Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

1150 resultado(s) encontrados.
  • Cinturinhas!

    Já fiz um post sobre o tigh lacing, aquela prática antigona para afinar a cintura com o uso constante de corsets. Bom, o tigh lacing é sofrido e não é para qualquer pessoa, mas me conta… quem é que não adoraria dar uma afinada na cintura momentaneamente para usar um vestido justo?? Eu. Eu amo modeladores, tenho uma gaveta cheia deles, seja para não marcar com roupa justa, para apertar a pochete, para afinar a cintura, e alguns até para definir o bumbum. Mas o que mais amo MESMO são os que me deixam com cinturinha inha inha. O engraçado é que não uso frequentemente, pois alguns me deixam tão fina que fica até estranho e outros são um pouco desconfortáveis mas mesmo assim… amo! Como tenho vários modeladores, resolvi fazer uma mini resenha com alguns deles: 01 – Yoga (LINK) Firme, bonito, ótima sustentação, acabamento perfeito, ótima qualidade, mas muito grosso. Esse marca muito sob a roupa!!! E é um pouco caro, custa R$ 357. 02 – Elastique da Madame Sher (LINK) Esse era meu sonho de consumo! Mas sempre achei muito caro (R$ 400 agora mas parece que baixou) e só comprei quando teve uma promoção e uma leitora me avisou (muito amor…). É perfeito, acabamento impecável, tão lindo que dá vontade de usar por cima da roupa mesmo mas sinceramente não acho que combina muito com meu estilo rs, mas a peça é LINDA LINDA LINDA. Você percebe que é um material de alta qualidade e outra, é feito sob encomenda. Esse deixa a cintura mais FINA DA VIDA! Quer mini cintura? Tem que ser da Madame Sher mas… é um pouco difícil de colocar, é tão justo que parece que não vai fechar (tudo a gente consegue com prática e assistindo a mini aula no youtube rs), no meu caso eu gostaria que fosse um pouco mais comprido e pegasse um tico do quadril (tenho tronco alto, então fica mais na cintura mesmo). Como todos os de alta compressão, é grosso e se a roupa for muito justa, marca um pouco…   03 – Waist Trainer da Esbelt (LINK) O dinheiro mais jogado fora da VIDA! R$ 97, literalmente o barato que sai caro. Mal faz compressão, veste super mal, a gente fica parecendo uma linguiça amarrada, não desenha cintura nenhuma, qualidade ruim. Passem longe.  04 – Plié Corset Estético (LINK) Tenho o 50320 que tem compressão média, bom tecido (é o mais confortável), desenha cintura e é o que menos marca sob a roupa, mas se for muito justa não tem jeito né? O preço é bom, R$ 114,90, e acho que é o que tem melhor custo x benefícifio MAS tem um outro da Plié que já está na minha listinha, o 50327, de alta compressão, tem mais barbatanas e um corte que modela mais o quadril! É mais caro (R$ 199, LINK), mas acho que deve ser mara. Quero muito provar. Considerações sobre os corsets estéticos: Quanto melhor a qualidade e o tecido, melhor a compressão, porém mais grosso ele é, o que pode não ficar ¨invisível¨sob a roupa. Ao comprar um, tenha muita atenção ao tamanho. Melhor ficar mega apertado do que ¨ok¨, pois o tecido cede. Tanto que ao usar um corset novo é sempre bom ¨abotoar¨ ele na corrida de colchetes mais larga para com o tempo ir ajustando. Nunca comece da mais apertada. Eu gosto de corsets que desçam um pouquinho até o quadril, para apertar qualquer gordurinha que cisme em aparecer, ainda mais com a pressão do modelador. Isso é uma das minhas grandes dificuldades, pois como contei, tenho tronco alto e geralmente fico puxando os corsets pra baixo, daí eles descem mas aparece a gordurinha da região do sutiã… tenso, deveriam ter essa medida de tronco como opcional também! Algumas pessoas usam corset preto sobre camisa branca, não amo mas não condeno. Posso pagar língua algum dia rs. Sei que o objetivo é afinar a cintura mas as vezes fica tão fina (oi Madame Sher) que fico com vergonha de usar. Bobeira minha mesmo rs. É ótimo pra quem tem dor na lombar! A postura melhora na hora. Não dá pra usar direto, o tempo todo, bom pelo menos eu não consigo… Só em eventos especiais. Melhor pagar mais e ter um bom do que comprar os baratinhos e não prestar!

    Leia Mais

  • A Mudança do Século

    Assunto polêmico, que gera opiniões diferentes, curiosidade e que todo mundo acaba julgando. Vem, vamos fofocar um pouco hoje. Eu sou SUPER A FAVOR de intervenções estéticas. Mas super super mesmo. Penso assim: se não gosta do que vê no espelho, corre e muda. Ninguém merece viver com uma imagem que não acha bonita ou que vê possibilidades de melhoria. Ah, a gente tem que se amar como a gente é. Tem sim, mas se falta mexer um tiquinho aqui ou ali pra ficar mais feliz, porque não fazer??? Se não quiser mexer e conseguir conviver com alguns defeitinhos, bacana, todo mundo tem defeitos mesmo e querer a perfeição nem é legal pra cabeça e nem pro corpo, fica falso, forçado. Mas como falei, se tem uma coisinha que poderia ser melhor e que incomoda MUITO, eu super apoio a mudança. Eu já fiz nariz (post aqui), já coloquei silicone no busto (post aqui), faço botox com muito orgulho (post aqui), já operei ¨as vistas¨ (acho que não fiz post disso rs, fiz Lasic, assim que chama? Tirei a miopia), já usei aparelho, fiz micropigmentação na sobrancelha… enfim, o que eu podia mexer, mexi. Se eu quero ficar perfeita? Não, nem dá hahahaha mas hoje eu me olho e me gosto. Quando vejo minhas fotos antigas, nem acredito que era eu. E nem pensem que mudei radicalmente, mas tudo feito com naturalidade e cuidado. E aos poucos, claro. Onde quero chegar: que não é loucura a gente querer melhorar. Não é loucura fazer cirurgia estética. Não é loucura querer uma imagem melhor. O que sim é perigoso é que a gente tende a achar que sempre pode mexer um pouco mais, depois de ¨arrumar¨ uma coisa, outra começa a incomodar e é aí onde temos que ter cuidado. Tem que ter bom senso e nem sei explicar como ¨ter¨ isso. O que ajuda muito é ter um cirurgião plástico de confiança que vai te dizer o que deve e o que não deve fazer, o que precisa mudar e o que é ¨capricho¨. O meu cirurgião já me barrou várias vezes com procedimentos que eu queria fazer. Ele fala na lata: não, você não precisa disso. Por isso amo o Dr. Chiari e só confio nele rs. Agora a parte polêmica… Sabe quem mudou muito e que eu acho que ficou MARAVILHOSA? Kylie Jenner, a Kardashinha. Muita gente vai torcer o nariz, mas devo confessar que acho ela linda, ela precisava de boca SIM, talvez tenha ido um pouco além ao princípio mas como boca não é algo definitivo, acredito que logo ela achará o ponto ideal. A transformação dela é surpreendente, vejam só: Kendall e Kylie! Novinhas, na pré adolescencia.  Mas aí… começou. Com 12 anos. Reparem nos lábios fininhos fininhos. Com 13 anos, mais vaidosa, mas make moderada. Lápis preto na linha d’água, máscara de cílios e blush. Com 14. Escureceu os cabelos e começou a se maquiar mais. Os lábios ainda finos. 15 anos. Uma engrossada de leve nas sobrancelhas (pode ser maquiagem) e a pele mais bronzeada. 16 anos. Começou a brincar com o cabelo e tenho a impressão que deu uma afinadinha de leve no nariz. PARECE que aí já fez um preenchimento labial bem sutil. 17 anos. Taca-lhe ácido hialurônico nos lábios. Foi aí quando todo mundo ficou chocado com o boião dela e começaram as especulações. A princípio ela disse que era um aparelhinho de sucção que inchava a boca (perigoso até, teve até gente com os lábios necrosados tentando ficar igual), mas certeza que foi preenchimento. Acho que ela deveria ter ido aos poucos, mas colocou bocão de uma hora pra outra. O cabelo virou brinquedo e começou a ficar profissional na maquiagem. E como amo as makes das Kardashians! 18 anos. Enquanto Kendall vingava como modelo e era super requisitada para as maiores grifes do mundo, Kylie investiu pesado em ser camaleoa e musa fashion. Muda cabelo como quem muda de roupa, faz maquiagens incríveis (vocês viram um dos últimos snaps dela mostrando quais produtos usa?), engrossou e arqueou as sobrancelhas, e a boca? Ainda tamanho XL. Com quase 19 anos (o aniversário é dia 10 de Agosto!), sinto que deu uma centrada e ficou mais chique. Olha a sobrancelha dessa mulher gente (farei post sobre o assunto em breve), o corte de cabelo (o curto, reto, é o atual), o make elegante e dosado. Quer saber? Acho ela LINDA! É ou não é a transformação do ano? Só espero que ela pare por aí… isso falando de rosto porque já vi que ela mexeu no corpo também mas dessa parte não curti muito. Está no ponto, talvez um pouco menos de boca, mas acertou na harmonia geral do rosto. Sei que ela é nova mas estamos falando da família Kardashian, onde todas precisam brilhar e estar em voga. O que acham dessa mudança de Kylie?

