou se ele já incluiu pelo menos 3 tons para teste. Aqui na maquete virtual as cores não ficam “perfeitas” até mesmo porque cada tela tem uma definição de cor diferente então o que eu estou vendo aqui provavelmente não é o que você está enxergando aí do outro lado, contudo defendo que é um exercício válido. Assim sendo, temos: Cinza Profundo: Achei muito preto… não que seja feio, entretanto é muito moderno. Vamos pra próxima que é: Soldado de Chumbo: Parede até a mesma de tão preta, mas eu juro que não é! Ainda está muito escuro, vamos pro… Elefante: Tá melhor, mas acho que ficou um pouco claro e um pouco “bege”. Vamos pra quarta opção que é a… Nanquim: Agora sim! Um cinza bem puro, sem subtom aparente… Vamos ver mais imagens na cor Nanquim: Esse é o ponto onde mais terá parede aparecendo, atrás do sofá. o restante terá muito painel, espelho ou cortinas, então foi nessas vistas que eu gerei as imagens. Deste ponto em diante, quero deixar claro que alterei apenas a cor no projeto, para não influenciar com itens, decorações ou iluminação diferente. Um jeito muito legal de usar as cores é pra “sensação” de conforto. Se sua casa é numa região mais quente, tons mais frios vão psicologicamente fazer você se sentir melhor, então os cinzas, azuis e verdes vão bem. Rosados com fundo acinzentado também funcionam bem. Suvinil Boneca de Pano: Suvinil Água Fresca: Coral Cheiro de Chuva: Agora se a sua região é fria e o que queremos é um “calorzinho” usar um tom mais amarelo ou mais marrom-avermelhado vai suprir psicologicamente essa falta de uma mantinha: Coral Branco Restaurador: Coral Vestido de Moça: Eu vou ter que dar o meu braço a torcer e admitir que mesmo eu sendo uma pessoa que odeia o “bege+bérgin+bérjão” Adorei esse bege médio, super neutro, com cara de Toddy… Suvinil Creme Escocês: Não obstante, fufu do meu coração, eu sinto que o ponto mais esperado deste post é: Qual a cor que você indica pra minha parede? Tudo depende, porque como vimos acima muita coisa influencia: O clima, o gosto pessoal, o estilo da decoração mas existe uma cor coringa que eu não tenho medo de indicar. Que rufem os tambores: A cor é a Suvinil Broto de Feijão: Essa cor é o “bege acinzentado” mais versátil que eu já vi. Quando combinado com tons mais marrons ele se adapta mais para o bege, e quando agrupado com tons mais frios, como azuis ou preto ele se reflete mais para o cinza. Podem usar sem moderação. Sim a pessoa louca aqui passou o domingo mudando a cor do projeto e criando imagens. Quando eu vi já tinha 78 imagens e tive que peneirar e deixar apenas as mais importantes… Espero que tenha ficado claro a diferença que a cor faz no nosso exercício de viver. Digam pra mim nos comentários quais as dúvidas de vocês que eu respondo. Sigam a patroa mais badalada dessa blogsfera no Instagram como @futilish e euzin como @tiolelofoz. As fotos utilizadas nos posts foram coletadas da internet e os 3D foram feitos por mim, imagens que só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus, se quiser que eu identifique a autoria me deixa nos comentários. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BEIJOS DE LOOOZ.

    Leia Mais

  • Vestidim Preto!

    Tá chegando o final de semana e na dúvida… VESTIDINHO PRETO! Sábado passado usei um e postei no Stories… gente, quanta gente querendo saber de onde era! E tipo, é um vestido super simples, preto, liso, sem nada, tecido plano, curto. Só não tirei foto das costas, onde tinha um decote gigante, mas mesmo sem ver o tal decote, todo mundo queria saber de onde era. Esse aqui ó: Super simples né? Da Farm, coleção antiiiiiiiiga! E acreditam que nunca tinha usado? Fui de salto baixo pra balada por dois motivos: um é que o vestido é bem curto e eu grande, então optei por ir sem salto para não fica over. Segundo motivo… saí pra dançar, e não queria nada me machucando! Fiquei de face de tanto interesse das pessoas num simples vestido preto e resolvi fazer este post em homenagem a ele, o Little Black Dress salvador! Com tênis! Chiquetoso com scarpin… Em modelagens e materiais diferentes… Certinho, justinho ou soltinho! O segredo do “vestido preto vai com tudo” é que ele seja curto (pode ser super curto ou acima do joelho) e sem detalhe algum (babado, bordados, apliques, etc). Tem que ser NADA e ao mesmo tempo ele se transforma em TUDO. Dá para sair durante o dia usando tênis (qualquer idade ok? Chega de bobagem que tênis é para as xóvens. Titia Pascolato usa até hoje, no auge dos seus quase 80 anos), dá para ir para um coquetel com scarpin, para trabalhar (coloque um blazer!) ou pra balada, super produzindo com acessórios e sapatos poderosos. Tão simples e tão lindo… E sim, Onde Comprar já já!

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Que dia é hoje mesmo? QUARTA FEIRA CHORONA!!!! ahahahahah, eu ri disso. Enfim, vamos aos casos! Chora 01 – Amora Hey Cony !!!! Só pra constar que eu AMO seu blog, a ponto de acessar TODOS os dias só pra ver se já tem novidade …!!!! Meu chora é meio que um chora, e um prestenção com desabafo … Não me recordo tb de ter visto algo assim nos choras … maaas se ja teve, sorry !! Tenho uma compulsão com comida !!! Já tentei DIVERSAS dietas, das mais malucas, até dieta séria com nutri (que já passei com umas 3 diferentes …) !!!! Mas quando passo um ansiedade ou qualquer coisa, lá estou eu descontando tudo na comida !! Há uns 2 anos e meio fiz tratamento com psicologa e com ansiolíticos e remédio que inibem apetite (fluoxetina, sibutramina e remédio homeopáticos) pq eu comia tanto, mas tanto .. que vomitava por não caber mais comida … Hoje essa parte de comer a ponto de vomitar passou … mas vez ou outra tenho recaídas e ai como até passar mal… As dietas malucas nunca duram mais que 2..3 dias, pois como é um choque pro corpo eu passo mal (com dores de cabeça nauseas, irritações) e aí volto com força total pra comida!!! Ainda que pelo tanto que eu como, eu não sou uma pessoa gorda !! mas tb não sou uma pessoa sem barriga (e já fiz uma lipo ha um tempo atrás, entao eu queria muuuuito voltar a ter meu corpitcho de antes)! E é ai que entra meu chóóóóóra, eu queria ser uma pessoa normal, que conseguisse comer normal e que não parecesse uma pessoa que ficou amarrada por 3 dias !!! E não consigo, é mais forte que eu!!!!! E eu só queria saber se mais alguem sofre disso … ou  se só eu que sou louca msm… Menina, imagino o quanto isso deve ser difícil. Tenho amigas que passaram por isso, e em silêncio! Só fiquei sabendo tempos depois, quando já estavam “curadas”. Eu gosto muito de comer, sinto verdadeiro prazer, mas está bem longe de ser uma compulsão como você mencionou. Vou passar a bola para as meninas! Alguém mais já passou ou passa por problemas de compulsão alimentar? Fonte: www.brigadeirodealface.com Chora 02 – Cereja Oi Cony tudo bem? Meu chora é um deus nos acuda, nao tenho ngm pra conversar sobre e acho que nem tenho coragem, por isso resolvi mandar um help!! Tenho 27 anos, namoro fazem dois. Muitas das brigas que ja tivemos foram a respeito de dinheiro (sou financeiramente melhor que ele) e sobre sexo (nem sempre estou afim). Sempre conversamos mt depois das brigas pq ele odeia quando brigamos. Em relação ao sexo ele sempre diz que nao vai cobrar, que aceita minha decisão em nao rolar nada mas eu vejo na cara dele que ele nao gosta.  Sobre dinheiro ele nao aceita que eu pague nada (ta mudando quanto a isso), no calor da emoção joga na minha cara que eu tenho dinheiro ou quando vamos comer algo ele recusa alegando que nao tem dinheiro, mesmo depois de passados dois anos ele sabe que eu dou/empresto numa boa, ai é sempre um stress para convence-lo. Acho que todas essas brigas me cansaram sabe.. por alguns momentos eu me pergunto se o amo. Por duas vezes ja quase terminei mas fico sem coragem na hora H (claro que ele nao sabe). Ele é um principe, me elogia sempre, muito carinhoso, se abre muito sobre como me ama e como quer casar e construir uma familia comigo. Disse que sabe que sou a mulher da vida dele.. por um tempo eu me sentia mt pressionada sobre isso.. mas Ai que vem o fuzuê, meu primeiro namorado (leia-se primeira vez). Namoramos por quase 5 anos. As vezes (raro) nos falamos no whats, ele sempre chama pra sair (nunca fui), eu sempre me pego olhando a pagina dele no whats pra ver se ele ta online ou nao e as vezes ate querendo que ele puxe um assunto comigo. Sei que sou uma fdp de falar com ele, nao devia, tento ao maximo, nao adianta nem excluir o contato dele pq decorei o numero(nao propositalmente). Sei que ele nao quer nada serio por agora (ta curtindo demais a vida com os amigos), me preocupo com ele,( sabe quando vc deseja o melhor do mundo pra uma pessoa? É o que desejo a ele), entro no insta pra ver as novas fotos dele, e etc.. enfim. Quando terminamos foi tenso pq ele havia aprontado.. eu sofri mt, vc nunca imagina que vai acabar ne..  Meu coração as vezes ate aperta sabe, de pensar em como estou agindo de maneira errada com meu namorado.. Ta foda. E se nao bastasse as vezes ainda penso que devia aproveitar mais a solteirice, sair, ficar de boa.. Tenho medo de terminar e me arrepender, medo que meu atual descubra que ja conversei com meu ex algumas vezes, medo de nao terminar e me arrepender…. alguem me da uma luz?? Amiga, você não está feliz. PONTO. É isso!! Se estivesse satisfeita com seu atual relacionamento, não passaria tantos filmes na sua cabeça. Stalkear o ex, pensar em aproveitar a vida de solteira, vontade de terminar… Pensa bem se isso é coisa de gente que tá felizona no namoro. Não é. Acho que você está “bagunçada” por dentro e precisa de um tempo para organizar as idéias e ver se o atual vale a pena ou não. Já te adianto uma coisa, que sempre falo por aqui… Situação financeira diferente, principalmente quando é a mulher que ganha mais, SEMPRE DÁ TRETA NO FUTURO. É questão de tempo. Então você tem que analisar se isso é momentâneo (tipo, ele ta correndo atrás de ganhar mais, um emprego melhor, se você vê ambição nele) ou se a pessoa é acomodada e será assim pra sempre. Se for assim pra sempre, melhor já começar a se preparar para o caos. No mais, observe e analise bem seu sentimento para poder tomar uma decisão. Chora 03 – Morango Tenho 24 anos,e acompanho seu blog há uns 5 e amo! Mas vamos ao chora que não é tão chora assim…   Acho que algumas pessoas passam por isso mas não falam muito… Nunca me senti amada por meus pais. Eles são do tipo fechados, críticos, que valorizam os erros e nunca os acertos. Do tipo: quando passei numa universidade federal aos 17 anos, sem cursinho, estudando em colégio público, escutei um “Não fez mais que a obrigação” do meu pai. Então desde a infância tive vários problemas de autoestima, ficava apavorada de ser menos que ótima em algo (se tivesse um desempenho bom não ouvia críticas tão pesadas). Na adolescência as coisas ficaram piores – pra quem não fica né?- e comecei a desenvolver problemas que hoje sei: depressão, gastrite emocional tinha pensamentos horríveis. Só quando entrei na faculdade comecei a enxergar um mundo novo; Convivi com pessoas diferentes, vi lugares novos, meu mundo se abriu de uma casa para o mundo. Melhorei de tudo? Não. E a minha “cartinha” é justo sobre isso. Entendi que mesmo pessoas felizes, que não passam por situações complicadas como a minha, também tem problemas e altos e baixos. Entendi que para me curar precisava me entender, abrir essa caixa de sentimentos e conversar com eles. Sem culpar alguém, sem raiva, só procurando passar por isso e alcançar o objetivo que me coloquei. Estou formada desde o ano passado, mas ainda moro com meus pais (sim! moro numa cidade cara e sou de humanas), tenho um namorado maravilhoso que conheci no tinder há dois anos! (se fosse contar essa história ia ser mais um textão) e temos planos de morar juntos. Aí você deve estar pensando: Mas do que essa menina ta falando afinal? É um recado pra você que independente da idade, da classe, de ter ou não um relacionamento, tem uma coisa que parece te impedir de seguir em frente; experiências ruins na infância e adolescência como eu, ou coisas bem piores. To aqui pra te dizer, peça ajuda. Um psicólogo (a maioria das faculdades, inclusive particulares tem atendimento popular, com valores a partir de 5 reais), ou livros (eu por exemplo, além da terapia, li Ansiedade, do Augusto Cury e estou lendo agora O gigante interior do Anthony Robbins) que vão te mostrar que pode mudar um padrão, você pode vencer toda essa angústia e medo e ir de encontro ao que você quer ser.  Ainda não sou a mulher que desejo, mas cada dia que levanto e digo que ninguém vai me definir ou rotular ou diminuir, que vou dar o meu melhor, é mais um dia que estou vencendo! Você não está sozinha, você não é a única que sofre, mas é a única que pode se amar, se controlar e seguir em frente. E saiba que estou aqui com muito amor, torcendo para que o melhor possa acontecer na sua vida

    Leia Mais

  • Falta Muito Pra Black Friday???

    Já tem uns dias que me pergunto isso, pois estou com tantos desejos consumistas na minha cabeça que só o tal do milagre chamado Black Friday para me ajudar. Tá chegando, falta um pouco mais de um mês – dia 24/11, coloquem o o despertador pra 00:00h – e já tá na hora de olhar o que a gente quer comprar e deixar os links salvos no computador para quando der meia noite, não perder NADA! Já fiquei a ver navios várias vezes, então comecei cedo este ano e já montei algumas wish lista. Uma delas, vou mostrar para vocês AGORA: Este wish list é quase um manual do bom gosto hehehe. Sério, agora que estou super ativa na vida social, com vários eventos e baladas, bato o olho e já sei o que fica bom pra não fazer feio! 01 – Blusa de seda da ANIMALE, por favor, entre na Black Friday? Cheia dos ombrinhos de fora, aquele ar descolado chique e fresquinha porque o calor já chegou! (LINK) 02 – PIRAAAADAAAAAAA VEZES MIL nessa calça flare Tufi Duek! Pelamor que maravilhosidade! Linda de tudo! (LINK) 03 – Vestido lindo, midi, rycoh, fino, feminino da Canal. Daqueles que deixa corpo de sereia e marca presença! LINK 04 – Sandália Tem Que Ter do verão: cor caramelo, salto mais grosso. Perfeita! Da Schutz. LINK 05 – Um vestidinho preto, ombro a ombro (acho que tô querendo por os ombrinhos pra fora neste verão…), daqueles que salva qualquer produção pro sábado a noite. ALIÁS, aguardem post sobre esses looks de night! Esse vestido mara é da Corporeum. LINK 06 – MEU SONHO DE CONSUMO! Ah “Seu” Jimmy Choo, faz uma gracinha e entra em sale vai! Essa lindeza esperamos ver na Black Friday da Farfetch, porque se entrar na promo, juro que morro pois dá para pagar parcelado. Sempre quis, ainda quero, essa, com esse salto (é a Lang), nessa cor! Oremos, muito! LINK 07 – Maiô preto, preciso renovar meu estoque que aliás, sempre renovo no Black Friday mesmo hahahaha. Maiô preto tem que ser bom, não dá para pensar muito no valor não, mas se entrar na promo, a gente ama né? Esse é da HK Beachwear, modelo Penny. LINK 08 – Outro item que é bom renovar durante as liquidações: calça jeans! Já to de olho naquela flare do Tufi Duek ali em cima, e essa skinny com rasgadinho no joelho (amo!) da Le Lis Blanc está maravilhosa! Dá até pra sentir que o jeans é aveludado… ou tô doida? Olha que lavagem delícia! Barra desfiadinha, cintura alta pra segurar a pochete, tudo certo, tudo lindo! LINK   Pronto, uma lista montada. Vem Black Friday, que eu quero mais coisas!

    Leia Mais

  • O Sucesso das Lives no Instagram!

    Toda santa vez que faço meus lives no Instagram e resolvo arrumar o cabelo com o In Styler, é uma CHUVA de perguntas sobre o produto. Recapitulemos: já falei dele AQUI, quando ele ainda era apenas um desejo. Depois, mostrei AQUI, quando dei a dica furada de que ele era vendido na Polishop, onde eu comprei o meu. Acontece que a Polishop não vende mais e visto a imensa curiosidade sobre esse aparelho, resolvi fazer um post falando melhor dele e onde comprar! Bom, o meu, é esse aqui: É uma mistura de babyliss com escova, juntinhos, onde o tubo esquenta e a parte do meio da escova também. É muito fácil de usar, prático e o melhor de tudo, dá para fazer cabelo liso ou cabelo com ondas. Se quiser, com cachos também! Quando estou com pressa, é o primeiro aparelho que penso em usar, pois como contei, é mega rápido de usar e o resultado fica lindo. Não tenho vídeo aqui para mostrar, mas no meu insta tem (AQUI) e quem quiser ver ao vivo eu usando, é só ficar ligado nos meus lives que por sinal estão BOMBANDO! Não achei exatamente o meu para vender, e é até compreensível já que comprei há uns 3 anos acho… Agora tem In Styler mais chique, de titanium e tem um que até seca o cabelo. Não sei se seca mesmo pois nunca testei, mas o produto é o mesmo, só que com upgrade. Vejamos quais achei e ONDE! In Style Wet & Dry, que seca o cabelo! Será?? (Cabelos Lisos ou Cacheados com 3 X Mais Alisamento na metade do tempo. Exclusivo Tambor rotativo de Ceramica e Turmalina. Tambor gira para os dois lados para um acabamento perfeito. doiMenor Dano a seus cabelos comparada as pranchas convencionais.) Que medo… bem que eu queria testar, mas só se for de presente kkkk Seca e alisa! Onde tem??? Shoptime por R$ 341,99 (LINK) e no site da In Styler Brasil por R$ 359,99 (LINK). Ah, então, tem o site que vende todas as In Styler, mas não sei falar se é confiável! Parece ser, mas não posso dar certeza ok? Se alguém já tiver comprado lá, avisa! In Styler Titanium (Prancha Rotativa Titanium, única que deixa os seus cabelos lisos ou cacheados com 3x mais alisamento e 2x mais brilho; volume comparado as pranchas convencionais). Tem na FastShop por R$ 382, 14 (LINK), nas Lojas Americanas por R$ 282,14 (LINK) e no site próprio da In Styler por R$ 239,99 (LINK) In Styler Max Pro (cabelos Lisos ou Cacheados com 3 X Mais Alisamento na metade do tempo. Exclusivo Tambor rotativo de Ceramica e Turmalina. Tambor gira para os dois lados para um acabamento perfeito. doiMenor Dano a seus cabelos comparada as pranchas convencionais), tem no Submarino por R$ 270,85 (LINK) e no site próprio por R$ 299,90 (LINK)   Então ficou assim: a Wet & Dry seca o cabelo, mas não é bem SECAR… o cabelo tem que estar umido apenas. A Titanium é a mais comum, deve ser tipo a minha… roda para um lado só e tem 3 temperaturas. A pretinha, a Max Pro, gira para os dois lados e tem 4 níveis de temperatura! Achei essa a mais interessante, se eu fosse comprar de novo, seria a Max Pro. Detalhe para as voltagens ok? Não tem bivolt apesar de eu levar a minha pra tudo que é canto e continua funcionando perfeitamente. AMO a In Styler, é uma mão na roda na hora da pressa! Uso outros aparelhos também, mas essa é fácil e rápida de usar.

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Jogging Pants

    Demorei mas eis o post com o Onde Comprar desta calça que deixa qualquer look super confortável e estiloso! Selecionei vários modelos, mas todos com a mesma proposta do slouchy AND comfy. Perdeu o post? Clica AQUI. 01 – AMARO R$ 149,90 – LINK 02 – AMARO R$ 159,90 – LINK 03 – AMARO R$ 179,90 – LINK 04 – Le Lis Blanc R$ 339,90 – LINK 05 – Marisa R$ 69,95 – LINK 06 – Riachuelo R$ 119,90 – LINK 07 – Riachuelo R$ 79,90 – LINK 08 – Riachuelo R$ 69,90 – LINK De todas essas, minha preferia é a 03, da AMARO. Achei linda e parece ter bom caimento, o que é super importante neste modelo. Gostaram? Se alguém tiver mais alguma alternativa de onde comprar, avisa aqui nos comentários.

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Sabe qual o meu sonho? Fazer meu Chora aqui. Mas não posso. Por motivos óbvios, mas que vocês dariam boas risadas, ah dariam… Porque faço tudo errado mesmo sabendo qual seria o certo, sabe como é? Pois é…  acontece nas melhores famílias, mas por enquanto me permito fazer coisas erradas, tô de altas do mundo sentimental. Chora 01 – Raio Bom, minha história é a seguinte, tenho 26 anos, já estou no meio de um doutorado e ocasionalmente dou aula em faculdades. Cheguei a esse ponto abrindo mão de toda vida social e amorosa. Só beijei três pessoas na minha vida. Minha rotina sempre foi casa, universidade e igreja, ah eu viajo bastante, isso foi uma coisa que eu nunca abri mão. E agora estou indo para o exterior fazer estágio de doutorado. Sempre me resguardei para não sofrer por amor, quase todas as mulheres que eu conheço só quebram a cara nesse quesito, desde as mais novas até a minha avó, rs. Só que no final do ano passado eu resolvi que ia ser uma pessoa do sim, toda oportunidade eu diria sim, desde que estivesse dentro da normalidade. Daí conheci uma pessoa mais velha, 38 anos, não era bonito, mas era alto, rs, daí eu disse um sim e passei meu telefone. Vivi muitas coisas que nunca tinha vivido, perdi minha virgindade depois de seis meses de relacionamento (não gostei de sexo, pelo menos com ele). Mas ele mentiu muito pra mim, ele tinha outra pessoa, e eu consegui o número dela e contei tudo, falei com ele depois que negou até o fim, me ligou novamente e eu não falei mais com ele. Terminei com ele e cortei contato, mas terminei gostando dele. Isso tem aproximadamente dois meses. Acho que não amadureci emocionalmente e não consigo esquecer dele, isso é muito difícil. Direcionei minha vida sempre para o profissional e esqueci do resto. Como tenho baixa auto estima, na minha cabeça não vou encontrar mais ninguém, e atualmente não quero. Queria opinião sua e das outras leitoras. Não consigo desapegar de um cafajeste. Acho até que você poderia fazer um post sobre como lidar com homem, um manual, rs! Super me identifiquei com isso: “não era bonito, mas era alto” HAHAHAHAHA, como sou alta, sempre dei preferencia para os mais altos também rs. Enfim, miga, deixa eu te falar uma coisa… se resguardar da vida amorosa porque todo mundo só se ferra só vai fazer você se FERRAR MUITO MAIS e mais tarde. Sabe criança que é criada em apartamento, cheia dos não me toque, dos remedinhos, dos cuidados para não ficar doente? Pois é, não cria imunidade e quando pega uma gripezinha de nada, quase morre. Você está fazendo a mesma coisa com você. Está tirando toda sua imunidade e não aprendendo a lidar com as cafajestices do mundo masculino. Tem que ser veiaca, esperta, maldosa para saber como sair de situações como essa que você está vivendo. Eu mesma, que namorei a vida inteira, só estou aprendendo agora a detectar os males da vida amorosa com boys lixos. Se jogue na vida, conheça tudo e todos, pegue IMUNIDADE AMOROSA. Aí sim, ficará madura o suficiente para saber se virar. E sim, farei um post de como detectar os cafas da vida. Chora 02 – Estrela Quando tive minha primeira experiência sexual tive cistite uns dias depois, daí tomei antibiótico e resolvido o problema, isso há 1 ano e meio, de lá para cá nunca mais fui a mesma, aquela dor horrível, ardência ao urina sumiu após a infecção, mas aquele leve desconforto permaneceu, aquela sensação de bexiga nunca vazia 100% sabe? E esse desconforto smp é sentido quando vou dormir… Beleza, aprendi a conviver com isso, até pq fiz exame de sangue, urina, fezes, ultrassom de todo o trato urinário e estava tudo ok. Acontece que apenas esse ano eu já tive 3 infecções de urina, é a terceira vez ESSE ANO que tomo antibiótico (ciprofloxacino) para esse problema, e quando ela vem , vem com tudo, cada vez pior, tenho que correr para o hospital, porque sinto uma dor horrível no baixo ventre, que vai apertando, apertando, que não aguento, aí vou pro hospital, tomo remédio pra dor, faço exame, descubro a infecção e volto pro antibiótico, igual to fazendo agora, já que sábado tive uma “crise”. Gostaria de esclarecer que já consultei com urologista e fiz mais ultrassom do abdomem total, mais exame de sangue, urina, fezes há menos de dois meses e estava tudo nos conformes. Acontece que eu já estou ficando muito preocupada, não é normal alguém ter 3 infecções e tomar esse antibiótico fortíssimo 3 vezes em 9 meses, esse remédio tem efeitos colaterais horríveis, vômito, enjoo, eu emagreço… Esses quadros tem um ponto em comum, todos os episódios foram após eu fazer sexo de forma mais “intensa”, eu tenho relação com meu namorado aos fds, mas essas vezes q exageramos na intensidade eu sempre tenho cistite. Isso já aconteceu com alguém, alguém sabe me tranquilizar, eu faço higiene, faço xixi após o sexo, tomo água, mas elas insistem em voltar.  Alguém convive com esse drama, com esse desconforto que nunca some, vi que classificam de cistite de lua de mel, alguém tem alguma experiência pra trocar comigo? To nervosa… Putz miga, imagino sua aflição. Quem já teve infecção urinária sabe como isso é terrível! Sei que muitas das crises vem depois do sexo mas não sei te dar maiores informações… Como esta sua imunidade??? Tá se alimentando bem? Só sei que tem que beber MUITA água, tomar cápsulas de cranberry também ajuda e tem um remedinho que quando eu sinto que vai começar uma crise eu tomo e logo para. Se quiser saber, me mandar por mail que te falo qual é. Alguém sabe mais infos pra ela??? Chora 03 – Luar Olá Cony, tenho 34 anos. Sou casada há 6 anos e tenho uma filha de 3 anos e meio. Há algum tempo venho questionando os rumos que meu casamento tem tomado.  Meu marido trabalha o dia todo e eu faço doutorado, atualmente fico em casa escrevendo, que será concluído daqui um ano. Nos mudamos há  5 meses para outra cidade, em razão de uma proposta de trabalho para o meu marido e, desde então, nosso relacionamento piorou muito. Há pouco tempo ele descobriu que tem doença de Crohn, uma doença autoimune de grau leve, que causa desconforto intestinal e enjoo. Meu marido é sagitariano e tem uma personalidade difícil de conviver (mas ele acha que sou eu a complicada e complexada), ele é muito perfeccionista e crítico. Até a própria mãe dele me “avisou” sobre estas características no início do nosso relacionamento. Ele sempre foi muito crítico comigo, é a pessoa que mais tece críticas a mim na vida, conseguia ser mais duro que minha orientadora, por exemplo. Ele é do tipo que se vc mostra algo, como um texto que escreveu, uma comida que fez, enfim, qualquer coisa, ele é o primeiro a dizer algo crítico sobre isso, nunca elogia, NUNCA, nem pede desculpas por suas oscilações de humor, quando costuma ser MUITO ríspido, adora ficar calado mexendo no celular ou no computador, quando está em casa. Com isso, dá pouco atenção  à filha e a mim. Ainda se interessa por sexo, uma vez na semana, e minha libido é quase zero, pois ele é bem chato o tempo todo que, quando chega a noite, sobra pouca disposição. No último fim de semana, discutimos feio. Na hora do almoço ele, que sempre reclama muito da comida, da limpeza de casa, que sempre eu faço, disse que a comida estava horrível,  que eu gasto muito no mercado, minha bolsa de estudos toda, à toa,  que ele ia jogar a comida fora, que era pra eu dar meus cartões pra ele quebrar e era pra não comprar mais nada no mercado, enfim. Saiu pra comer no shopping e VOLTOU mais calmo, por algumas horas… Atualmente acho ridículo alguém ser tão machista! Sou formada, ganho uma bolsa de doutorado, mas acaba em janeiro, estarei desempregada em breve e ele não me respeita e acha que ele está Certo sempre e eu que não posso ouvir nada que fico magoada. Isso sempre aconteceu, com menor  frequencia antes, e acabo sempre relevando e deixando pra lá,  pois ele melhora por alguns dias até explodir por nada de repente. Ele vive constantemente preocupada em comprar uma casa, guardar dinheiro e nos últimos anos sequer me dá presentes em datas especiais, nem mesmo uma blusinha por ele não se importar por ganhar e achar frescura de quem se importa, nesse ponto era muito diferente antes de casarmos. Não compartilho minha situação com ninguém,  somente com minha mãe, pois estou longe das amigas, que quase nem tenho contato. Acredito não merecer isso, mas tenho uma filha e minha família é meio problemática, minha mãe mora com 2 tios com problemas psicológicos. Não queria me separar, tb não  tenho dinheiro e nem lugar pra morar  exceto a casa da minha mãe. Toda essa situação pode ser cotidiana, mas realmente me causa aflito e sensação de impotência… Alguém passa por essa situação aviltante e pode me ajudará entender e a lidar com isso? Fia, relacionamento tem que ser leve, tem que ser gostoso, tem que ser fácil de lidar. Como assim o cara critica a comida que você faz, a limpeza que você faz na casa, te xinga e ameaça e você abaixa a cabeça??? Saiba que as pessoas só fazem com a gente o que a gente permite! Sabe, eu acho que muitas mulheres permitem várias coisas por medo de encarar a vida sozinha. Nisso se acomodam a situações como essas e tudo vira desculpa para continuar sendo maltratada. Ok, você não tem emprego, ok, sua mãe mora com dois tios problemáticos, ok, você tem uma filha…  Agora me diz, é legal sua filha crescer vendo como o pai trata a mãe? Será que você não consegue um emprego de qualquer coisas por enquanto para você sair desse relacionamento abusivo? Será que sua mãe, que já cuida de duas pessoas, não poderia cuidar da FILHA, por um tempo???? Pense nisso… tome atitude, se imponha. Não deixe que te apaguem! Eta eta eta! Mulheradaaaaaa, a vida é curta AND linda! Se tá ruim, troque, se tá bom, faça ficar melhor ainda! Quer contar suas angústias e pedir conselhos pras migues? Mande seu caso para constanza@futilish.com, no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO, prometo manter seu nome em segredo.

    Leia Mais

  • Segurando a Make!

    Fiquei DOIDA, de dar pulinhos de alegria quando vi esse produto da La Roche- Posay. Já tinha lido algumas resenhas por aí e sabe quando você pensa: Meo DEOS, eu preciso disso?? Pois é, eu realmente preciso e acho que a maioria das pessoas que mora no Brasil também. Vamos por partes… moramos num país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza. E isso nos traz um clima úmido, quente, abafado que acaba com o glamour de qualquer make. E de não makes também. A maioria das pessoas aqui no Brasil sofrem com a pele oleosa, e como isso é chato né? Você acorda, se arruma, fica gata, e duas horas depois tá pingando óleo. Vai pra uma festa, faz AQUELA maquiagem, gasta uma grana, e quando menos se espera, quando vai dar aquela checada no espelho do banheiro, tá lá, a pele brilhando mais que tudo. E é aí que entra o Serozinc da La Roche-Posay, um spray purificante antioleosidade, que matifica e diminui o tamanho dos poros. Muito melhor que lencinhos que absorvem a oleosidade ou pós matificantes (que além de tudo é mais uma camada de produto na pele e pode entupir ainda mais os poros). É só dar uma borrifada do Serozinc, por cima da make, e pronto, tchau brilho e oleosidade! E bem mais fácil, rápido e prático. And glamouroso rs. A fórmula desse produto mágico da La Roche-Posay é bem basicona: água purificada, sulfato de zinco e cloreto de sódio. O zinco é famoso por ter poder matificante e antioleosidade e assim sendo, é um dos nosso melhores amigos. Ah e outra coisa, por se tratar de um spray purificante, ele também acalma, suaviza e refresca a pele! Oi verão! Oi Serozinc!!! Fiz o teste ontem, durante mais um dia de Semana de Moda aqui de BH e ó, maravilha viu? E ainda dá aquela revigorada na make! Ele está a venda na Drogaria São Paulo (LINK) e tem um preço amigo (R$ 59). É bem o tipo de produto que tem que ter em casa, e no trabalho. Cabe lembrar gente, que cada pele é uma pele e ninguém melhor que um dermatologista para te indicar o melhor tratamento ok?

    Leia Mais

  • Quase Tem Que Ter – Jogger Preta

    Esses dias, usei minha calça jogger preta e minha amiga parou para elogiar: “Nossa Cony, que calça bonita!!!“. Juro que olhei pra calça, analisei e conclui: não é que é bonita mesmo? Acho que não estava dando o merecido valor pra essa calça… é bem aquele tipo de roupa que a gente pega para usar quando não está muito criativa. Super democrática e versátil, a jogger preta pode ser usada num look bem informal, como também em um formal! Os tecidos podem ser os mais variados, mas gosto mais dos tecidos molinhos pois o caimento fica melhor e além de tudo MEGA confortável! E se a jogger preta é isso tudo, porque é um item QUASE tem que ter? Porque existem outras prioridades, mas que seria bom ter uma dessas, ah seria. E por falar nisso, esta semana postarei sobre os itens TQT, atualizado ok? Vejamos algumas inspirações? A jogger é soltinha, com a barra afunilada com elástico. No cós, uma cordinha para ajustar a calça. Num look total black, fica chique de salto, e estilosa de sapato baixo! Pode ser social também! Com scarpins e alfaiataria! AMO AMO AMO esse estilo! Com camisetas! Super cool, básico e muito estiloso!!!!! E claro, para minha turma que ama preto e branco, uma jogger preta com uma blusinha branca e PRONTO! Chique!  E aí? Gostaram??? Vamos fazer um Onde Comprar???

    Leia Mais

  • Tem Jeito Decor 41 – AmandAs opções!

    Olá delícias desse meu planeta! Esse Tem Jeito Decor chegou logo que anunciei o surgimento da NEST Interiores ( a gente tem Instagram @nestinteriores ) E o email veio cheio de amor. Muito obrigado pelo carinho Amanda. Agora pega um monte de lençol pra 3 camas e #vemkotio! “Oi Lelo. Tudo bem? Primeiramente parabéns nessa nova fase. Sucesso sempre. Já estou curiosa para saber sobre os projetos online. Imagino que agora deva estar super corrido pra você e só vim pedir ajuda porque estou em agonia com esse quarto faz tempo. Sempre quis deixá-lo arrumado, mas sempre cultivei a ideia de que só ia arrumar a casa quando tivesse saído do aluguel.  O tempo passou e já faz 10 anos que estamos na mesma casa e hj penso diferente.  No momento, divido o quarto com minha mãe e irmã e começamos a mudança investindo no guarda roupa, que sempre foi o maior motivo de briga. Só que no geral, o quarto acabou ficando em 50 tons de branco haha. Gosto do estilo mais clean, mas está tudo branco d++++. Definitivamente precisa de toques de cor. Quero deixar aconchegante e funcional para as 3, mas sem gastar muito e fazer + grandes mudanças, porque moramos de aluguel. Além do que minha mãe e irmã não querem gastar nada, então vai ficar tudo por minha conta. A parede onde ficam as camas está muito morta. Pensei em talvez quadros, mas como compor, sem deixá-los perdidos? Outra vontade é ter cabeceira, ou algo que faça alusão. Na outra parede, só tem um espelho pequeno, gostaria de ideia para colocar algo que dê apoio para quando formos nos arrumar e colocar uma espelho grande. Ah outro problema é que, depois que colocamos o guarda roupa na parede toda ficou muito eco. Como resolver? Não consegui uma foto que pegasse o quarto todo, então tirei várias para visualizar melhor. Grande abraço e desde já obrigada.” Amandita, eu perfeitamente entendo esse novo pensamento seu. Não existe coisa melhor do que voltar para uma casa que tem sua cara, suas coisas e onde você se sente bem. Mesmo que seja de aluguel, vale a pena investir em algumas mudancinhas, e a principal delas seria alguns toques de cor. Você não me mandou medidas, então eu “imaginei” pelo que tem nas fotos que seria algo como 500x320cm. O que me deixou animadíssimo foi a altura desse cômodo! Que pé direito lindo! A janela alta, a porta com detalhe… mesmo em 50 tons de branco, os ossos são excelentes. Pontos extras pela moldura fazendo o contorno  lá na altura da janela e essa rosa de gesso incrível! Esse é um detalhe que estava esquecido no passado mas que voltou com tudo no exterior e ano que vem já deve pipocar aqui em Terra Brazilis.  A questão do eco acontece em locais onde não tem superfícies mais “fofinhas” para absorver o som. Incluir cortina e tapete já vai ajudar bastante, assim como mais móveis e quadros podem ajudar. Cabeceiras estofadas também seriam uma opção eficiente nesse quesito, apesar de eu não ter proposto nas imagens que criamos pra você. Vou te pedir pra você tratar com carinho esse detalhe de gesso no lustre. peguei duas ideias de luminárias para você. Se o seu quarto é grande como parece, eu fiz o cálculo lumínico e é necessário 5 lâmpadas de LED 12W pra iluminação ficar eficiente, e eu incluiria mais os dois abajoures com mais uns 9W cada. Para dormitórios, suites e etc, sempre iluminação com 4000K de temperatura de cor, ou MENOS.  A 4000K é “natural” e menos que isso são as consideradas quentes. Essa informação está na caixinha sempre. É possível fazer uma brincadeira, com um modelo bem moderno, como esse: Contudo eu prefiro um modelo um pouco mais romântico pro quarto, já que são três mulheres que usam: Agora vamos pra disposição. As camas e o armários estão resolvidos, já que não me parece que seria eficiente inventar alguma cama alta. Numa primeira opção fizemos um reboliço de cores. A ideia é usar o teto e a parte da parede que tem a moldurinha em um azul cor do céu, pra baixo dele um tom de cinza, e só na parede das cabeceiras, um rosa bem moçinha, como o Suvinil Petúnia Rosa. Essa diferença de cores, em um ambiente bem alto, fica super moderno e jovial. Na parede de entrada, eu incluí um móvel de 80cm de largura, pra apoiar bolsas e guardar maquiagens, acessórios e etc. Não esquecer que ele precisa ser magrinho, pra deixar livre entre ele e a cama uns 70cm. E se tem uma coisa que mulheres PRE CI SAM, é de um espelho de corpo inteiro. Na janela eu considerei uma cortina romana, que tem linhas lindas e atrás das camas tipo box, eu te sugiro colocar cabeceiras tubulares, pode fixar diretamente na parede e usá-las apenas com propósito decorativo. Eu procuraria as brancas com dourado. Usei os quadros com imagens tropicais, porque como eu sempre digo: é muito legal quando o tipo de arte não “combina” com o ambiente. E seguimos para opção 2. Essa ainda tem cor, só que numa escala mais calma. Mantivemos o teto branco, fizemos a porção acima da moldura em rosa – suvinil petúnia rosa é a sugestão, e para baixo da moldura um tom de bege acinzentado, Suvinil Via Lactea, assim fica aconchegante. Caso julguem que o móvel ali na entrada pode atrapalhar, fizemos uma versão com 2 cabideiros e o espelho de corpo todo mais centralizado. Invés de 3 cabeceiras, o revestimento usado aqui é um truque: fazer lambril com forro de PVC. É super barato e eficiente. Mas tem que ser em superfícies retas. Para dar acabamento em cima, meia cana de madeira pintada ou uma moldurinha de pvc mesmo. Para romper com a regra do três, na parede dois quadros generosos (esses da imagem estão com 80 de altura e 140cm de largura) preenchem e decoram o ambiente elegantemente. Nessa segunda opção você visualiza um lustre mais clássico, que super combina com os detalhes. Muuuuuuuito obrigado pela paciência. Se precisar de detalhes sobre os projetos on-line, me manda email. Beijo Grande!

    Leia Mais

  • Onde Comprar – VANS!!

    Lembram do post sobre o tênis do momento? O Vans Old Skool? Hoje vou contar onde comprei o meu e onde vocês podem comprar o de vocês! Bom, eu comprei o azul, acho ele o mais lindo de todos! O meu comprei na Loja Virus, que para mim, é o melhor e-commerce de tênis street. Faço vários achado lá e sou cliente há um bom tempo. Não é super barateira, mas tá na média e é a que confio e gosto. Vamos às dicas! Loja Virus – Vans Old Skool Azul (de lona) R$ 299,90 LINK Loja Virus – Vans Old Skool Preto (de camurça e lona) R$ 349,90 LINK Sufalive – Vans Old Skool Azul R$ 299, 90 LINK Kings Sneakers – Vans Old Skool Off White R$ 349,90 LINK Artwalk – Vans Old Skool preto (camurça e lona) R$ 399,99 LINK   Amei o azul, realmente ele é pesadinho, mas fica mega estiloso! Em breve comprarei o preto também!

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!!!

    Gente que vácuo foi esse que deixei vocês??? COMO ASSIM CONSTANZA QUASE UMA SEMANA SEM POSTS??? Pra quem não sabe, semana passada a Rice & Beans tomou conta da minha vida. Uma semana sem dormir, loucura total e não consegui vir aqui postar nada. Provavelmente muita gente não saiba do que se trata mas nem é o momento de contar rsrsrs. Só falei no Instagram e já foi o suficiente para parar minha vida… imagina quando eu contar aqui desse meu mais novo projeto? Vamos com calma, vamos esperar reposição de estoque e daí sim, dou a noticia completa. Hoje é quarta e lembrei do tanto que vocês amam o Chora. Vamos lá? Caso 01 – Andromeda Olá Cony. Acredito que meu chora é um pouco diferente, então vamos lá. Namoro há quase dois anos. Tenho 28 anos e ele 37. Ele é do signo de câncer e sei que você também é desse signo, mas tenho que deixar um adendo: cancerianos  são super difíceis de lidar, tudo é drama e tempestade rs. Uma hora meu namorado fala que me ama e sou o amor da vida dele, na outra hora quer terminar. E ele especificamente é bem chatinho,  metódico e não gosta de ser contrariado, além de ser super turco, ( desde que nos conhecemos sempre dividimos as contas, meu primeiro presente de dia dos namorados foi o Ó,  nem tanto pelo valor, mas pela falta de atenção). Detalhe que ele ganha quase umas dez vezes  mais que eu, mas como sempre fui independente, a avareza nem me importa tanto  e até que consegui algumas melhoras no decorrer desse tempo. Uma observação é que ele já foi casado e é cheio de traumas. Quando me contava as histórias de vítima dele até ficava com pena, mas depois que o conheci melhor,  percebi que ele não enxerga os seus erros, que muito do que ele me contava, eu acabei visualizando que a ex tinha razão e ele se recusa a aprender com o passado. Pois bem, eu gosto muito mais de sexo do que ele, normalmente só nos vemos no fim de semana e fazemos só uma vez, pra mim é pouco e ele tem ciência, mas melhora um tempo e depois volta a morosidade de novo. Não sei se isso é culpa da idade. Enfim, comecei com as coisas negativas,  mas também tem várias positivas. Ele é uma pessoa do bem,  sempre que precisei ele estava lá,  temos a mesma profissão, então ele me ajuda muito, gostamos de sair, de balada, de jantares e a família dele é maravilhosa e todos me adoram,  sem modéstia. Apesar de nos vermos só no fim de semana, ele sempre está presente, só que pelo whats. Ele também é super sincero, não me esconde nada e nunca me deu motivo para desconfiar de qualquer coisa, por isso, tenho muito tranquilidade quanto a possibilidade de traições,  coisa que nunca tive na vida. Já tivemos algumas brigas por coisas pequenas e ele dramátizando tudo já me falou que queria terminar algumas vezes , mas só eu mandar uma msg que ele diz que me ama e volta, ou seja, essa relação só vai ter fim qdo eu quiser. O ponto é que as últimas brigas ocorrem porque sempre fui muito moleca e sempre brinquei com meus namorados chamando de gordo, de zuado, nenhum nunca se importou, só que este não gosta e quando o chamo de velho então,  ele vira uma fera. As vezes as brincadeiras ocorrem entre conhecidos e da última vez que aconteceu ele me deu um ultimato: se acontecer de novo sozinhos ou em público ele termina comigo e agora senti que é sério. Falando sinceramente, sou bonita e ele é feio para os padrões de hoje Como a minha vida inteira eu brinquei assim, as vezes não me controlo. Por vezes acho que é muito mimimi por parte dele porque as brigas são feias para pouca coisa, mas as vezes acho que ele sente diminuído por ser feinho e acho que axagero. A verdade é que estou cansada de briguinhas por pouca coisa e estou em dúvida se vale a pena levar essa relação é tentar se acertar, mesmo com todos esses pontos que citei. Não duvido que ele me ama, pois faz tudo por mim  ( desde que não envolva valores), mas parece que vivo em uma montanha russa porque ele é muito instável. Gostaria da sua opinião e das leitoras. Amiga, ELE É DE CANCER!!! Boa sorte. rsrsrs Brincadeira, mas ó, cancerianos são tipo isso mesmo… cheios de mimimi, de draminhas, de chantagem emocional, mas ó… altamente manipuladores. Hum… eu bem sei kkkkk Não tem pessoas mais dedicadas e amorosas mas o preço disso nem é alto, é CHATO mesmo. Mas você também se controle… se sabe que tem algo que chateia ele e só depende de você pra isso acabar, o que que custa maneirar na forma “carinhosa” de chamar ele de velho? Pense que isso realmente pode ser algo que o incomoda e outra, você disse “eu sou bonita e ele feio”, será que não tá rolando aí aquelas brincadeirinhas chatas que sem querer querendo acabam diminuindo o outro??? Enfim, o que mais preocupa nessa relação é o pão durismo dele. Dividir seu primeiro presente de aniversario? AMIGA, ISSO É UM SINAL, E GRAVÍSSIMO! Eu prestaria mais atenção nisso do que nas crises de pelanca dele. Se você o ama e acha que vale a pena, aprenda a lidar com os mimimis eternos. Mas o fato dele ser pão duro desse jeito, isso sim pode piorar e te trazer grandes problemas futuramente. Observe. Caso 02 – Columba Oi Cony, tudo bem? Estou com um probleminha pequeno, mas é meio chato e queria conselhos. Ano passado terminei um relacionamento longo, e esse ano, em fevereiro, conheci meu namorado. Ele é uma pessoa maravilhosa, muito carinhoso, bom de cama, com uma família super atenciosa que me adora, já fala do nosso futuro juntos. Enfim, quanto a nós dois está tudo perfeito e eu não poderia estar mais feliz.   Porém… ele tem uma ex, que namorou com ele antes de mim durante 8 anos. Além disso, ela sempre foi amiga dele, eles se conheceram no parquinho com 4 anos de idade e depois estudaram juntos até o ensino médio. Pelo que entendi, ele foi o primeiro e único homem relevante na vida dela, parece que foi com ele que ela perdeu a virgindade, por exemplo. Todos dizem que ela é boazinha, um amor de pessoa, porém um pouco insossa, sem gracinha. Nunca conheci pessoalmente.   Eles terminaram no meio do ano passado, e nunca tiveram recaídas, mas continuaram se falando porque tinham muito hábito de conversar sempre. Até aí eu acho tudo muito natural. É normal a gente conversar com os ex, e mesmo manter o carinho se tudo terminar de forma amigável, né?   O problema é que agora ela deu para insistir em falar com ele com mais frequência, tendo inclusive insistido para eles se encontrarem pessoalmente umas 3 vezes. Nesses encontros, ela sempre manda papos estranhos. No primeiro falou sobre como os relacionamentos estão falidos, como está difícil encontrar alguém legal e amor verdadeiro nesses tempos de Tinder. Disse que tinha medo de não viver mais algo como eles viveram. No segundo falou que ouviu dizer que eu falava mal e debochava dela, sendo que nunca fiz nada disso e o meu namorado fez questão de desmentir e dizer que eu era uma boa pessoa e que respeitava muito ela (tudo verdade). No terceiro parece que ela fez um desabafo dizendo que estava fazendo análise, que não estava feliz.   Enfim, eu estou achando que ela está querendo voltar, mas provavelmente não está dizendo isso de forma direta porque acha antiético ou não tem coragem. Meu namorado sempre me conta quando precisa encontrar com ela, diz que sabe que não é legal e que para ele também é chato, mas que deve isso em respeito à história deles, mesmo porque antes de namorar eles eram amigos da infância. E diz de uma forma que parece ser verdade que ela é passado, que eu sou a mulher da vida dele, que me ama de um jeito que ele nunca sentiu antes. A mãe dele também disse que me amou à primeira vista e que nunca viu meu namorado tão feliz.   Minha dúvida é: eu tomo alguma atitude em relação à ex? Acho que pedir para ele não encontrar mais com ela passaria uma imagem controladora que não combina muito comigo. No fundo eu acredito que ele não quer mais nada com ela, mas a situação toda ainda me incomoda. Vale gastar energia com isso, ou tento deixar para lá? O que faço? MAS ÓBVIO QUE ESSA MULHER QUER VOLTAR COM ELE! Mais claro do que isso impossível. Eu acho. E esse papinho que “ah, ela é minha amiga de infância, e merece atenção pela nossa historia” me irritou. Se tá te incomodando e ele sabe disso, deveria falar com ela para manter a distância e ELA RESPEITAR o novo relacionamento de vocês. Sei não… Ah e não ache que porque agradou a mãe dele de primeira que isso significa alguma coisa. Seu relacionamento é com ele, nada importa ou tem peso quando vem de terceiros, independente de quem seja. Euzínea daria um mini piti, com firmeza e bem sincerona: “Amor, é o seguinte, não quero mais essa mulher se intrometendo na nossa vida. Passado é passado, não gosto, não quero, e não vou permitir vocês de papinho de “amigos””. Amigos que namoraram 8 anos e terminaram há apenas um ano? E ainda por cima cria intrigas com você?. Deu né miga? Se posicione já antes que ela peça pra ver filme com vocês no domingo a noite. Affff, folgada. Caso 03 – Ursa Bom, eu sempre fui uma mulher independente, gosto da minha própria companhia, fiz viagens, fui a shows, baladas e barzinhos, tudo sozinha ou com amigas e amigos solteiros e adorava curtir a vida adoidada. Saia e fazia sexo com quem eu queria, tinha uns “P.A.s”, beijava mesmo, e quando não estava afim, não fazia nada. Enfim, a solteira convicta e feliz. Até que conheci meu atual marido, e depois de altos e baixos num relacionamento de 4 anos, ambos fizemos terapia, resolvemos nossos problemas e hoje somos casados, muito felizes e extremamente companheiros em tudo. T-U-D-O! Mas… sempre tem um “mas”… Há alguns dias em uma rede social “trombei” com um crush da época do colégio que eu não via tinha uns 8 anos. E aquilo mexeu comigo. Aliás, em 2017 eu já esbarrei com uns 3 “ex”. hehe Mas enfim, elogio daqui, rasgação de seda acolá, rolou aquela levantada no ego e na autoestima e eu me vi combinando de me encontrar com ele, com o coração disparado de emoção. Mas desmarquei na última hora. Ele está casado e com uma filha, e eu também estou casada (e muito bem casada, diga-se de passagem). Ou seja, eu percebi a cagada que estaria fazendo. Mas tanto dessa vez quanto das outras que encontrei outros ex eu me perguntei se eu tinha feito a escolha certa, e como eu estaria se ainda fosse solteira. Eu gostava muito mesmo da vida que eu levava. A minha dúvida é: alguém aqui já passou por essa fase? Como fez pra se livrar dela? O que eu estou precisando é tomar vergonha na cara?Entendam que nem passa pela minha cabeça eu me separar, amo meu marido e pretendo ficar com ele pra sempre. Só queria saber como lidar melhor com esse meu momento nostalgia. hehe Nossa migue, como te entendo. Eu tô vivendo minha fase de solteira, de verdadeiramente solteira, pela primeira vez na vida e NUNCA ME DIVERTI TANTO! Juro que fico pensando em como será quando eu me relacionar de novo com alguém. Tem que ser alguém MUITO phoda para me convencer que existe estado melhor de espirito do que este que me encontro. Mas… cada escolha, uma renúncia. Se você casou, tá felizona, nem pensa em separar, miga, sossega o facho. Já aproveitou o que podia então agora foca na vida de casada que é a única alternativa que você tem. E agradeça que tem um bofe que te acompanha em tudo, ou seja, a diversão continua garantida.  E ó… sobre ter feito a escolha certa ou errada, leia sua última frase: “nem passa pela minha cabeça eu me separar, amo meu marido e pretendo ficar com ele pra sempre. ” Tá tudo lindo né nega? Então, quieta aí.   Curti esse Chora! Tá angustiada com alguma coisa e precisa de conselhos amigos? Vem cá, senta aqui do lado, fala o que sente esse seu coraçãozinho aflito. Mande seu Chora para constanza@futilish.com e no assunto CHORA QUE EU TE ESCUTO. Seja resumida ok?

    Leia Mais

  • Mi Casa, su casa – Butler´s Pantry e Joy 106D

    Quase coloquei um amém no final do título, porque virou uma oração. HAHAHA Cêis tão delícia? Tudo hidratada? Tudo fisicamente ativas/os? Assim que queremos a Fufulândia. Um bando de gente feliz. Semana passada não teve post por um motivo muito nobre: FA XI NA. Uma faxina daquelas de colar as ponta do papel de parede, de limpar as lombadas das revistas e organizar por data. Levando em consideração que eu assinei Casa Vogue durante 10 anos (enquanto eram editadas pela Carta Editorial, porque depois da Globo Condé Nast a revista ficou uma MERDA) você pode ter uma leve noção da trabalheira que deu. Porém a faxina vai ser melhor explicada no final do diário de obra que tá QUASE no ponto de publicar. Ok, vou parar de devanear porque se eu não começar logo a falar do assunto do dia vou perder a audiência dos TDAH. Falei no Instagram do Joy106D ( Já seguiu minha obra? ) sobre a “despensa do mordomo” que é muito comum lá naquele canto do mundo que eu amo: Austrália, e a Marina deixou comentário aqui pro titio falar mais. Bêxo Marina! A tradução literal da Butler´s Pantry, como eu já usei no texto préviamente, é “despensa do mordomo” e ela tem – obviamente- uma história própria, que como a gente tá vindo da Oceania pra cá, começa assim: ” O nome PANTRY, é oriunda do francês arcaico PANETERIE que significava: panificar/pão. Nas eras medievais as comidas e utensílios eram armazenadas em cômodos específicos. Carnes eram guardadas na copa (larder), bebidas num cômodo chamado bar (buttery) e os pães na despensa (pantry). Nota do Tio: Essas traduções são aproximadas, porque na verdade os nomes originais todos se traduziriam para português como despensa. DAE chegamos na Butler´s Pantry, onde se guardava a prataria, os itens de cozinha mais caros e mais delicados. Como os itens eram de valor esse ambiente era mantido trancado e a chave ficava em poder do mordomo que geralmente  (pasmem) dormia nesse local pois era responsabilidade total dele proteger a prata contra roubo. As despensas estavam desaparecidas até 2006 quando os empreendimentos começaram a voltar os olhos para o problema que as cozinhas integradas causam que é: casa inteira bagunçada só pra fazer um lanche. Então vamos falar da Despensa moderna. No caso dos sortudos que pagam 445 dinheiros numa lava louças, na Oceania eles aconselham a ter no quartinho do mordomo: Uma segunda lava-louças; Um segundo refrigerador; Uma segunda pia; Um segundo cooktop; Uma segunda torre de eletros. Resumindo, é uma cozinha. A diferença é que será fechada e consideravelmente menor. Nela serão estocadas as coisas em prateleiras abertas e de profundidade menor, algo como 40 centímetros: Para que serve? Sabe aquele domingo, que você vai só fazer um macarrão? Faz ali dentro. Sabe aquele peixinho frito que fede a casa toda? Faz ali dentro. Sabe aquela reuniãozinha de amigos que você serve um aperitivo e vai acumulando louça já antes de servir o jantar, depois tem que dar um jeito na louça do jantar pra poder servir uma sobremesa/café/licor… SOCA TUDO NA DESPENSA e amanhã a faxineira arruma, ou então já sai da mesa pra lava louça. E na hora de se despedir dos convidados já está tudo limpo. Sabe aquela receita de natal que tem ZILHARES de coisinhas pra picar, separar, pré cozer… deixa a sogra fazendo na despensa, e prepara teu peru ali do ladinho, na cozinha. O que é importante? Que ela seja discreta e que interaja com a cozinha diretamente. No casa de uma das Butler´s Pantry mais lindas que eu já vi, está a versão do The Block Austrália 11ª Temporada do apartamento de cobertura, desenhado pelo casal Dean e Shay: Essa é a cozinha: E ali, lindamente oculta está a despensa: Aqui tem um vídeo (em inglês) curtinho que mostra  como eles pensaram e decidiram todos os detalhes da cozinha: E essa é a carinha de quem ganhou a temporada + AU$ 755.000,00 Voltando ao post, ao pesquisar por esse ambiente a gente encontra umas despensa muito gourmetizadas, que eu acho que perdem a funcionalidade. Obviamente é legal que seja bem decorada e agradável de se ver e usar. Mas a função dela é abraçar os tapaué e não ser miss-cozinha. A não ser que quem está me lendo aí do outro lado seja RYCAH nível Trussardi Rudge, aí é só me contratar que eu já sei o nível de despensa que vamos fazer para sua casa: Agora eu gostaria de propor a despensa do mordomo alinhada com o nosso Brasil. E vou até me dar o direito de chamar de Despensa Funcional. Eu acredito que para nós, que gastamos 2000 reais numa lava louças, 5000 em um bom refrigerador podemos otimizar estes produtos. Minha dica é que a entrada seja perto da torre de fornos e do refrigerador. Assim, esses eletrodomésticos são compartilhados pelos dois ambientes. Caso sua familia seja grande, eu sugiro incluir um freezer, aí sim é um bom negócio: Mas tio, quanto espaço eu preciso? Quase nada Fufu, quase nada. Para a brasileiríssima despensa funcional da família moderna tipinikin, eu diria que você deva equipar com: 1 cuba pequena/média; 1 cooktop 2 bocas/queimadores; 1 coifa poderosa ( alí será o canto da fritura/de fazer  o bifão de brontossauro) 1 lava louças (e deixar a cozinha sem) Esse é o espaço de bancada que você terá pra trabalhar, dois metros. Teremos que ter uma janelinha (legislação brasileira renovação de ar e luz natural) então eu faria ela no fundo do ambiente; Na outra parede prateleiras com 40cm de profundidade; Então estamos falando de 200 x 200 pra ter um MEGA espaço confortável. E isso representa muito pouco numa construção. Vou ilustrar, porque eu tô MUITO animado com isso: Viu que simples? Pia, bancada, fogãozinho: Se a torre de fornos e geladeira estiver ali do ladinho da porta, tá tudo dominado. Dependendo do seu nível de transtorno, ou caso a região onde você morar é válido analisar o uso de portas na despensa. Eu acho desnecessário, mas se por exemplo for um lugar onde tem muito pó, pode ser interessante gastar um cadin mais e colocar portas em toda ou em parte desse móvel. Dae você pensa: Ah Lelo, só tenho 150cm por 300cm aquele espaço estranho debaixo da escada, tem como fazer outro jeito? Claro meu amô! Pode usar a bancada em L sem problema nenhum. Se você não costuma fazer fritura, ou se faz muito pouco – como aqui em casa – a despensa funcional pode até ser aberta também e ser usada para sujar um espaço que representa 1/4 da cozinha, simplesmente colocando uma parede divisória: E esse formato é ótimo para apartamentos, especialmente os tipo jardim, como o JOY106D que estou mostrando para vocês em primeiríssima mão. No caso dessa unidade a despensa não vai ser só despensa, mas também vai acomodar a lavadora de roupas. Em cidades grandes como São Paulo é bem comum a lavanderia e a cozinha se fundirem em uma coisa só, aqui pro lado do interioRRR, ainda é estranho, confesso. Contudo funciona, que é o que buscamos. A cozinha formal, será construída e terá acesso por essa porta ao lado do refrigerador e ambos espaços vão compartilhar destes eletrodomésticos. Ela ficará oculta da parte social pela parede que vai amparar o estofado, assim não haverá visibilidade a partir da porta de entrada: E quem estiver na sala, verá apenas geladeira/torre de fornos: A área com a mesa de jantar também ficará nessa área que os clientes vão construir, essa mesa da imagem é aquela de apoio onde você deixa chave, carteira, bolsa, os boletos… é pequenininha mesmo. Muita gente não entende planta baixa, mas para os que entendem, vou deixar aqui para vocês aproveitarem: O post de hoje foi tenso! Muita imagem, muita conversa. Aos que não gostam de post com muito falatório me desculpe, contudo foi o necessário. E por hoje é só pessoal. BÊJO! Não esqueçam de aproveitar as dicas da patroa no Instagram Futilish, e euzinho no #Tiolelofoz As fotos utilizadas nos posts foram coletadas da internet e os 3D foram feitos por mim, imagens que só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus, se quiser que eu identifique a autoria me deixa nos comentários. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BEIJOS DE LOOOZ.

    Leia Mais

  • AQUELA Pele!

    E diz que o frio tá acabando e com isso ficam os resultados de uma pele um bocado maltratada né? Bom, pelo menos a minha tá pedindo socorro! No frio, acabo esquecendo de passar hidratante depois do banho por dois motivos: um é que tá frio e quero me vestir logo, o outro motivo é que penso que vou estar toda coberta mesmo e ninguém vai ver a pele. Certo? ERRADÍSSIMO! E ainda mais eu, que minha mãe me ensinou a SEMPRE passar creme no corpo! Hidratar a pele deve ser um ritual, deve ser rotina e por nenhum motivo devemos deixar isso de lado. A pele ressecada fica envelhecida, enrugada, feia, sem vida. Ninguém quer sair com as pernas de fora e no meio do caminho reparar que está “ruça” como dizem por aí né? Hoje vamos falar de 3 produtos da Korres, aquela marca grega que já comentei aqui no blog várias vezes. MOMENTO FUTILISH DE CULTURA: a Korres, que pronuncia-se “ko RES“, é uma marca de cosméticos que surgiu na Grécia há pouco mais de 20 anos, pelas mãos de George Korres, que na época era estudante de farmacologia em Atenas. Ele trabalhou na farmácia de homeopatia mais antiga da Grécia e lá ficou apaixonado pelo poder dos ingredientes naturais. Bom, ele acabou comprando a farmácia, montou um laboratório homeopático e começou a estudar ervas, milhares delas, com a finalidade de utilizá-las na composição dos seus cosméticos. Em 2015, a marca chegou ao Brasil, e manteve toda as formulas IDÊNTICAS as comercializadas lá fora. A Korres, é uma das marcas mais reconhecidas mundialmente e aqui no Brasil temos exatamente o mesmo produto vendido em qualquer outro lugar do mundo. Toda a matéria prima é importada, porém a embalagem é feita aqui, o que permite que o preço comercializado seja BEM acessível! O primeiro produto é o Creme Corporal Extra Hidratante de Chá Branco, que é o que mais tenho usado para recuperar minha pele. A fragrância é uma delícia, floral, fresca, super feminina e delicada. Ele tem 72,86% de conteúdo natural e ainda é enriquecido com óleo de amêndoa, aloe vera e manteiga de karitê para dar aquela super mega power hidratação. Absorve super rápido e de cara a pele já fica macia! Tem vários outros aromas: algodão, rosa japonesa, manjericão limão, baunilha, leite de coco, cítrico, avelã, nozes, cassis e figo , jasmin, chá de menta e maçã. Preço: R$ 45,90. Textura bem leve!!! Outro que amo é o Creme Corporal Lírios D’água, primeiro porque a embalagem é linda (hahahaha eu me ligo nisso, o banheiro tem que ficar bonito né?), fácil de manusear pois ele tem um pump e tem 81% de conteúdo natural! Uma DELÍCIA  de passar, mega refrescante, leve, também absorve bem rápido e a pele fica super gostosa!!! Tem outros aromas: Amora e Baunilha (que deve ser um espetáculo), Manjericão e Limão, Vinhas de Santorini (MARAVILHOSO) e Maçã. Perfeito para presentear, não tem que não goste! Preço: R$ 59,00 Ah! A Korres tem um protetor solar facial que AMO! É o Uva Mediterrânea, FPS 30 e que tem o plus de suavizar rugas e ainda auxilia na redução de marcas, uniformizando o tom da pele. Ele é feito com células tronco da uva Vitis Vinifera, lá do Mediterrâneo e é bem indicado para peles sensíveis a queimaduras solares. A aplicação dele é bem tranquila, absorve rápido, a fragrância é leve e espalha bem. Tá cheio de resenhas positivas no site da Korres! E o preço é ótimo, custa R$ 63! Muita coisa boa, muito produto bom, ingredientes de primeira qualidade e preço ótimo!! Pode melhorar? PODE, SEMPRE PODE!!! Para minhas leitorinhas lindas e cheirosas da pele macia, TEM CUPOM DE DESCONTO PARA TODOS OS PRODUTOS DO SITE (exceto para os da sessão outlet)! Só usar o código FUTILISH para ter 15% de desconto! Essa promoção é válida até dia 31 de Outubro hein!!!! Aproveitem!

    Leia Mais

  • Tá na Moda – Vans!

    Não sei se sou eu ou se realmente tá uma onda de Vans por aí! Pergunto se sou eu, porque as vezes começo a reparar muito em uma coisa e daí começo a ver todo mundo usando. Bom fato é que tem muito Vans por aí, aquele tênis old school, com carinha meio vintage, street, bom pra usar com roupa do dia a dia e ficar estilosa. Foi tanto que vi, que acabei comprando um pra mim! Antes de ver looks com esse tênis (mais um pra nossa lista de desejos), vamos abrir espaço para o saudoso Momento Futilish de Cultura: A Vans é uma empresa americana, fundada em 1966 pelos irmãos Paul Van Doren e James Van Doren. Ela faz peças de vestuário para skatistas, snowboard, BMX (quem lembra dessa bicicleta???), surf e motocross. Com esse currículo todo, será que vocês adivinham onde é a sede dela? Na Califórnia, claro! Quer coisa mais californiana que esses esportes e ainda mais com a pitada vintage??? Logo no começo, a Vans já foi um sucesso mas em 1984 declarou falência e só quitou a dívida depois de dois anos porém a empresa foi vendida para um banco. A Vans é uma das empresas que mais sofre com a falsificação de seus produtos, mesmo assim, é item de desejo e tem loja física em vários países! O modelo em questão, o da modinha, é o Old Skool. Esse é o tênis da vez! Comprei esse modelo porém em outra cor… depois mostro no Instagram. Agora, como usar? Como todos os tênis street da vida, aceitam quase todos os looks! Amo! Total black que pode ser no estilo mais xóvem ou mais social. Me vi aqui, com calça preta e jaqueta jeans! Com vestidos midis! Não fica lindo? Gosto muito de usar assim, com peças básicas por baixo e casacos tipo quimono por cima. O trio perfeito: jeans, camiseta branca e jaqueta preta. Com listras pode? POOOODEEEE! E até numa pegada mais socialzinha.   Eu gosto tanto de tênis street e gostei tanto desse modelo Old Skool que comprei mesmo antes de postar. Farei um post com as lojas que vendem e claro, citarei onde fiz minha compra! Confortável, estiloso, vintage e com história, o que mais a gente poderia querer?

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto

    Hoje é sexta mas tem choradeira!! Vem ler, analisar e aconselhar! Chora 01 – MAC Oi Cony, tudo bem? Eu não vou muito bem não, e o motivo é o seguinte: Eu e meu namorado nos conhecemos há dois anos, ficamos juntos por três meses, ele quis separar, nunca se distanciou, dizia que não sabia o que queria, que não tinha certeza, etc. Onze meses depois nós voltamos, por iniciativa dele. (Aqui vou abrir um parenteses pra dizer que nesses onze meses a gente ficava as vezes, mas eu curti minha vida como pude, não fiquei sentada esperando por ele não, mas não o esqueci e por isso quis voltar quando ele se resolveu.) Bom, no começo tudo eram flores, ele nunca foi do tipo meloso, mas tinha atenção comigo, carinho e cuidado. Mas isso foi diminuindo…. Nós só nos vemos no fim de semana, então durante a semana eu esperava que a gente tivesse pelo menos 5 minutos de conversa por dia, mas nem isso… Se eu não mando mensagem, a gente não conversa, e nessa eu sinto que to mendigando amor. Ele nunca disse que me ama, pelo contrário, quando eu disse que o amo, ele disse que ainda não sentia dessa forma e assim continua (10 meses juntos). Semana passada nós acabamos brigando sobre isso e agora não sai da minha cabeça que eu preciso resolver isso logo. Na discussão ele fala que tem consciência que deveria ser mais atencioso comigo e que sabe que está me faltando, mas que está tentando e não consegue. Um tempo atrás me disse que não tem vontade de me mandar mensagem e conversar comigo porque eu já faço isso o tempo todo (mando mensagens, e mando mesmo, tento conversar, afinal eu quero mesmo atenção), mas dái eu parei de mandar e simplesmente não conversamos, ele só manda pra perguntar alguma coisa do interesse dele, coisas assim, e eu fico mais irritada ainda. Eu não me conformo com isso. Quando perguntei também se ele vê futuro na nossa relação, ele disse que só ta preocupado com o presente, que mal ta dando conta do agora, imagina o futuro. Quando perguntei se então ele queria terminar, para que pudesse quem sabe achar uma pessoa que ele ame, ele disse que quer continuar tentando comigo. Ele tem 30 anos, é uma pessoa ótima, eu o admiro muito e o amo muito também, e claro que tem qualidades, posso contar com ele para o que precisar, ainda tem cuidado comigo e quando estamos juntos ele até é carinhoso, do jeito dele, mas é. Concluindo, fico pensando se isso é um bloqueio, se o problema é comigo, se ele tá comigo porque acha que não vai achar outra pessoa (tem neura com idade). SOCORRO. kkkkkk, gente, sério, o que eu faço? Largo? Espero? Dou gelo? Alguém já passou por isso? Vale mencionar um detalhe, há um mês mais ou menos ele foi pro Peru e ficou uns 20 dias longe, e nesse período (uma semana antes de ir, enquanto estava lá, e quando voltou) ele ficou maravilhoso, melhorou muito, estava um doce, mas depois só piorou e agora ta muito pior do que antes, não faz um elogio, raramente me dá um beijo (fora do sexo). Eu to namorando mas sinto sozinha. Cony, obrigada por abrir esse espaço pra nós, é de grande valia. Espero que vocês possam me dar uma luz. Tem um problema sério aí sim e se chama FALTA DE AMOR PRÓPRIO. Pelamor moça… que papelão! Rastejando assim atrás do cara é claro que ele nem vai te dar bola. Antes de gostar dos outros, comece a gostar de você mesma! Chora 02 – Vult Conyzita, antes de começar a explicar o Chora, já vou falar: no fundo nem é em busca de conselho, sabe?? Mas depois de alguns anos me dei conta que NINGUÉM fala sobre isso abertamente, e o fato de eu lidar relativamente bem com isso não significa que todas as outras meninas tenham a mesma sorte. Então acho que uma boa parte pode ler e “OPAAA eu não sou anormal, mais gente faz o mesmo que eu” e isso pode ajudar. Vamos lá:  Aos 12 anos muita coisa mudou na minha vida, incluindo o fato de eu estar mudando também, né?! A criança passa a ser adolescente, a gente recebe muitas informações e nem, todo mundo lida com isso da mesma forma… Como eu lidei? Com ANSIEDADE. Não aquela ansiedade que a gente tem esperando uma festa, uma prova… mas transtorno de ansiedade, devidamente diagnosticado e medicado. Porém, isso refletiu numa doença que poucas pessoas conhecem, chamada tricotilomania. Quando ouvi essa palavra pela primeira vez, foi um misto de alívio (por saber que EXISTIA, que mais gente tinha isso) e susto.Essa doença consiste basicamente em arrancar os próprios cabelos. Sim, exatamente. A gente passa a ter grandes falhas no cabelo, às vezes a calvície é quase completa… e por aí dá para imagina o quanto afeta a auto estima, né? Se tem cura, eu ainda não descobri. E olha que muitos anos se passaram e muita terapia foi feita. De repente alguma leitora conseguiu, imagina que legal eu e tantas outras sabermos disso! Serviria até como estímulo, né?? Algumas de nós usam bonés/toucas para esconder, outras optam por pentear o cabelo de forma que não apareça… eu optei por uma uma prótese (tipo peruca mesmo) que fica na parte que tento esconder… Fora isso, terapia, ansiolítico e muito foco para tentar levar a vida normalmente <3 Menina… sabe que eu já passei por isso??? Quando era adolescente eu roía unha até sangrar, depois parei e comecei a mexer no cabelo. Nunca cheguei a ter falhas, mas ficava horas e horas mexendo no cabelo e procurando algum “diferente”, tipo mais grosso e tal e arrancava. Durante anos foi assim, mas como te contei, acho que num grau menor pois nunca chegou a afetar meu cabelo em si… Ainda hoje, quando estou muito nervosa ou ansiosa, fico mexendo no cabelo. É uma mania feia sim e sei o quanto é involuntário! Até onde sei, é com terapia mesmo e ansiolíticos que se “cura” mas não sei te passar mais informações. Se alguém aqui souber (e acho que isso é mais normal do que se imagina, conheço MUITA gente que faz isso) como melhorar esse quadro – totalmente ligado a ansiedade – conta aqui!     Chora 03 – Maybelline Oi Cony, meu problema tem uns anos e preciso de conselhos para mudar a situação, se é que é possível. Conheci meu companheiro em meados de 2011, nos tornamos muuuuito amigos,  mas depois de uns meses ele foi viajar por uns dias, nos falamos muito enquanto ele esteve fora, coisas sobre nós sabe, flertamos, ele voltou de viagem e foi direto na minha casa de madrugada, ficamos e nunca mais nos deixamos, assim, da noite pro dia. Nestes primeiros meses foi muita paixão, a gente não podia se ver que tinha que ter beijo, abraço, sexo, diariamente. Estudávamos no mesmo lugar, então íamos e voltávamos juntos da faculdade, ou ele dormia na minha casa ou eu na dele. Enfim, foi um namoro-casamento, porque nunca mais nos desgrudamos, todo dia juntos, nunca ficamos separados. Ou seja, foi tudo muito intenso e muito rápido e sempre muito juntos, em um ano compramos nossa casa e fomos morar juntos definitivamente. Mesmo antes de morarmos juntos, os problemas começaram a afetar no relacionamento (homem e mulher), ou seja, desde o primeiro ano juntos. Ele chegava em casa cansado, conversava, contava sobre o dia, deitava comigo, mas não rolava nada, ele justificava que era por causa do trabalho, depois os motivos foram mudando e nossa vida sexual cada vez mais escassa, até hoje. Ele é muito querido e muito carinhoso comigo, muito brincalhão, nos divertimos muito juntos em casa, mas geralmente ele acaba dormindo no sofá e eu vendo TV sozinha, por vezes eu até estou falando com ele, de repente ele não responde, dormiu. Eu sempre gostei de sair, passear no shopping, caminhar na rua, fazer trilha, sair pra dançar, mas ele não gosta muito disso e eu acabo ficando com ele em casa, afinal nunca tive muitos amigos que possam fazer essas coisas comigo. Mas o que tem me incomodado é realmente a nossa vida como homem e mulher, somos muito parceiros, nos damos bem na vida cotidiana, quase não brigamos, bem raro mesmo, mas é de segunda a segunda: sair pra  trabalhar, chegar em casa, fazer umas tarefinhas e dormir, inclusive finais de semana. Não sei falar quando foi a última vez que transamos, afinal este evento ocorre a cada dois meses aproximadamente, quando eu começo a reclamar e então rola. Tento partir pra cima, mas ele sempre me corta e pede que eu vá descansar. Já tivemos mil conversas, ele concorda que tem que mudar, sabe que ele falta comigo nisso, mas no fim, não muda. Já ocorreu de há uns dois anos um colega de trabalho se interessar por mim, muito, insistir muito, me envolvi na situação e mesmo podendo trair ele sem ele sequer desconfiar não fiz, não consegui, tinha muito desejo pelo outro, mas só de pensar no meu companheiro eu recuava e nunca fiz nada. Eu amo ele, superamos muita, mas muitaaa coisa juntos, temos uma história de parceria e companheirismo muito legal, mas sinto falta de alguém que me chame para sair no sábado a noite, que me leve pro motel, que corresponda aos meus desejos, que sejamos mais que sócios de uma casa e de trabalho, pois hoje trabalhamos juntos também, temos nosso negócio próprio. Como já tentei de tudo, às vezes penso que a única solução seria nos separarmos, mas só de pensar meu coração dói. Gosto muito dele e ele faz parte da minha vida nos últimos seis anos, sem contar que seria não só o fim do relacionamento, mudaria casa, mudaria trabalho, mudaria tudo. Tenho muita vontade de mudar, de me aventurar, de mudar de país inclusive, (tenho 26 anos e ele 29) mas tenho medo disso tudo, ele é muito conservador e eu sei que eu gostaria de ser muito aventureira, mas não consigo ser assim com ele. Não sei o que fazer, ele me faz bem, mas existem lacunas que ele não preenche e que não tem como serem preenchidas senão por ele. Enfim, essa é a situação, preciso de conselhos! Obrigadinha por ler meu texto e por tanta coisa bacana que você oferece para suas leitoras!   Vish… O que está acontecendo com esse homem?? Acho que ele está bem cansado mesmo, como você disse, fala com ele e ele dorme… Já abriu o jogo??? Conversou abertamente sobre isso? Seja sincera e honesta com ele, pode estar acontecendo alguma coisa que ele ainda não te contou… No mais, acho que isso só vai se resolver com uma boa conversa mesmo!     Interessante hoje e principalmente aguardo comentários sobre a tricotilomania!!! E você? Tem alguma angústia, algum problema que não consegue conversar com ninguém? Mande para constanza@futilish.com, no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO, tente ser resumida e prometo manter sua identidade em segredo ok?? 

    Leia Mais

  • Fala Que Eu Te Escuto – Festa Anos 80

    Se tem uma coisa que AMO na vida é festa a fantasia. AMO AMO AMO me produzir, principalmente no Halloween hahahaha, acho mega divertido! Recebi essa dúvida da Taty: “Cony, se você fosse convidada para uma festa anos 80 que exigisse uma vestimenta a caráter, como vc se vestiria? Estou precisando de ideias…tenho que ir lacradora pra uma festa anos 80.” Ah menina… penso em tanta coisa… mas vamos lá! Bom, EU, euzinha, gosto de ir e arrasar kkkkkkk. Levo super a sério e não meço esforços pra ir bem a caráter e chamar a atenção mesmo. Uma coisa que sempre cuido, é que a fantasia seja meio sensual… mais feminina, tenha um decote, algo assim, e que a make seja bem bonita também. Tem que ir de linda, sempre, independente de qual fantasia escolher! É só dar uma adaptada e pronto. Dei uma pesquisada e achei algumas ideias bem interessante e que eu super usaria: Sandy, do filme Grease! Super super super 80 e acho essa fantasia mega fácil de fazer! Se você não for loira, vale comprar a peruca viu? No Mercado Livre tem umas bem baratinhas. Flashdance! TOP e mega fácil de fazer também! Se tiver alguma festa a fantasia quero ir com essa hahahahahaha. Legging neon, maiô asa delta por cima, tudo mega colorido. Achei divertida! David Bowie. Nessa, a maquiagem é praticamente a fantasia toda. Linda. Michael Jackson! Quer coisa mais anos 80 que MJ????  Amo os góticos românticos dos anos 80. Os figurinos dos filmes da Madonna são ótimos para copiar! Tipo assim! Acho que eu iria de algo tipo Like a Virgin! Tá facil e super fácil de montar uma fantasia bacana! Se joga e depois manda o look pra gente ver?? E me chama pra festa também! hahahahahaha

    Leia Mais

  • Um Paraíso Chamado Miami!

    Tenho uma paixão por Miami. Paixão séria, daquelas que duram a vida toda. Já morei lá, na verdade, bem perto, em Boca Raton, há cerca de 10 anos, e todo dia que eu tinha livre, corria para Miami. A cidade mudou nesses 10 anos… antes até recebia o título de cafona mas hoje em dia, tá linda. Várias novidades, vários points novos, muita arte, cultura, moda e claro, praias maravilhosas. O que antes era apenas o ponto de partida para a Disney, ou o paraíso das compras, agora é um lifestyle da melhor qualidade e energia. Energia… é isso que se sente em Miami. Aquela praia azul, aquele céu ensolarado, a alegria das pessoas, a vibe da cidade. E tudo isso me deixou com o coração na mão semana passada, quando mais um furacão passou por lá. As pessoas se previnem, algumas fogem para outras cidades, todas esperam aflitas a chuva e os ventos passarem e por incrível que pareça, quando acaba a tempestade, Miami surge mais linda do que nunca. O povo lá é de uma solidariedade incrível, e já está tudo novamente em ordem. Bom, vocês sabem que sempre que vou pra lá faço achados incríveis e me divirto horrores. Minhas redes sociais bombam de tanto acesso e de perguntas! Tenho ido tanto, que já me sinto uma habituée do lugar. Tenho um roteiro montado de compras, um de lazer, um cultural. Relaxo em Sunny Isle, onde estão as praias mais lindas. Compro na Marshall’s, na CVS, no Sawgrass, em Aventura… tudo mega barato e maravilhoso. Passeio em Wynwood, na Lincoln Road, na Collins, em Bal Harbour… E agora não quero mais ir sozinha ou com apenas uma amiga, QUERO IR COM VOCÊS! SIM, isso mesmo que vocês leram. Um belo dia de sol em Sunny Isle, brinquei que faria uma excursão para Miami para comprar e me divertir com as leitoras. E não é que muita gente realmente se interessou? Fiquei pensando em como poderia fazer isso de uma maneira bacana, que além de compras e diversão agregasse algo para todo mundo… Afinal, a gente sempre quer enriquecer nossa vida, com experiências e aprendizado né? É o mais importante, o que ninguém nunca vai tirar de nós! Pois bem, conversando com uma amiga que trabalha com escolas de inglês na gringa, bolamos um projeto que ficou MUITO legal: o Maple School Life Style. Unimos o útil ao agradável: duas semanas de curso de inglês na Florida, e de quebra, eu junto, com workshops de estilo e tour de compras e lazer!!! O programa está super completo e incrível gente, tipo oportunidade pra vida pois reune aprendizado com um lifestyle bem legal! Tudo o que eu faço quando eu vou pra lá e mostro no blog e nas minhas redes sociais, vocês também farão comigo! Frequentaremos os mesmos lugares, passearemos muito, e claro, farei aquela curadoria de compras inteligentes pra vocês! Além disso, teremos um bate papo inicial e workshops para ninguém comprar nada errado e sim tirar o máximo proveito daquele paraíso de consumo. Sobre o curso de ingles, a Maple tem parceria com as melhores escolas da Florida e quem for com a gente, terá duas semanas de aula na Talk! As aulas são meio período, ou na parte da manhã ou na parte da tarde e montaremos uma agenda para conciliar bem nossos compromissos com as aulas. Não tem idade limite, não tem nível obrigatório de inglês. Você pode ir aperfeiçoar o idioma ou começar do zero mesmo! Tudo isso será levado em consideração e você será direcionada para a turma correspondente. O programa inclui além do curso, hospedagem AND alimentação. Sim, todos os dias café da manha, almoço e jantar/happy hour em alguns dias. Não se preocupem em gastar muito com comida, pois o lugar onde vocês irão se hospedar tem cozinha, então dá para economizar e fazer um supermercado básico. Já temos até uma agenda montada para a primeira semana: Aulas de inglês na parte da manhã – imersão – em parceria com a rede de escolas Talk (são sete escolas nos Estados Unidos: Atlanta, Boston, Miami, Miami Beach, Aventura, Fort Lauderdale, San Francisco Workshop comigo: Workshop de estilo, consultoria de imagem, personal shopper 1 Ida à principais lojas de departamento, como por exemplo a Marshall’s; 1 Ida à compras em farmácias, como escolher os produtos, como a CVS; 1 dia diversão: ida aos principais pontos da cidade escolhida para um brunch e uma noite – night out em Miami! São poucas vagas, isso foi uma exigência minha pois quero dar atenção pra todo mundo. De nada adianta uma turma gigante e eu não conseguir atender todas né? O valor está super digno, já tem gente que fechou e ó, aproveitem que o dólar caiu!!!! Teremos duas turmas, uma de 14 a 27 de Janeiro e outra de 04 a 17 de Fevereiro de 2018, então se você precisa ir durante as férias escolares, tem data. Se você quiser passar o carnaval lá comigo, também tem data! Essa é a primeira turma e tenho certeza que serão várias! Será maravilhoso estarmos lá juntas, aprendendo e divertindo porque vocês sabem né… a vida é muito curta para não aproveitar ao máximo. Esse é meu lema… Não viajo para fugir da vida, viajo para a vida não fugir de mim. Bora???? Para maiores informações, segue o contato! contato@mapleschool.com.br Whatsapp (21) 965952495 Instagram @mapleschoollifestyle

    Leia Mais

  • Modinha – Corrente Para Óculos!

    Tudo começou em 2016, no desfile da Balenciaga. Correntes enormes, coloridas, para “segurar” os óculos! Pois é, aquela cordinha que papi e mami usam para não perder os óculos, agora virou item fashion, em uma versão maxi e colorida. Algumas pessoas usam pra frente, outras para trás! Eu gosto e não gosto por alguns motivos… Acho estiloso, mas penso que é mais uma coisa para combinar com a roupa hahahaha. Eu combino óculos, então teria mais um item para quebrar a cabeça. Já está bem popular, vi vários na feira hippie de BH, os valores estão a partir de R$10!! Baratinho! Thassia usa bastante e acho incrível como tudo nela fica bem né? Além dos de acrílico (os que estão mais na moda), também existe em outras versões, como corrente de metal, pérolas, etc. Acredito que seja uma moda bem passageira, e se quiser se jogar tá bem fácil de achar! Sites de acessórios e na feira tem, aos montes. Eu ainda não me decidi… o que vocês acham?

    Leia Mais

  • A Mala do Atacama

    Agora sim, o post final da série ATACAMA. Muuuuuita gente perguntando sobre a mala, o que levar, o que usar, o que é dispensável, o que é obrigatório. Enfim, hoje vou contar aqui o que realmente faz diferença para passar alguns dias no deserto. Vamos a algumas considerações: A temperatura varia muito. Fomos no final de agosto e durante o dia pode chegar a 30ºC e a noite uns 5ºC. Em alguns passeios, pode até rolar uma temperatura negativa, tipo nos Géiseres Del Tatio, teve gente que falou em -12ºC! O que isso quer dizer? Tem que levar roupa de calor calor e de frio frio. O tempo é seco, bem seco. E ainda por cima tem o fator altitude, o que dificulta a respiração. Tem considerar isso na hora de montar a necessaire. Lá a gente anda muito e, claro, muita terra. Tudo suja rápido. A franquia de bagagem pro Chile (Brasil – Chile) é de 23kg. Complicado né?   Agora vamos montar a mala? Blusas térmicas: pode considerar uma por dia. E pelo menos uma extra… As minhas são da Uniqlo (comprei fora, em NY e em Tokyo, são as melhores do mundo!), mas a Decathlon aqui no Brasil também vende. Calça térmica: eu fiquei 4 dias e meio e usei duas calças térmicas. Levei dois tipos: legging, e calça calça mesmo, de tactel por fora e térmica por dentro. Essa última foi bem útil quando os passeios eram para lugares muito frios. Meia calça térmicas: super necessário. São ótimas porque você coloca a meia calça e uma legging por cima. Daí quando começa a fazer calor, tira a meia calça e guarda na mochila. São leves e não ocupam muito espaço. Meia térmica: também bem necessária, mas não precisa uma por dia… acho que umas duas só, para quando for passeio de muito frio. Luvas: as comuns mesmo. Gorro: nem precisa ser térmico e se não tiver, pode comprar um de lã na feirinha de San Pedro. Bom que faz um estilo né? Cachecol ou golas: cachecol (de lã, grossos, ou estilo pashmina). Golas também são bem vindas. Fleece: ou aquele casaco/moletom de soft… Para por por baixo da jaqueta! Short de corrida: daqueles levinhos, que dá para dobrar e ficar pequenininho sabe??? Tem que pensar em trocar de roupa durante o dia, talvez até durante um passeio e as coisas para levar na mochila não podem pesar ou fazer volume! Legging: VÁRIAS! Todas as que você tiver no armário hahahaha. Eu pequei e levei só duas. Passei necessidade pois achei que duas estariam ok, afinal estava levando calça jeans também. Jeans é o que menos se usa lá! É ruim para fazer os passeios, incomoda, não é nada confortável. SE FOR LEVAR, leve apenas um. O mais básico de todos. Sobre as leggings, pode ser aquelas da Zara, mais grossinhas, ou de ginástica mesmo, até o pé, para cobrir com meia, com a botinha ou com polaina. Melhor não deixar o tornozelo livre por causa do frio ou para não se machucar nos passeios. Vi várias mulheres com calça de ginástica, eu nem tinha pensado nisso. E por que levar várias? Porque suja MUITO! Acho que dá para repetir um dia só, isso se não sujar muito… Mas ó, pra foto ficar bonita, melhor levar legging sem estampa e cor neutra. Tem que pensar no álbum da viagem né? Camisetas: várias também. Básicas e lisas (ou listradinhas rs). Pode levar regatas de malha também. Casacos de nylon fofinho: eu levei dois e usei os dois. Um mais comprido e arrumadinho, cobrindo o bumbum e um mais curto, desses esportivos mesmo. Dá para ser só um, o curto esportivo… Polainas: nossa, usei demais. Dei sorte que minha mãe tinha várias e peguei emprestadas com ela. Mas aqui entra o fator blogueira preocupada com as fotos… como a maioria das minhas roupas eram pretas, para dar uma variada, eu trocava a polaina. Faz toda a diferença! Daí pode se jogar em cores, estampas, o que for. Top de ginástica: mais confortável que sutiã. Pense em atividade esportiva, muita! Tênis de ginástica: Eu praticamente só usei minha botinha, mas um tênis é bom levar. E um sem muito apego, pois tudo volta muito sujo e acabado. Botinha de trekking: o item MAIS NECESSÁRIO para a mala do Atacama! Gente, não sei o que seria de mim sem essa botinha. Comprei um dia antes de ir e foi a coisa mais inteligente que fiz na vida. Dá firmeza, aguenta o tranco, é segura (para não torcer o pé) e é confortável. Comprei a minha na Centauro, por R$ 300 e alguma coisa, da marca Bull Terrier e amei! Biquíni: ou maiô. Tem o passeio das termas que é uma delícia. Além disso, tem as lagoas escondidas (aquelas que tem mais sal que o Mar Morto) que TEM QUE ENTRAR. É algo único. Então roupa de banho é necessária sim! Lingerie confortável: daquelas sem costura, sem nada que arranhe, machuque, irrite. Chinelo: sempre né? De borracha, o mais básico  mesmo. Óculos de sol: um só tá ok, eu levei um Ray Ban modelo Wayfarer. Boné: bom também para proteger do sol durante os trekkings. Protetor solar: litros, apenas litros rs. Ok, exagerei, mas tem que usar protetor solar todo santo dia, no rosto e corpo! O sol é forte, então tem que cuidar! Protetor labial: o tempo seco pode ressecar os lábios. Também tem que andar sempre com um balm labial na mochila. Descongestionante/Lubrificante nasal: para ajudar na respiração e o nariz também resseca muito! Bota salto baixo: tipo motorcycle boot. Eu levei aquela minha que amo, da Santa Lolla. Tipo, se for sair um dia a noite em San Pedro, para jantar, ir num barzinho e não quiser ir de tênis ou botinha de trekking, que usou o dia todo sabe? Mochila: Super master necessário também. Leve uma básica, leve, de tamanho ok (nem pequena nem muito grande). De preferencia com bolsinhos nas laterais para por a garrafa de água. Garrafa de água: todo passeio é bom levar uma garrafa com água, mas Ó, encha com água mineral! Jamais com água da torneira, Chocolates: para dar energia durante os passeios! Câmera fotográfica: eu levei câmera, Go Pro e celular (tenho um iPhone) e fiz praticamente todas as fotos de celular! E ficaram lindas… mas é bom levar uma câmera sim… Carregador de celular: daqueles portáteis sabe? Eu chegava no hotel a noite e já deixava carregando pro dia seguinte. Não dá para ficar sem bateria no deserto! Tem que registrar tudo. Lanterna: uma mini lanterninha é bom ter na mochila. A noite é bem escuro (usam pouca luz para manter aquela visão maravilhosa do céu), então uma lanterna pode ser necessária em algum momento.   Mochila (a minha é mais causal, indico uma mais esportiva!), casaco fofinho da Olympikus, botinha de trekking da Bull Terrier, polaina preta e legging Zara. Mudando o visual com uma polaina colorida! Camisetas de malha, várias! Usei um top de tirinhas por baixo. Colete fofinho também é bom… mas confesso que só usei um dia. Esse é meu casaco matelassado mais comprido e acinturado. Minha mãe que comprou pra mim no Chile, em Falabella. Essa calça, mais larguinha, é da Uniqlo e comprei em Tokyo. Por fora é de tactel e por dentro de flanela. Gola que serve como faixa pra cabeça e esquentador de orelha também rs. Comprei na feirinha artesanal de San Pedro, coisa de R$ 20. Roupa de banho pras termas. E essa foi a botinha salvadora! Comprei na Centauro, achei o preço bem bom e fez lindo na viagem. Sem ela eu nada seria rs. Essa é EXATAMENTE a minha! Ah, e comprei um número maior por causa das meias mais grossas (calço 37 e comprei 38). Mega confortável, não machucou nunca em nenhum segundo. Segue o LINK Bom, e aqui acaba a saga do deserto. Uma viagem linda que acredito que todo mundo deveria fazer na vida!!!! Ah, uma dica importante, se quiser ver o céu mais estrelado do mundo, escolha ir em semana de lua nova. Se tiver lua cheia (ou algo de lua), nada de estrelas no céu!

    Leia Mais

  • Mi casa, su casa – Emergência! Evacuar!

    Olá minhas leitoras divinas e meus leitores maravilhosos! Tá tudo supimpa com vocês? (Vocês ao menos sabem o que supimpa significa? #tioidoso) O post de hoje é um post que serve para o mundo todo, menos pra Sandy. Vou falar de defecar! Não do ato, mas do aparato: Como vocês ficaram sabendo AQUI, tivemos um caso de banheiro suicida no meu apto, e está rolando uma reforminha que estou registrando para fazer o diário de obra pras Fufu magnificas do meu coração. Eis que eu me encontrei, quase lindo, quase alto, quase magro e quase rico numa situação diferente: eu estava escolhendo itens de banheiro para eu mesmo comprar. Então além dos detalhes técnicos eu tinha outro fator determinante: O escorpião que habita meu bolso. Vamos primeiro de tudo para a parte teórica da coisa. O trono é formado por 2 ou três partes, sendo: Bacia sanitária + assento, para quem tem a descida da água por dentro da parede com a válvula tipo hidra: OU o mais comum atualmente: Bacia sanitária + assento + caixa acoplada, para quem mora em apartamentos ou opta por esse tipo para evitar (possíveis) transtornos de manutenção. Sabendo disso abrimos um leque imenso de opções dentro das duas variáveis, inclusive o tamanho dos investimentos. Contudo existem alguns detalhes que eu sempre saliento para meus clientes, que ajudam na funcionalidade e manutenção. Primeiro de tudo eu sempre indico os produtos que tem o “jato plus”: EIKE TÊNIS SUJO! Perdão gente. O jato plus eu chamo de “turbo do cocô”, afinal é um empurrãozinho extra – fisicamente é isso mesmo que ele faz. Especialmente hoje em dia que – ainda bem – quase todos os modelos tem a descarga “ecológica” em duas potências – geralmente 3 e 6 litros essa força extra é bem vinda. Agora a gente segue pro design da base do sanitário. Prefira sempre o que for mais liso possível, como esse: No máximo, caso nenhum esteja disponível ou o valor seja absursdo… que tenha o parafusinho de fora, como esse: Estes modelos com a base reta são bem mais caros, porque vai muito mais material para fabricar e também pela dificuldade de moldá-los. Conhecendo isso evite os modelos com parafusos aparentes porque é ali que vai enroscar cabelo. É ali que o pano da limpeza vai prender e é neste mesmo parafuso do capiroto que você vai rasgar seu dedo tentando fazer a faxina. E agora me diga, tem lugar pior pra cortar o dedo do que no vaso sanitário? Te rogo Fufu, se puder fugir feito uma gazela do leão de algum modelo, são esses: Já imaginou a complicação de ficar alisando esse negócio cheio de curvinhas até tirar o pó? Lembre-se que pra fazer isso você basicamente estará com a cara dentro do cagador. E quem SEMPRE está presente nesses modelos mais simples? Quem? Quem: Ele mesmo! O parafuso do Fred Kruguer. Assim, pra deixar vocês já com uma noção de preço, um bom valor para um kit de Bacia sanitária + assento + caixa acoplada é de R$ 1.000,00 parece muito? Parece, e é. Entretanto me diga: Quantas vezes você troca isso na vida? Melhor comprar um razoável né? Foi por isso que eu pulei o mais barato e comprei o 2º menor valor, porém com uma base lisinha (mas com parafuso do mal): Sim, é um baita salto de R$ 198,00 para R$ 449,00 dinheiros, mas é a hora que você se agarra no nojo de limpar o vaso e enfrenta o escorpião. Eu me lembro back in 2007 quando eu fui pela primeira vez com um cliente escolher esse tipo de produto. O valor era determinante e eu encontrei um com valor bem abaixo da média e tal, e o cliente só dizia: “_Não. Esse não. Não quero esse.” E eu pobre que sou, insistia no mais barato. Até que o vendedor se afastou e meu cliente disse (com um tom um pouco mais alto do que o normal): “_Não vou comprar esse! Parece que ele tá rindo de mim!” E desde então eu sempre enxergo os sanitários arredondados de um jeito diferente. Mas vocês acham que acabou? Tem que escolher o assento ainda. Assento é o que a gente chama de tampa mesmo. Olha, se os preços são absurdos com a parte cerâmica da coisa, essa parte plástica não poderia ser tão mais absurda. Tem desde aqueles de plástico que resseca, racham e beliscam a bunda: Tem os que tem estofadinho, tem os que tem sistema de amortecimento para não bater: E eu queria saber o que que esses daqui fazem pra custar 300 – 650 dinheiros: Mas fiquei com medo de perguntar e me cobrarem a resposta. Vamos falar daqueles que – literalmente – lavam e secam nossos países baixos: Eles surgiram na Ásia, não sei onde especificamente, mas são conhecidos como japoneses. Já tem aqui em Terra Brasilis um assento (tampa mesmo) que podemos compatibilizar com alguns modelos, além de alguns como este da foto, que já  vem com todo o sistema prontinho. Eles só precisam de uma tomada próxima além do que já é o padrão de instalação. Tenho dois pedidos pra vocês, o primeiro é não zoar a tampa do vaso. E o segundo – deixa eu ser cuidadoso nesse tópico – eu gostaria que vocês evitassem os “kits de decoração para banheiro” E eu entendo que muitas vezes a gente traz o costume da família, da avó, da mãe, das tias… e não é que eu julgue todos esses conjuntos feios – apesar de uma parte significante deles serem feios mesmo. Eu admiro o trabalho artístico, minha mãe mesmo faz crochê e eu acho incrível a capacidade de transformar um fio, com ajuda de um ferrinho, em algo completamente diferente. PORÉM, tem dois componentes desses conjuntos que não tem como defender: O tapetinho que “encaixa” no vaso, e o que “reveste” a tampa do próprio cagador. A não ser que eles sejam lavados cada vez que alguém que mija-de-pé use o banheiro, não dá pra conviver com todo o xixi que respingará neles e ficarão ali, saudando os moradores com um phedô incomparável. Por sua atenção, obrigado. Não esqueçam de deixar nos comentários dúvidas que vocês tenham sobre qualquer assunto relacionado a construção e decoração pra eu ir fazendo as matérias. Não deixe de seguir nossa patroa no instagram como @futilish e euzin como @Tiolelofoz no instagram e no Snapchat. As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.    

    Leia Mais

  • O Coisinho do Celular

    Toda vez que faço meu look no espelho, alguém me pergunta o que é o coisinho do celular rs. Para quem ainda não viu, separei alguns dos últimos looks que mostrei no Stories do Instagram (segue lá! @futilish) Então, esse coisinho, que parece um anel, se chama POP SOCKET! Vi na Best Buy em Miami e achei interessante… acabei comprando, baratinho, coisa de 9 dólares e hoje penso… COMO CONSEGUIA VIVER SEM ISSO ANTES? É um suporte que cola na parte de trás do celular (é bom colar na capinha, mas como sou tosca, colei direto mesmo) que dá firmeza e segurança na hora de segurar o celular. Como eu VIVO com o telefone na mão e sempre deixava cair, esse negocinho foi ótimo para manter ele mais seguro e firme na mão, seja para fazer selfie, filmar, ou até para ficar com o telefone na mão mesmo. Além da função básica de segurar o telefone, ele serve também como apoio para deitar o aparelho e ver videos, ou ainda para enrolar o fone de ouvido! O meu é esse azul e tô doida com esse que parece um diamante. E a maneira como o Pop Socket pode ser utilizado. Ainda não vi para vender no Brasil, mas no Chile tinha! Num stand de celular no Shopping Parque Arauco, e barato, coisa de R$ 20, até mais barato que o da gringa! Ah, e no site da Pop Sockets, ainda dá para personalizar e colocar fotinho, logotipo, o que for. Podia chegar logo no Brasil né? Eu tô adorando e TODO mundo que vê o meu, fica doido querendo um. AH, e ele “afunda”, não fica o tempo todo pra fora não. É só apertar que ele afunda e fica mais baixinho. Deu pra entender? E dá para descolar, lavar e colar de novo. LINK da Best Buy e LINK da marca!

    Leia Mais

  • Dica de Mala BOA!

    Tô devendo essa dica desde Dallas e muuuuuita gente me perguntou sobre minhas malinhas novas. Não postei antes porque as malas esgotaram no site, só de eu ter mostrado no Stories! Então de nada adiantava falar delas novamente e não ter como comprar. Mas o estoque já foi renovado e tá tudo pronto para quem quiser comprar uma mala realmente boa! Seguinte, que eu viajo muito e isso todo mundo sabe né? Eu falo que tem duas coisas na minha vida que precisam ser fortes para aguentar minhas viagens: os bofes e as malas hahahahahaha. Daí que minhas últimas companheiras de viagem já não se aguentavam mais em pé, literalmente! Duraram bem 3 anos, mas chegou um momento que já não dava mais, eu abusei delas tadinhas… E tive que respirar fundo e ir atrás de um jogo novo de malas de viagem. Mas o que eu procuro quando vou comprar malas?  Leveza. Pra mim é MUITO importante porque como sempre levo muita coisa, preciso fugir das taxas de excesso de bagagem. Rodinhas deslizantes. Sim, elas tem que escorregar lindamente pelo piso. Isso porque, novamente, como viajo com muita coisa, sempre junto as duas malas grandes em uma mão e saio empurrando. As rodas tem que ser bem boas. Resistência. Meio óbvio né? Vocês já viram como tratam nossa bagagem? É um horror, sem cuidado nenhum! Então a mala tem que ser forte o suficiente para aguentar todos os trancos. Que feche bem. Além do cadeado de sempre, gosto das que tem código, que seja pra dificultar um pouco caso algum curioso queira abrir. Nunca aconteceu comigo, mas vai que… Tem que ter aquele zíper de extensão. Na volta sempre acabo aumentando o tamanho da mala. Sem essa opção fico tensa. Divisão interna boa. Que dê para separar e organizar bem todas minhas coisas. Beleza! E os aerolooks ficam como? Até nisso tenho que pensar. Ok, feitas minhas considerações do que seria uma mala boa, fui procurar um bom custo benefício porque né? Mala é um negócio caro que a gente compra pra deixar na mão dos outros e estragar logo… Achei esse kit na Roncato (minhas malas anteriores também eram de la) e primeiramente achei LINDAS! Quando chegaram, mais bonitas ainda ao vivo. O modelo se chama Flight e tem em 5 cores (cinza, azul, um turquesa mara, vermelha e preta). Comprei duas grandes e uma de mão pois o valor estava compensando bem. São rígidas, então a gente organiza dos dois lados. Parte boa, os dois lados são presos por tela ou lona com zíper. Nada sai do lugar. Além disso, tem mais compartimentos internos. Olha que lindeza.  Esse modelo já vem com o cadeado TSA, que é aquele que os gringos gostam porque conseguem abrir. Achei mara. O material é polipropileno leve as quatro rodinhas são maravilhosamente deslizantes. Teve muita gente que me perguntou sobre as malas na época e entrei contato com a Roncato e consegui uma surpresinha para vocês!!! Que tal um cupom com 10% de desconto????? E válido POR TODO O ANO DE 2017??? Sim sim, aproveitem! Ao fazer a compra online é só inserir o cupom FUTILISH10 que seu desconto aparecerá na hora de fechar a conta. A Roncato é uma marca italiana, tem 8 lojas físicas no Brasil e o ecommerce. E os valores praticados aqui são bem parecidos com os de fora! E não é só mala não viu??? Tem bolsas, cintos, um MONTE de acessórios pra viagem, mochilas, carteiras… super vale a pena dar uma conferida no site e aproveitar o cupom de desconto. Depois me contem das suas comprinhas!

    Leia Mais

  • BH e Suas Baladas!!!

    Ok, vocês pediram e eu fiz o “esforço” de frequentar algumas baladas em BH e dar meu parecer sobre elas. Sempre amei sair a noite, SEMPRE. Amo dançar, amo me produzir, amo ver gente e conhecer pessoas. Sou dessas. Amo uma boa música, que pode ser pop, rock, eletrônica, anos 70, 80, 90… só não curto sertanejo, forró e funk. Na verdade, acho que funk até consigo passar um pouco. Um pouco. Enfim, acho que nunca tive uma fase tão baladeira na minha vida. Como já contei aqui milhões de vezes, sempre fui muito de programas de casal, mas lá no fundo queria mesmo era estar fervendo na pista de dança rs. Bom é quando a gente encontra alguém que curte as mesmas coisas não é mesmo? Mas ok, tenho saído muito, as vezes mais do que deveria mas já tenho um panorama perfeito da noite de BH, começando na quarta feira! Aham, de quarta a domingo, se quiser sair, tenho uma dica. Vou contar aqui dos lugares que mais tenho ido. Sei que tem vários outros mas não posso falar com propriedade pois não conheço. Citarei alguns também que sou doida para ir, mas que ainda não fui por falta de oportunidade, certeza que irei em breve!!! Vamos lá, falarei por tópicos: melhor dia para ir, ambiente, banheiros, valor, paqueras, , vestuário feminino, melhor horário, tipo de música. Ah, e vou falar de BALADAS ok? Restaurantes não, hoje não. Jabu Drinkeria a Céu Aberto Melhor dia: Quarta feira, aliás, acho que só funciona na quarta mesmo. Valor: Não paga para entrar, apenas consumação. Depende do quanto você bebe rs. Uma cerveja custa a partir de R$ 9 e um drink uns R$ 30. Uma porção, cerca de R$ 30, R$ 40 Ambiente: É lindo. Um bar com o teto aberto e tem uma jabuticabeira no meio!!! Decoração rústica, tem mesas e um lugar pra banda tocar. Tipo de música: Rock, Pop (geralmente a banda Cash – amo – toca lá) e DJ. Melhor horário: Começa cedo, é happy hour. Pode chegar umas 19 para garantir mesa, depois lota! Tipo de Frequentadores: Eclético, não tem muito playboy nem muita pato. É um povo mais de “boa”, sem frescura! Idade: Mais adulto, acima de 25 diria eu. Vestuário Feminino: Nada de mega produção, dá para ir de calça jeans se quiser, uma regatinha e tá tudo ok. Paquera: Rola. É mais pra paquerar que pra ir de que casal. Homens e mulheres meio a meio. Banheiros: Ótimos! Grandes, espelhos bons, sempre tem papel e limpos. Acessibilidade: É ok, uma pequena escada e rampinhas para entrar. Fácil de estacionar. O que indico comer/beber: a porção de coxinha!!! Tem de frango e de costela, acho… muito boa! Endereço: Av. Mario Wernek 530, Buritis Site/Instagram: @jabudrinkeria   Major Lock Melhor dia: Quarta feira, a Quarta dos Amigos. Principalmente se tiver jogo do Galo no dia rsrsrsrs. Valor: Baratinho. Entrada R$ 15 até meia noite. As bebidas… cara, preciso prestar atenção nisso rs. Acho que um moscow mule sai uns R$ 20. Ambiente: Pub estilo inferninho. Uma decoração nada a ver com nada, parece que tem de tudo pendurado nas paredes e teto rs. Tem até uma bandeira do Chile hahahaha. É pequeno, mas suficiente. Tem uma parte externa onde o povo fica batendo papo e fumando. Tem uma parte mais underground também, mas nunca vi funcionando. Detalhe, só fui em quartas-feira até hoje. Nos outros dias parece que dá muita meninada de faculdade. Diz ser o primeiro pub de BH, com mais de 24 anos e o Jota Quest começou tocando lá! Tipo de música: Rock! Com banda, alto astral, só música boa. Melhor horário: Tarde, apesar de ser na quarta feira, é bom chegar tipo 23h, meia noite. Tipo de Frequentadores: Adulto, na quarta, meninada nos outros dias. Pessoal mais alternativo, do rock. Idade: De 25 pra cima. Vestuário Feminino: Ih, do jeito que estiver. Nada arrumado, nada glamourizado. Pense em rock de garagem, lugar escuro, muita bebida. Paquera: É… rola, tem mais homem que mulher. Banheiros: Pois é… um pouco precário. Mas considerando que se trata de um inferninho… Pelo menos nunca faltou papel lá. Ah, o espelho é escuro então fica meio difícil retocar a maquiagem. Acessibilidade: Fácil. Tem estacionamento na porta ou pode parar na rua também, caso for de carro. O que indico comer/beber: gente, tem um shot que vem num tubo de ensaio que esqueci o nome, é mara. Mas é para dar PT ok? rsrsrs Ah, o Moscow Mule de lá também é bem gostoso! Nada para comer… Endereço: Rua Major Lopes 729, São Pedro Site/Instagram: http://majorlock.com.br / @majorlockpub   Secreto Melhor dia: Quinta feira (só tem na quinta mesmo) Valor: Se não me engano, R$ 80 pra entrar mais consumação. Ambiente: Tabacaria. O povo fuma lá dentro, e muito. O lugar é pequeno, fechado, tem uns sofás, um espaço pro DJ. Já teve seu auge, hoje não é taaaanto assim. Tipo de música: DJ, balada mesmo, e muito DJ bom! Uma vez surtei quando fui e era o Thiago Mansur. Foi épico. Melhor horário: Tarde, bem tarde. Fica bom lá pelas 2 da manhã!!! Tipo de Frequentadores: Dizem já ter sido mais bem frequentado, eu não peguei essa época. Realmente não acho que dá um povo assim mega maravilhoso, mas é bonito sim. É meio panelinha, a mesma turma sempre… Tem a foto clichê dos frequentadores, um dedo na boca fazendo “shhhhhh”, de “segredo”. Playboys and patys são assíduos. É da turma dos promoters famosos de BH. Idade: Nem sei, já vi de tudo lá rs. Vestuário Feminino: Piriguets feeling. Balada amiga, BH… pode se produzir, vestido curto, decote, make, cabelo pronto pra bater, glitter, fazer carão pra foto… SE BEM QUE, como sou revolts, já fui de tênis lá. E entrei, mas acho que foi por fatores externos rs. Paquera: Ah, tudo escuro, um fumação danado pelos cigarros, tudo fica lindo. Pegação. Tem mais mulher que homem. E dá uns gay. Banheiros: Ok, sem grandes adversidades. Acessibilidade: Fácil, rua fácil de estacionar. O que indico comer/beber: vish, sei não. Sempre que vou lá fico na vodka com suco de cranberry ou energético, minha bebida oficial de balada. Endereço: Rua Gonçalves Dias, 926 – Savassi Site/Instagram: @secreto_lounge   Bacco’s Melhor dia: Quinta feira!!! Com certeza! Funciona outros dias também, mas quinta é quinta! Valor: Depende do quanto você bebe rs. É uma casa de vinhos, com uma adega bem legal no segundo andar, onde você vai e escolhe seu vinho. Tem de tudo que é preço, mas preço de loja, bem digno! Eu escolho sempre garrafas de cerca de R$ 70, R$ 80. Tem cervejas artesanais também, se não me engano, uns R$ 18 a garrafa. Outra coisa interessante, não tem garçom. É self service. Você chega, escolhe sua bebida, passa nos freezer e escolhe seu petisco (tem carne, pão de alho…) e paga no caixa. Deixa seu petisco lá que eles fazem pra você e depois te procuram pelo bar para te entregar. O povo que trabalha lá é super gente boa! Ambiente: Como falei, é uma loja de vinhos e comidas. Tem poucas mesas e como na quinta lota, fica quase todo mundo em pé na rua, bebendo e conversando. Tipo de música: Ambiente Melhor horário: É happy hour, se quiser pegar mesa, chegue cedo, umas 18h!!!! Tipo de Frequentadores: Gente linda. Homens e mulheres. Muitos executivos que saem do trabalho e esticam lá. Muitos de roupa social (o que gosto muito hehehe). Idade: Mais velho, diria mais 30! Será??? Vestuário Feminino: Arrumadinha, mas arrumadinha lady, não de balada. Geralmente é frio, então uma calça flare com jaqueta faz ok. Lugar de mocinha direita e de família rs. Coisas grifadas circulam a vontade por lá. Paquera: Médio… nem tanto, o povo vai mais de turma depois do trabalho mesmo. Mas rola de conhece gente interessante sim! Tem mais homem que mulher, mas acho que na maioria, são comprometidos. Então… cuidado. Banheiros: Um banheiro feminino na parte de baixo, e um masculino na parte de cima. Como enche muito, às vezes rola uma fila básica… Acessibilidade: Fácil de chegar, difícil de parar o carro! É stress na certa. Pode ir de taxi, ubera, cabify, o que for. O que indico comer/beber: O pão de alho poró!!!!!! Maravilhoso! E um vinho francês que esqueci o nome, tem um rotulo azul… dá próxima anoto o nome e atualizo aqui. Endereço: Avenida Oscar Niemeyer, 1033, loja 3 – Bairro Vila da Serra – Nova Lima Site/Instagram: http://www.baccos.net / @baccosgourmet   Steak Me Melhor dia: Acho que ainda é quinta… mas tem que ver a agenda deles porque direto tem uns eventos lá! Valor: baratinho, cerveja uns R$ 7 (Stella Artois) e um espetinho de R$ 7 a R$ 12 (vou confirmar os valores, mas não foge muito disso) Ambiente: Espetinho! Bar de rua, com mesas altas. Mas ao lado tem mais mesas agora e um mini palco onde as vezes tem banda, dj e até karaokê! Tipo de música: De tudo… rock, pop, DJ… Melhor horário: também é happy hour, a partir de 18h. Tipo de Frequentadores: É um Bacco’s mais relax. Se o povo engomadinho que sai do trabalho vai pro Bacco’s, os mais relax vão pro Steak Me. Esses dois lugares ficam praticamente lado a lado. Idade: Adulto, de 30 pra cima, por aí! Vestuário Feminino: Do jeito que estiver… Nunca vi mega produções por lá. O que acontece é que geralmente a gente passa no Bacco’s e depois vai pro Steak Me. E vice versa. Paquera: Médio… mesma coisa do Baccos, apesar de aqui rolar um pouco mais troca de olhares rs… Banheiros: Um banheiro pra mulher! Tem fila… Acessibilidade: Mesma coisa do Bacco’s de novo. Melhor ir de taxi porque é bem difícil arrumar vaga! O que indico comer/beber: espetinho de coração. Eu gosto rs. E tem um molhinho de ervas que é uma delícia! Endereço: Alameda da Serra, 951, Vila da Serra, Nova Lima Site / Instagram: @steakmeplease   Hangar 677 Melhor dia: Depende da festa, mas geralmente gosto mais das coisas que acontecem aos sábados lá! Já fui umas 3 sextas feira que prometi nunca mais voltar… muita meninada na sexta, mas como falei, depende da festa. Valor: Depende da festa. Geralmente, uns R$ 70 a entrada mais consumação. Bebidas em torno de R$ 25 (minha vodkquinha com cranberry) Ambiente: Um lugar aberto, no alto de um bairro mais afastado em BH. É espaço para show e festas eletrônicas grandes. Já teve muita festa boa e badalada lá! É da mesma turma do Secreto, a balada que falei aí pra cima. Tem uma parte fechada, onde está o bar e algumas poltronas, mas esqueça ir se quiser ficar sentada. Lá é em pé mesmo. Ah, e tem um avião lá cravado no morro. Tipo de música: Depende da festa… tem de tudo, rock, pop, funk, DJ… Melhor horário: As festas geralmente começam as 22h, mas é bom chegar tipo meia noite. Tipo de Frequentadores: Depende da festa hahahahahahaha. Como falei, tem dias que só tem meninada, outros não. E como é da mesma turma do Secreto, geralmente tem a mesma galera. Idade: Depende da festa… Vestuário Feminino: Piriguets quentinha. Porque lá faz frio, mas é lugar pra sensualizar. Paquera: Rola, muito. Mas tem bem mais mulher que homem. E muita mulher bonita. Então respira fundo, faça sua melhor produção e vá. Banheiros: Químicos. Morro com isso, mas é o químico melhorzinho… mas mesmo assim, é químico. Acessibilidade: Tem estacionamento, pago (R$20). Mas se for beber, vá de taxi porque pega um pouco de estrada pra ir. Ah, e tem morro pra subir caso for de táxi. Prepare as pernas. O que indico comer/beber: Beber apenas, o que mais gostar. Endereço: R. Henriqueto Cardinalli, 121, Olhos d’Água Site/Instagram: @hangar677   Land Spirit Melhor dia: Depende da festa… Valor: Tipo o Hangar 677, uns R$ 70 pra entrar, claro, dependendo da festa. Ambiente: Também aberto porém com um bar fechado. Fica do outro lado da BR, em frente ao Hangar, digamos. São duas casas parecidas, que oferecem festas parecidas MAS não sei explicar o porque, gosto BEM MAIS do Land. Acho o povo mais de boa, a energia melhor… não sei explicar!!! Tipo de música: Depende da festa, também toca de tudo! Melhor horário: As festas começam por volta de 22h, mas é bom chegar tipo meia noite. Tipo de Frequentadores: Depende da festa mas como falei acima, me identifico um pouco mais com a turma da Land. Acho que é um pessoal mais velho rs. Idade: Depende da festa… Vestuário Feminino: Semi piriguets com frio. Também é no alto e também faz frio… se bem que no verão acho que não né? Paquera: Rola. Fácil. Tem mais mulher que homem também mas da última vez que fui, impressionantemente, tinha bem mais homem que mulher. Mas isso é raridade em BH. Banheiros: QUÍMICOS! E dos ruins, aqueles azuiszinhos mesmo. Detesto, não tem espelho, escuro, não dá pra fazer xixi direito. Tem um banheiro dentro do bar, mas durante as festas grandes, enfrento o químico mesmo. Tem mocinhas que dão papel na entrada… Acessibilidade: Difícil de estacionar, melhor ir de taxi! E tem um morro para subir… Se estiver de salto, subir ok, na volta, com uma mega descida e ainda uns álcool na cabeça, as coisas podem se complicar. O que indico comer/beber: Beber apenas, o que mais gostar. Endereço: BR 356 – Km 7,5 n° 7575 Olhos D´Agua Site / Instagram: @landspiritoficial   Lord Pub Melhor dia: Depende do show! Mas fica bom de sexta a domingo. Valor: A entrada é barata, acho que R$ 20. Uma cerveja long neck, uns R$ 12 Ambiente: Casa de show de rock. Mais escura, tem uma mesa de sinuca na entrada, e um segundo andar com um restaurante japonês. É pequeno. Ah e faz parte do Circuito do Rock de BH! Tipo de música: Rock! Unica e exclusivamente rock. Melhor horário: Chegar 23h, meia noite é ok. Tipo de Frequentadores: Povo do rock. Homens que gostam de rock e algumas mulheres. Mais homem que mulher. Idade: Tem de tudo! O rock não tem idade

    Leia Mais

  • Ain Eu Quero!

    Novamente eu com meus desejos fashionistas com um leve delay. Desde o finalzinho do ano passado que essa camiseta da Gucci está fazendo sucesso. Tudo começou no desfile da coleção Resort da marca, onde as logomarcas escancaradas – moda dos anos 90 – voltaram com tudo. Ela tem uma pegada vintage (que amo) e tem sido usada das mais diferentes formas. E sabe quando algo começa a te seguir? Pois é, onde olho, vejo essa camiseta! É uma camiseta que não tem NADA de especial, a não ser, claro, o mega logo da Gucci. Ah, e o preço dela também é especial: US$ 550. Quer comprar? Clique AQUI! Como eu não vou comprar por falta de… er….. tempo, até aceitaria uma replica muito bem feita viu? Rsrsrs só pra matar a vontade porque sei que isso será tão passageiro quanto o cinto da marca, também com a logo gigantesca gritando “EU SOU RYCAH!”. Modismos a parte, essa onda só serve para nos mostrar o quanto uma camiseta faz bem pro armário. Repararam os looks? Pois é… Ah, e quer camiseta boa? Aguarde dia 25/09.

    Leia Mais

  • Largar Tudo e Viajar!

    Acho que esse é o sonho de muitas pessoas né? Imagina que delícia viver viajando, sem preocupação de ter que voltar para trabalhar, ou ter prazo para o fim da viagem… Apenas ir, e depois emendar com outra viagem, e depois outra, e outra… Pois bem, teve gente com essa coragem toda que largou o emprego para viver de… VIAGENS! Essa é a história de um casal de São Paulo, Livia e Gabriel Lorenzi, que após ir pela primeira vez para a Flórida, há 7 anos, resolveu deixar os empregos de lado e com apenas R$ 1000, empreender em sites de viagens com todas as dicas que eles conseguiam reunir para ajudar os internautas viajantes. E claro que iria dar certo né? Sempre que a gente vai viajar, a primeira coisa que faz é pesquisar na internet sobre aluguel de carro, passeios, restaurantes, baladas, descontos, hotéis, dicas insider e eles fizeram toda essa pesquisa e criaram blogs específicos para cada destino. Hoje, são 21 blogs que formam parte do Grupo Dicas, com roteiros, pontos turísticos, dicas de planejamento para ajudar as pessoas a planejarem sua própria viagem e sempre pensando em economizar! Cada destino foi cuidadosamente desbravado por eles, e todas as dicas, reunidas nos blogs! Olha só por onde este casal já passou: www.dicasdaflorida.com.br www.dicasdelasvegas.com.br www.dicasnewyork.com.br www.dicasdelisboa.com.br www.dicasdacalifornia.com.br www.dicasparis.com.br www.dicasbarcelona.com.br www.dicadelondres.com.br www.dicasdeberlim.com.br www.dicasdocanada.com.br www.dicasdadisneyeorlando.com.br www.dicasdeamsterda.com.br www.dicasdaitalia.com.br www.alugueldecarronaviagem.com.br www.dicaspramiami.com.br www.dicaschile.com.br www.dicasdaargentina.com.br www.dicaseuropa.com.br www.dicasdasamericas.com.br www.ondeficaremsuaviagem.com www.oquefazeremsuaviagem.com   Achei super organizada a forma que eles dedicaram a cada destino, facilitando bem a vida de quem quer reunir informação e planejar a viagem. Dentro de cada blog, tem dicas BEM específicas como que tipo de moeda compensa levar, onde fazer compras baratas, como economizar em restaurantes e por aí vai! Eles também tem um Instagram (@casallorenzi_dicasdeviagem) com fotos e no site do Grupo Dicas, ainda tem um comparador de aluguel de carros! Então já sabem, se tem alguma viagem programada, não se esqueçam de dar aquela conferida no blog desse casal! Certeza que encontrarão dicas valiosas e que tornarão sua viagem ainda mais perfeita. E econômica, claro.

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!!!

    Ultimamente ando numa fase “faça o que eu falo não faça o que eu faço” hahahahaha. Mas é meu ano de altas sentimentais, depois de namorar quase 19 anos direto com um intervalo de um ano, é a primeira vez que tô realmente solteira AND empoderada. E naquela fase de: morar sozinha, independente, bonita (sim, tô mais bonita rs, é a tal da luz que aparece quando a gente tá bem sozinha), me curtindo, cheia de amigos e de turmas, deixando a vida me levar… tudo bem que às vezes ela me leva para caminhos tortuosos e complicados (será que um dia falarei sobre isso aqui? Eu também caio em roubadas e quanto mais difícil parece, mais a gente quer ir pra ver até onde consegue né…), mas tudo é lição e aprendizado e só agora, depois de “velha”, que tô vivendo o que deveria ter vivido bem mais nova. Mas são fases, logo passa e viro mocinha de novo hahahaha. Vamos aos choras! Chora 01 – Zahara Cony, aquela velha história, amo seu blog, acompanho desde o comecinho, mas sou uma leitora fantasminha.

    Leia Mais

  • Evitando a Trombose em Viagens Longas!

    Acho que foi na minha última viagem longa de avião, que senti meus pés mais inchados do que nunca. Não apenas os pés, mas as pernas, as mãos, tudo! Comentei isso nas minhas redes sociais e recebi uma pergunta quase que automática da minha angiologista, Dra. Livia Lyra: CADÊ SUA MEIA??? É, tava sem a meia de compressão e confesso que desde que a comprei, usei pouquíssimas vezes! Daí ela me mandou esse flyer, só para eu ter consciência do que poderia acontecer comigo: É… a gente acha que é bobagem, que nunca vai acontecer mas é bom cuidar! Eu realmente senti muito desconforto da última vez, dor, muito inchaço e fiquei preocupada. Não sabia que beber bastante água era bom, nem que deveria evitar bebida alcoólica e café!!!! Sabia dos exercícios durante o voo, coisa que também me esqueço de fazer e a meia… bom, usarei da próxima vez. Prometo viu Dra. Livia?

    Leia Mais

  • Manda Nudes!

    Dia desses postei no Stories (sim, já deu pra perceber que estou bem ativa por lá né? É muita rede social pra pouca Cony…) uma seleção de batons nude que tenho. A mulherada foi a loucura querendo saber as cores de cada um. Me aventurei na minha gaveta de batons e peguei todos os batons – líquidos – em tons nude que tenho para fazer um pequeno (modesta hehehe) swatch para vocês! Eis minha turma de batons líquidos nude. Parecem iguais, mas são todos diferentes! Muda cor, tonalidade, textura, tudo. Dividi em duas partes: vamos com esses primeiro. Sempre da esquerda para a direita. 01 – Revlon Ultra HD Matte Lipcolor – cor Embrace. Não são tão matte como anunciam e nem acho isso ruim! Não fica ressecado demais, tem ótimo acabamento e fixação. A cor é bem pigmentada. LINK 02 – Revlon Ultra HD Matte Lipcolor – cor Seduction. O meu preferido dessa linha da Revlon. Tenho um vermelho também dessa linha, de tanto que gosto deles! LINK 03 – Sephora – cor 40. A melhor descoberta deste ano! São baratos, ÓTIMA cobertura, cores lindas, duram um monte. Podem investir neles! LINK 04 – Sephora – cor 23. Essa cor fica super elegante nos lábios. Olha a cobertura como é boa, passou por cima da minha tatuagem! LINK 05 – Alice Salazar – cor 08, Orquídea. Um mude mais frio, mais fechado, um malva praticamente. Acho essa cor linda em morenas. Esses são mais secos. LINK 06 – Alice Salazar – cor 01, Margarida. Mais rosinha, esse não fica muito bem em mim pois como sou morena, acho que ele fica claro demais. Bom para as branquinhas e loiras. LINK 07 – Kat Von D – cor Ludwig. Gente, o que é ruim da linha dessa mulher???? AMO TUDO!!! Esse é um dos meus nudes preferidos. A cor é linda, a fixação é mara e também não é mega seco, é no ponto! LINK 08 – Contém 1G – Liquid Lips Cor Lenda Metallica. Recebi esses dias e tenho gostado bem das cores, que são bem matte porém com um leve acabamento metálico. LINK 09 – Lime Crime – cor Bleached. Outra cor linda, mas mais para o rosinha. Acabamento mais seco e dura bem! LINK 10 – Impala Sandy – cor… não sei… nada escrito na embalagem! Ou se tinha, já saiu. Esse é gloss mesmo, brilha, meleca bem e gruda os cabelos. LINK 11 – Anastasia – cor Dusty Rose. AMOOOOOOOOO! Nossa, isso que é cremosidade, cobertura, fixação, pigmentação! Top das galáxias! LINK 12 – Vult – cor 02 – Bem bom esse batom viu??? Tem boa cobertura, talvez só seja seco demais. LINK 13 – Revlon – cor Super Natural. E é super natural mesmo. Gloss para acabamento ou só para aquele brilhinho de boca saudável! Gosto muito! LINK 14 – Quem Disse Berenice – cor Nudelili. Acho que existe um nude mais nude da Quem Disse… Esse puxa mais para o rosa. Gosto bem, mas poderia ser um tico mais nude. LINK 15 – Oceane – cor Mônaco. ADORO! Principalmente o tamanho da embalagem que cabe em qualquer lugar. Ótima durabilidade, cor e textura! São mais matte também. LINK 16 – Tarte – Lip Paint cor Birthday Suit. Veio num brinde da Sephora e gostei demais. Acho o tom de nude bem fiel a um belo nude! Também mais sequinho, mas lindo lindo. LINK   Ufa, serviço completo de nudes! Se alguém tiver mais uma dica de algum batom nude imperdível (líquido hein, depois falaremos de batons em bala), conte aqui nos comentários!

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS