Resultado de busca para :




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

1118 resultado(s) encontrados.
  • Estilo Magya – Jake Gyllenhaal

    Vamos falar do estilo de Jake Gyllenhaal? Já falamos de Adam Levine, de Ryan Gosling e hoje é a vez dele, o irmão da Maggie. Procurei fotos do estilo de Jake e não foi fácil fazer uma seleção. Não que ele se vista mal, mas que realmente achei poucas opções! Mas pelo pouco que vi, já deu para entender o que deixa esse homem TÃO charmoso. Ficha técnica Nome: Jake Gyllenhaal Profissão: Ator Nacionalidade: Americano (de Los Angeles) Altura: 1,80 Data de Nascimento: 19/12/80 – 35 anos Estado Civil: Solteiro Observação: Desde que assisti Donnie Darko, virei fã dele! Aliás, já viram esse filme? É DEMAIS! Jake é quase um ogrinho. Gosta de camisetas básicas, geralmente pretas ou brancas, calças beeeem folgadas e tênis! Jake ADORA tênis. Dos mais comuns àqueles gigantes da Nike. Como todo bom gringo, adora um coturno. Por falar nisso, vi um LINDO na Zara. Custava cerca de 380 reais. Mostrarei no final do post. Mas eu acho que Mr. Gyllenhaal arrasa MESMO é de terno. Gzuis cristinho… que que isso! Uma pitada de fashionismo a ogrice dele foi esse look todo jeans. Acho bacana. E a dupla jeans e tênis sempre presente.  Mas o que mais curti MESMO em Jake foi o cuidado com o cabelo. Sempre bem cortado, bem penteado e estiloso. E a barba também, ok, confesso (mesmo não curtindo homens barbudos mas ele ficou beeeem melhor). E esse é o coturno bacana que vi na Zara semana passada. Bonito né? Estilo mais ogrinho mas com cuidados especiais. Quem será o próximo Estilo Magya?

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Quais serão os dramas de hoje?? Caso 01 – Brenda Tenho 20 anos, técnica em edificações, trabalho em uma empresa de renome a nível nacional, conquistei muitas coisas desde cedo, como o meu carro próprio, o que é muito para uma menina com uma família tão simples. Tenho minha independência financeira. Mas vim aqui pra falar sobre meu relacionamento passado. Eu e meu ex nos conhecemos desde crianças, crescemos juntos. Na adolescência nos aproximamos e nos tornamos amigos, inclusive até hoje fazemos parte do mesmo círculo de amizade. Depois de alguns anos de muita proximidade, ele começou a gostar de mim e eu só soube um ano depois, pois ele não queria atrapalhar nossa amizade. Mas só fomos namorar após 3 anos dele ter me contado, ou seja, ele esperou 4 anos por mim e nesse tempo todo não ficou com ninguém. Sempre carinhoso, atencioso, presente, cuidadoso ao extremo e acima de tudo meu melhor amigo – sabia de exatamente tudo da minha vida e eu da sua-. Sobre o nosso namoro à única coisa que tenho a reclamar é que por ele trabalhar muito às vezes acabava não me dando a atenção necessária, mas ele conseguia suprir isso logo depois. Era um namorado incrível, fazia de tudo por mim. Porém em uma discussão nossa, entrei no seu facebook. Tinha a senha dele, porém confiávamos muito um no outro então nunca tive a vontade desesperada de vasculhar suas conversas. Mas nesse dia não. Até que em uma das conversas, vi uma em que ele conversava com uma antiga conhecida que não via há anos, em que pedia uma chance, queria ficar com ela. Essa menina negou desde o principio, pois ele tinha namorada -EU – tanto que a conversa não se prolongou. Nesse mesmo dia nós estávamos fazendo 6 meses de namoro, saímos pra comemorar e tudo, fora um texto enorme que ele tinha me mandado sobre os seis meses. Mas eles não chegaram a ficar. Fiquei com ódio, louca com ele. Fiquei sabendo dessa conversa dois meses depois, ou seja, com quase 8 meses de namoro. E meninas como vemos até aqui nos choras mesmo, que algumas aguentam mil e umas traições, eu não suportei saber nem que ele já tinha pensado nessa possibilidade. Terminei com ele nesse mesmo dia, pelo telefone. Ele ficou louco, não acreditava, implorava que não terminasse. Eu pude ver que ele já tinha se arrependido, porém não tinha me contado, pois nos dias que sucederam após a conversa nosso namoro que era ótimo melhorou 100%. Fora que ele tinha esperado 4 anos pra ficarmos juntos né. Mas não voltei e nem tive recaídas. Já fazem 8 meses que terminamos e ele já fez o suficiente para provar que realmente se arrependeu e que me ama. E eu não tenho dúvidas que o amo também. Se eu deixar, todos os dias ele pede pra voltar. Manda mensagem, conversamos numa boa e como eu disse ainda fazemos parte do mesmo grupo de amigos, ou seja, estamos sempre nos vendo. Já mandou carta, já mandou rosas, e até uma aliança, liga pro meu trabalho, fica atrás de mim, fora todas as outras coisas que fez e ainda faz pra me provar que realmente me ama, todos os dias… Mas confiança ainda é algo muito difícil de ter. O amo muito, mas às vezes penso, que mesmo que ele não tenha ficado com a menina, será que isso não pode acontecer um dia? Isso martela demais em minha cabeça mas a saudade e a falta que um faz ao outro está enoooorme. Tem outro porém… Como disse no começo tenho minha independência financeira, sempre lutei muito pelas minhas coisas e pela minha família, não é ganância, mas a vontade de vencer na vida. Estou cursando um curso que sei que futuramente me trará ainda mais estabilidade financeira. A questão é que ele não pensa assim. Por enquanto só trabalha, seis dias por semana, quer seguir uma carreira que eu sei que trará muito aperto futuramente. Mas nem a faculdade começou a cursar, sempre adiou. E isso sempre me deixava com um pé atrás, pois sempre quis alguém que caminhasse ao meu lado e não atrás de mim. Quando namorávamos sempre conversamos sobre isso, mas ele sempre pensou assim e eu não quero assumir um relacionamento em que ele dependa de mim futuramente, pois hoje no meu trabalho atual ganho mais do que ele ganha, e percebia que isso o frustrava às vezes. Meninas me deem um help, o amo muito, mas tem a desconfiança, quero voltar mas tem um futuro incerto financeiramente. O que fazer? Já ouviu falar que quem procura, ACHA? Pois é, se eu procurar vou achar, se a leitora que está lendo agora procurar, vai achar, se a tiazinha da esquina procurar, também vai achar. Então o melhor é, NÃO PROCURAR. A gente faz muitas coisas por bobagem, às vezes estava num dia brigado, estava numa crise, por qualquer motivo ele pode ter procurado essa pessoa. Como também pode ser por pura safadeza ou por infantilidade, já que imagino que ele deve ter a mesma idade que você e convenhamos, homens são muito mais imaturos que as mulheres. Enfim, ele pisou na bola e você terminou. Se fosse SÓ por isso, eu te aconselharia a voltar, já que o menino tá mega arrependido e te provou isso durante esse tempo todo MAS vejo que você tem um outro motivo, esse sim bem mais concreto e sensato, que é essa incompatibilidade de futuros. Isso sim é bem mais sério e pode te trazer fortes frustrações. Acho melhor você tratar esse ponto com ele, e não o do quase-chifre. Talvez você não voltou pra ele até hoje mais por esse problema do que o fato que originou a separação. Aproveite que estão terminados e pense no relacionamento como um todo e racionalmente! Caso 02 – Kelly Eu tenho 24 anos, sou solteira e me sinto extremamente sozinha, mas não do tipo sozinha que quer estar em um relacionamento ou algo assim, sozinha do tipo “sem amigos”. Na infância/adolescência fui muito retraída e tímida, então fazer amigos era sempre um desafio para mim. Mesmo assim, consegui encontrar algumas pessoas com afinidades em comum comigo, porém acabei me afastando dessas pessoas porque mudei para o interior de SP e perdi o contato com todas elas. Ao voltar a morar na capital, tentei retomar o contato com esses poucos amigos, porém tive a impressão de que as afinidades que tínhamos já não existiam mais. Eu mudei muito e meus amigos também enquanto estivemos longe e simplesmente não consigo me identificar com eles. Fiz alguns poucos amigos enquanto estive no interior também, mas eles continuam lá então não costumo vê-los com frequência. Enfim, me sinto “desenturmada” e isso faz com que eu me sinta muito sozinha. Por mais que saia sozinha sempre que tenho vontade de fazer algo, as vezes companhia faz falta. A questão é que me sinto perdida: como começar uma rede de amigos? O que fazer para que as amizades durem? Por favor me ajuda! Você tem que parar para ver o porque não está fazendo amizades! Faça uma auto-análise, pois para mim está claro que o problema está em algum tipo de atitude sua. Não existe fórmula para ter amigos, a gente anda com quem se identifica e como toda relação, existe uma troca. Amigos são irmãos que a gente escolhe. A gente briga, faz as pazes, liga de madrugada, chama pra festa, chama pra ir na padaria, vai na casa do outro pra fazer nada, conversa bobagens, conta segredos, fica feliz com as conquistas deles, fica triste junto nos momentos de tristeza, ajuda na hora que precisa, na hora que não precisa também, leva lanche pra dois quando vai encontrar, manda mensagem só pra dizer oi, não precisa fazer cerimônia para contar algo, fala a verdade sempre, seja boa ou ruim… enfim… Amizade é algo gostoso, natural e simplesmente acontece. Se as suas não estão durando, é porque algo está errado. Você diz que fez amigos no interior mas eles continuam lá. Ok, existe telefone sabia? Você tinha amigos em SP e se afastou porque mudou de cidade. Quantas vezes foi visitar eles, quantas vezes chamou eles para te visitarem? Ligava com certa freqüência??? Pare, analise, e descubra o que pode ser! Amizade não se descarta por causa da distância, eu tenho verdadeiros AMIGOS IRMÃOS espalhados no mundo todo, e mesmo sem ver eles por anos, sempre mantenho contato… Pense… Caso 03 – Andrea Namorei sério dos meus 21 aos 29 anos, foi um relacionamento de descoberta para os dois, primeiras vezes em quase tudo, novidades,  inexperiências, alegrias e tristezas. No início, estava apaixonada e confesso que não via nada que me incomodasse nele, mas com o tempo conheci o boy profundamente  e vi que, como eu, ele era uma pessoa inexperiente, mas não tinha bom senso nas coisas mais bobas. Eu terminei com ele diversas vezes, mas ele sempre pedia para voltar e os motivos pelos quais terminava (que eram sempre por atitudes que eu não aprovava nele), acaba voltando atrás e sempre chegávamos a um acordo, ele falava que ia mudar e que gostava muito de mim e reiniciávamos o namoro. Bom, com o passar do tempo, tudo voltava a ser como antes, ele parecia ser bipolar, ora me tratava bem, ora era muito calado ou extremamente grosso, não tinha iniciativas que eu julgava serem necessárias, pois tudo eu tinha que tomar a frente, enfim, esperei mudança que não veio, guardei muita mágoa, o nosso relacionamento ficou tóxico e eu me conscientizei que não o amava mais e com ajuda de amigas e do seu blog(vi muitos exemplos de abusos bem parecidos com o meu caso), consegui tomar uma decisão definitiva e terminar com ele. Como todo o fim, foi triste, mas também, novidade ser solteira novamente depois de quase 7 anos namorando…tenho bastante amigas solteiras também, então aproveitei para sair para onde quer que fosse convidada, fiz a minha primeira viagem internacional com uma amiga, desengavetei e coloquei em prática vários sonhos, fui fazer pós graduação, inglês, fiz novas amizades e claro, conheci novos boys(superei rápido até!). Rs Fiquei 1 ano nessa vibe e curti muito sem foco nenhum, conheci vários caras de vários perfis. Confesso que fiquei chocada com tanta novidade, saí da bolha do namoro e me vi conhecendo homens muito diferentes, em estilo, tanto na forma de se vestir e estilo de vida mesmo, coisas que eu achei um pouco estranhas, por exemplo, homens que não sei se são gays, bi, afeminados ou são apenas estilosos. Me pergunto cadê aqueles homens com H maiúsculo? O que aconteceu com os homens enquanto eu estava namorando? Isso não se restringe apenas para a parte física, o fato é que eu fiquei muito exigente e vejo defeitos e diferenças que eu acho bastante insuportáveis, por exemplo, diferenças de ideias, culturais, religião, forma de encarar a vida…não quero repetir os erros do meu antigo relacionamento e embarcar em algo que está na cara que vai dar errado… Sempre que saio com alguém e vejo um indício de algo que reprovo, já risco da lista e volto a estaca zero. Tenho 30 anos, sinto falta de um novo relacionamento bacana, saudável, quero ter uma família, aprendi e superei muitas coisas, mas não consigo ir em frente, seguir para algo novo com alguém…não sei se é um bloqueio meu, ficar focando só nas diferenças ou se a coisa realmente está difícil no mundo dos solteiros… Sindrome de Chandler Bing, aquela que se a pessoa tiver um dedinho do pé torto, já não serve mais. Tava até pra escrever sobre isso aqui no blog! A quantidade de mulheres e homens bacanas, bonitos, bem de vida que conheço e todos solteiros, é assustadora. Mas fazem exatamente o que você está fazendo. As pessoas estão procurando perfeição. Se tiver uma coisinha que não agrada, já descarta e parte pra outra e por aí vai. Acho que temos que focar no que gostamos das pessoas e não nos defeitos. Apenas levar os defeitos em conta se eles forem totalmente inadmissíveis, mas o resto… ah, o resto a gente trabalha com o tempo! É conversando, explanando, moldando e sendo moldados que os relacionamentos dão certos. Enquanto você ficar nessa de reparar mais nos defeitos e diferenças, ficará sozinha. Fato! Não te digo para aceitar qualquer coisa, mas quando encontrar alguém que tenha qualidades que você acha imprescindíveis e que os defeitinhos forem bobos, tente trabalhar isso. As coisas mudam, as pessoas mudam, a gente se acostuma, a gente aprende a conviver! Teremos mais uma semana de Chora e libero hein! Já podem começar a escrever

  • O Dia Que Tomei Coragem

    E cortei o cabelo! Tô tomando ar pra começar este post rs. Bom, quem me segue há mais tempo sabe bem do meu pânico de cortar cabelo. Muita gente não entende, mas acho MESMO que é algo patológico. Sabe medo de viajar de avião? Aquela ansiedade, dor de barriga, mão suando frio, falta de ar? É exatamente isso que sinto quando o assunto é passar a tesoura nas madeixas. Aham, é sério assim e fico triste quando alguém minimiza esse medo. Pois então, eu sei que eu precisava mudar. Pra falar a verdade, há tempos não conseguia mais me olhar no espelho e ficava chateada em ver sempre a mesma cara, o mesmo estilo, fazer sempre as mesmas coisa no cabelo. Enquanto isso, no mundo, todo mundo aderindo aos mais variados tipos de corte e eu aqui, ainda de cabelão. Outra coisa que pesou muito foi o fato de eu trabalhar com moda e beleza. Poxa, precisava de algo mais moderno, mais fashion, mais atual! Por mais que meu cabelo fosse lindo (e era mesmo, nesse ponto sou bem convencida rs), por mais que toda a minha força e fotogenia viesse dele, eu não aguentava mais. Outro detalhe, cabelo muito bonito mas com as pontas bem estragadas. Arrumado, ele ficava bom, óbvio que tinha dias que ele acordava deuso mas em outras eu mesma tinha vontade de tesourar! Referências para o corte é que não faltavam, eu já tinha postado alguns aqui e a cabeleireira escolhida me mostrou outros mais. Sobre quem cortou meu cabelo, foi algo muito do destino mesmo… Fui jantar num domingo a noite com umas amigas em um japa e no meio da turma tinha uma moça que eu não conhecia. Ok. Papo vai, papo vem, falei da minha vontade de cortar o cabelo (inclusive andava há semanas com uma foto da Letícia Spiller na bolsa, com um corte que era mais ou menos como queria) quando me apresentam: A Júlia aqui é visagista! Pois é, a moça ruiva do cabelo curto era visagista com cursos em Londres, Barcelona, Paris e outros tantos que esqueci. Ela olhou meu cabelo, analisou fotos e falou que um corte ficaria muito bom. Pensei, pensei, perguntei pra um monte de gente se conhecia ela (tudo é desculpa pra desistir né?) e só ouvi elogios à Julia Astigarraga. Ok, ela foi a escolhida. Marquei num dia que tinha tudo para dar errado. Surgiram vários motivos para desmarcar mas bati o pé que se não fosse naquele dia, não seria nunca mais. 99% das pessoas apoiando e apenas 1% dizendo que eu iria me arrepender profundamente. Quem era esse 1%? Minha mãe. Sim, minha mãe só faltou jogar praga e tá aí um negócio que morro de medo, praga de mãe! Mesmo assim, fui em frente. Cheguei no estudio da Julia com 2 horas de atraso (isso não se faz Conyyy) mas não teve jeito. Precisava reunir forçar (aka amigas e um vinho) para ir comigo e acabou atrasando tudo. Chegando lá, fiquei maravilhada com o lugar, fofo fofo fofo! O espaço da Júlia Astigarraga se chama Day In The Sky e oferece vários tipos de serviço: visagismo, massagem, design de sobrancelha, corte, maquiagem, dia da noiva… Tudo isso nesse lugar lindo das fotos acima! Logo em seguida sentei com a Julia pra gente conversar um pouco. Esse lance de visagismo é muito legal. Ela olha sua personalidade, traços do rosto, e obviamente, o que eu queria passar, como eu queria que ficasse. Vi algumas fotos e combinamos um corte que era um pouco mais curto do que eu imaginava (se fosse do meu jeito, não daria taaaaanta diferença), com a franja de maneira que conseguisse prender atrás da orelha e manter a cor. No meu pertinho ninguém mexe kkkk. Algo meio Kim de long bob.  Foi engraçado, porque quando eu relutava um pouco, vinham as amigas com mais vinho pra eu relaxar hahaha. Que drama né? Mas como contei, é pânico mesmo!! Minhas amigas amadas que estavam ao meu lado o tempo todo: Jeannine e Denise. Atrás, a Júlia! Sentei na cadeira e começou o corte, A SECO! Posso falar? Achei mara, porque quando corta molhado, o cabelo encolhe quando seca e fica mais curto ainda. Ela tem muito cuidado, muita paciência (mas muita mesma hahahahaha) e lá se foi meu cabelón. Quando passei a mão no – que restou – de cabelo, fiquei chocada por dois motivos: um que não tinha mais comprimento, e outra que estava absurdamente SEDOSO! Sabe cabelo de criança? Ficou assim! Um dia antes de cortar, provoquei um bad hair day: lavei, não passei condicionador e dormi com ele molhado, só pra acordar bem feio e me dar mais coragem ainda rs. Tava enorme né? Achei o corte rico, fino, de mulher chique e a Julia nem fez escova, apenas secou e aplicou um mousse de volume. Ainda estou tentando me acostumar, preciso descobrir ainda como arrumar o cabelo, de que lado fica melhor, que tipo de penteados posso fazer, mas ó, não me arrependi em nenhum minuto! Precisava demais desse corte e a sensação de leveza não tem preço. Falei que cortaria né? Pois é, tomei coragem e cortei! Agora só falta saber lidar com essa nova Cony

  • Calça de Couro – Onde Comprar!

    Seguinte, foi MUITO, mas MUITO difícil encontrar a calça de couro perfeita. Na verdade, achei uma, mas com preço impraticável. Realmente este desejo está bem difícil de ser realizado viu? Acabei tendo que selecionar diferentes modelos de calças de ¨couro¨, já que a ideal tá complicada… Vi umas bem bonitas na Ateen, mas tudo esgotada (pelo menos na loja virtual, quem sabe na física tem?) e tem a Zara também, porém não tem ecommerce mas fica a dica para quem quiser dar uma passada por lá. Não se assustem com os valores, eu já me assustei por todas vocês hahahahaha. Ou o mundo pirou ou estamos muito pobres… só sei que depois de ver calças milionárias, achar umas por R$ 200, R$ 300 parece uma verdadeira pechincha. Obviamente nas sugestões abaixo temos couro e ¨couro¨, o que é um dos fatores mais relevantes para tanta diferença de preço. Vejamos: Artsy LINK Black Klos LINK Malene Birger LINK Emilio Pucci LINK Adriana Degreas LINK Amapô LINK AMARO LINK (AMEI ESSA! Não é bem a proposta, mas achei chique chique) AMARO LINK A. Niemeyer LINK Ateen LINK C&A LINK (da coleção da Joulik, mas atrás é de malha) Cris Barros LINK Diesel LINK D&G LINK (a mais maravilhosa, só não pago 13 mil porque o cós é de elástico aparente hahahahaha) Ellus LINK John John LINK Karin Matheus LINK Marisa LINK Passarela LINK Riachuelo LINK (que não tem loja online!!! Não entendo isso…) Cruzes! Difícil essa hein? Fica a missão: quem achar uma calça/legging de ¨couro¨ digna e rycah, deixa seu comentário aqui! Vamos nos ajudar hahahaha

  • Como Usar – Legging de Couro!

    Sabe quem me ensinou a gosta de legging (ou calça) de couro? Errou quem pensou Olivia Palermo… Foi a Shakira! Sim, adoro o estilo roqueirinha dela que sempre usa esse tipo de calça. Mas obviamente não é exclusividade da Shaki… outra musa que também ama legging de couro e agora sim, é a Palerminha! Ah e temos que falar “couro” já que não se pode mais usar aquela palavra em inglês que significa um material alternativo e ecológico. Vem ver os look e se… OLIVIA PALERMO USA, A GENTE TAMBÉM USA! Toda de preto com scarpin (reparem no comprimento da calça, vai até o ossinho do tornozelo) Com oxford… (essa da foto da esquerda é ela? Na busca diz que sim mas tô achando diferente…) Com casaquinho e sapatilhas. Com tênis! Com tricô em tons claros… Ou então com itens coloridos. A legging de couro vai com TUDO! Saindo da Palermo, vejamos outras inspirações: Com camiseta (nos pés vale de salto a tênis) O look todo preto é sempre um acerto! Com maxi trico… tô muito muito muito nessa vibe! Com casacão… E nos dias mais quentes também pode, com blusinha mais fresca e sandálias! A calça de couro preta ideal é a que não tem detalhes, não tem zíper na barra (para usar com botas e não machucar), não é muito comprida, o material parece bastante com couro, não tem brilho excessivo e muito menos cara de plástico. Tenho procurado bastante uma assim (tenho uma da Zara bem velhinha, preciso de outra), mas está um pouco difícil. Contudo, entretanto, todavia, no próximo post, dicas de onde comprar!

  • Tem Jeito Decor 11 – Paula´s living room

    Habitantes da Fufulândia, não ÇEY vocês mas eu tô passado, engomado e tinturado com a maravilhosidade de nossa presidentA Cony com o novo cabelo! Não viu ainda? Eu não vou dar spoiler aqui, que não é minha área, mas corre no Instagram e no SnapChat @futilish em ambas as redes e leve uma taçinha pra brindar essa nova moliér! Mas vamos aproveitar que o frio deu uma trégua e fazer coisa que a gente adora, que é botar pitaco no poleiro dos outros. E o pedido veio assim: “Oi Lelo! Estou acompanhando tua coluna e achando as dicas muito melhores do que os profissionais que encontrei por aí. Tá de parabéns pelo bom gosto e obrigada pelo serviço prestado. Só de ver as dicas das amigas já aproveito pra mim tb!

  • Tem Jeito??? Scarpin Magenta

    A Juliane está com a seguinte dúvida: ¨Oi Cony linda, tudo bem? Por favor, ajude-me a sanar minha dúvida… Preciso de uma ajudinha com esse scarpin. Ganhei de presente, acho lindo, mas usei somente uma vez e ele estacionou! Não sei como usar! E agora, Tem Jeito? Beijos, adoro o Fufu!¨ Miga, sua louca, isso é sério? ESSA COR É VIDA! Eu tenho um (só que o meu é da Schutz) que uso pouquinho só pra não gastar, de tão lindo que é!!! E toda vez que uso as pessoas elogiam. Tá fácil, dá para usar de muitas maneiras!!! Vem ver: Faça a linha clássica antenadinha usando uma calça branca ou jeans e uma estampa atemporal como xadrez ou listrado na parte de cima. Faça a linha doce e meiga usando tons pastel! O contraste fica LINDO! Você também pode usar com um vestido estampado que tenha a mesma cor do sapato em algum ponto da estampa. Mas se não tiver, não tem problema! Olha como fica lindo com poá e vestidinho listrado (morrendo com esse look da Taylor Swift!) Ok, se ainda não quiser arriscar muito, volte para o jeans ou calça branca e jogue uma camisa jeans. O look total denim com o scarpin magenta fica muito lindo! Você pode montar um look todo preto e por um casaco neutro pro cima. O look fica sério porém estiloso pelo toque de cor do sapato. O mesmo acontece ao usar look monocromáticos. Ah, magenta fica lindo com azul marinho viu? Uma combinação interessante e um pouco mais ousada é magenta com amarelo! Olha que luxo! Mudando a ordem das estampas… blusa clara e parte de baixo estampada. PIREI nessa combinação! Magenta com paetês prateados, preciso copiar isso hahahahahahaha. E uma combinação inusitada que eu jamais teria pensando e que gostei bem: magenta com verde militar! A outra foto foi só porque sobrou mesmo rs. Depois dessa surra de looks maravilhosos, acho que não sobra mais dúvida né Juliane? TEM JEITO SIM!!! Ame MUITO esse sapato pois é maravideuso! Sorte sua ter ganhado ele de presente, eu teria ficado felizona!

  • Dica da Leitora!

    Sexta feirona dia da dicona! Dica 01 – Naila A Naila garota esperta e sábia, viu esse blazer na Marisa e se lembrou na hora deste post AQUI! Na Marisa por R$ 119,95! ARRASOU MULHER! Dica 02 – Cristiane Cês sabem que amo jeans né? Olha o moletom jeans que a Cris achou! Na Luigi Bertolli por R$ 129! Dica 03 – Thaynara A Thay está tensa com sua primeira participação no DDL! Pode ficar sossegada que começou muito bem! Vestido na Renner (que poderia ser Farm) por R$ 119,90. Lindo lindo! Dica 04 – Daniele Lembram do post que fiz falando sobre como as bolsas da Renner estão bacanas? Olhem essa que a Dani achou. Linda, básica e estilosa por R$ 139! Dica 05 – Priscilla A Pri viu eu falando no snap que tô com vontades de vinho (não o de beber, esse sempre tenho vontade hahahaha, mas falei da cor) e lembrou de mim quando viu esse vestido FOFO na Renner! De suede, por R$ 99! Gostei DEMÁS! Dica 06 – Mariah Eita que AMEI essa dica! “Ola Cony minha primeira contribuição haha. Nesse frio que esta fazendo estava em busca de algo confortável e quente. Lembrei da UGG mas acho muito caro pois não faz frio o ano todo. Então fui em busca de uma mais barata. A maioria que eu encontrava era de materiais sinteticos, eis que achei essa do site www.penaneve.com.br  que é de couro legitimo e forrada com lã de carneiro e tem 4 cores. Amei super confortavel parece que estou de pantufa. Paguei 199.90 + frete” Mais uma dica pras meninas do Sul não congelarem! Dica 07 – Nivia Que coincidência! Ontem mesmo fui na Le Lis Blanc conferir a promoção e realmente está muito boa! A Nivia se jogou nos sapatinhos: Sandália de cobra R$ 107 (era R$ 309), coturno de salto R$ 179 (era R$ 599), sapatilha de glitter prateado riquíssima R$ 107 (também era R$ 309) e scarpin LINDO por R$ 131 (era R$ 439).  Gente e só pra avisar, HOJE COMEÇA A LIQUIDAÇÃO DA ZARA! Daqui a pouco vou dar uma passada por lá! Quem quiser participar desta tag e mandar seu achado, envie foto BOA do que comprou para constanza@futilish.com, no assunto coloque DICA DA LEITORA, nome da loja e o valor que pagou. Tá tudo na promo hein! Eis o momento de fazer compras inteligentes!

  • Fala Que Eu Te Escuto – Tô Com FRRRRRIIIOOOO!

    Mais um post dedicados às gurias do Sul! Minhas leitorinhas que mais sofrem com as baixas temperaturas do Brasil, pediram um post sobre casacos. Mas não qualquer casaco, tem que ser AQUELE CASACO PRA FRIO MESMO. E ó… agora entendo vocês… como é difícil encontrar hein? Até ri de algumas “brusinhas”(vou te matar The, agora só consigo falar assim) que apareceram como opção para casacos de inverno. Mas ok, fiz uma busca e achei os seguintes: 01 – AMARO R$ 269 LINK 02 – Artsy R$ 728 LINK 03 – Bobstore R$ 1118 LINK 04 – C&A R$ 249 LINK 05 – C&A R$ 249 LINK 06 – Le Lis Blanc R$ 408 LINK 07  e 08 – Fiero (poncho térmico!) R$ 299 LINK 09 – Renner R$ 299 LINK 10 – Mooncity R$ 219 LINK 11 – Renner R$ 299 LINK 12 – Shoulder R$ 399 LINK 13 – FYI R$ 588 LINK 14 – Rosa Chá R$ 399 LINK Aquecidas? Não né… então bora comprar “brusinhas” térmicas!

  • Chora Que Eu Te Escuto!!!

    Hoje o Chora tá um pouco diferente… Caso 01 – Branca de Neve Tenho 22 anos, mas meu problema começou há uns 10 anos, quando eu estava estudando na quinta série. Eu sofria bullying na escola, não gosto muito dessa palavra, acho ela forte, e me custou aceitar que foi isso que realmente aconteceu comigo naquela época. Foram anos horríveis de zuação, as aulas pareciam intermináveis, não tinha vontade de estudar, não tinha vontade de ir para a escola, chegava em casa todos os dias depois da aula e me trancava no meu quarto chorar sozinha. Minha mãe sempre foi uma ótima mãe, mas nunca foi minha amiga, tentava contar para ela e não conseguia, se falava que queria mudar de escola ela sempre chorava e dizia que estava tirando dinheiro de onde não tinha para pagar a escola e eu tinha obrigação de gostar dela. Nessa época cheguei a pensar que não valia a pena mais viver. O tempo passou, no colegial consegui mudar de escola, hoje sou Universitária, namoro, mas as marcas ainda continuam em mim. Sou muito insegura, fora a minha zero auto estima e a minha super ansiedade. Fiz um tempo de terapia, me fez muito bem, mas tive que parar pois era muito caro, e eu não consigo confiar em outra psicóloga. Meu namorado é um fofo, é aquele sonho de toda mulher, mas eu como sou insegura por conta de tudo o que passei, e também mega carente, as vezes sinto que ele não me da muita atenção e as vezes tenho crises de ciúmes (mas acredite, ele da atenção, o problema é minha insegurança e toda a carga pesada que carreguei durante esse tempo) mas é dificil eu acreditar nisso quando estou mal. Toda vez que preciso apresentar trabalhos na faculdade eu choro, sofro muito e me sinto um lixo depois, tenho muita dificuldade de falar em publico, principalmente pelo medo de ser julgada depois. Gosto de me arrumar, mas as vezes não sinto a minima vontade, muitas vezes não consigo me achar bonita ao me olhar no espelho e fico me perguntando o que meu namorado viu em mim. A maior parte da minha vida sofri calada, sozinha e tinha que fingir estar bem na frente dos outros. Hoje isso continua assim, só demostro emoções na frente do meu namorado, de resto não consigo demonstrar, continuo sempre fingindo estar bem e escondendo todos esses sentimentos que me remoem dentro de mim, tenho medo de isso estar me causando depressão. As vezes do nada sinto muita vontade de chorar e não quero sair de casa nem ver ninguém, quero ficar no meu quarto trancada no escuro. Não tenho condições a voltar a fazer terapia com a psicologa que confio e minha mãe não faz ideia de que passei por tudo isso, ja tentei contar, mas ela não aceita. Desculpa se ficou grande, mas juro que tentei resumir. Ô minha amiga, nem sei o que te falar. É muito fácil para quem tá de fora te aconselhar, falar para você ser forte e superar isso, mas sei que dentro de você isso não é nada fácil. Tente conversar com a psicologa que você gosta, marque uma consulta, conte para ela que você não consegue se abrir com mais ninguém, quem sabe ela pode te ajudar sem cobrar durante um tempo? Ou então seu namorado não pode te ajudar? O melhor para você é terapia mesmo… seja um pouco forte para pelo menos conseguir se abrir com outra. Veja bem, você mesma disse que tem fez bem… Cuidado com seu namorado, cuide-o, trate-o bem, não desabe tudo nele, um dia ele pode se cansar. Você tem um vida boa, merece ser feliz! Tá estudando, tem um homem que te ama, é vaidosa… Sério, procure sua terapeuta, tente voltar… pagar aos pouquinho, mas você precisa muito dela! Caso 02 – Cinderela Oi, Cony! Minha história é meio esquisita e nem sei bem como vocês poderiam me ajudar. No fundo, só de poder desabafar acho que já vale. Bom, tenho 29 anos e sempre fui muito solitária. Na adolescência tinha muitos colegas, mas nenhuma amizade de verdade. Na faculdade, a mesma coisa. Saí da faculdade e as coisas pioraram. Tenho aquela sensação de nunca ser lembrada por ninguém. Algumas vezes me esforcei, me fiz presente, mas sabe quando a amizade nunca deixa de ser superficial? Pois é, esse é o meu caso.  Se nunca levei jeito com amizade, imagine com namoro. Nunca namorei, nem nunca tive muitos paqueras. Tenho um rosto ok, mas meu corpo não é nada legal. As pessoas geralmente me acham esquisita e me olham torto, nunca me senti desejada. Quer dizer, só uma vez, num “relacionamento” que durou algumas semanas e foi o mais perto que cheguei de um namoro.   Recentemente conheci um rapaz online e estamos interessados um no outro. Ele é bonito, inteligente, super agradável, me trata bem demais, não tenho do que reclamar. Moramos distantes, mas ele vem me conhecer em breve. Mas a grande questão é: eu sou virgem. Ele sabe disso, ficou bastante surpreso, mas me falou que não vê problema nenhum. A verdade é que eu morro de medo da primeira vez. Já tentei antes (com o cara que comentei no início), mas foi horrível, me senti mega desconfortável, doeu bastante e tivemos que parar. Agora encontrei alguém especial, quero muito que esse relacionamento dê certo, e não posso deixar que esse medo bobo me atrapalhe. Sei que o conselho mais óbvio seria “deixa rolar”, mas na minha primeira tentativa eu fiquei tão nervosa que travei totalmente, e por mais que eu me sentisse atraída por ele, na hora não consegui sentir nada, excitação zero.   Enfim, é normal essa minha neura ou tô surtando à toa? Me sinto envergonhada por ser tão inexperiente nessa idade.   Cinderela, antes de mais nada, se rolar de transar com esse rapaz, por favor não pense que o namoro engatou ou que tem que dar certo ok? Não romantize a situação, pois o fato de você ser virgem é um atrativo para ele… Homens tem umas podridões assim, ele pode ser um cara super bacana, mas vamos sempre estar preparadas para o pior. Agora, vocês marcaram apenas de se conhecer né? Então segure a piriquita mais um pouco. Conheça ele bem, sinta segurança e quando achar que está pronta, aí sim vá para os finalmentes. Não faça NADA que você não queira, não ceda a pressões. Tudo tem que ser natural e gostoso. Se achar que ele vale a pena, não está sendo pressionada e realmente quiser transar com ele, tome até um drinkezinho para ficar mais soltinha. E relaaaaaaaxe! Cada pessoa tem um tempo diferente, não se cobre nem se pressione!   Caso 03- Ariel Vi que o “CHORA” está com as vagas abertas rs e resolvi falar de um assunto que até hoje não vi ninguém abordar. Não estou falando de problemas do coração, ou problemas de família, estou passando por um processo meio “diferente” e senti vontade de te contar para quem sabe ajudar pessoas com o mesmo problema. Desde a minha adolescência tive alguns problemas em aceitar a minha imagem e por ter a família (por parte de pai) obesa eu sempre tive muito medo de ser mais uma. Em consequência desse medo eu desenvolvi bulimia (isso a mais de 10 anos atrás). Nunca vi a Bulimia como um problema, na minha cabeça ela sempre foi a solução. Esse ano eu tenho feito muitas coisas diferentes, cheguei aos 32 anos e resolvi cuidar mais de mim. Fiz minha primeira viagem “solo” e ameiiiiii d+, fiz Botox, preenchimento, comecei a fazer psicóloga (depois da bad trip rs) e decidi deixar a bulimia para trás. Talvez a minha história não seja tão longa, talvez não seja uma das mais interessantes para você expor no seu Blog, mas eu decidi contar a minha história, pois é muito difícil para a pessoa que tem bulimia assumir para ela que tem um problema, que o problema é sério e pode acarretar em sérios problemas de saúde no futuro. Estou correndo atrás do prejuízo, contei a minha história apenas para 3 pessoas (a psicóloga, uma grande amiga e você rs), pois sei que não serei julgada e quem sabe no futuro eu não possa ajudar pessoas que passam pelo mesmo problema que eu né?   PARABÉNS ARIELZINHA! Coisa már linda do universo! Fico feliz que você mesma tenha percebido que tinha um problema SIM e teve forças para se livrar dele! Que sirva de exemplo para muitas mulheres que passam por isso!     Choras AINDA fechados. Abro em breve.

  • Onde Comprar – Camisa Verde Militar!

    Depois do post de ontem ensinando como usar uma bela e atemporal camisa verde militar, que tal ir as compras? 01 – Animale para  OQVestir R$ 249 LINK 02 – Aquamar R$ 69,90 LINK 03 – Fiya Lady para Dafiti R$ 79,90 LINK 04 – Le Lis Blanc R$ 679,90 LINK 05 – Le Lis Blanc para OQVestir R$ 349 LINK 06 – Le Lis Blanc para OQVestir R$ 369 LINK 07 – Levi’s para OQVestir R$ 329 LINK 08 – Mixed para OQVestir R$ 319 LINK 09 – Ayali para Dafiti R$ 79,90 LINK 10 – Colcci R$ 291 LINK 11 – Fiya Lady para DAfiti R$ 79,90 LINK 12 – Posthaus R$ 79,90 LINK 13 – Maria Filó para OQVestir R$ 150 LINK 14 – MOB para Shop2Gether R$ 98 LINK 15 – Osklen para Shop2Gether R$ 429 LINK 16 – Shoulder R$ 209 LINK Prontinho? Espero que tenham gostado de alguma dessas!

  • O Novo Corte de Cabelo

    Ainda tô tomando coragem pra um long bob básico e o povo já tá cortando o cabelo de novo! Pois é. Um pouco mais curto que o long, quase um chanel, só que mais moderno. Essa foi a escolha dessas mulheres que ficaram LINDAS! Marina Ruy Barbosa, que chiqueza. Camila Coelho, minha colega de firrrrrma rs, cortou e ficou MARA! Que coragem… vocês lembram do cabelão perfeito dela??? Juliana Paes também passou a tesoura e ficou bem fina. Se foi a Elseve que patrocinou o corte (bem provável rs), só queria pedir uma coisa… ELSEVE PATROCINA EU TAMBÉM! Por uns dinheiros acho que tomo coragem hahahahahahaha.  Ou não. Agora, o corte mais TOP TOP TOP e falo TOP MESMO que vi, foi dessa moça da foto acima. Não a conheço, mas apareceu naquelas sugestões do Instagram e fiquei HIPNOTIZADA com esse corte. A cor é igual a minha, a textura do cabelo também parece muito e nunca vi coisa MAIS CHIQUE NA VIDA! Ela se chama @talita_andrade03. Talita, me desculpe por usar sua foto mas ó, parabéns viu. Não te conheço mas te considero pacas rsrsrs. Quem me dera ter coragem pra fazer algo assim… Qual será o próximo corte da moda? Joãozinho style? Enquanto isso… continuo tomando coragem… Oh God…

  • Como Usar – Camisa Verde Militar!

    Ai que eu AMO camisa verde militar! Tenho uma velha que dói, mas não desapego dela de jeito nenhum! A minha é bem básica, com – putz, esqueci de novo o nome daquela fitinha que segura a manga rsrs – a tal tirinha, botões na mesma cor da camisa e de tecido mais leve. Só que depois de selecionar fotos para este post, já sinto a necessidade de mais uma, um pouco mais grossa! Gente, camisa verde militar é riqueza, é estilo, é atemporalidade, é personalidade, é tudo e mais um pouco. Sai do óbvio pela cor, mas é tão clássica quanto uma camisa branca. Aliás, são três camisas que temos que ter: uma branca, uma jeans e uma verde militar. Mas com o que combinar? Vem ver. Com calça branca. Duas peças lindas e clássicas. Se quiser tombar o mundo da riqueza e virar dona da coisa toda, use com uma pantalona branca. Terá meu eterno respeito. Verde militar com branco é uma dupla certeira. Com shortinho nessa cor também fica lindo. E com saia branca, obviamente, também fica muito bom. Repararam na cor dos sapatos? Caramelo! Com jeans é CLARO que fica MARA. Aliás, amei muito muito muito esse último look com a boyfriend e botinha! Com preto também combina, fica um look mais fechado, mais power, mais enigmático. Outra opção é usar a camisa aberta com uma camiseta branca por baixo. Com blusinha listrada também fica lindo! No verão, com shortinho preto vai até pra balada! Agora todas juntinhas: SE OLIVIA PALERMO USA…  A GENTE TAMBÉM USA!! E se Emmanuelle Alt também usa, aí é confirmação de bom gosto. Deu vontade aí? Aqui deu, e muita!!! E como sempre, em breve post de onde comprar! 

  • 10 Erros Comuns Ao Comprar!

    Que tenho as leitoras mais antenadas e espertas quando o assunto é consumo, não tenho dúvidas. Ô mulherada que sabe fazer um achado, essas Fufus hein? Com os posts sobre tendências, os Como Usar e as classificações sócio econômicas das roupas, aprendemos a apurar o olhar e no Dica Da Leitora, colocamos tudo o que aprendemos em prática e mostramos nosso trabalho eficientemente. Tão vendo? Acham que o Futilish é apenas mais um blog? Não miga, é uma escola com exercícios práticos, teoria, provas e tudo mais de como se vestir bem e quando dá, gastando bem pouquinho. E hoje vou abordar um tema super importante e que vai fazer A diferença em nossas vidas: onde é que mais erramos quando vamos às compras?  Eu, que sou PhD em bater perna em shopping com amigas, mãe, namorado, sozinha, sei bem quais são os perigos e os cuidados que temos ter ao pensar em comprar aquela “brusinha” tão baratinha que está na promo e que tá usando e que não tenho igual e que… Bom, justificativas pra uma blusinha nova são infinitas né? rs Mas prestem BEM atenção nesses errinhos super comuns e que devemos evitar! A roupa está apertando, MAS VOU EMAGRECER – Miga, não vai. Pode até ser que emagreça mesmo, mas e se acontecer o contrário? E se não perder os kgs extras que a roupa precisa para poder vestir confortavelmente? Esse é um dos maiores erros! Temos que comprar a roupa que serve NO DIA DA COMPRA. Tudo bem que se comeu um pratão de feijoada e sobremesa e está estufada, dê esse desconto, mas se você sabe que veste 40 e só tem calça 36, melhor não comprar, mesmo que o preço esteja super convidativo! Vou levar na costureira para arrumar isso – A não ser que você seja uma pessoa super disciplinada e não vai esquecer a compra no fundo do armário esperando o dia de ir pra costureira, não compre. Eu mesma, sei que vou demorar MESES pra levar algo para consertar, então nem compro. As vendedoras sempre falam: ah mas a costureira dá um jeitinho nessa barra de 5 metros rapidinho. Se não for um serviço da loja e que eu possa buscar no dia seguinte, ou que entreguem em casa, esquece. Prefiro levar o que já me veste bem no momento. Amei essa roupa, só tem essa “coisinha” aqui que não gosto… – Se não der para tirar a “coisinha” imediatamente, melhor não levar. Quantas vezes a gente compra algo que achou bacana, com preço legal, mas que tem um mini detalhe que não agrada e quando chega em casa, esse mini detalhe vira um DETALHÃO? Quase certo da roupa ficar encostada ou ir pra troca no dia seguinte. Tudo tem que te agradar, caso contrário, nunca será uma peça que você vai amar pra valer. Não é muito meu estilo, mas tá usando então vou levar – Nananinanão. Eu comprei aquele body com o decote trançado porque achei lindo nos outros mas desde que comprei (e paguei caro porque estava difícil de achar) não usei. Por que? Porque não faz muito meu estilo. A gente tem que ser forte, ter consciência do estilo próprio e ser fiel a ele. Cabem variações, mas sempre dentro do que você SABE que vai usar e que reflete sua personalidade. Pense assim: eu usaria essa roupa HOJE A NOITE? Se sim, pode levar, mas se outra roupa veio a mente, melhor deixar pra lá. Não estou precisando, mas o preço está ótimo – Esse erro a gente comete todos os dias né? Se não está precisando, pra que mais? A não ser que o dinheiro esteja sobrando com força, melhor focar nas prioridades! Vou comprar e guardar pra um evento especial – Nisso, eu tenho vestidos guardados há mais de 2 anos ainda esperando o evento especial. Compre se for pra usar já, hoje, amanhã, neste final de semana, no casamento que você foi convidada. Comprar para guardar, só serve para acabar com nosso dinheiro, ocupar espaço no armário e outra, a moda se reinventa muito rápido. Provavelmente durante o tempo que ficar guardado, vão aparecer outros muito melhores e modernos e o seu vai ficar com cara de ultrapassado. Vou levar duas para garantir se uma acabar – Eu sou mestra em fazer isso, confesso. Às vezes gosto TANTO de uma roupa que dá vontade de comprar mais de uma só pra garantir a vida – quase – eterna. Faz sentido eu sei, mas é um pouco “fominha” demais. Você pode enjoar da roupa, aparecer uma melhor e mais bonita, e vamos combinar né… economia pra quê??? Una basta y sobra (como diz mami!) Não tenho tempo de provar, em casa experimento – ERRO MASTER! Gente, tem que provar na loja. A roupa pode ser linda no cabide e ficar um horror no corpo. Pense no tempo perdido de ter que voltar pra trocar, e pior, se voltar e não tiver nada pra trocar e virar crédito, lá se foi um dinheirinho que poderia ser útil pra outra coisa. Até a mais singela camiseta branca, tem que provar SIM! Não é beeeeem o que quero, mas pode ser essa mesmo – Não, não pode não. Novamente bato na tecla que a roupa/sapato tem que servir perfeitamente e ser exatamente o que você procura. Qualquer detalhe que não seja do seu agrado, vai se tornar gigante quando você for vestir a roupa. Ninguém merece vestir algo que não curtiu totalmente né? E outra, existe 99% de chance de logo após você comprar algo que te agradou mais ou menos, você ver a peça perfeita na vitrine ao lado. Batata. Sempre acontece. E não escute sua amiga quando ela disser: É bem parecida com aquela que você quer. Parecida NÃO é igual. Acho que tenho uma dessas em casa… Vou levar, qualquer coisa eu troco – Gente, compra NÃO É FEITA PARA SER TROCADA! A gente troca presentes, aqueles que as pessoas compram sem saber nosso gosto, nosso tamanho, sem saber o que temos. Nós não temos que comprar nada para trocar depois! Se a gente pensasse bem antes de fazer qualquer compra, as trocas diminuiriam muito. E quer coisa mais chata que ter que voltar na loja e rezar para achar outra coisa para levar?? A não ser que seja por defeito ou compra virtual, toda troca é burra e consequência de compra por impulso. Se não se lembra se tem em casa ou não, volte pra casa e confirme oras! Ouviu Dona Constanza (as loca que conversa com ela mesma)?   Esses são os dez erros mais comuns que cometemos ao consumir. Em contrapartida, admiro DEMAIS que consegue gostar de uma peça e esperar ela entrar na liquidação. Nem considero um erro fazer uma compra sabendo que na outra semana tudo estará remarcado, pois aí estamos falando de ansiedade rs. Isso, ainda, não consigo fazer e nem aconselho, vai que acaba? E vocês, acham que tem mais algum erro que esqueci de mencionar?

  • Alternativa Fashion!

    Ó, não sei se depois da promo da Schutz (um monte de coisas com 50% off… comprei alguns papatinhos :-/ ), ainda é uma Alternativa Fashion, pois se a bota tiver pela metade do preço, fica elas por elas mas vamos lá: C&A R$ 199 Schutz R$ 490! Igual que nem! A dica é da Fernanda! Olho clínico hein?

  • Dica Da Leitora!

    Vejamos o que essa mulherada anda comprando?? 01 – Jaqueline A Jaqueline foi na Renner e ficou doida, doidinha com seus achados!! Camisa xadrez por R$ 79,90 e bata branca por R$ 79,90 Agora, a lindeza MASTER ficou com esse coletão! E que lindo que ficou com a bata branca e o jeans rasgado! Colete por R$ 199! Dica 02 – Narielle Láaaaa de João Pessoa! ¨Olá Cony, amo seu blog e já sigo você há alguns anos, antes mesmo do famoso  #compreynoebay. Bom sou frequentadora assídua de lojas de departamentos e na minha última visita a Renner, encontrei esse macacão com cara de ryco, bem escondidinho, apesar de ser um número maior que o meu, comprei e vou levá-lo para a costureira, espero que gostem ele custou R$139,90, também me encantei com esse vestidinho midi canelado, ele é aquele pretinho que não pode faltar no nosso guarda roupa da Riachuelo e custou R$ 69,90, ambas as compras aqui da minha cidade João Pessoa.Um beijo e continue com essa pegada de sempre “Blogueira de vida real”.¨ Arrasou nos pretinhos hein!!! Curti demais esse vestido da Riachuelo! Dica 03 – Jessica A foto tá ruim mas vou publicar só porque achei a dica BEM boa. Botinha roqueirinha na Riachuelo por R$ 149,90! Dica 04 – Alexandra ¨Cony, olha o q ja chegou na Renner! Modelos de alça para atualizar a bolsa de sempre, adorei! Por R$ 59,90, tem um acabamento bem bacana. A de onça tem o outro lado vermelho. Onça rica ou pobre?¨ Menina, que legal isso! Não vi nas Renner daqui não! A onça tá marromeno, gostei mesmo foi da alça preta! Dica 05 – Maira ¨Ei Cony. Diquinha básica graças ao seu post da loja Maria Barbosa, te mandei 3 fotos pra você ver qual está melhor…o Coturno é muito leve e super confortável, paguei R$179,00. A loja é bem fácil de achar e de chegar, o atendimento é tudo de bom, super educadas e graças a sua dica, a loja bombou e evaporou muitos sapatos, queria ter comprado o Oxford preto mas não mais a minha numeração.¨ Essa dica foi demais né??? Para quem não viu o post e quer as informações de venda, leia AQUI! Dica 06 – Clarissa Ela se deu bem no Barateiro! ¨Boa noite Cony!! Sou mto sua fã, leitora assídua!! Agora que minha primeira dica saiu, não paro mais de mandar! Sou a rainha da pechincha… Desde que vi a dica do site Barateiro aqui no blog fiquei de olho pra ver se encontrava algo que me agradasse. Estava querendo o relógio retrô da Casio, mas sou muito pão dura pra dar mais de 100 reais em um acessório, especialmente um relógio, pois não sou muito de relógio… Dai olhando no barateiro eis que vejo o prateado pequeno. Acho ele lindo! Comprei na hora, pra não perder! 89 reais mais 1,99 de frete! Boleto pago, segui olhando as coisas… Eis que rolando mais a página, achei o rosé! Lindo! Esse que eu sempre procurei mas além de difícil de achar, e o mais caro… Mesmo valor! 89 + 1,99. Boletei, paguei e tcharammm!! hoje os dois chegaram! Super  bem embaladinhos e com algumas avarias na caixa apenas. Envio fotos pq muita gente ainda não confia nesses sites né, sem contar que o reclame aqui tá cheio de reclamações. Bem, minha experiência foi ótima! Super aprovado! Bjos Clarissa¨ Nunca na vida tinha visto esse rosê! Achei chique! E o prateadinho é muito amor né? Dica 07 – Patrícia Mais uma discípula de Fufu! Vestido listradinho de malha canelada da Renner por R$ 69,90 e jaqueta jeans, também Renner, por R$ 139,90! Lindo look! Sou suspeita pra falar né? rsrsrs Botinha maravi da Via Mia por R$ 269 e sapatilha que saiu por uns R$ 130 (ela não sabe direito pois a segunda peça vinha com 40% de desconto!) Dica 08 – Juliana ¨Oi Cony! Meu nome é Juliana, e sou de Londrina-PR. Parabéns pelo blog, sou super fã (te conheci através da Naiá, do Moda Possível!) e é a primeira vez que participo aqui, apesar de ser caçadora de pechinchas, kkk! Seguinte, nessa terça-feira à noite passei lentamente e admirando a vitrine da Marisa que fica no shopping Catuaí, e ouvi uma funcionária dizer pra outra “precisa de mais espaço porque aqui vão ficar as remarcações”. Óbvio que entrei na loja na hora e já peguei o primeiro momento da liquidação “a preço de banana”! Comprei, pra escapar do frio terrível que tem feito por essas bandas, a blusa preto e branco de tricô, super quente e fofinha, de $99,95 por $39,99! Ainda na loja, lembrei do teu post sobre golas (no mesmo dia que saiu comprei uma na Renner, e como esquentam! amei!) e achei duas bem bonitinhas e dignas por $49,99. Qual não foi minha surpresa ao passar no caixa: cada uma saiu por $29,99!!! Confesso que estava com preconceito com a Marisa e não comprava nada lá há anos, por achar as peças de baixa qualidade. Mordi a língua e gostei muito do que vi! Só não levei mais pq né, auto controle.¨ De mulher pra mulher, ARRASOU! Quero essas golas! Gente, ultimamente só penso em golas hahahaha. Dica 09 – Rosinha ¨Olá, Cony!! Tava há tempos procurando um jeans skinny rasgadinho (pero no mucho), para chamar de meu e nunca gostava de nenhum. Eis que ontem, passeando despretensiosamente pelo Shopping da Bahia, em Salvador, resolvo entrar na Renner e encontrei essa calça. Achei que vestiu bem e, como sou baixinha, o fato de ela ser cropped ficou num comprimento bem bom pra mim, não vou precisar fazer a bainha (iupiii!!). Não foi uma pechincha não, custou R$ 109,00, mas fiquei satisfeita com ela. Espero que as fotos tenham ficado boas e a dica sirva para outras leitoras que estão procurando uma calça nesse estilo. Beijos e adoro o Fufu!!! Rosangela (Rosinha)¨ Linda calça Rosinha!  Dica 10 – Olga Olha o feedbaaaaaack! ¨Oiê, fiquei TÃO feliz por ter respondido minhas dúvidas de “Fala Que Eu Te Escuto – Faculdade aos 40“!!! E aí fui ao Bom Retiro fazer umas comprinhas com suas inspirações, e encontrei uma jaqueta bomber bafônica, que normalmente eu não compraria por achar indequada pra mim, mas resolvi arriscar! Ela é algo assim meio “Costanza Pascolato Surpreendendo ! Hahaha! Foi na loja KWI, na rua José Paulino n. 400. Era 229 reais, mas estava numa promo(!!!) e paguei 159,90! Eu não sei descrever o material, mas seria um “náilon acetinado”, com um toque gostoso e resistente. Obs: Tá amarrotada, mas fiquei ansiosa pra mandar! Comprei tamanho G, pra ficar mais folgada mesmo.¨ Olguinha minha deusa, mas tu arrasou NUM GRAU! Linda essa bomber! Coloca uma skinny preta com a barra viradinha, uma regatinha mais soltinha preta ou branca e voila! Gata gatíssima tombando todas na faculdade. Vai virar ícone fashion entre a garotada hein!!!!  Parabéns meninas! Muita coisa linda e com ótimos preços! Tá tudo na promo e temos que aproveitar né? Fiz umas comprinhas também, acho que vou mostrar no Snap rsrsrsrs. Ficaram alguns DDL de fora, mas posto até sexta mais uma leva ok? Beijos e obrigada pela participação! (Para participar, mande seu achado para constanza@futilish.com, no assunto coloque DICA DA LEITORA, foto boa, nome da loja e preço que pagou!)

  • Mi casa, su casa – Home Office

    Oláááár Fufuzada! Eu gostaria de dizer que o frio foi embora, mas não. Ele está aqui encoxando a gente sem nenhum pudor. Mas eu sigo tentando ser um cerumano meliór e não reclamar – tanto . Hoje o Mi casa, su casa será sobre um tema muito atual, o “escritório em casa”. Antigamente um luxo dos rykos é atualmente uma necessidade comum. Muitas pessoas – nossa patroa por exemplo – não têm um ambiente formal de trabalho e acabam executando algumas (ou muitas) funções a partir de casa. Trabalhar de casa pode ser tanto uma bênção quanto uma maldição. As fronteiras entre os afazeres domésticos e a prática profissional (especialmente para Fufus tipo figo) geralmente se perdem e aí você começa a trabalhar de tarde, limpar a casa de madrugada, dormir demais de manhã, passear no almoço… Cuidado gente, cuidado. Claro que há grandes vantagens. O primeiro, obviamente, é diminuir custos. Não temos custos de aluguel, água, luz, internet, alarme e seguro. Poder acompanhar os mini humanos, fazer um cafuné no pet e comer uma comidinha gostosa. Dependendo de quanto tempo sua rotina toma de você, dá pra ter apenas uma diarista e manter a casa em ordem com pouco esforço. Claro que cada profissão terá sua necessidade. Não dá pra ser costureira em um espaço de 140cm de largura, mas alguém que trabalha com traduções, turismo, um escritor/jornalista poderia facilmente trabalhar nesse cantinho diminuto. Vou falar de um home office básico e aí cada um pode construir a partir dele. Agora pega a prancheta e #vemkotio ! Quanto mede uma boa mesa? 140cm de largura e 60cm de profundidade. Nessa metragem eu indico usar 2 gavetas suspensas de 40cm de largura. Assim sobra 100cm para suas pernocas e abaixo das gavetas vai morar o lixeirinho. Não ter espaço para as pernas, ou passar a vida chutando lixeiro é um caso de tortura chinesa. O máximo pra uma mesa “básica” seria 180cm com um gaveteiro de 60 cm de largura e 4 gavetas, ou volante (gaveteiro volante é aquele com rodinhas e geralmente encaixa “estacionado” debaixo da mesa). Além disso, só mesmo se você tiver uma necessidade específica. Eu por exemplo, trabalho com desenhos em papéis de tamanhos grandes e optei por uma mesa de 270cm de largura e 110cm de profundidade. Claro que também ajuda pois é a mesma mesa que mamys usa pra cortar tecidos e fazer coisas lindas para vendermos na Lelo Design. Mas quando estou colaborando com arquitetos e não temos espaço em mesa, colamos as pranchas de desenho numa parede e pronto! =D Foi difícil achar uma mesa bonitinha com duas gavetas mas também achei umas lindas com funções mais específicas para vocês imaginarem outros usos, como as mesas de desenho… …ou as de estilo clássico ou provençal. O goró de hoje vai ser um chá típico do Paraguay, que está acalentando meu corpinho de seleia (sereia+baleia) nesses dias abaixo dos 20ºC. Mas deixa eu explicar essa delícia primeiro: Erva mate + açúcar caramelizado em brasa pura + água ou leite. Eu prefiro com leite. O preguiçoso aqui compra o instantâneo mostrei no Snap semana passada. Mas é bom demais. Alguns locais no Brasil fazem a “queimadinha” que é com guaco e açúcar queimado, muito bom também. PLIM PLIM! Muito importante é aproveitar o espaço disponível com estantes, ou gavetões, o que se adaptar melhor a suas necessidades. Eu gosto de mais espaços fechados que abertos, pois a manutenção de limpeza pode ser menos frequente e até para proteger as papeladas. Não totalmente fechado, entretanto mais fechado que aberto. Aí você me pergunta: Mas porque tem que ser mais fechado do que aberto? Não “tem que” ser nada Fufu, eu só acho que podemos evitar certos desgastes. Esse já é um fato mais voltado aos Fufus do tipo banana. Caso você receba pessoas para reuniões, claro que você precisará de um espaço maior, que caiba mais uma ou duas cadeiras e que expresse a sua personalidade e profissionalismo.Quero atentar para um grande erro que muitas pessoas cometem: O posicionamento da mesa. A maioria das pessoas segue uma lógica simplificada de que colocar a mesa abaixo da janela irá aproveitar iluminação natural. Contudo há algo que vocês não aprenderam na aula de “Conforto Lumínico” mas que nós profissionais descobrimos na faculdade de arquitetura. Quando você precisa se concentrar para leitura a pupila se contrai e foca no texto. Porém quando há muita luz a pupila procura ficar ainda mais contraída para “filtrar” o excesso de luminosidade. Esse é o motivo também de nos sentirmos mais cansados ao ler em tablets ou readers retroiluminados. Tem matéria sobre isso aqui. Outro erro que acontece é deixar a janela atrás da tela e ter que conviver com exus de reflexos vagando eternamente na tela do computador. Aí depois acabamos tendo que colocar cortinas e perdemos a vantagem da janela. Então o que é melhor? Vai de ladinho Fufu! Mesmo que não tenha espaço para a mesa ficar solta nas laterais e você correr sem roupas gritando ideologias políticas, colocar a lateral da mesa na janela é uma ótima posição. Trabalhar olhando para a parede é algo desagradável, então caso essa seja a única opção que você tem, aproveite esse espaço para fixar coisas que te agradem, como fotos de lugares, de pessoas que você gosta ou até gravuras ou peças de decoração que te encantem. O efeito é não se sentir num buraco hostil. Televisão é algo que se não for necessário deve ser evitado, assim não se perde o foco. Mas uma cafeteira e até um frigobar – especialmente se você recebe pessoas – torna o espaço ainda mais aconchegante e profissa. Nada de trabalhar de pijama e pantufa! Lembrem-se dos limites residencial e profissional. Dentro deste cantinho tem que ser aquele outro “eu”. Eu já ia me esquecendo de falar de uma situação recorrente – que eu terei que implantar aqui em casa inclusive: Home Office de Visitas. Não, não é um escritório pros parentes. É que num “apertamento” de 3 quartos usualmente pegamos o menor para fazer de escritório, mas também deixamos aquele sofá cama preparado para receber a sogra. Quando temos essa configuração é interessante deixar um espaço de pelo menos 80cm para um “mini” guarda roupas. Também cuidado com o tamanho dessa cama, ou sofá cama, para que ele não fique apertado demais e bloqueie as circulações no cômodo =D A Florense tem o Dominó, um  sofá cama incrível! O tamanho dele para dormir é esplêndido para um casal: E ó, eu gosto MESMO dessa peça, não é merchã, e muito menos jabá, até porque eu não tenho um desse. #aceitando Agradecendo sem parar as pessoas que estão me mandando emails, tanto para os TemJeitoDecor quanto para eu criar os mix de almofadas para decorar as casas de vocês =D tô respondendo, devagar e sempre, mas estou. Peço desculpa também aos comentários aqui, mas ao longo da semana vou colocando em dia. Quem quiser saber mais das peripécias da patroa diva e do véio barrigudinho aqui, pode nos seguir no instagram e no snapchat, @futilish e @tiolelofoz. Aguardo também as sugestões e dúvidas aqui nos comentários. As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.  

  • Fala Que Eu Te Escuto – Faculdade aos 40

    Minhas queridas lobas! Vamos responder mais uma dúvida fashion de uma bela e estudiosa mulher de 41 anos. ¨Oi Cony! Inspirada pelo post da Karla, que tem 46 anos, resolvi arriscar um pedido, já que tenho 41 anos e sempre que penso em pedir ajuda acho que não vai me responder, porque seu público é mais jovem. Seguinte: resolvi fazer outra faculdade, estudo à tarde e meus colegas têm metade da minha idade. Meu uniforme de estudante é jeans, sapatilha e qualquer coisa na parte de cima, basicamente. Muitas vezes quero mudar, mas tenho medo de sair da zona de conforto e exagerar ou pra mais ou pra menos. Eu queria dicas de looks adequados pra ir à faculdade, sem exageros e de acordo com a minha idade. Tenho um corpo “vestível” (1,66m e tamanho 40). Obrigada pela atenção.¨ Minha querida, como você deve ter percebido naquele post, tenho um público de 20 a 60 anos, ou mais! Aqui cabe todo mundo rs. Vamos dar um jeito na sua questão. Ter 40 anos hoje em dia não é limite para NADA. Você mesma sabe bem disso, afinal começou uma faculdade agora… Porque se privar de roupas por causa da idade? O que temos que ter, em qualquer época, é BOM SENSO. Isso aos 20, as 30, 40, e por aí vai. Eu não estou nada longe de você e uso o que quero: saia curta, botinha, decote… Me preocupo apenas que a perna esteja ¨boa¨, que visualmente não fique nada estranho, mas sempre, desde nova, fui básica então não tenho grandes problemas. Por questão de gosto, não uso estampas infantis, lacinhos, babadinhos e coisas assim. E acho que não gostar disso já me ajuda bastante a não errar! Farei uma listinha com alguns looks para você se inspirar e assistir suas aulas confortavelmente e com estilo!!! Jeans com moletom ou tricô. Existe algo mais ¨faculdade¨ do que isso? Mas agora que temos informação de moda, internet para nos mostrar o que é legal, não precisamos mais usar QUALQUER moletom, ou qualquer tricô. Um moletom estiloso como o da foto, com grafismos, ou ainda com aplicações, ou simplesmente sem nada, e uma calça jeans com a barra cuidadosamente virada já está ótimo. Nos pés, pode continuar com suas sapatilhas, mas escolha umas bem ricas tá? Ou então sapatos modernos como esse da Olivia Palermo. E já sabemos, SE OLIVIA PALERMO USA, A GENTE TAMBÉM USA! Jeans com camisa! Solução adulta e sempre certeira. Para jovializar isso, que tal um jeans rasgado, um tênis branco, uma barra viradinha? Se a camisa for jeans também, BINGO! Estilo puro. Calça skinny ou sequinha, tipo alfaiataria, estampada. Você também pode usar com camisas para um visual mais polido. Como amo essas calças! Se estiver muito quente, use as de comprimento um pouco mais curto e uma camiseta. DETALHE: até a camiseta branca tem que ser bem escolhida ok? Pense em malha boa, caimento bom e bom acabamento. Amo essa linha ¨conforto¨. Calças mais soltinhas, com blusas igualmente folgadas, ficam LINDAS e CHIQUÉRRIMAS, quando usadas com cores claras e complementares. Cinza com branco, bege com nude… Tem coisa mais rica? Calças escuras e blusas básicas permitem uma gracinha nos pés. Sapatilhas estampadas e coloridas estão liberadas quando o look é todo neutro! Listras, jeans e branco. Chiqueza, leveza, juventude e elegância. E o look ainda fica com cara de ¨sempre limpinho¨ rs. E por último, um look que eu chamo de ¨Julinha¨! Julinha é aquela menina que anda sempre engomadinha rs. Acho fofo e tem super cara de faculdade: jeans camisa e suéter por cima da camisa, deixado aparecer manga, gola e um pouco da barra da camisa. Ah mas só calças Constanza? Eu acho mais chique e fácil. Pode usar vestidos também e eu escolheria os de malha de uma cor só e bem confortáveis! Nos pés, onde vê salto fino, troque por sapatilha, tênis, slip on, oxford, alpargata ou anabela! Que tal? Clarou ou complicou?

  • Por Aí – Bolsas da Renner!

    Durante uma passadinha pela Renner ontem, detectei umas bolsas bem bacanas! Mochila com bordado tipo ponto cruz R$ 169 Essa tá MARA! Bolsa saco por R$ 119 Mais uma mochila bordada, R$ 159 Essa é de veludo e pequenininha, R$ 109 E a cara da riqueza: camel com alça bordada, R$ 139 Lindas, lindinhas e com cara de coisa cara rs.

  • Alternativa Fashion – Look Isabella Fiorentino

    Amei essa tag, é gostosa de se ver e comparar as peças pra ver se fica bem parecidinho! Hoje vamos copiar o look da musa das musas brasileira, a mulher mais estilosa, elegante, classuda e simpática da TV: Isabella Fiorentino! Geralmente gosto de TUDO o que ela usa. De vez em quanto, muito raramente, acho alguma roupa esquisita mas no geral, amo tudo! Hoje escolhi um look atual porém atemporal. Pode isso? Pode, assim ó: A elegância da calça branca com camiseta listrada e a atualidade com tênis branco e jaqueta com patches. Nos acessórios, bolsa preta de alça comprida e colar de bolotas brancas curto!   Parka Sommer para Zattini R$ 329 Camiseta listrada Renner R$ 59,90 Calça branca AMARO R$ 139 (essa calça tá DEUSA! Dá uma clicada pra ver ela na modelo) Colar AMARO R$ 54,90 Tênis branco Taquilla R$ 199,90 Bolsa Renner R$ 149 Patches Ziovara R$ 32,90   Amei a Alternativa Fashion! A cara da riqueza moderna!

  • Onde Comprar – Blazer Listrado!

    Ah mas vocês ficaram doidinhas com o post sobre blazer listrado hein? Pois tenhos duas notícias, uma boa e uma ruim. A boa é que achei vários modelitos interessantes! A ruim é que os preços não estão nada nada amigos, mas me esforcei para achar algo mais em conta. Vamos lá. 01 – Armani R$ 3.749 na Farfetch LINK 02 – Armani R$ 9.576 na Farfetch LINK 03 – Erika Cavallini R$ 2.282 na Farfetch LINK 04 – ATeen R$ 409 no OQ Vestir LINK   05 – Agilittá para Gallerist LINK 06 – Giuliana Romanno R$ 2.133 para Farfetch LINK 07 – Guild Prime para Farfetch LINK 08 – Kam Bess R$ 360 para Zattini LINK   09 – Marisa R$ 99,95 LINK 10 – Brenda Lee para Passarela R$ 170 LINK 11 – Renner LINK 12 – Shoulder R$ 160 LINK   Sonia Rykiel R$ 2.079 para Farfetch LINK 3:AM R$ 399 para OQ Vestir LINK Foi difícil viu? Sei que os mais lindos são os mais caros, mas o que ganhou meu coração PRA VALER foi o da Zattini!

  • Chora Que Eu Te Escuto!!!

    Quarta feira, dia de choradeira, e voltamos a programação normal pela choradeira por homens… ai ai ai. Êta mulherada, vamos lá. Caso 01 – Beyoncé Tenho 29 anos e passei parte dessa minha vida namorando um cara da minha cidade, bonito, rico, mas me fazia de gato e sapato…rs. Não confiava nele e por isso e outros motivos (traição) terminamos e não quis mais vê-lo pintado de ouro. Conheci outro mocinho e desde o começo do ano estamos juntos. Ele é super fofo comigo, já viajamos pra vários lugares, praia etc… conheço a família dele, ele a minha, nossas famílias se conhecem, enfim….tudo estava muito bem até veio a palavra namoro. Ele fala que não estamos namorando, que não estamos em um relacionamento sério. Oi? Como assim… eu só fico com ele, ele só comigo… estamos juntos todos os finais de semana desde Janeiro e até durante a semana! Na verdade ele oscila, em momentos fala que iremos ficar juntos a vida toda, em outros fala que não sabe se quer casar… não sei se ele tem algum trauma do antigo namoro dele, mas eu sei que ele gosta bastante de mim, porque faz questão que eu esteja sempre junto dele, de me levar pra onde ele vai. Só que ele não gosta de cobranças, de ficar dando satisfação, é uma pessoa livre, sabe… e isso me deixa insegura… como já não tive uma experiencia boa do relacionamento anterior, tenho medo de quebrar a cara de novo. E agora hein? O que fazer? Espero mais um pouco e vou levando assim, ou tenho uma conversa definitiva e termino tudo? Cara Bey… Se o moço não quer ser cobrado, não quer ouvir falar sobre namoro, não quer dar satisfação, isso só quer dizer uma coisa: ele não está tão a fim de você como você pensa. Quando você diz que passam os finais de semana juntos, que ele faz questão de passar os finais de semana com você, isso realmente sai dele ou você dá uma forçadinha para que isso aconteça? Eu, no seu lugar, iria me afastando aos poucos, escolheria outro programa no final de semana, conheceria gente nova, para ele ver que você também não está levando isso como um relacionamento sério. Se ele sentir falta e te quiser só pra ele, você terá os argumentos para pedir uma posição. Se ele deixar você ir e também arrumar os casinhos dele, amiga, sinto te informar que ele apenas está passando o tempo com você. Caso 02 – Shakira Vendo alguns choras passados  e os comentários das meninas sem libido, me senti um peixe fora d’água e resolvi pedir ajuda ou só uma plavra de conforto de alguém que passe pelo mesmo que eu. Explico: Tenho 24 anos e namoro a seis com um cara de 28. Ele é o meu primeiro namorado sério e único com que quem transei. A gente se ama, ele é carinhoso, prestativo, fiel, temos planos de nos casarmos, mas quando o assunto é sexo as coisas são um desastre. No início do namoro nós éramos vizinhos e vivíamos grudados. Ele não perdia a chance de dormir comigo e ficava sempre me ‘atentando’ até que rolou, mas eu não curtia sexo, achava chato, enfim, não me animava e ele ficava chateado e chegou a dizer que eu era ruim de cama. Como eu sou muito determinada e procuro me adaptar as situações, resolvi tentar, melhorar, até que quando eu tomei gosto pela coisa ele recebeu uma proposta de emprego em outro Estado beeem longe de mim. Foi bem difícil e ele começou a mudar. Ele percebeu que era possível viver de boa sem a minha presença e começou a se distanciar sentimentalmente. Ele é estilo nerd, poderia viver o dia inteiro jogando e como eu não estava com ele, essa passou a ser sua vida. Resumindo, eu me tornei desnecessária e isso afetou a nossa relação sexual. Eu que passei a procurá-lo e ele sempre me evitando e aí foi só ladeira a baixo. Passei a me humilhar por isso, às vezes implorar, sem contar na minha auto-estima que foi pra zero porque a gente cresce com essa ideia de que o homem não nega fogo. Eu uso lingerie, mando nudes (com cautela, claro), me tornei boa de cama, ele até curte, mas poucas vezes. Por ele a gente em um mês transa 3 vezes. Ele diz que isso não é importante e se eu quiser algo diferente não é com ele que vou conseguir. Poxa, eu fico muito chateada porque quando foi comigo ele não mediu críticas e eu fui lá e mudei, mas ele não, eu tenho que aceitar ou namorar outro, mas eu não quero outro. Eu sei que com o tempo as coisas esfriam mesmo, mas desse jeito acho que não porque pra mim só ficam mais intensas. Não sei se é culpa do machismo que faz a gente achar que o homem tá sempre a fim, se é a distância, ou se ele não me ama mais, ou se eu não sou interessante, ou ele tem problemas de saúde. Sei lá, Cony e meninas me ajudem, já não sei mais o que fazer e isso me deixa muito frustrada como mulher. Duas frases suas muito me preocupam:  “eu me tornei desnecessária”  e  “Ele diz que isso não é importante e se eu quiser algo diferente não é com ele que vou conseguir.” Primeiro, ninguém é necessário para a existência de ninguém. Se você está com ele para ter “utilidade”, tá pensando errado, pra quê questionar seu amor próprio né? Um relacionamento é querer estar junto, independente de qualquer coisa.  Se sexo para ele não é importante e está te LIBERANDO para conseguir o que você quer com outra pessoa, me diz, ele te ama MESMO? Eu pesquisaria mais a fundo, se tudo mudou quando ele foi pra outra cidade, eu desconfiaria de ouuuuuutras coisas. Aprendi que para um relacionamento dar certo três coisas são necessárias: admiração, boa convivência e sexo. Você não fica com quem não admira, ou com quem não convive bem ou com quem não tem sexo bom. Pense nisso e pense em VOCÊ! Tô vendo um namoro de mão única aí e só você sai perdendo. Caso 03 – Rihanna Bem, digamos que eu não tenho bem uma “dúvida”, mas queria compartilhar a história e quem sabe ler algumas opiniões. Eu namoro há dois anos, quase três. Fui aluna do meu namorado na faculdade, nos conhecemos no meu penúltimo período e começamos a namorar quando eu estava quase apresentando meu tcc, e já nem frequentava mais a universidade. Antecipadamente, já digo que não tenho desconfianças em relação a ele e que ele não dá mais aula. Dois amigos dele (vamos chamar de João e Pedro) também namoram ex alunas, sendo que os dois traem as meninas e eu sei disso porque o meu namorado me conta tudo, inclusive com detalhes. Acontece que um destes caras – o João – vai casar com a namorada. Eu não sou muito amiga dos amigos dele, mas converso, sou simpática e tudo afinal são amigos do meu namorado, mas nada muito íntimo. João alega que trair a Maria faz bem para o relacionamento dele, vejam só! Só que eu acho uma sacanagem (literalmente, né) a pessoa se casar se ela trai. É uma imaturidade, um absurdo, feio, ridículo, sem palavras. E acho tosco que o meu namorado não se posicione contra isso. Sei lá, sei que nem eu nem ele temos nada a ver com isso, mas é estranho. Na época que eles marcaram casamento cheguei a falar que isso era uma palhaçada e que minha vontade era nem ir! Ele diz não se posicionar pois sempre falou com eles que era contra namorar alunas (quando os dois começaram), só que aí começamos a namorar e ele teve que dar o braço a torcer e hoje eles não dão muita confiança para o que ele diz. Passaram-se alguns meses e eis que meu namorado foi chamado para ser padrinho do casamento e adivinhe… eu não! Bem, primeiramente eu nem me sentiria confortável de ser madrinha de um relacionamento que já começa desse jeito, mas enfim, não fui convidada né? De qualquer forma isso já não é muito confortável. O que me incomodou foi que na hora de convidar meu namorado o João falou com ele que “tudo bem eu não chamar sua namorada, né, afinal também não chamei a do Pedro, então tudo certo”. Não sei se expus direito minhas ideias, não tenho problemas quanto a ele ter sido convidado sozinho, afinal o amigo é dele e não meu, mas não me sinto comparável a namorada do Pedro, já achava esse cara um canastrão pelo que ele faz com a noiva e também não achei legal a forma que ele justificou o “não convite” (melhor se não tivesse falado nada) e já que meu namorado será padrinho sozinho de qualquer forma, eu não estou querendo ir, acho melhor deixar ele ir sozinho. To viajando? Devo esquecer essa história e ir ao casamento? Sei lá, estou confusa! Help me Cony!   Riri, vamos lá: “Dois amigos dele (vamos chamar de João e Pedro) também namoram ex alunas, sendo que os dois traem as meninas e eu sei disso porque o meu namorado me conta tudo, inclusive com detalhes.” Babaca esse seu namorado hein? Contar com detalhes? Pra que isso? Isso não fala bem dele, muito pelo contrário. Amigo da onça, eu não confiaria nele. “Não me sinto comparável a namorada do Pedro.” Será que ela se sente comparável a você? Seu argumento é tão falho e sem sentido quanto o dele. Tá viajando sim. Você não tem nada com a vida dos outros. Fossem seus amigos íntimos, até justificaria seu chilique, mas você não tem contato com eles, não é amiga, não foi convidada pra madrinha, então deixe a pooootaaaria deles pra lá e melhor se preocupar com o look do casamento. É a única coisa que você pode e DEVE fazer nesse casamento. Se será falido ou não, isso não é problema seu!   ARRASEI nesse último quote hein??? hahahaha amei, vou levar esse pra vida! Choras AINDA suspensos. Muita calma nessa hora…  

  • Como Usar – Blazer Listrado!

    Se eu falar que é tendência, vocês não vão acreditar né? Mas trend trend mesmo não é porém é um clássico tão maravilhoso, que deve ser lembrado sempre. A atemporalidade do blazer, a elegância das listras (que amo loucamente), a classe da alfaiataria. Tudo isso junto e misturado só podia resultar em uma peça quase TEM QUE TER. Falo quase pois sei que não é muito popular e algumas pessoas podem ter certa resistência, mas se depender de mim, amanhã sai todo mundo de casa usando um blazer listrado. Mas como usar um blazer listrado? Assim ó: Com jeans e tênis. Estou com coraçõezinhos nos olhos neste momento… Com camiseta branca, jeans boyfriend (esses mais soltinhos) e salto. Já falei que a Isabella Fiorentino é minha musa? Da série: SE OLIVIA PALERMO USA, A GENTE TAMBÉM USA! E ela usa bastante hein! Seja com calça, short ou vestido. Acho um charme esses blazer com listras mais largas. Acho lindo e estiloso! Esse look da Thássia tá PER FEI TO. Listrado na horizontal, com listras de igual largura. Nem prevalece o branco, nem prevalece o preto. Num look todo branco fica muito chique. Listras verticais fininhas brancas, prevalecendo a cor escura. Para as mais sóbrias e formais. Com skinny (pode jogar cor! Olha como fica bonito com vermelho), camisa branca e scarpin. Chique e sem esforço. Seja como for, o blazer listrado é sempre uma ótima escolha. O look fica rico e mostra personalidade e preocupação com a imagem. Deu vontade né? O post também vale para casaquinhos achanelados listrados viu? Onde comprar? No próximo post!

  • Estilo Magya – Ryan Gosling

    Vamos falar sobre meninos? Ok, já passamos da fase de meninos, vamos falar sobre HOMEM! Mas calma que não é choradeira, reclamação, simpatia nada disso. Vamos falar sobre homens estilosos, daqueles que a gente olha e suspira pelo conjunto todo, alguns nem tão bonitos mas tão, mas TÃO estilosos, que deixam a gente hipnotizada. Farei disso uma tag frequente, afinal, além de colírio serve para inspirar os nossos homens também! Vamos dar um upgrade nesses ogrinhos que amam usar tudo grande, solto, de qualquer jeito. Se a gente se arruma, eles também tem que caprichar nos looks né? O magya super estiloso de hoje é ele, o marido da Eva Mendes, o loiro super talentoso e gato, Ryan Gosling! Ficha técnica Nome: Ryan Gosling Profissão: Ator Nacionalidade: Canadense Altura: 1,84 Data de Nascimento: 12/11/80 – 35 anos Estado Civil: Casado com Eva Mendes Observação: Amo o filme Crazy, Stupid, Love com ele e Emma Stone   Ryan adora um tricôzinho. Pode ser um suéter ou um cardigã! Ryan sabe que o básico sempre é mais certeiro e quando usa estampa no tricô, a blusa de baixo é básica e vice versa. Ryan também sabe que óculos estilo Ray Ban Wayfarer fica TUDO DE BOM. Eu acho que todo homem deveria ter um. Ryan também tem seus dias de ogrinho onde só muda a camiseta. Tem uma bota, calça e mochila de estimação mas ó… todos os itens estilosos. Nosso magya de hoje é a versão macho das Fufus: curte um look de jeans com jaqueta jeans e às vezes até com camiseta listrada! Morri.  Jaquetas bomber e funcionais também são amigas de Ryan. Nos pés, ele ama um coturno. Comprando coturno pro Rafa em 3… 2… Ryan sabe virar bem a manga da camisa. Fica italianíssimo quando ela fica dobrada bem em cima do ¨muque¨. Pro look mais sério ficar mais informal, usa novamente uma botinha.  Mais uma prova que Ryan é muso do Fufu… listras, Ray Ban e até uma Zara ao fundo. Quando Ryan vai pra festa ele escolhe um terno super fit. Nada sobrando por nenhum lado e gravata fininha. Se for um evento mais informal, Ryan tira a gravata e solta dois botões da camisa. Gola por dentro do paletó, e este de 2 botões ok? Ryan pode ser super estiloso e segura uma camiseta de gola V com um cordão comprido no pescoço e sapato sem meia. Ele não tem preconceitos bobos mas também vai de polo, bota sujinha e sua mochila de sempre.  Ah Eva Mendes sua sortuda…

  • Undercut Tattoo

    Já que hoje falei sobre cabelo, vocês viram a nova mania da gringas? Chama-se Undercut Tattoo, que nada mais é que cortar o cabelo bem baixinho na nuca (máquina 2 ou 3) e fazer um desenho. Eu já fiz isso quando adolescente, teve uma época que todo mundo fazia undercut na nuca (pode ser nas laterais também), mas sem a parte do desenho rsrsrs. Aliás, o undercut está cada vez mais popular. Alice Dellal foi a responsável por trazer de volta essa moda dos anos 70, quando surgiu no auge do punk. Pena que minha época de coragem para fazer ¨arte¨ no cabelo já passou, caso contrário, pensaria seriamente nisso aí. Acho estiloso e de muita personalidade!

  • Do Cabelo Preto, Pretinho!

    Mais um post que vocês tem pedido com certa frequência e que eu fui enrolando… Vamos falar sobre meu cabelo. O preto, pretinho. Bom, meu cabelo é dessa cor que vocês vêem mesmo, escurão. É bem cabelo de índio: preto, liso, pesado e grosso. Era para ser mais liso, era para ser mais pesado e mais grosso, mas como a gente apronta várias coisas nas madeixas durante a vida, elas vão perdendo força e vitalidade. Já fui loira (e acreditem, não fica nada bonito rs), ruiva, já tive cabelo roxo, e já fiz luzes também. Aliás, ter o cabelo com luzes é meu sonho não realizado e que já me conformei. Justamente por meu cabelo ser muito grosso e muito escuro, quando tento clarear, ele puxa para o laranja (coisa que odeio) e para chegar num tom de mel bacana, precisa ficar muito tempo descolorindo, o que destrói os fios. A última vez que tentei fazer luzes foi há uns 3 anos, paguei quase 1000 reais e meu cabelo ficou péssimo. O cabeleireiro deixou o descolorante por muito muito tempo e quando tirou o papel aluminio, a mecha saiu junto. Desde então tento recuperar a saúde da minha cabeleira e acho que estou conseguindo. O único problema que tenho atualmente é a queda, assustadora (cai muito muito, tenho até vergonha de tanto cabelo que deixo pelo caminho!), mas já fui na dermato que me contou que tenho Eflúvio Telogeno, ou seja, meu cabelo não completa o ciclo de crescimento e cai antes. Para isso, tomo um remédio manipulado, mas ainda não vi grandes resultados… Falando sobre a cor, por não conseguir clarear como sempre quis, resolvi assumir minha tonalidade natural. Mas eis outro probleminha… Tenho MUITOS cabelos brancos, mas muitos mesmo. Eles apareceram já algum tempo, mas eram pouquinhos e há uns 2 anos, vieram para valer. Preciso pintar a raiz de 15 em 15 dias, ou 20 em 20, caso contrário fica aquela linha branca na cabeça. Eu mesma costumo retocar a raiz, faço tipo duas vezes em casa e uma no salão. Uso a cor 4.0, que pode ser da Richesse (4.0 Castanho Profundo) ou Color Touch (4.0 Castanho Médio), que são tonalizantes sem amônia. Usava Majirel antes (tinta mesmo), mas os tonalizantes não agridem tanto os fios e cumprem bem seu trabalho.   Minha cor é exatamente essa (4.0), um castanho bem escuro que em mim fica quase preto e dá uma boa cobertura aos brancos. Como contei, eu mesma aplico em casa e é uma bela economia. Imagina pagar salão semana sim, semana não, só pra pintar a raiz? Ah, deixa que eu faço hahaha. O material que uso é uma bisnaga de tinta, ativador da cor, passo um gel na testa e orelhas para a tinta não manchar muito a pele, luvas, tigela para fazer a mistura, pente de cabo fino para separar as mechas, pincel e várias piranhas daquelas baratinhas.     Primeiro penteio bem o cabelo e desembaraço tudo. Preparo a tinta, geralmente é uma bisgana para uma embalagem de ativador, jogo umas gotinhas de óleo (MoroccanOil, Shu Uemura, L’Oreal, o que tiver), separo cabelo ao meio, passo o gel protetor na pele ao redor do cabelo e começo a aplicação pelo alto da cabeça mesmo. Depois vou descendo pro lado esquerdo, separando as mechas (não muito grossas) com o cabo do pente fino, depois faço do lado direito e por último atrás, sem olhar mesmo, só na base da experiência. Depois, penteio o cabelo todo pra trás, se sobrou tinta besunto mais a parte de cima, prendo com uma piranha, deixo por meia hora e depois lavo no chuveiro. Pronto! Raiz retocada e novamente, cabelo preto pretinho!   Sempre compro TUDO na Lojas Rede  mas TUDO mesmo, aliás, adoro ir lá e ficar olhando todos os produtos. Acho que é a loja que mais se aproxima das farmácias gringas né? Parece que só tem em BH e região metropolitana, mas vendem online também! Não é jabá hein, realmente compro tudo lá. Alguém mais também pinta o cabelo em casa?  

  • UPOP de Cara Nova!

    Gente, lembram quando apresentei a UPOP aqui? Pois então, nos comentários, algumas de vocês deixaram observações sobre esse novo e-commerce e vocês acreditam que o pessoal da UPOP leu TUDO, analisou as observações e fez algumas mudanças? Demais isso né? Conheci eles pessoalmente na última SPFW e me falaram que ADORARAM o feedback de vocês e que realmente algumas coisinhas tinham que ser modificadas. Achei o máximo. Estão vendo como vocês são importantes? E eles super competentes e profissionais a ponto de realmente avaliar o serviço. Ganhou muitos pontos viu UPOP? Pois agora o site está todo reformulado, ficou mais cool, mais moderno, mais fácil de navegar, mais fácil de visualizar as peças e tem mais novidades! A cada 20 dias, tem coleção nova, e para facilitar na escolha, eles fizeram um lookbook para a gente se inspirar e copiar os looks! Vem ver as novidades: E meu look desta vez foi bem Kardashiano! Vestido cinza de malha canelada e ombrinho de fora! Bem tendência! Vestido preto com renda e bolsa matelassada! Na UPOP você tem até 30 dias para trocar e sem custo algum! E na primeira compra tem 10% de desconto e o frete é grátis para compras acima de R$ 180! Mais um e-commerce para salvar nos favoritos e montar nosso shopping virtual.

  • Tem Jeito Decor 10 – Sala Castelli

    NHAE Fufulândia! Para as pessoas abençoadas por temperaturas acima dos 15 graus, toda a minha inveja pra vocês. Para todos nós, indefesos sofredores do frio, só tenho uma coisa a declarar do clima que nos assola: Mas vamos falar de coisa estranha, vamos falar se sala que tá precisando de amor, vamos ver se essa leitora-parente libera o whatssApp do primo Henri Castelli pras fufus solteiras nesse 12 de junho. Sobre 12 de junho… Agora pega o brigadeiro de colher e #vemkotio ! Ana, tem uma sala que sofre de parede pelada e de distribuição de móveis. Recebi essa mensagem dela: ” ÊÊÊÊ!!! Segue fotos. Meu dilema: Somos eu e marido (só nós dois) mas usamos muito a sala… adoramos ficar jogados no sofá vendo TV. Recebemos muitos amigos tb… Eu quase comprei, na semana passada, um sofá de 3m que cobriria toda a parede onde está o atual sofá, mas desisti, pois tenho a impressão que as pessoas nunca sentam uma do lado da outra pra conversar. Por outro lado não cabe um sofá na frente do outro… bom, sempre um dilema… Preciso trocar meu sofá, que está encardidinho e é de gorgorão (super anos 90 né!?) mas ainda quero um em cinza. Comprei vários quadros para colocar na parede, mas tb não rolou ainda, nunca decido em qual parede colocar… A parede de trás do rack tem granilha, que eu adoro, não quero furar… Na bay window, a algum tempo eu tinha um puff, mas por incrível que pareça, ele servia de guarda bolsas e as pessoas sentavam no chão, ao lado da porta… vai entender. Aí resolvi banir o puff e colocar o buffet (q virou porta bagunça) Como pode ver, sou super sem noção de decoração. Minha casa não tem nada decorado (isso pq moro nela a 8 anos!) Não tenho apego a nada, pode esculhambar o que quiser… rsrsrs Não tenho como agradecer! Muito obrigada querido!! Ana” SENTA, QUE LÁ VEM POST! Hahahah! Olha, primeiro de tudo, uma salva de palmas pra imaginação brasileira porque… Burlar as falhas da bateria dos celulares de maçã é coisa pra gênio mesmo. Mas agora, vou estar deXXXtruindo essa sala. Brasileiros e brasileiras. A tal da bay window, que muitos engenheiros e alguns arquitetos insistem em projetar, não é uma coisinha bonitinha pra colocar na sala e criar um furúnculo na fachada.: Ele existe por um propósito: em lugares predominantemente frios, tem um cantinho pra vc ter um monte de vidros pra tomar um solzinho qdo ele resolver aparecer. Geralmente tem um banquinho com futtons e etc para você ler e ficar lagarteando. Então, aprendam uma coisa: a altura do peitoril (distância do chão ao início da janela) para uma bay window deve ser entre 40 e 50cm e não os 90cm normais. Obrigado, de nada. Alguém mais notou algo diferente na casa da Ana? Vou dar uma dica: Televisão com torcicolo. Melman mandou beijos. Mas vamos aos fatos. Mudar o layout dessa sala vai fazer milagre. Primeira opção: Manter o sofá onde ele está, pra ter um sofazão bem confortável. Eu colocaria na lateral direita dele (lá onde vai pra cozinha) uma mesinha de apoio. Adoro que você quer manter o cinza, é uma cor neutra, moderna e de fácil manutenção. Eu sugiro algum tecido com mescla que é bem contemporâneo. A mesa lateral, pode ser redonda, pra evitar joelhadas e afins. Sabe a parede onde mora seu RACK ? Vamos transformar em… Lugar para humanos. O ideal é usar duas poltronas não muito largas ou profundas ou um banco bonito, que comporte 02 exemplares de nossa espécie: Eu ADORO esse “couch” Barcelona para esses propósitos. Dá pra brincar de médico com o maritón. Já a pobrezinha da TV com torcicolo vai ser endireitada na marra e vai morar no útero da bay window. Me contrata Bill Gates! Mas pra isso precisamos preparar esse cantinho com: Cortinas! eu acho que vai super bem usar as romanas numa cor clarinha, já que seu vidro não é incolor cordinhas (do avesso das romanas) ficarão discretas. Se você vai adaptar o buffet com a TV-Melman ou o rack no espaço da bay window, não sei. O rack é melhor porque a altura da TV fica mais confortável pra quem está deitado, mas o buffet é mais bonito. Um belo tapete, e uma mesa de centro – que não pareça com uma esteira, por favor, e tá tudo lindo. MAS eu sei que v reclamou do lugar para bolsas. Eu sei como é, a mesa aqui de casa sofre desse mal. Ela é a primeira superfície livre pra deixar chaves, telefone, correspondência… mas não tem jeito, precisamos nos preparar para isso e eu acredito que nesse formato de sala, vai ser a mesinha ao lado do sofá. Vamos pra uma segunda opção? Nesta vamos usar a bay window como se deve, com um sofázin tipo namoradeira você pode pedir para um marceneiro fazer ou então comprar um que se encaixe no espaço que você tem. Mas a cortina ainda é uma necessidade, tá? Na parede onde você tem seu rack, vamos colocar o sofazão. Não, não vai ser o de 3 metros, pelo que eu vi (nao sei a medida) mas acho que algo entre 220 e 240cm, aí podemos arrumar sobre ele um arranjo de quadro. Mantendo a granilha, mas com mais elementos pra criar interesse no efeito, tipo assim: Onde hoje você tem o sofazão, vamos colocar duas belas cadeiras e ao lado, logo de frente pra porta de entrada uma mesa de apoio na altura normal de jantar (72-76cm) onde poderão morar as baguncinhas, mas também um belo arranjo, enfeites e até a árvore de natal. Na impede também, que seja um carrinho, muito versátil na decoração: PÁ! E a TV? Essa fofurinha vai pra um painel bem slim, na parede onde mora o ar condicionado. como esses aparelhos hoje não sáo muito profundos com 25 – 30cm você coloca ela lá bem linda, mas vai precisar fazer ou num bom marceneiro ou numa loja de planejados. O legal é que com este formato de “U” você pode ter uma incrível mesa de centro tbm nessa opção e um tapete englobando todos os assentos. Ok? Em ambas as situaçõs você terá gente conversando de forma mais confortável, claro que a segunda, promove uma conversa frente a frente, mas ao mesmo tempo, limita a visão da cozinha para o televisor. Espero que tenha ajudado, e desculpe a demora viu. Beijones! Deixem suas sugestões também minhas lindas, que a gente adora. Continuem mandando suas dúvidas no email oficial azuosexclusive@gmail.com e se precisarem de algo BEM LINDO pra casa de vocês, olhem da loja virtual desse tiozão aqui: Lelo Design. Essa semana eu estive verborrágico no SnapChat e a Cony essa patroa linda tá cada vez mais linda nas rede tudo. Sigam a gente no instagram e no snapchat: @Futilish e @tiolelofoz. Deixe um pouco de amor aí nos comentários, sua opinião, sua reclamação… estamos aí pra quem vier e escrever. As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos. FUI!

  • Sobre a Saúde das Pernas – Parte II

    Demorei, mas voltei com a série sobre a saúde das pernas! Esse mini projeto começou quando conheci a Dra. Livia Lyra, angiologista que trata meus vasinhos. Sempre recebi muitas perguntas sobre esse assunto mas acho complicadíssimo eu falar baseada apenas em pesquisa de internet. Pedi para ela me ajudar a falar sobre varizes, meias,  tratamentos e ela me passou um material bem bacana além de se comprometer a responder todas as dúvidas nos comentários. Então hoje, vou postar a segunda parte (são quatro, o primeiro post está AQUI!) e vamos falar um pouco sobre MEIAS DE COMPRESSÃO! Se alguém tiver dúvidas, fale nos comentários! A Dr. Livia Lyra tem um site bem bacana, recheado de informação importante e com todos seus contatos de atendimento.  Por falar nisso preciso procurar onde está minha meia de ¨viagens longas¨. Tenho pânico de trombose em avião!

  • Dica da Leitora!

    É sexta feiraaaaaaa! É sexta feiraaaaaaa! Dia de Dica da Leitora! Dica o1 – Giovanna ¨Olá, Cony! Achei esse mocassim da Vizzano, na Riachuelo, por 79,90. Também o scarpin, da mesma marca, por 89,90. Gostei das flores no fundo preto… Seguindo a tendência, vestidinho com patches por 79,99, pra compor um look street style. Por fim, esse vestido longo por R$ 149,90, com estampa bem ryyyyyyca, leve, com tecido fino, veste super bem e define a cinturinha. Esses são meus achadinhos, que cabem no bolso do brasileiro, né?!¨ Amei tudo! Mas mais, o vestidão verde <3 Dica 02 – Patrícia ¨Oi, Cony, tudo bom? Acompanho suas postagens desde os tempos de Flickr! Aliás, sdds Flickr, era uma delícia aquela galera da maquiagem lá. Fui no Outlet Premium, perto do Hopi Hari, em Vinhedo, este feriado. Você não acredita no preço que paguei por uma saia todinha bordada na loja Canal! Aliás, taí uma marca que eu gosto, nunca vejo falarem muito dela mas tem sempre as tendências de moda vigentes e tudo com cara bem ryca. Bom, a sainha da foto custou inacreditáveis 89 reais! Eh daquelas que ficam até pesada de tanta miçanga hahaha algumas miçangas de bolinha estão ao contrario de esbarrar mas é só ir virando. Tinha vários modelos com bordados diferentes ao lado do caixa, todas por este preço. Comprei também um suéter cinza mescla básico pelo mesmo preço, a malha é uma delícia, é esse que está compondo o look

  • Colete De Pelos – Onde Comprar!

    Ontem nos inspiramos e hoje… COMPRAMOS! Onde tem colete de pelos bacaninha? Achei aqui ó: Bo.Bô para Shop2Gether LINK Bo.Bô para Shop2Gether LINK Canal para Farfetch LINK (no OQ Vestir o MESMO está o dobro do valor! A Farfetch tem seus achados também viu?) Canal para Farfetch LINK (fiquei LOUCA com esse!) Coleteria para Dafiti LINK Costume para OQ Vestir LINK Estação Store para Dafiti LINK Ellus para Dafiti LINK  John John para Farfetch LINK Missinclof para OQ Vestir LINK (outro maravilhoso…) Mixed para OQ Vestir LINK (também curti muito) Missinclof para OQ Vestir LINK Renner preto LINK Renner rosa LINK Renner preto com zíper LINK Ripley para C&A (digníssimo, pensando seriamente em adquirir) LINK Monte de opções bacanas e de todos os preços hein? Vi alguns um pouco mais barato (mas pouca diferença) mas achei feinhos. Esses acima estão bem bonitos e alguns bem diferentões! Procurem os que tem mais pelo, mais cheinhos, os ralos ficam pobrinhos e sem graça, tem que dar um volume sim. Ah, e os que são um pouco mais compridos, pelo menos no quadril, engordam menos. Esses que ficam curtos, no cós da calça, dão muito volume ao tronco e pode ficar desproporcional. Obviamente, todos os coletes acima são de pelo sintético!

  • Peludas – Parte II

    Voltemos ao tempo, se puder, leia este post de 2014 LINK. Se quiser ler, eu resumo. Nesse post que fiz há mais de 2 anos, eu contei que achava que colete de pelos era coisa de fashionista, que tinha comprado um e que não sabia onde e como usar, que acabei usando numa viagem ao Japão, no final de 2013, e pronto, adquiri o colete de pelos para minha vida. Acontece que as coisas mudam. Durante esse tempo, o tal colete deixou de ser coisa de fashionista. Se em 2013 ele veio tímido, em 2014 TODO MUNDO usou um coletinho peludo marrom e em 2015 todo mundo repetiu o modelo do inverno passado. Lembro de uma festa junina que fui em 2014 onde parecia uniforme: look todo preto e colete de pelos marrom. Como tudo o que gente vê em excesso enjoa, o colete de pelos enjoou. Eu pelo menos enjoei. Do marrom. Ficou tão repetitivo que nem consigo mais olhar pro meu. Daí vocês me perguntam: Constanza, este inverno dá para usar colete peludo? Dá, dá sim, mas vamos tentar variar de cor, modelo, estilo?? Seja a diferentona: use um colorido! O trauma e a novidade de usar um colete de pelos já passou, então surgir com um colorido não será tãaaaao estranho. Será inovador. Tem medinho de misturar cores e parecer editorial de revista de moda? Ok, vá de preto e branco e suas combinações, ou então tons diferentes de marrom. Não gosta de misturar nada? Quer uma cor só? OUSE! Vermelho, verde, azul, vinho… Rosa clarinho… que lindeza esse degradê! Ainda assim é muito para você? Vá de branco ou off white! Chique até! Ah não, branco suja. Ok, PRETO AMIGA, COMPRA UM TODO PRETO!  Mas se mesmo assim você quer porque quer um marrom, use, mas saiba que não será novidade nenhuma, os looks são limitados e você corre o risco de ver um monte de gente igual aos últimos 3 invernos. E se Olivia usa… NÓS TAMBÉM USAMOS! Como vocês podem ver, o jeito de usar é praticamente o mesmo em todas as fotos: ou look todo preto + colete, ou jeans + colete, ou vestidinho que combine com o colete. Não dá para inventar muuuuita coisa não. É chique, é elegante e atemporal. Sim, atemporal. Depois de 3 ou 4 invernos seguidos e aparecendo cada vez mais, pode comprar um para chamar de seu e usar sempre que o tempo esfriar. Se eu não tivesse nenhum, hoje compraria uma mescla de preto, branco e cinza ou um todo preto. Não compraria o marrom pois acho que está muito batido, a não ser que tenha mais cores ou tons misturados. Onde comprar? No próximo post!

  • Futilish Style na Opte+!

    Acho incrível o tanto que o meu (aliás, o nosso) estilo é definido né gente? Morro de rir quando recebo as mensagens desesperadas de vocês avisando que tem promoção de tênis branco, que alguma loja tá vendendo coisas listradas bacanas, que tem sapato prateado novo por aí, ou a sandália tem que ter na liquidação… Já sabemos certinho o que gostamos e pra onde mirar quando vamos comprar algo novo! E como somo consumidoras internéticas, daquelas que tem vários e-commerces nos favoritos, hoje vou falar de um especial, que é o verdadeiro shopping da internet: a Opte+. Já apresentei esse marketplace aqui antes, que conheci durante a SPFW e vesti looks lindos de lá! Fui dar aquela conferida básica nas ¨vitrines virtuais¨ e achei algumas coisas bem interessantes, vem ver! Vestido preto super necessário, daqueles que vai pra balada e pro casamento! E o precinho? E AMEI esse preto e branco, adoro quando tem esses desenhos que ¨afinam¨ a silhueta. Outra peça que gosto muito: macacão. Sempre chique e fica bem em TO DO MUN DO! Obviamente que este inverno pede um tricô listrado né? E esse colete de pelos está muito DEUSO! Amei a combinação das cores, bem diferente! Calça jeans, pra mim, tem que ter um rasgadinho rs. Como comentei outro dia, nem sei mais como é vestir uma calça ¨inteira¨rs.  Brinco geométrico, outro item que tenho falado bastante aqui no blog, um coturno MARA (esse tá a cara da riqueza) e um top super diferente, que tem tipo um colar. Com regata pedrinha deve ficar lindo né? A Opte+ é completíssima, além de roupas e acessórios tem itens para casa, eletrônicos, livros, brinquedos e até agência de viagens. É um shopping MESMO! E tudo o que você comprar por lá, vira pontos que depois podem ser trocados por produtos! Se ainda não tem a Opte+ nos seus favoritos, coloque DJÁ e não se esqueça nunca de dar uma olhada nesse marketplace antes de comprar qualquer coisa na internet!

  • Chora Que Eu Te Escuto

    Hoje vamos falar de dramas profissionais… Caso 01 – Eliana Oi Fufu! (Intimas já rs). Não sei se o meu chora é digno de publicação, mas já que o choro está liberado, vamos lá começar pelo começo. Quando fui fazer vestibular, por causa de uma frase que meu professor disse, falei que queria prestar para engenharia civil, mas como eu era de cidade pequena e meus pais não tinham muitas condições financeiras então isso era quase impossível para mim. Já estava até acostumada que ia fazer direito em uma cidade próxima a minha, afinal minha nota do ENEM era boa e ia conseguir uma bolsa fácil pelo PROUNI e poderia ir todo o dia para a cidade vizinha e voltar para casa. Mas como a vontade era tanta decidi me inscrever para uma bolsa de eng. civil em uma cidade a uns 300 Km da minha e onde eu tinha umas tias. Resultado, como a minha primeira opção foi o curso que eu queria, ganhei a bolsa e perdi a bolsa de Direito perto da minha casa, ou seja, meu pai foi meio que obrigado a me deixar estudar fora. Com 17 anos sai de casa, enfrentei todas as dificuldades que apareceram e mesmo gostando de sair, era super responsável e não dava trabalho para os meus pais. Quando cheguei aos dois anos do meu curso resolvi me inscrever para uma bolsa em Uberlândia que fica a 700 km de casa. Ganhei a bolsa e resolvi de novo trilhar meu caminho. Minha vinda para cá foi muito boa, com menos de um mês consegui emprego na área, arrumei um namorado incrível, me sustento e cuido de mim, mas chegou a um momento da minha vida que eu simplesmente odeio o que eu faço! Hoje eu trabalho em uma parte da empresa que eu dou suporte para as obras, mas não trabalho na obra. E se estou lá é por que tenho um senso de responsabilidade muito grande, não quero deixar ninguém na mão, sei que eles precisam de mim e além disso eu preciso do dinheiro. Ai tem outro agravante, eu formo em junho e não sei o que eu vou fazer depois, com essa história de crise o setor que mais sofre é o da construção, ai junta ao fato de que não me sinto pronta para tocar uma obra e me sinto mais perdida do que cego em tiroteio. Já trabalho a 3 anos na área e sinto que ainda sou leiga. E tenho quase certeza que vou ser demitida depois que a obra acabar, afinal vamos ser realistas, não tem obra, não tem previsão muito menos orçamento, ninguém vai me pagar para ficar atoa. Não gosto de fazer projeto, gosto de gerenciar obra, de participar da construção e estamos com muitos profissionais e pouquíssimas vagas e eu não sou lá uma das melhores alunas. Pensei seriamente em fazer arquitetura, por que amo designer de interiores, amo planejar um ambiente, em pensar na funcionalidade, viajo vendo fotos e inspirações e acho que como engenheira tenho uma visão sistêmica da construção, mas ai vem as dificuldades de novo, o curso é em período integral, um semestre de manhã, um semestre a tarde e não tenho ninguém que me ajude financeiramente para completar mais uma faculdade, já pensei em escrever um blog, mas tenho medo do que as pessoas vão pensar, se vão me julgar, se não vão gostar, se vai dar dinheiro rs. Já passei 5 anos ralando, sempre imaginei que nessa altura estaria bem financeiramente e será vale a pena largar tudo e começar do zero? Quando comento isso com alguém fico parecendo uma pessoa pessimista que ama reclamar, mas não é bem assim, eu só quero um sentido, uma opinião que me ajude a pesar os pós e os contras, quero ser realista. Será que vale a pena seguir meu sonho (crio um blog, procuro algo paralelo para me manter, quem sabe um emprego de telemarketing quem sabe em uma loja de móveis) ou vou atrás de alguma coisa como engenheira? Nenhum dos os caminhos são fáceis. Me ajuda ae galera! Ufa! Acho que resumi! rs Vou concordar que parece uma pessoa pessimista que não tá satisfeita com nada. Olha só, entendo COMPLETAMENTE seu medo. A crise tá PHUEDA e pra sua área então, melhor nem falar. Agora, você diz que quer seguir seu sonho mas TEM MEDO DO QUE AS PESSOAS VÃO FALAR??? Amiga, para. Antes de mais nada, blog não vai te dar dinheiro, não com esse imediatismo que você está querendo. Não pense que toda blogueira ganha bem porque ó… não ganha não. Algumas (muitas) nem ganham nada e para viver de blog tem que dedicar quase que exclusivamente e sem receber nada durante muito tempo. Então, quer ser blogueira? Seja, comece já MAS não espere retorno financeiro. Sonha com arquitetura? Pois vá atrás do seu sonho. Enquanto mais você pensa, mais o tempo passa e você continua na angústia. Arrume qualquer emprego, de qualquer coisa, fique de olho no mercado, mas tente fazer esse outro curso sim. Provavelmente quando a crise passar, você estará com duas faculdades e quiçá um blog bem sucedido. Serão tempos difíceis, mas quem disse que tudo tem que ser fácil? Caso 02 – Angelica Ei Cony! Tudo bom? Amo vc, seu blog e suas leitoras! Meu chora é uma dúvida profissional! Sou formada, pós graduada, falo inglês e espanhol. Tenho 28 anos e sou solteira, moro com meus pais e irmãos! Trabalho em um hotel que faz parte de uma grande rede mundial de hotéis! Tenho uma boa posição, lidero uma equipe de 16 pessoas, trabalho do lado de casa (10 min a pé), digamos que eu tenho uma vida confortável, pois não tenho gastos fixos! Tenho tudo para crescer na empresa, recebo feedbacks bem positivos dos meus gestores! Acontece, que para crescer na minha área eu tenho que desapegar e mudar de hotel (consequentemente mudar de estado, país)! Fui convidada para participar de um processo seletivo tipo trainee, são alguns meses de seleção (bem difícil). Se eu passar, faço um curso na sede da empresa e ficarei por 30 dias em 3 hotéis diferentes aprendendo, aprendendo, aprendendo! Após esse período, serei “convidada” para algum hotel da América Latina, onde terei que me estabilizar pagando aluguel, contas, organizando casa, normalmente fica-se em um hotel por 3 anos mais ou menos, depois vc muda para outro e assim vai, abre mto hotel novo, é uma dança das cadeiras! Só de pensar em me candidatar me dá vontade de vomitar! É um misto de sentimento, eu quero crescer, mas tenho muito medo do que vem pela frente! Sei que em 3 anos mais ou menos, meu salário pode até triplicar, eh bem interessante! Cony, preciso da sua expertise de quem mora fora da cidade natal, preciso do seu conselho, da sua dica! Quero ajuda das leitoras que tbm saíram de suas cidades, quais os prós e contras? Só para situar, sou esse tipo de garota do seus choras que são solitárias/ auto suficientes rsrsrs tenho uma ótima relação com meus pais (São jovens e saudáveis), mas não tenho amigos! Mas sou bem resolvida com isso, curto ficar sozinha e minha família é bem presente! Um dos meus medos de encarar esse processo é justamente de me sentir sozinha longe da família, visto que não sou a melhor pessoa para cultivar amizades, sou meio superficial #meujeitinho Quem me ajuda? Vale a pena abrir mão da zona de conforto em prol da carreira?! Um grande beijo! Amiga, VÁ!!!! Mas já, sem pensar, olha a sua oportunidade!! Lê o Chora da moça acima e veja o que você tem nas mãos! Não desperdice isso. Morar fora é MARAVILHOSO, é um crescimento que nenhuma outra experiência te dá, sua cabeça se abre para o mundo, você conhece novas culturas, é muito enriquecedor!!! E mais, passar por isso vai te forçar a socializar e fazer amizades. Ao meu ver, não existem contras. Só benefícios! Caso 03 – Ana Maria Sou concurseira, casada há 5 anos com a pessoa que mais me apoia no mundo. Quando nos casamos eu era recém formada, ainda não tinha uma carreira, de modo que não tive o aspecto profissional pra deixar de lado. Nos casamos porque ele tinha passado em um concurso e sido nomeado há um ano. Foi exercer o seu cargo há mais de 1000km de distância. Então, fui morar feliz da vida com ele. Sem lenço, sem documento, sem profissão e sem dinheiro.   Minha profissão = concurseira (isso sempre foi motivo de crise quando eu era questionada…).   Enfim, foram dois anos inteiros de dedicação exclusiva aos concursos (“só” estudava por volta de 10 horas por dia), ao marido e à casa. Não trabalhava, então sequer tinha dinheiro pra comprar minhas calcinhas… Era o bophe quem pagava todas as minhas contas, inclusive inscrições de provas, materiais e cursinhos… Por diversas vezes entrei em crise, principalmente diante de resultados negativos em provas. Impossível não desanimar. Mas, como já dizia Willian Douglas (concurseiras entenderão), concurso não se faz para passar, mas até passar.   Eis que meu dia chegou (quando eu já estava quase desistindo).   Há pouco mais de três anos fui nomeada no meu primeiro cargo público (que também é meu primeiro emprego). O que posso dizer é que foi muito melhor do que eu planejava. Desde então, colho os frutos de um período intenso de dedicação e sofrimento, mas posso dizer que sim, vale muito a pena. Tanto vale que estou nessa vida de novo (reparem que disse que sou concurseira, apesar de concursada). Logo que assumi meu cargo, fiquei 1 ano de folga dos estudos. Depois, voltei com afinco e estudo pra me tornar juíza em breve. Aquele marido que me apoiou no início continua me apoiando. Hoje ele se diz dona de casa, já que ele que faz comida, mercado, cuida do cachorro… pra que eu possa estudar em todo o meu tempo livre.   Escrevi porque adoro ler histórias motivacionais. Além disso, é sempre bom ver que tem mais gente na mesma situação que a nossa. E que sim, só não passa quem desiste!!! Não desistam amigas leitoras concurseiras!!! Quem acredita sempre alcança (Renato Russo). Um beijo e boa sorte pra nós todas!  Acredito que temos mais dois Choras e aí libero os emails de novo hein!!!! Fiquem a postos!

  • Onde Comprar – Golas!

    Vocês amaram o post de ontem hein?? Então bora todo mundo ficar quentinha??? Onde comprar uma bela gola?   AMARO, Animale, Bobstore, Canal Cecília Prado, Market 33, J. Chermann, Renner Animale, Renner, Submarino, UMA Golas muito lindas, amei a da Animale, mas cá entre nós… pago no máaaaaaximo 100 reais numa gola. Ok, uns 120, mais do que isso acho caro! Se alguém tiver mais dicas, manda aí! E claro, UM BEIJO GIGANTE PARA MINHAS LEITORAS DO SUL! Mandem um pouco de frio pra cá!!!

  • Alternativa Fashion – Look Juliana Paes

    Esses dias vi um look, na verdade um aerolook, da Juliana Paes, tão simples e ao mesmo tempo tão bonito que tive uma ideia: que tal tentar reproduzir o mesmo look dela com peças de fast fashion??? E vou além, que tal isso virar uma tag, copiando um look de famosa com pecinhas mais em conta??? Adoro quando vejo esse tipo de matéria em revistas de moda, também quero fazer! Bolsa Marisa R$ 120 Jaqueta AMARO R$ 259,90 Calça Skinny Riachuelo R$ 79,90 Bota Schutz R$ 420 Donut para fazer coque The Beauty Box R$ 18 Camiseta Branca MOB para Dafiti R$ 75 Óculos AMARO R$ 129,90   Gostaram da novidade? Se alguém tiver algum look de famosa e quiser copiar, manda pra constanza@futilish, assunto Alternativa Fashion que a gente dá um jeito de montar igualzinho com peças fáceis de achar!

  • Como Usar – Golas!

    Sabe que este inverno me ensinou uma coisa que até então eu não tinha trazido para minha vida? Bom, antes de mais nada, este inverno que ainda não chegou né? Pelo menos em BH nada nada. Acho que vou dedicar este post para minhas leitoras do Sul, que são MUITAS (siiiimmmm, eu sei que vocês estão aí me lendo!) e vivem me fazendo inveja falando do frio intenso que estão passando. Hoje quero falar sobre as GOLAS. Sempre usei lenços, cachecol, pashminas, mas gola, gola mesmo, nunca tinha usado. Comecei a reparar que várias lojas estão investindo nesse item e quis tentar. Minha primeira gola foi a da AMARO, que mostrei ontem e gente, como é LEGAL ter uma gola! Tipo, você põe o casaco de sempre e põe uma gola: muda a cara dele. Vai sair de vestido e não quer casaco: põe um gola e fica quentinha (fui numa festa junina de vestido e só com uma gola, passei até calor hahahaha). E o melhor, é barata, tem de vários tipos e várias cores. Se o casaco do inverno for o mesmo, dá para mudar muito o look só trocando de gola! Vamos nos inspirar? Acho que vou lançar uma nova tag: Se Olivia Palermo Usa… Nós também Usamos! hahaha nunca vi mulher mais elegante e que acerta todos os looks. Quando vejo que ela repete muito um item, já sei que é coisa boa! Quanto mais cheia, mais bonita. Acho bem bacana um look todo preto com uma gola de outra cor. Essa preta com zíper virou meu desejo absoluto! Marcas, façam dessa!!! Ah, e pros meninos também fica ótimo! Para riqueza absoluta, uma gola de pele (fake, obviamente) fica chiquérrimo! Zara tem viu? Várias! Acho que amanhã vou atrás de uma pra mim… Como contei, tem muitas vantagens: é mais barato que comprar um casaco novo, dá pra ter várias e atualizar sempre o look, não ocupam espaço no armário, e esquenta DEMAIS. Quero golas, MUITAS golas nesse inverno! E onde comprar? No próximo post! Quem tiver dicas, fale nos comentários!

  • Fala Que Eu Te Escuto – Roupa de Casamento

    ¨Oi bom dia. Meu nome é Camila e tenho 23 anos. Fui convidada por casamento do tio do meu esposo, não sou chegada a vestido… Queria vestir macaquinho com manga e uma rasteirinha, motivo da rasteirinha é porque acabei de ter um bebê e fiz uma cesária eu acharia ficaria bonito o macaquinho com rasteirinha. Tira a minha duvida por favor. Esqueci de avisa sou baixinha e magra.¨ Não, rasteirinha com macaquinho em casamento NÃO vai ficar legal! Só se for na praia! Como você não disse onde seria, vou supor que será em igreja e festa em salão depois. Se você não gosta de vestido e nem quer usar salto, tenho um look que é bem melhor, mais chique e mais condizente com um casamento do que sua escolha inicial. Macacão preto: Como você não quer vestido e iria de macaquinho, vamos trocar por um macacão simples, preto, que vai te alongar, e fica muito elegante. Sapatilha de bico fino: com algum detalhe em pedraria ou algo que a deixe bem rica, como essa da foto. Eu não gosto de rasteirinha para quase nenhum momento da vida, como diz uma amiga minha ¨até o nome é feio¨ rsrs. Só uso em casos de calor extremo, praia ou clube. Se você quer muito usar a sandália, capriche na escolha, use uma bem maravilhosa. Bolsa: uma clutch preta simples com alça (para ficar mais confortável caso leve o baby) Brinco: um escandaloso. Não se preocupe em exagerar pelas pedrarias nos sapatos e no brinco. Os itens estão distantes um do outro, quem te olhar não vai focar nos dois ao mesmo tempo. Quando focar no rosto, verá luxo. Quando focar nos pés, também. Maquiagem e cabelo bem lindos e agora sim, está liberada para ir ao casamento!

  • Pinceis, Por Onde Começar?

    Uma leitora e uma amiga vieram com essa dúvida esses dias. Queriam comprar um kit de pincéis, mas não sabiam quais são os necessários para fazer uma boa make. Vamos falar dos essenciais, dos ¨tem que ter¨, mas também darei a dica de alguns pinceis não tao necessários mas que fazem A diferença. Necessários: Pincel de base: gosto muito de pincel de base com cerdas macias, bem cheio e chato, tipo o F80 da Sigma. Pincel de blush: prefiro os que não são muito grandes, para poder controlar melhor o local de aplicação do blush. Por exemplo, o 129 da MAC. Pincel de sobrancelha: para preencher a sobrancelha! Tem que ser chanfrado. O 208 da MAC é perfeito. Pincel de depositar sombra: chato, pode de ser de cerdas sintéticas. Estamos falando de pincel, mas pra sombra grudar, é bom passar um primer. Caso contrário, não existe pincel que faça o olho ficar bom. Pincel de esfumar: eu investiria nesse. O 219 da MAC é perfeito e faz TODA a diferença no make dos olhos. Pincel de pó: fofinho e macio. Um kabuki! Pode ser qualquer marca, desde que macio. Da esquerda para a direita: pincel de base F80 da Sigma, pincel de blush 129 da MAC, e pincel para preencher sobrancelha da MAC, o 208. Pincel para depositar sombra da Urban Decay, para esfumar, o 217 da MAC (esse eu compraria sim ou sim viu?) e um kabuki para finalizar com pó.   Não Tão Necessários: Pincel para esfumar na linha d’agua: cerdas em forma de ponta de lapis. Pode ser substituído pelo chanfrado mas o pontinho é show. Pincel para fazer contorno. Pode ser com o de blush, mas esse que indico da MAC (138) tem uma ponta que desenha bem o traço do contorno e esfuma super bem. Pincel para aplicar corretivo. O de base ou o de esfumar sombra servem. Mas lembrem-se que tem que limpar cada pincel quando ele mudar de ¨função. Tenho paixão pelo 224 da MAC para deixar o corretivo beeeem natural! Dica de uma maquiadora de NY da MAC Pro! Pincel pontudo da The Beauty Blender, 138 para contorno da MAC e o 224 para corretivo, também da MAC. Além desses acima, gosto BASTANTE destes: O 131 da Shiseido é MARA para aplicar base! O da Real Techniques também é muito bom e tem preço ótimo. Quando quero um acabamento de base bem natural, uso o 159 da MAC. Também gosto para dar aquela retocada com corretivo durante o dia. A Real Techniques tem ótimo custo x benefício. O de blush e esse menorzinho, ambos da linha para acabamento (são divididos por cores: rosa é para acabamento da pele, o laranja para preparação da pele e o roxo para make dos olhos), são super macios e não ficam nada nada atrás dos da MAC! Sobre marcas para comprar bons pincéis: MAC (os mais caros mas é feijão sem bicho rs), Sigma (somente online), Real Technique (melhor custo x benefício), The Beauty Box (tem uns bem bons, tem me surpreendido positivamente), Klass Vough e ALGUNS da Revlon. Pincel faz toda a diferença no make, é necessário sim. Com esses que citei acima, estão super bem servidas!

  • AMARO, AMARO Minha!

    Posso contar historinha?? Adoro contar um causo né rsrsrs. Eu conheço a AMARO já há algum tempo, desde o início, quando era pequenininha e tinha outro nome. Sempre, mas SEMPRE, dei uma olhada no site, principalmente porque eles tem parcerias com blogueiras bem bacanas e via looks lindos nas meninas. Até que um belo dia, numa Semana de Moda, pediram para eu vestir AMARO. Gente, sabe quando você pega na roupa e fica: WHAAAAT? É AMARO??? Eu jurava que algo super grifado e caríssimo e nem era, era de uma das fast fashion online mais bacanas da atualidade! Fiquei nude com a qualidade da roupa, como vestiu bem, e obviamente, com o preço! Foi um dos looks mais bonitos que vesti viu AMARO? Daí eles me procuraram para uma parceria e eu dei pulinhos de alegria, afinal, já conhecia a marca, os produtos e acho tudo LINDO! Agora deixa contar um pouquinho sobre a AMARO: como já falei, é uma fast fashion online, com lançamentos MENSAIS. Isso mesmo, todos os meses tem novidades pois eles se preocupam em acompanhar todas as tendências do momento. Outro ponto que é bom ressaltar, é o preço acessível. Na coleção atual, fiquei chokita com os valores dos casacos!! A qualidade e o preço compensam muito muito muito, acreditem. A entrega é à jato (para quem for de SP, entregam em até 2h e meia!), a compra vem embalada como presente, com laço na caixa, papel de seda e cartãozinho. As roupas, dobradinhas dentro de saco plástico. Tudo chique, arrumadinho, impecavelmente embalado. E fiquei sabendo de uma coisa que achei simplesmente INCRÍVEL: a AMARO tem guide shops distribuídos por SP (e recentemente abriu uma mini guide shop no Rio de Janeiro, no Shopping Leblon). O que é um guide shop? É um espaço da marca, geralmente em shoppings, onde você vai, prova a roupa, tem a ajuda de uma stylist, faz sua compra online lá mesmo e recebe o produto em sua casa no mesmo dia. EU QUERO GUIDE SHOP DA AMARO EM BH! Gente, achei o máximo! Que modernidade é essa???? Em SP tem guide shop nos shopping Morumbi, Pátio Higienópilis, Eldorado e Villa Lobos. Agora chega de conversa, vem ver o que escolhi para mostrar para vocês: Rolou uma identificação aí? Porque aqui rolou DEMAIS! Roupa de mulher chique, elegante, clássica porém antenada, resolvida! E o tanto de looks lindos para ir trabalhar??? E os preços? Vem ver: E obviamente que também fotografei um look lindo da AMARO! AMEEEEI esse look! O vestido (LINK) é riqueza pura, tecido encorpado, veste que é uma maravilha! O casaco (LINK) também é lindo, quentinho, preço bom e a resposta para quem sempre me pergunta onde comprar casacos lindos e que não sejam caros. Óculos (LINK), brinco (LINK) e gola (LINK, devo registrar meu amor por essa gola) também AMARO!    Gente e a qualidade é TOP viu? Mas se mesmo assim algo der errado e você quiser trocar o produto, a troca é grátis! O prazo é de 30 dias e a AMARO ainda fica por conta do frete. Site seguro, fácil de navegar, linda curadoria, entrega rápida e preço bom.  É uma fast fashion online de respeito!

  • Mi casa, su casa – Onde gastar dinheiro?

    Fufus, minha picolezinhas e meus sorvetinhos do coração, não sei pra vocês mas pra mim inverno é sempre sofrido. Quem acompanha a gente no Snapchat ( Futilish e Tiolelofoz ) sabe que a patroa está cada dia mais ryka e elegante, e eu mais ranzinza e chato. Deve ser algo karmico, eu devo ter morrido escalando o Everest numa vida passada, ou caí num lago pescando pra sobreviver, porque tá pra nascer alguém que deteste mais o frio do que eu. Mas bora trabaiá! Uma das primeiras perguntas que sempre recebemos de clientes é: “Quanto eu vou gastar?” E é claro que todos queremos nos preparar para esse investimento em qualidade de vida. O problema é que a variável é muito grande. Assim como tudo na vida existem diversos níveis de produtos onde se pode investir. Vou divagar um pouco sobre isso hoje, que tal um chocolate quente e uma conversinha ? Uma decoração espetacular daquelas de novela, na qual a sogra entra e fica chocada, histérica e desmaiada (por dentro, mas não esboçam reação nas caras de más delas) vai custar o mesmo que o imóvel. Ezatamentchy, o mesmo que o imóvel. Uma conta muito básica é que a cozinha custa em torno de 10% do valor do imóvel. Parece bizarro, mas é a mais pura verdade, quem construiu saque que se somar os revestimentos, os móveis, os eletrodomésticos e granito/quartzo, o valor vai estar nesta faixa. Sim, em um imóvel de 700 mil a pessoa vai gastar 70 mil só na cozinha. Parece loucura né? Mas o papo de hoje é pra falar onde gastar mais ou menos. A dúvida parece simples, mas a verdade é que o buraco é mais embaixo. O segredo pra quem não tem milhares – ou milhões – de dinheiros disponíveis é saber onde colocar dinheiro antes ou depois. Então se você não é de Áries (que precisa de tudo pronto e perfeito pra semana passada) #vemkotio! De forma “construtiva” não economize na hora de escolher: Pisos; Azulejos/porcelanatos; Gesso. O resto é fácil de trocar. Mudar um móvel, acrescentar um painel de madeira, instalar um papel de parede, incluir um lustre ou mudar alguns pontos de iluminação ( no gesso ) são coisas fáceis e rápidas. Praticamente indolores também. Não tem como fazer gesso numa casa morando nela. Aliás tem, mas é um sofrimento indigno e desnecessauro*. Claro que assim como temos aqui milhares de dicas sobre alternativas Fashion, também temos alternativas decorativas. Um revestimento de porcelanato pode custar (por metro quadrado) de R$ 19,90 até R$ 289,90 numa mesma loja. Aí você pensa: Não tem diferença! Claro que alguma diferença tem. pode ser espessura, de PEI (resistência) pode ser a diferença no corte lateral ( retificado, não retificado ou bold ) esses itens interferem na estética final da instalação, pois eles “mandam” no tamanho do rejunte que terá de ser usado. O tamanho das peças também é algo a ser levado em consideração. Uma cozinha grande com um piso de 40×40 ou 30×60 vai ficar com cara de pobrinho. Provavelmente você encontrará um revestimento  de porcelanato retificado (junta de 1mm) ou bold (junta de 3mm) de um tamanho legal (60×60 ou 80×80) entre R$ 80,00 e R$ 100,00 que eu considero justo pra quem vai morar pelo menos 5 ou 10 anos numa casa. E casa precisa de manutenção gente, chega uma hora que tem que pintar, tem que rever uma fiação, tem que trocar um chuveiro/aquecedor… Então pra evitar de ter que pintar a casa todo ano… tira essa ratoeira da bolsa, e compre uma tinta de boa qualidade, lavável. Eu sempre indico Coral ou Suvinil e não é só pelo “nome” é porque realmente elas tem produtos de boa durabilidade. Esse investimento começa na quantidade de demãos necessárias para uniformizar a cor e deixar tudo lindo. Cozinha, banheiros, lavanderia… lugares onde temos umidade/ água e ou vapores, precisam de móveis mais robustos e, consequentemente, de valor maior. Entre uma casa toda mais-ou-menos faça esses três ambientes com bons produtos, com fornecedores com boas referências ou tradicionais no mercado. Depois você compra um sofá melhor, um armário planejado, coloca a cortina no escritório…  Aí terá uma casa, toda boa =D A ideia é priorizar o que é difícil de se alterar e o que pode se tornar incômodo ao longo tempo. Investir sabiamente para ter algo duradouro. É muito como quando a gente mais jovem prefere ter 3 jeans baratos, invés de um jeans bom, que vai durar uma década. Uma forma legal de trabalhar quando se contrata algum profissional é dizer pra ele quanto você pretende gastar no total. Assim ele poderá direcionar os gastos para que a obra seja coerente. A Chevrolet por exemplo, oferece desde um Corsa até o Ômega. Mas não é coerente nem elegante a qualidade da sua casa variar conforme os cômodos. “Aqui é minha cozinha nível Ferrari, mas te convido a passar uns dias aqui no quarto de hóspedes estilo fusquinha, não se preocupe o cheiro de gasolina é opcional.” Quero agradecer mais uma vez as pessoas indo na minha loja Lelo Design e comprando coisas pra deixar a casa mais linda! Tem uns emails que eu ainda não respondi, mas é que o tempo tem se esvaído das minhas mãos, mas eu vou responder, pode ter certeza. Muito louca nossa conversa de hoje? Me digam, o que vocês acham, já sabem o que é importante pra vocês na hora de fazer seus ninhos? * Pra quem não sabe, desnecessauro é algo desnecessário desde a época dos dinossauros, obrigado, de nada.   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

  • O Dia Que Não Postei

    Não sei se vocês tem reparado, mas tenho postado frenéticamente no blog. Todos os dias, tento subir 2 matérias, e aos finais de semana, subo um no sábado e um no domingo, se der, dois. Ontem estava tudo pronto para liberar o primeiro post do dia mas… não deu. Pro segundo então, nem pensei. Vocês sabem praticamente tudo da minha vida: sabem quando viajo, para onde viajo, com quem estou, quanto termino namoro, quando namoro de novo, quando tô passando mal, quando troco de academia, quando coloco DIU, quando começo dieta, quando machuco o joelho, quando pinto o cabelo, quando compro sapato novo, tudo, tudo. Pois ontem aconteceu algo inédito na minha vida, e claro, vou contar para vocês. Fui assaltada. ¨Ah, normal.¨ Infelizmente, é normal sim. Mas sabe aquela coisa que você nunca acha que vai acontecer com você? Pois bem. Um dia comum, eu precisava fotografar um look para um cliente novo. Montei minha produção, arrumei o cabelo, fiz minha maquiagem e fui pegar minha fotógrafa na Savassi. Ah, agora tenho assistente/fotógrafa! A Juju (Juliana) estuda Moda na Fumec e também está começando a fotografar. É a pessoa ideal a me ajudar a criar conteúdo pro blog, ajudar a me organizar e fazer algumas fotos quando eu precisasse. Enfim, peguei a Juju e fomos para a Praça da Liberdade tentar fotografar. A Praça da Liberdade estava cheia e sem lugar para estacionar. Após dar uma voltas, pensamos: Vamos para a Praça do Papa, lá tem umas mansões com portões lindos e como o look era rycoh, iria ficar bem bonito lá. Fomos, era cerca de 14:30, 15h. Parei o carro e deixei TUDO dentro dele, desci apenas com o look da foto, joguei a chave do carro dentro da bolsa da produção (que estava cheia de absorventes, usei isso para dar volume nela rsrsrs) e a Juju desceu apenas com a câmera. Ok. Fotografamos, em frente a uma casa linda, com um portão maravilhoso. A praça cheia de crianças em uma excursão, tinha uns 3 ônibus estacionados. Passou patrulha policial umas 2 ou 3 vezes, tudo tranquilo. Até que de repente, um carro prata encostou, com vidros pretos beeeem escuros, e ouvi um cara dizer: ¨Onde fica a rua do perdeu tudo?¨ Não entendi e fiquei olhando pra ele, achando que estava pedindo informação. Mas não, com um revólver apontado pra Juju, ele pediu a camera e a bolsa. Ela viu as balas e o tambor girando, provavelmente o cara puxou o gatilho para assustar ainda mais. Ela entregou tudo (minha bolsa estava com ela, pois estávamos fotografando detalhes) e eles foram embora. Vi duas pessoas, o motorista e o carona com a arma. Não dava para ver se tinha gente no banco de trás. Assim que saíram, não consegui pensar em nada. Não lembro modelo do carro, roupa dele, nem lembrei de anotar placa. Nada, nada. Um dos motoristas dos ônibus de excursão viu e emprestou o celular para chamar a policia. Outra moça que estava no ponto de ônibus logo abaixo também viu e disse que eles saíram sorrindo. Chegou polícia, BO feito, chamei o guincho para levar meu carro para casa  já que sem a chave não conseguimos abrir, ficamos mais umas 3 horas lá até resolver tudo. E eu com medo dos bandidos voltarem para pegar o carro, afinal, não tinha nada de valor dentro da bolsa, só a chave do carro. No momento do assalto a gente pensa em sair correndo, em questionar, em pedir pra não fazer nada, mas simplesmente, fiquei estática. Se eu queria saber como seria minha reação a um assalto, pois foi essa. No momento sinto muita raiva, mas muita mesmo. Da falta de segurança que temos, da falta de liberdade e tranquilidade, da privação do direito de ir e vir dentro da minha própria cidade. Trabalhamos muito, pagamos cada imposto, suamos para comprar nossas coisas e acontece isso. Estávamos em um ponto turístico de BH, um bairro nobre, praça cheia de crianças, 3 horas da tarde, trabalhando, e acontece isso. Sinto muito, mas muito mesmo pela Juju, que perdeu sua ferramenta de trabalho, que não é barata e que ela estava começando agora… Quanta maldade! O dia que eu tanto esperava chegou. Sempre que alguém me contava sobre um assalto – e isso acontece praticamente todos os dias – eu pensava quando seria minha vez. Já foi. Agora penso quando será de novo. Penso ¨esse não atirou, será que o outro também não vai atirar? Será que esse de ontem atiraria na gente? Será que ele teria coragem?¨ Como viver assim???? Quantas pessoas são assaltadas a mão armada por dia? Quantas tem a ¨sorte¨ de ter apenas bens materiais roubados? E as que são mortas por capricho de bandido, vítimas que nem reagem e levam tiro????? Me aconselharam a sair com seguranças quando for fotografar, pedir pra polícia ficar do lado enquanto trabalhamos, mas me diz uma coisa… era pra ser assim??? Sério que precisamos de contratar segurança para trabalhar em paz??? A revolta e a impotência é tão grande! E o pior, como viver com o ¨ah, é normal¨? Como viver com o ¨não vai acontecer nada com eles¨? Estamos vivas, em casa, o que se perdeu de material a gente recupera, mas odeio a sensação de que isso não acabou. Queria que essa experiência fosse única e que não se repetisse jamais. Infelizmente, hoje não vou falar para viver a vida ao máximo como sempre falo, vou pedir para tentarmos SOBREVIVER ao máximo. É isso que temos feito, sem perceber, todos os dias quando acordamos. Não era pra ser assim. E ontem não deu pra postar. Não quero me sentir corajosa quando sair na rua, quero me sentir livre.

  • Onde Comprar – Coturnos!

    Serviço completo! Já temos os looks para inspirar e agora vamos às compras! Prontas para por os cartões de crédito pra trabalhar?   Arezzo LINK e LINK Bottero para Passarela LINK Constance LINK Schutz LINK Taquilla LINK Walkabout para Zattini LINK e LINK Constance LINK Dafiti LINK Desmond para Passarela LINK Goofy para Kanui LINK Laura Prado para Dafiti LINK Passarela LINK Santa Lolla para Dafiti LINK e LINK E alguém adivinha qual o meu coturno dos sonhos?? Tá fácil né… o olho SEMPRE vai no mais caro! 

  • Como Usar – Coturnos!

    Será que esse inverno tá chegando hein? Hoje tá frio em BH, mas friozinho mesmo, tanto que vesti uma legging grossa e uma blusa de frio! UHUUUU! Tomara que seja daí pra melhor, tô cheia das botinhas novas, doida pra usar tudo hahaha. E inverno sempre tem as peças certeiras, aquelas que SEMPRE voltam. Uma delas, é o coturno! Sempre na moda, eis um item atemporal. Eu gosto bastante e sabe uma coisa que percebi também? Que homem também curte quando as mulheres usam. Aham… E sem feminismo de ¨ahhh mas eu não me visto pra homem¨. É apenas uma observação! Muitos homens curtem quando as mulheres usam botas pesadas, camisas, jaquetas de couro, coisas que são mais brutas. Reparem… Bom, mas hoje vejamos alguns looks com coturno para nos inspirar! Coturno, skinny preta e jaqueta de couro preta. Look militar com verde e preto. Apesar de preferir coturno preto, os marrons também ficam legais. Inclusive se a intenção for usar com vestido, o marrom é mais ¨leve¨ . Com saias e short jeans detonado acho o MÁXIMO! Até com um vestido mais arrumadinho cai bem. Esse look da direta com a jaqueta verde é LINDO! Corri separar os itens para usar no final de semana hahaha. Com calça skinny preta é sempre uma opção certeira. Eu, particularmente, gossto de coturno com salto, inclusive tô namorando um aí mas tá muito caro… Acho com salto mais feminino mas é coisa minha, os sem salto também montam looks lindos! E já sabem né? No próximo post, ONDE COMPRAR COTURNOS! 

  • Mais Achados em BH – Tips Store!

    Voltei com mais achados em Belo Horizonte e pertinho da Maria Barbosa calçados, que fez um SUCESSÃO! Tanto, mas tanto, que até eu me assustei! Fui na loja no dia seguinte ao post e estava LOOOOOTAAAAADAAAA! Mas cá entre nós… aqui só tem dica boa né? Então segura que tem mais uma! Bem do ladinho da Maria Barbosa, mas colada mesmo, está a Tips Store. A Tips era sucesso absoluto no Feira Shop mas cresceu tanto, mas tanto, que a Dani, proprietária da Tips, viu que deveria alçar vôos maiores e montou um linda loja no coração da Savassi. Antes de mostrar as belezuras da Tips Store, vem conhecer a loja: Essas meninas tem muito bom gosto hein! Capricharam demais nas lojas! O interior da loja é bem organizado, as roupas são divididas por cor e estilo, bem fácil pra gente se ¨encontrar¨ na Tips. A Tips é assim, um corredor grande e araras dos dois lados. AMO loja organizada e onde tudo está a vista! E obviamente que tem peças maravilhosas. Antes mesmo de eu fazer minha seleção, fiquei apaixonada por esse short ultra milionário todo bordado! Ryqueza pura até o último rasgo! Agora vem ver o que escolhi para mostrar para vocês: A foto não fez jus a esse vestido de camurça em tons de azul! Lindo lindo! Saia de malha canelada, super Kardashian e diferente do que temos visto por aí, com zíper frontal! AMEI esse vestido! Por que será né? hahaha, listras, desenho escuro na cintura para dar uma afinada e leve fenda. Colete de pêlo rico! Vou fazer o post sobre os coletes de pêlo para este inverno (chega de pelo marronzinho!) e o da Tips Store tá muito lindo viu? Tô de olho neleeee! Essa batinha… tinha off white e verde menta. Peguei um off white pra mim! Olha o decote dela! Mais uma blusinha que logo terá post especial, as românticas de gola fechada! Vê esse conjuntivo genteeeeeee! MA RA VI LHO SO! E o cinza também tá muito rycoh! E malha boa viu? Grossinha, de ótima qualidade. E mais um vestidinho listrado, com decote ombro a ombro, do jeito que a gente ama.  Quer ver mais? Olha o instagram da Tips Store! Segue na @lojatips! Já temos os sapatos, agora temos as roupas! A Tips Store fica na Antonio de Albuquerque 623, na Savassi em BH e também faz venda pelo Whatsapp e envia para todo o Brasil – (31) 99483 4798. Nem só de bares, bons restaurantes e roupa de festa vive BH, tem muita coisa boa por aqui!

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Prontas para mais uma sessão de terapia comunitária? Caso 01 – Carlota Sabe história longa, complicada e cheia de reviravoltas? Então é essa… Começou há 11 anos, na minha primeira semana de faculdade. Era tudo novo, cidade, casa, amigos, curso, baladas, cabeça a milhão querendo ver e experimentar tudo! Indo para uma festa conheci um moço, na hora que bati o olho nele meu coração disparou, de alguma forma sabia que ele seria importante pra mim. Conversamos a caminho e durante a festa , mas eu precisava ir embora cedo e não rolou nada. Na semana seguinte contei isso para minha nova colega de quarto, e mais super nova amiga, e ela disse que aquela festa não tinha rendido nada, havia ficado com um moço, mas que achou bobo. Bom, acho que já sabe onde isso deu, né? Sim era a mesma pessoa. Como não acho legal ficar com ex de amiga, sempre algo dá errado, tirei meu time. As semanas passaram, eu e ela ficamos muito próximas, eu e o moço ficamos muito amigos e ele e ela nunca mais ficaram. Nas vésperas do carnaval daquele ano, nos encontramos, nós três, em outra festa. Ela estava envolvida com outro rapaz, e muito empolgada com isso, e eu e o moço estávamos a fim de ficar, mas eu não queria por causa do que já havia rolado entre eles. Ela me chamou de canto e disse para eu desencanar, que nós dois tínhamos muito em comum e que ela não se importava nenhum um pouco. Ficamos a primeira vez nesse dia, e foi muito legal. Começamos a nos ver praticamente todo dia, sempre foi uma empatia e carinho muito grande. Mas eu estava muito indecisa se queria namorar, era tudo muito novo e eu não queria perder nada. Nesse meio tempo o rolo dela terminou, e ela ficou muito mal com isso e percebi que um tanto enciumada da minha relação com o outro rapaz. Eles ainda eram muito amigos, e eu confiava plenamente nos dois, nunca me preocupei. Até que um dia ela disse que achava que havia feito burrada em dispensa-lo para ficar com o outro que não quis nada com ela. Isso me acendeu uma preocupação, mas me recusava a acreditar que pudessem me trair. Enfim, aconteceu. Eles ficaram em um fim de semana em que viajei. No dia seguinte ele que me contou, dizendo que estava arrependido da forma como aconteceu, mas que percebeu que queria mesmo era estar com ela. Ela passou aquelas 24 horas, entre ficar com ele e ele me contar a verdade, me ouvindo falar a respeito do que sentia por ele e me aconselhando a investir na gente pois formávamos um bonito casal. Meu mundo caiu naquele dia, ao mesmo tempo perdi o namorado/amigo e a melhor amiga. Sofri muito naqueles dias, principalmente vendo os dois juntos pelo campus. Ela mudou de casa, nunca mais nos falamos. Ele me procurou ainda querendo manter a amizade, não consegui cortar laços com ele definitivamente, e continuamos amigos. Algumas semanas depois, pasmem, ela voltou com um outro ex e dispensou o moço por interfone do prédio! Ri muito disso, me senti vingada, sabe!?  Depois disso continuamos amigos, eu e ele. Ficávamos eventualmente, mas não me sentia mais segura com ele. Passou a ser algo sem compromisso algum, ficávamos também com outras pessoas e até contávamos um para o outro, nunca mais foi como no inicio. Depois de alguns meses nessa situação ele conheceu outra menina, decidiu namorar e me contou tudo antes de tornar publico. Na frente dele aceitei, mas sofri demais. Nesse momento cortei ele da minha vida, totalmente.  Três anos depois nos encontramos por acaso no campus. Ele havia terminado o namoro e eu estava sozinha. Voltamos a conversar e ficar sem compromisso, e foi como se nunca tivéssemos ficado distantes. Mas a faculdade acabou e cada um foi para uma cidade, ficamos 5 anos sem nos ver, somente trocando mensagens em aniversários e fins de ano.  Ano passado estava a trabalho na cidade que ele mora e combinamos de jantar juntos um dia. Foi como reencontrar um velho amigo, conversamos por horas sobre tudo, e no fim da noite ele me beijou. Foi assustador, me senti adolescente de novo. Sabe o pânico do primeiro beijo? Foi assim. Tudo o que havia sentido por ele um dia voltou de uma única vez. E eu fugi. Fugi por diversos motivos. Medo de sofrer de novo, de uma relação que sempre deu errado. Depois de uns meses, mais tranquila com o que senti naquele dia, voltei à cidade dele e nos encontramos de novo. E foi ótimo! Sempre me sinto muito feliz quando estou com ele, e percebo que ele também curti muito estar comigo. Agora devo ir a cidade dele todo mês a trabalho, e já combinamos que sempre que for para lá ficarei na casa dele. Agora chego ao meu problema de fato. Pra mim depois de todos os anos e tudo que aconteceu entre a gente, não é uma relação nova, é algo antigo que estamos retomando. Ao mesmo tempo não quero me entusiasmar para não levar outro tropeço. Não consigo tocar no assunto com ele, desde que voltamos a nos ver nunca conversamos sobre o que essa relação significa para o outro. Não sei o que fazer. Puxo o assunto? Deixo rolar? Sinceramente não sei como conduzir a situação, tenho plena certeza de que quero ele de fato na minha vida, depois de tantos anos consegui perdoa-lo no meu coração. Só que me sinto insegura de dizer isso a ele, tenho medo de assusta-lo, dele pensar que sim, é uma nova relação e que estou me precipitando em pensar dessa forma.  Já conversei isso com algumas amigas muito próximas, que acompanharam a história desde o inicio, todas dizem para desencanar e curtir o momento, mas isso não é da minha personalidade, sou uma excelente virginiana (rs) eu planejo, gosto de saber tudo que acontece ao meu redor, de tomar decisões sobre fatos, muito pragmática. Não saber simplesmente me enlouquece. O que você faria? Desculpa falar assim mas… ninguém tá valendo nada nessa história. São pessoas soltas, sem apego, sempre disponíveis e você sem NENHUM amor próprio. Sério que você acha que isso ainda pode dar certo? Sem romantizar nada, o cara te traiu com sua melhor amiga, fica aparecendo de épocas em épocas pra te pegar, você cede, e nisso os anos passam e você sempre ali, disponível pra ele. Quer continuar ficando com ele? Continue. Mas não se surpreenda se amanhã ele te apresentar a mais nova namorada. O que você tem com ele se chama AMIZADE COLORIDA, ou PA. Nada além disso e nem será nada além. Eu, no seu lugar, daria um fim TOTAL nessa relação (que mais existe na sua cabeça que na dele) e focaria em conhecer pessoas novas! Figurinha repetida não completa o álbum! Caso 02 – Isabel Bom, vamos ao meu relato, mas já peço que não me julguem antes de terminar de ler. E preciso muitoooooo de opiniões de fora. Sou casada, tenho duas filhas lindas e sou super (MEGA) realizada profissionalmente. Meu esposo é meu companheiro de vida, meu amigo e mentor. Tem uma carreira maravilhosa e sólida. Mas como nem tudo é perfeito, meu casamento hoje é apenas de fachada mesmo. Cheguei a essa conclusão há um tempo atrás. Meu esposo não me deseja como mulher e já me confessou que sente atração por homens. Que se casou comigo para se livrar da pressão familia-igreja. Por mais que foi doloroso, decidi que iria lutar pelo meu casamento, pelo amor que sentia por ele e pelas minhas filhas. Valia a pena lutar. Mas com o tempo percebi que nada ia mudar e percebi o quanto ele sofria com isso. Como ele é meu amigo (O melhor) antes de tudo, decidi ficar com ele como uma “ajuda”. Dei todos os conselhos possíveis, mas não adianta: ele não vai se assumir, não quer se assumir. Eu o amo e me dói ver o quanto ele sofre, mas a decisão é dele e não minha. Se me perguntarem pq estamos juntos é porque o nosso amor pelas meninas e respeito mútuo fala mais alto do que qualquer coisa. Pode parecer irreal, mas acreditem: ISSO é muitoooo mais comum do que pensam!! Pois bem, é sobre esse respeito que quero falar. Ele viaja muito e fico muito sozinha, somando ao tempão que já estava sem sexo. Temos um acordo velado: eu não procuro o que ele faz, ele não procura o que faço, desde que não expomos ninguém em público. E aí que começa: comecei a me relacionar com um rapaz da empresa. Tudo escondido de todos e de tudo. Pensem num homem maravilhoso, lindo, educado, gostoso, que me deseja como nunca fui desejada e NOIVO. Mas saber que ele é comprometido era minha tábua de salvação. Estamos “juntos” há mais de um ano, tudo funcionando normal (ele sabe da minha história, o único que sabe) até que o bendito me solta que está gostando mais do que deveria de mim e iria terminar o noivado. Eu gosto muito dele e até largaria tudo por ele sim. Mas minha vida é boa assim, controlada, funciona para mim, não posso pensar só nesse sentimento, existem outras pessoas além de mim, eu acabaria forçando meu esposo a uma situação que ele não queria, tem as meninas… Mas também tem o lado coração: e se eu deixar ele passar? Não consigo ficar sem ele, não sei se é amor, mas é um sentimento forte d+! Realmente não sei o que fazer e nem por onde começar… Você está pensando em todo mundo, menos em VOCÊ! Te admiro muito por ser a mulher que é, não vou te julgar jamais, segurar essa barra não deve ser nada fácil! Tenho certeza que você é uma pessoa maravilhosa, e por isso mesmo acho, do fundo do meu coração, que você deveria se separar. Entendo que seu marido é seu melhor amigo, entendo que ele não quer se assumir homossexual, mas você não pode abrir mão de sua vida por uma coisa DELE. A vida passa muito rápido, é muito curta para viver de fachada. Converse com ele, não exponham os motivos da separação, mas fique livre para amar e ser amada publicamente de novo! Sobre seu caso… o que posso dizer… eu te entendo e MUITO. Mas acho que você não merece isso, não se sacrifique por ninguém, mesmo que esse alguém seja o pai de suas filhas e seu melhor amigo. Ele está pensando nele, e você, está pensando em você? Você diz que não pode pensar SÓ nesse sentimento, mas esse sentimento é o amor e pior… está sendo correspondido. Pense direito. Caso 03 – Anita Há um ano e meio comecei um relacionamento com meu atual namorado. Uns quatro meses depois que começamos os pais dele precisaram se mudar de cidade por 6 meses e ele foi morar comigo e estamos morando juntos desde então. Ele tem a minha idade mas ainda não é formado, parou a faculdade no terceiro ano e nunca mais retomou. Trabalho como Engenheira em uma empresa privada e quando nos conhecemos ele também trabalhava em uma empresa do mesmo grupo.  Apesar de ganhar 4 x mais do que ele, isso não me incomodou no começo, mesmo porque ele me dava todo o salário dele para eu usar em despesas da casa e eu completava com o meu. Em janeiro deste ano eu ia começar a pós graduação mas ele ficou desempregado e aí passamos por uma época difícil. Eu sustentei a casa por 2 meses até que ele arranjou um novo emprego, porém, desta vez, apesar de ganhar a mesma coisa ele gasta metade do salário só para ir até o emprego (gasolina, estacionamento…) e ainda por cima resolveu trocar de carro e fez um financiamento que comprometeu o resto da renda dele, ou seja, eu CONTINUO tendo que pagar absolutamente tudo sozinha. Ultimamente tenho me sentido muito infeliz pois percebo que essa situação dele não tem perspectiva de melhora. Ele trabalha das 14 as 23, mas acorda todo dia as 10 da manhã e joga videogame até meio dia. Nem a parte dele dos serviços domésticos ele faz, e quando faz é com muita briga e insistência da minha parte. Tive que cortar gastos como por exemplo a faxineira, e agora quando não estou trabalhando estou em casa limpando, lavando e passando. Está pesado para mim entende ? Trabalho demais, tenho que organizar e pagar todas as contas, fazer todo o serviço doméstico e ainda quero arranjar tempo para estudar. Me dá uma sensação de indignação pois estudei tanto, fiz uma ótima faculdade, fiz intercâmbio, falo três idiomas, dou aulas de inglês para o pessoal do meu trabalho aos fins de semana para conseguir uma grana extra, tenho um bom emprego e mesmo assim estou passando perrengue porque ele não quer ser melhor. Estou engajada em um projeto novo na empresa, uma oportunidade ótima que apareceu para mim, e estou tentando trabalhar meu orçamento para conseguir começar a pós em agosto e ele nem tem planos de terminar a faculdade. Sabe gente encostada ? Tranquila ? Ele é assim. No relacionamento mesmo ele sempre foi bom pra mim, não é mulherengo, me dá amor e carinho, e nunca pisou na bola, mas ultimamente sinto que não é suficiente. Por mais que eu o ame não quero viver uma vida sofrida por ele não se esforçar por nada. Não quero ter que sustentá-lo a vida toda, quero alguém que some e não que divida. E pra completar meu pai e minha mãe me cobram muito uma atitude à esse respeito, dizem que estou desperdiçando meu potencial, que estou gastando energia com uma pessoa que está me atrasando, como uma âncora. Mas daí começo a pensar que estou muito velha para ficar solteira novamente, me afastei de todos os meus amigos e meu pais moram há 200 km de distância de mim, tenho medo de me sentir muito sozinha sem ele. Gostaria de uma opinião de alguém que está fora da situação.   Não é porque o cara é bonzinho e não apronta que quer dizer que tá tudo certo. Mas não entendi uma coisa: os pais dele iriam morar fora por 6 meses, e esse tempo já passou certo? Ele não voltou pra casa dos pais porque? Sinto te dizer que seus pais estão completamente com a razão e me indigna muito você aceitar isso por medo de ficar sozinha ou achar que está velha. Como você mesma disse: é estudada, esforçada, se garante, já deixou de fazer uma pós para sustentar o bonitão… Sinceramente não entendo o que te leva a não dar um basta nessa história e mandar ele de volta pra casa dos pais dele, ele se virar e morar sozinho ou então honrar as bolas que carrega, virar homem e ajudar na casa. Desculpa, mas é isso. Você não tem um namorado, você tem um filho. E um filho folgado. Tenha uma conversa séria com ele, fale o que nos contou aqui e peça uma atitude dele. Dê um prazo: 3 meses para ele arrumar um segundo emprego e dividir as contas por igual, ou vender o carro novo e ajudar em casa (que absurdo essa história do carro), ou então cada um para seu lado. Imagina a angústia e tristeza dos seus pais que se esforçaram para você ter uma carreira e vida independente e ter esse encostado como namorado??? Pense nisso, você merece coisa melhor.   UHHH! Este esteve tenso hein! E sobre o caso 02, da Isabel, é bem verdade o tanto que tem de homem gay casado/namorando com mulher e que não se assume! Eu fico realmente triste, pois são pessoas que não conseguem viver a vida na sua plenitude. Sei que envolve muitas coisas, muito preconceito, mas que lindo seria se todos fossem felizes e não fossem julgados pelas suas escolhas né? Ah, Choras AINDA suspensos!

  • Onde Comprar – Calça Estampada Levinha

    Que sucesso que foi aquele post de ontem hein? Primeiro que todo mundo amou os looks, segundo que um monte de gente me perguntou onde achar calças levinhas e estampadas chiques e terceiro que um MONTE de lobas se apresentou!! Fiquei tão mas TÃO feliz de saber que o Futilish atende a todas as idades!!! Achei lindo saber que vamos dos 15 aos 70 anos e que todo mundo tá ligado nas tendências, nas novidades e nos papos do blog. Me senti realizada!!!!!! Obrigada por estar sempre aqui! Suas lindas! Enfim, hoje queria falar sobre as calças levinhas, de tecidos fluídos, com estampas bacanas e que montam looks maravilhosos e chiques sem esforço. Eu adoro esse tipo de calça – que pode ser pantalona, pantacourt, sporty, palazzo – só fico mais atenta na estampa, gosto de menos cores e desenhos geométricos ou abstratos. Dei uma procurada nas lojas virtuais e achei essas daqui: Animale para Shop2Gether LINK C&A LINK La Mandinne para Dafiti LINK Le Lis Blanc LINK Shoulder LINK Ysla para O Q Vestir LINK Dolce & Gabbana para Farfecth LINK Farm para Dafiti LINK Versace para Farfecht LINK Renner LINK Sommer LINK Lenny Niemeyer para O Q Vestir LINK Renner LINK Renner LINK Se alguém souber onde mais encontrar, é só avisar nos comentários! 

  • Fala Que Eu Te Escuto – Churrasco Arrumadinha

    A Karla tem uma dúvida bem interessante e que pode ser a dúvida de muita gente! ¨Oi Cony, me socorreeeeeeee please. Acredito que eu seja sua leitora mais coroa (46 anos) haha; dito isso, vamos aos fatos. Tenho um churrasco para ir e não sei o que usar. Normalmente nos churrascos da familia ou de amigos intimos, coloco um short jeans uma t-shirt ou regatinha, uma rasteirinha e vraaaaaa. Tenho o corpo ok, com tudo no lugar e sou baixinha (1,58m). O problema é o seguinte –  esse churrasco específico será um reencontro de ex colegas de trabalho que não se veem há 20 anos. Minha preocupação com a roupa é não aparentar muita casualidade (apesar de ser um evento casual), afinal queremos impressionar; ao mesmo tempo não aparentar muita formalidade também, moro no Rio e o estilo do carioca é despojado. O clima por aqui está fresquinho quase frio e esse churrasco será a partir das 16 horas. Ufa! Amo o blog e seu estilo de escrever, se vestir e de viver. Obrigada por tudo, você ja me socorreu varias vezes, inclusive com suas dicas de viagem. Bjks¨ Você NÃO vai de shortinho jeans, camiseta e rasteirinha, estamos entendidas?? É churrasco? É. É no Rio de Janeiro? É. Mas vai ter uma monte de gente que você não vê há 20 anos e a primeira coisa que TODO MUNDO VAI FAZER é analisar o quanto o outro mudou, se tá mais gordo, mais magro, mais feio, mais bonito, se envelheceu muito etc e tal. É cruel? É, mas é assim que as coisas são nesses tipos de reencontros. E como você já sabe que isso vai acontecer e quer estar pelo menos preparada, nós vamos te ajudar a ficar linda e chique nesse churrasco. AH MAS CHURRASCO É CHURRASCO TODO MUNDO VAI DE QUALQUER JEITO NO FINAL TA TODO MUNDO BEBADO NA PISCINA. No final. Antes do final tem muita coisa! Vamos montar looks chiquezinhos porém casuais, que te deixem a vontade, que tenham o ar do Rio de Janeiro e que causem um boa impressão! Calça levinha estampada. Acho a cara da riqueza. Combine com uma blusa de cor neutra, básica, sem detalhes, e escolha uma calça com uma estampa que não misture muitas cores.  Mas se o carioquismo falar mais alto, se jogue nas cores! Mas sempre, sempre, com uma blusa de cor única, de preferência clara pelo evento ser de dia e informal. Saião também casa com churrasco no Rio de Janeiro. Mesma coisa da calça estampada, use blusas neutras. Nos looks acima, só tiraria o cinto dos dois últimos. Pesou.  Vestidão é tudo de bom né? E você ainda pode usar uma anabela alta, ganhar vários centímetros e ficar com a silhueta super alongada! Olha que LOOOSHOOO esse primeiro, laranja com estampa grande! O uniforme do Fufu também é super válido. Quer pagar de rycah, fina e elegante? Que tal um vestidinho listrado, manga 3/4, oclão e acessórios dourados? Eu ficaria te olhando a festa inteira hahahahahahhaha. Vestidos sequinhos e de uma cor só também fazem bonito. Ah, antes que alguém fale algo, abstraiam os sapatos e foquem nas ROUPAS. Como você gosta de short, aqui tem algumas opções: short liso, pode ser alfaiataria, de uma única cor com blusas também lisas (fica bem elegante) Você pode incrementar com um colar, brincão… Ou criar a dupla short e camisa e adicionar uma estampa, ou no short ou na camisa. Quer causar? Macaquinho. Ah mas por que um macaquinho causa? Primeiro que é uma peça não muito usada, pouco popular até hoje, segundo que mulheres nessa idade TENDEM A ACHAR que é roupa de novinha quando NÃO É! Não tem nada disso, ainda mais você Karla, que é mignon e tem o corpo em dia. É só escolher um com comprimento bacana, e segurar a onda no decote. Tenho CERTEZA que ficaria perfeito pro evento. Um liso, sem estampa, é mais elegante mas você pode optar por um estampado também! Apenas atente que não seja mega colorido, porque aí sim pode ficar mais jovial do que chique, entende? Está um pouco frio! Jaqueta jeans. Quebra qualquer formalidade do look e fica super estilosa. Quer dar mais estilo pra sua jaqueta? Coloque um broche bem legal. Aham, broche. Na Zara tem vários. E nos pés? A sandália tem que ter número 2 (a deste post) ficaria perfeita em todos os looks. Pode ser sapatilha, tênis casual também, mas eu iria de anabela, ainda mais pela sua altura. Leve uma rasteirinha rycah na bolsa, caso queria ficar mais a vontade depois do primeiro ¨impacto¨ rsrsrs. Cuide dos acessórios, cabelo e make leve tá? Gostei de todas as opções e acho que eu iria de macaquinho! Agora me conta Karla, qual você curtiu mais?

  • Dica da Leitora!

    Segudona com diconas! Dica 01 – Miriam A Miriam foi na Forever 21 de BH e fez dois achados bacanérrimos! Saia lápis comprimento midi listrada por R$ 49 e vestido de malha preto, também midi, por R$ 39!!!! Amaaaaay os dois! Dica 02 – Thalita ¨Oi Cony, amo seu blog e me senti na obrigação de dividir essa dica com vocês. Eu sempre amei os relógios Casio, e uso um igual a esse achado, só que o dourado, há uns 3 anos. Ai encontrei essa versão prateada do meu queridinho no site barateiro.com.br, não sei se você conhece mas é um site do grupo das Casas Bahia/Ponto Frio/Extra/Pão de Açúcar que vende apenas produtos reembalados, mas em perfeito estado. Achei esse por R$ 86,00 (no site da Casas Bahia está R$ 240,00 o mesmo modelo) e chegou perfeitinho, apenas com a caixa um pouco amassada. Tem que ficar de olho, os preços sempre alteram. Espero que goste da dica. Beijos!¨ Gente, CHOCADA com essa dica! Nunca tinha escutado falar nesse site! Já quero fuçar tudo hahahaha Dica 03 – Fernanda ¨Cony, nem preciso dizer que adooooro o blog, leio sempre há anos! Você me ajudou muito a me vestir melhor! Mas vamos a dica… Vou viajar em junho e estava a procura de uma mochila que eu pudesse usar na viagem. O problema é que eu tenho quase 26 anos, com cara de 17 e me preocupo muito com o que visto pois tenho medo de parecer ainda mais jovem. Até que achei essa mochila na Renner, por R$ 79,90 com cara de mochila de “adulta”, haha. A loja está com vários modelos de mochila muito bons, de couro fake, todos por volta de 149, 159 reais. Essa mochila estava com uma etiqueta de 159 e com um adesivo de 79 por cima. Corri pra comprar a minha! Espero que possa aproveitar a dica!¨ Adorei a mochila! Tá de ¨adulta¨ mesmo rsrs Dica 04 – Michelle A Michelle seguiu a dica do post das Bomber Jacket e garantiu a dela na Forever 21! Forevinha por R$ 159,90! Dica 05 – Marília Mais uma leitora feliz com seu Adidas Superstar! ¨Oi, Cony! Estou escrevendo para dizer que há uma semana finalmente consegui comprar meu Adidas Superstar no site da Netshoes. Estava super difícil achar o meu número (34), e só consegui comprar o infantil, que é igualzinho e tem tamanhos até o 36. Achei na cor branca com listras pink por 159,00 reais e frete grátis.¨ Bem fofo e uma opção para quem não acha em tamanhos maiores! Gostou? Tem um achado bacana que quer compartilhar com a gente? Envie foto BOA para constanza@futilish.com, conte onde comprou e quanto pagou! Ah, e no assunto coloque DICA DA LEITORA.  Pouquinhos achados esta semana porque recebi pouquinhos mesmo…

  • Tem Jeito Decor 09 – Katia, um exocet!

    Olá Fufulosas e Fufulares ! Estamos aqui pro que foi – até agora – o mais difícil dos #TJD. Katia, essa louraça, nos mandou um email que poderia ser lido ao som de Sadness, do enigma. Mas como eu tento ser uma pessoa mais animada eu mudei a trilha pra Kátia Flávia a Godiva do Irajá. Fernanda Abreu ainda existe gente? Enfim, vamos pra mensagem da Fufu: “Oi Lelo!!! Adoro seus posts e estou super esperançosa com sua ajuda! No meu apartamento a sala é comprida e fina (6,75m x 2,75m), não consigo decorar, nada fica legal, até hoje a única peça que coloquei e gostei foi a mesa de jantar (foto), por isso minha sala continua vazia… me ajuda? Beijos Estou enviando várias fotos…” Primeiro, 700 pontos porque ela é mãe de gato. E eu sou cats person.   Começando com as fotos do ambiente todo, temos o Jantar, e o espaço destinado ao estar. ÓIA A SHANA!!!! Painéis de madeira trazem um ar aconchegante – para a decoração – para o bolso traz desespero. E a Katita tem um belo painel que embutiu as portas da cozinha e lá ao fundo, um espaço que pelo que espiamos é o home-titis. Tem uma marca nesse painel, que me faz pensar que havia um sofá encostado nele, vcs tbm enxergam ?   Agora vamos ao que cagou, dificultou essa planta fluir. Essa porta ao lado do acesso principal do apartamento, que serve para adentrar uma… sacada? Essa portinha que vai para um corredor de vidro… só pode ser a versão moderna de Auschwitz. É pra estender roupa esse negócio, ou é só pra cobrar um absurdo pelo imóvel com sacada? Adivinhem! Pelo menos sabemos que a gatinha tem onde tomar sol =D Mas vamos ver em planta baixa o problema dessa sala: ????? Por causa destas duas portas, nada pode ser colocado ali. E a janela generosa, também não nos deixa muita opção. Para termos uma sala de sucesso, precisamos de um ponto focal, então resolvi sugerir uma lareira elétrica – que nada mais é do que uma cruza bizarra de televisão com aquecedor: Fiz um móvel baixo, coloquei umas arandelas pra criar um clima, como o home tá ali do ladinho não acho que você deva ter uma outra no living. Podemos deixar pra ter apenas música aqui e estimular a convivência dos humanos. Seria uma opção bem tradicionalista, com um sofá e uma mesa de apoio, e essa parede com arandelas, uma obra de arte e … Cor. Precisamos falar de cor. Brasileiros e brasileiras, temos um problema com colorir a casa. Aqui eu propus – sim – um sofá verde esmeralda. Mas poderia ser roxo, amarelo, vermelho ou laranja. Você decide. A decoração toda é bege, madeira e preto. Já aprendemos no post sobre cores que cinza e bege não são cor.   Essa disposição cria um design muito funcional, porque tira co caminho os móveis e naquele dia que a gente chega com as bundegas comprimidas de vontade de fazer pipis, você não corre através de obstáculos pra chegar no banheiro. O acesso para a sacada estranha tá livre e você tem um sofá pra sentar e fofocar com a comadre, já o tapete delimita o espaço do estar e no jantar eu apenas incluí uma parede com quadros: A mesa de apoio em preto liga uma coisa com a outra e todos o ambiente conversa tranquilamente. Vamos pra segunda opção? Essa eu revolucionei um pouco, pra um formato que geralmente eu evito mas que aqui faz muito bem pra vida humana: levar a sala de jantar para a entrada: Essa entrada é bem dramática, visto que traríamos o lustre cá para entrada e ficaria bem intimista. E só pela polêmica, pra vocês verem que cor não faz mal, eu usei um azul royal nessa opção. O sofá lá atrás permite inclusive, o uso de um buffet, que se for um móvel planejado pode ser decorativo em ambos os lados. Eu coloquei ele em cinza fosco, por motivos de: mais moderno. Mas pode ser branco, preto ou areia, pra manter uma atmosfera mais serena (sonífera). Apesar de amplo esse layout estreito é bem complicadinho. Não conseguimos sentar pessoas uma de frente pra outra, então o sofá em L ameniza a dor no pescoço. Cabe até uma mesa de centro pra apoiar os bons drinks. =) Falando em drinks, vamos pra bebidinha da semana: Sorry gente a gripe me encoxou. E por fim, uma versão que eu não achei que ficaria TÃO boa, mas me surpreendi no final. HABEMUS ESTANTE! Como a estante é BEM menos profunda que um buffet (55cm contra 35/40cm ) eu fiz essa terceira opção em A MA RE LO… tô muito colorido hoje, deve ter sido a GAYPRIDE. Eu sugiro fazer a estante com portas baixas, +- 80cm de altura, voltada para a sala de jantar e aproveitar pra guardar algumas coisinhas como num buffet… não vai caber a travessa do peru, nem a marinex do salpicão, porque é um móvel estreito mas, toalhas, jogos americanos, copos, taças… tudo isso pode morar ali dentro. E para cima, prateleiras vazadas com – poucos – itens decorativos. A ideia é não perder a visibilidade. Por tratar-se de um móvel alto, com 200cm de altura e muito estreito, sugiro prendê-lo na parede, ou fazer ele indo até o teto e prender teto e parede – principalmente se tiver mini humanos na casa. Nesta opção ainda rolou um aparador, entre as portas da cozinha e do home, que pode ser – por exemplo – um espaço para bandeja com bebidas, ou apenas um apoio pra deixar chaves, carteira, bolsa… porque a gente já viu que vocês estão deixando tudo na mesa de jantar. Achei bem legal ele ali, vamos geo localizar a bagunçinha. Eu optei por não modificar nem a parede de madeira, porque ela realmente é muito bonita (AND cara), e tampouco retirar o espelho na parede do fundo. O que vocês acharam gente? Deixem suas opiniões, sugestões e tudo mais =) Eu peço desculpas pela qualidade dos 3D, eu não costumo fazê-los, sempre contrato algum nerd poderoso – e paciente – para fazer pra mim. Então o melhor que eu consegui foram esses. E espero que a Katia se sinta bem com alguma das ideias =D Eu vou tentar responder os comentários todos que estão atrasados gente, prometo! Esse mês temos 2 feriados municipais, e eu tenho fé que coloco tudo em ordem. Não esqueçam de seguir a patroa linda no Instagram e no SnapChat = Futilish , e eu mesmo reclamão oficial, no Tiolelofoz em ambas as redes.   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

  • Trend – Choker ¨Courinho”

    Mais uma trend para a gente anotar no caderninho. Tem vários nomes: tie me up choker, bolo tie choker, wrap choker… enfim, todas choker! Mas para nós será sempre o ¨colar de courinho com ponteira de metal¨. Pois é, é a última moda e todas as fashionistas já estão usando. Vem ver! Esse tá MEGA fácil de seguir e até rola um DIY hein! É só ir numa casa de aviamentos, comprar uma tira de couro fininha e um acabamento de metal. Pronto, barato e na moda. Bonitinho, mas apenas uma releitura de uma moda antiga. Tô esperando a volta das ponteiras de metal na gola das camisas hahahahah. E vocês? Vão seguir essa trend?

  • Um Chora Que Não Deveria Existir JAMAIS

    ¨Esse é um desabafo dolorido. Depois das notícias sobre a menina estuprada por 30 no Rio, o embrulho no estômago não passava. Não passa, nunca. Então eu tinha que colocar pra fora todo esse sentimento, que já foi por tantos anos trabalhado em terapia, mas que nunca foi embora. E ler o meu relato, de alguma forma pode servir de exemplo para que outras mulheres, suas filhas, netas, nunca passem por isso. Cresci numa família típica: mãe separada, duas filhas do primeiro casamento, eu a terceira de um caso que nunca se consumou em união pois meu pai era casado. Minha mãe foi por toda a minha vida a figura paterna e materna, meu pai era como um acessório, uma alegoria. Aparecia algumas vezes na semana, mas nunca foi a uma festinha dos pais na escola, um aniversário. Nenhum natal. Minha mãe sempre nutriu em nós o sentimento de auto-suficiência, de meter a cara e se virar sozinha, de não depender de homem nenhum, mas no fundo era extremamente carente e queria mesmo um homem pra chamar de seu. Era muito instável emocionalmente, tinha picos de depressão e tentou se matar por duas vezes (ou mais vezes, não sei). Eu tinha 13 anos quando minha mãe já farta de insistir na história com meu pai, resolveu bater asas, fez amizade com um arquiteto que conheceu ao comprar um imóvel. Tinha a mesma idade que ela, e passou a frequentar a nossa casa. Era um cara do tipo “bon vivant”, vivia viajando, era gringo, colecionava mulheres e filhos, bebia todo dia, e naquela casa cheia de mulher se sentiu no paraíso. Eu chegava a ir com minha mãe pro mercado só pra comprar a bebida preferida dele. E aquela casa carente, sem nenhuma referencia masculina, gostar da presença daquele homem foi fácil. Saíamos todos os fins de semana com ele, churrascos na casa dele, conhecíamos todos os seus amigos, altas bebedeiras, bares pela madrugada… E eu, uma menina de 13 anos, ia junto! Minha mãe não enxergava o perigo, de tão sedenta por atenção que ela estava, minhas irmãs já eram adultas, eu aquela caçula com ótimas notas, que nunca aprontou, não dava trabalho nenhum… Eu na minha inocência achava o máximo ser tratada como adulta. Poder frequentar ambientes adultos, ir a festas, varar a noite com gente tomando todas, e até arriscava os meus goles sem nenhuma reprimenda. Juro que não notava um olhar diferente, achava mesmo que era o jeito daquele homem, todo latino, de dançar com a gente todo arrochado, que era normal. E se minha mãe permitia, é porque tava tudo bem, não é mesmo? Até que um dia, num dos almoços na casa dele, minha família toda lá, eu estava num sofá deitada, ele veio e deitou comigo. Começou a se roçar em mim de um jeito estranho e terminou por me beijar. Um beijo de língua. Eu fiquei petrificada, sem saber se fugia, se aceitava. Eu o tinha como figura paternal, sabia como a minha mãe era caidinha por ele, minha irmã também já estava encantada, mas eu? Aí ele veio com a célebre frase: “Não conte pra ninguém, esse é o nosso segredo”. Eu não contei.  Os dias foram passando, o assédio ficou mais claro. Ele ligava com frequência pra minha casa quando sabia que minha mãe não estava, me chamava pra almoçar, eu mentia pra minha irmã, dizia que ia ver uma amiga e saía. Ele se declarava, dizia que comigo se sentia um adolescente, que eu era o amor da vida dele, a menina mais linda do mundo. Um dia tentou ter sexo comigo num estacionamento, mas percebeu pelo meu pânico que eu era virgem e então insistiu para que eu criasse uma festa imaginaria para ir e podermos ter uma noite especial. Eu não sabia o que fazer, fiquei com medo, minha irmã tinha engravidado na adolescência, mas o assédio dele era tão convincente pra mim, uma menina sem nenhuma atenção e cuidado da minha família, que aceitei. Menti que ia para uma festa de quinze anos, fui ao salão, fiz cabelo, pedi pra minha irmã me maquiar. Entrei no carro dele escondido na esquina e o resto vocês já imaginam. Bebi algumas coisas fortes na casa dele, não sei o que eram, talvez aguardente. Fui deflorada. Não houve violência. Não me lembro. Não senti dor. Não guardei na memória aquela primeira vez com o primeiro namoradinho sério. Guardei foi a cicatriz profunda do que veio depois. Após o acontecido, o cara começou a sumir, não visitava a nossa casa com tanta frequência, mas sempre que o fazia não perdia a chance de me cercar, de meter a mão em mim, de me tratar como o objeto dele. Eu estava envolvida e confusa, e achava que era assim mesmo, nunca havia conversado sobre sexo ou primeira vez com nenhuma amiga na escola. Comecei a ir mal, minhas notas caíram, mas ninguém percebia nada, até que minha irmã mais velha percebeu algo estranho. Um dia minha mãe deu uma incerta e descobriu que eu saía para encontrá-lo às escondidas. Fez um escândalo comigo, me pressionou até eu confessar. Eu não consegui mentir por muito tempo, ainda mais pra minha mãe. Acreditei que no momento que falasse a verdade, ela iria me ajudar a sair daquilo e me defender. Ela fez justamente o contrário. Fui chamada por ela e por uma das minhas irmãs (que nunca foi muito envolvida naquele grupo, pois tinha namorado) de todos os nomes possíveis. Toda a minha família, amigos, foram informados do ocorrido, eu no papel de vilã, a filha vagabunda que resolveu dar pra homem mais velho. Minha mãe a vítima. Fui humilhada na escola, minha mãe chamou todas as minhas amigas para dizer que tinham que deixar de andar comigo porque eu não prestava, era puta. Passava pelos corredores da escola de freiras, todos a olhar pra mim. Fui exposta em exame de corpo de delito numa delegacia suja, um “médico” sem nem usar luvas a examinar minha vagina para ver se era ou não virgem. Fui entrevistada por uma delegada na delegacia de mulheres que ria, ao dizer “tenho filha da tua idade, sei das safadezas que vocês fazem, não venha dando uma de inocente pra mim não, tu é muito espertinha”, quando eu disse não lembrar como foi o defloramento.  Como eu era menor, a lei admite a denúncia por estupro, por presunção de violência, e sedução de menores. Um processo foi instaurado, porém nunca deu em nada. Ele nunca foi preso, punido por nada. Me lembro que durante a investigação as agentes de polícia me diziam mil coisas, que o cara seria enquadrado, que já havia feito o mesmo com outras meninas, depois vi que era tudo um fantasia, histeria coletiva pra me torturar ainda mais. Mudei de cidade, comecei a cursar direito, mas o fantasma do passado me acompanhava. Minha mãe me “perdoou” na saúde, bastava uma discussão pra tudo vir à tona. Trouxe daquele tempo um namorado que era um dos melhores amigos do cara, ficou com ele muitos anos, nunca me ouviu e tirava a minha razão para dar a ele, que ia e vinha da nossa casa, sempre a enganar minha mãe. Até que um dia eu tive que sair de casa, pois ele deu um ultimato pois não me suportava por perto a tentar proteger a minha mãe. Hoje sou casada e tenho duas filhas, ainda uma relação difícil com minha mãe, que já está velhinha e precisa de cuidados, mas vive longe de mim, que moro em outro país. Fiz muitos anos de terapia e retomei com a mesma profissional do início. Ela tem me ajudado muito a me ancorar, me valorizar e ter um bom relacionamento com minha família. Não guardo mágoas da minha irmã, mãe, ou quem me julgou e me abandonou quando precisei, pois minha natureza nunca foi de dar o troco. Apurei muito o meu senso de justiça, a faculdade de direito me curou nesse sentido. Aquele homem nunca foi punido, mas eu sim. Fui condenada pela minha inocência, por acreditar no papo de alguém que queria se aproveitar de mim. Fui violentada pelos olhares de reprovação, por cada xingamento que ouvi ao longo desses anos pelo que se passou. Aceitei meu papel de vítima depois de muitos anos após o ocorrido, mas nunca me vitimizei. Tenho os olhos nas costas e protejo as minhas filhas como leoa. Com elas isso nunca irá acontecer. Se depender de nós, o respeito e a compreensão, o amor sempre falará mais alto aqui em casa. Milhares de pessoas julgaram a menina estuprada do Rio. Outros tantos partilharam vídeos e fotos. Como se fosse algo do cotidiano, pra passar batido. Mas não é. A cultura do estupro só acabará com educação, com apoio, com empatia. Hoje em dia é muito fácil xingar aquela menina que vai pra balada de vestido curto de piriguete, tá dando mole, fácil. É muito fácil ter um amigo pegador, é normal levar dedada no cu no carnaval, mas não é. É divertido fazer piada de Fabíola na manicure no whatsapp, mas não tem graça nenhuma. É corriqueiro acobertar o amigo que trai a namorada, ou que forçou uma transa com a tal piriguete da balada. Ignorar as crianças viciadas de 8, 9 anos vendendo sexo por um prato de comida ou uma pedra de crack nas ruas das grandes cidades. Faz parte da vida não fiscalizar as redes sociais das filhas pequenas e adolescentes, porque você própria não consegue administrar a sua própria vida. Não, não é. Não é normal, não é corriqueiro, não faz parte da vida. Todas nós somos vítimas, mas podemos ser agressoras também. Todos nós somos cúmplices se continuarmos a fechar os olhos pra desumanização, pro barbarismo nas sociedades.¨ * Relato enviado ontem por uma leitora. Nada mais para o momento, onde atrocidades como a relatada acima acontecem todos os dias, em todos os níveis sociais, em todos os lugares. 

  • New Balance, Apenas PARE!

    Vi essa notícia e fiquei maravilhada com os novos modelos da New Balance. Na verdade trata se de uma mini coleção com 3 modelos femininos que se chama Grey Label Collection. Ah mas só vai ter na gringa?? NÃAAAAAAAO! Eis onde mora o perigo! Essa coleção será lançada aqui no Brasil também! A assessoria só esqueceu de avisar quando, onde e quanto… Mas isso a gente dá um jeito de descobrir né? Bom, são três modelos da linha lifestyle, vintagezinhos do jeito que a gente ama e todos tem cinza como a cor predominante. São 50 tons de cinza pra mulherada MEXXXXXMOOOO hahaha. Vem ver e escolher o seu: NB 620 Grey. Vejo verde, mas tudo bem. NB 530 Grey NB 696 Grey Qual desejei??? O NB 696 Grey, branquinho com cinza! Lindo demais!!!! E vocês, curtiram algum?

  • Onde Comprar – Decotón!

    Este post vai dedicado para minha amiga Thereza Chammas que tá louca atrás dessa ¨brusinha¨ !. E no final, tem surpresa para vocês… Vamos lá, mostrei a micro trend do decote profundo trançado NESTE POST e perguntei se queriam indicações de lojas de onde comprar e muitas meninas disseram que sim. Ok, safadéeeeenhas, querem por as peitcholas pra tomar ar fresco né? Então vamos separandos os reais aí: Bo. Bô no Shop 2 Gether LINK C&A LINK  Cla de Luca LINK (não conheço a loja) Dafiti LINK Lofty Style LINK (não conheço a loja) Maison Close para Farfetch LINK Passarela LINK Planet Girls LINK Renner LINK Wild Style LINK (não conheço a loja) Serviço completo! Ah, e a surpresa? GENTE EU COMPREI UM! Caramba viu, eu mesma acabo gostando de tudo o que posto. Vejo os looks bacanas e me empolgo

  • Chora Que Eu Te Escuto!!!

    Gente tive uma ideia legal!!! (Eu e minhas ideias mirabolantes né? kkkk) Então. como recebi vários Choras e li TODOS, anotei o tema de cada um e vou fazer por assuntos!!! De três em três, por assunto. Quando ficarem sobrando Choras que não se encaixarem em tema algum, faço post com eles assim mesmo. Bom, hoje o tema é: FAMÍLIA! Caso 1 – Arya ¨Oi Cony! Pensei muito antes de mandar esse chora, mas como li todos e não consegui achar semelhança com nenhum, aí vai. Tenho 28 anos, moro com a minha mãe e sempre tive um ótimo relacionamento com ela. Sempre fomos amigonas mesmo, desde a adolescência, nunca precisei esconder nada, sempre compartilhamos tudo. Meus pais são separados há 14 anos e desde então minha mãe tem os rolos dela e meu pai tbm. Só que, minha mãe conheceu pela internet um cara, conversou com ele durante anos, nunca se encontraram. Até que há 2 anos ele decidiu vir morar na nossa cidade (mais de 2 mil km da cidade dele) sem nada! Sem emprego, sem casa, sem dinheiro. Minha mãe não é rica, mas temos uma condição estável, moramos bem, temos carros, mas nada de muita folga. No início fiquei com os dois pés atrás, investiguei a vida do cara, porém não encontrei nada demais. Minha mãe meio que mudou nesse tempo, se tornou bastante ciumenta com ele, vivem brigando, ela se desgastando, já pegou várias mensagens dele com outras mulheres, mas acho que por carência ou até por gostar dele, ela “aceita”. Ele no início morou num apartamento que temos, obviamente sem pagar aluguel, atualmente conseguiu um emprego (ganhando bem pouco) e consegue se manter bem dificilmente. O fato é: o meu relacionamento com ela não é o mesmo. Eu não tenho ciúmes, só acho que ela tá se doando demais, financeiramente e emocionalmente pra um cara que não a valoriza. Mas sempre que eu tento falar isso, a situação entre a gente piora. Eis a questão: aceitar tudo isso e apoia-la nessa escolha ou continuar tentando fazê-la enxergar o óbvio?! Beijo e obrigada pela ajuda!!¨ Arya, Arya, que díficil! Como fazer sua mãe ver que esse cara é UM FOLGADO! Se mudar pra sua cidade com uma mão na frente e outra atrás, morar em propriedade suas sem pagar e ainda ele ficar de mensagenzinha com outras mulheres? Menina, tem que trabalhar muito o amor próprio de sua mãe. Meu lado perverso faria um mini inferninho com esse cara até ele sumir da vida dela, mas como isso não é coisa que se aconselhe, acho que você vai ter que conversar muito com sua mãe sim, mesmo que a situação entre vocês duas piore. Fale com carinho, com amor, senta com ela, pega na mão dela, fala o quanto você a ama e o quanto quer o bem dela. Mostre para ela que esse cara só está se aproveitando, mas não fale CONTRA ele, fale a FAVOR dela. Diga o quanto ela merece um homem bacana, que some (de somar) à vida dela, que ela é linda, que é uma mulher batalhadora que merece o melhor, que ela pode ter TODOS os namorados do mundo, desde que façam ela feliz e a valorizem. Dá banho de loja nela, vai no salão, faz ela se sentir maravilhosa para ela conseguir enxergar o quanto é maior e mais poderosa do que esse cara que só quer sugar ela. Deixe claro que você está a apoiando, que se ela quiser continuar nessa, é uma opção mas que você está vendo que não está sendo bom e é sua obrigação como filha que zela pela mãe, avisar da enrascada que ela está se metendo e perdendo tempo e possibilidades de encontrar alguém a altura dela. Boa sorte migs… Para sua mami… Caso 2 – Sansa É o seguinte. Eu tenho 27 anos, moro com meus pais ainda. O problema é a minha irmã. Ela tem 37 e saiu de casa com 20. Desde então sempre tem dado dor de cabeça aos meus pais. Aos 20 foi casamento, depois filho logo em seguida, divórcio, desemprego. Até que nos últimos tempos, ela inventou de morar com um cara, logo engravidou e separou dele também. Teve o meu sobrinho nº2, que está com um aninho. Aí arrumou um novo trabalho. Desde então, ela tem ‘transferido’ algumas obrigações da criança para os meus pais e como eu trabalho em casa, consequentemente para mim. Pegamos ele na creche, damos janta, banho, cuidamos até a hora que ela volta do trabalho. Até entao, beleza. So que cada dia ela tem voltado mais tarde. Antes chegava as 7, agora é 8, 9, 10 da noite. A gota dágua foi quando ela se ofereceu para fazer um treinamento em outro estado por duas semanas e sequer perguntou a nossa opinião. Cheguei a ficar doente até, de tão exausta que fiquei. Claro que meus pais jamais negam ajuda a ela, mas acho isso uma baita folga em vários aspectos. Sem contar que no final de semana, ela, que mora 5 minutos a pé da minha casa, passa o dia todo aqui, só para cuidarmos do menino. Quando reclamo com o argumento de que: o filho não é meu, não fui eu quem fez, tenho que ouvir dos meus pais que sou obrigada a ajudar. Poxa, amo ser tia, mas ser tia como se fosse uma mãe, full time, tem me desgastado muito. Já tentei conversar com meus pais sobre, mas não tive sucesso. Minha outra irmã e meu cunhado vivem dizendo para eu tentar sair de casa para ‘me livrar’ dessas responsabilidades que não são minhas. Eu não consigo sair de casa no momento. Sou profissional liberal mas ainda não estou 100% estabelecida na minha profissão. Já tentei arrumar alguma coisa registrada, mas a crise só tem dificultado bastante. Estou fazendo cada vez mais coisas fora de casa para evitar esse tipo de trabalho (estudo, palestras, trabalho voluntário). O pior é que me sinto super mal, sabe. Como se fosse a vilã da história. Só que não é bem assim. Minha irmã eh super geniosa, cabeça dura, teimosa, não ouve nenhum conselho. Se conto isso para ela, ela já faz um mega escândalo, fala em se matar até. Acha que todo mundo conspira contra ela e que ninguém ajuda. Enfim, essa é a minha história. Não sei bem o que fazer. Não sei se estou certa nisso ou errada. Me sinto mal por deixar meus pais com esse fardo sozinhos, mas quanto mais tiro deles, mais vem pra mim. Espero que você e suas leitoras consigam me ajudar e aconselhar sem achar sou um ser egoísta que olha pro próprio umbigo o tempo todo. Pois não sou. Só acho que ajuda é uma coisa que tem passado muito longe do que temos feito por ela. Obrigada por ajudar! Bjs. Que FOLGADAAAAA! Por isso acho que nem toda mulher nasce pra ser mãe! Cara, se não tem a capacidade de cuidar sozinha, não tenha filhos! Uma ajuda de vez quando ok, mas já cansei de ver avós estrupiados por cuidar de netos a semana inteira. Gente, pai e mãe na velhice, tem que descansar e não servir de babás! Vez ou outra ok, em alguma situação tipo festa, jantar, ok, mas largar o filho na casa dos avós e tchau-volto-a-hora-que-der é muita folga SIM. E sinto que você ajuda mais seus pais do que sua irmã, isso está bem claro. Novamente meu lado perverso fala mais alto: uma conversa com todo mundo e falando isso tudo na cara dela mas acredito que seus pais vão tomar partido de sua irmã e netos e você vai ficar como a vilã mesmo. Sua outra irmã está certa… Respira fundo, tenha paciência até sair de casa. Acho muito triste você ter que ficar na rua para não ficar em casa cuidado dos sobrinhos, mas atualmente é o jeito. E também acho que você deveria confrontar a sua irmã, mesmo que seja louca e que ameace se matar. Ela não vai fazer isso. Vai ter ataque de pelanca mas pelo menos vai saber BEM o que você pensa. Fale firme, forte, com segurança e mostre o quanto ela está abusando da boa vontade alheia. Os filhos são dela, então ela que cuide! Caso 3 – Cersei Cony, nunca lí nenhum caso desses no chora, e confesso que tô totalmente perdida. Meus pais são casados há 35 anos, tiverem três filhas. Todos trabalhamos juntos (eu, minhas irmãs e meu pai) minha mãe desde quando casou se tornou uma mulher do lar. Somos uma família bem unida, fazemos muita coisas juntos, vamos e voltamos para o trabalho, churrascos e festas nos finais de semana, passeios e compras e até viagens, é uma relação muito gostosa. Há um mês a caçula chorando confessou que suspeitava que nosso pai estava traindo nossa mãe, e que ela desconfiava que já era um caso antigo, nisso, minha irmã mais velha suspeitou de algo que já tinha visto no passado com uma ex-funcionária da empresa. Achamos a tal pessoa no facebook e constatamos que era ainda a tal funcionária que não trabalha mais na empresa há 15 anos. Mas meu pai é um pouco “analfabeto” digital, ele não tem facebook, tem dificuldade de mandar e-mail e começou a usar whatsapp em novembro/2015, e sempre que tem dificuldade me pede para ajuda-lo. Eu sempre tive a senha do e-mail dele, e o máximo que encontrei, foi uma tentativa de enviar e-mail para essa tal “amante”. Desde que isso veio a tona, começamos a olhar o celular dele direto, apesar de várias suspeitas não há nada que prove que houve traição, mas ele sempre apaga a conversa que tem com as pessoas no whatsapp (uma vez eu disse pra ele que tinha que apagar as coisas do celular senao não teria memoria, mas me referi as figurinhas/imagens q ele recebe, mas ele levou a serio e começou a apagar tudo), sabemos que eles se falam todos os dias, e que ela quer trocar de emprego, ele a convidou para um café, mas ela não respondeu e depois disso não conseguimos mais ler. Ah, outro detalhe, o nome dela gravado no celular dela, não é o verdadeiro, é o nome de um diretor de cinema. Aí fico me perguntando: porque eles ainda tem contato? Porque conversam tanto todos os dias? (menos ao final de semana). vamos e voltamos juntos de casa para o trabalho, mas vira e mexe ele almoça fora com clientes. Não consigo encaixar um período para eles se encontrarem, fico mal em xeretar as coisas dele, e muitas vezes fico brava com ele e morrendo de raiva, e acabo tratando ele mal, sem ele saber o porque. E minha mãe no momento está passando por uma depressão (desde o ano passado), Já pensamos em contratar detetive particular, em ligar pra mulher ameaçando, em perguntar pra ele o que está acontecendo, mas não sabemos como agir, e nisso, temos medo dele ter algum ataque do coração, porque ele toma remédio pra pressão alta. Cony, me ajuda, será que alguem pode me dar uma luz?! ps: adoro a coluna e adoro o blog também. Você e as leitoras são ótimas!  Que situaçãaaaaaao!!!! Gzuis, vamos lá. Ó, pode ser que seja amante, pode ser que tenha SIDO uma amante, pode ser alguém que ele tem um crush mas não teve nada demais. Em todos os casos, ele conversa com ela porque gosta de conversar com ela. Tem um sentimento sim Cersei

  • Tendência – Chinelão!

    É muita tendência pra pouco Fufu! Gente, e vocês não tem noção de quantos posts de tendências tenho nos rascunhos… Aos poucos vou soltando, inclusive se quiserem sugerir alguma, é só falar nos comentários ok? Hoje vou falar de algo que deveria ser chacota, bizarro, eu iria rir, falar para jamais usar, que não combina com nada, que é chinelo de jogador de futebol (e é, foi feito especialmente para a seleção alemã por volta dos anos 70 se não me engano), que em mocinhas não fica bem, etc e tal. O post é sobre o Adidas Adilette Slides. O chinelão da Adidas. Esse aqui. Adidas Adilette, leitoras. Leitoras, Adidas Adilette. Essa trend vai e vem, vira e mexe aparece nas fotos de street style de verão gringo e novamente, eu nunca tinha parado para analisar, até hoje. Pensei: vou falar sobre essa moda de usar o tal chinelão e comecei a separar fotos. Gente… adivinhem o que aconteceu? Com look preto total. Com look branco total. COM LISTRAAAAS! Com preto e branco. Com camisas, blazer e jeans… Com meias. Aí não né… só se for pra ficar dentro de casa rs. Bom, o negócio é que eu AMEI os looks selecionados! Preto e branco, jeans e listras, coisa már linda! Ainda acho estranho mas sabe quando na foto tá lindo e dá vontade de provar? Pois é, deu. Quem sabe no próximo verão? E vocês, usariam?

  • Decotón!

    Vou falar de um micro tendência bem atrasada. Sou dessas que vê algo, não dá importância, até que um dia cismo de comentar sobre tal peça. Conta a lenda que Givenchy fez um body com decote profundo e trançado, e uma das primeiras celebridades a usar foi nossa piriguete preferida, Kim Kardashian. Assim: Givenchy Lace Up Bodysuit. Quando? Março do ano passado. 2015. Pronto, foi dada a largada para TODO MUNDO COLOCAR AS PEITCHOLAS PRA FORA! Já tem um ano desde a explosão dos Lace Up Body e até hoje vejo muita gente usando. Já apareceu em DDL aqui, tem em várias lojas (inclusive fast fashion) mas fico pensando com meus botões: ainda vale a pena comprar um? Já ficou datado e caracteriza bem a micro trend: aquela que explode, vai láaaaa no alto da curva das tendências e cai.  A moda do decotão trançado já quase passou, mas pelo menos agora a gente já sabe de onde veio né? Vão querer post de ¨Onde Comprar¨ ou deixamos pra lá?

  • Glambox + bareMinerals: A Edição dos Sonhos!!!

    Gente prestenção! Já comentei com vocês sobre a Glambox aqui no blog, e queria contar que a edição deles para junho tá MARA. A parceria do mês é com a revista Glamour e temos uma caixa só com produtos da bareMinerals! Aham, isso mesmo, uma caixinha recheada de bareMinerals.   Se você ainda não conhece, deixa contar como funciona:  você entra no site, faz seu cadastro e assina para receber todos os meses entre 5 a 7 produtos de beleza (que vão desde miniaturas e amostrinhas até full sizes, que são os produtos em tamanho real). É como se a gente ganhasse uma caixa recheada de presentes com produtos certinhos pra nossa pele e gosto. E segura essa: tudo o que vai entrar na edição, que tá valendo mais de R$200! A bareMinerals é de San Francisco (EUA) e tem mais de quarenta anos de mercado. É a única marca totalmente mineral do mercado e os produtos são livres de conservantes, talco, parabeno ou qualquer outro ingrediente que possa ser prejudicial para a pele. Além disso, são leves e oferecem proteção solar, o que têm tudo a ver com o clima brasileiro. O aspecto que os produtos da bareMinerals deixam na pele é muito natural, fica aquela make com cara de nasci linda assim mesmo. E obviamente que temos um mimozinho para as leitoras do Fufu! Consegui um cupom especial que dá direito a R$60 de desconto na assinatura semestral. É só usar ¨Futilish60¨ na hora da assinatura e pronto, pode esperar sua caixinha ¨presente¨ todos os meses. Que tal? Animou? É só clicar NESTE LINK e fazer sua assinatura!

  • Onde Comprar – Blazer Branco!

    Vocês amaram o post sobre blazer branco e jeans rasgado né? Rolou um sentimento geral aí! Mas também, com uma combinação tão básica e linda, como não se apaixonar? Agora que já temos os looks salvos na pastinha de inspirações, que tal dar uma olhada nas lojas para ver o que tem por aí e claro, saber quanto custa um blazer branco bacana? Vem ver: Passarela LINK (tenho esse e amo!) FYI LINK (no OQ Vestir) Animale LINK Gregory LINK Dafiti LINK C&A LINK (do Herchcovitch) Osklen LINK Luigi Bertolli LINK Bo.Bo LINK Renner LINK Triton LINK Shoulder LINK Gostei MUITO do blazer da C&A, da Dafiti, da Renner e da Shoulder. Mas como falei no post das inspirações, blazer branco é bom provar e testar o caimento e qualidade. Cuidado para não ficar Didi Mocó! No mais, arrasem elegantemente!

  • A Melhor Dica de BH!

    Se você mora em BH, com certeza já deve ter passado pelo quarteirão fechado da Antônio de Albuquerque. Se você não é de BH, anote este endereço como hotspot mineiro: Maria Barbosa Calçados, na Rua Antônio de Albuquerque 625, Savassi. Seguinte, que Belo Horizonte tem ótimas lojas, achadinhos super especiais, e moda da melhor qualidade, isso já cansei de falar aqui. Levanto a bandeira MESMO para capital mineira e hoje venho apresentar mais uma marca que você PRECISA conhecer. A Gabi me convidou para conhecer a Maria Barbosa, uma loja de calçados que leva o nome da avó dela. Inclusive a grafia da marca é da própria Dona Maria! Foi uma forma de homenagear a avó, que tanto gostava de moda e era super vaidosa… achei fofo! Mas o melhor está por vir… Quando cheguei lá, fiquei impressionada com duas coisas: a variedade de sapatos dentro das tendências (reconheci vários modelos Tem Que Ter) e os preços. Sim, os preços são ótimos! Antes de mostrar minha seleção, vem conhecer a loja: A Maria Barbosa está novinha em folha! Foi inaugurada há cerca de duas semanas e a Gabi montou uma loja linda! Bem clean, organizada, fácil de ver os calçados e com uma parede cheeeeeia de sapatilhas, separadas por numeração, para a gente poder escolher a vontade! Agora vem ver os meus preferidos: Sandália Tem Que Ter repaginada! Linda, cores lindas e por R$ 139,90!!! Essa bota tá muito rycahhh! E reparem no acabamento, nos detalhes, tudo perfeito! A primeira coisa que reparo é se o salto é forrado, salto fino de plástico não dá né? Linda linda e por R$ 209. Sapatilhas Valentino Inspired, tem de TODAS as cores. Agora morre com o valor: R$ 89! Pra comprar 3 de uma vez só! Tô de olho nesse coturno! R$ 179!! Oxford de verniz super tendência, tem outras cores também, por R$ 119,90 Olha elaaaaaaaaaa! A mais top das tops, a Tem Que Ter sempre! R$ 109 gente… fala sério… Não tô falando que quando entrei na Maria Barbosa fiquei chocada com várias coisas? Olha a bota desejo aí! Linda, mais bonita que todas as outras Alternativas Fashion que mostrei AQUI e garanto porque vi ao vivo e peguei na mão! Perfeitaaaaaa! R$ 209! Mais uma bota linda, tanto lisa quando em camurça, por R$ 209. Close nos detalhes para mostar que é coisa boa! Amei tanto essa… inclusive tô pra fazer um post sobre sandálias com esses penduricalhos! R$ 139! Scarpins com bico fino ideal e salto forrado, R$ 109. Essa bota tá TUDO! Também desejei! R$ 159 Rasteiras rycahs, R$ 79,90 Sandálias mega confortáveis (deixa o pé bem firme e o salto é grosso) por R$ 149! Essa é uma das campeãs de venda da Maria Barbosa.  Mais rasteiras rycahs! Plataforma pra balada, por R$ 129! E o item mais caro da loja, bota em suede over the knee, por R$ 250. Sim pessoas, não tem nada mais caro do que R$ 250. Chinelinhos chiquetosos, desses pra gente ir pro salão fazer unha e não levar chinelo de borracha, sabe como é? Pois é, R$ 30!!!! E na Maria Barbosa também tem bolsas. Amei esse modelo acima, R$ 179, e são essas três peças, uma vai dentro da outra!!!   Já contei o endereço mas vou falar de novo: a Maria Barbosa fica na Rua Antonio de Albuquerque 625, no coração da Savassi, o instagram da lojá é @mbcalcados e se você não mora em BH mas ficou LOUCA querendo esses sapatinhos, fique tranquila que eles enviam para todo o Brasil (o whatsapp é 31 99196.7347)!!! Dá uma olhada no insta dele e faça suas escolhas e ó, eu GARANTO que é tudo lindo e de qualidade viu?

  • Dica da Leitora!

    De terça, porque amanhã é quarta e depois é quinta. Feriado. Sem sentido, mas é isso aí rs. Dica 01 – Marília Sandália MARA da C&A! Não parece Schutz?? R$ 119!! E também tem cor caramelo. Na C&A do Iguatemi de Fortaleza. Dica 02 – Alessandra Macaquinho fofo da Renner! R$ 109!! Bom pra eventos de tardinha neste tempo frio não frio rs. Dica 03 – Christiane Botinha baratéeeenha! Da Moleca, na Riachuelo por R$ 99,90! Dica 04 – Carla Olha a dica para quem quer calças rasgadas! A mais rasgada por R$ 129 e a menos rasgada por R$ 119. LINDAS! Arrasou na dica Carla! As calças são da Renner! Dica 05 – Ariela Mais uma leitora feliz por ter conseguido seu Adidas Superstar!! Na Netshoes por R$ 269! Tem que ficar de olho MESMO no site hein? Uma hora dá! E já percebemos que a Ariela é a louca dos sapatos né? hahaha Botinha linda da Beira Rio por R$ 119, no Submarino! Dica 06 – Makenia A Mak gamou no post A Volta da Delicadeza e se jogou nos colares fininhos em camadas! R$ 29,90 na Renner! Dica 07 – Mariana Mais uma calça jeans rycah com preço amigo! Na Marisa por R$ 89! Reparem na barra desfiada

  • Joulik para C&A – A Coleção!

    Passando maaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaal! Tremedeira nível hard após ver as fotos reais da parceria mais esperada da C&A! É muito brilho, é muito paetê, é muito bordado, é muito drag queen e eu sou tudo isso! Vem ni mim dia 31! E mulherada, por favor, vamos manusear as peças com cuidado! Paetê já é delicado por natureza, imagina na arara de uma fast fashion com o povo doido querendo garantir algo? Please, com carinho tá? Vamos ver e escolher o que queremos? Me estapeia que essa jaqueta jeans TEM QUE SER MINHA! Quero MUITO a jaqueta jeans! O olho também cresceu no casaqueto todo de paetê, mas ô olho bom né? Vai logo na peça mais cara da coleção… Cá entre nós, achei que teríamos mais paetê. E muito me surpreendeu o fato de não ter uma legging ou calça soltinha de paetês. Ou pode ser ainda que não esteja nas fotos e exista, mas não sei… recebi agora essas fotos da assessoria mas por exemplo, a camiseta da campanha não está nas fotos enviadas. Só vendo ao vivo mesmo. Mas AMEI a jaqueta jeans, gostei bem mais do que qualquer outra peça mais cara e achei o preço dela até bom! Por essa eu vou atrás. Também curti o cinto franjado, não sei se usaria mas achei interessante. A saia paetizada tá com cara de Forever 21 e não acho que vale 350 reais. Achei a skinny jeans horrorosa mas adorei as camisetas com bordadinhos nas mangas. Ou seja, dá para garimpar, ver a qualidade ao vivo e soltar algum dim dim. Esperava mais, mas só de ter essa jaqueta jeans já fez valer a espera rs. O que acharam??? Ah, nas lojas dia 31 de Maio hein!

  • Para Inspirar – Blazer Branco e Jeans Rasgado!

    Vamos começar a semana facilitando nossa vida e ainda por cima com muita beleza, classe e elegância? Amiga, tá fácil, tá simples, tá no armário (ou na fast fashion mais perto de você): Um blazer branco Um jeans rasgado Foi-se a época que jeans rasgado era coisa de adolescente revoltado. Hoje é o que mais tem nas lojas e fica tão estiloso que já nem sei mais como é vestir um jeans inteiro, sem rasgo algum hahahaha. Ele pode ficar bem chique sim, é só saber valorizar com peças bacanas como sapatos legais, bolsas ou um blazer. Porque blazer é vida, e blazer branco é vida chiquéeeerrima! Olha só: O blazer tem que ter bom corte. É a única coisa que peço pra vocês. Na hora de comprar um, não vá pelo mais barato, vá pelo que vai ficar perfeitamente em seu corpo! Um blazer mal feito, torto, na numeração errada e de má qualidade, pode arruinar o look! Super clean, com camiseta ou camisa branca. A lavagem do jeans pode ser clara ou escura. O importante é que tenha algum rasgadinho para o look ficar atual e estiloso. Nos pés vale tudo: scarpin, sandálias delicadas, sandálias pesadas, sapatos statement (aqueles diferentões), sapatilhas, oxford, tênis… E se Olivia usa mais de uma vez, é a prova que estamos indo pelo caminho certo da elegância rs. Serve para as mais cheinhas e para as magrelinhas também! É uma roupa super democrática! Não é maravilhoso??? Agora cuidado para não pesar o look: ponto importantíssimo, dobrar bem a barra da calça. Gente, olha como ficou esquisito na foto acima… se a calça for muito comprida e não ficar bom de dobrar, melhor escolher outra ou assumir ela sem a dobra. O ideal é que fique pela altura do ossinho do tornozelo, mostrando um pouco da perna ou que pelo menos não fique embolada (reparem nas montagens). Na foto acima, apenas parece que a calça ta comprida e ela dobrou para ficar mais confortável e não para dar o toque de estilo. Outra coisa, o cinto pesou. Imagine o mesmo look sem ele e a camiseta jogada displicentemente por cima da calça? Bem melhor né? Às vezes por querer acessorizar demais, acabamos pecando. Não estou falando para não usar cinto, mas poderia ser um mais delicado e que conversasse com a roupa. Eu olho para ela só vejo cinto e uma calça embolada. Detalhes… detalhes… Hoje já estou com outro look, mas amanhã com CERTEZA sairei de blazer branco e jeans rasgadinho. Gostaram?

  • Mi casa, su casa – Pillow fight!

    Olá Fufu! Falhei a semana passada, eu sei. Mas houveram diversas causas que me fizeram ficar sem possibilidade de escrever, me perdoem. Vamos fazer de conta que foi uma folga, e um dia desses eu reponho. Quero agradecer muito, muito, muito por todas as manifestações lindas de amor que vocês semearam aqui, no snapchat e no Instagram pelo nosso um ano juntos. Nada disso seria possível sem o convite da nossa morocha más hermosa.  Eu agradeço muito à Deus, pelos amigos que eu tenho e a todas as pessoas incríveis que me cercam, mesmo que virtualmente. Vai parecer impossível o que eu vou dizer agora, mas a Cony é ainda mais humana e carinhosa do que aparenta aqui. E finalmente a loja está – full – no ar, e eu gostaria muito que vocês fossem conhecer:   www.lelodsgn.com    Então hoje vamos falar de como dar vida à decoração com um coloridinho nas almofadas, ou a criar um ambiente mais aconchegante, com alguns itens fofinhos. E até umas poucas dicas de como dar uma repaginada com almofadas ou mantas/cobre leito e etc… Almofadas são – na maior parte das vezes – itens baratos, e que podem renovar a aparência da sala ou do quarto rapidamente. E agora, fazendo um marketing próprio, um dos itens importantes da elegância da sua casa é que a sua almofada não fique muxibenta depois de um tempo de uso. Penso nesses itens como em brinquedos, bichinhos de pelúcia. São muito usados, jogados, amassados, babados e precisam ser bons. Nada de almofada walking dead. Sabe aquela almofada desnutrida? Sofriiiida e esmagada? Tô fora. Por isso eu resolvi usar refil de almofada em fibra siliconada. É um produto onde os fungos tem dificuldade de se reproduzir ( afinal é  uma burraXa ) E apesar de eu comprar em tamanhos de 50×50 , 45×45 e 35×55 as almofadas que eu crio tem tamanhos menores, 42×42, 46×46 e 32×50. Mas por quê tio? Quero que você chegue em casa e encontre todas gordinhas embelezando seu lar. Simples assim. de depressiva bastam as contas. Para decorar um sofá, precisamos ter em mente as proporções. Os sofás que sou acostumado a vender são bem profundos, a marca que eu represento tem estofados com profundidades entre 92 e 103cm então muitas vezes podemos colocar 3 camadas de almofadas neles deixando-os confortáveis, divertidos e convidativos. Mas o mais comum é que os sofás de estar tenham entre 80 e 90cm de profundidade o que permite tranquilamente duas camadas desses itens decorativos. Tá confuso? Péra, vamos melhorar essa matéria. (muito) Antigamente, nossas vóvys tacavam 4 almofadinhas no sofá, 2 em cada canto: Se vocês soubessem a aversão que eu tenho dessas almofadinhas redondas que parecem uma hemorroida, vocês entenderiam meu desespero ao olhar essa foto, cruuuuuuuuuuuuuuuzes! DAE, na próxima geração, traumatizadas pelas almofadas furingo, nossas mamys usavam as mesmas 4 almofadas porém, super discretas, frequentemente do mesmo tecido do sofá. Inclusive os tapeceiros ainda hoje acham SUPER LEGAL, dar 4 almofadas de brinde quando a gente reforma um estofado. Se você procurar dicas, ensinamentos, direcionamento, sobre como usar almofadas, você provavelmente cairá numa imagem tipo essa: E não tem nada de errado com esse formato aí de cima. O resultado será algo assim: Os dois primeiros eu até gosto, mas este último tá muito fora de proporção. Tem jeitos que eu gosto mais de criar “camadas” com essa decoração. Veja essas sugestões: Os sofás mais modernos tem menos divisões, mesmo que eles sejam de 3 lugares, frequentemente tem duas grandes partes, como esse acima. E é aqui que eu baseio a decoração dele. Eu acho que temos que de maneira harmoniosa decorar as partes dele, criando “espaços especiais”. Então de qualquer uma dessas 4 sugestões acima, eu tiraria a almofada do meio. Não precisa de tanto. Acho mais moderno e atual. Mesmo que seja em tons sóbrios, acho que funciona super bem: Pra deixar mais divertido e atual, eu sugiro que as almofadas sejam diferentes. Recentemente fui chamado pra decorar um sofá pra um lançamento de coleção de moda. Nunca tinha imaginado trabalhar em parceria com uma loja de moda, especialmente uma das melhores da cidade. Dentre as marcas estão Calvin Klein, Sergio K e Dress.to. Nessas horas a gente coloca o medo na sacola e vai. Quando eu terminei, uma das mulheres que eu mais admiro disse: Nunca imaginei em arrumar desta forma, ficou lindo. #AIMEUCORASSAUM. (beijo Rê!) Então hoje eu preparei algumas fotos eu mesmo pra vocês aqui no ateliê, shall we? No primeiro caso, eu tirei partido do sofá que eu tenho na vitrine, que já é listrado bege e verde musgo, e fiz um jogo com turquesa em duas camadas: Como eu disse antes, a maioria dos sofás hoje permitem duas camadas. o importante é não deixar as pessoas com medo de sentar porque tem almofada suicida caindo pelas bordas do sofá.Essa opção mistura veludo, mescla e algodão são almofadas de 42×42 e 32×50 é legal pra um sofá como este, que tem o encosto mais baixo. Mas eu também fiz uma outra opção, com 46×46 e 32×50 : Essa almofada preta de matelasse é absurda, muito confortável. A grande diferença é que o efeito “escadinha” fica mais evidente com as almofadas mais altas. Essas de 46cm ficam muito boas nos estofados que são extensíveis, sabe aqueles próprio pra ver TV, que você pega na pontinha e ele cresce na mão? Ok, parei. Outra coisa que muita gente tem medo é de misturar, mas veja, temos um desenho orgânico na preta, xadrez na verde, listras na lombar além das listras do próprio sofá. Como todas estão compostas por verdes, branco e preto, fica tudo agradável no final. Não vá embora não, vamos tomar um chai: Tem mais coisa pra mostrar pra você pessoa! Não me abandone. Muita gente não gosta de números ímpares. Eu até que tenho um certo receio, mas não chega a ser um problema. Então fiz uma versão com 46×46 e 42×42: Uma brincadeira mais tradicionalista, com branco preto e cinza. Como podem ver, super funciona. E a as propoções das camadas fica linda. Agora, digamos que você more numa região bem fria, ou que seja uma pessoa que sente frio além dos outros humanos com quem divide a vida, vamos fazer uso de uma manta, ou, nesse caso, um cobre leito de lã: e se for pra ter um pouco mais de vida, é fácil: Adicionamos um verde primavera bem feliz! Legal né? Por último, vou mostrar uma opção deliciosa pra quem tem aqueles sofás bem profundos, geralmente no home-titi : Notaram que são todas diferentes? Pra quem se agrada de simetria, eu repetiria o mesmo do outro lado e ficaria incrível. Trabalhamos com diferentes texturas, cores e tamanhos. Pra vocês meus amores, caso queiram posso fazer composições via email, o que vocês acham? Mande a foto do sofá e da sala e eu proponho um conjunto pra vocês. É só mandar no email de sempre: azuosexclusive@gmail.com Bora lá me dar trabalho! Quero todo mundo super confortável em casa: Antes de sair pela direita pra comer um hambúrguer,  posso deixar mais imagens pra vocês do que tem na loja do tio? Tem vasos, tem guardanapos, tem jogos americanos… Se encontrarem algum erro, algum bug, por favor, me avisem, eu vou amar ainda mais vocês. Agora vamos ver uns “kits” que eu construí: Tem pra quem quer decorar a sala com a paixão do vermelho: Tem dourados e beges e zebrinhas: Tem a calmaria maravilhosa que os azuis trazem: Tem o verde que nos faz lembrar da natureza generosa: e tem algumas peças as quais criamos com MUITO amor, com itens diferentes, como a leveza das plumas: E um tecido tradicionalíssimo bordado com cores maravilhosas: Caso você esteja tristinha, vou dar uma dica: ler as descrições dos produtos da minha loja pode ser terapêutico. Tão fácil, vai lá ver coisa linda! www.lelodsgn.com  Apesar de ainda não ter muita alimentação (eike somaliana) a FanPage também já está no ar no Facebook: Lelo Design Muito obrigado pelo carinho, sigam a minha patroa maravilhosa no Instagram e no snachat: @Futilish e o barrigudinho problemático tá por lá as vezes, reclamando das coisas e ouvindo músicas sempre. eu vou colocar os comentários em dia, eu juro! Já li todos, falta responder. Beijo! Deixe um pouco de amor aí nos comentários, sua opinião, sua reclamação, sugestões… estamos aí pra quem vier e escrever.   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.  

  • Swatch – Batons Stick Acabamento Matte da Vult!

    Recebi semana passada um jabá tão, mas tão bom, que merece post inteirinho só dele! Mostrei vários recebidos no Snapchat (já segue né? Tô lá como Futilish) mas esse só mostrei hoje, pois guardei a novidade de tão direfentona que é. Sempre fico doida quando o press kit é maquiagem, afinal que mulher não amaria receber as novidades de beleza em primeira mão? E quem me presenteou foi a Vult que tá crescendo muito! Pegaram até a maquiadora top Vanessa Rozan – ex MAC e Maybelline – para ser sua embaixadora oficial e também participar do desenvolvimento de produtos sabiam? Pois é, e nesse crescimento todo da marca, eles aparecem com a seguinte novidade: Batons em Stick com acabamento Matte. São 12 cores, os nomes são os números de o1 a 12 e é a primeira coleção de batom stick com acabamento matte no Brasil Lá fora, temos a Nars por exemplo, que tem inclusive um dos vermelhos mais lindos do mercado, o Cruella. Promete: alta cobertura, longa duração e fácil aplicação. Não precisa apontar, eles têm um mecanismo retrátil que é só rodar a base que o batom ¨cresce¨. Vem ver as cores e minhas observações: As cores vão de nudes a vinhos e roxos. Aqui, swatch geral. O que achei? Bom, matte matte mesmo, não é. Digamos que é um cremoso com leeeeeve cintilância, quase matte, mas não fica com aquele acabamento super seco e fosco de outros mattes que conhecemos. É realmente fácil de aplicar, o fator de não precisar apontar é muito bom. Achei que faltou um tom de nude mais claro, algo com o fundo menos rosado pois em mim, todos os nudes puxaram pro rosa e nenhum ficou nude rycoh do jeito que gosto. O trio de cores que mais gostei foi o mais escuro, as cores 10 (vermelho milionário), a 11 e a 12. Quanto a fixação… outro ponto que achei um pouco fraco (desculpa Vult

  • Mais Um Produtinho de Beleza Para Tirar Nosso Sono

    Sim, título grande mesmo porque é isso mesmo que quero dizer! Essas novidades de beleza me deixam MALUCA! As vaidosas piram em tudo o que produtinho que promete mundos e fundo né? Estava eu olhando o Instagram (sempre ele) quando parei no Insta da Huda Kattan (@hudabeauty, 13 milhões de seguidores tá?) para ver alguns vídeos de maquiagem e notei algo em comum em vários deles. Um soro, uma águinha, um serum, sei lá, um líquido que várias pingavam nas esponjas, nas bases ou aplicavam direto no rosto. Mas que raio de aguinha é essa???? Dei print num dos vídeos e logo me arrependi, pois ao saber do que se tratava, fiquei LOUCA querendo um!!! Trata-se da nova mania das makeup artist da gringa (e algumas daqui também), o Rose Gold Elixir da Farsali. Bom, é um óleozinho que serve para hidratar e tratar a pele, ajuda até a diminuir as rugas. Promete um glow dos deuses e deixar aquela pele saudável e iluminada de Kim Kardashian. O bonito contem partículas de ouro 24k, e sabem o que mais? ÓLEO DE ROSA MOSQUETA! Aquele mesmo, dos Andes, do Chile!!! Fiquei tão feliz quando vi que a base é rosa mosqueta, pois tenho um pequeno arsenal disso em casa. A rosa mosqueta causou furor no mundo um tempo atrás, quando apareceu com todos aqueles benefícios que a gente conhece (regenera a pele, trata cicatrizes, textura, estrias, rugas, tudo) devido a sua alta concentração de ácidos graxos, linoléico, vitamina C e retinol (vitamina A). Pois bem, daí que pegaram o óleo de rosa mosqueta, misturaram um tiquinho de ouro, uns outros óleos e ganhou status de elixir dos deuses. Como contei, vi que usam como primer para maquiagem, aplicando no rosto no momento da preparação da pele, mas também misturam com a base para dar um acabamento natural e com viço. O produto é esse aqui: E aqui um vídeo explicando melhor o Rose Gold Elixir da Farsali:     Preço: US$ 54 por 30 ml e vende no site da Farsali. Ah, e é para todo tipo de pele e tem um cheirinho cítrico. Alguém já usou?

  • Que Bruxaria É Essa????

    Ontem vi uma coisa no Facebook que me deixou PERPLEXA! Já perdi a conta de quantas vezes assisti o vídeo abaixo e tentei entender do que se tratava. Antes de mais nada, assistam isso: WHAAAAAAAAAAAAATTTT??? Como assim? O que é isso? Como funciona? Onde vende? Quanto custa? Do que é feito???  E pesquisando por aí, consegui esse material em inglês o que já ajuda bastante afinal, coreano (o idioma do vídeo), nem por adivinhação! A bruxaria tem nome e se chama Cirmage Lifting Stick É um ¨creme¨ em stick e faz um lifting IMEDIATO na pele! Além do efeito lifting, trata a pele promovendo melhor circulação (pela massagem ao aplicar), melhora o tônus e elasticidade (possui colágeno nível hard), e também promete clarear a pele, pois contem vitaminas que ajudar a iluminar e uniformizar o tom da cútis (ai falei chique rs) Diz ser mega testado e promete um rostinho de vinte anos para todo mundo. E é tão potente, mas tão potente, que um stick vale a 7 potinhos de creme com colágeno. Possui vários tipos de colágeno, de peptídeos, niacinamida (tipo de vitamina que melhora a pele: textura, tonalidade, firmeza…) e outras coisas que não entendi direito rs. E tem a forma certa de usar o stick! Cada curvinha é para uma região: pescoço, bochechas, olhos, testa, queixo… Melhora a elasticidade, faz lifting na região dos olhos, ¨puxa¨ a papada, melhora o contorno, melhora a circulação, é anti idade, e disfarça ruguinhas.  E eis a forma de aplicar. O que li em algumas resenhas: que o efeito não dura muito. É tipo passar clara de ovo, deixa a pele repuxada, mas se sorrir, craquela e tudo volta ao seu lugar. O vídeo é maravilhoso mas provavelmente não deve ser isso tudo… seria muito bom para ser verdade hahahaha. Para quem quiser testar, e obviamente CONTAR TUDO PRA GENTE, vende no Ebay (LINK) por US$ 50. Nem é tão caro, afinal pelo que promete achei que fosse milionário. Ah, o produto é coreano! Então amiga, se você mora na Coréia e está nos lendo, por favor, teste logo esse bastão mágico e dá seu parecer! Já pensou se é tudo verdade???? Vou comprar um container…

  • Onde Comprar Uma Bomber Jacket?

    Tô gostando desses esquema de fazer um post mostrando a tendência e em seguida outro mostrando onde comprar! Fica bem mais fácil e já ajuda a diminuir a fadiga batendo perna né? hahahaha Então, ontem falamos das Bomber Jacket, mostrei as mais lindas, a que tô desejando e hoje vamos falar onde comprar! Vem ver: 01 – De renda branca para quem ainda não tem inverno! C&A R$ 89,90 LINK 02 – Outra de renda, mas com forro, da Facinelli para Dafiti R$ 79 LINK 03 – Coloridona e esportiva, da Farm R$ 289,99 LINK 04 – Estampa rica e linda combinação de cores mais linda ainda, Lez a Lez R$ 308 LINK     05 – Agora a turma das milionárias! De jeans, LINDA, mas existem mais baratas rs. Guild Prime para Farfetch R$ 2.140 LINK 06 – É bomber mas tem golinha, não curto muito mas… Murral para Farfecth R$ 3.450 LINK 07 – Se tiver dim dim sobrando, essa Cavalli tá linda. R$ 18.240 LINK 08 – Chique e estilosa, Kenzo R$ 2.890 LINK 09 – Voltamos ao mundo real. MOB para Shop2Gether R$ 149 LINK 10 – Toda estampada, Zattini R$ 199 LINK 11 – A mais linda do MUNDO!!!! Rita Ora para Adidas R$ 970 LINK 12 – Para as apaixonadas, cheia de corações da Renner LINK 13 – Achei essa linda e com bom preço! Tan Tan para O Q Vestir R$ 150 LINK 14 e 15 – Agora, se quiser fazer bonito e gastar ¨médio¨ essa da Fabia Berscek para Passarela está DEUSA!!! R$ 259,90 LINK   Se alguém tiver mais dicas de onde achar, poste nos comentários! 

  • Mulher Bomber

    Ah essas modaaaaaas! Apenas PAREM de mostrar coisas lindas! Agora mal consigo dormir porque desejo profundamente uma bomber jacket com desenhos orientais! De cetim, ou qualquer tecido que tenha um leve brilho, e bordados em linha coloridos… Ah como quero… Vi uma na Zara que não sai da minha cabeça! As Bomber Jacket são super tendência neste inverno, e tem para todos os gostos: mais curtas, mais compridas, estampadas, lisas, de paetê… de todos os jeitos MESMO. Mas calma, o que é uma Bomber Jacket? É uma jaqueta com punhos (esses canelados de malha, mas pode ser de elástico também. O punho tem que ficar certo no braço), o mesmo material se repete na barra e na gola da jaqueta, que é fechada com um zíper. Ponto. Elas tiveram origem nas jaquetas usadas pelo exército americano em 1917, quando os pilotos precisavam de uma jaqueta que deixasse o corpo mais a vontade e quentinho, afinal os aviões eram abertos naquela época. Por isso os punhos certinhos, para não deixar o vento e o frio entrar! Acontece que essa tendência voltou (e não tem muito tempo que estávamos usando) só que agora vieram com um plus asiático. E eu morrendo de amores por elas. Vem ver! PRECISO! Quem não curtir a pegada oriental, pode usar uma estampada! Ou ainda uma bomber jacket mais esportiva… Também pode ser lisa, sem desenho algum e em diferentes tecidos. Ou então seguir a tendência a risca e abusar do militarismo! Seja qual for sua escolha, ABUSE delas neste inverno. Eu corri no meu armário e já achei 3, mas nenhuma japonesinha

  • Bichectomia, O Que É?

    Lembro quando ouvi falar pela primeira vez esse nome: estava em um evento com várias blogueiras, num papo com uma cirurgiã plástica bem famosa de BH e alguém perguntou o que ela achava da bichectomia. ¨Ahn?? Bichi o quê?¨ Foi exatamente o que falei. Daí me contaram quem era uma cirurgia para afinar o rosto, diminuindo as bochechas. Opa, logo me interessei, afinal tenho rosto de lua cheia né? Também falaram que várias famosas estão fazendo e que virou uma febre nos consultórios de cirurgia plástica! A Bichectomia afina o rosto, desenha bem os contornos e ainda realça as bochechas, mas aquela bem marcada, onde a gente aplica o blush. Mas por quê esse nome? Porque a gordurinha que fica na bochecha (entre a maça do rosto e a mandíbula) se chama Bolas de Bichat! A cirurgia é simples, anestesia local que pode ser com sedação ou não, faz um pequeno corte de 1 cm por dentro da boca, tira as bolas de Bichat, e depois fecha com pontos absorvíveis pelo corpo. Demora cerca de 40 minutos. Depois é só aplicar compressas de gelo, ficar quietinha por uma semana e o resultado mesmo, após uns 15 dias. MAS, por mais simples que pareça, é uma cirurgia e a região é delicada. Tem que fazer vários exames pré operatórios (igual uma plástica grande) para ver se dá ou não para fazer a bichectomia. A inspiração mais procurada para quem quer fazer a Bichectomia é a Angelina Jolie! Vocês acham que ela nasceu com aquele rosto mega desenhado e anguloso? Nops. O antes e depois de Angie!  A amigue dela, Jennifer Aniston, também fez bichectomia.  Megan Fox foi outra que também se livrou das Bolas de Bichat. Victoria Beckam, adorei o resultado nela! Ficou mais natural, não tão ¨cavado¨. Jennifer Lopez e Kim Kardashian. E a gente se matando no contorno… Sei… Acho interessante, válido porém acho que não teria coragem, e olha que sou super a favor de cirurgias plásticas hein! Mas acho que o rosto mais redondo deixa a gente até mais jovem, talvez seja melhor emagrecer um pouquinho e pronto. Mas para quem tem muita bochecha e realmente se incomoda com isso, fica aí a dica da Bichectomia!

  • Lavando os Pinceis… A Seco!

    Recebi essa dica de uma leitora (obrigada Layla) e achei MARA! Das coisas que mais odeio na vida, uma delas e de grande relevância, é lavar os pinceis de maquiagem. Ódio nivel hard, sácomé? Mas é necessário, afinal depois de usar make todos os dias, as cerdas viram um ninho de bactérias que na minha pele, facilmente vira espinha. Adoraria usar e lavar na hora, mas não dá, afinal tem que esperar secar e tal. E é aí que entra a dica da Layla, um produtinho novo da Sephora gringa!!! É só espirrar o produto no pincel, passar em um lenço ou toalha para a sujeira sair e pronto! A fórmula não tem álcool e o pincel fica sequinho. O preço? U$14 Procurei na Sephora Brasil e infelizmente ainda não tem esse produto. Vamos torcer para chegar logo!  (Confesso que fiquei matutando… será que dá para ter o mesmo efeito com shampoo seco de cabelo??? Vou testar hahahaha)

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Quarta feira chorosa! Vamos com as rainhas: Caso 01 – Margaret “Olá Cony, sou seguidora fiel do blog, admiro demais sua postura, seu jeito quando crescer quero ser igual a você… Tenho 23 anos, faço faculdade, me considero uma pessoa inteligente, bacana, tenho uma família maravilhosa, amigas espetaculares, sou ajeitada fisicamente,  me amo mesmo, tenho qualidades e defeitos mas o coração, pensa num coração bom… =)  enfim nada que em teoria me faz no direito de ”reclamar” de alguma coisa, a não ser a minha vida amorosa rs. Cheguei num ponto que tô desistindo desse  ”setor”, conheci um cara bacana, tivemos um relacionamento de uns 6 meses, enfim tudo indicava que iriamos casar ter dois filhos e um cachorro chamado Costelinha, ele era muito inteligente, aqueles nerds mesmo, super dedicado e bem resolvido em que se diz respeito as suas convicções e vida profissional. No início do nosso rolo, confesso que sempre ficava com o pé atrás pois nunca tinha me relacionado tão intensamente com alguém, no inicio era só farra mas a coisa foi ficando séria para os dois lados, vi que pra ele  tb a p* tava ficando séria kkkkkk . Ele me tratava bem e tudo ai o coração não guentou quando vi já estava caindo de amores. Resumindo,  o caboclo me fazia juras de um possível amor, que viria conhecer meus pais, me falava da mãe, vó, do relacionamento dele com a família, de suas conquistas blá, blá, blá, que eu era bacana, que nunca me magoaria, que eu era tranquila e era difícil achar uma mulher igual a mim, uma vez que saímos ele falou comigo ” que eu era bonita demais, que todo mundo que passava olhava para mim, que queria me beijar mas ficava sem jeito” TIPO, desde ai notei uma certa insegurança . A ultima vez que nos encontramos que ele me disse um tanto de coisa que no entender de qualquer um estávamos num relacionamento sério,  e no final quando abri meu coração falei que gostava dele, não pedi em casamento nem nada, só retribui o que ele dizia sentir por mim, ele veio falar, que no meu entender o primeiro namorico dele o fez sofrer, que ele precisaria de mais tempo para o coração regenerar ele tem (25 anos) tipo sempre me falou de namoro, na hora que não aguentava mais, passou natal, carnaval, engatei a primeira e o individuo arregou. Continuamos  conversando por wpp e quando faria 7 dias que tinha visto pessoalmente, o que seria o nosso último encontro mandei um ”boa tarde, tudo bem?” e ele, sumiu, não sei estávamos bem , nunca mais me respondeu, fiquei sem entender sabe?! Nada com nada! eu não vou atrás mas quando estou de tpm e a saudade aperta e passo mal, saio, conheço outros caras mas como ficou uma história ”mal resolvida” sempre volto no nerdzinho , não sei, desanimei sabe, eu não fiz nada, não pedi nada, não cobrei e ele nunca mais deu sinal de vida isso já tem uns 3 meses. Superei em partes. Esse tipo de coisa me faz desanimar de conhecer outros caras pq já imagino o fim, gostar e me ferrar no final. Enfim, tô precisando de força, pra mudar esse pensamento, farei 24 anos e não tenho perspectiva nenhuma nesse aspecto amoroso, já chutei o pau da barraca! Me ajudem aí, gente!” Calma mulher! Desilusões amorosas TODO mundo tem! E sinto te informar… mas acontece aos 20, aos 30, aos 40, aos 50… E você, no frescor dos 24 aninhos já querendo chutar o pau da barraca? Voltemos a parte que você diz que se ama. Ama mesmo? É toda boa e vai ficar de perrenguinho por um imaturo que arriou no primeiro sinal de comprometimento? Se eu fosse você tocava o terror na cidade, aproveite a juventude! E sinto te informar novamente, a probabilidade de quebrar a cara de novo é grande. Mas a vida é assim, quando a gente menos espera, dá certo. Vai por mim e para de dramatizar. Chora 2 – Cleopatra “Oi Cony! Sempre leio o blog e adoro as dicas de moda, e também acompanhar o Chora. Tenho 24 anos, e espero no meio desse ano conseguir me formar na faculdade. O problema é que estou bem descontente com o curso e carreira que escolhi.

  • Com Vocês, Yazbukey!!!!

    Vou contar historinha tá? Um belo dia, eu estava fazendo minha ronda pelo Instagram para saber das novidades quando vi alguém usando um brinco de boca. Sim, uma boca. Ok, deixei pra lá. Sabe quando você vê uma coisa mas o cérebro não processa porém a imagem fica guardada no subconsciente?? Pois é. Acho que um dia depois (ou no mesmo dia, não me lembro) estava passando pela Savassi e parei para olhar a vitrine de uma loja de acessórios e quem estava lá? O brinco de boca. Eu hein… isso é famoso? Achei esquisito e novamente larguei pra lá. Acontece que desde aquele dia, comecei a ver o raio do brinco de boca em tudo o que era canto. Várias pessoas usando e pensei: preciso saber de onde vem isso. O famoso brinco é esse aqui: Uma boca, que parece dizer ¨ahhhhhhhh¨ Mas de onde veio? Onde nasceu? Do que se alimenta? Todas minhas pesquisas apontam para uma grife, nascida em 2000, criada por uma princesa egípcia de família otomana Yaz.  Pausa para entender. Uma princesa, egípcia, de família otomana. Achei que era uma historinha para glamourizar a grife mas não, acho que é isso mesmo. Yaz Bukey estudou no Studio Berçot e trabalhou para Margiela, McQueen e Jeremy Scott, o criativo malucão de Moschino. Fez parcerias com Shu Uemura e DVF. Suas peças são divertidas, um estilo cartoon, pop art, uma mistura de elegância francesa com humor! Tipo assim: O brinco, que por acaso se chama Ces’t Ahh (eu sabia que essa boca falava ¨ahhh¨, sei leitura labial hahahahaha), era só a porta de entrada desse universo que eu não conhecia e que achei super divertido, literalmente. Inclusive, voltei na lojinha da Savassi e comprei meu brinco de boquinha, obviamente uma cópia, já que esse modelo viralizou e tá fácil de achar nos ching ling. Diferente, divertido e ousado. Mas vamos com calma… Agora, uma clutchezinha eu queria! O que acharam????

  • O Tênis Tem Que Ter!

    Não me matem!!!! Por favor, não quero criar desejos incontroláveis em ninguém mas precisava fazer este post. Antes de mais nada, não TEM que ter esses tênis não. Não todos rsrs. O que vou mostrar a seguir são os tênis que estão fazendo mais sucesso no mundo fashion e que estão em todas as fotos de streetstyle. Obviamente tenho carinho por todos os modelos, mas se você AINDA não tem um (hoje em dia é raridade não ter um desses!) e está em dúvida de qual escolher, vem que vou falar um pouquinho de cada uma dessas belezuras: Adidas Stan Smith, o que bombou escandalosamente no ano passado. Virou diamante, difícil de encontrar! O mais cobiçado é o com detalhe verde mas existe de outras cores inclusive tem uma coleção nova com ele coloridinho. Custa cerca de R$ 300. A Adidas é campeã em criar tênis desejo. O Superstar listradinho, branco com as listras pretas é um MUST! Acho que o meu preferido! Também difícil de conseguir! O preço é similar ao Stan Smith, cerca de R$ 300, mas tem lojas que vendem mais barato, outras beeeem mais caro. Esse é meu desejo atual, um Adidas Supestar todo branquinho. Modelo igual ao da foto acima, só que as listras também são brancas. Gosto muito do Nike Air Force! É um pouco mais bruto, solado mais grosso, mas acho bem bonito. Valor: R$ 380 Para as mais delicadas, o Superga branquinho é uma ótima escolha. Mas querem um conselho? Se tiver de couro, prefiram. O de tecido (tipo uma lona) suja muito e ao lavar fica amarelado. O meu está encostado por causa disso! Ah, e é super confortável. R$ 250 O clássico dos clássicos né? O All Star branco. Eu gosto muito do de couro, mas gosto só de ficar olhando porque ele machuca MUITO meu calcanhar rs, mas tem gente que não reclama, então deve ser meu pé! O de lona custa R$ 119 e o de couro R$ 189. Não quer saber de tênis branco? Ok, vá de New Balance! Escolha uma cor bem linda e arrase. Também é um dos meus preferidos, não é a tôa que tenho uns 5 pares hahaha. O preço varia mas é de uns R$ 250 até R$ 500. Onde comprar? Ah, tem várias lojas online que indico. Para os Adidas que são os mais chatinhos de encontrar, é bom ter persistência. Tem que entrar no site da Adidas SEMPRE, de preferência depois das 23 horas e ficar de olho. Eles repõe sempre, bem tarde e acaba super rápido. Mas muita gente conseguiu comprar nesse esquema, inclusive a pessoa que vos fala. Mas vamos aos links babados para comprar os tchênis mais lindos do mundo: Adidas Nike Netshoes  OQ Vestir Loja Virus (tem os All Star mais bonitos da internet) Art Walk (aqui os New Balance, mas tem outras marcas também) Dafiti Superga   E então? Já escolheu seu tênis desejo??

  • A Volta da Delicadeza

    Há algum tempo fiz um post sobre os colares delicados em camadas e… eles continuam! Sumiram por um tempo, deram espaço aos colares gypsy (aqueles de prata cheio de penduricalhos) mas saem os maxi colares mais uma vez  e entram as correntes fininhas, em diferentes comprimentos e usadas em camadas. Assim ó: Delicado e feminino né? Uma blusa decotada ou uma camisa com mais botões abertos, ajuda a ficar mais lindo ainda. Na Forever 21 tem vários kits desses! Gosto muito e a dica, como falei acima, é usar um decote maiorzinho e ter cuidado para uma correntinha não atropelar a outra! Pode misturar símbolos, materiais, desde que seja tudo delicado. E essa trend? Sim ou não?

  • Dica da Leitora!!!

    Dica da leitora fresquinho no ar! Vem com a gente!!! Dica 01 – Thais ¨Bom dia, Cony! Hoje acordei feliz!rs Acordei recebendo a minha sandália “Tem Que Ter” caramelo que comprei pela internet! Adoro comprar algumas coisinhas pela internet porque parece que alguém está te enviando um presente! Hahahahhahaha  Enfim, meu achado foi lindo! Vivo entrando no site da Schutz porque acho as sandálias de lá um arraso, mas os preços também arrasam com o meu orçamento… Entrei no site e vi essa belezura pela me-ta-de-do-pre-ço!!! De R$ 420,00 por R$ 210,00!!! Não tive dúvidas e comprei! Eu sou do Rio de Janeiro e chegou certinho por sedex dentro dos 7 dias úteis como prometido! Espero ter ajudado as amigas leitoras que supercurtem o DDL como eu! Amo seu blog e espero que as fotos possam ser aproveitadas! Beijão!!!¨ Também AMO comprar online! Realmente, parece um presente que estamos recebendo e o melhor, o presente é a nossa cara hahahahaha. Também gosto muito de comprar no site da Schutz, a única coisa que acho que poderiam mudar, é autorizar a troca nas lojas físicas… mas enfim, parabéns pela compra! Garota EXXXXPERTA essa sandália é linda! (E quem não viu o post que falei desse modelo, clica AQUI) Dica 02 – Maisa Sendo sexy sem ser vulgar! Super tendência esse decote trançado e calça flare de cintura alta hein! Tudo Riachuelo, body por R$ 89 e calça R$ 109. Essa calça é estilo bandage e veste bem DEMAIS! Falo assim porque também comprei essa hahahahaha. Dica 03 – Andressa Oi, Cony! Faz tempo que eu estava a procura de um short de cintura alta para chamar de meu, pois sempre que encontrava algum achava curto demais ou com ”rasgos demais”, porém esses dias de bobeira na Renner, encontrei um na medida certa! Ele tem uma lavagem linda e veste super bem (na foto parece curto, mas atrás tem um tamanho maior), foi amor a primeira vista! O preço estava salgadinho mas como já estava procurando há algum tempo, resolvi levar! O preço foi 99,90 e não sei porquê enganam a gente com esses 10 centavos hahaha! Coloquei em anexo uma foto no provador, não sei se a qualidade está boa para você, por isso tirei fotos separadas! O cropped que estou usando na foto do provador veste bem e deixa o corpo bem bonito, vi várias cores, como rosa clarinho, roxo e off white. Espero que tenha gostado do meu achado, beijos!  Lindo short mas vou elogiar mesmo é a foto! Muito boa, clara, focada, dá pra ver bem a roupa e a foto no espelho está bem centralizada. Ganhou estrelinha!!! Dica 04 – Angela Cony, aproveitando que todo mundo está falando das meias que não aparecem usando tênis, segue minha dica. Comprei numa lojinha do Dr. Scholl e custou R$ 30,00 por dois pares. Ela tem uma boa porcentagem de algodão, o que absorve bem o suor e tem também uma espécie de silicone na parte interna do calcanhar o que impede que a parte de trás escorregue e saia do lugar. Eu gostei bastante! Ah, esse modelo é aberto na frente para permitir o uso com peep toe ou sandalia, mas tem também o modelo normal. Eu uso com tênis o modelo aberto mesmo e não tenho problemas, até prefiro porque não aperta muito os dedos,   visto que meu objetivo maior é que absorva o suor da sola do pé, onde eu suo mais. Boa dica!! Dica 05 – Ariela Ariela minha lindeza tatuada… Um feliz aniversário atrasado, e um abraço de URSO!! Daqueles que até dói de tanto apertar viu??? Relógios Casio Vintage (pegou os mais lindos hein?) por R$ 179 o prateado e R$ 229 o dourado nas Jóias Lulean. O vestido preto de veludo (bingo!!! Super tendência!) é da Youcom e ela ganhou de presente! Sapatilha da Moleca que a Ariela carinhosamente chama de ¨Chulezentas¨ (MORRIIIII HAHAHAHA) por R$ 49,90 na C&A, tricozinho listrado por R$ 99,90 também na C&A. E mostrando que somos uma rede solidária de dicas bacanas, a Ariela comprou a meinha da Forever 21 que apareceu no último DDL e adorou! Dica 06 – Anna Já ouvi um monte de gente falando que a coleção da Ateen para C&A encalhou geral! Tem liqui até hoje! E a Anna conseguiu essa bata LINDAAA! De R$ 129 por R$ 79!! Dica 07 – Mariana Oi Cony, já perdi a vergonha e agora estou adorando participar sempre do DDL! Este vestido me chamou atençao pelo bordado etnico, que adoro! Ele é da Renner e não foi barato, R$ 159,00. Lembrando que na foto a cor fica mais viva que pessoalmente! Espero que aprovem! A outra dica é um peplum de couro fake, porem digno, da C&A. Ja vi esse modelo em coleçoes de Outono/Inverno de anos anteriores, não sei se essa moda ainda resiste, por isso comprei mas nao tirei a etiqueta caso eu decida trocar! Custou R$89,00. Cês tão tudo sapequinha com as peitchola de fora hein… hahahaha, Brinks! É a tendência mesmo, decotes trançados! Adorei o vestido mas o que curti mesmo foi esse top de ¨couro¨ preto! Menina, isso quebra um galho… não troca não! Eu tinha um que usei até ele morrer e já quero outro. Vou atrás da sua dica! Dica 08 – Luana Achados lindos da @achadosdalua! Colete MARAVIDEUSO QUERO UM da Riachuelo por R$ 99,90 e saia jeans também Riachuelo por R$ 79. Vestido fofo da Renner, R$ 129! Parabéns pelos achados meninas! Quem quiser participar, envie seu achado para constanza@futilish, no assunto coloque DICA DA LEITORA, foto BOA, nome da loja e preço que pagou ok? Vamos driblar nossos desejos e a crise com bons achados!

  • Tendência – Barra Franjada!

    Quem nunca desfiou a barra da calça jeans para dar uma modificada e ficar mais despojada e moderna? Eu já fiz muito isso, e era bem caprichosa… desfiava com tesoura, depois passava lixa para desgastar mais e lavava várias vezes para ficar com muito fiapo solto rsrsrs. Mas a barra desfiada que vou mostrar hoje é diferente. Até ela sofreu uma repaginada e de desfiada, virou praticamente uma barra de calça franjada! Olha só do que estou falando: Posso ser BEM SINCERA? Curti hahahahahahahaha. Me julguem, mas achei legal, aliás, quase tudo que é feito em jeans, eu aceito bem fácil. E quer quiser uma barra franjada com glamour, é só aplicar uma franja, como na foto da barra verde acima. E vocês? Sim ou não??

  • A Louca dos Sapatos

    Com certeza vocês já perceberam que AMO sapatos. Não quero nem contar quantos tenho, mas garanto que são muitos rsrs. É aquela coisa né? Quando a gente está triste, um sapatinho novo traz tanta felicidade… E outro ponto das loucas por sapatos: sempre tem algum diferente despertando nosso desejo. Se temos uma bota preta, temos que ter a com bico fino, a com salto grosso, a over the knee, a motorcycle, a de couro, a de verniz, a de camurça… Nunca estamos satisfeitas! Hoje vou mostrar a coleção de inverno da Carrano, empresa com mais de 20 anos de mercado e que tem calçados lindos! O inverno deles tem muita botinha ankle boot, muita over the knee (sim, pode comprar que ainda vai usar. Por muito tempo!), muito vermelho e todas suas tonalidades, além de pêlo, franjas e grafismos. Vamos dar uma olhada? Sonhando com essa bota/tênis com pelinho. Parece tão quentinha…  E eu curto muito a marca, já usei várias vezes, olha só: E além desses sapatos tenho umas botas LINDAS da Carrano que vou mostrar em breve! Curtiu? Tem muito mais no site e a boa notícia, tem loja online! Segue o LINK para vocês darem uma espiada e quem sabe fazer aquela compra feliz??

  • Fala Que Eu Te Escuto – Tá Frio, Mas Nem Tanto

    Continuando com a Semana da Leitora, hoje temos uma dúvida da Ka e espero a ajuda de vocês nos comentários hein! ¨Oi, Cony. Estou com sérias dificuldades pra me vestir nesse “inverno” carioca. Nunca faz frio de verdade, mas faz um frio leve (que é bastante pra gente). Aí acho que o povo exagera: gola alta, bota, meia, tudo ao mesmo tempo. Too much! E eu fico na maior dúvida. Principalmente nos dias de chuva, que eu quero ter o pé cobertinho… Outro problema é que meu quadril é maior do que gostaria. Uso calça e parece que chama mais atenção. Como resolver? Como trabalhar ou bater perna nesses dias de chove/não chove, faz frio, mas nem tanto? Tenho fé que você vai trazer uma luz pra essa carioca. Beijos, Ka¨ Boa pergunta Ka, porque aqui em BH também tá um friozinho não friozinho. Por mais que eu faça a dança do inverno todos os dias, o frio frio mesmo ainda não chegou (vem logo, seu lindo!). Vou TENTAR te ajudar porque o Rio pra mim é sempre quente hahahaha. Então posso dar umas viajadas nas minhas dicas, por isso pedi ajuda às leitoras

  • Beleza de Inverno – Só Dica Boa!

    Sou uma mulher muito vaidosa. Não fui sempre assim, confesso, mas quando comecei a querer me cuidar, foi de uma ¨vezada¨ só. Ficava atenta a todas as novidades de cosméticos, maquiagens, creminhos pro corpo, rosto, cabelo, tratamentos estéticos, tudo tudo tudo. E não é uma coisa que me cansa ou que enjoa, eu realmente AMO saber de tudo o que envolve o mundo da beleza! Tanto é que sempre que vou me maquiar com algum profissional, fico olhando na bancada produto por produto, sou a chata que sempre pergunta: Pra quê que serve isso? Como que usa isto? e fico tirando fotos e anotando numa wish list sem fim. Hoje vou mostrar para vocês alguns produtos que são super bem vindos no inverno e outros que são bem vindo pra VIDA! Todos foram escolhidos por mim (sim, eu vou no site da Época Cosméticos e olho sessão por sessão, seleciono com todo cuidado e carinho) e são dicas que peguei em backstage de desfiles, dicas de maquiadores top, dicas de profissionais da beleza que sempre estão cheio de novidades. Vem ver: Comprei essa base e AMEI! Boa e barata, achei bem sequinha, tem uma cobertura ok pro dia a dia, ótima pro look natural de inverno. São váaaaarias tonalidades divididas em 3 turmas: 100 pele clara, 200 pele média e 300 pele escura (a minha é a 140 Claro Singular), tem acabamento mate e ainda segura a oleosidade por 12h. Virou minha base do dia a dia! Segue LINK. E para passar a base… essa turma LINDA da Real Techniques! Gente, prestenção, eu conheço vários maquiadores, os mais tops e TODOS tem pelo menos um pincel da Real Techniques. Foi se o tempo que tudo tinha que ser da MAC (que eu amo, e tenho vários pincéis da marca) mas convenhamos que são muito caros e esses da Real são tão bons quanto! É consenso geral! E esse kit para preparação da pele tá de uma tamanha lindeza que dá vontade de comprar mais de um kit! Um dia vou fazer um post só com os produtos da Real Techniques. Curtiu? Segue o LINK para você garantir o seu! Preço mega amigo hein! Preparou a pele, que tal passar um batom MARA? Então segura essa… fiquei conhecendo a linha de batons Lip Tinted da Oceane durante a semana de moda de NY e fiquei apaixonada por eles! Tenho o Mônaco (um nude lindo) mas o mais lindo de todos, e a cara do inverno, é o São Paulo, que a Camila está usando! Bem pigmentado, fácil de passar, e dura horrores. De todas as opções baratinhas de batom líquido com acabamento mate que tenho usado, os da Oceane é de longe o melhor. Segue LINK! E para os lábios aceitarem bem os batons matificados, queridinhos do inverno, é bom dar uma hidratada antes viu? Esse balm da Nuxe é uma delícia, também uso e sempre está na minha necessaire, ainda mais agora que tomo Roacutan (falarei sobre isso em breve) e o frio que resseca ainda mais os lábios. Segue LINK. Ainda sobre a Oceane, a linha de cosméticos deles está ARRASADORA! Eu que amo um esmalte escuro fiquei felizona quando recebi o kit deles. Amei a durabilidade, as cores e outra, é livre de Livre de tolueno, formaldeído, DBP, parabenos e cânfora! Quem é alérgica pode comemorar esse esmalte viu? LINK Outra dica TOP que aprendi durante a semana de moda: SH RD Protein Cream. Ahhhh, mas todo mundo já conhece, essa dica é velha… Ok, sim, concordo, mas vocês sabiam que dá para usar esse creme com o cabelo SECO? Simmm, dica de cabeleireiro top que ao fazer nossos penteados sempre pegava um pouquinho do creme e passava nas pontas, para dar vida! Gente, amei muito isso! Além de todos os benefícios desse creme (o povo ama né? É o preferido das celebridades) ainda dá para usar no cabelo seco. Segue o LINK! Momento de ficar cheirosa… Outra paixão que começou durante a Semana de Moda! Gente, que perfume mais chique é esse??? Como falei, só de usar minha conta bancária ganha um milhão de dólares hahaha. Ideal pro inverno, amadeirado, feminino, poderoso! Quem gosta de perfumes marcantes, pode se jogas no Narciso Eau de Toilette de Narciso Rodrigues. LINK. Agora a dica é pras decotadas que fogem do farol aceso! Comprei esse adesivo da That Girl e tenho gostado bastante viu? Melhor que aqueles outros que duram só uma vez, esse dá para reutilizar várias vezes se cuidar direitinho e seguir todas as instruções! LINK Já se maquiou, passou perfume, protegeu o decote, arrasou na balada, chegou em casa e tem que tirar a maquiagem! Chato né? Mas super necessário… não façam como eu que às vezes chego com preguiça, durmo maquiada e no outro dia a pele fica pingando óleo e SEMPRE aparece uma espinha. Esses dois produtos são maravilhosos para os dias de preguiça: primeiro os lencinhos demaquilantes (não vivo sem! Testei esse e achei bem gostosinho) para dar uma limpada básica e em seguida, a Água Micelar, ambos novidades da L’Oreal! Também super indicados para o inverno pois é a época que a pele fica mais sensível (a gente faz peeling, usa ácidos…) e esses dois são super delicados e indicados para as peles mais sensíveis. LINK para o kit com os DOIS produtos! Pronta para dormir? Então durma o VERDADEIRO sono da beleza! Pára tudo que quero falar muito sério sobre este produto. Lembram que contei no início do post o tanto que sou vaidosa e adoro descobrir novidades no mundo da beleza? Pois é, quando VI essa fronha sendo exposta no QG do Fhits, fiquei louca. Tipo, queria pegar uma e sair correndo sabe? É uma coisa tão maravilhosa que preciso contar detalhadamente. Antes de mais nada, é fabricada pela Ponds (aquela dos cremes mesmo) e virou sensação na gringa ano passado. Me conta uma coisa: todo santo dia você se lembra de passar seus creminhos anti idade? Não né? Eu também me esqueço. Agora, você se esquece de dormir? NÃO! Todo mundo dorme todos os dias (ou pelo menos deita a cabeça no travesseiro rs). Agora imagina uma fronha que vai cuidar da sua pele, tratar sinais da idade, enquanto você dorme??? Todo santo dia? SIM ISSO EXISTE! A Fronha Rejuvenescedora da Illuminage Beauty promete resultados em 4 semanas, contínuos e duradouros!! Mas como funciona? ¨A fronha é composta por óxido de cobre – mineral essencial, derivado de cobre reciclado ecológico – incorporado às fibras do tecido (cetim, tecido macio e durável) em nível molecular, para estimular as atividades regenerativas naturais da pele e a produção de colágeno. O cobre é um material muito utilizado na medicina devido ao potencial antimicrobiano e regenerativo, além de ser fundamental nos processos de cicatrização e na produção de colágeno e elastina. Com isso, em contato com o tecido, os íons são automaticamente liberados e transportados até a superfície da pele através da umidade presente no ar. Após serem absorvidos, o processo de auto renovação se inicia naturalmente, estimulando as atividades regenerativas para proporcionar uma redução comprovada dos sinais da idade.¨ Gente não é demais! Aceito demais esse presente viu? Indireta para todo mundo hahahaha Tá tenso este post hein? Dá para querer tudo tudo tudinho? E pra ajudar ainda mais quem quiser fazer uma comprinha, fiz uma parceria bem bacana com a Época Cosméticos: use os links que coloquei nas legendas de cada produto e na hora de pagar utilize o cupom futilish para ganhar 15% de descontooooo! Esse cupom libera o desconto para qualquer produto (os que não estão neste post também!), só não vale para dermocosméticos ok? Gente, aproveita, que essa seleção está maravilhosa e a Época Cosméticos está recheada de novidades!

  • Alternativa Fashion – A Bota Mais Versátil do Mundo

    Quanto drama nessa chamada né? Mas deixa eu contar que eu tenho uma botinha que não dou, não empresto, não desapego, e uso mais que tudo na vida! Devo ter essa bota a uns… 5 anos?? Sério, é muito tempo e sempre, SEMPRE, que vou viajar e a viagem inclui bateção de perna, ela vai comigo. Tá acabadinha tadinha, mas mesmo assim, tem seu espaço garantido aqui em casa. E ainda por cima é linda, tão linda que toda santa vez que uso e posto alguma foto usando, todo mundo pergunta de onde é a bota. Minha preciosidade é essa aqui ó: Da Santa Lolla e custa R$ 450 na Acquarela Shop. Nem acreditei quando vi que ela foi relançada, mas poxa… R$ 450??? Dói né… Daí duas leitoras me contaram que acharam Alternativas Fashion para a botinha mais querida do mundo! Na Constance por R$ 199! E na C&A por R$ 199 também! Das duas Alternativas Fashion, a da Constance me parece mais bonita… Mas fica a dica da opção da C&A e a da Santa Lolla mesmo, garanto que vale CADA centavo e é só eu tomar um tiquinho de coragem pra comprar ela de novo e usar por mais 5 anos!

  • C&A e PAETÊ RYCOHHH

    Sim amigues, preparem-se para ver o paetê mais rycoh do universo sendo vendido na C&A. A Joulik, uma grife relativamente nova (tem 7 aninhos só! Nasceu em 2009, fruto do sonho de duas irmãs, Katiuscia e Karen Moraes), anunciou sua parceria com a C&A que será lançada no dia 31 de Maio. Daqui uns dias! Quem não conhece a Joulik, deveria conhecer. Esqueça tudo o que te falaram sobre usar paetês e bordados apenas em festas. A Joulik tem uma pegada bem interessante, deixando o brilho para todos os momentos e ocasiões. Dá para usar de dia, de tarde, de noite, no evento ou na saidinha básica. Todas as peças são artesanais, bordadas a mão mesmo e garantem que tudo isso irá para as araras da C&A. Ainda não temos fotos das peças que serão vendidas na C&A, mas vamos dar uma olhada na coleção atual da Joulik? Os preços são dignos de peças bordadas a mão e com muuuuito paetê do bom: camisetas por volta de R$ 400 e casacos a partir de R$ 1200. Para a C&A, os preços serão entre R$ 50 e R$ 500. Aguardo ANSIOSAMENTE pelo dia 31 de Maio!

  • Tem Jeito??? Bota Larga x Canela Fina

    Continuando com a ¨Semana da Leitora¨ (porque semana passada teve surra de SPFW né), hoje a dúvida da Renata mostra que ninguém, mas ninguém MESMO, está satisfeito com o próprio corpo rsrs. Vejamos: ¨Oi Cony, tudo bem? Adoro o seu blog, estou sempre de olho nele atrás de dicas e novidades

  • O Vestido Que Voa

    E é claro que é de uma marca mineira! Tô ficando chata com isso de querer gritar pro mundo o quanto a moda de Minas Gerais arrasa? E não só pelos modelos, estampas e afins mas pela qualidade infinitamente superior a tudo que já vi na vida. Ô povo caprichoso viu??? O vestido do post de hoje, usei no SPFW e tinha me esquecido de mostrar, mas alguém me lembrou ontem pedindo os detalhes desta roupa! Tão lindo… Vestido de rycah, de realeza européia, de gente fina, elegante (e sincera e modesta rs), daqueles que parece uma pintura de vestir! De onde? Da Maracujá! Gente, incrível como amo TUDO dessa marca e como tudo me veste absurdamente bem! E um detalhe, durante o Minas Trend, passei no stand da Maracujá para ver a coleção nova e conheci a estilista deles. Fiz a minha perguntinha de sempre: Qual a inspiração desta coleção? (sempre gosto de saber isso…) E ela me respondeu: da mulher. Ta aí a resposta do porque tudo da Maracujá fica lindo no corpo e veste tão bem, tudo é pensado em nós! Delicado porém forte e poderoso. Amo muito. Lindo né? Queria usar essa roupa todos os dias da minha vida…

  • Fala Que Eu Te Escuto – Fiquei Loira, e Agora??

    Chamada digna de Casos de Família hahaha, mas a Letícia passou por uma mudança radical no look e agora está em crise com sua aparência e não sabe o que vestir para combinar com essa nova mulher! Calma Letícia, tudo vai dar certo! ¨Oi, Cony! Sou leitora do blog há algum tempo, e estou precisando de um help de estilo. Há três dias, surtei e fiz uma mudança radical. Eu tinha o cabelo castanho bem escuro, quase preto, e resolvi ficar loira quase platinada. E agora eu simplesmente não consigo combinar minhas roupas com o meu cabelo. Experimento dúzias de peças de roupa antes de sair de casa e parece que nada fica bem com esse novo cabelo. Você pode me dar algumas dicas? P.S. Meu estilo não envolve muitas cores, nem muitas estampas. No máximo, listras. ¨ Menina que lindo esse cabelo novo!!! Achei que super combinou e mais, você ficou mulherão poderosa, antes estava mais menininha! E imagino seu baque ao se olhar no espelho e não se reconhecer… Está tudo muito recente, mas tenho certeza que vai se acostumar. Antes de mais nada, seu tom de pele não mudou, a cor dos seus olhos também não, então sua cartela de cores continua a praticamente a mesma. Além disso, você falou que seu cabelo antes era bem escuro quase preto e o de agora platinado, ambos são caracterizados como ¨tons frio¨. Ou você é fria, ou é quente, e pelas suas fotos de antes e depois, arrisco dizer que você é fria, visto que o cabelo platinado caiu tão bem! O que é ser uma pessoa fria? Que combina mais com tons frios (preto, branco branco, roxo, azul…). Como saber se é fria ou quente? Teste de cores em frente ao espelho: com os cabelos presos, coloque um pano laranja ao redor do rosto e depois um azul. Com qual ficou melhor? Com qual cor você acha que ficou mais bonita? Também pode testar com prateado ou dourado, e ver o que realça mais em você. Outro forma de saber a temperatura da pele é ao tomar sol: se ficar vermelha, é fria, se bronzear, é quente. Estou meio enferrujada com meu lado personal stylist (preciso urgente de um curso para modernizar o que aprendi) mas vamos tentar dar uma esclarecida nisso. O tom mais claro do seu cabelo pode te deixar um pouco apagada, então é bom usar cores contrastantes, e evitar tons nudes. E tudo fica mais fácil ainda ao saber que você não curte muito estampa ou cores. Se ficar no preto e no branco, já consegue ficar linda. Mas quais são as cores frias e quentes? Você ficará melhor se usar cores frias Letícia! Vamos ilustrar com algumas platinadas lindas (e loiras loirinhas) que tem um estilos legais: Sophia Abrãao, platinada há pouco tempo, ama um look mais rocker, usa muito preto e fica ÓTIMO! O branco e o azul, também ficam bons para quem tem os cabelos claros e a pele fria. Olha um exemplo de como a cor da roupa pode acender ou apagar uma pessoa: Kristem Bell MARA de vestido com tons de azul, preto, branco e rosinha mas toda sem graça num nude. Com a cor certa, ela ficou até mais corada, com cara de saúde! Nem só de preto e de branco as loiras ¨frias¨ ficam bem: tons pastel também são indicados. Taylor também transita pelo preto, pela branco e pelas ¨candy colors¨. Letícia, tente usar essas cores, acho que não terá muitos problemas! O preto sempre será uma ótima saída, assim como o branco (branquinho, não off white). Jeans tá super liberado, e você ainda poderá dar uma de menina doce usando cores clarinhas. Olha que bacana, um dia pode ser super rocker e no outro bem mocinha! 

  • Chooooooora Que Eu Te Escuto!

    Gente, para compensar a semana passada que foi só SPFW, tô pensando em fazer uma ¨Semana da Leitora¨, só com posts respondendo dúvidas de vocês! O que acham? Caso 01 – Cora ¨Connie, namoro há quase 8 anos, comecei a namorar aos 24 anos, mesmo nova já tinha aproveitado muito a vida, saía muito, tive alguns namorados antes dele. Começamos a namorar e tive a sensação que o tempo passou muito rápido, ao mesmo tempo que me sentia madura para algumas coisas, não me sentia madura para casar. Fui deixando a vida me levar, tivemos momentos muitos felizes, outros nem tantos, muitas alegrias, conquistas mas também muitas brigas a ponto de ficarmos semanas separados. E nesse tempo separado não via minha vida sem ele, me sinto segura, feliz, ele é muito carinhoso, atencioso, preocupado comigo, acima de tudo somos muito amigos. Percebi que a atração física, aquele “tesão” do início, aquela paixão foi se tornando calmaria, foi se tornando amor. Em vários momentos me questionei se era isso que queria pra minha vida, se ele era o cara pra casar…. No final do ano passado estava tudo caminhando bem, parecia que tínhamos começado uma nova fase, animados,  só que eis que surge o meu ex… Namorava com ele antes de conhecer meu atual namorado, eu era doente, louca, apaixonada por ele. Ele sempre se achou superior a mim e a todos. Se achava O profissional bem sucedido, o cara. E eu sempre me senti menosprezada ao lado dele. Eu sabia na época que ele saia com outras meninas, não me levava tão a sério, mas não me importava, eu era cega por ele. Mas com o tempo sentia que aquele relacionamento me fazia mal, me entristecia, eu me sentia sozinha, um vazio por dentro. Daí conheci meu atual, um cara sempre presente, carinhoso e comecei a namorar com ele. Enfim, meu ex apareceu e mexeu comigo, bagunçou tudo aqui dentro, não sei mais de nada, só penso nele o tempo todo. Ele jura que mudou, que amadureceu, que o tempo passou, ele casou e separou, muita coisa aconteceu. Ele diz que agora não tem mais tempo a perder, quer construir uma vida comigo. Ele diz que era imaturo, moleque, tinha medo de ter um relacionamento sério pois quase todos da família eram separados e ele nunca acreditava em amor para sempre. O que me deixa em dúvida é que ele continua saindo muito, vai pra balada, viaja muito, tem muitos amigos e eu sou mais caseira, mais na minha, acho que nisso somos muito diferentes e não sei se ele ia querer abrir mão de tudo isso por mim. Nos falamos todo santo dia desde então, mas ainda não tive coragem de encontrá-lo mas já comecei a tomar coragem para terminar com o meu atual e arriscar tudo com o ex e começar uma vida nova mas tenho medo de trocar o certo pelo duvidoso. Mas só de ouvir a voz dele, de receber suas mensagens meu coração dispara, me tornei muito mais alegre só de conversar com ele, meus dias ficaram mais leves. Mas ando muito angustiada com essa situação, não consigo mais dormir direito, passo o dia todo imaginando eu e o ex juntos, vivenciando várias situações, até em casamento que era algo que eu tinha deixado de lado eu penso. Connie, me ajuda, o que faço? tô com o coração apertado!! Me ajuda!!¨ Convenhamos… você nunca esqueceu esse cara. E outra coisa, duvido, aqui no fundo do meu coraçãozinho, que ele mudou. Eu, vendo de fora e tentando entender e me familiarizar um pouco com o seu caso, só acho que você está se deixando envolver novamente pelo galã bonzão em tudo e que resolveu ressurgir das cinzas. Na boa? Fique o com o seu noivo (ou namorado, não entendi bem essa parte) e valorize quem te valoriza. Quem anda pra trás é caranguejo. A vida é pra frente mulher! Não dou 3 meses para ele aprontar com você… sei lá… feeling…   Caso 02 – Cecília ¨Olá Cony!! Adoro seu blog, você, seus conselhos de moda, vida e relacionamentos, você é top, é o blog que mais acompanho de todos os que eu conheço!! Bom, vou fazer um breve resuminho da vida pra poder falar sobre meu problema. Me formei, fiz especialização e fui morar numa cidade pequena do interior, lá cresci muito profissionalmente, apesar da concorrência, sempre tive bons clientes e apesar de não ter uma renda fixa (profissional liberal), era uma boa renda. Pra complementar e ter um fixo, ainda dava aula numa faculdade duas a três vezes por semana, então me sustentava sozinha, comprei carro zero e vivia razoavelmente bem. Desde a faculdade namorava quem seria meu marido hoje, passamos por muitos perrengues, dignos de vários episódios do Chora, mas conseguimos ficar juntos. Quando eu já estava a 5 anos trabalhando, ele passou num concurso e posteriormente surgiu uma excelente promoção na capital de outro estado. Era irrecusável e até ele aceitar a vaga, conversamos muito e decidimos que eu iria pra lá também. Depois de 7 meses que ele estava lá, fechei meu escritório e fui embora morar com ele, mesmo sem emprego nenhum em vista, mas não dava mais pra ficarmos longe, pois já havíamos passado muito tempo namorando à distância  (causa de muitas brigas, inclusive). Casamos e até agora, já se passaram 2 anos, não arrumei nada de trabalho, somente agora, umas aulinhas, duas vezes por semana, num curso profissionalizante (sem carteira assinada e que paga bem pouquinho), paralelo a isso, estudo pra concurso, faço inglês e uma disciplina de pós-graduação com a intenção de ingressar num mestrado (que está bem difícil de entrar, a propósito). Além disso, ainda cuido da casa, faço comida, lavo e passo. Coisa que eu até fazia antes, durante a faculdade e quando ainda estava começando na carreira, mas depois tinha uma renda legal, não tinha tempo livre e morava no interior, daí era mais fácil pagar uma pessoa pra fazer isso por mim. Sou (ou era) inteligente, passei em universidade pública, num vestibular bem concorrido, tenho um bom currículo, mas não sei se por falta de indicação ou falta de vaga mesmo, não encontro nada na minha área. E pra ajudar, não sei o que acontece que não rendo nada nos estudos pra concurso, estou super desmotivada. Meu marido me incentiva, paga tudo pra mim, sem cobrar nada e por isso me sinto na obrigação de pelo menos fazer os serviços domésticos, pois o que ganho só paga coisinhas minhas, roupas, sapatos, besteirinhas a também morar na cidade grande é bem mais caro e o que ele ganha não sobra pra muita coisa… Só que já estou de saco cheio dessa vida de dona de casa, de não ter o meu dinheiro, estou de saco cheio de estudar e não conseguir nem me classificar em concurso nenhum, as aulas que dou não me satisfazem (nem profissionalmente, tampouco financeiramente), sinto falta da minha vida de antes, das minhas amigas (não fiz nenhuma amizade que não seja superficial), dos meus pais que moravam perto. Estou tão frustrada que não tenho ânimo pra mais nada, não tenho vontade de praticar um esporte, ir na academia, nem sair, nem conversar, nem transar também. Acho que a gota d’água foi hoje: meu marido, pra me incentivar, quis fazer um concurso, ele é muito inteligente e sem estudar nada, foi quase melhor que eu na prova, que fiquei até o último minuto resolvendo questões e que estudo há mais de um ano. Quando vi o resultado, percebi que tudo o que eu estudei não valeu pra nada. Me sinto tão burra, tão incompetente. Já tenho 32 anos, queria me programar pra ter um filho, mas me vejo tão infeliz, que tenho medo de não me sentir feliz sendo mãe, de ser mais uma coisa pra eu ficar de saco cheio. Não imaginava chegar nessa etapa da vida sem ter um rumo na minha profissão, e não pensava também que não ser realizada profissionalmente interferiria tanto na minha vida, mas me sinto um “nada”, as vezes penso que posso estar com depressão, sei lá… Cony, não sei no que vocês poderiam me ajudar, parece que tudo o que poderia fazer, já tentei. Mas imagino que por vocês estarem de fora, possam ter uma visão melhor e quem sabe, possam dar alguma luz pra mim. De qualquer forma, valeu pelo desabafo. Beijos.¨ Ai menina, que complicado isso. Não dá para achar culpados, e imagino o quanto você deve estar triste com o rumo que sua vida tomou. Mas ó, jamais se ache burra ou se menospreze. Não é a toa que você tinha uma boa carreira, se destacava, ganhava bem. Tenha calma, paciência, serenidade, que tudo VAI dar certo. Seja mais otimista, e AGRADEÇA que você tem um marido que te apoia e protege!!! Sei que as coisas não estão boas hoje, mas amanhã tudo pode mudar. Não se isole do mundo, é numa dessas esquinas que a gente conhece pessoas e oportunidades aparecem. Fique tranquila, faça o seu melhor sempre que você colherá os frutos sim! Caso 03 – Clarice ¨Heeeey cony, primeiramente quero dizer que eu amo seu blog, e de uns anos pra cá, vem sendo um dos meus refúgio, amo, amo, amo sz. Então, minha história e o seguinte, eu tenho 21 anos de idade, na minha infância/adolescência toda, eu sempre fui muito confiante de mim, me achava liinda (mesmo não sendo rs), comecei a trabalhar cedo (aos 14 já tinha minha carteira assinada) e talvez por isso, era tão independente. Era muito intensa, fazia amizades rapidamente, fazia qualquer coisa, na frente de qualquer um, e não me importava, quando colocava uma coisa na cabeça, ninguém tirava, por exemplo, na minha infância, eu gostava muito de fotografias, venho de família pobre, pais separados, minha mãe não tinha condições de me compra uma máquina, ou então me pagar um  curso na área, mais eu sozinha corri atrás disso, com meus 12 anos de idade trabalhava para um Studio de fotografias, cobria eventos, casamentos, e era renumerada por isso. Mais essa minha personalidade, faziam que muitas pessoas me odiassem, falavam muito mal de mim, inclusive minha família, eu morava em uma cidade pequena do interior, então imaginem. Eu era a ovelha negra da família, não participava de festa de natal, ano novo, niver de ninguém, mais como eu disse no início, eu era muito confiante, e isso não me incomodava, preferia a companhia de amigos, que a de família. Tinha um PÉSSIMO relacionamento com minha mãe, não tínhamos intimidade, não pesem q isso era coisa de adolescente rebelde, talvez tenha sido um pouco, me orgulho muito dela, acho ela uma guerreira, não a odeio, mais ela não sabia lidar com filhos. Sempre quis dar orgulho a ela, eu era uma criança doce e carinhosa (hoje sou alguém que não se sente bem em abraça um próximo), eu cresci com muita magoa dela, e sempre dizia a ela, que quando eu completasse 18 anos de idade, ia embora. Foi dito e feito, eu completei 18 anos na sexta, no sábado, eu fui embora, fui embora para capital, uns 400km da onde eu morava, fui sem conhecer ninguém, no escuro, há um tempo planejava isso, e consegui juntar uma grana. Sim, eu era muito corajosa. Com três meses morando nessa cidade, conheci um homem, no início não me atraia, ficamos próximos, viramos amigos, com o tempo, acho q por conta da carência, me apeguei a ele, e um mês depois, estávamos morando juntos, ele me ajudou muito, uma tia dele me arrumou um trabalho, com ele me sentia em casa, meu porto seguro. Não demorou muito, pra esses sentimentos acabarem, talvez pelo obvio, não temos nada em comum, gostamos de coisas diferentes, eu queria sair, viajar, conhecer pessoas, e ele, super caseiro, não sair, não gosta de mudanças, enfim, algo totalmente diferente de mim, mais àquela altura eu não queria magoa-lo, apesar de sermos diferentes, eu o admiro, e tenho muito carinho por ele, por tudo que fez por mim. Fui me adaptando a forma dele viver. Daquela pessoa determinada, que não se importava com a opinião alheia, cheia de amigos/ companheiros, a uma pessoa que não tem sequer uma amiga, sozinha, solitária, que não sair aos fins de semana, que não consegue tomar decisões sozinha, até minhas redes sociais eu desativei. Não me sinto feliz na minha vida atual, meu relacionamento com meu noivo não e dos melhores, não brigamos, mais eu não o amo, gosto dele como amigo, não sinto desejo por ele, nosso relacionamento e frio, as vezes penso, será q ele não percebe ? De tudo o que mais me intriga e me deixa triste, e de como eu mudei tanto. Hoje, eu simplesmente não consigo sair dessa situação. Tenho vontade de me separa, mais fico em um beco sem saída, afinal, não tenho família aqui, não tenho amigos, e não tenho condições de alugar um AP pra mim, e também não dá pra volta pra minha cidade natal, faço faculdade aqui, e ainda não tenho um bom relacionamento com minha mãe. E essa minha história cony, desculpa ser tão grande, beijos, e obrigada por existir, você e uma grande amiga minha. Beijos e fica com Deus.¨ Ou 8 ou 80 hein Clarice? E cá entre nós… algo me diz que você deu muuuuuuuuito trabalho para sua mãe. Bom, maturidade é uma coisa que a gente só adquire com o tempo mesmo e mesmo você tendo sido bem precoce, acredito que deu a largada louca na vida e saiu derrubando tudo o que aparecia na frente até conseguir seus objetivos. Agora me diz uma coisa, se com 18 anos voce conseguiu se virar sozinha na capital, porque agora não conseguiria? Que tal morar em uma república? Trabalhar para pagar os gastos? Serão tempos difíceis? Sim, serão, mas são justamente esses momentos que fazem a gente crescer e criar um rumo certo na vida. Não vá com tanta sede ao pote, não tente ser a melhor de todas, a mais top, a mais resolvida, a mais independente. Vá com calma e humildade, se respeite acima de tudo, procure sua felicidade, e busque-a pouco a pouco. Se você teve iniciativa uma vez, pode ter certeza que consegue de novo. Adivinheeeeeeem??? EMAILS LIBERADOS! Mas ó, prestenção… Vamos tentar não mandar casos muito similares com os já publicados aqui. Peneirei bem e tinha MUITA coisa semelhante, então amigues, se seu Chora é parecido com o da amiga que já apareceu aqui, ou se é quase igual, vamos dar chance para quem tem casos diferentes tá? É só enviar com o assunto CHORA QUE EU TE ESCUTO para constanza@futilish.com, um mail bem escritinho, com informações suficientes mas não gigantesco ok? 

  • Dica da Leitora!

    Estavam com saudadinhas? Então hoje vocês vão amar o Fufu… O segundo post do dia é de uma das tags mais pedidas aqui hehehehe. Mas primeiro, vejamos o que vocês andaram comprando? Dica 01 – Denize O sapato Tem Que Ter desta temporada e nos materiais tem que ter também! Zara, R$ 199. IDÊNTICO ao da Arezzo! Dica 02 – Vivi ¨Olá, Cony querida. Seguinte, bota linda, confortável, BEBECÊ, R$ 159,00 na nossa querida RIACHUELO!!! Para as leitoras de Curitiba, vale a pena visitar a loja RIACHUELO do Pátio Batel, lá é super organizado, as peças estão colocadas ‘tipo Zara’. Em outras lojas, acho sempre que está tudo bagunçado.¨ Gostei!! Dica 03 – Melina A Melina achou um colete de pêlo rycoh na C&A! Porque vocês sabem né… tem pêlo rico e pêlo pobre… R$ 159,90! Digno. Dica 04 – Ana Luisa Dica da gringa! ¨Pra quem está de passagem por Portugal, tenho duas dicas frescas das zoropa! Pra encher o armário com as tendença, encontrei a galocha Hunters vermelha (que há dois anos tento achar meu número), por 30€ na TAF do Freeport, o outlet mais badalado daqui. Quase chorei de emoção! Tem de várias cores, alguns tamanhos e inclusive a Carnaby, a mais cara de todas também por trinta! E a bolsinha amarela fofa é da nossa Zarita, por 25€.¨ Como assim galocha Hunter por 30 euros meus gzuis!!!! Me leva pra esse outlet pelamoooooor! Dica 05 – Anna Camila ARRASOU na dica muié! Meinha super necessária para quem está na moda dos tênis mas não consegue usar sem a meia. Na Forever 21, kit com 5 pares por R$ 25,90!!! A Anna contou que tem kit de bege e preta misturado, só bege ou só preta. Quero todas hahahaha. Dica 06 – Christiana Mais uma viciada em camisetas listradas. Por mais que a gente tenha várias, sempre cabe mais uma não é mesmo? Na C&A, a vinho por R$ 29 e a preta e branca por R$ 39,90! Gente, baratiiiinha e é o tipo de roupa que fica chique e elegante com calça jeans. Vejam o post sobre os looks da Isabella Fiorentino. Bom gosto não é questão de dinheiro nem de grifes! Dica 07 – Yuri ¨Olá Cony! Acompanho seu blog desde a primeira postagem, mas nunca tive coragem de aparecer por aqui, sempre aproveito suas dicas e das outras leitoras. Meus amigos dizem que sou rainha dos achados então decidi mostrá-los no dica de leitora e também no Instagram @yu_cosmopolitan. Espero que seja útil, pois toda mulher merece um bom achado! Beijos, Yuri (antes que alguém estranhe não sou homem, nasci menina é meu pai decidiu me sacanear… Rsrsrsrs)¨ Vestido listrado Cotton On do Shopping Morumbi por R$ 30,00, jaqueta Forever 21 por R$ 129,00 e o tênis mais maravilhoso do mundo da Adidas por R$ 219,00 no site da adidas. Vestido Zara por R$ 199. Dica 08 – Marina Achados MARA na Renner! Blusão roqueirinho por R$ 69 e macaquinho LINDOOOOOOOOO (gente, nem parece Renner cof cof cof) por R$ 129. Dica 09 – Eduarda Outro modelo de sapatinho metalizado. Quem ainda não tem, tenha! Zara, R$ 129! Dica 10 – Juliane Garota ESPERTA! Ficou de olho na Netshoes e conseguiu o tão desejado Adidas Supestar branquinho!! Sempre tem reposição, tem que ficar atenta! R$ 250. Dica 11 – Mariana A dica da Mari estava perdida na minha caixa de entrada mas achei tão linda que vai que ainda tem na Renner né? Vestido na Renner por R$ 99! (remarcado pois custava R$ 159) Lindo Lindo lindinho!  Adorei os achados meninas! E o DDL preferido em minha opinião foi a meinha da Forever21 hahahaha, saindo pra comprar DJÁ! E vocês, o que curtiram mais?? Quem quiser participar e mandar seu achado, envie FOTO BOA (fundo bonito, peça bem visível, foto com foco, etc…), nome da loja, preço que pagou para constanza@futilish.com com o assunto DICA DA LEITORA. Arrasem meninas e me mandem coisas lindas!

  • Tem Jeito Decor 08 – Hellen´s estar AND Jantar.

    Hey Fufuzada! Feliz dia das mães pra quem já tem um mini humano para educar! E pra minha mamy´s especialmente, claro =D Intercalar o Mi Casa, su casa tem ajudado eu a desafogar os pedidos que estavam atrasados, o que hoje por exemplo, é de março! Já já estará mais rápida a relação de tempo entre o pedido e a resposta aqui, eu prometo! A Hellen deixou um comentário no post sobre a sala da Kelly: “Helen 01.02.2016 – 08:16 Adoro esses post sobre decoração. Se eu pudesse aplicaria tudo no meu mini apê. A minha sala é bem pequena e também tem móveis escuros. Gostaria de dar uma alegrada no ambiente, mas não sei como fazer isso. Não queria trocar os móveis, porque são praticamente novos. Já comprei almofadas coloridas, uma manta amarela para o sofá, mas ainda não consegui o efeito que queria. Alguma sugestão para me dar? Obrigada Lelo.” Eu pedi que ela mandasse as imagens por email…. Então  mandou um email assim: “Bom dia, desculpem a demora. Estou enviando as fotos da minha sala para o Tem jeito – Decor. As fotos não ficaram maravilhosas porque a sala é mega pequena, não consegui um ângulo bom.  Como comentei anteriormente, minha sala é recém formada, os móveis são novos e aos poucos estou tentando dar um toque de cor no ambiente, mas ultimamente estou sem criatividade. Não sei que tipo de quadro penduro na parede ou quais itens de decoração colocar. Me ajuda por favor?   Obrigada, Helen”   Minha querida Fufu! You´ve got the bones. Vamos palpitá sem medo.   Nessas duas fotos vemos uma base muito boa de móveis. Um painel, que pelos frisos eu sei que não custou nada barato, uma mesa de jantar com base e em madeira e cadeiras “ornando“. Como estes dois espaços estão integrados o que me incomoda é que eles estão feio noite e dia. O estar bem escuro e o jantar bem claro. Tem mais fotos gente:  Aqui temos uma visão da integração dos espaços, uma cozinha impecável, parabéns. Amor demais porquem tem um pinguim de geladeira, temperos magnéticos e florais de Bach. Gostei da participação fantasmagórica através do vidro da cozinha. E uma visão da sala com o sofá – arrumadinho – coisa linda. Uma das suas dúvidas é sobre qual quadro pendurar. Então vamos falar da parede sobre o sofá: Este sofá, pelo meu cálculo de zóiômetro, deve ter uns 220cm e ele imvade ligeiramente o espaço sob a bancada da cozinha, então fica complicado “alinhar” algo muito certinho ali. para isso faremos uso de um recurso muito simples: Assimetria. Assim como você já usa 3 almofadas (lindas) no asento esquerdo e a manta no direito, vamos subir o conceito pra parede. Alinhando com o fim do assento direito, uma peça grande, e ao lado outra ( ou outras ) de tamanho menor. Só vocÊs fufus, pra me fazerem pagar o mico abaixo: Desenhar no paint brush em pleno domingo chuvoso. Vou perder o respeito de todo mundo que passou no psico técnico do Detran depois desse rabisco insolente. Mas era só pra ficar mais “entendível”. Eu usaria telas bem clarinhas, aquarelas com vermelho e amarelo ( mantendo a paleta que você iniciou com as almofadas ) Mas minha primeira opção seria usar espelhos pra refletir a Loooooz da janela. O canceriano romântico que existe encarcerado dentro do meu coração peludo agradece pelas velas. Caso você goste das aquarelas, um trabalho que eu particularmente admiro muito, que é romântico e moderno ao mesmo tempo, pode usar as aquarelas sobre o sofá. E como recurso, ainda pode incluir um espelho acima do painel da tevê, na mesma largura do móvel revestindo até o teto, pra refletir iluminação natural. Agora temos um problema. Essa parede caramelo-cor-de-burro-quando-foge que ainda tem uma textura em frente combinandinho, está difícil. Eu iria para algo mais claro, bege quase branco atrás do sofá, e na parede com textura, algo no mesmo tom porém mais escuro. Por exemplo, Brilho de estrela + Andiroba . As referências são de uma marca, mas você pode fazer equivalência com qualquer uma outra de sua preferência. Aquela tela no janar precisa de uma moldura mais moderninha, pra conversar com o sofá e com a cozinha clean que você tem. Voldura é caro, eu sei, mas faz toda a diferença. Inclua também um passepartout, que é aquele papel que fica em volta do quadro. Ele confere luxo e importância para o que exibimos.   Gostaria de sugerir que você tivesse como centro de mesa e decoração na estante itens em cerâmica, fazendo com que ambos estejam ligados. A cerâmica pode incluir uma cor e tomar forma como bandeja, objetos, esculturas, vasos… é muita opção. Metais como prata e latão ou até bronze também proporcionam essa exuberância e riqueza mas, são peças com valor maior para se adquirir. Para estante, um abajour , vai? Diz que sim! Nada imenso, só para dar um volume

  • Fala Que Eu Te Escuto – Como Se Vestir Aos 30 Anos??

    Dúvida super pertinente da Ana, bem comum e facinha de responder! ¨Oi Cony. Tudo bem?  Primeiro queria dizer que adoro seu blog e seu jeito de interagir com o público. Vc é uma das poucas blogueiras que não deixaram o sucesso subir à cabeça e isso é admirável.  Bem, to com um problemão: acabei de fazer 30 anos e não sei direito como me vestir. Cheguei à conclusão que sempre me visto que nem um moleque com camiseta, calça jeans e uma sapatilha qualquer. Queria um estilo mais mulherão,mas um mulherão chique e não peruona louca,entendeu? Um estilo chique e ao mesmo tempo sóbrio. Me ajuda? Pode ser com o link de um post antigo ou outra coisa. Mas por favor,me socorre! Um beijo, Ana¨ Ei Ana! Pode deixar que seu pedido é uma ordem. Mostrarei alguns looks para o dia a dia e alguns mais arrumadinhos tá? Vou usar como exemplo a musa mais musa do Brasil, Isabella Fiorentino. Primeiro pensei em pegar algumas inspirações do Pinterest, mas desta vez resolvi ilustrar com uma modelo brasileira, com looks para o nosso clima, e acho que a Isabella, que tem 38 anos, se veste de uma maneira muito madura, chique, elegante porém ao mesmo tempo, jovial! Acho que é isso que você quer né? Se vestir bem, ficar mulherão fina, porém ser perder a jovialidade. Eu AMO copiar os looks dela, são de um bom gosto incrível e dá para copiar vários. Vem comigo pra eu te mostrar do que estou falando:   Para o dia a dia, bater perna, domingo a tarde, lazy day… Pode usar short porém com um comprimento decente! E lembre-se sempre, mostrou perna, esconda decote. Regra número um da mulher chique. Nessa idade também conseguimos segurar roupas mais estilosas, com miar informação de moda. Quando estamos nos 20, a gente quer a modinha, quando estamos mais velhas, queremos estilo.  Mesmo passando os 30, os 40, os 50, os 60 e muito mais, dá para usar tênis SIM! Um tênis básico, sem chamar muito a atenção vai bem com looks despojados e mais chiques também! Até Costanza Pascolato usa direto. E obviamente, amei muito essas duas produções acima. Super minha cara! É o momento de tentar outros tecidos além do jeans. Não digo para abandoná-los (jamais! Jeans é eterno) mas pode se aventurar em calças de alfaiataria ou de tecidos mais nobres mesmo para o dia a dia. Repare que a maioria das bolsas da Isabella são de alça comprida. Uma dica interessante e que deixa o look mais polido e arrumado: usar uma ¨terceira¨ peça. Contando calça e blusa ou saia e blusa (mesmo sendo vestido ou macacão, imaginemos duas partes), fica legal colocar um blazer, jaqueta ou colete. Dá um acabamento especial sabe? Quer ficar mulherão chique? Saia midi, com certeza! O sapato será conforme sua altura e biótipo, ou um sapato baixo ou com salto. Gente, esse look é matador, de virar para olhar de novo e falar: nossa, que estilosa.  Estampas básicas da cabeça aos pés. Escolha elegantemente: grafismos e listras são sempre certeiros. Não tenha medo de conjuntinhos. Tente, fica linda! Reparem nas bolsas! Coisa de mulher chique né? Vamos aprendendo! Para um look mais arrumadinho, vestidos básicos porém com um toque diferente, seja no tecido ou no corte. Lembram da regra da mulher chique? Mostrou perna, decote escondido. Para glamourizar, use um sapato estiloso. Sapato vai, sapato vem, mas o mais chique e que deixa qualquer mulher poderosa continua sendo o scarpin. Entre nos 30 anos com pelo menos um par preto e um nude. Se já tiver esses, compre um vermelho e um de oncinha. Para a festa, as indicações continuam as mesma, sendo permitido um pouco mais de decote, mas sempre em modelagens mais elegantes. Eu AMO vestidos curtos de manga comprida, acho chique chique chique. E as estampas? Listras e grafismos. Pegou o espírito da coisa? Ana, viu como é um mulherão chique? Você pode usar jeans, sapatilha e camiseta, mas o jeans com uma blusa diferente, a camiseta com uma saia midi, a sapatilha num look monocromático ou em uma estampa só… E repare sempre nos acessórios: bolsa, óculos, brincos, isso também deve ser escolhido com carinho para passar uma imagem mais polida e classuda. E ninguém melhor do que Isabella Fiorentino para ilustrar isso pra gente! (Todas as fotos são do Instagram da Isabella, poderia postar muito mais, só tem look lindo!)

  • SPFW – Look MARLINDO do Mundo!

    Acho que com este look encerro tudo o que se refere à SPFW

  • SPFW – Instagramão

    É tanta coisa que acontece durante uma semana de moda que se eu fizesse post de assunto por assunto, ficaria mais de mês postando todos os dias! A gente conhece marcas novas, produtos novos, restaurantes novos, reencontra amizades… enfim, é intenso e muito gostoso! Nessa SPFW fui meio perrengue… Já saí de BH com uma dorzinha de garganta que me acompanhou a semana inteira e SP, ah São Paulo, fazia calor muito calor e frio muito frio. Vai entender! Vou tentar resumir aqui o que rolou durante essa semana: Dois pulos de alegria: um porque conheci a nova base da Natura, a Matific, que é a sensação do lançamento da nova linha da UNA. Tem acabamento matte, ideal para pele oleosa. A cobertura é média, mas dá para construir camadas. Além disso tudo, ela TRATA a oleosidade da pele!!!! Pode uma coisa dessa? Achei isso o máximo, e outra, são 18 tonalidades, ter cor para todo mundo. O segundo pulo de alegria é porque exatamente hoje, recebi uma caixinha com produtos da Natura e ganhei essa base. Muito amor! E obrigada Natura! Ainda falando de beleza, outra coisa que conheci nesta SPFW foi o SPA da Caudalie que fica no hote Unique. É relativamente novo, e é aberto para hóspedes e não hóspedes também! O produto que mostrei na foto acima é um esfoliante 100% natural, feito com açúcar mascavo, semente de uva e uma combinação de 3 óleos essenciais. Gostei muito pois, diferentemente da maioria dos esfoliantes, as “areinhas” dele são naturais e não de plástico. Sim amigas, tem muito esfoliante por aí de plástico e que vai tudo pro ralo, intoxicando ainda mais o planeta. E outra, Caudalie é Caudalie né? Produtos de primeira qualidade e no Unique… riqueza pura.  Falando em Unique… Consegui tomar um drink no Skie (o rooftop badaladinho do Unique) com minha roomate da vez, Thereza! Sempre bom dividir quarto com ela, não tem tempo ruim e nossas leitoras adoram ver a gente juntinhas ❤️❤️❤️ A Thê é a cia ideal para bons drinks e bons japas trufados! Na foto acima, fomos nós duas e a Carolzinha (que estamos tentando fazê-la amar japa) no ZSan, restaurante TOP de SP! E falando em Carol… UM DIA, só UM, deu a louca de ir conhecer a academia do Unique, até mostrei no Snapchat. Gente, que academia é aquelaaaaa! Tem piscina aquecida e até toboágua! Esteira com televisão, youtube, joguinho, dava até pra fazer uma caminhada feliz rs. Nós duas estreando os looks da Olympikus Fitness, amei minha roupa… E principalmente o tênis, a cor é linda e ele é levinho levinho! Falei em Thereza, falei em Carol Tognon e ainda tem muita gente para aparecer por aqui. Fomos convidadas para um jantar no Alluci Alluci, e gente… mulherada solteira de SP, anote essa dica. Restaurante ótimo, semi baladinha e muito bem frequentado. Espero que leiam as entrelinhas hehehe. Na foto da esquerda para a direita: Jana, Rebeka, eu, Carol, Bruna e Mari Saad. Se tem SPFW tem Magnum, já virou tradição. Além deles estarem sempre presente no QG Fhits, também movimentam a Bienal com um stand mega concorrido. A estrela da vez era o Magnum Capuccino, obviamente, delicioso!!! E está acabando… E preciso falar como gosto dessa turma da foto acima… A duplinha do Betty’s, Cris Tamer e Sophia é de uma simpatia, educação, classe, sensatez que não tem como não ficar fã delas! A Cris ainda tem um plus de saber todas as músicas do mundo. É só cantarolar que ela sabe o nome do cantor, da música e a letra toda hahaha. A Clau Bartelle é uma fofa, querida atéeeee e LINDA (mas mais por dentro do que por fora, se é que dá para acreditar em beleza maior do que essa que a gente vê na foto) e a Lalá… minha eterna professora de poses para look do dia, graças a ela que consegui fazer algumas fotos mais decentes hahahaha mas o que mais admiro nela é o quanto essa mulher trabalha e é profissional. Mas eu também sou bem querida tá? hahaha Teve um dia do QG Fhits, acho que foi o primeiro, no dia do Bruno Gagliasso, que convidei minha amiga Jeannine (que coincidentemente também estava em SP montando sua nova coleção de semi jóias, que aliás, está um ARRASO) para passar o dia comigo, ir ao QG, ver a mesa redonda e depois ir para a Bienal, no SPFW. Fizemos tour pelos lounges, vimos pessoas importantes e nos divertimos bem. Queria mostrar para ela como era a vida de blogueira durante uma semana de moda. E no último dia de SPFW, olha o que recebi no quarto!!! Até achei que era engano, mas não era pra mim mesmo, um buquê GIGANTESCO e maravilhoso de agradecimento, pelo nosso dia de blogueira!!! Fiquei sem palavras e emocionada pelo seu gesto de carinho viu amiga? Enfim, suspiros a parte, acabou mais uma SPFW. Não sei porque mas achei esta diferente. Mais leve, mais fácil, a energia estava boa, tudo funcionou. Ou eu que me acostumei a loucura…

  • Bota de Verniz – Onde Comprar??

    Ontem mostrei AQUI sobre a super tendência deste inverno, a bota de verniz, e hoje vou contar onde comprar!   Vamos lá que temos VÁRIAS opções: Temos na Arezzo, Schutz, Santa Lolla, Cavage e Vicenza!  E eu não resisti e comprei uma dessas… Alguém adivinha qual???

  • SPFW – O Que é o Wearable???

    Fiquei tão emocionada com essa palestra da Belas Artes no QG Fhits que queria pular no meio da sala e palestrar junto rs. Era sobre um assunto que estudei em Milão, inclusive fiz um trabalho sobre o tema e vocês sabem… tudo o que remete a minha fase ¨italiana¨ me emociona. Vamos conversar sobre futuro, tecnologia e roupas??? * Claire Danes entra na sala… * Sim, tivemos um exemplo claro sobre Wearable no último Baile do Met, que tinha como tema ¨A moda nos tempos da tecnologia¨e quem lacrou à vácuo foi Claire com este vestido de Cinderela Moderna de Zac Posen: Mas o que é wearable? São dispositivos ¨vestíveis¨, ou seja, tecnologia aplicada a roupas, sapatos, acessórios e até móveis para as mais diversas finalidades. Um exemplo claro e fácil de visualizar são as pulseiras inteligentes, ou os relógios, que acessam email, tem whatsapp, contam seus passos, falam seu humor. Tipo isso. A roupa dos Jetson. Cada vez mais o segmento de vestuário tem entrado no campo do Wearable. Vamos começar a falar dos desfiles, e acho que já comentei aqui. Ninguém mais quer ver um desfile e ter que esperar 6 meses para poder comprar a coleção. A gente quer agora, se possível, no momento que a roupa é desfilada. Já tem estilistas se jogando nesse movimento e em breve, teremos algo assim: Imaginem ver um desfile pelo computador, ao vivo, e ter a opção de comprar na hora? Sim, é possível.  Tecnologia aplicada à performance. Essa sapatilha de balé desenha os passos no ar, com um feixe de luz. O tênis de luzinha (que até já falei aqui), tem um propósito: segurança para quem corre à noite. Que tal usar um casaco que diz sua velocidade enquanto corre, que passa isso para um aplicativo, que está ligado a um grupo de corridas? Muito futurista? Tecnologia aplicada à saúde: Essa roupa muda de cor conforme o seu humor. Eu, que sou de lua, pareceria um pisca pisca hahahaha. Tem outros exemplos, como por exemplo, roupas que melhoram sua postura! Wearable na moda: vestidos com telas de celular (que reproduz vídeos), com luzes, tecidos feitos para se desintegrarem, mudar de cor… Imaginem uma roupa que nunca sairá de moda, pois poderá passar por upgrades? O wearable faz isso. Isso é muito legal! Tinha uma impressora 3D fazendo um sapato ao vivo no momento da palestra! O valor da impressora é cerca de 18 mil reais e você compra o sapato (o arquivo do sapato, por exemplo) na Amazon e a impressora reproduz. Obviamente que tem que comprar o material, dar um acabamento manual (lixar, por palmilha) mas é algo impressionante. Imagina comprar ¨arquivos¨ de roupa e fazer exatamente no seu tamanho, na cor que você quiser, em casa e quantas vezes quiser??????? Não tenho psicológico para isso. Wearable biodigital: exemplo, roupa feita de pele de tubarão para melhorar o desempenho de nadadores. Aham. E para terminar, realidade virtual! Imagina ir para NY sem precisar sair do lugar? Assistir um desfile ao vivo, em fila A, do sofá de casa? Interessante mas ao mesmo tempo assustador. Poderíamos ir pelo lado da polêmica e questionar: ¨Então a pessoa vai perder o sentido do tocar? O sentir na pele? O viver de verdade algum momento?¨ Cabe muita reflexão ainda, mas o caminho é esse e não temos muito como desviar. Se ontem o celular surgiu pra gente fazer ligações de emergência (foi há tão pouco tempo!) e hoje a última coisa que usamos nele é justamente a função telefone, o que mais está por vir?  Além das roupas e acessórios, temos móveis inteligentes, eletrodomésticos programáveis por celular (tipo um aspirador de pó que você comanda a distância e que pode limpar sua casa antes de você chegar, ou a geladeira que controla sua despensa e te avisa o momento de comprar alimentos. Quem sabe até tenha um contato direto com o supermercado e com um toque, você tem tudo o que precisa para seu jantar?) E até hoje eu não entendo como funciona o fax… imagina isso tudo? Prefiro nem pensar muito…  

  • Tendência – Bota de Verniz!

    Tô de olho nessa bota faz tempooooooo! E bem daquele jeito: a primeira vez que vi, na Zara, peguei, olhei, achei esquisito e larguei pra lá. Depois comecei a ver essa botinha de verniz em tudo o que é canto e no SPFW então… um monte de gente usando! E o que eu achava estranho, comecei a achar estiloso. Porém ainda não me convenci de vez. Só sei que se eu tiver uma, será de bico arredondado ou quadrado, salto grosso (verniz, bico fino e salto fino não fica legal…) e não sei se justa no tornozelo ou mais folgadinha. Tô pensando ainda, na verdade nem sei se quero uma, queria tentar, mas fico pensando com o que usar… e convenhamos, não é nada atemporal. Vem dar uma olhada: É… dá para usar com calça… Até mesmo com calça de couro ficou legal. Eu não gosto muito de misturar materiais chamativos (couro é, verniz também é. Como seria veludo, lurex, brocado…) mas achei interessante o look da Camila. Dá para usar com jeans. Acho que eu gostaria de ver com uma calça mais justa…  Dá para usar com saia e pantacourt. Gostei do look com a saia branca! Dá para usar com shortinho. Mas continuo preferindo saltos grossos e bicos redondos. Com saia curta também dá… E até mesmo um look mais arrumadinho!  Queremos ou não queremos??? Agora vou procurar onde comprar… aguardem próximo post!

  • SPFW – O Desfile Mais Lindo

    Olha, acho que só fiquei tão maravilhada num desfile como esse quando vi Reem Acra em NY no começo do ano. Fui assistir Samuel Cirnansck a convite da TexPrima (que já já vou contar do que se trata) e fiquei com a boca aberta a maior parte do tempo, literalmente babando por cada modelito desfilado! Riqueza definiu a passarela de Samuel Cirnansck, uma riqueza lúdica, um conto de fadas, parecia um sonho ver aquelas obras de arte sendo desfiladas. Só que não pensem que o princesismo era total… tinha algo de fetiche nos vestidos. Algumas modelos com mordaças e outras com as mãos amarradas atrás. O forte de Samuel são os vestidos de noiva e o gran finale de seu desfile foi uma noiva pomposa, coroada como uma fada. Não conseguia tirar os olhos da passarela, fiquei hipnotizada do início ao fim! E como contei no início, fui a convite da TexPrima, empresa de tecidos referência nacional, foi ela que lançou mundialmente tecidos como oxford, microchiffon, malha prene, gorgurão de malha, sintéticos com toque de seda e vários outros! Hoje em dia, é a melhor opção em tecidos e malhas, pois investe bastante em pesquisa de tendências, está sempre a frente do que será usado e também é referência em estampas. E o que a TexPrima tem a ver com o desfile de Samuel Cirnansck? Em vários dos modelos desfilados foram utilizados tecidos TexPrima! E sabe onde mais tinha TexPrima? No look que eu usei para assistir ao desfile! Tanto meu vestido quanto o casaquinho, são feitos com tecidos TexPrima. Amei tanto esse look… Achei moderno, estiloso, porém ainda dentro da minha personalidade! Gostei TANTO de saber sobre a TexPrima que pedi na cara de pau pra conhecer o showroon e ter uma aulinha sobre tecidos. Pra gente que curte moda, que trabalha ou que quer trabalhar com isso, saber sobre tecidos é muito importante… eu mesma passo vários apertos quando vocês me perguntam sobre o assunto. Por isso já achei onde vou procurar informação! Pessoal da TexPrima, não se esqueçam de mim viu? Minha visita tá SUPER de pé!  

  • SPFW – Camisolismo e Tênis!!!

    Sim me joguei em duas tendências e sem medo! Dos tênis eu já virei fã mais do que declarada. Uso muito, tenho vários, e é viciante! Eu, que vivi em cima do salto por muitos e muitos anos, tinha me esquecido completamente de como era o conforto nos pés. Tipo… até paro para pensar: porque sofria em saltos agulha, ter que me equilibrar e andar bonito, sendo que podia usar algo bem mais ¨amigo¨? Agradeço cada dia da minha vida pela moda dos tênis, se depender de mim, vai continuar por muito tempo ainda! Já me libertei de qualquer cisma fashion e uso sneakers com tudo: vestidos, calças, saias, short, qualquer coisa. E hoje vou mostrar um look que montei com uma tendência que eu estava doida para usar: o camisolismo (que já contei AQUI). A Riachuelo mais uma vez foi nossa parceira nesta SPFW e montei esta produção que achei bem minha cara: preto e branco, jaqueta preta e tênis. Mas devo confessar uma coisa… a princípio achei estranho usar um vestido que, sem o cinto, parece 100% camisola (mas não é, é vestido mesmo), porém no final, achei o conjunto bem bacana. Vestido e jaqueta de suede da Riachuelo, tênis da Olympikus (lindo lindo lindinho! Mas só estará a venda a partir do dia 15/05. Fiquem ligadas porque é fofo, todo branquinho, e bem confortável. O modelo é da linha Olympikus YO!), bolsa Chanel para Madrestore (minha loja de aluguel de itens de luxo preferida de BH). Eu gostei. Fiquei menininha rsrs. E quase simulei um long bob… Ai gente… cada vez que tomo coragem, desisto umas 10 vezes KKKKK

  • SPFW – Moda Praia Verão 2017

    Resolvi fazer um MEGA post com as tendências de beachwear para o verão de 2017! Mega porque reuni 7 marcas e selecionei os looks que mais curti, ou que achei interessante. Como vocês já viram, comecei com a moda praia masculina, que estava bem bonita né meninas? hehehe Para quem não viu, tente focar nas sungas AQUI. Vamos por partes: esse beachwear não é exatamente o que irá para a areia. Tem muita coisa conceitual, onde temos que apurar o olhar e tirar a tendência. Desfile é isso, é um show, onde tem peças que encontraremos nas lojas como também coisas que foram feitas apenas para a passarela. Tem marcas mais conceituais que as outras e vamos ver tudo isso aqui, agora: Desfile 01 – Adriana Degreas Inspiração: mix cultural da Indochina Minhas impressões sobre Adriana Degreas: achei fiel à inspiração, uma coleção bonita de se ver, porém difícil de usar. Podemos esperar plissados, tons terrosos e detalhes em amaneirados. Desfile 02 – Água de Coco Inspiração: Floresta amazônica Minhas impressões sobre Água de Coco: AMEI as estampas. Todas, sem exceção e com louvor essa última, de folhagens. Que coisa mais LINDA! Fico com as saídas de praia e os vestidos, usaria todos. Desfile 03 – Amir Slama Inspiração: Carnaval de rua dos anos 30 e 40 / Brigitte Bardot Minhas impressões sobre Amir Slama: não gostei de nada. Achei a inspiração confusa e sem propósito. Não entendi essa calça, perna, meia, sei lá o que é aquilo na primeira montagem! Desfile 04 – Lenny Niemeyer Inspiração: Japão Minhas impressões sobre Lenny: toma meu cartão de crédito, fia. ARRASOU! Tudo lindo, chique, elegante, versátil! Vai pra praia, pra festa, pra rua, pra onde quiser com essas maravilhosidades! Que arraso esse desfile, meu Deus! Desfile 05 – Salinas Inspiração: Miami Minhas impressões sobre Salinas: coloridinho né? Bonitinho mas sem emoção. Desfile 06 – Triya Inspiração: Deserto, céu, força feminina Minhas impressões sobre Triya: muita bunda de fora, muita cava, muita virilha. Esse eu vi ao vivo e parecia roupa que só fica bem em modelo. Ai de mim de usar um cavadão desses. Mas estava bonito, quero só ver o que irá para as lojas. A inspiração do céu ficou linda! Desfile 07 – Vix Inspiração:  mulheres chiques de férias em lugares paradisíacos do sudeste asiático. (Juro que eu li isso) Minhas impressões sobre Vix: achei tímida, talvez por ser a primeira vez numa SPFW. A inspiração (se é que é aquela mesma que citei) foi uma coisa tipo: não tenho inspiração. Enfim, eu amo os biquinis da Vix, na minha opinião são os que vestem melhor! São caros (uns R$ 500) por isso sempre espero promoção no Privália ou black friday rsrsrs. A tendência mais perceptível é quanto ao tamanho dos biquínis, estão menorzinhos. Tem asa delta, tem tira fininha. Vamos malhar.

  • Eu Testei: Savan Style da Mahogany

    Recebi um produto novo que vai agradar quer curte multifuncionalidades. Explico. A palavra de ordem hoje em dia é economizar. E isso é tanto tempo quanto dinheiro! E eis que a Mahogany aparece com um super lançamento para os Dia das Mães, que recebi há pouco tempo e já ganhou um lugarzinho especial na minha necessaire. O Óleo Multifuncional da linha Savana Style serve para ser usando tanto no cabelo, quanto no rosto ou no corpo! Aham, no rosto também pode e não precisa ficar assustada pois o óleo tem toque seco, uma textura bem fininha que deixa a pele aveludada e sedosa. Na pele do rosto e do corpo ele serve como hidratante e emoliente, e tem um cheirinho bem gostoso. Para usar depois do banho é uma delícia! E para os cabelos, ele ajuda a prevenir as pontas duplas, dar um jeito no frizz e também hidrata e dá brilho. O tamanho dele também é ótimo, um vidro de 50ml e por isso mesmo que falei que ele conquistou um lugar fixo na minha necessaire: como viajo muito, ele já serve como hidratante pro corpo e pro cabelo. Um dica que recebi, é passar o óleo nos cabelos antes de dormir. Fica boooommmm! Ah, e dá para carregar na bolsa também e não passar aperto com pele ou cabelo ressecado. O Óleo Multifuncional da linha Savana Style é feito de extratos de uva, ojon e cramble. Super parecido com aqueles óleos franceses e a Mahogany é a primeira empresa a lançar esse tipo de produto aqui no Brasil. Curti bastante, principalmente para usar após o banho e passar nos cabelos! Olhem as fotos:   Esse friozinho deixa pele bem ressecada né? Para quem curte um óleo – que não deixe rastros de óleo – levemente perfumado e ainda multifuncional, precisa conhecer o da Mahogany!

  • O Melhor e o Pior da Gala do Met 2016!

    Gente, mas foi TODO MUNDO nessa festa???? Tô fazendo as montagens desde manhã e acabei chutando o balde, não consigo por todas. Nossa, looks demais, mulher demais, tô até tonta. Mas tenho meus queridinhos. O tema deste ano foi ¨Fashion in Age of Technology¨ (a moda nos tempos da tecnologia) e a maioria pensou em ir de Robocop. Vejamos: Muito Balmain, muito metalizado, tudo bem futurista! E confesso, eu também iria nessa vibe. Dos metalizados, amei o de Jourdan Dunn, Kim Kardashian, Naomi Campbell e Mackenzie Davis. Há quem veja a moda da tecnologia como um minimalista branco. As três da primeira fila estão lindas, agora… O que foi isso Sarah? O futuro também pode ser dourado… Mas floral???  As diva do pop: Madonna, Lady Gaga e Katy Perry. Katy Perry. Aqui a parte que chutei o balde pois não vi nada com nada. Agora minhas amigas… postei esse monte de fotos para falar de uma em especial que LACROU nesse Met. Foi a mais perfeita dentro do tema, a mais linda, a mais ousada, a mais diferentona e não… não foi uma Kate Hudson da vida, nem uma Kardashian. Foi Claire Danes, que esfregou na cara da sociedade o que é captar o espírito da coisa e incorporar a moda nos tempos da tecnologia. Ela usou um Zac Posen que… Brilhava no escuro! Agora ficou difícil pras inimigas. Não aceito nada menos do que isso para as próximas galas temáticas! O que acharam?

  • Sua Pele Quer Conversar Um Pouco Com Você…

    Já tem um tempinho que recebi uns produtos da Fisiogel com um desafio: escutar a minha pele. Como assim gente, e desde quando pele fala? Pois é, li sobre o produto, analisei o desafio, e me propus a usar as loções por alguns dias para ver o que acontecia. Geralmente cuidamos muito dos cabelos, das unhas, da pele do rosto, dos dentes mas e da pele do corpo todo? A gente dá atenção especial para ela? Quase nunca né… E ela sofre tadinha… Passa frio, calor, tomamos banho com água quente, entramos no mar, na piscina, tem o atrito das roupas, poluição além do stress do dia a dia que também interfere na pele. Fisiogel me apresentou dois produtos, o Fisiogel Ação Calmante e o Fisiogel Terapia de Hidratação Diária. Ambos são para peles secas e sensíveis, sendo o Ação Calmante indicado para peles secas, sensíveis ou reativas e irritadas e o Terapia de Hidratação Diária é para uso contínuo e no dia a dia. Os dois são 100% sem fragrância (nada nada nada de cheiro, pode usar a vontade sem medo de brigar com o seu perfume) e são os mais recomendados pelos dermatologistas! (Fonte: Close up: Share de prescrição Janeiro/16). E eu usei o Fisiogel Terapia de Hidratação Diária. Ele é bem leve, a textura é fresquinha e absorvida bem rápido pela pela. Senti a hidratação na HORA! Como gosto de tomar banho com água muito quente, minha pele do corpo sofre e as pernas costumam ficar bem ressecadas. E a ação do creme é prolongada, costumo usar a noite após o banho e no outro dia a pele continua hidratada. Como falei, não tem cheiro nenhum, o que eu gostei bastante pois sempre fica aquela guerrinha do meu perfume (que não abro mão) e do creme corporal, mas com o Fisiogel não teve esse problema. A parte boa é que todo mundo pode usar esse creme, até mesmo as pessoas com a pele super sensível. Achei gostoso, fácil de aplicar, a embalagem é fácil de manusear, tampa direitinho (sempre me atento a vazamentos) e como falei, é rapidamente absorvido, o que nos economiza tempo! Contei um pouco mais no vídeo abaixo, vem ver! E então? Que tal escutar a sua pele???

  • Os Boys Magia do Amir Slama

    Foi assim, fui eu pro desfile do Amir Slama (ex Rosa Chá) junto com a Carolzinha (Carol Tognon), enfrentamos a fila básica no dia que tudo estava atrasando, mas ok, semana de moda é isso mesmo. Eu nem sabia que são os mesmos fotógrafos e que coincidem algumas modelos para os desfiles, então um só começa quando o outro acaba. E até posicionar os fotógrafos, as modelos se arrumarem, coisa e tal, se atrasa um desfile, atrasa o resto. Bom, começou o desfile e vieram as modelos usando umas peças bem questionáveis. Sério, eu não gostei de quase nada e estava achando o desfile bem marromeno até que acabaram as modelos e começou a parte masculina. É, tinha desfile de sunguinhas também. Gente, nunca vi um desfile tão agitado rsrs. Sério, a mulherada estava que não se cabia, um burburinho sem fim, risadinhas, flashes, aquela coisa louca que deu uma animação toda especial ao desfile de Amir Slama. Querem ver o porque de tanto barulho? Acontece que essa coleção masculina foi inspirada em Rodrigo Sangion, muso fitness e proprietário da academia Les Cinq Gym. Amir pediu ao próprio Rodrigo para ajudar na criação, escolhendo tecidos e cores. As sungas são menores, os shorts também, tudo para valorizar ainda mais o corpo dessa geração. Como disse minha amiga: os mahamudra tudo estavam lá rs.  Bom, acho que o atraso no desfile valeu a pena né?

  • SPFW – Look LINDO e BARATINHOOO!

    Um dos looks que fez mais sucesso no meu Instagram (e espero que vocês já estejam me seguindo por lá né? @futilish), foi um dos mais baratos. Tão barato que até eu me assustei!! Seguinte, senta que lá vem história. Toda Fashion Week temos parceria de algumas marcas, obviamente vocês já perceberam isso. Nesta SPFW, mais uma vez trabalhamos juntamente com a Opte+, um marketplace recheado de lojas bacanas que já mora no meu coração, pois tem de TUDO, é cheio de ofertas, tem programa de pontuação (quanto mais você compra, mais pontos acumula e depois pode trocar por outra coisa), e a curadoria deles é muito top. Marketplace é tipo um shopping mesmo, coisa que a gente ama né? Imagina bater perna ¨virtualmente¨, entrar em várias lojas, visitar tudo, fazer escolhas com calma e sem ter pressa pro shopping não fechar? Pois é, a Opte+ é a opção de quem ama uma comprinha inteligente, ter grande variedade e escolher com calma. Bom, fui convidada para selecionar alguns produtos e montar uma listinha com meus preferidos. Dentre eles, tinha um vestido que quando recebi para usar na SPFW… quase caí de costas de tanta lindeza. Vestiu tão bem, fotografou tão bem e tão confortável que eu nem acreditei quando vi que custa apenas R$ 189! É da Amaro e está a venda na Opte+! Segue o link. A bolsa e o colar também estão a venda na Opte+! Minha lojinha na Opte+ ficou linda gente, vai lá dar uma passeada!

  • Mi casa, su casa – Estilos 4 de 4

    Agora ÇYN, o baile todo. #funkeiro Tão tudo agasalhadas Fufus sulistas? Teve gente aqui pros nossos lados enfrentando temperaturas negativas. E para as Fufus quentinhas, sintam daí o meu desejo de estar com vocês. Pra terem uma ideia, estou tomando em média 1 litro de chá por dia, pra tentar esquentar. Vamos terminar uma pendência de 2015? Bora aprender os últimos estilos? Como eu disse anteriormente nestes posts sobre estilo: “(…) quero falar sobre os estilos de decoração. E eu não conseguiria colocar a cabeça no travesseiro e roncar alucinadamente sem dizer que esse post foi inspirado pelo texto de Flávia Firmino. Eu adorei a forma que ela subdividiu os estilos de decoração, e vamos seguir basicamente a divisão dela, com alguns outros que eu acrescentarei, por motivos de: eu quero. (…)” Para quem chegou agora, já servimos: Parte 01 Parte 02 Parte 03 Então hoje é mais ou menos como dia de sobremesa. E seguindo a ordem do texto da Flávia, falaremos do estilo… ÉTNICO Esse estilo, como o nome diz, trata de exibir peças de uma determinada etnia. E não é uma apenas, ele permite mistura de peças e também de origens. Ainda que as principais influências venham da Tailândia, do Marrocos, da Índia e muito de todo o continente africano, pode-se também ter uma decoração étnica asiática, como detalhes oriundas do Japão ou Korea dentre várias possibilidades. Para embarcar nesse estilo, não basta achar ele bonitinho. É preciso que se conheça a cultura, a história e os costumes dos locais de onde veio a inspiração. Acredite, a própria decoração da casa será tema de conversas e de “viagens” culturais ao interagir com seus convidados. Almofadas, xales, cor nas paredes, objetos para mesa de centro ou estantes, pinturas ou tapeçarias são quase que uma lei pra arrasar nesse estilo. No caso do estilo asiático, portas  e luminárias em papel de arroz, o uso de bambu e futtons formam referências claras a etnia. Se você adora esse estilo mas, quer começar devagar, que tal um cantinho de leitura ou um hall íntimo com peças assim? KITSCH Eu tenho a bênção nessa vida de ter um amigo Kitsch. Esse estilo extravasa a decoração, a cor e o bom humor são semeados pela vida como um pó de pirlimpimpim, que nos faz sentir realizados e relaxados. O riso é solto, a felicidade é celebrada. Nessas casa, vale tudo. Muita cor, muitos objetos – principalmente os engraçados – a atmosfera é teatral. Não existe medo de se misturar coisas contrastantes. Na foto acima, com piso branco e paredes cinza, a coisa está mais calma. Entretanto, calma não é o que você encontra numa atmosfera kitsch. É tudo acelerado e eletrizante. Numa pessoa kitsch – já falei que essa modalidade é um estilo de vida – algo é sempre surpreendente. Pode ser uma meia estampada, um sapato de uma cor inesperada. Pode ser um candelabro usado como porta toalha, uma forma transformada em moldura de quadro, ou um molde de sapateiro que virou peso de papel. As coisas mudam de função pra mostrar que nesta casa mora alguém que é extremamente criativo e inteligente. Coleções de itens pouco comuns são exibidas pelas casas dessas pessoas. Na foto acima castiçais, na casa do Jorge – meu querido amigo – são pesos de papel. Beijo pro Milo e o Cilo. Quando penso neste estilo, brinquedos antigos e cartazes com marcas e propagandas antigas são as principais referências que me vem à mente. Assim como objetos em escala maximizada. BOHO CHIC O Boho também é uma bagunçinha com certa ordem.  Ele mistura étnico, clássico, vintage e country. É tipo aquela prima do interior que fez um mochilão pela Europa e veio com muita informação na cabeça e montou a casa nova. O Boho Chic exibe peças artesanais incríveis, como patchwork, crochê, itens com franjas, assim como detlahes de velas aromáticas e madeira de demolição. Esse estilo também tem cores “oficiais” que são: Preto, marrom, bege, verde-oliva, laranja, amarelo e roxo. Temos um equilíbrio incrível come esse estilo, pois o clássico e o artesanal suavizam os outros itens dos diferentes estilos que o compõe. Eu olho pra isso e já me imagino numa viagem para as montanhas, com o bem do ladinho e muito tempo pra conversar e tomar um bom vinho. Acho um estilo romântico, mesmo vendo tijolos e uma cabeça de bicho morto sobre a cama, como na primeira foto ( garanto que a maioria nem notou ). A Flávia termina o texto sobre estilos aqui. Mas quem me conhece e segue no SnapChat ( tiolelofoz ) sabe que eu gosto muito de um estilo que agora é que está começando a aparecer por terras tupinikins… ESCANDINAVO Lá pro lado de cima – e eu me refiro aqui á muito pra cima, bem depois do trópico de câncer – o sol passa meses sem aparecer. Obviamente o clima por lá é predominantemente frio. Vamos visualizar isso melhor com a ajuda da titia Wiki: Esse estilo só não é perfeito pro tiozão aqui, porque é quase que uma lei ter muita parede branca. E já aprendemos aqui que o Lelo tem PA-VOR de parede branca. A não ser que a gente soterre a coitada com itens decorativos. Mas vejam como a decoração escandinava traz uma paz momentânea: Branco, preto, cinzas em infinitas variações e madeira. Essa é a base do estilo. Em cada ambiente escandinavo porém, você encontrará, um toque de cor: Ou um detalhe de revestimento diferente… Esse estilo é moderno, mas também é um pouco industrial e é por muitos considerado o rei dos neutros. Eu gosto da riqueza de detalhes necessária nele. Como tem uma base muito simples é necessário uma chuva de camadas de decoração pra deixá-lo interessante: Outra intervenção – que não poderia ser mais atual – que o Scandinavian style permite, e que eu -particularmente- incentivo, é a inclusão do cobre e do latão na decoração. Estes são as “cores” ou materiais do momento. O que me dizem? Acharam um estilo pra chamar de seu? Conta pra mim nos comentários. E não esqueçam de seguir a mulher mais linda da blogsfera no instagram e no SnapChat, minha patroa Cony que é o usuário @futilish em ambos aplicativos. Vou me redimir com vocês e responder os comentários agora nos últimos dois posts. Beijo! As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Bom dia flor do dia!! Choradeira atrasada mas teremos um domingo de muitos conselhos. Dei um filtrada em alguns casos, vários parecidos com tudo o que a gente já tem discutido por aqui. Vamos ler com carinho e absorver os conselhos para não ficarmos repetitivas? Caso 01 – Thássia ¨Oi Cony! Antes de chorar não posso deixar de dizer o quanto o seu bom gosto influencia nas minhas escolhas! Se tem um blog que olho toda vez que estou em dúvida sobre moda, é o seu! Me identifico haha Não sou de escrever no blog e nem acho que o meu chora seja dramático, mas to precisando de umas dicas de alguém que não convive comigo. A história é meio longa mas vou resumir.  Minha vida mudou horrores de um ano pra cá. Casei em 2013. Ele nunca foi uma pessoa muito fácil de lidar mas a gente se dava muito bem juntos. Quando casamos veio o grande problema do nosso casamento que era o fato dele não se dar nem um pouco bem com os meus pais e não se esforçar pra ter um mínimo de boa convivência (antes de casarmos ele até fazia um esforço mas depois…). Todo mês brigávamos por causa disso. Isso me incomodava muito, sou filha única, super apegada aos meus pais e sempre sonhei com um marido que se desse bem com eles. Enfim… mesmo com isso fomos levando bem o casamento porque nós dois nos dávamos muito bem quando estávamos sozinhos. Ano passado fui para os EUA, fiquei 4 meses morando por lá como parte do meu trabalho. Ia pedir o visto de dependente pra ele mas ele achou melhor não ir. Fui sozinha. Durante o primeiro mês não foi fácil… me sentia sozinha, não conhecia ninguém, não saía nem nada. Quase sempre que queria conversar e pedia para o meu marido entrar no Skype, ele nunca queria. Ou era tarde, ou tava com preguiça, ou não tava a fim… até que chegou ao cúmulo um dia de falar que não ia falar comigo porque queria jogar video game. Fiquei super chateada. E talvez isso tenha me levado a repensar toda minha vida e meu casamento. No segundo mês fiz alguns amigos nos EUA (entre europeus, brasileiros e americanos), começamos a sair e começou uma amizade muito boa entre a gente. Foi aí que fui percebendo que eu ficava muito mais a vontade com eles do que com meu marido… que eu conseguia ser eu mesma, fazer as coisas que eu queria fazer e não ser julgada o tempo todo. Enfim… ficando longe descobri que as coisas não estavam legais e que não era isso que eu queria pra minha vida. Mesmo lá dos EUA fui falando com meu marido e ele percebeu que as coisas não estavam boas. Sou uma pessoa decidida no quesito amor… quando resolvo que não amo mais, não há o que me faça voltar atrás. E foi isso que aconteceu… quando voltei dos EUA tentei por mais um mês salvar o casamento (por insistência do meu marido… e achei que valia a tentativa já que não era um simples namoro e sim um casamento), mas nada feito… já não via ele como marido e não deu outra… logo depois nos divorciamos. Nesse tempo que fiquei nos EUA fiz algumas amizades, como já falei, mas com uma dessas pessoas em especial era um pouco diferente… não que rolasse alguma coisa mas a gente sempre conversava muito quando saíamos e sempre estávamos juntos. Inclusive ele foi uma das pessoas que me disse pra pensar bem se eu queria o divórcio mesmo, já que era um casamento e não um simples namoro. Ele acompanhou meus pensamentos sobre minha vida enquanto estávamos nos EUA e quando voltei ainda conversávamos bastante sobre tudo. Quando decidi que queria o divórcio mesmo a conversa começou a mudar um pouco. Ele ainda estava nos EUA e eu no Brasil mas nos aproximamos tanto durante esse período que nos apaixonamos apesar da longa distância e de nós dois sabermos que seria bem difícil. Esqueci de falar… ele é europeu. Decidimos começar a namorar mesmo longe e sem ter acontecido nada… até que um pouco antes de ele voltar pra Europa ele veio para o Brasil… Foi tudo lindo, maravilhoso e perfeito… Nessa primeira vez ele já fez questão de conhecer meus pais e pra minha felicidade geral ele amou meus pais e meus pais amaram ele. Logo depois ele voltou pra Europa… e no final do ano foi minha vez de ir pra lá e conhecer a família dele. De novo foi tudo lindo e maravilhoso e eu não poderia pedir alguém mais perfeito pra minha vida do que ele… Somos completamente apaixonados um pelo outro…  nos falamos toda noite por Skype, vemos filme, conversamos o dia inteiro por mensagem… E nós dois temos certeza absoluta que queremos ficar o resto da vida juntos… não existe outra opção pra gente haha Ele de novo está morando nos EUA e eu no Brasil… Não estou empregada no momento e ele quer que eu vá morar nos EUA com ele, porque essa distância está matando a gente haha Mas aí me vem uma dúvida… não quanto ao amor que sinto por ele mas a dúvida profissional mesmo… Tenho 28 anos (ele tem 24)… Ele está empregado na área dele, eu acabei de terminar meu doutorado e sem perspectiva de emprego por aqui. Mas ir morar com ele nos EUA implica, em pelo menos no começo, viver somente com o dinheiro que ele ganha. Além disso… corre o risco de eu acabar não conseguindo emprego na minha área por lá (que me dedico há mais de 10 anos entre graduação, mestrado e doutorado). E isso me incomoda… tanto o fato de viver com o dinheiro dele (mesmo quando eu estava casada não tinha essa de pedir dinheiro pro marido… tinha o meu e me virava muito bem), tanto o fato de acabar não trabalhando com o que eu gosto. Todo mundo que me conhece fala que eu to tão feliz com ele (como nunca estive) e que não deveria ligar pra essas coisas… que uma hora vou achar alguma coisa e tal… Mas mesmo assim me incomoda. Aí eu penso… to sendo exagerada? Deveria seguir o coração e ir de uma vez e ir ajeitando as coisas aos poucos? To precisando de opiniões…¨ Fia, não se pode ter tudo! Sinto que você quer um amor perfeito, uma carreira perfeita, uma vida cor de rosa em todos os sentidos. Olha só, você já foi bem corajosa de terminar seu casamento porque viu que não era isso o que queria. Era algo que JÁ existia e você se desfez. Agora tem um namoro fofo, com um cara bacana e não quer se jogar por algo que você ainda NÃO tem! Pare de criar obstáculos na sua vida e suposições! Pense positivo, vai que encontra algo na sua área? Mas e se não encontrar a principio, qual o problema em começar a trabalhar em algo diferente? As coisas se acertam, se ajustam, mas para isso a gente tem que permitir. Vai pros USA sim, a coisa aqui tá feia, você tem tudo na mão. Aproveite essa oportunidade. Caso 2 – Camila ¨Oi Cony! Antes de qualquer coisa quero dizer que adoro seu blog e que ele é o unico remanescente na minha listinha de visitação diária! Adoro você e teu jeito sincero de ser, agora vamos ao meu chora? Então, sou casada a 12 anos, e tenho uma filha de 9 anos! Mas minha relação acabou abalada a 7 anos atrás quando meu marido teve um caso virtual com minha melhor amiga, ela estava morando em outro Estado, os dois também eram amigos, e eu acabei descobrindo mensagens com declarações de amor e planos de vida a dois! Pelo que descobri e os dois juraram de pés juntos eles nunca chegaram a concretizar a traição física, mas as mensagens tinham juras de amor, ele dizia que gostava dela e em algumas ela o fazia a comparar a mim e claro dizer que ela era melhor! Na época eu vivia exclusivamente para ele e meu filho não trabalhava e o deixei, mas ele foi atrás eu estava desemparada, não tenho família, somente um irmão vivo que mora na Noruega, minha filha tinha 2 anos, e eu acabei voltando pra casa. Acontece que eu nunca mais me senti a mesma, me sinto sempre como uma segunda opção, aquela que ele não teve coragem de deixar sabe? Hoje 7 anos depois estou em vias de me formar na faculdade e começar no mercado de trabalho, faço alguns freelas ainda não sou completamente independente dele, mas estou caminhando pra isso. Vivemos bem, ele me trata bem, temos uma boa vida sem brigas, estável financeiramente e eu nunca mais procurei saber se ele me traia ou não! Acontece que a dois anos eu conheci alguém, uma pessoa que mexeu comigo, ele não tem o mesmo sucesso financeiro que meu marido, mas estamos por assim dizer apaixonados e desde que me senti de novo prioridade na vida de alguém o desejo de me separar vem crescendo. Essa relação ainda não se concretizou -tb é virtual- e eu sei que ela pode não dar certo, mas só o fato de perceber que eu posso ser amada por quem sou, e não me sentir como segunda opção me deixou tão feliz que eu nem consigo explicar o bem que isso fez a minha auto estima. Acontece que falando com algumas amigas próximas, todas me acharam louca de deixar um casamento aparentemente feliz e estável, e me arriscar por isso! Mesmo que pra ficar sozinha e tentar a vida, meu marido ganha muito bem, temos uma vida boa, e ao me separar, mesmo sabendo que ele manteria o padrão de vida da nossa filha, as coisas seriam muito complicadas pra mim. O meu chora é: Será que vale a pena arriscar uma vida mais aventureira e apertada, mas que me dá chance de ser amada e de amar plenamente de novo?! Ou isso é ilusão? E eu devo focar em tentar compreender meu marido e investir mais na relação? Deixando claro que nesses 7 anos pós o ocorrido, eu fui uma esposa exemplar, sempre dando apoio nos projetos dele, cuidando e sendo sempre amorosa e ele não é um marido ruim é um homem compreensivo, bom pai, mas que nunca mais conseguiu me fazer me sentir realmente amada, os e-mails e mensagens em que ele falava como ela era mais bonita, independente e mais admirável que eu, não me saem da cabeça. Dispenso julgamento de quem vai dizer que estou casada por dinheiro, afinal sabemos que milhares de casamentos por ai se mantém apenas por estabilidade financeira e não por amor, quero opiniões realistas, se fossem vocês, o que fariam? Como que um erro desencadeia o outro né? Imagino o quanto o caso do seu marido com sua melhor amiga te abalou e deve martelar na sua cabeça até hoje. Sinceramente, acho que eu teria terminado tudo ali, pra valer! Pense bem, você tem uma filha e estava desamparada naquele momento, por isso voltou. Hoje, você ainda quer sair desse relacionamento e o que está te dando mais força é uma outra pessoa que você conheceu. Ou seja, o que você quer está muito claro: sair desse casamento. O que está pegando é: sair desamparada ou não. Você não tem que pensar em arriscar uma nova vida que te de chance de ser amada e de amar novamente. Está indo um passo a frente, se é que estou conseguindo me explicar. A primeira coisa que você tem que fazer é sair desse casamento de aparências. Sim, é o que é. Desculpa mas não confio no seu marido. Um cara que te traiu com sua melhor amiga (eu não acredito na historia que ficou só no virtual não) que te comparou a ela, e que está super confortável porque sabe que você é totalmente dependente dele, se acha no direito de fazer o que quiser e que você sempre estará lá. Você não está feliz. Me explica: ele te trai de forma cruel e você continua com ele e ainda por cima é uma esposa exemplar etc e tal? Cadê amor próprio? Pare de mendigar conforto e vida boa. Sendo BEM realista, vai viver. Você já está procurando sua independência financeira e sabe que vai conseguir. Você poderia muito bem continuar num casamento apenas pela estabilidade financeira, trair seu marido e viver uma vida toda errada e cheia de falhas. É isso o que você quer? Consegue lidar com isso? Vai saber trair e não ser descoberta? Consegue dormir com um homem e pensar no outro? O que é mais importante pra você: suas contas pagas ou sua vida plena? Pense nisso. Não tenha medo, não jogue sua felicidade na mão de ninguém… Tenho uma amiga, 42 anos, ficou casada muitos anos, casamento ruim, sempre reclamava, 2 filhos pequenos. Se virava como podia para ganhar um dinheirinho. Um belo dia ela resolveu que faria um curso de algo que sempre quis na vida. Fez o curso, começou a trabalhar como freela, tomou coragem e se separou do marido. E hoje está namorando um gato, mega feliz, LINDA (parece que rejuvenesceu horrores) e trabalhando MUITO. Tudo é questão de coragem e de saber que a gente merece o melhor sim! Reencontre seu amor próprio!  Caso 3 – Lala Estou morrendo de vergonha de publicar minha história. Até já fiz terapia para abordar este assunto, mas nunca tive coragem de falar sobre isso com a psicóloga. Tenho muitas amigas, mas também não tenho nem coragem e nem vontade de falar com elas sobre isso. Enfim, vou recorrer a este super espaço aqui no blog para ver se você e as meninas podem me ajudar. Tenho 29 anos, sou casada com meu marido há 3 anos e meio. Antes de casar, namoramos por 6 anos. Ele é super bacana, companheiro, alegre, divertido. Enfim, eu o amo e não quero trocá-lo por ninguém e também não tenho atração por ninguém além dele. Nosso casamento é ótimo, passamos por algumas dificuldades mas agora está tudo perfeito e resolvido, na medida do possível. Tudo perfeito tirando o fato de que minha vontade de sexo é ZERO. Digo zero pra não dizer negativa. Atualmente transamos em torno de uma vez por semana, normalmente sábado ou domingo, o que pra mim é mais que suficiente e muitas vezes o faço só por ele, pois eu poderia ficar sem numa boa. Ele até me cobra que gostaria que transássemos mais vezes, mas não tenho vontade nenhuma. Hoje ele me procura e às vezes o enrolo e deixo para o dia seguinte. E tudo acontece meio no automático e em no máximo meia hora está resolvido. As preliminares normalmente são apressadas, pois eu tenho “preguiça”, digamos assim. E eu nunca consegui atingir o orgasmo somente com a penetração, sempre preciso me masturbar para conseguir chegar lá, mas acredito não ter problema com isso. Masturbando-me eu consigo gozar e normalmente gozo duas vezes. Durante o ato eu gosto, mas tenho um pouco de preguiça de fazer. Não sei bem explicar. Vou contar um pouco sobre meu passado. Comecei a namorar com 15 anos um rapaz que conheci numa festinha. Foi com ele que perdi a virgindade aos 16. Nessa época eu até era mais “animada” nesse quesito, mais despudorada, só que ele não gozava enquanto eu não gozasse. E como nessa época eu era totalmente inexperiente, não sabia que podia me tocar para chegar lá. Enfim, ele sempre demorava muito e quando eu falava que não conseguia ele ficava insistindo. Logo comecei a fingir o orgasmo para terminar mais rápido. Terminamos depois de muitas sacanagens da parte dele (=traições) e logo em seguida conheci quem seria meu segundo namorado, um rapaz da faculdade. Com ele o sexo era vergonhoso, além de ele ser péssimo, minha vontade também quase inexistia. Foi no começo deste namoro que comecei a tomar pílula. Depois de dois anos, conheci meu terceiro namorado, que viraria meu marido. No começo o sexo era ótimo, transávamos várias vezes durante o final de semana, pois durante a semana era difícil nos encontrarmos. Eu era mais animada e mais safada. Fazia coisas que hoje me envergonho até. Mas daí a preguiça foi batendo e hoje estamos na situação que contei no começo. Eu sou muito envergonhada com meu corpo, apesar de ser magra e ter o corpo em dia. Aliás, não só com o corpo, tenho vergonha de falar sobre sexo também. Tenho vergonha que meu marido me veja nua e às vezes vou me trocar no banheiro. Não sei se é só vergonha ou também medo que ele sinta vontade de transar ao me ver de lingerie. Tenho várias lingeries bonitas, calcinhas fio dental, camisolinhas sexy, mas quase nunca uso e algumas nunca usei, por medo ou preguiça de que ao me ver usando ele queira fazer sexo. Atualmente trabalho todos os dias, chego em casa cansada mas não preciso fazer tarefas domésticas pois tenho diarista. Também não tenho filhos. Enfim, somos só nos dois. Às vezes penso ser a pílula, pois a tomo desde os 18 anos. Tenho vontade de parar de tomar, mas sofria muito de cólicas, de chegar a desmaiar ou vomitar ou ficar gemendo no colégio/faculdade até meu pai chegar pra me buscar. E com a pílula melhorou 99%. Hoje quase não tenho cólica e meu fluxo é mínimo, em dois dias termina e quase não suja o absorvente. Também nunca comentei essa falta de libido com meu gineco, talvez precise fazer algum teste hormonal. Realmente gostaria de ser mais fogosa, de ter mais atitude (pois sempre é ele quem toma a atitude), de usar lingerie sexy e deixar que ele veja, mas não sei como proceder. É como se algo me barrasse. O que faço? O que você faz? Vai no sei gineco e fale sobre isso. É a pílula, CERTEZA! Pare de tomar se possível, além de ser um veneno e uma bomba relógio, ela está tirando toda sua libido. Fale com ele sobre tomar testosterona também para dar um up na vida sexual. Faça um teste e depois me conte. Ah, e use sua lingeries baphonicas sim, sem medo! Acho que teremos apenas mais um Chora e liberarei os mails ok? Andei lendo e tem muita coisa repetida… Em breve avisarei!!

  • SPFW – O Que Usei e… Bruno Gagliasso!

    Vou contar uma coisa para vocês… Quando montei meus looks para o SPFW vi que a maioria era preto e branco. Fiquei com aquilo na cabeça, de que em toda foto eu pareceria estar com a mesma roupa! Mas gente, estilo é uma coisa muito louca né? Eu sou assim e os looks mais bonitos que usei foram todos em preto e branco… Acho que quando a gente está dentro do estilo próprio, ficamos mais a vontade, mais confortáveis e tudo fica mais bonito. Bom, para o dia da mesa redonda com o Bruno Gagliasso (esta foi a temporada dos galãs!) usei o seguinte look: Blusa e saia Lolitta para Opte+, bolsa Chanel para Madrestore e sandália Carmen Steffens. Vamos falar um pouco sobre as lojas e marcas? Sobre a Opte+, montei VÁRIOS looks lá e vou mostrar todos aqui hein! Para quem não conhece, a Opte+ é tipo um shopping online, com váaaaaaarias marcas, programa de pontuação para trocar pro produtos e em várias ofertas. Tem tanta coisa bacana, de tudo um pouco, até pacote de viagens. É realmente um shopping online! A Madrestore é uma loja de aluguel de itens de luxo aqui de BH. Super discreta, fica numa sala num prédio do Bairro de Lourdes para quem tem ¨vergoinha¨ de ir em loja de aluguel de roupas. Tem vestidos maravilhosos, bolsas de grifes como Hermes, Givenchy, Prada, Chanel, Celine além de vários acessórios. Se tiver alguma festa onde quiser causar e ir maravilhosa igual artista de cinema em dia de Red Carpet, corre na Madrestore! A sandália é Carmen Steffens, da nova coleção, e super na tendência do verniz (farei post sobre) e das tirinhas delicadas. Feminina e poderosa! Daí quem foi bater um papo com a gente? Bruno Gagliasso! Gente, que cara bacana! Extremamente simpático, sensato, e LINDO! Eu não sabia direito o que perguntar pra ele, mas queria falar sobre algo ligado a política, afinal, ele se posiciona super bem politicamente e sem agredir ninguém, coisa rara hoje em dia. Tomei coragem e fiz a pergunta. Quer ver como ficou? Dá uma olhada no vídeo! Legal demais né? Adorei esse dia e fiquei mais fã do Bruno!!!

  • SPFW – Que Penteado É Esse?

    Quando vou para semanas de moda, só penso em 3 tipos de penteados diferentes: liso chapado, ondulado ou rabo alto preso. Essas são minhas opções e pronto. Só que acho que sou das poucas que não arriscam muito nos cabelos… cada ano tem uma ¨modinha¨ diferente e este ano, ela veio em MASSA na SPFW! Nunca vi TANTA fashionista repetir o mesmo penteado. Parecia regra: se está na fashion week, tem que pelo menos um dia, usar as famosas ¨boxer braid¨ ou trança boxeadora. Sobre o nome, boxer braids, há controvérsias. Como sou uma pessoa que gosta de dar uma googlada básica antes de falar sobre algum assunto, seja este de meu conhecimento ou não, li uma matéria que dizia que essas tranças não tem nada a ver com boxe, lutas e muito menos foram viralizadas pelas Kardashians (todas elas usam muito). A matéria falava que este penteado é utilizado há muito tempo pela comunidade negra, a novidade é que brancas começaram a usar mas perderam a origem do penteado. Citava Alicia Keys e Tyra Banks como mulheres que já usavam essas tranças que não tem sua origem nos rings como dizem por aí. Bom, acho que faz sentido mas vejamos qual é o famoso penteado que fez a cabeça de 99% da SPFW? Gosto mais das variações do que da trança boxeadora original, se é que se pode falar assim. Gosto quando esconde as pontas e prende atrás, acho mil vezes mais bonito do que essas duas trancinhas pra frente. Bonitinho, mas passo. E vocês?

  • SPFW – O Que Usei?

    Vamos começar com uma surra de looks? Gente, tenho trocado de roupa umas 4, 5 vezes por DIA! Como estou ficando no Unique e a maioria dos eventos é aqui, venho pro quarto e troco de roupa rapidinho, tiro foto, socializo e troco de roupa de novo rs. Quem está fotografando a gente neste QG é o meu querido João Viegas, aquele das fotos TOP de NY!!! E vamos começar com um look todo Passarela?   Blazer/capa (tô amaaaando!) Camiseta preta Saia Sandália Tudo Passarela!   Vamos à parte boa de comprar na Passarela? Nesta semana de SPFW tem algumas promoções bem especiais: Na compra de duas bolsas, ganhe 50% de desconto na bolsa de menor valor (o desconto aparece no carrinho de compras e apenas para produtos selecionados ok?) Usando o meu cupom ¨fufunapassarela¨ ganhe 10% de desconto em qualquer compra acima de R$ 99!  Pode comprar que eu te dou descontinho, tá? E o meu look? Gostaram?

  • SPFW Verão 2017 – Parte 1

    Sumi né gente? Mas é que vim para SP para mais uma SPFW e não tenho tempo para NADA! Tipo… avisei meu pai que tinha chegado bem só hoje. Detalhe que estou aqui já há dois dias rsrsrs. Tô achando esta temporada mais frenética. A agenda está bem cheia, várias coisas acontecendo, tenho visto algumas tendências circulando pela Bienal… enfim, teremos papo durante um bom tempo! Mas vamos começar pelo começo? Look do dia e afins??? Aerolook, gentilmente fotografado pelo meu papi (muito amô): calça skinny (ela tem um rasgadinho no joelho que não está aparecendo na foto), regata e casaquinho  com bordado, tudo da Riachuelo! Esse casaco faz conjunto com uma saia preta, que também tem o mesmo bordado, mas não tinha no meu tamanho… Achei ele LINDO! Faz uma vista danada. É da coleção nova! Já chegando em SP, rumei para o Unique, hotel onde fica o QG do Fhits e fico hospedada. E sempre no mesmo quarto… é minha casinha durante as semanas de moda paulistas… porque sou chique né? Depois farei um post com sobre esse vestido! E a primeira novidade do dia: nossos carros nesta temporada seriam o mais novo lançamento da Fiat, o Mobi! Fiquei bem curiosa para ver o carro direito por dentro e por fora, afinal, só se fala deles no mundo automotivo (sim, eu tenho uma pequena ligação com esse mundo). Acontece que o Mobi é um carro bem estiloso, tem um design bacana, que chama a atenção. É um compacto ideal para o dia a dia, super prático e tem um preço inicial bem convidativo. A palavra chave dele é ¨movimento¨. Gostei muito do branquinho e do vermelho. É uma forte opção para minha próxima troca de carro… eu gosto de hatch, mais altinhos, parrudinhos, porém estiloso e o Mobi tem tudo a ver com isso. E é ÓTIMO reencontrar todo mundo! Na foto, Cris Tamer, eu Lala Noleto, Clau Bartelle e Sophia Alckmin, gravidíssima! A noite fomos jantar no Sarrasin e novamente pedi o picadinho de filé com gorgonzola e ovo. DOS DEUSES! Já virou meu prato preferido em SP! E depois uma passadinha no Skye, para tomar uns bons drinks com a Thereza (Fashionismo), minha roomate da vez! Ahhhh, e no meu primeiro dia de SP também dei uma entrevista para o site da Estilo, contando como arrumo a minha mala para uma semana de moda. E acho que falei demais… depois vai lá conferir o que acabei contando a mais… Aqui está o link da entrevista! E esse foi o primeiro dia, que geralmente tem uma mini folguinha. Agora tem surra de posts!

  • Calça com Saia ou Saia com Calça??

    Calma que a ordem é diferente. Saia com calça por baixo é algo que tentou virar moda mas que por sorte não vingou. Bom, não da forma que se propôs… Eu acompanho alguns Instagram de lojinhas online, dessas que vendem por WhatsApp, e também já tinha percebido na night belorizontina, um tipo de calça diferente na moda: flare, de malha ou lycra, com uma mini saia acoplada. Juro que a primeira vez que vi isso, meus olhos sangraram. Era muita informação pra minha cabeça: uma calça justa, com a boca larga e ainda por cima uma saia? Mas qual o propósito disso? Enfim, todas as patricinhas da cidade e as bonitas do Instagram estavam usando essa calça, quase sempre combinada com regata soltinha (ainda bem né, chega de coisa justa) e colares compridos. Um estilo despojado, moderno e sim… estiloso. Depois que os olhos pararam de sangrar, eles começaram a se acostumar com a tal calça até que o fatídico dia chegou: eu queria experimentar uma e ver o porque da fama. Fui numa lojinha na Savassi (lojinha que também tem sua versão de Instagram) e provei a calça. Gente, fiquei gostosa. Justa mas quase uma calça de compressão, tudo no lugar e ainda por cima cintura alta, apertando a pochete e ajudando a criar uma cintura. ¨Ok, pega pra mim uma regatinha também.¨ Pronto, virei gatinha de Instagram. Mas e a tal da saia? Daí entendi que era pra não marcar nada, afinal a calça eh juuuuuuusta e de malha. Gostei e comprei 2: uma preta e uma vinho. Mas sabe quando você quer entender o porque dessa moda? De onde surgiu? Quem é que teve a ideia de inventar uma calça flare (e ela fica beeeem justa na coxa e abre bastante na barra), ousar e ainda por uma micro saia por cima? Andrea Bogosian. Se teve alguém antes dela, por favor me corrijam, e com provas para atualizar este post. Andrea é a mãe da flare com sainha e pulverizou essa micro trend (será uma moda momentânea, pelo meu feeling) na internet e surgiram várias cópias por aí. Vejamos a “original” e as primas??   Andrea Bogosian, vende na Farfetch e na Shop 2 Gether. O preço é aquela coisa né… meio caro mas para quem quer a calça de verdade e com super qualidade (Andrea Bogosian é TUDO de bom, depois deem uma olhada nas roupas dela!), pode ir separando uns R$ 850. Agora as Alternativas Fashion no Instagram! Veste bem, não vou negar. É estranho também, mas a gente acostuma. E já tem em vários tecidos: suede, couro, lycra, gorgorão. Emagrece, alonga. Se quiser investir em uma, até apoio. Mas se tem medo de desembolsar uma graninha por algo que daqui um tempo não será mais usado é só tirar a sainha. Pelo menos já estudei as minhas para dar continuidade aos 15 minutos de fama da flare de sainha, a calça da gatinha (hahahaha)

  • Tem Jeito Decor 07 – Tati banheirão.

    Olá leitoras AND leitores do meu coraSSão. Quem não me segue no snapchat, (tiolelofoz tbm no Instagram) não soube que a patroa (Futilish no Snapchat e no Instagram) MIM mandou regalo, então eu sou funcionário do mês. Olha que quadro mais lindo! Está aqui, pertinho de mim na minha estante de tesouros. Obrigado do fundo do meu coração Cony! Essa semana temos um Tem Jeito Decor. A Tati mandou a foto and as perguntas: “Oii Lelo! Adoro seus posts no Futilish! Queria saber se você pode me ajudar. Não gosto do banheiro daqui de casa, axo essa pia feinha, e esse armário com espelhinho muito velho/sem graça/ antigo. Queria dicas de como melhorar, por favor . Beijos, Tatiana”   Ok… tava bom demais para ser verdade então, horas depois no email da justiça:   ” Lelooo esqueci de dizer no email anterior que falei sobre a pia e o espelho do banheiro que eu moro de aluguel Então não poderia ser uma coisa muito cara, ou que tivesse que quebrar/trocar Um pouco difícil né, mas confio nos seus talentos Obrigada! “  Tati meu bem, sem quebrar coisas a gente consegue sim dar uma embelezada no seu santuário, MAS assim, não vai ser uma Brastemp. Minha menina, a não ser que a gente encontre um daqueles encantadores/hipnóticos/telecinésicos pra retorcer e moldar novamente esse armariozinho do teu banheiro, não tem como assumir esse troço aí não. Certo mesmo era encontrar quem comprou essa coisa e bater nessa pessoa com ele até que ele ficasse assim: Ou seja, o CERUMANO que escolheu issaê só iria poder fazer uma nova decisão na próxima encarnação. Mas enfim, considere trocar esse armário insolente por algo assim: Simples, discreto e eficaz. Não precisamos nada além disso num banheiro de imóvel alugado. E o custo dele não é alto, e como são apenas aparafusados, você pode destrocar quando mudar. Caso você queira mais armazenagem, (quem não quer?) pode incluir um armário que disfarce a coluna da sua pia: Como pode ver ele fica no chão mesmo, não é necessário furar nem colar nada. Depois é só levar pra casa nova também. Entretanto, pelo amor de Jesus-Cristo-pregado-na-cruz, não me use um desse: Queria entender porque alguém tem a chance de esconder a coluna da pia com uma portinha e não o faz. Deixa essa coisa de fora. Fizesse então logo dois móveis soltinhos de cada lado. #Nãodápradefender. Trocando o armário do espelho e tapeando a coluna da pia podemos então estar pensando em decorar as paredes enquanto moradores temporários. Não desligue, vou estar explicando como logo abaixo, e se puder, avalie meu atendimento antes de desligar. Para inserir alguma personalidade no local de se pensar na vida, podemos lançar mão de algo muito adulto moderno. as pastilhas/azulejos adesivos: Apesar de estar chegando uma vibe tudo preto e branco (ZZZzzz) na decoração, não é lei tá? Pode ter cor no satanário sanitário: Espero ter ajudado, dentro dos parâmetros que você me pediu =D Ah!!! Antes que eu me esqueça: tem que comprar mais papel higiênico! Aguardo as ideias das Fufus mais elegantes e criativas do mundo aqui nos comentários. Sobre o meu site, ainda falta MUITA coisa pra incluir, tenho que fazer uma super sessão de fotos pra colocar mais produtos no ar porém, pra quem já quiser conhecer, serão todas bem vindas no Lelo Design. Então como o momento é de festa, nossa birita do fds: Caso vocês já comprem algo, estamos nos organizando nas questões de emissão das notas fiscais e despacho, então contamos 48 horas de tempo de processamento tá? Eu vou aproveitar o finalzinho do domingo pra responder os comentários nos dois posts anteriores a este. BEIJO! As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.  

  • Passeio pelas Fast Fashion!

    E passei pelo shopping com um tempinho a mais e corri nas 3 maiores fast fashion do Brasil para ver como (e quanto) estão as ¨modas!!! Primeiro C&A, depois Renner e por último, Riachuelo. Vem coméeeeeego! C&A: macaquinho floral fofo fofo por R$ 119 e saia de tricô (só achei meio grosso) com modelagem bem bonita por R$ 79! C&A: casaquinho preto, desses estilo da Zara, bom para trabalhar e ficar arrumadinha, por R$ 159. Calça preta de suede (tipo uma camurcinha) e de cintura alta, por R$ 149. C&A: vestidinhos FOFOS pro dia a dia, para trabalhar, desses que exigem pouco esforço para ficar arrumadinha! R$ 69 e tem mais estampas! E a onça é ryyyycahhhhh! Achei esses bem bons viu??? Agora vamos para a Renner: macaquinho estilo boho, bem bonito, R$ 109. Batinha branca com bordado, R$ 129. Achei bem rycah, tanto no modelo quanto no preço rs. Renner: aquele modelo de calça que AMO! Como é confortável viu? R$ 129. Mantela chique e listrada, também R$ 129. Renner: achei top essa blusinha de flor. Alça fininha, bem lindinha mesmo, R$ 79,90 e a bolsa LINDAAAAAA, cor, modelo, tudo, R$ 129! Agora vamos para a Riachuelo! Cardigã listrado, bem chiquetoso, R$ 99,90. Blusinha ombro a ombro, de jeans fininho, R$ 89,90. Achei bem Zara. Aliáaaaaaas, vi várias peças bem parecidas com as da Zara… suspeito que sejam feitas pelo mesmo chinesinho. Riachuelo: vestido bem bonito, chic e elegante de lurex, tem um decotão V nas costas, por R$ 99,90 (preço bom!). Regatinha branca, cheia de tirinhas nas costas, R$ 79,90. Riachuelo: saia de veludo com barra de renda LINDA LINDA LINDA, tão linda que veio comigo, R$ 89,90. Regatinha de onça, também rica, com detalhe em renda (oi camisolismo) por R$ 69,90. Riachuelo: vestidão de onça rycah, bem bonito no cabide mas problemático no corpo, R$ 189,90. Explico o problemático: provei o tamanho 40 (meu número normalmente), mas ficou MEGA apertado no quadril, provei o 42 e ficou grande. Aliás achei a numeração da Riachuelo um pouco difícil desta vez, teve 38 que me serviu e outras peças tive que provar 44!!! Calça preta flare (comprei uma LINDA! Tipo bandage, mas não tirei foto…) por R$ 119,90. Aliás, quer estiver procurando calças pretas, corre na Riachuelo que tem muitos modelos bacanas. Riachuelo: tipo essa calça jeans! Lindona! E a 38 ficou quase grande na cintura… mas não sou louca de provar uma 36 né? R$ 119,90. E um look lindo com algumas das peças que mostrei aqui! Tá valendo a pena dar uma voltinha na Riachuelo. Gostaram do meu olhar nas fast fashion?

  • Chooooooora Que Eu Te Escuto!

    Princesas fortes… e delicadas no Chora de hoje… 01 – Diana “Oi Cons! Não vou elogiar o blog porque você pediu para sermos resumidas hehe mas óh -> <3! Minha história envolve família, amor, carreira e problemas psicológicos, um COMBO. Bom, meus pais se separaram quando eu tinha 2 anos, eu cresci com a minha mãe e via meu pai 2x por ano (ele se mudou para uma cidade a uns 400km da minha) e assim foi, a minha vida inteira. Ele sempre me ajudou em tudo, pagava pensão certinho, pagou minha faculdade, especialização, mestrado… sempre foi o apoio financeiro. Porém, em troca disso, sempre me cobrou muito que eu “fosse alguém na vida”, mas nunca me deu muito apoio emocional. (Minha família toda é meio “dura”, cresci sem nunca ouvir um “eu te amo”). Em 2009 conheci um menino através de amigos em comum, ficamos super amigos na época, ambos namoravam e morávamos em cidades diferentes, mas sempre nos encontrávamos para jantar e conversar quando ele estava na minha cidade, nos falávamos sempre pela internet, ele era o meu melhor amigo. No início de 2012, ambos namoros acabaram, o meu e o dele, e pra resumir bem a história: em Julho de 2012 estávamos namorando. Nos damos suuuuuper bem, afinal, sempre fomos amigos. Mas, durante o namoro, rolaram algumas brigas, geralmente por coisas bobas, mas que se tornavam um drama gigante e sempre acabavam em choro e tristeza. Sabe aquelas brigas que poderiam ter sido resolvidas com uma conversa? No início do ano passado, terminei o meu mestrado e fui morar com ele, foi uma fase difícil pois ele não estava nada feliz no trabalho e eu estava perdida atrás de um emprego. 3 meses depois, ele foi chamado para um trabalho SUPER legal em São Paulo, apoiei e fiquei muito feliz por ele, mas no momento da decisão se eu iria junto ou não, dei pra trás pois a minha profissão é completamente saturada por lá e também porque o pai dele mora lá, e ele moraria com o pai. Acabou complicando tudo e terminamos, ele alegou que durante todo o tempo recebia de mim um “amor esmola” e que estava cansado de pedir para ser amado. Eu sou um pouco dura mesmo, meio racional demais, dou pouco carinho (lembra da parte de nunca ter ouvido um “eu te amo”?). Foi suuuuuper difícil, chorei liiiitros e litros, voltei para a casa da minha mãe e pra minha cidade (que eu não gosto nadinha) e tentei me reestruturar aos pouquinhos, deu certo. Aluguei um apê, conquistei minhas coisinhas, um emprego e bom, estava caminhando. Dois meses depois, ele aparece aqui dizendo que ainda me ama, que quer voltar e que eu sou o amor da vida dele. Eu confesso que ainda estava bastante magoada, mas, ainda amava ele e por isso, aceitei voltar. Ele realmente mudou muitas atitudes, era um novo namorado, mais compreensivo, parceiro, querido… um amor! Mas eu, ainda tentava organizar meus pensamentos e superar algumas dores e somada a minha delicadeza de um elefante, acabava descontando algumas coisas nele. Em suma, eu não me esforcei tanto para mudar meus erros tanto quanto ele. Acabou dando tudo errado no meu emprego e eu estava super infeliz (as cobranças do meu pai permaneciam, eu tinha vergonha de admitir que talvez não eu não quisesse mais ser dentista) e acordei um dia, tão, mas tão saturada, que pedi demissão. Fui contar pra ele e disse que agora sim iria buscar algo lá em São Paulo, tentar começar a nossa vida juntos e o que ouvi? “acho que agora não é o momento de fazermos isso”. Me desesperei. Tenho um problema bem sério com ansiedade, vez ou outra tenho crises e não deu outra: uma grande e bela crise. Descontei minha ansiedade e falei muitas coisas pra ele. Mas não entendia, como eu poderia ser “o amor da vida dele” e ele não querer estar perto de mim? Ele se colocou na defensiva, disse que não quer mais me ver, que as coisas que eu falei o machucaram muito e que novamente, ele não queria mais receber aquele tipo de “amor esmola”. Eu estou sofrendo bastante, eu amo ele, eu o afastei, já pedi desculpas muitas vezes. Iniciarei meu tratamento para a ansiedade na próxima semana, estou fazendo terapia e também utilizando algumas técnicas para diminuir as crises. Mas ele segue achando que as minhas promessas são “furadas” como nas nossas outras brigas, que eu sempre jurava que ia mudar, mas nunca mudava. O nosso retorno era justamente para focarmos nas coisas boas, e eu acabei estragando tudo com essas crises malucas. Enfim, estou triste, perdida, sem emprego, sem vontade de continuar na minha profissão e, perdi o amor da minha vida. Queria muito a ajuda de vocês!   Minha querida ogrinha… Muita terapia para você mas uma coisa é boa: você reconhece bem seu erro e está disposta a melhorar. Se esse homem vai voltar? Não sei… esteja preparada para o não e tente viver sua vida com leveza e positividade. Sei bem como é difícil para você demonstrar amor sendo que nunca teve isso em sua família. Convivo com algumas pessoas assim e vejo a luta que é para dar um abraço, para soltar uma palavra de carinho, para demonstrar carinho. Sei que não é por mal, e é porque simplesmente não sabem, não conseguem e tem um bloqueio com isso. Tem que ter muita paciência e compreendo seu ex namorado. Quem está acostumado com demonstrações de carinho realmente sente muita falta quando isso não acontece de quem se ama. Mostrar que você está tentando mudar isso é um ótimo começo mas não faça isso POR ELE, faça por você, pelos seus próximos relacionamentos, será um aprendizado pra vida toda viu? Calma que tudo se ajeita, o primeiro passo você já deu.   Pense nisso e não deixem que desapeguem de VOCÊ.   02 – Stephanie “Meu problema  é não conseguir criar um vínculo de confiança nos relacionamentos. É sempre a mesma história, conheço alguém bacana (ou não), e quando começa a engrenar, eu bloqueio. Não consigo demonstrar afeto (NADA. NENHUM), gestos de carinho em público me deixam completamente desconfortável… Tenho 37 anos, moro sozinha desde os 26, sou aparentemente “autossuficiente”, já achei inadmissível que um homem pagasse a conta do jantar. Mesmo quando quero ser meiga, me perco: tipo quando fiz jantarzinho bacana, na hora de abrir o vinho o cidadão lá esperando  ser chamado para tal tarefa, já abri o vinho, servi e saí bebendo… Quase tive um ataque do coração quando um cidadão teve a ousadia de abrir minha geladeira, fiquei catatônica com a “invasão de privacidade”! Nunca assumi um relacionamento sério, nunca apresento ninguém para minha família, nem para os amigos. Não gosto de tirar fotografias (seriam provas do “relacionamento”). Não me permito me apegar, e acho que acabo passando a impressão de indiferença. Ja fiz terapia por um tempo, mas não consegui melhorar isso. Com os amigos, consegui quebrar razoavelmente a barreira.  Acredito que isso decorre de alguns fatos. Por ter tido problemas com meu pai, que era agressivo, gastava todo o dinheiro com outras mulheres, chegando ao ponto de em diversas oportunidades não termos o que comer em casa (ele acabou falecendo quando era adolescente). Fui uma criança muito carente, e não percebi que a atenção e principalmente “os carinhos” que recebia do namorado da minha irmã mais velha eram maldosos, até o que dia que ele abusou sexualmente de mim (tinha 10 anos na época). Quatro meses depois mina irmã mais nova morreu em um acidente de trânsito, me deixando muito sozinha, já que fazíamos tudo juntas.  Já fiz terapia, mas não consigo melhorar isso. Sem contar que na maioria das vezes acabo me envolvendo com pessoas que não  vejo futuro, meu psicólogo dizia que faço isso para já ter justificativa para não investir no relacionamento, já que a pessoa não era “adequada mesmo”. Para complicar, recentemente passei por um período muito difícil: depois de anos de muita dedicação  levei uma puxada feia de tapete no trabalho, com isso vários “amigos” sumiram; estava comprando meu apartamento, o que até hoje me gera problemas financeiros (antes tinha um salário super bacana); dois familiares descobriram que tem câncer; fiquei doente, também com suspeita de câncer, que felizmente não se confirmou. No meio desse caos, uma pessoa casada se aproximou, e eu que sempre fui uma pessoa absolutamente correta, acabei de envolvendo (estava sozinha há 9 meses, depois de ter levado um fora). São seis meses do melhor sexo que já conheci, atenção, carinho e um imenso sentimento de culpa.  Por outro lado, é “confortável” já que não há a possibilidade de misturar família, amigos, nem de assumir nada publicamente. Mas, a culpa, sempre a culpa, me consome…”   Sinto muito por tudo o que você passou e que sim, são os fatores responsáveis pelo seu comportamento de hoje. Menina, não tem muita escapatória, terapia sim, insista. Esse bloqueio em assumir um relacionamento não vai desaparecer da noite pro dia, e você precisa de alguém ajudando a desconstruir esses bloqueios internos. Será difícil, você passou por coisas fortes mas não desista! Você merece ter uma vida feliz, completa, não se contente ser segundo plano de ninguém, ser uma opção.  Não misture as coisas na sua cabeça em achar que está tudo ok porque sua vida fica mais fácil e confortável assim. Você quer sair da sua zona de conforto (caso contrário não estaria aqui pedindo conselhos) mas seu medo é tão grande que você desiste no meio do caminho. Foco, força e fé. Mais uma vez, não se contente com pouco, com metades, com frações. Queira plenitude em tudo. A vida é uma só e é pra ser vivida com carinho, amor e dedicação. Trabalhe seus medos e seus traumas, você consegue!     03 – Leticia “Oi, Cony! Minha história é a seguinte: daqui uns meses completo 30 anos. Sou advogada concursada mas continuo estudando pra concursos, quero passar em algo melhor. A minha questão é que a chegada dos 30 tem me deixado em crise! Explico: eu sempre fui muito certinha, responsável, estudiosa, nunca fui de dar trabalho pra minha mãe. Só tive um namorado na vida, sou de poucos amigos, nunca fui muito de sair. Mas a chegada dos 30 me fez repensar tudo que eu fiz na vida até aqui. Comecei a ficar com a sensação de que passei a maior parte da minha juventude só estudando, sem aproveitar a vida. Sabe perrengues que todo jovem passa: programa de índios, festas, bebedeiras, ressacas, encontros e desencontros? Fico com a impressão de que eu não vivi essas coisas, sabe? E algumas não vivi mesmo.. nunca tomei um porre na vida, acredita?! Eu tenho muita certeza que quero estudar e passar num concurso melhor, acho que estou no caminho certo e que logo isso vai acontecer, mas os 30 realmente estão mexendo comigo. Por mais que eu resolva aproveitar a vida a partir de agora, uns anos já foram, não voltam mais, né.. e pra algumas coisas eu me acho um pouco “velha”.. é como se aos 18 fosse aceitável fazer certas besteiras, que aos 30 já não ficam tão legais. Acho que um pouco dessa crise pode ter a ver com os planos que eu fazia quando eu era mais nova… eu sempre fui de fazer muitos planos, imaginar as coisas e quando eu era adolescente imaginava a minha vida aos 30 muito diferente da vida que tenho hoje. Pensava que já estaria casada, com filho, bem profissionalmente.. mas a realidade é que ainda moro com meus pais, sou solteira e ainda falta pra chegar onde quero profissionalmente. Vejo colegas de escola e de faculdade casando, tendo filhos e parece que eu tô ficando pra trás, que isso não vai acontecer comigo, sabe? Pode parecer meio confuso eu falar que acho que não aproveitei a vida mas que quero ter uma vida “caretinha”, com marido, filhos.. na verdade eu acho que tenho medo de daqui uns anos olhar pra trás e ver que não fiz nada: não aproveitei a vida, não casei, não tive filhos.. só estudei e trabalhei. Eu gosto de estudar, mas a vida não se resume a isso, né.. Sei que essa sensação de que o tempo passou, a maior parte da minha juventude também e estava estudando enquanto isso me acompanham..e eu tô em crise! Help! rs” Menina, a vida dá tantas voltas que nem te conto. Seus amigos podem estar casando e tendo filhos mas isso não significa NADA! Isso não quer dizer que seja a coisa certa, a coisa errada, e que com você tem que ser igual. Cada um tem seu tempo, aguarde o seu! O que sim eu faria no seu lugar, seria dar um tempo nos estudos e na carreira e encarar uma viagem sozinha. Se puder, vai pra Europa, fica um mês, fique em hostel, faça amizades, saia com pessoas que nunca viu na vida, se jogue. Aqui é meio difícil fazer isso e as pessoas não tem muito essa mentalidade mas lá fora… Eu que o diga. Toda vez que tô em crise, viajo e me jogo e sempre volto tão mas TÃO realizada, tão certa do que fiz e do rumo da minha vida que não existe brecha para pensar que poderia estar melhor. Seu melhor momento sempre é o AGORA, então pare de pensar no que poderia ter sido e comece a pensar no que É! Estudar muito te cansa, você acha que poderia dar uma pausa? Então pronto, pare. E outra coisa, a gente nunca está velha para NADA. Vai estar velha pra viver? Jura? Então morre que passa (kkkkk desculpa, mas não consegui segurar). Cada um tem seu tempo e se você mirar no tempo alheio, o seu vai passar e você nem vai perceber.  Agora um sorria lindo pra gente! Recebi este mail da Francine e tive que mostrar pra vocês, pra gente ver que estamos fazendo um trabalho lindo, eu e vocês. Muito amô! Cony, bom dia! Tudo bem? Primeiramente, teu blog é o melhor, adoro pelo simples motivo de ver em você um pouco de cada uma de nós, todo post é um presente que recebemos, depois de te conhecer sou outra.   Estou aqui para contar que sempre desde os primórdios do CQTE, leio assiduamente sem perder nenhum episódio. Aconteceu um fato muito triste com um amiga que me ligou desesperada contando todo o ocorrido sobre o término de um relacionamento de mais 13 anos, naquela hora vi vários casos que acompanhamos no CQTE, procurei da melhor forma ajudá-la naquele momento com conselhos, com o passar do tempo vi que ela estava mais segura falei, amiga leia os CQTE vai te ajudar muito, e foi o que ela fez leu os posts se identificou neles e seguiu com mais segurança, estando certa de suas decisões e racional para o que fosse melhor para ELA acima de tudo.   Então te agradeço por transformar nossas vidas, tanto do lado de quem está no meio do “olho do furacão” quanto quem está de fora mostrando que também podemos ajudar em qualquer situação. Você nos transforma para o mundo.   Beijos e gratidão!   Vamo se abraçá????    Emails para o Chora continuam SUSPENSOS! Guenta aí gente…

  • Para Inspirar – Um Pedacinho de Renda!

    Durante muito tempo fui super pudorosa (existe essa palavra? Ou tô pensando em espanhol?) com meus looks. Ainda continuo com o lema ¨se mostrar na parte de cima, esconder na parte de baixo e vice versa¨ mas tenho ficado um pouquinho mais ousada, afinal é bom dar uma sensualizada de vez em quando né? O problema é saber dosar essa sensualidade e não passar para o campo da ¨vulgaridade¨. Por isso, tudo o que for para ficar mais zekzy tem que ser em doses pequenas, bem pensadas e bem distribuídas. E vocês acham que só dá para sensualizar na balada? Não migues, durante o dia também dá, obviamente que vamos evitar isso no trabalho ou onde precise ser algo mais formal e recatado (bom senso mode on ok?), mas por exemplo, num barzinho com os amigos, num passeio à tarde, naquele encontro com o bofe onde você quer dar uma cutucadinha de leve na imaginação do moço… Porque não? Mas sempre com muita classe. Ui ui ui E sabe o que dá para fazer e que fica lindo, feminino, sensual e nada vulgar? Um pedacinho de renda do top (ou sutiã) aparecendo. Assim ó: Essa última moça tá meio exagerada mas é para ilustrar rsrs. Quer caprichar ainda mais? Use um colar fininho e comprido. Como podem ver, a lingerie está aparecendo cada vez mais. Lembram do ¨camisolismo¨ né? Agora não precisa mais esconder o sutiã completamente, mas se for pra aparecer, que seja bonito.  Tá fácil? Tá, ou médio fácil, pois o top deverá ter renda na alça caso você não queira descer muito o decote, ou então ser mais alto no decote para a renda aparecer. Ok, vou procurar modelos para vocês e ilustrar onde, quando e quanto! Mas só no próximo post…

  • É Falsa ou Não?

    Recebi um release que achei BEM interessante de divulgar para vocês! Seguinte, ontem mesmo estava conversando com uma amiga e ela me contava que tinha visto uma bolsa grifada num brechó, se não me engano era uma Chanel, e ela estava tentada a comprar. Acontece que tinha medo da bolsa ser falsa, pois apesar de ser de brechó, era uma Chanel e bem cara. Imagina desembolsar uma graninha por uma bolsa fake? Não né? Daí falei que eu não compraria, só se conhecesse a pessoa que estava desapegando da bolsa, etc e tal e inclusive comentamos o quanto existe de bolsa falsa por aí. Não estou falando das Luís Vitão ou das Guchi do camelô, mas aquelas réplicas AAA que MUITAS socialites compram no mercado negro e que, como são ricas, ninguém fala que são bolsas falsas. Mas sim, são falsificadas e é super comum. Sei de cada história… mas enfim, o que queria contar é sobre esse mail que recebi contando do serviço do site Etiqueta Única (brechó de luxo online), formado pela ex diretora da Chanel do Brasil e a atual diretora da Dior no Brasil. Elas montaram um Guia de Autenticidade de produtos de luxo e se você, tal como essa minha amiga, tem medo de comprar uma bolsa grifada de segunda mão ou sem ser na loja oficial e medo de levar algo falso, fique atenta nessas dicas. LOUIS VUITTON Materiais e estampas Couro legítimo – O couro utilizado para fabricação das bolsas Louis Vuitton são de excelente qualidade, apresentando um envelhecimento bem específico com o uso; ele escurece com o tempo! Canvas – Muitas bolsas da Louis Vuitton são fabricadas com um tecido produzido a partir do algodão. O canvas (lona em inglês) passa por diversos processos de tratamento para fortalecer a durabilidade e garantir a impermeabilidade; Mesmo nas peças produzidas com o canvas, alças e acabamentos são apresentados em couro legítimo; Cada peça tem o monograma formando uma estampa, que sempre está alinhada e simétrica. Verifique o encontro das estampas nas costuras e aplicação de bolsos.   Metais e fechos Verifique se os fechos e puxadores dos zíperes possuem inscrição com a logomarca; Atente-se ao funcionamento dos zíperes presentes na bolsa. A marca realiza teste com maquinários que abrem e fecham os zíperes cinco mil vezes para garantir o padrão de qualidade do material; (Sei não hein? Comprei uma LV pra dar de presente pra minha mãe, comprada na loja do Cidade Jardim e o fecho era uóoooooo! Eles mesmo mandaram passar vela…)   Costura Os pespontos nos produtos da marca são impecáveis e possuem o mesmo número de costuras dos dois lados das alças;   Código de autenticidade e etiquetas Os códigos de autenticidade das bolsas Louis Vuitton, presentes no interior dos produtos, possuem letras e números. Podem ser apresentado de diferentes formas: em uma etiqueta interna ou gravado diretamente no forro, seja ele de couro ou outro material; Atualmente, produtos Louis Vuitton são fabricados na França, Estados Unidos, Itália, Espanha e Alemanha. Atente-se à inscrição do local de fabricação e certifique se apresenta um desses países.   CHANEL Materiais As bolsas da Chanel são produzidas com couro de carneiro ou couro caviar; Se encontrar resíduos de cola no couro da bolsa, atenção! As réplicas são coladas, enquanto as originais são todas costuradas;   Metais e fechos Modelo 2.55: o fecho é retangular (sem o logotipo da marca) e a alça é uma corrente composta por três elos metálicos entrelaçados; Modelo Flap clássico: possui fecho com a logomarca – dois C’s sobrepostos, e alça de corrente com couro entrelaçado; Logotipo: observe a sobreposição dos C’s no fecho da bolsa. As originais apresentam o C da direita sobre o C da esquerda na parte superior e, na parte inferior, o C da esquerda sobre o C da direita; Na parte de trás do fecho, no interior da bolsa, encontram-se duas palavras: Chanel (à esquerda) e Paris (à direita);   Relevos Relevo matelassê: nota-se o encaixe perfeito dos padrões em todos os ângulos – no encontro da aba da bolsa com o corpo, nas laterais e na aplicação de bolsos;   Etiqueta Interna Na parte interna da bolsa, a  logomarca da Chanel encontra-se centralizada e gravada em folha de alumínio da cor dos metais;   Holograma A etiqueta, o adesivo e o design do holograma variam de acordo com a data de fabricação.As produções mais recentes, a partir do ano 2000, contam com adesivo revestindo a etiqueta. Esse adesivo possui um leve brilho (como purpurina), corte nas transversais e o número de série, que varia entre sete e oito dígitos. Esse número é exatamente o mesmo do cartão de autenticidade que vem acompanhando a bolsa.   GUCCI Materiais Couro: todos os produtos da Gucci são fabricados com tiras de couro legítimo; Costuras: os pespontos devem estar alinhados e perfeitos; Ícones impressos no material: os G’s que formam o padrão das peças da Gucci devem estar visíveis e padronizados, e não borrados ou cortados. As bolsas em couro possuem o GG marcado no couro, formando uma estampa, nunca impressos em cima da superfície do produto.   Etiquetas e número de autenticidade O número de cada peça da Gucci está na parte de trás da etiqueta interna, o número superior indica o código do modelo da bolsa. Para os modelos atuais, esse número possui 6 dígitos. A logo da Gucci deve ser limpa e precisa, e possuir o inscrito “Made in Italy” embaixo.   Metais e fechos Os metais e fechos dos produtos da Gucci devem ser pesados e muito bem feitos, e normalmente possuem a logo da marca inscrita. Os zíperes podem ser feitos tanto em metal quanto em plástico. Se for de metal, eles devem ter o nome da Gucci gravado.   Acessórios As embalagens antigas eram pretas e pratas, depois foram trocadas para cor de mel e, agora, as mais recentes possuem tom de marrom escuro.   Que tal? Um bom guia para saber diferenciar uma bolsa falsa de uma verdadeira né? A gente nunca sabe quando vai precisar dessas informações…

  • Dica da Leitora!

    Fora de dia, fora de hora, mas cá estamos nós! Dica 01 – Fabrícia Quer uma clutch bapho pra balada ou pra festa? Corre na Acessorize que tá tudo na promo! Toda bordada, de R$ 319 por R$ 159! Dica 02 – Daniele Tudo da C&A! Colete por R$ 159 e bota por R$ 249. Ela falou que a bota tá meio cara mesmo pra ser C&A mas que ficou tão linda no pé que ela não resistiu! E achei bonita mesmo… Dica 03 – Gabriela ¨Cony, querida!!! Tudo bem? Essa eu não podia deixar de enviar… rs  Já estava desejando uma anabela caramelo, aí vem você com aquele post mara, cheio de looks incríveis e pá! DOBREI o desejo! ahahaha Ontem dei uma passadinha na Riachuelo (Loja do centro de Ribeirão Preto/SP) e achei essa belezinha. Ela tem o salto um pouco mais alto do que eu estava procurando, mas é tão confortável e tão leve que levei mesmo assim! Dá só uma olhada no precinho!¨ De R$ 119 por R$ 49,90!!!!! Arrasou!!! Dica 04 – Fernanda ¨Olá Cony! Resolvi aparecer pra contar uma DDL um pouquinho diferente, mas que fiquei tão, mas tão entusiasmada, que preciso contar para o mundo e achei que vc seria ótima para me ajudar nessa! Kkkkkk Enfim, vamos lá: eis que eu estava vendo umas coisas no site da sephora e descobri que, de 15 dias antes até 15 dias depois do seu aniversário, basta vc efetuar uma compra no site e GANHA dois batons maravilhosos da Nars!  O Cruella, um vermelho matte (e mara, rs) e o Rikugien.um rosinha (o meu sofreu um pequeno acidente de percurso enquanto tentava fotografá-lo kkkk). Basta cadastrar-se no beauty club, antes de finalizar a compra, aí o brinde ja aparece no carrinho! Ahh e me parece que, se a pessoa for a uma loja fisica, nem precisa comprar nada, basta estar cadastrada e apresentar um documento!  Ahh, e aproveitando o gancho… Na Sephora tb, comprei uma mascara de cilios da MAKE UP FOR EVER – smoky extravagant – na versão 5ml por R$50,00 (ok, não é barata, mas segui a seguinte logica – minhas mascaras sempre secam antes de acabar e essa é simplesmente MARAVILHOSA)¨ AMO o Cruella! Um dos vermelhos mais lindos que já vi! Dica 05 – Cris A Cris queria um loafer preto mas que não fosse muuuuito masculino! Na Ana Capri por R$ 139! Dica 06 – Vivi Olhaaaaaaaaa sobre o post de ontem! Nas Lojas Americanas por R$ 39,90! É da Del Rio e a Vivi comprou na loja física mesmo Dica 07 – PMGSL Não tinha nome no mail rsrsrs, só suas iniciais (imagino que sejam iniciais rs) ¨Vou resumir: fã desde sei lá quando. Único blog que acompanho. Linda. Adoro como escreve. Sou fã.  Segue meus achados… Primeira vez…. Primeira foto, tricozinho fofo das Lojas Renner, por 79,90. I Love listras. Segunda foto macacãozinho levinho tbm das lojas Renner, por 129,90. Comprei tbm uma bolsinha linda, mas vou viajar e já coloquei na mala, mas depois mando.¨ Direta e reta hahaha. Adorei as escolhas! Gente, posso puxar a orelha? Nunca barrei TANTO DDL por causa de foto ruim. Sério, vamos fazer bonitinho, pra ficar bonitinho e fácil de ver no blog? Se for na cama, tenta esticar o lençol ou então que não seja tipo uma roupa estampada por cima de uma colcha também estampada. Vamos tirar a foto com foco… Se pendurar no cabide, pendura direitinho… Se for tirar foto no espelho, vamos centralizar a imagem e cuidar o fundo organizado pra não aparecer coisas indevidas na foto ou muita bagunça… Fica bom pra mim e pra quem quer ver o achado também tá? E se achar que a foto está ruim (direto recebo mail falando ¨ah a foto não ficou boa…¨) então nem mande ou tente bater outra foto porque a chance do seu achado não ser escolhido será grande. É isso, é uma chatice necessária. Se quiser participar do Dica da Leitora, já sabe! Além da foto boa, mande preço, nome da loja para constanza@futilish.com. Obrigada a quem participou desta vez!

  • A Ordem dos Produtos!

    É tanto cosmético, tanto creminho, produto específico que a gente nunca sabe qual passar primeiro, se tem alguma ordem certa, se a ordem altera o resultado, enfim… Para acabar com minha dúvida diária do que aplicar primeiro, tanto de manhã quanto à noite, pedi para minha dermatologista querida Dra. Monalisy, me passar a ordem certa de aplicação dos meus produtinhos pela milésima vez (sempre esqueço…) e de quebra, explicar de forma geral essa ordem para ajudar todo mundo! Vamos lá, primeiro a ordem correta dos produtos de manhã: Limpar – A limpeza pode ser feita com sabonetes, de preferência líquidos, e específico para cada tipo de pele. Hidratar – A hidratação pode ser com hidratantes que contenham vitamina C e também específico para cada tipo de pele. Os melhores hidratantes são a base de serum ou gel creme, que não deixam o rosto com aspecto oleoso ao longo do dia. Proteger – Com filtro solar no mínimo com FPS 30. À tarde: Reaplicar o protetor solar. Não é necessário lavar o rosto, apenas retirar o excesso de oleosidade com papel toalha e reaplicar o protetor. À noite: Limpar – Com demaquilante sem álcool e depois sabonete ou sabonete e água micelar (para retirar maquiagem) ou ainda sabonete e tônico sem álcool. Passar um produto para a área dos olhos Passar um creme de tratamento ou ácidos (quem usa ácido não precisa usar tônico) À noite também é possível intercalar produtos, por exemplo: uma noite usa hidratante ou creme de tratamento e outra noite produto a base de ácidos. ANOTADÍSSIMO! Se eu esquecer, virei ler este post rs. Minha dermatologista, Dra. Monalisy Rodrigues, atende em Betim e os telefones de contato são (31) 3160-3159 | (31) 99741-1975.

  • Novidade em Fast Fashion – UPOP!

    Decore JÁ esse nome, esse link e tudo mais o que vir neste post. Seguinte: a gente ama fast fashion certo? Passamos horas e horas fuçando pelas araras e cabides procurando  peças legais, na moda e obviamente, com bom preço. Mas nem sempre a gente consegue ir na loja física, e outra, digamos que o Brasil não tem tantas fast fashion assim. São 3 ou 4 nomes fortes e a gente fica alternando entre uma e outra. Eis a novidade, uma nova fast fashion, 100% online e super antenada! Tudo o que é vendido na UPOP está de acordo com a última tendência do streetstyle mundial, e ali, a um clique, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Vamos dar uma olhada na UPOP??? Sim, eu sei, nos identificamos em várias peças aí em cima né? Quanta tentaçãaaaao! E o preço é bem bom, diria eu que mais barato que as fast fashion que estamos acostumadas!!!  E eu também montei um look lá! Bata cheia de babados e saia de couro DEUSA, prontinha pro inverno! Se gostou, vai gostar ainda mais: para o lançamento do site, temos 30% de desconto! TRINTA MINHA GENTE! É bom aproveitar para arrematar as peças mais legais! E como todo bom e-commerce que se preze, a UPOP se preocupa em fazer a entrega o mais rápido possível (dependendo da localização, até no mesmo dia!), e se não curtiu sua compra, tem 3o dias para fazer a troca OU devolução, sem custo de frete. Gostaram? Mais uma opção para a gente consumir bem e barato! Vai dar uma espiadinha lá: UPOP!

  • O Melhor e o Pior da… Gala amfAR 2016!

    E sexta feira teve mais um red carpet braziliano, desta vez por uma nobre causa. Vamos explicar primeiro o que é a amfAR? Trata-se de uma fundação para pesquisas da Aids, uma das maiores organizações sem fins lucrativos para estudar a doença. Todo ano ela realiza este evento, onde vários famosos se reúnem e ocorre um leilão. Todo o dinheiro arrecadado é para as pesquisas sobre a Aids! Querem saber o que foi leiloado? Aqui alguns destaques: Um beijo de Ricky Martin, arrematado por 180 mil dólares. (Arrematado pela empresária Ana Paola Diniz)  Sessão de fotos com a modelo inglesa Kate Moss, feita pelos fotógrafos Mert Alas e Marcus Piggott, vendido duas vezes totalizando 220 mil dólares. As imagens serão divulgadas na Vogue Brasil. Obra de Mr. Brainwash com Kate Moss e David Bowie, intitulada “Kate and Dave”, comprada por 50 mil dólares. (Ronaldo Fenomeno arrematou essa) Obra dos renomados Os Gêmeos (artistas – e irmãos – Otavio e Gustavo Pandolfo) arrematada por 100 mil dólares. (Anitta comprou) Dois convites para o desfile da coleção 2016-2017 da Givenchy em Paris, além de um look e bolsa da marca, comprados por 55 mil dólares. Um pacote para o Grammy Awards, incluindo dois ingressos para o Grammy 2017 em Los Angeles, dois convites para o after party, duas diárias na suíte do Chateau Marmont, em Sunset Boulevard, e uma guitarra Ibanez Gio autografada por Mick Jagger – apresentada pelo filho do cantor, Lucas Jagger – vendidos por 60 mil dólares.   Mas o que nos interessa mesmo?? OS LOOKS! As top models gringas: Naomi toda errada, pelo menos caprichasse na lingerie né? E Kate chiquérrima, mesmo sem salto. Olhaí para quem sempre pergunta se dá pra ir pra festa usando um sapato baixo. Dá sim! As ousadas: Sabrina (tô querendo uma sandália dessas, toda ¨decorada¨ na frente…) e Anna Dello Russo, sendo Anna mesmo. Tá uma moda usar essas tiaras de princesa né? Em Coachella tá cheio… As modelos: Marcelle Bittar e a gravidíssima Carol Trentini. Gostei muito do look da duas, mas mais do vestido de Marcelle. Só achei que faltou um penteado. Ainda nas modelos: Carol Ribeiro, diferente, bonita, estilosa e Fernanda Motta tombaaaaaadno geral! Amei demais esse look! Quanta modelo né? Ana Claudia Michels, não entendi o cavaquinho e Isabelli Fontana, me julguem, mas achei o MÁXIMO essa roupa dela. Tipo, eu não usaria jamais, mas achei que ela segurou lindamente e ficou diva! Tudo ali conversa! Batom, brinco, penteado, bolsa, sapato, tudo em sintonia. Choquei. As atrizes: Fernanda Paes Leme, num look elegante, classudo, fino e Julia Faria, que não sei se foi a foto ou a postura, mas não ficou nada favorecida nessa roupa. Mais celebs brasileiras: Cleo Pirezzzzzzz (sempre de preto), Didi Wagner bem anos 70, gostei mas não amei e Maria Casadevall, num longo bem interessante mas parece que tem algo errado… não sei falar o que… Acho que poderia ter prendido o cabelo todo. De branquinho: Lea T (gente, não gosto de nada largo – calça, saia – com scarpin… sempre acho que uma sandália cai melhor), Fafá de Belém e Laura Neiva, num vestido que eu chamaria de ¨nuvem¨. As Cantoras: Anitta e Ivete Rainha o Resto Nadinha. Só isso (vocês viram um vídeo com a reação das duas cantoras quando fãs invadem o palco? Pois é). As Ex: Grazi não erra. Pronto, já é um fato. O stylist dessa mulher é o melhor do mundo e ela SEMPRE está a mais maravideusa da noite. Tipo na noite da Gala da amfAR. Aline Moraes, outra deusa, mas paro no sapato, apesar da fenda (que por mostrar perna até permite um scarpin), ainda escolheria uma sandália. A atual: sim, perdemos o Cauã. Assumidíssimo com Mariana Goldfarb, também de preto. Cara, tudo bem que esse povo é super resolvido, cabeça, pessoas evoluídas e tal, mas eu ficaria meio assim esquisita ao dar de cara no mesmo evento com duas ex do bofe mais bofe do Brasil. E detalhe, duas ex tipo deusas do universo. Mas ela também é bem linda e… tá com ele né? Achei que foi uma Gala que foi até bem de Red Carpet viu? O dress code foi mais respeitado e curti a maioria dos looks. E vocês?

  • Para Inspirar – Branco, Jeans e Cinza!

    Estou fazendo mais posts invernais querendo chamar o frio porque né… tá calor demais! Enquanto o inverno não vem, já vou montando minha pastinha de inspirações de looks, afinal, no frio tudo fica mais chique! Um trio que muito me agrada é o branco, cinza e o jeans. Cores básicas (tratemos o jeans como uma ¨cor¨ neste caso), neutras, mas que juntas são riqueza pura. ¨Mas Constanza, você já falou várias vezes que não gosta de cinza!¨ E não gosto mesmo, mas sempre que eu falar de um cinza bacana, pode saber que me refiro ao cinza ¨mescla¨, não o cinza chapado e sem graça. Fala comigo… é ou não é uma combinação perfeita? E tão, mas TÃO fácil de reproduzir!!! Dá para brincar com as três cores nas mais diferentes peças, até mesmo nos acessórios… e o resultado? Luxo, classe e elegância. Podem salvar essas fotos, e tanto pro inverno quanto pro verão, é lindo de qualquer jeito.

  • Bolsa Amarela, Onde Comprar?

    Lembram do post que fiz sobre bolsa amarela? Pois é, fiquei no suspense de contar onde comprar né? Fiz uma pesquisa e selecionei os modelos mais bonitos que vi por aí! E tem para TODOS os bolsos: pros quase vazios e pros muito cheios também hahahaha. Vejamos! Sites que pesquisei: Dafiti, Passarela, Schutz e Farfecth!

  • Chora Que Eu Te Escuto

    Choradeira a vistaaaaaa! O que será que acontece na vida dessas mulheres?? Caso 01 – Gabrielle ¨Olá Cony! Não sei se minha história vai ser publicada ou não, pois envolve um tabu: drogas. Mas vamos ao fatos… Tenho 22 anos e namoro há 4, com um cara 5 anos mais velho, que é o sonho de qualquer mulher.. sempre foi atencioso, carinhoso, educado, fiel e de conversa boa. Aquele cara que passa confiança, sabe? Nos conhecemos por Facebook, ficamos conversando por chamada de vídeo no MSN por uns 3 meses, e nunca dava certo de nos encontramos. Numa das nossas conversas, ele me revelou que era ex usuário de cocaína e que havia saído de uma clínica de reabilitação havia quase 1 ano. Por causa disso, ele também não estava trabalhando e nem estudando, pois ele ainda estava em tratamento, só que em casa, e me contou porque não queria esconder isso de mim. Na hora, assustei.. JAMAIS imaginaria isso dele, pelo jeito sabe? Tola.. nunca participei desses grupos de amigos que utilizavam qualquer coisa do tipo, nunca fumei, e bebia só em festas, não entendia absolutamente NADA desse mundo. Enfim, senti confiança nele desde o começo, e essa revelação só me confirmou isso, e assim que eu aceitei essa condição, combinamos de nos encontrar. Resumidamente, nos encontramos na praça do condomínio dele, pois no dia tinha uma festa do meu último no do colegial na casa de um professor e ele não saía muito. Ele foi super fofo, me deu beijo na testa e ficamos um tempo conversando. Enfim, da praça, fomos pra casa dele, e no primeiro dia que o conheci, já conheci o pai, madrasta e os dois irmãos que tinham acabado de nascer, tudo num dia só! Depois disso, rolou um beijo e vimos que tudo que a gente havia sentindo era real. Começamos a namorar, ele foi minha casa no outro final de semana e conversou com o meu pai. Um ponto complicado é que nossas famílias são opostas… a minha é mega tradicional e correta, jamais aceitariam ele sabendo do problema.. e isso segue, até hoje eles não sabem. Já ele, tem os pais são separados, o pais casou novamente e teve 2 filhos e a mãe foi morar com um cara, enquanto os meus são casados há mais de 20 anos. Meus pais sempre foram rígidos com a minha educação e com escola, já ele os pais nunca foram em uma reunião escolar e só eram preocupados em ganhar dinheiro, pois o dinheiro “comprava” a educação do filho. Anyway… os anos se passaram, ele saiu da casa do pai para morar com mãe. Pouco tempo depois ela foi morar com um cara, e ele teve que morar sozinho. Ele entrou em uma empresa e foi o melhor funcionário por 1 ano, voltou a faculdade e também sempre foi um dos melhores alunos.. Ele é o tipo de pessoa que começa mil coisas, e não termina nenhuma, mas quando faz algo pra valer, é o melhor (e isso não é babação de ovo de namorada). Eu fiz cursinho, mas decidi fazer faculdade na minha cidade, comecei a estagiar e fui efetivada. Minha vida mudou completamente, apesar de sempre ter sido consciente das minhas responsabilidades. Mudei como pessoa, amadureci como pessoa e no namoro. Nesse tempo todo, ele estava limpo. Há 8 meses, por causa de uma amizade no trabalho, ele recaiu. De imediato, não percebi e ele não me contou. Mas o nosso namoro foi mudando MUITO! Ele me evitava dia e noite, a relação esfriou… até que ficou óbvio pra mim que algo estava errado, e que era a droga. Todas as vezes que o questionava, ele negava… Até que um dia ele me revelou, procuramos neurologista e psicóloga para que ele não precisasse de voltar pra uma clínica e se tratar aqui fora. Fui do céu ao inferno. Conheci o pior e o melhor do amor. Ele teve algumas overdoses, entrou em depressão, perdeu o emprego pois não conseguia mais cumprir os compromissos de trabalho, tentou suicídio, vendeu roupas, celular, e claro.. até pegar dinheiro da minha carteira pegou.  O pai dele, simplesmente mudou para outro estado com a nova família, pois havia arrumado um emprego lá, a mãe não o aceitava na casa dela com o cara, e era eu que convivia com ele a maior parte do dia. E ele sofre com isso, é um menino mimado que sempre teve tudo de material que quis, e nunca teve o amor e carinho dos pais. Nesse meio tempo, ele tentava largar a droga, e recaía… e assim segue.. Só quem conviveu com um dependente químico adicto sabe como é. Já me senti um lixo, abusada, feita de palhaça, mas hoje sei que é uma doença, não “falta de vergonha na cara” como algumas pessoas pensam. Já presenciei as fissuras, onde ele suava frio e ficava atordoado sem a droga, nos piores momentos. Estourei meu cartão de crédito o ajudando, comprando coisas que ele precisava, porque os pais já não faziam mais isso. A questão é que depois de tanto tempo, é difícil eu me permitir dar a mesma confiança a ele, tento TODOS os dias salvar nosso namoro, incansavelmente. Não tenho uma amiga que eu possa desabafar tudo o tempo todo, pois é um assunto pesado, e ninguém compreende. Eu também não compreenderia se tivesse vivido isso. Minhas amigas mais próximas sabem do que acontece, mas nunca em detalhes. Faço academia, mas já não me sinto mais feliz, desejada, com vontade de viver. Acredito que ainda não entrei em depressão porque tenho a cabeça muito forte. Mas tem dias que parece que tudo irá desmoronar. Atualmente, ele está se mantendo bem por quase um mês, mas depois de tudo, sempre espero algo pior. Ah, já separamos e voltamos no ápice de algumas crises, mas nunca conseguimos durar separados. Eu não consigo abandona-lo. Não consigo deixar de cuida-lo. Mesmo que já não tenha forças pra cuidar de mim mesma. Sei que o assunto é delicado, que pouca gente tem o conhecimento real do que é isso, mas precisava de um canto pra desabafar… Em meio as dores, sigo acreditando que um dia isso irá passar, e terei o meu namorado de volta, pois é isso que me motiva a ficar, quem eu sei que ele é sem as drogas. Obrigada por escutar o meu chora Cony, sempre acompanho a coluna, e me dá uma força nos momentos difíceis.¨ Gabrielle, imagina se não iria publicar o seu caso!! Muito pelo contrário, acho de extrema importância falar sobre isso e acredito que muitas pessoas passam pelo mesmo problema mas não tem com quem falar! Olha só, acredito muito que seu namorado é realmente uma pessoa boa, por tudo o que você falou dele, como ele te trata e tudo mais. Acredito também que é um homem forte, afinal ficou um bom tempo longe das drogas mas infelizmente teve essa recaída. Você também está sendo muito forte de estar ao lado dele, está sendo muito mulher e realmente não sei o que faria no seu lugar. São sentimentos encontrados: por um lado você perdendo força e sofrendo, por outro, o amor que sente por ele. Sei que ele é um cara consciente, mas quanto ao que fazer sinceramente não sei. Poderia te falar para deixá-lo entregue ao seu vício e você cuidar de você, mas não é tão simples assim né? Sei também que uma conversa não vai resolver… Talvez uma nova internação… Peço ajuda às leitoras que já passaram por isso, que conhecem alguém dependente químico e que dê uma luz pra gente! Te desejo tudo de bom e fé… que as coisas melhorem para os dois, juntos ou separados! Caso 02 -Donatella ¨Oi, Cony! Adoro seu blog e adoro ler as histórias das leitoras e a sua opinião sobre elas e por isso resolvi escrever, porque preciso resolver esse assunto o mais rápido possível e conto com a sua ajuda e também das outras meninas.. Vamos a ela então.  Seguinte, eu namoro um rapaz à distância, diferença de 2700km =O há um ano. Conseguimos nos ver ao menos uma vez por mês porque ele tem família próximo a minha cidade e ora ele vem ora eu vou. Nos damos bem demais, em tudo, inclusive com aquela certeza (se é que podemos chamar de certeza qualquer coisa no campo sentimental, mas enfim…) de que vamos casar, pois já falamos disso naturalmente, inclusive para família e amigos e já com o ano que vem como “ano do casamento”. A questão é que agora estou desempregada, estudando e pescando o que fazer para arrumar dinheiro, mas mesmo quando eu estava trabalhando, a nossa diferença salarial era bem  grande (algo como eu ganhar um 1/4 do salário dele), mesmo assim, sempre dividimos tudo pela metade (ainda que em diversos momentos eu me sentisse um pouco incomodada com a situação, dada a diferença, ou mesmo que apertasse o bolso pra poder acompanhar. Só que agora, eu estou desempregada, vivo da minha poupança e aí é que entra toda a situação… Não sei se por falta de sensibilidade, tato ou qualquer coisa que o valha, ele não se preocupa muito em relação a isso, sabe? Algumas coisas ele paga integralmente (locais que aceitam ticket ou datas especiais), mas às vezes que vamos a restaurantes, por exemplo, dividimos tudo pela metade, mas eu já venho segurando as pontas há seis meses e a coisa tá apertando. Como estou sem trabalho fixo, consigo ficar na casa dele mais tempo, a última vez fui fazer dois concursos no estado dele e fiquei por lá uns 40 dias e em alguns momentos gostaria que ele tivesse sido sensível em relação às minhas despesas, ao menos quando a gente sai (dada a minha situação). Deixa eu dizer que eu sempre fui muito orgulhosa e sempre muito independente (depois que comecei a trabalhar ninguém pagava mais nada pra mim, pelo contrário, passei a ajudar em casa, pois moro com meus pais) e de jeito algum quero que ele me sustente, ou pague tudo pra mim, eu só queria que ele entendesse o momento que eu estou e me oferecesse apoio nesse sentido (fico pensando às vezes que eu queria que ele dissesse algo como: “ah, paga só 1/3 da conta..”), ou seja, eu só quero que as coisas sejam divididas proporcionalmente, apenas isso.  Sei que eu devia falar pra ele, mas eu tenho evitado essa conversa há tempos porque não sei como chegar nele sem parecer interesseira ou coisa do tipo. No fundo eu sei que ele sabe que não sou, pois nunca pedi nada a ele, tampouco deixei de visitá-lo ou presenteá-lo me fazendo de vítima desempregada, a questão somente é que essa situação desproporcional tem me deixado triste demais (o que piora ainda mais o sentimento de fracasso de estar desempregada). E sim, eu também sei que temos apenas um namoro e que, em tese, ele não me “deve” nada. Sinto que preciso falar pra ele, mas te peço uma ajuda de como eu poderia tocar nesse assunto tão sensível sem parecer o que eu não sou, mas também expondo pra ele a minha situação. Penso que se a gente quer casar ano que vem, ele precisa saber, porque se não quiser embarcar comigo, vai ter possibilidade de pular fora, mas que se ele quiser de fato ficar, vai saber também que eu preciso do apoio dele nisso também pra poder otimizar o dinheiro que ainda tenho e vê-lo normalmente.  O estopim para o meu email foi que encontrei uma passagem num preço “bom” pra ir vê-lo em abril e aí perguntei se ele poderia me ajudar com a volta, aí ele disse: “Claro! Mas parcela também”… Putz, eu quis morrer, mas apaixonada, o que fiz? comprei a passagem de ida.. Algumas amigas disseram que eu não devia ter comprado, mas comprei e dividi em dez parcelas kkkkkkkkkkk¨ Sim, você vai ter que conversar com e ele, e usar as mesmas palavras que usou no mail! Tranquila, realista, sensata. Acredito que ele não se ¨tocou¨ sobre isso ainda, prefiro pensar assim. Converse de boa, um dia que estiver calma, que os dois estiverem de bom humor, fale que tem algo pra falar com ele já há algum tempo, que é um assunto delicado e chato para você mas que chegou num ponto que precisa expor para ele a situação e pedir uma ajuda momentânea. Depois disso, vai observando. O fato que você contou que quando você trabalhava e ganhava 1/4 do que ele ganha e ainda assim dividir as contas meio a meio não me agrada, mas ainda trabalho com a hipótese dele ser desligado quanto a isso ou pensar que você tem mais dinheiro. Converse de boa e depois vem aqui contar pra gente o que deu. Mas ó… observe…   Caso 03 – Miuccia ¨Bom dia Cony! Sou apaixonada pelo blog, e acho seu trabalho MARAVILHOSO. Me chamo Miuccia, e tenho 23 anos, estou cursando o ultimo ano da faculdade de Direito. Aos 18 anos em uma viagem com meu irmão, conheci um amigo dele e passamos a nos envolver. Entretanto ao retornarmos de férias, soube que ele tinha namorada. Mas como estava apaixonada, continuamos nos envolvendo por dois anos, até que ele terminou o relacionamento para realmente ficar comigo. Certo dia, no nosso primeiro ano de namoro (três anos juntos), passamos a brigar muito, e em todas estas brigas terminávamos, e após alguns dias reatávamos o relacionamento. Mas isso foi me magoando, me fazendo sofrer e ter mais momentos tristes do que felizes ao lado dele. Sempre coloquei as vontades dele em primeiro lugar. Chegamos ao ponto em que ele praticamente coordenava o horário que eu chegava do trabalho e da faculdade, sempre desconfiando. Ele errou muito, mas a ultima aconteceu em Janeiro deste ano, após cinco anos juntos, resolvi viajar de férias com minha mãe por um período e 15 dias. Conversamos, e ele aceitou tranquilamente. Enfim, no meio da viagem descobri que ele estava com outra pessoa, eu retornei e terminei nosso relacionamento. NO MESMO DIA ELE PUBLICOU QUE ESTAVA EM UM RELACIONAMENTO SÉRIO COM A MENINA! Voltei para minhas férias. Mas nossa, sofri tanto, chorei horrores, acreditei que meu mundo iria desabar. Resolvi prolongar minhas férias, e viajei todo o mês de fevereiro, acreditando que no momento que retornasse para casa seria muito pior. Me enganei. Hoje estou muito bem, feliz, focada nos estudos, curtindo meus amigos como a muitos anos não fazia. E para colaborar nesta semana que passou conheci uma pessoa muito especial, que tem feito tudo para me fazer sorrir ainda mais. Entretanto, como é a lei do retorno, meu ex namorado quer voltar, está sofrendo pelo erro que cometeu, super arrependido, mas ele me perdeu. Enfim, não vale a pena sofrer por quem não merece, devemos  ter amor por si mesmo em primeiro lugar.¨   Nega, mas o que esperar de um cara que traiu a namorada por dois anos com voce? Moleque. Foi tarde esse aí.   Não mandem mais Choras! Toda vez vou falar isso até acabar com todos os casos que tenho no mail hein!!! Faltam poucos, uns 230 só… hahahhaa brincando. Menos, mas tenho muitos!

  • Prestenção – Bolsa Amarela

    Antes de entrar no assunto do post, imagina uma pessoa que foi dormir meia noite, acordou às 3 da manhã, saiu de casa às 4, chegou no aeroporto às 5, pegou avião pra SP às 6, chegou em SP às 7, começou a maquiar e arrumar cabelo às 8, começou uma sessão de fotos pra Glamour (segreeeeeedo, mas mês que vem tô na revista!) às 10, as 11 pegou carro de volta pro aero, conseguiu adiantar o voo de 17h para meio dia e meio e que chegou MORTA COM FAROFA em casa às 3 da tarde??? Pois é, essa sou eu e está tudo devidamente documentado no Snapchat! Segue lá pra ver minha loca vida loca – futilish!!! Cheguei tão mas tão cansada que deitei e só acordei agora, quase 9 da noite. Mas como trabalho é trabalho e sei que vocês esperam post novinho todos os dias, vamos falar de coisa linda? Esses dias usei uma combinação bem bacana no Minas Trend: Top de couro azul Cris Capoani, saia jeans Zara, STQT caramelo da Schutz e uma bolsa amarela, também Cris Capoani, para dar uma fashionizada no look. Tanta gente curtiu essa roupa, acredito que o contraste das cores deixou tudo muito interessante! Acontece que estou APAIXONADA por essa bolsa amarela. Quero usar todo dia! Hoje mesmo viajei com uma calça de tecido molinho com estampa preto e branco da Zara, blusa branca, blazer preto e a bolsa amarela. A bolsa amarela (ai que repetitivo, mas não vou falar em yellow bag) é um item que a gente nunca pensa em comprar. Sempre é bolsa preta, marrom, caramelo, quando muito, pensamos no vermelho. Erramos profundamente ao não dar o devido valor ao amarelão. Uma bolsa dessas acende qualquer look. No verão fica lindo, no inverno destaca os looks pretos e cinzas (que aliás fica lindíssimo com amarelo) e nas produções sérias, dá aquela quebrada de mestre da moda. Vejamos: Nosso querido P&B com um toque amarelo. Maravilhoso… Fora do comum e mega estiloso! Combina com qualquer tipo de estampa. Qualquer. Mais linda que o sol, com calça skinny, camisas e listras. Amiga, e se Olivia Palermo usa, e em repetidas ocasiões, é porque o negócio é BA BA DO. Para as mais fashionistas, incrementa qualquer roupa. Sim, eu sei que você ficou querendo uma e super te compreendo. Agora vou partir para a segunda parte do post, onde comprar uma? Em breve, aqui no Fufu.

  • Teste De Provador!

    Gente, mas tem que ser MUITO corajosa pra fazer o que vou fazer aqui hein… Sempre achei que os provadores enganam a gente e hoje resolvi tirar a prova. Semana passada vi um post rodando no Facebook sobre uma moça gringa que foi em várias lojas de departamento e tirou fotos no provador, sempre com a mesma roupa para mostrar a diferença de cada um deles. Iluminação é TUDO, fato, e além disso, até o ângulo do espelho interfere na nossa imagem. Eu sempre tive ódio dos provadores da Zara pois dá para ver cada celulite existente, o que me deprime um monte. Pois então, hoje resolvi fazer igual a moça gringa: vesti uma roupa mais justa (porque não adiantaria usar nada solto e também não iria fazer isso de calcinha e sutiã né?) e básica. Fui de regatinha branca, jeans skinny e prendi o cabelo para não atrapalhar. Vejamos como cada provador de cada loja nos revela? C&A: iluminação MUITO clara, porém o espaço no provador foi o suficiente para ver a roupa completa. Achei que não me deixou com uma silhueta bonita. Pode ser que eu não tenha mesmo, mas também não ajudou a me sentir melhor. Renner – fiquei chocada, foi o melhor de todos! Iluminação suave e que deixou a aparência boa. Acho que o espelho deve ter algum ângulo especial, me achei mais magra! Riachuelo – o pior de todos, pior até que o da Zara. Luz ruim, pouco espaço no provador, foi o que mais me engordou! Zara – comparado aos outros, nem foi o pior, mas a luz é muito ruim, a gente fica com aparência fantasmagórica e como disse, mostra todos os defeitos. Apareceu uma celulite no braço que não apareceu nas outras fotos. Fiz o teste nas lojas do BH Shopping e me surpreendi ao ver que a Renner tem o melhor espelho no provador. Fica a dica para as fast fashion investirem em espelhos e iluminação de qualidade, afinal, se a gente se achar bonita, obviamente que a compra será quase certa!

  • Herchcovitch para C&A!

    Mais uma parceria de Alexandre Herchcovitch e C&A! Clássicos da marca, Herchovitch PURINHO para eles e para elas. Tem muita alfaiataria (que quero muito provar pra ver o caimento!), xadrez, listras, risca de giz, lacinho e claro, caveiras! Sobre as cores: quase tudo tem sua versão em preto, branco, vermelho e azul. Alguns amarelos e rosas por aí. Tem romantismo, mas o romantismo de Alexandre, claro, com um pouco de agressividade seja nos detalhes ou nas estampas. A camisa é fofa, delicada e feminina, mas se olhar de pertinho, veremos caveirinhas estampando o tecido. Querem ver algo da coleção? Tem até vestido de noiva!!!! Se eu gostei? Mais ou menos… confesso que apesar de toda a genialidade de Alexandre Herchcovitch o estilo dele não me agrada muito. Porém contudo todavia entretanto, quero provar as peças de alfaiataria sim. E uma camiseta de caveira né? Isso tem que ter e cabe perfeitamente no meu dia a dia. O que acharam? Ah, e a coleção já está sendo vendida online e a partir de amanhã nas lojas C&A selecionadas!

  • Ainda Sobre Tênis… Só Que Preto!

    Perdi a conta de quantos posts já fiz sobre tênis: as tendências que aparecem, como usar no verão, no inverno, com o que combina… até que num dos último posts, uma leitora fez uma pergunta interessante. E tênis preto? Pode usar também? Pooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooodeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee! Talvez seja um pouquinho mais difícil, talvez exista alguma resistência, pois nós, meninas femininas e delicadas, mulherzinhas que somos, sempre queremos que o look fique leve e caprichado né? O tênis preto, por vezes, pode remeter a “chuteira” mas vamos nos lembrar que é apenas o tênis que vai pesar o look (isso se pesar) então será a produção num todo que dará o tom da produção geral. Temos vários modelos de tênis preto para compor looks bem legais. Vejamos: Adidas: quem é do contra e não quer o branco com as listras pretas, pode escolher o contrário! Lembrem-se que o loook simples, com poucas cores, é a prova de erros e fica super estiloso. All Star: pode ser de cano alto ou cano baixo. Eu tenho de cano alto e uso pouco pois acho muito juvenil mas nada impede de usar com um vestido de malha preta por exemplo. Os de cano curto são ótimos, e cabem em qualquer look e IDADE! Não tenho de cano curto… agora cismei hahahaha New Balance é meu amorzinho em se tratando de tênis street. Acho lindo, chique, cool, estiloso, mostra “que essa pessoa entende das moda”. Com o N branquinho então… editora de revista amiga. Tenho um, mas o meu tem o N preto com beirada cinza acho… Gente prestenção como fica bonito com blazer e casacos de corte reto? Usaria esse estilo TODOS OS DIAS! Nike: também gosto muito, principalmente com o símbolo branco. Não sei bem qual o modelo dele (se alguém souber, conte nos comentários) mas tem um que está na moda e me confunde por ser parecido com outros Nikes. De qualquer forma, é uma ótima alternativa a se escolher caso o desejo seja um tênis preto para usar no dia a dia! Superga! Eu fico com o preto com o solado branco, sem sombra de dúvidas. Esse com o solado preto não me agrada muito… De todos os modelos aqui apresentados, o superga é o que menos me agrada. Não é feio, mas há melhores.  Simples, fácil e bonito né? Mas como podem ver, é sempre bom usar cores neutras ou quase nenhuma estampa para acompanhar o tênis preto. Nesse quesito, o branco é bem mais versátil. O preto é mais urbano, mais minimalista, mais sério. E mais chique também!

  • Tem Jeito Decor 06 -Mary sentadinha.

    Oi Fufu! Tão tudo bowa? Asho lindo! Vamos pra um #TJD ? A Mary me mandou essa dúvida já tem um tempinho, então vejamos o que ela precisa:  “Oii Lelo , ja amo amo o mcsc , e lembrando do post sobre o elefante na sala kkkk comprei minhas poltronas e sabe fiquei naquela se parece ou não que tem coisa sobrando. minha sala é estreira 5X2,80 e as poltronas parecem enormes. é implicância pessoal ou são 2 elefantes que eu deveria substituir por poltronas menores? obrigada

  • Novidade De Estética – Vanquish!

    Eu sou MUITO ligada a tratamento estéticos, adoro testar novidades e ver se dão resultado mesmo. Acredito que já fiz quase todos: carboxiterapia, Manthus, radiofrequência, Vela Shape, criolipólise e tantos outros que até esqueci os nomes. De tudo o que já fiz até hoje, o que mais amei foi o Vela Shape. O resultado é imediato, pele lisa, firme na hora! Maaaaas, tem que fazer sempre. Parou, já era… e digamos que não é um procedimento muito barato. Bom, agora há um burburinho em torno de um novo aparelho que está fazendo a cabeça (ou a barriga) da mulherada: o Vanquish. Trata-se de um aparelho novo, liberado pela FDA em 2014 e que chegou ao Brasil no final do ano passado. Você fica deitadinha, quietinha, e o aparelho ¨abraça¨ barriga e flancos, tratando as duas regiões de uma só vez. Ele destrói as células de gordura, apenas elas, e ainda ajuda a tirar a flacidez da pele e definir contorno. Atua com uma tecnologia de campo eletromagnético, radiofrequência, até 45º graus e dizem que não se sente nenhuma dor ou desconforto, apenas um ¨quentinho¨ na região. O protocolo é tranquilo: 4 sessões de cerca de 45 minutos, sendo uma por semana e os antes e depois que vi por aí são CHOCANTES! E depois do tratamento, ainda continua queimando gordura por um tempo! Mas o negócio é tão moderno (e caro, entre R$ 1000 e R$ 1500 por sessão) que aqui em BH nem chegou ainda, pelo menos não sei de nenhuma clínica que tenha comprado esse aparelho seca barriga. Se estou LOUCA pra fazer? CLAROOO! Mas… não posso. Como uso DIU de cobre, não posso fazer mais nenhum tratamento que emita ondas de calor ou de frio na região da barriga, pois pode aquecer o DIU e me queimar por dentro. Tenso né? Terei que me conformar com minha pancinha e fechar a boca mesmo… Alguém conhece ou já fez??

  • Dica da Leitora!

    Vamos ver quem está se saindo melhor nas compras em momento de crise? Dica 01 – Vivi Bota MARAAAAAAA que a Vivi achou! É da Beira Rio e a Vivi comprou na Riachuelo por R$ 99! Gente, linda DEMAIS! Quem estiver procurando uma ankle boot para este inverno, pode se jogar nessa, está aprovadíssima. Parece aquelas de marca cara… Dica 02 – Shirlei Mais achados de sapatos! Os dois na C&A e por R$ 49 cada! Amei DEMÁS a primeira flat! Dica 03 – Priscilla Lembram quando cismamos com uma galocha? A Pri achou a dela! R$ 239 na Zara! Tá beeeeem digna! Dica 04 – Rafa Mais opções de STQT (sandália tem que ter!) Na Sonho dos Pés por R$ 109 cada!! Dica 05 – Luana Gente mas que pessoa boa de achado! CHOQUEI COM ESSES VESTIDOS! Com TODOS! Riachuelo R$ 69,90 Riachuelo R$ 79,90 Riachuelo R$ 49,90 Riachuelo R$ 89,90 C&A R$ 119,90 (MARAAA) Renner, R$ 129,90 Chocada, e vocês? A Luana tem um instagram de achados, acho bom a gente seguir né? @achadosdalua Dica 06 – Mevelin Ô gente, mas vocês estão me enchendo de orgulhoooooo! Todas lindas e com achados ótimos! O olhar tá treinadinho hein… Bom, vamos para o achado da Mevelin. Riachuelo por R$ 79,90! Segundo a Mevelin é de tecido firminho, o que é ótimo para os dias mais friozinhos. ARRASOU! Dica 08 – Jéssica Agora a vez da Renner! Vestido listrado por R$ 69,90 e jaqueta jeans por R$ 99! Amei o vestido, ficou com um corpão! Dica 09 – Camila Chocada DE NOVO! Agora vestidos da Zara! Preto basiquinho a la Audrey Hepburn (desejei demais! Como é bom ter um desses no armário…) R$ 189. Preto e branco MARAVIDEUSO QUE QUERO URGENTEMENTE por R$ 239. Ela disse que o caimento é perfeito e eu digo: PERCEBE-SE! Juro, tô passando mal… Vestido azul marinho com gola branca (e tem de poá, de pied de poule…) R$ 189. Posso falar? Curti demais pra minha fantasia de Halloween deste ano, vou de Vandinha da Família Adams! Na foto até parece preto. E por último, um vestido geométrico por R$ 169. Esse DDL foi dos vestidos! Amei muitoooo! Ainda tenho mais dicas para publicar (sim, acumulou), então vamos dar uma segurada nos mails até eu chamar de novo tá? Meninas, ARRASARAM! Do fundo do meu coração, parabéns! 

  • Mais Uma Sandália Tem Que Ter

    Ai, não me matem, mas tem mais um modelo de sapato que eu não vivo sem e me salva em várias ocasiões. Antes de falar qual é queria dizer que não é pra ninguém se sentir pressionada a ter uma hahahaha. Aquela nossa STQT sim, é altamente necessária para festas, baladas, qualquer evento ou roupa que peça uma sandália mais arrumada e a STQT vai com TUDO, mas a de hoje é uma paixãozinha minha. Sabe barzinho domingo a tarde? Churrasco mais arrumadinho? Passeio que pede um look mais caprichado? Almoço de sábado pra conhecer a sogra? Festinha de criança durante o dia? Então, para todos esses tipos de ocasião a gente logo pensa num saltinho mas quer fugir do salto fino. O que escolhemos? Uma sandália anabela caramelo. Pessoas do meu coração, a anabela caramelo combina com: Jeans skinny Jeans flare (que sempre pede um salto) Vestidinhos de verão (estampados ou não) Short (alfaiataria ou jeans) Saia jeans Calças brancas (fica chiquérrimo) Calças de tecido molinho E um monte de outras roupas!   É A sandália do evento ¨informal¨ que pede um capricho a mais. Ou pra aquele dia que você quer se arrumar mas não quer encarar um salto agulha. Eu tenho 3 e sempre estou em busca de mais uma: uma da Schutz toda trançada, uma da Vicenza e uma da Arezzo. Todas as minhas são anabelas, aquelas ¨wedge¨ que olhando por trás parece ser salto fino, mas tipo espadrilha também são válidas. Eu prefiro anabela por ficar mais delicada! Então digamos que tem a anabela de salto fino e a anabela de salto grosso. Vejamos: Calças, saias, vestidos longos, vestidos curtos, shorts… Não fica lindo? E além de ser uma mega curinga, alonga! Mas onde comprar uma bem bacana? Eu amei muito duas: a da Passarela de R$ 109 e a da Schutz de R$ 390 (amo demais esse modelo). Além disso, é o tipo de sandália que sempre tem que ir na mala de férias! Até se surgir uma balada inesperada, ela serve! Eu que o diga… acabei com a minha em Milão rsrsrs. Gosto demais, e vocês? 

  • Camisolismo!

    Ou… slip dress pra ficar chique. Então, mais uma tendência pra gente analisar e pensar se vai se aventurar ou não! Já tem um tempo que a lingerie anda a mostra. Todo mundo tem um top de renda para ficar aparecendo despretensiosamente e também aquele top cheio de tiras né? E cada vez mais, a lingerie ganha as ruas! Já tivemos a moda pijamão mas desta vez estamos mais femininas e sensuais: a camisolinha está nas ruas. Sim, aquela camisola de cetim, de alça fininha, com rendinha, resolveu ser roupa de rua e já tem MUITA gente usando! Inclusive já tem até na Zara, um slip dress bem bacaninha mas que não tive coragem de chamar de meu. Antes de falar mais sobre o assunto, vejamos como fica usar uma camisola na rua. Marca TUDO, até quem não tem barriga fica com um buxinho aparecendo. E outra, sutiã pra que né? Se for dessas camisolas soltinhas, haja Lib pra segurar as peitcholas. Se gostou da trend mas acha muita coisa usar um vestido camisola, pode ir por partes e usar uma saia com renda (tipo anágua) ou mesmo uma regatinha com tecido bem molinho e rendada.  Acho lindo, não vou negar, mas difícil de usar se não for magrinha e esbelta. Por enquanto eu passo, e vocês?

  • Chora Que Eu Te Esculo

    Quinta a noite… você aí sem fazer nada… vamos ajudar as top models? Caso 01 – Cindy Oi Cony, você é incrível e eu amo seu blog, o melhor de todos pra mim! =) Bom vamos lá, esperei um tempo para escrever porque esperava que alguém contasse alguma história parecida com a minha e eu pegaria o gancho, mas não aconteceu, então estou aqui. kkk Tenho 21 anos e namoro com um cara bem mais velho e já fazem 3 anos, ele é demais, super companheiro, estamos fazendo faculdade então estamos no mesmo clima de estudos e tal, ele é carinhoso, adoro o ciclo de amizade dele …enfim, ele é um namorado incrível pra mim e estamos crescendo muito juntos. o problema é….(sempre tem né) Ele tem um filho. Só que o filho dele é EXTREMAMENTE tímido e chato, no começo achei que era ciumes mas ele é assim mesmo, eu chego e dou OI ele não responde, só responde quando o meu namorado ta junto porque briga com ele, ele tem 7 anos mas não interage, não conversa e eu já tentei de TUDO pra ter um laço maior, já pedi pro meu namorado conversar com a ex dele pra ver se ele falava alguma coisa de mim pra ela e pelo contrário ela disse que eu era legal, meu namorado já conversou com ele também e ele diz que não sente ciumes e que gosta de mim, mas as coisas não mudam ele continua do mesmo jeito, faz cara de deboche e pouco caso sabe?! Os sobrinhos do meu namorado tem quase a mesma idade e eu me dou super bem , brinco, me jogo no chão, jogo vídeo game e ele sempre de canto ou brincando junto mas sem falar nada. Só pra ter uma ideia, no primeiro Natal juntos, eu dei 3 camisetas de super heróis que ele adora e sabe o que ele falou? AFF, CAMISETA e saiu, fiquei péssima. No segundo Natal eu já dei um brinquedo para agradar mais né e ele falou: NÃO SOU MAIS CRIANÇA PRA FICAR GANHANDO ESSES BRINQUEDOS CHATOS . Quando eu falo pro meu namorado ele briga com ele e até deixa de castigo e eu morro de dó, então as vezes deixo pra la. Mas não tenho ideia do que fazer….. O problema é que estamos pensando em casar e ele me disse que o filho quer ir morar com a gente quando tiver maior e isso me deixou em panico. Até eu ver ele de 15/15 dias tudo bem, mas morar comigo? na minha casa? não consigo engolir, nunca comentei com meu namorado mas só de pensar nisso já me deixa sem vontade de casar, porque sei que não daria certo pelo jeito que esse menino é. Sei que parece egoísmo da minha parte falar isso, porque ele é criança e eu também vou ter filho um dia, o problema é que ele não interage, não tenho ciumes dele, pelo contrario adoro ver o meu namorado com ele, ele é um pai maravilhoso e eu amo criança (vou atuar com crianças na minha área de formaação) o que me deixa magoada é não conseguir nem conversar o básico com ele, queria me aproximar ser uma “boadastra” sabe, sou filha de pais separados e sei o quanto é ruim tudo isso, mas não consigo lidar, nesses 3 anos já tentei de tudo. Cony e meninas me ajudem ? Menina, sinceramente não sei como te ajudar. Tenho zero conhecimento em psicologia infantil e quando leio um caso de criança birrenta meus conselhos não seriam nada nada bons rsrs. Talvez só ter paciência mesmo e esperar o menino crescer e mudar, mas… não sei… Meninas, me ajudem nessa?     Caso 02 – Naomi  Oi Cony, vou ser bem direta. Nunca namorei com ninguém! Nem namorei, fiquei e tal. Tenho 27 anos, sou formada, pós graduada, tenho o mesmo grupo de amigos maravilhosos desde a escola, sou vaidosa (leitora sua né haha) e até referência quando uma amiga quer fazer compras ou dica de maquiagem. Não me acho introvertida, mas também não sou a expansiva. Sempre saí desde a adolescência, vou a festas, barzinhos, viajo. Enfim, tenho uma vida social, auto estima, e não me acho feia não! Só que tem esse pequeno problema. Desde que os coleguinhas de escola começaram a formar pares nas festinhas, passando pra namoros de adolescência, faculdade, morar junto quando sai de casa e até agora com amigos casando, nesse mundo de relacionamentos sou um ET. Aí vem a pergunta, eu já gostei de alguém? Nunca me apaixonei, só leve um interesse mas nunca correspondido, não sou daquelas que tomam iniciativa. Alguém já gostou de mim? Sim, um na época da escola foi o mais insistente, mas como ele era 2 anos mais novo, isso pesa quando você tem 15 né. Depois disso uns 2 no máximo foram mais óbvios, só que realmente não tinham NADA a ver comigo (gostos muito diferentes, conversa não fluía). Meus amigos sabem? Desconfiam fortemente com certeza, já me cobraram mais no passado, agora aceitam como sendo parte de quem sou e nem tocam no assunto. Já perdi meu pai e mãe, o resto da família é pequena, se conta nos dedos das duas mãos. Tenho vontade de ter alguém, não quero passar o resto da vida só. Não sei o meu problema, se não sei flertar, ou tenho medo da rejeição, ou medo de compromisso. Acho que a cada dia fica maís difícil ter situações favoráveis pra conhecer alguém, meus amigos são todos comprometidos e raramente querem uma saída mais que restaurante ou sushi. Sempre meio que idealizei conhecer alguém casualmente e ir desenvolvendo a relação, mas isso nunca passou perto de acontecer. Já cogitei o tinder, mas minha cidade é pequena e tenho muita vergonha de dar de cara com um conhecido, a não ser em alguma viagem, mas ultimamente ta meio difícil. Com o passar do tempo percebi que tenho que mudar algo em mim se quero que isso aconteça, mas não sei como nem o que.   Naomi, já fez terapia?? Olha só, eu conheço uma mulher que tem 40 anos e NUNCA namorou! Vive ficando com caras na balada, mas namorar mesmo, nenhum. Não entendi se você sequer ficou com alguém mas talvez você precise de ajuda para descobrir porque tem esse bloqueio. Se tem auto estima boa, é inteligente, vaidosa, tem vida social, juro que não entendo. Será que você está exigente demais?     Caso 3 – Elle  Oi Cony querida. Adoro sua autenticidade e seu estilo. Na moda e na vida. Queria ser sua amiga! (Carente, né?) Haha. Enfim, deixa eu contar minha história. Sou casada há quase 4 anos. Com namoro são 7. Os três primeiros anos foram um namoro à distância. O começo do namoro foi super conturbado, eu não tinha certeza do que ele sentia por mim. Morávamos em estados diferentes. Eu no Norte e ele no Sudeste. Os encontros aconteciam geralmente em um fim de semana por mês. No começo da relação que eu não sabia se era namoro mesmo, eu fiquei com outros homens. Mais tarde ele descobriu e terminou comigo por conta disso. Depois voltamos. Ele diz que nunca ficou com ninguém nesse período. Eu não acredito. Terminamos algumas vezes e nos términos eu ficava com outros e ele também ficava. Enfim. Mudei pra cidade dele em 2012 para morarmos juntos. Casamos no civil em 2013. Temos a mesma profissão e nesse quesito, tenho que assumir que a minha vida melhorou muito. Consegui um emprego numa empresa referência da minha profissão. Salário quatro vezes maior. Tudo certo. Ele me ajudou a conseguir o emprego. Na verdade, enviou meu currículo. As pessoas gostaram e consegui manter o trabalho pelo meu esforço. Temos uma vida confortável, graças a Deus. Ele ganha mil vezes mais do que eu, é de família rica, então, ele é quem banca as contas de casa. Só que temos algumas diferenças de pensamento. Ele é intelectualizado, tem pós-doutorado, já viajou por diversos países… Modéstia à parte, também sou bastante inteligente, mas ele é fora do normal. Só pra tentar ilustrar, na minha casa tem um acervo de 4 mil livros. Ele já leu e releu quase todos… Eu sou mais consumista. Gosto de ler, mas prefiro ir ao shopping… E ele condena esse “consumismo exacerbado”, na avaliação dele. Acontece que em setembro do ano passado ele viajou a trabalho e eu mexi no celular antigo dele. Li conversas no facebook com uma mulher e descobri que ele estava me traindo. Isso desde 2013, antes mesmo do casamento civil. Eram encontros esporádicos, e quase sempre ele é quem a procurava, pelo que analisei das conversas. Fiquei devastada. Não entendi porque ele fez isso. A mulher, pela minha análise, nem fazia o estilo dele. Aparência vulgar, zero intelectualizada… Eu falei que tinha lido as conversas e ele assumiu. Pediu perdão, disse que foi um erro. Eu questionei os motivos, já que ele sempre disse que nunca agiria por impulso, que se um dia fosse me trair, seria porque estaria apaixonado, então ele supostamente não concretizaria a traição. Terminaria antes. Ele disse que achou que estivesse apaixonado. Isso acabou comigo. Comecei a fazer análise. Não terminei o casamento. Seria mais fácil pra mim se ele falasse que traiu por desejo, por sexo… Aliás, nossa frequência sexual desde que fomos morar juntos é bem menor do que eu gostaria… Uma vez na semana, em média. Estamos planejando ter um filho em breve, só não engravidei ainda por medo da zika… Mas ainda não consegui digerir essa traição. Tem um detalhe: numa das conversas a “amante” pergunta de mim. Diz “quando vou conhecer sua gata? Quero conhecê-la”. E ele diz que ela vai me conhecer em breve, mas que antes quer resolver as pendências entre os dois. Deduzi que ele planejava uma ménage, no mínimo. Tenho que ser sincera e dizer que a ideia não me causa asco. Mas jamais faria com ela. Não a achei atraente. E sei que eu ficaria morta de ciúmes por eles terem uma intimidade. Ah, nunca tive a experiência. Será que é hora de eu esquecer isso de uma vez por todas? Ele a levou numa viagem de trabalho, justamente no fim de semana que eu descobri tudo, ele estava com ela. No começo eu enlouqueci de ciúmes, todas as viagens dele me deixavam com a pulga atrás da orelha. Com o tempo melhorou bastante. Mas ainda não é uma situação superada… Queria a opinião de vocês… Meu analista diz que eu o coloco numa posição idealizada, e quando descobri que ele é “de carne e osso” e faz as mesmas merdas que todos os homens, não tô sabendo como lidar… Concordo com ele. Opiniões? Me ajudem.   Só sei de uma coisa… você tem sangue frio pra caraaaaaaamba! E ainda pensa ter filhos com esse homem?? Bom, sei que casamento é algo complicado e que existem traições E traições mas achei o que ele fez com você uma das piores. Antes mesmo de casar, já viajou com a mulher e ainda pretendia te apresentar pra ela pra sabe-se lá o que? Menina, eu teria chutado o balde na hora. Mas se você perdoou, que seja de coração e esquece tudo e vai viver sua vida com ele. Evite pensar no assunto ou trazer isso a tona a cada briga. Tem gente que consegue superar traição… Eu mesma já tentei, mas não consegui rsrsrsrs. Acho muita falta de respeito e não conseguiria confiar novamente. Sabe aquela historia do vaso quebrado? Quebrou a confiança uma vez, já era, sempre ficarão marcas… Mas é com você. Se você acha que ele vale a pena, que gosta do seu casamento, está satisfeita e vê isso realmente como um erro dele, boa sorte. Mas se te incomodar todos os dias e lembrar sempre disso, talvez tenha que pensar melhor no seu bem estar.     Tô péssima com as frases hoje! Achei os casos difíceis de por quotes rsrsrs. AH, NÃO MANDEM MAIS CHORAS! Gente, é sério, tenho muitos muitos, vamos com calma para conseguir atender a grande maioria. Casos difíceis ou eu estou uma péssima conselheira hoje? Me ajudem!

  • Fala Que Eu Te Escuto – Posso Usar Tênis Com O Quê?

    E sobre uma das minhas peças fashion preferida ultimamente: tênis! ¨Oi!! Meu nome é Isabela! Primeiramente, gostaria de agradecer a vc por ter melhorado o modo que eu me visto (listras, haha), por ter me conscientizado no consumo e  quero já te parabenizar por ser a melhor blogueira do mundo!!! Então quebrei um osso no meu pé faz 7 meses e não poderei usar salto por um bom tempo (justo uns meses antes de quebrar tinha pego o gosto por saltos). Vc poderia nos dar umas dicas de looks com tênis e vestidos e mais dicas de modelitos pra usar com tênis? Tô amando isso mas não me arrisco muito, medo de errar!! Seu blog foi meu companheiro nesse período q fiquei afastada (5 meses de depressão), atualizava a página toda hora hahaha Sucesso!!! Beijão, Isa¨ LINDEZA! Fico feliz quando sei que ajudei alguém de alguma forma! E vamos ficar mais lindas ainda e mais felizes usando tênis? Super possível, é meu queridinho da vez, quero usar o tempo TODO! Tá bem fácil pois ele é super versátil e vou mostrar alguns looks pra gente se inspirar tá? A forma mais básica, com jeans skinny! Mas com jeans boyfriend também fica lindo. Inclusive, prefiro usar com calças mais larguinhas, tudo fica muito confortável rs. Com calça preta também fica ótimo. Não se preocupe com o contraste se o tênis for branco. Fica chique. Quer trabalhar de tenis? Também dá! Com alfaiataria fica super estiloso. Com vestidos longos fica uma coiiiiiiisa de tão lindo! E com saia midi, fica super fashionista! Outra combinação que amo muito, com saia lápis! Se for listrada então… E obviamente, com saias curtas. Qualquer modelo. QUALQUER! Com vestidinho é super fofo (o da Thassia não é vestido mas finge que é rs). Ótimo pro verão, fica uma coisa meio menina mas também um pouco ousada. Viu como é fácil Isa? Pode usar no inverno, no verão, em qualquer época e sempre vai ficar lindo. Só uma coisa… se o tênis for branco, cuide para que sempre esteja limpinho, ou pelo menos apresentável. Somos mocinhas né?  Gostaram?

  • Desejo de Beleza!

    Já tem um tempinho que conheci um produto de beauté que fiquei LOUCA com ele mas esqueci de comentar aqui… como sempre, senta que lá vem história! Foi assim: fui fotografar a campanha da Passarela e eles sempre arrasam na equipe da produção. Com o maquiador não poderia ser diferente… veio aquele homem só com maquiagem top de linha. Antes de começar o make, ele limpou bem meu rosto e passou um creme. Sempre fico tensa na hora do creme hidratante pois como minha pele é MUITO oleosa fico com receio da maquiagem escorrer em segundos. Mas era um creme diferente. Um pote lindo, parecia objeto de decoração. Olhei, peguei perguntei o nome e senti a textura. Era creme mas na hora de passar no rosto ficava diferente, tipo seco e a pele ficou suave e macia na hora, uma coisa estranha… Nisso chega o Kadu Dantas super empolgado e pede pro maquiador: ¨Por favor me passa o nome do creme que você usou em mim!! É maravilhoso!¨ Era o tal creme que eu estava ¨curiosando¨. Trata-se do Magic Cream da marca da maquiadora francesa que mora em Londres Charlotte Tilbury. Pesquisei sobre e vi que ela, maquiadora há muitos anos que trabalhou com Kate Moss, Gisele, fez várias capas de Vogue e campanhas de grandes estilistas, desenvolveu esse creme com tudo de melhor que ela já usou na vida. Uma fórmula secreta que contem ingredientes antiidade, ácido hialuronico, extratos florais e outras coisinhas a mais que tiram o aspecto de pele cansada e que REALMENTE faz milagre imediato. Faz porque eu VI e com testemunhas! O glow e a aparência de pele renovada é incrível! Não é nada gordurento, melequento e a textura é beeeeem leve. A parte ruim da história é que não é nada barato, cerca de 70 libras, ou seja uns R$ 450 mas que são muito bem pagos. É esse aqui: E tem vídeo mostrando como usar: Quero DEMAIS! Só falta arrumar uma viagem pra gringa agora… E prestem atenção nesse nome, Charlotte Tilbury está BOMBANDO no mundo da maquiagem. Se antes era como maquiadora, sua linha lançada em 2013 está conquistando vários adeptos. Bom, o creme eu já sei que é maravilhoso, resta testar mais coisinhas. Já conheciam Charlotte?

  • O Melhor e o Pior do Prêmio Geração Glamour (ESSE EU FUI!)

    Genteeeeeeee, eu fui numa das festas mais BAPHOS do ano! Aconteceu ontem na Casa Petra aqui em SP o Prêmio Geração Glamour, onde a revista premia melhor atriz, melhor cantora, gato do ano, melhor blogueira, e várias outras categorias. Deixa eu contar tudo… Ontem mesmo cheguei em SP com dois looks pra festa e um pouco tensa, afinal falaram que era gala mas eu não queria ir de longo. Sei lá… revoltei e não quis um longo. Até provei alguns mas me achei muito madrinha de casamento, não consegui encontrar algo fashion, ousado, diferentão em se tratando de longo. Os dois looks que trouxe tinham a mesma proposta, mas um era bem fechado e quente e o outro mais light e fresco, queria garantir algo pro clima de SP que SEMPRE me surpreende. Como cheguei em SP e estava muito quente, preferi ir com o vestido mais leve e ainda bem, pois estava um calor infernal na Casa Petra. Bom, a Paola veio no hotel e fez minha maquiagem que ficou MARAVILHOSA. Ela arrasa muito! Pra quem é de SP, a Pá é uma ¨mão na roda¨ rsrs, ela vai em casa, no hotel, onde for… só usa produtos top, faz cabelo também e o resultado é divino. Minha pele é toda estragada gente… olha o que essa mulher faz… O insta dela (com informações de contato) é o @tededico. Anotem para qualquer eventualidade! Meu brinco é @ummeiadois (Carolzinha, outra salvadora!)! Depois partimos para a festa. Chegando lá, tinha uma fila básica para ser fotografada no backdrop (aquele painel com o nome do evento), uma confusão danada e preferi passar direto. É… não vai ter foto minha oficial… Como contei, eu estava um pouco nervosa por ir de curto mas chegando lá desencanei geral ao ver de TUDO: vestidos longos, curtos, longos dignos de Oscar, longos dignos de domingo à tarde, roupa de baladinha, terninhos, pretinhos básicos, paetês da cabeça aos pés, enfim… foi uma gala bem eclética. Uma observação, foi minha primeira festa ¨red carpet¨ e posso afirmar uma coisa: tem look que ao vivo é maravilhoso e em foto fica terrível e tem look terrível que em foto fica maravilhoso. Aham, desse jeito fica complicada nossa vida pra julgar a roupa alheia sem fazer injustiça. Mas vejamos alguns looks da noite (vou pegar tudo do Instagram pela #prêmiogeraçãoglamou que fica mais fácil pra mim): Começando por três looks que achei DIVINOS! Rafa Brites (apresentadora do prêmio junto com o Felipe Andreoli), Juliana Martins e Mariana Rios. Muito bordado, muito paetê e três peças bem modernas! O que é esse macacão da Mariana gente? LINDO na foto e PERFEITO ao vivo! Uma coisa!! As gatas que podem vestir qualquer coisa que fica bonito: Thaila (linda ao vivo mas mais bonita na foto #prontofalei) e Giovanna Ewbank que não vi na festa. Não curti a roupa da Gio, mas a beleza dessa mulher deixa tudo aceitável. As globais premiadas: Tais Araújo e Grazi Massafera. Não curti muito o look da Tais mas a Grazi… meu Deus, mais linda ainda ao vivo. O vestido dela é Dolce & Gabanna. As musas clean e chiquéeeeeeeeeeeerimas! Claudia Bartelle (que amo de paixão) estava deslumbrante, impecável, perfeita! Depois vou fazer um post com as jóias que ela estava usando, uma proposta super diferente e inovadora… Vocês vão curtir! E Yasmin e Luiza Brunet, duas divas, mas não vi nenhuma das duas lá… Acho a Yasmin a mulher mais linda da atualidade… Ao vivo, na foto, de qualquer jeito. Os terninhos da noite! Nunca pensei ver ¨tanto¨ terninho numa gala… Achei interessante… pena que não achei foto com o look completo da Camila Coelho, que estava LINDA de Fabiana Milazzo. Helena Bordon (eleita a It Girl do ano) usou um preto muito elegante e Celina Locks (era namorada do Ronaldo né?) usando um Fátima Scofield (oi BH!) super colorido. Melhor blogueira e melhor Youtuber! Camila Coutinho (que já faz 10 anos com o GE!) ganhou como melhor blogueira e a Kefera ganhou a de Youtuber do ano. O vestido da Camila era bem lindo ao vivo, a foto não foi fiel, ela estava muito chique e o da Kefera achei previsível. Não gostei do look da Fernanda Keulla e Manu Gavassi (que é mega pequenininha, mas mini mini mesmo). Não casou com o evento, um por muito e outro por menos.  As funkeiras: uma premiou a outra! Valeska Popozuda deu o prêmio de melhor cantora do ano para Ludmila que até cantou um pouquinho. Olha… eu não curto funk, mas sabe que achei a batidinha da Ludmila gostosa… Me julguem… Caroline Bittencourt estava com uma maquiagem tão mas tão carregada que nem reconheci quando vi de primeira. E Wanessa Camargo, outra que não vi na festa. E eu, de vestido Arte Sacra, clutch La Spezia, sandália Schutz (que foi uma novela pra conseguir! Em BH não tinha e fiquei igual louca procurando aqui em SP até encontrar no JK. LINDA!). Como eu me julgo? rsrs Bom, fui de curto glamouroso (a foto não captou a riqueza do bordado nem a cor, um azul serenity com cobre), achei o modelo da manga bem bacana e o estilo do bordado e do vestido algo meio anos 70… Quis sair do óbvio mas não do script. O que acharam? No meu instagram tem mais fotos (@futilish) e no Snap a festa TODA (futilish tb). Que estranho um O Melhor e o Pior que eu fui rsrsrs. Não sei se gosto kkkkk.

  • Chora Que Eu Te Escuto!!

    É quarta (ainda) e tem choradeira no ar! 01 – Odete Olá Cony, como todas suas leitoras amo o fufu e é incrível o quanto você cativa as pessoas, acredito ser sua linguagem, que nos deixa muito próximas, tipo amigas mesmo, é raro ver um blog assim, cheio de comentários e interações! Vamos ao relato! Tenho 26 anos, sou formada em engenharia, mas sempre soube que iria trabalhar com meus pais, pois eles tem uma empresa de médio porte, e enfim, aos 16 anos já tive que começar a trabalhar ou teria que me virar fora de casa (meu pai é uma pessoa difícil). Assim como eu todos meus irmãos (são três: 25 anos,  31 anos e 35  anos) e minha mãe trabalham na mesma empresa – ou seja – brigas e discussões constantes. A questão é,  meu pai é alcoolatra não assumido e tem muitos problemas emocionais, e crescemos nesse meio, de brigas, estresse, bebidas.. enfim! Todos os meus irmãos, e eu inclusive, crescemos com limitações, não fazíamos nada de “errado”, para não provocar mais brigas em casa, só que isso, no meu ver, nos limitou a ter uma vida diferente, do que talvez teríamos, cada passo era medido, e isso nos causa frustrações.. Mesmo todos, TODOS, graduados, com suas casas próprias, dando o sangue pela empresa, nosso pai ainda nos destrata, diz que somos uns nadas, que não sabemos o que é trabalhar de verdade, pois só trabalhamos para ele…  Nunca tivemos reconhecimento profissional, sendo que alavancamos a empresa, e hoje ela segue muito bem somente com nosso trabalho.. Me lembro de ele me chamar de vagabunda, pelo fato de querer passar um fim de semana em uma pousada com a família do meu namorado.. ?????? minha vontade na época era fazer jus as palavras dele, para ele ter a noção do que seria, mas não valia a pena. Já fui ofendida na frente de funcionários…. uma longa lista de descontroles….. (Talvez se perguntem porque eu ainda trabalho aqui, eu creio que dei meu sangue e isso também é meu, e não quero largar, a maioria do tempo é bom, porém existem esses surtos do meu pai que desmorona tudo.) Até a minha escolha, de namorar ser uma menina mais certinha… enfim, claro que amo hoje meu marido, mas tinha um inconsciente de “vc tem que casar logo, sair daqui, ser feliz” e assim foi, casei a um ano, estou muito feliz, realizada, amor meu maridón, estou muito leve, fora da casa de meus pais…. hoje meu pai me trata bem, como se fosse uma visita, ganho até beijos e abraços, que eram raros… A questão é que minha mãe sofre sozinha, com todas as loucuras dele, ela não quer se separar, e entendo que ela tem essa escolha, mas mãe é mãe , e eu sofro junto… e pior, ele esquece de tudo no dia seguinte, e acha que está tudo bem. Como meus irmãos também já saíram da casa dos nossos pais, cada um vai se livrando mais da “responsabilidade”, quando nosso pai pira, se afastam e ponto. Porém não consigo deixar minha mãe “sozinha nessa”…. Gostaria de opiniões, alguém ja passou por isso?    Odete, sei bem o que você está contando, em suas devidas proporções. Também trabalhei 10 anos em empresa de família (do meu pai mesmo) e ele sempre foi muito duro e sistemático. Vivíamos brigando e tudo melhorou quando saí da empresa e comecei a trabalhar por ¨conta¨.  Acontece que nossos pais se esforçaram MUITO para conseguir o que conseguiram, e ver os filhos ter tudo de mão beijada é quase uma afronta para eles. Eu entendo sabia? Claro que não apoio ele te desqualificar na frente dos outros, isso realmente é cruel mas se formos pensar pelo lado dele, imagina tudo o que ele passou para conseguir montar uma empresa e te dar uma vida boa? Eles se tornam exigentes, acho que no subconsciente o que eles querem é que o filhos sintam um pouco do quão difícil foi sustentar uma família, cheia de filhos e montar uma empresa de sucesso. No seu caso tem o agravante da bebida e dos problemas emocionais, o que realmente precisa de uma atenção extra. Não sei se conversar vai resolvee e acho que ele não irá topar terapia… Meu conselho? Releve. Seu pai te ama e não faz por mal. Sobre o sofrimento da sua mãe, converse com ela e veja qual a real, como ela se sente frente a isso. Tem ¨veio¨ carrancudo que muitas mães toleram… a gente, por ser de outra geração, acha absurdo mas pra eles nem é. Converse com ela… veja se ela realmente está nesse sofrimento que você imagina. Às vezes ela já sabe como lidar com isso… Cuide do seu papi, com carinho. Às vezes ele tá pedindo ajuda da forma errada…     02 – Flora Oi Cony!! Adoro o blog, parabéns pelo sucesso! Quero mandar o meu chora… Escolhe um nome bem legal pra mim! kkk. Decidi escrever esse chora após uma situação que vivi com meu marido esses dias: mais uma relação sexual bem frustrada… Não tô chorando ainda, mas é uma situação que, presumo, vai se transformar numa choradeira logo logo. Estou com 30 anos e estou com meu marido há quase seis anos, dois de casada. Amo amo amo meu bofe de paixão, ele é perfeito. Ocorre que o desejo sexual tem simplesmente desaparecido. Não é que nos tornamos só amigos, nem estamos distantes, nada disso. Tem carinho, tem cumplicidade, abraço, desejo de ficar junto, planos… mas simplesmente eu não tenho estado com interesse sexual nenhum e isso já faz um tempo. O problema não é com ele, porque não sinto tesão sozinha, nem pensando em outros homens, quase nunca gente… desespero… No começo ele fazia mais questão, mas com o tempo foi ficando meio desinteressado também. Um dia temos muito trabalho, no outro ficamos vendo filme, no outro saímos com amigos, curso, academia, cansaço e a coisa vai passando. Nossa frequência tem sido quase que uma vez por mês! O problema maior é que não é só quantidade, é qualidade também… quando a coisa rola, não é tão gostosa… Eu não sinto desejo, meu corpo não responde, não lubrifica… e as consultas ginecológicas todas em dia, nenhum problema físico. Juro que não sou o tipo puritana, nem aquela que não se conhece, que tem vergonha do corpo, não tive nenhum trauma, nada disso, mas… uso o famigerado anticoncepcional faz mais de 10 anos. Tenho uma suspeita muito forte que essa seja a causa. Parei de tomar por um tempo, mas o maridon não adaptou com a camisinha, não consegue… digamos… manter a bandeira hasteada ou não consegue concluir a partida! Nesse período era ele que se desinteressava e ficava elas por elas. Já cogitei todos os métodos… sem a pílula fico menstruada muuuuuuito tempo e com o DIU de cobre imagino que seria pior. Já vi que no exterior vendem esses aparelhinhos que, pela temperatura, preveem a ovulação, mas tenho medo porque não quero engravidar, enfim… Meu desejo é saber de vocês como vocês têm lidado com essa coisa da contracepção, só eu me sinto assim (diferentona)? Será que é por causa do anticoncepcional? Alguém usa esse método da temperatura? O DIU aumenta muito o fluxo? Existe remédio eficiente pra diminuir? Vale a pena insistir com a camisinha (eu também não gosto, pra ser honesta)? Tenho medo de perder meu marido e também não quero uma vida sem sexo, mas, nesse momento, me sinto totalmente apática!! HELP!   Más OBVIOOOOO QUE É O ANTICONCEPCIONAL! Menina, os hormônios da pílula acabam com toda e qualquer libido! Eu estou usando DIU de cobre e já falei aqui no blog sobre minha experiência (dá um search) e te garanto: dá até para subir pelas paredes kkkk Pensa com carinho nisso… O sexo é muito importante numa relação sim.     03 – Carminha Olá Cony, tudo bem? Primeiro, quero te dizer que adoro seu blog e acompanho diariamente, sou uma grande fã sua! Mas vim aqui, na verdade, pra pedir um conselho. Estou passando por uma situação complicada e já não sei mais o que fazer. Tenho 25 anos, e em 2011 comecei o meu primeiro namoro. Foi algo que nunca tinha vivenciado. No momento em que conheci ele já senti que nós tínhamos um futuro pela frente. Acontece que desde que começamos a namorar ele terminou comigo pelo menos uma vez por ano. A maioria das vezes por briguinhas bobas, infantilidades nossa, mas que acabam desgastando o relacionamento. O término durava poucas semanas e logo ele me procurava para reatar, e eu concordava. Assim como nos outros anos, em julho do ano passado foi a mesma coisa. De uma hora para a outra ele começou a ficar estranho e um certo dia decidiu que queria terminar comigo. Não me explicou os motivos direito, mas dois dias depois descobri que ele tinha ficado com uma colega de aula. No início fiquei com raiva, chorei, mas acabei me dando por conta que a nossa relação já não estava legal há tempos. Então decidi tocar minha vida, acabei saindo com um outro menino, e nesse mesmo dia meu ex reapareceu, arrependido, querendo voltar. Isso mexeu muito comigo, confesso que não sabia mais o que fazer, e não levava muita fé mais no nosso relacionamento. A gente se viu, saiu, conversou, ele disse que não tinha mais nada com a guria, implorou para voltar. Eu resolvi dar mais uma chance e recomeçamos. Depois de um tempo voltamos a nos estranhar, e no meio de tanta coisa, me senti obrigada a falar pra ele que um ano atrás, numa festa da faculdade, eu tinha ficado com um menino. Deixei claro que foi a maior burrada que eu fiz na vida, que foi uma mescla de inocência com bebedeira, que não tinha havido sentimento nenhum, e que me arrependia muito. De inicio ele ficou chateado, brabo, mas parecia ter relevado depois de alguns dias, afinal ele já tinha feito o mesmo também. E o pior começa aqui… Quando achei que as coisas tinham sido resolvidas entre nós, descubro que ele continuava falando com aquela menina com quem tinha ficado em julho, que andava saindo escondido com ela alguns finais de semana (uma vez enquanto eu estava num chá de panela de uma amiga e na outra em uma aula da pós-graduação) e ai eu surtei! Terminei tudo com ele no inicio de dezembro, e disse pra ele me esquecer de vez. Não sei tudo o que viveram nesse meio tempo, só sei que passaram natal e ano novo um na casa do outro, fizeram programas nas férias. Algumas vezes, não aguentando ver fotos deles no snapchat e facebook, fui falar com ele e ele dizia simplesmente que eram só ficantes e que não tinham nada sério… Mas enfim, final de dezembro resolvi seguir minha vida, definitivamente. Voltei a sair, conhecer pessoas novas.. Mas e ai, o que me aparece metade de janeiro? Siiim, ele novamente! Querendo conversar comigo. Mesmo com duvidas se era certo, eu aceitei. Então nos vimos, ele me disse que o que ele fez com a guria foi pra se “vingar” de mim por eu ter ficado com aquele menino naquela festa, que ela tinha sido infantil, que eles tinham terminado e estava aliviado com isso. E então me propôs tentar recomeçar a nossa vida a dois (ele disse que não ia pedir pra voltar, pq sabia que não tínhamos clima, mas queria recomeçar, como se a gente tivesse acabado de se conhecer). E cá estou eu. Sem saber o que fazer. Sei que não devo fazer isso, que tenho que me valorizar, que quem vê de fora deve achar que eu sou burra ou sei lá! Eu realmente gosto dele, acho que podemos construir um futuro lindo juntos, mas esse não é o momento certo. Ele é mais novo que eu (tem 23 anos), está bastante preocupado com o futuro profissional, assim como eu. E eu acho que é tudo muito recente, temos muito ainda pra digerir depois de tanta coisa vivida, e que se tentarmos algo agora, não vai ser bom. O problema é que ele não entende isso. E eu ainda fico me perguntando se um relacionamento que já terminou umas 6 vezes em 5 anos pode dar certo algum dia. O que você acha Cony? Será que um dia isso pode realmente dar certo? Sei que agora não é o momento, já expliquei isso para ele, mas ele não admite. Só acha que eu quero curti a vida, fazer festa, conhecer com outros caras, pra depois voltar pra ele. Ele, um moleque. Você, bobinha que aceita tudo. Desculpa falar assim, mas é o que percebo. Imaturidade dos dois lados e você zero amor próprio. Até quando vai ficar perdendo tempo com um cara que te tem a hora que ELE quer?? Tá disponível assim? E esse círculo vicioso nunca terá fim, pois ele sabe que pode aprontar o que for, que você vai continuar dando asa pra ele. Deixa ele pensar o que quiser, se joga na vida, ache alguém que te valorize e manda um fueda se bem gigante pra ele. Se ame, se respeite para que os outros também te respeitem. Recadinho: NÃO MANDEM MAIS CHORAS! Caixa de email LOTADA. Só gzuis pra saber quando acaba essa leva. E não, não farei mais de um por semana. Irei por importância e urgência (real) dos casos!

  • Novidade de Beleza: Dermablend 3D Correction!

    Chorem, gritem, vamos dar pulinhos de alegria com essa notícia: ACABOU DE SER LANÇADA MAIS UMA DERMABLEND, A BASE QUE COBRE TUDO, ATÉ CARA DE PAU, AGORA NA VERSÃO 3D CORRECTION PARA PELES OLEOSAS COM TENDÊNCIA À ACNE!!! Sim, tudo em caixa alta mesmo, pois estou EU FÓ RI CA! É a base que mais amo na vida (já fiz resenha AQUI!), a que cobre todos meus melasmas e me deixa com pele quase perfeita! A parte ruim é que ela transfere muito, mas não diminui em nada meu amor por ela. Bom, a nova base Dermablend 3D Correction da Vichy, possui uma tal tecnologia ALLIAGEL, uma textura tipo gel que cobre as imperfeições resultando numa segunda pele. Promete ótima hidratação, efeito matificado e alta durabilidade. Para dar um STOP na acne, a nova Dermablend possui ácido salicílico (que esfolia) e espirulina (que acalma). É para peles sensíveis AND possui água termal da Vichy. Vejam um vídeo com demonstração da Dermablend 3D Correction: E o vídeo da propaganda:   Queremos, SIM OU SIM? Por enquanto só na gringa… aguardemos!

  • Desejando: Body Preto

    Continuo tendo meus desejos tardiamente mas calma, vamos conversar. Não sei se vocês se lembram, mas quando eu fui pra semana de moda de NY, fui na Forever 21 da Times Square de madrugada (fica aberta até as 2 am) procurar roupa de piriguets. Mostrei tudo no snapchat! Antes de qualquer polêmica, quando falo em piriguets é uma mulher sensual, atraente, zekzy, que gosta de mostrar seus atributos. Tá errado? De jeito nenhum, inclusive acredito que toda mulher tem esse lado, só que algumas tem medo de ousar. Eu sou uma delas. Adoraria usar decotão com naturalidade, obviamente no esquema “sexy sem ser vulgar” e é exatamente aí onde mora o perigo. Mas como piriguetar de forma segura? Body preto. A moda dos bodies já chegou há algum tempo, com aquele modelo de costas abertas e babado (segunda foto abaixo) mas logo caiu no gosto da mulherada e vieram as varições. Se alguém achava que a moda seria passageira (eu, por exemplo), muito se enganou. Virou item comum em várias marcas e como disse, surgiram vários modelos para todos os gostos. Vejamos. Primeiro apareceram os com as costas abertas, o que limitava um pouco pois dava aquele medinho de aparecer a gordurinha das costas. Ainda bem que logo vieram os fechados atrás, mas daí o decote foi pra frente. O body preto é muito versátil: vai pra festa, pra balada, pro jantar, pra praia mesmo. Sou fã dos de manga longa, fica chiquéeeeeerimo com saias longas estampadas ou calças. Continua sexy, mas um sexy elegante. Quem tem as costas sequinhas (como a Vanessa aí acima, o corpo mais lindo da internet, eu acho… Toda vez que vejo essa mulher de biquíni no Instagram – @decoresaltoalto – peço pra na próxima reencarnação ter o corpo dela) pode abusar dos decotes nas costas.  Os bodies estilo regata ou sem manga também montam produções lindas! Agora, se você não tem problema nenhum em mostrar seus atributos físicos, vá de body recortado. É uma opção, maaaaaas tenho que confessar que chique não é.  ONDE COMPRAR? ONDE TEM? Aqui ó: 01 – Cia Maritima R$ 258 LINK 02 – Cia Marítima R$ 268 LINK 03 – Cia Marítima R$ 288 LINK 04 – Cia Marítima R$ 238 LINK 05 – Dafiti R$ 128 LINK 06 – Dafiti R$ 139 LINK 07 – C&A R$ 79,90 LINK 08 – Dafiti R$ 129 LINK 09 – Dafiti R$ 149 LINK 10 – Renner R$ 79,90 LINK 11 – Renner R$ 79,90 LINK 12 – Renner R$ 89,90 LINK 13 – Doux R$ 294 LINK 14 – Doux R$ 227 LINK 15 – Doux R$ 251 LINK 16 – Doux R$ 202 LINK 17 – Doux R$ 227 LINK 18 – Doux R$ 208 LINK 19 – Doux R$ 195 LINK 20 – Paula Raia R$ 790 LINK 21 – Cris Barros R$ 1.192 LINK Opção é o que não falta! E fazendo o post, me encantei com 3 modelos da Doux, já devidamente comprados (o regata, o manga comprida com abertura no ombro e o cortado a laser com manga comprida). Achei chique e acho que finalmente vou matar minha vontade de “sexy sem ser vulgar”!

  • Dica da Leitora!

    O que temos de novidades e de achadinhos por aí, hein meninas?? Dica 01 – Iara E a mulherada tá maluca atrás do Adidas Superstar!!! Na falta do branquinho todo liso, apareceu esse no site e a Iara aproveitou pra garantir o dela. R$ 299 na loja online da Adidas! E com 5% de desconto pra pagamento no boleto. Achei digno! Dica 02 – Carolina Tô falando… ¨Oi Cony! Sou leitora do blog há um bom tempo, mas sou uma leitora fantasminha (interajo mais no insta). Super curto seu estilo e também sou a louca da listra! Mas, vamos a minha dica. Faz um tempo que quero um tênis branco da Adidas e fiquei com “pirangagem” (com pena de gastar, mão-de-vaca…) e quando resolvi abrir a mão não encontro em lugar algum o meu número que é 35. Pois a Riachuelo resolveu lançar essa opção e eu corri para garantir o meu. É lindo, confortável e R$ 79,90 apenas. Só uma observação: a forma é pequena, calço 35 e ficou apertadinho, o 36 ficaria melhor.¨ Bela Alternativa Fashion! Dica 03 – Giovanna Ah Giovanna! Deveria ter comprado na HORA! ¨Olá, Cony! Boa noite… Hoje fui na Zara do Shopping Riomar, aqui em Recife, e acabei encontrando essa coisinha linda aí. Amei, xonei, gamei, e não levei… Tou tão arrependida! Amanhã volto lá, espero que ainda tenha 😩 Tá custando 129,00. Beeeeijos 😘¨ Lindinho demás! Dica 04 – Mayumi MENTIIIIIIRAAAAAAAAAAAAAA ¨Oi Constanza, tudo bem? Vi que comentou sobre o Catarina Outlet aqui em SP, e queria compartilhar o meu achado… Tinha 3 eventos este mês e não ir com um vestido que já tinha usado e me visto antes, mas também não queria deixar o salário em um vestido. Então, lá fui eu para o Catarina. Chegando lá, fui direto em um Multimarcas chamado Offashion. Achei um vestido de seda bordado com pedrarias, da Cori, último no cabide, de R$1299,00 por R$ 99,00! Fui pro provador, com o pensamento de: se ficar apertado, dieta já! Coube, ficou perfeito… Lá fui eu para as festas, feliz, com o meu vestido “Achado” e uma sandália da Arezzo “tem que ter”… Sem falar que ainda peguei uma cigarrete preta na Le Lis Blanc por R$ 59,90!¨ GENTE TÔ TENDO SIRICUTICO DE NERVOSO COM ESSE ACHADO! VAMOS LÁ, TODO MUNDO JUNTINHO: TA NA NÃAAAAAAAAA TA NA NÃAAAAAAAAAA. Mayumi do céu… brilhou amiga! Dica 05 – Letícia ¨Oi Cony! Vi seu post sobre xadrez e encasquetei que PRECISAVA de uma camisa no tom de vermelho e preto! Fui ao shopping boulevard aqui de Brasília, na Riachuelo e não achei a camisa mas me apaixonei por essa saia!!! Custou R$ 49,90 e é da coleção nova da loja! Comprei e usei no mesmo dia pra uma festa que tinha ~sou dessas~. Não sei se vai curtir, mas fica a dica para as leitoras que quiserem fugir no óbvio no xadrez!¨ Arrasou na compra e no look! Dica 06 – Ana Paula Ownnnn ¨Olá Constanza, tudo bem? Amo seu blog, te acompanho faz tempo e vejo o quanto cresceu, sem perder a essência. Parabéns. Nunca participei, por pura preguiça, mas sou super garimpeira. Após o polêmico post sobre a bolsa grifada, achei uma boa oportunidade de mandar. Amaria ter dinheiro pra comprar produtos de grife, mas não tenho. E entre andar com um falsificado prefiro andar com um alugado ou um inspirado, mas que não ostente o logo falso. O último que comprei foi esse scarpin a la Louboutin. Da marca Di Cristalli, comprei na Dafiti por 99 reais. A bolsa, pra fazer conjuntinho, comprei na Biro, paguei 39,90. Sou apaixonada pela coleção Cora do Louboutin, como não posso ter, me contento com essas fofuras. Espero ter ajudado. Beijos!!!¨ Que lindo seu email Ana! Fofa demais! Pra quem não conhece a coleção Cora do Loubie, é essa aqui! Excelente Alternativa Fashion! Dica 07 – Raíssa ¨Cony, primeiro, obviamente, quero te parabenizar pelo trabalho LINDO que tem com o Futilish, por ser tão verdadeira, amiga, prestativa e aquele tipo de pessoa que pensa no próximo, aquele tipo de pessoa ILUMINADA! Parabéns inúmeras vezes, e que seus vôos sejam cada vez mais altos!

  • Tem Jeito Decor 05 – O que a Claudia Faria?

    Olá Fufus! É páscoa e pra variar a vida me atropelou e eu estou escrevendo o post praticamente na hora de publicar, graças a Deus muito trabalho =D Então vou dar uma chance no Tem Jeito Decor, que deveria sair quinzenal durante a semana… E também porque o da Claudia tá atrasadão também! Pega a prancheta pra dar sua opinião também e #vemkotio! “Oi Lelo, essa coluna vai bombar !!! Bem é o seguinte, minha sala tem uma parede que não sei o que fazer. Ela fica bem de frente para quem entra… A parede lateral tem papel de parede meio rosado… Já pensei num papel de parede bafônico, aqueles com dourados ou brilhos sei lá… Ou painel com fotos.. Ou quadro…ou uma peça decorativa .. Dá uma dica please!!! Bjks” Mais um caso de: “Parede pelada” né, Fufulétes? Eu gosto que já temos uma parede com papel aqui na direita – direita é o lado da orelha – com listras que dão a impressão de alongar a altura do ambiente. A opção do papel bafônico que ela pensa, está condicionada a achar um que não brigue com o grafismo das listras então, caso não substitua e coloque dois novos, eu sugiro um floral pra uma atmosfera bem romântica. não descarto os glitter viu, mas caso tenha algum exemplar do sexo masculinus heterossexualis, pergunte como ele se sente recebendo os mano pra assistir um futebol com um papel de parede dragqueen inspired na sala dele. Veja essas suas opções de papéis da coleção Williansburg: O primeiro é mais étnico mas veja que ele está ambientado com um sofá super clássico, que me parece mais p estilo da sua casa. Já o segundo é BEM chic e traz umas cores novas pra sua paleta de cores, verdes, amarelos e rosas. Eu não gosto de painel de fotos em áreas sociais da casa. acho que as fotos devem existir mas, em pouca quantidade nas áreas sociais e em profusão nas áreas íntimas. Caso faça uma montagem de fotos de lugares por onde você viajou por exemplo, acho que pode funcionar, mas não acho que ficará espetacular como você gostaria. Um super quadro seria uma boa opção, mas por favor, nada de santa ceia ou de frutas. vamos fugir dos clichês. Gosto muito dos abstratos e de peças grandes. Eu disse grande? Sabe grande? Se for pra ser clichê, vamos ser clichê rycos: Mas pra ficar um clichê, ryco e moderno: Simplesmente o formato diferenciado, já trouxe uma carinha mais moderna né? As porcelanas podem ser garimpadas em lojas antigas, podem ser doações de parentes, podem sem comprados pela internet… é uma decoração viva e orgânica, que vai crescendo com a sua vida. Agora, algo que não é necessariamente novo porém, que é menos comum na Terra Brasilis são mainéis de MDF E aí você pode encontrar em lojas de artesanato e escolher uma cor (eu usaria bronze ou dourado) e colocar na sua perede: Agora, muito interessante seria usar espelhos e apesar de ser comum, é um efeito decorativo lindo. Veja esse desenho formado com espelhos: Mas o sonho do meu coração, é achar um fornecedor de espelhos antigos aqui no calcanhar do Brasil… porque olha que apaixonante: Espero ter ajudado =D E vocês gente? Tem alguma ideia também? qual sugestão vocês preferem? Conta pra mim =D E não esqueçam de seguir a patroa linda no Instagram e no SnapChat o usuário é Futilish e eu também estou em ambas as redes como Tiolelofoz. As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

  • Tendência da Vez: Mantela!!

    Ou poncho étnico, ou cardigan folk… enfim, pode ter vários nomes! No inverno passado elas apareceram um pouco tímidas, um pouco mais pesadas, mais voltadas para um frio mais intenso mas este ano as ¨mantelas¨ apareceram adaptadas a um inverno mais brando, sem mangas, ótimas para montar um look folk sem muito esforço. Não sabem do que estou falando? Disso aqui ó: Casacos de tricô, com desenhos étnicos, usados abertos, podem ter franjas ou não, podem ter pontas ou não. Meus preferidos são os em preto e branco, acho que arrasam num look total black! Também tenho uma quedinha pelos coloridos, mas ainda não achei nenhum que fizesse meu olhar brilhar. Onde tem para comprar? EM TODOS OS LUGARES!  Gente, sério, todas, mas TODAS as fast fashion tem seus modelitos. Selecionei alguns para vocês! Para usar uma mantela é só neutralizar completamente o look ¨de baixo¨: ou monocromático, ou jeans e camiseta lisa. São mais informais, porém as sem franjas e com cores mais neutras, podem ser usadas em um ambiente mais chic! Sou fã e adepta, e vocês?

  • O High Low da Passarela

    A última campanha da Passarela que fiz foi tão sucesso que novamente me chamaram para participar! Ai que orguuuulho! Mas não poderia ser diferente né gente e vocês tem grande importância nisso: a Passarela é a nossa cara, vira e mexe aparece em algum Dica da Leitora, tem todas as tendências da vez e com precinho bem camarada. A quantidade e a variedade de produtos é assustadora, tanto que fez da Passarela um dos maiores e-commerce do Brasil. Além da loja online, também tem as lojas físicas, que já são mais de 40 espalhadas pelo país. Tem roupa, sapatos, acessórios para mulheres, homens e crianças, inclusive marcas próprias como a Lara, Desmond, Brenda Lee, Bruna Rocha… Dá pra vestir a família inteira de Passarela! E o high low que falei no título se deve a nova parceria da loja com o e-closet, aumentando ainda mais a variedade de produtos. A campanha que fiz recentemente foi sobre a coleção de inverno que está CAPOTANTE. Tem boho, vitoriano gótico, e pop art, tendência para todos os gostos. Montei um look que achei mais minha cara impossível, tenho certeza que vocês também vão achar!   Prazer, Kony Kardashian. AMO demais esse estilo clássico com um toque moderno, repararam no blazer/capa né? Um item super básico mas com um toque fashionista! A calça (amor eterno), uma legging com aplicações de couro sintético também é atemporal mas com aquele ¨que¨ de modernidade. A sandália estava na minha mira há teeeeeempos!!! Queria muito uma sandália preta com plataforma e cara de inverno! A bolsa idem, chique, versátil, e com uma qualidade que impressiona. Aliás, prestem MUITA atenção nas bolsas e sapatos das marcas próprias da Passarela, tem MUITA coisa bacana, muita alternativa fashion para quem quer estar na moda mas não quer gastar muito! Amei esse look, agora quero o blazer/capa na cor preta! E tem mais! Frete a R$ 5,00 independente do estado!! Válido entre os dias 25/03 à 27/03, nas comprar a partir de R$ 49,99 ☺️ E não custa lembrar, leitora minha tem desconto na Passarela! É só usar o cupom ¨fufunapassarela¨ (tudo junto e letras minúsculas. Digite o cupom quando for pagar) para ganhar 10% de desconto nas compras. Tá vendo como sou legal? Mostro roupa e acessório bacana, barato e ainda dou um descontinho a mais! 

  • Hola Argentina!

    Pois é, fui parar na Argentina semana passada! Tudo aconteceu muito rápido, tanto o antes quanto o durante mas voltei com ouuuuutra impressão de lá viu… Cês sabem, existe aquela rivalidade com os hermanos, tanto pelo meu lado chileno (política) quanto pelo meu lado brasileiro (futebol). Mas vamos aos fatos. Um belo dia recebi um mail de uma agência de Buenos Aires perguntando se eu toparia ir para lá, a convite do Mercado Livre, para falar sobre blogs, moda e tendências, já que o evento seria para divulgar a sessão de Moda do Mercado Livre. Achei meio estranho, porque eu? Logo me lembrei que falo espanhol e que sou PHD em compras online (eBay é meu maior case de sucesso rs). Ou seja, tinha que ser eu mesma. Além de mim iria uma blogueira do México e outra da Argentina mesmo. Topei, achei a proposta interessante e vocês sabem né? Me chamou pra viajar eu topo na hora rsrs. Também tinha outro fator a favor: tô querendo divulgar o blog pro mercado hispano e seria uma excelente vitrine. Ah, e outro fator: o desafio de falar de moda em espanhol. Enfim, sem pensar muito nos perrengues, parti para a Argentina. Um detalhe, antes de ir para lá tentei dar uma pesquisada nas blogueiras locais, nos eventos de moda para saber o que levar na mala. A agenda falava em almoços, jantares e eventos extras e obviamente eu queria fazer bonito. Pelo que vi, elas não se arrumam tanto mas mesmo assim, preferi garantir o meu e montei uma mala digna de Fashion Week. Ora bolas, se era pra falar de moda brasileira, eu teria que ir só de moda brazuca! Preparem-se para uma surra de looks. Aerolook de ida: a calça mais confortável do mundo by Renner (na volta tive que correr comprar uma pra minha mãe, de tanto que ela TAMBÉM desejou), tênis New Balance, blusinha Zara, colete Levi’s e bolsa Cavage. Não sei nem explicar o amor por essa bolsa… cabe tudo e é chique, mas TÃO chique, que me sinto milionária sempre que uso. Chegando em Buenos Aires, num vôo maravilhoso, curto e direto (com um avião capenguinha da Aerolineas Argentinas, mas que fez seu serviço direitinho. Só me pergunto porque não tem vôo BH – Santiago direto… Toda santa vez tenho que baixar lá em SP pra pegar outro avião…) fui recebida por um senhor que era a CARA do meu pai. Ele me levou para o hotel onde ocorreu o episódio do gato que mostrei no Snapchat. Quem viu, viu. E riu hahaha. Enfim, o hotel se chama Esplendor e fica em Palermo Soho. Como não sabia NADA de Argentina (nunca tinha ido) perguntei para algumas leitoras que me falaram que eu estava no melhor bairro de Buenos Aires. Não demorou muito, uma moça que trabalha na agência que me convidou, foi me buscar no hotel pra gente almoçar. Tava um calor do cão e pensei: vou brasileirar. Taca-lhe estampa da Farm e tênis adidas. Gente, vou falar muito neste post ok? Então, meu vestido da Farm tem as costas todas abertas, o que acho super ok e normal. Como tenho silicone, nem uso sutiã e não aparecia nada indiscreto. Normal, já tinha usado esse vestido aqui sem maiores problemas. Encontrei com a moça, chamada Julia, e fomos almoçar lá perto, em Palermo mesmo. Amei essa esquina. Fofa, restaurantes fofos e escolhemos esse para nossa primeira conversar e approach. Como estou de dieta, pedi uma saladinha que virou minha preferida do mundo. Salmão, ovo, verdinhos e queijo. HUMMMMMMM. Logo após o almoço, a Julia me levou pra conhecer as redondezas e realmente vi que o bairro era bem bacana! Várias lojas alternativas, ruas charmosas mas… tudo caro. Obrigada Real desvalorizado. Me assustava a cada preço que via! Palermo e seus grafittis! Logo depois, fomos passear de carro e vi o Teatro Colon (chiquérrimo), o Obelisco, e paramos em Recoleta para conhecer uma loja de decoração. A loja é LINDA! São 4 andares de peças vintage e dá vontade de ter tudo. Chama Landmark e fica na rua Arenales 1251. Logo depois, a Julia me disse que tinha um evento de um lançamento de perfume, da marca de uma amiga e me perguntou se eu queria ir. Claro, topo tudo! Só fiquei meio preocupada com minha roupa, afinal já eram quase 7 da noite e eu direto na rua, suada e de vestidinho da Farm mega colorido e tênis. Ela também estava colorida e disse que estava tudo bem. Só que aí veio uma pergunta: você está sem sutiã? Falei que sim e ela me contou que estranhou MUITO meu decote aberto nas costas, que as argentinas são mais pudorosas com isso… Falou de boa, mas mesmo assim fiquei cismada. Caramba, será que virei o centro das atenções? E o tal do evento? Bom, chegando lá, TODO MUNDO ESTAVA DE PRETO E BRANCO. Sério, parecia jogo do Atlético. Daí murchei. Queria virar uma planta e ficar só observando. Sério, acho que tinha uma única pessoa usando cor e cor lisa. Se tinha alguma estampa, era de leve e preto e branca. E outra coisa, nunca vi tanta mulher magra, mas magra MESMO, na vida. Daí a Julia me contou, que a mulherada das modas e da sociedade argentina eram daquele jeito: ultra magras e ultra clássicas. E eu colorida, pelada e de tênis. Ok, fomos embora pois fui surpreendida por uma terrível cólica (sério, nem era desculpa). Chegando no hotel, pensei em sair para jantar mas graças ao Itaú, fiquei sem nenhum dinheiro lá. Meus cartões (TODOS) foram clonados uma semana antes de eu viajar, e obviamente, bloqueados. Acontece que não daria tempo de eu receber os cartões novos mas a atendente do Itaú me garantiu que eles funcionariam no exterior. Garantiu que o bloqueio era apenas para compras online ou por telefone, mas presencial e digitando a senha eu não teria problemas. Hum… NÃO PASSOU NENHUM DIA. Briguei com Deus e o mundo do Itaú e ninguém conseguiu resolver meu problema. Pro exterior, o cartão estava bloqueado sim. Não tinha como sacar dinheiro (nem na própria agência do Itau em Buenos Aires) e muito menos comprar nada. Tinha um resquício de Euros na carteira que me salvou, a agencia me deu dinheiro para alguma eventualidade (que vergonha) e o que quis comprar passei com medo em um cartão que jamais uso. Fiquei na mão viu Itaú. No segundo dia a blogueira mexicana chegou e fomos passear as três: Julia (que a essa altura eu já tinha agarrado amor), a mexicana e eu. Fomos no Rosedal, Palermo Hollywood e tivemos uma reunião para acertar as informações do dia do evento. Comecei a ficar nervosa. Vi a lista com as possíveis perguntas, soube que teríamos microfone e o público seria composto de jornalistas, Mercado Livre dos três países, marcas e blogueiros locais. Gelei. Look de reunião com o pessoal da agência: blazer e calça Zara, blusa Forever 21, tênis New Balance. Bom, a noite fomos jantar num restaurante super top, o Casa Cruz e me joguei num look ladylike que eu estava louca pra usar! Lomo argentino com purê de batatas trufado!!!! No Casa Cruz, maravilhoso! Saia e blusa da Maracujá, marca mineira que conheci há pouco e gostei de T U D O! E fiquei encantada com esse look! A qualidade nem se fala… Bom, depois do jantar, voltamos pro hotel e os nervos ficando cada vez maiores. No dia do evento passeamos durante a manhã e pedi para voltar pro hotel as 14h. O evento seria as 18:30 e iriam buscar a gente umas 16:30. Eu tinha que me maquiar, por cílios postiços, arrumar cabelo, etc e tal, precisava de tempo. Daí vi a diferença com as outras blogueiras… A mexicana queria sair pra passear, almoçar e de lá ir direto pro evento! Pra mim não teria a mínima condição… E sim, blogueira brasileira se produz bastante. Mas ó, pra evento ok! Sei lá… não vou falar se sou contra ou a favor, mas acho que ir de qualquer jeito não é legal. Talvez sejamos um pouco exagerada mas… Fiquei assim. Taca-lhe cor de novo e como era de se esperar, todo mundo de preto e branco. Mais um look MARAVIDEUSO da Maracujá! A princípio tinham falado que os temas sobre tendências seriam o boho, o geométrico, o romantico e o floral e que cada uma deveria escolher uma tendência para usar. Eu fui de geométrica, mas acho que só eu levei essa instrução a sério kkkk Várias pessoas elogiaram meu vestido e falaram que as brasileiras eram muito ¨coquetas¨ (algo como atraentes, vaidosas). ¨Somo mermo.¨ Bom, como verão nas fotos a seguir o endento correu tudo bem. Fiquei um pouco nervosa no início, principalmente porque o banco era alto e de metal e eu não conseguia parar quieta nele! Estava escorregando muito e tinha que me concentrar em organizar os pensamentos, falar em espanhol, e tentar não cair do banco. Deu tudo certo, falei até mais do que deveria hahaha. Fiquei impressionada com os números do Mercado Livre… sabiam que na Argentina, 70% dos consumidores de moda do site são mulheres contra 50% do México e Brasil? E é verdade né? Aqui a gente tem mais a impressão de um site masculino, mas tem muita coisa pra mulher. Várias marcas tem suas lojas no Mercado Livre e eu nem sabia disso! Tá super forte na Argentina, as lojas que não tem espaço online próprio ou que querem alcançar um público maior, vão para o Mercado Livre, que aliás nasceu na Argentina, a Wikipédia também surgiu lá! Os hermanos são bem nerds rs. Ana Torrejon da Harper’s Bazar, Mariela Censori, Gerente Comercial do Mercado Livre da Argentina, a blogueira Lulu Biaus da Argentina, eu e a blogueira Nuria, do México. As bloggers Nuria do México, Lulu Biaus da Argentina e euzinha pelo Brasil sil sil! Eu e Julia… tão doce e prestativa. E companheira de roupas coloridas! Acabou o evento, partiu hotel e no outro dia… de volta para o Brasil. Tive algumas horas livres no último dia, na parte da manhã e corri num outlet perto do hotel (Distrito Arcos). Só que tudo continuava caro e eu continuava com os cartões bloqueados. Moral da história: comprei só uma jaqueta jeans e alguns alfajores! Adorei minha ida rapidinha para a Argentina, queria conhecer muito mais mas não tive tempo. Queria agradecer a todo mundo que me deu dicas de lá, quem me dera ter conseguido aproveitar todos os restaurantes que vocês me falaram! Mas… hei de voltar e já sei que ficar em Palermo é legal e que preciso ir no Don Julio! Y por supuesto, gracias por la invitación Agencia Ninch y Mercado Libre de Argentina. Me encantó estar con ustedes!

  • O Inverno da Moda Mineira

    Vocês sabem o tanto que sou entusiasta da moda mineira e não é a tôa. Temos a moda festa MAIS LINDA DO MUNDO. Quem é Zuhair Murar, Ellie Saab ou Marchesa hahahaha. Mas sério mesmo, aqui em Minas temos uma moda muito linda e que tem algo muito importante: QUALIDADE. Sabe moda, roupa, descartável? Mal feita? Torta? Pois é, aqui não existe isso. Hoje vou mostrar o Inverno 2016 de duas marcas que gosto muito: Fátima Scofield e M. Rodarte! Primeiro vamos com Fátima Scofield: modelagem limpa, estampas grandes, recortes assimétricos. Os tecidos são crepe, georgette, cetim e seda. A modelagem é IMPECÁVEL. E veste bem que é uma maravilha! Usei um vestido deles no último SPFW. Lindo né? Agora vamos falar de M. Rodarte? Essa eu amo de paixão… pela história, por ser de gente tão do bem que dá vontade de ter perto sempre, e sempre que vejo algum vestido da M. Rodarte, sinto toda essa energia maravilhosa que a Marina coloca em seu trabalho. A coleção de inverno de 2016 está inspirada sabe em quem? Na minha musa Iris Apfel!!! Lembram do post que fiz sobre ela? Pois então, a M. Rodarte lançou a coleção Entre Aspas, que entre bordados e texturas, recria o universo de Iris. Tem muito flamingo, que remete a Ave Rara da Moda, apelido de Iris Apfel. Os tecidos escolhidos são cetim, jacquard, organza, rendas e telas bordadas. Certeza que Iris aprova! Lindas as duas coleções né? Tô falando… moda mineira é de primeiríssima qualidade!

  • Fala Que Eu Te Escuto – Roupa de Sair x Roupa de Trabalhar

    Achei super interessante e pertinente a dúvida da Priscilla. Leiam o mail que ela me enviou: ¨Oi Cony tudo bem? Sou leitora assídua do seu blog, nem sempre comento, mas estou sempre acompanhando, adoro os posts e sempre aproveito as dicas. Dizer que seu blog é ótimo seria chover no molhado. rsrs Hoje você é uma das poucas, senão a única, blogueiras que mostram uma moda real, que podemos comprar. Bom vamos ao que interessa, ultimamente tenho tido alguma dificuldades com meu guarda-roupas, explico: eu nasci e fui criada em uma família mais humilde, então tínhamos “roupa de usar no dia a dia” e “roupa de sair”. Sempre tive este conceito e tratei minhas roupas desta forma, as mais novas e mais bonitas usava para sair e outras mais simples/sérias/que já tinha usado muito para sair viravam roupa de trabalho, só que de uns tempos para cá tenho tido muito dificuldade em manter essa “regra”, acabo usando as tais roupas de sair no trabalho, pois quero estar mais bonita também no dia a dia, e aí na hora de sair no fim de semana fico mal por estar sempre com as mesmas roupas. Eu tenho um estilo muito básico, jeans blusinha e sapatilha, ou tênis, onde trabalho não tem um dress code definido, não é social nem tão descontraído como alguns lugares, então acaba que a maioria das minhas roupas atende bem. É claro que tenho alguns shorts e vestidos que não uso no trabalho, mas no geral é tudo a mesma coisa. Poderia me dar algumas dicas? faz sentido essa coisa de ter roupas para cada situação? ou posso usar e abusar das minhas roupinhas seja para sair ou para trabalhar? Não fica feio no fim de semana com o mesmo look do trabalho? Me dê uma luz, um flash fashion. Desde já agradeço muito!! Beijos¨ Menina, também fui criada com a tal roupa de sair e roupa de ficar em casa/estudar/trabalhar. Até hoje, quando chego em casa e minha mãe está por aqui, ela manda eu tirar a roupa de ¨sair¨ pra não estragar hahahaha. E vou te contar uma coisa: acho super válido ter roupa de sair e roupa de trabalhar, pelos mesmos motivos que você listou. Ah, que chato sair no final de semana com a roupa que trabalhou na quarta feira né? É bom deixar as peças mais decotadas, mais estampadas, com transparências, ou roupas curtas, apenas para sair e as mais básicas e sérias para trabalhar mesmo… MAS se isso não for possível, se não tiver um monte de roupa que você consiga separar por ocasião, dá para mudar a cara da roupa de trabalho para um look de sair com alguns itens bem fáceis: acessórios, sapatos e algumas peças chave. Montei 4 exemplos com roupas que geralmente usamos para trabalhar e as transformei em looks de saída. Vejamos:   Um vestidinho florido ganha ares de rua se colocar um salto e caprichar nos acessórios! Mudar a bolsa para um clutch é uma baita dica para deixar qualquer look com cara de saída.   Jeans e camiseta ficam DIVOS com um maxi colar e scarpin colorido. Pode ser vermelho, laranja, verde, azul… qualquer cor bem vibrante. E novamente, uma clutch!   A calça preta de alfaiataira é a mais curinga de todas as peças de um guarda roupa feminino. Ela junto com a camisa branca fazem miséeeerias! Você pode trabalhar a semana inteira com a calça e no findi usar com um top recortado ou um cropeed, brincos bem lindos e chamativos e uma sandália zekzy. A bolsa? Clutch. Aí a camisa branca. Também pode trabalhar com ela direto mas quando apontar a sexta feira… Amiga, abre um botão a mais, deixa a lingerie de rendinha aparecendo um pouco (ou muito, depende do seu grau de sensualidade) e capricha no salto.   Repararam que só itens básicos? Vestido   Calça jeans   Camiseta de malha   Calça de alfaiataria preta   Saia preta   Camisa branca   Com essas peças você trabalha e se diverte lindamente! Invista em acessórios e clutches. Na lista de peças básicas e versáteis, adicionaria uma calça jeans flare, uma b, uma regatinha de seda preta, uma camisa jeans. Se puder ter a roupa de trabalhar e a roupa de sair, tenha. Mas se isso não for possível, brinque com acessórios, sapatos e bolsas! Ah, e claro, um bom make e um cabelo diferente do dia a dia também mudam MUITO a cara do look!

  • Jabazione!

    Escolhi alguns jabás MARA que recebi ultimamente para mostrar para vocês as novidades do mundo da beleza! Sempre é uma alegria quando chega uma caixinha com brindes, press kit, presentes… Dá vontade de usar tudo na hora! Hoje mesmo recebi duas caixas LINDAS que eu estava até enciumada pois várias colegas tinham recebido e eu não, mas é que dei meu outro endereço e estava tudo lá me esperando rsrs. Quer saber o que era? Corre ver no Snapchat (futilish) mas depois vou mostrar aqui no blog também! Mas hoje vou falar de 4 produtos bem legais: A L’Oreal lançou sua Água Micelar! E presta atenção, com CINCO benefícios: demaquilante, limpa, reequilibra, suaviza e também funciona como tônico facial. MAS O QUE É UMA ÁGUA MICELAR? É uma solução composta de micelas, que são moléculas resultantes da reação entre agentes de limpeza e água que vão ¨puxar¨ a sujeira do seu rosto, sem agressões! Não contem álcool, corante, perfume, sabão, nada disso. É perfeita para peles sensíveis e para quem, como eu, usa muita maquiagem e tem que tirar todo santo dia. Produto multifuncional (coisa que a gente, mulher moderna, AMA) e que vai fazer carinho na pele. Acha em farmácias e na Época Cosméticos (LINK, R$ 29,90)! Se tem uma coisa que eu AMO ganhar é perfume! Saio sem roupa mas não saio sem perfume rsrsrs. Recebi o Black Opium da YSL e quem gosta de fragrâncias mais fortes e marcantes, vai adorar. Se define assim: misterioso, vibrante e feminino.Tensão entre sombra e luz. Uma chamada para acordar os sentidos e acordar para a vida. Ui ui. Leia isso com voz sexy rs. Gostei bastante mas é o tipo de perfume para usar no inverno ou para a noite.  Notas de grão de café combinado com almíscar branco e acordes de madeira branca. Chique, por dentro e por fora! AMEI esse kit de cuidados especiais para as unhas da Impala!  Se não der para ler, vou escrever aqui: da esquerda para a direita e vale para a foto abaixo também! Cobertura Extra Fosca (para acabamento fosco acetinado instantâneo em qualquer cor de esmalte) Óleo Secante Melaleuca (protege o esmalte contra a poeira e borrões até sua completa secagem. Além disso é antisséptico) Base Endurecedora Casco de Cavalo (com queratina e D-Pantenol, ideal para recuperar unhas frágeis e quebradiças) Base Niveladora (para diminuir as falhas e ondulações das unhas) Base Recuperadora (também com queratina para fortalecer as unhas) Verniz Extra Brilho (o queridinho das consumidoras – e é mesmo, muita gente me falou que era ótimo quando mostrei no Snapchat – cobertura espelhada que intensifica o brilho e dá maior durabilidade ao esmalte) O baile todo. E para terminar, um lançamento da Contém 1g! O Cream Tint é um tipo de batom (são 10 cores) que pode ser misturado com outras cores para conseguir uma cor única! Bom para quem curtia a aula de Educação Artística rsrsrs. Mas falando sério: vem até um recipiente e um pincel para fazer as misturinhas e convenhamos, super profissional isso hein? Maquiadores vivem fazendo esse tipo de experiência! As cores estão lindas e estou louca para fazer alguma cor só minha. Vai chamar Futilish rs. Ah, a textura é cremosa e tem super cobertura. Monte de novidade bacana né? Já conheciam alguma?

  • Mi casa, su casa – Carpete, ATCHIM!

    Fufuzelas! Vocês fizeram o maior barulho nos comentários do último post, hein! Güenta essa tensão que eu já vou lá responder todo mundo. Primeiro vamos desmistificar o carpet e livrar o pobre coitadinho de alguns estigmas. Mas não vamos confundir os carpetes com as ” forrações” muito comuns nas décadas de 80 e 90, que eram um tipo de feltro que era colado no contra piso. Então pega o suco de maracujá e #vemkotio ! E sim, eu vou começar pela besteira mais comum: Carpetes modernos não “causam” alergias, o que resulta em crise alérgica é gente porca, relaxada e preguiçosa. Carpet precisa ser limpo e esta é a grande diferença entre os pisos “duros” e o carpete. Quando a pessoa tem um piso que seja madeira, laminado, cerâmico ou porcelanato tem sempre uma manutenção, é uma vassourinha todo dia, um paninho cada dois dias, uma super limpeza por semana.  Caiu um cabelo já junta… e com o carpê, não. Só porque a sujeira ” não aparece” você não está isenta de limpar. E veja bem, passar uma vassoura pra depois passar um pano é muito mais trabalho do que passar aspirador uma única vez. Mas atenção: Um aspirador razoável tem no mínimo 1500w de potência, e bom mesmo, é o de 1800w. E sabe por que vcs não vão discutir? Porque quem já viajou de navio ou foi pra Europa, Estados Unidos ou já entrou num hotel de boa categoria no Brasil mesmo, conviveu com carpete e se duvidar, nem percebeu. Quem tem alergia respiratória na verdade deveria optar pelo carpete e por um excelente aspirador. Atualmente esse produto está disponível com bases com tratamento anti ácaros e fungos, e ele funciona como um filtro: Ele mantém preso em suas fibras a maior parte da poeira, dos ácaros e da sujeira, que quando aspirados – uma vez ao dia – são retirados do imóvel. Como pode ser visto em estudos do Inmetro, o problema não é o carpete, é a manutenção errada – ou insuficiente – o causador da má qualidade do ar. Empresas como Google, Bradesco, H.Stern, Facebook, Hotéis Slaviero, Atlantica, Accor, Hyatt, Hilton e Sheraton são exemplos de empresas que usam o carpete como piso padrão, no Brasil e worldwide. Carpet deixa o ambiente quente. Antes de tudo… Calor é uma energia gerada pela troca de dois corpos. ou seja se tipo de revestimento não gera energia, logo não gera calor. De fato o carpete tem propriedades térmicas então ele, por exemplo, mantém ambientes climatizados na temperatura do condicionamento térmico por mais tempo e retarda que isso se dissipe. O preço já pode não ser tão alto. Diversos fabricantes disponibilizam vários produtos nas mais variadas faixas de preço. Na hora de escolher, opte pelos que não são colados ao chão, e que são modulares ( em pedaços ) e não o antigo carpet em mantas ( um rolão que vai sendo cortado) . Já estou ouvindo as mentes de vocês: Mas tio, porque não em manta? Elementar minha querida Fufu, quando ele já vem em módulos, a substituição e manutenção, é muito mais fácil. Geralmente as peças tem 50×50 ou 25×100 (centímetros). Tio, você falou que o carpete que não é colado?  Exatamente! Eu também fiquei intrigado. Mas é assim, a aplicação pode ser sobre qualquer piso, desde que não tenha umidade, e existe um adesivo, tipo aqueles pra parar de fumar, que colam um pedaço do carpete no outro, até transformá-lo em um grande tapetão. Porque isso é legal? Porque o dia que rolar uma final do brasileirão e teu homi derrubar cerveja no carpete, você pega ele pela orelha faz ele tirar a placa do piso e lavar no tanque. Isso também serve pro filho com a massinha de modelar e pra você leitora destrambelhada, que derrubou o suco detox enquanto lia o Futilish. Sim! É possível retirar a peça, lavar, secar ao sol e devolver pro lugar dela. #todasama Esse piso também é um excelente produto pra quem tem dificuldades de locomoção, como cadeirantes quem usa muletas os bengalas e, de forma geral a “tração” dele é melhor para as pessoas já com mais idade, pois é praticamente impossível de escorregar num carpete, e sabemos que quem está com idade avançada deve evitar fazer check-in no chão e bater os ossinhos. Ainda falando das vantagens, sim, o carpet é maravilhoso para a acústica, então é praticamente lei em salas de cinema, e eu indico sem restrições para o seu Home Theatre de casa. Mas onde mais podemos usar na nossa casa o carpet? Virtualmente, pode usar em tudo, menos no box. Mas antes de você sair acarpetando até o teto, vou dar uma dica racional para onde usar o carpet em Terra Brasillis: No quarto: assim, como se fosse um tapete mesmo, facilita muito a limpeza pois você pode montar ele ao redor da cama, não tendo que arrastar nada pra puxar um objeto gigante e pesado. Na academia, como eu disse anteriormente, é um piso super difícil de escorregar. Na área de alongamento e de puxar ferro super funciona =D Com suas propriedades de isolamento térmico, ajuda a manter a adega na temperatura certa. No closet, pra você bailar com os titis soltos só de roupão enquanto escolhe o #OOTD. Para não pegar resfriado e nem cair porque não se secou direito. Olha esse carpet de onça Cony, esse closet é de onça rica ou muito rica? Na sala, delimitando espaços de uma forma inovadora e com todas as vantagens que lemos hoje! Agora, pra quem chegou aqui procurando tapete pra empresas, tem mais um truque! A marca que eu represento aqui na região, Interface, tem o ” Entry Level” que é um produto que ” escova” o sapato de quem entra pois tem uns fios de polímeros mais espessos, então 70% da sujeira fica presa ali. Aí você pergunta porque os designers andam loucos com esse tipo de piso… Bom, imagens valem mais do que palavras: Virão como se pode alcançar uma infinidade de efeitos? Aliás, as propriedades anti ruídos do carpet deveriam ser lei em hotéis viu. Ao menos nos corredores. Acho que eu falei, globalmente, dos prós do piso. Infelizmente o Brasil tem pouca demanda e os modulados, geralmente são vendidos em múltiplos de 5 m2. Mas eu tenho fé que os brasileiros aprendam a limpar esse piso e em breve possamos comprar peças unitárias, variadas e criar coisas lindas. Se tiver alguma dúvida, sugestão, reclamação ou amor pra semear, deixe nos comentários. Não deixem de seguir a diva linda que é minha patroa no Instagram e no Snapchat, a @futilish. E eu, esse gordinho reclamão, @Tiolelofoz. Beijo pra Josiane, que já tinha pedido nos comentários, e me mandou um email bem na hora que eu tava decidindo o tema de hoje… Esse é pra vc =*   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

  • Dica da Leitora!!

    Vamos lá pras compras da semana das leitoras?? O que tem de lindo por aí gente?? Dica 01 – Andréa Dica direto da Marisa de Poços de Caldas! R$ 89,90 cada peça! Arrasou nos três! Dica 02 – Kelli Achadão na Riachuelo! Espadrilha linda por R$ 49!!! Dica 03 – Daniele ¨Boa noite Cony, sou a Dani, de Pedra Azul interior do Espirito Santo! Sou leitora fiel do Fufu, mais até então nunca tinha participado do DDL, curto muito e babo de amores pelas dicas, e pelos seus looks, mais infelizmente a fast fashion mais proxima fica a 90km daqui, entao na maior parte das vezes fico só na vontade mesmo! Eis que eu meia “fitness” sempre comprei minhas coisinhas (tenis, suplementos e etc) na netshoes, e lá fui apresentada a ZATTINI, e-comerce de sapatos e roupas da netshoes! Ate entao nunca tinha me arriscado e resolvi testar, e olha ameeeei! Gostei tanto que até já comprei mais! Segue minhas duas dicas da vez, ambas me custaram R$ 62,90 e por eu nao conhecer a marcar nao me decepcionaram nenhum pouco, super confortaveis! Lá vende desde moleca, ramarim até arezzo e dumond! E tem sempre muita promoção! Um abraço, Dani¨ Adoro a Zattini, tem coisas ótimas lá!! Dica 04 – Michelle Olha a dica de loja online de sapatos! A Michelle comprou esse sapato de onça classe alta no site da Lez a Lez! E na promo, pela metade do preço! Dica 05 – Martha Ahhh que lindeza de email!! ¨Olá Cony! Sou leitora há muito tempo mas nunca comento… Esses dias li o post sobre os looks da NYFW e a polêmica das bolsas que vc levou… E foi isso que me fez escrever pro DDL! Os looks que vc usou são simplesmente MARAVILHOSOS!!! Como sou de Curitiba, não vejo a hora de copiar todos no inverno! Algumas peças já tenho, outras vou buscar ainda… E foi isso que me fascinou! Os looks são super usáveis, com cara de “gente como a gente” mas com um glamour a mais que ainda preciso aprender, hehe… E é aí que entra a história das bolsas… Sou louca pelas bolsas da Chanel, mas elas ainda não cabem no meu bolso… Por isso sempre procuro alguma alternativa fashion pra matar a vontade, hehe… E esses dias dando uma passada na amada Forever achei essa bolsa RYCAH!!! Sério, o material é ótimo, a cor é perfeita, a corrente é daquelas pesadas, dá pra usar a alça curta ou longa… Perfeita!!! E foi só R$ 129,90!!! MARA né? Lógico que uma bolsa de grife ajuda a fazer o look, mas quando vi teus looks, imaginei na hora opções de bolsa que já tenho e que poderiam perfeitamente substituir as que vc usou… Enfim, pra quem pode, invista na bolsa de grife! Pra quem (ainda) não pode, tem muita alternativa BBB por aí! Super beijo!¨ É isso aí, é exatamente esse o espírito da coisa! E achei a bolsa LINDA, também quero! Dica 06 – Raissa Shortinho na Forever 21 por R$ 27,50!! Que precinho MARA hein! E que bom que finalmente a F21 veio pro Brasil!!! Agradeço todos os dias hahaha Dica 07 – Livia ¨Cony, como diria Thay:  Cony mulher, você é mesmo uma “digital influencer”! Foi só ter lido o post “Fashionismo Sem Esforço” sobre o loafer metálico que eu fiquei louca atrás de um! Liguei em todas as Arezzos de SP e só achava o preto, ninguém tinha o prata! Eis que decido dar uma passadinha sem compromisso na Zara do shopping Paulista e dou de cara com essa versão, por R$189,90!! Amei!!! Vou usar muito!!!¨ Lindooooo! Palmas para você! Ótima escolha! Dica 08 – Leli ¨Ola Cony, essa semana estive passando pela Renner, e achei algumas peças tão interessantes que achei que valia a pena compartilhar. Segue minhas dicas: saia preta que veste super bem, estava na liquidação de R$ 109 dilmas por 69.  No outro look a t-shirt listrada com frase fofa estava apenas 39 dilmas. A calça suede camel que veste maravilhosamente bem paguei R$ 159,00. E para completar o colete que já estava de olho há tempo por R$ 99,00. Espero que tenha gostado. Beijoss..¨ MULHER DE DEUS QUERO TUDOOOOOO! Principalmente esse look da saia com a blusinha listrada! QUE ARRASO! Super francesa!!! Dica 09 – Beatriz Dica de slip on preto! R$ 99, 90 na Ana Capri! Só dica bacana hein? Mas a que mais amei, sem dúvidas, foi o look de saia preta e camiseta listrada da Leli! Quer participar??? Envie seu achado para constanza@futilish.com, foto BOA, preço e nome da loja onde fez o achado! Obrigada a quem participou hoje!

  • Classificação Sócio Econômica do Xadrez

    Depois de inúmeros pedidos, segue mais uma Classificação Sócio Econômica: o XADREZ! Achei que seria super fácil pois nunca tive dificuldade em escolher uma peça xadrez que me agradasse. Sempre batia o olhos e sabia se era rica ou não mas confesso que para fazer este post está MUITO difícil de explicar o meu ponto de vista! Primeiro: achei que era o tipo do xadrez que me atraía mas ao selecionar as fotos vi que gostava de vários desenhos. Segundo: achei que tinha preferência por uma cor específica mas também não é isso. Quase isso, vou tentar explicar. Terceiro: o tecido. Esse sim tenho certeza que influencia diretamente na riqueza do xadrez. Os de flanela não ficam legal, não faz vista, não fica feminino. O xadrez por si só remete a algo mais masculino, mais fechado, e obviamente, invernal. Por isso que sempre aparece no frio. Hoje vamos fazer uma breve avaliação em camisas xadrez, item que está super na moda e que proporciona looks lindos! Contrariando a minha teoria de que o xadrez não deve ser em desenhos retos (mas sim com várias linhas fininhas desenhando os quadrados), amei essa camisa em preto e branco. Usada em um look total black ou como a última moça, com calça jeans e camiseta branca por baixo, fica bem bacana. A riqueza não está no desenho… Essa tem meu amor eterno. Camisa branca com leve xadrez. Chique até, inclusive tenho uma assim que comprei na Riachuelo! O tecido molinho e com bom caimento faz ela ficar ainda mais linda e fácil de usar. Nem só de calças e shorts vive um xadrez, ele também pode ficar muito elegante com saia lápis e salto alto. Não gostei do xadrez do look do meio, acho que a combinação de verde com vermelho me lembra lenhadores, cabanas de madeira de mata gringa, esse é um dos tipo de xadrez que não gosto! A clássica camisa xadrez vermelha. Essa é a mais popular e se for comprar uma, cuide que seja de um tecido fino e não muito grande! Vermelho com fundo branco: é leve, bonita, elegante. As com fundo claro são minhas preferidas! Usando com short ou saia curta: pode ser num look total black, por cima de um tubinho preto, ou usada aberta com regata por baixo. Amarrada na cintura! Vai com quem quer usar tênis e com quem prefere salto. Todos os looks acima estão maravilhosos! Esse look com a calça branco está divino. Para quem acha que o xadrez só fica bem em looks super esportivos ou então apenas para as mais jovens, inspire-se com uma calça skinny e salto alto! Aberta com camiseta pedrinha branca por baixo ou sexy com regata preta e um colar comprido. O xadrez que não gosto! Muito escuro, com desenhos fechados, mistura de verde com vermelho, flanela,cores muito forte e sólidas. Acho que descobri o que não gosto no xadrez: mistura de cores escuras e desenhos miúdos! Para terminar, um aerolook meu que postei no Instagram! Segue lá @futilish! Toda de preto com uma camisa xadrez da Renner. Ela não tem botões, mas tem essas pontas que desconfio que sejam para usar a camisa amarrada. Achei bonita, é bem leve e o desenho me agradou. Custou R$ 119! Difícil né? Mas acho que o resumo da ópera é justamente tomar cuidado com a escolha do tecido, que seja leve e fino, fugir de camisas armadas e de tecidos grossos, escolher um xadrez que não seja muito pequeno e que não misture cores fortes. O que acham?

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Dois dias sem post pois eu estava na Argentina falando sobre blogs e tendências em espanhol! Ui ui que internacional!! hahahah depois conto os detalhes. Vamos por a casa em ordem, hoje com choradeira? 01 – Martina Bom, meu “chora” é sobre relacionamentos, com as pessoas…Eu sei que quem me vê de fora, talvez tenha outra impressão de mim, mas eu vou contar o que eu acho a meu respeito e o que pessoas próximas dizem, e talvez você e suas leitoras possam me ajudar. Meu problema é: eu não tenho amigos. Eu tenho alguns colegas, mas amigos.. não. Desde que eu me lembro, na pré-escola, eu nunca fui boa com amizades…Eu até chego a entrar em algum grupo de pessoas, mas nunca dura muito tempo..Eu não me considero uma pessoa chata, e as pessoas que convivem comigo, e os “colegas” também não fazem esse tipo de menção. Eu converso sobre tudo, mesmo coisas que eu não sei, eu faço questão de tentar aprender com as outras pessoas. Digamos que eu não seja simpática demais, porque eu sou um pouco tímida, então você nunca vai me ver chegando em um lugar e escancarando um “BOOOOM DIA”. No máximo, eu digo um “Oi” e dou um sorriso. Continuo a conversa, se a pessoa continuar…Daí você vai perguntar, poxa.. como assim você não consegue fazer amigos?  É, isso mesmo, eu não consigo! E eu até tento..por exemplo, eu ainda estou na faculdade (meu curso é longo, 6 anos), e não fiz uma amiga até hoje. Daí vocês vão dizer: amizade é você quem faz!!. Manda msg, mostra interesse!!… Vou dar exemplo do meu curso (já que minha vida se resume a ele, nos ultimos cinco anos): normalmente, em uma sala de aula, sempre há os grupinhos que mais se identificam.. Digamos q eu não estou em um no qual me identifico, estou nele apenas por uma pessoa que eu considero e parece me considerar. Daí eu tento ter um laço mais profundo com a pessoa, eu mando msg p.ex, mas aí, se a pessoa responde monossilabicamente ou não dá continuidade no assunto, eu já desisto.. pois acho que isso é um sinal de que estou incomodando.E isso, é com qualquer pessoa.. eu já desisto de cara. E mesmo essa pessoa que eu digo considerar, quando estamos fora do contexto universitario, é como se não tivéssemos muita amizade, já que ela se identifica com as outras pessoas do grupo também. Eu já li até alguns livros que tentam ensinar como fazer amizades e tal.. Mas não adiantou, eu não consigo ser “pop”. Durante todos esses anos de curso, as pessoas que se aproximaram de mim o fizeram apenas interessados em notas e nos beneficios que eu ia proporcionar com minha dedicação no curso. Ah… as pessoas também nunca me convidam pra sair ou coisa do gênero, nesses cinco anos de faculdade, recebi poucos convites, e todos próximos a provas (é tipo barganha, a pessoa te convida, é legal com você.. e logo depois, pede os seus relatórios e resumos.. e passada a prova, não fala com você mais). Quer ver uma coisa triste? Meu aniversario… todo mundo do grupo em que eu estou na faculdade, sabia disso… Mas sabe quantos me deram parabéns? Uma só…..(foi a pessoa que eu disse considerar,  mas ela nem lembrou, só veio falar, pois uma das pessoas viu no facebook e avisou). A maioria dos votos de felicidades que recebi, foram de sites na internet….. Isso nunca me fez falta, mas agora começou a me incomodar.. eu me sinto um E.T, por não ter uma “amiga confidente”… parece q todos têm isso e eu não.. Até pessoas consideradas chatíssimas no meu círculo social tem os seus “apoios” e eu não… Detalhe: eu namoro, e poderia até achar que as pessoas me esquecem um pouco, por acharem q eu já tenho alguém com o qual fazer as coisas… Mas como, mesmo antes de namorar eu já tenho esse histórico de não saber manter amizades… Não acho que o problema seja esse. Eu sou uma pessoa que gosto de estar arrumada sempre. Eu me maquio todo dia, coloco uma boa roupa, porque eu acho que mostrar zelo com si próprio é importante.. Mas eu não sou exagerada…Só que sempre ouço comentarios do tipo: nossa, como você consegue todo dia de manhã fazer isso? Eu prefiro dormir…(e eu faço coisas básicas, do tipo delineador e batom) Então eu nao sei se as pessoas enxergam em mim uma competição, ou se eu apenas nao consigo gerar empatia mesmo… Como eu já disse, nunca me incomodou essa ausência de amigos na minha vida.. porque desde muito pequena, eu faço tudo sozinha.. Meus pais saíam para trabalhar e eu mesma cuidava de mim.. preparava minha comida, arrumava meu cabelo, meu quarto, etc..Só que, parece que a sociedade não está muito preparada, para os solitários.. Dia desses fui almoçar sozinha em um restaurante e eu parecia um alien…as pessoas me olhavam e ficavam comentando..Não foi impressão minha, porque o garçom veio perguntar duas vezes se eu estava bem e ia ter companhia………E já que falei da minha familia: somos um pequeno grupo, de três pessoas, já me contando. E nunca tivemos uma relação de família calorosa.. e isso é normal pra mim. Eu também lido com muitas pessoas que se encontram no final da vida, e se tem uma coisa que me entristeceu muito, foi ver pessoas sem nenhuma companhia, durante um momento como esse. Bom, é isso… Obrigada por ler o meu desabafo Cony! Martina, li seu relato e no final mudei meu pensamento… Ia te sugerir ser mais expansiva, puxar papo e tal mas acho que não é por aí… Por algum motivo, senti que as pessoas tem ¨medo¨ ou ¨receio¨ de chegar em você. No decorrer da história você dá pistas sobre isso: se diz auto suficiente, vem de uma família ¨fria¨… E pense bem, quando uma situação se repete muito, é bem provável que o problema não esteja na situação e sim em você. De alguma forma você está bloqueando as pessoas, já parou pra analisar sua postura? Ninguém te deu os parabéns, mas se ninguém sabia, como iriam te parabenizar? Será que você não se blindou na sua solidão e não deixa ninguém chegar perto? Mesmo sendo auto suficiente, mostre algum tipo de dependência das pessoas, as pessoas gostam de serem úteis para os outros, gostam de ser necessárias e importantes, e se você acha (ou demonstra) que não precisa de ninguém, porque elas vão querer ficar perto de você? Você demonstra interesse nas pessoas que te cercam?Pense nisso… 02 – Steffi Depois de muito pensar, resolvi escrever sobre minha história, eu tenho 23 anos e estudo engenharia numa faculdade federal, inclusive voltei há pouco tempo de um intercâmbio que me fez crescer muito. Bom, eu nasci prematura de 7 meses e como consequência tive/tenho problemas motores, uma desordem neurológica chamada distonia, ela faz com que eu tenha movimentos involuntários no meu braço esquerdo, mas isso é controlado com o uso de botox que paralisa o músculo por alguns meses. Eu já estou acostumada a viver assim, afinal essa é a vida que conheço, e sou totalmente independente. Entretanto algumas coisas ainda me incomodam muito, o fato de meu pais serem super protetores comigo, já tentei conversar e mesmo depois de morar mais de 1 ano fora ainda sinto o controle que eles têm sobre mim e não sei como resolver isso, já tentei conversar, mas não deu muito certo. A outra coisa é o preconceito por ser diferente do padrão, isso faz eu tentar parecer “normal” e esconder minha deficiência, mas mesmo assim tenho que encarar as pessoas me encarando como se eu fosse de outro planeta, gente pensando que eu não sou capaz de fazer nada ou viver uma relação, já recebi até foras de alguns caras por causa de minha desabilidade, uns deixaram subentendido e outro deixou bem claro que o único motivo foi esse. Isso tudo tem me deixado muito pra baixo ultimamente, quando eu morava fora eu me sentia “mais eu” e mais independente sabe? Viajei pra vários lugares sozinha, conheci novas pessoas e culturas, aproveitei minha vida de solteira e também namorei por um tempo lá, mas eu queria mesmo era que as pessoas entendessem que é normal ser diferente e mesmo com algumas limitações, a vida é muito maior do que a gente pensa ou tá acostumado. Mas com tudo que tá acontecendo, eu to me sentindo deslocada, presa, triste e sozinha. Ai Steffi, nem sei o que te falar… Isso é cultural, infelizmente. Você não tem que esconder nada, entendo que deve causar estranhamento em algumas pessoas, mas o problema está nelas e não em você. E acredito que seja justamente por isso que seus pais tanto te protegem e super entendo o lado deles. Eles não querem que você sofra, que você se sinta diferente, não querem que te tratem mal. Agora me responda uma coisa: quando você morava fora, seu comportamento era outro certo? Já pensou em repetir esse comportamento aqui? Não sei se você faz terapia, mas talvez seja uma boa. Seu desabafo é complicado pois não depende de você, e sim dos outros, o que é muito difícil de mudar. Tente mudar sua visão, amenizar as coisas na sua cabeça, não pensar tanto nisso… Boa sorte. 03 – Serena Olá Cony, em primeiro lugar quero lhe desejar cada vez mais sucesso ao blog, que acompanho já à alguns anos e adoro. É a primeira vez que escrevo ou faço qualquer comentário, não sou muito ativa no mundo da internet, costumo só observar. Rsrs. E te digo, que escrevo hoje por motivos de desespero. Eu me chamo Serena, tenho 22 anos, e namoro há quase 6 anos (meu primeiro e único namorado) o rapaz X, que é um amor de pessoa, esforçado, certinho, estudioso, responsável, companheiro, fiel (Sim, praticamente todas as qualidades que se deseja em um homem). O problema nisso tudo sou eu, eu o amo não tenho dúvidas, mas não sei em que transformei os meus sentimentos por ele, horas acho que só o vejo como amigo. Tenho um carinho enorme e o quero bem e feliz, mas não o amo e desejo mais como o amor da minha vida. A gente quase não briga mais, aprendemos a conviver, ao longo de 6 anos passamos por muitos problemas, ele já duvidou dos sentimentos dele e eu segurei as pontas, eu já duvidei dos meus sentimentos e ele também segurou as pontas. Terminamos uma vez, por 1 semana, mas vi que o amava me arrependi e voltamos as boas. Eu ainda gosto da companhia dele, me preocupo, quero o bem dele acima do meu próprio bem, mas não sinto mais frio na barriga, não sinto mais ansiedade, não tenho mais vontade de fazer tantos planos juntos como tinha à algum tempo atrás. Eu me distanciei, eu esfriei os meus sentimentos por dentro, e hoje eu digo com culpa e tristeza que ele me ama mais. Algo que um dia tive tanta certeza que eu seria sempre a pessoa que amaria e dependeria mais. Hoje vejo que ele precisa mais de mim emocionalmente, que sem mim o mundo dele desabaria. O pior de tudo nessa situação, que faz com que eu me odeie e me culpe ainda mais, é o fato de que eu estou criando  sentimentos por um dos melhores amigos dele. Eu sei que sou uma vaca por isso, eu concordo plenamente. Vou explicar melhor a situação, temos um grupo de amigos, os mais chegados são hoje uma turma de 10, que são amigos do X desde os tempos de escola. Esse amigo dele que falei, vou chama-lo de Y, nem sempre andou com a turma, ele morou fora do país um tempo, até que voltou pra cidade por motivos pessoais, e desde então enturmou e começou a andar com frequência com a gente, já que ele conhece a maioria das pessoas, que como eu disse são amigos desde a escola. Quando comecei a namorar o X, via o Y não com muita frequência, ele não se mostrava muito simpático e inicialmente eu nem ia muito com a cara dele, pois ele sempre foi muito tímido. Desde que ele voltou, fizemos amizade e descobri que ele também é um cara incrível, desse tipo raro sabe, e apesar de tudo nunca deu muita sorte com mulher, ele é bem solitário, e se entristece as vezes por esse motivo. Acho que ele nunca me olhou de outra maneira, ele e o X são amigos antigos, e ele não me faz o tipo que perderia amizade por causa de mulher. Mas eu não quero estragar tudo, temos uma ótima amizade, eu não quero ser a vaca que vai destruir isso. Eu já pensei que vai passar, já pensei ser só atração física, mas já fazem 6 meses que penso no Y dia e noite, e ele não é do tipo “homão atraente”, o interesse que tenho por ele é muito mais do que físico, eu me preocupo com ele mais do que devia, eu penso e anseio em encontra-lo mais do que se anseia em ver um simples amigo. Eu tenho noção da dimensão disso tudo, mas tão grande quanto isso é a perturbação que sinto no peito, não tenho paz. Eu já pensei em sentar com o Y, e contar tudo pra ele, pedir pra ele dizer que eu estou louca e que preciso voltar a minha sã consciência e ver o quão improvável é isso tudo, mas eu não sei a reação dele, acho que ele se afastaria do grupo e de mim pra evitar constrangimentos, e isso seria um horror, pois fazemos tudo juntos, viajamos juntos, nos vemos todos os finais de semana e as vezes até durante a semana. Eu só quero um conselho de como esquecer o Y, só quero enxergar o tamanho da merda que minha cabeça me faz imaginar, e eu não tenho o direito de estragar a vida de ninguém por conta dos meus sentimentos. Esse é um desabafo desesperado, de alguém que não aguenta mais guardar para si todo esse caos. Serena, Serena, guarda esse fogo menina… Cuidado para não trocar o certo pelo duvidoso… Mas ó, sendo bem sincera, acho que você não deve terminar com seu namorado por esse outro rapaz, e muito menos tentar algo com o amigo do namorado MAS em algum momento, por algum outro motivo, sinto que você vai sair desse relacionamento. Você é muito nova, está há muito tempo com o mesmo homem e o seu PRIMEIRO homem. Já mostra sinais de insatisfação, de comodismo e acho que um dia isso vai ficar insustentável. Esse sentimento pelo amigo do namorado só surgiu porque você está com essa insatisfação. A gente nunca sabe o que vai acontecer, pode ser que você termine por um tempo mas depois volte e seja feliz para sempre com seu namorado, mas também pode cair na vida, pegar gosto e se divertir por um tempo. Nunca se sabe, só sei que o foco  NÃO é o amigo do bofe e sim o seu sentimento no namoro atual. Pensa direito, mas com calma e sem pegar o amigo do namorado. SINAL VERDE NO CHORAAAA! Podem mandar seus desabafos, de amores, amizades, família, trabalho, o que quer que esteja de afligindo! Mandem para constanza@futilish.com, no assunto coloquem CHORA QUE TE ESCUTO e tentem ser resumidas ok?

  • Jaquetone

    Amo esses posts de tendências pois eles são rápidos porém gostosos de fazer e de ler as opinões! Ontem alguém comentou no post da trend da Cropped Flare que tinha percebido a volta das jaquetas jeans grandonas. Sim amiga, você está corretíssima. Já tem um tempo que elas chegaram mas parece que só agora as pessoas estão olhando com carinho. Inclusive vi uma LINDA na Forever 21 de BH, toda rasgada, mas não comprei porque minha amiga achou feia… Se ela (a jaqueta) der bobeira e ainda estiver por lá, não resistirei da próxima vez! Chama Oversized Jacket ou Boyfriend Jacket e nem pensem que é difícil de achar. Se não encontrar na parte de roupa feminina, pode se jogar na masculina! Inspirem-se!!! Com vestidos ou saias…  Fazendo a linha chiquetosa com salto alto… (AMO que dá uma quebrada na seriedade do look. Muito top!) A linha cool chic com calça justa e saltos… Ou nas combinações básicas de calças pretas e camisetas. Sem erro! Fácil de usar, fácil de achar, fácil de dar aquele toque fashion. Me jogarei num jaquetone rasgadinho com toda certeza! Eu vou. Alguém mais?

  • Tendência – Cropped Jeans

    Lembro de um post que fiz tempos atrás sobre o comprimento ideal da calça flare. Em uma das fotos sobre como NÃO DEVERIA ser o comprimento, uma editora de moda – obviamente fashion – usava uma flare ¨pega frango¨. Ok, de doer os olhos e a dica era não seguir esse exemplo. Acontece que aquilo não era um caso isolado, infelizmente. A flare curta, ou cropped, virou tendência na gringa e só observo para ver se ela vem para estes lados. Me digam o que acham: Com scarpin. Considerando que scarpin deixa qualquer look quase aceitável, eu quase aceitei esse acima. Mas vejam bem, o ¨flare¨ é discreto. O problema é quando a boca da calça abre mais e dá a impressão que você cresceu e não comprou roupas novas.  Com sandálias. O primeiro look curti. No segundo, AMEI o casaco e até achei a composição bacana! Mas sou suspeita: tem jeans, preto e branco e minha sandália desejo Jimmy Choo. Daí a pessoa acha que fica bacana usar com uma ankle boot. Aparecendo um pouco da canela. Os olhos começaram a doer.  Continuam doendo… Hum… acho que com sapatos baixos não viu? E assim menos ainda! Quando o cropped jeans não é muito flare, ou seja, a boca da calça não abre muito, até dá para considerar. Se o desenho for de calça reta, podemos até conversar mas… flare flare mesmo e curta, não cabem na mesma frase. O que vocês acham?

  • Mi Casa, su casa – Nosso Cantinho-inho-inho

    Tá bowa Fufu? Acho digno que estejam, porque olha, vai ter surra de post hoje. Pega uma trena e #vemkotio ! Mas vamos falar de coisa sofrida, coisa apertada, coisa desnecessária. Vivemos em um mundo em que não é mais possível – pelo menos para a maior parte da humanidade- vivermos em imensos castelos ou casarões. Imagine guardar aquela armação de vestido de ” E o vento levou…” O mundo globalizado pede: Praticidade, rapidez na locomoção e o máximo de facilidades logo ao abrir a porta do elevador. Aí todo mundo prefere morar no centro, pertinho do trabalho. Só que no centro das cidades, não tem mais tantos terrenos disponíveis. E o que acontece? Qualquer tripa de terra, que não serviria pra estacionar um bode, vira um mega empreendimento com 22 andares e a “oportunidade” de se viver em um “studio”  na região central, com excelente vista e toda a infra estrutura necessária para o seu conforto. E para desespero dos filósofos, o capitalismo – provavelmente – vai continuar na moda um bom tempo e então essa tripa de terreno vai ter que comportar o máximo de humanos empilhados possível, então porque fazer um belo studio se podemos ter quatro por andar? Studio, pra quem está se perguntando, é a trend word do momento pro antigo loft – que de um antigo e imenso galpão comercial na região menos interessante de Nova Iorque encolheu até virar um (recém construído) quadrado com banheiro e teto bem alto. O Studio tão oferecido ultimamente, que tem o teto baixo, nada mais é do que uma kitinete virgem… com o preço do casarão. Me lembro que em Joinville moramos em um apartamento que o banheiro social era tão pequeno que papys dizia que se fosse fazer número 1, entrava de frente, mas se fosse número 2 já tinha que entrar de costas, porque não era possível girar lá dentro. Esse tema foi motivado por uma Fufu que perguntou nos comentários sobre um empreendimento que ela pretendia adquirir, mas que ela se incomodava muito com o fato da cozinha e a lavanderia serem integradas. Acabamos trocando alguns e-mails e ela me fez lembrar de um estudo que eu li – e graças ao Skype eu achei a matéria do O GLOBO pra quem quiser ver. O fato é que sim, as famílias encolheram, temos filhos “melhor programados” e, consequentemente mais tarde, porém a análise do imóvel de dois dormitórios não deixa dúvidas: Dos 100m2 que desfrutávamos em 1970 hoje nos restou 58m2. E esse restou é culpa do povo. Aceitar viver em um espaço tão reduzido foi um comportamento nosso. se não consumirmos, os construtores não fariam essas células de sobrevivência. Esta semana recebi três plantas de diferentes edifícios pra desenvolver mobiliário, onde a cozinha é praticamente nula. Será que vale mesmo a pena economizar distância (e tempo) pra viver enlatado? Claro que, os imóveis muitas vezes são comprados em planta. E este é outro câncer imobiliário que precisamos combater. Grandes investidores costumam ter um ” modelo” em escala real pros compradores conhecerem. Mas isso é uma pratica “menos incomum” em grandes cidades. Mas porque esse modelo é tão desagradável pra quem constrói? Porque o potencial comprador vê o tamanho da cagada que tá fazendo. Ver isso aqui: Não é o mesmo que entrar num lugar como esse: Tenho visto verdadeiras atrocidades contra o conforto. Visitei uma obra recentemente, fiz até uns snaps, mostrando a vista lindíssima do apto no 17º andar do prédio. Mas aquele imóvel, oferecido para uma família de três ou quatro humanos, comumente não é habitado mais do que um casal. Mas assim, nem dois humanos e um calopsita seriam confortavelmente acomodados ali . A pergunta da Fufu, era sobre a integração da Lavanderia e da cozinha… Quanto a isso, eu só posso ver pelo lado positivo, atualmente temos a opção centrifugar os talheres e deixar a roupa de molho no microondas. Não porque é prático, é porque escorredor de louças e balde simplesmente não cabem dentro de um apartamento. O propósito de falar dos micro imóveis é conscientizar quem não conhece desenho técnico, a visitar a obra. Mesmo que você tenha comprado no início da construção, corre lá. Surgem colunas e outras coisas absurdas em apartamentos. Mas se você aproveitou pra adquirir um imóvel em planta, peça pro corretor te levar em um parecido, ou até desenhar no chão. O melhor amigo de quem decora ou constrói é a trena, e logo depois é a fita crepe. Marca no chão o tamanho da cozinha, marca no chão o tamanho do quarto. aí você consegue imaginar a pia, o fogão e a geladeira efetivamente no local. Uma cliente chegou com a planta do apartamento que ela estava negociando, pra fazer uma prévia do projeto da cozinha, pois ela não gostou do decorado, e gostaria de ter uma ideia de quanto ela gastaria para fazer os móveis. Isso sim, é uma ótima forma de se ter um estudo de móveis. Se for um local onde você irá morar pelo menos 5 anos, vale a pena pedir uma consultoria de um profissional, seja arquiteto ou designer. As vezes a visão do profissional é menos ortodoxa que a sua, e gastando a mesma quantia nos móveis você tem uma decoração mais funcional e atraente. O programa minha casa minha vida por exemplo, ajudou muita gente a ter a casa própria e pelo que eu notei, todas as construções tem o mesmo formato: Sala de estar e jantar integradas com a cozinha, e ao lado um corredorzinho com o banheiro no meio e um quarto pra cada lado.   Pessoas que nunca se defrontaram com um desenho, olham a planta e identificam tudo que elas querem. um banheiro, 2 quartos… a cozinha tem pia, geladeira, fogão e até uma mesa. E isso aparece às vezes em plantas que chamamos de “humanizadas” que são coloridinhas e mais fáceis de entender, como essa: Mas aí entram as artimanhas de alguns “vendedores” que podem ser o investidor que construiu, ou o profissional de engenharia / arquitetura ou o corretor de imóveis que não explica que o desenho não é realista. na primeira planta, aquela mesa não permite que ninguém abra a geladeira, ou que alguém use a pia. Na sala, um sofá de 3 lugares precisa ter – pelo menos 2,60m…. Uma mesa retangular pra 6 pessoas, tem 1,80m os espaços pra uso das cadeiras da ponta – sofridos tem que ser 0,70m então nun cálculo rápido, sabemos que : 260+180+140 = 5,80 mas a medida escrita ao lado é 5,10m. Não vai caber sofá de três, não vai caber mesa pra 6 e com toda certeza do mundo não vai sobrar aquele espaço do ladinho do sofá pra colocar uma samambaia exibida na janela. Nem uma avenca pra monitorar o relacionamento. E nesse aperto, vamos sacrificando qualidade de vida, chamando o dedinho do pé de descobridor de móveis e reclamando que as coisas não são como antigamente. A segunda planta ali em cima é um pouco mais safadinha. Ela indica medidas mas veja bem: o banheiro tem 1,00×2,00 agora assim, de cara eu digo, pelas normas de ergonomia: Box: 80cm Largura pro vaso sanitário: 80cm Sobra 40cm pra uma pia? você deve ter uma régua em algum lugar aí perto de você, dá uma olhada e conta pra mim: dá de cuspir a pasta de dente em 40cm? Mas aproveita que vc está com a regua na mão, porque se o BWC tem 1,00m de largura e um cagadô com caixa acoplada tem 65cm de profundidade, entre o vaso e a parede sobra 35cm TRIN-TA e CIN-CO centímetros pra você relaxar seus joelhos e abrir a passagem do seu loló para que as suas necessidades fisiológicas possam partir. Os quartos até que estão desenhados com uma boa proporção, mas vamos olhar pra sala agora… Olha a cadeira e o sofá de 2 lugares? Já viu uma cadeira maior que um sofá? Eu já tô começando a fervilhar de raiva, o que é normal quando eu analiso estes desenhos. Tive um cliente, que no desenho da planta da casa dele, tinha uma sala de jantar com uma mesa quadrada de 8 lugares, ao lado da escada, num pé direito duplo, uma casa que custou alguns bons milhões. Sabe o que coube na vida real? Exatamente, duas cadeiras e uma mesinha de apoio. O post de hoje é pra quem ainda não comprou, verificar o tamanho das coisas, e não acreditar no desenho. Pra quem comprou – correr desenhar no chão, ou visitar a obra. Não quero vocês tendo que ler o Futilish no celular porque não coube o notebook no banheiro. MAndem mais dúvidas pro Tem Jeito Decor no email e deixem seus comentários, dicas e sugestões aqui. Agradeço o amor de vcs no Instagram e no SnapChat, adoro quando vocês falam comigo =* Eu estou lá sempre reclamando e a Cony embelezando nossas vidas. Somos @Futilish e @tiolelofoz em ambas as redes. As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.

  • Sobre a Saúde das Pernas – Parte I

    Sempre, mas SEMPRE, quis falar sobre este assunto, mas sabe quando você não tem o conhecimento suficiente para falar sobre alguma coisa e dá medinho de falar bobagem? Pois é… Já recebi vários emails e comentários aqui no blog pedindo para falar sobre vasinhos nas pernas, varizes, tratamentos e afins e acho que finalmente conseguirei passar informação correta e com embasamento! Ano passado conheci a Dr. Livia Lyra, angiologista top daqui de BH, e fui tratar uns vasinhos que me incomodavam. Fiz algumas sessões de laser e tive ótimos resultados! Inclusive eu tinha um vasinho na coxa direita BEM marcado e roxinho, que me acompanhava há muitos e muitos anos e ele desapareceu. Até comentei com ela que sinto saudade dele hahahaha. Mas enfim, perguntei se ela não gostaria de colaborar com o Fufu contando um pouco pra gente sobre varizes, vasinhos, como e porque eles aparecem, como tirar… e ela topou! Enviou um material bem bacana que inicialmente vou dividir em 4 posts. Depois, conforme forem aparecendo as dúvidas de vocês, vamos montando mais posts ok? Vamos começar do começo: Varizes! No site da Dr. Livia Lyra tem mais informações, caso queiram ver este é o LINK. Se alguém tiver dúvidas, sugestões de post ou perguntas, deixe seu recado nos comentários! No próximo post falaremos sobre meias elásticas de compressão, ok?

  • Belo Horizonte e Seus Restaurantes

    Sei que tem uma galerinha que está vindo para BH para ver o meu muso Adam Levine amanhã! Separei 5 dicas de comidinhas MARAVILHOSAS aqui de Belo Horizonte e prometo… valem cada maldita caloria! A farofa de ovo com banana e bacon do Boi Lourdes. Um espetáculo! E o lugar é propício para tomar um chopp e ver o movimento. Fica na R. Curitiba, 2069, Bairro Lourdes.   Quer almoçar gostoso? Vá no Ah! Bon. Tem várias unidades espalhadas pela cidade, mas a mais charmosa com certeza é que a fica no bairro de Lourdes. O cardápio TODO vale a pena, mas se eu tiver que sugerir um prato, sugiro o nhoque de espinafre com molho de gorgonzola e bife ancho. DOS DEUSES. R. Fernandes Tourinho, 801 – Lourdes Quer mais comidinha gostosa? Então fique com meu prato preferido do mundo. Simples, mas uma delícia. Picadinho de filé do Trindade! Amo tanto que não consigo pedir outro prato hahaha. Acompanha abobrinha, farofa chocante, ovinho frito e banana. Fica na R. Alvarenga Peixoto, 388 – Lourdes. Ok, não quer comer mas quer uns drinks diferentes? Bombshell COM CERTEZA! Vá sem medo e peça logo um Demônio, o drink mais gostoso do Universo. O lugar é super descontraído, tem uma decoração diferentona e é o ponto de encontro dos descolados. Para acompanhar, peça uma Batata Rosti de Carne Seca com Catupiry. R. Sergipe, 1395 – Savassi. Quer riqueza, ser bem atendida e querer pedir todos os pratos do menu? Corre no Vecchio Sogno. Esse é meu restaurante de datas especiais rs. Sempre peço um nhoque com aspargos e parma mas da última vez que fui lá me apaixonei por esse prato da foto: tortelloni recheado com conduta trufada com molho de três funghis e mel! Pensa num negócio gostoso? Comi devagarinho para durar mais rs. O Vecchio Sogno fica na R. Martim de Carvalho, 75 – Santo Agostinho. Fome vocês não passam em Belo Horizonte!

  • Chora Que Nóix Te Escuta!

    Choradeira de quintaaaa feiraaaaa! Tô meio embolada com os dias das postagens, só pra variar. Pensa numa pessoa com desorganização mental? Ah, falando nisso, quero TANTO conversar aqui sobre falta de concentração, de foco, DDA e afins… Bom, deixa minha choradeira pra outro dia, agora é com a: 01 – Kim Oi Cony, adoro seu blog, seu estilo e o seu jeito de ser! Te escrevo porque tô passando um dilema e preciso ouvir uma opinião de alguém que não está próximo. Não precisa publicar se não quiser ok? Thanks! Bjos Conheci meu marido no início de 2013, me casei no ano passado (2015) e vim morar numa cidade pequena do interior de MG, vim para esta cidade porque meu marido que é veterinário conseguiu um bom emprego. Confesso que foi um ato não muito bem pensado, agi mais com a emoção do que com a razão, pois, já tinha 8 meses que a gente estava namorando a distância. Sou nascida e criada em Belo Horizonte, então, imagina como foi difícil desapegar de tudo, família, amigos, emprego, shoppings…rsrsrs. Mas vim porque não tinha jeito de ficarmos namorando a distância e por isso decidimos casar. No ano passado quando cheguei a essa cidade consegui um emprego nas escolas aqui, mesmo não sendo exatamente a minha formação, pois dava aulas de física. Apesar de toda dificuldade da adaptação as coisas iam bem…Porém no meio do ano perdi parte das aulas que eu dava e acredite o que eu estava ganhando não pagava nem as passagens de ônibus pra ir ver meus pais em BH. Eu literalmente surtei, pois trabalho desde os meus 16 anos de idade e estou acostumada a ser independente. Por mais que ele cubra as despesas da casa eu não me sinto bem dependo do dinheiro dele. Estava ficando a maior parte do tempo em casa e com isso a cabeça a mil, pois não sou do tipo que se contenta em ficar em casa, gosto de sair para trabalhar, de me sentir útil. Foi aí que tive a ideia de tentar mestrado e como aqui não tem universidade, faculdade nem nada disso, conversei com ele e fui pra BH em setembro me preparar para o mestrado, pois coloquei em minha cabeça que precisava fazer algo pela minha profissão, e sempre quis fazer um mestrado, para que num futuro eu pudesse dar aulas em faculdade, pois amo lecionar. E aí me bateu aquelas neuras de: tenho 27 anos e não tenho estabilidade financeira, daqui um tempo vou querer ter filho e se eu não fizer isso agora? Quando vou fazer? Então eu fui pra BH e fiquei na casa dos meus pais, cheguei a passar em 3 etapas de seleção de mestrado, mas infelizmente por falta de experiência não consegui a vaga. Porém, meu casamento sofreu demais com isso tudo, passamos a brigar muito, até viajamos para tentar melhorar, mas não adiantou muita coisa. Vejo-me sempre abrindo mão das coisas por esse relacionamento, enquanto ele nunca abre mão de nada, eu queria ter feito uma cerimônia de casamento e não fizemos por questões pessoais da família dele, sem contar que ele é super pão duro! Não gosta de gastar com nada, nem uma viagem para comemorar o nosso casamento a gente fez, (na nossa “ lua-de-mel” tivemos que ir buscar a filha dele em outra cidade pq tinha 2 meses q não via a criança), na verdade nesses 3 anos juntos nunca tínhamos viajado pra lugar nenhum só nós dois, nem as coisas pra casa ele quer comprar, a maioria dos moveis que temos nos foram dados de “segunda mão” e outros com dinheiro que meus pais e parentes dele nos deram de presente. Não viajávamos antes por questões financeiras, pois ele era estudante e não tinha dinheiro e agora pq o dinheiro dele é todo investido em pecuária e pensão de filha. Foi um custo viajar no começo desse ano, só pq pechinchei muito é que fomos. A viagem foi boa, mas sabe quando tá aquele clima ruim? Eu passei a não ter certeza se queria voltar para essa cidade porque infelizmente aqui não tem emprego pra mim, não tem como eu estudar, não tem lazer…Mas acabei voltando porque amo ele, porém, continuo insatisfeita e triste, vejo minha vida profissional parada, sempre sonhei em fazer um mestrado e agora estou aqui desempregada e sem poder estudar, literalmente me tornei dona de casa, o mais irônico é que isso é o que eu nunca quis ser. Desculpa o textão, mas é isso…As vezes fico achando que é melhorar divorciar e voltar pra BH. O que vc acha? Tô muito confusa. Kim Kim… lendo seu relato te percebi tão triste, cabisbaixa e ao mesmo tempo TÃO GRANDE! Mulher, tive a impressão de você estar toda amarrada, encolhida e doida para se soltar. Sua vontade de crescimento é enorme, acho MARAVILHOSO você querer focar em sua carreira, fazer seu mestrado. Você contou que ama lecionar, ou seja, ama a profissão que escolheu, tá no caminho certo e ter que abdicar disso por amor é muito cruel! Sim, cruel! Achei o tom do seu mail muito sensato, já teve exatamente essa conversa com ele? Com essas palavras, com esses argumentos? Ele seria muito egoísta se não te compreendesse! Se essa conversa já aconteceu e ainda assim não rolou um entendimento, voa passarinha. Vai crescer, vai cuidar de você, da sua carreira, conquiste o que é seu. Se ele te amar mesmo, ele vai dar um jeito de ficar com você. O que não é justo é você morar num lugar que não te agrada, sem emprego, sem amigos, sem lazer. Sem vida, na verdade. Boa sorte. 02 – Khloe ¨Olá. Meu desabafo não tem nada de relacionamento, só preciso do conselho das pessoas mais experientes e que já sentiram o que estou sentindo. Eu não sei o que fazer profissionalmente. Moro na casa dos meus pais, aliás tenho 22 anos, estou no último ano de uma faculdade que detesto (direito) mas e ai? Quando pegar o diploma não saberei o que fazer haha. Quando estava na escola sabia que no ano seguinte teria outra série, ou que logo após teria a faculdade. Enfim, você deve estar se perguntando porque não sigo alguma carreira na área do direito. Gosto de estudar, mas honestamente eu não quero estudar 3/6/8 anos para um concurso público (hoje em dia para ganhar 2 salários tem que gabaritar as provas) e ficar fazendo trabalho de robô como fazia no estagio, também não vou advogar pois não gosto de falar em público e não me imagino naquela confusão autor/réu na audiência. Eu não curti, só valeria a pena pelo dinheiro e só vou me formar porque já cheguei até aqui. Tenho vontade de fazer gastronomia, mas é complicado. É um trabalho serviçal, mal remunerado em que pouquíssimos se tornam um Alex Atala. Como faço para realizar-se profissionalmente com o mínimo de dignidade financeira? Ou será que amar o seu trabalho é uma ilusão? Obrigada.¨ Tá toda errada né fia. Vai formar num curso que detesta (e você foi bem clara, enfática e ainda citou vários motivos para não gostar do que estuda) e o pior, o curso que quer fazer você já sente uma derrotada sem ao menos ter tentado. Nada vem rápido, nem dinheiro, nem sucesso, nem reconhecimento. E outra, porque se tornar uma Alex Atala? Quanto mais alto a gente mira, mais difícil é alvo! Vai subindo aos pouquinhos, sempre pensando em melhorar, um dia de cada vez e outra, MUITAS coisas podem acontecer no caminho. Só não arruine sua vida profissional com escolhas erradas e MUITO MENOS desista antes de tentar. 03 – Kourtney ¨Oi Cony, segue um chora feliz: Quando eu tinha 17 anos, passei no vestibular para Biologia e no primeiro churrasco fiquei com um veterano que seria meu namorado pelos próximos 3 anos. Hoje eu já me perdoei por ter “gasto” tanto tempo da minha vida com aquele babaca, não vou me alongar muito dizendo como ele me tratava, vou dar apenas dar um exemplo: do tipo de homem que força sua cabeça para baixo para fazer sexo oral. Traí ele! Contei que traí e foi assim que terminamos, com ele me chamando de todos os adjetivos possíveis para a faculdade inteira, contando todos os meus podres e os das minhas irmãs para os meus pais e ameaçando se matar. Nunca mais o vi. Apesar do total abuso que ele fazia comigo, me sentia culpada por ter traído, sabe?! devendo pro universo?  Seis meses depois conheci quem seria meu próximo namorado. Vivi um ano de intensa alegria, aprendendo como um menino pode ser querido, companheiro e ainda ser perfeito na cama. Levei um pé na bunda DO NADA, sem explicação… fui pro chão. Emagreci 8 kg em uma semana, chorei, esperneei, mas ainda sim, aprendi a me amar na marra, nas indas e vindas com ele que me judiavam demais. Na minha formatura, ele foi com meus ingressos, não cumprimentou minha família e ficou com a única pessoa que eu já tive ciúmes na vida NA MINHA FRENTE (tínhamos ficado uns dias antes da festa, achei maldade demais e dei FIM nisso. Embora já fizesse mais de um ano que eu não era mais namorada dele oficialmente, isso não se faz). Mas sabe aquela sensação de alívio? Me senti 0 a 0 com o universo! Magoei, fui magoada, aprendi a me amar, aprendi o que era relacionamento abusivo, aprendi a ser feliz comigo mesma e que a pessoa que eu mais amo sou eu. Amadureci demais, nessa altura já estava para começar o meu mestrado e sempre me interessando por assuntos relacionados à mulher. 20 dias depois foi meu aniversário, fui em um bar de rock que amo e dei mole no carão para o carinha dos drinks, temos vários amigos em comum e sempre achei ele um gato. Ficamos trocando mensagens a noite inteira e combinamos de sair depois do expediente. Fui embora para a casa de uma amiga, pulei na piscina, caí um tombo, me ralei toda. Quando estava quase pegando no sono toda molhada (tinha esquecido dele) meu celular toca. ERA ELE. Fui correndo para o bar (bebada, molhada, ralada kkkk) e levei ele para a minha casa. Não consigo esquecer até hoje a coisa mais engraçada que já me aconteceu: fui de saia longa no bar pq estava com a perna peluda e acaba a noite com ele fazendo curativo NA PERNA PELUDA kkkkkkkk. D O R M I. Não fizemos nada… no dia seguinte acordo e vejo um rapaz dormindo no chão do meu quarto… pensei comigo mesma: NUNCA vou conseguir dar uns beijinhos nesse gato depois desse vexame e dessa perna kkkkkkkk. Fiz um macarrão odioso para almoçarmos, um papo torto, levei ele para casa. O que aconteceu? ELE ME LIGOU (fiquei pensando qual era o problema dele kkkkkkkkk) e a partir daí estou vivendo um sonho REAL nos últimos 4 anos, três de casados… já tivemos nossos problemas, ele foi por um tempo muito acomodado e folgado em casa e eu pisciana e feminista – folgado e feminista não cabem na mesma casa. Mas depois de muito amor, conversas, estatísticas e textos, sempre que alguém pergunta se ele ajuda em casa ele responde: Eu não AJUDO em casa, eu faço a minha parte. Estamos crescendo, ele é engenheiro ambiental, mudamos de cidade para eu fazer meu doutorado e ele arranjou um emprego em uma empresa e está se destacando muito, ele é realmente uma das pessoas mais brilhantes que conheço e a qualquer momento vai arrasar em algum concurso por aí… E também do tipo de homem que chega meia hora adiantado no trabalho para arrumar a mesa, sabe? Peça rara! Sou peça rara também!! Estou fazendo meu doutorado e sei que tudo de bom que acontece comigo  é fruto do meu esforço e da energia positiva que espalho por aí, tenho um exercício diário de tentar não julgar as pessoas e sempre elogiar muito e de coração, o que eu tenho de negativo tento guardar pra mim… Somos duas pessoas do bem, é importante em um relacionamento ter paciência para APRENDER a ser o par “perfeito” um do outro (QUANDO VALE A PENA, TÁ, MENINAS?) Estou convencida que não devemos nos enganar por fogo de início e procurar compatibilidade, sou feliz pois sinto no meu companheiro sintonia total nos nossos planos e objetivos. Ah, antes que eu me esqueça… Sabe o segundo namorado? Ano passado ele me chamou para tomar um café e pedir desculpas, eu fui (com o marido sabendo tá) e o perdoei de coração, somos bons amigos! Ele levou um pé do mesmo jeito que me deu um tempo depois – CARMA. Por isso, me considero um chora duplamente feliz, pois nada melhor do que PERDOAR. Beijos Cony, você e tuas leitoras são seres de luz, MUITA gratidão por esse blog que rendeu muito mais do que um amor intenso por blusas listradas :* Ps: curiosa para saber meu nome fictício hahahahahah¨ QUE LINDA LINDA! Que relato leve, cheio de otimismo, de recados do bem!!! Temos muito que aprender com você: elogiar sempre, reclamar menos, ter paciência, energia positiva SEMPRE (tão importante isso… coisa boa atrai coisa boa!) e o principal, aprender a ser feliz com o que conquistamos. Não dá para ter tudo, mas saber aproveitar o que temos e ser agradecidas por isso faz a vida valer a pena e vira FELICIDADE E PLENITUDE. Só lembrando que NÃO estou recebendo mais emails do Chora ok? Vamos terminar essa leva e quando liberar eu aviso aqui! E sem mimimi pela escolha dos nomes viu? Fui de Kardashians em homenagem a Kim que ontem entrou no Snapchat! Minha piriguete preferida

  • O Que Usar Em Um Show?

    No momento que escrevo este post, Adam Levine leva Porto Alegre a loucura. Hoje começou a turnê do Maroon 5 no Brasil e sexta feira é nóoooixxxx de BH que vamos que cantar e dançar muito com meu muso! E muita gente já está me perguntando: o que vestir para ver nosso marido?? A resposta será geralzona, vai servir para qualquer outro tipo de show que aconteça no verão e a noite. Simples, vamos começar pela parte de cima: Camiseta ou regata de malha. Tudo tem que ser beeeem confortável. De preferência uma camiseta surrada, gostosa de usar, ou de malha pedrinha. É branca e tá com medo da chuva? Aproveita pra sensualizar mulher: use um top de renda preta ou desses de tirinhas. Tá gostosa, tá tudo em dia, quer conforto mas quer piriguetar um pouco? Vai de body com decote bacana. Eu não iria, mas… Calça jeans CONFORTÁVEL (deixe para usar a calça nova em outra ocasião) ou um shortim jeans rasgado. Tanto para a calça e para o short, os rasgos são bem legais. Fica jovem, cool, moderno, fashion e se rasgar mais no show, melhor ainda, souvenir. Pense da multidão, pense em sentar no chão, em líquidos que podem parar na sua roupa, gente empurrando, enfim… Não use nada que tenha apego sentimental ou que seja novo e você quer cuidar. A calça e o short podem ser pretos, brancos NUNCA! Nos pés: tênis (slip on também vale) ou botinha (coturno entra nessa categoria). Eu prefiro tênis, acho menos quente que um coturno e obviamente, tênis já usado, que possa sujar e molhar (guarde o Superstar que custou achar pra comprar pros streetstyle da vida), e que já tenha passado no teste do conforto. Não aconselho sapatilhas muito menos rasteiras. Deixe o pé bem guardadinho. Quer dar um grau no look? Amarre uma camisa jeans ou xadrez na cintura. Acho meio trambolho e eu daria vários nós para ela não cair mas tem a parte boa de ir com camisa amarrada: se não for levar bolsa (o que é bom), dá para guardar o celular e documento no bolso de trás da calça e tampar com a camisa. Bolsa, levar ou não? Eu não levaria: imagina pular com a bolsa? Mas se for necessário, que seja de alça comprida para atravessar. Uma dica boa é aqueles porta dinheiro pra viajar, são bem fininhos e dá para colocar por dentro da roupa. Se for desapegada de fashionismo, taça-lhe uma pochete. Eu tentarei ir sem bolsa… Brinco discreto, pulseiras idem. Nada que possa prender na roupa de alguém, que possa sumir, que te incomode.   O que levar para um show? Celular com bateria super cheia. Se der, uma bateria extra. Documentos necessários (somente os imprescindíveis). Dinheiro e cartão, somente o necessário. Elástico para prender o cabelo. Leve mais de um, sempre somem. Bala, chiclete, barrinha de cereal, qualquer coisa pra por na boca e enganar uma possível fome ou bafinho por fome prolongada. Papel higiênico. MAS COMO CONSTANZA? Sabem como faço? Pego papel para uns dois xixis, dobro e coloco dentro da calcinha, mas não lá embaixo, na parte da frente, abaixo do umbigo. Não faz volume e quebra um galho quando o banheiro é podrinho e não tem papel. Só não se esqueça dele e cuidado para não cair no chão. Uns 3 band aid no bolso ou junto com os documentos. Vai que algo machuca né?   Vejamos alguns looks para inspirar? Jeans com tênis: skinny (nada de barra arrastando, mas pode ser um boyfriend com a barra virada também), camiseta e tênis confortável. Com meia ou sem meia? Como você se sentir melhor. Se for de meia, que apareça o mínimo, pra ficar mais bonitinho. Short, camiseta, bota e camisa amarrada na cintura. Relevem as bolsas e os acessórios. Se fosse um show a tarde, com espaço entre as pessoas, ok. Mas se for multidão, pulando e cantando numa lata de sardinha, melhor evitar bolsas e afins. Short e botinha de mocinha. Camisetas ou regatas listradas, short de tamanho decente. O blazer não vai pro show ok?  Short jeans detonado e tênis. Dupla infalível! Ah vestido não pode? Eu não aconselho. Levo óculos escuro? Se tiver onde guardar, leve. Caso contrário, melhor não.  Fácil né? É o tipo de outfit que não muda muito. A palavra chave sempre sera CONFORTO e liberdade de movimentos! Alguém quer complementar?

  • As Cores do Inverno 2016

    Lá vem a Pantone novamente botar minhoca na cabeça da gente. Primeiro anunciou a cor de 2016 como um rosinha (rosa quartz), depois veio com a surpresa que teríamos MAIS UMA COR para 2016, azulzim (serenity), tudo para a gente ficar calminho e relax. Daêeee que agora ela solta as cores do inverno 2016 e algumas a gente já sabia! Eu só não entendo uma coisa… O outono/inverno gringo será no final de 2016, e para a gente será verão… Daí essas cores valem para ESTE inverno ou para o próximo? Por via das dúvidas, vem comigo conferir as cores da vez. A gente usa agora e antecipa os gringos e usa depois também rs. Azul Riverside – azul rico, chique, quase um azul jeans. Azul Airy Blue – irmão do Sereninty né? Azul apagado, com um toque de cinza. Acho lindo demais. Cinza Sharkskin – um cinza um pouco mais escuro, quase grafite. Vermelho Aurora Red – vermelho sofisticado, sensual. A dose de energia dessa paleta meio apagadinha. Warm Taupe – cor típica de inverno. Neutra, elegante, e séria. Dusty Cedar – achei parecida com a Marsala do ano passado, mas um pouco mais desbotada. Não me agrada para roupas, mas sim para maquiagem e esmalte. Verde Lush Meadow – MARAVILHOSO. O verdão que tanto gosto! E não tenho visto muita coisa nesse tom por aí não hein… falo isso porque tenho procurado algo tipo esse verde e não acho! Amarelo Spicy Mustard – Um amarelo com uma pitada de mostarda, um amarelo ¨sujo¨. Interessante… Potter’s Clay – ferrugem, tijolo, super invernal e aos montes já nas vitrines. Não consigo me apaixonar por essa cor… Rosa Bodacious – um rosa roxo ou um roxo rosa. Bonito, gostei e já quero coisas nessa cor.   Cores não muito difíceis de encontrar, obviamente não seremos escravas do tom exato da Pantone, mas pelo menos temos um norte para nos guiar! Fico com o verde Lush Meadow e o azul Airy Blue, e vocês?

  • Dica da Leitora!

    Mas numa terça feira? SIM PORQUE AQUI TODO DIA É DIAAAA! Dica 01 – Camila Bolsas na Renner! R$ 109 e também tem preta! Dica 02 – Thaís ¨Oi, Cony!  Tô enviando uma dica leitora um pouquinho diferente das demais. Mas como ADORO organização e sei que vc também, aí vai: Organizador de jóias/bijus de gaveta, da Arte Fluff (http://www.artefluff.com.br/). Muito bem feito, ótimo acabamento e ótimo atendimento. Eles são feitos sob medida, tem vários materiais disponíveis pra escolhermos (o meu é forrado em Facto no tom Fendi).  Alterei o layout proposto duas vezes (inclusive, após a 1° modificação, eu já havia dado o OK, mas mudei de ideia e eles foram super atenciosos). Custou R$ 190, já incluso o frete de Fortaleza para o Rio de Janeiro.  Espero que tenha gostado da dica! Beijos!¨ Mas tá LINDOOO! Mas eu precisaria de uns 50 rsrsrs Dica 03 – Letícia A Letícia fez dois achados bem bacanas! Saia azul marinho Forever 21 por R$ 89,90 e bolsinha da Marisa por R$ 79,95! Dica 04 – Camila Dica super tendência hein! Saia cor camel, com botões na frente, da C&A por R$ 79,99. Hoje vi na Renner, um pouco mais comprida, por R$ 69! Dica 05 – Andrea Que blusa LINDA! Riachuelo por R$ 89,90!!! LINDAAAA Dica 06 – Nathalia Cony sua linda ( a rainha da onça rica), você é a única blogueira que eu acompanho sempre, adoro tudo que você posta e escreve. Graças a você tenho investido em peças mais adultas (tenho 23 anos e tinha o gosto puxado pra roupas muito românticas e infantis) e versáteis. Esse fim de semana fui bater perna no shopping, e a primeira loja que avistei foi a Arezzo. Nunca havia comprado nada de lá, apesar de amar a maioria dos calçados, sempre achei o preço um tanto quanto salgado. Mas não teve como ignorar a plaquinha 70% off ( já havia passado na loja no começo do mês e estava com apenas 50% off), entrei na loja e logo vi a sandália dourada STQT, com salto altura que eu amo, de R$239,90 por R$ 79,90 (coração palpita nesse momento), mais uma olhada e vejo o scarpin, experimentei várias vezes, achei que usaria pouco e não ia levar, o boy logo fala: Tu vai levar né!?. Dei mais uma olhada, e realmente não tinha como não levar, de R$ 219,90 por R$ 69,90. No fim os dois não saíram pelo preço de um e o boy ainda pagou a conta. Como são peças que não uso no dia-dia (sou agrônoma) vão durar muito, e acho que super valeu o custo benefício. Bjos Cony, muito sucesso pra ti. Dica 07 – Iana Dicas da C&A! Macacão jeans por R$ 119,90 e tricô por R$ 69! Dica 08 – Giovanna Oiii, Cony! Vamos às dicas… O primeiro look montei na Forever 21, do Shopping Center Recife, a blusa foi 69,90 e o short de camurça cintura alta por 119,00. Ameeeeei a blusa na cor bordô, achei phyna, soltinha, sabe?! Já o segundo look montei na C&A, a famosa camisa jeans por 99,99 e a saia camurça por 79,90. Curti muito a saia, Cony! Achei com movimento e tou nessa febre de camurça na cor camelo hahahahaha Apesar do tecido camurça nos remeter ao período mais frio, esse da saia é mais leve e achei ideal para o clima quentxuuuura do Recife, Nordeste no geral, né?! E aí, você gostou?! Espero que sim… Amei essa camisa vinho!! E essa saia tá que tá hein? Dica 09  – Renata A Renata, muito humilde, viu um macacão preto na Renner e lembrou que queria um. Ela contou que não botou fé na roupa mas quando vestiu… MERMÃ COM ESSE CORPÃO O QUE FICA RUIM?? Baixou a Thay aqui rs. Tá linda, tá gata, tá deusa, tá goxtosa, e ela conta que o macacão é de um tecido mais grossinho que não marca nada. R$ 189. Muito obrigada a quem participou hoje, quem quiser brincar é só mandar sua dica para constanza@futilish.com, no assunto por favor coloque em letras garrafais DICA DA LEITORA, pra eu ver, porque a tia aqui tá cegueta e tá passando umas dicas batida, põe preço, onde comprou e PELAMOR, não mandem mais dicas de promo da Arezzo ok? rsrsrs Já deu, liqui eterna da Arezzo, todo mundo já entendeu que tá super valendo a pena (ainda tá na promo). O que eu mais gostei deste DDL? A batinha da Riachuelo e o macacão da Renata!  

  • Fala Que Eu Te Escuto – Casamento Na Praia

    Para as dúvidas fashion, já sabem: FALAAAAA QUE EU TE ESCUTO! Hoje a dúvida é da Ana Isabel! “Cony, primeiramente gostaria de dizer que seu blog é tudo ! É muito bom ele ser tão versátil , não enjoa! Leio religiosamente todos os dias e fiquei super feliz quando você escreveu que a sua meta era postar todos os dias #viciada! Hahahah  Então não sei se a minha dúvida é um post pro “Tem Jeito” mas eu queria MUITO  a sua opinião !  A irmã do meu namorado vai casar em Búzios em um hotel mega badalado em frente à praia , vai ser uma festa daquelas com uns 500 convidados !  Bom eu sou estudante , ainda não posso estagiar e a grana tá curta.  Todos que eu conheço estão gastando uma pequena fortuna pra se arrumar pra esse casamento e eu no impulso acabei comprando um vestido na Le lis Blanc que estava na promoção. Isso foi em julho do ano passado! Em dezembro eu ganhei um vestido longo lindo da Farm de presente de Natal e nunca usei até hoje!  Agora faltando um mês pro casamento estou ficando numa mega dúvida de qual vestido usar ! Ainda acho o da Le lis Blanc lindo, a cor, o corte, tudo ! Porem eu acho que ele me engorda um pouco e ele tem uma cauda que não dá pra tirar e eu não consigo me dar muito bem com ela , tenho medo de me embolar, pisar e não conseguir me divertir na festa preocupada com o vestido !  Já o da Farm não é de um tecido tão “nobre” e tenho medo de ficar pobrinho sabe mas com ele eu tenho certeza que eu não vou me preocupar com nada e vou poder curtir muito. Além do mais eu não tenho nem joias nem bijoux pra combinar com os dois e gostaria de te pedir ideias se possível. Não sei como complementar os dois looks.  Ahhh e a maquiagem/cabelo como faço?? Todo mundo que eu conheço contratou um maquiador pela bagatela de 600 reais isso está fora de cogitação !  Desculpa às fotos mega ruins mas são as únicas que eu tenho e como eu já sujei um dos vestidos experimentando não quero mais tirá-lo do armário até o dia do casamento #desastrada PS: o casamento vai começar umas 17h. Obrigada por me ouvir/ler. Beijos” Hummmm, entendi Ana… Antes de mais nada, dá para mandar o vestido da Le Lis Blanc para uma costureira tirar a cauda ok? Vamos dar uma olhada neles? Menina esse vestido da Farm é LINDÍSSIMO, sou louca por ele e não consegui comprar na época. Se quiser desapegar, estamos aí rs. Mas para o casamento, sem SOMBRA de dúvidas, vai com o da Le Lis. Mas nem pense duas vezes, é ele e ponto. Ouviu né? Achei a cauda charmosa, mas se você acha que vai te atrapalhar, passe a tesoura nela (você não, uma costureira, óbvio). Mas só tire a cauda ok, o comprimento está perfeito. Tá facinho de acessorizar. Ainda mais que é praia, 5 da tarde, e a ryqueza cool de Búzios. Montei algumas produções e você escolhe que tipo de mulher quer ser nesse dia! Mulher geométrica moderna. Acho que eu iria nesse, mas isso sou eu né? Luxo, riqueza, modernidade e puro estilo usar peças geométricas! Sai do óbvio, do comum e vai fazer as pessoas pensarem o quanto você é criativa, ousada e ligada na moda. Mulher boho chique. É só comprar aquelas clutches mega bordadas da Renner, usar uma sandalia de tiras fininhas preta e arrasar no brincão. Como a clutch já tem muita coisa, escolha um anel básico. Mas vá de anel. Mulher sofisticada glamourosa. Brinco estilo jóia turquesa combinandinho com um anel de pedra grande. A clutch, turquesa também. Vamos optar apenas por essas duas cores! Nos pés, para dar uma de diferentosa, sandália amarela. Mulher rycah e descolada (e aposto que você vai escolher esse estilo pois é mais jovem e o mais praiano de todos). Brinco turquesa em pedra mais rustica, clutch de palha, pulseirismo turquesa e uma anabela delicada. Quem me inspirou para esse último look foi a Blake Lively! Seu penteado TEM que ser preso, pelo decote lindo das costas do vestido. Um coque solto, um trança lateral,um rabo bem alto e bem puxado (chiquérrimo)… A make é leve, afinal é praia e ainda dia, faz um esfumado marrom, ABUSE de cílios postiços, um blush bem cor de bronze e boca rosinha ou nude. Arrasa gata, vai ficar linda. Mais sugestões para a Ana?

  • Fashionista SEM Esforço!!

    Sabe quando a gente quer fazer um Pinterest da vida real, dar uma de fashionista pé no chão, sem muita loucura e o principal, com alguma peça que seja fácil de achar? Pois é, aquele seu momento de street style gringo pode ter chegado! Os sapatos metalizados estão com TUDO nesta temporada, apareceram em vários desfiles das semanas de moda internacional, e o melhor, várias lojas daqui já tem seu modelito à venda! Os modelos mais tops e in são os masculinos, pode ser oxford ou um mocassim, que é o que vou mostrar hoje. Vamos chamar de loafer, que é um tipo de mocassim mais estiloso, sem penduricalhos na frente e que fica chique de DOER! Deuso, master, muso com calça preta ou branca skinny. Gucci Esse modelo acima é o mais lindo na minha opinião: o dourado é Forever 21 e o prata Phillip Lim. Agora querem a alternativa brasileira? Pelo preço, Arezzo. Eu comprei o prata e o preto! O da Schutz tá muito lindo também, mais rico, inclusive no preço. Quase o dobro… Gente, não pensa não. Age enquanto há tempo e loafers metalizados nas lojas. É lindo, é chique, é fashion, é minimalista, é Gucci, é TENDÊNCIA RYCAH, direto pra rua. Vai por mim.

  • Tem Jeito Decor 04 – Living da Simônia

    Oi Fufulétis! Eu comecei a escrever um Mi casa, su casa, que está BEM legal, sobre ambientes pequenos. Ele tá bem grande, mas ainda falta muito pra escrever, então, pra não passar do dia, vamos de Tem jeito decor! Olha, eu me atrapalhei todo aqui na sexta e publiquei – momentaneamente – o post incompleto. Desculpe-me quem viu o post gasparzinho fugitivo. Semana que vem ele vai pro ar. Vamos falar de sala de estar mas, Living dá uma riqueza, não é? Gosto da ideia de ser um cômodo para se viver =D #vemkotio ! Simônia e seu homi + mais um  mini humano, mudaram para um apê maior, #todasama. E como a vida não tá fácil pra muita gente eles deram uma segurada budget do decor e levaram os móveis do imóvel anterior para o novo. Claro que, quando mudamos pra um espaço maior, temos espaços vazios que antes não existiam e isso está deixando nossa amiga Fufu #chateada. Esse TJ-Decor tá muito mamão com açúcar. A base de tons neutros, permite intervenções que farão toda a diferença. Vejamos também o outro lado do cômodo, antes de partirmos pro tre-le-lê: Concordam comigo gente? Tá muito legal. As proporções de passagens, temos belas peças de madeira. Adorei o buffet que me parece vintage. Para termos um sucesso nessa incursão de coisas, abracem suas pranchetas de decoratrizes e #vemkotio! Falei no post do Mi casa, su casa sobre cores, do site Design-seeds, que fornece paletas de cores de inspiração. Então pra ilustrar pra vocês eu fui lá, selecionei o marrom que já temos na casa da Simônia, e peguei três opções pra escolhermos: Azuis! Inserir esse tom é uma tarefa delicada, porém incrivelmente rica. É tipo aquela tia da cidade pequena que casou com o o playboy riquinho e que é referência na comunidade porque ela SEMPRE tem algo diferente no look. Principalmente no outfit for the church. Tem coisa mais fashion que missa de cidade pequena? Milão, Nova Iorque e Paris que me perdoem, mas nada ganha de missa de domingo em Tupãssi (PR). O azul vai super bem com os marrons, e é uma cor que acalma e relaxa, mas ao mesmo tempo estimula criatividade. Aqui temos um vermelho mais alaranjado, bordô e um pouco de amarelo, além de  fendi e um bege rosado. Amarelo confere alegria, descontração e jovialidade. Essa é uma combinação de cores muito “disponível” no mercado, então acho que das três será a com maior gama de objetos pra se adquirir. Vai que você tem aversão aos vermelhos… ou o marido torce pra um time de outra cor. Vamos de verde, cinza e bege. O verde e o marrom podem facilmente estar juntos. Claro que, vocês tem que cuidar para não transformarem a casa numa moita. Vamos evitar que as visitas arranquem a roupa e apelidem o casal de Tarzã e chita. Independente da opção de cores que for eleita, alguns pontos devem receber uma dose de amor extra. Incluir uma luz ali no canto do sofá, podendo ser uma mesinha, que já serve também pra apoiar um copo, um telefone, um objeto decorativo, ou uma luminária de coluna , não muito gordinha, foca numa mais esbelta, pois a sala tem um largura ok, mas algo volumoso ali pode comprometer o equilíbrio. Algumas luminárias: E caso você prefira a mesa com um abajour, eu investiria numa mesa em pintura, pois já temos 3 peças em madeira. Mesas de apoio costumam durar e migrar de um cômodo para o outro. hoje tá na sala, amanhã é mesa de cabeceira no quarto do casal, depois de amanhã é apoio na sala de tv, e se vc bobear, semana que vem a sua funcionária tá usando pra subir em cima e pendurar roupa no varal. #estamosdeolho Por essa versatilidade, se você não é a Paris Hilton, eu sugiro que adquira uma mesa numa cor mais neutra e aderece ela com uma luminária de mesa colorida. Caso você não seja de áries, e consiga esperar um pouquinho, eu tenho um item na minha personal wishlist, que eu altamente recomendo a todo mundo ter uma. A luminária ( estilo ) Tiffany´s: Eles tem sua categoria própria, e poderiam ter um post só pra eles, mas vamos falar rapidamente: Essa coisa linda foi inventada +- em 1885 pelo Louis Comfort Tiffany que envolvia vidros de diferentes tonalidades em fitas de cobre e depois as estanhava… São verdadeiras obras de arte, e uma verdadeira quando encontrada – custa pra lá de U$ 2.000,00.  Titio Louis dedicou muitos anos criando essas belezuras e existem N sub categorias, de azuis, pendentes, de flores, de insetos… Ame-os ou odeie, mas com certeza, indiferente ninguém fica. Um tapete vai bem, com cor por favor. Nada de tapete bege, no piso bege, na frente do sofá bege. Lembrando que a cor também será inserida com algumas almofadas. Eu sugiro umas 5 almofadas sendo 2 grandes ( 50×50 ) duas médias ( 40×40 ) e uma lombar ( 35×55 ). Essas medidas são aproximadas tá? Pra ter uma ideia da “escadinha” Lá naquela parede mais escura, que tal um belo espelho? ou uma arte abstrata? Já falamos dessa parede pelada da esquerda. Calma aí. Veja uma opção de espelho, e duas de arte abstrada: A dica pro espelho ficar harmonioso é ele ser um  pouco mais estreito que a mesa, e que os dois fiquem alinhados. Não precisa ter essa moldura tão barroca, pode ser uma menos travesti, caso prefira. Lembrando que: Arte não precisa (e na minha opinião, não deve) combinar com a decoração, pra não ficar parecendo sala de espera de médico. Agora a parede pelada da entrada… Ela me incomoda, especialmente no ângulo da porta. Caso opte pelo quadro abstrato na parede escura, eu colocaria um espelho, apoiado no chão, ao lado do buffet, com 175cm de altura provavelmente, só pra “quebrar” essa impressão de vazio. Espero que você tenha gostado das ideias, lembrando que você pode ir fazendo aos poucos, não precisa ter um ataque consumista e fazer tudo de uma vez. Vá adicionando, pois talvez o que eu tenha em mente seja coisa demais pra vocês. Eu usaria tudo isso, a mesinha com abajour, o tapete, as almofadas, o quadro no jantar e o espelho ao lado do buffet. Mas nem todo mundo gosta de tantos objetos. Vocês que tem que amar essa casa linda, são vocês que vivem aí. Beijão e desculpe a demora Simônia. Tenho alguns ” Tem Jeito Decor”  encavalados, mas já já eu coloco em dia. Me ajudem, mandem e-mails com mais ambientes.   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.  

  • O Que Eu Sempre Quis Fazer Mas Nunca Tive Coragem???

    Mulher nunca está satisfeita né? Se está magra, quer engordar um pouco, se está acima do peso, quer emagrecer, se está morena, quer clarear os fios, se está loira, quer escurecer. Se tem o cabelo liso, usa truques para enrolar, se o cabelo é cacheado, insiste em alisar… Mas algumas coisas a gente sempre quis mudar e nunca teve coragem… Muitas vezes também temos vontade de nos arriscar em algo novo, uma cor de sombra diferente, um batom mais chamativo, um penteado mais ousado, e ficamos com medo de nos jogar… Aceitei o desafio lançado pela Beleza na Web e dou sequência à pergunta da Lalá Noleto: o que eu sempre quis fazer e nunca tive coragem??? Aposto que muitas já sabiam minha resposta hahaha. E agora desafio a Mari Saad! Mari, o que você morre de vontade de fazer mas não tem coragem? Faz pra gente ver! E todas vocês! #desafiesuabeleza, façam alguma aventura de beleza que vocês sempre tiveram vontade, mas nunca se arriscaram. Lembrando que teremos uma MEGA surpresa da Beleza na Web para a semana da mulher hein! O que será???

  • ATeen Para C&A!

    Mais uma parceria da ATeen para a C&A! Tenho boas lembranças da última Ateen para C&A… foi quando consegui 2 shorts de alfaiataria lindíssimos e que amo e uso até hoje. Mas desta vez não achei muita graça. Fazendo a linha sincerona, achei as estampas feinhas, os modelos pobrinhos (muito lastex, eca) e pouca coisa me chamou a atenção. Vem comigo conferir algumas peças e preços dessa nova parceria. Gostei da saia estampada vermelha e da blusinha com a mesma estampa. Tem a porcaria do lastex (item empobrecedor de alto grau), mas se fosse para escolher algo da seleção acima, seria esse conjunto. Ah, e alguns cintos.  Mas o que curti mesmo, não estava no still e nem sei o valor. É esse macacão de lurex (é lurex ou estampa?) aqui! Esse sim muito me agrada! A coleção estará a venda nas lojas C&A selecionadas a partir do dia 8 de março. Vocês vão correr? Eu não. Continuo no aguardo algo mais empolgante.

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Acharam que esta semana não teria Chora? Temos SIMMM! Ontem a noite reuni os casos desta semana e ainda bem que não escrevi meus conselhos de cabeça quente… Acho que no final vocês vão entender o que estou falando. Caso 01 – Ruby Bom, depois de ler o post da volta amadurecida do CQETE resolvi me inspirar e escrever. Busco uma opinião de fora, que não seja de amigas, pois nem sempre tenho vontade de desabafar com elas. Eu podia começar o post dizendo que namoro há dois anos, que ele é ótimo, do jeito que eu sempre quis… Porém o problema dessa vez sou eu junto com o meu ciúme. (Será que é coisa de canceriana tbm? rs) Tenho um relacionamento super tranquilo, aberto, de parceria mas de um ano pra cá me vejo ficando louca de ciúmes por tudo. Começando pelas redes sociais/celular. Ele é do tipo que prega: Não invada minha privacidade, pois não invado a sua. Realmente isso é ótimo, mas o fato de eu não mexer nas coisas dele as vezes me sufoca. O celular dele é desbloqueado, de vez em quando dou uma olhada no whats, mas me sinto a pior pessoa do mundo e fico muito pior quando vejo quanta besteira em grupo de homens é falado, quantas mulheres peladas e quantas coisas eles falam de mulheres. Será que eu sou tão louca assim de não gostar ou achar isso normal?? Depois vem o facebook, esse eu nunca mexi, pois quando ele entra, ele já desloga na mesma hora, diz que não gosta de notificações, e raramente entra nele quando está comigo. Depois vem as minhas nóias, ele é arquiteto, mora em um condomínio com milhares de pessoas, perto de uma universidade federal, ou seja, com vários universitários. Embora ele aparentemente não tenha feito amizade com ninguém, quando cruzo com alguma mulher la dentro, quando vejo mulheres bonitas entrando e saindo, já fico péssima de ciúmes com medo dele se envolver com alguém, de fazer amizades e eu nem sonhar com o que acontece. Tenho ciúmes do trabalho dele, dele estar o tempo todo lidando com paisagistas, designer de interiores e etc..Hoje em dia todas bonitas, arrumadas, solteiras e loucas para arrumarem homens. Enfim, ele nunca me deu problemas, é super na dele, discreto, tímido, mas é homem né? Sei que preciso de terapia também, mas quem sabe com algumas opiniões de fora eu não consiga sair desse sufoco que é de dominar a vida dele, de mexer nas coisas dele, saber com quem ele fala e conhece. Vamos por partes: sim, ciúmes é coisa de canceriana (eta mulherada sofredora!). Eu já fui assim (ainda sou, mas mais comedida e o Rafa também não dá motivos), era ciumenta louca, nem te conto o que fazia, mas isso, graças a Deus, ficou no passado. Acho que melhorar a auto estima e focar na NOSSA vida ajuda demais. Bom, deixa eu contar direito então rs. Eu era MUITO ciumenta no meu namoro anterior, mas isso no começo do namoro. De ligar pros amigos dele quando o celular dele estava desligado ou não atendia. Odiava ser assim, mas eu vivia a vida dele. Se ele saía do trabalho às 17h, eu programava meu dia para estar completamente livre às 17h. Meu final de semana era 100% dele, não tinha nada que eu quisesse fazer sozinha. Daí que coisas aconteceram e eu fui morar fora. Aprendi a ter a minha vida independente na marra e PÁH: acabou o ciúme. Voltei centrada em mim, vi o quanto eu era interessante, passei a me cuidar mais e as coisas mudaram. Ok, voltemos ao seu caso. Mexer no whatsapp dele realmente não é uma boa ideia, qualquer coisa a mais ou diferente que você ler, já pode dar margem para alguma desconfiança. E outra, cuide dessa imaginação. A gente cria coisas que não existem, o que os olhos não vêem, a paranóia inventa! Grupos de homens no whatsapp se resume a fotos de mulheres peladas, piadas sem graça, foto da menina que estão pegando e acharam no Tinder, mais fotos de mulher pelada, casos de como foi a transa da noite anterior com a fulana X. NORMAL. Horrível ver os bofes nesse meio e participando disso, mas é normal. Desencana. Sobre o fato dele morar num lugar cheio de mulheres bonitas… amiga, se ele está com VOCÊ é porque ele quer você! Mulher bonita tem em cada canto, se for pensar assim você não vive! Pára de pensar no que ele está fazendo, nas pessoas que convivem com ele, no que tem no Facebook dele… Se tiver que acontecer algo, vai acontecer aqui ou em Marte. Viva sua vida, foque em você, fique linda sempre (para você, para gostar do que vê no espelho e ter autoestima) e curta esse bofe que não te dá problema nenhum. Tem uma frase que amo, essa aqui: Caso 02 – Esmeralda ¨Gente, eu nunca postei por aqui e não sei se alguém vai parar para ler meu desabafo. Nem sempre comento no desabafo de alguém (so quando acho que vou acrescentar mesmo), mas sempre paro para ler. Acho que principio da vida é estar disposto a ler o que alguém tem a falar. Enfim… falando de mim. Eu sou uma pessoa bem fácil de fazer amizades, falo bastante, encaro as coisas sem medo, conheço gente de muitos lugares.. mas tenho 3 melhores amigas. Dentre elas, uma que é a mais próxima.. ela é do dia a dia, a gente conversa quase 100% do dia, sabe tudo sobre a outra, vive tudo que a outra vive, as felicidades, as decepções, tudo. Acontece que somos MUITO diferentes (ela é bem difícil de lidar e todo mundo que a conhece acha isso) e eu sou tonta por natureza. Provavelmente por isso somos tão próximas.. não sou orgulhosa e relevo muita coisa (sou canceriana, ou seja, otária). Ok. Ela começou um relacionamento que era de príncipe encantado, até se tornar tóxico. Eles terminaram e ela resolveu voltar. Eu não concordava, até porque ele foi muito cachorro, mas tivemos aquela conversa só uma vez – aquela de se era isso mesmo que ela queria, se ela precisava disso. Ela disse que sim. Eu guardei todas as minhas opiniões sobre ele no bolso e a apoiei incondicionalmente. Depois de 06 meses o namoro deles acabou de novo e ela entrou na mesma bad. Eu que tava muito preparada pra ajuda-la, já que estava na minha fase mais tranquila, fiz tudo que eu queria e não queria para estar do lado dela. Na real, sempre fiz muita coisa que não queria para que as coisas andassem melhor. Logo depois desse termino dela, eu comecei um relacionamento que foi bem complicado no inicio. Até que chegamos na mesma fase e estávamos extremamente felizes. Felizes de dar inveja (depois ela chegou a me falar que ela olhava para minha felicidade do tipo: isso não existe). O problema é que temos situações financeiras bem diferentes, ele me via como algo inatingível, veio de um relacionamento traumático, enfim.. um belo domingo ele resolveu que precisava terminar comigo. Eu saí da casa dele acabada e fui pra casa dela, chorei todas as pitangas, ouvi tudo que ele tinha de ruim na opinião dela. Fiquei muito mal, sofri bastante.. até que no outro dia ele já me mandou msg arrependido. Não aceitei. Ele continuou por um bom tempo, tentando me pedir perdao, se mostrar arrependido, tudo mais.. eu, claro, recorri as minhas amigas. Pedi conselhos, ajudas, tudo. Ela, nessa ocasião, se mostrou uma pessoa muito diferente do que eu já fui pra ela. Ela falava que eu não podia sofrer por um cara que não tinha nada a me oferecer (claramente estava falando do dinheiro dele), que eu sou muito pra ele e que aquele amor todo não podia ser verdade. Que ele não podia errar. Que eu era trouxa.. tudo. Ela foi muito dura comigo, chegando a me falar que a culpa de ela ter voltado com o ex namorado era minha, afinal, se eu não tivesse deixado, ela não teria sofrido tanto. Aquela conversa toda e falta de apoio me sugou muito. Eu resolvi encontrar com ele e foi o encontro mais triste da minha vida, mas eu não contei a elas.. afinal, ninguém nem quis ouvir o lado dele, o que eu tava sentindo, nada. Eu e ele conversamos muito, por vários dias, ele me mostrou o ponto dele, entendi a decisão dele e decidi que ia pensar no que fazer. De novo, recorri a elas. De novo, a amiga mais próxima reagiu do mesmo jeito.. falava como se ninguém no mundo pudesse errar, como se ninguém merecesse uma segunda chance.. a não ser qualquer um na vida dela. Afinal, ela já enfiou os pes pelas mãos milhares de vezes tentando ser feliz. Mas comigo não poderia ser.. eu não podia me permitir tentar de novo, nem ouvir o que ele tinha a dizer. De novo, fui complemente sugada por tudo que ela falava.. me senti muito culpada de tomar qualquer decisão. Ate que conversei com ele e disse que ia viajar no carnaval para espairecer e decidir. Quando decidi isso, ela ficou do meu lado. No carnaval ela foi a melhor pessoa.. até que pegou meu celular e leu msgs que eu estava trocando com ele sem ela saber. E eu não contava mesmo. Tinha medo de qualquer reação que pudesse me fazer sentir sugada de novo. Não queria. Não falamos sobre isso. Chegamos de viagem e eu fui encontrar com ele. O nosso encontro foi uma delicia, cheio de saudade para matar, conversa pra ter, coisas a resolver.. conversamos muito, até uma altura da madrugada que esgotamos todas as duvidas que ele tinha, todos os medos, todos os traumas. No outro dia, quando acordei, a primeira coisa foi mandar uma msg para ela para contar. Recebi milhões de pedras de resposta. Que ela leu as minhas msgs no celular pra ele. Que não contei que já estávamos normais. Que ela não quer meias verdades. Que eu sumi pra encontrar com ele. Que eu, basicamente, a “enganei”. Que ela sempre foi mt sincera e me contou e eu não conto tudo a ela. Aquilo veio como bomba em cima de mim. É fato, eu não conto mesmo, mas por um motivo muito especifico: ela não compreende. Ela não ouve. Ela ta sempre certa. Ela reage mal às coisas se não saem do jeito dela. E eu sei que ela pode me contar seja o que for, e que ela tem liberdade disso, porque eu não sou assim. Eu me sinto completamente dominada por ela, sugada, dependente. Nos temos uma amizade incrível, que me faz bem na maior parte das vezes, mas parece que para isso eu tenho que estar bem. E como eu to sempre bem (pros outros), ninguém sabe lidar com a minha dor, nem ela. Eu vou em festas para agradar, deixo de ir em lugares para agradar, deixo de estudar muitas vezes (sou concutseira!) porque não quero falar não para ela. Não sei mais como agir. Não sei o que fazer, nem o que pensar. Sei que ela é muito importante pra mim, mas já me peguei pensando que não queria sair de casa e queria que ela tivesse ocupada para que eu não precisasse falar não pra ela, tamanha é a repreensão. Me sinto presa a essa amizade Presa por você mesma né? Que sofrência menina! Você falou tão mal dessa amiga, que ela te suga, te repreende, te xinga e depois diz que a amizade é incrível e importante? Sério isso? Se a amiga é durona e você mole, não dê asa, mude, afinal você sabe identificar super bem o problema e vê tudo claramente. Os outros só fazem com a gente o que a gente permite. Você está deixando ela sambar no seu corpitcho e de salto 15. Ou corta essa amizade tóxica, ou tem uma conversa madura e adulta ouuuu continue se intoxicando por vontade própria. Mas pelo que li, você apanha apanha e apanha e ainda diz que essa pessoa é incrível e importante! Bora mudar isso aí, as coisas só tem a importância que a gente dá. Você tem outras amigas, deixa essa um pouco de lado por um tempo!   Caso 03 – Ágatha Oi, Conyyyy!! Seguinte, tenho 22 anos, formada, trabalhando na minha área que é comunicação. Namoro há 3 anos e meio com um cara doce e que é perfeito pra mim (pelo menos até agora, pra sempre é muito tempo né kkk). Ele é mais velho, já tem 28 e mora sozinho desde os 16, tem uma vida super independente. Desde que começou a ficar sério que ele fala de morar junto, mas eu sempre quis esperar adquirir uma independência financeira, uma vida estável e tranquila para isso. Eis que o dia chegou hahaha me formei e ele me pediu em casamento no ano novo na frente de todos os nossos amigos! Foi lindo! Mas quando voltei pra casa…. Agora vamos para a segunda parte da história. Sou filha única de pais separados, sou única neta e única sobrinha dos dois lados. Moro só com o meu pai e uma tia adotiva que mora conosco. Sempre fui muito mimada, muito mesmo, talvez seja até isso que me faz querer sair de casa. Sabe quando você precisa passar um pouco de necessidade pra crescer? Conquistar aquilo com seu suor pra dar valor? Tô precisando disso. A minha vida toda foi só chorar que todo mundo me dava tudo que eu pedisse e eu quero agora lutar, não ter dinheiro pra comprar aquele sapato, ter que me apertar na marmita pra jantar fora no final de semana, essas coisas. Então, desde que contei que vou casar, minha casa tá um caos. Agora até deu uma melhorada, mas no grande dia da notícia, meu pai ficou doente por uns três dias e quase quinze sem falar comigo direito!! Tenho minha mãe muita próxima também (que ta amando a ideia de casório kkkk), mas ela nunca morou comigo então não sente. Meu pai sempre foi meu melhor amigo, vivemos no cinema, em barzinho bebendo juntos, ele é muito jovem e bem alto astral, não queria ver ele contra mim. O argumento dele é que sou muito nova, que eu tenho tudo dentro de casa e não tem necessidade disso, que eu posso ir morar fora e depois voltar e tal. Eu entendo todas essas preocupações dele, mas quero seguir minha vida, sabe? E eu não quero fechar as portas. Hoje eu amo meu namorado, mas vai que deu três meses de casamento e separa? Sou bem realista. Sei que pode não dar certo e eu queria ter um colo pra voltar, né? Nem que seja pra ouvir um “eu te avisei”. Mesmo que ele ache errado, eu quero errar e aprender sozinha. Mães leitoras do Fufu! Me ajudem! Como explicar pro meu pai que não é gravidez que vai mudar minha vida ou a morte kkk é só morar junto e pronto, tão simples kkkk Ah, e o casamento não será agora não. Precisamos juntar dinheiro. Até porque a casa do meu namorado é bem homem solteiro desleixado e eu preciso de um guarda-roupa de 23451 portas e outros itens básicos hahaha nos nossos planos, será entre dezembro 2016 e janeiro 2017. Miga, ninguém PRECISA passar necessidade pra dar valor. Te entendo que seria um desafio na sua vida cor de rosa, mas se você já tem essa consciência, passe a dar valor já. O crescimento pessoal é fruto de várias coisas, algumas delas nada bacanas como sofrimento, perdas, humilhações, perrengues e você não TEM que passar dificuldade para crescer. Existem formas bem mais suaves disso acontecer e se você é uma sortuda que tem facilidades na vida, aproveite. Não dificulte o que está fácil, quantas pessoas não queriam estar no seu lugar? Não ter dinheiro para comprar um sapato é uma coisa, não ter dinheiro para comprar comida é outra. Aproveite o que tem e nem pense em querer passar dificuldades para ¨crescer¨. Dificuldade é ouuuuuutra coisa.  Voltemos ao seu caso… Está SUPER claro que você é muito mimada mesmo. Obviamente seu pai está com ciúmes, você é a única filha e ele fez de tudo para te dar do bom e do melhor, vai querer te proteger sempre. Já tentou uma conversa ADULTA e madura sobre o seu desejo de casar? Ah e outra coisinha: quer casar, brincar de casinha, de gente grande que passa por dificuldades mas se der tudo errado quer o pai esperando de braços aberto né? Amiga, tá faltando uma coisa muito grande para sair de casa: amadurecimento. A vida não mima ninguém. Tenha isso bem claro quando for sair de casa (e seu pai NUNCA fechará as portas para você, tenha certeza disso.) Três moças, mimadas cada uma do seu jeito. Como falei em um dos conselhos, a vida não mima a gente não. Vamos facilitar as coisas, tirar o que é ruim de nós. Se dá para evitar o sofrimento e sabemos como fazer isso: façamos.

  • Resquícios de Look Novaiorquino + Desabafo

    Agora sim! Depois deste look acabamos com NY, pelo menos os assuntos referentes à semana de moda. Gente, tenho TANTOS post anotados, mas TANTOS, que me faltam dedos para digitar e claro, tempo para fazer tudo. Minha vontade era de sentar e começar a trabalhar às 7 da manhã e só terminar depois de fazer uns 5 posts (demora viu? Tem posts que demoro 5, 6 horas pra fazer, outros faço em meia hora) mas não tenho foco. Aliás, outro assunto pra futuro post: como lidar com a falta de concentração e um possível DDA? Eu perco o foco muito facilmente e sempre acabo indo fazer qualquer coisa que não o meu objetivo. Desse jeito. Enfim, aproveita que hoje tô faladeira. Vou mostrar meu último look oficial de NY (o não oficial foi o aerolook) e fazer um mini desabafo no final. NADA DE VOAR VER O DESABAFO. Olhem o look primeiro, comentem e depois vamos falar de outras coisas: Casaco Zara comprado em NY mesmo, por US$ 20!! Blusa térmica Uniqlo, minha companheira em praticamente todos os looks, escondida ou não rs. Saia DEUSA preto e branco Cecília Prado, bota Vicenza, clutch Hermés para Madrestore. Junto com Carolzinha (Carol Tognon), minha querida roomate e amiga! Amo demais! Agora senta aí e vamos bater um papo. Semana de moda, seja nacional ou internacional, é MUITO legal. É cansativo? É. Mas o glamour misturado à correria, aquela quantidade de informação circulando bem em frente aos nossos olhos, as fashionistas que a gente vê nas revistas e nos sites ali ao vivo, dividindo uma arquibancada de desfile com você, os fotógrafos querendo captar os looks mais interessantes, as modelos mais famosas, os estilistas mais tops, os eventos, os jantares, as festas, TUDO é diferente e faz a gente se sentir muito VIP de estar ali no meio, de ter acesso a tudo (obrigada Fhits <3). A preocupação com o que vamos vestir obviamente existe. Ninguém vai para uma semana de moda e usar a roupa que usa no dia a dia. Eu ainda não me permito ousar muito, mas aos poucos (se bem que já estou entrando no meu terceiro ano de fashion week sem parar) vou incrementando uma coisinha ali, outra ali, quase sempre dentro do meu estilo basicão de ser. Ok. E uma das coisas que mais gosto de variar nessas semanas de moda é a bolsa. Sim, a bolsa. Tenho váaaaarias, algumas grifadas outras não em suas devidas proporções. Acho chato usar sempre a mesma bolsa NESSE TIPO DE EVENTO ainda mais fotografando todos os looks diariamente, muitas vezes, mais de um por dia. No meu cotidiano, ou eventos mais locais, obviamente me viro com o que tenho. Como todo ser humano, eu gosto do que é bom. Como mulher que trabalha com moda, que respira tendência, que pesquisa sobre marcas o dia inteiro, todos os dias, eu também gosto de grifes. Como trabalhadora que não nasceu em berço de ouro nem ficou rica por algum motivo especial, comprar bolsas de grife a cada semana de moda é muito difícil (são 2 internacionais por ano, 4 nacionais, façam as contas…). Daí conheci uma loja bem bacana aqui de BH, a Madrestore, que aluga bolsas de luxo e tem sido minha salvação quando quero dar aquela glamourizada no look. Que lindo um look Zara com uma Hermés. Que lindo uma calça Riachuelo com uma Chanel. É disso que estou falando, high low, o barato e o caro. A moda pra todos os bolsos, para todos os gostos, com a cereja do bolo. E daí aparece uma pessoa e diz: Que pena que você está se perdendo e agora só ostenta com grifes. Está igual as outras, ficou metida. Parei de seguir. JURA? Será que essa pessoa realmente me conhece? Será que essa pessoa realmente quer me ver feliz, realizada, montando um look interessante, variando, saindo do mesmo? Será que porque gosto de comprar em fast fashion isso me impede de usar uma peça grifada? Será que essa pessoa pensa que GRIFE DEFINE PERSONALIDADE? Amiga, você não sabe da missa a metade. Tem muita gente que usa Hermes e é muito mais simples e honesta do que algumas que usam a bolsa da fast fashion da esquina. Não se baseie por grifes para julgar a essência de alguém, tente ir um pouquinho além, quem sabe acompanhar, observar e entender a índole da pessoa? Não é porque eu usei um bolsa grifada que mudei, que perdi a essência. Fique feliz por mim! Fique feliz porque consegui dar um passo além, consegui montar algo bacana e que pode servir de inspiração para tantas pessoas. Fique feliz porque consegui sair do mesmo, porque meu mundo está se expandindo, porque agora posso pegar, tocar e usar o que antes só conseguia olhar da vitrine. Mesmo alugada, emprestada ou comprada (porque não?), não será uma bolsa de grife que me fará mudar quem sou. Não deseje meu cárcere fashion, não defina meu espaço, não coloque fronteiras ao que posso usar ou não. Enquanto eu puder ir além, eu irei. E com prazer, mostrarei tudo para você. Quem sabe um dia você também queira alçar vôos mais ousados?

  • Novidades de Beleza!

    A Época Cosméticos me convidou mais uma vez para fazer uma listinha com meus produtos de beleza preferidos e os desejados. E olha que tô desejando MUITA coisa! Não me canso de testar produtos novos e que prometem maravilhas ainda mais quando tem desconto especial… Mas antes de falar sobre o desconto, tô querendo e tô amando isso aqui ó:   01 – Gel Primer da Oceane – Acho que quase todo mundo conhece os lencinhos removedores de esmalte que fez a Oceane ficar super conhecida né? Agora a marca tem vários outros tipos de produtos, de maquiagem e pré e pós make. Esse primer matifica a pele oleosa e tira todo o brilho. Interessante né? 02 – Master Precise by Eye Studio Maybelline – Delineador BBB da Maybelline! Melhor coisa do mundo é canetinha delineadora, bem mais fácil para fazer o traço e a ponta fininha ajuda a finalizar direitinho. Esse é preto pertinho e tem ótima fixação (é a prova d’água). 03 – Base AND Corretivo em pó da Clinique – Estou muito curiosa com o Beyond Perfecting Powder Foundation + Concealer da Clinique. Promete tudo o que a gente ama: base e corretivo de alta cobertura que uniformiza o tom da pele. Além disso, diz ter textura leve e longa duração. Dos deuses né? 04 – Traitment Anti Transpirant 48h da Vichy – Quem usa ama! Desodorante super potente para tem transpira excessivamente. 05 – Diorskin Airflash – Uma das minhas bases preferidas da vida. Devidamente estocada, não posso ficar sem! Uso a cor 300, coloquei ela na lista para vocês aproveitarem o desconto. Ela é um pouco chata de passar, não pode borrifar direto no rosto como vem nas instruções. Eu borrifo num pratinho e daí pincelo no rosto. Perfeita! 06 – Sonic System Purifying Cleansing Brush da Clinique – TÔ LOUCA POR UM DESSES! Amo esses gadgets de beleza! Pele limpinha, suave, fresca… Pra quem usa muita maquiagem é perfeito! Quero demais! 07 – Cindy Lou Manizer The Balm – Iluminador MARA de tom rosa com brilho dourado! De encher os olhos, esse tenho em casa e farei swatch dele. Perfeito para aquele glow digno de Jennifer Lopez. Dá para usar também como sombra e no decote! 08 – Dream Cream da Lola Cosmetics – Na verdade tinha selecionado vários outros produtos dessa marca mas tive que deixar um só para este post. Sou MEGA curiosa com tudo da Lola, depois que me falaram maravilhas daquela máscara para os cabelos, Morte Súbita. Como já postei a Morte Súbita aqui, hoje vou de Dream Cream, uma máscara super potente que promete recuperar cabelos secos e com química. Além do mais contem alguns aminoácidos reconstrutores que repõe a massa dos cabelos! Cabelos muito danificados devem usar uma vez por semana, e os não tão danificados, de 15 em 15 dias. QUERO! 09 – Chapéu Jurere UV Line – Falando em proteção solar, super indico os produtos da UV Line e fiquei muito feliz em ver que estão sendo vendidos na Época! Tem máxima proteção (o material do chapéu tem FPS 50+!) e ainda por cima é lindo. Mais uma proteção para dias de sol na praia ou na piscina. Quem luta contra o melasma, tem que ter um desses! 10 –Le Teint Encre de Peau YSL – Gente, outra base que amo. Sequinha sequinha! Minha cor é a B50. A embalagem é linda, é YSL, cobre bem e como falei, bem seca. Essa é pra aproveitar o desconto hein. Quem quiser garantir algum dos produtos da minha listinha, ou comprar qualquer outra coisa na Época Cosméticos (exceto dermocosméticos), tem desconto exclusivo! Usando o cupom ¨futilish¨ ao finalizar a compra, você garante 15% OFF em praticamente a loja toda! Válido até dia 31 de março de 2016 hein. Aproveiteeeeeem, ainda mais que alguns produtos estão com estoque baixinho! Eu vou me jogar na Lola hahaha

  • Os Desfiles de NY e as Tendências da Vez!

    Mais atrasada do que nunca, mas não posso deixar isso no esquecimento! Alguns desfiles de NY me chamaram bastante a atenção e percebi algumas semelhanças entre eles… Fiz uma pequena seleção para a gente descobrir o que teremos futuramente em nossos armários, o que vale já investir: Calvin Klein apostou no xadrez, que inclusive estamos vendo bastante nas lojas. Inverno é xadrez e talvez seja um pouco difícil reinventar ele. Uma camisa do passado, pode muito bem ser a bola da vez novamente. Farei post sobre xadrez rico e xadrez pobre. A diferença é fácil, mas falaremos especialmente sobre isso em breve. Ainda sobre Calvin Klein: sua fortíssima alfaiataria ganhou decotões, bem fundos e em V. Achei sexy. Aliáaaaas, como podem ter percebido nos looks do Oscar, os decotes profundos estão bem em alta. Agora Coach (e esse eu vi ao vivo): Stuart Vevers realmente deu OUUUUUTRA cara a marca. Ficou muito mais moderna, fashionista, cool e está honrando um belo posto no mundo da moda. Se antes Coach era nhéeee, apenas uma marca de bolsas com bom custo x benefício, agora Coach é WOW! Sorte de quem tem itens da marca e que agora estão melhor cotados.  Vemos as jaquetas bomber com aplicações (que JÁ temos nas lojas daqui, podem checar na Renner e colar mais patches para personalizar) além de uma tendência FORTÍSSIMA para este inverno: sapatos metalizados. Eu já cantei a bola e já tenho 3 pares. Corra garantir o seu, de preferência, modelo masculino. Ainda sobre Coach: peles. Sabe aquele colete de pelos que todo mundo usa há pelo menos 2 invernos? Poizé… continua. EUZINHA trocaria o colete por um casaco peludo, bem Chewbacca mesmo, mas haja frio né? Para arrematar, Coach também nos lembra que inverno e xadrez andam de mãos dadas, inclusive sugeriu um mix de estampas, que para mim, ainda é too much. Preciso acostumar o olho. Lindeza da VIDA a coleção de DVF. Não sei se vocês leram meus posts sobre a semana de moda de NY, onde falei que o antigo formato de desfile em passarelas está mudando? Então, parece que passarela e modelos passando pra lá e pra cá já não é mais in. O in agora é fazer uma ¨exposição¨ das roupas, e as modelos ficarem lá em pé, 100% disponíveis para serem fotografadas. Diane fez uma mini festa, e ao som de We Are Family, botou Gigi Hadid, Kendall Jenner, Irina Shaik, Jourdan Dunn e cia para dançar mostrando sua moda boho, feminina e sensual. Como diz DVF: Sinta-se como uma mulher. Vista um vestido. O que vemos: botas over the knee (gente, não admito mais emails me perguntando se ainda vai usar esse modelo de bota. VAI SIM, forever. Ou pelo menos durante muitos invernos mais), inspiração anos 70, boho boho boho, e um mix de cores que muito me agrada: rosa, laranja e camel. Estampas maravilhosas (o floral é discreto e o forte é a geometria), muito suede (camurça), lenços no pescoço. Ops, decote V de novo… Estão prestando atenção né? Outra novidade durante esta semana de moda: algumas roupas JÁ estavam a venda um dia depois do desfile. Burberry também fez o mesmo. Hummmmmm, prevejo mudanças fortes no mundo fashion. Roupas menos conceitual e mais roupa na rua imediatamente. Daí aparece Marc Jacobs para falar que não é bem isso. Ainda no estilo Old Fashion (agora passarela e roupas conceituais ficaram para trás), um monte de góticas mostrando como é um desfile de semana de moda. O que podemos entender do desfile de Marc? Poás, preto e branco, vinil, plumas, oversized. E Lady Gaga. Quem mais poderia ter a ousadia? Voltando à programação normal, Michael Kors ficou bonitinho na cor (uma das, lembrando que pela primeira vez a Pantone escolheu 2 cores, rosa quartz e azul serenity) de 2016 e abusou do azul serenity. Eu usaria tudo. Camel, super tendência que já vemos nas ruas e modelagens masculinas. Falando na tendência macho man para meninas, Ralph Lauren até usou gravatas em seu desfile. Tons de marrom tomaram conta da passarela, em looks total amazonas. Roupa de milionária inglesa que passa os finais de semana cuidando e curtindo seus cavalos de raça. Teve um pouco de franjas também, mas bem pouco… E veludo molhado, outra grande trend invernal. Eclético Ralph né? Para terminar, Tory Burch, também eclética que foi do metalizado leve, suave e esvoaçante ao… Pesado e colorido! Um mix interessante, mas que não encheu meus olhos. Então vamos anotar? Xadrez, sapatos masculinos metalizados, botas OTK, inspiração anos 70, boho, veludo molhado, camel, cavalaria, decotes em V profundo, e um pouquinho de azul. Querem ver Londres e Milão?

  • Tendência! Vestido Canelado

    Que Kim Kardashian ama um vestido justinho, isso estamos calvas de saber. Que marca tudo, que tem que estar com o corpo em dia, isso também já sabemos. O que não sabíamos (ou pelo menos eu, que nunca tive o costume) é que roupa de malha canelada não marca e se ajeita a cada curva. Obviamente que vamos focar em conforto e não tentar usar a roupa super ultra justa. A malha canelada já se encarrega de definir o corpo sem apertar. Mas vamos por partes: se ela mostra cada curva, é bom usar uma calcinha que não marque. Eu aconselho usar com shortinho modelador, segura tudo no lugar e o efeito fica ótimo. Se ainda assim o tamanho do quadril incomodar, mais um truque: amarre uma jaqueta jeans ou uma blusa de frio na cintura. É cool e fashion. Se achar que a mistura de vestido justo e salto é demais para você, ABUSE dos tênis. Como esse modelo de vestido tem uma pegada mais esportiva, fica lindo com tênis! Vem comigo ver do que estou falando: Com tênis é demais! Para fazer a linha sexy, use um belo salto. É uma peça super fácil de usar, como uma tela em branco. Os de comprimento midi são os mais lindos e como já falei, com tênis fica ótimo! Uma coisa urbana, moderna e minimalista. Parte boa da história: tá super fácil achar esses modelos nas fast fashion! Tem na Renner (R$ 79), tem na Forever 21 (R$ 69) e em várias outras lojas. É a cara do inverno e dá para usar o ano inteiro, mesmo quando o frio for embora! Já aderi fortemente: comprei um na MNG, um na Renner, um na Forever 21 e o conjunto vermelho do post da Espaço LZ. E vocês, sim ou não?

  • Achados em BH – Espaço LZ!

    Semana passada fui convidada para o lançamento de inverno de uma loja bem bacana no coração da Savassi, a Espaço LZ! A Gabi, dona de lá, disse que sempre me via fazendo compras na Carol (@ummeiadois) no Feira Shop, já que ela tinha um stand lá. Acontece que a Espaço LZ cresceu, e cresceu MUITO e desde novembro do 2015 que está com uma loja LINDA e ENORME bem em frente ao Feria Shop, na Rua Antonio de Albuquerque, 607. Fiquei surpresa com várias coisas: as roupas (super bonitas), o bom gosto na decoração, a simpatia das vendedoras e o tamanho da loja. Realmente é bem grande, os provadores são confortáveis e tem vários espelhos espalhados pela loja. Eu reparo em tudo né? Vem comigo conhecer esse novo achado para as belorizontinas! Que lindeza né? E que orgulho saber que é era uma loja do Feira Shop e que agora está essa potência toda! Obviamente experimentei alguns looks da Espaço LZ, afinal, tem que ver a roupa no corpo e outra, a inspiração para essa coleção veio láaaaa da minha terra, do Deserto de Atacama! Fiquei alucinada com esse cropped de ombrinho de fora! Já tinha visto em algumas marcas mas AINDA não tinha garantido o meu. Agora tenho um vermelho e um preto rsrs. E essa saia?? LINDA! Olha eu fugindo do preto e do branco e das listras. Adorei a proposta dessa blusa, com a manga bem aberta e a calça com cintura alta que fez uma verdadeira lipo! Modelou muitoooo! Deste look fiquei MALUCA com a calça. Um couro fake super confortável e rycoh! Não brilha muito, não esquenta e nem é grosso. Comprei também rs. Até falei com a moça que dava vontade de levar umas 3 calças dessas para quando uma acabasse, já ter a outra novinha esperando rs. A cor da blusa é tendência total deste inverno, tudo camel e as franjas… podem se jogar, continuam com tudo! E para terminar, um dos meus looks preferidos (e bem Kardashiano): o mesmo cropped da primeira foto porém com a saia no mesmo tecido (canelado também será presença forte neste inverno) e a sandália bapho também é da Espaço LZ! Então já sabe… Se estiver de bobeira passando pela Savassi, faz uma visitinha na Espaço LZ (Rua Antonio de Albuquerque 607) e prove a loja toda! Tudo lindo e tendência. Ah, e quem não for de BH não precisa ficar triste: a Espaço LZ vende pelo site e pelo Whatsapp também. No instagram da loja (@espaçolz) tem o contato para o whatsapp e fotos da coleção!

  • O Melhor e o Pior do Oscar 2016

    AÊEEEE, depois de MUITO tempo consegui parar para ver o Red Carpet e o Oscar TODINHO. Tinha vários motivos para isso: primeiro, eu e Lelo estávamos com a idéia de comentar os looks juntos. A princípio eu iria para Foz ou ele viria para BH mas não rolou, então fomos de hangout e livestream. Resolvemos levar isso adiante faltando uns 20 minutos pro Oscar e conseguimos fazer uma transmissão, bem amadora, mas que teve lá suas seguidoras! Conversamos, rimos, bebemos, trocamos ideia com as leitoras, foi ótimo para um teste de última hora. Agora queremos fazer mais! O segundo motivo de eu querer assistir ao Oscar foi Leonardo di Caprio. Gente, quinta vez que ele é nomeado para o prêmio, já virou chacota mundial, não é possível que dessa vez não ganharia! Vi o filme (The Revenant) sábado a noite e gostei DEMAIS! Tinha que torcer por ele e torci MUITO. Mas ok, vamos aos vestidos! Senti a crise chegando mas não por modelos pobrezinhos (se bem que alguns eram sim) mas pela simplicidade e falta de glamour. Aprendi no meu curso de tendências do Marangoni, que TUDO influencia na moda e como o mundo não está numa situação muito boa, o momento não é de exageros nem de ostentação. Já podemos perceber isso na moda de rua mesmo, com linhas mais retas, modelos minimalistas, cores neutras. No tapete vermelho, também faltou o exagero. As Premiadas: Alicia Vikander (que ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por A Garota Dinamarquesa) usou um vestido amarelo Louis Vuitton com a barra balonê. Na foto até ficou bonito mas na TV senti falta de um brinco maior. Parecia que faltava algo sabe? Já Brie Larson, vencedora do Oscar de Melhor Atriz por O Quarto de Jack, usou um vestido azul que a princípio achei duvidoso, mas depois gostei um pouco. É Gucci, mas o que mais gostei nela foi o penteado, tinha uma presilha bem bonita atrás. Como diria Gloria Pires: Bacana. As damas de vermelho: Charlize é maravilhosa, deusa, musa e tudo mais mas o vestido era pobrinho sim! Parecia aqueles de malha fria que vende no centro e essa alcinha me lembra saída de praia de helanca. Nem adiantou usar um colar de milhões de dólares. O vestido deixou MUITO a desejar. Dior que me perdoe. Olivia Munn é a cara de Calvin Klein com esse vestido simples e minimalista. Nem bonito nem feio, é bem daqueles que passa batido e ninguém lembra na semana seguinte. Mas não era CK era Stella Mccartney. Deusas de branco: Olivia Wilde sempre tem meu respeito, mas cismei que o vestido deixou o peito dela caído. Na foto está ok, mas na TV me incomodou. Mas está linda e bem acessorizada. É Valentino. Lady Gaga emocionou ao cantar no Oscar. Vestia um macacão branco com uma capa que só Ladies Gagas seguram. Gostei. Decepcionei com Sofia Vergara. Minha musa eterna estava apagadinha num Marchesa… Já Kate Winslet ganhou meu coração ao acompanhar Leo Di Caprio e se emocionar com a vitória dele. Nem vou comentar o vestido saco de lixo dela.  Mocinhas de verde: Saoirse estava LINDA! Gostei do verde, gostei do paetê, só achei que poderia ter caprichado no penteado. Ela sim estava de Calvin Klein. Rachel McAdamas, outra que optou pelo luxo básico, usou um vestido verde com cauda enorme. Lindo na foto, na TV achei sem graça. Daisy me incomodou profundamente com esse comprimento de vestido. Ok, pode ser que algum dia eu ache isso bacana, pode ter algum movimento da moda que traga isso de volta (achei bem anos 20) mas sinceramente, me incomoda horrores ver a totalidade de um sapato e apenas ele, nada de perna. Ou mostra uma pontinha do sapato, ou mostra o sapato todo e um pouco de perna também. Não curti, além do mais achei o vestido sem graça, apagado e ela com cara de chata. Pronto falei. Isla Fisher, a eterna Becky Bloom, estava ok. Uma noiva de editorial de moda gringo. Sem mais, sem menos, sem lembranças para a próxima semana. Acho que o tom do vestido não casou com a cor do cabelo dela nem do batom. Tem algo errado aí. Jennifer Garner maravilhosa. Gostei DEMAIS dela, do penteado, das jóias, do carão, da atitude, de tudo. Usou um Versace lindo, sem grandes emoções mas ainda assim, muito bonito e glamouroso. Vestido de diva do cinema mesmo. Jennifer Lawrence estava muito bonita também, usou um Dior modernoso e com cara de passarela, mas achei que faltou um paranauê nela. Talvez um penteado, uma jóia maior…  Tina e Reese QUAAAASE foram iguais, mas não são iguais. São dois tomara que caia na cor roxa, cor idêntica, mas diferentes. Se for pra escolher a mais bonita, vou de Tina Fey. As brilhantes: Margot num longo dourado que fotografa bem melhor do que na TV. Gente, cadê cuidado com o penteado? O povo foi meio jogado este ano não? Já Naomi, linda, foi de Versace. Estava bonita sim, estamos falando de Naomi Watts, MAS, apesar dos diamantes, achei o colar com cara de bijoux da 25 de Março. Aqueles do Kit Princesa, cheio de strass, sabe qual? As graviduxas! Chrissy LINDA de Marchesa! Vestido justo, nada de corte império como a maioria das grávidas costuma usar. Viu Emily? As conceituais: Rooney Mara de Givenchy, vestido diferente, achei que ela segurou. O penteado era cheio de coquinhos, nela, ok, mas não para copiar em casa. Ela é uma coisa meio Tilda Swinton, meio andrógina, futurística né? Heidi Klum, que está em TODO red carpet e ontem o Lelo me contou o motivo (ela tem uma produtora), quis ser fada. Sabe vestido ZZZzzzzZZZZzzzzZZZZ??? Foi o dela. A cor (lavanda) é relaxante, o tecido parece nuvem, dá até pra sentir o cheirinho de colônia de bebê Johnson. Olho pra Heidi e me dá uma moleeeeeza no corpo… Agora as musas! Julianne Moore de Chanel, desfilado por Kendall Jenner, linda, deusa, diva. Mas Cate Blanchett… minha amiga, era o boom que eu estava esperando nesse tapete vermelho sem emoção! Um vestido lúdico Armani, num tom de verde maravilhoso, fada da natureza, Mãe terra e rainha das borboletas. Elegantérrima, num shape de dar inveja, muito maravilhosa MESMO! RYCAH! Leve, elegante, chique, moderna, e diva, muito diva. Para mim, a mais linda da noite.  Mas o melhor do Oscar foi o Leo Di Caprio ter conseguido o Oscar! Aêeeeee, fiquei tão feliz por ele que até chorei (cancerianas rsrsrs). E o Chile também levou um Oscar de melhor curta de animação (Bear Story)! Só vitórias essa noite! Agora quero assistir A Garota Dinamarquesa e O Quarto de Jack. Mas me contem, o que acharam dos looks? Outra coisa, repararam na falta de silicone? Acho que era do peitão ficou pra trás hein…

  • Nas Alturas – Machu Picchu Parte 3

    Chegou o tão esperado dia… como contei na Parte 1 e na Parte 2, resolvemos ficar uma noite em Águas Calientes, a noite prévia a subida para uma das maravilhas do mundo, a cidade perdida dos Incas. Acordamos BEM cedo, às 4 da manhã, chequei o tempo e vi que faria friozinho no começo e depois esquentaria um pouquinho de nada. Escolher roupa para ir para Machu Picchu é um pouco complicado pois a gente quer ficar bonita nas fotos mas ao mesmo tempo sabe que vai andar muito e que será um dia cansativo. Fui pelo básico: legging preta, tênis de trilha (desenterrei um Adidas antiiiiigo), um camisetão de malha gostosa e cor neutra, casaco (uma jaqueta da Passarela que AMO! Ela parece uma jaqueta de couro, tem um corte ótimo mas é de tecido que estica, então super confortável), lenço e levei uma blusa térmica na mochila. Ah, o que levar na mochila: água, algum petisco (não vende nada dentro de Machu Picchu), câmera fotográfica, carregadores extras com bateria (levei dois, afinal não podia nem pensar em ficar sem bateria de celular ou câmera lá em cima), óculos de sol, passaporte para dar a carimbada na saída, balas de coca (se tiver folhas de coca, melhor) e um pózinho pro make ficar ok rsrsrs. Mulheres… Acho que isso é o básico. E claro, dinheiro. Ok, fizemos o check out no hotel por volta de 4:30, e tínhamos uma hora para comprar o ticket do ônibus (não conseguimos comprar na noite anterior, pois fecha às 9 da noite e chegamos em Águas quase 10 pm) e fazer a tão falada fila. No momento do check out, o pessoal do hotel Waman perguntou se queríamos que levassem nossa mala para a estação, para não ter que voltar ao hotel buscar. Achei bacana e combinamos de entregarem nossa bagagem às 15:30 na estação, sendo que nosso trem de volta a Ollantaytambo (de lá para Cusco) sairia às 16:22. O café da manhã começaria a ser servido às 5 da manhã mas como estávamos prestes a sair, eles adiantaram um pouco. Gente, os staff dos hotéis são SUPER prestativos. Te ajudam mesmo! Conhecemos um casal de brasileiros que tinha ficado em outro hotel e fizeram até lanchinho para eles levarem para Machu. Muito amor. Continuando, tomamos café da manhã e eu fiquei com medo de beber muito líquido pois me falaram que dentro de Machu Picchu não tem banheiro e eu fiquei com medo de ter vontade de fazer xixi quando não podia. AH! Mais uma coisa para levar na mochila: papel higiênico. Bom, rumamos para o lugar onde vendia as passagens para o ônibus para Machu. Sinceramente: super tranquilo. Eu e Rafa estávamos assustados, achando que a fila seria quilométrica como tinham alertado, mas nada disso. Foi bem rápido: ele foi pra fila do ônibus enquanto eu fazia a fila da passagem. Demorou coisa de 10 minutos e olhe lá! Pode ser porque fomos em baixa temporada também mas ATENÇÃO, de baixa não tem nada.  Às 5:30 começam a subir os ônibus e são váaaaarios! Vão enchendo um atrás do outro. A vantagem de dormir em Águas Calientes é justamente conseguir chegar antes da penca de gente que vai pelo dia de Cusco, aproveitar mais e admirar tudo sem correria. Conseguimos entrar se não me engano no 3º ônibus e partimos para uma experiência inesquecível. O caminho por si só já encanta e fiquei chocada com a quantidade de gente que sobe a pé! É muita vontade de ter esportista viu rsrsrs. Mas sério, muita gente mesmo, imagino a hora que esse povo acorda! Chegamos na entrada de Machu Picchu por volta de 6:30 (o percurso demora cerca de meia hora) e já tinha bastante gente para entrar. Tem um banheiro logo na entrada, então é bom esvaziar a bexiga ali, mas se tiver vontade de fazer xixi quando estiver dentro do parque, é só sair e usar o banheiro. Tudo bem que vai depender do quanto você está longe da saída, mas existe essa possibilidade. Você pode entrar e sair do parque 3 vezes durante o dia. Sobre a baixa temporada… por dia, são liberados 2.500 ingressos para Machu e esse dia liberaram 2800! Não que tivesse gente a mais, mas o ANO TODO é assim! Então a baixa e a alta temporada na verdade quase nem existe. O que diferencia mesmo é a época de chuva, que aparentemente vai menos gente mas mesmo assim, achei tudo cheio. Continuando… Machu Picchu exige guia. Não adianta querer economizar nessa parte porque não vai ser legal. Você vai ver um monte de pedra e não entender nada. E é uma novela conseguir um guia viu… Na entrada do parque vários vão oferecer seus serviços e o preço é o mesmo, mas dá para pechinchar. O guia particular custa 120 soles (algo como R$ 150) por duas horas e em grupo sai por 20 soles (30 reais) por pessoa, porém tem que ter no mínimo 6 pessoas para montar o grupo. Aí é uma bagunça porque você topa o grupo e o guia te deixa de molho enquanto ele tenta juntar mais pessoas. Pegamos uma que disse que já tinha o grupo quase formado, mas era truco dela, tinha grupo formado coisa nenhuma. Começou a demorar, demorar e eu louca pra entrar pro parque, vendo as pessoas já entrando e perde o sentido acordar tão cedo para ser uma das primeiras a entrar e ficar esperando o guia montar a turma. Encontramos um casal de brasileiros que estava no mesmo dilema da gente, também esperando formar o grupo deles e juntamos os dois casais, chegamos num guia e oferecemos 100 soles pra guiar 4 pessoas. Fechado, finalmente entraríamos em Machu Picchu. Xixi antes, de novo. Como ainda estava bem cedo, tinha muita neblina e eu estava com muito medo de chover. AH, MAIS UMA COISA PRA LEVAR NA MOCHILA: capa de chuva. Vendem em cada canto e custa baratinho, uns 5 soles. Mas o guia disse que não choveria, e que em pouco tempo a neblina iria embora e conseguiríamos ver tudo. Dito e feito, com o passar das horas, o tempo foi abrindo e a maravilhosa Machu Picchu ficou exposta claramente. Gente, gente… sem palavras. Gente, presta atenção nessa pedra que faz ¨curva¨! Tudo se encaixa! O único jeito de tirar foto perto delas, fingindo ser uma hahaha Ficamos cerca de 2 horas e meia com nosso guia que era bem bom, falava pausadamente e até arriscava um portunhol de vez em quando. Muito paciente ele, quando terminou o passeio, nos liberou para ir para o ponto característico das fotos, onde dá pra ver Machu Picchu toda. E nesse horário, já estava cheio. É difícil tirar fotos em Machu sem que apareça mais gente… tem que ter paciência e saber aproveitar bem os ângulos! Pelo o que a gente vê nas fotos é vazio, mas não, é BEM cheio. Ficamos mais umas duas horas admirando aquilo tudo. Eu simplesmente não conseguia acreditar no que via. Não sei se já comentei nos posts anteriores mas eu nunca tive vontade de ir pra lá. Achava bacana e tal mas vontade mesmo de ir, nunca tive. Mas quando vi Machu Picchu… meu Deus, é muito magnífico. É de ficar parado, admirando cada detalhe, tentando decifrar aquilo tudo, pensando como pode existir uma cidade daquelas, perfeita, no meio das montanhas e tão alto. Agora sim posso falar: vale muito a pena conhecer Machu Picchu! Na saída, não se esqueça de carimbar seu passaporte. Bom, já tínhamos até rolado na grama (uma leitora me falou de uma simpatia que tem que ser feita em Machu: deitar na grama e pedir $$$ rs. Não custa tentar né?) quando resolvemos voltar para Águas Calientes. Além do mais, tinha começado a chuviscar. Demos muita sorte com o tempo! Quase não pegamos chuva e quando pegamos, foi muito de leve. Voltamos para a cidade, por volta de 13h, almoçamos e fomos para uma feirinha de artesanato que fica ao lado da estação de trem. O rio que corta Águas Calientes é nervooooooso! Faz um barulhão, dá um medo danado! A feirinha é ÓTIMA, tem várias coisas bacanas e dá para pechinchar muito. Parte chata… se você perguntar o preço de algo, a vendedora não vai te largar. Vai querer vender a todo custo e ficam muito insistentes. Essa parte não curti. 15:30, o mocinho do hotel já estava na estação com nossa mala. Dei 5 soles de gorjeta pra ele e ele quase morreu! Por incrível que pareça, lá não cobram gorjeta em nada, nem nos restaurantes. Fica a mercê do consumidor. Só para tirar fotos com os lhamas que as mulheres ficam pedindo: propina, propiiiinaaaa. A volta foi para Ollantaytambo tranquila, e como foi durante o dia, deu para admirar o rio Urubamba o tempo todo. O trem faz o percurso do LADO dele, por isso quando chove muito, o rio sobe e não tem trem que chegue a Machu Picchu. Chegando em Ollanta, encontramos novamente o casal que dividiu o guia com a gente, eles voltaram no mesmo horário, no mesmo trem! E dividimos um táxi para Cusco, que fica a 1 hora e meia de Ollanta, pelo valor de 70 soles. Muito barato né? Chegando em Cusco, comecei a passar mal. Machu Picchu fica mais baixo que Cusco (Machu a 2400 metros de altitude e Cusco a 3400 metros) e não me senti bem. Estômago ruim, tonturas e justamente na noite que iríamos conhecer mais um restaurante super indicado, o Cicciolina. Bom, fomos de qualquer maneira, mas eu fiquei na sozinha (dieta de pollo, como eles chamam) e o Rafa se jogou na massa negra com camarões. Tagliolini negro com camarões e molho de leite de coco e ervas. 44 soles, uns R$ 52. Sopinha pro mal de altura. Voltamos pro hotel (que desta vez foi o Quintas de San Blas) e apagamos. Dormir até tarde? Nananinanão… quem vai para aqueles cantos não dorme até tarde… Teríamos que acordar às 6 da manhã para mais um tour: Chinchinero e Maras Moray. No próximo e último post. Sobre os mistérios de Machu Picchu, é difícil contar tudo o que aprendi. Acho que tem que ir, ver, sentir e assimilar o lugar. Só posso dizer que é fantástico, e mais fantástico ainda é saber que mais de 70% da cidade inca está DENTRO DA MONTANHA! Sim, o que vemos nas fotos é apenas uns 30% da cidade!!! Ela foi (re) descoberta completamente por acaso por um professor americano, Hiram Bingham, que estava em expedição junto a Universidade de Yale, em 1911. Digo redescoberta pois cerca de 40 anos antes, Machu Picchu já tinha sido avistada por outro historiador, mas foi Bingham que deu a notícia ao mundo. Bom, não conto mais. TEM QUE IR!!!

  • Tênis de Luzinha???

    Foi assim… num desfile durante a NYFW eu vi uma pessoa usando um tênis de luzinha. Achei ok, é semana de moda, o povo pira no fashionismo, ok. Depois, por coincidência, meu irmão, que mora no Japão, postou a foto de um amigo dele usando um tênis desses. Pensei: ¨Ok, é Japão, o povo é tecnológico e tal.¨. Daí que vi um street style da semana de moda de Milão e uma blogueira brasileira estava usando novamente o tênis de luzinha! OPA, É TREND? Quando algo diferente aparece três vezes seguidas para mim, já paro para analisar com carinho. A luzinha é LED e carrega com um cabo USB! Tem de várias de cores, não sei se tem uma marca específica que lançou isso mas já vi que tem no Aliexpress por US$ 30 (LINK). Caso alguém se interesse, claro. Engraçadinho, mas acho que só pra uma Fashion Week (e ooooolheeee lá) ou para crianças. O que vocês acham, usariam?

  • Dica da Leitora!

    Com um dia de atraso! Dica 01 – Alessandra A Ale foi na promoção da Siberian e arrematou um vestido LINDO! Gente, eu amo a Siberian… tem tanta coisa bacana, principalmente pra turma que quer roupa pra trabalhar! De R$ 399 por R$ 159! Lindo né? De rycah. Dica 02 – Rebeca MEU DEUS REBECA! MEU DEUS! A Rebeca queria um oxford igual ao meu da Zara (assassino) e como não achou, se jogou nesse da nova coleção da Arezzo! 199 reais! Quero sim ou com certeza??? Gente, tendência TOTAL sapatos masculinos metalizados hein! Dica 03 – Darlene ¨Hola Cony, seu blog é de longe o meu favorito nesse mundão cheio de blog que só tem look do dia. Adoro tudo que vc posta e o jeito que vc escreve. Já me fez desejar várias coisas rs. Sempre ensaiei mas hoje mando minha dica, é da líquida da Arezzo, loja que normalmente não entro por achar muito cara, mas aviso de 50% na porta é demais pra resistir rs. A sandália preta STQT de salto mara, super confortável saiu r$130 (era 260) o tassel sai, mas achei fofo assim, vou usar com e sem. E a vermelha saiu por 140 (280). Achei que o custo beneficio estava bem bom, e são modelos que pretendo usar por um bom tempo. Beijinhos ¨ Lindas as duas mas essa vermelha… Dica 04 – Vivi Gente olha que dica ótima da Vivi!! ¨Cony, minha dica não é produto, mas serviço. Muita gente não sabe, acho que vale a pena contar no blog. Tinha um casamento pra ir e estava insegura quanto a maquiagem, dai lembrei da Mac. Lá a maquiagem varia de 150 a 250, e o valor pago reverte em produto!!!! Aproveitei e peguei base e corretivo que estavam no fim. Mas às vezes a gente paga esse valor é não leva nada né! Não preciso nem falar que a qualidade da make foi excelente. A sephora tem esse serviço, por 200, mas aqui em Curitiba não funciona no fds¨ Dica 05 – Kelly Mas genteeeee! ¨Cony, sou a Kelly que comprou 4 sandálias Jimmy Choo no outlet Catarina. Dessa vez, recebi um SMS da loja que se localiza no Shopping Cidade Jardim, informando descontos de até 70%. Nada pra fazer no carnaval em SP, fui conferir. Acabei levando essas duas sandálias com 70%. A preta de zebra de R$5.180,00 por R$1.554,00. E a roxa de R$2.880,00 por R$864,00. Claro que os descontos do outlet foram maiores, mas ainda sim, pela marca e qualidade, valeram muito a pena. Agora essa bota Christian Louboutin foi o maior achado!! Na liquidação do Shopping Iguatemi, levei essa belezura por R$1.830,00!! Minha dica é: aproveitem as liquidações aqui no Brasil. Está valendo muito a pena!! Acho que estão liquidando estoque comprado quando o dólar estava mais baixo. Bjs¨ Lance por R$ 864!! Mais barato que o Outlet de NY que postei esses dias! Lá está uns 300 dolares, mais a taxa, fica em mais de R$ 1200! ARRASOU DE NOVO KELLY! Quando receber mais uma SMS dessa, avisa a amiga aqui rsrsrs Dica 06 – Júlia ¨Oi Cony! Primeira vez no DDL, espero que a foto esteja OK! Seguinte, sou mais cheinha (visto 44-46) e por isso mesmo às vezes é um parto achar coisas interessantes em fast fashion! As peças mais na moda nunca tem no tamanho G (ou se tem deve acabar rápido, porque nunca acho!), e a part plus-size normalmente tem umas coisas meio de gente mais velha, sabe? Aqueles vestidos que vejo minhas tias usando, enfim… Aí fui na Forever 21 no Pátio Savassi e percebi que o G de lá é para magra grande, porque nada servia kkkk… Resolvi ir na area plus size e que surpresa boa!! Fica a dica pra quem veste 44, 46 ou mais… Acho que as coisas lá vão até a numeração 52 (e pra quem não sabe o seu tamanho americano, me ensinaram lá que o tamanho europeu na etiqueta corresponde ao brasileiro, e acho que é isso mesmo!). Achei um vestido lindo no final do ano – que não vou mandar agora porque fui lá essa semana e ele já acabou – e a última compra foi esse short azul marinho estilo navy por R$ 89,90! O tecido é mais grossinho e tem o caimento perfeito, bem acabado… Tem dele preto também! Mas achei o azul mais fashion, hahaha! Ele é tamanho 12 americano (corresponde ao 46), e vou dar uma pence bem pequena na cintura só pra não ficar “sambando”, rs. Então é isso! Vou tentar mandar mais coisas, porque sei que as mulheres que vestem 44, 46 ficam meio perdidas porque roupa de magra não serve e roupa plus size não condiz e combina! Beijos!¨ Júlia, amei seu email! Isso mesmo, quem tiver dicas de roupas para mulheres mais cheinhas AND estilosas, pode mandar!  Dica 07 – Andrea A Andrea diz que tem percebido que as lojas estão fazendo liquidações com mais freqüência e durando mais tempo… deve ser a crise né? Ninguém está querendo gastar muito! E nessas liquis da vida, ela achou essa espadrilha linda da Arezzo. De R$ 240 por R$ 120! Dica 08 – Rita Rita fez duas compras que MUITO me agradam! Calça jogger da Renner por R$ 129 e poncho da Fab, loja daqui de BH, por R$ 129 também! Dica 09 – Renata Gente, que zékzi!! Vestido da Forever 21 por R$ 129,90 (amay!), saia midi também Forever 21 R$ 79,90 (amay também!) e blusinha cropped listrada da Riachuelo por R$ 19,99. Menina, esse look de floral com listras ficou a cara da riqueza fashionista! Dica 10 – Giovanna  Achados de mulher pra mulher, Mariiiiisa! Vestido sequinho por R$ 69,95 e macaquinho (R$ 79,95) compondo um look lindo com o colete (R$ 69,95). Tenho mais alguns emails com DDL mas esses ficarão para a leva da semana que vem! Quer participar? Email para constanza@futilish.com, no assunto DICA DA LEITORA, foto boa pelamooooor (isso inclui foto com foco, se for no cabide pendurada bonitinha, pedaço da roupa não vale, e pode ter um capricho com o background né?), preço e nome da loja! Obrigada e parabéns pra quem apareceu por aqui hoje, passaram pelo Selo Fufu de Qualidade! Ah! Meus escolhidos deste DDL: o sapato metalizado da Arezzo e a sandália roxa Jimmy Choo! Muito amor!

  • O Dia Que Virei Fashion Buyer

    Vou contar para vocês o que aprontei dia desses. Recebi um mail de uma moça que mora em Orlando e que por segunda vez me fazia uma proposta… interessante. Da primeira vez que ela tentou eu não topei mas da segunda, fiquei balançada e resolvi pensar com carinho. Seguinte, essa moça (Nora) é leitora do Fufu há um bom tempo e super se identifica com meu estilo, meu gosto, as coisas que uso. Daí que ela iria abrir uma loja online e me perguntou se eu não queria ajudá-la a escolher as roupas que venderia no seu e-commerce! Meus olhos brilharam e pensei ¨Sabia que minha loucura por compras e meu olhar treinado iria render frutos¨ rs. Aceitei o desafio, mesmo como uma forma de aprender esse tipo de atividade e claro, uma nova experiência! Gente, não é fácil. Se eu achava que era apenas visitar sites (fizemos tudo online) e fazer escolhas, estava muito enganada. Tem que equilibrar a quantidade de peças, o tipo de roupa, seguir um estilo lógico e harmonioso e se fosse além, eu também seria responsável pela entrega das peças e conferir tudo, o que, no caso, não aconteceu. A loja já está no ar, se chama Presh e quero que vocês me digam o que acharam das minhas escolhas! Jaqueta com detalhes para dar um up em looks básicos! Macacão, sempre! Macaquinho e… macacão. Tem mais chique? Amei demais esses vestidos!  Batas (adoro montar aerolooks com elas!) E blusas de frio com uma pegada mais fashion. Gostei DEMAIS de ¨brincar¨ de Fashion Buyer e pretendo me aprofundar no assunto. Afinal, juntarei a fome com a vontade de comer: o gosto por moda e o gosto por compras! O que acharam da minha seleção? No site da Presh dá pra ver tudo! A Presh é gringa mas entrega no Brasil tá? Se alguém curtiu alguma das minhas escolhas, não se acanhe! Chega na sua casa Então já sabe, se tiver uma loja e quiser ajuda para escolher as peças e montar uma coleção baphonica, pooooode me chamar! 

  • Experiências e Novidades by NYFW!

    Agora vamos falar um pouquinho dos bastidores da Semana de Moda? Uma dúvida que muita gente perguntou durante a gelada NY: como não congelar? Dá para usar saia no frio? Dá sim! Já falei algumas vezes aqui no blog e volto a falar: roupa térmica da Uniqlo é VIDA! Conheci a marca em NY mesmo, há alguns anos, mas me joguei de verdade no Japão. A Uniqlo é japonesa e dá vontade de comprar tudo o que tem na loja. Primeiro, a Uniqlo é toda básica, o que já enche meus olhinhos. Segundo, os tecidos são tecnológicos, o que significa que tem roupa que fica geladinha no verão e quentinha no inverno! Eu já tinha várias leggings e meia calça de lá, blusas e shortinhos (para usar com saia e proteger os países baixos) mas mesmo assim fui na loja da 5ª avenida me abastecer de mais blusas, mais meias e luvas! Alguns modelos e os valores: entre 20 e 30 dólares. Eu compro a Extra Heattech, que é a mais quente! Fomos numa exposição maravilhosa no Met, de Jacqueline de Ribes, e fiquei tão fascinada com essa mulher que farei um post exclusivo sobre ela. Comidas de NY: salada de crab (caranguejo) no Sant Ambroeus, na Madison! Preço? A salada, sobremesa e uma água com gás por 60 dólares. Ui. Mas tava boooom! Agora novidades nacionais que fiquei conhecendo em NY! Recebemos um kit com váaarias maquiagens da Oceane! Vocês já devem conhecer a marca, aquela que ficou famosa pelos lencinhos removedores de esmalte. A Oceane nasceu em 2009 mas em 2014 resolveu ir além e lançou novos produtos para as mulheres: tem haste flexível com removedor, lenços demaquilantes, pincéis, e maquiagem! Fiquei com dois batons líquidos e de cobertura mate, que são a sensação do momento. Toda marca que se preze tem esse item na sua coleção. Amei a cor São Paulo, um ¨mauve¨ mais escuro e que fica lindo na boca. E dura bem viu? Também me apaixonei pelo iluminador. Achei tão chique! Lembrando que achamos os produtos da Oceane nas melhores farmácias, supermercados e perfumarias do Brasil. Depois mostrarei os outros produtos. Pausa para a comida! Se o primeiro prato foi light, o segundo não foi muito rs. Um belo Shroom Burguer do Shake Shack! Vou confessar que nunca fui fã desse restaurante mas de tanto o povo querer ir, eu topei e me apaixonei por esse sanduba! Um hambúrguer de cogumelo portobello com queijo cheddar. Gordo gordo, mas gostoso! Acho que o ponto mais alto dessa viagem para NY foi, depois do desfile de Reem Acra, assistir ao Rei Leão na Broadway. Outra coisa que eu nunca tinha ido, achava caro, filas grandes, sei lá, me dava certa preguiça, mas minha gente… o que é aquilo! Fiquei passada como o povo consegue cantar, atuar, dançar, tudo ao mesmo tempo agora! E o ator que faz o Simba criança? Como cabe tanta voz dentro daquele corpinho??? Coisa mais linda de se ver, super recomendo assistir ao Rei Leão! E no final, fomos convidadas a conhecer os bastidores e tiramos fotos com o Simba já grandinho e a Nala. Muito amor! Outra coisa que vocês estão me perguntando muito: o que usei nos cabelos durante minha viagem para NY. Sim, a cabeleira estava bem bonita né? Pois é, usei novamente os produtos Reload Positive Beauty, da linha Rehabme que já falei aqui! Hidratação intensiva sem pesar os fios. Levei o kit completo mas usei apenas o Shampoo, o Condicionador e o Leave In. Como usaria muito baby lias e secador, quis logo garantir um tratamento bem reforçado para o cabelo não sofrer tanto.  O resultado? Aquele que vocês viram nas fotos. Cabelo solto e bem hidratado!  Mais uma comidinha, desta vez na Barney’s! Gente, quando vou aos USA como muito crab e camarão rs. ADORO CRAB CAKE que é tipo uma tortinha de caranguejo! Delícia! Obviamente vou mostrar minha roomate, a Carol Tognon, ou ¨minha bichinha¨. Um amor de pessoa, leve, suave, divertida e de uma energia super positiva. O tipo de gente que dá gosto de ter por perto. O blog dela é esse AQUI, ela é do Paraná! E para terminar, o time completo Fhits em NY! Eu, Camila Coelho, Alice, Janaína e Carolzinha, logo depois de assistir ao Rei Leão! Olha a cara de felicidade rsrsrs. Foi ótimo meninas! Tem mais fotos da NYFW no meu instagram, segue lá: @futilish

  • Alternativa Fashion – Ops, Alternativa de Beleza!

    Tô aqui olhando meu email quando me deparo com uma novidade que as makemaníacas podem gostar! Sabe as paletas de sombra mais desejadas do mundo? As Naked da Urban Decay? Aquelas que custam uns 45 obamas na gringa e quase R$ 300 por aqui? Pois é, temos alternativa nacional! Paleta Classic Nude da Panvel! Os tons vão do cinza ao nude, do pérola ao preto, achei bem versátil e útil viu? Preço? R$ 44,90. Agora resta saber se a pigmentação e a fixação é boa. Para quem quiser testar (e nos contar depois), vende no site da Panvel. Aliás, CADÊ PANVEL EM MG?? Achei digno, vem até com pincel. 

  • Aerolook de NYFW!

    Vou inverter um pouco a ordem dos acontecimentos e hoje vou mostrar o último look made in NY, que foi um look de aeroporto! Acontece que as fotos ficaram TÃO lindas que sinto a necessidade de mostrar logo rs. O FHits levou um fotógrafo daqui do Brasil para acompanhar todas as semanas de moda e ele SIMPLESMENTE ARRASOU! Fotografa rápido e tem um olhar maravilhoso. E para tudo ficar mais lindo ainda, ele é de BH! Já falei com o João, que quando ele (e eu né) estiver por aqui, vamos marcar algumas fotos nas ruas de Belo Horizonte. Talentoso, simpático, alto astral e muito muito querido! Vamos ao aerolook? Acho que nunca fiz fotos tão lindas. Palmas eternas para João Viegas (o Instagram dele para quem quiser ver mais fotos é @viegasjoao) Créditos do look! Trench Coat Passarela (marca Facinelli) Echarpe de alpaca que comprei em Cusco (na cor do ano, azul serenity!) Jeans Calvin Klein Tenis Adidas Superstar (comprei no site da Adidas, tem que ficar de olho que eles sempre repõe!) Bolsa Chanel para Madrestore (loja de aluguel de itens de luxo em BH)   Obs 1 – Como não sentir frio no tornozelo? Não sei rs. Nesse dia abri mão da meia calça térmica e nem sofri mas também não fiquei muito na rua. Achei suportável. Tava uns 6 graus. Obs 2 – Perceberam que tem dois tipos de edição nas fotos? Pois é, mais uma dica do João Viegas, editar as fotos no app VSCO Cam, é maravilhooooooso! Não editei todas porque a mesma edição fazia perder um pouco dos detalhes da roupa. Mas para a foto ficar com cara de editorial de moda, VSCO Cam amigues. Tem que comprar alguns filtros ok?

  • Onde Fiquei Em NYC?

    Dicas de hospedagem em NY sempre são bem vindas né? E olha que eu já rodei um bocado aquela cidade e adoro me hospedar em lugares diferentes. Mas antes de falar do hotel, vem comigo ver um pouquinho da cidade que nunca dorme… Saint Patrick’s Church, na 5ª Avenida. Um dos meus lugares preferidos em NY! Mais da 5ª Ave… E o hotel que fiquei, o Kimpton 70 Park Ave. Fica, como diz o próprio nome, na Park Ave com a 38th Street, beeeem pertinho da Grand Central.  No próprio hotel tem um café mega charmoso e no mesmo quarteirão, mas do outro lado, na Madison, tem uma Duane Reade gigante, uma Starbucks e váaarias lojas. A localização é ótima, a Park Ave é muito charmosa! Essa foto foi feita no dia que nevou! Hall do hotel. É bem animado, vi várias noites eles servindo vinho e chocolate quente para os hóspedes. Rola uma musiquinha lounge, o que em NY, junto a uma taça de vinho, é encantador… Os quartos são grandes e a cama ENORME! O banheiro também é ótimo e a ducha tem força rs. Sempre me ligo na potência do chuveiro rs. Em frente ao hotel, no primeiro dia.  O Kimpton 70 Park Ave Hotel é bem descolado, jovem, cool e bem localizado. Mesmo estando no miolo de Manhattan, a região é bem tranquila e tem um ¨que¨ de residencial! Não tem café da manhã incluído, mas tem um café dentro do hotel que parece o Central Perk de Friends! Gostei bastante de ter me hospedado pela primeira vez nessa região, já que sempre fico perto da Times Square ou na 5ª Avenida. 

  • Chooooora Que Eu Te Escuto!

    Choradeira a vista, peguem seus lencinhos! 01 – Lua ¨Eiiiiiii Cony!!!!!!! Esse caso me assombra já faz um tempo. Já pedi ajuda para todas as minhas amigas próximas, distantes, mais velhas.. e todas são muito coerentes e compartilham, basicamente, da mesma opinião. Talvez você e suas leitoras consigam me ajudar com mais frieza. Assim espero! Namoro há 2 anos um cara super legal. Ele é completamente apaixonado por mim, me acha a mulher mais maravilhosa da terra, me respeita, me trata do jeito que toda mulher tem que ser tratada. Sexo ótimo, amo os amigos dele e ele adora os meus, quase não temos problemas no nosso relacionamento. Quase. Ele namorou durante praticamente toda a vida (13 anos) com uma menina aqui da nossa cidade. Eles passaram muitas fases importantes juntos: adolescência, vestibular, faculdade, estágios, residência… Não tenho nenhuma insegurança quanto a ela, sei que ele me ama e é fiel. A família dele e a família dela ainda se gostam muito e mantém contato. Todas as fotos que ela posta, pelo menos 5 parentes do meu namorado curtem e comentam algo. Normalmente a elogiam e dizem que estão com saudade. Nas fotos que ele posta sozinho, a família dela também comenta, mas quando é uma foto comigo, ou em alguma circunstância em que eu esteja (viagens, por exemplo) a família dela não se manifesta nunca. Esse zelo todo da família dela em não curtir fotos em que eu estou  me faz acreditar que ela ainda tem sentimentos maiores por ele. Além disso, toda vez que nos encontramos (e infelizmente é frequente pois moramos na mesma cidade e os dois tem a mesma turma de faculdade e residência) ela faz questão de ser super desagradável comigo, para me enciumar e me fazer brigar com ele. Claro que não quero ser amiga dela, mas gostaria de ser respeitada. Ela faz cena, abraça ele forte, comenta sobre os brincos que ela está usando e que foi ele quem deu, etc.. No começo eu ficava com dó por ela não ter superado um namoro que ele e todos os amigos deles me garantem que era totalmente falido com muitas brigas e traições há mais de 8 anos… Esse problema é o menor! Adivinha quem é a maior comentarista das fotos da ex? MINHA SOGRA.  Ela comenta todas as fotos, TODAS. Ela manda aquelas correntes de bom dia na página dela, posta fotos antigas da família em que a ex está, faz declaração e sempre dá um jeito de falar dela quando está comigo. Ela adora me cutucar: se digo que não sei cozinhar, ela fala que minha geração não sabe fazer nada (sou bem mais nova que meu namorado), se digo que não quero ter filhos, ela diz que vou morrer sozinha sem ninguém pra cuidar de mim (como se isso fosse motivo pra ter filho). E o que meu namorado acha disso tudo? ELE NÃO VÊ . Ela arruma jeito de falar quando ele não está e a maioria da interação dela com a ex se dá no facebook e meu namorado só tem instagram (ela calcula tudo). Já cansei de tirar prints das coisas que ela faz no facebook e mandar pra ele. Ele fica bravo, conversa com ela, se posiciona, ameaça, aí ela deleta algumas coisas e dias depois começa tudo outra vez. Estou no ponto de me medicar sempre antes de encontrá-la, para não me aborrecer com esses desaforos. Na última que ela aprontou, estávamos nós duas na cozinha e ela me chamou pelo nome da ex. Eu fingi que não percebi, pois sabia que ela estava me testando, daí ela mesma completou ”acho que estava sonhando tanto que você fosse a fulana que até troquei seu nome”. Nessa hora, meu sangue ferveu e falei que ela era uma péssima mãe, que não amava e não apoiava o filho. Que ela tinha inveja de mim pois eu era jovem, bonita, magra e bem amada e ela era uma bruxa que nem o marido suportou. Gritei várias coisas entre verdades e maldades. Fui embora batendo a porta, mas não sem antes contar pra todos da família que estavam na sala o que ela fazia comigo desde o primeiro dia que me viu. O meu namorado veio atrás de mim imediatamente. Dias depois ele teve uma conversa mais séria com ela, eu escutei tudinho pelo viva voz, sem que ela soubesse. Ele explicou o tanto que aquilo prejudicava o namoro dele comigo, que a ex era passado mais que enterrado, que não tinha volta, que nunca gostou da ex como gosta de mim, que não era possível ela não enxergar o bem que eu fazia pra ele e como toda a vida dele melhorou depois de mim. Ela chorou, se fez de coitada, dizia que eu estava fazendo a cabeça dele contra ela. Terminei tudo. Ele disse que não tinha culpa por a mãe ser assim, que não deveríamos nos prejudicar por conta disso, que nos amávamos e tínhamos que ficar juntos. Voltei. Eu realmente o amo e não quero terminar, mas não vejo possibilidade de me casar ou ter qualquer futuro com uma pessoa e ter que conviver com esse capeta encarnado dessa sogra. Ele disse que ela não fará mais isso e de fato ela parou de postar coisas no facebook (pelo menos que eu consiga ver). Ele também ficou meses sem vê-la, nem no natal ele foi. Deu um gelo e ela percebeu que se não ficasse a nosso favor, ”perderia” o único filho. Ela está tentando se reaproximar e me mandou até presente de aniversário mês passado (uma sapatilha linda tamanho 36, sendo que eu tenho 1,81 e claramente calço mais que 36. não foi pra me provocar?!? claro que sim. Tentei trocar mas era peça de liquidação. Agradeci e disse que amei e estou usando todos os dias) mas não consigo ver futuro nesse relacionamento, pois acho que tudo que ela está fazendo é um plano maligno pra me envenenar na próxima refeição ou algo assim. Quero terminar pra nunca mais ter que vê-la, mas amo meu namorado.¨ Menina, mas que COBRA! Gzuis, quando falam que sogra ruim é pior que o capiroto nunca imaginei um grau tipo o da sua sogra! Infelizmente, é a mãe do seu namorado e… mãe é mãe. Senti que você já se posicionou, já está tudo claro e talvez seja uma questão de tempo até ela parar de provocar um pouco. Sobre a ex… tá bem claro que ainda rola um sentimento com o seu namorado. Eu, no seu lugar, evitaria encontrar a ex e a sogra de tudo que é jeito. Não acho que um término valha a pena, seu namorado parece bem compreensivo e entende o que se passa. Meu conselho é apenas evitar encontrar com ela… E quando encontrar, fingir de louca e não se deixar atingir por nada que ela fale! 02 – Estrela ¨Oi Cony, td bom? Faz tempo que queria escrever para vc mas faltava coragem… Obrigada por ler meu e-mail dentre tantos que vc deve receber! Sou separada, estou desempregada e mãe de 2 filhas. Me separei há pouco tempo e é a segunda separação desse relacionamento de 6 anos. A primeira foi em 2014 e foi logo depois que minha caçula completou 2 anos. Ficamos 6 meses separados, eu era muito, mas muito má. Fiz terapia, chorei, comi o pão que ele amassou, algumas coisas mudaram e voltamos. Vivemos relativamente bem, pelo menos eu achava que estava bem, até outubro do ano passado, qdo ele sentou na cama e disse que não dava mais, que não era feliz, que tudo não passava de uma farsa, que nunca me amou e que se sentia um merda ao meu lado. Meu mundo desabou. Tinha acabado de sair de um emprego de 8 anos para me dedicar aos estudos (concurso) por iniciativa dele, estávamos de casamento (festão!!) marcado para janeiro deste ano, tinhamos acabado de comprar alianças novas e tudo não passava de uma farsa. Depois de muito choro, humilhações, súplicas, pedi para ele ir embora e não voltar mais e é aí que está o problema.   Li em diversos livros de auto ajuda e inclusive num post seu que é necessário um período de recolhimento, sem contato com ex. Sei que no meu caso é um pouco complicado por causa da minha filha, mas ele não faz questão de respeitar esse período. Manda mensagens perguntando se estou bem, diz que fará de tudo para não me ver triste e só some qdo o mando para aquele lugar.  Depois de alguns dias ele volta e diz que quer ser meu amigo, que se preocupa comigo. Faz questão da minha presença nos eventos sociais que envolvam a nossa filha, mas me sinto usada. Tipo, uma baby sitter, sabe?   Uma das coisas que me entristeceram na separação foi o sumiço dos amigos. Pessoas que frequentavam minha casa, dormiam aqui, conviviam com minha família, hj mal falam comigo. Caraca, como isso dói. E toda vez que abro a maldita rede social e vejo fotos me sinto mais excluída ainda. E com coração cheio de mágoas mando inúmeras mensagens para o ex marido. “Faz questão da minha presença na festa de criança mas no jantar, na balada não? Como assim?¨Essas coisas ridículas, sabe. Se eu o amo? Não… Não o amo mais. Algumas palavras não saem mais da minha cabeça e uma delas é qdo ele disse que eu estraguei a vida dele ao engravidar. Que só f… com ele… E as boas lembranças se apagam toda vez que lembro disso. E tenho clara consciência que isso é apego, posse, sei lá mais o que. Já pedi para ele se afastar, para o próprio bem dele, mas ele insiste em ficar perto. Quero muito me tornar uma boa ex mulher. Tenho medo virar essas loucas stalkers, que não amam mais mas apenas não querem perder o seu brinquedo.¨   Nega, TÁ TUDO ERRADO! Primeiro me esclareça algumas coisas: você diz que era má, mas MUITO má. O que isso significa? Má em que sentido? Outra, homem que, do nada (de acordo a suas palavras estava tudo correndo bem, certo?) diz que não tá feliz e que se acha um merda ao seu lado é porque ELE TÁ FAZENDO MERDA. Covarde, não assume o que está acontecendo com isso e inventa esse tipo de desculpa. Outra coisa… as pessoas só fazem com a gente o que a gente permite que elas façam. O bonitão não te dá o tempo de reclusão? Manda mensagens, te chama para ir aos eventos da filha e você… ACEITA, RESPONDE E VAI. Tá errado, aprenda a negar, a ignorar, pela sua sanidade mental! Ele está te manipulando e você está deixando. Amigos somem pelos mais diversos motivos, ou você parou de procurar eles, ou eles te viram em outra vibe, ou simplesmente as afinidades e interesses mudaram, é normal. Mas isso não é o fim do mundo. Existe telefone para ligar para eles e tentar reaproximação, existem milhões de pessoas no mundo que adorariam ter sua amizade, não se vitimize, tome as rédeas da sua vida e não espere as coisas acontecerem por si só. Vá atrás! E cá entre nós, um cara que te fala que você estragou a vida dele ao engravidar não merece o MÍNIMO de seu tempo. Sabe o que estou vendo claramente? Falta de amor próprio. Pare de ter dó de si mesma, volte pra terapia e reconstrua sua essência que parece intoxicada por um relacionamento abusivo. Não permita que ele te manipule e por favor, aprenda a dizer NÃO e a ignorar.   03 – Sol ¨Oi Cony, seu blog é o melhor de toooooda a blogosfera. Bom o meu email não chega a ser um Chora e também não é tanto pra um Sorria, mas eu estou tentando construir isso aí. Meu nome é Sol e tenho 26 anos, a vida inteira eu fui gorda, e não daquelas gordinhas tipo fofinha mas sim gorda mesmo, quando eu tinha mais ou menos uns 14 anos eu comecei a namorar o ex- namorado da minha melhor amiga (sim, continuamos amigas e tudo mais), eu sou canceriana (bate aqui!) então eu precisava cuidar do mundo é como se eu tivesse achado uma função de ser no mundo, cuidar de todo ele. Namorei durante 5 anos, e foram legais mas chegou um certo ponto que o fato de ser gorda atrapalhava tudo e muito, eu era insegura e a necessidade de cuidar estava fazendo com que eu me esquecesse de mim. Então um belo dia de chuva, ele termina comigo com o grande argumento de que acharia que eu fosse mudar, que eu fosse querer cuidar de mim mas não aconteceu e que ele não queria isso pra ele, e que isso foi com o tempo deteriorando o amor e que eu era bacana e blá blá. Mas eu sabia que ele estava terminando comigo porque ele se envergonhava , eu não sei explicar e também não vou me alongar mas rolaram sinais durante o namoro, tipo aqueles comentários que quase todo mundo faz pra um gordo e acha que não vai magoar (eu não estou levantando bandeiras, apesar de as ter, só queria naquele momento que ele tivesse sido um pouco mais sensível). Foi lá um triste fim, e eu sofri, chorei, corri atrás, fiz o diabo, até que ele foi me ignorando e querendo ou não fui esquecendo (ou eu achava isso) E pá, ele destruiu o que sobrava de auto afirmação, nessa época eu pesava belos 125kg, passei 2 anos assim, estudando (fazia publicidade), arrumando um emprego bacana, mas ainda assim sem cuidar de mim nem nada, até que um dia e encontro o bendito ex com a nova namorada dele , pensa numa mina gordinha (tipo fofinha) bonita. Pensou? Era a menina. E tudo que eu achava que estava de boa só fez eu piorar.  Eu naquele momento tomei uma decisão, quero largar tudo e ser feliz, comecei uma dieta e larguei a publicidade e o emprego bacana. Fui pro call center pra conseguir cursar a faculdade de arquitetura que eu queria. E tomei a maior e mais difícil decisão de todas: eu iria emagrecer. Pelo babaca? Não, por mim (e por todos os babacas do mundo) e fui eu. Foi dos processos mais difíceis que eu já passe, eu vivi tudo, choro por vontade de comer, comer e depois se arrepender e olha, largar um vício, largar uma vida porra (foi mal pelo palavrão) como é dolorido. E foi indo passaram 10 meses eu tinha perdido 50kg, logo eu pesava 75kg, continuava gordinha mas já tinha dado um passo. Em 2 anos eu perdi 70kg e tô no peso ideal e fazendo um esforço pra me manter assim, tô quase formando e arrumei outro emprego na minha área que é legal.  Mas afinal, porque eu to falando isso? Eu to falando porque leio muitos casos aqui no seu blog de gente que é sozinha (em relacionamentos, seja amizade, amor sei lá), e ó, no final nós somos sozinhas, precisamos fazer por nós, e não, não é fácil, pelo contrário, estar sozinho é difícil, enfrentar seus medos é difícil, fazer diferente é difícil, mas é possível, vai gastar lágrimas, sorrisos, suor e esforço mas é tão gratificante. Então meninas façam, por vocês e pra vocês, esgotem todas as possibilidades de consertar, se não conseguirem dêem o primeiro passo e confiem que ele é o mais difícil, e confiem que a vida se ajeita e talvez não é como planejamos mas é como merecemos, e vai ser melhor. Ah só pra constar há uns meses aquele ex quis voltar, nem dei atenção e namoro um cara que eu conheci na academia há 1 ano, ele era meu personal na academia e foi um incentivador. Obrigada por me ouvir.¨ CHUUUUPAAAAAA MUNDOOOOOOOOO! Desculpem mas me empolguei demais com o relato da Sol! Isso aí mulher! Que orgulho, que vontade de te abraçar! A gente tem que querer melhorar pela gente mesmo e não por ninguém! O primeiro passo é o mais difícil mas depois tudo se ajeita! Isso vale pra vida gente! Coisa mais linda de se ler! Vontade de ler sua história TODOS OS DIAS DA VIDA! Arrasou!! Meninas, NÃO MANDEM MAIS CHORAS, por favor. Tenho material para um mês, vamos esgotar esses e daí dou sinal verde novamente ok? E quais os conselhos de vocês para a Lua, a Estrela e a Sol?

  • Meu Look Mais Comentado Da NYFW

    E foi todinho by myself! Ou quase todo! Eu tinha comprado esse poncho na Zara para uma semana de moda de Londres, acho que já tem mais de um ano mas não usei na época. Lembro que comprei online e mandei para a casa da minha amiga Naiá, que mora na Inglaterra (saudades Naiá…). Ok, ficou eternamente guardado pois como ele é beeeem quente e não temos esse tipo de inverno aqui no Brasil, ficou sem utilidade. DAÊ que veio a semana de moda em NY, bem no inverno gringo e logo dei um jeito de desenterrar ele. A princípio pensei usar com uma flare clara, mas a calça ficou arrastando no chão e com chuva não dá né? Ainda mais que nesse dia teríamos Ree See na DVF e isso significava andar um pouco na rua. Fui novamente de calça preta, enrolei minha gola peluda que comprei no Peru, prendi o cabelo e coloquei o cinto prendendo só a parte da frente do poncho, deixei atrás solto, como uma capa! Resultado: esse look até apareceu no instagram da revista Estilo! Ah, quando falo que foi um look total meu, é que não teve peça de produção (recebemos algumas roupas para usar durante as semanas de moda). Eu montei ele todo com peças minhas. Menos uma que de cara vocês sabem qual é rsrs.       Créditos do look: Poncho Zara Calça Zara Bota Vicenza Blusa térmica Uniqlo (e meia calça também) Gola comprada em Cusco  Cinto obi Zinzane (de uma Dica da Leitora rs) Bolsa Hermés (alugada na Madrestoreaqui em BH. Gente, essa loja tem sido uma mão na roda durante minhas semanas de moda. Não dá pra comprar bolsa grifada toda vez né!)   Me contem, o que acharam?  

  • Nas Alturas – Machu Picchu Parte 2

    O primeiro dia (contei AQUI) foi intenso e bem aproveitado. Fizemos o city tour, conhecemos um pouco de Cusco e jantamos no tão indicado Chicha de Gaston Acurio. Fomos dormir cansados e com o despertador para as 6 da manhã, já que às 8 sairia nosso tour para o Valle Sagrado. Fizemos o check out no hotel, pois decidimos passar a noite aos pés de Machu Picchu, em Águas Calientes e na volta a Cusco ficariamos em outro hotel pois no Best Western não tinha vaga para a data. Vamos por partes: para ir para Machu Picchu você pode ir pelo dia ou então ir uma noite antes, ficar em Águas Calientes e subir a montanha bem cedo. O amanhecer é maravilhoso e não queríamos perder essa chance. Mas como que faz para ir de Cusco a Machu Picchu? De trem, e não é barato. Aliás, é a parte mais cara da viagem. Existem duas empresas de trem que te levam para a Águas Calientes, a Peru Rail e a Inka Rail. Fomos de Peru Rail que aparentemente é a mais conhecida. Compramos as passagens ainda no Brasil, acredito que é melhor já ir com a passagem pronta pois como é a única forma de chegar à Águas e tem MUITO turista, é bom garantir o quanto antes. Compramos no site e vimos que tem algumas diferenças de vagoes: o Expedition, o Vistadome e o Hiran Bingham. A diferença entre o Expedition e o Vistadome é quase nenhuma. Janelas maiores no Vistadome, um lanche mais caprichado e poltronas melhores mas nada assim super WOW! O que vai ditar qual dos dois escolher será o horário, já que os valores variam conforme a hora de saída. Então o que for mais barato, melhor. Nos fomos de Expedition e adoramos! O Hiran Bingham é o mais caro e é cheio das firulas. Acho que não vale a pena. Expedition Fomos pelo preço e pelo horário pois como faríamos Valle Sagrado e ficaríamos em Ollantaytambo, escolhemos o trem de 19 h para Águas e a volta as 16:22. Em Águas não tem muito o que fazer e como iriamos para Machu Picchu cedinho, achamos que esses horários estariam ok, e estavam. Quem quiser sair de Cusco para Machu Picchu pelo dia, deve ir para a estação de trem mais perto já que NÃO TEM ESTAÇÃO EM CUSCO. Tem em Poroy que é a cidade mais perto mas estava fechada na época que fomos. Li em alguns blogs que muitas pessoas escolhem fazer o passeio pelo Valle Sagrado e ficam na última cidade, Ollantaytambo que tem estação de trem saindo para Águas. Entao nosso roteiro ficou assim: Passeio por Valle Sagrado, ficar em Ollanta, pegar o trem às 19 e chegar em Águas por volta de 21h. Foi perfeito, bem calculado, sem pressa e deu para fazer tudo o que queríamos. Ah, sobre os valores do trem… como falei, foi a parte mais cara da viagem. Deu cerca de 150 dólares a ida e a volta. Dá para ir pelo dia para Machu Picchu, saindo de Cusco? Dá, mas tem que ir BEM cedo. O caminho é mais ou menos o mesmo: escolher a estação de trem mais perto (para ir é só combinar com um taxista, são bem baratos), pegar o trem, descer em Águas, pegar o ônibus para Machu, depois fazer o caminho de volta. Não tem como chegar em Águas de carro, onibus ou outra coisa, apenas de trem. ALIÁS, tem como ir sim, a pé, numa caminhada de uma hora e meia a partir de uma cidadezinha lá, mas acho que não é nosso caso né? Voltemos para o nosso Segundo dia. Fizemos o check out no hotel e deixamos as malas lá. É super comum deixar as malas nos hotéis em Cusco, todo mundo que vai para Machu Picchu e fica uma noite em Águas faz isso. Levamos apenas o necessário. O ônibus do tour (aquele que contratamos com a Amadeus) estava nos esperando na esquina do hotel. Digamos que não é um onibus muito bonito ou muito confortável, mas deu para o gasto. O guia desta vez era super simpatico, calmo, falava pausadamente e bem prestativo. O caminho pelo Valle Sagrado é maravilhoso e tem paradas durante o percurso para fotos. É bom ir com dinheiro local pois a primeira parada é uma feirinha que tem coisas lindas. Aceitam dólares mas se perde muito na conversão então não se esqueçam de ir com a carteira cheia de soles (Sol Peruano é o nome da moeda do Peru). A segunda parada foi Pisaq que fica cerca de 30 km de Cusco. É um dos centros arqueológicos mais importantes do Valle Sagrado! Posso falar? Achei o tempo da visita muito curto. Não deu para ir aos lugares mais bacanas, apenas olhar de longe e tudo cronometrado. Depois da explicação, o guia nos deu cerca de 40 minutos para conhecer o lugar e convenhamos que num lugar enorme daqueles não dá para fazer nada correndo. Fora que eles (os guias) assustam muito a gente, falam que se demorar mais de 5 minutos o ônibus vai embora e quem ficar pra traás pode pegar um táxi pra voltar. Sei que é a forma de organizar tudo e manter os horários mas é bem terrorismo. No final de cada passeio eu sempre ficava tensa e saia correndo com medo de perder o ônibus. Depois paramos na cidade de Pisaq, no centro colonial, para conhecer um mercado e uma loja de peças em prata. Tinha coisas bem bonitas e nem achei tão caro. Mas o que mais curti foi o carnaval que estava acontecendo lá. Me senti no meio de um filme de tão surreal o que vi. Aquela musica andina, as pessoas caracterizadas, crianças correndo para todos os lados jogando bombas de água e atirando espuma nas pessoas, o mercado com a gritaria, cachorro na rua, uma loucura! Depois de lá, seguimos para Urubamba onde paramos num restaurante para o almoço, incluído no pacote que compramos. Posso falar? Uma bela porcaria. Essa foi pegadinha pois ao comprar o pacote na agência, nos mostraram fotos do restaurante e era beeeeeem diferente da realidade. Primeiro: um monte de ônibus de turismo param lá, logo o lugar fica LOTADO. A fila para pegar comida é enorme e mesmo sendo self service à vontade, não dá vontade de comer muita coisa pela aparência da comida. Eu achei. Me servi de um ceviche (esse tava bom) mas o restante era muito feio. Tivemos que comer lá mesmo, não tinha muita escolha. Ah, as bebidas são a parte. Fomos pela comodidade de ter o almoço incluído e não sei como seria se ele não estivesse no pacote. Acredito ter outros restaurantes perto, mas não sei como funcionaria com o esquema do grupo… Enfim, depois do almoco, rumamos para Ollantaytambo, nossa última parada e onde ficaríamos. O tour iria continuar para Chinchero, mas resolvemos fazer esse passeio outro dia. Achei Ollanta o ponto alto do Valle Sagrado. Lá subimos 233 degraus para conhecer uma das maiores obras incas, que parece uma fortaleza. É MARAVILHOSO, a única cidade da era Inca ainda habitada. É muito enigmatico! É difícil acreditar como os Incas fizeram aquilo tudo, como tinham tanto conhecimento de engenharia, astronomia, matemática, fisica, é muito mas muito impressionante! Logo que acabou esse passeio, o grupo nos deixou na pracinha de Ollanta (outras pessoas também ficaram por lá), faltando cerca de 2 horas para o nosso trem para Águas Calientes. Aproveitamos para ver algum artesanato, tomar chá de coca, pisco sour e comer uma pizza. Pracinha de Ollantaytambo Por volta de 18:20 fomos para a estação que fica a uns 10 minutos a pé da pracinha. Já ficamos de olho para saber como fazer na volta, vimos algumas vans e taxis que faziam o caminho de Ollanta para Cusco. Abriram o portao da estação e gelei quando vi que só era permitida uma malinha de 5kg por pessoa e a minha claro que era maior, mas foi tranquilo, não falaram nada. Entramos tranquilamente no trem, que achei bem bonitinho e rumamos para Águas Calientes, um trajeto de aproximadamente uma hora e meia. CHEGANDO EM ÁGUAS… quase caí pra trás quando vi um rapazinho com uma plaquinha com meu nome. Fiquei encasquetada, afinal eu não tinha avisado ao hotel (ficamos no Waman, MUITO BOM e baratinho) que eu iria naquele trem, naquele horário e naquele vagão e o mocinho lá na porta esperando eu descer! Desci, me apresentei e perguntei como ele sabia que eu estaria chegando naquele horário e naquele vagão. Ele falou ¨coincidência¨…. SEI… Achei fofo, ele pegou minha mala e saiu rumo ao hotel, mas sei que eles devem dar uma jeito de acessar a lista de passageiros e ver se tem hóspedes do hotel. Enfim, legal ou ilegal, me senti VIP rs. Ah, e ao descer do trem olhei pro céu e vi a coisa mais aterrorizante da minha vida. Parecia uma onda gigante, uma massa preta logo acima da minha cabeça que parecia que ia me engolir a qualquer minuto! Olhei pra frente e outra massa preta! Fiquei muito assustada, me agarrei no Rafa e perguntei o que era aquilo. Era a montanha que leva a Machu Picchu. Nesse momento, começou uma das viagens mais impressionantes da minha vida. O trem chega literalmente ao pé da montanha. Não sei explicar. Águas Calientes O restaurante mais famoso de Águas e que eu estava LOUCA para conhecer pois vi muitos comentários falando do quão pitoresco ele é mas… FECHADO EM FEVEREIRO PARA REFORMA. Aff… acabamos jantando em outro restaurante mesmo. Ah, e essa bandeira colorida não é o que vocês estão pensando. Como os Incas adoravam o arco íris, essa é a bandeira oficial de Cusco! E eu jurando boa parte da viagem que eles adoravam gays rs. Pracinha de Águas Calientes. Ficamos no hotel  Fomos dormir, cansados e prontos para a maior experiência da vida: conhecer Machu Picchu. No próximo post!

  • Das Maravilhas da NYFW

    Sinto muito, mas ainda vou falar MUITO sobre a NYFW. Prevejo que hoje e amanha ficarei grudada no computador gerando todo o conteúdo que não deu para gerar enquanto estava lá. Deixa contar um pouquinho como é uma semana de moda internacional: a gente recebe uma agenda, com vários compromissos que variam entre visitas a showroom, Ree Sees (quando a grife expõe as roupas desfiladas um dia após o desfile), experiências fashion (desta vez fomos ver uma exposição maravilhosa, mostrarei aqui também), jantares, e claro, alguns desfiles. Estes são BEM concorridos então não dá para o grupo ir em todos, é feita uma distribuição dos convites e de vez em quando, aparece algum extra de última hora. Eu fui em 3: Runa Ray, Reem Acra e Coach. Runa Ray foi uma coisa meio estranha. Não tinha passarela, as modelos ficaram paradas e algumas roupas penduradas pelo salão. Soube que a tendência dos desfiles é essa, que em algum tempo não teremos mais passarela e modelos pra lá e pra cá, mas sim elas paradas e prontas pra fotografia. Sinceramente? Prefiro passarela. Fica um empurra empurra e briga de fotógrafos para conseguir o melhor ângulo da foto. Achei chato. Runa Ray Agora, mafrien… Quando soube que eu teria Reem Acra, dei check in no chão. REEM ACRA, a musa dos vestidos mais maravideusos do mundo, provavelmente um deles estará em alguma atriz na cerimônia do Oscar! Gente, QUE DESFILE! Coisa mais linda do planeta, uma mistura de lingerie, camisolas, mulher sexy, femme fatale, rendas riquíssimas, decotes inimagináveis, verdadeiras obras de arte! Olhem isso: Não dá vontade de chorar abraçada a esses vestidos? Um mais maravilhoso do que o outro! E pelas fotos dá para apreciar melhor as roupas, ao vivo muitos desses passaram desapercebido para mim! Eu tinha um escolhido como provável de Red Carpet no Oscar mas agora estou em dúvida… Mas que um vai, vai! O que acharam? Palpites de Oscar?

  • Mi casa, su casa – O trono do patrão

    Oi Fufu! Eu comecei a escrever sobre cadeiras ergonômicas no comecinho de dezembro. E agora, como o tempo voa … Já estamos beirando março, que tal a gente falar sobre isso? Carnaval já passou e não tem mais jeito: você vai ter que trabalhar. Mas antes eu quero agradecer a Alessandra, dona do Sofá-sichão – e madrinha de bateria do bloco Tem Jeito Decor – que me mandou um regalo increíble! Mas como eu sou uma pessoa muito bondoza, não vou postar imagens do que ganhei, porque qdo se ganha bebidinhas maravilhosas e chocolateSSS ( no plural ) importados é feio deixar os outro leitores tudo arrastando a bunda no chão de inveja, igual cachorro com verme, sabe? Não, não vou colocar uma imagem vergonhosa dessas num blog elegante. Então, eu não sei como é o lugar onde você trabalha, ou o lugar onde você mantém seus empregados. Mas o que eu sei é que pelo comum senso do brasileiro, a cadeira do chefe tem que ser… Um monstro assim: Principalmente se você vai numa empresa com mais de 10 ou 15 anos, as pessoas vão apenas replicando a informação de que a cadeira “do patrão” tem que ser grande, fofa com o encosto alto e – de preferência – em couro. EIKE LINDEZA! Agora vamos falar do que realmente faz a diferença numa empresa atual, ou até mesmo pra quem trabalha em casa, como a nossa musa morocha Cony. Se você já pesquisou sobre escritórios modernos, sabe que o importante hoje é a eficiência de um trabalhador, e não quantas horas ele trabalha. Pelo menos fora do Brazeeeeel né, porque aqui continuamos cumprindo horas e batendo cartão, mesmo que não se alcance os números desejados. Então pega a sua foto de toda honrosa e #vemkotio! As cadeiras atuais, consideradas ergonômicas, tem alguns ajustes que as mais antigas não têm, então se você quer espantar o exú da crise vamos ver se você precisa ou não trocar seu assento: Regulagem de altura: Praticamente todas as cadeiras de trabalho têm, ela permite que a cadeira suba e desça fazendo com que sua perna fique na posição correta, que é com o joelho formando um ângulo de 90 graus. Não, não é pra colocar os pés na estrutura da cadeira como se você fosse um grilo-bailarino-clássico. Tampouco pode sentar em cima do pé como eu estou agora,  é pra deixar ambos pés no chão (ou num descanso próprio) e o joelho em ângulo reto. Vamos seguir com as regulagens, pra você saber como comprar sua cadeira… braços! Os braços de uma boa cadeira, devem ter regulagem de altura, para que você não force os ombro para cima, feito um boneco de Olinda, criando uma tensão desnecessária nessa região. Os braços além da altura, também podem mudar de angulação assim como afastarem-se acomodando pessoas de maior ou menor largura. As cadeiras top de linha por exemplo, chegam a ajustar 8 polegadas – cerca de 20 centímetros – para acomodar pessoas de todos os tamanhos. Inclinação e posições de digitação e relax. Você sabia que mesmo quando estamos “parados, concentrados no trabalho” nos movimentamos 53 vezes por minuto? Por isso que é importante que o objeto que te “segura”  neste momento esteja a seu favor. Aquele ” balanço” que a cadeira tem, ajuda nesses momento, quando seu corpo precisa estar apoiado sim, mas livre para fazer movimentos que nós nem percebemos. Pouco comum nos produtos nacionais, a posição de digitador é uma função muito comum nas opções de fornecedores americanos e europeus, onde a cadeira fica levemente “empinadinha” pra frente, é super sutil mas, traz maior conforto pra quem vai escrever muito.   Apoio lombar… Ele pode ser ativo ou passivo (ui!) Parece assustador, não parece? O apoio lombar é uma “protuberância” que fica na região lombar. ela apóia toda essa área, para que sua coluna não se deforme. Na verdade é um apoio pélvico. Quando ela é apenas formada pelo encosto da cadeira, chamamos de passivo veja a cadeira Sayl: Seu encosto é maleável, mas tem diferentes tensões e um desenho que já cria a protuberância que te dá aquela encoxada. E quando é um acessório independente do encosto, mas que o transforma – chamamos ele de ativo. Na cadeira Aeron, está disponível o PostureFit, que é essa peça em azul: Agora, um plus das cadeiras: As cadeiras em tela tensionada, ou polímero flexível. Você, que assiste a Gluóbo, já viu essa cadeira: Todo o setor jornalístico coloca o popozão nelas pra nos dizer: BOUA NOITÊ. O chato do Jô Soares inclusive usa uma dessa, e no Brasil ela foi apelidada de “cadeira do Jô”. Perceberam que ela não parece ter espuma? Realmente ela praticamente não tem nenhuma espuma, a vantagem disso é que o ar toca seu corpo. Enquanto uma cadeira com espuma e tecido eleva a temperatura entre 11 e 13 graus, uma cadeira tensionada ou em polímero flexível eleva no máximo 3,5 graus. Sem contar que a espuma tem uma resistência contra seu corpo, que a tela não tem, então mais uma vez, a eficiência é um reflexo do conforto. Mas tio, que que é polímero flexível? Prástico! Na verdade, um super plástico. Ele acompanha seu corpo e tem um apelo estético incrível. Desculpe, não sei ser imparcial. Profundidade de assento: Como pessoas tem diferentes medidas de coxa, adivinha só: Algum abençoado inventou o ajuste de profundidade do assento, pois a cadeira não deve encostar na sua panturrilha quando você coloca suas costas corretamente lá atrás no encosto. SE suas batata-da-perna (eike coloquial) ficarem encostando ali a circulação sanguínea será prejudicada, causando cansaço e dores. Essa cadeira veRRRRde, que eu acho linda aliás, é a Embody. Ela tem um sistema de suspensão um pouco diferente das outras cadeiras com tela tensionada, são molas independentes que fazem o serviço sujo e mantém a estética do tecido, e as vantagens da tela.:     Um último item porém, pra transformar sua performance não faz parte da cadeira, mas está diretamente ligada a ela: Suporte para o monitor: A posição correta para o monitor, é: O centro da tela na altura dos seus olhos. Só isso. Mas esse acessório não deve ser fixo. Esqueça usar a caixa no seu Loubutin pra erguer a tela. lembra que eu falei que nos movimentamos 53 vezes por minuto? Então, seu monitor tem que ir junto. A terra brasilis precisa aprender que não só o patrão precisa de uma boa cadeira. desde a recepcionista, passando pelo telemarketing (estes geralmente negligenciados) precisam de material que os ampare, os estimulem a ser eficientes, e acima de tudo, preservem sua saúde. Preço não pode ser o fator decisivo pra escolha dos móveis. Complexo não é? Vamos tomar um cafézin antes de terminar… Esse post não teve muita passagem engraçadinha, mas é estranho fazer piada com saúde. Tem muito fisioterapeuta e ortopedista prescrevendo estas cadeiras. Ao mesmo tempo que quando eu recebo um cliente falando que o médico dele indicou X cadeira – geralmente a Aeron, é triste porque a pessoa teve que ficar com a saúde arruinada pra só então tirar o escorpião do bolso e investir em algo que usa tanto. Resumão numa imagem, os principais pontos para uma boa escolha de cadeira:   Eu utilizei muito exemplos e a grande maioria deles foram da Herman Miller. É uma empresa americana,que foca na ergonomia e na sustentabilidade acima de tudo. Este não é um post publieditorial, porque nem eu e nem a patroa ganhamos nada, mas usei os dados por ter afinidade com os produtos da marca, já que é uma das quais eu represento no Paraná. #orçamentosviaemail HAHAHAHA Um dos pontos mais loucos que a Herman usa pra mostrar o quanto eles são focados na “malemolência” das cadeiras é o campeonato de hockey de Aeron. Não, vc não leu errado. Veja isso: Loucura né? Então quem tiver alguma dúvida, pede aí nos comentários, vamos nós todos aprender mais sentar melhor. Agradeço o amor de vcs no Instagram e no SnapChat, estão quase fazendo de mim um homem de lata com coração de verdade. Eu estou lá sempre reclamando e a Cony embelezando nossas vidas. Somos @Futilish e @tiolelofoz em ambas as redes. As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.  

  • NYFW – Another Look

    Já mostrei no meu Instagram (@futilish) todos os looks que usei durante a NYFW mas para quem não viu lá ou quiser mais detalhes e créditos das roupas, vou postar aqui também tá? Este look usei no segundo dia, a noite, para o desfile de Reem Acra (que foi MARAVILHOSO, vou mostrar aqui também). Foi super tenso conseguir chegar a esse desfile, era o que eu mais queria ir mas era no mesmo dia da minha vista a Woodbury e estava com medo de não conseguir voltar a tempo. O desfile era às 18 e saí do outlet umas 15 horas, o que seria ok e com tempo suficiente de chegar no hotel e trocar de roupa mas… NEVOU! E muito! Daí o trânsito ficou uma porcaria e eu quase chorando achando que iria perder o desfile dos vestidos mais lindos do mundo. Chegamos em Manhattan faltando 40 minutos pro show e consegui ir no hotel e me trocar em 5 minutos. UFA! Só não tive tempo de arrumar o cabelo e retocar a maquiagem! E fui assim: Casaco de pelo (fake) Le Lis Blanc (dica da leitora que me salvou MUITO!). Comprei numa campanha do Privalia por 300 reais e o preço original era R$ 1000! Conjunto de blusão e flare da Anne Fernandes (Grife de BH que tem coisas lindas, amei esse conjunto, quentinho e lindo!) Bolsa Chanel para Madrestore (loja de aluguel de itens de luxo top em BH. Tem vestidos também!)   Ficou chique né? Gostaram?

  • Comprando Barato em NY!

    Missão quase impossível hein? Com o dólar a R$ 4 ou até mais do que isso, fica difícil fazer comprinhas fora do Brasil! Mas vou contar para vocês sobre um lugar que quem for a NY, PRECISA conhecer. Já fui ao Woodbury Common Outlet não sei quantas vezes. Teve uma época na minha vida que eu ia todo ano pra NY, às vezes, até mais de uma vez por ano. E toda santa vez eu tinha que ir ao Woodbury. Trata-se de um outlet gigante e lindo. Sim, lindo! É uma vilazinha com casinhas brancas onde cada casinha é uma loja. Tem loja pra tudo que é gosto: Prada, Gucci, Kate Spade, Adidas, Nike, Tommy Hilfiger, Guess, Armani, Chloé… e todas, TODAS, com descontos. Ir para lá é bem fácil, nem precisa comprar a passagem com antecedência não. É so ir para o Port Authority (aquela rodoviária que fica bem no miolo de Manhattan, na 8ª com a 42 Street), ir na lojinha do Gray Line (fica a direta ao entrar no Port Authority) e comprar a ida e volta por US$ 42. Você escolhe o horário que quer ir. De Manhattan até o Woodbury demora cerca de 45 minutos sendo que o outlet abre as 10 da manhã (e fecha as 21h), então é bom se programar para chegar lá às 10. Sair de Manhattan as 9 ou 9:30 é um bom horário. Você compra a passagem no Gray Line, sobe até o segundo andar do Port Authority e acha a porta de embarque. Geralmente é a 401, 411 mas é bom checar. Ah, e ao comprar a passagem você ganha um voucher que dá o direito a um caderninho com descontos extras MAS É BOM PRESTAR ATENÇÃO AOS DESCONTOS. Às vezes as lojas estão com promoções melhores que os descontos do livrinho, por exemplo, no dia que eu fui era President’s Day e tinha 40% off em várias marcas, estava beeeeem melhor que os descontos dos cupons. Querem conhecer o Woodbury? Vem comigo. É lindo desse jeito! E nevou um monte esse dia… Logo que você chega, você vai à Central de Clientes pegar o livrinho com os cupons extras e um mapa. Como podem ver, lá é enorme! E tem MUITA loja bacana. Na DVF eu PIREI! Os preços estavam MUITO MUITO BONS! Galocha por 60 dólares! Essa bolsa maravilhosa, de couro, de quase 400 dólares por 60! Essa eu comprei! Essa é vermelha e um pouco maior do que a anterior, porém com o mesmo valor! Clutch de onça milionária por US$ 86 Clutches por US$ 44 Olha essa galocha preta e branca na estampa tradicional da DVF gente!!! 60 dólares!!! Quase comprei e tá batendo um mini arrependimento… Mas acho que seria díficil de usar em BH… sei lá. Tory Burch é outra loja que é super concorrida e vive cheia. Mas não achei muito barata… Carteira por US$ 159 Sapatilhas por US$ 199 (o que para nós seria algo em torno de R$ 850, com as devidas taxas) Cintos na BCBG! Amo os cintos de lá! Custam uns 40 dólares. A BCBG é a mesma empresa de Hervé Leger então lá também tem os famosos vestidos bandage. Amei muito um que parecia jeans mas… 1000 dólares não dá né? Furla! Amo esse modelo! E fiquei LOUCA nessa cor! Custava cerca de 300 obamas. Mas quando vi a Jimmy Choo eu quis me jogar no chão. OLHA ELAAAAAAA! A sandália mais maravideusa do universo! Com os descontos, ficava por 300 e poucos dólares, bem melhor que os R$ 3500 que custa aqui no Brasil MAS, não tinha nude e não comprei.  Adidas Aldo Chloe As mamães vão adorar a Carter’s! E essa sim estava com ótimos preços! Roupinhas lindas por 10, 20, 30 dólares! Depois de andar um bocado, fui almoçar no Yo Sushi com a doce Heather, Gerente de Marketing do Woodbury. Ela me contou que sentiu uma diminuição de visitas dos brasileiros, mas que ainda assim, são muitos os que vão para lá. O Woodbury é o maior e melhor outlet da região e eu posso afirmar que é o melhor de todos que já fui! Ele é 100% outlet, não como o Sawgrass de Miami que tem lojas a preços normais também. Fora que é lindo, tem marcas incríveis e um monte de restaurante bacana para se abastecer. Salivaram né? Infelizmente não pude fazer grandes estripulias e me jogar nas compras por dois motivos: malas cheias (semana de moda não tem jeito, é muito sapato, muita roupa e desta vez, muito casaco!) e claro, o dólar nas alturas desanimando muito. Mas anotem esse nome e quando forem para NY, tem que ir no Woodbury gente, faz parte do roteiro turístico e com paciência e tempo dá para encontrar muita coisa bacana!

  • Dica da Leitora!

    DDL acumulado! Solto tudo ou vou aos poucos? Dica 01 – Clarissa Tenho leitoronas e leitorinhas! A Isabela, filha da Clarissa, foi na Arezzo e comprou uma sapatilha dourada de bico fino por R$ 89! Muito bem mocinha! Desde nova antenada e fashion! Dica 02 – Camila Amarelinha Tudo Zara! Vestido por R$ 79 e scarpin por R$ 59! Dica 03 – Jaqueline Macaquinho MARA da Renner! R$ 119,90!! Dica 04 – Roberta A Roberta levou o marido para comprar umas coisas numa casa de ferragens e do lado tinha uma Arezzo. O que aconteceu? STQT numa cor MARAVIDEUSA por R$ 119! Dica 05 – Andrea Leitora das antigas! Da época ALC (Antes dos Looks da Cony). Tudo C&A! Jaqueta branca R$ 159, short listrado R$ 89,90. Camisa listrada R$ 79 e short preto R$ 89! ARRASOU GATAN! Dica 06 – Jessica Oi Cony! Meu nome é Jessica, sou sua leitora há bastante tempo, amo o blog mas nunca comentei nem participei. Hoje fiz um achado na  Riachuelo que valeu muito a pena.  Ainda tinham vários vestidos, mas todos em tamanhos 34 e 36, em amarelo e branco. Paguei 59,90 e quando tirei a etiqueta vermelha vi que o preço  original era 159,90. Adoro as dicas do Fufu, tanto que ele foi até  tema da minha monografia para a graduação. Beijos É vestido? Achei LINDO! Mas não tem forro? Acho que pra saída de praia fica rycoh não?? Dica 07 – Marina Short ryyyyycohhhhh! Na Aquamar do Outlet Premium do Rio por R$ 39!!! CHOQUEI! Dica 08 – Ariela A Ariela comprou aquele top trançado da Renner que mostrei aqui dias atrás e ficou MARA! E ela também achou bolsa linda por lá! O top foi R$ 59 e ela disse que vestiu super bem, só teve que comprar um tamanho maior! E as bolsas com seus preços, dá pra ver né? Gostei da bicolor. Dica 09 – Maria Alice Dica da Top Shop! Colar e brinco por R$ 74 os dois! Tava na promoção… Amei esse colar.  Dica 10 – Gabe E aí guria!! Tudo bem?? Acho que tu vai curtir essas dicas! Olha só: fui na Renner pagar umas continhas (sempre assim né) e ia aproveitar ver se encontrava por lá aquele vestido tubinho preto que tu postou dos lançamentos esses dias. Rodei a parte da Blue Steel e nada. Até que bem lá num canto escondido, no fundo da loja, atrás de umas outras peças de roupas pretas, lá tava ele! No caminho pro provador tinha uma daquelas araras de “última oportunidade” só de saias lápis remarcadas! A maioria assim, em malha retilínea, de diversas estampas. Essa de pois era filha única! Eu tava afim de provar uma saia lápis fazia tempos. Ainda não tinha uma porque achava que ia me deixar balofa (não estou com o corpo tão “em dia”)… guria do céu, e não é que a saia ficou boa (ótima, eu diria?). A mesma expectativa eu tava com o vestido, achava que não ia ficar tão bom: PQP que vestido lindo!!!  Para quem não tinha nada midi no armário, acho que comecei bem! A nível de informação: compras feitas da Renner do Pratavieira de Caxias do Sul – RS ! Bjocas Cony! Até a próxima! ps.: prevejo você indo comprar o vestido preto, e espero fotos/snaps de look com ele!   AMEI essa saia! E sim, eu preciso desse vestido, pra usar com tênis! R$ 79,90 cada um! Vou soltar mais Dicas amanhã ou domingo. Tem um mooooonte! O que mais gostaram deste DDL? Eu fico com a saia lápis de poás da Gabe!

  • Nas Alturas – Machu Picchu Parte I

    Vou começar dando a real: nunca na vida tive vontade de conhecer o Peru ou mesmo Machu Picchu. Achava legal aquelas ruínas, misteriosas e tal, mas vontade de ir mesmo, nunca tive. Daí que o meu namorado viu uma super promoção para lá e perguntou se eu não topava ir. Eu, que não recuso viagem, topei. Fomos. Saímos de BH para SP e de SP para Lima. Em Lima fizemos a conexão para Cusco e lá é onde tudo começa, o ponto de partida para quem quer conhecer Machu Picchu. E é longe viu… De SP para Lima são cerca de 4 horas e meia e de Lima para Cusco mais uma hora. Fora o tempo das conexões, passamos quase um dia inteiro viajando. Deixa contar como foi a distribuição dos dias: saímos sexta a tarde de BH, chegamos em Cusco sábado de manhã. Dormimos uma noite em Cusco, uma noite em Aguas Calientes (no pé de Machu Picchu) e depois mais duas noites em Cusco. Foi a conta do carnaval mesmo. Ah, e fomos com muito medo de ser uma furada pois nessa época chove MUITO, inclusive soubemos de casos de gente que ficou ilhada em Machu Picchu ou do aeroporto de Cusco ficar fechado por dias. Faz frio nesses meses, por incrível que pareça, a noite a temperatura era cerca de 8 graus e durante o dia chegava a 18. Tive que refazer minha mala as pressas um dia antes, pois so fui checar o clima em cima da hora. Ainda bem que deu tempo! Nosso roteiro, para facilitar o entendimentos dos posts, ficou assim: Dia 1 Check in no hotel Best Western de manhã Compra do ticket de Machu Picchu Troca de dólares Compra do Boleto Turísitico e do pacote dos passeios com agência City tour Jantar no Chicha Dia 2 Passeio para Valle Sagrado saindo de Cusco as 8 da manhã Pegar o trem em Ollantaytambo para Águas Calientes (trem às 19h de Ollanta) Passar a noite em Águas Calientes no Hotel Waman Dia 3 Subir Machu Picchu as 5:30 da manhã Pegar o trem de volta para Cusco às 16:22 Check In no hotel Quintas de San Blas Dia 4 Passeio para Maras Moray Passear em Cusco Dia 5 Volta para o Brasil Vamos para a chegada em Cusco: escolhemos o hotel Best Western pois tinha um preço ótimo e parecia bem localizado mas… a localização era mais que perfeita! Pertinho da Plaza de Armas (a praça principal de Cusco) e em frente está a agencia que vende os ingress para Machu Picchu e também várias agências de turismo que vendem os passeios mais tradicionais. Na rua muita gente oferece os passeios (Valle Sagrado, Maras Morais, Chinchinero) mas o bom mesmo é ir de agencia, mais seguro e mais garantido. Não recomendo comprar passeios na rua. E eles vão insistir hein! Plaza de Armas, Cusco Voltemos ao hotel novamente. Além da localização MARA, no hall do hotel tinha sempre uma garrafa de água quente e folhinhas de coca para os hóspedes. Cusco fica a cerca de 3400 metros de altitude e é comum o mal de altura, ou como eles chamam, o Soroche. Logo que fizemos o check in nos aconselharam a tomar um chazinho. Também aconselharam a não comer nada pesado no primeiro dia e pegar leve nas atividades. (Foto: Reprodução. Esqueci de tirar foto do hotel. Os quartos são grandes e o chuveiro ótimooo!) Chá de coca Para ir para Machu Picchu já tinhamos comprado a passagem de trem para Aguas Calientes pela internet (falarei sobre isso mais pra frente) e bookado uma noite de hotel lá, mas ainda não tinhamos o ticket. Pelo site oficial dá para ver quantos tickets tem disponível, já que eles liberam 2500 visitantes por dia. Como estava ok, deixamos para comprar lá em Cusco mesmo e foi bem simples e rápido. O valor é de 128 soles (uns 40 dólares) e você tem que informar o dia exato que vai. Nesse momento você escolhe se vai apenas para Machu Picchu ou se também vai enfrentar Wayna Picchu, uma montanha que fica em frente a Machu mas que só sobem 400 pessoas por dia e em dois grupos de 200, com horário agendado. A subida é super íngreme, coisa de 90 graus, muitos degraus e muito fôlego. Como exigia um pouco de experiência e soube que tem muitos acidentes (não tem muita segurança e os degraus, de cerca de 8 centímetros, forçam a descida de ladinho), preferimos comprar só Machu Picchu mesmo. Bom, comprado o ticket da nossa atração especial, passamos em uma agência em frente ao hotel, a Amadeus para saber dos valores dos passeios. Tínhamos interesse no City Tour, Valle Sagrado, Maras Moray e Chichinero. Comprando todos esses tinha um desconto bacana e optamos ir em grupo que é mais econômico porque né, isso de fazer as coisas em dólar não tá fácil não. Os passeios ficaram por 120 soles (todos eles) e o preço das outras agências estava bem parecido. Optamos pela Amadeus pois o atendimento foi bom e numa parada do Valle Sagrado, o almoco estava incluído num restaurant que, pelas fotos, parecia bem bom. Tambem falarei sobre isso mais adiante. Bom, momento de trocar dim dim. Existem varias casas de câmbio por la, mas fomos numa que parecia melhorzinha, na Av. Del Sol, uma das principais de Cusco. O valor de 1 dólar estava 3,48 soles. Sim, o sol peruano vale mais que o Real. Aconselho a trocar os dolares em Cusco pois nas cidades ao redor e quanto mais perto de Machu Picchu, menos eles pagam. Na mesma Avenida, na Municipalidad de Cusco (Prefeitura) compramos o Boleto Turístico. Não é barato (custa 130 soles) mas com ele você pode entrar em várias atrações e sítios arqueológico, inclusive algumas que o City Tour inclui. Achei bom comprar esse boleto pois você não precisa ficar comprando os ingressos separados em cada canto que for, com ele dá pra fazer muita coisa. Esse boleto dura por 10 dias. Boleto Turístico. Guarde com carinho, você vai precisar dele várias vezes durante a viagem. Na hora do almoco fomos tomar uma sopinha, bem leve, já que estavamos sentindo um pouco de falta de ar rsrs. Sim, o ar lá é pesado, tem que puxar muito pra entrar oxigênio. Vendem uns comprimidinhos que se chamam Sorojchi Pills. Custam cerca de 20 dólares mas achei desnecessário comprar já que é um analgésico comum e a fórmula contém cafeína, ácido acetilsalicílico e salófeno. Achamos que o chá de coca deu bem conta do recado. Você pode mascar a folha também ou chupar balinha de coca, mas esta última acho que é mais psicológico do que faz efeito de verdade. Almoço super leve no primeiro dia! Sopinha de frango Logo depois do almoço, encontramos o grupo do City Tour na Catedral da Plaza de Armas e ficamos a tarde toda passeando nos lugares turisticos de Cusco. O city tour durou cerca de 4 horas, começou na Catedral, Qorikancha (o Templo do Sol), Sacsayhuaman (ou como eles chamam, brincando claro, Sexy Woman), Q’enqo, Tambomachay e Pukapukara. Catedral de Cusco Templo do Sol (Qorikancha) e onde ouvimos falar pela primeira vez na Pacha Mama, que é a deidade MÁXIMA dos Andes peruano. Eles veneravam a mãe terra e assim a chamavam! Templo do Sol Templo do Sol Tambomachay, a 3800 metros de altitude! O ônibus deixa a gente num ponto e temos que subir mais um pouco a pé. Quase MORRI rs. Esse templo era dedicado às águas e dizem que beber água desse templo dá juventude e fertilidade. Antes o povo ficava doido bebendo água, daí cercaram o local. Agora só pode olhar rs. Sacsayhuaman, MEGA interessante e misterioso! Foi o maior templo Inca de Cusco e também capital do Império. Os muros foram feitos de pedras ENORMES, perfeitamente ENCAIXADAS uma nas outras. Aham, apenas encaixadas, não usavam nada para ¨colar¨ as pedras! E o encaixe é perfeito. Chega a ser assustador e incompreensível entender como conseguiram carregar pedras tão enormes e fazer esses muros apenas no encaixe delas.  Cusco vista do alto. Mais alto ainda rs. Ah, o guia foi em espanhol mas demos sorte que ele falava devagar e dava para entender bem. Ou seja, eu entendia bem porque sei espanhol né mas o meu namorado entendeu bem também. À noite, fomos jantar no restaurante mais indicado da cidade, o Chicha, do famoso chef peruano Gaston Acurio. Fizemos a reserva antes de partir pro City Tour e quando chegamos estava tudo ok. Acho bom reservar pois o restaurant LOTA. A comida é realmente muito boa. Pedimos um ceviche de entrada (pedimos com pouca pimenta mas parece que o pouca pimenta deles é a muita pimenta nossa rs), o Rafa pediu um cordeiro e eu um prato típico peruano e que me apaixonei, lomo saltado. O lomo saltado é um picadinho de carne de boi, com cebola roxa, pimentão, batatas, arroz e ovo frito. DELÍCIA! O jantar não ficou muito caro, coisa de 200 soles (uns 24o reais) sendo uma entrada, dois pratos principais e dois pisco sour. Tomamos uns pisco sour e voltamos pro hotel. Para ser o primeiro dia a 3400 metros de altitude, tinhamos exagerado. Ah, para os passeios em geral, aconselho levar na bolsa gel higienizador de mãos, papel higiênico, bateria extra pro celular, balas (ou folhas) de coca, capa de chuva, barrinha de cereal ou alguma fruta no caso de sentir fome, água e blusa de frio. Troque dinheiro assim que chegar em Cusco e evite tentar trocar no caminho ou comprar em dólares já que a cotação fica bem desfavorável! Menininha na porta da catedral fazendo graça com uma lhama bebê. A cada foto, uma ¨propinita¨. Ai de você se não der gorjeta ou se der pouco… elas reclamam muito rs. Com dois soles por foto elas ficam tranquilas, então tenha sempre troco! Assim foi nosso primeiro dia. No segundo dia fizemos Valle Sagrado e pegamos o trem para Águas Calientes. Assunto para o próximo post!

  • Good Morning America!

    Gente, cês não sabem o quanto estou preocupada em não postar estes dias. Tipo, tem dois dias sem posts e só fico pensando nisso, que preciso postar, preciso postar. Não sei se todo mundo sabe mas vim pra NY para a Semana de Moda e achei que seria tranquilo, que teria tempo no hotel para trabalhar no computador mas está tudo TÃO corrido que não estou conseguindo. Me desculpem. Tenho os posts do Peru quase prontos mas falta selecionar as fotos e montar tudo direitinho, não consegui fazer isso ainda (eu cheguei do Peru, fiquei um dia em BH e vim pra cá). Não vou esquecer deles, prometo, só preciso de um tempo pra fazer tudo certinho e não atropelar as informações. Enfim, como contei, estou congelando em NY! Quando cheguei, estava – 17º com sensação térmica de -24! Um vento que cortava a alma de tanto gelo! Ontem até nevou… Aliás, ontem fui ao Woodbury, aquele outlet mara que tem aqui em NY, fui a convite deles e fiz váaaarias fotos. Teremos posts também. Gente… tenho trabalho DEMAIS! Então pra começar a semana, vamos de look? Lembram que falei (acho que no Snap…) que não tinha roupa de inverno pesado? Ter tenho, mas tá tudo no Chile e não são nada fashion… Daí uma querida leitora me disse que tinha visto um casaco da Le Lis Blanc no Privalia. Corri e comprei e EIS O CASACO! Gostei demais desse look! Tudo bem que é todo preto, mas achei que ficou interessante pela clutch vermelha e o detalhe na bota. Vamos aos créditos! Casaco Le Lis Blanc Vestido Madrepérola Bota Carmen Steffens (essa vai estar disponível nas lojas a partir do dia 23/02) Clutch Hermes para Madrestore (loja que aluga itens de luxo e só tem coisa MARA!) Brinco Carol 162 (insta @ummeiadois) Luva pobrinha rsrs, queria uma de couro mas não deu tempo de comprar   Curtiram???

  • Mi casa, su casa – Home titis!

    Fufus! Me ajudem a não ser despedido… tô furando demais com vocês. Mas acredito que agora, na era pós carnaval e com muitos planos encaminhados, eu consiga re-criar uma rotina pra minha vida. Estranharam os titis do título? Então pega uma pipoca e #vemkotio, que tem história: Quanto eu trabalhava no Paraguay, de vendedô, eu passei pelas fases desde o disquette 5 1/4 ( aquele grandão molengo ) até os drivers de “re-gravavam” dvds. Um luxo aquilo. E no meio dos tre le-lê, lá nos anos noventa surgiu o Home Theater, ou theatre se vc for do tipo british addicted.  Acontece que, naquela época, as pessoas finas queriam ter esse produto e era muito mais barato comprar no Paraguay, aí os muambeiros, que por mais que fossem pessoas abastadas financeiramente, nem sempre tinham um curso de inglês, chegavam e pediam um “rôme-titi“. Desde então sempre que eu ouço o termo, vem a minha mente uma casa com boobies. Gostaram da minha ilustração SAFE FOR KIDS ? Muito paintbrush envolvido. Enfim, hoje resolvi ignorar heróicamente a imensa lista de temas que temos pra falar desse cômodo onde o seu homi (caso faça uso disso) vai investir todo aquele dinheiro que ele te negou na cozinha, nas pastilhas rycas do banheiro e, principalmente, no closet. Predominantemente território dos manos, essa “sala de tv anabolizada” tem muitos detalhes a serem levados em consideração antes mesmo dele nascer. Estou falando de um cômodo específico para os prazeres dos filmes, dos jogos e etc… não da sala de estar que a gente (como eu) que não tem espaço sobrando precisa usar como estar, jantar e home. Então se você está projetando uma casa ou reformando e vai dedicar um cantinho para ver seus filmes/séries com todo conforto que vc merece – ou se você quer ter uma caverna onde encarcerar o marido/filhos – bora trabaiá! Janelas : As menores possíveis. de preferência com bastante “paredinhas” dos lados para entupirmos de cortina blackout e não sobrar frestas de luz. As cortinas ajudam na acústica. Porta: Nada é pior do que você tentando se concentrar na tela e ter gente passando na frente. Tentemos colocar o acesso de forma a nenhum exu passe na frente de nenhuma alma viva. Teto: De preferência em gesso, pra que possamos usar as artimanhas dele pra embutir não somente a iluminação, mas também as zilhares de caixas de som, e até o telão =D Paredes: Pelo menos as que ficarem atrás da TV / Telão em tom escuro. Nas outras, papel de parede de gramatura alta, pra ajudar na acústica. Piso: Eu vou insistir no carpete mas, vocês só vão concordar comigo depois de eu fazer um post sobre isso. Então, considere laminado de madeira com manta acústica, ou um laminado vinílico e um belo tapetão, caso você ainda não acredite no titio. Móveis: Esqueça nichinho, prateleira, gancho, estante e qualquer coisa que você vai entulhar de bugigangas ao lado da tela. Ninguém quer ver aquela caneca de chopp da oktobeer fest de nem a galinha que você trouxe de Pernambuco. Foca amiga, foca. olha que quiçaça: Quanto mais limpo estiver esse local, mais agradável será usar o home. Outro detalhe muito importante: Nada de superfícies refletivas de frente para o auditório. As pessoas acham lindo móveis de laca brilhante, ou com portas de vidro/espelho no móvel da TV. DAE vai assistir um filme com a galera e fica vendo o sobrinho cutucar o nariz, o cunhado coçando a orelha, o vô batendo pézinho e a namorada do primo tentando não mostrar as calcinhas. Então, NÃO, nada refletivo de frente pro sofá. EIKE REVOLTZ, você pensa. Não, só estou falando a verdade, se você for um humano que usa saia, sabe o quanto é desconfortável não poder descruzar a perna e deixar rolar um ar nas partes. Ninguém usa saia pra abafar as geni*. Eu sei que você que já fez um móvel pro home está mentalmente relembrando do papo do vendedor/marceneiro falando: é um lugar tão nobre, vamos fazer em preto alto brilho… Senta aqui que eu vou ser sincero: Lembra lá no começo, quando eu disse que nesse cômodo as pessoas soltam a grana. Poizé, a gente sabe disso. E a laca é linda mesmo, custa mais caro e nossa vida é baseada em comissão. Então você passa o resto da vida com um incômodo subconsciente. Mas o móvel tá lindo, e a gente paga as parcela do carro com a comissão gordinha. Muitos clientes vem já com essa ideia do brilho na cabeça. E depois que isso está idealizado, não adianta tentar tirar da cacholinha. Então eu aviso que é chato, mas não tento obrigar ninguém a usar laca fosca, ou madeira, ou seja lá o que for que não reflita. Aparelhos: São vários: tem – no mínimo – 5 caixas de som e um subwoofer. Duas na frente que fazem as vozes, duas atrás que fazem os barulhos dos grilos, mais uma na frente que faz sei-lá-o-quê e o abençoado do subwwofer que faz o BUM-BUM-BUM dos barulhos graves e que DEVERIA estar SEMPRE, no chão. Mas as pessoas não lêem os manuais dos eletrônicos. Esse gorduchinho ( quase sempre ) vibra e ele pode estar se suicidando pois ele se movimenta enquanto faz barulho. Então, temos um espaço e vamos preenchê-lo pra ficar bem lindo. Começamos o home pela TV, correto? Nã-nã-ni-nã-não. Começamos pelos assentos. quanto mais gente sentada melhor. Se você tem um ambiente pra chamar de Home theater, considere um sofá com profundidade maior, pra assistir jogadão mesmo. Eu, particularmente, não gosto dos sofás eróticos que ficam crescendo quando você puxa a pontinha. Porque com o tempo eles ficam soltos e cada vez que você dá aquela espreguiçada ele se mexe. Quando o espaço não permite tanta gente sentada quanto gostaríamos, eu gosto da ideia de um sofá “normal” e um tapete daqueles de 70mm com fio duplo (sim, fica caro) pra que as pessoas menos enferrujadas possam pegar umas almofadas e desfrutar jogados no chão mesmo. E se tiver alguém chato sempre dá pra pisar sem querer e pedir desculpa. Temos um sofazão, agora sim, partiu matemática! Porque TV não é igual saldo bancário o mais nem sempre é melhor. Existe uma relação do espaço entre seus belos olhos e a TV. Primeiro, caso seu comportamento nerd seja igual ao meu, uma tabelinha bem simples: Tamanho x espaço: Mas se você realmente é um Geek, e quer o melhor do melhor, também trabalhamos com as resoluções x espaço: Parecia fácil quando era somente sentar com o controle né? Em eras de SmarTV, que você pode assinar aquele serviço lá da TV que até o Silvio Santos quis, a parte de aparelhos tá bem enxuta. é mais o sistema de som, e em alguns casos um Bluray… Aí entra a sua conversa com a pessoa que vai instalar a aparelhagem pra você.   Mesas de centro e canto, são muito interessantes, assim como – caso seja um imóvel grande – vale a pena colocar um frigobar aí pra servir as pessoas. Se for por exemplo no segundo andar, e o espaço permitir, vale até ter uma copa, com uma pipoqueira e quiçá, uma pia(zinha). Não vai me encher o lugar de tapeué com miliopã, obrigado, de nada.   Temos sofá, TV, tapete, aparelhos, mesa de apoio… Iluminação! Dimmeriza por favô!!! O dimmer, é um aparelhinho, super simples, que a gente coloca no interruptor e ele controla a intensidaade da luz. Também tem hoje em dia – quem me segue no Snapchat já viu, uma lâmpada de LED com controle remoto, que muda de cor e intensidade. Ótimo pra apagar a luz sem sair da cama. A que eu comprei foi essa aqui. Mas esse controle de cor é pura viadagem, não tem necessidade nenhuma. Iluminação decorativa, ok, é legal. Mas Ninguém precisa de um painel retroiluminado atrás da TV onde não queremos luz nenhuma. Lá no começo eu pedi pra evitarem excesso de coisas ao redor da TV mas, nem por isso precisamos ficar com tudo pelado. escolha uma, ou duas peças, e use para decorar o home com discrição. Atrás do sofá você pode enlouquecer tá? Gente, ôta veiz, vou dizer pra vocês acompanharem a gente, vulgo eu e a patroa, no Instagram e no Snapchat, só porque a Cony é maravilhosa, e porque eu reclamo de tudo HAHAHAHA somos Futilish e Tiolelofoz em ambas as redes. E hoje que teve pipoca… vai ter… Deixe um pouco de amor aí nos comentários, sua opinião, sua reclamação, sugestões… estamos aí pra quem der e vier.   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.   *Geni, abreviatura carinhosa de genitálias.

  • Post Rapidinho

    Bom dia migues, estão já todas de pé, lindas, cheirosas, arrumadas e com um sorrisão no rosto? Espero que sim, porque eu não tô hahahaha, só o sorriso no rosto mesmo, ainda tô de camisola, cara amassada, despenteada mas MUITO FELIZ e vou contar pra vocês o motivo. É rapidinho. A tag Chora Que Eu Te Escuto foi inventada num impulso, já que eu recebia muitos emails de meninas/mulheres (outro ponto que tô super feliz é saber que tenho um público super variado em idade. Mulheres de 20, 30, 40, 50 anos estão por aqui!!!! Não é maravilhoso?) pedindo conselhos amorosos, desabafando coisas íntimas que às vezes eu não sabia como responder, achava meu conselho fraco e sentindo a angústia dessas mulheres, achei pertinente que recebessem uma atenção melhor e conselhos variados. Daí, surgiu o CQETE e o meu tiro no escuro bombou! Ah, e porque eu recebia esses emails? Sei lá, coisas de internet, de ver a blogueira como amiga, coisas de quem me acompanha há mais tempo e sabe meus perrengues amorosos, coisas de nudez de alma. No começo ouvi MUITAS críticas: que não tinha nada a ver com um blog de moda (oi? Nunca fui ¨apenas¨ um blog de moda, aqui falamos de tudo), que era chato ler as histórias, que pesava o dia de quem lia, bla bla bla mi mi mi. Continuei por um tempo até que os ânimos começaram a ficar exaltados nos comentários e rolaram um barraquinhos. Muita gente também criticava a sinceridade e frieza dos conselhos, mas convenhamos, que quem manda seu caso, quer ouvir o que muitas vezes as pessoas não tem coragem de dizer frente a frente! Enfim, o clima pesou e eu tirei a tag do ar. Sou prática rs. Até que recentemente, coincidentemente, recebei 3 emails de desabafo, e era a conta exata do CQETE e resolvi publicar. Para a minha surpresa, a tag foi super bem recebida de volta e mais surpresa ainda: os comentários estavam maravilhosos e muito sensatos. Fiz mais um CQETE. Novamente, um banho de sabedoria das leitoras. Fiz outro. Chorei com a sensibilidade e a solidariedade de algumas leitoras. Gente, vocês estão DEMAIS! O nível subiu de uma maneira assustadora, como alguém falou, tá valendo mais que uma sessão de terapia hahahaha (tenho que explicar que não é pra trocar a terapia pelo CQETE, é só um trocadilho ok? Para não gerar polêmicas… Hoje em dia tudo dá margem pra isso.) Enfim, rolou um amadurecimento do lado de cá e do lado de lá. E tá lindo. Só isso. Vocês estão de parabéns, de verdade. Há tempos não via/lia uma troca tão real e humana como tenho visto aqui no Chora. A Internet tende a distanciar as pessoas e esfriar sentimentos, e aqui acontece justamente o contrário! Tô orgulhosa… Bom, tenham um ótima dia. Tem DDL mais tarde (porque a gente chora mas também ama uma comprinha, um sapatinho novo, um vestidinho lindo né? hahaha)

  • Chooooooora Que Eu Te Escuto

    E aí genteeee! Como fomos de Carnaval? O meu foi a 3.400 metros de altitude, fui pra Machu Picchu! Quem me acompanha no Snapchat deve ter visto o tanto que lá é maravilhoso… No Instagram também postei um monte de foto linda! Nos dois estou como futilish ok? Obviamente teremos post, PROMETO! E em breve, aliás, já escrevi a maior parte, só falta organizar! Ah, e espero que tenham notado que não abandonei o blog durante o carnaval Postei bonitinho todos os dias, só falhei um, mas é que não consegui subir o post mesmo. Até o Rafa me falou pra não me preocupar tanto, que no Carnaval ninguém lê blogs, e eu falei: O meu lêem sim. hahahaha, se tiver uma única alma viva que acesse o Fufu durante o feriado, já vale a pena ter um post novinho no ar né? Vamos de Chora? Não vou deixar acumular muito pois sei que esse tipo de desabafo aguarda uma resposta ansiosamente… 01 – Violeta Oi Cony, nem preciso falar que adoro seu blog, em quesito moda, acho que é o que mais tem a ver comigo e o mais clean também. Mas o assunto de hoje não é moda e nem precisa publicar se não quiser, na verdade queria apenas uma opinião sincera que não consigo nas pessoas ao meu redor, lendo o relato você irá entender o porque. Tenho 22 anos e namoro a 6 anos e sempre tudo foi “perfeito”, começamos a namorar no colegial e ate hoje não nos separamos. Sempre nos damos muito bem com os amigos de ambas as partes e as famílias também, o sexo pra mim sempre foi “bom”, nunca tive o que reclamar dele, na verdade nos dois primeiros anos de namoro, ele nunca ligou muito pra mim e sempre me deixava sozinha pra sair com o pai pra beber. Nunca liguei, porque era a namorada que entedia tudo e estava apaixonada. Quando fizemos 3 anos de namoro isso mudou, ele começou a se importar mais e a ser mais carinhoso. Porém, eu mudei. Eu me acho jovem e bem resolvida para a minha idade, estou no último ano da faculdade e coordeno uma empresa da família. Ele em comparação está estudando para concurso, o que eu acho super legal, mas não vejo um retorno rápido e com isso me prendo e não faço algumas coisas que tenho vontade por causa da situação financeira dele. Já não tenho mais vontade de fazer sexo com ele, é sempre a mesma coisa sabe, sinto que falta aquele tesão, aquela vontade de estar junto. Eu prefiro ler ao estar com ele, e acho que isso não esta certo. Minha família e amigos adoram ele e veem nosso relacionamento como perfeito. Por isso a opinião deles nem sempre é a mais sincera. Eu gosto muito dele, mas não sei se como amante ou como amigo e se em 6 anos de namoro já estamos assim, imagino como será quando casar. Tenho medo de terminar o namoro e depois me arrepender porque ele poderia ser meu futuro esposo. Eis uma coisa que não penso mais “Casar”, é ate assustador pra mim que sempre sonhei com uma família. Agora sonho em desbravar o mundo e conhecer gente nova. Mas me prendo a ele e não sei mesmo o que fazer.   Querida Violeta… Moça cheia de dúvidas e vontades super normais para quem tem 22 anos e certa independência financeira. Entendo sua vontade de desbravar o mundo, entendo sua necessidade imediata de querer aproveitar um monte de coisas que seu namorado, por motivos super compreensíveis, não consegue acompanhar. Se as pessoas veem vocês dois como um casal perfeito, pode ter certeza que elas não estão erradas. Não vejo grandes problemas no seu namoro, apenas você que está em outro momento, outra vibe. E são essas vontades SUAS que te fazem querer ver defeito nas coisas e gerar certa insatisfação. Se você está errada? Tá não, tudo está muito claro. Não acredito que terminar seja uma boa saída, ou pelo menos uma saída inteligente no momento. Seu namorado pode passar num concurso fodástico e ser um super marido em todos os sentidos já pensou? Conversa com ele, olhe pra ele com carinho, com respeito, com admiração. Fale das suas vontades, dos seus desejos e outra, você pode tomar a iniciativa para apimentar a relação. Como falei, não vejo motivos para terminar a relação, vejo motivos para conversar e deixar os sentimentos bem claro para o outro.   02 – Rosa Olá, resolvi compartilhar minha história, para ver se tenho alguns conselhos que ajudem a melhorar essa parte de meu casamento.  Sou do Recife e estamos juntos ha 9 anos, casados há 4 e sem filhos.  Ele é de família muito rica. Nos damos muito bem e ha muita coisa boa em meu casamento, temos uma ótima relação. Se eu ajustar essa parte $$$, ficará ainda melhor. Obs: somos casados com separação total de bens. Mas acontece que me entristece um pouco ele ser tão pão duro. Sou independente e pago todas minhas contas e ainda ajudo nas contas da casa. Acharia isso normal, se ele ganhasse o mesmo tanto que eu ganho e se não fosse rico. O que não é o caso. A impressão que dá, é que ele pensa que por eu ser independente, não preciso de ajuda dele. Mas vocês concordam que se alguém precisa se preocupar com o futuro e guardar dinheiro, sou eu e não ele que tem patrimônio e está tranquilo? Acreditem, ele é muito preocupado em guardar dinheiro. Ele nunca se oferece para pagar algo para mim. Em 9 anos, as vezes vamos ao shopping, digo que gosto de algo da vitrine, ele nunca falou: entra, compra, dou para você. Quando viajamos – eu pago minha passagem, e ainda divido hotel. A única coisa que ele paga, tanto na vida diária, como nas viagens, é restaurantes. Uma vez, estava meio apertada – ele só disse: complicado! Pedi um valor emprestado para não mexer nas minhas economias. Ele me cobrou 2 meses depois… Sei que pode parecer futilidade – mas queria agrados. Quem vê de fora, acha que vivo as custas dele – quando na verdade não é nada disso. E tenho certeza, que se fosse outra, estaria com a conta recheada e vivendo as custas dele. Não acham? Acreditam que até em ocasiões especiais, as vezes ele nem me dá presente? Num natal, trocamos uns moveis da casa, ele falou que o presente tinha sido aquilo, pode???? Então, queria a opinião de vcs, sobre como lidar com isso. E vejam bem, se ganhássemos o mesmo, sem duvida eu diria: temos que dividir tudo! Mas não é o caso. Já conversei com ele abertamente sobre isso, alguma coisa muda, mas logo já volta ao normal. E também tenho receio de como falar, para não dar impressão de eu ser interesseira – o que de fato não sou. Todo esse tempo, vivi com o dinheiro, fruto de meu trabalho. Menina, isso é casamento ou sociedade? E mesmo se for sociedade, que sociedade é essa que as despesas são iguais sendo que uma parte tem muito mais poder? Olha, eu sou meio machista pra essas coisas e achei o comportamento dele abusivo sim. Mulher tem que ser cuidada, tem que receber gentilezas SIM, tem que ter surpresas. Não falo de receber uma mesada gorda todos os meses, mas sim dele, já que é rico, cuidar de você e ser provedor. Como você disse, se fossem situações financeiras iguais, poderia até ser mais compreensível, mas ainda assim uma gentileza de vez em quando não faz mal a ninguém. Não falo que homem tem que pagar tudo, pode dividir sim, inclusive até a mulher pode pagar mais se o cara estiver em desvantagem, mas quando as coisas são iguais ou ele tem mais dinheiro, cadê mimos???? Que mulher não gosta de ser presenteada, lembrada, que seja com uma flor no final do dia???? Ó, não gostei da atitude do seu marido e ODEIO te falar isso, pois sei que darei mais força ainda para sua insatisfação, mas é o que acho… Super concordo com você quando diz que queria agrados. A gente já espera isso dos namorados normais e dos pobrinhos, imagina de um marido rico? E outra, o agrado não precisa ser milionário. Como falei, uma flor no final do dia, um chocolate no travesseiro, um ingresso pro cinema, aquele sapato que você namora há tempos… já faz MUITA diferença. Ele está sendo egocêntrico, mesquinho e insensível. Você é a MULHER dele caraleo (desculpa), não é amigo, colega ou qualquer outra coisa. É a esposa! Ele tem que te tratar como rainha! E se tivesse filhos? Já pensou como seria a divisão das despesas??? Tô com você mas não sei o que poderia te aconselhar a fazer, já que você já conversou com ele abertamente e nada mudou mas tenho certeza que por interesseira você não passa. Isso ele já sabe. Peço ajuda das leitoras! 03 – Iasmin Lembro nitidamente da primeira vez que soube que iria cursar a Faculdade de Direito numa Universidade Federal – minha melhor amiga (até hoje) me deu a notícia. Eu fiquei feliz, claro, passei de primeira, mas não tinha ninguém com quem comemorar porque todos os meus demais amigos (inclusive essa melhor amiga) não passaram no vestibular. Achei que seria insensibilidade minha com eles, enfim… O primeiro dia de aula foi um dos piores dias da minha vida. Eu não conhecia ninguém e nunca soube o quão tímida eu realmente era até chegar na Faculdade, simplesmente não conseguia me comunicar com ninguém, não conseguia fazer amizades e por conta disso passei quase o primeiro mês de aula sem ir. Foi difícil…mas isso passou, fiz três grandes amigas lá e se tornou mais fácil… Passei o curso inteiro meio sem saber o que faria depois da Faculdade, a única certeza é que faria o Exame da OAB, porque isso é meio que obrigatório, ainda que você não vá advogar…Estudei o suficiente para ir bem nas provas e nunca cheguei perto de reprovar. Não pensava a longo prazo e hoje me torturo muito por isso. Enfim, me formei. Prestei o Exame da OAB e passei tranquilamente, mas esse processo (entre a inscrição e a entrega da carteira) durou quase um ano. Ou seja, um ano desempregada… Depois que recebi a carteira, o que fazer? Tinha certeza que não queria advogar, na época (2009) um advogado iniciante ganhava em torno de R$ 1500,00 e ralava o dia inteiro, além das audiências, você tem que se virar para dar conta das peças judiciais. Então não queria entrar nesse ritmo porque sabia que nunca ia conseguir crescer. Pouco tempo depois (6 meses), consegui ser selecionada para um cargo comissionado de Assessoria Jurídica. Pra quem não sabe, ocupar cargo comissionado significa ocupar um cargo público sem concurso, no qual você pode ser mandada embora a qualquer momento e sem direito a nada! Enfim, passei mais de 5 anos nesse cargo, aprendi de tal forma aquele trabalho que todos usavam os meus Pareceres, todos queriam saber a minha opinião e tinha uma ótima relação com a minha chefe, tanto que ela sempre pedia a minha indicação para nomear outras pessoas. Na primeira indicação, indiquei uma grande amiga da época da Faculdade…minha nossa, esse foi um dos meus maiores erros da minha vida. A convivência me fez ver o quanto ela era uma cobra, a princípio não comigo, mas sempre ficava fofocando sobre os outros, chegava atrasada e tinha inúmeras desculpas para não entregar o trabalho pontualmente. Eu morria de vergonha, pois eu a indiquei, e mais: a energia dela era tão negativa que eu estava ficando irritada todos os dias quando lembrava que ia encontra-la. Cheguei a conversar com ela várias vezes, mas chegou a tal ponto a insatisfação que eu rompi com ela. Parei de falar mesmo. Como ela era mãe, e eu queria ser uma pessoa espiritualizada, pensei: “Vou ficar na minha. Não vou falar mal dela pra ninguém. O tempo vai cuidar de tudo. Vou ser madura”. O que você acha que aconteceu? Ela fez o maior papel de vítima da história do mundo e eu como queria ser “do bem”, fiquei como a bandida para as nossas amigas mais próximas. Ela chegou a me ameaçar dizendo que ia me tirar do meu emprego (eu que a indiquei!!!!!) e passou a fofocar de mim a torto e a direito. Não me incomodava, ficava triste, claro, mas achava que se eu continuasse sendo uma boa profissional, a verdade viria a tona, mas descobri que por mais que você seja respeitada no seu trabalho, a inveja realmente existe e eu ainda não aprendi a lidar com ela. A segunda pessoa que indiquei foi também colega (mais distante) da Faculdade. Boa pessoa, um pouco individualista, mas nada preocupante até então. A mãe dela chegou a falecer enquanto trabalhávamos juntas e eu organizei arrecadações de $$$ (tudo que conseguíamos arrecadar, eu dobrava com o meu salário e repassava pra ela). Afinal, tinha pena dela, perder a mãe tão nova…acabamos nos aproximando muito! A terceira pessoa que indiquei era amiga de uma amiga. Quando a conheci, adorei ela e tudo fluiu muito naturalmente. Viramos grandes amigas instantaneamente. Claro, idiota, emprestei dinheiro várias vezes (sou de Câncer, otária por natureza), mas ela me pagou tudo direitinho. Com quase 5 anos e meio trabalhando lá, do nada fomos mandados embora, no meio do expediente, sem justificativas e sem direito nenhum, foi humilhante. Fiquei a ver navios e totalmente perdida. Estava sempre concentrada em trabalhar, estudar…não tinha um network a quem recorrer e me ferrei bonito. Resultado: a 1ª “amiga” que indiquei era casada com um grande amigo do novo Chefe e conseguiu se manter no emprego. A 3ª “amiga” que indiquei conseguiu outro emprego e tinha mais uma vaga, você acha que ela me indicou? Na-na-ni-na-não. Ela indicou a 2ª amiga que indiquei porque estava “preocupada” com ela. Isso enquanto me devia dinheiro! Pra coroar tudo, eu fudida e mal paga, me chegam as duas últimas amigas todas serelepes marcando de almoçar logo depois de terem conseguido um emprego. Eu indiquei todo mundo e ninguém me indicou quando eu precisei. Cadê a sensibilidade, sabe? Ainda falaram que viriam almoçar na minha casa e que era pra eu pedir do meu pai pra cozinhar pra elas…OI????? Fiquei tão puta e disse que não ia dar. Era só o que faltava…Enfim, o que eu jurava que era amizade, não era. Elas nunca mais falaram comigo e eu também não as procurei mais. Estou estudando para alguns concursos, mas tá muito difícil. Tenho dias de profunda depressão. Pra “facilitar”, meu apartamento está saindo agora. Eu e meu noivo esperamos tanto isso, sabe? E agora tudo isso acontecendo e eu estou desempregada. Que ânimo pra mobiliar o apê? Guardei uma boa grana nesses 5 anos, mas mesmo assim…parece que vou ficar desempregada pra sempre e que todo mundo me passou a perna. Cheguei a ir para outras entrevistas de emprego, mas nada vingou…fiquei com raiva de Deus, mas estou melhor, acho que um grande golpe como esse só pode ter um significado muito grande. Acredito que Deus está me preparando para uma grande vitória. Mas oscilo: tenho um dia bom, dois ruins…e por aí vai! Deixo aqui meu pedido sincero que as meninas nunca deixem de estudar e que nunca se acomodem em emprego nenhum, por mais que você seja respeitada, estejam sempre um passo a frente na vida! Estava me identificando muito até ler a seguinte frase: sou de Câncer, otária por natureza. Toca aqui, tamo junto. Iasmin, eu também me ferrei muito com amizades ultimamente, acho que tem muito a ver com a gente que é de Cancer e quer cuidar de todo mundo o tempo todo e na hora que a gente precisa, cadê? Eu achava que tinha um grupo de amigas bem legal, mas comecei a olhar de ¨fora¨ e vi que sempre era eu que cedia em tudo, sempre eu que tinha que juntar a turma, considerar os ¨pode¨ e ¨não pode¨ delas e EU que tinha que me ajustar. Nunca ninguém vinha a mim, na minha casa, na minha cidade. Resolvi fazer um teste e me distanciar para ver até onde ia a amizade. Adivinha? Nunca mais ninguém me procurou. Agora eu pergunto: eram amigas???? Não. O mesmo aconteceu com você. A gente se doa tanto que acaba acostumando os outros e eles ficam acomodados. Temos que ser mais egoístas, pensar na gente antes. Queremos o bem de todo mundo, queremos ver todo mundo feliz e satisfeito, mas uma hora, além disso cansar, a gente quer um retorno. Não adianta. Mas fica tranquila, Deus não fecha uma porta sem abrir uma porteira. Você sabe o quanto é competente e dedicada. Seu momento vai chegar, tenha certeza disso! E enquanto isso, se afaste de gente que só quer sugar sua boa vontade e energia. A gente se preocupa pelos outros, quer sempre estar bem com eles e quer que eles estejam bem também, mas quando perceber o abuso (seja ciúmes, inveja, amizades vampiras) o melhor que temos a fazer é nos afastar mesmo. Silenciosamente. Caramba hein? Ainda tô meio revoltada com o pão duro e com as falsianes da Iasmin. Agora é com vocês.

  • Os Vermelhos da MAC!

    Depois daquela maquiagem de carnaval que fiz com a Fairuze do Menu de Maquiagem (esta AQUI), fiquei louca, maluca atrás de um batom que eu jurava que já tinha, o Studded Kiss da MAC. Revirei minha casa inteira e NADA. Vieram uns flashs de memória de onde eu poderia ter comprado e largado o batom, mas nada me fez encontrá-lo no meio da minha bagunça. Enfim, juntei algumas embalagens vazias e parti pra MAC fazer o Back to MAC. Para quem ainda não conhece, esse programa troca 6 embalagens vazias de produtos MAC por um batom e eu obviamente escolhi o Studded Kiss e um outro que mostrarei depois. Aí sim fiquei feliz, já tinha minha turma de vermelhos da MAC completa. Aproveitei e fiz um swatch para vocês verem e se apaixonarem pelas cores! Iguais mas diferentes! Só quem ama maquiagem vai entender o significado disso rs. Da esquerda para a direita: 1 – Dark Deed – de edição limitada, é um vinho intenso de acabamento Amplified, suuuuper pigmentando e cremoso. Não tem muito brilho mas não chega a ser matte. 2 – Diva – um clássico né? Vinho rico milionário de acabamento matte. Quem quiser um batom vinho, vá de Diva. 3 – Fashion Revival – outro de acabamento matte, ou seja, acabamento fosco e sem brilho nenhum. O Fashion Revival puxa um pouco pro uva. 4 – Rebel – já esse é bem uva, um vinho com tons de rosa se é que me entendem. Acabamento Satin, ou seja, super pigmentado e com leve brilho. 5 – Studded Kiss – meu queridooooon! Tem que ter um olho MUITO clínico para não confundir ele com o Diva. Também Matte e um tiiiiiico mais avermelhado que o Diva. A diferença é mínima! Mesmo assim, tô feliz de ter os dois. 6 – Viva Glam I – durante muito tempo foi meu vermelho preferido, e acho que continua sendo. Quando penso em batom vermelho, mas vermelho sem ser vinho, rosa, nem vermelho aberto, penso nele. É a cara da riqueza. Também matte. 7 – Ruby Woo – esse comprei porque todo mundo tinha e falava dele mas confesso que não gosto muito. É muuuuito seco e acho o vermelho dele muito aberto. Ele sempre esteve na briga de premência da mulherada com o… 8 – Russian Red – sim, com o Russian que na minha opinião ganha disparado. Sempre era assim: Qual vermelho da MAC comprar, o Ruby Woo ou o Russian Red? Tipo escolher entre Beatles e Rolling Stones, Skid Row ou Guns N’ Roses, Christina Aguilera ou Britney Spears sabe como é? O Russian também é matte mas bem mais fácil de passar e acho o vermelho mais chique também. Close nas cores! E para tirar a dúvida do Diva com o Studded, olha isso: Diferença MÍNIMA de tom (Studded mais vivo) e brilho! Bom, quem estiver interessada em um batom vinho ou vermelho da MAC, pode se guiar por este swatch! Tem algum outro tom de vermelho banho da marca que não citei aqui?

  • E na Renner?

    Fui conferir a coleção nova da Renner (pelo site mesmo, pra já chegar na loja focada rs) e me deparei com um monte de coisas LINDAS! Vestido com estampas e modelagens dignas de loja cara, os preços… bom, hoje em dia acho tudo caro, mas ainda assim vi muita coisa que vale a pena. Olha só: Quero MUITO esse tubinho preto! Justamente pra usar com tênis! Muitas listras em minha homenagem. A calça flare tá maravideusa. E uma forte pegada boho! As fotos que estão sem preço foi porque não achei os valores no site. Prestenção nesse top, nesse body, nessa jaqueta e na mochila. Achei tudo lindo, resta saber se ao vivo é tão lindo assim né? Já sabem pro inverno: boho continua forte, os bordados, as franjas, e as listras… sempre! Gostei demais dessa coleção, e vocês?

  • Listrados na C&A

    Tô com uma leve impressão que as fast fashion estão querendo me homenagear rsrs. Dias atrás mostrei no meu Snapchat (segue lá, futilish) a nova coleção da C&A e tinha muuuuuuuitas listras! Só que as que eu vi eram na cor do inverno (mostarda) com preto mas soube que tinha muito preto e branco também. Corri conferir! Tem listras para todos os gostos e bolso. Eu particularmente adorei o conjunto de saia lápis com top, mas preciso provar o cropped pra ver se não fica muito curto. Listras, tendência forte hein!

  • Um Fenômeno Chamado Alessandra Negrini

    Alimentando meu ócio e querendo ficar por dentro das atualidades das celebridades brasileiras, fui dar uma espiada no Ego – que já foi melhor, diga-se de passagem – e me deparei com uma atriz brasileira que há tempos não via (se estiver em alguma novela nem sei…) mas que sempre achei LINDA! Alessandra Negrini. Fiquei chocada como essa mulher não muda com o passar do tempo e cada vez está mais bonita. Olhem essas fotos dela num bloquinho semana passada: Agora a parte mais chocante disso tudo: ela tem 45 anos! Não sei se é essa carinha de menina mas ela simplesmente não envelhece. E as coisas ficam melhores… Aos 45 ela continua de cabelão, continua usando roupas jovens e vai contra tudo e todos os que dizem que depois dos 40 a mulher tem que se vestir e cortar o cabelo conforme a idade. Ia falar um palavrão aqui, mas não o farei. Gente, os 40 são os novos 30! Acho que nem isso, menos ainda! As mulheres estão cada vez se cuidando mais e não se deixando abater pela idade. Inclusive eu tenho uma leitora que tem 43 anos se não me engano, e quando ela me mandou a foto dela eu dava 20 e poucos. Fico feliz e aliviada, pois sempre pensei que nessa idade eu teria que ficar séria, chata, cinza e de cabelo curto. Muito pelo contrário, as mulheres de 40 estão dando um BANHO nas novinhas. Alessandra que o diga.

  • A Cor Que Não Gosto

    E não é cinza. Uma amiga que mora na Holanda e trabalha com moda já tinha me avisado: o inverno será mostarda. Confesso que não tinha visto nada nessa cor por aqui e pensei que isso seria apenas coisa da gringa MAS… numa ida rápida ao shopping já pude perceber nas coleções novas a presença dessa cor. Não gosto, acho triste, acho uma cor que não favorece ninguém, parece coisa estragada, sei lá. Mas se virou tendência, eu preciso comunicar vocês. Ainda que ache bonito em algumas fotos, acredito que não incorporarei essa trend no meu guarda roupa. Sempre acabo pagando língua mas acho difícil alguma coisa mostarda me atrair! Por aqui a mostarda é dijon, um pouco mais escura… Uma cor ferrugem, um marrom querendo aparecer mas que sempre tenho a impressão que deixa a roupa numa vibe marromeno. Apesar do fatos, continuo não gostando. Alguém curte a nova cor do inverno?

  • Dica da Leitora!

    É sexta feira e o que temos? DICA DA LEITORA! Todo mundo aproveitando as promoções e os lançamentos néeee? Vamos lá! Dica 01 – Ligia A Ligia está indo passear em Manaus (êeeee delícia!) e resolveu comprar um tênis bem confortável! Na Ana Capri por R$ 79,90 (o valor original era R$ 199). A Ligia conta que tem azul, amarelo, vermelho cinza. Dica 02 – Vivi Olha que ACHADÃO da Vivi! Clutch na Riachuelo por R$ 9,90! Obviamente, remarcada né? Dica 03 – Renata Dicas da Luigi Bertolli, estava com saudades dos achados de lá! Calça flare que a Renata garante que veste super bem por R$ 59,90, camisa jeans por R$ 59,90 e camiseta listradinha por R$ 39,90! Dica 04 – Lili Email na íntegra! Oi Constanza, td bem? To na maior preguiça mas vamos lá… Estou escrevendo pq minha filha chegou dos EUA e me trouxe minha encomendinha e queria dividir isso com você. Já pedi um estoquinho de 3 bases, pois nunca encontro essa aqui. Amo essa base pq é alta cobertura e não preciso passar pó nem corretivo. Tenho melasma pesado e ela faz milagres! (já testei várias e nenhuma cobria o melasma como eu queria, inclusive é minha base da vida agora e deixou a Dermablend no chinelo). Como via que vc gostava da Double Wear, essa tb é mas é a Double Wear Maximum Cover (segue foto sem a embalagem pq ela tirou as embalagens de tudo antes de voltar p/ Brasil). Tem uma textura cremosa só que não é pesada, é super gostosa de aplicar e cobre todos os melasmas! Vc PRECISA testar! Não sei explicar como que ela consegue cobrir tanto com tão pouco.. Eu aplico um tiquinho com a mão mesmo, que espalha melhor (eu tinha um pouco de aflição pq gosto de passar base com pincel mas essa na mão funciona muito melhor). Acho que nossa cor é a mesma, pois notei que várias bases suas são as mesmas cores que as minhas. Eu tinha comprado a Creamy Tan e a Rattan mas a Rattan é muito amarela e escura. Mesmo eu sendo japa, os tons muito amarelados não funcionam muito bem em mim e essa Creamy Tan fica bem neutra. Comprei tb uma medium deep, mas ainda não abri pq já tenho essas duas abertas e pesquisando no youtube me pareceu um tico mais escura p qdo eu estiver mais bronzeada. Mas tenho quase certeza que a creamy tan serve direitinho em vc.   Se vc tiver alguém nos EUA p/ guardar p/ vc, vc podia aproveitar a promo que peguei comprando online no próprio site da Estee Lauder. Acima de $45 vc ganha uma clutch fofa com vários brindes (vc escolhe umas opções lá, o meu escolhi cleanser, gloss, rímel e mais 3 anti aging). A base custa $38 (mas comprei 3 pq vai que sai de linha… Rs). Fica a dica p qdo vc for viajar p/ procurar por ela…  Aproveitando, comprei um tênis caramelo que estava com um preço remarcado na C&A por R$29,90! Sou uma mulher do salto, não gosto d usar tênis mas to com 38 anos e já não tenho mais pique p/ andar de salto toda hora, então p/ os dias de bater muita perna, comprei esse tênis que fica bom nos looks pq é basiquinho e pelo precinho show. Desculpe o email enorme, mas é isso! Bjs, Lili Lili eu tenho essa base! E a minha é a Rattan! É boooooa! Bem lembrado! E tô chokita com o preço que pagou nesse tênis lindo. Arrasou! Dica 05 – Nandi Olarrrr Cony, tudo bem? Ontem fui dar um rolê no Londrina Norte Shopping e resolvi entrar nas Pernambucanas, na primeira passada de olho vi essas três peças e pensei.. pq não experimentar???!!!! Experimentei, gostei e comprei!!! Calça branca: R$ 59,00 (não daquele tecido maravilhoso, mas pelo preçinho achei digna) Camiseta listrada (é azul marinho e branco): R$ 39,00 Camisa jeans: R$ 79,00 Gente mas os looks ficaram LINDOS!  Dica 06 – Vanessa A Vanessa vai passar sua lua de mel numa praia e aproveitou as liquidações para garantir alguns looks. Vejamos: Biquini na Renner, a parte de cima por R$ 19,90 e a de baixo por R$ 39,90. Saia da C&A por R$ 24,90 Short listrado na C&A por R$ 89,90. Saída de praia na C&A por R$ 89,90 também. Saia branca estampada na Zara por R$ 34 e a vermelha, também Zara por R$ 69! Amei as saias!! Dica 07 – Paula Oi Cony Fui ontem conferir a liquidação da Totem na loja do Shopping Leblon no Rio de Janeiro. Toda a loja estava em promoção com 30% de desconto no cartão ou 50% para pagamentos em dinheiro ou cheque à vista… oferta muito tentadora pra mim, as roupas de lá vestem muito bem e a qualidade dos tecidos tb é ótima, eles usam muito  linho, seda e crepe de seda. A Totem é uma marca carioca que eu amo há muito tempo, eles tinham várias lojas aqui no Rio e em outros estados tb, mas o dono resolveu se mudar pra Bali e deixar só uma loja no Leblon e focar nas vendas pelo site. Eu não tive coragem ainda de comprar pelo site, ainda mais que lá só tem a promoção de 30% de desconto no cartão… o endereço deles é http://www.totemstore.com.br/ Mas vamos às minhas aquisições.. (como a promoção já está rolando há umas duas semanas muita coisa que eu gostei não tinha mais do meu numero). A pessoa tem que ser rápida no gatilho pq as coisas acabam rápido.. hahahaha.   Vestido Shia Euphoria Fucsia de 358,00 foi para 179 dilmas! E o vestido Dream Preto de 378,00 foi pra 189 reais. Mas menina, curti demais essas estampas! Dica 08 – Liana Ahhhh, aprenderam a comprar a STQT! Fico muito feliz! Ótimas compras e a STQT metalizada da Arezzo tá LINDA! Dica 09 – Renata Por que quando eu vou na liqui da Arezzo não acho essas coisas? Alpargata jeans por R$ 129, a lace up flat branca por R$ 119 e a listrada, MARAVILHOSA, por R$ 99. Tudo grita riqueza! Dica 10 – Júlia Oi Cony, olha o que eu encontrei na Adidas Outlet do Shopping Nova América (Rio de Janeiro): o primo do Adidas Superstar! Ele é da linha Neo, chama BB Classic e custou R$ 99,99 (cem, né? Rs)! Estava atrás do Superstar, mas além de estar esgotado em várias lojas, ele é bem mais caro! Acho que esse está ótimo para saciar a vontade, né?! Ah tem uma coisa: achei na parte masculina, então só serve para quem calça de 37 para cima! Eu calço 38 e comprei o 38 mesmo. Espero que goste!  Beijos, Júlia Obs: Gostaria também de te agradecer pela simpatia da mala!! Fiz a versão da mala + cadeira e acabei de voltar de SP a trabalho, recebi 3 convites de viagens para as redondezas do Rio no carnaval e ganhei uma passagem para o Canadá para visitar minha irmã em março! Só pode ter sido a simpatia hahahaha e estamos só em janeiro ainda!

  • Mais Makes de Carnaval!

    Amanhã já deve ter bloquinho por aí e aposto que vocês querem fazer bonito e dar um upgrade no make né? Se aquele tutorial que postei AQUI ficou difícil (ou trabalhoso) e você está querendo algo mais simples e rápido, espia só essas inspirações: Glitter! De todos os tamanhos e todas as cores. Para colar, cola de cílios! Dá para inventar váaarias coisas, até mesmo fazer uma máscara. Pode colar pedrinhas também, em lojas de artesanato vende! Esta última ficou chique hein? Tipo carnaval de mulher rycah e poderosa hahaha. Facinho. Só vai de make sem graça quem quiser!

  • Novidadinhas da Farm!

    Ontem fui ao BH Shopping fazer um Back to Mac (aquele programa da Mac que a cada 6 embalagens vazias você troca por um batom). Quem me acompanha no Snap sabe bem o que estou falando e do batom que estava tirando meu sono. Daí que obviamente, antes de mais, quis passar na Zara, só pra dar um oi, ver como estavam as coisas etc e tal. Só que no caminho da Zara tem a Farm e num estalo lembrei que era o dia do lançamento da nova coleção. Entrei. Na Farm é assim né? Você entra só pra ver, hipnotizada por aquele monte de cores, aquele monte de vendedoras usando as roupas fofas e em questão de minutos você está no provador com um monte de roupa que você nem pediu. Eu fui humilde, olhei tudo e não gostei de nada, pedi pra ver o lookbook e aí sim as coisas começaram a encher meus olhos. Eu que tinha pedido apenas um vestido vinho longo (compro um longo da Farm a cada coleção praticamente, AMO os vestidões de lá!) me vi no meio de vários vestidinhos fofos que eu nem queria olhar o preço. Fiz Snaps de alguns que provei mas antes de me ver no provador, olha só como está a coleção nova, que se chama Rosa Margarida Violeta: É tudo a mesma coisa de sempre, só que diferente hahaha. Quem curte as roupas de lá, sabe o que estou falando. Agora eu no provador! Desses 6 comprei 3 e me arrependi de um. Talvez troque! Mas ainda não sei porque eu me apego as coisas rs. O vestido é bonito mas não sei… Não vou falar quais comprei, vocês vão descobrir aos poucos. A modelagem é aquela coisa de sempre. Infelizmente quem está acima do peso não entra nas roupas da Farm. Eu que me considero ¨normal¨, uso G lá e as vezes nem o G entra. Mas alguns dos vestidos tamanho M serviram. É o tipo de roupa que é melhor comprar ao vivo do que online, a não ser que você já conheça o modelo. Eu já comprei váaaaaarias vezes tamanho errado, mas sempre vou no maior, e as vezes fica grande. A coleção está bem bonita, tem algumas estampas maravilhosamente deusas, o vestido mais caro da coleção (esse preto de R$ 898) não é grandes coisas e diz que tá parcelando em até 8 vezes rs. Acho… AHHHH e me falaram que rola de comprar com código de vendedora na internet (no site da Farm) e tem um desconto AND frete grátis. É isso mesmo? Aproveitem e me sigam no Instagram e Snapchat! Mostro um monte de coisas por lá, em real time! Nos dois, meu perfil é – futilish.

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Quarta feira. Dia de Chora. 01 – Janis Olá Cony, tudo bem? Adoro o blog, e todas as tags, mas estou em um mega conflito e preciso desabafar, pois a situação tem me tirado o sono e feito meus pensamentos viajarem em diversas situações, mas não posso desabafar com as minhas amigas por isso recorri a você e as meninas do blog. Me chamo Janis, tenho  31 anos, sou casada ha 7 anos e tenho um filho de 3 anos. Eu e meu marido sempre fomos muito parceiros um do outro, sempre tivemos um sexo ótimo, respeito, carinho, amor, claro que tivemos algumas brigas também, mas todas superadas ate então, construímos uma família linda, e que muitos admiram. Só que de uns 8 meses para cá eu e meu marido nos distanciamos muito não tivemos nenhuma grande briga para chegarmos nesse ponto, algumas vezes parecemos dois amigos dividindo o mesmo teto, mal transamos, muitas vezes tenho que ficar dando diretas de que ele não me procura mais, ou chegar junto, mal conversamos, antigamente ele me elogiava, me surpreendia, hoje em dia mais nada, sou uma mulher vaidosa, que mesmo com a maternidade não me deixei desleixar, trabalho junto com ele na nossa empresa, enfim estou sempre presente. Já meu marido nos últimos tempos sempre esta cansado, fala muito em dinheiro, mesmo nós tendo uma situação financeira bem confortável, resumindo é isso. E tenho certeza que ele não me traiu, nem me trai. Ele sempre diz que me ama, mas o só dizer não esta me bastando, eu quero mais paixão, tesão, sexo, sentir frio na barriga, quero emoção!  E há pouco mais de um mês conheci um outro cara de uma forma totalmente inusitada por uma mensagem errada que ele enviou no meu whats e que em outras circunstancias eu jamais daria abertura, enfim nao sei nem explicar como, mas eu tenho trocado mensagens por whats com essa pessoa, que me elogia, que me deixa pra cima, que tem me feito sentir frio na barriga sem ao menos nunca ter visto. Ele é super educado e respeitoso comigo, mas sei que ele esta esperando uma brecha minha para entrar em ação, sempre que ele insinua algo desconverso, deixo no vácuo, Tem horas que me sinto culpada por estar nessa, por não  estou sendo verdadeira com meu marido, apesar de eu ja ter falado desse distanciamento para ele, outras tenho vontade de me jogar… Tenho medo de onde essa situação possa me levar!  E eu estou em um grande conflito será que meu casamento acabou? Não casei para ver meu casamento tomar esse rumo, tem meu filho que não quero ver sofrer, e que eu não quero desistir por ele tb, mas em outros momentos me acho muito jovem para viver num casamento sem paixão e principalmente sem sexo, sem pegada, beijos ardentes, tenho minhas necessidades e vontades que toda mulher jovem tem!  Meninas me ajudem jogo limpo com meu marido e falo desse outro? Estou fantasiando coisas na minha cabeça? O que vocês fariam na minha situação? Estou muito angustiada vivendo nessa situação! Cony e meninas me ajudem por favor!  EPA EPA EPAAAAA! Mulher de Deus, CUIDADO! Já pensou que esse ¨engano¨ no Whatsapp pode ser pegadinha? Sei lá, eu desconfio muito dessas coisas. Corta o papo com essa pessoa, ela só está servindo para te deixar ainda mais insatisfeita com o seu casamento que ao meu ver, apenas passa por uma crise. Você falou que ele fala muito em dinheiro, depois falou que vocês tem um situação financeira ok. Já pensou se você não está sabendo a real do dinheiro e tem algum problema que está preocupando seu marido? E ó, homem quando fica preocupado, tenso, stressado com alguma coisa, ele se afasta mesmo. Meu conselho é para você ir com cautela, ter um pouco de paciência, procurar entender o que está acontecendo e por favor, não caia no papo dessa pessoa do Whatsapp (que aliás fiquei curiosa em saber como aconteceu essa mensagem por engano). Easy baby. Ah, e frio na barriga, paixão e tesão louco depois de 7 anos de casada acho meio difícil viu? As coisas se transformam, cabe a gente saber lidar com isso!     02 – Aretha Cony, acompanho seu blog há tempos, porém nunca participei assim. Me espelho muito em você!   Bom, o meu CQETE termina feliz:) Meu primeiro namoro durou quase 9 anos (comecei a namorar com 16 anos) e no início é sempre lindo. Com os anos fui percebendo que aquilo não era o que queria para a minha vida. Ele não tinha perspectiva de vida, objetivos para ele ou para nós, não frequentava minha casa, não gostava dos poucos amigos que restaram pois ele me fez afastar de quase todos. Falava de casamento às vezes, mas eu esquivava. Eu sempre tinha uma outra prioridade : a faculdade, o intercâmbio,o carro, o concurso e até minha própria escola (consegui tudo :)). Em junho de 2014 meu primo casou, e uma das madrinhas quebrou o pé dois dias antes do casamento, meu primo então me ligou desesperado para que eu fosse sua madrinha. Eu, claro, aceitei! Mas meu então namorado simplesmente não quis ir ao casamento! Fui sozinha, óbvio, e conheci o “padrinho”. No dia nem conversamos , mas depois de dois dias quando ele me adicionou no facebook conversamos das 11:00 às 01:00. Eu já sabia que eu não queria mais namorar. Terminei com meu namorado de 9 anos, foi difícil,ele não queria aceitar, bem tenso na verdade. E vivi um conto de fadas!Sou de Minas e ele era de Sp, mas demos um jeito para isso. Ele era carinhoso, amigo, companheiro, gostava da minha família, dos meus amigos e tinha planos. Viajamos para Orlando com a família dele no fim do ano e foi mágico!Até cotação de casamento nós tínhamos.   Mas…   Um belo dia ele me mandou uma mensagem dizendo que não era pra eu ir pra SP porque ele estava terminando comigo. Fiquei sem chão. Fui atrás, tentei entender, aceitar. Isso levou meses. Ele me levou do céu ao inferno com uma intensidade inexplicável. Eu tive início de depressão, passei muito tempo sofrendo por ele,fiz tratamento psiquiátrico, mas tive o apoio dos meus amigos e família. Hoje estou ótima! Sozinha, mas muito bem. rs Sei o que quero e quando quero, conheço lugares e faço amizades, me divirto, passo fins de semana com o Netflix, mas agora entendi que isso tinha que acontecer comigo, desse jeitinho, com essa intensidade e sou muito grata por todo o aprendizado! Ah, (re) descobri como sou bonita e que há um mundo imenso para ser descoberto! Menina, parabéns pela cabeça boa e conseguir ver que tudo acontece por um motivo. Você estava infeliz no seu namoro anterior e talvez se essa pessoa não tivesse aparecido, você ainda estaria infeliz com o ex. Mas esse tipo de coisa acontece mesmo, o importante é não se deixar abater e aprender a curtir a solteirice de uma maneira leve e tranquila. O mundo é seu quintal fia. Tome seu tempo.     03 – Tina Tudo comecou em 2010 quando namorei um português, nos apaixonamos e eu fui lá passar uns meses com ele. Vi que a coisa não ia dar tão certo, pensei e voltei pra casa. Nessa, descobri que estava grávida. Ele queria de todo jeito que eu voltasse pra lá pra tentarmos de novo e eu totalmente perdida pensei na possibilidade, porém minha família fez um inferno tão grande na minha vida que acabei optando por não ir e fiquei por aqui mesmo, não pensei com a minha própria cabeça por insegurança e como resultado, enfrentei a gravidez sozinha. Ele não quis mais saber de nada e sumiu. Meu desgosto foi tanto que desenvolvi um tumor durante a gravidez que me fez ter que retirar um ovário durante o parto. Depois disso, assisti de camarote (facebook) ele levando outra moça daqui pra viver lá com ele. Meu filho já tem 4 anos e até hoje luto na justiça pelo reconhecimento da paternidade e claro, nunca recebi nem um Euro da parte dele. Passei ANOS (literalmente) sem querer saber de ninguém, não saía nem ia a encontros, até que há um tempinho caí na real e voltei à vida “normal” agora que as feridas já estão quase fechadas. Neste tempo todo, fui diagnosticada várias vezes com depressão e outros transtornos, me sugeriram tratamento com remédios e tudo mais, mas como eu amamentei meu filho durante 3 anos, me recusei partir pra esse lado e enfrentei meus demônios de frente. Passei por poucas e boas em relação à vida amorosa (todas nós sabemos que tá difícil, né?!) e por isso continuei solteira. Até que, há alguns meses atrás, a história se repetiu. Eu que me tornei a maior fã de “gringos” (e atraí tantos que parece mentira), conheci pela internet, um norueguês que veio pro Brasil me ver, exatamente como o meu ex, e tudo deu tão certo mas tão certo que depois de 2 semanas que ele estava aqui ficamos noivos. Mês passado lá fui eu conhecer a terra dele, a casa, a família e tudo mais pra ver o terreno em que estou pisando. Nada poderia encaixar melhor entre nós dois. No momento estou atrás dos documentos para poder casar lá na Noruega e pedir o visto que demora um pouco, até lá fico no Brasil e vou ajeitando tudo pra me mudar. Tudo seria lindo se não fosse um grande detalhe: minha mãe. Eu e minha mãe somos super amigas e estamos sempre juntas: moramos juntas, trabalhamos juntas, temos amigas em comum, saímos juntas e tudo mais. No caso de Portugal ela foi quem mais influenciou pra me prender aqui, fingia que estava desmaiando quando falava no assunto, foi na casa de todos os parentes pedir pra eles me convencerem a ficar, me acordava chorando de madrugada, entre outras coisas. Desde que meu noivo atual estava no Brasil, ela já começou com isso de novo… ficava de cara virada pra ele, me dava sermão no telefone, se trancava no quarto quando ele estava aqui em casa. Quando comprei a passagem pra ir pra lá sozinha, ela surtou. Foram dois meses de pressão total até eu embarcar. Agora que voltei, ela está mais bipolar do que nunca, ela até vai comigo tirar os documentos pro casamento e tudo mais, mas ela está me enlouquecendo; uma hora ela finge dar todo o apoio do mundo, no minuto seguinte ela joga tudo o que vcs imaginarem na minha cara. Fala que estou sendo ingrata, que estou pensando só em mim, pra piorar como tenho filhos, ela ainda alega que vai morrer de saudades das crianças. Todos os dias de manhã ela me acorda chorando, fala que nem dorme mais pensando que eu vou embora, as vezes passa o dia TODO de cara virada pra mim. Eu JURO que entendo o lado dela, não é fácil, mas eu já estou com quase 30 anos e sinceramente de saco cheio da vida que eu levo. Sinto super falta de ter minha própria família, ter alguém pra me ajudar com as crianças. Ele adora meus filhos, tb tem filhas que conheci quando fui, e ele vive falando que depois que eu estiver lá, podemos achar uma maneira da minha mãe se mudar pra lá também, mas nem assim ela se conforma. Todas as pessoas da família e amigos acham que estou certa em buscar minha felicidade e uma vida bacana, ainda mais depois de tudo que passei. Porém, ninguém tem coragem de falar isso pra ela (como podem perceber, ela tem um gênio terrível), o que acaba atrapalhando pois ela acha que está certa e eu, errada. Isso tudo está me roubando muita energia, me sinto exausta, evito ficar muito tempo sozinha com ela pra não começar o discurso da chantagem, mas fico imaginando viver desse jeito por meses ou até um ano, que é o tempo que vai demorar até eu pode me mudar. A história ficou enorme SORRY, mas não ha outra maneira de expor a situação. Me sinto sufocada, não sei o que fazer. Me sinto dividida às vezes também, mas ao mesmo tempo não acho certo abdicar de algo que eu quero tanto e me parece tão certo, por conta de outra pessoa. Já falei que vou fazer de tudo pra não ficar longe dela, que ela pode ir sempre me visitar e quem sabe se mudar depois que eu já tiver com a minha vida certinha lá. Já falei pra ela começar a fazer um curso de inglês, coisas do tipo, pra poder pensar em algo pro futuro, mas não adianta. Ela só quer reclamar e se fazer de vítima! Eu por minha vez, agradeço aos céus dia e noite por ter surgido uma história tão bacana (quase um milagre), do jeitinho que eu queria na minha vida, ainda mais depois de TUDO o que passei nos últimos anos; enfrentei sozinha gravidez, decepção, rejeição, cirurgia, chorei anos todas as noites no meu travesseiro e fiquei cheia de traumas, que tento superar dia a dia. Alguém aí já saiu viva de uma situação dessas?! Ou têm alguma idéia pra amenizar esse turbilhão todo?? Tenho minhas dúvidas se vou sobreviver! Beijos a todas e obrigada por me “escutarem chorando”! UPDATE Este chora tem um tempinho e recebi este update da Tina: Estou embarcando HOJE e vou casar, minha mãe vai junto e ficamos 1 mês por lá pois fizemos questão dela estar presente no casamento. Quando eu voltar dou entrada no visto e até o final do ano mudo de vez. Ou seja, ela parou de me atormentar por enquanto Pq vai junto, mas logo começa de novo pois mudarei sem ela, questão de tempo. Maria do Bairro, é você? Desculpa a brincadeira, é que sua história está digna de uma novela mexicana! Menina do céu, que português canalha! Sequer consigo imaginar tudo o que você passou! Bom, fico feliz que sua mãe esteja indo com você para o seu casamento. Acredito que vai durar um tempos até ela se acostumar. Com certeza, sua mãe deve ter muito medo de te ver sofrer de novo e essa é a forma dela de te ¨proteger¨. Mas quando ela perceber que você está bem e feliz, as coisas devem mudar. Boa sorte, te desejo toda a felicidade do mundo que sua nova família seja muito abençoada!    O Chora de hoje foi mais reflexivo do que de opiniões. Só sei que no fim, tudo dá certo.

  • Roupa Amassada NUNCA MAIS!

    No post dos cabides (se é que já perceberam, aqui no Futilish o assunto não termina nunca rs, uma coisa puxa outra e por aí vai!) falei que uma das minhas aquisições mais maravilhosas dos últimos tempos foi um steamer. Sabe compra inteligente multiplicada por 1000? Tipo isso, só não foi mais inteligente porque não comprei, ganhei de presente hahaha. O presente mais bem aproveitado DA VIDA! Como tenho muita roupa e elas ficam apertadinhas dentro do armário, não adianta muito a Dona Rosa passar e pendurar. Na hora que vou usar, sempre tá amassado. E vocês juram que vou ligar o ferro de passar, por na tábua e ficar puxando daqui e dali para tirar os amassados né? Már nunca! Tenho jeito não! Passo de um lado e amarrota do outro! Por isso que o super steamer é o salvador das mulheres vaidosas, bem vestidas, apressadas e sem paciência. Você liga, pendura a roupa no cabide preso ao vaporizador e passa o vaporzinho onde está amassado. Fica perfeito! E rápido ainda por cima. Mas cabe uma observação, o steamer NÃO PASSA A ROUPA, apenas desamassa, então não ache que vai se livrar da Dona Rosa (beijo Rosinha, não sei o que seria minha vida sem você). Ele vai te ajudar nos momentos de pressa, de urgência, quando você precisa agir rápido e eficientemente para manter a dignidade da roupa e do seu look! O meu é bem antiguinho, tem mais de 5 anos e não achei o mesmo na internet. Dei uma olhada na internet e procurei alguns para quem quiser ter um vaporizador-melhor-amigo em casa! 01 – Vaporizador Philips Walita Daily Touch – R$ 475 nas Americanas LINK  02 – Passadeira a Vapor Steam Max – R$ 185 nas Casas Bahia LINK 03 – Vaporizador Fast Touch Conair – R$ 699 na Polishop LINK 04 – Passadeira a Vapor Arno – R$ 478 no Walmart.com LINK 05 – Passadeira a Vapor Cadence – R$ 59,90 na Shoptime LINK 06 – Vaporizador de Roupas Mondial- R$ 89,90 no Submarino LINK 07 – Passadeira a Vapor Vip Care Mondia – R$ 248,90 no Walmart.com LINK 08 – Vaporizador Shark Press and Refresh – R$ 599 no Ponto Frio LINK Como podem notar, chamam o steamer de vários nomes, mas no fundo é tudo quase a mesma coisa. Mudam algumas funções, mas o desamassamento de roupa é comum a todos eles. O meu fica em pé e eu gosto pois dá para pendurar a roupa nele enquanto desamasso mas os portáteis também muito me agradam, não ocupam tanto espaço quanto os outros! Esse Shark Press é meu sonho de consumo, mas tá muito caro. “Necessário” define. Nem tenho muito mais o que falar!

  • Passo a Passo de Make de Carnaval!!

    Semana passada recebi um convite irrecusável: a Fairuze, do Menu de Maquiagem me perguntou se eu não topava fazer uma maquiagem de carnaval com um passo a passo que poderia postar aqui no blog. ÓBVIO QUE SIM! É o tipo de coisa que não se recusa! Uma baita profissional (foi ela que fez aquela make perfeita de Halloween no ano passado, lembram?), ensinando um make que tá todo mundo querendo e ainda o passo a passo liberado aqui pra vocês! Por coincidência, fizemos a make no dia do Baile da Vogue, até brinquei com isso e muita gente acreditou hehehehe. Ié iéeee, pegadinha da malandra. Fui nada, mas se tivesse ido, tinha arrasado, fiquei super Africa Pop não acham? Bom, primeiro ela preparou a pele e maquiou um lado. O outro lado foi fotografado passo a passo para este tutorial! Vamos lá, prestenção: Aplique lápis preto no contorno dos olhos e esfume. Esfume, esfume e esfume. Quando achar que está bom, esfume mais um pouco. Aplique uma sombra azul ou pigmento para criar um toque de cor no canto interno dos olhos (eis o momento de usar aquela sombra coloridona que você nunca usa!) Crie um ponto de luz com um sombra iluminadora de brilho intenso. Tem que ser aquela que brilha MUITO. Aplique glitter preto sobre o esfumado preto e azul sobre o pigmento aplicado anteriormente. Para fixar o glitter use uma camada fina de cola para cílios postiços. Gente, essa dica da cola de cílios pra fixar o glitter é demais! Mas tem que ser uma camada fininha hein! Intensifique o contorno do rosto com um pancake branco. Ele servirá para fixar o glitter prata que será aplicado na sequência. Pode ser com um pó bem claro. Hora de brincar de Kardashian. Concentre o glitter prata nas têmporas, bem rente a raiz do cabelo. Sem economias hein? Taca-lhe glitter! A Fairuze usou um MARA da Mac, chama 3D Silver, é uma coiiiiisaaaa de tão lindo.  Passe a máscara de cílios e cole os cílios postiços à sua escolha. Quer impressionar? Use um cílio artístico, de pluma, ou com brilho… Se não for tão ousada e quiser manter a linha de moça discreta (com tanto glitter não sei como né, mas vai que…) use um normal mesmo. Mas use cílios postiços! A escolha do batom vai de acordo com a sua ousadia. Muito amor pelo Studded Kiss da Mac! Dê os acabamentos finais iluminando a parte abaixo dos cílios inferiores. Prontinho! Agora é só aproveitar a festa no carão e com o samba na ponta do pé! Já viram chilena sambando? Simmm, eu sambo! Com essa make mara, até deu vontade de pular carnaval hahaha Fairuze e eu! A Fairuze atende no Menu de Maquiagem que fica no coração da Savassi! Perto de tudo! Ela faz noivas, maquiagem artísticas, maquiagem de gente normal em dias de festa e ainda dá cursos de auto maquiagem povo! O site é www.menudemaquiagem.com.br, o Instagram para vocês verem o trabalho dela é o @menudmaquiagem e o telefone 31 99372.1428. Fica a dica para quem precisar de um make perfeito em BH.   Os acessórios são da Be Flower (Instagram @_beflower) também de BH!. Dá tempo de comprar uma cabeça mara pros bloquinhos belorizontinos que aliás, estão BOM BAN DO. Tô sabendo que tá vindo até gente de fora pra curtir o carnaval em BH!   Gostaram? Querem mais tutoriais assim?

  • Gucci Nos Ensina: Trompe L’oeil

    Sabe aquele vestido estranho, hipnotizante, curioso, nem bonito nem feio, que a Nicole Kidman usou no SAG Awards e deixou a gente encasquetada? Pois é. Vamos olhar ele mais de pertinho. Continuo encasquetada hahaha Daêeee que algumas leitoras me avisaram que a Dakota Anastasia Sem Graça Johnson também usou um vestido da mesma coleção Gucci no programa do meu amado Jimmy Fallon (gente, assiste esse homem pelamor. Tudo de bom em todos os sentidos hehehehe) Ah, esse tá desenhado. Bom, os dois vestidos são da coleção Ready To Wear da primavera de 2016 da Gucci. Tem coisas bem loucas e interessantes e escolhi alguns modelos desfilados que seguem essa linha ¨cartoon¨. Parecem desenhos animados rsrsrs.  Tudo isso saiu da cabeça do hypado Alessando Michelle, o novo ídolo do mundo da moda. E isso que chamamos de ¨desenho¨ se chama Trompe L’oeil, que é uma técnica com truques de perspectiva, criando toda essa ilusão de ótica! Faz as coisas parecerem ser em 3D e por isso fica tão interessante na roupas que no caso da Gucci foi feita com tecido de paetês e debrum preto. Mais um dropzinho de cultura: trombe l’oeil em francês quer dizer ¨engana o olho¨. Não poderia ter outro nome né? Neste momento me sinto burrica e culta ao mesmo tempo. O tal do desenho tem nome, Trompe L’oeil. Repitam e vamos fazer bonito ao comentar isso numa mesa de bar cazamigah hahahaha. Vivendo e aprendendo…

  • Lojas de Instagram!

    Quem tem Instagram deve ter percebido a quantidade de lojinhas que existe por lá! São lojas que vendem de tudo: maquiagens, sapatos, roupas, acessórios, semi jóias… A maioria vende as mesmas coisas, os mesmos produtos, sejamos sinceras, mas dá para filtrar e achar coisas diferentes também. Ontem postei no meu Insta (me segue né? @futilish) um vestido super fofo que comprei na promo de uma loja aqui de BH, que obviamente, também tem sua versão virtual no Instagram. Ah, e o atendimento da maioria é via Whatsapp. Imagino a loucura quando aparece um desejo novo e todo mundo fica querendo a tal coisa. Direto aparecem novas trends, diria eu, micro tendências, onde essas lojinhas apostam a vida e torcem para ser a escolhida da vez. E outra, eu que tenho saído um bocado e sempre reparo no que a mulherada está usando nas baladas, já vi inúmeras vezes essas roupas de instagram dando pinta por aí. Ahhhh, aquele vestido que eu tava querendo… De qual loja será? Pode ser de qualquer uma. Algumas peças são realmente lindas, outras, a maior roubada. Aconteceu com um longo azul com um decote lindo nas costas, de malha, que na modelo do Instagram era a perfeição. Quaaaaase comprei, mas estava tão na dúvida que fiquei pensando um tempo (a dúvida era no comprimento. Como sou alta, estava com medo dele ficar curto, ainda mais por ser anunciado como tamanho único). Por coincidência, vi uma menina usando o tal vestido numa festa em BH e achei ele pavoroso ao vivo. Malha ruim e costuras tortas. Obviamente desisti dele. Por isso, ontem, perguntei no meu Insta quais lojinhas são bacanas de seguir e comprar. E tá aqui, tudo pra vocês! Ah e também vou mostrar algumas que sigo ok? (Obs: peguei as fotos do Insta de cada loja, duas fotos lado a lado do que eu mais achei bacana!) Para terminar, eu na minha produção de ontem. Deu trabalho este post viu? Eita, até suei. Se alguém quiser indicar mais alguma loja de Instagram, fala aí nos comentários!

  • O Melhor e O Pior do… Sag Awards 2016!

    Mais um tapete vermelho este final de semana! Chega logo Oscar! Então, dei uma olhada, analisei alguns looks e como sempre, não acompanhei ao vivo pela Tv para checar caimento, postura, brilhos etc e tal. Sei que as vezes as fotos são injustas maaaaaas, es lo que hay. Com certeza faltou alguma (óbvio, sempre falta e sempre me lembram nos comentários) mas não dá pra colocar TODO mundo. Num guento né gente? Mas as que mais me chamaram a atenção foram as seguintes moçoilas: Olha só, da turma que vestiu preto, gostei dessas três. Achei o vestido de Kaley PO DE RO SO, tipo, acordei magra, sou diva, tenho um musculinho marcado na barriga que quero mostrar, mas quero ser chique também. E ficou assim. O típico vestido que a gente quer usar quando está com o corpo em dia, quer mostrar mas longe de um piriguete style. Queen Latifah é o tipo de pessoa que dá vontade de sentar e conversar e rir muito. Gosto dela e acho que ela tem ótimo gosto pra se vestir. É de boa com seu corpo e sabe tirar proveito dele! Amo renda preta com fundo nude e por isso amei o vestido da Rachel que só poderia ser… Ellie Saab. Pra ficar ainda mais linda, prenderia o cabelo. Marisa Tomei chiquérrima de Zuhair Murad. Aliás, acho fino demais manga comprida com decote fundo. Helen Mirren, de Jenny Packham, muito maravilhosa. Quer ser chique igual a ela. Esses dois vestidos são enigmáticos. Daqueles que a gente para olhar e analisar mais detalhadamente. O Gucci de Nicole Kidman é uma COOOOISAAAA! Não achei feio nem achei bonito mas achei tão mas TÃO interessante!!! Parece que ele está desenhado! Não sei explicar rs. O de Brie Larson, para mim, foi um dos mais belos da noite, tanto pela cor quanto pela ousadia e esquisitice dele. É um Versace que ela vestiu lindamente  acertando 100% no penteado e nos acessórios. Gente, não consigo parar de olhar pra Nicole hahahahahahaha Ladies in pink! Sofia arrasante, que chato isso tá ficando. Mulher fique velha, feia, engorde um pouco, sei lá, erre o corte de cabelo porque essa perfeição toda tá cansando hahaha. Cada dia mais linda! E essa cor casou perfeitamente com o tom de pele dela! Diane também foi de pink e também ficou linda. Talvez faltou um bronze, mas mesmo assim, achei bela. Ah o vestido de Sofia é Vera Wang! Curiosidade… será que ela usa cinta ou shortinho modelador? rs É tudo tão apertado e liso aí hahaha Vestidos interessantes! Ellie Kemper de Peter Pilotto e Alicia de Louis Vuitton.  Não gostei de Claire Danes e de Eva Longoria basicamente pelo mesmo motivo: as roupas não favoreceram os biótipos dela. Claire tem pouco peito e usou um vestido com a parte do busto mais escura que o restante do vestido. Escuro afina ainda mais, deveria ser o contrário. Já Eva ficou achatada, o vestido (lindo por sinal mas que não ficou legal nela) encurtou o tórax. Ela é baixinha e o detalhe no quadril ¨puxou¨ ela pra ainda mais pra baixo. E também ficou quadrada.  Para mim, Julianne Moore é uma das melhores atrizes da atualidade mas esse vestido foi uma infeliz escolha. Feio e com cara de barato, mesmo sendo um Givenchy. Já Nassim está okzinha com esse pertinho básico mas o sapato fez questão de arruinar o look todo. Sapato é MUITO importante na hora de montar um look! Scarpin feio, muito fechado e a cor nada a ver com a produção. Nem ia falar tanto, mas empolguei rs. E o que vocês acharam? Alguém mais ficou doida pra ver o vestido de Nicole Kidman de perto?

  • Tem Jeito Decor – A sala da Kelly

    Oi Fufu! Quem acompanha nossas vidas também via Snap ( Futilish e Tiolelofoz ) sabe que a Cony continua linda e que eu estou me lascando esse fds para fazer uma mini reforma na cozinha aqui de casa. Como ainda faltam duas mãos de tinta, e eu não queria deixar vocês sem post, resolvi ressucitar o TJ-Decor. Então pega o lencinho e #vemkotio! ” Querido Lelo, foi num Post mais antigo seu que me dei conta do desastre que é a minha estante. Ela fica na sala, numa parede torta (isso mesmo, não é ilusão de ótica), atrás de um sofá cujas almofadas serão trocadas como você ensinou no primeiro Post dessa série nova. Originalmente haveria uma poltrona no lugar dele, mas como recebemos muitas visitas, acabamos ficando com ele. O que você sugere para melhorar o visual dela? As quatro últimas prateleiras do centro ainda estão vazias. Bjocas e muito obrigada!” Eu estou devendo esse post desde novembro, então, primeiro de tudo, me desculpe Kelly! Kelly, esmo que a estante esteja em uma parede meio bêbada, não acho que ela passe a impressão de ser alcoolatra e tortinha. Como diria Jack, vamos por partes. O sofá, a estante e mesa de apoio em tons escuros, tornam o lugar em um ambiente bem sério. Trazendo novas almofadas, teremos um pouco mais de felicidade nessa sala. 1 – Vou dar uma opção radical: Pintar a estante de branco, colocar um sofá mais leve, num tom mais claro e banquetas modernas (seat garden) como mesa de apoio. Okkkkkkkkkkkkkkk menos sofrimento na… 2 opção: Estofar o sofá numa cor mais clara, tipo cor de toddy =) E pintar a parede ao fundo da estante, de um tom que te agrade. E brincar com alguns objetos, além dos livros na estante. 3 opção: Incluir alguns nichos em branco, preto e mais uma cor que poderia ser combinada com o restante da decoração. Seriam nichos soltos mesmo, como blocos que você “encaixa” trazendo novas profundidades e cores para sua estante. Organizar a estante, independente de qual opção você escolher, é muito legal! Primeiro precisa criar um critério – tamanho, cor geralmente são os mais fáceis. Brinque com a posição, colocando alguns de pé, outros deitados, e inclua quadros, objetos decorativos, cerâmicas, vidros… somente isso já vai deixar a sala mais leve. E não se esqueça do “vazio” precisamos de espaços vazios para tornar o que está exposto em algo especial e de destaque. Vou pedir pra patroa um espacinho essa semana pra escrever o Mi casa, su casa. Estou pensando em falar do carpet, tema tão polêmico no Brasil! Me ajudem, pede aí nos comentários =D   As fotos utilizadas nos posts são coletadas na internet, e só apareceram aqui porque eu gostei, então, parabéns pra você que fez. Respeito muito seu trabalho e os créditos são seus. Se te incomodar a divulgação aqui, mande um email e eu substituo. BêXos.  

  • Dica da Leitora!

    E na sexta! Hoje não perdi o dia rs. Perdi sim, já é sábado :-/ Aff… Dica 01 – Giovanna Sabe aquele meu oxford prata maravilhoso da Zara? Pois é, usei e constatei que ele não machuca os pés. Ele já corta direto. SOFRI viu, mas ok, vai que tem que ¨lacear¨… A Gio achou esse modelo na Zara, um pouco diferente do meu mas tão lindo quanto, por R$ 79! Dica 02 – Juliana Oi Cony! Seguem minha dicas, espero que as leitoras gostem! O 1° é um tênis branco, depois daquele seu post foi impossível não desejar um. Custou 179,90 mas achei o preço válido por ser mega confortável e todo em couro. A marca é Mix Urbanos, vende na Couro Moda e na Saltô aqui em Floripa. As rasteiras são da Couro Moda, comprava 3 pares e ganhava 50% de desconto. Custaram R$ 74,90 a pretinha e a com pedras azuis. Arrasou nas rasteiras! O tênis também tá fofo mas ó, pelo preço (ou um pouquiiiinho a mais), você conseguia um Adidas Adidas mesmo hein! Dica 03 – Mayra Achados MARAVIDEUSOS na promo da Arezzo! Sandália tem que ter de carnaval, LINDA! R$ 83!!! Falo de carnaval porque é coloridona mas é linda linda!!!! Desejei!!! E uma sapatilha verde linda também por R$64. Dica 04 – Thays Dica da Thays e da Karina Oii Cony, somos amigas e suas leitoras assíduas há uns bons anos… você faz parte da nossa amizade, nós amamos o Fufu, os seus posts, a sua autenticidade, enfim, tudo. Finalmente resolvemos mandar nossa DDL e espero que aprove (afinal, nosso gosto é bastante parecido, depois de tantos anos te seguindo não tinha como ser diferente, kkkkk). Ps: as comprinhas foram feitas na C&A do Shopping Iguatemi em Fortaleza e não reparem no amassado das blusas. 1 – A primeira blusa de botõezinhos e com esses detalhes em canutilho é linda, veste muito bem, e tem um bordado ryco (é toda bordada, nas costas também…se não for bordada atrás não vale, né Cony?) R$ 99,99 2 – Saia verde rycooooo! Maravilhosa no corpo, evasê, em mim ficou um pouco acima do joelho. Só achei um número maior que o meu mas depois daquele post sobre a saia verde eu cismei que precisava de uma, vou ter que mandar apertar um pouquinho. R$ 79,99 4 – Blusinha de poá linda, manga flare, maravilhosa e veste muito bem. Claro que compramos igual e tiramos uma foto de par de jarro pra mandar pro Fufu. R$ 79,99 AH QUE LINDAS! Poxa meninas, obrigada! Que carinho!!!! E amei as camisas e a saia! Tá milionária! Um beijo enorme pra vocês viu? Dica 05 – Monique A Monique foi na C&A e fez um achado super bacana para praia! Saída de praia por R$ 59,90! Achei rycah! Dica 06 – Thais Achadones na Santa Lolla de Vitória no ES! Sandália de tiras de R$329,90 por R$131,96, espadrilha de oncinha de R$ 189 por R$ 75,  sandália STQT de R$199,90 por R$79,96 e sapatilha fofa de R$269,90 por R$107,96. ARRASOU nas escolhas! Sabe que amei essa sandália de tiras marrom??? Achei fina! Dica 07 – Magali Mais achados da liqui da Arezzo! Sapatilhas por R$ 79,90! Amei as duas! E que fofa a sacolinha florida! Dica 08 – Nathália A Nath é de Maringá e aproveitou uma visita a Curitiba para fazer uns achadinhos na Forever 21!   E acabou montando um look fofo! Saia de botões por R$ 68,90, camiseta por R$ 53 e bolsa por R$ 100! Dica 09 – Leticia Achado sapatístico na C&A! R$ 89,90 e tem preto também! Achei com cara de sapato caro! Ah e cuidado para não manchar o verniz hein? Guarde sempre numa sacolinha Dica 10 – Camila Achados na Zara! Sandália TQT por R$ 59 e lenço por R$ 39! Baratex e atemporais! Dica 11 – Tania Oi Cony!!!! Tudo bem???? Depois de muitos anos acompanhando seu Blog,resolvi dar a minha colaboração… Sou aquela que sempre acompanha mas nunca comenta. Amoooo seu blog, a forma como escreve e se expressa e posso te falar que existe uma Tania antes do Futilish e depois do Futilish! Então vamos lá….e largar o blá blá blá!!!!! Fui ao shopping comprar tenis para meu filho e acabei saindo com esses achados!!!! Manda beijo pra ele, se chama Enzo…. 1 – Jaqueta na Marisa, de 189.00 por 69,00 2 – A calça boyfriend rasgada e jaqueta básica não foi bem um achado, mas eles estava na minha wishlist de presentes pra mim mesma, eu mereço! Acalça por 119,00 e a jaqueta 139.00, ambos da Renner. 3 – Tênis All Star. Estava louca por um branquinho pra chamar de meu, R$ 149.00 BEIJO ENZO! E ótimas compras Tania, AMAY essa calça! Dica 12 – Flavia Bolsa SUPER NECESSÁRIA na Zara! R$ 139! Eu quero! Dica 13 – Amanda Oi Cony, tudo bem? Espero que ainda esteja em tempo de participar do DDL desta semana. A minha dica serve mais como um aviso de utilidade pública para as leitoras daqui de Porto Alegre… ontem à noite estive na Zara do shopping Iguatemi e tive a grande felicidade de descobrir que a loja está toda em queima de estoque até esse domingo, dia em que fechará para reforma. Depois disso só reabrirá em abril junto com a inauguração da expansão do shopping, com direito a mais 1000 metros quadrados de loja, além de uma Zara Home. Portanto, quem for aqui de POA e quiser aproveitar, corra pq só vai até domingo! Os meus achados foram estes: uma bata preta e brilhosa musa que veste perfeitamente no corpo (e o melhor: de R$ 189 por R$ 59!), uma blusa listrada Cony Style e uma pretinha básica daquelas indispensáveis. Ahhh, também têm calças jeans lindíssimas por R$ 79, só não comprei por já ter calças demais no meu guardarroupa hehe. Beijos! Fica a dica pras meninas de Poa! Dica 14 – Dandara Olá Constanza! Meu nome é Dandara, sou baiana mas moro em Recife desde 2013! Então, com esse início do ano, muitas lojas entraram em promoção, daí que eu fiz um achado SENSACIONAL na loja online OQVestir. Final de 2015, fui na loja física da FARM e experimentei meus achadinhos, ficaram lindos, mas não levei. Acontece que eu tinha acabado de voltar de férias (25 dias na Alemanha e Áustria) daí tu sabe né? com esse valor absurdo do Euro, acabei tendo que poupar em compras de fim de ano.  Na loja física o vestido vermelho custava 269 dilmas e o Macaquinho rosa custava 239 dilmas (não tenho muita certeza). Voltei pra casa, mas os danados do vestido e macaquinho não saíam da minha cabeça. Uma semana depois volto na loja só pra namorar eles mais um pouco e graças a Deus já tinham sido vendidos!!! Uns 15 dias atrás recebi um email da OQVestir falando das promoções, quando entrei no site e vi que a Farm também tinha entrado, corri lá pra conferir. E qual não foi a minha surpresa???? O Vestido vermelho por 149 dilmas e o Macaquinho rosa por 129 dilmas, coloquei no carrinho e comprei! A loja OQVestir é super confiável, os produtos chegaram antes do previsto e tudo bem embalado. Agora tô só esperando o carnaval, lá em Olinda, pra frevar e subir as ladeiras! Um beijo e bom carnaval!! Eu AMO comprar no OQVestir! Chega tudo rápido, tem promoções boas, é tudo de bom! Dica 15 – Gabriela Oi Cony, é a primeira vez que participo do DDL, mas sempre quis participar só que tinha preguiça de tirar as fotos e quase nunca faço super achados. Dessa vez resolvi juntar os últimos, e um de dezembro. Todas as compras foram feitas em Juiz de Fora-MG Conjunto blusa e calça de viscose, super fresquinho e confortável azul e branco R$40,00 (O CONJUNTO) na loja Mundo Mix em JF, uma lojinha que de fora você não da nada por ela, mas tem muita coisa legal e barata. Comprei em dezembro. Saia listrada R$39,99 na Marisa comprada no dia 25/01 Bolsa caramelo R$69,90 na Leader comprada dia 26/01 Amei muito tudo mas mais ainda o conjunto! Bom esse DDL hein? Muito obrigada a quem participou! Se quiser enviar ao seu achado, mande um mail para constanza@futilish.com, com foto BOA, nome da loja e valor que pagou! Ah e no assunto, DICA DA LEITORA!

  • O Melhor e O Pior do… Baile da Vogue 2016!

    CHEGAY! Demorei mas apareci! Hoje tive um dia bem cheio (e todinho registrado no Snapchat, me segue lá FUTILISH) e só agora parei em casa para comentar o tão esperado Baile da Vogue. Por coincidencia, ontem fiz uma maquiagem de carnaval com a Fairuze, do Menu De Maquiagem aqui em BH e postei no Snap e no Insta com a #bailedavogue, mas era só brincadeira mesmo. Obrigada a quem elogiou a make e pediu pra ver o look rs, quem sabe um dia né? Chooooooora recalque. Ah, o tutorial da make estará aqui no Fufu semana que vem ok? Bom, o Baile da Vogue deste ano teve como tema Africa Pop, e novamente, teve gente que foi conforme o baile e outras que estavam mais por fora do que eu. Vejamos: Camilla Queiroz, vestido bonito, acessório bacana, mas tudo muito ¨normal¨. Tudo bem que não precisa pirar o cabeção tipo a Sabrina Sato, mas uma ousadia a mais pode e deve né? Carol Bittencourt, vestido UÓ, não sei como fica em outros ângulo mas nesse da foto, achei terrível. Parece vestido do Aliexpress que fica super sexy na modelo mas na verdade não passa de uma trágica criação amadora. Adriane Galisteu foi no tema! Palminhas pra ela! Mas não gostei da fantasia. Juliana Paes foi de Iemanjá, ou pelo menos de algo bem parecido. Gostei, achei temático. Luciana Gimenez foi de Jennifer Lopez. Simpatizo com ela. Acho natural e nada forçada. E exxxxxxxperta. Mas gata mesmo foi a Thaila Ayala. Aliás, por Deus do céu que não acho ela linda maravilhosa, mas ela é linda maravilhosa. Dá pra entender? A mulher tem uma postura, um carão, uma vibe que deixa ela deusa. Igual o look que usou no baile. Taís Araújo marromeno, mas acredito que ao vivo estava bonito. Tici Pinheiro de zebra Africa Pop. O engraçado desse baile é que os temas nem sempre são respeitados, ou então as pessoas incorporam total. Acho que o ideal é o meio termo, um pouco ousado. Complicado. Mirella Santos não quis se esforçar muito, apenas se preocupou da cabeça. Gio Ewbank linda, mas o vestido era meio dama antiga… da África talvez. Carol Celico cheia de caras e bocas. Tá sexy AND diva. Pra mim, quem arrasou total foi Thassinha. Linda, impecável (sempre, como pode?), corpitcho mara, acessórios perfeitos. Ela não errou em NADA! Total Baile da Vogue e total Africa Pop! Camila Coutinho também estava linda e também Africa Pop. Eis a linha tênue do acertar o look nesse baile. As duas estão fiéis a proposta e com a ousadia necessária. Completamente o oposto dessas três aqui: Elle Jabour, Emanuela de Paula e Grazi. Quem sem ¨gracice¨ foi essa? E a mais esperada da noite, Sabrina Sato! Ano passado ela tombou e chocou com aquela fantasia de Crazy Horse mas este ano… não curti. Tá africana, tá goxxxxtosa, tá carnaval, mas sei lá, não me convenceu.  E aí? Me contem o que acharam!!! Teve mais gente que não coloquei aqui, se quiserem citar pra gente papear nos comentários, fiquem a la vonté!

  • Desejo Dourado

    A cada post vocês vão me conhecendo um pouco mais né? Pois é. Hoje vou falar de um desejo antiiiiiiigo que tenho e que sempre que vejo, namoro, pego na mão, suspiro e não compro: talheres dourados. Acho de uma riqueza e uma chiqueza tão grande que é um item permanente na minha wish list. TODA SANTA VEZ que viajo, olho um jogo desses mas desisto, seja pelo tamanho e peso da caixa (minha mala sempre tá cheia…) ou pelo valor. Já pensei comprar ¨picado¨ na Zara Home, mas nem sempre vou na loja e quando vou, ou tem garfo mas não tem faca, sacomé né? Um dia vi no shopping um faqueiro maravideuso, dourado fosco, de linhas retas, uma coisa de tão imponente mas custava R$ 1800. Não sei se o preço é por aí mesmo, mas que assustei, assustei. E continuo sem meus talheres dourados… Pode saber! O dia que tiver meu faqueirinho dourado, farei uma mesa listrada tipo essas aí de cima! MY FACE! Foge to comum né? É de impressionar até aquela tia chata que repara em tudo. Alguém tem? Faça inveja, faça…

  • Serenity

    Ano passado a Pantone avisou que a cor do ano seria o Rosa Quartz, lembram? Daê que passou uns dias e pela primeira vez, a Pantone anunciou a SEGUNDA COR do ano! Além do rosinha, o azulzinho Serenity também será top em 2016! Mas não é bem um azul bebê, um celeste… É um azul com um tico de violeta, de lilás, de hortênsia. Eles acharam que as duas cores se complementam e transmitem paz e bem estar. Quer saber? Concordo. Esse tom de azul muito me agrada! Agora já sabem o nome dele: SERENITY!

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    É, não teve jeito. Com uma mini aparecidinha do CQETE na semana passada, já recebi novos desabafos e pedidos de conselhos. Acho que nem são assim, conseeeeelhos, mas as meninas querem conversar, ouvir opiniões. Vamos pro Chora de hoje. 01 – Rachel Oi Cony, já pensei em escrever mil vezes, mas sei que mil pessoas que tbm mandam e acabava desistindo… quando li esse último chora, acabei me animando… espero que tu possa me dar uma luz, pq tá fod*. Não tive nenhuma luz que possa me ajudar, e digo os motivos no fim. Tenho 22 anos. Conheci meu namorado com 19, em uma viagem de férias que fiz com mais 3 amigas. Fiquei com ele e mais 3 caras, mas nunca tinha sentido o que eu senti. Era frio na barriga, misturado com paixão, algo sinistro. Ficamos numa festa, no segundo dia já saímos de grupo ( ele chamou os amigos e eu as minhas amigas), e na 3° vez transamos ( isso em menos de 10 dias). Ele voltou do carnaval um dia antes do planejado pra me ver antes de ir embora, e saímos de novo. Quando voltei pro RS mantivemos por 2 meses diálogos e mais diálogos, até nos encontrarmos novamente, e começarmos a namorar. Tivemos alguns problemas no meio do caminho. PRIMEIRO: Logo que eu cheguei,da viagem do Rio descobri que ele tinha uma namorada- sim ele estava NAMORANDO, enquanto ficamos, saímos, transamos, e inclusive viajou com ela no carnaval. Eu fiquei puta na hora, mas continuei conversando pq realmente era muito legal, e pq eu não tinha nenhuma expectativa, nenhuma. Tanto que mesmo namorando, eu ainda mantinha conversa com alguns caras, nada demais- mesmo. Pra mim o fato de estar namorando era só um rótulo. Só que um dia, no meu aniversario ele viu uma conversa com um guri tbm do Rio, e perguntou se tinhamos ficado – eu disse que não -mas menti. Menti pq não queria que ele soubesse dessas coisas da minha vida, não era pra ele saber de nada… enfim! Menti sobre outras coisas assim como ele tbm mentiu. Ele um belo dia descobriu, eu resolvi confessar essa história e fim. Ele confessou as gurias que ficou – enquanto ainda não namorávamos e eu não e por isso ele joga na minha cara isso toda santa briga ( que as mentiras ele descobriu e etc). Mas ele decidiu me perdoar, então bola pra frente. Um ano e meio namorando a distância, ele realmente fazendo muita questão de sempre nos vermos, de comprar passagens – pq eu não tinha condições de manter esses gastos-  planos pra lá e planos pra cá, vim morar com ele, e moramos juntos há um ano e meio. No primeiro mês morando juntos, tivemos uma briga por causa de uma dessas “mentiras”, terminamos tudo e eu realmente ia voltar, ele confessou várias coisas até já que estavamos terminando e tal- mas nada que tenha ocorrido “enquanto namorávamos”. Eu falei de tudo, nos perdoamos e eu botei uma pedra no passado. Vim pro Rio pro causa dele. Terminei a faculdade e vim. Sem amigos, sem emprego, sem nada. E continuo sozinha, desesperada. Não vou a barzinhos, a festa pq simplesmente não tenho companhia.A única amiga que fiz mesmo, é do interior de MG, uma cidade que sempre vamos pq a família tem casa lá. No Rio, as unicas meninas que conheci foi num encontro de blog, que eu num ato desesperado decidi ir sozinha mesmo, pq tava muito tenso. Ele não faz questão de ver os amigos, de marcar nada – não sei se é coisa de carioca mesmo. Eu ja conversei sobre isso varias vezes achando que o problema era eu, que ele não faz nada porque sou eu e tal. Prefere ficar em casa, fazer uma janta, ver filmes…maseu sempre fui bem rueira, cheia de parceria pra fazer as coisas. Trabalho na empresa dele pra tu ter uma ideia – sou formada em Adm Publica e fiquei 3 meses procurando emprego sem sucesso. Fiz entrevista pra loja de shopping, mas na empresa dele precisavam de uma menina, pagavam bem, de segunda a sexta e poderia ver a minha familia, foi o que pesou. Nosso namoro mudou, ele nunca perde a oportunidade de me avacalhar, fazer piada comigo e tudo mais, e isso realmente mexe com a minha auto-estima. Já falei sobre isso com ele, mas ele acha bobagem.Em todas as brigas ele joga tudo na minha cara, eu sou sempre a errada, a culpada, a tudo. E apesar de não pegar nada explícito, sinto que ele me traiu algumas vezes (teve um episódio em julho que não sai da minha cabeça) EPISÓDIO: era aniversario de uma amiga dele e eu não fiz muita questão de ir pq tava trabalhando bem longe. Beleza, ficamos nos falando numa boa, ele chegou no bar e nos falamos, e eu fui ate ver um filme. Depois disso ele nunca mais me respondeu. Eram 1h30 da manhã, e nada dele aparecer em casa, liguei mil vezes, liguei pro bar que tinha fechado as 00h00 e nada, liguei pra casa da mãe dele- ele podia estar lá, e nada. Liguei pra amiga dele e nada dela me atender. Nada de nada. Até que acordei a casa da minha sogra, desesperada, eram 3h da manhã, e eu realmente achei que tinha acontecido um acidente. Ele me liga dizendo que tinha vindo dormir no escritório- que era mais perto do bar- já que ia ter que vir pra cá de manhã cedo mesmo. Eu nem preciso dizer que fiquei louca da vida, mandei ele nem aparecer mais e ficar por lá. Só que ele voltou pra casa, e sabe o que ele fez? Jogou na minha cara que eu tinha saído com os meus amigos em POA, e um dos meninos que eu já fiquei e ele odeia tava lá ( esse menino foi quase meu namorado e tem uns poréns com ele, mas a ultima vez que ficamos foi em 2012). Ou seja: INVERTEU O JOGO. Depois numa mais falamos disso, mas isso não sai da minha cabeça. Voltando… Essa minha amiga de MG é a unica menina que eu falei sobre esse assunto, só que, ela é bem amiga dele, há quase 10 anos, e já me disse que pra ela é “anti-ético” da parte dela me contar qualquer coisa sobre ele. Mas ela me deu várias indiretas – inclusive que ele já levou alguem pro nosso apartamento enquanto eu estou em POA-, ou até quando diz que vai na visitar a mãe dele ( ela me perguntou: tu nunca foi atras, pra ver se ele realmente ta lá?) Eu não sou de fazer isso, ODEIO isso. Já peguei o celular, e vi uma conversa com uma guria, que ele diz que ficou muito antes de comecar a ficar com a ex. Mas não sei. Ficamos dias, até duas semanas sem sexo, e eu te confesso que é por falta de vontade minha procurar, e outras por orgulho tbm. Já tentei falar com ele sobre isso, mas ele inverte o jogo – usando aquela desculpa que eu contei no inicio sabe? Sempre usa uma desculpa. E sempre inverte. Inclusive uma vez peguei ele falando isso pra um colega de trabalho que tava com problema com a namorada. Eu não sei mais o que fazer, to procurando outro emprego – pra começar, estudando pra uns concursos pq realmente não quero trabalhar em comércio e ficar sem ver a minha familia, vai ser muito pior. Aqui pelo menos de 2 em 2 meses eu to lá, saio com as minhas amigas e tudo. Eu amo ele, e sei que ele tbm gosta de mim, ele já demonstrou isso, mas como a minha amiga de MG diz ” ele te ama demais, mas do jeito dele”. Já tentei perguntar pra ela, pra ela pelo menos me confirmar se realmente algo aconteceu, mas ela nao falou nada, mudou de assunto e eu até fiquei de meio de cara. Não sei mais o que fazer, com quem falar- minhas amigas e minha família não vão ser imparciais sabe? Por isso corri pra cá, pq preciso de uma opinião, uma luz, de alguém imparcial. Eu tenho os meus problemas e defeitos, sou geminiana, mudo de opinião toda hora. Só que isso das brigas, eu penso que se perdoou tá perdoado, bola pra frente. Sempre fui uma menina vaidosa, pra cima, que via o lado bom de tudo, mas ando me vendo infeliz… e são pelas atitudes, e não pelo todo. Eu admiro muito ele. Como homem mesmo. Ele é inteligente, tem um pensamento sobre a vida muito irado, e aprendo muito. Mas não vejo ele me vendo como mulher sabe? Talvez o que falte é uma mudança de atitude minha… não sei Eu não sei se o que eu quero é um motivo pra terminar, ou pelo menos a chance, de saber de tudo, e poder perdoar ou não… mas não sei mais o que fazer. Desculpa pelo texto gigante… Menina, só você que não quer ver né? Perdi o número de traições que você contou e pelo jeito ele continua te traindo. Olha o que amiga dele te falou! Ele NÃO está te respeitando, tá sendo um belo sacana afinal você saiu da sua casa, da sua cidade, tá longe da sua família pra morar com ele e o bonito ainda te acha culpada de tudo? Joga tudo na sua cara? Inverte o jogo sempre? Olha… se eu fosse você, me afastaria logo. Pede um tempo e vai ficar no Sul. Sei lá, acho que por você estar morando com ele, inserida 100% no mundo dele, cercada pelos ataques dele, isso te cegou e você não está conseguindo enxergar direito a situação. Leia você mesma seu relato… A resposta ta aí. 02 – Monica Oi, Cony! Resolvi mandar esse email porque estou passando por uma situação muito complicada no meu relacionamento, mas quando converso com alguém sobre isso todos dizem que isso é bobagem minha… Porém, acredito que você vai me entender. Tenho 28 anos, namoramos há mais de 9 anos e estamos noivos há pouco mais de 1 ano. Nos conhecemos muito jovens, no cursinho pré-vestibular. Ele é demais, um querido, meu companheiro, amoroso, nos damos bem na cama, ele sempre está ao meu lado nos momentos de alegria e tristeza, me apóia em tudo. Amo ele. Ainda não começamos a ver as coisas do casório por questões financeiras. Desde sempre na minha vida, eu nunca quis ter filhos. Amo minha vida, minha liberdade, sou apaixonada pelo silêncio e por longas noites de sono bem pesado… Apenas a idéia de uma gestação me deixa depressiva. Minha meta na vida é viajar. O mundo. Quero conhecer tudo o que o mundo tem de melhor para oferecer, conhecer e viver novas culturas… Além disso, minha carreira é difícil, leva anos para se formar completamente, já estudo há 10 anos e tenho pelo menos mais 4 pela frente. Sempre deixei isso bem claro para ele e tudo normal. Mas eu também sempre soube do desejo dele de ser pai. Resumindo, nunca ninguém mentiu para ninguém. Ano passado, os pais dele se separaram depois de quase 40 anos juntos e como os irmãos dele já são casados, quem sofreu mais com essa ruptura foi ele. De repente, acredito que por estar sofrendo pelo lar desfeito, ele começou com uma neura de que eu precisava ter filhos com 35 anos… #soquenao. Eu continuei absolutamente irredutível. Além de que, o corpo é meu, a vida é minha, quem decide sobre o meu útero sou eu. Até fez brincadeiras de que iria trocar meu anticoncepcional por pílula de farinha. No fundo, ele e todo mundo, sempre pensou que eu acabaria mudando de idéia, que o “relógio biológico” iria despertar. Mas essa não é a realidade. Isso fez com que, inconscientemente, eu acabasse me afastando dele, tentando me proteger daquela idéia. Eu não tinha percebido isso e para mim, tudo estava ok… Até que há 1 mês tivemos uma grande briga, por esses motivos e eu passei a me questionar muito sobre o futuro do nosso relacionamento. Consegui me reaproximar dele, estamos bem novamente, mas aquele elefante branco permanece sempre na sala… Após a briga, conversando sobre nosso futuro, ele me disse que preferia ficar comigo e esquecer a história de filhos, e que isso seria um plano para daqui a muito tempo, que não poderíamos resolver isso agora. Isso me deu alívio e esperança. Porém, sempre que esse assunto surge de alguma maneira, ele fica esquisito, com os olhos cheios de lágrimas. Não quero que ele seja infeliz ao meu lado. Sinto que ele está machucado. Eu não sei se com 40 anos eu vou querer ser mãe, depois de ter realizado os meus sonhos pessoais, mas sei que agora eu não quero e que a possibilidade de eu nunca querer mesmo ter filhos existe e é grande. Todos dizem para eu deixar as coisas fluírem, que a vida tem maneiras peculiares de fazer as coisas seguirem seu caminho. Mas eu sinto que preciso resolver isso. Amo ele, não quero terminar (não posso nem imaginar ele com outra pessoa). Mas também não quero ter um filho só para realizar o sonho dele (ele nunca me pediu isso). Preciso de ajuda. Obrigada. Ai Monica, como te entendo. Me vi na sua frase ¨Amo minha vida, minha liberdade, sou apaixonada pelo silêncio e por longas noites de sono bem pesado¨. Você me descreveu, fora o fato de querer desbravar o mundo rs. Sua situação é bem tensa e alguém vai ter que ceder, caso queiram ficar juntos. Isso sempre, sempre será um problema e se você está certa da sua decisão e ele continuar com a vontade de ser pai, não vejo um bom futuro para sua relação Olha só, eu namorei muitos e muitos anos com uma pessoa, ele era louco para ter filhos e eu nada… Sempre esperando o tal do ¨clic¨ do relógio biológico me despertando para ser mãe. Os anos se passavam e nada do clic. Fui ficando desesperada pois não me via sendo mãe, não queria mudar minha vida mas via a vontade dele. Até que um dia isso pesou tanto, mas tanto (junto a outras coisas mas esse assunto de ter filhos era grande demais para mim) que o namoro acabou. E sabe de uma coisa? Me senti aliviada! Finalmente não teria essa pressão na minha vida e não seria responsável pela frustração de outra pessoa. Ter filhos ou não é uma decisão MUITO séria e se os dois não pensarem igual, dificilmente dará certo. 03 – Phoebe Bom, há um ano conheci o boy (prefiro não citar nomes para não nos expor) e eu o achava muito legal, muito divertido, educado e… presepeiro!! Por isso, o levava na brincadeira, conversava, chamava pra ver jogo de futebol, ir para a balada, mas nada além disso. Ele é mimadissimo, queridinho da mamãe que sempre teve tudo na mão e não sabe o que é o esforço de se batalhar por aquilo que se deseja. Tudo tem que ser do jeito dele, da forma que ele quer e ai de quem reclamar! Ao mesmo tempo, ele é extremamente educado, adora cuidar de mim, preocupado, uma excelente companhia e a pessoa que faz meus olhos brilharem (ai que brega). No meio do ano passado, a mãe dele pediu o divórcio repentinamente. Com isso, o pai desistiu de tudo, largou a empresa da família e ele teve que assumir as rédeas num período de crise. Além disso, vi o sofrimento dele com a quebra do núcleo familiar. Ele é canceriano, super família e move o mundo pra ver quem ele gosta feliz. Nesse tempo, ele sempre conversou muito comigo e acabamos nos aproximando. Percebi que ele teve um amadurecimento muito grande em um período de tempo e, em relação a mim, percebi que finalmente tinha deixado de gostar do meu ex, porque havia me apaixonado pelo boy. Diante disso, resolvi finalmente transcender a friend zone e hoje estamos em um relacionamento. Digo relacionamento por não saber como rotular esse vínculo. Nós nos encontramos sempre, ele frequenta o meu ambiente familiar, eu frequento o dele, nossos amigos torcem bastante pelo relacionamento e acham que a gente combina muito. Trocamos muitas experiências profissionais, conversamos sobre TUDO, nossas famílias apoiam muito e fazem questão de que estejamos juntos. Tudo lindo, né? Só que não. Ele é muito carinhoso e muito atencioso se eu deixo ele livre. Se eu tento programar algo para um final de semana, por exemplo, ele dá um jeito de se mostrar solteiro. Nesse tempo, já viajou pra Camboriú umas 6x, Vegas, Cancun… Enfim.. Um dia fui reclamar que queria ele mais presente e que eu pudesse ter mais liberdade de demonstrar o meu carinho. Ele se rebelou, disse que era um espírito livre, que eu e nem mulher nenhuma jamais mandaríamos nele. Disse que eu sou maravilhosa, inteligente, que ele adora estar comigo, mas que eu mereço uma atenção que ele não pode me dar, porque está muito preocupado com os problemas da empresa e triste com o divórcio dos pais. Naturalmente, eu me afastei. Acontece que ele se reaproxima sempre, me mima, demonstra carinho, preocupação e felicidade em estar ao meu lado. Então, eu permito que ele entre na minha vida. Geralmente, estamos sempre fazendo ou programa de casal, ou balada com amigos, ou jantar em família. Só que eu não posso sugerir ou programar nada que ele sai voando. Além disso, um dia mexi no celular dele e vi que ele tem Tinder, que conversa com váááárias piriguetes (mas piriguetes mesmo, do estilo web porn) que conhece nesse aplicativo por mensagem, mas não conhece nenhuma pessoalmente, porque está comigo. Eu não entendo o que acontece, porque ele tem tanto medo de assumir que está namorando, se é isso o que eu sinto em relação a nós. Afinal, ele me assume para todos, menos pra ele mesmo. Acho isso muito desrespeitoso, não sei se para ele isso funciona como uma pornografia qualquer. Também não entendo o receio de assumir o compromisso que me deixaria tão feliz (afinal, ele faz muito para me agradar) e também porque eu não posso sugerir ficarmos juntos. Às vezes, penso em jogar tudo pra cima. Aí eu penso que é só um rótulo e que não existe a necessidade de tirar o homem que eu amo por causa disso. Por isso, peço-lhe, por favor, uma sugestão! Eu e minha psicóloga debatemos bastante, e por enquanto, eu fico na minha e deixo fluir. Vc poderia me dar uma opinião de amiga? Amiga, vocês estão em vibes diferentes. Só o fato dele estar no Tinder PARA MIM seria decisivo para um afastamento total. Ele tá na dele, solteirão e te tem quando quer brincar de namoradinho. Tá errado? Talvez não, afinal ele não te prometeu nada e você é que tá passando um filme de que estão num relacionamento. O rótulo existe SIM e acho importante ter isso claro. Ou são namorados e agem como tal, ou são apenas ¨rolinho¨ e se tratam como rolinha  Trate-o como peguete, se afaste um tempo, não dê tanta atenção, não force a barra. Pode ser que ele mude a vibração dele e queira namorar, mas no momento, ele está em outra. Vai pra vida você também, não se doe tanto para alguém que não se doa para você. Você tá namorando sozinha. Uhhhhh, tenso hein? Agora é a vez de vocês aconselharem essas meninas! Homenagem a Friends rsrs

  • Mais um Tênis na Wishlist

    Ah sério… não dá mais. Depois que comecei a usar tênis street no meu dia a dia não consigo mais lembrar da época que acordava e já subia no salto. Tenho o quarto abarrotado de sapatos de salto, de todas as cores e todos os modelos, mas só de pensar em usar me dá uma fisgada na coluna hahahaha. Sem dúvida nenhuma, usar tênis é infinitamente mais confortável e depois que aprendi a usá-los com looks mais estilosos, não quero saber de outra coisa. E mais, quando saio arrumada e de tênis, me sinto A fashionista rs. Engraçado né? E com um item tão bobo e que até então eu não dava bola nenhuma. Tenho vários New Balance, um monte de Converse, outro monte de Superga mas agora só quero saber dos Adidas. Por enquanto tenho dois: o Stan Smith (que já mostrei aqui) e o Supercolor roxinho do Pharrel Williams (que também já mostrei aqui). Meu novo desejo? O Adidas Superstar branco com as listras pretas. Mais clássico impossível. AH MAS COMO QUE USA? Miga, se joga nas cores neutras que ó, fica capa de revista. E revista de moda. Gringa. Com vestidinho branco… Com saias… Com short numa pegada mais social… Ou com short mais esportivo… Com calça jeans, camiseta branca e trench comprido preto… Pro verão, com jeans rasgado e regatas pretas ou brancas… Look total black… Com calça social (alfaiataria) preta… (Gente, como não amar um tênis que fica bem com alfaiataria? Me diz?) No combo cinza, jeans, preto e branco… Com cores claras também fica lindo! E ainda encara uma Fashion Week lindamente! Que tênis mega versátil é esse gzuis??? Se eu já queria um antes deste post, agora eu PRECISO URGENTEMENTE! Mas… não acho o bendito em lugar nenhum. Hoje rodei o shopping e em toda loja era a mesma coisa: esgotado. Na internet? Também não achei Acho que nem preciso de muito pra convencer que esse Adidas Superstar clássico é o Tem Que Ter dos tênis né? Se alguém souber onde tem, conta baixinho aqui pra mim…  

  • Para Treinar Pro Findi: Ombré Lips

    Acho que já falei sobre isso por aqui mas não da forma que falarei hoje. Desde que fiz aquela make super bapho pro Halloween do ano passado (se não viu, dá uma olhada AQUI) que eu não tiro da cabeça a vontade de tentar fazer um ombré lips. Explicando melhor, passar batom em degradê. Por mais que possa parecer coisa de drag queen, juro que fica LINDO! Obviamente, nas devidas proporções do bom senso. Não falo de um degradê intenso, mas algo sutil, leve e que ainda dá a impressão de uma ¨inchadinha¨ nos lábios. Procurei no Pinterest inspirações e tutoriais para aprender, e é bem simples: primeiro neutraliza os lábios com corretivo, depois delinear com um lápis mais escuro, esfuma, e em seguida preenche o centro dos lábios com um batom de cor mais clara. O uso do pincel é necessário para fazer o desenho ficar bonito! A intensidade do ombré vai depender do seu gosto. Se quiser mais intenso, é só usar tons mais distantes de lápis e batom. Esse magenta tá uma LOUCURA!  Apesar de eu não usar essas cores normalmente, também achei bem lindo. Como pode ver na foto acima, foram utilizados lápis tanto para delinear quanto para preencher. Esse MUITO me agrada e é o que tentarei fazer! E perceberam como os lábios ficam mais cheios? Aqui uma técnica diferente, e ainda usa gloss no final para aumentar ainda mais os lábios. Muito perfeito né? É treino gente, muito treino. Vou correr ali ver quais cores de lápis que tenho para achar o batom ideal para o ombré! Alguém já tentou fazer? (Todas as fotos foram retiradas do Pinterest )

  • Lápis de Cor

    Vocês viram minha arrumação das maquiagens né? Mostrei meu carrinho novo AQUI e também no Snapchat (segue lá, futilish). Daí que ficou MUITO mais fácil achar minhas coisas e inclusive ver o que mais uso e o que não uso de jeito nenhum. Também foi ótimo para redescobrir maquiagens perdidas, coisas que nem lembrava que tinha. Vou tentar fazer alguns swatches aqui dos meus produtos, pelo menos enquanto parar em casa, vou tentar fazer ok? Hoje vou mostrar meus lápis de olho coloridos! Na verdade separei meus lápis em 4 grupos: os pretos, os coloridos, os amarronzados e os nudes. Queria ter feito dos pretos hoje, mas o que mais amo (quem me conhece sabe qual é, quem não sabe, aguarde rs) ficou na casa do meu namorado, então assim que reunir todos os pretinhos eu mostro aqui. Vamos de cor! Os azuis: 01 – Clinique – Intense Cobalt 02 – MAC – Navy Stain 03 – Urban Decay – Deviant 04 – Sephora – Azur Blue 05 – Urban Decay – Electric 06 – MAC – Fly By Blu (na minha opinião, o mais maravilhoso) 07 – Lancome – Teal Os verdes e outros: 01 – MAC – Undercurrent 02 – MAC – Bankroll 03 – Urban Decay – Covet 04 – Urban Decay – 1999 05 – Urban Decay – Lust 06 – Urban Decay – Lucky 07 – Laura Mercier – Black Gold Prontinho, quem viu no Snap eu mostrando as cores e ficou doida pra saber qual eram, ta aí! Podem sugerir os próximos swatches: batons vermelho, vinho, nude, sombras, blushes???

  • A Ave Rara da Moda – Iris Apfel

    Por favor, leiam este post até o final. Todo, mesmo se o assunto não for de seu interesse… Tenho certeza que acrescentará um pouquinho de cultura fashion que em algum momento poderá servir. Ontem assisti pela segunda vez um documentário maravilhoso que está no Netflix, sobre Iris Apfel. E pretendo assistir sempre, olhar para cada canto da tela e tentar absorver algo mais dessa maravilhosa mulher. Pera, não conhece? Essa moça aqui ó: Iris Apfel, nova-iorquina, 93 anos. Iris é a mistura exata de moda, decoração e arte. Nova-iorquina, nascida Iris Barrel no Queens, sempre esteve inserida no mundo da moda e do design. Sua mãe tinha uma boutique e ela se formou em História da Arte na Universidade de NY. Se casou com Carl Apfel em 1948 e pouco tempo depois montaram uma empresa de tapeçaria que existiu até 1992. Ela foi responsável pela decoração da Casa Branca várias vezes (acompanhou 9 presidentes!), viajou o mundo inteiro ao lado de seu adorado Carl sempre buscando novidades e fontes de inspiração. O documentário conta um pouco de sua vida, do seu cotidiano, da sua energia e vontade de sempre estar trabalhando. Também conta da escolha de não ter filhos (ela optou pela carreira e pelas viagens… imaginem esse tipo de decisão para uma mulher de sua época), Iris diz ser uma das primeiras americanas a usar calça jeans (ela conta como teve que insistir para conseguir uma. E ama jeans até hoje!), Iris também reclama da atualidade do mundo moda, onde segundo ela não há nada de novo, onde os estilistas não criam mais, não costuram mais, apenas reinventam o vintage alterando poucas coisas. Iris gosta do excesso e é completamente contrária a idéia de que menos é mais, para ela, quanto mais melhor. Iris adora pechinchar e compra suas peças onde achar interessante. Pode ser num brechó, numa feirinha de artesanato, num mercado de pulgas ou numa boutique grifada. Iris é dona de uma das maiores coleções de bijuteria de alta costura do mundo! Iris gosta do colorido e diz que as cores ressuscitam os mortos. Descreve os nova-iorquinos do ¨centro¨ como uniformados, afinal só vestem preto. Iris prega a individualidade e ela nunca, jamais criticará a roupa de alguém. Afirma que é melhor ser feliz do que bem vestido. Iris acredita que temos que nos vestir para aparecer, para mostrar que chegamos a um determinado lugar. Gosta da improvisação e não gosta de nada combinando… vai jogando tudo, peça sobre peça, brincando para ver o que sai. Iris garante que o bom de ir para um festa ou evento, é se arrumar, não é a festa em si! E afirma que acessórios transformam qualquer roupa e não se preocupa com o tamanho deles. Cheia de personalidade hein? Quando jovem, ouviu de uma famosa empresária que ela não era bonita. ¨Você não é bonita, você nunca será bonita. Mas você tem algo muito melhor. Você tem estilo¨. E acham que ela se abateu com isso? De jeito nenhum. Inclusive diz não gostar das ¨bonitinhas¨ pois quando envelhecerem irão perder a graça e ficarão esquecidas. Mas a estilosa sempre será estilosa e sempre será lembrada. Iris sabe que chama a atenção e é o que sempre quis. Sua arma é ser diferente. Ser a ave rara da moda. Iris e Carl Iris tem estilo. Nunca vi alguém traduzir tão bem o ¨ter estilo¨ quanto ela! Já fez parceria com a MAC, já tomou conta de toda a ala fashion do MET com uma exposição feita com suas peças, fez parceria com grife de óculos, virou estampa de Ralph Lauren, foi inspiração de Jimmy Choo, lançou produtos com seu nome… ela simplesmente não pára!  E é sábia. Muito. Frases de Iris: Mulheres mais velhas não devem exagerar no make. Aves antigas não devem querer parecer passarinhos primaveris. O meu estilo é baseado em jóias, batom com muito brilho e óculos escuros. A idade é apenas um número. Não é porque ficamos mais velhos que a vida deixa de ser surpreendente e interessante. Vista-se para você mesma. Vista algo que diga: Ei, eu estou aqui! More is more and less is a bore. (Mais é mais e menos é chato) Quando você não se veste como todo mundo, você não tem que pensar como todo mundo. Para ter estilo, você precisa saber quem você é. A pior coisa da moda é você se olhar no espelho e não se reconhecer. Gosto da individualidade. Tudo é tão igual hoje em dia. Se você está com o cabelo feito e calçando bons sapatos, você pode vestir qualquer coisa. Eu não tenho regras pois sei que vou quebrá-las. Se você não está confortável na sua própria pele, você jamais estará confortável em suas roupas. A vida é cinza e sem graça, então vestir-se tem que ser algo divertido. Eu não me visto para ser observada. Eu me visto para mim mesma. Estou bem hoje. Estou na vertical. Quem gostou dessa linda e super fashion senhorinha, assista esse documentário. Como já contei, já vi duas vezes e ainda assistirei novamente. Tudo o que ela fala é aprendizado, é super engraçada, sábia, cheia das tiradas com atitude e outra… ela e o Carl são FOFOS FOFOS FOFOS.  Se eu encontrar com ela durante a semana de moda de NY vou ter um treco. Juro. Carl faleceu 3 dias após seu aniversário de 101 anos e pouco tempo depois do lançamento do documentário 

  • Finalmente, Todo Meu

    Esse sapato me perseguiu insistentemente mundo afora. Primeiro vi no verão europeu ele sendo vendido na Zara, acho que de Milão. Achei bonito, aquele brilho todo me encantou, diferentão, estiloso mas muito para minha pessoa. Passou. Depois fui para os USA e quem estava na Zara de lá? Ele mesmo, novamente me olhando, me encarando, pedindo para vir conhecer o Brasil. Eu peguei ele não mão, olhei, me encantei de novo, mas deixei lá. Não sei se usaria. Passou. Fui passar o Natal no Chile, dei uma passadinha na Zara e adivinhem? Sim, ele. O oxford mais hipnotizante que eu já vi, mais uma vez me tentando! Mostrei pra minha mãe que não entendeu muita coisa, olhei o preço, coleção nova, nada de desconto. Pensei ¨Já é a terceira vez que esse sapato aparece na minha frente e chama minha atenção… Vou comprar.¨ Mas pensei novamente, perdi a coragem e não levei. Passou. Daí que fui na Zara daqui de BH esta semana, procurar alguma coisa na promoção, ver como estavam as coisas (preciso checar né? rs) e o que vi? O SAPATO PRATEADO! Não podia ser, de novo ele, tinha só três pares expostos, sendo um, meu número. Resolvi dar um passo adiante em nossa relação e levei pro provador para experimentar. Ficou lindo no pé. Ficava só olhando pra ele. Estava sem etiqueta de preço mas pensei: ¨Não vou mais ignorar este sapato, vou comprar, custe o que custar!¨. E comprei! Não foi barato (R$ 339) mas até a moça do caixa na hora que pegou nele, disse: ¨É lindo né? Estou namorando ele¨. Xiiiii, conheço essa história rsrsrs. Como disse uma seguidora, se não usar, vira objeto de decoração rs. Na verdade, o da Zara é ¨levemente¨ inspirado no oxford da Prada. E a mulherada ficou LOUCA quando mostrei no Snapchat! E a pergunta na maioria das vezes era: ¨E com o que usa?¨ Boa pergunta, também fui pesquisar porque né… só tinha pensado num vestido preto soltinho ou jeans rasgado com camiseta ou camisa. Mas surgiram váaarias alternativas. Com jeans já imaginava, mas look total jeans eu amei! Mais socialzinho com blazer e sempre, sempre, um pedaço do tornozelo aparecendo. Com alfaiataria!!! Choquei. Olivia Palermos ama o seu oxford prateado e usa com saias! Tem coisa mais nova-iorquina, europeia, fashion cool clean do que esses looks? Numa semana de moda dá pra fazer A Diferentona. Muito luxo com total black. E com tricôs e jaqueta jeans! O básico fica fashion com esse sapato. Já quero testar com calça branca! Achei chiquéeeeerrimo! A única regrinha: tornozelo aparecendo. Tô feliz com minha compra! E com dó de usar de tão lindo rsrs. Aparentemente é confortável mas ainda não usei pra valer. E sobre o fato de ser ¨flatform¨, estou me acostumando. A gente fica mais alta e ainda assim, confortável. Tá na coleção nova da Zara hein! Não sei se esse sobreviverá para a próxima liquidação!

  • Dica da Leitora!

    Ontem tive um dia cheio e atribulado e não consegui postar o DDL Mas já vai! Dica 01 – Flavia A Flávia passou na liquidação da Le Lis Blanc e comprou duas camisas linda com mini preços! Camisa amassadinha de R$ R$ 199,50 po R$ 79,80! E a camisa vinho de R$ 239,50 por R$ 95,80! Mega descontos hein? Dica 02 – Paula Achado no Carrefour! Maiô com estampa linda e que a Paula garante que veste super bem! R$ 49,90 Dica 03 – Tayrine Vestido MARAAAAA na Renner! R$ 129! Achei fofíssimo! Dica 04 – Angela Liqui na Zara é só alegria!! Bolsa de couro couro por R$ 119! Dica 05 – Márcia A Márcia ficou desejosa de uma sandália Tem Que Ter e achou na Arezzo e pela metade do preço! Arezzo, R$ 120! Dica 06 – Renata Lembram do post da saia verde? A Renata achou uma leeeeeeeeenda e no verde rycoh! Na Renner por R$ 79,90! Dica 07 – Mariana Genteeeeem, look completo por precinho inho! Jeans skinny por R$ 39,90 e blusa bordada por R$ 49,90. Look todo por R$ 90 na Leader! Dica 08 – Bárbara A Bárbara fez ÓTIMOS achados! Saia da coleção do Matthew Williamson por R$79,90 e calça por R$69,00 na C&A a e blusinha preta da Forever 21 por R$ 59,00. Dica 09 – Ariela AAAAMOOOO Ariela! hahahaha adoro o jeito direto e desbocado dos mails que ela manda. Enfim, ela também comprou uma STQT (sandália tem que ter) hahaha, ficou ótima a abreviação! É da Schutz! Dica 10 – Tatiana Mais liqui da Zara! Sapatilhas por R$ 99 cada! Dica 11 – Marcely A Marcely foi na C&A e achou uma jaqueta jeans lindinha! De R$ 119 por R$ 69! Vocês estão aproveitando super bem as liquidações hein?? E fez um achado top e quer mandar a dica pra gente? Mande um mail para constanza@futilish.com, no assunto coloque DICA DA LEITORA, foto boa, nome da loja e preço que pagou! E obrigada a quem participou hoje

  • Jabazione: Banho

    Uma das polêmicas mais engraçadas que já vi aqui no blog foi quando eu falei que só tomo banho a noite, para ir dormir. Muita gente veio de mimimi ¨mas como que acorda sem tomar banho? Que porquinhaaa!¨ Fia, só se você dormir em cama de lama porque a minha tem lençol branquinho e cheiroso e só me permito deitar na cama se eu estiver limpa e cheirosa, consequentemente acordo limpa. E o pé tem que estar impecável. Cisma minha purinha, se eu pisar no chão descalça, preciso lavar o pé pra poder dormir. É costume gente. Tem pessoas que precisam de banho pra acordar, outras precisam de banho pra dormir. E como eu prezo meu sono, prefiro dormir mais um pouco do que acordar pra lavar o que já está limpo. E tomar banho duas vezes por dia? Só se estiver MUITO calor e eu tiver suado. Caso contrário, só a noite mesmo. O planeta agradece. Mas o que queria falar mesmo é sobre uns produtinhos MARA que estou usando durante e após o banho. Sempre sempre sempre na vida passei creme no corpo todo após o banho e perfume antes de dormir. Aham, gosto dessa sensação de limpeza deliciosa, durmo melhor e me sinto goxxxxtosa e tenra hahahahahaha. Pele macia é outra coisa né? Então, tô com uma turminha muito boa e precisei vir aqui mostrar para vocês. Detalhe, todos os produtos (opa, todos não) ganhei de presente e é um forma de testá-los! A galera no paredão. Vamos começar da esquerda para a direita. Escova Tangle Teezer de banho. Gente… gente… é boa essa bichinha viu? Desembaraça o cabelo que é uma beleza. Ótima para já dar uma domada nos fios durante o banho! Ela tem um buraco no meio que deve ser para torná-la mais anatômica e não acumular água. Nunca imaginei que iria gostar tanto dela! Então, essa não lembro se comprei ou se ganhei da Ricky’s de NY. Mas sei que tem na Época (LINK) Pára o mundo, pára tudo que quem gosta de pele macia TEM QUE COMPRAR ESSE SABONETE/ESFOLIANTE corporal do O Boticário! GENTE ELE É TODO BOM! O cheiro, o tamanho das ¨areinha¨ pra esfoliar, meu Deus como não usei isso antes? Deixa a pele numa maciez absurda e cheirosa!  É da linha Nativa SPA, de Bergamota e Flor de Laranjeira (amo tudo com laranjeira). Muito gostoso, vale demais a pena. Depois de esfoliar a pele e ficar lisinha lisinha, ou quando estou com pressa e quero economizar o tempo do hidratante pós banho, uso esse óleo de banho Magic Oil da The Beauty Box. Este óleo, quando em contato com a água, vira um leitinho e deixa a pele macia e perfumada. O cheiro dele é uma delícia! LINK Este da Nivea uso quando não tô muito afim de cheiros. Também é um hidratante de banho, é só passar no corpo, enxaguar e pronto. Tá liberada do certinho! Bem prático! LINK Depois do banho se ainda quiser uma hidratada (e eu quase sempre escolho essa opção), esse hidratante do O Boticário é bem gostoso. Já falei dele aqui num publieditorial e venho reforçar o quanto ele é bom! Levinho, fresquinho (é geladinho ) e de rápida absorção. Hidrata SUPER! LINK A esperança é a última que morre né, e mesmo eu não acreditando muito em cremes milagrosos para a celulite, estou usando esse da Vichy que é um serum com 6% de cafeína! Meio chatinho de passar, é beeeem líquido então tem que ter mão firme pra dosar e espalhar no corpo rápido. Sempre li que a Vichy tem os melhores cremes anti celulite então não custa nada tentar! Minha celulite tem diminuído consideravelmente mas são vários fatores (dieta, exercício, Imecap Cellut, massagens, parei com os hormônios…) que não dá pra saber direito o quê que tá fazendo efeito mesmo. Provavelmente seja tudo. Perfuminho pra dormir! Um body mist levinho Dior Addict porque meu lençol importado e meu namorado merecem hahahaha. Quando falo que uso perfume pra dormir, geralmente é um body spray ou lavanda da Johnson, mas daê a Época me mandou esse e vou dormir toda rycah rs. LINK Já ia terminar o post quando me lembrei de mais um creminho que ganhei e AMEI! Esse aqui ó (corri fotografar no banheiro mesmo): Gel para as pernas Varicell! Gente, quando sinto as pernas pesadas e cansadas, passo esse creme antes de deitar e é um alívio que vocês não tem noção! É suuuuper geladinho e o bem estar é tão grande … Garrei amor profundo nesse gel, tanto é que fica no criado mudo do lado da cama! Muito gostoso! E é baratinho. LINK Eu amo tomar banho e passar meus creminhos todos os dias, pra mim é uma terapia. E como disse no início do post, ir para a cama limpinha, macia e cheirosa não tem preço!!! Vocês tem algum ritual de beleza durante o banho?