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Qual será a choradeira de hoje? Caso 01 – Afrodite ¨Olá pessoal,  meu  problema é o seguinte: odeio meu trabalho com todas as forças… Ainda mais pq não vejo crescimento profissional… Não há respeito por parte dos chefes e não tenho a mínima vontade de me aperfeiçoar, pois a motivação é zero.  Tenho mta vontade em mudar de área,  porém tem o fator financeiro,  meu salário não é a oitava maravilha da terra, mas financiei um apartamento com meu noivo, e hoje em dia está tão difícil achar emprego. A questão é estou com quase 30, um emprego que odeio, um financiamento de quase 20 anos e pouco apoio por parte da família pra mudar de área.  Gostaria de uma opinião externa… Uma luz… O que devo fazer?¨ Aguentar o emprego, esperar a crise passar e aí sim procurar outro! Realmente, para quem entrou num financiamento não é boa idéia pedir demissão. As coisas não estão fáceis. Você também pode tentar um trabalho paralelo, fazer algo por fora, que te dê prazer. Quem sabe vinga e você consegue se desvencilhar do emprego chato? Mas na minha opinião, não deveria sair do emprego atual não. Não agora. Caso 02 – Atena Tenho 25 anos, tive uma infância e adolescência normal, uma família que sempre me acolheu e me apoiou nas minhas escolhas, tenho uma relação de afeto muito grande com todos, carinho e amor nunca faltaram na minha casa, sou estudante de direito e apaixonada por tudo que envolve esse meio.  Até aqui tudo bem né?! Só que de uns tempos pra cá a vida deu uma volta gigante e tudo que estava caminhando na sua rotina normal, virou uma bagunça e me encheu de duvidas sobre como agir em relação a essa minha “nova” vida.  Namorei por 7 LOOOONGOS anos, ou seja, deixei de aproveitar muita coisa  e viver experiências que não eram pra fazer falta hoje. Tive um namoro super maduro, nos dávamos muito bem, sem brigas, muito respeito e  carinho um pelo outro, mas nunca foi AMOOOR, sabe?! De uns tempos pra cá resolvi dizer não pro comodismo que vinha vivendo, me perguntando se queria mesmo viver a vida toda em água morna, ou provar dos prazeres e desprazeres que a vida poderia me oferecer caso estivesse sozinha. Terminei há 5 meses, no começo achei que tivesse “cagado” na escolha, mas hoje depois do luto, tenho visto o lado bom de ser companheira de mim mesma. Saio, me divirto, beijo bocas, e se me sinto a vontade  faço sexo sem compromisso, tenho me permitido! Meu problema maior, apareceu logo no inicio do meu término, sabe aquele amor de criança, primeiro beijo, depois a primeira transa, mas  que você sabe que no final não vai dar em nada? Então, esse amor que eu expliquei ai, voltou… 10 anos depois! Alto, lindo, cheiroso e todo cheio de saudade. No começo eu muito segura de mim, dizia pras minhas amigas que eu era outra pessoa, totalmente madura, e nem me lembrava do quanto eu já tinha suspirado por ele. Até que nesses últimos dois meses eu liguei o botão do F***, me joguei de cabeça nas conversas e deixei o sentimento rolar. E  quando eu vi já estava dentro de um avião, indo pra uma cidade totalmente desconhecida com um único pensamento, VIVER! Moramos em cidades BEEEEEM distantes, e há exatos sete dias eu voltei de uma das viagens mais lindas que já pude imaginar, quatro dias de muito amor, sexo com química, física e o que tínhamos direito, o companheirismo e carinho foi surreal! Porém, sem nenhuma promessa, sem nenhuma certeza do que seria depois dali. A menina que prometeu não se apaixonar e nem se machucar, tropeçou nas próprias certezas e está totalmente submissa a esse sentimento. Penso muito  nele  e no quanto eu pedi por um amor assim. Ele é uma pessoa muito sincera, passa por momentos ótimos da vida dele, me fala de amor, mas não me assegura com nada, e eu até entendo, somos dois estudantes, quebrados e sustentados pelos pais (hahaha)… Usa constantemente a frase de que “ESPERA QUE O DESTINO NOS COLOQUE MAIS PERTO”, já que acha incompreensível duas pessoas se gostarem mas morarem tão longe, e namoro a distancia pra ele NÃO ROLA!  Nesse momento eu só quero que vocês me mostrem que caminho seguir… Me afastar e esquecer o boy enquanto  é tempo, ou deixar as coisas rolarem e se for pra ficarmos juntos a vida vai mostrar o que fazermos?!? Eu tão acostumada com a calmaria que sempre vivi, hoje com medo da insegurança que esse sentimento pode me trazer! Deixa rolar mas PÉ NO CHÃO. Não fique achando que na sua ausência ele fica em casa, deitado na cama e olhando pra sua foto, porque ele não estará fazendo isso. Viva sua vida normal, não feche portas, continue conhecendo gente, beijando bocas, cedendo seu corpitcho pra quem tiver vontade, mas não viva em função dele. Se a saudade apertar, pode ser que vingue, mas também pode ser que vocês fiquem nesse lenga lenga eterno. Viva sua vida, deixe rolar o affair, mas não se prive de nada. Caso 03 – Artemis Cony, tenho quase 24 anos e namoro há pouco mais de um ano. Desde a época que ficávamos, achava meu boy meio retraído, até que uma noite, quando trocávamos uns beijinhos mais quentes, ele me contou que era virgem (aos 25 anos!!). Meu mundo caiu porque, pasmem, também não tenho experiência nenhuma. Nosso relacionamento é bacana, mas falta algo a mais, e acredito que seja o sexo. Como não tomava anticoncepcional e seria minha primeira vez, enrolei bastante, até o dia que ficou complicado “segurar”. Acontece que na hora h, simplesmente não entrava. Fui ao gineco e tá tudo normal comigo. Meu médico disse que tenho vaginismo (espessamento do himem + fatores psicológicos) e que por isso ainda não rolou nada. Acontece que mesmo relaxada (até já tomei uns bons drinks pra ficar menos retraída), a dor era forte. Minhas amigas acham fofinho e ninguém consegue me dar conselhos que prestem. Pra piorar, Comecei a tomar anticoncepcional há três meses e agora já não tenho mais vontade de “namorar”, apesar de querer continuar com meu bofe e ter medo de que ele procure na rua o que eu não consigo oferecer. Me ajuda! Sei que você e as leitoras terão boas dicas pra me dar. Ai Artemis, a primeira vez dói mesmo (acho, nem lembro direito da minha hahahaha) mas aguenta a dor da primeira e pronto, é uma vez só. Na segunda já não dói tanto. Usa uns lubrificantes para ajudar a entrar mais suave, e tenta relaxar… mas tenta MESMO. Não sei bem como é isso de vaginismo, mas lembro de uma leitora que tinha zero vida sexual por causa disso mas acho que era outro caso, algo mais grave. Quem souber mais sobre vaginismo conta aqui pra gente? E outra coisa, pra que anticoncepcional? Me conta???? Toma isso não… usa camisinha e quando sua vida sexual ficar mais ativa põe DIU! Caso 04 – Demeter Tenho 33 anos tive um relacionamento de 10 anos e fui casada por 3 anos não deu certo, até que separamos decidi acabou já era, porém tenho um apto para vender e partilhar que está de rosca pela crise no pais e meu ex mora lá então rola uma enrolação também.. (essa seria uma das rendas que necessitaria, explico abaixo) Em outubro de 2015 em uma viagem ao Chile (que já fiz 6 vezes porque sou apaixonada por lá) conheci um conterrâneo seu muito fofo e me trata como princesa e desde então não nos desgrudamos mais (WhatsApp obvio) isso já faz 9 meses, já fui 2 vezes e moramos juntos por 15 dias por 2 vezes em um apto que aluguei lá em cada férias que fui… e foi incrível, logo ele virá pra conhecer minha família também. Sim relacionamento a distância é uma merda, mas confio mais nele a 2.574 km do que meu ex que dormia comigo.. enfim.. E estamos muito apaixonados e um hora teremos que escolher ou lá ou cá. Tenho um trabalho fixo aqui num empresa grande a 6 anos e meu salario não é ruim e o trabalho é tranquilo, porém sou consumista e minha renda sempre está estourada por cartões e hoje não conseguiria morar com ele e bancar tudo até ele se estruturar, lá no Chile ele não ganha tão bem e ainda não tem emprego estável. Bom estou num dilema da minha vida. Sempre amei viajar e tenho muita vontade de passar pela experiência de morar em outro pais, porém não falo espanhol e não tenho nada certo lá como moradia e trabalho, e ele para vir pra cá nessa crise também nos deixa com medo. Fora que aqui a insegurança está pior para se viver está bem tenso e perigoso (moro em SP). Não sei o que fazer, coloquei uma meta de até 2017 me decidir se vou ou não. Ele disse que está disposto a vir, mas a área dele que é publicidade está bem tensa de trampo aqui também e não tem muita grana pra se manter muito tempo. São muitas coisas pra decidir.. tenho que sair do trampo (fazer um acordo para ser mandada embora para também levar grana), ficar sozinha lá sem família, levar minha mudança, arrumar um apto e um trabalho que ouvi que lá não tá fácil também. Mesmo ele sendo um príncipe esta distância também é complicada porque estamos perdendo toda convivência e se conhecer de verdade para saber se essa loucura de largar tudo vale a pena. Será que vale tudo isso por um amor?  A certeza que temos é que vamos ficar juntos isso é fato, mas como? É difícil porque vejo blogs de brasileiros lá e fico confusa com os relatos, mas sinto que a vida lá é mais tranquila e segura e me deixa muito na dúvida. Arriscar tudo ou não?  Ser emocional ou racional? Cuidado com os chilenos… olha que quem te fala é uma chilena… Cuidado rsrs. Tô achando tudo muito cômodo para ele. Você vai nas férias e aluga um apê e ele fica com você. Porque você não ficou na casa dele??? Outra coisa, você diz ter um emprego bom, você teria que largar SEU emprego, alugar apto para ir morar com ele. Cadê ele se mexendo pra alugar apto pra vocês??? Outra, ele não tem emprego fixo, e você vai deixar o seu para viver de que? Se tem uma coisa que aprendi é que esse papo de um amor e uma cabana NÃO EXISTE. Sinceramente? Eu não iria. Faria ele se mudar para cá afinal aqui você já tem casa e trabalho, lá seriam dois sem casa e sem trabalho. Coloque na balança, já que ele não tem nada seguro no Chile, que venha pra cá e tente algo aqui. Se achar um emprego, maravilha. E nisso vocês podem ir testando a convivência também. Você largar tudo para viver um amor que nem sabe se dará certo – porque namorar a distância é uma coisa, dormir e acordar todos os dias com a mesma pessoa é ouuuuutra coisa – não é muito inteligente nem racional… Quatro Choras hoje hein! Vamos acelerar para conseguir abrir de novo a caixa de mail para novos casos! Vamos comentar gente, vamos aconselhar essas meninas angustiadas!!

    Leia Mais

  • Fala Que Eu Te Escuto – Férias em NY!

    Gostei dessa dúvida: “Boa tarde! Adoro o seu blog,  faz parte da minha leitura diária entre a minha correria diária de trabalho, filhos, casa, marido (sou mãe de 3 crianças) Não consigo comentar mas estou sempre presente!!! Vou pela primeira vez para Nova York em agosto, com a família toda, incluindo sogra, cunhada e etc… Já pesquisei e estou perdida com relação ao que levar, só encontro sugestão para frio. Estou indo no verão, como não conheço o lugar, não sei o que levar para sair à noite. Tenho 41 anos, 1,70 M e meu manequim é 38. Posso dizer que sou falsa magra, não tenho quadril, mas tenho bumbum empinado e perna fina. Já não sou nenhuma garotinha mas não queria fazer Feio na viagem! Será que você poderia me ajudar? Um grande beijo! Tatiana“ Tati, primeiro vamos às temperaturas em NY em agosto… Fica por volta dos 27°c e é MUITO úmido. Mas muito mesmo. A mínima é uns 18° conforme o The Weather Channel. Não se preocupe em roupas muito chiques, salto alto, brilhos e paetês. Nova Iorque é minimalista, a mulherada mal usa estampa, gostam de cortes retos, de usar preto, caqui, e como você vai estar turistando com a família toda, a sua preocupação maior será o conforto. Mas um conforto arrumadinha. Vejamos: Vamos supor que esteja muito quente. Use um short fresquinho, uma regatinha preta e um sapato confortável. Uma sapatilha rycah e linda é necessária, mas também precisa ser boa para bater perna. A bolsa pode ser uma mochila de madame preta ou uma bolsa com alça comprida para atravessar no corpo e ficar com as mãos livres. Brincos pequenos. Você vai provar muitas roupas lá (vai que eu sei rs) e acessórios grandes só atrapalham! O tempo tá mais ou menos? Tá calor mas não tá calooooor? Use o mesmo shortinho com uma camisa branca (que pode ser uma camisa jeans também). Aqui a opção com uma alpargata e a mochila de madame! Ah, se quiser, pode usar uma regatinha justinha por baixo das camisas, se esquentar, tira a camisa e amarra na cintura! Já bateu muita perna e a programação do dia tem uma paradinha num restaurante de tardinha ou um museu? Vamos caprichar mais um pouco: blusa certinha ao corpo listrada, short de alfaiataria preto, aquela sapatilha rycah e um cardigã branco. LUXO! A bolsa fica a sua escolha, mas para algo mais arrumadinho eu não iria de mochila. Mais um dia de bateção de perna mas hoje está nublado meio esquisito meio frio… Jeans boyfriend, tênis e cardigã. Dependendo do frio, vale um trench coat azul marinho ou cáqui. Vai ficar FINA!  Quer se sentir uma new yorker ou uma turista fina mas low profile? Jeans rasgado, camisa branca e oclão. Hoje tem Broadway. Não precisa ir mega arrumada! Uma boa pantalona preta com aquela blusinha listrada vai ficar perfeito. Nos pés, a sapatilha rycha. Não coloquei nenhum salto porque a gente mal usa salto lá, ainda mais de turistona. Se quiser, leve uma anabela preta ou nude mas acho que nem vai usar. Ah, jaqueta jeans tem que ter. Ah vai rolar jantar arrumadinho com o marido? Look total black. Sem dúvida. Se quiser ousar um pouco, leve um casaqueto de lurex. Uniforme de bater perna em NY: legging, camiseta ou regata, tênis, cardiga (ou jaqueta jeans) e mochila chique. Tati, eu poderia montar looks eternamente mas chega né? rsrs já deu pra pegar a idéia! Como você percebeu, eu repeti algumas peças para montar produções para diferentes tipos de passeio e isso é ótimo para otimizar a mala! Adicione um trench coat (eu compraria lá), uma camisa jeans, uma pashmina em cor neutra, um lenço bacana e camisetas de malha boa (branca, cinza mescla, preta). Um cardigã preto também é bem vindo. Tudo isso para evitar passar frio CASO a temperatura caia, mas acredito que será apenas apoio. Para as peças do dia a dia escolha alfaiataria, tênis street, bolsas que deixem as mãos livres, acessórios pequenos, óculos de sol e um cartão de créditos sem limite hahahaha. Você vai amar NY! Boa viagem e espero ter ajudado.

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Piercing Falso de Argola Rycah

    Mas vocês são muito espertas! Não demorou NADA para eu ser marcada em várias fotos no Insta me contando onde tem a tal argolinha milionária Vivara Inspired. Achei umas bem dignas viu? Olha só: 01 – It Stone, R$ 89,90 (LINK) 02 – Bijoux Net R$ 84 (LINK) 03 – Cae R$ 168 (LINK) 04 – La Valentina (LINK) 05 – Bravo Jóias R$ 44 (LINK) 06 – Escalda R$ 49 (LINK) 07 – Montecarlo R$ 829 (essa com ouro e diamantes MESMO LINK) Obvimante eu já consumi uma dessas dicas… vamos aguardar pra ver se é boa e vai fazer valer a dor de cabeça (literalmente) rsrs. Obrigada pelas dicas meninas!

    Leia Mais

  • Trend Alert – Babados!

    Muitas já devem saber, mas é sempre bom deixar registrado: nosso verão será do BABADO! Literalmente! Várias grifes gringas deram o grito em suas coleções de outono/inverno, primavera/verão de 2016 e reforçaram nas coleções resort de 2017. Ou seja, vai ter babado sim e se reclamar, vai ter mais. Balmain Primavera de 2016 Balmain Primavera de 2016 Balmain Primavera de 2016 Balmain Primavera de 2016 Balmain Primavera de 2016 Alexander McQueen Primavera 2016 Alexander McQueen Primavera 2016 Alexander McQueen Primavera 2016 Jason Wu Primavera 2016 Jason Wu Primavera 2016 Jason Wu Primavera 2016 Louis Vuitton Resort 2017 Louis Vuitton Resort 2017 Sachin & Babi, não conhecia mas já considero pacas! Lindos vestidos! Quem quiser ficar na moda e acompanhar essa tendência já pode ativar o ¨olho de Thundera¨!

    Leia Mais

  • Tem Jeito Decor 13 – Chegamos na cozinha!

    Olá turma do Fufu! Como estou com uma boa quantia de Tem Jeito Decor atrasadinha, hoje vou soltar mais um. E assim como eu já fiz no Snap, Instagram AND Facebook… vou reclamar aqui do frio de 2ºC que me assola. #picoLelo Finalmente chegamos até a cozinha no TJD. A Ana Carla, essa linda, mandou imagens da cozinha GENEROSA que ela tem, e que está sofrendo de parede pelada. Pega uma caneca de chocolate quente e #vemkotio! “Lelo, bom dia!!! Espero que esteja tudo bem!! Lelo, amo sua coluna no fufu, aguardo os domingos ansiosa pra te ler!! Acho suas dicas de muito bom gosto!! Lelo, quero enviar para o parede pelada. Tenho uma cozinha que esta com a parede tao sem jeito e gostaria muito de uma dica sua. Vou te passar a foto  (anexo) Super beijo e muitoooo obrigada por criar essa coluna ; ) Desculpe a qualidade das fotos É essa parede brancona com a janela no meio.. Saiba que tinha vários eletrodomésticos na bancada, tirei o excesso porque li sua dica kkk Ana de Vinhedo/SP” Eu só fico imaginando como são as reuniões de família nessa casa. As tias todas se revezando entre maionese e lavar a louça, a mãe fazendo nossas comidinhas preferidas os primos se enchendo de cerveja, os tios cuidando da carne… Êeeeee trem bão! Mas foca no trabalho Marcelo Roberto (sim, eu eu tenho nome e é composto). Ana meu bem, eu sei que você chamou o ChapôLelin Ccolorado para falar da parede no fundinho. Mas eu pre-ci-so falar de outra coisas tbm… tipo: Uma TV aquática? Eu não sei porque ela está ali, mas no fundo do meu coração eu imagino que tenha alguma área externa onde ela fica toda exibida quando está rolando um festerê e vocês apenas estacionam ela na bancada às vezes… MAS caso ela realmente habite a cozinha, minha sugestão é mudar ela de lado ali entre os fornos e o refrigerador… O que eu faria, é um fechamento para o refrigerador, combinando com a torre de fornos. Quando esse eletro é simplesmente colocado num espaço onde não há delimitação ele fica muito “perdido”, parece que quem fez a cozinha esqueceu e depois que o cômodo ficou pronto viram onde sobrou espaço pra geladeira ficar. Sem o painel e sem revestimento “emoldurando” uma caixa metálica desse tamanho essa sensação ficou ainda mais explícita. E eu espero que o pessoal da sua casa seja alto, porque no olhômetro me parece que aquele microondas tá mais alto que o ideal que é a base dele entre 130 e 140 centímetros do chão. O Televisor ali entre eles – caso a ideia seja ter uma TV na cozinha, deixaria tudo mais harmônico e equilibrado.   Mas agora vamos para o que te incomoda, que é a parede do fundo. Sua casa tem um ar de casa do campo, com madeiramento aparente, lindos ladrilhos hidráulicos, bastante iluminação natural e uma composição elegantérrima de cozinha branca, granito preto e móvel em madeira. Caso ainda não tenha feito os balcões abaixo da pia, mantenha eles em branco pra não tirar a nobreza da mesa e da torre de eletros. 1- Eu pintaria a parede do fundo num tom de cinza médio, igual o que você já tem nos ladrilhos, uns 25 cm acima da janela colocaria uma prateleira de madeira com profundidade de apenas 15cm, para colocar alguns ( poucos ) itens de decoração, como quadros e um über relógio – tô falando enorme mesmo. Como eu estou muito artístico DIY hoje, fiz um desenho insolente pra ilustrar: Pablo Picasso ressuscitou só pra poder se matar de novo em protesto ao meu dibujo nos quadrinhos dessa obra de arte produzida no PAINTBRUSH. A cor cinza dará profundidade e não vai pesar pois a parede ao lado (que tem as arandelas) continua branca. 2- Uma outra opção é descer com o revestimento de madeira até a altura que ele tem na parede da pia, e usar dois itens de decoração como quadros ao lado da janela. Como a madeira vai imperar nessa opção, pode manter a parede branca. E não, vocês não estão salvos, eu fiz mais dois desenhos kidgarden inspired: Lembrando que a parede não precisa ficar  fechada de itens para deixar de ser pelada, a ideia é vestir, mas não precisa ser um terno completo. Numa terceira opção, como você tem um tom RYKO de vermelho nos pendentes e numa parede eu decoraria a parede com diversos pratos antigos de porcelana, de maneira BEM bagunçada, sem ordem de tamanhos e formatos, apenas mantendo a cor de todos em vermelho: Como pôde perceber, também mantive essa decoração da metade pra esquerda, onde o pé direito (altura do chão ao teto) é maior. Assim teremos o vazio, que eu já contei que é importante aqui. Agora, aquela hora linda de agradecer vocês pelo carinho, por seguir a patroa mais linda da bloguesfera aqui no Intagram e no Snapchat ( sempre como Futilish ) e euzin como TioLeloFoz. Meu coração transborda de felicidade com vocês comprando na loja online do tio, quem não conhece é Lelo Design. Pra quem quer participar do Tem Jeito Decor, é só mandar mensagem com as fotos para o email abaixo: As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.    

    Leia Mais

  • Desejo – Piercing de Argola Milionária

    Já tem um bom tempo que cismei com um acessório que não acho em lugar NENHUM! Trata-se de uma argola com umas três corridas de pedrinhas (que podem ser zircônias ou diamantes rs) para por no meio da orelha. Não é bem um piercing, eu diria que é mais tipo uma abraçadeira de orelha rs. Cismei porque vi umas meninas usando e fiquei maravilhada com o efeito lindo que dá na orelha mas NUNCA, NUNCA achei para vender até o dia que passei em frente a Vivara (semana passada) e vi uma foto gigantesca da Gisele Bundchen usando uma. Pensei: é agora que mato essa vontade! Não deve ser tão caro assim! Entrei e pedi o brinco da Gisele. A moça disse ¨Ah, o piercing? Você deu sorte, só tem mais um, quando chega, acaba na hora!¨. Já estava mentalmente cantando a musiquinha da vitória quando ela trouxe o brinco assim na mão mesmo, o que reforçou minha teoria que seria uma peça não tão cara. Se fosse jóia jóia, viria em bandejinha né? Vi que era de pressão, coloquei facilmente na orelha mas apertou TANTO que deu dor de cabeça imediatamente. Falei com a vendedora que estava doendo e ela me disse que não teria problemas, já que a Vivara tem um ourives de plantão que deixaria na pressão exata para mim. Perguntei o material: ouro branco com diamantes. Aí meu sensor de coisas caras apitou… Perguntei o valor e quase caí pra trás: R$ 2.190. Sim, dois mil reais.  Brinquei com ela… Moça, não vou pagar dois mil num negócio que dói e dá dor de cabeça né? E ela, ah mas a gente divide de até 10 vezes. Nem assim amiga, deixa eu sair com o rabinho entre as pernas e rezar para achar um inspired por aí! Querem ver como fica??? Assim ó: Olha o da Gisele… eu quero para colocar mais embaixo, no meio meio e abraçando a orelha, como nas outras fotos. Repeti uma foto porque até foto do bichinho é difícil de achar. Acho lindo, maravilhoso, chiquérrimo e descolado, mas R$ 2 mil num negócio que dói e que se diminuir a pressão pode cair em qualquer lugar, não obrigada. Ainda não cheguei nesse nível de loucura. Agora a pergunta do milhão, alguém já viu algo parecido por aí?

    Leia Mais

  • Dica da Leitora!

    Agora sim! É sexta feiraaaaa, é sexta feiraaaaa! Hoje acordei com desejo de comer fondue! Espero achar… alguém sabe de algum lugar bacana em BH?? Enfim, vamos aos achados das meninas? Dica 01 – Aryelle Achados da Zara! Mocassim FOFO, de R$ 199 por R$ 139 e camisa listrada básica tem que ter por R$ 59! Dica 02 – Camila Camila você não imagina o gritinho que dei quando vi seu achado! Menina eu estou DOIDA atrás desse sapato! Muito lindo! R$ 159 e a jaqueta bomber de menina delicada e meiga por R$ 199. Ah, tudo da Renner! Dica 03 – Juliana Cony está desmaiada com o achado da Juliana! Ela viu essa jaqueta na Forever 21 e lembrou do post sobre Como Usar Paetês! Deixa eu te contar que também vi essa jaqueta na Forever 21 daqui de BH e namorei um tempinho mas não levei

    Leia Mais

  • Presentes Para Quem Tem TUDO!

    Aposto que você tem uma amiga que tem tudo e quando precisa dar um presente pra ela não sabe o que comprar né? Pois é, eu tenho algumas assim e sempre escuto que TAMBÉM sou uma dessas pessoas difíceis de presentear… Pensando nisso, resolvi fazer uma listinha com alguns itens que todo mundo ama ganhar, e se você tiver mais dicas, é só falar nos comentários! Acho que este post vai virar utilidade pública hein! Almofadas da FOM (ou de outra marca, apenas exemplifiquei aqui com a FOM): gente, ganhei essa colorida e NÃO DESGRUDO DELA. Delícia demais, sempre é bom!  LINK Presentinhos da Imaginarium. Tem TANTA coisa legal lá! Essa árvore de luz é a coisa mais linda do mundo. LINK Papelaria personalizada. Acho chique! Tem bloquinhos, agendas, daily planner… esses são da Paperview LINK Meias! Todo mundo ama ganhar meias! C&A, LINK Chocolates! No meu caso, amargo ok? Kopenhagen LINK Copinhos para nunca esquecer de beber água. Os da Renner estão lindos! LINK Camisolas e pijamas! Outro presente que é sem erro. Vale a visita na Loungerie LINK Calcinhas! SEMPRE! É bom checar o tamanho da amiga antes viu? Tem na Renner e Jogê uns kits fofos! LINK E nécessaires e organizadores! Uma vez ganhei um organizador de lingerie para viagens que usei até acabar! Foi um dos presentes mais acertados que já ganhei! Esse kit da Organizzata é bem útil. LINK   Tem mais dicas de presentes para quem tem tudo?? Conte nos comentários!

    Leia Mais

  • O Conto de Fadas da Fendi

    Semana passada, mais precisamente no dia do meu aniversário (7 de julho), aconteceu em Roma o desfile mais maravilhoso dos últimos tempos. Primeiro: em Roma, da minha queria Itália Segundo: na Fontana di Trevi, reinaugurada há pouco tempo (quando fui ela estava ainda em obras

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Recebi uma surra de emails pro Chora e novamente suspendo o recebimento de depoimentos até segunda ordem, ok? Na medida do possível publicarei 4 casos ao invés de 3 para andar mais rápido. Vamos lá! Caso 01 – Marcela ¨Cony, oi. Há algum tempo considerava escrever para a sessão do Chora mas nunca tinha tomado coragem até o momento. Meu problema são muitos e creio que tenha pouco a ver com o que geralmente leio na coluna. São quatros pontos cruciais que se encaixam para a minha situação atual e vão ser um tanto longos, por isto já me desculpo. 1. Tenho atualmente 21 anos e sou vestibulanda de Medicina há quatro anos. Sempre soube que era isto que queria e uma vez que me decidi pela carreira não larguei mais o osso. Eu estudo muito, praticamente minha vida é centrada ao redor disso. Até o momento presente nunca passei em nenhuma universidade pública (embora tenha passado em uma particular a qual não tenho condições de pagar e que não possui FIES). Como me dedico a passar em uma universidade pública, minha vida social é próxima de nula. 2. Tenho amigos, nunca foi um setor do qual eu pudesse reclamar. Amizades antigas que datam mais de 10 anos, amizades da época do colegial e amizades do próprio ambiente do cursinho. Meus pais moram juntos, apesar de erem um relacionamento complicado, e atualmente minha mãe está com câncer e meu pai desempregado. Meu irmão mais novo tem um espectro do autismo, a síndrome de Asperger por isso as coisas nunca foram exatamente fáceis. 3. Nunca estive em um relacionamento que durasse mais que um dia e sou virgem. Meu primeiro beijo foi tardio, aos 19 anos em uma balada com um cara que nunca mais vou ver na vida. Depois disso beijei apenas duas outras pessoas também em ocasiões similares. Sinto vergonha, apesar de estar ciente de que é uma besteira e não deveria, e por isto apenas minhas amigas mais antigas sabem disto. Todas as minha amigas namoram e frenquentemente eu me pergunto o que há de errado comigo. 4. Sou uma pessoa muito ansiosa e provavelmente devo ter algum grau de depressão. Tenho pensamentos suicidas frequentes mas devido a conjuntura atual da minha família eu sempre decido não perdurar muito em tais ideias (meaning que eu não seguiria em frente com nada). Já busquei tratamento psicológico mas nunca consigo me adaptar às terapeutas e atualmente com a situação econômica é virtualmente impossível procurar outro tratamento. Minha autoestima é próxima de não existente. Reconheço que se trata de assuntos diferentes mas no fim eles trouxeram a mim à situação atual em que tudo que eu desejo é morrer. Não desejo falar nada aos meus pais pois os problemas deles já são muitos, meu irmão não possui a maturidade necessária para me ajudar, ajuda profissional, como mencionei, é inviável. Não quero incomodar meus amigos – qualquer que sejam eles – com meus problemas porque sinto que toda vez que é minha vez de falar eu só despejo o caos que é minha vida. Eu procuro permanecer o mais estável possível, continuo a estudar e a realizar simulados, estou à procura de emprego para auxiliar minha família. Participo, na medida do possível, da vida dos meus amigos, ajudando, rindo, estando presente. Procuro tentar “me colocar” engajando em conversas com um crush. E ao mesmo tempo eu acordo todos os dias e tudo que sinto é um vazio imenso e uma vontade de dormir, um sono sem sonhos, para sempre.  Aceito qualquer tipo de conselhos que você ou qualquer uma das leitoras tenha a dar (exceto, talvez, o clássico “cada coisa tem sua hora e a sua vai chegar” que honestamente me faz querer chorar e gritar).¨ Uh, deixa eu respirar aqui. A cada parágrafo meu peito apertava mais um pouco. Menina, você está se mantendo forte demais e uma hora isso pode desmoronar. TODO MUNDO TEM PROBLEMAS, todo todo mundo. Acho que você deveria desabafar com seus amigos SIM, amigos são para isso e você está num momento que precisa falar falar falar e ouvir muitos conselhos ou pelo menos ter um ombro onde encostar e VOCÊ TEM! Vamos por partes: 1 – Uma hora você vai passar. Pode gritar e chorar mas é a verdade. Você vai passar e fará sua faculdade de Medicina. Não desista e sinto que não vai desistir mesmo, continue centrada É QUESTÃO DE TEMPO SIM POHAN. Não tem outra resposta. 2 – Você tem amigos, maravilhoso. Sua família está passando por momentos difíceis, seja PARCEIRA, e não o pilar da família. Você tem suas fraquezas também, não precisa ser a perfeita, estudiosa, ou o peso de seus pais. Seja leve em casa, motive seu pai, motive sua mãe que precisa MUITO de você e cuide seu irmão. Faça isso naturalmente, é a sua família! É o que a gente faz normalmente, faz no automático, não se exija quanto a isso, apenas pratique o amor dentro de casa. 3 – Você não namora, nunca namorou e tem 21 anos. Grandes bostas hahahahahaa. Sério mesmo, eu no seu lugar o que eu menos iria querer nesse momento é um namorado. Homem dá muita dor de cabeça e você não precisa de mais uma coisa para se preocupar. Relaxe, saia, se divirta como puder. Se rolar de ficar com alguém fique, mas no fundo no fundo, não faça disso uma prioridade em sua vida. Você tá muito nova e tem muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito o que viver ainda. Acredite, pode excluir esse ponto. 4 – Pensamentos suicidas. Bacana hein? Uma moça doida pra fazer Medicina, quase lá, cheia de amigos, com uma família que precisa de você, sua mãe lutando pra viver e você querendo desistir? SÉRIO ISSO? Páre JÁ de pensar bobagem! O fim da nossa vida não é a gente que decide não! Nem é algo a ser pensado! Pode estar difícil agora, pode não estar sendo do jeito que você sonhou, pode não ser uma vida cor de rosa, podem aparecer problemas novos todos os dias mas sabe o que isso significa? QUE VOCÊ ESTÁ VIVA, VIVENDO E APRENDENDO! Pode estar pesado, mas saiba, vai ficar leve! FATO! Tenha paciência, se ame, você é perfeita!!! Um dia você vai lembrar disso tudo e pensar: putz, como eu era boba… Estamos conversadas? Ânimo, ame seus pais, seu irmão, cobre a amizade dos seus amigos (eles estão aí pra isso), estude estude estude, passe em Medicina e para cuidar de mim quando eu estiver velhinha. Combinadas?     Ganhou 2 quotes! Caso 02 – Alessandra ¨Tenho 29 anos, casada há 10. Meu marido é uma EXCELENTE pessoa, aquele típico marido que beija o chão onde eu piso, e não mede esforços pra me fazer feliz. Eu sempre fui feliz com ele, justamente porque ele sempre foi uma ótima pessoa, um grande amigo. Mas o olho nunca brilhou, e nunca tive borboletas no estômago. Até que, há cerca de 1 ano, comecei a perceber que estava tendo um crush num amigo. Sabe aquele tipo de pessoa que você pode conversar por horas a fio, que o assunto nunca acaba? Aquele tipo de pessoa que parece adivinhar seus pensamentos, e que combina com você em praticamente tudo? Pois é. O problema é que esse amigo é casado também. E eu também sou amiga da mulher dele, que também é amiga do meu marido. Ou seja, são dois casais amigos. Eles também são casados há um tempão, e tem uma relação que, à primeira vista, é perfeita. Sempre parecem felizes, amigos, companheiros. Justamente por isso, eu ficava aqui alimentando minha crush, mas sem nunca achar que teria a menor chance. Total amor platônico. Até eu descobrir que tinha chance sim. E que tudo que eu sentia pelo meu amigo era correspondido. Enfim, foi um choque para nós dois, ficamos sem saber o que fazer, totalmente perdidos. Nunca tivemos nada, nem um beijo, nada. Mas as conversas são totalmente explícitas, ele já disse com todas as letras que está apaixonado por mim. Mas, apesar disso, já concluímos que jamais teremos um caso, porque as outras duas pessoas envolvidas são especiais demais para serem sacaneadas desse jeito. Agora eu me encontro nessa situação horrível, porque não quero magoar meu marido, NUNCA, JAMAIS. Mas, ao mesmo tempo, o coração bate forte pelo amigo, o estômago fica cheio de borboletas voando pra tudo quanto é canto, os olhos brilham… Tenho considerado a possibilidade de me separar sim, afinal, claramente não amo meu marido. Mas tenho 99,99% de certeza de que meu amigo jamais se separará da mulher dele, porque ele é uma pessoa muito correta, que nunca teria a coragem de magoá-la. É uma relação de muitos anos também, eles são super amigos, enfim, não imagino eles separados. Então acabo ficando na dúvida… mesmo que meu amigo nunca se separe, seria justo eu continuar com meu marido, sabendo que não o amo? Não seria melhor recomeçar minha vida (afinal, sou nova ainda), se não com o amigo, com alguém que um dia possa aparecer? Ou seria melhor dar valor a uma pessoa que sempre foi muito boa pra mim, e sempre me fez “feliz”? Enfim, estou desesperada. Se alguém puder me ajudar, agradeço!¨ Separa. Você quer isso e essa vontade está em cada frase sua. Mas uma curiosidade: onde, como e quando você conversa intimidades com esse seu amigo? Cuidado pra não dar mierda grande hein… mas voltando aqui, miga, você não não sente nada pelo seu marido. Ele é bacana e tals, mas é isso? Viver no morninho te satisfaz? Se isso pra você está ok, continua… mas vai ser sempre aquela coisa sem graça, apenas pelo seu comodismo. Isso tudo baseada no que você contou ok? Quanto ao seu amigo, esquece ele. Separando ou não separando, corta isso já! Pode ser que você se separe e ele também, eu acho bem possível… se ele realmente está afim de você, acho muito mais digno isso acontecer quando nenhum dos dois tiver mais vínculos com os parceiros. Você não está FELIZ, você está ¨feliz¨. Isso te basta? Acha que pode se apaixonar novamente pelo seu marido? Acha que está pensando em separar só por causa do outro carinha ou isso é inerente ao crush? Pense nisso… mas a resposta acho que você já tem. Sei que vai ter gente falando para lutar pelo seu casamento, não deixar o amor acabar mas sinto um desânimo forte na sua fala… Sei não, eu tomaria outros rumos, outros ares. Ainda mais tendo apenas 29 anos. Caso 03 – Paula ¨Cony, sou seguidora assídua, dessas que entro quase todos os dias pra ler seu blog e tive que tomar muita coragem pra escrever e expor meu problema. Tenho 25 anos, sou formada e bem-sucedida. Namorei por 6 anos, fiquei noiva, e 6 meses antes de me casar conheci uma pessoa, me apaixonei e larguei tudo. Não por causa dessa pessoa, mas porque ela foi a personificação de um problema que existia. Nunca me arrependi por essa decisão, mesmo sendo vista como megera pelo meu ex, sua família e alguns amigos. Acontece que essa pessoa por quem me apaixonei, namorava há 10 anos. Ele também terminou pra ficar comigo, ficamos juntos por 4 meses e foi incrível. Mas a ex não sossegou até fazê-lo voltar. Não tiro a razão dela, 10 anos é muito tempo mesmo. Sofri muito, cheguei a esbarrar com eles algumas vezes e até passar mal. O grande problema não foi porque ele voltou o relacionamento, mas porque voltou e continuou me procurando, dizendo que estava sofrendo, que eu poderia ser o amor da vida dele. Foram 2 anos da minha vida assim, me sentindo sozinha, vendo minha autoestima indo pelo ralo…Ele me dizia que tava em um dilema, que era muito difícil, que me amava, mas aí eu entrava no instagram e tinha uma linda foto dos dois. Até que eu conheci uma outra pessoa. E me permiti me envolver. Ele é incrível, somos formados na mesma área, temos sonhos parecidos, é lindo e me trata como uma princesa. Não estou apaixonada, não é um sentimento avassalador como foi com o outro, mas ele me traz paz, gosto demais dele e é a minha chance de esquecer toda a história que me fez tão mal. O problema é que o outro descobriu, surtou, terminou o namoro, disse que não quer me perder e me deu um prazo. Uma parte de mim queria arriscar. Mas nossa história não vai começar do zero, tem uma bagagem muito grande e eu sempre vou me questionar por quê ele demorou tanto pra “descobrir” que era comigo que ele queria ficar. Ele já me machucou demais, mas ao mesmo tempo, não consigo me livrar desse sentimento. Alguém já passou por algo parecido e poderia me ajudar?¨ AMIGA FUJA PARA AS MONTANHAS! E de preferencia, SOZINHA! Meu, só consigo ter muita pena da ex desse cara e achar ele um grande cachorrão! Pense que o que ele fez com ela, pode facilmente fazer com você! O cara voltou pra namorada, postando felicidade em rede social e te procurando ainda? Não vale NADA. Nada mais a dizer. Esquece ele, não vale a pena, vai te fazer sofrer e se for o caso, fique com o rapaz novo sim, nem que seja pra você esquecer um pouco o cachorrão. ¨Ah mas não quero magoar o rapaz…¨ Você pode até se apaixonar por ele sabia? Tente, de leve, aos poucos e se organize. É muita treta pra pouca pessoa.  Caso 04 – Monica ¨O título é chora, mas eu não vou chorar não. Acompanho os “choras” desde o começo e queria aqui fazer o contrário. Sorrir! E sorrir junto é mais gostoso, não é?! Por isso vim dividir um pouco minha história. Desde a adolescência sempre fui muito insegura. Achava que os meninos não gostavam de mim, que não tinha amigas, que não era suficientemente inteligente. Estava sempre me colocando para baixo e me comparando com as outras pessoas. Comecei a namorar super cedo, aos 16 anos, e esse namoro durou quase 11 anos. Foi uma história cheia de coisas bonitas, mas muito conturbada. As inseguranças sempre vinham à tona e o namoro acabou de uma forma muito feia, numa história cheia de traições e falta de sinceridade. No meio disso tudo, existia uma angústia muito grande com relação à profissão. Eu nunca tive certeza do que queria. E mesmo quando descobri dentro da profissão uma área que eu gostasse, nunca consegui entrar no mercado de trabalho nessa área, o que só piorava o meu emocional. O fato é que com o fim do namoro eu fui pro fundo do poço. Todas os sonhos que eu havia construído tinham virado fumaça. E eu não sabia o que era ser adulta sem ter um namorado do lado. Eu era co-dependente daquela relação. E agora? Eu não sabia quem eu era, do que eu gostava, quem eram meus amigos e que rumo seguir na profissão. Foi duro, mas tive que aprender. Na marra! Tomei remédio e fiz acompanhamento psicológico, tudo para me colocar nos eixos novamente. E eu encontrei sim meu eixo! A dor passou, o sorriso veio, e comecei a compreender o amor de uma forma diferente. Comecei a sentir o amor próprio! E com ele, acabei descobrindo a liberdade, a segurança, a força e a coragem. Agora eu sabia quem eu era e do que gostava. Eu era de novo a única responsável pelas minhas escolhas e minha felicidade. Hoje, com 30 anos, posso dizer que nunca fui tão feliz na minha vida. Não porque algo me faz feliz, mas porque hoje eu SOU feliz. Descobri que a felicidade vem sim de dentro. Claro que algumas coisas me entristecem e enfurecem, mas os sentimentos ruins são passageiros, pois sou eu que escolho o que vou fazer com eles, se vou deixar eles me dominarem ou não. Minha escolha hoje é ser feliz! então eu respiro fundo, e vivo um dia após o outro, sempre com pensamento positivo e alegria no olhar! Sei que meu relato sai um pouco do contexto, mas espero com ele ajudar algumas meninas e enxergar que sempre há luz no fim do túnel! Nada nessa vida é para sempre. Lembrem-se: “não há mal que nunca acabe, não há bem que sempre dure”! Beijos no coração.¨ Que lindo esse último caso hein? Fico feliz quando vejo a mulherada reconquistando o amor próprio! Gente, é SALVADOR! Resolve os problema tudo hahaha. Bom, como falei no início do post, NÃO ENVIEM MAIS CHORAS. Tenho material para uns 3 meses mas farei passar mais rápido, ok?

    Leia Mais

  • Tem Jeito??? – Jaqueta Xadrez

    A Socorro está pedindo socorro para esta jaqueta! Vejamos o que aconteceu? ¨Olá Cony! Adoro seu blog!  Comento pouco, só mandei um DDL, mas estou sempre por aqui, viu? Leitura diária obrigatória, rsrsrsrsrs… Adoro o seu estilo, e por isso acho que você é a pessoa mais indicada para me dar umas dicas. Comprei uma jaqueta bege de modelagem linda, que uso muito. Gosto tanto dela que quis fazer outra do mesmo modelo, e, para mudar totalmente a cor, acabei escolhendo um tecido xadrez, já que não tenho nada com essa estampa. Na hora que vi o tecido gostei muito! Levei na costureira e ela fez super bem acabada, um capricho só! Aí fiquei esperando um momento para usar e ele não apareceu. Engravidei, tive minha filha, engravidei de novo, tive meu filho (isso tudo em menos de dois anos), e agora, com uma rotina super corrida, estou tentando looks mais básicos, já que quase não tenho tempo para pensar na produção. Tenho 37 anos e ainda estou um pouco acima do peso. Incorporei o tênis à minha vida (street), inclusive no trabalho, já que o ambiente não é tão formal, mas ainda não consegui inserir essa jaqueta nos meus looks. Resolvi fazer AQUELA faxina no meu guarda-roupa, até  para visualizar tudo o que tenho e facilitar a minha vida, e aí vejo a jaqueta e só consigo pensar num look todo preto ou todo branco com ela. Acho que ela tem muita informação e tenho medo de exagerar… E aí querida Cony? Tem outras possibilidades para essa jaqueta? Ela combina com tênis? É uma peça difícil? Passo adiante? Ou tem jeito? Um grande beijo!¨ O modelo da jaqueta é bonito, a costureira é realmente boa, o xadrez é bacana MAS NÃO funcionou. A sua suspeita é válida Socorro… tem muita informação aí. O modelo da jaqueta por si só já tem muitos detalhes, recortes, zíper, um cintinho… Sabe quando você olha uma roupa mas não entende direito? É tipo isso. O xadrez fica lindo em peças mais básicas, mais secas (imagino um tubinho MARA com esse tecido, ou uma calça cigarrete, ou até mesmo uma saia lápis) mas na jaqueta, ele pesou e ficou confuso. E se já se passaram dois anos (ou mais? Até perdi a conta…) e você ainda não usou. Melhor desapegar, sem dó! Além da jaqueta ser difícil, está com cara de 10 anos atrás e hoje em dia tem tanta coisa mais linda que é injusto ela ocupar espaço no seu armário! Pode ser que vire moda? Pode, mas se virar, aparecerão outra mais modernas. Tem jeito NÃO! Desapega!

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Camisa Jeans!

    Com um dia de atraso, seguem as dicas de onde comprar uma bela camisa jeans! Para quem não viu o post sobre como usar, clique Como Usar – Camisa Jeans!. 01 – AMARO R$ 159 LINK 02 – Animale R$ 329 LINK 03 – C&A R$ 99 LINK 04 – C&A R$ 119 LINK 05 – Costume R$ 189 LINK 06 – Leeloo R$ 398 LINK 07 – Levi’s R$ 179 LINK 08 – Levi’s R$ 199 LINK 09 – Maria Filó R$ 209 LINK 10 – Maria Filó R$ 299 LINK 11 – Marisa R$ 79 LINK 12 – Marisa R$ 79 LINK 13 – Marisa R$ 99 LINK 14 – Renner R$ 79 LINK 15 – Renner R$ 129 LINK 16 – Tommy Hilfiger R$ 449 LINK  Ó, na minha humilde opinião, acho que não precisa pagar caro numa camisa jeans para ter uma boa e de qualidade. É só saber escolher uma boa modelagem (mais acinturada, um pouco mais comprida, bons botões), um tecido ok (as jeans são quase todas iguais, as caras e as baratas), boa costura (as de fast fashion são bem dignas) e a lavagem que desejar, clara, média ou escura. Eu tenho camisa jeans de R$ 700 e de R$ 70 e confesso que uso mais as mais baratas! Então é só praticar o bom gosto na hora de comprar e ser feliz com um item que será SUPER usado!

    Leia Mais

  • A Mistura do Brasil Com o Egito

    Um conto de fadas da vida real: uma modelo brasileira, linda, láaaaa de Itabira (interior de Minas Gerais), de 34 anos, 1,82 m, 57kg e consagrada internacionalmente, namorou por 4 anos um empresário egípcio e se casou dias atrás em Mykonos, Grécia. A verdadeira mistura do Brasil com o Egito. A comemoração ecumênica durou 2 dias, já que o noivo, Karim é muçulmano e Ana queria tudo o que tem direito. No dia 8, foram cerca de 700 convidados, numa festa que teve DJs famosos, Earth Wind and Fire, todo tipo de comida e só gente… bonita. Vem ver O casamento: Ana e seu vestido Valentino. Anja, a filha de Alessandra Ambrósio, foi uma das daminhas! Nunca vi tanta madrinha linda hahahaha. Tô até incomodada! A cartela de cores para elas foi nude e rosa! Reconheceram várias tops aí né? Alê Ambrosio, Fernanda Motta, Isabeli Fontada, Jeisa Chiminazzo. Agora algumas convidadas! Lalá Rudge de Sandro Barros e Dani Sarahyba de Martu. Modelo Tulin Sain de Raisa & Vanessa e Sabrina Sato. Teve convidada de preto sim! Adriana Lima e Luciana Gimenez. Depois teve uma festa onde todo mundo deveria ir de branco. Acima Luciana Gimenez e Fernanda Motta. Sabrina Sato e a noiva, desta vez de Naeem Khan.  Mais interessante que muita semana de moda viu… Mas cá entre nós, achei o povo meio pelado demais! Ou eu que caretei? Ou no mundo das modelos podji??

    Leia Mais

  • Como Usar – Camisa Jeans!

    Ah coisa mais linda do UNIVERSO!!! Quem não ama uma camisa jeans? E como está fácil de achar uma bacana gente! Toda fast fashion tem sua versão e arrisco dizer que quase todas são bem dignas!!!! Não se prendam ao modelo básico… usem da imaginação e tá liberado qualquer tipo de detalhe na camisa. Obviamente se você não tem nenhuma, compre uma básica, mas depois do estágio inicial, se JOGUE! Como usar??? FACIL FACIL FACIL!! Para trabalhar, que tal com um blazer? No verão, com calça branca! Com calças estampadas também fica lindo!!! Olha essa camisa jeans com laço no pescoço! Aqui eu me esbaldo: look total jeans. Acho MARA! Nos pés pode tudo: sandalia, bota, scarpin, mocassim, sapatilha… Com calça preta fica urbano chic. Mais dicas para usar camisa jeans no trabalho: com saia lápis! E para fazer a fashionista, com saia midi! Mais um total jeans de respeito: saia! Pode ser lápis, pode ser mini. E com saião estampado fica a coisa mais linda do universo… Jeans e short estampado. O jeans aceita tudo: estampas e cores lisas, tecidos nobre e tecidos pro dia a dia, qualquer tipo de comprimento, e vai pra feira e pra festa. Muito fácil né??? Amanhã, onde comprar!

    Leia Mais

  • Dica da Leitora!

    Bom diaaaa vidaaaaaa! Vejamos como as leitoras estão aproveitando essa época de liquidações??? Dica 01 – Giovanna Vestido LINDOOOO que eu juraria que era de butique rsrsr, mas é Riachuelo e por R$ 99! A Giovanna não comprou mas disse que iria voltar para comprar. Eu quero MUITO! E ó a dica de styling esse “topzinho” mais soltinho (sei que é vestido mas a parte de cima faz de blusinha né) cria a ilusão de uma cintura fininha fininha! Se joguem manas! Se eu achar, me jogarei com certeza! Dica 02 – Tássia Tássia contou que a crise tá pegando e resolveu pensar bem antes de comprar! Mami comprou uma camisa e ela outra! As duas da Renner, a branca (que tem arabescos bem de leve) por R$ 69,90 e a jeans (LINDAAAAAA) por R$ 49,90!!!! Já comentei com vocês que toda mulher deveria ter uma camisa jeans certo? Dica 03 – Nicole “Olá Cony! Tudo bem? Adoro o blog e não fico um dia sem entrar. Adoro como você é sincera e expressiva

    Leia Mais

  • Tem Jeito Decor 12 – Juliana´s Nest

    Meus amores, Fufugirls & Fufuboys, muito obrigado pelo carinho viu! Vocês amolecem meu cuore. Como vocês estão depois desta semana feliz? Tivemos a patroa lindíssima fazendo a neo-prettywoman toda de vermelho num jantar de leitoras! Ashey magnânimo. Espero que o sr. Rafael tenha arranjado uma limo. Hoje a Juliana vai receber seu TJD lá de Março. Poizé, poizé, poizé. Vou pensar num jeito de correr com isso. E milagrosamente não é uma sala sofredora de parede pelada. É o ninho de amô dessa advogada de Palmas. Então convido todo mundo pra festa do pijama da Jú! #vemkotio! Trocamos vários emails, e aqui vai um resumão: “Aqui estão as fotos Lelo!! Entrando no quarto, a direita tem o guarda roupa de uns 5metros, com 2 portas de correr de espelho e duas brancas. A esquerda tem a porta do banheiro. Acho q dá pra por uma cama queen, já medi, mas dependendo da cabeceira fica apertado entre os pés da cama e a parede onde tem o ar condicionado e é onde quero por uma TV, sem rack nem nada, só pregada na parede. Quero trocar os criados tb, pintar as paredes ou talvez colocar um papel de parede. Quero trocar a cortina, mas não sei qual. Posso colocar uma cama box ou normal só com colchão mas não sei qual combinaria com o guarda roupa. Gostaria muito de uma cabeceira de capitone! Oque vc acha?! Coloquei em anexo a planta do apto também, na planta o guarda roupa esta na parede onde esta a cabeceira da cama. Engraçado que nessa parede só tinha 1 tomada e na parede da janela tem 2 uma de cada lado. Quando comprei o apto era solteira, mas casei então não quero um quarto muito feminino. Será que tem jeito Lelo?! Muito obrigado pela atenção!! Beijos grandes pra vc e pra Cony!!” Meu bem, sua suíte não sofre apenas de parede pelada, tbm está anêmica e descolorida. Mas vamos por partes, começando pelo positivos. Eu concordo que o melhor local para o armário é onde ela está. Essa moldura do teto está lindíssima. A cama está de bom tamanho =D A planta no apartamento é muito boa. Acabaram os positivos =P Sobre TV no quarto… eu sou contra, mas isso é um costume brasileiro, então ok, colocá-la onde pretende é um bom local, desde que com um painel bem magrinho, pra não atrapalhar a passagem, mas também não deixar os fios pendurados tipo cipó. Mas antes de tudo, precisamos resolver uma coisa: Sobre o quarto ser de casal e não feminino… temos um problema. Especialmente com a colcha florida e as fronhas ruósa. Mas em seu favor, está bonito. Sobre o tamanho cama eu, pelo olhômetro, sei que um travesseiro costuma ter 70cm de largura e a mesinha que você comprou on line é bem menor, deve ter uns 45cm então eu acho que colocar uma queen size nesse quarto vai tirar a beleza e o conforto de vocês. Além do mais a cama de 138cm de largura (a de casal padrão) é ótima pra dormir de conchinha, pra acabar com as briguinhas do dia dia e pra dar cheiro no cangote. A não ser em caso de pessoas com obesidade ou com complicações motoras, não existe necessidade nenhuma de camas maiores, gruda nesse homi e seja feliz. Você já disse sim pra ele. Te sugiro mudar as mesas por duas diferentes, uma retangular, ao lado da parede, mais larguinha diria uns 60cm de largura e com armazenagem funcional, sejam gavetas ou portinhas, olha essas duas opções: Do outro lado, temos as portas do armário, como são portas de correr não são incômodas pra uma mesa mais magrinha. Como também é o local onde as visitas espiam, uma mesa bem  decorativa, mas mais estreita ficará muito bonita, eu até proponho que você dê uma olhada em seat gardens para usar como night stand: Eles costumam ter entre 35 e 42 cm de diâmetro. É o suficiente pro celular, o copo d’ água e o controle da TV, deixa ele dormindo desse lado, HAHAHAHA. Cabeceira sim! =D Mas por favor, que a façamos na parede inteira. Não necessariamente de capitonê, mas com certeza uma estofada. Para isso, provavelmente será necessário comprar a cabeceira numa tapeçaria/estofaria (esses lugares que reformam sofás) se puder estudar um jeito da cabeceira ficar um pouquinho afastada da parede, pra embutir a cortina, ficará muito bonito. A impressão é que a cortina está descendo até o chão, mas é tudo truque, hahaha E para ficar mais elegante, eu te sugiro fazer a cortina maior que a janela, pra deixar ela centralizada sobre a cama.  Ficará simétrico e mais agradável. Agora precisamos decorar de verdade. Eu sugiro que use um papel de parede em todas as paredes com uma texturinha discreta, tipo linho, num tom que te agrade. Se você for mais moderna, pode partir para os cinzas, mais tradicionalista, um bege, ou verde, até azuis tranquilos e se for do tipo ozada, tem muita cor disponível, como azul jeans, tiffany, laranjas… Prefiro evitar cores estimulantes no quanto, como amarelos, vermelhos e laranjas, prefiro os mais calmos. Quando eu falo de papel tipo linho, é isso aqui: Não tenha medo destas texturas pequenas é impossível enjoar delas. Prefira sempre os laváveis que duram muito. Para essa parede ao lado da cama, podemos pensar em uma belo quadro, ou uma série de 4 ou 9 quadros que tenham algum significado pra vocês, podem ser fotos do casal, podem ser fotos de lugares onde vocês já foram juntos, pode ser algum lugar onde você pretendem ir. É pra ser tanto uma parede de conquistas ou uma de sonhos. E como todo o mobiliário está branco, pode renovar de tempos em tempos, mudando papel ou tinta de parede, e os jogos de cama. Vou te deixar algumas cores pra quarto que eu gosto =D Seu quarto tem tudo pra dar certo, com pequenos esforços. Obrigado por mandar seu TJD e desculpe a demora. Fufuzelas, bora deixar as ideias de vocês também. Já que estamos no quarto… o drink do dia evoluiu: Beijo e até semana que vem!     As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Paetê Rycoh!

    Fiquei tão feliz ao ver várias leitoras seguindo as dicas do paetê e usando pra valer! Ontem teve um mini encontrinho em BH e várias meninas estavam usando peças de paetê! Achei chiqueeee! E se você ainda não tem nada paetizado, que tal dar uma olhada nestas dicas?? Tem para todos os bolsos e obviamente, algumas apenas para inspiração. Você vai treinar o olhar e quando vir em alguma loja, vai pensar: hummmmm parece um Pucci de 7000 reais rs. Vem ver. Lista de Links! Tênis Lanvin LINK Casaqueto Benetton LINK Calça preta Carina Duek LINK (AMEEEEEEEEI!) Tenis Converse LINK Casaco Ateen LINK (tá na promo… tô pensando nele…) Top Loungerie LINK Saia Le Lis Blanc LINK (no site Estoque, aquele outlet MARA só de marca boa) Casaco Joulik para C&A LINK (vou esperar entrar na promo kkkk) Calça palazzo Alexander McQueen LINK (luxuosa mas muito cara) Tricot Dafiti LINK Blusa Guaraná Brasil LINK Casaco C&A LINK (interessante, queria ver ao vivo) Moletom Pucci LINK Blazer Ebay LINK (LINDO! Ai que saudade do Ebay!) Blusa Renner LINK Calça dourada Carina Duek LINK Alpargata Santa Lolla LINK (para quem não quer ousar muito) Saia Carina Duek LINK Regata Renner LINK Clutch Ebay LINK (eu tenho! Top, faz uma vista danada!)   E então? Vamos brilhar???

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Antes de mais nada, MUITO OBRIGADA PELO CARINHO ONTEM! Tenho as leitoras mais especiais e carinhosas do mundo! Hoje vamos de Chora? E no final… uma surpresinha pra vocês! Caso 01 – Carrie Meu grande problema está relacionado à minha profissão! É um pouco difícil de explicar, mas vou tentar… Sou formada em fisioterapia há 8 anos, desde a faculdade tinha certeza que era aquilo que queria pra mim. Com o passar dos anos de curso, estágios e especialização, simplesmente me apaixonei pela área hospitalar e principalmente pela pediatria e neonatologia.  Parece tudo lindo, e realmente seria se não fosse por alguns poréns. Sei que sempre existem “poréns”, porém os relacionados ao meu trabalho me incomodam, e me incomodam a ponto de às vezes pensar em jogar tudo pro alto! Antes de falar dos contras, vale lembrar que amo o que faço e amo “meus pequenos”!! Vamos ao pontos: infelizmente ser fisio e trabalhar em hospital significa má remuneração! Fiz uma faculdade de 4 anos integrais, mais uma especalização de 1 ano também integral. Foi um baita investimento dos meus pais. E hoje, se for comparar, o salario médio equivale ao de alguém de curso técnico. Não é desmerecendo nenhuma profissão, longe disso… mas a falta de reconhecimento e remuneração pelo meu trabalho me deixa extremamente chateada! A falta de crescimento profissional é outro motivo. Eu não tenho para onde ir! Sou fisioterapeuta assistencial de uma UTI, e vou ser isso pro resto da vida! Queria ter plano de carreira (são pouquíssimos hospitais que oferecem isso), me sentir realizada profissionalmente! Até por essa falta de crescimento, sinto-me desmotivada para me especializar mais, voltar a estudar, etc. Outro ponto é a falta de autonomia! Poxa, estudei pra caramba, pra muitas vezes não poder opinar  ou ter a conduta que quero, porque os médicos não deixam!! Principalmente na área em que atuo, tenho pouquíssima liberdade para algumas coisas, por falta de confiança da equipe médica no nosso trabalho (ou até mesmo por excesso de confiança deles no próprio trabalho!). Pra vc ter uma ideia, o ponto que menos me incomoda é a rotina! Trabalho de segunda a segunda, em horários loucos! Fico às vezes mais de 24hs acordada, já estou acostumada a dormir 2 ou 3 horas (às vezes durante o dia, para trabalhar a noite). Mas sei que não vou poder levar essa vida para sempre. Hoje estou com 30 anos, mas até quando vou aguentar esse ritmo? E se emendo mais de 24hs de trabalho, é exatamente pelo primeiro problema que expus – a remuneração baixa! Quanto mais plantões eu faço, quanto mais hospitais eu trabalho, mais eu ganho! Mas até onde isso compensa? E aí chegamos no ponto mais difícil que é o que fazer! Algumas vezes realmente pensei em simplesmente largar tudo! Trocar de profissão, mudar o rumo totalmente! Mas quando pendo nisso, não sei o que fazer! Não me vejo fora da área da saúde! E adoro a área hospitalar!  Em alguns momentos, juro que pensei em voltar pra faculdade e fazer medicina (pelo menos resolveria o problema da remuneração e da autonomia de trabalho). Porém penso que pra fazer medicina, além de todo o trabalho de conseguir passar no vestibular (saí do ensino médio à 13 anos!), é uma faculdade extremamente cara e demorada! Já tenho 30 anos, se eu for pensar nos 6 anos de faculdade mais os 3 anos de especialização (em pediatria), vou me formar com praticamente 40. Fora que ainda não tenho filhos, se for trancar a universidade para ter, vai demorar ainda mais. Enfim, to nesse impasse já há algum tempo e não sei o que fazer! Espero realmente que vc Cony, e as leitoras do Fufu possam me ajudar!! Carrie, você está TOTALMENTE insatisfeita. Eu acho que você deveria peitar o curso de Medicina sim. Uma vez li que a gente não pode deixar de realizar os sonhos porque não tem tempo ou está tarde demais. O tempo vai passar de qualquer maneira. Se for pra começar, comece já. Agora me esclarece uma coisa… você TEM QUE trabalhar em hospital? Pergunto isso pois tenho algumas amigas fisioterapeutas que foram para outros lados da Fisioterapia e estão super bem! Já pensou em se especializar em outra coisa? Caso 02 – Samantha Tô mandando para você porque sou bem reservada em relação a esse assunto, não converso sobre isso com ninguém. Tenho 25 anos e namoro há 6. Nosso relacionamento era bem fogoso. Não tinha hora e nem lugar para transarmos. Depois de uns 3 anos eu comecei a murchar, por um tempo eu coloquei a culpa nos anos e anos de uso de anticoncepcional. Mas também não fiz nada para mudar isso. Em janeiro de 2015 eu descobri que meu namorado tinha chamado uma mãe de aluno dele para sair. Meu mundo caiu, ele nunca havia me dado motivos para nada. Sempre fui confiante e por isso não ficava (e continuo sem ficar) procurando por esse tipo de coisa. Eu o confrontei, ele não negou mas disse que ficou só naquilo mesmo. Fui bem tranquila com ele, não dei escândalo e nem nada pois eu só pensava que ele queria conhecer outras pessoas pois, olhe a bomba, ele era virgem quando me conheceu. Ele é 4 anos mais velho que eu e, se ele foi sempre sincero comigo, eu fui a única mulher na vida dele. Acabou que ele chorou, esperneou, pediu outra chance e eu dei. E nosso namoro nunca mais foi o mesmo no sentido sexo. Nossa parceria na vida é nota mil, mas o sexo é nota zero. Eu não tenho vontade nenhuma de transar e só o faço porque me sinto culpada de deixá-lo “na mão”. Em contrapartida, algumas vezes transei pensando em outros pra ver se eu conseguia. E me sinto ainda mais culpada. Eu sou muito certinha, nunca o traí e nem pretendo, mesmo tendo muita tentação por aí. Com isso, eu cheguei à conclusão que talvez o problema não seja só o anticoncepcional. Acho que sexo tem muito de admiração e confiança no parceiro, coisa que acho que não tenho mais nele. Eu mudei muitas coisas na minha vida desde a descoberta da traição. Sempre fui vaidosa, emagreci 12 kg, sempre fui bonita e as pessoas dizem que estou ainda mais. Ele retrocedeu. Nunca foi galã, mas parece que tá vendo o tempo passar e tá se “enfeiando” mais. Ele trabalha com esporte mas é completamente sedentário. Não faz nada para melhorar, nem na aparência e nem na vida profissional. Converso muito com ele sobre isso e ele simplesmente ignora. Enfim, esse assunto me tira o sono e eu preciso de uma luz pois não converso isso com ninguém. Samantha, com certeza sua admiração foi água abaixo quando você se decepcionou com ele e isso afetou a vida sexual de vocês. Também não acho que seja o caso do anticoncepcional… E o fato de você estar se cuidando mais, estar mais bonita, achando ele feio e pouca coisa talvez seja seu subconsciente te avisando que você deseja coisa melhor e está se preparando para isso. Ninguém merece estar infeliz em uma relação, e o sexo tem que ser bom sim. Tem gente que diz que não é importante (o sexo) mas eu acho que é e MUITO. Como viver com alguém que você não tem desejo? Pense bem nisso, talvez seja o momento de pedir um tempo para refletir sozinha, sentir falta dele, e desencanar de vez desse namoro ou então reascender a paixão. Mas ó… cuidado… se você descobriu essa semi traição, podem existir outras…      Caso 03 – Miranda Bem me apresento as leitoras amigas desse grupo, me chamo Miranda, tenho 30 anos, estudo faço MBA, trabalho há 6 anos em uma empresa de comunicação, sou independente, faço academia, amo viajar mas o que me incomoda então?  Fato é que já estou solteira há bastante tempo, bastante mesmo… Uns 7 anos já, e isso me incomoda demais, canceriana como vcs sabem, nasceram pra amar, e se sentir amadas. Eu comecei a namorar muito cedo, aos 15 anos e tive 2 relacionamentos meio frustrados um de 8 anos e outro de 2 anos. Com essa carência que nesses anos fui desenvolvendo, não era nada difícil encontrar alguém e logo me apaixonar e é claro sofre muitooo depois isso aconteceu várias vezes… Pois sempre tive no fundo o real desejo de ter alguém. Esse ano em uma noite em casa resolvi baixar o Tinder, já fiz isso algumas vezes conheci algumas pessoas legais, mais também escuto muito preconceito com relação ao aplicativo, que é apenas pra sexo fácil enfim as vezes fico com receio, acabo entrado fico um dia e saio fora, mas nessa noite encontrei alguém legal, conversamos muito durante umas 3 horas, e riamos tanto que parecia um show de comédia. Ele tem 33 anos, um cara maduro, muito bonito mora aqui na minha cidade mesmo, bem sucedido, tb adora viajar, mas logo no primeiro dia me contou que ia viajar pro Japão pela empresa por 6 meses (vai em setembro volta em março), nem estava muito levando a sério nossa conversa sabe, mas por acaso do destino, encontrei ele na mesma balada naquele final de semana, a gente se conheceu pessoalmente e acabamos ficando. Foi muito legal gostei muito dele, mas depois de tanto tempo sem me envolver com ninguém, nem sei mais como é. Esse negocio de joguinhos e não ligar não mandar mensagem aff não sei fazer isso mais…. Pra mim ou a pessoa quer ou não quer. Conversamos algumas vezes e fui muito sincera com ele, queria até me afastar pois já estou envolvida e não sei se ele também está na mesma sintonia que eu de querer algo mais serio sabe? Ele me disse que gosta muito da minha companhia que me respeita muito e que também tem medo de sofrer por causa da viagem, e com isso ele fala sempre comigo quase todos os dias, mas nem sempre me chama pra sair, ele também não quer se apegar, está naquela de  não sabe se fica na vida ou se entrega sabe? Detalhe: O Tinder dele ainda está ativo… é claro que não tenho nada com ele e não vou cobrar isso, mas também fico com a insegurança de ter outras pessoas também sabe? É tudo muito recente faz um mês, mas to num medo danado de me machucar… Mas ao mesmo tempo já não sei se consigo me afastar…. Me da uma luz? Quem está de fora tem outra percepção da coisa, enquanto aqui dentro está tudo confuso. Vamos ao sincericídio… Claro que ele tem outras pessoas do Tinder. Óbvio, e olha que sou completamente a favor desse aplicativo. Acho ótimo para conhecer pessoas, mas você tem que ter a consciência que ele deve conhecer MUITAS pessoas no mesmo esquema. Se ele realmente estivesse afim, essa viagem pro Japao seria apenas um intervalo. Ele te assumiria como namorada desde já e pronto. MAS sejamos realistas, se fosse o contrário, se fosse você a ficar fora por 6 meses, conhecesse um cara bacana meses antes, iria engatar um namoro pra depois viajar? Eu não. Iria ficar ficando, e na volta quem sabe, se ainda rolasse algo, aí sim procuraria algo mais sério. Se você realmente acha ele bacana e gostaria que esse relacionamento vingasse, seja bacana com ele, use todas suas armas de sedução, faça de você uma cia inesquecível, seja marcante, a ponto que quando ele viajar, ele se lembre de você e dos bons momentos que passaram juntos com saudade. Faça a diferença e deixe acontecer! Caso 04 – Charlotte Oi Cony, tudo bem? Primeiramente gostaria de dizer obrigada por ter este blog, vc já me ajudou em muitas coisas sem saber, e agora venho “pessoalmente” te pedir ajuda numa coisa que considero realmente complicada. Sou a leitora que comentou que estava terminando de ler seu blog inteiro rs. Só pra contextualizar, tenho 22 anos, trabalho, estudo engenharia e há 2 namoro uma pessoa excepcional, que é da minha sala (isso não é um problema… Temos muita liberdade pra ter cada um seu momento). Não é um santo, tem seus defeitos como qqr um, mas não é qse nada perto do bem que me traz. Sei que algumas dirão que sou muito nova pra saber se alguém é o amor da minha vida, mas eu tenho essa certeza. Nós nos damos muito bem nos (infelizmente, poucos) momentos de paz… Me sinto feliz, amada, grata… Tenho comigo o melhor homem que já tive o prazer de conhecer, meu problema não é o namoro, mas o afeta diretamente, e é o seguinte: eu tenho total descontrole sobre meu ímpeto de brigar. Sim, eu acho que gosto de brigar. Eu já fui bem pior, de procurar motivos e picuinhas, mas mesmo hoje percebo que algo dentro de mim parece “precisar” de uma discussão, um drama. Isso é algo terrível de admitir. Faço tratamento com psicólogo há um tempo, mas mesmo assim sinto o peso da derrota sobre mim, a derrota de lutar contra um “vício” que não consigo domar. Quando entro em uma discussão com ele, não consigo ter a capacidade de pensar e agir assim: “bom, ele não quer falar agora, ele precisa desse espaço, e eu preciso ficar quieta pra deixar isso passar pq amanhã é outro dia”. Não. Fico pedindo a ele que converse comigo, fico tentando me explicar, choro, não quero deixá-lo ir embora… Cony, é uma cena deprimente, e algo que abala nossa convivência por dias. Cansa muito cair e ter que se reerguer tantas vezes .. Sabe, às vezes me sinto “possuída” por algum espírito de porco que só aquieta quando consegue uma discussão, quando consegue um rompante. É muito vergonhoso pra mim falar disso, pois a cada situação que isso acontece me sinto mais fraca, desmerecedora, descontrolada e derrotada por esse sentimento, pois isso não acontece fora da esfera de relacionamento amoroso (não é só com meu atual… Sempre fui assim). Estou mandando esse e-mail pq quero saber se sou a única (diferentona rsrs) que tem esse impulso, essa sede pelas discussões… Se sou a única que não consegue ser fria o suficiente pra deixar cada um no seu espaço, até a poeira baixar… A única que bate a cabeça mil e uma vezes e ainda assim não aprende. E, se for possível, encontrar uma solução pra essa doença que eu sei que vai me tirar essa pessoa, que não merece viver assim. O que me dói mais é saber que a culpa é minha dessas coisas, Cony, realmente é um problema meu. Não digo isso assim “ai meu Deus sou uma merda de pessoa é tudo minha culpa”. Não, sei que sou uma boa namorada, mas apenas sei que é algo que não consigo resolver sozinha e isso me mata diariamente, pois está DENTRO de mim. É como alguém que fuma, mas o “meu cigarro” está permanentemente grudado na minha boca, e não sei como tirá-lo de lá. Como acabar com algo nosso, mas que nos destrói por dentro? Como obter auto-controle e parar de permitir que nosso maldito emocional tome conta das nossas atitudes justamente quando precisam ficar bem longe? Charlotte querida, que maravilhoso que você tem essa consciência e sabe do seu problema. Sim, é um problema e muito grave pois ele pode afastar o amor da sua vida e todos os outros que possam vir. E o pior, quem mais vai sofrer com isso é VOCÊ! Muita terapia, mas muita mesmo e sempre pense que um relacionamento tem que ser bom, tem que trazer paz, tranquilidade, ser sereno. Quando esses pensamentos ruins aparecerem na sua cabeça e te façam querer brigar, conte até 1000 se for necessário e pense assim: HOJE NÃO VOU BRIGAR. SÓ HOJE, AMANHÃ EU BRIGO. No outro dia, repita a mesma coisa e faça disso um exercício diário. Outra coisa que acho que pode te ajudar é fazer meditação… yoga, coisas que te façam relaxar e esvaziar essa vontade de brigar que você tem. Quer brigar? Vai fazer boxe, muay thai, descarregue sua raiva em algo que não afete quem tem ama! Ele e ninguém merece viver uma vida turbulenta e cheia de altos e baixos. Já procurou um psiquiatra? Talvez seja até caso de algum tipo de medicação mais forte viu?  Notícia boa! ESTOU ACEITANDO CHORAS! Podem mandar suas angústias para constanza@futilish.com, no assunto colocar CHORA QUE EU TE ESCUTO, textos não muito longos, assuntos diferentes e novos (leiam os antigos para não pedir conselhos para casos já comentados aqui) e aguardem publicação! Vale tudo: amor, família, trabalho… qualquer coisa que te aflija!

    Leia Mais

  • Como Usar – Paetês!

    Gente, hoje me deu vontade de falar de coisas que brilham porque É MEU ANIVERSÁAAAARIOOOOOO! hahahaha, não sei se odeio ou se amo fazer aniversário. Só sei que amo ser de 7 do 7, o número da perfeição kkkk. Mas ser canceriana não é fácil… A gente é meiga mas é grossa, a gente fala o que pensa mas odeia magoar os outros, a gente quer conversar sério mas só consegue chorar, a gente sabe que é bobagem mas faz um auê danado por qualquer problema, a gente ama ficar sozinha mas é carente nível hard, a gente é chata mas é gente boa… É BEM complicado! Enfim, hoje faço 268 anos mas tô bem conservada né? hahaha Então, vamos falar de brilho, glamour, poder e sedução? Eu AMO paetês, amo tudo o que brilha e inclusive já fiz um post aqui sobre paetê rico x paetê pobre. Hoje queria focar mais em paetê durante o dia. É algo meio canceriano: é lindo de se ver mas difícil de usar! Eu sei que é complicado usar brilhos durante o dia mas vamos tentar? Se não rolar, pelo menos a gente se delicia com fotos lindas e põe em prática nas saídas noturnas mesmo. Um casaquinho de paetês você tem que ter. Mesmo que seja para ficar no armário e apenas olhar para ele de vez em quando e achar chique de doer hahahah. Mentira, tem que ter e tem que USAR! Por incrível que pareça, sabendo escolher bem o paetê (leiam o post do rico x pobre) é uma peça ATEMPORAL! Sim, não tem modismo que tire o lugar de um belo casaco de paetê! Quando usar? Num coquetel por cima de um vestido preto, para um jantar com as amigas por cima de um jens rasgado e camiseta, para um evento de moda… E para quem for bem ousada, durante um evento diurno! Acho os dourados riqueza pura mas são mais complicados de usar… Na dúvida, vá de azul (Flavinha Linden arrasa né? Dona do melhor street style brasileiro!) ou um prata velho. * suspiros * Olha só como paetê bem escolhido é atemporal… que tal uma saia lápis toda trabalhada no brilho? PRE CI SO de uma prateada! É tão mulher-adulta-poderosa-sei-tudo-de-moda-tenho-personalidade!!! Já as calças de paetês, apesar de lindas, são as mais difíceis de usar ou de convencer alguém a usar. E acreditem, eu tenho uma legging preta que comprei na ASOS que AMO e nunca usei. Preciso de uma balada em NY pra usar rsrsrsrs. Na verdade nem me lembrava dela, vou procurar em casa e por a bichinha pra trabalhar! É muito fashion week né? Se quiser entrar na brincadeira mas em doses homeopáticas, vá de clutch de paetê. Baratiiiiiinha da silva no Ebay, eu comprei um há alguns anos por uns 10 dólares. Inclusive é a dourada da foto acima. Procure por ¨sequin clutch¨! Já é um bom começo e faz uma vista danada. Agora, o tiro mais certeiro porém o mais sem graça é a mini saia de paetê. Bem comum em baladas… Eu gosto muito, tanto é que devo ter umas 4, mas é ¨normal¨. Pra gente que curte dar uma de entendida de moda, ela não acrescenta nada. Agora experimenta usar uma calça de paetês pra você ver o tanto que causa… Pro dia a dia é tranquilo usar uma peça paetizada em tom escuro ou em detalhe na roupa! E se Olivia Palermo usa… a gente agradece e usa também!   Amamos, sim ou sim? No próximo post, vamos dar uma espiada onde comprar! Inclusive tenho uma jaqueta de paetê prata velho que comprei numa super promo graças a uma dica de leitora, e é uma das jaquetas mais lindas que tenho! No mais… um feliz aniversário para mim e para todas as cancerianas!

    Leia Mais

  • Alternativa Fashion – Look Camila Coutinho

    Deixa eu contar um causo? Antes de eu virar blogueira eu acompanhava três blogs: Fashionismo da Thereza, Sanduíche de Algodão da Helô Gomes e o Garotas Estúpidas da Camila Coutinho. Eram minhas 3 visitas diárias e eu me identificava DEMAIS com o blog da Camila. Tipo, parecia eu escrevendo. Achava as sacadas muito parecidas com as minhas até que resolvi fazer meu blog também, por insistência das amigas. Como eu era leitora ativa dela, de algum jeito ela viu meu blog e um dia me pediu informação sobre o Chile, já que ela estava indo pra lá por uns dias. Dei e tudo certo. Daí que por coincidência, eu estava numa loja em Santiago e ela me viu e me reconheceu (engraçado né? Eu que era fã dela e ela que me reconheceu rs), foi super fofa, fez foto junto e me postou no GE. Digo que ela foi minha ¨madrinha¨ na internet, pois me ajudou a ficar conhecida na época e não é que meu blog vingou? Sei que boa parte foi dessa ¨colegagem sincera¨ que rolou há quase 7 anos… Enfim, sou fã até hoje do trabalho da Camila e acho essa mulher inteligentíiiiiissima! Soube administrar super bem o blog e hoje é toda uma celebridade! Uma verdadeira mulher de negócios! E claro, com o crescimento, os looks ficaram mais polidos, mais chiques, mais fashion, mas sempre fiel ao seu estilo. Vi esse look dela que achei MINHA CARA e resolvi copiar. Vejamos? E olha que o look da Camila já tá todo trabalhado na fast fashion: Zara, Target e Topshop! Mas vamos a nossa versão     Camisa listrada Renner R$ 89,90 LINK Skinny cintura alta C&A R$ 99 LINK Bolsa preta Marisa R$ 140 LINK Scarpin Arezzo R$ 239 LINK Cinto AMARO R$ 49,90 LINK Top de renda Loungerie R$ 79 LINK Relógio Casio Vintage no Walmart R$ 105 LINK (Causo 2: hoje uma vendedora de uma lojinha hypada, moderninha e ¨cool¨ de BH sugeriu que meu Casio ¨poderia¨ ser falso, já que paguei muito barato nele – R$ 90 numa DDL lembram? – e que os dela eram originais e custam R$ 320… Que 90 não é nem o custo desses relógios… aham, senta lá fia, toma esse link pra ver que tá caro sim. Eu hein!)   Look lindo e facinho de ser copiado!

    Leia Mais

  • Brincão Diferentão

    Depois que cortei o cabelo percebi duas coisas: uma, que não sei pentear ele AINDA mas estou aprendendo rs. Lidar com mousse de volume e pomada é algo completamente novo para mim. A segunda coisa é que brincos grandes ficam MUITO melhor em que tem cabelos mais curtos. Brincos pequenos também ficam bons, mas os grandes dão uma bela modernizada. Porém, também percebi que meu gosto por brincões mudou um pouco. Se antes eu curtia modelos com muitos brilhos, cheios de pedras e penduricalhos, agora gosto mais ¨secos¨, minimalistas, geométricos, algo meio obra de arte na orelha rs. Listei três marcas que tem brincos nesse estilo, vem ver: Ana Rocha & Appolinario. Fico BABANDO nos brincos dessa marca. Mas só babando mesmo porque são milionários, tipo R$ 10.000! O meu desejo é esse que a Sabrina Sato está usando, que se não me engano, é fruto de uma parceria de Patricia Viera (aquela dos couros) com a joalheria.  ADORO Lokalwear! Levíssimos (minha orelha rasgada agradece), feitos de resina, produzidos na Hungria (o desenho é a flor de Matyó, um dos símbolos do artesanato húngaro) e lindos lindos! Tenho quatro: um verde, um azul turquesa, um amarelo e um branco, este último meu preferido mas que quebrou

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Calça Jogging!

    Ou jogger, ou calça de moletom… mas que nem sempre será de moletom e nem sempre terá todas as características de uma jogger! Complicado, mas vamos lá! 01 – Market 33 R$ 149 LINK 02 – Market 33 R$ 169 LINK 03 – Market 33 R$ 179 LINK 04 – Yogini R$ 229 LINK 05 – Mara Mac R$ 438 LINK 06 – Adidas R$ 159 LINK 07 – Talie NK R$ 891 LINK 08 – Colcci R$ 253 LINK 09 – La Bella Mafia R$ 179 LINK 10 – MOB R$ 280 LINK 11 – Renner R$ 89,90 LINK 12 – Renner R$ 129 LINK De quais gostei mais? Das duas da Renner! A jeans principalmente, linda de tudo e a mescla também está bem digna, quero ver ao vivo! Quem tiver mais dicas de onde comprar, comente aqui!

    Leia Mais

  • Eu Testei – Pure Focus Fluido Hidratante da Lancôme

    Para o Dia da Mulher, recebi uma caixa cheia de produtos da Lancôme. Riqueza pura né, porque Lancôme é uma das melhores marcas de cosméticos. Entre os produtos (um perfume, batons, máscara de cílios) estava este fluido hidratante. Deixa eu contar uma historinha que talvez vocês se identifiquem comigo. Eu considero minha pele oleosa. Não assim meeeega oleosa, ainda mais agora que tomo Roacutan em dose estética (contei no último post do DIU). Por ter a pele oleosa, eu sempre pensei que não precisaria de hidratar. Acontece que um coisa não tem NADA a ver com a outra e todo tipo de pele PRECISA ser hidratada. Mas que tipo de hidratante usar para que a pele não fique mais melequenta e com brilho ainda? Essa era minha grande questão até conhecer esse creme abaixo. Lancome Pure Focus Fluido Hidratante Matificante. As nossas necessidades de ter uma pele hidratada AND matificada são promessas muito bem cumpridas por esse produto! É super leve, absorve bem rápido, deixa a pele com toque aveludado e nada nada grudenta. Eu uso TODOS os dias de manhã, quando preparo a pele pra maquiagem. Vocês sabem que para o make ficar bonito e a base não craquelar, a pele tem que estar hidratada né? Mesmo a gente que tem pele oleosa, precisa desse cuidado. De tudo que já usei para hidratar minha pele, este é o produto que mais gostei. Antes dele, gostava muito do Gel Hidratante da Clinique (aquele amarelinho dos 3 passos) mas este é BEM melhor. Só achei um pouco caro (custa cerca de R$ 200 para 50 ml) mas em se tratando de qualidade, é muito bom. Só não ganha 5 Loubies porque é caro!

    Leia Mais

  • Como Usar – Jogging Pants

    Uma leitora me perguntou e eu vim responder! Ela me contou que tinha comprado uma jogging pant, ou vulgo calça de moletom fashion, mas não sabia como usar. Bom, não vou falar apenas das jogging de moletom, mas de outros materiais também, afinal, é bom abrir o leque né? Inclusive, as de ¨couro não couro¨ são bem lindas! Comecemos do começo: jogging pant, ou calça jogger, é aquela com a pegada super esportiva. O cós é de elástico, geralmente tem uma cordinha para ajustar (ou só pra enfeitar mesmo), são larguinhas, super confortáveis, o comprimento delas é no ossinho do tornozelo ou um pouco acima, também com elástico. Tem bolsos modelo faca. Às vezes, os acabamento são substituídos por ¨punho¨ (aquela malha canelada) e a calça pode ser de moletom grosso, moletinho, jeans, crepe, couro não couro… qualquer tecido que dê certo caimento e seja confortável. Vem ver: As mais tradicionais são as de moletom cinza mescla. Usadas com tênis, é conforto imediato e fica bem fashion! Ah, tênis street ok? Para quebrar a pegada esportiva, arrisque um salto. Aham, sem medo de errar! Se sua calça for cinza, use e abuse do trio preto, branco e cinza. Rico, fashion, descolado. Se eu vir alguém com esse look na rua, eu viro o pescoço pra olhar! LINDO e com mega personalidade. Com scarpin também fica mara. Para as mais clássicas, é um look e tanto. Eu sei que é lindo na foto mas para a vida real pode ser um pouco difícil de reproduzir, mas acredito que vale a tentativa. Usa blusa e jaqueta preta com o calçado preto, também fica chique. Eu ainda prefiro o preto, branco e cinza, mas como as produções acima, fica bom também. Coisa mais linda e elegante do mundo é criar um look quase monocromático com tons bem parecidos. Acho rycoh demás! Como contei, a jogging pant não precisa ser necessariamente de moletom. Olha como fica bacana uma em tecido molinho, clarinha, para um dia de verão? Também pode ser super street style com um casacão de pelo ou cavaquinho no mesmo material da calça. Nesse último caso, para não ficar parecendo que você está indo passear no parque, abuse do salto e de acessórios mais urbanos. Agora minha jogging pant preferida, a de couro não couro! (Vocês entenderam né? rs). CHIQUEEEEEE, coisa mais linda! Taca-lhe listra pra ficar milionária! No preto e branco ou… No total black. Quer ficar fashion? Use uma calça dessas.  Enfim, para tirar a carinha super esportiva da jogging pant, o truque é usar um salto e misturar alguma peça mais pesada, como um blazer ou uma jaqueta de couro. Se quiser usar com tênis, apenas tenha o cuidado que não seja desses modelos de academia e tente balancear com uma jaqueta jeans ou a parte de cima de outro material que não seja muito esportivo também. Graças a Deus que já tenho uma preta de couro não couro, caso contrário neste momento estaria desesperada querendo uma hahahaha, mas a de moletom não tenho… Onde comprar? Em breve aqui no Fufu!

    Leia Mais

  • Mi casa su casa – Quero um canguru

    Atenção Fufulétes e Fufulêtos. Esse post entra ( definitivamente ) após as 14:50 do dia 03/07/2016 então eu oficialmente já estou mais perto dos 40 do que dos 20. Parabéns pra mim! E vai ser bolo de churros, porque o doce de leite é mais importante que as velas. 35 anos ou, como eu gosto de dizer, 5 anos de hora extra. Passei a juventude da vida dizendo que queria morrer com 30, antes da “deterioração” humana. Mal sabia eu que a vida – realmente – começa aos 30. Tá, veio a dor nas costas, a celulite no popô (sim, homem tem celulite), umas amolecências dos músculos. Mas com eles também veio a calma, uma paciência 3% maior e o conhecimento pra saber onde dispender ou não energia nisso ou naquilo. Veio a consciência de pagar R$ 1,50 a mais na bebida, mas ter um bom atendimento, um ar condicionado e uma cadeira boa pra sentar no bar. Hoje eu sei que aquele jeans que custa o dobro, dura o triplo. E que é muito mais sábio esperar pra ter algo realmente bom do que sair comprando itens que são “quase”: “Quase” o que você sonhou; “Quase” bons; “Quase” satisfatórios. Mas por favor, não se cansem na minha festa porque é só um “esquenta”. Nessa semana que está só começando vai ter festerê da patroa mais maravilhosa do mundo. Agora voltando ao seLviço,  eu gostaria de aproveitar o dia pra falar de algo que eu gosto MUITO: Austrália. Já fiz zilhares de planos de conhecer esse país que me encanta, mas geralmente quando há dinheiro, o tempo é inexistente e quando aparece o tempo, estou endividado. Eu consumo muito material de design e arquitetura de origem deste cantinho do mundo, e eles – colonizados por ingleses, com clima tropical – tem alguns costumes que eu gosto de incorporar nas obras que eu faço, tanto como designer como quando colaboro com projetos arquitetônicos. Agora pega o protetor solar e #vemkotio ! BUTLERS PANTRY A “Despensa do Mordomo” é na verdade uma mini cozinha. Tipo, você tem uma cozinha maravilhosa, como essa: Aproveita e veja como um espelhão atrás da bancada fica lindo: Viram aquelas portas à direita na foto de cima ? Elas vão para a Butlers Pantry: É isso mesmo: Uma pia pequena, bancadas pra uma preparação simples e armazenagem elevada a décima potência. Todos aqueles eletros bem guardados e quando for vai preparar um café, ou uma refeição pra si própria e seu amô, não suja a casa toda. Nas casas menores, às vezes a geladeira o refrigerador, vai morar nessa despensa, deixando a cozinha mais leve. Claro que não será para todo mundo, mas quem não adoraria ter uma cozinha maravilhosa pra receber, e uma micro pra usar qdo estiver sozinha? FAMILY´S BATHROOM Ao contrário de nós, esse povo abaixo do da linha do Equador que foi alfabetizado em inglês pensa em banheiros de um jeito diferente. Nas casas mais simples, onde geralmente temos 3 dormitórios existe apenas um banheiro pra toda família. Um belo banheiro, aliás: A regra é como eles: prática. Materiais fáceis de limpar, armazenagem, visualmente bonito e confortável pra dar um banho numa criança, ou se arrumar em 2 na bancada da pia. Na vertente contrária a nossa, o banheiro “de todos” recebe prioritariamente a banheira, e não a suíte do casal, assim todos podem aproveitar. Esse tem foto dos dois lados por motivos de: Apto de lusho, bwc do casal: Eles também tem um sério problema em abrir a porta e enxergar o trono cagadô. Evitam com unhas e dentes, especialmente em Lavabos. Desculpe, não consegui escolher entre as fotos… esses dois me fizeram suspirar: LAUNDRY O salário mínimo nas terras dos prisioneiros da Rainha é altíssimo, logo, se não for um trilhardário, muito, muito riquíssimo, ele mesmo vai lavar louça, a roupa e limpar a casa. E se você vi ficar muito tempo na lavanderia, ela tem que ser, como sempre prática, mas também linda. Quando as casas são “populares” é somente a maquina de lavar e o tanque, sempre de inox e mais nada: Apesar do clima tropical eles costumam ter lava e seca. Eu sinto falta dessas maquinas maravilhosas de quando eu morava no navio. Mas essa é uma história pra outro post. Agora, se você não gosta de Decoração, eu ainda indico pra você procurar e assistir minha série preferida de decoração/construção na Austrália, o “The Block“… e é, o jurado: Pra quem gosta de design de interiores pode olhar o site do Darren Palmer também =) E como aqui a gente agrada todo mundo… só tem coisa linda nesse programa gente, eu mostro com orgulho, vejam essas concorrentes e a host: Mais uma vez agradecendo vocês lindas pelo carinho, por lerem, espalharem amor no mundo e por fazerem parte dos meus dias. Cony, em especial pra você, meu coração numa caixinha de listras navy e laço dourado. Te amo mucho mi reina. Não esqueça de comprar um presente pra você mesma no meu site www.lelodsgn.com e me fazer feliz nesse dia. #apelei Eu e a mulher mais linda da blogsfera estamos no Intagram e no Snapchat, @Futilish e @Tiolelofoz Agora vamos pra vyda meus amôr! As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

    Leia Mais

  • Sapato Azul Claro!

    Não sei se estou sendo influenciada pelo pantone do ano (serenity) mas tenho olhado com muito carinho para os sapatos em tons de azul clarinho. Não sou de cores suaves e tons pastel, mas um sapatinho azul claro é tãaaaaao chique! Olhem só: A Schutz (a última sandália da montagem acima) fez vários modelos na última coleção de verão e até pouco tempo estavam na promoção mas não achei nenhum em meu tamanho… É bom ficar de olho e se achar algum BBB, garantir a compra para quando o tempo esquentar. Boto fé nessa cor! Continuo observando…

    Leia Mais

  • Um Ano de DIU – O Que Mudou

    Nada. Sério, desde o último post que fiz, não mudou nada mesmo. Continuo recebendo várias mensagens e emails de mulheres perguntando como está minha adaptação com o DIU e sempre falo que continua a mesma coisa. Aliás, mudou uma coisinha sim, mas vamos fazer uma breve, mas breve mesmo recapitulação do meu percurso e espero que seja a última rs. Resumo do resumo: tomei pílula anticoncepcional a vida toda, ficava inchada, cheia de celulite, com muita dor de cabeça estranha e vontade zero de namorar. A pele mara mas eu me sentia mal por dentro. Resolvi para de tomar hormônios e depois de muita, mas MUITA insistência, meu médico topou por o DIU de cobre em mim. Coloquei, foi rápido, doeu só na hora e depois vida normal. Meu fluxo menstrual triplicou, ou quadruplicou, só sei que ficou muito, muito intenso. Voltei no médico que me passou um remedinho para diminuir o fluxo e foi ótimo. A celulite diminuiu muito, a vontade de namorar voltou, os vasinhos das pernas diminuíram, o inchaço também, e a dor de cabeça desapareceu (a melhor parte pois eu sempre achava que iria morrer de AVC). Mas a pele… essa ficou péssima. Muito oleosa e cheia de espinhas. Fui na minha dermatologista que me passou Roacutan, o que também ajudaria a clarear as manchinhas de melasma, já que não tive disciplina o suficiente para fazer as aplicações de ácido tranexâmico como deveria. Tomo Roacutan em doses baixíssimas (alguns chama de Dose da Beleza, ou Estética), UM comprimido, 2 vezes por semana e minha pele melhorou DEMAIS. Era um mini conserto que eu tinha que fazer e pronto. Ah, mas não toma hormônio mas toma Roacutan? Sim, tomar hormônio todos os dias da vida não ia prestar, estava TODA desregulada e esquisita porém o remédio pra pele está sendo bem administrado e já já paro de tomar. Se estou arrependida do DIU? Nem um pouco, nem lembro que ele existe, viramos BFF. Se uso algo a mais para ajudar o DIU na anticoncepção? Não… confio nele… e espero que ele não me desaponte rs Parte boa do DIU de cobre: Zero hormônios, zero medo de ter um treco (AVC, trombose, etc. Aliás, tem um grupo no Facebook que se chama Vítimas de Anticoncepcionais, se você está procurando motivos para parar com a pílula, dê uma lida nos relatos que estão nesse grupo). Parte ruim do DIU de cobre: a pele fica ruim e o aumento do fluxo menstrual!

    Leia Mais

  • Dica da Leitora!

    Vamos de dicas? Dica 01 – Maira Três sapatilhas por R$ 99??? Todas as 3 por 99 reais! Numa promoção da Dafiti! Arrasou! Dica 02 – Camila Achados na Riachuelo e na Marisa! Blusinha de paete na Riachuelo por R$ 49! E dona Camila não levou… vai morrer quando ver o post que tenho sobre paetês… Agora na Marisa! Shortinho jeans por R$ 49,90 e macaquinho por R$ 39,90. Amei esse macaquinho! Dica 03 – Camila Que linda linda lindinha! Blusinha listrada com ombrinho de fora da Renner por R$ 79! Desejei! Dica 04 – Sandra Gente olha esse achadoooo! Na sessão de remarcados da Renner, de R$ 119 por R$ 29! Morri… Dica 05 – Renata Onça ryca na Arezzo! R$ 190 com 50% off! Dica 06 – Giseli A liqui da Zara aparecendo aqui! Vestidinho preto, acinturado, de R$ 239 por R$ 159! Ficou lindo hein… Dica 07 – Kelly A Kelly bem que queria o Adidas Superstar mas não achou nem com reza braba. Daí foi e comprou esse New Balance LINDO! Na Netshoes por R$ 253! Dica 08 – Carol Que casaco MAIS MARAVILHOOOOOSOOOOOOO! R$ 249 na C&A. Jamais diria que era C&A… Dica 09 – Erica Olha a dica da Ericaaaaa! ¨Olá Cony! Acompanho seu blog tem um tempão, comento bem pouco mas tô sempre por aqui, adoro seu trabalho. By the Way… O cabelón novo tá maravilloso!!! Vamos a minha dica: Adidas Stan Smith! Moro em João Pessoa mas precisei dar uma passada por Recife esta semana e aproveitei (claro) para ir no Shopping… Eis que estava passeando pelos corredores do Center Recife quando me deparei milagrosamente com o famigerado e quase impossível de achar tênis branco da adidas e para melhorar, tinha meu número!!!! Pois então aviso as recifences que estiverem em busca deste tesouro que na loja Art Walk Podem encontrá-lo com detalhe rosa ou verde na numeração 34, 35, 36 (não perguntei mais números), paguei R$ 279,99 no meu. Lá tem o nike air force branco e preto e Tb tem alguns adidas superstar, a loja fica próxima à praça de alimentação 3. O site deles é www.artwalk.com.br (não achei o Stan Smith disponível on-line mas tem outros tênis legais) e o insta atitudeartwalk. Sei que é uma dica regional mas quem sabe ligando p loja a mulherada consiga envio.¨   Aêeeeeee!!! Dica 10 – Mel A Mel falou que TEVE QUE comprar uma calça de ¨couro¨ depois daquele post e ainda por cima comprou uma blusinha que ela carinhosamente chamou de Blusinha Cony. Uniforme Fufu a todo vapor hahahaha Calça por R$ 89,90 e blusinha listrada por R$ 69, tudo da Riachuelo! Dica 11 – Rosangela Ah sou suspeita porque amo um sapatinho prateado né? Na promo da Capodarte, tamanho 33 (dica pra quem tem mini pé!), por R$ 145! Boas dicas hein mas esse último casaco ganhou meu coração! Quer participar? Envie seu achado para constanza@futilish.com com o assunto DICA DA LEITORA, mande foto EM BOA QUALIDADE, nome da loja e valor que pagou!

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS