Resultado de busca para :




A primeira plataforma de blogs de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

707 resultado(s) encontrados.
  • O Biquini do Verão

    Do verão europeu, mas já vamos acostumando os olhos pois com certeza teremos alguns modelitos assim no nosso próximo verão! Vi uma, duas, três moças usando esse tipo de biquíni por aqui e achei ele beeeem legal. Não me deu muito trabalho descobrir a marca, a Kiini Swimwear. Diz que ele tem super poderes, além de modelar o corpo e deixar todo mundo gostosa e obviamente, desejei um. Os biquínis da Kiini tem uma historinha bacana: eles são 100% artesanais, feitos a mão (ou seja, nunca um será igual a outro) e a mistura perfeita do boho com o chique. O Sr. Kiini (um turco que mora em NY) é amante de artesanato e cores e se inspirou nas muitas viagens que fez pelo mundo visitando praias paradisíacas. Gostei. E quero um. E nem são gigantones atrás hein! Falemos de preços… A parte ruim disso tudo. A parte de cima custa cerca de $ 165 e a de baixo $ 120. 285 obamas pela brincadeira, uns 900 reais. CADÊ AS ¨IMITAÇÃO¨? Ficarei de olho para ver se aparece alguma alternativa fashion por aí… Gostaram? Do biquíni claro, não do preço…

  • Desejo: Saia Listrada!

    Não sei se é a influência européia ou o quê mas tenho olhado muuuuito para saias listradas de malha! Bem simplinhas mesmo, tanto é que hoje comprei uma na Zara por 7 euros rs. Comprei uma curta para usar com camiseta ou regatinha de malha pois já tenho uma saia lápis listrada que amo de paixão! Engorda? Bem capaz, não vou mentir. A minha lápis tem as listras na horizontal só no meio e na lateral é vertical o que ajuda um bocado a ¨tirar¨ centímetros do quadril porém a mini que comprei vai ser na cara e na coragem mesmo. O primeiro look é meu preferido! É isso o que quero! O do meio também está fofo mas só achei esses exemplos de saias mais curtas… as outras eram todas no modelo lápis. A minha é igual a da moça de blusa vermelha. Sentiram a diferença ¨ótica¨? E aqui em três comprimentos diferentes. Achei o último look muito muso, me julguem. Como usar e ficar bem? Com uma blusa mais solta e presa pelo menos na parte da frente da saia. Eu quero usar com camisetas mas não descarto uma glamourizada com uma camisa branca ou preta, de seda. Com tênis, a saia de malha listrada fica linda mas também aceita saltos! Super democrática e amiga. Já garanti a minha! Tem um grau de dificuldade para usar sim, mas se ficou bom no espelho e você se curtiu, se joga!

  • A Delícia do Auto Descobrimento

    Hoje acordei querendo conversar e daqui a uns dias voltarei a falar sobre isso mas resolvi me adiantar um pouco. Para quem não sabe, estou na Europa, hoje precisamente em Barcelona e amanhã provavelmente em outro lugar. Poxa, mas a Constanza ficou maluca? A viagem não era só pra Milão pra fazer o curso no Marangoni e depois voltar? Sim, era. Muita coisa aconteceu nos últimos meses (suas curiosas, sei que vão me perguntar com palavras claras: o namoro acabou repentinamente em meio a milhões de planos em conjunto, projetos de vida e sonhos por incompatibilidade de burros – porque se fosse de gênios teria dado pra resolver) e me vi prestes a embarcar para a Itália no meio de um caos emocional e também a ansiedade de realizar um sonho, que era fazer o curso. E eu não sou mulher de desistir dos meus sonhos, nunca fui e sempre fui atrás do que me faz FELIZ, independente do que se passa ao meu redor. Sou do tipo de pessoa que tem desejos cautelosos pois sei que eles podem se realizar a qualquer momento e assim foi como tudo sempre aconteceu pra mim. Não me conformo com pouco, com o morno, com o meio termo. Sou viva demais, intensa demais, de verdade demais para viver o ¨mais ou menos¨ ou apenas para o Facebook ver. Enfim, mala pronta, Milão na mira e uma pessoa internamente “perdida”. Quando a gente se relaciona com alguem é normal deixar um pouco do que somos de lado e passar a ser um pouco do outro também. O problema aparece quando a gente começa a viver mais do outro do que da gente. E não só em relacionamentos amorosos, mas em amizades (quantas vezes vestimos o “uniforme” da galera e passamos a agir como eles para fazer parte da turma?), no trabalho (vivemos para trabalhar e largamos nossa vida de lado, deixamos que os problemas nos consumam) e até mesmo na família, quando nos tornamos o que eles querem que sejamos. E assim me vi, uma Constanza pela metade que achava que não sabia mais caminhar com as próprias pernas, um bocado insegura e indecisa, afinal, eu já não era mais uma pessoa ¨única¨, era formada por duas pessoas e de repente uma parte me faltava. Dá aquela angústia e vazio de perder um bocado do chão, apesar de saber que ele sempre esteve lá e que antes eu sambava e dava piruetas sem medo. E do que eu precisava no momento? Voltar a minha essência. Ah, fácil. Não, não é fácil. É bem difícil pois o fantasminha da insegurança vai mapeando todos seus passos e por mais que a gente se segure e pise firme, ainda mantemos o costume de olhar pra trás e ver se estamos fazendo tudo certo, procurando um tipo de aprovação. E sabe o que gente precisa nesse momento? Coragem para se virar sozinha e assumir as consequências de nossas escolhas! E uma das formas de procurar essa coragem é uma viagem sozinha, de preferência para bem longe, para um lugar que te desafie (seja pelo idioma, localização, cultura) onde você será sua companhia e a única responsável pelas suas decisões. É o momento de retomar a vida e voltar a andar com as próprias pernas. Eu fui para a Itália, fiz meu curso e tudo conspirou de uma maneira que não poderia ser mais perfeita. Cheguei triste e fui tão bem recebida pelas meninas do apartamento que fiquei que não teve lugar nem tempo para fossa. Imagina, receber flores, um abraço coletivo e um ¨somos sua família aqui na Itália¨? Foram ANJOS que apareceram para mim! Foi nessa vibe que as coisas começaram a mudar na minha cabeça. E parou por aí? Não… A turma do curso era incrível e em pouquíssimo tempo estávamos super unidos. Não teve um dia sequer que ia pra casa direto após as aulas. Sempre, mas sempre íamos para um aperitivo, conversar, rir e claro, tomar muito Spritz. Só isso? Não… apareceram oportunidades de viagens e fiz amizades que me acompanharam na Toscana, Veneza, Lago di Como… Opa, mas eu não estava viajando sozinha? Sim, mas a vida coloca pessoas – chamo de anjos – em nosso caminho e cabe a nós abrir portas para permitir que elas façam parte da aventura e nos ensinem coisas diferente. Acabou o curso, momento de voltar… Mas eu não estava pronta para o Brasil, já estava na Europa, nada me prendendo, ninguém me esperando, nada pendente. E convenhamos, viajar na Europa é muito barato. E quando você muda a vibração da sua vida e começa a aceitar novidades, elas aparecem. Recebi um convite para conhecer a Holanda, e lá fui eu. Fiquei na casa de uma moça que conheci num carnaval e que é de um coração tão bom, de uma energia tão pura que a sintonia foi imediata. Sou uma pessoa de SIM e quero provar tudo o que aparecer na frente. Ir para Amsterdam foi maravilhoso e queria ficar mais mas… um amigo que mora na Espanha me perguntou se não passaria na casa dele. Amigo esse que trabalhou comigo nos USA 10 anos atrás e que eu tinha como irmão mais novo. Logo pensei: porque não? A passagem é barata! E pronto, cá estou eu em Barcelona, na casa dele e como se nunca tivéssemos ficado tanto tempo sem nos ver. Eu cultivo amizades e sou sortuda por conhecer pessoas pelo mundo inteiro. Sou super fácil de lidar, odeio complicar as coisas e adoro boas cias. E quando a gente é assim, quando a gente emana coisas boas, é transparente, trata as pessoas com carinho, respeito, quando se é verdadeira e se comporta com bom senso, você sempre será bem vinda na vida e na casa dos amigos. E não vou contar mais porque teremos muita história ainda, mas o que queria dizer é que viajar sozinha, reencontrar pessoas queridas, fazer novas amizades, caminhar na rua sem pressa, sem destino e sem cobranças é o melhor caminho para a gente se reencontrar. E é nesse momento que estou, olhando pra mim e vendo como sou uma pessoa incrível, agradável, inteligente, como consigo me virar sozinha (porque os amigos trabalham e a gente fica por conta o dia todo), consigo me comunicar, falar de vários assuntos em vários países e em vários idiomas (ou mímica rs), consigo sentar sozinha numa mesa de bar e conversar com o pessoal da mesa ao lado, ser interessante para o carinha que também está viajando sozinho e quer jogar conversa fora sem compromisso, ser simpática com todo mundo, sorrir e dar bom dia para quem cruzar o caminho, pegar um ônibus qualquer e dar uma volta para conhecer a cidade, trocar olhares e paquerar e sair com aquele sorriso de satisfação… Tudo isso nos fortalece como pessoa e nos prepara para o mundo. Mas a melhor parte é retomar a sua essência, é te despir da alma velha, cansada, viciada e dependente e vestir uma nova. É como um banho interno, onde você consegue mandar pro ralo tudo aquilo que não era seu e agora sim conseguir se olhar no espelho e se amar pela pessoa que é. É acordar de manhã e pensar: tenho o dia cheio, mas cheio de mim mesma e vou fazer o que me der vontade. E isso minha amiga, te torna a mulher mais interessante do mundo. Não existe melhor coisa que conhecer uma pessoa e ela falar: Gostei da sua essência. Esse é o objetivo! Se você é interessante e admirada por você mesma, o mundo se rende à você e passa a te admirar também. Tome seu tempo. Se está achando que está se perdendo, deixando sua essência de lado, pare um pouco e se analise. A pior coisa que pode acontecer na vida de uma mulher é ela deixar de ser quem é e perder o que a tornava interessante e viva. A vida dá rasteiras e numa dessas a gente cai, tenta levantar e vê que não sabe mais viver a própria vida. Se isso acontecer, força, coragem, atitude e braço forte para voltar a ser uma pessoa única. E acreditem, nada que uma viagem sozinha não resolva! ¨Se perder às vezes é se achar¨. E quando acabar a viagem conto dos perrengues e das aventuras que passei. Ou quase todas rs.

  • Mi Casa, Su Casa – Reserva Técnica?

    Olá Fufus! Eu sei que eu prometi terminar a discussão sobre os eletrodomésticos, torneiras, triturador e cuba essa semana. Mas além de eu ter tido alguns contratempos, eu subestimei o tempo em umas atividades e acabei sem tempo hábil de fazer uma boa matéria pra vocês. Por isso, eu preferi mudar o tópico da semana. Vou falar (mal) de “Reserva Técnica”. MAS deixem-me esclarecer que isso realmente existe – essa denominação é um termo de responsabilidade que arquitetos e engenheiros assinam quando uma obra será construída e precisa ser aprovada na prefeitura, lá fica registrado o número do CAU ou CREA destes profissionais. Esse registro de projeto junto à prefeitura custa dinheirinhos e lá fica registrado que, o profissional X é responsável pela obra Y. Se essa obra cair, se poluir um rio, se estiver fora de qualquer norma de segurança ou norma construtiva da cidade, quem será julgado, punido e terá de arcar com as responsabilidades, é este profissional, afinal ele estudou e se registrou para isso. É uma licença, assim como médicos, advogados e outros tantos profissionais também têm. Então agora vou jogar a paçoca no ventilador e falar pra vocês da prática da OUTRA “Reserva técnica” vulgarmente conhecida como “RT”. Todos sabem que o brasileiro A-DO-RA ganhar vantagens e tirar vantagem de tudo. Não seria na prestação de serviços que seria diferente. Então, dentro da minha cabecinha eu criei um conto de fadas que explica, pra mim mesmo, como a RT nasceu – e não foi da cegonha: Eu imagino que em um tempo distante, muitas décadas atrás, algum lojista – vamos fazer de conta que foi um dono de uma nova loja de materiais de construção – queria ter mais clientes. Todos querem, não é? Sociedade capitalista. Então ele chamou alguns profissionais da área, arquitetos, engenheiros, decoradores, designers e fez uma proposta: “Vocês me trazem clientes e eu pagarei para vocês um valor X percentual sobre o que ele comprar.¨ Pára tudo, fiquei nervoso, drink de hoje, água com açúcar. E com certeza, muitos dos profissionais, lá nos primórdios, aceitaram. E assim todos seguiram trabalhando e indicando e ganhando dinheiro e fazendo casas lindas. Acontece que com o passar dos anos esse “mimo” que um lojista filho de uma ronca-e-fuça ofereceu, virou praticamente uma lei. Lamentavelmente 99,98% dos profissionais não somente aceita a RT como exige. O valor varia de lugar mas, ela está geralmente entre 5 e 10%. Aí você me pergunta: Qual o problema tio? Deixa essa miséria pra lá. O problema é mais profundo Fufu. Um fato muito bem colocado numa matéria: “Reserva técnica é uma magnífica expressão de um marqueteiro que pegou propina, jabá ou gorjeta e deu o nome de reserva técnica”, afirmou o conselheiro federal por SP, Renato Nunes. “Vamos batalhar pra transformar isso em uma espécie de crime. Sou contratado pelo cliente por ser capaz de resolver seu problema de construção. Se recebo 10% da loja, deixo de ser fiscal do cliente e passo a ser vendedor. Estou traindo não só a confiança do contratante mas a minha responsabilidade sobre o trabalho que tenho que fazer”. (Leia na íntegra AQUI) Mais causos da vida: Lá no meu terceiro período de estudos na faculdade de Arquitetura e Urbanismo, em 2007, eu aprendi que devido a nossa legislação brasileira, essa prática de RT é crime porque se enquadrar em “Cobrança indevida” visto que você, cliente, pagou pelo projeto e o profissional está recebendo novamente pelo mesmo projeto. Feio né? Pois o mesmo professor que me ensinou isso, veio aqui na loja onde eu trabalho EXIGIR a RT dele. E porque isso é tão horroroso? Porque é o cliente que paga. Vamos fazer uma conta rápida: Numa venda de 395 mil se eu ofereço para o arquiteto 7% de RT, ele leva R$ 27.750,00 que eu poderia ter dado de desconto para o cliente final. Provavelmente esse valor daria pra fazer 2 ambientes inteiros, ou pagar por praticamente todos os eletrodomésticos da casa. E na prática o que acontece? A loja que pagar mais comissão é a mais indicada e não a que tem a melhor solução pro cliente, não a mais confiável, não a mais correta. É pura e simplesmente o lojista que pagou mais. Aqui na loja uma arquiteta teve a cara de pau de dizer que cobrou pouco no projeto porque ia ganhar reserva técnica. Coléga para que tá feio, e não dá pra te defender. Eu sou sincero com o cliente, até porque o que eu cobro pelos meus projetos não é a opção mais barata no mercado que eu atuo. Tem opções mais abaixo. E cada um economiza onde preferir. Eu levo os meus clientes nas lojas e pergunto na frente deles se a loja paga RT, quando eles dizem que sim, eu peço pra que o valor seja revertido em desconto. Quando o lojista diz que não pode reverter em desconto eu aceito, e subtraio do valor do projeto. Então você pergunta se eu já recebi RT, já recebi sim. Mas eu descontei no valor do projeto. Agora a classe está em guerra porque existem os que não recebem e os que acham que “faz parte do interesse do comerciante”. Mas o fato é que o interesse do comerciante está lesando diretamente o consumidor final. Esse post é meio que um desabafo. É uma raiva que eu precisava eXXXternalizar. Meu sonho é colocar isso em outdoors pelo mundo, alertando a todos os nomes de quem faz isso. Houve um caso que a arquiteta queria 25% de RT ou então ela não mandaria o email com a planta pra desenvolvermos o mobiliário. Contamos pro cliente, ele achou que era mentira e comprou em outro local. Mas eu, ahhhh eu deitei minha cabeça no travesseiro e dormi em paz! Eu não acho que a criminalização vai eliminar a prática. A comunicação vai, então por favor, me ajudem a contar pro mundo, que a sua casa poderia ficar até 10% mais barata, ou 10% mais bonita! Vamos deixar essa galera usar um pijaminha lindo, longe da casa da gente. A melhor # que eu posso inserir hoje é #prontofalei. É uma denúncia sim! Muitos profissionais me odeiam e me odiarão por isso. Mas está na hora de separar o trigo do joio e fazer com que se cobre e se pague o correto pelos desenvolvimentos de projeto. Vamos parar de dar voltas e vender um projeto pela metade do preço pra ganhar de outra maneira. Obrigado pelo carinho, pelos comentários e desculpe por furar a matéria prevista para essa semana. Deixem seus comentários, sugestões, dúvidas e perguntas. Bença! Obs: Eu ia falar pouco, deu 1119 palavras!

  • Mendiguemos

    Já falei por aqui sobre os jeans rasgados, inclusive no começo achava estranho mas peguei gosto. Agora… uma coisa é um jeans rasgado, outra coisa é um jeans ESBURACADO! Imaginem, usar uma calça tão, mas TÃO rasgada que parece que você foi atacada por um cachorro louco ou então atropelada. E é nessa vibe que estão as calças por aqui na Europa. No Marangoni muitas meninas estavam usando e eu achei beeeem legal. Fui e comprei uma (na Zara, claro) só que quando uso me sinto a própria mendiga. Por enquanto tenho usado por aqui, mas não sei se no Brasil terei coragem rs. A minha tem buracos enormes no joelho e na coxa e o bom é que a calça é fresquinha! Me sinto super cool mas acho que é um pouco da rebeldia européia. Vejamos: Com scarpin… Obviamente a calça tem que ser o ponto alto da produção. Nada de misturar com outra peça chamativa. Com sandália de tirinhas, minha produção preferida! Quebra totalmente a casualidade da calça e adiciona feminilidade ao look. Com tênis, como tenho usado por aqui! É como me sinto mais mendiga, mas não vou usar salto para bater perna né?   Gosto bastante e já passei pelos três estágios de ¨rasgadice¨ de calça jeans: os mini rasgos, os rasgos maiores com alguns buraquinhos, e agora, os buracões. Tem jeito de rasgar mais? Acho que não né… O que vocês acham dessa trend? Muito mendigo ou super cool?

  • A MEGA Novidade do Dia!

    Não sei quantas vezes fui marcada hoje no Instagram e me deu uma certa agonia pois minha internet estava ruim e não conseguia saber o motivo. Logo imaginei que Adam Levine tinha se separado ou coisa assim mas não… a notícia era MUITO melhor! Sabe a Dermablend da Vichy? Aquela base que cobre TUDO, até cara de pau? Então, ela está de volta ao Brasil!!! E causou na internet viu… Essa é uma das minhas bases queridinhas, afinal, quem tem melasma precisa de algo com super cobertura e ela é assim! Tenho praticamente a linha toda, mas tudo comprado na gringa já que no Brasil parou de vender há algum tempo. Na base líquida uso a cor 25 (nude), também tenho o corretivo em stick (barra) em duas cores, e a base em bastão (a que menos uso). A linha que será vendida no Brasil a partir de julho (opa, julho é agora!) é composta dos seguintes produtos: base fluida, base compacta (quero muito), corretivo em bastão e pó fixador (também quero pois a base fluida transfere MUITO). A Dermablend da Vichy é ótima (mas ótima mesmo) para cobrir manchas, cicatrizes, doenças de pele, acne… Quando usada com o pó, diz que a base dura até 16h sem necessidade de reaplicar. Esse método eu quero testar. 01 -Base Compacta, o que promete? 12 horas de duração, alta cobertura, FPS 30, ultra resistente e cobertura natural. E ó, posso afirmar com conhecimento de causa que a Dermablend da Vichy é a única base de alta cobertura que realmente não fica pesada. Vai custar uns R$ 140,00 02 – Corretivo em bastão, o que promete? Alta cobertura e resistente a água. Pode mergulhar que o melasma continuará escondidinho. Preço sugerido, R$ 119,90 03 – Ela, a Base Fluida Dermablend e um dos amores da minha vida. Alta cobertura, efeito matificante (oi? Será que é fórmula nova? Porque a antiga não matifica nada não…). Hidrata por até 24 horas, tem FPS 35 e o preço será cerca de R$ 130. 04 – Pó Fixador, promete fixar a base por até 16 horas, efeito matificante natural, resistente a água e suor, e não altera a cor da base (é translúcido).R$ 149 e eu quero demais! Os produtos estarão a venda em farmácias online e apesar de terem anunciado as vendas para este mês, ainda não estão disponíveis (pelo menos eu não achei nas farmácias sugeridas). Vale a pena? Ô SE VALE! Eu tenho amor pela base fluida então seria a primeira a indicar, mas confesso que a base compacta muito me atrai! Alguém mais feliz com essa novidade?

  • Diário de Viagem: O Dia Que Fui Parar Na Toscana

    As coisas na vida da gente acontecem de uma maneira, às vezes, surpreendente. Estava eu com 4 dias livres em Milão e sem saber direito o que fazer. Uma turma iria ficar na cidade, outra iria para Cinque Terre e eu sem saber escolher um destino… Daí que, na Itália, eu conheci o Alex, um brasileiro que mora na cidade e que trabalha com ninguém menos que Galvão Bueno, fazendo vinhos na Toscana. E nesses dias ele iria para Montalcino e me convidou para ir com uma turma, que incluía minha amiga de curso (que coincidentemente também é amiga dele). Fui. Porque sou uma pessoa de SIM, lembram? E foi um dos melhores momentos da minha vida… Fomos de trem, que sai de Milão para Firenze e lá seguimos de carro até Poggio Al Sole (uns 100 km), a vinícola do Galvão. Firenze logo de cara me pareceu mais charmosa que Milão com suas ruas estreitas e arquitetura diferente, mas isso seria paisagem para a volta e com uma surpresa não muito agradável. Mas tudo bem, vamos dar uma volta pela Toscana. Esse é o trem bala que sai da estação Garibaldi em Milão para Firenze. A passagem custa uns 45 euros e a viagem dura cerca de 2 horas. O trem chega a 340km/h! E essa foi a casa onde passamos 4 dias, Poggio Al Sole! Lá é onde fica a vinícola do Galvão Bueno e ele produz o Brunello de Montalcino em parceria com Roberto Cipresso. Já já vou falar mais dele. Vista da Toscana Sob o sol da Toscana… Infelizmente a Poggio Al Sole não é aberta ao público mas existem muitas vinícolas na Toscana que podem ser visitadas! Este é um lugar maravilhoso e que super indico para quem estiver na Toscana, conhecer o Castiglion Del Bosco que é tipo um resort do Salvatore Ferragamo! Chiiiiique! Paramos para almoçar lá e como sou fina, pedi uma… Pizza trufada! COMAM ESSA PIZZA PELAMOR! A mais deliciosa da VIDA! E no look desse dia na Toscana, vestirão da Farm! A cidade de Montalcino foi a única que fomos conhecer na Toscana e é linda! Fica no alto de uma colina, super charmosa, é um verdadeiro passeio no tempo. Visitar Montalcino é viajar no tempo, as ruas, as casas, tudo está como antigamente Amei essa foto, ela foi tirada dentro da fortaleza que está em Montalcino. E nesta época os campos de girassóis estão maravilhosos! Não tem um lugar específico, por onde passávamos tinha um campo cheio de flores.  Mais um por do sol na Toscana… Os dias em Poggio Al Sole foram perfeitos! Muito vinho, comida, risadas, piscina… E aqui na foto, com ele, Roberto Cipresso, um dos melhores wine makers do mundo! Sabe aquela pontuação que vem nos vinhos, aquele Wine Spectator? Pois é, essa pessoa da foto conseguiu fazer um vinho que ganhou 99 pontos! Cês tão entendendo a importância do Roberto? E ele é um querido, super simples e simpático! Ele e Galvão são responsáveis pelo Brunello de Montalcino Bueno – Cipresso, um vinho de altíssima qualidade. Quem quiser conhecer mais do vinho, o site é www.buenowines.com.br  E depois dos dias maravilhosos na Toscana, fizemos um rápido passeio em Firenze! A cidade é realmente linda mas… CUIDADO COM A BOLSA! Roubaram meu celular lá (um iPhone 6 plus quase novo) acreditam? E olha que não largo o telefone, e foi coisa muito rápida! Fui entrar no trem, tirei o celular da bolsa para conferir os lugares (e isso que o telefone estava no cabo carregando na bateria extra), guardei o celular na bolsa, peguei a mala e entrei no trem. Na hora que sentei e fui pegar meu celular? Cadê?? Só estava o cabo solto… Claro que ligamos logo pra ele (na esperança que tivesse caído ao entrar no vagão) mas já estava desligado. Não vi e nem senti nadaaaa! Então gente, muito cuidado com suas coisas, não confiem muito. Em Milão também fiquei sabendo de casos de outras meninas que foram roubadas no metrô. Amei meus dias na Toscana! O cenário é lindo, parece um filme, para cada canto que se olha, tem algo para ser admirado. Consegui relaxar e me livrar por alguns dias do calor de Milão! (E claro, obrigada Alex pelo convite, você é um anjo)

  • A Hora do Make! Olho Fácil, Marrom e Poderooooso!

    Olá queridas! Esta semana o post saiu com atraso, mas saiu. Aí vai um passo a passo completinho e caprichado de olho marrom fácil e poderoso! Antes e depois da Catarina. Preparar a pele seguindo as dicas dos meus posts anteriores. Usei para este olho a paleta Naked 1 Aplicar uma sombra em tom bege frio na palpebra móvel até o côncavo e rente aos cílios inferiores, esfumando bem. Chamamos esse tom de cor de transição e ele é fundamental para fazer fundos e esfumar cores mais intensas. Eu usei a cores Naked e Buck. Aplicar a sombra Tosted na pálbebra móvel, desta vez depositando sem esfumar muito para não eliminar sua cintilância.  Com um lápis bem marrom escuro e macio, fazer um traço grosseiro rente aos cílios superiores, até mais ou menos 1/4 da pálpebra e esfumar com pincél também macio porém firme. Fazer o mesmo nos cílios inferiores. Depositar a sombra Hustle sobre o efeito do lápis na pálpebra superior com pincél redondo e macio porém firme, esfumando suavemente para suavizar as bordas e subindo sutilmente até o côncavo a fim de alongar o olhar. Fazer o mesmo rente aos cílios inferiores, com pincél chato e movimentos mais contidos.  Usando a sombra Sin, iluminar o canto interno da pálpebra e a linha rente às sobrancelhas, pincél macio. Complete o olhão com curvex e muita máscara nos cílios superiores e inferiores. Também não esqueça de corrigir sutilmente o desenho e preencher as falhas da sobrancelha. Termine de corrigir a pele e finalize com contorno, blush, iluminador (já tem post meu sobre essas etapas também!) e batom. Foi difícil? Treine sem desistir! Quanto mais você fizer melhor ficará, acredite! Beijo grande e até a próxima!!!

  • Mi Casa, Su Casa – Eletros!

    Olá Fufus! Uma das minhas aflições enquanto viajei, foi não poder responder vocês rapidamente. Mas eu voltei de viagem e respondi as dúvidas todas. Se você deixou alguma perguntinha e não chegou notificação no teu email, corre lá! Então voltamos agora para a cozinha, mas vai rolar um suco verde porque o inverno tá sendo cruel e a minha dieta foi por água abaixo, (ou seria pelo doce de leite adentro?) sim colegas a coisa tá roliça por aqui. Como eu já citei, eu trabalho com mobiliário e um dos que tem os espectros mais amplos é a cozinha, porque cada pessoa tem sua particularidade de hábitos, manias e desejos. Então imagine que pra uma família a cozinha precisa agradar mais que uma pessoa e se adequar a mais de um. Aquela história de que a cozinha a mulher define e o home-theater é definição do marido já não é uma máxima. Cozinha é uma tarefa que para uns é obrigação, outros prazer e muitos é castigo. Mas assim, apesar da gente ter no primeiro capítulo ter aprendido sobre o “formato” que a cozinha terá isso fica condicionado ao seu espaço físico. E o próximo quesito que influi diretamente e muito é a lista de eletros e cuba. Quando chega um humano (ou um par de humanos, ou um coletivo de humanos) numa loja para iniciar os processos de projeto de uma cozinha a gente precisa saber quais os eletro domésticos serão usados. Não precisa ser já a marca e modelo definidos mas, precisamos de uma prévia então, coloca uma luz na cara e #venkotio pro interrogatório: Vai ser cooktop ou fogão convencional? Quantos queimadores? Tem desde individual até 6 então percebam o quanto isso varia o tamanho de um projeto. Se for cooktop, qual será a opção de forno? Elétrico ou a gás? Embutido ou de bancada? Coifa, depurador ou coifa na função depurador? (Calma, mais a frente eu explico) Microondas, quantos litros? De embutir ou de bancada? Vai ter filtro ou bebedouro? Máquina lava louças? Quantos serviços? Vai ser de embutir ou de pé? Vai ter ar condicionado na cozinha? Televisão? Quantas polegadass será a televisão? A cuba será simples, dupla ou tripla? Vai usar triturador de alimentos? E o mais algoz de todos os aparelhos de uma cozinha: o refrigerador. Esse indivíduo que pode ter desde 58 cm de largura até 170. Pode ter desde 145cm de altura até 198. Ele é tipo aquele primo distante, que você convida pra uma festa num parque de diversões e ele atrapalha todos os brinquedos, porque se não é grande demais, é pequeno demais. Quando você acha que não pode existir nada pior porque a pessoa quer uma geladeira monstra com três portas, ela fala que vai querer ter um freezer. E não há problema nenhum em querer ter um freezer. O problema é que freezer é sempre uma coisa pikininha e achatada, tipo uma cria de Olivia Palito com o Mickey Mouse e do lado da geladeira Hulk …a informação visual é bizarra. No final todos querem um resultado harmônico, com som de harpas e cheiro de comida da mamãe. Queremos olhar e ver algo organizado e convidativo como aqui: Mas na hora de tirar o escorpião do bolso e trocar aquela geladeira que já tá béééééérge de tão antiga, a pessoa não quer. Então é o seguinte fia, não adianta roupa nova com sapato velho-detonado, ok? Mas, agora vamos falar de cada um dos eletros: Cooktop Do inglês, “cozinha em cima” é uma “chapa” com os queimadores que pode ser instalada em móveis, granitos e etc. Pode ser desde um queimador único, até cinco bocas. Podem ser de diversos funcionamentos, então começaremos pelo a gás, que tem modelos atrativos (eu comprei o meu recentemente, optei por um Franke de 4 queimadores a gás): Justificativa: Pouco espaço e pouco dinheiro? #quemnunca ? Existem mais baratos sim, mas eu queria um mínimo de dignidade e eu sei que esta marca é um produto que vai me durar pelo menos uns 5 anos e eu sou canceriano me apego aos BEGETO e não quero me desfazer (pura mentira, jogo tudo fora, substituo tudo, adoro uma novidade, mas estou trabalhando mentalmente pra evoluir isso e criar uma poupança). Nos meus sonhos MAIS lindos, eu comprava um Lofra de 5 bocas, com um queimador tripla chama, tampo em vidro e grade em ferro fundido preto: Mas não deu né, a classe média tem que aprender as dicas pro feijão render mais e pro cooktop sair mais barato também. No modelo a gás, também teremos que optar pela “mesa“ em vidro ou inox. Tem gente que odeia o vidro porque é ruim de limpar, tem gente que odeia o inox porque risca, então, cabe a você definir se te incomoda mais um cooktop ensebado ou riscado #prontofalei. Vale dizer que nós na América Latina somos muito acostumados a cozinhar com gás, mas que quando a gente sobe pro lado de cima da linha do Equador essa opção é pouco comum. Cooktop Elétrico Este modelo é alimentado por eletricidade e também está disponível desde o queimador único até o de cinco bocas. Basicamente ele é um vidro, com uma resistência embaixo (que fica vermelhinho) e aquece rapidamente a comida e tal. Particularidades: As panelas tem que ter fundo reto (nada daquela relíquia da vovó que já parece uma saladeira de tão amassada) e ele demora para esfriar… ou seja, é perigozinho, mas pra gente que usa gás, dá na mesma. Cooktop por Indução Esse é o primo mais novo e ryhco do elétrico. Ele aquece de forma magnética, apesar da alimentação dele ser elétrica também. A vantagem é que ele praticamente não aquece o vidro, então como não aquece, ele não fica vermelhinho. Então queimar-se não é fácil, apesar de que se você estiver com suas belas bijoux e resolver se jogar pelo cooktop ligado você pode sim se queimar. As particularidades dele são: não funciona em panelas que não sejam ferro ou aço inox. Ou seja, nada de panela de vidro, de barro, ou de algo que não seja magnético… Fogão Esse moço cada vez mais vai sendo expulso da cozinha. Mas em ambientes pequenos, onde não vai rolar aquela torre de fornos eu acho muito mais elegante ter logo um fogão do que um forno de embutir embaixo de um cooktop. Eu tinha um que tinha os queimadores a gás e o forno elétrico, muito prático. Preciso dizer que tem a partir de quatro bocas? Olha que fofura: Outra coisa que me encanta, os fogões com forno duplo, pra fazer logo almoço com sobremesa: E por enquanto eu já vi uso residencial de fogões de até oito bocas… viking né meu bem, pelo preço de aproximadamente 4 carros populares – porque o carro popular hoje tá quase 50 milz. #calcule! Então, adequemos seus queimadores ao seu espaço e seus hábitos. #partiuforno! Forno Forno também tem alguns opcionais, como gás e elétrico, embutir ou de bancada… mas o que é importante saber aqui é que a torre de fornos mais usual, é a do forno de 60cm de largura, mas pra isso, ela terá na verdade quase 69cm, pois o forno precisa de um respiro lateral (e traseiro também) e existem maiores, como de 90cm de largura. Parabéns para o projetista – novamente – que criou uma fábrica de vinagre fazendo essa colmeia INSOLENTE de vinhos abaixo do forno. Se ele for a gás ou elétrico também vai da preferência. EU me adaptei ao elétrico pela praticidade e pela confiança que eu sinto no formato de funcionamento dele. Coifa Esse nome me soa muito esquisito, parece sei lá – uma tossida. Mas né, um mal necessário, ou um bem necessário. Muita gente vive entre tapas e beijos com esse acessório e o que eu mais escuto é “Paguei uma fortuna nessa coifa e ela não presta, até minha décima terceira geração fica cheirando fritura quando eu faço algo.” Vemkákotio, que eu preciso te contar uma coisa: você tá usando errado. É igual dinheiro baby, se não usar direito já era. O segredo desse produto está na hora de ligar. Todo mundo prepara os bons filé de peixe, passa no ovo, passa na farinha de trigo, passa no ovo de novo, passa na farinha de rosca, prepara todos os filezinhos assim, DAE liga o óleo, espera ele ficar na temperatura ideal, então joga a peixarada na panela e: Se identificou, né? Quando sobe aquele cogumelo de fumaça radiotiva cheirando peixaria, PÁ dedinho na coifa/depurador. Não adianta nada. Se for fazer assim, economiza a energia e nem liga o aparelho. Abanar a panela dá o mesmo efeito. A coifa precisa ser ligada, antes de se sujar na farinha – ou melhor – uns 15 minutos antes de iniciar a fritura. Pra quê? Você me pergunta e eu explico: Neste período – além da barulheira te atormentar e você empanar as comidas mais rápido – a coifa vai criar um ciclo de ar que vai, efetivamente, fazer com que o fedozão de comida entre nos filtros. De preferência, feche portas e janelas, para que o ciclo de ar se forme e não se perda caso venha uma rajada de vento. Viu que é simples! Manual do usuário é vida! É riqueza! É chique! E nesse caso é cheiroso também. As coifas existem em duas opções básicas: Parede e Ilha A de parede costuma ser mais barata, por dois motivos: elas não tem acabamento atrás e porque a vazão delas pode ser um pouco menor. As de ilha precisam ter mais força, pra puxar o fôlego da fumaça que pode se dispersar para qualquer lado. Existe até uma que fica embutida no gesso – super forte. A coifa – em função coifa – obrigatoriamente joga o perfume das gordices pra fora de casa através de um tubo flexível de alumínio. Detalhe técnico: esse tubo não pode fazer mais do que duas curvas. Teve um ASNO que fez uma instalação na casa de uma cliente – que não comprou a cozinha comigo, senão ela saberia dos detalhes – mas o caso é que o filho de uma ronca-e-fuça deixou a coifa jogando o bafo dentro do gesso. Um ano depois o gesso da mulher estava em 50 tons de cinza e 70 tons de amarelo, por causa da fumaça e gordura que ficaram presos entre o forro e a laje. A coifa em função depurador filtra o ar igualzinho o antigo “Suggar” (que é marca e não produto) e joga de volta dentro da sua cozinha. Atualmente os filtros são de carvão ativado, duram mais ou menos 6 meses e são bastante eficientes. Achei uma imagem explicativa bem legal. Porque usar uma coifa na função depurador? Pela estética. Ela tem essa função para os ambientes onde não é possível fazer a saída externa de bafo. Custa mais caro que o depurador, mas é mais lindo, tipo calcinha de algodão e calcinha de renda. Faz a mesma coisa, mas provoca outra coisa HAHAHAHA Agora vamos ver um exemplo de coifa de ilha: Essa é ideal para aquelas cozinhas integradas… agora vejamos o de parede: E o bom e velho depurador hoje também se desenvolveu, e ficou Slim… inclusive a Fischer tem um baratinho que pode ser embutido no móvel: Depurador é somente aquele produto que filtra o cheiro e devolve pro ambiente. Se você não quer gastar muito, é a melhor opção. Existem depuradores lindíssimos pra ilha, como o Elica #TodasAma super maravilindos pra um espaço gourmet, onde nada vai ser frito pra não ensebar os cristais todos. E você também não vai admirar muito porque custa uma córnea. Microondas O microondas também varia bastante em capacidades, e mais ainda em uso. Eu uso bastante, eu faço arroz, faço pudim, sagu, até pinhão. Mas tem gente que só usa pra esquentar água e leite, então mais uma vez – isso vai ser um mantra nos posts sobre cozinhas, então vão se acostumando. A ordem é fazer a cozinha adequada pra você. Algumas marcas não diferem os produtos de embutir e de bancada, apenas vendem um acessório chamado “máscara” pra ele ser embutido. E agora pra você que como eu, não tem NEM espaço pra uma Iogurteira TopTherm eu vou te falar de coisa boa: Forno elétrico e microondas Combinado Essa invenção angelical – que só achei da Brastemp Gourmand até agora – economiza um espaço maravilhoso na cozinha. É um produto dois em um que custa a mesma coisa que os dois produtos separados, então vamos todos dar as mãos e fazer ciranda em volta da Brastemp agradecendo SSacoisaLinda: O único porém é que só está disponível no formato bancada, não podemos embutir. Refrigerador Olha, eu nem sei por onde começar. Basicamente, eu acho que as pessoas andam exagerando no tamanho das geladeiras. Sério, assim de coração, uma família (que está cada dia menor) precisa mesmo de mais de 600 litros de armazenagem? Não tem mercado na sua cidade? Porque se tem, não precisa guardar tanta coisa. Mas ok, outro tema é a geladeira side-by-side, aquele ornitorrinco lutador de sumo. A capacidade interna daquilo é sofrida e tirando a estética eu não vejo nenhuma vantagem nessa coisa. Então serei um tio bonzinho e fornecerei (porque eu não dou nada HAHAHAHA) minha opinião: uma duplex de uns 500 litros terá armazenagem de freezer e geladeira pra uma família de quatro pessoas. Sabe porque eu tenho certeza disso? Porque a que eu escolhi pra mim é de 423 litros, tem 120 litros de freezer e 303 de refrigerador. Ficou imaginando qual é? Eu te mostro: Porque eu escolhi essa? Primeiro porque ela é 33% mais econômica que as comparáveis, segundo porque ela tem o freezer embaixo (o que é ergonomicamente melhor pra usar), terceiro porque ela é preta e linda, e quarto porque o preço é justo, pouco mais de 3 mil Dilminhas… e o quinto motivo, que me fez descobrir todos os outros… Fernanda Lima é minha paixão! #MeJulguem Mas ainda não comprei, então Panasonic, aceito doação, peça meu endereço e CPF por email que eu mando. Se seu imóvel for amplo e você precisar de bastante armazenagem, é muito mais eficiente ter um casalzinho (freezer e geladeira que se encaixam lado a lado) do que uma duplex e um freezer Olivia-Mouse. Na minha opinião se tiver umas 3 ou 4 crianças na casa, duas duplas são muito mais aproveitadas do que os aparelhos separados. Enfim, minha opinião, e assim como pra comprar cadeira tem que sentar nela, pra comprar refrigerador tem que “ver com mão”. Abrir fechar, abrir as gavetas de frutas, fuçar nas forminhas de gelo… ter certeza que tudo te agrada. Os refrigeradores elegantes servem água, gelo em cubos e gelo picado na porta. Para isso eles precisam de um ponto de água para alimentar ele por trás, e eu sugiro a colocação de um filtro nesta entrada, para prolongar a vida do seu escravo de neve. A Eletrolux especifica isso no manual, aquele folheto que a gente tira da caixa e coloca numa gaveta sem fim e nunca lê – a não ser eu e meu amigo Foca que me ensinou a ler tudo. Sabia que 30% das funções de um aparelho as pessoas não usam por não ler o manual? Seguimos para… Lava louças! Eu já tive muito, mas MUITO preconceito com essa caixa mágica. Mas é porque os modelos antigos precisavam que a gente praticamente lavasse a louça pra depois colocar nela pra lavar… E ao visitar um amigo numa cidade distante eu tive a oportunidade de ver uma uma lava louças de verdade verdadeira. Então eu a abri (curioso que sou) e a primeira coisa que eu enxerguei foi uma louça limpinha, brilhante… e lá no fundo, na lateral direita, um cestinho, tipo uma xícara de expresso, cheia de resto de comida… arroz, feijão e vagem! Eu ainda vejo claramente aquele sepulcro de comida “em processo de decomposição” desde a noite anterior junto com a louça que eu ia usar pra servir a comida do almoço. Eu não me considero um cara fresco, mas gente… eu fiquei com nojo. Ao relatar isso para minha gerente, arquiteta, ela me tirou da beira da pia: ela me explicou que graças a nosso Senhor, com a evolução dos pokemons, dos anos já existe uma função de “pré-lavagem” que tira o grosso da sujeira, então você pausa a lavagem, pega esse cestinho e joga estes detritos maiores fora, então segue com a lavagem. UFA! Agora adivinha o que eu vou falar? SIIIM que a lava louça tem que se adequar ao seu comportamento e a sua família! HAHAHAH Gosto que vocês são inteligentes. As escravas da louça têm tinham tamanhos que comumente eram: 8, 10, 12 serviços – o que quer dizer q cabem essa quantia de pratos, copos, talheres ao mesmo tempo… Porém esse último semestre os índios brasileiros fizeram uma revolução e temos a recém chegada Eletrolux de 6 serviços (que é do tamanho de um micro-ondas grande) e pode ser colocada em um nicho ou usada lindamente sobre a bancada mesmo. Só que eu não sei porque, mas tá super difícil achar modelos de 8, 10 e 12 serviços. Ainda encontramos alguns de 10, e depois… só 14 ! Quem tem 14 humanos dentro de casa com frequência gente? Porque tipo… a lava louças deve ser pensada para o uso diário, não pros dias de festa. Ela é econômica sim, desde que seja utilizada próxima ou totalmente cheia. Não dá pra ter um aparelho pra 14 serviços e lavar louça de apenas 3. Como eu disse, a Eletrolux de 6 serviços pode ficar aqui, sobre a bancada, ou num nicho, e esse é o formato mais comum que encontramos este produto no Brasil, pra colocar dentro de um nicho. Suivez-moi: A Brastemp tem ótimas opções, e além dos modelos de nicho, a tendência mundial é usar modelos que ficam no chão, o que os tornam mais estreitos, e mais estáveis, eu não sei se você acompanhou o processo de lavagem, mas é um fuzuê de coisa girando e jorrando água e acho legal esses modelos que não tremilicam móveis. #vendedôdemóvis um detalhe que não me agrada é a interrupção do sócalo (ou sóclo dependendo da região) que é aquele granito que protege os móveis da cozinha da umidade. Então, quando é uma lavadora de chão, eu prefiro que ela fique em um dos cantos – caso seja possível né, as vezes o ponto de água já está pré-definido: Falando em pontos, cada máquina tem suas particularidades de alimentação, altura de saída de esgoto, altura de alimentação da água e um monte de detalhes assim. É bom pedir pro vendedor de eletros conferir ANTES de fechar o negócio. Agora falta… Cuba, torneiras e triturador, mas eu eXXXtrapolei no falatório (vou ser demitido 3222 palavras) e vou falar disso semana que vem, pode ser? #bença fufus, deixem sua opiniões, suas vontades, uma contribuição em dinheiro ou uma receita light!

  • Eles, Os Italianos!

    Calma, não se assustem e nem fiquem em polvorosa com o título deste post. Eu sou moça direita, com juízo, quieta, tranquila (até demais), adoro uma bagunça organizada, festa, ver gente mas sempre observo mais que atuo… E tenho observado bem os italianos… Principalmente perto da escola, do Marangoni, onde parece ser o metro quadrado mais bem frequentado pela ala masculina de Milão. A gente nem sabe para que lado olhar e além da beleza (sim, os italianos são muito bonitos), sabe o que mais chama a atenção? O estilo. Posso falar com conhecimento de causa que os homens se vestem MUITO melhor que as mulheres aqui na Itália. Elas são básicas, algumas que se arrumam um pouco mais usam salto, são todas magras mas gostam de shapes mais confortáveis. Acredito que pelo calor elas priorizam o conforto. Já eles… Bom, os italianos curtem um roupa mais certa no corpo. Se está usando calça larga, não é italiano. Também amam mostrar o tornozelo e usam calças curtas (algumas bem curtas, que no começo achei estranho mas já acostumei) ou dão aquela viradinha básica na barra. Os sapatos são sempre CERTEIROS, fico chocada! Não vi UM italiano usando um sapato que não estivesse de acordo com a roupa. A maioria sem meia, aliás, até saquei que alguns usam aquelas meias bem curtinhas, quase uma sapatilha de modo que não apareça nada. Muitos mocassins, sapatos de couro mais modernos, nobuck, mas sempre sapatos bem cuidados e de bom gosto. Como falei, as calças são justas e as camisas também! Isso tanto para os mais novos quanto para os mais velhos. Mas atenção, estou falando de HOMEM e não adolescente ou moleque. A camisa é modelagem fit, aquela que fica certinha e… cadê barriga? Eles são magros… Também tomam muito cuidado com os cabelos e usam óculos escuros mais modernos. Se a camisa não vier acompanhada de um blazer (também fit) a manga é cuidadosamente dobrada, fica perfeita. Eles passam uma impressão impecável, de limpeza, de cuidado e vaidade e NADA GAY! Nada nada, pelamor… Por mais que tentem visualizar isso que estou falando e achar pouco másculo, eu garanto, fica muito mais macho que muito bofe ogro. Os mais lindos, mais bem vestidos e que arrancam suspiros ainda usam aquelas lambretinhas tão comuns aqui em Milão. Parece cena de filme, mas não, é Milão mesmo e recheada de italianos estilosos. Um verdadeiro colírio, principalmente para os olhos de quem gosta de moda e estilo.

  • Fufu A Milanesa!

    Oi genteeee! Sumi ontem né? Tô numa vida bem frenética aqui em Milão mas agora começa a acalmar. Hoje é meu último dia de curso e já quero chorar MUITO! Acabei de apresentar meu trabalho final e arrasei rs. Já posso falar que sou formada em Trend Forecasting no Marangoni! Uhuuuuu Mas daqui a pouco temos ¨aperitivo¨de despedida da turma (vários Spritz rs) e de noite balada forte para comemorar! Amanha é dia de relax, passeio pela cidade, sair com os amigos que ainda ficarão por aqui e domingo… Bom, vocês vão ver. Me acompanhem no Instagram e Snapchat (@futilish) e não irão se arrepender rs. Hoje vou mostrar alguns looks que usei aqui em Milão, que como já contei antes, FERVE NO VERÃO! O calor mais quente que já senti em toda minha vida… Por ordem cronológica de uso, alguns inclusive já apareceram por aqui! Vestido Farm e sandália Schutz. Vestido com estampa da bandeira da Turquia da Lafê! Marca fofa de BH e que tem muuuuita coisa linda! Sandália Arezzo Navigli! Bairro boêmio e bem badalado aqui em Milão! Fui várias vezes! Camisa Isbella, saia Zara, sapatilha Chanel e bolsa LV.  Dia de visita a Corso Como, loja super conceitual e cheia das novidades! Tudo Zara!  Dia de visita na Fondazione Prada.  Outro vestidinho MARA da Lafê! Veneza! Podem ficar tranquilas que farei post de lá viu? Vestido Shoulder e óculos Ray Ban. Drinks no dia do meu aniversário num bar super top daqui de Milão, o Ceresio7! O vestido, adivinhem de onde??? Lafê! Passeio no Lago di Como! Short Zara e regatinha Farm! E um dos looks mais comentados no Instagram… o vestido amarelo da Farm que casou perfeitamente com a paisagem da Toscana! Também farei post e esse vai ficar MARA! E look de baladinha na Just Cavalli (ótimaaaa!). Tinha que ser um vestido bem fresquinho, porque o calor nesse dia bateu record! Vestido Espaço Fashion e sapato e bolsa Arezzo. Como podem perceber, nada de calça (não tem como colocar, o suor não deixa) e sempre sapato baixo para aguentar o dia todo. Glamour passou longe, a maquiagem derrete e o cabelo não se acerta de jeito nenhum mas… tô em Milão! rsrs. Curtiram meus looks de verão europeu?

  • Eu Enjoei! (Mas Não Enjoem de Mim!)

    Saiu! Finalmente (e a pedido de muitas de vocês) tenho minha Lojinha no Enjoei! SIM, ESTOU PRATICANDO O DESAPEGO! Durante um bom tempo fiquei separando roupas que não uso mais, algumas que nunca nem usei e que estavam paradas no armário ocupando espaço e o pior, acumulando energia. Sim, acredito muito nisso, que coisas paradas não deixam a energia circular e que quando a gente se desfaz de algo, abrimos lugar para algo melhor aparecer. Isso na verdade é regra pra vida! Mandei um moooonte de coisas pro Enjoei e os preços estão super amigos hein! Prestem atenção que tem várias peças novinhas em folha, com etiqueta e tudo e as que estão como ¨usadas¨ foram pouquíiiissimo usadas, geralmente uma ou duas vezes apenas! Querem ver um pouco do que tem por lá?? Acho que nem vão ler o post todo, já vão direto pra lojinha né? E acho bom correr mesmo! Sou uma blogueira obediente, vocês tanto pediram desapegos e aí estão! Espero que gostem e já estou pensando numa segunda leva. O link direto para a Lojinha da Cony é este AQUI! Boas comprinhas!

  • Minha Vida de Estudante em Milão!

    Já faz duas semanas que estou na Itália, especificamente em Milão, fazendo um curso MARAVILHOSO no Istituto Marangoni. Sim, no todo poderoso Marangoni… Já pensaram no peso de ter no currículo um curso desses? E são tantos cursos bacanas que dá vontade de emendar um no outro! Já estou de olho no de Fashion Business… Bom, vou contar um pouquinho sobre o Istituto, o curso e as amizades que fiz por aqui. O Marangoni existe há 75 anos e como falei, é uma das melhores escolas de moda e design do MUNDO. São várias sedes, tem em Paris, Londres, Shangai mas o primeiro é o de Milão, onde estou estudando. A localização dele é perfeita, fica pertinho do Quadrilátero da Moda, onde se encontram as melhores grifes do planeta em ruas super charmosas. Também é perto da Duomo, aquela catedral majestuosa que marca o centro da cidade. Vários restaurantes e cafés por perto, além de metrô (a estação de San Babila é a mais perto) e ônibus. Com boa vontade dá para fazer tudo a pé, mas o calor não deixa. Dizem que está sendo um dos verões mais quentes aqui na Itália! E é um calor umido, daquele que a gente toma banho e já sai suada de novo. Eu estou ficando na casa de uma conhecida que virou amiga, tudo aconteceu por muita coincidencia no Brasil poucas semanas antes de embarcar para cá. Encontrei com uma amiga que tinha uma amiga que tinha acabado de voltar da Itália e tinha deixado uma vaga livre no apartamento de uma moça brasileira. Entrei em contato com ela e pronto, caminha reservada! O restante dos meus colegas (logo vou falar deles) estão em hostel, em apartamentos que encontraram no Airbnb (maraaaaa essa dica hein) ou no hotel que escolas aconselha, o The Big. Tudo é uma questão de escolha por localização e preço mesmo, diria eu que mais preço já que localização aqui em Milão não é obstáculo, afinal tem metro e onibus para todos os lados, o dia todo e super seguro. Taxi é caro… Qualquer corridinha fica em 15, 20 euros mais ou menos enquanto que o combo metro/onibus por dia fica em 4.5 euros (valor único para usar o transporte publico o quanto quiser por dia) e é bem fácil de entender. Sem dramas. Bom, preciso contar que estou APAIXONADA pelo meu curso, Trend Forecasting (Previsão de Tendências), e que é muito mais do que eu esperava. E nem pensem que é fácil, tipo passear, ir pra aula, ir para restaurantes, etc. A grade é pesada (tem dias que tenho aula o dia inteiro, de 9:30 as 18:30) em outros na parte da manhã, que digamos vai até 15:30. Os professores são super experientes, grandes nomes e com um conhecimento absurdo. Me sinto realmente privilegiada em estar aqui! As aulas são todas em italiano mas temos tradução simultânea em português e ingles. No começo de cada aula a tradutora entrega um aparelhinho que usamos durante o dia e depois devolvemos. É bom trazer seu fone. Dá super para pegar a aula toda, a gente se acostuma rapidinho com a tradução! As matérias obviamente são bem coerentes com o curso, aprendemos desde o nome e o tipo de tendências (e acreditem, vai muito além do que imaginamos, é bem complexo!), tipos de tecidos, texturas, como apurar o olhar em relação a tudo que pode virar tendência mundial. E isso inclui movimentos culturais, sociais, econômicos e artísticos. Mais uma vez me vem a cabeça aquela cena do suéter azul da Andy no filme O Diabo Veste Prada (que inclusive em um momento foi citado no curso). Nada é por acaso e tudo no mundo do design, inclusive o fashion, tem uma razão muito concreta para existir. E é essa razão que aprendemos a desvendar e prever. É maravilhoso. Parece que a mente se abre em um espectro enorme. Como é bom estudar né? Sobre as pessoas que frequentam o curso… Vocês vão achar que tô exagerando, mas amo todos (sou uma pessoa fácil de me apegar aos outros rs). Num primeiro momento fiquei receosa que meus colegas fossem nariz em pé, ¨filhinhas de papai¨ mas não tem NADA disso! Temos estilistas, personal stylist, compradores (buyers), blogueiras (só eu rs), donos de confecção e até gente que quer se descobrir e está fazendo o curso apenas para conhecer um pouco mais sobre o assunto. A idade também é variada e nossa turma é muito bacana! São 11 alunos, sendo 6 brasileiros, uma russa, dois mexicanos, uma panamenha e uma colombiana. No Marangoni tem MUITOS brasileiros! É bem comum ouvir as turminhas falando em português por lá!   Nosso primeiro aperitivo, pertinho da Corso Como! Foi logo no primeiro dia de aula! Agora vejamos mais um pouco do que é o Istituto Marangoni! Aula sobre tecidos! Esta última foto é do campus de Design, muito bonito! Já contei antes mas volto a contar: eu vim com a Luiza Bomeny, que é a representante do Istituto Marangoni no Brasil! Conheci muita gente que também chegou à escola através dela e acredito ser a melhor forma de vir estudar moda aqui em Milão. Ela faz a papelada toda e todo o procedimento para ingressar ao Marangoni. A gente só precisa preencher um formulário e fornecer cópia de alguns documentos. Sem erro! Quem quiser pegar mais informações com ela, o site é luizabomeny.com.br, tem a página no Facebook e o Instagram @luizabomenyconsultoria E quem quiser saber mais sobre a minha temporada italiana, dá uma olhadinha no meu Instagram (@futilish)! Além de informações sobre o curso mostro os lugares que tenho ido conhecer (a Expo Milão, Lago di Como, Veneza, Toscana e vários restaurantes e barzinhos legais! Farei post sobre eles!)

  • Dez Erros Fashion QUE TODO MUNDO COMETE

    Eu, você, a amiga chique, a amiga nem tão chique, a moça da padaria, a dona da grife cara. Todo mundo comete, pelo menos uma vez na vida, sabe que está cometendo mas acha que ninguém vai reparar. E pode saber, reparam, mas… somos humanas e erramos! Geralmente acontecem quando a gente está com pressa, temos plena consciência que podemos estar cometendo um pecado fashion mas estufamos o peito e vamos pra rua assim mesmo. Por exemplo: Etiqueta colada na sola do sapato, quem nunca? Eu VIVO fazendo isso mas é justamente um indício da pressa e de achar que ninguém vai ver. Porém, sempre alguém se aproxima e fala baixinho: seu sapato tá com a etiqueta… Daí você finge que não sabia, faz cara de gafe gigantesca, agradece e vai pro banheiro tentar tirar aquela chatice. Roupa clara com calcinha escura aparecendo. Sabe aquele dia que todas suas calças escuras estão sujas e não tem nenhuma calcinha nude limpa? Síndrome de quem mora sozinha e lava roupa apenas uma vez por semana… Daí usa uma lingerie escura, usa uma blusa mais compridinha pra disfarçar mas… não adianta muito. Além de saber do erro, ainda fica o dia inteiro pensando se está aparecendo ou não. Alça sutiã aparecendo. Erro universal. Neste exato momento estou vendo 2 meninas assim. Todas arrumadinhas mas com alça aparecendo. Por mais que a gente tente esconder uma hora aparece, iguais as… Alças de sustentação. Aquelas tirinhas que servem para pendurar a roupa no cabide e que a gente nunca usa e sempre esquece de cortar. Geralmente nos lembramos dela quando checamos o look no espelho do elevador e vemos aquela pontinha fugindo pela gola da blusa/vestido. Daí tentamos enrolar na alça do sutiã mas fica repuxado e pior ainda. Durante o restante do dia nosso único desejo é conseguir um tesourinha pelo caminho. Usar roupa amassada. Outra síndrome da pressa. Sabe aquele dia que nenhuma roupa passada faz seu gosto e só aquele vestido amassadinho satisfaz seu desejo de look do dia? E não quer ligar o ferro, nem por água no steamer e faltam 5 minutos pra sair? Vai amassada mesmo. Afinal, tudo é questão de ângulo. Mas novamente o espelho do elevador entrega seu erro fashion e aí já é tarde demais para voltar e trocar de roupa. A desculpa oficial é que o cinto de segurança do carro amassou a roupa toda. Usar um tipo de roupa não adequada ao seu corpo. É quase o mesmo motivo da roupa amassada. Justamente aquela calça que não te veste maravilhosamente bem é a única que orna com sua produção do dia. O jeito é respirar fundo e achar que está tudo ok. Usar um decote nas costas com um sutiã que você ACHA que não vai aparecer. Sempre vai aparecer um pedacinho e você vai ficar ajeitando a blusa e tentando arrumar a roupa… Ou usar tomara que caia que quase cai mesmo. É de acabar com qualquer glamour ficar puxando o TQC pra cima a todo momento para ele não cair de verdade. E usar uma saia ou vestido tão justo que mal dá para andar? Aconteceu comigo há pouco tempo… resultado: não conseguia entrar nem sair do carro com naturalidade. Mico, e mico anunciado. Para terminar, a marquinha do biquíni que a gente toma tanto cuidado para não aparecer mas daí tem um evento ou festa e o look fica comprometido pela marquinha do verão. Já errei todas essas, INCLUSIVE HOJE, a fitinha de sustentação do meu vestido fugiu e minha colega me avisou… E vocês, qual o erro fashion que cometem conscientemente?

  • Mi Casa, Su Casa – Tapetes!

    Oi Fufus! Passou o trauma das cozinhas? Ainda tem muita coisa “pesada” pra falarmos das cozinhas. Mas hoje, vamos falar de um tópico mais leve, mais divertido, que ajuda o pessoal da Casa Alugada assim como uma decoração elegante pra quem já tá no imóvel próprio: TAPETE! Então pega o aspirador de pó, e #venkotio! Tapetes e carpetes, como já falamos quando brevemente no tema de Pisos, não produzem calor. Então pare de dar a desculpa de que sua cidade é muito quente pra usar tapete. Ok? #agradecido ! Tapetes podem ser dos mais diversos materiais: algodão, lã, feltro, nylon, plástico, ráfias, fibras de côco, fibra de banana, peles… Basicamente qualquer coisa que possa ser estendida no chão pode virar um tapete. Vou me ater aos mais comuns: Tapete de Algodão Estes tapetes, são bem naturais, tem uma manutenção chatinha – caso seja a versão “felpuda” principalmente, porque eles soltam fibras e aparecem aquelas bolas tipo filme de faroeste pela casa. Os outros também criam esse efeito cinematográfico de falta de asseio, mas demora muito mais. HAHAHAHAHAHA Como diz um amigo meu: “A casa tá criando ursinhos!” Muitos produtos tem como matéria prima de base o algodão, que são fibras naturais (mas como são muito mais comuns que os outros, resolvi falar deles em específico) como tapetes de barbante, por exemplo, são de algodão e por mais que eles não dancem a valsa da rykeza, existem situações e peças bem desenhadas, que ficam lindas numa decoração mais rústica. Dependendo das dimensões é possível lavar em casa mesmo, na máquina de lavar, ou, quem pode, no chão da garagem com mangueira e escova/vassoura. Lembrando que o processo de tingimento desse tipo de tapete, pode manchar caso a gente limpe só-esse-pedaçin-onde-caiu-vinhozin. Então lavar fibras de algodão – especialmente as tingidas – sempre completamente. Tem tapetes artesanais de malha, malha trançada, mas o cuidado com eles é basicamente o mesmo, então eu vou dar um fast-foward sobre esses tecidos e tudo mais que é baseado em algodão, e marchemos para o próximo. Fibras naturais Olha, quando eu era mais besta, ou menos maleável… na verdade eu era leigo, eu achava esses tapetes tenebrosos, horripilantes e nojentos. Mas todo pokemón evolui, e eu agora entendo que eles são muito elegantes – quando bem aplicados. Fibras naturais, são oriundas de animais ou plantas, fibras de animais por exemplo temos a lã que não é somente a mais cara, mas também mais resistente e durável é um bom investimento. Nessa família animalesca, também vem a seda, que é belíssima, mas não é tão resistente, devendo ser usada em locais com menor tráfego de pessoas ou até, eu sugiro, colocaras na parede, como arte. Fibras de plantas, como o sisal, o bambu são belas opções para ambientes abertos para o exterior, lembrando que eles não se dão bem com umidade – muito menos devem ter contato com água – porque apodrece, mancha e vira uma desgraça. Tapete de Nylon Os tapetes de nylon são amplamente encontrados no mercado atualmente. Eu trabalho com uma marca que produz o tapete eXXXXclusivamente pro cliente, de maneira semi artesanal, e o resultado é maravilhoso. Mas tem muita marca, e muito produto bom disponível no mercado, em magazines como Tok Stok, Havan, Leroy Merlin, em cidades menores, às vezes até supermercados tem alguns disponíveis pra venda, em tamanho padrão como 150 x 200 e 200 x 250. Acalme-se, já já eu explico as dicas tamanhos de tapete pra alcançar a elegância. E a aplicabilidade de cada altura de tapete. Os tapetes de nylon são encontrados em diversas espessuras (que são na verdade a altura do corte do fio, ou do nó do fio) Basicamente, falamos de fio cortado em: 10, 14, 18, 21, 45, 70mm. E no fio bouclé ( ou loop, ou laço ) de 8mm. Nessa hora você grita: “TIO! Não tô acompanhando.” Ok, o blouclé, ou loop, ou laço, ou nó… é o ponto do tapete que é literalmente “tramado” na base. O fio sai da base e volta pra ela formando um lacinho mesmo. E o outro, que tem muito mais opções de altura, é o fio cortado vejam um desenho: Quando você manda fazer um tapete, pode escolher a mistura das doces, as alturas pode fazer literalmente qualquer formato, desenho ou recorte que quiser. Lembrando que tudo tem seu preço, né… Alguns detalhes devem ser levados em conta quando vai se comprar um tapete muito grande. Eles são pesados. Uma peça de 300 x 250 com altura de 70mm – que seria super possível de se usar numa sala de TV, pesa fácil, mais de 40 kilos, se você mora no décimo andar e o tapete não entra no elevador… 10 andares de escada fazem 40 kilos parecerem 200kg. Muitas empresas não fazem entregas acima do terceiro andar, e também não assumem responsabilidade por içamento de mercadorias. Tapetes de pele Estes são altamente decorativos, e vão do rústico ao contemporâneo. Eu acho atual, já especifiquei em alguns projetos, mas com um adendo: não precisa ser pele natural. Eu não sou ativista, não tenho problema se um cliente quiser usar um produto de couro natural, entendo o valor agregado, a durabilidade e a diferença de toque que existe entre o sintético e o natural. Eu só acho que justamente por ser algo no qual você vai ficar sapateando, arrastando móveis e etc… é desnecessauro colocar os resíduos do bichinho pra esse fim. Bora comprar um belo casaco de couro, que aí sim faz diferença. Tapete Shaggy Nos últimos anos houve uma invasão do tapete Shaggy no Brasil. A maioria deles vem da Ásia e o custo benefício são bons. Você já deve ter visto o ele parece ser formado por centenas de milhares de fios de linha de costura. E costumam ter um brilho meio duvidoso, mas que é possível ficar rico quando bem combinado. Ele também tem diferentes alturas, inclusive, alguns esculpidos, que realmente são atrativos. Agora vamos falar sobre ambientar o tapete, porque não adianta partir pra compra sem saber o tamanho do tapete. Tapete grande demais significa que você jogou dinheiro fora, porque ele é cobrado por metro quadrado. E tapete pequeno demais é muito deselegante. Assim, é um crime contra o bom gosto, tipo calça fusô com salto. Mas vamos por partes. Porque cada cômodo tem uma forma de aplicar o tapete. No HALL o tapete existe com uma função nada nobre = limpar os sapatos dos visitantes porquinhos que não tiram o sapato pra entrar na casa dos outros. Então por mais decorativo que ele seja, por mais WOW! Que você pretende que ele tenha, lembre-se de que: Ele deve ser fácil de limpar, e de preferência numa dimensão que essa limpeza possa acontecer em casa. Salas de estar: na sala de estar eu acho que o tapete não precisa ser muito peludão, gosto de usar até uns 21mm. A sala é um lugar onde a decoração geralmente é caprichada, então vale investir num item com desenho, sejam grafismos ou algum padrão de desenho (flores são muito comuns). Sabe aquela famosa “sala pra dois ambientes” de antigamente, que evoluiu para o “lay-out integrado” ? Quando o tapete é usado pra subdividir dois espaços ele deve englobar tudo que pertence ao espaço em questão. Ou seja se é uma sala de estar e eantar e você quer delimitar a sala, o tapete tem que abraçar toda a sala, sofá, mesinha, luminária, poltrona, vaso-di-frô. Viu como dá sensação de riqueza, de amplitude e de organização? Claro que, caso o sofá esteja encostado na parede, você pode usar um tapete “beijando o móvel” Palavras de Brunette Fraccarolli. Mas isso vale pra estofado com o pé baixinho. A ordem é que quando o pé é alto, a gente entre com o tapete uns 20cm abaixo dele, pra não enxergar o piso. Veja: Agora vamos pro errado: nada de usar aqueeeele tapete 50 centímetros maior que a mesa de centro. Isso não é um tapete, é um capacho anabolizado. Sério gente, não coloque nada, mas não faça essa de tacar um paninho no chão, meio sem cabimento: Tipo, esse tapete serve pra quê? Ele tá ligando o que com quem? Tá protegendo o pé de quem? #desnecessauro! 100-NHORRRRRR dái-me estômago! Deixa eu seguir. Tapetes pra sala, acabam tendo dimensões grandes, e quem mora de aluguel, por exemplo, pode usar como recurso pra “esconder” um piso que não agrada. Mas caso você não queira gastar muito os tapetes para o ambiente de jantar costumam ser menores. Quem manda no tapete da sala de jantar é o tampo da mesa. Exatamente isso que você leu. O tapete tem que ser entre 70 e 100 centímetros maior que o tampo, pra “abrigar” as cadeiras durante o uso. Outro detalhe é evitar os tapetes com ponto bouclé/loop por motivos de: é ruim de limpar em caso de cair comida. Eu particularmente indico o uso de tapetes com pelo baixo pro jantar, em torno de 10 ou 14mm de altura. Imagina um troço peludão lá e o bebê da tua prima tacando arroz vai nascer arroz na tua sala vc vai ter que usar aquele chapeuzinho de chinês e resolver a colheita. Veja dois BELOS ambientes com tapete no jantar: Percebam que, principalmente da segunda foto, quem manda é a mesa, não importa se sobra menos piso de um lado do que de outro. O ponto de equilíbrio é = Luminária + mesa + tapete . Agora me digam se não é depressivo : Sério, não tá faltando algo? Essa cadeira suicida, caindo do tapete. Tenho vontade de alimentar o tapete pra ver se ele cresce, ou de abrir guardanapos e estender em volta pra completar o requadro da coisa. Tapete no corredor… pra quê? Olha, se não for pra esconder o piso feio, o alçapão do bunker, só pode ser pra você chutar/tropeçar nas pontas. Também me ocorreu que pode ser pra chegar bebum em casa e não acordar a família… então tá valendo! Mas EU não gastaria o SEU dinheiro nisso, ainda assim, em corredores eu defendo o uso de linhas para dar uma ilusão de amplitude, e aqui, geralmente já estamos saindo da área social da casa e indo pra ala íntima, então vamos fazer algo mais fofinho. No quarto o tapete tem uma função, proteger seus pezinhos de tocar no piso gelado. A largura dele deve ser de uns 60 centímetros, pra estacionar as chinelas, eu como bom transtornado faço eles alinhados com a largura do “criado-mudo”. Para isso, ele deve chegar – pelo menos – até a metade do comprimento da cama. Mas RYKO mesmo é o tapete que chega até a mesa de cabeceira. Tirem suas conclusões: MAS, convenhamos 70% do seu tapete vai virar cama pros duendes que habitam debaixo da sua cama. E quando precisar lavar, precisa de 2 ou 3 pessoas pra retirar o corpo o tapete do local. Assim sendo, eu não tenho problema nenhum em dizer pra você usar 2 tapetes de mais ou menos 60c120 centímetros ao lado da cama. Esteticamente fica mais simples, mas não fica feio. Acompanha: Agora, se você, assim como eu, dorme avulso numa cama pra mais de um, façamos uso da quebra de regra, porque isso é bom demais, e desloquemos o amigo felpudo pra um dos lados: E uma situação que eu acho muito agradável principalmente em quartos com cama de solteiro, é o uso do tapete redondo : Agora, a Fufu phyna, que almeja um closet, deve usar um tapete pra poder se divertir provando roupas descalça mesmo. Super a favor, super necessário, super concordo. Mas tanto no quarto quanto no closet eu vejo vocês tirando brincos, tarraxas fugitivas caindo, e aparecendo CRAVADAS no seu calcanhar. Não amiga, não exagere na altura do tapete. Até porque ele pode atrapalhar o funcionamento das portas, tanto de correr quanto as batentes. E eu estenderia o tapete ao máximo possível, cobrindo todo o piso. Como a gente costuma usar cores neutras nos armários de quarto, um tapete trabalhado traz personalidade, e é muito mais barato trocar um tapete que móvel né? Quando falamos de Home Theater eu já visualizo pessoas jogadas no chão com almofadas, aquela tarde preguiçosa com seu bem, então vamos usar algo com toque muito muito gostoso, um tapetão com 70mm de altura, em toooooooodo espaço entre a TV ( ou projetor) e o sofá. Daí é só correr pro abraço! Pá! Cansei vocês? Espero que não! Como eu disse no post anterior, eu estava viajando, mas vou responder todo mundo que precisa de ajuda nos comentários. Aproveita e diz aí o que você gostaria de saber, que a gente atende. #bença!

  • A Hora do Make: Blush!

    Oiii amigas, vamos direto ao ponto: quem aqui já levou chinelada na cara? Não, o tema hoje não é violência física, é violência visual mesmo. Fica bonito não… Ok, eu também adooooouro blush, sou super a favor dele ser parte indispensável na maquiagem, acho que dá pra brincar com tons variados BUT, voltemos ao post anterior pra lembrar: usar com bom senso SEMPRE te deixará mais bela, sempre! O blush teoricante tem que servir pra devolver ao rosto o rubor de saúde que temos quando jovens. Aquele rosinha na bochecha de gente leve, de bem com a vida, que faz esporte, toma sol e não tem problemas. Tarefinha meio impossível de se conseguir naturalmente quando a realidade chama pro stress e correria do dia a dia né? Mas maquiagem é truque, então vamos recorrer sem remorso. Eu particularmente tenho duas formas de usar: uma para o dia que prefiro para as mais discretas e senhoras, e outra para a noite e para as mais ousadas. Mas antes vamos reforçar: Contorno é contorno, blush é blush. O contorno usamos para afinar o rosto e disfarçar, é melhor que tenha tom marrom frio e seja aplicado abaixo do ossinho das maças, saindo mais ou menos de metade da orelha até metade de cada face do rosto. É opcional. Blush é pra corar, bronzear e vai ali em cima do ossinho, onde o sol bate quando a gente se bronzeia. É indicado.   Jeito 1 : Dia / Discretas / Senhoras Escolha os mais rosadinhos ou corais, de preferência sem muito brilho. Para negras, rosas mais intensos e queimados ficam perfeitos! Aplicar com pincél de blush macio, com leves batidinhas bem na maçã do rosto (mais ou menos em formato de triângulo invertido), ali onde fica “gordinho” quando a gente sorri. Blush cremoso também vai bem nessas situações e a sugestão é aplicá-los com os dedos ou com pincél duo fiber, aos poucos. Algumas sugestões: Sentido horário: Dainty, MAC / Douceur, Nars / Penny Lane, Nars / Rude, Illamasqua (Sugestões com base em produtos que uso e conheço) Jeito 2: Noite / Ousadas Escolha tons mais intensos, marcantes e iluminados. Aplicar com pincél macio para blush, em movimentos de vai e vem e circulares contidos acima do ossinho, esfumando bem pra mesclar a linha que divide o contorno. Ambos tem que se fundir, super importante! Vá construindo a intensidade aos poucos, na maquiagem é sempre melhor errar pra mais (porque tem conserto) do que pra menos (que daí já era)! Os tons podem ser de rosados aos mais amarronzados, não há muita regra, procure harmonizar com seu tom de pele. Algumas sugestões: Warm Soul, MAC / Love Joy, MAC / Orgasm, Nars / Deep Throat, Nars (Sugestões com base em produtos que uso e conheço) Combinado? Foi lindo viver os anos 90, toda aquela cor, intensidade.. Mas agora voltemos à programação normal de 2015! Rsrs Inspiração da semana: Catarina com make e cabelão by me. Super beijo queridas, até breve!  

  • Phubbing, Tá Sabendo né?

    Hoje fiquei conhecendo essa palavrinha e fiquei ¨feliz¨ em saber o significado. Apesar dos pesares, é algo que eu, você, TODO MUNDO, faz atualmente e nem se liga muito nisso. Ou se liga, mas ainda assim não de uma forma que consiga parar de fazer. Calma, já vou explicar. Phubbing é um termo novo, utilizado para denominar aquele momento que fica todo mundo com o celular na mão, na mesa do bar, ou quando você está falando com alguém e a pessoa só responde um ¨aham¨ e nisso fica a conversa. Chato e deselegante, eu sei, mas é o mal dos tempos modernos e que tomara a gente se cure logo. Mas de onde veio esse termo? Phubbing foi criado pela Macquarie Dictionary e é a mistura de duas palavrinhas: snubbing (esnobar) e phone (telefone). Exatamente aquele momento em que você ignora alguém e usa como desculpa seu telefoninho. Seja um checada no Whatsapp, no Instagram, ver a foto do Facebook, olhar o email… Dessa forma, você está praticando o Phubbing. Esse comportamento feio e atual está originando vários movimentos. Quem nunca foi a um bar com os amigos, empilharam os celulares e quem pegou primeiro pagou a conta? Quem nunca saiu com o bofe e desligou o celular e deixou dentro da bolsa? Prova de amor hein? É mega difícil (ainda mais para quem vive de internet, oi, prazer), mas juro que estou me policiando quanto a isso. A maioria dos Phubbers usa o telefone para: atualizar seu status, mandar mensagens, postar fotos, usar o Google, jogar, rir de alguma piadinha em rede social, verificar os grupos no Whatsapp. Esse último é o que mais odeio, a pessoa fica conferindo grupo por grupo e nem dá bola para quem está ao lado. E vi um vídeo super bacana, brasileiro, do bar Salve Jorge em SP que criou uma técnica super legal para acabar com o Phubbing. Espiem, é rapidinho. Mea culpa, eu faço Phubbing mas tenho consciência e estou me policiando cada vez mais. E vocês?

  • Desejo: Turbante

    Mas nem pensar nesse calor da Europa! Gente, está um INFERNO literalmente! Difícil até pra dormir, acho que nunca senti tanto calor na minha vidaaaaa! Enfim, turbante turbante, aquele que cobre a cabeça inteira, tá bom para usar aí no Brasil! Lembro de ter visto uns bem bacanas na Zara antes de vir pra Itália mas não comprei por motivos de: não sabia se iria usar. Um lenço também faz o trabalho, é só aprender a amarração correta e essa dá para usar até no verão! Tenho visto algumas pessoas usando e acho LINDO! Estiloso, com personalidade, fora do comum porém fácil e simples de fazer. Mas tal como o chapéu, parece que temos bloqueio com qualquer coisa que cubra os cabelos né? Vamos acabar com isso? Olhem só: Não é estilo puro? E quem quiser tentar com lenço (e deixar o turbante mesmo para comprar pronto), na C&A tem uns bem lindos. E agora duas formas de amarração! Uma com lenço fazendo tipo uma tiara, e uma cobrindo a cabeça. Doida para tentar a primeira, mas esqueci de trazer lenços hahaha. Acho que vou dar uma passadinha na H&M… Curtiram? Usariam?

  • Para Eles: Gola no Lugar!

    Gente, algumas semanas atrás fui almoçar com uns amigos e papo vai papo vem, contei que tenho PÂNICO de homem que usa camisa com gola ¨sambada¨. Quando falo sambada, é aquela gola mal passada, velha, torta que detona qualquer look masculino. Eu acho. DAÊ que um deles, com uma camisa muito bem passada e gola no lugar, tirou como num passe de mágica um trequinho de metal que era o segredo da gola perfeita! COMO ASSIM? Em que planeta eu vivia que nem sabia que isso existia? Enfim, soube que a maioria das camisas sociais vem com um de plástico, mas o fino mesmo é comprar de metal e deixar todas as golas dignas de 007! Claro que tem que tirar para lavar e exige um cuidado dos bofes na hora de vestir, mas o resultado é mara. Não sabe do que estou falando? Disso aqui ó: E ainda existem uns com um imã, para ficar impecávelmente, impecável. Acho digno homem que se preocupa com isso, afinal a gente também repara néam? E se seu namorado/marido sofre com as golas sambadas, mostra este post para ele e dá a dica que no Ebay ou Amazon tem! É só procurar por ¨Metal Colar Stays¨. Aposto que vai correr pegar uma camisa para ver se tem a tal abertura para por esse trequinho rs. Se tiver, ótimo! Vai ficar lindo tudo no lugar

  • Mi Casa, Su Casa – Cozinhas!

    Sábado é dia de quê??? De Tio Lelo e sua simpática forma de nos ensinar a ¨arrumar¨ a casa! Olá Fufús! Semana que vem eu estarei indisponível para escrever abiloladamente coisas para vocês. Eu vou fazer um treinamento sobre produtos arquitetônicos multi-MILHOnários, e cortinas riquinhas. Esse curso vai durar a semana toda, então ficaria complicado e eu decidi mandar logo dois posts pra patroa poderosa que está modelando em Milão. Vocês sabiam que em média eu levo três dias pra escrever um post? É uma função deliciosa, mas delicada, tipo pudim sabe, e eu não quero desenformar um mingau pra quem me lê. #Venkotio que a dieta já falhou mesmo. E já que estamos falando de comida, um post bastante solicitado é o de cozinhas. E esse é um tópico tão complexo que daria toda uma coleção da Barsa. Primeiro de tudo, o que você precisa pra resolver todos os detalhes de uma cozinha é: ter um ambiente que será uma cozinha. RÁ! #SérgioMalandro curtiu isso. Depois de você ter um ambiente onde precisamos nos atentar para o lay-out, que é a distribuição dos aparelhos no espaço. Mas vamos entender o que torna ela funcional? Não é marca, Não é preço, Não é tamanho, Não é o tipo de acabamento. É o formato em que distribuímos as áreas de trabalho. Sim, cozinha é área de trabalho. Queremos que o seu trabalho flua naturalmente, a não ser que você seja triatleta, precisamos ter: refrigerador, pia e fogão numa distância máxima de três passos. Não, não importa o resto. É mais uma turma da Luluzinha que precisamos manter próximas. E para isso, basicamente, existem seis formatos de cozinha considerados funcionais. Agradecendo imensamente ao Google Imagens AND ao Arquidicas que tinha muitas das imagens altamente expositivas que eu usei ilustrar meu post! Cozinha Linear Essa cozinha é bem comum em apartamentos, pois ela exibe as três melhores amigas lado a lado. Eu não quero falar – ainda – sobre tamanhos, mas eu PRECISO informar que entre fogão é pia, o ideal é ter um espaço de bancada de 60 centímetros, mas o mínimo mesmo é de 45 pra um apoio de panela/corte etc. Neste formato de lay-out ( ou leiaute, que foi normatizado )Tá todo mundo aí, literalmente na sua frente. Vejamos algumas cozinhas lineares: Gostaria de apontar dois detalhes nessa segunda cozinha, o fogão está lá na esquerda, coladinho na parede. Pra mim, ok eu sou destro. Mas para uma pessoa que trabalha com a mão esquerda seria extra-desconfortável ficar ali ralando os cotovelos pra fazer uma panqueca. E eu digo extra, porque é muito ruim você ficar colado numa parede, tipo criança de castigo. Eu indicaria a pessoa usar um cooktop de 4 bocas, ou mudar uma parte daquelas gavetinhas lá praquele canto, comprometeria a estética, mas seria funcional. Cozinha corredor Vai ter amor aqui nesse modelo, pois é o tipo que eu tenho em casa, HAHAHAHAHA Essa também “acontece” muito nos apartamentos, que é o meu caso. Esse modelo permite criar um triângulo, que é considerado pelos ergonomistas a mais confortável das disposições. E eu concordo muito. Também acho que visualmente o efeito é agradável. E você pode treinar os pivôs das muódelas. Agora vamos atentar-nos que, pra abrir uma porta de geladeira, precisamos de espaço. O ideal é que entre os móveis, tenhamos 120 centímetros MAS, em épocas de empreendimentos diminutos, abrindo a porta da geladeira com uma folga de 20 centímetros, tá valendo! Eu gosto desse formato, pois de um lado agrupamos tudo que é alto, geladeira, torre de fornos, armário de mantimentos, e do outro fazemos uma bancada espaçosa, e se a janela e a coifa permitirem, ainda dá de colocar móvel superior. Vejamos exemplos: Essa cozinha acima tem coisas que eu amo, como a cuba em porcelana – que só encontrei pra comprar fora do Brasil – E coisas que eu não gosto, como as panelinhas tudo enforcadas em praça pública. Mas é muito bonita. Essa eu escolhi propositalmente. Vocês notaram que tem uma bancada lá no fundo? Eu sei que é prático, e sei também que pelas duas geladeiras e pelo acabamento do móvel que é um provável espaço pra empregada. Por favor Fufú, não faz isso. Comer olhando pra parede, é castigo, sério. Não maltratem empregadas, elas fazem sua comida, cuidam das suas coisas, muitas vezes até passam mais tempo com seus filhos mais do que dos delas. Não é legal nem espiritualmente-evolutivo por as pessoas comer de castigo com a fuça apertada. Põe ela pra comer depois se for o caso. Tá? S2 pra vocês. Se você tiver uma dessas bancadinhas para esporadicamente fazer um lanche, ótimo. Mas todo dia não vale. Cozinha em L A cozinha em L é geralmente, feita em um local mais estreito, mas com uma boa profundidade. Eu não me lembro de ter feito muitas cozinhas em L nestes sete anos de trabalho com mobiliário, mas ela é muito eficiente. Eu acho que a gente – espécime-humano que ganha comissão – acaba transformando todas as cozinhas que seriam L em cozinha em U- HAHAHAH – #massari Vejamos: GENTEEEEEEEEE!!! Alguém me explica aquele forno lagartixa colado lá no teto? Quem vai usar? Jogador de vôley? Palmas para o projetista de 2 metros de altura. Vou deixar outros detalhes bizarros no fim do post. Foi muito difícil encontrar imagens de cozinha L, a maioria é um L de mentira, porque quando você fixa bem, falta alguma coisa: geralmente a geladeira. Acabou que cozinha em L com tudo que uma cozinha precisa só tinha essa abençoada com essa cortina feita com retalhos do uniforme da guarda do vaticano. Cozinha em U Essa cozinha é muuuuuuito legal, ela fica super bem setorizada, sobra bancada pra fazer aquela massa da mama, fritar o pastel e colocar o escorredor de louças. Tudo junto e exibido ao mesmo tempo! Praticamente uma procissão de desordeiros transformando seu lar em um circo, te juro, vira uma bagunça deliciosa. Nesse formato também é legal selecionarmos em qual das paredes vamos deixar tudo que é alto: refrigerador, despenseiro, torre de fornos… e no outro lado o fogão e a coifa e onde esconderemos a pia. Vejamos modelos: Olha essa segunda cozinha com a cuba de porcelana de novo. Acho que eu estou desejoso de uma dessas. E as faquinhas no imã? Já me sinto atirador de facas. #DexterMorgan curtiu isso. Agora, deixe me aproveitar o gancho pra expor uma grande indignação minha: A pia na janela. Ninguém sequer pensa antes de responder, nenhum arquiteto/engenheiro tenta mudar isso. Os brasileiros simplesmente assumiram que a posição correta e obrigatória da pia é sob a janela. Eu já ouvi explicações ridículas, tipo: a pia fica na janela pra umidade sair. Queridinha, se não tiver circulação de ar a umidade não sairá nem que a pia fique no meio do quintal. Eu sinto nisso um dogma de nossa colonização e do período de escravidão sabe, porque eu não vejo uma explicação lógica pra você lavar louça admirando a paisagem se não for pra se imaginar correndo pelo jardim e ser feliz bem longe da esponjinha. O fato é que, você poderia posicionar aquela bancadinha de frente pra janela e ver os passarinhos cantoralando. Poderia colocar a mesa ali e tomar um café da manhã com seu amô num domingo preguiçoso olhando a chuva cair nas flores… Poderia numa manhã fria preparar o nescau do seu filhote vendo os raios de sol invernis timidamente aquecerem as bochechas do pimpolho… Tô poético né? NÃÃÃÃOOOOO… você prefere ficar de pé, com a mão ensaboada, esfregando uma panela que você está mentalmente amaldiçoando com os olhos abaixados pra bancada sem nem se dar conta de que do outro lado do vidro a humanidade tenta prosperar e ser feliz. Me diz a verdade, quenhé que é, que lava louça sem olhar pra louça? Se fizer, vai ficar mal lavado. Cozinha em G Essa cozinha em formato de G é campeã em ambientes integrados. Ela pode ser aplicada em cômodos menores que os de ilha, então são extremamente frequentes. Além de comportar mais espaço de armários. Viram que a indicação é sempre de um espaço de 120 centímetros? Isso permite que você esteja no fogão e sua-metade-da-laranja lave a louça ao mesmo tempo, porque é bem isso que acontece todo dia né? HAHAHAHA Também conhecemos esse formato como cozinha com “península” que eu acho que é uma maneira da gente frustrar menos quem sonhava com uma cozinha com ilha. Esse modelo de cozinha quase que por decreto de lei tem uma bancada de refeições, que pode ser alta (110cm), média (93cm) ou baixa (74cm). Dependendo do que está na frente dela eu acho mais indicado uma ou outra. Corre ver uns exemplos: Agora é mais fácil de visualizar as alturas. Viu como a bancada nesse caso, fica abaixo do balcão? Essa altura, que fica entre 72 e 74cm do chão é a altura normal de uma mesa. Se você não vai investir numa sala de jantar completa ou uma mesa de refeições, eu sugiro usar a bancada nessa altura por questões de conforto. Mesmo que seja pouco utilizado, que não costume receber visitas… Se acidentalmente acontecer de rolar um encontrinho, nesta altura as pessoas vão se sentir bem pra um papo mais longo . Atente-se para caso estiver cogitando usar aí na frente a pia ou o fogão. Pode respingar água, ou comida em quem estiver sentado ali enquanto você faz o seu show. Uma vantagem é poder usar cadeiras de verdade-verdadeira, nas trilhares de opções para decorar o espaço. Essa opção não difere as alturas das bancadas de trabalho e do espaço para refeições, que variam entre 93 e 96cm. Eu acho o resultado estético elegantérrimo – porque coisas escalonadas não costumam me agradar – mas, em Terra Brasilis quase não há banqueta pra essa altura. Você estará fadada a cortar as perninhas de uma alta, ou então usar aquelas com pistão de regulagem. Essa é muito legal, principalmente em áreas de lazer, espaço gourmet ou churrasqueiras. Como a parte onde os convidados sentam é mais alto, entre 108 e 110cm, o local parece sempre organizadinho, minha restrição é com pessoas de mais idade por exemplo, que terão dificuldade de subir e descer. Também gosto que essa barreira impede inundações caso a pia esteja ali na frente, assim como o leite derramando e escorrendo pelo mundo todo. Cozinha com Ilha Essa adorada cozinha com ilha é desejo de 17 a cada 3 brasileiros. Sério, todo mundo quer uma cozinha com ilha. Então vou já limando o sonho de uma galera: se não for integrada com a sala, a dimensão mínima pra cozinha com ilha é 390 x 400. Caso ela seja integrada, 330 x 400. Mas tio, dá pra fazer menor? Dá! Mas vai ficar parecendo a casa da Barbie, e eu não tô falando de cor-de-rosa, feminino, fofinho. Estou falando de diminuto, beirando a comédia. Na década de 80 pelo menos, aprendemos – erroneamente – na escola que ilha é um pedaço de terra circulado por água em todos os lados. Mas não tem água nem em cima, tem embaixo. Então sua professora mentiu pra você também. Uma cozinha com ilha quer dizer que você tem uma bancada solta das paredes, pra você poder correr em volta fazendo a dança da chuva, por exemplo. E para o seu filho correr de você tentando não tomar remédio. Essa ilha pode ter uma pia, ou um fogão, pode ter os dois, pode não ter nenhum, pode ter uma das três opções de bancada em algum lugar… a imaginação e o bolso são o limite de cada um. EU, particularmente, gosto de fogão e pia na ilha, assim você passa quase que o tempo todo de gente pra quem estiver te acompanhando. E na parede do fundo, fechamos geral com modulação alta, torre de fornos, geladeira, e armário de louças e mantimentos. #BemLindo Mira que rico: Nesse exemplo, a bancada sái em L e toda a parte de armazenagem fica ao fundo, e sim eu escolhi essa cozinha por dois motivos, um é por causa do roxo =D As vezes, estamos amarrados ao ponto de gás, ou ponto de esgoto e não é possível fazer ambos espaços (molhado e cocção) na Ilha, por isso eu digo que temos que aproveitar e projetar a cozinha o quanto antes numa obra, seja reforma ou construção, quanto mais cedo melhor. Agora, nessa segunda cozinha, eu quero falar sobre o que vai acima da ilha, porque a gente sempre quer fazer uma firula, colocar um pendente, e tal, mas lembre-se sobre o fogão vai a coifa (que é aquele aparelho que joga o cheiro da fritura pra fora, pra quem não conhece o termo) , então não pode entulhar de coisa pra não ficar uma favela flutuante sobre a ilha. Só a coifa já tá bom. Um ponto a se analisar também, é que coifa de Ilha é con-si-de-ra-vel-men-te mais cara que a de parede. E sabe o que fica lindo? Churrasqueira com ilha: Com a onda de otimização dos espaços, a churrasqueira e a cozinha estão “se fundindo” numa coisa só. Geralmente uma bela porta divide esse novo cômodo do jardim. Eu acho super válido, pois assim você pode investir em melhor qualidade do que ficar construindo duas coisas praticamente iguais. E comprando 2 refrigeradores, 2 microondas, 2 forno, 2 cooktop, 2 coifa… Vejam um espaço assim: Ficou uma gracinha né? #HebeCamargo curtiu isso. Mas, finalizando a cozinha com ilha, não importa qual dos formatos você terá ao redor dela, se vai ser L, U, Corredor ou Linear. O fato é que na cozinha com ilha você corre livre em volta do móvel. E como disse que ia falar de coisas estranhas em cozinhas, alguns fatos se superam: Já vi cozinhas serem montadas e tanto a cliente quanto a arquiteta esquecerem do microondas. Além do microondas muito alto, gaveta ou portas que não abre porque batem em algo que tá do lado ou na frente. Cliente querendo colocar forno embaixo da pia… Esgoto pra quê, né? Geladeira dentro de despenseiro – tipo as de embutir de filmes – só que usando uma geladeira comum dentro de um armário. Geladeira na frente da janela. Fogão debaixo da janela! Imagina o vento apagando o fogo ou levando o cheiro da comida pela casa inteira. Cozinha com uma única tomada – dae você faz revezamento entre geladeira, fogão, microondas. Geladeira na ilha… mas de novo, não a especial, que pode ser embutida embaixo, uma normal. Projeto sem gaveteiro… Torre de fornos sem ventilação – esses detalhes de eletros vai ser um post muuuuuito legal!   UFA! 2400 palavras. Cansei vocês? MIM desculpem. Já tá acabando. Sim eu estou testando vocês e só a Fernanda, essa querida, deu falta da birita semana passada. Então hoje um brinde a você menina! Com uma das minhas preferidas: Na próxima semana falaremos mais de coisinhas de casa, muito obrigado pelos comentários, eu faço o possível pra ler e responder todos. Sigam deixando suas ideias que vamos tentar expor tudo que vocês quiserem aqui. #Bença!

  • O Tal do Copinho

    Vocês sabem que abordo os mais diferentes tipos de assuntos por aqui mas esse em particular me deixou um pouco receosa. Explico. Eu, Constanza, ignorava completamente a existência deles. Quando soube, achei estranho, não entendia direito como funcionavam e qual a vantagem de usar um. Sabem do quês estou falando? Dos agora famosos coletores menstruais, ou os copinhos. Eu vi o boom no Facebook, muitas mulheres comentando que usavam e parei para pesquisar com mais cautela antes de sair julgando. Trata-se de um copinho mesmo, feito 100% de silicone medicinal que substitui absorventes. É reutilizável, e pode durar ANOS! Pensando no lado ambiental da coisa, é fantástico certo? Bom, como virei meio natureba e abandonei a pílula, quis testar o tal do coletor. Comprei pela internet mesmo, já que não vende em farmácias (absurdo, não entendo o motivo). São várias marcas, mas escolhi a que tinha o site mais bonitinho e parecia ser a preferida da mulherada (no caso, a InCiclo). Custou cerca de 80 reais e existem ACESSÓRIOS para o copinho: necessaire, saquinho, toalhinha, panelinha para higienizar o coletor… Como eu nem sabia como usar, comprei só o copinho mesmo. Mentira, comprei uma mini necessaire porque achei bonitinha também. O coletor dessa marca tem dois tamanhos, sendo diferenciado por idade ou para mulheres que já foram mães. Quando o meu chegou, achei ele ok. molinho e tal. Um copinho de silicone mesmo com um cabinho. Mas como que usa isso? Ah a internet… o negócio tem toda uma técnica. Tudo bem que vem um manual de instruções mas nada como a experiência real de mulheres que usam. EXISTEM DOBRADURAS e COM NOMES para poder inserir o coletor com mais conforto no canal vaginal e deixar ele no lugar certo. Posso confessar uma coisa? Já usei em dois ciclos e ainda não me acertei. O meu vaza, acabo tendo que usar absorvente do mesmo jeito e outra, incomoda um pouco. Cortei o cabinho e dá semi desespero na hora de tirar. Mas vamos com calma… Primeiro você insere o tal do copo na ppk, com a dobradura escolhida (pode ser em C, em diamante, do avesso, li que tem gente que até põe aberto, como, eu não sei) e ele se abre lá dentro. Toda a menstruação (deveria) fica retida nesse copinho. Ele pode ficar lá até 12 horas, depois você puxa (pelo cabinho ou se tiver cortado ele como eu fiz, tira pela base mesmo), esvazia (sem nojinho hein), dá uma lavadinha e põe de novo. Dizem que independe da quantidade do fluxo mesntrual, mas não sei não. Se bem que nunca vi o copo cheio de tudo e olha que estou usando DIU. Muita gente se preocupa com o cheiro, mas saibam que não tem cheiro nenhum, pois o sangue menstrual não entra em contato com o ar, que é o que provoca cheiro. Ainda por cima, tem essa vantagem. E dá para dormir com ele. Como contei, até o momento não valeu a pena pra mim, pois além de vazar, incomoda. O fato de ter cortado o cabinho dificulta a retirada dele, o que provoca momentos de tensão. Eu sei que o coletor não vai sumir lá dentro, mas só de saber que existe algo que tem que ser retirado e que não quer sair, assusta. Li por aí que tem que formar um vácuo, mas sinceramente, nem sei qual a sensação ou como que se faz isso. Pensei em testar outros modelos (já tentei todas as dobraduras e continua vazando. Ah, o tamanho está certo) e tem um que me pareceu bem interessante, ao invés de cabinho, tem uma bolinha (Meluna), o que não deve incomodar muito certo? No Facebook existe um grupo super ativo (e apaixonado) pelos coletores menstruais. As meninas falam maravilhas deles e fico chateada que eu ainda não me adaptei. Eu achei a idéia boa, desde que a pessoa consiga usar certinho. Imagina, ficar livre de absorvente, poder fazer tudo, sem incômodos e ainda por cima economizar um bom dinheiro? Legal né, só tem que funcionar rs. Alguém usa? Se adaptou bem???

  • O Estilo de… Christine Centenera!

    AMO AMO E AMO observar os looks das editoras de moda das grandes revistas. Ou são loucas de tudo (oi Anna Dello Russo) ou são super básicas porém certeiras! E é essa última turma que mais me inspira. Penso assim… essas mulheres respiram moda 24 horas por dia, conhecem todas as tendências antes de todo mundo, sabem o que é bom, entendem de produção de moda e ainda assim não fogem muito de um estilo mais clássico porém com aquele toque sutil fashion. Acho lindo e hoje vamos falar dela, a editora de moda da Vogue Austrália que tem carinha de bebê, Christine Centenera! Chris gosta de saias diferentes, com recortes, zíper, fendas.  Ela também curte uma sandália delicada, de tirinhas ou… Ankle boot ou open boot (lembram que falei delas aqui?) Chris gosta de peças com bom corte, mas não deixa de lado um jeitinho meio girlie de ser. E essa é a Chris revoltada, meio rocker, meio punk, mas não é que nela tudo fica bom? Cores? Preto, branco, cinza. Estampas? Pouquíssimas. Jaquetas sempre das mais ricas possíveis e alfaiataria. E o exagero dela é bem específico em algum detalhe da roupa ou sapato. Pra gente aprender a ser chique.

  • A Hora do Make – Papo Sério

    Oiê amigas! Achei que antes de continuarmos a prática, precisávamos levar um papo. Tenho recebido alguns comentários do tipo: “suas maquiagens são um oásis no meio desse monte de côncavos e contornos exagerados” ou “não consigo achar contorno legal, por mais natural que seja”. Ou então, volta e meia clientes contam que fizeram maquiagem em algum outro lugar e se odiaram, se sentiram desconfiguradas e acabaram tirando tudo e refazendo elas próprias antes de irem para o evento… Enfim, estilo é um assunto delicado, mas vale a reflexão! (Antes e depois duvidoso. TRASH!) Fiquei pensando no que me trouxe até aqui e qual o meu objetivo ao trabalhar com beleza. Não sei se todas sabem, mas sou formada em psicologia e depois de circular por algumas profissões bem realizadas mas internamente pouco satisfatórias, entrei num processo de coaching para encarar a crise dos 40 e procurar minha realização pessoal pois sentia que já tinha passado da hora. Foi quando descobri que maquiagem podia ser muito mais que um hobby e iniciei a busca pelo curso profissionalizante ideal, afinal já sabia bem qual estilo NÃO QUERIA seguir, e uma amiga indicou o Liceu de Maquiagem da Vanessa Rozan. Foram 3 meses bárbaros de aprendizado intenso, prazeroso e muito mais sério e criterioso do que eu podia imaginar que esse universo exigiria! Resumindo, saí apaixonada mas assustada pois vi que o caminho não seria fácil e que a prática persistente dali pra frente seria tão ou MAIS importante para a minha carreira. Fiz cursos extensivos na Escola Madre, muito bacanas e enriquecedores também, mas foi só na experiência que de fato me profissionalizei. Tá Paola, mas pra que você tá contando tudo isso? Então gente, eu queria dizer pra vocês que maquiagem é coisa séria!     Tenho notado que de uns tempos pra cá houve um “boom” e a profissão pipocou, de repente todo mundo é maquiador, faz tutorial, dá dicas, maquia “azamiga” e quer se glamurizar diante de uma profissão que é muito mais foco, estudo, pesquisa, bom senso e vocação, do que achismos e non sense. Existe uma graaaaaaande diferença entre estar maquiada x estar BEM maquiada. Óbvio que estilo é muito pessoal.. Eu por exemplo não curto pele pesada, contorno ultrasuperpower a la Kim Kardashian e cut crease mas pra quem curte, por favor, faça bem feito e foque na harmonia da coisa! Antes e depois de Kim: camadas e camadas de base e contornos, mas ela achou sua forma harmonica de divar Uma coisa que aprendi com a Rozan <3 : maquiagem bonita e sofisticada requer aquele efeito degradê que se funde com a pele. Nada de linhas marcadas! A regra é: ESFUME!!! (nãooooo, por favor!!)  Maquiagem tem que servir pra embelezar gente! Você tem que olhar pra pessoa e notar, sem saber explicar direito, que ela está com ar saudável, de bem com a vida, atraente. Tem maquiagem que choca, repele, assusta! (Seu namorado certamente não fala, mas nota. As amigas então…Rsrs. Cuidado!) Enfim queridas, óbvio que estamos aqui compartilhando as quartas feiras sem o intuito de profissionalizar ninguém. Minhas dicas servem para que vocês possam ter algum conhecimento e sentir mais segurança para explorar esse universo e encarar uma maquiagem bacana para o dia a dia. Porém se alguém aí pensa em se profissionalizar, por favor, vá além! Procure um BOM curso, estude, treine moooito e tenha paciência porque o caminho não é fácil (povo acha que é só glamour… tsc tsc!). Mas acima de tudo, tenha vocação, se atire porque DE FATO é a sua praia e não só porque é modinha. Essa é a fórmula do sucesso e não tá à venda em lugar nenhum, ficadica! Terminamos com alguns Antes e Depois de divas que são tão mortais sem maquiagem quanto nós… Mas divam porque ficam lindas na medida. Atentem sempre para as maquiagens de Red Carpet que são ótimos indicadores de que menos pode sim ser mais. E eu chocante sem nada ( BUH!) e depois ligeiramente (SQN) corrigida. Muitos beijos e até a próxima!!!  

  • Fala Que Eu Te Escuto: Como Parecer Mais Velha?

    Vamos ajudar a pequena Raíssa??? Cony!! Tudo bem? Sou MEGA fã do blog e de você! Acompanho o FuFu a 5 anos e cada dia me apaixono mais por ele! Hoje eu resolvi escrever, porque estou precisando de uma ajuda GIGANTESCA e acredito que você seja a pessoa certa para me ajudar! Me chamo Raíssa e tenho 27 anos! Poréééém, eu aparento ser bem mais nova! Eu realmente tenho carinha de criança, como dizem, mas sei que o modo como me visto interfere bastante para que eu pareça ter 19/20 anos. Muitas vezes eu me olho no espelho e vejo uma adolescente! Acredito que eu me vista bem, porém sou muito despojada! Meu namorado as vezes reclama, que eu estou sempre “muito simples”! Estou precisando de uma ajuda para me vestir mais adulta e sofisticada!!! Mas não faço nem ideia de como! Não sei nem por onde começar a mudança… É importante falar que eu não sou fresca com nada! Adoraria saber brincar com as roupas e acessórios! ME AJUDA, CONY! Beijos, Raíssa. Ah Raíssa, querer parecer mais velha nãaaao rsrs, digamos que vamos dar uma incrementada em seu look para você ficar mais mulherão, afinal com 27 aninhos já consegue isso né? Por você falar que se olha no espelho e parece uma adolescente, imagino que deve abusar de jeans, camisetas e tênis. Você não me deu essa informação, mas como preciso partir de algum lugar, vamos por aí ok? A questão é parecer mais adulta e não ¨velha¨. Camisas fazem bem esse papel, dão um ar de mulher fatal (quando mais abertas) e ainda mantem a jovialidade. Blazer baby! Mas nem pense num look secretária. Blazer até com jeans e camiseta mesmo fica adulto e chique.  Saia lápis e para ilustrar escolhi minhas colegas Silvia Bras, Camila Coelho e Helozita Gomes! Novamente, roupa de adulta mas com pegada jovem. Batom vermelho! Aliás uma forma de ganhar uns aninhos a mais é carregar na maquiagem, mas como não queremos nada exagerado, pode usar um batomzão vermelho que tá tudo certo! Salto alto né? Não tem jeito, um belo scarpin passa a imagem de mulher segura e consequentemente, mais madura. Treine bastante, pois nada mais feio que usar salto e não saber andar nele! São peças básicas, mas sempre lembrando que é para parecer mais adulta e NÃO ENVELHECIDA! Seja clássica nas suas escolhas, deixe de lado estampas fofinhas, bichinhos, lacinhos e babados. E o mais importante: POSTURA!

  • Roupa de Inverno: Trench Coat!

    Como é difícil falar de roupa de inverno com o calor que estou sentindo aqui em Milão! Sabe calor grudento, de pele brilhando e cabelo seboso? Pois é, bem delícia SQN! Só que aí no Brasil as coisas estão mais friorentas e um item que acho INDISPENSÁVEL no closet de qualquer mulher é ele: um belo trench coat claro. E saibam que dá para usar de váaarias maneiras. Observemos: Cony Style, com camiseta básica, jeans skinny e scarpin! Com uma blusinha listrada também fica super lindo. Bem francesa. Quer modernizar? Um jeans TODO rasgado faz a diferença. E até mesmo com roupas mais confortáveis como calças soltinhas ou legging fica bem. Detalhe para a sandália de tirinhas. Muito amor. Com tênis! O trench coat é uma peça tão chique e elegante que ele faz o look todo parecer fino. E também dá para usar com vestidos e saias. Onde comprar? Pelamor, comprem um bom! É o tipo de peça que tem que vestir perfeitamente em você. Se as Dilmas não derem para um Burberry, corre na Zara que tem uns bem dignos por lá. Vi semana passada! E vocês podem continuar com esse friozinho enquanto eu me derreto por aqui :-/

  • Instagramão de Milão!!

    Oi genteeeee! Já estou em Milão e amanhã começam minhas aulas no Marangoni! É quase uma hora da manhã aqui mas eu continuo acesa, o fuso ainda me confunde um pouco (5 horas a mais por aqui). Quem me acompanha no instagram (@futilish) já deve saber que minha vida passou por algumas alterações de percurso nas últimas semanas, sem maiores delongas, quando chegar o momento certo eu comento por aqui ok? Mas graças a Deus tá tudo correndo perfeitamente, fui super bem acolhida no meu lar milanês e a viagem está sendo INCRÍVEL! Vou mostrar um pouquinho do que tenho feito, só para ninguém passar o domingo em branco e com saudade de mim rs. Sou dessas. Para comemorar eu viajo, se estou triste eu viajo, se estou a toa viajo, se tenho que trabalhar, também viajo! Tudo pronto para um vôo de quase 15 horas, SP – Milão! A botinha é Santa Lolla e os anéis da Carolzinha, do feira shop da Savassi, banca 162 (ela vende pelo instagram, @ummeiadois) Por enquanto não quero pensar em comprar, mas vai que… rs E assim que cheguei na cidade, tomei um banho e fui conhecer a famosa Catedral de Milão, a Duomo! Gente, é impressionante, de tirar o fôlego! Não entrei ainda (até tentei mas não deixaram pois estava usando um vestido curto e não pode), mas com certeza irei em outra oportunidade! Barrada na Duomo, fui comemorar minha chegada em Milão em grande estilo e fui pra um rooftop bem bacaninha, no alto de uma loja que se chama La Rinascente. É TOOOPPPP! Foi dica da Fashionismo e da Gabi do Starving. Fui num restaurante que se chama Maio e tem música lounge, gente (muito) bonita e a vista ao Duomo. Pra querer fica lá pra sempre rs. Meus óculos são Fendi, da Optica Atalaia (@optica_atalaia) Bequinhos de Milão… Muito amor. Outra construção impressionante, a Galleria Vittorio Emanuele! Chiquérrima, várias grifes e tudo ali, na praça do Duomo mesmo! Farei post específico sobre essa Galleria ok? Passei rapidinho. E para terminar, o look de hoje e que fez xuxexo por aqui rsrsrs. Vestido da Farm, bolsa Mim’s Bags (aquelas personalizadas que mostrei aqui), rasteira Schutz e óculos Ray Ban! E amanhã cedo, aula! Para quem não sabe, vim fazer um curso de Trend Forecasting no Istituto Marangoni e fechei tudo com a Luiza Bomeny Consultoria, aí no Brasil mesmo! Estou super ansiosa e empolgada! E dicas, ACEITO DICAS DE MILÃO! Restaurantes, lojas, qualquer coisa rsrsrs.

  • Mi Casa, Su Casa – Espelhos!

    Vem Lelinho, vem fazer a gente sorrir (principalmente eu que estou no meio de um inferno astral DAQUELES!) ¨Olá Fufus! Finalmente o tão pedido tema do espelho chegou! Eu quis ser mais culto, e ir pesquisar a história do espelho e descobri um blá-blá-blá técnico-científico que sinceramente, é desnecessauro*. Mas vamos semear por aqui o que é interessante: os primeiros “espelhos” eram feitos em metais, especialmente o cobre, 500 anos antes de Cristo, e depois a prata, que também era polida com moagem de pedra grossa, pedra fina, areia, argila e depois água. Pra se fazer um espelho de mão com moagem de Obesidiana, por exemplo, demorava 8 horas. Mas a prata, esse metal birrento, escurecia e tinha que passar por manutenção frequente pra continuar refletindo as belezas dos humanos. No Egito eram feitos em Bronze e cobre, na Grécia tinham os cabos e o verso rycamente decorados, e a primeira citação de espelhos na literatura está na Bíblia, em Êxodo 38.8. Viu que um tikin de vaidade não é pecado? Mas quando falamos de espelhos em decoração, sempre vem aquela máxima que algum entendido de decór, provavelmente protegido atrás de um óculos com armação de acetato preto em estilo retrô disse: Então, vamos ser francos, o que aumenta o ambiente é quebrar a parede e juntar dois cômodos. É fazer um puxadinho, é criar novos limites mais pra fora. O espelho poderá dar uma impressão de que o cômodo é maior. Mas pra isso, prestemos atenção: ele tem que refletir algo contínuo, organizado. Se você tiver uma estante longa e na parede lateral você colocar um espelho- DO LADO DELA, ele vai refletir essa peça bonita e realmente duplicar a longitude do móvel. Aqui, eu tenho uma imagem que mostra um espelho na lateral de um quarto (que deu certo): Agora meu-amô, se ela estiver de frente pra uma bagunça, tipo quarto de adolescente, sua casa vai virar uma bagunça geral ou um micro-circo. E antes que venham o povo “xaato” me diga: Enxergar duas pias cheias de louça pra lavar dá muito mais desespero do que uma só, não concorda? #agradecido. Agora vamos para uns detalhes, que são legais, como usar uma faixa de espelho lááááááá em cima da estante. Esse efeito prolonga o teto, e aumenta a profundidade. Quando usado num hall de entrada, tanto de casa quanto de prédios, ele é um poderoso elemento decorativo, até porque, não tem muita coisa num Hall, então esse fica todo faceiro e dá aquela “sensação de amplitude” Uma das maneiras que mais usamos no Brasil, é espelhos na sala de jantar. Eu gosto, porque é um local que – geralmente – fica organizado. A forma LEGAL de usar um espelho, seria numa parede “ao fundo” da sua vida. Como aqui:   Notaram que desta forma você verá um ambiente beeeem maior?Você terá duas áreas de jantar, duas salas, dois tudo, inclusive duas sogras. Nem tudo é perfeito. Quem tem uma parede forrada de espelhos, é a Narcisa Tamborim-naum-sei-o-nome-todo-degy. EIKE LOUCURA! Porque eu sou desses que assiste Mulheres Ricas, e eu AMO Lydia Sayeg podem me julgar. Agora vejam o apto conciso de Narcisa: Agora, descolando da parede, esses espelhos podem ser integrados aos móveis, como em cozinhas ou quartos: Temos também, não comum, mas também não estranhamente, a opção de usar espelhos nas portas de móvel de cozinha superiores, ou despenseiros: Notaram que o espelho dessa segunda cozinha é na cor Bronze? Então, além do Espelho “normal” do Bronze, também existe o espelho fumê, que eu acho super moderno, elegante e atual. Estes dois interferem diretamente na imagem humana, então não servem pra um espelho aonde você vai se maquiar ou testar o look total, porque o Bronze te deixa com um bronzeado a lá Valentino, e o fumê te deixa Mortícia Adams. Mas sejamos práticos, como um MAXI espelho não é um item barato e também temos que pensar nos humanos que vivem de aluguel. Então um jeito muito inteligente de se trabalhar é usar composições de espelhos, ou aplica-lo através de uma bela peça decorativa. Obviamente, um local onde sempre queremos um bom espelho, é no banheiro. Mas temos que lembrar de que banheiro não é lugar de armazenar maquiagem, pelo menos não se ele for pequeno e a umidade ficar muito presente nele. Apesar de eu ter usado como exemplo lá em cima, eu não sou muito fã de espelho refletindo a cama. Eu acho que fica meio motélico. Também gostaria de atentar que certa vez fizemos um armário assim pra uma menininha de 4 anos, e ela se assustava ao acordar e ver o próprio reflexo. Mas algo que eu gosto, é de espelhos nas laterais da cama, assim: O que fazer entre os espelhos? Papel de parede, né!? Agora um apelo: não coloquem espelhos em estantes onde tem televisão. Não existe nada mais enlouquecedor na vida do que assistir você assistindo tevê. Isso serve também pra acabamentos como Laca (principalmente as escuras). Pensa que se você estiver lá, abraçadinha com teu bem e ele mexer o pé você vai ver esse movimento ao lado da tela. E cada coçadinha, espreguiçada, espiada no celular, vai tirar sua atenção da programação. Agora, uma forma de acrescentar esse lindo, é mobiliário revestido em espelhos. E existem opções pra praticamente todos os estilos de móvel assim. Agora, além de não ser a coisa mais fácil de limpar, e de ter que cuidar por exemplo, com o rodo e a vassoura batendo nos cantos, eu PRE CI SO alertar vocês sobre um detalhe imporante, tão importante que eu fui tirar uma foto minha mesmo pra ilustrar: Se eu fosse menina-moça-mulé, do fato ter kikita, seria extremamente desconfortável sentar de frente pra um espelho. Então pensemos muito bem antes de adquirir uma mesa de centro, ou um móvel pra TV com frente em espelho ou acabamento de alto brilho, pra não constranger as amiCas. Pra esses posicionamentos, eu prefiro usar por exemplo, apenas o tampo superior em espelho: Ok, quando a pessoa estiver chegando, ainda de pé vai ter um reflexo coisa-e-tal, mas se a sua amiga anda tipo um lutador de sumô, arqueada e com as pernas abertas, tá na hora de rever seu círculo de amizades, você pode criar um ambiente mais agradável, mas também não precisa banir as superfícies refletentes por falta de senso alheio. Bom gente, eu acho que eu “englobei” bastante coisa sobre os espelhos. Agradeço imensamente a participação de vocês, o espaço que a Cony me disponibiliza e sigam mandando sugestões dicas e a opinião sobre os textos. Quero fazer o possível pra que nossa obra vá até o fim sem trocar de profissional de interiores. HAHAHAHAAH #bença! *Desnecessauro = Desnecessário desde antes da extinção dos dinossauros.

  • Grisalhas!

    Desde que falei da minha Musa de 2015, Sarah Harris, que venho olhando com mais carinho para mulheres que optaram por deixar os cabelos quase brancos. Antes eu logo imaginava a pessoa ou loira, ou castanha ou com cabelo preto, mas hoje consigo admirar um belo cabelo grisalho. Não sei se já contei por aqui, mas eu tenho MUITOS cabelos brancos. E apareceram do dia pra noite. Mentira, eu tinha uns 9 fios, muito bem controlados que quando surgiam eu logo tirava com uma pinça mas um dia percebi que já não eram apenas mais 9 cabelos e a conta foi aumentando TANTO que se eu tivesse que tirar todos ficaria careca! Resultado, preciso pintar a raiz de 15 em 15 dias ou fica parecendo que jogaram talco no meu cabelo. Tenso. Mas tudo bem, faz parte da vaidade. Vai Idade se é que me entendem. Porém há que curta um cabelinho grisalho e pode ser natural, em mulheres mais velhas ou até mesmo forçado, nas novinhas que vivem com siricutico de fazer algo diferente na juba. Vamos das novinhas às mulheres mais maduras e quero saber se irão sentir o mesmo que eu ao acabarem as fotos… Sabem o que eu vi? LIBERDADE E ELEGÂNCIA! Como é chique uma mulher com seus lindos cabelos brancos e bem cuidados! Eu queria ter o desapego, mas acho que ainda não tenho quantidade suficiente para ficar um platinado bonito. Até nas meninas novinhas fica muito bonito, mas acredito que tem que ter um rosto quase angelical para dar certo. Já nas mulheres mais velhas, WOW, fino. O que acharam?

  • A Hora do Make – Luz e Sombra

    Oi queridas!! O papo hoje é sobre luz e sombra e aposto que todas suuuper se interessam pelo assunto. Desde que Kim Kardashian divulgou seu truque milagroso de embelezamento, a técnica virou febre e mania. De fato, usar o tal recurso pra se valorizar é legal e válido mas PUFAVÔ, vamos com calma! O que você vê na net nem sempre é bacana ao vivo. Maquiagem pra vídeo e foto são diferentes, bem mais pesadas, carregadas… Definitivamente, não rola pessoalmente quando o bom senso tá afiado. Pro dia a dia, vamos combinar, o natural prevalece e o menos SIM, é mais. Ok, questão de estilo, esse é o meu!

  • Sua Bolsa, Do SEU Jeito!

    Bolsa é um ponto fraco para toda e qualquer mulher. Ah, nem vem falar que não se importa, se importa sim! Pelo menos uma você tem e se tem é porque é um item absolutamente NECESSÁRIO! Onde vamos carregar nossas coisinhas? Mas aí vem aquela infinidade de alternativas, modelos, tamanhos e cores e ficamos sem saber qual escolher. E o pior, não queremos uma bolsa que TODO mundo tenha igual ou que identifique fácil onde você comprou e quanto pagou. Tá difícil saber onde comprar uma dessas? Então vou te contar que você não vai simplesmente comprar uma bolsa, você vai fazer a sua bolsa DO SEU JEITO!! Pera, calma, respiremos. Como assim? Existe um site que se chama Mim’s Bags, o Made It Myself. Lá você pode fazer sua bolsa totalmente personalizada! Ninguénzinho na vida vai ter uma igual a sua.   Ó, vamos primeiro enumerar as vantagens: Couro legítimo (que pode ser liso, animal print, croco, avestruz, metalizado…) São feitas à mão Troca grátis em até 30 dias Parcela em 6 vezes sem juros Frete grátis (as condições estão aqui) Agora, como funciona isso tudo? É assim, são alguns passos bem fáceis de seguir, vou desenhar tá?     Primeiro você escolhe o modelo de sua bolsa. Em seguida escolhe alguns detalhes, como tipo de tampa, por exemplo… Momento de escolher a cor! E tem até animal print hein!   Daí você escolhe o tipo de alça. Eu que sou perua, vou sempre na de corrente com o couro no mesmo tom da bolsa.   Mais um detalhezinho: ou um enfeite, um fecho…   E se quiser bordar ainda mais, pode por tachas! Claro que a medida que você vai incrementando sua bolsa, o valor vai aumentando um pouco. Então é bom ir testando para ver como está ficando o resultado e o valor.   Contei que a bolsa é personalizada né? E isso significa o quêeeee? Nosso nomezinho nelas! Óbvio! E você pode escolher etiqueta interna, pendurada ou ainda pendurada com enfeites. Chique! Muito simples, muito único e o preço fica ótimo, já que é um produto de qualidade, de couro e que vem super embaladinho. E como sei disso? Ahhhh, porque eu mandei fazer uma! Fiquem de olho no meu instagram (@futilish) que vou mostrar, FICOU LINDA! E não quero ninguém copiando a minha ok? hahahaha Soltem a imaginação e o bom gosto e sejam estilistas da sua própria bolsa. A Mim’s ARRASOU com esta proposta! Ah e tem cupom de desconto de 5% para as leitoras do blog! O cupom é FUTILISH! Aproveitem!

  • Mi Casa, Su Casa – Casa Alugada!

    Lelinho, venha nos contar como deixar uma casa ou apartamento alugado bem bonito? Olá Fufús! Quero informar solenemente que o post dessa semana quase foi de Iglu, porque olha, não tá fácil. Fez UM mísero grauzinho da segunda feira, e meu cobertor do Bambi não deu conta, tive que pegar mais uma coberta. Sim, eu tenho um cobertor do Bambi, e quem me deu foi minha mãe, vou passar a conta da terapia pra ela. Na próxima semana eu vou pro segundo item mais pedido, que é: Espelhos. Mas antes de iniciar nossa conversa de hoje eu vou convidar vocês pra… Quentão né pessoas! É junho e tá frio, não podemos perder a chance. Eu fiz uma revisão de todos os comentários, nas sete (gente, nem parecia tanto!) postagens e fiz uma tabela com todas as sugestões que vocês deram sobre temas, e o escolhido de hoje foi: Decoração em imóvel alugado. Liga pro fiador e #vemkotio! Nem todo mundo, mesmo com programas de financiamento facilitados, escapa do aluguel. Eu quando era menor vivi em muitas casas, mudei bastante porque às vezes acabava um contrato e tínhamos que procurar uma outra casa, não renovávamos. E eu acho que um pouco da minha falta de amor pela parede branca é porque casa alugada sempre é genérica. E nunca podia pendurar coisas, e tinha que cuidar pra não sujar a parede… e fixando a memória agora, os banheiros eram horríveis. Nos nossos tempos modernos às vezes a empresa te transfere de cidade, quem sabe vai estudar em outro canto do país, veja lá, é tão comum agora fazer uma especialização fora de nossa Terra Brasilis, quem sabe você resolve ir pro Chile homenagear nossa patroa Cony e se esbaldar nas delícias de uma outra cultura. O fato é que mesmo que nenhum lugar no mundo jamais substitua a pátria mãe de cada – independente da nacionalidade – o fato é que: Alugue e quero me sentir em casa! Muito do bem estar psicológico, é atribuído ao sentimento de aceitação. E chegar em um lugar que não parece nada com você, não vai te trazer aconchego. Não que você não vá ter privacidade, ou não se sentir a vontade. Eu falo daquele momento que você olha pra algo e pensa: “Se fosse meu, seria diferente.” O local onde você vive, tem que ser o seu “ninho” mesmo que seja alugado, tem que sentir que você “cabe” nele. Claro que não seria prático demolir paredes e mudar algo estruturalmente pra viver um ano em um endereço. Mas existem pequenos detalhes que podemos – queremos e devemos – exercitar pra que sejam extensões de nós. Que exaltem nosso estilo e que façam as visitas dizerem: Esse lugar é a sua cara! Bora lá? Dá uma pintada! Poucas coisas mudam mais a cara de um lugar do que pintar a parede. Eu sei que o seu contrato diz que você tem que devolver igualzinho você pegou, mas convenhamos, num contrato de um ano, provavelmente também tem a cláusula que diz que você tem que pintá-lo depois de desocupar. Essa é uma prática muito comum no Brasil, pois faz com que o próximo locatário tenha a impressão de um imóvel bem cuidado, mesmo que não seja. Pintar a parede pode mascarar vazamentos, infiltrações, manchas de umidade e mofo. Tá, não vamos pintar tudo de rosa choque. Porque tons vibrantes ou muito escuros são difíceis para trazer de volta ao branco – cor oficial do imóvel pra aluguel. Vejamos um lavabo onde pintar adicionou elegância: E agora, vamos ver um quarto, onde a pintura trouxe do ordinário virou uma explosão de personalidade: Mexer na cor parede, colocando por exemplo 3 cores sobre o fundo já existente, vai de custar no máximo, uns R$ 100,00 veja aqui: Será que essa parede que vai fazer você se sentir “a poderosa / o rei “ não valem o esforço? Ok, eu acabei de dizer pra não pintar de escuro. Mas aí temos um truque! Lembra dos Papéis de Parede? Lá eu expliquei qual é que sai inteirinho sem danificar a parede. Você pode comprar um liso na cor que te agrada, e fazer essa parede ficar super lusho. Um detalhe que é muito importante é que de maneira geral os imóveis pra alugar não são muuuuuuito grandes. Então essa sua decoração pode ajudar a dar uma ilusão de amplitude. Como? Listras! Uma das maiores gamas de papel de parede, são os geométricos, existem inclusive, books específicos de papéis listrados. E você pode também dar o truque: comprar um papel liso e instalar ele com intervalos formando as faixas a partir da largura do papel x cor original da parede. Tipo esse render: Veja esse quarto com listas nas laterais da cama, como ficou com um ar de casa bem decorada: Não é necessário fazer a maior parede que você tiver. As vezes colocar algo chamativo no fundo do corredor, ou em volta da estante, tem um efeito incrível. Que faz você se sentir “aceito” pelo lar. Lustres Dae que vc me diz Ahhhh mas eu sou perua assumida, eu quero brilhar, eu quero ryqueza e eu quero opulência! Eu digo: #trabalhamos ! Não existe lugar no mundo, onde falte um teto que você não possa pendurar um lustre pra chamar de seu. Talvez ele seja maior ou menor, mais leve ou mais pesado, quem sabe ele nem acenda pq vc tem o teto mas não tem o fio de luz, mas colocar o lustre você pode. HAHAHAHA E não tem restrição de estilo, o pendente certo é o que você gostar e puder pagar. Pode ser até de garrafa pet com meias: Um lustre é sempre um item chamativo, então ele traz personalidade pro seu cantinho e faz toda a diferença, e na hora de mudar, desparafusa e leva embora com a mudança. No Pinterest eu tenho um álbum dedicado a Luz e iluminação, se quiser, está feito o convide pra me seguir =D Eletro-decor Uma forma “móvel” de deixar a casa com seu toque pessoal, é investir em eletrodomésticos diferentes. Eu tive durante muitos anos um telefone em forma de banana na cozinha que era a alegria de todo mundo. Todos queriam fazer carinho na minha banana hihihi. As linhas retrôs estão disponíveis em várias marcas, faixas de preço e cores:   Esses itens vão morar com você em outros lugares e vão enfeitar outras casas, então eu acho que são uma compra muito inteligente. Eu por exemplo sou apaixonado por roxo e olha isso: É amor demais gente! Cortinas Não adianta tentar fugir agora. Se você deixou a parede branca, não instalou papel de parede, não curtiu picar os fios pra trocar o lustre e não usa nenhum eletrodoméstico, você vai precisar de cortinas para coroar a total exclusão na humanidade. Cortina branca, estampada ou colorida custam o mesmo, então veja o poder da cortina: Plantas Eu acho liiiiindo um belo vaso, com uma plantinha feliz sorridente e próspera em algum lugar da casa. Não precisa ser uma mini fazenda, pode ser uma só, ou duas, adeque a quantia de matinhos à sua disponibilidade de cuidar, porque eu já assassinei algumas praticamente indestrutíveis por motivos de: não apitou pedindo água, nem tem LED indicador de “me adube”. Lembrando que a floricultura pode te auxiliar a escolher algo que se encaixe na quantia de luz e vento que você dispõe. MAS, como sempre tem alguém com um bom coração, defensores de plantinhas-desidratadase-indefesas inventaram vasos com indicadores de necessidade de rega para assassinos-amnésicos-natos como eu. Òia que boniteza: Agora, peças que fazem toda a diferença, são tapetes, luminárias de coluna, quadros grandes, são coisas que “tiram” a atenção da nossa tríade, lembram? Piso, parede e teto. Logo logo, falarei de cada um destes itens e aí vocês vão conhecer melhor os bons podrutu pra escolher direitinho. E por hoje é só pessoal! #bença!

  • Vestido de Inverno!

    Quer coisa mais linda do que um vestidinho leve com uma bota pesada? Sou fã e apesar da pegada ¨boho¨ dá para estilizar esse tipo de look que sai do básico e enche os olhos. Os exemplos acima são mais para o estilo hippie chic que ficam ótimos em festas juninas (bota a meia calça!) e também em festivais de música! Mas para o dia a dia também estão super liberados. Quem faz a linha mais fina e quer usar vestido curto com botas (pode ser over the knee, pode ser ankle boot), escolha uma estampa mais elegante e não tão floral! É bem fácil achar esse tipo de vestido, principalmente porque eles passam batidos por nós hahaha. É o tipo de roupa que a gente não dá nada no cabide, mas no corpo fica legal sim! E outra, eu gosto de comprar um tamanho maior e colocar um cinto bem bacana para dar uma afofada.  Que tal? Dá para ficar bem gata no ¨semi¨ inverno (exceção do Sul rs).

  • Tá Chegando!

    Falta pouquinho para eu embarcar para Milão, fazer meu curso dos sonhos no Marangoni! Como contei no post anterior, a Luiza Bomeny é quem está cuidado de tudo e levando uma bela turma para estudar moda na Itália. E eu me junto indo fazer parte do curso de Trend Forecasting! Achei esse curso a minha cara, jamais me esquecerei de uma palestra do WGSN que assisti e fiquei fascinada com o mundo que estuda tendências. O curso que irei fazer é exatamente sobre isso: conhecimento de tendências com aplicação de pesquisa de design de moda e de produtos! CHIQUE! Dessa forma, aprenderemos a interpretar essas tendências e aplicar aos processos de criação. E quando falo em tendências, não é apenas a próxima estação, mas sim várias a frente e isso é resultado de um estudo detalhado de comportamento humano, social, econômico e cultural! Lembram daquela frase de Miranda Priestly no filme O Diabo Veste Prada quando a Andy apareceu usando um suéter azul? Não era QUALQUER azul, teve todo um estudo para chegar NAQUELE tom! Nada na moda é escolhido aleatoriamente. E é nesse mundo que vou mergulhar e espero colher lindos frutos. Serão 3 semaninhas (ahhhhh, queria mais rs) mas é o tempo perfeito para aproveitar um curso super instrutivo e num espaço de tempo que não ¨dói¨ no calendário de ninguém. Além do meu lindo Trend Forecasting, existem vários outros cursos de férias no Marangoni: Fashion Desing Start Up in The Chinese Market Social Media for Fashion The Retail Experience Fashion Production History of Fashion Fashion Advertising, film & video Fashion Visual Merchandising Fashion Photography Fashion Business Fashion Image & Styling Fashion And The Cities Visual Design Boutique Hotel Design Italian Product Design Accessories Design Interior Design Os cursos (os detalhes estão neste link) são oferecidos em Milão, Londres e Paris e dependendo da sede, tem tradução simultânea para inglês e português! Gente, eu tô indo sem falar uma palavra em italiano e várias pessoas que já estudaram lá me garantiram que é super tranquilo! Bom, deixo com vocês mais um vídeo da Luiza Bomeny Consultoria, só para dar mais um gostinho do que vem por aí! Nos próximos posts, quero ajudar para arrumar a mala para o verão europeu hein! Tá demais né? E faltam só duas semanas para embarcar! Quem quiser conhecer mais sobre o trabalho da Luiza Bomeny, pode dar uma conferida no canal do Youtube e na fan page do Facebook. Agora me ajudem… O que levo na mala para um verão fashion em Milão?

  • A Hora do Make: Pincéis!

    Olás amigas do makeup, hoje vamos conversar sobre pincéis! Muita gente me pergunta se eles são tão essenciais assim na maquiagem e eu respondo: SIM! É como um artista pintando uma tela: sem seus pincéis ele pode até conseguir um bom resultado, mas certamente não conseguirá o resultado desejado. Tudo que eu venho compartilhando com vocês não é regra absoluta tá? Tem a ver com meu estilo e com o modo que desenvolvi pra trabalhar. Existem mil “linhas” de maquiagem e cada maquiador faz do seu jeito, então vou apenas mostrar pra vocês meus pincéis e como uso cada um como sugestão. Vale experimentar, tentar e encontrar seu jeito próprio de usar cada um. O importante é conseguir resultado e efeito. Pincel para aplicar creme, primer e base: chamado “língua de gato”, ele tem o tamanho médio e um formato chato e firme. Deve ser usado aplicando o produto do centro do rosto para a extremidade, com movimentos contínuos ou batidinhas. Pincel para polir a pele: eu AMO, não vivo sem e acho que esse é o segredo para uma pele maravilhosa, até mais que a base escolhida. Pode ser flat, kabuki ou duo fiber e deve ser usado em movimentos rápidos e circulares por todo o rosto como uma enceradeira (não é da época de vcs! Kkkk). Eu dispenso o língua de gato pra base, uso só esse. Pinceis para corretivo: eu também prefiro esses gordinhos arredondados aos chatos pra essa função porque aplico o produto já esfumando e aí BINGO, o efeito na pele fica bem mais natural. Devem ser densos mas macios. Pinceis para pó e iluminador: sim, eu uso esses modelos para ambas funções. Para pó, muita gente curte aqueles flats gigantescos que entopem o rosto de produto. Já eu gosto de usar pó apenas sutilmente para selar o make, então prefiro esses modelos menores e mais precisos. Idem para o iluminador – com eles vou direto ao ponto e por serem macios, depositam apenas a quantidade certa e ainda esfumam. Pinceis para contorno: cerdas macias e de preferência em formato ovalado ou chanfrado para esfumar em vai e vem precisamente o bronzer e dar naturalidade ao contorno. O pequeno uso para marcar extensões menores, por exemplo afinar o nariz. Pinceis para blush: médios e macios. Quanto mais macio, mais sutil o efeito. Blush é sempre melhor ir construindo aos poucos pra não errar na mão (vulgo chinelada). Movimentos leves e arredondados, não tem erro. Pinceis chatos para depositar sombra: o tamanho vai depender da extensão da pálpebra, se é pra usar nela toda, ou para aplicar sombra iluminadora no canto interno do olho, ou marcar o côncavo, tal. Use dando batidinhas, assim a cor fica mais intensa e a sombra não esfarela tanto. Ou em movimentos suaves de vai e vem para marcar o côncavo. Pinceis para esfumar lápis: menores, mais firmes e precisos, devem ser usados sobre os traços de lápis macio, esfumando também em movimento de vai e vem. Pinceis para esfumar sombra: sou viciada, preciso dizer? Tenho vários e uso MOITO! No meu conceito de make, o esfumado bem feito é o que mais dá um toque de sofisticação ao look. O tamanho ideal depende também do tamanho do olho/pálpebra da pessoa. As cerdas devem encaixar no côncavo sem sobrar muito, usar em movimentos circulares e de vai e vem (contidos pra não virar panda!) até diluir a sombra “chapada”, dando um efeito degradê. Pinceis para sobrancelha e delineador: chanfrados ou pontudinhos firmes, os melhores. Na sobrancelha, use seguindo o desenho como se estivesse fazendo pêlos curtos, em movimentos leves e com POUCO produto. A idéia é preencher falhas e corrigir a definição, mas suavidade por favor! Para delinear os olhos, movimento firme e contínuo com delineador em gel bem rente aos cílios superiores. Mais pra frente teremos aula detalhada disso tudo, não se afobem meninas! Rsrs Pinceis para lábios: os chatos e pequenos facilitam seguir o desenho da boca. Para batons escuros, façam o contorno com um lápis do mesmo tom primeiro.     Mantenham sempre seus pincéis limpos, especialmente se forem compartilhá-los com alguém. Existem cleasers que podem ser usados para limpezas rápidas e improvisadas com lencinhos de papel, mas vale a pena de tempos em tempos também lavar com água e um sabão líquido neutro, deixando-os secarem na horizontal sobre uma toalha limpa e seca. Nossa inspiração da semana é a querida Ale Ramanho pronta para ser madrinha de casamento com cabelo e maquiagem por mim.Beijos e até a próxima!     Lindo post da Paola!!! Obrigada mais uma vez por uma matéria tão bacana viu gatona? E tô meio sumidinha pois estou me organizando para minha viagem! Hoje ainda conto mais um pouco pra vocês. Beijos!

  • Jaqueta MILIONÁRIA!!!

    Já sabemos diferenciar uma jaqueta de couro rica de uma pobrinha… mas já viram a milionária?? Talvez incompreendida no mundo real, aquele mundo que circulamos no dia a dia, na rua, no trabalho, no shopping, mas que enche os olhos até a próxima reencarnação! E já que é pra ser inverno, que seja pra causar! Infelizmente, o milionária delas não é só na aparência, elas são realmente caras, mas olha que dá para fazer um DIY numa jeans hein? Alguém tem visto alguma jaquetinha dessas por aí?

  • Mi Casa, Su Casa – Rodapés!

    Olá Fufús! Fufús, não tem gênero né? Pode ser homem, mulher, cachorro, gato, poste, cadeira… Acho digno. Eu estava pensativo nos últimos dias, não queria seguir muito tempo nas cortinas, pois as vezes tem gente que não tem interesse nesse ponto específico, mas em outros sim. Então depois retomamos a conversa sobre tecidos, acessórios, ferragens de cortinas… Eu estava oscilando entre falar sobre paleta de cores, rodapé e vazio. (Não, você não leu errado. Quero MUITO falar sobre o vazio, e não tô falando de fome.) Foi então que uma leitora deixou um comentário sugerindo o tema de hoje, Roda pé ou rodapé-tudo-junto! Garanto que ao ler isso seu olho fugiu dar uma espiada na parede mais próxima. (Se não, agora que eu escrevi isso você olhou pra ela). Só quem já construiu ou reformou sabe de duas coisas: 1 = Existem zilhares de rodapés. 2 = Rodapé não é exatamente “barato”. Eis que vocês me perguntam: “Mas tio, precisa MESMO de rodapé?” O rodapé não é só uma questão estética, ele protege a parede das batidas do rodo/vassoura, do pano molhado, dos bons podRuto CIF/Veja/MR. Músculo… Então pega seu lustra móveis e #vemkotio ! Falando mais na questão estética, não é só de rodapé que vivem nossas alegrias de designers. Temos: Rodapé, Roseta, Moldura de porta, Sócolo (ou sócalo, sóclo… muda regionalmente), requadro de parede, moldura, roda teto, requadro de teto, guarnição… Encontrei essa imagem extremamente útil pra vocês não se enforcarem sem entender nada: A menos que você esteja construindo um palácio barroco, ou uma salão de baile pra corte francesa, não vai usar tudo isso. No máááááximo cinco, e olha, vai ficar rebuscado. #PrincesaIsabelTeDedica Existem diversos materiais que podem ser empregados pra rodapé: Madeira, MDF, PVC, Cerâmica, pedras como granito/mármore, alumínio, cordas… e no caso das molduras ainda existem as opções de gesso, poliestireno (vulgo isopor) e por aí vai… Graças a Deus temos inteligência que nos permite criar, recriar e avançar em tecnologia. Agora, como diria Jack (o estripador) vamos por partes: Rodapé: Eu peço que deste você não fuja, pois como mostrei, a possibilidade da sua parede ficar feia/danificada quando não se tem rodapé, é alta. Existe como colocar ele embutido, sem ficar saliência na parede*. (Nós [classe sub-humana] vendedô de móvis agradecemos). Também existe a tal da “parede flutuante” onde eles deixam um risco mais profundo entre a parede e o piso, tipo cofrinho quando a gente usa calça de cintura baixa: Mas essa “parede flutuante” é tão incomum que a única imagem que eu encontrei dela era tão distante que vocês iriam tudo aproveitar uma promoção do “melhores destinos” pra vir pessoalmente me dar um tapa na cara. Rodapé grande é tendência e indica fortuna sim, principalmente porque véi-na-boa, no preço que tá… Eu defendo a proporção com unhas e dentes. Porque eu acho LYMDO, Phyno e Ryko um rodapé de 20cm com um roda teto de 20 ( de preferencia iguais ) mas veja bem, eu mesmo tenho pé direito de 255cm… se eu subir 20 da chóm e descer 20 do teto, vai me sobrar uma paredinha-deprimida de 205cm. Vai parecer a casa dos 7 anões. O instalador vai querer me dar mais uma carreira de tijolo, pobre coitado de mim. Então, vamos brecá e tentar maximizar a coisa pra fazer de conta que eu vivo num palacete. Colocamos um rodapé de 12 e um roda teto de 10, eu tenho uma parede quase-digna de 233cm! Bom mesmo, seria sobrar uns 250cm de parede, mas né, principalmente em apartamentos, dificilmente se consegue. Então vamos tentar equilibrar isso. Tem uma sala de pé direito duplo? 50cm de rodapé vai fazer a amiga invejosa fazer bung jump das tamancas de inveja. E como essa não é uma energia boa, #BoraColocarUnsBejetoVermeioPelaCasaParaQuebráMauOlhado. Então assim, não acha que rodapé vai fazer diferença, coloca um simples, 10cm lisinho e pronto. Tá no fim da obra, o dinheiro fugiu do controle no meio do caminho e não vai poder comprar o rodapé dos seus sonhos… compre depois. Não vai ser 6 meses numa casa sem rodapé que vai te matar, nem destruir as paredes. Locais que já começaram a construir em gesso acartonado tem paredes bem retinhas, e é fácil fazer instalação destes itens. Obras mais antigas, ou aquelas que a gente chama o pedreiro amigo da secretária, vizinho do zelador, o conhecido da paróquia ou o irmão da igreja… nem sempre tem um acabamento perfeito. Mas é a vida, precisamos confiar que vai dar certo antes de ver o resultado. Então às vezes não temos um resultado “ai-meu-Deus-eu-vou-levar-essa-parede-pro-túmulo”. Se o rodapé vai ser liso, com friso, com bolinha, com looooz, é gosto do freguês, mas vamos ver alguns ambientes com diversos rodapés e se inspirar. Eu não sei a medida exata, mas deve ser em sequência, algo como 12 ou 15 cm, depois 20 ou 25cm, então 30cm e por fim, de 50cm: Agora tem um tema que ninguém presta atenção e, não sei se já falei disso aqui mas, numa obra quando surge uma dúvida o mestre de obra, incrivelmente, decide fazer do jeito que é mais fácil. Não sei o que acontece sabe, mas eles nunca fazem do jeito mais bonito, ou mais comum, nem o mais rápido – veja bem – é SEMPRE do jeito mais fácil. Então quando eles-tem-que-fazer-um-rodapé-de-escada, nunca fica assim: Então, se sua obra tem um profissional ou não, caça no google a imagem do que você quer e “derruba” na mão do mestre de obras – ou pede pro profissional deixar bem claro- e ilustrado- o que você escolheu. Façamos uso do:“ Macaco vê, macaco imita.” Humanos somos assim #ctrl+C ctrl+V. Agora se quando você era criança, bateu muito com o dedinho no canto da parede, olha esse rodapé pequeno que eu achei: Particularmente eu não gosto desse rodapé pequeno. Mas eu também gosto de coca cola misturada com leite, então eu não sou parâmetro pra algumas coisas. Agora se você está reformando e esqueceu de colocar um ponto de TV, ou de Telefone… existem rodapés que passam fios de uma maneira bem legal e sem quebra-quebra: E tem o rodapé Iluminado que pra mim é tipo penteadeira de… acompanhante de executivos. Ok agora, a questão é: Até onde vamos gastar com isso. Depende do grau de transtorno com decoração você foi contaminado. Eu, como disse anteriormente, gosto de rodapé e roda teto. Em alguns casos, como um quarto de bebê, ou um ambiente comercial que vai ter aquele ar mais romântico, ou estilo provençal combinam com lambri ou roda meio. Lambri, é muito comum em quarto de bebê: É elegante, é ryco, afinal é pra receber o milagre da vida (que chega com cara de joelho) é livre-de-erro-na-decoração-do-quarto-do-pimpolho. Tá mas eu já cansei. Se é seu sonho ter um quarto assim o lambri de verdade verdadeira é um painel de madeira pintado colocado a 1 metro de altura em toda a volta do quarto. Claro que atualmente, podemos usar painel de MDF, réguas de PVC, e eu já fiz uma versão econômica usando forro de PVC. ( R$ 9,90 o m2 =D ) Se você – assim como eu – acha que gastar MUITO num quarto que durará no máximo 5 anos, não é prioridade, eu indico a versão inteligente do quarto de bebê: coloca só uma moldura de Isopô e pinta a parte debaixo com tinta (super lavável) e coloca um papel de parede (bem fofo) em cima. Porque Lambri é legal? Porque os mini-humanos precisam de apoio quando estão aprendendo a se levantar e caminhar. E eles brincam de homem aranha com o que quer que esteja na mãozinha: Danoninho, macarrão, bolachinha, feijão amassadinho, brócolis ( mãe, compra brócolis?) E mais adiante eles vão aprender a desenhar e escrever… preferencialmente na parede. E o lambri quando removido, leva essa sujeirada toda. Eu também acho que essa coisa pode ser modernizada, (e dane-se a limpeza) vamos mover essa moldura pro segundo andar: Viu que o efeito é bonito? Mas analisem também que tem mais de 250cm de parede aí, heheheheheh também funciona pra quartos aonde iniciamos a fabricação bebês: Tá, o quarto é bééééééérge, mas é elegante. Coloca o filtro de cores mental e transforma num quarto magnífico e exclusivo. Quanto o roda teto, ou o requadro de teto… eu acho bonito, mas também acho dispensável. É tipo aquela segunda pulseira que deixa o look espetacular mas, que se não estivesse ali, continuaria lindo. Vejamos alguns exemplos: Agora, uma aplicação que eu já vi assim, ao vivo, e vomitei arco íris, foi essa combinação de rodateto + moldura: Os detalhes de Socalo, fazem a transição do rodapé para a moldura, quando são diferentes, ou rebuscados, por exemplo, ter um rodapé de 10 cm e subir a moldura da porta (e das janelas) com 10cm tudo bem. Agora tenta com 15, ou 25… 50cm! Vai ficar ó: Uma bosta! Então se optar por um rodapé de alta renda, coloca um socalo nas portas pra usar a moldura de 7 ou 10cm. A tal da roseta… é pra quem já não tem uma boa bolsa/sapato pra comprar. Vai gastar dinheiro com isso fia, sério? #desnecessauro (Desnecessauro = desnecessário desde antes da extinção dos dinossauros ) O requadro de teto é irmã-xipófaga (vulgo gêmea siamesa) da roseta. Apesar de que num ambiente bem tradicional ele enriquece. Achei muito explicativa essa imagem com o requadro em ruóóóócho, que encontrei no google. Tenho pena que que habita esse lugar. Espero do fundo do coração que seja a foto de um quarto de motel dos anos 90. Bom gentes! Acho que expliquei de uma forma geral o porquê de se investir umas rúpias no nosso amigo rodapé. Mas, sinteticamente, o rodapé protege parede e dá um ar de ambiente bem acabado. É como a ampolinha de silicone que finaliza a escova. Se não coloca, não parece profissa. Adorando a interação com vocês, #mimperdoem se eu demoro às vezes pra responder, mas eu faço o possível. E vocês acham que eu esqueci do goró da semana? Jamais… mas como tá chovendo, friozinho, vamos biritar algo mais forte. Cheers! #bença e até a próxima! Tivemos até nota de rodapé (trocadilho #rulez) essa semana: *Quando se trabalha com mobiliário planejado, seja ele modulado, sob medida, ou desidratado (brinks!) , temos diversos contratempos com rodapés. Tem que decidir se tira o rodapé ou se recorta o móvel. Então, se ele for embutido, acabou o problema. Mas uma dica pra quem está construindo, é colocar o rodapé depois dos móveis maiores, como armários de quarto, estantes, cozinhas, pois podem deixar sem =D .

  • Hola México! Vamos Conhecer Tulum??

    Mais um capítulo da viagem ao México!! Agora vamos dar um passeio por Tulum?? Tulum fica ao sul de Cancun (umas duas horas de carro), mais pra baixo de Playa del Carmem (por isso continuo achando Playa o ponto ideal para ficar na Riviera Maia, mais bonito, mais descolado e mais central). Ah, mas o que tem em Tulum? Só ruínas? Opa opa opa, são muito mais do que simples ruínas. Tulum é o único sítio arqueológico do México que está beira mar. Data de 564 e é uma cidade Maia cercada por grandes muralhas de pedras (um dos significados da palavra Tulum). São vários edifícios onde cada um tinha um desempenho na civilização. Tal como em Chichen Itza, os Maias eram muito organizados e tinham muito bem desenhadas as funções da sociedade. Para entrar nas ruínas paga-se um valor bem baratinho (algo como 5 ou 6 dólares) e o passeio é incrível! Não pegamos guia e confesso que senti falta de ter uma explicação de cada construção. Cada uma delas tem uma plaquinha com informações mas algumas não estão em muito bom estado, então não dava para ler direito.  Tulum vista do mar. Indo na Playa Paraíso (está bem ao lado) você pode contratar um barquinho que te leva para um passeio bem interessante: ver as ruínas do mar (na foto, O Castelo, a construção mais importante da cidade) e fazer snorkel no segundo maior arrecife do mundo, que está ¨protegendo¨ Tulum. Tem uma história bem interessante sobre esse arrecife… Os espanhóis tentavam de todo jeito chegar em Tulum, mas os navios não conseguiam passar e ficavam presos nesses arrecife. E como vocês sabem, os Maias são super inteligentes e eles tinham um caminho secreto para conseguir atravessar sem problemas. Na foto acima não vai dar pra ver, mas no Castelo, na parte superior, tem duas janelinhas que em determinada hora dia, são atravessadas pelo sol. Esse caminho que os raios de sol faziam no mar, através dessas janelinhas, é onde o arrecife é mais baixo e os barcos conseguiam passar! Só não entendo como que os espanhóis conseguiram domar esse povo rsrs. A praia Paraíso é bem linda e prepare-se para ver muitas peitcholas livres. A areia branca, o mar turquesa e vários bangalôs gostosos para passar o dia. Tem que alugar, mas é barato. Na verdade, beber e comer nessas praias não é nada caro. E o look que usei no meu dia de Tulum! Bem praiano com um short jeans (não pode faltar NUNCA, esse é da Hering, super confortável e com bom comprimento. Foi um companheirão nessa viagem!!!), batinha sem marca (comprei numa lojinha em Betim) e alpargata Arezzo. E o Castelo ao fundo… Queria ter conhecido mais de Tulum, sei que tem vários restaurantes bacanas e praias legais mas o tempo foi curto. Mais uma desculpa para voltar!

  • A Hora do Make: Bases!

    Mais uma aulinha de maquiagem com a Paola! Ontem falei das minhas bases preferidas e hoje ela vai contar um pouquinho sobre os tipos de base e tipos de pele. Prestem atenção hein: ¨Oi queridas! Que bom que a semana passou voando… Cá estamos de volta! Queria agradecer a recepção calorosa, vocês são demais! Procurei esclarecer as dúvidas nos comentários mas desculpem se alguma passou batida, com o tempo espero pegar o traquejo da Cony: rápida e objetiva! Tenho uma certa dificuldade… Hihi! Antes de começar o assunto de hoje, queria dizer umas coisinhas… Eu não sou dermato, então vale lembrar que meu conhecimento se baseia em técnicas de maquiagem ok? Podemos trocar idéias, posso contar sobre experiências pessoais ou sobre coisas que aprendo com outros profissionais, mas nada como o embasamento científico. O melhor produto para cada tipo de pele, problemas específicos e tal, consultem SEMPRE um dermatologista ou cosmetólogo. Outra coisa: meu objetivo não é propriamente indicar marcas ou pregar que produtos específicos são melhores. Apenas apresento o que tenho como experiência. Se não falei sobre a marca tal é porque ainda não tive a oportunidade de experimentar, ou porque são tantas opções que simplesmente não dá pra citar tudo. Ao longo do tempo e à medida que eu for conhecendo mais produtos, com certeza vou contando pra vocês. Enfim, vamos ao ponto: vocês sabem escolher o tipo e o tom certo de base? O que mais vejo por aí são clientes insatisfeitas com suas escolhas, se queixando que compraram a base errada, juro! Então hoje nós vamos aprender, ou não me chamo Paola! Que parte do corpo protegemos mais, qual região atolamos de filtro todos os dias mortas de medo de melasmas, linhas e tal? O rosto né? Portanto ele é, na maioria das vezes, mais claro que o corpo. Só que ninguém adora aparecer em foto com cara de fantasminha contrastanto com o resto, então vamos uniformizar tudo? Anotem: a cor IDEAL da base deve ser testada no COLO. Pegue uma pequena quantidade, aplique nesta região suavemente e, se deseparecer como mágica, é a sua cor! Mesmo que seja mais escura que o rosto, ou mais clara, ou mais amalarela, não importa: o rosto deve ter a cor do corpo! Vale lembrar que geralmente as bases oxidam* (*v.t. Converter em óxido. Combinar com o oxigênio; enferrujar.) então depois de aplicar dê uma voltinha, observe o tom em outra luz e NÃO COMPRE se não tiver certeza. Combinado? Pri (sim, temos modelo!) testando as cores 02, 03 e 04 da base Lingerie de Peau da Guerlain, minha preferida . Reparem que a cor 02 foi a que melhor se adaptou ao tom do seu colo. Na foto grande, Pri está com ela no lado direito, e sem nada do outro lado. Existem diversas texturas de bases que vão desde o BB cream até as compactas de alta cobertura. A indicação vai depender do seu tipo de pele e necessidade. Se você tem uma pele bacana, sem muitas acnes, manchas e linhas, preserve o aspecto natural para permanecer linda. Nada de carregar na base e no pó, pelamour! A idéia aqui é só uniformizar o tom. Um BB cream ou base líquida com aspecto natural são suficientes. Quanto mais fluida a base, mais leve a cobertura.     Sugestões de bases para peles normais, que não necessitam de muita correção. Se sua pele é extremamente oleosa e precisa de uma cobertura superior ou para enfrentar um dia daqueles tipo no Saara, vale encarar uma base com ácido salicílico ou uma base em pó (que eu particularmente não gosto pois acho que o aspecto seco deixa a pele envelhecida). Cuidado pra não confundir efeito mate com pele craquelada. Mesmo a pele oleosa deve ter viço para parecer bonita e saudável, então não deixe de seguir os passos de preparação do post anterior.     Sugestões de bases para pele mista e oleosa. Peles maduras pedem bases líquidas com princípios hidratantes, firmadores, efeito lifting, essas coisas. Mas o mais importante mesmo é que a base seja leve, fluida. Se for densa vai acumular, destacar as linhas, e aí já era! Precisando de mais cobertura, aplique aos poucos e esfume MUITO com pincel denso e macio. Evite qualquer produto em pó ou com cintilância nesses casos pois eles destacam os defeitinhos que você deseja esconder.     Sugestões de bases para peles maduras e com linhas. Peles que precisam de muita cobertura (melasmas muito evidentes, vitiligo, manchas de acne, tal) obviamente vão precisar de produtos mais densos e pesados. O aspecto será mais carregado, mas uma preparação adequada e a aplicação lenta e bem esfumada do produto podem suavizar esse efeito.     Sugestões de bases para peles que precisam de alta cobertura. Bom, dei hoje apenas algumas sugestões de tipos mais comuns de pele e produtos ok? Vale lembrar que a base é aplicada antes para uniformizar e que o corretivo vem depois para corrigir/cobrir os problemas mais evidentes e específicos que permaneceram aparentes. Pra terminar, a partir de hoje teremos uma nova tag pra finalizar os posts: Inspiração da semana! Pri Simões (@priscila.tsimoes ) com Smokey Eyes, beleza toda por mim! Até a próxima semana queridas!! Arrasem!! Beijos!!     Que post MAIS PROFISSIONAL DA VIDAAAAA! Ai tô tão feliz com essa parceria!!! Estão curtindo?

  • Que Cor?

    Me ajudem! Dia 12 de Junho agora, vulgo dia dos namorados, chega ao Brasil a tão falada, hypada, bombada e desejada Supercolors, parceria da Adidas com o Because I’m Happy Pharrell Williams! Sabe o tênis clássico da Adidas, o Superstar? Pois então, são 50 tons de Adidas para a gente pirar e querer mais de uma cor! Eles já estão sendo vendidos na gringa desde Março e agora é nossa vez, mas como a gente nunca é feliz por completo, as lojas do Brasil receberão apenas 11 cores… fuén fuén… Mas antes de falar onde poderemos consumir esse tchênis, vejamos as cores (e o modelo, para quem não conhece) É MUITA COOOOOR!!!! O modelo é bem tradicional, bem street e a gente agradece que não tem cara de academia e dá para montar altos looks estilosos com o Superstar! Tipo esses: É MUITA COOOOOORRRR! Vou chorar. Já escolhi a cor que quero: um branquinho HAHAHAHAHAHAHAHAHA Tô brincando, amei de PAIXÃO o azul claro, o pink e o roxo! Forte tendência para o baby blue… Será que ele vem pro Brasil? Mas pra quê esse tanto de cor gente? Porque essa coleção celebra justamente a igualdade por meio da diversidade, onde todo mundo, e quero dizer TODO MUNDO MESMO, de qualquer estilo, tribo, cultura, vai encontrar sua cor e ainda assim se sentir único. É algo meio exclusivo mas que não é… deu pra entender? ONDE COMPRA? A partir do dia 12, sexta agora, nas lojas Adidas da Oscar Freire em SP, revendedores da marca e no e-commerce da Adidas (onde provavelmente vou adquirir um). QUANTO CUSTA? Calma, vai dar pra pagar. R$ 299 (contra os US$ 90 da gringa, achei justo). E a pergunta do milhão… QUE COOOOORRRR???

  • 5 Coisas: Bases!

    O 5 coisas MAIS DIFÍCIL DA VIDAAAAAA! Tão difícil que se minha casa estivesse pegando fogo e eu tivesse que escolher apenas 5 bases, a dúvida seria tanta que não escolheria nenhuma rs. Vou falar das que tenho usado mais, mas hoje mesmo já me apaixonei por uma outra que não está no post (mas está no Snapchat – futilish, vai lá ver antes que acabe o tempo). Vejamos: Tem Natura, Estee Lauder, Nars, Dior e Vichy. Agora vamos aos detalhes: Grata surpresa da Natura. Para quem sempre pede dica de maquiagem nacional, pode dar atenção especial a esta base. É em mousse e tem efeito pó, DE VERDADE! Boa cobertura, sequinha e dura bem. A minha cor é a Bege Médio. Ah, e ainda tem FPS 15.  Bem boa! Uso em momentos de pressa, quando preciso algo de make mas não estou com muito tempo de espalhar base certinho, me preocupar com camadas e tal. Essa da Esteé Lauder uso para sair a noite, quando não é ultra glamour. Tipo para jantar com amigos, barzinho com a turma… Tem excelente cobertura e também é rápida de passar: uma camada já me deixa satisfeita (lembrando que eu sou fã de alta cobertura devido aos melasmas). É a Double Wear e minha cor é a 2W1, Dawn. Durante um bom tempo ODIEI essa base, mas não pelo produto e sim pela embalagem. A tampa original dela é um demônio de chata, suja tudo, vaza, transborda. Só fiquei tranquila quando comprei um pump na Sephora. A Nars Sheer Glow tem cobertura média, porém uma luminosidade de tirar o fôlego. Sabe pele de rica? Vai na Nars (ou na Chanel Perfection Lumiere). A minha Nars é cor Santa Fé, e a Chanel se alguém quiser saber, é a 30 Beige. Acho as duas parecidas, com finalidades similares, mas a Nars ainda ilumina mais. Geralmente uso quando tem festa, ou evento de dia e a make tem que ser impecável. No caso, aplico de 2 a 3 camadas ou então passo uma base de alta cobertura e finalizo com essas. Se eu tivesse que escolher UMA base apenas, seria mais fácil. Pegaria na hora a Airflash da Dior. TODA SANTA VEZ que uso essa base, alguém elogia a minha pele. Tem boa cobertura e é seca. Só é chata de passar por ser em spray, mas borrifo no CD (mostrei no Instagram esses dias como faço, segue lá também @futilish) e aplico no rosto com um pincel. Amo demais, já é minha 2 ou 3 bases dessa. Ah, a minha é a cor 300. E para terminar ela, que tenho estoque até 2120 na gaveta, a Dermablend da Vichy! Cobre TUDO, não fica reboco, mas transfere até a alma. Ainda assim gosto dela, pois nunca vi uma cobertura tão alta com aparência de pele natural. A minha é a 25 nude e é um parto para achar dela. Por isso tenho estoque rsrsrs. Este post prepara para o post de amanhã da Paola, nossa colaboradora em assuntos de make! Ela vai falar sobre bases hein! E vocês, qual é a base do coração??

  • Saia Lapis Para Todos Os Gostos!

    Eu adoro saia lapis, acho um dos modelos mais chiques num guarda roupa feminino. E infelizmente ainda vejo pouca gente usando e alguns preconceitos tão bobos que nem acredito quanto escuto. Muitas mulheres dizem não gostar de saia lapis pois parece roupa de ¨evangélica”. Oi? E daí? Isso para mim só demonstra enorme incapacidade de recriar looks, apreciar roupas e se vestir bem. Faço ouvidos surdos e continuo apaixonada por esse item tão feminino e chique: Tem saia lapis de couro… … jeans (inclusive fiquei LOUCA com esse look da Palermo e não sosseguei até achar uma saia lápis jeans pra mim. E achei, na Animale!) De paetês, chiquéeeerrimo e estiloso! A de oncinha é mush have! Listradas também são muito bonitas. Se estiver com medo de ficar com quadril largo, use uma com listras somente no meio e a lateral lisa, como a segunda foto. Estampadas… De renda! E não pense que só dá para usar com salto. Com tênis também fica muito legal! Só para magras? De jeito nenhum! Até mesmo a listrada ficou ótima! Não tenham preconceitos bobos! A saia lápis fica muito cool e fashion quando usada com camiseta de malha e scarpin, repararam na quantidade de looks assim?? Pra mim, é produção de mulher entendida das modas e nem passa pela minha cabeça religião alguma. O que vocês acham?

  • Dia Dos Namorados, E Agora?

    Lembram que comentei no post do 10 Coisas que Odeio em Início de Namoro que uma delas era escolher presente pro namorado? Gente, é tenso. Tanto em início de namoro, quanto depois de alguns anos juntos, afinal sempre queremos fazer bonitinho e ver um sorriso no rosto do bofe ao receber seu mimo né? E para isso acontecer, PRECISAMOS ACERTAR O PRESENTE! Desta vez resolvi usar alguns pontos Multiplus que eu tinha (aqueles pontos que a gente acumula com cartões de crédito, passagens aéreas, no posto de gasolina, ao comprar roupas com os parceiros desse programa) e economizar tempo batendo perna em shopping. No site da Multiplus tem váaaarias opções para troca de pontos: eletrônicos, coisas de cozinha, roupas, produtos esportivos, livros, ingressos para shows e cinema, acessórios e até experiências. É tanta coisa que CERTEZA que encontraremos o presente ideal. É bem fácil resgatar os pontos, assim ó:   Você vai no site da Multiplus, entra com seu login e escolhe ¨Trocar Pontos”. Daí escolhe o segmento que quer olhar primeiro, ou o da sua preferência e clica em BUSCAR! Vão aparecer os parceiros de tal segmento e sua política de troca de pontos. É só escolher por onde começar! Vou mostrar o passo a passo de uma das compras que fiz pro meu namorado:   Passo 1: Fui na loja Ponto Frio, dentro do site da Multiplus e logo vi algo que meu namorado está precisando: uma sanduicheira. Ele usa MUITO a dele só que não está esquentando mais como antes e demora uma eternidade para o sanduíche ficar pronto. Além disso ele faz daqueles sandubas bem recheados e quase que o aparelho não fecha! Achei esse grill da Philco que tem um espaço regulável para alimentos mais grossos e além do sanduíche dá para grelhar carnes, peixes, vegetais. E ainda na promoção! Passo 2: Adicionar ao carrinho Passo 3: Colocar o endereço de entrega Passo 4: Confirmar Passo 5: Autenticar! É só colocar a senha de resgate e concluir a operação. No final aparece uma tela com o seu saldo atual e os resgates feitos. Prontinho, compra feita! Daí me empolguei e acabei com os pontos que tinha: Uma furadeira Black & Decker por 4.230 pontos, o Grill da Philco por 8.380 e o cartão ChefsClub válido por um ano por 4000 pontos! Esse ChefsClub é ótimo para quem ama jantar fora e quer dar uma economizada… São mais de 800 restaurantes nas principais cidades do Brasil e com descontos de 30 a 50%! Acho que ele vai ficar feliz né? 3 produtos bem diferentes e tudo na Multiplus!

  • Vídeos da Semana!

    Ah desta vez está até difícil em escolher os vídeos que vou postar! Tem um monte, bem legais, vejamos: Vai pra balada e quer dar um UP no decote??? Aprenda como, e usando MAQUIAGEM! Só tenha cuidado com o ¨teste da banheira¨ hehehehe  Esse vídeo é punk, mostra uma criança no lugar de um cão adotado. Já mostrei como vive um cão de rua… Daí a pessoa adota para no final, fazer isso… Se for adotar, seja responsável, POR FAVOR! De arrepiar! Crianças dando um BANHO em muito adulto por aí. AMO AMO E AMO esse vídeo da Luiza Marilac! Quanta sensatez, quanta honestidade! Palmas de PÉ! E para terminar… O que você faria se estivesse no metrô de NY e de repente o U2 aparecesse tocando? Eu morreria, apenas. Novamente, vídeos para a gente refletir, se divertir e aprender! Quem tiver dicas bacanas de vídeos, pode deixar o link nos comentários ok? Bom restinho de domingo!

  • Mi Casa, Su Casa – Cortinas!

    Chegou o momento mais esperado do sábado, o post do Lelo! Agora sobre CORTINAS! ¨Hey fufulétes, e os leitores HOMI também =D Tivemos até comentário de um leitor no post passado, deixando seu apreço pelo Futilish, e confirmando que nem só meninas são leitores assíduos. As perguntas pipocaram e eu fiz o possível pra responder sem boicotar essa segunda parte onde falaremos de Cortcheeeenas! Se você estava fora da órbita terrestre e não viu o post do Mi casa, Su casa – Persianas, clica aí pra entender as preliminares

  • Dica da Leitora!

    É sexta feira, é dia de Dica da Leitora, é dia da dança dos cartões de crédito!! Aêeeeeeee, vem comigo: Dica 01 – Natália A Nati queria algo da Kim Kardashian para C&A mas não curtiu nada. Ao sair da loja viu uma calça de c o u r o d e m e n t i r a (não pode mais usar aquela outra expressão viu gente? Aquela que tem ¨fake¨. Tem que falar algo tipo ¨poliuretano¨ ou seja lá o que estiver escrito na etiqueta) e se lembrou que vai pro Chile logo mais e precisava de uma calça mais estilosa. E achou uma bem boa! Rycah! Brilho na medida, corte na medida! E o preço? R$ 99. Tá ótima Natalia, não troca não! Dica 02 – Mari A dica da Mari diz mais ou menos assim: ¨minha dica vai para quem é “mignon” como eu e tem dificuldade de encontrar seu tamanho, eu compro muita coisa na seção infantil da Zara. Lá eu encontrei uma jaqueta jeans do jeitinho que eu queria, por 129,00 reais!  O tamanho é 13-14 anos, mas veste 34-36. Eu tenho 1,58m.

  • A Hora do Make!

    Vocês sabem que amo maquiagem. Que compro maquiagem. Que uso maquiagem. Agora, se uso certinho… aí já são outros quinhentos. Sei o básico do básico e algumas coisinhas que aprendo ao observar quando me maquiam. E maquiar gente, não é só saber a ordem certa dos produtos e acertar o tom da base não. Maquiar requer técnica, cuidados, estudos de fisionomia e até um pouco sobre a personalidade de quem vai usar. E como me sinto profundamente leiga em pelo menos 70% do que se refere à COMO USAR maquiagem, ativei meus super contatos e convidei a Paola, uma querida amiga de longa data, maquiadora top, a dar umas aulinhas pra gente. Com ela vamos aprender um pouco mais sobre esse fascinante universo, como lidar com ele e tirar proveito de todos os produtos que temos em casa! Vai Pá, que a bola é sua! ¨Oiês! Bom, primeiro de tudo: prazer!!! Sou Paola, aquariana, mãe de 2, 41 anos, já trabalhei como psicóloga, festeira, comerciante, dentre otras cositas. Há pouco mais de 2 anos, depois de uma inquietação bem nível “crise dos 40″ e um processo bárbaro de coaching profissional, assumi meu amor pela arte e beleza e me joguei num curso TOP profissionalizante do Liceu de Maquiagem. Desde então, tenho encarado o trabalho como lazer e me divirto embelezando para editoriais, filmes, noivas e social em geral. Simplesmente AMO o que faço! (Dêem uma espiadinha no meu insta, tem muito do meu trabalho por lá: @tededico !) Fui e voltei mil vezes pensando em como poderia iniciar esse papo entre nós, que a partir de hoje acontecerá toda quarta e será sobre o assunto que 99,99% das mulheres amam: maquiagem! Fiquei muito feliz com o convite da Cony <3 e tenho tantas coisas pra compartilhar e trocar que certamente assunto não vai faltar. Mas por onde se começa gente? Rsrs Quem já me acompanha sabe que sou neurótica por uma pele bem feita e natural. Acho impossível um resultado final bonito se a pele não estiver super bem corrigida, porém preservando sua textura e um ar “fresh“. Então resolvi começar pelo começo mesmo – passo a passo de pré make – que é essencial para um acabamento digno de profissional. Vamos lá? Limpeza A pele deve estar limpinha e sem resíduos. O ideal é higienizar com um sabonete líquido específico para o seu tipo de pele, mas se não tiver como ensaboar e enxaguar, boa alternativa são as águas micelares, loções oil free e hipoalergênicas usadas para remover a maquiagem sem agredir. Adoro!     Se você for usar demaquilante bifásico para retirar maquiagem à prova d’água, lave moooito bem o rosto com água e sabão depois, pois qualquer resíduo oleoso que restar pode manchar e destruir aquele esfumado poderoso que você sonha em fazer.   Água Termal / Tônico Rica em minerais antioxidantes, ela parece dispensável mas tem várias funções: refresca, acalma e purifica, reduz vermelhidões, fecha poros, ajuda a fixar a maquiagem… Eu não fico sem! Uso antes de hidratar no lugar do tônico, mas quem prefere o tônico, pode substituir.     Existem algumas águas thermais enriquecidas com ativos de plantas, óleos essencias, etc. Uso muito a da Caudalie, porém quem tem pele sensível deve tomar cuidado com reações (aliás, isso se aplica a qualquer produto!).   Hidratação Fundamental fundamental e fundamental! Não importa se a pele é seca, normal, mista ou oleosa, ela deve estar hidratada SEMPRE antes da maquiagem. Muitas clientes contam que não hidratam porque tem pele oleosa… Mas gente, uma coisa é óleo, outra é água! Nossa pele precisa de água, até para não produzir mais óleo, que em alguns casos é um mecanismo de defesa que a pele produz para compensar o ressecamento. Portanto, descubram o hidratante ideal para o seu tipo de pele e usem, assim poderão evitar que a base fique com aquele efeito craquelado horrendo, as linhas fiquem mais evidentes ou o aspecto da pele pareça envelhecido. Se o hidratante tiver filtro solar então, melhor ainda! Ah! O hidratante pré maquiagem não deve ser em gel, pois neste formato ele forma uma película quando seca e a medida que você passar o pincel pra aplicar a base, ele vai “esfarelar” e deixar a pele cheia de gruminhos.     Primer O primer é outro item muitas vezes rejeitado e desprezado, coitado. Mas prestem atenção no que ele é capaz, e não é lenda: uniformiza a pele, reduz poros, disfarça linhas finas, controla a oleosidade e ainda ajuda a fixar a maquiagem. Existem primers com funções mais específicas, como os com cor (para neutralizar vermelhidões, por exemplo), outros com partículas de brilho para iluminar, e ainda primers para boca e olhos, que fixam e destacam a cor do batom e sombra. Usem primer gente, faz toda a diferença, a pele fica ryca!     Ah! Se forem usar BB Cream e cia para uniformizar a cor da a pele, lembrem que ele já concentra várias funções em um único produto, sendo assim, dispensa hidratação e muitas vezes até o primer ok?   Então é isso! Na próxima quarta falaremos de bases, tipos de cobertura, escolha do tom ideal, etc. Espero vocês hein?!¨   E aí, curtiram???? Se quiserem sugerir temas para os próximos posts, tirar dúvidas no comentários, fiquem a vontade! Vamos aproveitar a Paola por aqui hahaha.

  • Nada É Por Acaso

    Imaginem a cena: chega sua amiga, aquela que sabe tudo de moda, com o cabelo pra dentro da jaqueta, talvez um pouco desleixada parecendo que se vestiu às pressas. Você, boa amiga que é, cumprimenta, dá um abraço e puxa o cabelo dela para fora, arrumando o penteado e ainda ajeita os fios soltos da bela, afinal, uma moça tão fina e chique não pode andar assim né? Ela quase te mata… NÃOOOOOO, ME DEIXAAAA, TÁ NA MODA USAR ASSIM! E você se encolhe em sua ignorância fashion e corre no Futilish ver se sua amiga pirou de vez ou se faz sentido o piti por causa do cabelo preso dentro da blusa/jaqueta. Sinto te informar, mas ela tá na moda sim. Eis o tucked in hair! Tendência do último inverno gringo que “tenta” aparecer por aqui. É super simples de copiar, só precisa vestir a jaqueta ou a blusa de frio e deixar o cabelo lá dentro. Para quem não tem mini desespero de ter cabelo sufocando a nuca, pode ser que funcione. Eu passo mal e só de ver as fotos já dei um jeito de prender meu cabelo, independente de calor ou frio. É um truquezinho de styling que todo mundo pode fazer, tipo agora djá, mas se será entendido como algo proposital, aí não sei… Eu ainda fico com vontade de arrumar o cabelo de todo mundo rs. Inclusive nossa musa master de inspirações fashion curte esse modismo.  Para uma foto mais conceitual, quem sabe? Mas para o dia a dia… passo. Agora, se quiser brincar de VERDADE de tucked in hair, jogue no nível hard e use um colar prendendo o cabelo. Coisas da moda… Mais uma tendência que provavelmente achamos estranha mas que talvez nos acostumemos (e que não significa que usaremos). Então baby, se o cabelo ficou preso dentro da gola, não se preocupe em tirar, aproveita e tira onda de fashionista!

  • A Nova Jenner

    Era uma vez, um campeão olímpico chamado Bruce Jenner… Medalha de ouro em Montreal, ídolo americano. Casou e teve 2 filhos. Separou e casou de novo, mais 2 filhos. Novamente se separou e casou com Kris, ex mulher de Robert Kardashian, que já tinha 4 filhos, Robert, Kourtney, Khloe e Kim. Com a Kris, Bruce Jenner teve mais duas filhas: Kylie e Kendall. Parecia tudo perfeito mas Bruce não estava feliz… Ele não se via como ¨homem¨ e por algum tempo manteve isso em segredo até que… Veio à tona a sua vontade de se transformar em mulher, como realmente ele se sentia. E como ele queria ser feliz, assim o fez: E ARRASOU! Parabéns Caitlyn Jenner! Além de linda, uma mulher de coragem e agora sim, feliz! Ah, e Kim tá grávida de novo.

  • Com Amor e Com Economia!

    Tá chegando o dia dos namorados! E as dúvidas sobre o que comprar para presentear também né? Ainda virão mais posts com dias mas hoje quero falar para um tipo de casal: os vaidosos. Aqueles casais onde tanto o homem quanto a mulher (ou o homem e homem e mulher e mulher) gostam de se cuidar e estar sempre impecáveis, cheirosos, macios e suaves. Eu sou dessas e para garantir uma lista só com coisa boa corri na Sephora separar alguns produtos e adivinhem? CONSEGUI UM DESCONTO DE 10% PARA AS LEITORAS DO BLOG! E ó, o desconto é geral, para qualquer produto do site! No final do post dou mais detalhes, calma, vamos ver minha wish list apaixonada?   1 – CK One Unissex: Perfume clássico e gostoso e ainda dá para usar juntinho, é unissex! 2 – Hidratante Biotherm Homme Absolut Gel: Hidratante em gel, rápida absorção, nada melequento, que deixa a pele hidratada por até 24 horas. Pode usar depois de fazer a barba. 3 – Anti Olheiras Clarins Men: Preocupação dos vaidosos, as malditas olheiras. E da linha masculina da excelente Clarins. 4 – Hidratante Skin Supplies for Men Clinique: Acho esse fantástico! Hidrata e ainda tem protetor solar, bom para os preguicentos que não gostam de passar muita coisa. 5 – Burberry Brit Masculino: Perfume amadeirado da Burberry… pense num inglês cheiroso? 6 – Gucci Guilty Black Masculino: Amo a versão feminina, acho super poder, e a masculina também é deliciosa. 7 – Creme de Barbear Skin Supplies for Men Clinique: 100% dedicada aos cuidados masculinos, essa linha da Cliniqye é TOP! 8 – Perfume Valentino Uomo Masculino: Mais um perfume e quando acabar, você pode usar o vidro para decoração rs. 9 – Kit de Tratamento The Shave Box: Achei esse kit MARA e um baita presente! Vem com os 3 produtos para um barbear perfeito: um esfoliante para ser usado antes de se barbear, uma espuma para o durante e um gel para o pós barba. E ainda uma necessaire! 10 – Pomada Capilar Finalizadora Homem Urbano: Para os bonitos domarem os fios e sair com tudo no lugar. 11 – Esfoliante Sugar Body Scrub: Esse também dá para usar a dois hein… Na hora do banho, que tal um esfoliar a pele do outro hein hein??   1 – Kit Bronze Essential: Ah sou DOIDA por esse bronzer! Nada de inverno branquela, dá para usar saia e bota com a perna levemente bronzeadinha! 2 – Óleo Huile Prodigieuse da Nuxe: para deixar a pele beeeem macia pro bofe e ainda cheirosa. E cheiro de rica. 3 – Base Teint Visionnaire da Lancome: também sou maluca pra testar, falam muito bem dessa base! 4 – Perfume Juicy Couture Viva La Juicy: A DO RO. É bem doce, mas tão gostoso… 5 – Shampoo Full Repair John Frieda: Um dos melhores shampoo que existe. Aliás, a linha toda é maravilhosa. 6 – Agua Mineral Facial Evian: Para carregar sempre na bolsa, ainda mais no inverno quando a pele fica muito ressecada! 7 – Perfume Valentino – Valentina Feminino : Delicado e feminino, uma delícia 8 – Perfume Prada Infusion D’Iris: Meu queridinho, amo de paixão! 9 – Perfume Gucci Guilty Feminino: Também gosto muito, mas esse deixo para as noites mais sensuais, baladas, jantares… 10 – Creme Noturno Anticelulite Celluli Laser da Biotherm: Não custa nada dar uma ajudinha com um creme para mandar as celulites embora né? E esse da Biotherm tem ótimas resenhas. 11 – Fluído Proteção Antirrugas da Caudalie: Apelidado do ¨verdadeiro escudo antioxidante¨, promete hidratação, preenchimento e pele mais lisa! Com o tempo as reguingas somem e evita o aparecimento de novas. Interessante né? 12 – Hidratante Labial Reve de Miel da Nuxe: Tudo que é Nuxe é bom gente, e esse balm é perfeito! 13 – Restaurador Capilar SH-RD Protein Cream: Até eu vou aproveitar o desconto para comprar essa máscara! Falam TÃO bem dela e eu nunca dei a devida atenção! Chegou o momento rs. 14 – Máscara Capilar Hair Growth da Lee Stafford: Outra máscara com ótimas resenhas, quem usa diz que o cabelo cresce mais rápido mesmo! 15 – Sombra Baked Eye Colour da Laura Mercier (atenção para a cor Black Karat): Essa cor é a mais linda do mundoooo! Preto com brilhos meio dourado meio verde, um luxo! Curtiram?? Então podem aproveitar o desconto de 10% ao fazer as compras por ESTE LINK! O desconto é válido para compras acima de R$ 100 e vale só até amanhã (encerra as 23:59h do dia 03 de Junho). PROMOÇÃO EXCLUSIVA e o desconto aparecerá na sacola de compras! Aproveitem (e mesmo se não tiver namorado, se presenteie!).

  • Mais do Que Um Simples ¨Fala Que Eu Te Escuto¨…

    Achei coincidência receber esse email hoje e vou contar o motivo… Vocês sabem que eu amo animais né? Tipo enlouquecidamente, e tenho paixão especial por cachorros. DAÊ (copiando o Lelo kkk) que hoje assisti um vídeo que me deixou triste e feliz ao mesmo tempo. Esse daqui: É forte, mas o final compensa… Enfim, fiquei com a imagem desse cachorrinho, sem esperança nenhuma, fraco, paradinho em cima de um saco plástico, esperando morrer… sim, era isso que ia acontecer com ele se não fossem esses ANJOS para salvá-lo. Parece coisa que só acontece na gringa né? Tipo de gente em extinção, que realmente ajuda, se importa e ama os animais… E eis o email que recebi: ¨Olá, Constanza! Sempre leio seu blog e gosto bastante dos seus posts de moda, principalmente o “como usar”. Sei tb do seu amor pelos cães, então achei q seria divertido te encaminhar uma “dúvida fashion” da minha filha de 4, ops, 3 patas. Espero q goste! Beijo! M. Fernanda Leme-SP “Oi tia Cony!! Minha mamãe sempre lê seu blog pra gente, então resolvi te escrever pq estou suuuuper na dúvida……. Ganhei esse vestidinho de animal print, mas acho q não combinou muito comigo…..meu pelinho já é preto e marrom, meio que morreu em mim, né? Mas a mamãe falou q oncinha é um clássico e q essa é uma onça rica….É isso mesmo, tia?? Não vou pagar mico de ir assim pra escola?? É rica mesmo a minha oncinha?? Lambeijos. Paty Maria“ Cony, caso você queira saber a Paty era uma cachorra de rua em SP que acabou sendo atropelada. Uma protetora de SP a resgatou. Foi tentado salvar a patinha quebrada mas como ela estava muito desnutrida e com muita infecção foi necessário amputá-la. A encontrei num site de adoção e ela tornou-se parte da familia há 7 anos. Apesar da “deficiência” ela é a mais arteira da casa, cava buracos, pula, corre, nem se lembra que tem só 3 patinhas. E adora uma roupinha!!¨ Fernanda, que você vire exemplo para muitas pessoas! O mundo precisa de gente como você! Parabéns infinitos e toda minha admiração pelo seu ato de amor com a Paty. E Paty Maria, você tá muito linda… Qualquer tipo de onça vai ficar ótima viu? Mas ok, quer um conselho fashion né? Acho que roupinhas vermelhas ficariam muito bem!  Com este post, duas coisas: que as pessoas se sensibilizem e tratem bem os animais, de qualquer raça, de qualquer tamanho, independente de ¨pedigree¨ ou condição física. E queria saber de boas lojas online para comprar presentes e roupinhas para os nossos peludos! Alguém tem dicas?

  • Viciadas em Make, Cenas Fortes!

    Gente, já saí correndo pela casa várias vezes de desespero depois que vi essa notícia! Sabe a Urban Decay? Aquela marca de maquiagens que faz as paletas de sombras mais tops de todas? Sim, a da Naked 1, Naked 2, Naked Basic e sei lá se tem outra Naked? OPA, TEM SIM! A NOVA PALETA NAKED DA URBAN DECAY É DE MORRER!!! Com vocês, a Naked Smoky! AHHHHHHHHHHH E várias novidades nas cores! Vamos lá, da esquerda para a direita: High (nova), Dirtysweet (nova), Radar (repetida), Armor (repetida), Slanted (nova), Dagger (nova) Black Market (repetida), Smolder (nova), Password (nova), Whiskey (nova), Combust (nova) e Thirteen (nova). Muito amor pelas de acabamento mate! Especial para a Whiskey que deve ser uma maravilha para marcar o côncavo! E quando poderemos por as mãos nessa belezura? Provavelmente em Julho. E quanto vai custar? Acredito que o preço médio das outras, uns 45 obamas. Desejei fortemente, e vocês?

  • Vídeos da Semana!

    Que bom que curtiram o post do último domingo! Só porque falei, agora não tô achando mais vídeos legais hahahaha #leidemurphy Mas tenho alguns guardados aqui, vejamos: Adooooro propagandas inteligentes e curti muito essa da Pepsi! Ótima ideia para conscientizar as pessoas a esperar o momento certo para atravessar a rua! Declaro meu amor a Jout Jout hahahaha, muito bacana essa cobertura da semana de moda que ela fez. E possfalá? É por aí mesmo. Um dia farei minha versão… E rendeu até uma homenagem ¨subliminar¨ à minha pessoa no final do vídeo hehehe. Triste, muito triste, saber o que sofre um cão de rua. Campanha para estimular a adoção de cães! Nessa propaganda da Huggies eu chorei. Achei de uma sensibilidade incrível! Ah se todos os pais fossem assim né? Sabem o tal do ¨Charlie, Charlie¨ que viralizou na internet nos últimos dias? Aquela brincadeira de invocar um espírito chamado Charlie através de 2 lápis em cruz sob um papel com os escritos ¨sim¨ e ¨não¨? Pois é, nada mais é que uma jogada de marketing para divulgar o filme The Gallows! Assista se for forte, e nada de chamar Charlie Charlie e ver o lápis respondendo suas perguntas rsrsrs. Espero ter uma boa semana de vídeos para postar domingo que vem! Se alguém quiser recomendar um bem bacana (e não muito demorado), pode deixar o link nos comentários ok?

  • Mi Casa, Su Casa – Persianas!

    Sábado é dia de deixar a casa linda e dar boar risadas com os posts do Lelo! Vamos com o tio aprender um pouquinho sobre persianas? ¨Hey Fufulétes!!! Que delícia vocês sugerindo tópicos! Não parem, please =D Os dois mais pedidos foram: Como combinar madeiras e outros acabamentos, e cortinas e persianas. Para a combinação de materiais eu preciso me preparar melhor, fazer uma pesquisa mais elaborada pra não fazer um post blé, vocês não merecem coisas feitas das coxas.  Não que este seja feito de forma precoce , mas para mim ele é mais natural de se explicar. Já tenho os detalhes técnicos na cuca. Cortinas e persianas é um tópico eterno e vou esquartejá-los, dividir em duas partes, começando hoje com: Persianas. Agora pega um suco refrescante e #vemkotio . Primeiro um recado pra você que vai construir, e já decidiu que quer uma parede de vidro imensa… Me responda, a vista do seu terreno é comparável a uma dessas? Se não tem essa visão minha filha, esquece essa parada porque você não tem motivo, razão NEM circunstância pra viver do poliedro de vidro da titia Diane Von Furstemberg: Agora, pode ser pior: o arquiteto/engenheiro/construtora que você contratou projetou uma casa cheeeeeeeeeeeia de vidro e alegou que você vai economizar HORRORES, em energia elétrica, pois não vai precisar ligar looooooooooz tipo nunca e é tão maravilhosamente econômico que vai ser possível ir pra Disney com os dinheirinhos que sua família não gastará com a energia elétrica. Pausa.para.não.digitar.palavras.de.baixo.calão. Vou te contar uma coisa: vivemos num país tropical – abençoado por Deus e bonito por natureza – e o verão é quente, mas é muito quente… quente pra caramba. Agora uma historinha legal: o sol emite ondas de luz e calor curtas, tipo os cachos definidos e invejáveis de Taís Araújo: Mas quando essa onda esquenta o teu vidro a temperaturas desumanas e por fim o calor atravessa o vidro, ela se transforma em ondas longas como os cachos soltos e maravilhosos do picumã de Gisele Bündchen: E aí as ondas longas de calor não são mais capazes de sair de dentro da sua casa, e o que elas fazem? Pedem licença e abrem a porta pra se retirar? NÃO! Elas ficam chicoteando seu corpo pra você se sentir aquele franguinho grelhado da sua dieta. DAE se realmente não liga sua luz de LED ultra moderna que economiza energia, você liga a angelical invenção chamada AR CONDICIONADO, que gasta tubos de dinheiro, e sua economia foi pro brejo. DAE no inverno você pensa: PÁ! Mas então no inverno aquele solzinho simpático e sorridente do mundo dos telettubies vai deixar minha casa quentinha… Sim, só que somente durante o dia, porque a noite o calor vai se dissipar rapidinho com a fina espessura do vidro que vai gelar rapidinho. E tem outros pontos a serem levados em consideração: Vidro é mais caro que tijolo. Ar condicionado gasta mais que lâmpada Cortina é caro pra K C T .   Eu não estou dizendo que não é pra fazer janelas e anular o ar condicionado, eu estou falando que vidro aquece mais do que tijolo. E sim, existem vidros especiais, duplos, triplos, que tem propriedades acústicas e térmicas, existem vidros que vibram com o calor do sol e “se limpam sozinhos” mas, eu tô falando aqui do que é mais comum e, meu bem, se você tem dinheiro pra um vidro duplo, com tratamento de caviar beluga da Bélgica, você também tá pouco se lixando pra conta de luz (e se tiver esse budget ilimitado meu email tá no fim do post pra você me contratar #meencoxarykeza) OKEY! Acho que vocês entenderam que eu sou a favor de janelas sim, porém, dentro da moral e dos bons costumes dos limites de se ter conforto sem gastar uma fortuna tanto gerando aberturas quanto cobrindo elas depois com cortinas e persianas. Se possível, coloque fechamento opaco (vulgo veneziana) nas janelas e/ou portas dos dormitórios. No RS amado isso já é lei #pontoprosgauchos ! (Percebam que eu nem falei da falta de privacidade que muito vidro irá resultar. Nada daquela corridinha do quarto até a cozinha com os peitos livres pra tomar um copo d’água depois de um XaXo gostoso.) Agora voltaremos com a programação normal. Foi-se o tempo que persiana era aquela coisa de metal que amassava tudo e fazia um barulho que enlouquecia a gente. Hoje ela às vezes nem é de alumínio. Temos versões também de madeira, PVC e tecido. Sim, tem uma “persiana” de tecido. Persianas Horizontais As de alumínio tem diferentes espessuras, como 16mm, 25mm, 35mm, 50 ou 70mm. Estas são as medidas mais padrão, pode ser que alguma marca tenha alguma diferencinha. As de 35mm da marca Hunter Douglas por exemplo, podem criar desenhos. As de madeira seguem essas diretrizes de 35mm, 50mm e 63mm. Estas eu gosto do aconchego que trazem, porém elas podem entortar se forem expostas a muito calor… por isso gosto de trabalhar com peças não muito largas. As de PVC também ficam boas, e além de brancas alguns fabricantes tem algumas que imitam madeira. Notaram que na imagem da persiana de madeira foi usada uma fita decorativa? Fica super elegante, e também pode ser usada nas de metal. Agora, sejamos francos, é um martírio limpar essas lâminas uma por uma. Tem uma “ferramenta” de limpeza que eu vi em alguns mercados, mas não testei pra ver se realmente faz “A” diferença. Eu tenho comigo a eterna sensação de que persiana é um produto para ambiente comercial. Então eu até consigo conviver com ela em um escritório em casa, uma lavanderia, quiçá uma cozinha (lembra que é ruim de limpar?). Nenhuma delas, por mais que o fabricante deseje e que o vendedor prometa, presta como blackout tá. Se te disserem isso pode gritar TRUCO! É uma cilada Bino. Escurece um cadinho, mas não vai te garantir um sono de Duquesa de Cambridge. Persianas Verticais Me recuso a falar de persiana vertical por motivos de: É UMA BOSTA! Cái, quebra, desencaixa, bate nas crianças, despenca no cachorro, maltrata o gato. Se é pra usar persiana vertical, prefiro colar papel alumínio no vidro. Daqui por diante, a coisa já meio que deixa de ser persiana e meio que começa a ser cortina, a prima geek, da cortina de tecido falando de uma forma mais informal. A Silhouette da Hunter Douglas por exemplo, (ela tem outros nomes conforme fabricante) tem o formato de lâminas de tecido entre dois tecidos, permite controle de luz e de privacidade. Tem várias espessuras também, e apesar de ser um pouco chatinha pra limpar, o efeito da desgraçada é incrível: DAE temos varias primas mais RYKAS (multimilionárias pra falar a verdade), como a Pirouette , que faz uma volta tipo uma pirueta e também tem essa cara de riqueza. Tem a Luminette, que é a versão dicumprido, verticalizada da Silhouette. Já a Duette eu preciso explicar melhor… Lembrando que eu estou usando os produtos da Hunter Douglas por familiaridade, alguns estão disponíveis com outros fabricantes, com nomes diferentes, outros são exclusividades, mas é o material que eu represento e que eu tenho acesso. PLIM PLIM! Então a Duette tem esse formato de “casinha de abelha” e se você já construiu ou comprou um imóvel com móóóóóinto vidro, ela tem algumas coleções de tecido que diminuem o calor em mais de 60% e o barulho em mais de 40%! Essa donzela não é exatamente barata, mas também não está nas nuvens. Por seu formato de casulo, ela também tem um blackout poderoso: E o efeito da bonita, é lindo: Então pessoas, eu vou parar por aqui na metade das persianas metidas a besta e semana que vem – caso a CasaCor SP que eu visitarei dia 31/05 não renda uma postagem maravilhenta – continuamos com as Romanas, Rolô, Painel e os tecidos, pode ser? Muito bem, já sabem, se vocês precisarem de algum serviço tipo combinar lençol com colcha, derrubar uma parede (no auto cad), uma receita de pão de batata doce, uma dica de viagem, pode falar comigo! Só não pede dinheiro que não tô conseguindo resolver essa ainda. #bença!  

  • Fala Que Eu Te Escuto! Casamento na Praia

    Gente, uma das dúvidas que mais recebo aqui no Futilish é sobre o que vestir em casamentos. Quando aparece um evento desses, as convidadas ficam malucas sem saber o que vestir, e ainda existem as noivas que fazer terrorzinho falando que será super chique, ou outras que falam que vai ser simples, pra não preocupar com a roupa. As duas situações deixam a gente mais perdida que barata tonta né? Ou chique demais, ou chique de menos, ou normal… mas afinal, o que usar??? Eu estou esgotando meu arsenal de idéias e como cada vez aparece um dúvida diferente resolvi correr pedir ajuda para o pessoal da Cosh, uma grife mineira que tem vestidos de festa maravilhosos e o know how suficiente para tirar a gente do aperto. Até mesmo para outros tipos de eventos, como formaturas, festas de 15 anos (ainda existem?), etc. Assim, hoje eles vão me ajudar a ajudar a Carolina! ¨Cony, preciso dos seus conselhos. Tenho um casamento em Agosto. Até aí ok, certo? Casamento nunca é problema.. O problema é que o casamento é na praia. Quando eu digo praia, é praia MESMO. Cerimônia ali, na areia, à tarde. Claro que a festa será depois em um salão fechado… Mas a questão é: como me vestir para um casamento com essa combinação: cerimônia (à tarde, na praia, provavelmente no frio) + festa (salão, traje social e clima bem mais ameno)?! Dá pra conciliar tudo isso em um único look?! Estou perdida! Me ajuda! Beijos, adoro o Futilish!¨ Carol, dá para conciliar sim. Você deverá escolher um vestido não tão formal, porém com um certo grau de glamour, afinal terá cerimônia e festa. Como é na praia, pode brincar com estampas, vestidos fluidos, mas com alguns detalhes em bordados ou rendas para tirar a informalidade e entrar no clima da festa. Todos os vestidos (são da Cosh) acima ficariam PERFEITOS para a ocasião! Detalhe para o segundo look, de saia estampada leve e top rendado rosa, o meu preferido. O cabelo pode ser um pouco bagunçado para brincar com o clima de praia mas também não perder a elegância na festa. Assim ó: Na primeira fileira, uma trança bagunçada. Na segunda fileira, um rabo de cavalo bem displicente. E se você quiser dar um toque fashion e diferente ao seu look, que tal uma headband?  Viu que dá para ir num casamento na praia com festa na sequência e ainda assim atender aos dois ambientes? E os vestidos da Cosh estão ilustrando perfeitamente isso! Ah e procure se informar com a noiva como será o piso na cerimônia na praia, se vai ser pé na areia ou terá algum tablado (ou algo assim), que permita o uso de saltos. Nem tanto ao mar, nem tanto à terra, mas sim o equilíbrio perfeito! A Cosh, a grife dos vestidos deste post é de BH! A loja física fica na Rua Irmão Gonçalves Xavier,  58 Bairro São Pedro. O telefone é (31) 32233363. E tem loja online! Se gostou de algum desses vestidos e não achar na loja online, eles fazem sob medida tá?

  • Sobre o Drama do Anticoncepcional – Parte II

    Lembram deste post falando sobre a minha indecisão com os tipos de anticoncepcionais existentes? Foi maaaara, mais de 600 comentários, todo mundo papeando, dando seu ponto de vista, contando sua experiência… enfim, achei fantástico. Pois bem, larguei da pílula e usei o anel (Nuvaring) por 4 meses. Posso falar? Achei ótimo. Prático, fácil de usar, não sentia nada, o namorado também não, preço ok (e dá para fazer um cadastro no laboratório com descontos progressivos), nenhuma neura com ter que lembrar de tomar comprimido todo dia… Tive um pouco de escape no começo (ou como algumas pessoas chamam, spotting, aquele sangramento que não é menstruação e que enche a paciência), mas depois parou. Tava tudo ok com o anel e só tinha uma reclamação: fortes dores de cabeça. Todo mês aparecia uma dor de cabeça bem chata e que me deixava preocupada, afinal, durante esses últimos meses apareceram muitas reportagens sobre os perigos dos anticoncepcionais com hormônios. Fiquei encucada e outra coisa: continuava cheia de celulite, dificuldade para emagrecer e libido baixa. Marquei novamente com meu ginecologista (eu já tinha pedido DIU de cobre, mas ele não deixou pelo fato de eu nunca ter tido filhos e poderia ter alguns problemas ou não me adaptar), sentei bem séria na frente dele e falei: Dotô, cansei, quero por DIU. Ele olhou pra mim, pegou na minha mão (isso é verdade, aconteceu desse jeitinho) e falou: “Constanza… Você é uma mulher inteligente, entendida das coisas, estudada… Sei que você pesquisou muito sobre isso, você tem certeza?” Falei na hora: Claro que tenho! É o que mais quero na vida! E ele falou que tudo bem, que iria por o DIU Mirena! Opa opa opa, dotô, o senhor não entendeu. Não quero mais hormônios em minha vida. Por mais que o DIU Mirena tenha ação hormonal local, ainda assim tem os tais hormônios que não me deixam tranquila. Ele relutou mas por fim consegui convencê-lo pelo DIU de Cobre. Tive que ficar um mês sem tomar nenhum tipo de anticoncepcional, então dei adeus ao anel e me preparei para o DIU. Confesso que durante esse tempo pensei um pouco, deu um medinho, bateu aquela insegurança afinal é algo que pode ficar de 5 a 10 anos dentro do corpo mas lembrava como minha vida era boa sem anticoncepcional (fiquei quase 2 anos sem nada) e logo me animava novamente. Chegou o grande dia e eu estava no último dia da mestruação (tem que por o DIU menstruada, pois o útero está dilatado, algo assim). Fui toda contente, saltitante e serelepe pro médico, coloquei a batinha e fui pra sala. Lá vi uma bandeja CHEIA de aparelhos como pinça gigante, tesoura, e outras coisas de metal. Pirei né? Dotô, pra que isso tudo??? É cirurgico??? Ele me acalmou e disse que era rápido porém que poderia sentir algo de dor. Acontece que para por DIU é necessária certa “profundidade” do útero e precisam medir usando um instrumento de metal comprido, tipo uma régua em formato de agulha de tricô. E isso dói. E nesse momento pode acontecer um desmaio (tem um nome certo, mas esqueci) ou até alguns minutos depois de pôr o DIU. Bom, profundidade ok, ele pôs o DIU e senti uma coliquinha. O DIU – que tem formato de T – fica dobrado dentro de um êmbolo que é inserido na vagina e quando alcança o lugar que deve ficar, é liberado. Pronto! Fui enDIUsada! O ápice da dor foi só na hora da medição e um leve desconforto na “instalação” em si. Levantei, botei minha roupinha, o dotô me deu um anti inflamatório e um para dor, falou que eu sentiria algumas cólicas nos próximos dias e pronto. Ah, pediu para ficar 15 minutos sentadinha na sala de espera, por causa daquele possível desmaio. Não desmaiei e fui pra casa. Foram 15 dias sem namorar, uma semana sem malhar e 15 dias com escape mais intenso. Tive cólicas praticamente todos os 15 dias, mas bem de leve. Voltei ao médico para ver se estava tudo bem e estava. Meu maior medo era a primeira menstruação pós DIU, já que muita gente fala de cólicas insuportáveis e fluxo anormal. Pensei em só escrever este post quando isso acontecesse e com muita surpresa venho contar que praticamente não tive cólicas! NADA! Quanto ao fluxo, sim, ele parece ser mais intenso mas como agora sou natureba, estou testando o tal coletor menstrual que não dá para ter muita noção de quantidade. Acho que ainda não me adaptei bem ao coletor, pois o meu vaza. Ou meu fluxo é absurdo mesmo rs. Enfim, isso é assunto para outro post (mas quem tive experiência com coletores menstruais pode comentar aqui também). É um processo chatinho e espero que compense com o passar do tempo. Espero ficar livre do spotting, conseguir tratar as manchas (os hormônios da pílula pioram o melasma e não deixam eles serem combatidos eficazmente), emagrecer, sumir com a celulite, conseguir aumentar meu nível de testosterona (que estava quase negativo), ficar mais animada e claro, não achar que terei um AVC a cada dor de cabeça. É uma preocupação a menos! Eu sei que cada caso é um caso. Eu ainda acho anticoncepcional hormonal muito perigoso, além de todas as alterações físicas que ele acarreta e o tanto que deixa nosso corpo desregulado. Isso acontecia comigo, mas existem mulheres que amam e ficam ótimas. Nunca me dei bem com a pílula e tô feliz que consegui por o DIU de cobre! Ah, sobre as espinhas (testorenona no lugar e falta dos hormônios da pilula podem ocasionar acne, principalmente em quem tem Sindrome do Ovário Policístico) comecei imediatamente a tomar espirinolactona e até o momento, zero espinha! Êeeee, continuemos observando! PS: tchau hormônios.

  • Botinha Sem Ser Preta

    Não consegui pensar em outro título para este post, afinal queria falar sobre ankle boots porém de outras cores que não a típica preta. A preta é bem fácil de combinar e é que mais temos costume de usar, mas aposto que todo mundo olha com carinho quando vê uma botinha caramelo… Porém o medo de não saber aproveitar este item é tanto que logo voltamos e compramos a preta mesmo. Vamos mudar isso? O trivial, com jeans skinny por dentro da botinha. Achei linda a combinação com a blusa laranja. Acho o máaaaaximo assim! Com a barra do jeans virada! Estiloso e cool com vestidinhos lisos. Com vestidos boho todo mundo sabe que fica bom, mas com lisos fica mais lindo ainda e menos caricato! Com shortinho! Vamos imaginar que a foto do meio também é short ok? Amei o primeiro look, com jeans e blusão largo. Vocês devem estar pensando: ah, mas só pra quem tem perna fina… Ó… é verdade. Esse tipo de bota pode achatar um pouco e engrossar as pernas, então não é muito recomendado para baixinhas com pernas mais grossas. Para quem tem esse biotipo, o melhor tipo de ankle boot é a preta usada com calça também preta. E para terminar, botinhas pretas! Elas também tem seu charme! Eu acho que tenho 2 pares de ankle boot camel e também tenho dificuldade de usar. Na verdade, acabo sempre indo para a preta, por preguiça de pensar em possíveis combinações mas as fotos me animaram muito a tentar! Ainda mais essas que tem a barra do jeans virada! O que vocês acham, damos uma chance para as botinhas marrons e cinza ou ficamos nas pretas mesmo???

  • De Compras, Eu Entendo!

    Acho que uma das coisas que eu melhor sei fazer é comprar. Compro TÃO bem que sempre que vou para o shopping acompanhada, a pessoa acaba comprando também. Já comprei muito, falo de quantidade, mas amadureci e agora consumo menos, porém com mais qualidade e consciência. Mas chegar nesse ponto que estou hoje não foi fácil! Diria que não ESTÁ sendo fácil já que acredito que ainda posso melhorar um pouco! Porque às vezes a gente faz umas burradas né? Compramos por impulso e duas lojas na frente tem o MESMO produto porém mais barato. Compramos um item caro, não nos importamos com a garantia e quando estraga, ficamos perdidas. E quando compramos algo MARA e estraga ou é roubado????? Pois é… Não é nada agradável quando alguma dessas situações acontece… Mas sabe meu melhor amigo e companheiro de todo shopping, viagens e dia a dia? O Visa Platinum? Aquele que vai comigo pra todos os lugares e realiza meus desejos (sim, é assim que vejo meu cartão de crédito)? Agora além de garantir minhas comprinhas, ele também pode PROTEGER as compras!!! Como assim??? A partir de Abril de 2015, esses 3 benefícios foram integrados aos cartões Visa Platinum: Seguro de Proteção de Preço: comprou e viu um anúncio impresso ou na Internet o mesmo produto mais barato? Se estiver dentro do prazo de 30 dias, o Visa Platinum pode te dar a diferença de preço de volta (se até US$ 500,00 por item)!!!!! Seguro de Proteção de Compra: comprou, foi furtada, roubada ou estragou seu produto? Sem stress, se não tiverem passados 45 dias da data da compra, o Visa Platinum pode reembolsar você ou te dar um produto novo (se for até US$5.000,00)! Seguro de Garantia Estendida Original: para mim, o mais importante! Este seguro DUPLICA a garantia gratuita oferecida pelo fabricante do produto adquirido em até um ano. Por exemplo: comprou um super celular, o top top de todos, aquele seu desejo antigo e finalmente realizado. Você sabe que terá a garantia do fabricante durante um tempo, mas dormirá mais tranquila ainda, pois o Visa Platinum pode até dobrar essa garantia. Ou seja, se for de um ano, ativado o benefício na Central de Atendimento, você terá 12 meses ADICIONAIS de garantia para seu celular! E hoje isso é simplesmente tudo!   Todos esses benefícios são válidos desde que a compra dos produtos tenha sido com o Visa Platinum ok? Não é demais? O que já era nosso melhor amigo, virou anjo da guarda!

  • Tá Indo ou Tá Vindo?

    Quando não tem mais o que inventar o que a gente faz? REINVENTA! Quando a bolsa cansou de ser usada no ombro, elas começaram a carregar a bolsa na mão. Quando o casaco perdeu a graça vestido, começaram a usar apenas pendurado nos ombros. Quando um relógio era pouco, usaram dois. Quando a sandália ficou ¨boring¨, colocaram uma meia soquete. E agora a moda da vez é usar a abertura dos tricôs, para trás. Sim, assim fizeram as fashionistas que depois de alguns dias de falta de novidades no mundo da moda resolveram usar cardigãs… de trás pra frente. Não tem técnica nenhuma. Os mesmos looks que você usaria com o cardigã normal, você pode usar com os botões nas costas. É estranho? É, mas acho que em alguns casos funciona legal. Eu gosto quando não tem mais nada por baixo do tricot e ele é de gola V, fica até sensualzinho. Também pode ir pra festa, mas acho que a amiga forçou ao dar esse nózinho. Por um instante achei ser o mesmo look, mas reparem que são saias diferentes e cardigãs também diferentes! O look do meio muito me agradou. Quer fashionizar pra valer? use uma camisa ao contrário. Essa eu passo. E o que vocês acham? Mais uma loucurinha que logo passa ou será que veremos isso nas ruas daqui?

  • A Base Que Cobre TUDO!

    Hoje apareceu na minha timeline no Facebook mais um vídeo de asiáticas pirando em um cosmético. Geralmente eu desejo tudo o que elas mostram e tenho até uma mini wish list montada para quando eu voltar pro Japão ou para usar no Aliexpress ou Ebay. E o produto que vi hoje não sai da minha cabeça… Vejam esse vídeo (não é o mesmo que estava no Face, não sei postar eles aqui, mas é quase a mesma coisa): Cês tão entendendo meu desespero?? COBERTURA EXTREMA!  Bom só que pesquisando sobre a Dermacol, descobri que de asiática ela não tem nada. A Dermacol é uma marca de cosméticos da República Tcheca, e o nome certinho da base é DERMACOL MAKE UP COVER. Como pudemos ver no vídeo, ela é a prova d’agua, hipoalergênica, serve para todos os tipos de pele, tem FPS 30 e sim, uma cobertura impressionante. 50% da composição dessa base é de pigmentos ou seja, tem mais tinta que tudo e até uma camada finiiiiinha é capaz de cobrir manchas, marcas, olheiras e tudo mais o que quiser. Ela tem até uma historinha: diz que foi a primeira base de ultra cobertura a ser lançada no mundo e que sua formula original foi vendida para Hollywood. Infelizmente são 12 tonalidades. Digo ¨infelizmente¨ pois fica mais difícil chutar uma para comprar pela internet. E tem precinho super amigo, no eBay está por uns US$ 10. Bom, por esse valor dá até para arriscar umas duas cores né? Vi alguns pouco swatches no Google e se tivesse que arriscar uma para mim, seria a 211. Agora a pergunta que não que calar: alguém já testou? Se já, CONTA TUDO PRA GENTE!

  • Cuidados Faciais Diário: Atualizado

    Às vezes tenho a impressão que a pele vicia em cosméticos, tipo o cabelo vicia com shampoo sabe? No começo parece ser o produto mais eficiente do mundo, e do nada, para de fazer efeito. Quando tenho essa impressão, vou logo no dermatologista para dar uma renovada no meu arsenal e ver se tem alguma novidade ou produto mais específico para meu problema. A minha maior reclamação são as manchas ocasionadas pelo melasma, mas também gosto de tratar a pele, ter viço, firmeza e claro, prevenir o envelhecimento. Como contei em algum post passado, voltei a fazer Spectra nos melasmas (aquele laser que não deu muito certo na primeira vez que fiz) e mudei um pouco minha rotina. Lembrando sempre que CADA CASO É UM CASO, vou mostrar o que estou usando diariamente: Para o dia e para a noite, esses são meus creminhos.  Meu protetor solar da vida é o Aqua Rich da Bioré. Continuo amando-o como da primeira vez, porém, como meu médico não conhecia bem esse produto, me receitou o Normalize FT com cor da Ada Tina. É um protetor solar FISICO and QUIMICO, ou seja, cria uma barreira física para os raios solares (por possuir cor) bem como tem ação química com a pele. Para quem tem melasma esses são os protetores mais indicados, pois oferecem maior proteção. A minha cor é a 30, Beige e fica boa mas confesso que acho um tico grudento e grosso, poderia ser mais sequinho. Como sempre uso maquiagem, continuo dando preferencia para meu protetor da Bioré e passo base por cima. Geralmente uso o da Ada Tina quando não preciso de make, vou na praia ou clube por exemplo. Falando em protetor solar físico e químico, ganhei do meu dermato essa amostrinha da SkinCeuticals, o Physical Fuison UV Defense, fator 50. Ele é de cor única, beeeeeeem mais ralo que o da Ada Tina, porém não cobre praticamente nada. Também continuo tomando todo dia de manhã e na hora do almoço Polypodium Leucotomos, vulgo protetor solar de dentro para fora. Eu comprava o Helioral mas agora existe uma opção mais barata, o Inthos. (UPDATE: fui conferir o preço e achei ele mais barato quanto mais caro que o Helioral. Vale pesquisar, são a mesma coisa, até a embalagem é parecida) Depois de aplicar o protetor solar, aplico umas 5 gotinhas de Phloretin CF, da SkinCeuticals (como podem ver, estou vivendo de amostras que meu dermato me dá, o que acho ótimo porque esses produtos não são muito baratos rsrs). Esse é um sérum antioxidante (pra não ficar velhinha muito rápido) com 10% de vitamina C pura, além de Phloretin e Ácido Ferúlico para reduzir rugas, flacidez e ainda estimula a produção de colágeno. É bem fácil de espalhar, rende MUITO e não deixa a pele oleosa. Antes de dormir lavo bem o rosto (no momento estou usando o Effaclar Concentrado em Gel da La Roche Posay) e aplico o Advanced Pigment Corrector também da Skin Ceuticals. Promete reduzir as manchas, prevenir o reaparecimento delas, uniformizar o tom da pele e dá para ser usado em qualquer época do ano. Esse comprei grande mesmo. E para terminar, o novo ouro da SkinCeuticals (não, não virei garota propaganda da marca, mas de tanto falarem desses produtos e meu médico amar os resultados, resolvi fazer tudo certinho), o Resveratrol BE. É um potente antirrugas para ser utilizado apenas de noite. É resveratrol purinho (aquele mesmo ativo que tem no vinho, mas em doses bem maiores) que é um super antioxidante. Reduz rugas, recupera a densidade da pele e melhora a firmeza. É um gel bem gostoso de passar e o bom dos produtos da SkinCeuticals é que apesar de serem ¨caros¨, rendem MUITO! Então no final das contas, nem fica tão caro assim.  Poucos produtos né? De manhã protetor solar e um creme, a noite dois cremes e só. Meu dermato é o Dr. Bruno Vargas, descobri ele procurando sobre melasma na internet e ele tem um site só sobre isso, e por coincidência era de BH.  E mais uma vez, essa é A MINHA ROTINA, o tratamento indicado para meu problema e tipo de pele. Lembrem-se sempre de procurar um médico para analisar seu caso e ver o que será adequado para você!

  • Realizando Um Sonho!!!

    Não sei se vocês se lembram, mas tempo atrás fiz um post sobre coisas que eu queria aprender. Listei váaaarias vontades, de tocar pandeiro a estudar arte, e a medida que o ano vai passando vou riscando algumas delas. Na verdade acho que risquei bem poucas até agora, mas uma delas é GIGANTE e estou prestes a realizar! Esses dias li uma reportagem que falava sobre as coisas que DEVEMOS gastar dinheiro. Estavam lá: viagens, educação, música, comida e livros. A moral da história era que o importante na vida é gastar com EXPERIÊNCIAS e não coisas! Gente, aquilo me deixou tãaaaaao pensativa… O quanto já gastei com coisas, as vezes nada muito caro, mas que somando aqui e ali, vira um coisão que provavelmente já está esquecido no meu armário, nas mãos de outra pessoa ou pior, no lixo. Mas as experiências não, essas a gente não desapega e o melhor, só acrescentam história de vida, formam personalidade e te faz uma pessoa interessante, culta, que conversa bem, que conhece e sabe do que está falando, que passa a experiência de ter vivido algo maravilhoso e existe algo mais rico que isso? Eu, numa mesa de bar, prefiro ouvir sobre viagens e afins do que sobre o que fulano possuiu ou está querendo comprar. Bom, isso tudo é para contar que decidi fazer algo que estava pendente em minha vida. Mais uma dessas coisas que a gente espera fazer em algum ponto de nossa existências mas que por ¨N¨ motivos acabamos adiando. Só que já não estou mais nessa fase de pensar muito, se faço ou não e assim resolvi fazer um curso de moda em Milão! Lembram que um dos meus desejos era estudar moda? Pois é! Lá vou eu! No início fiquei bem perdida, sem saber onde pra onde ir, como ir e o que estudar de fato. Mas convenhamos, qual é o berço da moda no mundo?? Milão! E outra, eu nunca fui pra Itália e isso de riscar países no meu mapa mundi muito me atrai rs. Lá está o Istituto Marangoni, referência nesse segmento com mais de 75 anos de existência e com sede em Paris, Londres, Shangai e claro, Milão. Ah, mas não sei falar italiano, inglês, chinês ou francês… Ok, dependendo do curso, existe tradução simultânea para outros idiomas como inglês, espanhol ou PORTUGUES! MORRI! Entrei no site do Marangoni e toda a informação estava lá, mas e aí? Me jogo direto? Dá um medo de fazer algo errado… e frente a um monte de cursos, qual vou fazer? Aí uma amiga, vendo meu mini desespero me indicou a Luiza Bomeny, que além de ser uma das maiores consultoras de marketing e estilo no Brasil também é representante do Marangoni por estes lados! O círculo estava se fechando, já tinha um direcionamento! A Luiza também orienta sobre carreira no mundo da moda e design e com isso, também me ajudaria a saber qual curso fazer. Conversei bastante com ela e escolhi fazer um curso de férias, de apenas 3 semanas em Milão, o de Trend Forecasting. Eu contei pra Luiza que estava apaixonada pelo trabalho do WGSN e que queria estudar aquilo, entender mais sobre tendências e como é feito o estudo para saber o que será usado daqui uns anos e esse curso caiu como uma luva. Mas esse é rapidinho, a vontade mesmo, era ficar um ano lá e poder aproveitar um dos cursos da Pós Graduação do Istituto Marangoni. Na verdade, os cursos de Pós Graduação não chegam a durar um ano… São uns 8 meses (o tempo que dura o ano letivo) e com alguns recessos, o que permite voltar pra casa um tempo e depois partir pro curso novamente, então as mamis podem viajar tranquilas e quem precisa estar aqui no Brasil de tempos em tempos também. Não significa largar a vida e ir morar um ano fora. E tudo o que é planejado, não fica caro, portanto não se assustem. Recebo muitos emails de gente que quer ir pro lado da moda (a maioria da área do Direito, ainda farei uma análise para descobrir porque tanta gente do Direito ama Moda) mas que não sabem por onde começar, o que estudar enfim… Como também de muitas pessoas que resolveram mudar seu negócio ou então se aprofundar sobre o mundo fashion, esses cursos são perfeitos para quem quer algo mais intenso, consistente e finalmente, mudar de área com conhecimento e confiança. Os cursos de Pós Graduação que o Istituto Marangoni oferece são: Fashion Design Womenswear: forma designers de moda prontos para lidar com todas as mudanças que acontecem no mundo fashion. Fashion Design Menswear: aprofunda o design de moda voltado para o público masculino. Esse curso é em parceria com Ermenegildo Zegna! Olha que chique! Knitwear Design: esse é pra turma do tricot! Nesse curso irão aprender sobre as matérias primas, estudo das fibras, peso dos fios, técnicas de construção como também as tendências atuais do mundo da moda e do uso histórico do tricot. Luxury Accessories Design & Management: imagina fazer sua linha de acessórios conforme os padrões ¨Made in Italy¨? Pois é isso que irá ensinar este curso. Da concepção à produção, tudo de acordo a fabricação italiana! E a gente sabe o quanto um ¨Made in Italy¨ faz a diferença né? Fashion Styling & Portfolio: quem já tiver formação em fotografia, moda, styling ou comunicação pode gostar deste curso. Nele vão aprender a montar um sessão de fotos, gerenciar um processo criativo até sua realização, detectar tendências de moda entre outros (muito me agrada esse curso viu?) Fashion Photography: o nome já diz tudo, este é para quem quer se aprofundar em fotografia de moda. Fashion Promotion & Communication: quer aprender a criar uma campanha de moda? Eventos, propaganda, ou soluções específicas de marketing para cada caso?  Se sua resposta for afirmativa, este é seu curso. Fashion & Luxury Brand Management: Que tal entender um pouco sobre o mercado da moda e do luxo? Este curso oferece aprendizado sobre Marketing, mercados de moda e luxo, posicionamento de marca. Contemporary Fashion Buying: esse curso também muito me atrai e ensina a comprar! Não comprar como a gente faz, mas sim se profissionalizar como fashion buyer e refinar a seleção com base em tendências, conceito técnicos e teóricos para criar um plano de compras! Legal né? Fashion Product & Production Management: formação de gerente de produto de moda! Aqui cabe de tudo: estudo de tipos de tecido, técnicas de construção de produto, produção de coleções com margem de lucro satisfatória. Além claro da parte de negociação com os fornecedores, controle de qualidade, definição de preço, tempo de entrega… Digital Fashion: O curso é destinado a estudantes que querem comunicar e vender moda digital que é o papel do especialista em estratégias para novas mídias de moda. É o que está acontecendo agora né gente? A integração de canais diretos comercias com as ferramentas da web. Ninguém mais vive sem internet. Fashion Retail Management: forma especialistas em gestão de lojas, como transferir os valores da marca para o consumidor final, como fidelizar os clientes. Ah e tem mais, Istituto Marangoni oferece na nova sede de Design em Milão cursos de Design de Interiores e Design de Produtos! Tudo isso com a coordenação de Giulio Capellini, o guru do Design Italiano! Tá bom pra vocês??? Dá vontade de fazer umas 5 pós graduações! Se ficou com vontade mas ainda confusa sobre o que estudar, a Luiza fez um vídeo bem legal de orientação vocacional:   Tudo de bom né?? Estou super ansiosa com mais essa experiência em minha vida que tenho certeza que será inesquecível! Claro contando com todo o apoio e orientação da Luiza Bomeny, que é quem mais entende aqui no Brasil de cursos de moda no exterior e foi minha luz no fim de um túnel cheio de dúvidas. O Facebook dela para quem quiser acompanhar é luizabomenyconsultoria e nos próximos dias irei contar mais sobre minha viagem. Ah, falta apenas um mês para eu voltar a ser estudante! Dá um friozinho na barriga voltar para a sala de aula depois de tantos anos, sozinha, num país que nunca fui e não sei falar uma palavra no idioma local. Ninguém quer ir comigo não??

  • Videos da Semana!

    Sou uma pessoa completamente viciada em vídeos do Facebook e Youtube! Tenho vontade de compartilhar todos e quando é de animal então… aí que dá aquela vontade louca de sair disparando o vídeo para todos os lados rs. Esta semana vi alguns bem bacanas, divertidos, fofos e outros que fazem pensar também. Dá uma olhadinha: Propaganda da Android. Não consigo parar de assistir esse vídeo! Não me canso, muito fofo né? Trailer de filme novo! Quem assistiu e amou O Diabo Veste Prada vai curtir esse, com Anne Hathaway e ninguém menos que Robert de Niro, The Intern. O lançamento é dia 25 de Setembro deste ano, nos EUA… para chegar aqui ainda deve demorar mais um pouquinho. Jout Jout vicia. É o tapa na cara virtual e a dose de bom senso que todos precisamos. Em particular, concordo MUITO com esse vídeo! Assistam, por favor, principalmente meninas do Chora Que Eu Te Escuto. Este vídeo vai te fazer pensar, repensar, sobre todos os momentos que você reclamou da vida. Dá vontade de se esconder depois de assistir. E para terminar, outra propaganda, desta vez da Always e que assisti pela primeira vez numa palestra sobre o poder feminino. Depois me contem o que acharam dessa… Gostam de posts assim? Muitos desses vídeos nos fazem sorrir, chorar, pensar, ter esperanças e porque não, ser uma pessoa melhor. Bom restinho de domingo para vocês meninas.

  • Mi Casa, Su Casa – Papel de Parede!

    Bom diaaaaa! Hoje é dia do Lelo alegrar nosso sábado com suas dicas e informações super instrutivas e bem humoradas sobre decoração e arquitetura! O tema de hoje é: PAPEL DE PAREDE! ¨Então Fufushas! (E os leitores hombres también!) Aos poucos eu vou perdendo a vergonha de parecer nojento soberbo, e vou falando um pouquinho mais. Eu tive o privilégio de conhecer gente boa (elegante e sincera) no meu caminho, uma colega na faculdade de arquitetura que me conseguiu uma entrevista de emprego, onde eu estou faz quase sete anos trabalhando com interiores. Nesse período, pra quem achava que sabia sobre decoração, eu descobri que ainda estou engatinhando. Sou apenas um bocó com acesso a fornecedores e detalhes técnicos. Aprendi sobre mobiliário, principalmente residencial, depois corporativo e nesta última semana de maio estarei em SP dando bafão e fervendo horrores, em treinamento na área de mobiliário hospitalar. Dentre tantas coisas, como tapetes, painéis, cortinas, tecidos… HEY essa introdução já tá muito longa e eu nem ofereci um Chai pras bonitas: PLIM PLIM! Então, entre as coisas que eu pude conhecer, está nosso tema de hoje: Papéis de parede. Essa é uma das maneiras mais rápidas e práticas de tornar um ambiente de ordinário em pornografia de viver, maravilhosidade. Não é por acaso que tem coleções de papel de parede da Versace e da Porsche, dentre muitas outras possibilidades: Entretanto, contudo e não obstante, também não é necessariamente uma forma barata. Existem materiais de R$ 100,00 até o infinito e além. Eu conheço uns de R$ 18.000,00. Como tudo nessa vida existem as mais diversas opções, marcas AND, qualidade. Eu me dei ao trabalho de jogar no google a busca “tipos de papel de parede” não vou falar do nível de imbecilidade de quem escreve matérias descrevendo estilos de desenho como “tipo de papel”. Pausa pra desabafo de ódio: Qualquer retardado sabe que um papel que tem flores é floral, que tem bolinhas e quadrados é geométrico… Sério, eu fico irado com desse tipo de desserviço à humanidade. Porque não vão doar sangue, pentear macaco, embalar criança no centro de nutrição…. dar o @ pra galinha bicar, mas não, esse povo prefere publicar coisas idiotas na internet. Ok, Smurf Odioso pode sair do meu corpo. Então vamos falar de coisa boa, vamos falar do que realmente interessa pra você não comprar um produto vagabundo que é o que mais tem no mercado. Eu não vou falar que papel de X lugar é ruim, pois mesmo alguns papéis daqueles lugares que a gente costuma dizer que nada presta, tem alguns que prestam sim. Existem papéis com base de papel (dã!), nonwoven, papéis com tecido/pedras/cristais e os vinílicos. Papel com base de papel é bem comum da indústria brasileira, é aquele papel que muitas vezes parece embrulho de presente (pobrin), e que quase via de regra é delaminável. Tá, você não tem obrigação a saber o que é isso, mas #vemkotio que eu explico: Quando um papel é delaminável, ele é filho do coisa ruim um produto que EU vejo  como desvantagem ele ser chato de remover. Você já deve ter visto em algum programa de TV as pessoas tirando papel de parede, ou demolindo algo e a parede ficando com aquele resto de saco de pão colado. É essa praga aí. E pra soltar aquilo, você tem que molhar, raspar, puxar os cantos, fazer a dança da descolagem, quer saber, manda a sogra fazer isso. #fikdik Papéis Nonwoven são eco friendly, pois são formado por longas fibras naturais e sintéticas, que  permitem uma melhor “transpiração/respiração” da parede, evitando mofo, trevas e coisa e tal. É o mesmo material que se faz o filtro de café, saquinhos de chá, e se tem café no meio, é coisa linda e paradisíaca. MAYDAY! AGORA para tudo que você tá fazendo e tatua essa informação no braço: (especialmente quem tá no aluguel : Papéis nonwoven podem ser retirados e reaplicados três vezes! Ou seja, hoje cola aqui, daqui um ano você muda e leva ele pra casa nova, e dá pra fazer isso mais uma vez ainda! Desde que utilize a cola própria, né. Papéis com tecido / pedras / cristais os que tem a textura de tecido, geralmente são de veludo/camurça/seda e são um desbunde, não são ricos, são multimilionários, vamos catalogar eles como sheiks de Dubai. Os com pedras, tipo as famosas Micas ou os papéis com cristais incrustrados são über-especiais. Os que tem  gramatura alta, precisam de aplicação com cola sintética, e por-amor-a-qualquer-que-seja-a-entidade-que-você-acredite, das salamandras de jardim até Deus, não tente aplicar isso all by yourself. Contrate um instalador com boas referências. Vinílicos, estes, geralmente, são os escováveis eles tem um acabamento meio plástico, meio emborrachado, e tem muitos efeitos de relevo e texturas. Grande parte dos papéis oriundos da Ásia são desse tipo. Eles não são melhores nem piores, mas são bem resistentes. Mas pra não comprar gato por lebre, vocês que entender algumas coisas. Esse selo, é utilizado meio que como padrão mundial, está geralmente expresso atrás da folha do book onde escolhemos o produto: As duas primeiras linhas explicam a durabilidade, e a “resistência” do papel. Mas vou ser sincero as três ondinhas que indicam que o produto é lavável, ou o outro que tem a escovinha que indica que ele é escovável, não quer dizer que você pode chegar toda trabalhada no Bombril ariando o papel de parede, ou como um amigo meu bem louco que lava as paredes com a VAP, eu tenho algo pra dizer: NÃO, NÃO e NÃO! Lembra que os europeus mais antigos não costumavam a tomar muitos banhos? Considere teu papel de parede um europeu desse tempo. Você pode sim, passar um paninho úmido, quem sabe uma esponjinha “do lado amarelo” e tirar uma mancha. Mas baby, 90% dos papéis são fixados com cola a base de água, e se molhar muito, ele vai pular da sua parede e você vai pro próximo baile à fantasia de múmia vinílica. Quanto ao solzinho, é interessante caso o local onde você vai colocar seu papel tenha muita incidência solar ele pode desbotar… Porque né a gente mora numa país que o sol não tem dó da gente. Aqui tem coisas interessantes, como vocês podem notar, esses selos indicam o papel ser: desprendível (e gente, esse é o papel pra quem mora num imóvel alugado. Quando você retira ele a parede fica perfeitinha de volta, não sobra o saco de pão na parede, HAHAHAHA), delaminável (é aquela desgraceira que eu expliquei acima) e os dois próximos, indicam  como o papel deve ser afixado na parede. Em alguns a pessoa passa a cola na parede, outros já vem com a cola nas costas do papel… isso é importante caso seja um projeto Do It Yourself, (DIY) ou seja, faça você mesmo, pois isso facilita a “obra” os papéis que já vem com cola precisam apenas que você borrife (aqueles borrifadores de cabelereiro servem) lindamente sua água Evian nas costas do rolo, e aplique. Quer moleza maior que essa? #sentanopudim. A maioria dos papéis mesmo você tem q preparar a cola, aplicar no papel e depois na parede. Depois eles falam dos papéis que tem relevo e a etiquetinha no fim da segunda linha quer dizer que existe tecido coordenado. Não necessariamente disponível em nossas terras tupiniquins, então não surta miga. Aqui, a primeira linha, indica se o desenho tem encontro, se ele é um papel que tem que alinhas, ou se o desenho é desencontrado. Eles complementam a última linha. Essa última linha tem os selos que mostram se é pra instalar em sequência ou subindo e descendo. Eu não sabia desse detalhe e tive reclamação de uma cliente porque os encontros do desenho estavam estranhos. E é uma coisa estranha mesmo, não é um defeito, não é feio, mas é esquisito. É tipo quando você para de tirar a cutícula e começa a apenas empurrar… parece que tem algo que não tá direito… A última informação é de quantos em quantos centímetros o desenho se encaixa, e isso causa “perdas” então, quanto maior esse número, mais material vc vai perder. Querem ver como é a legenda no book? ÓIA: Então esse papel é: Muito resistente à incidência solar, lavável, desprendível, pode ser usado como uma faixa única ou com encaixe de desenho a cada 32/64 centímetros. Viram que fica fácil? Só levou 1268 palavras. Claro que, hoje tem até papel de parede com LED que acende e forma desenhos, mas isso é uma situação ainda pouco comum, então vamos nos manter nos limites da grande maioria. Agora vocês vão compreender o papel e ter bons resultados. É como maquiagem, se o produto não for adequado para o efeito que você deseja, vai ficar uma bosta porcaria. Eu acho que vale a pena comprar numa loja que já entregue com a instalação, ou pegar com eles o contato de um instalador. Independente disso, eu peço atenção na hora da compra para o armazenamento dos papéis (e mesmo para o caso de você guardar o rolo um tempo em casa). Os rolos devem ser mantidos na horizontal (deitadinhos) pois, se deixamos ele de pé eles podem amassar as bordas e na hora de instalar o encontro ficar todo cagado estragado. Outro tema é o tamanho. Tem papel vendido de várias formatos, os mais comuns são: por metro linear, por rolo com 5m2, rolo com 15m2… Os tamanhos mudam conforme os fabricantes. O ideal é calcular entre 10% a mais para papéis sem encontro de desenho e pelo menos 20% pra desenhos pequenos. Se for uma parede com janelas, portas, nichos, enfim, muito recorte, vai haver mais perdas. Agora vamos ver uns ambientes com papel de parede do bem? E por fim pessoas lindas, eu quero agradecer a Mari de Mori, que é gerente comercial (além de linda, loura, simpática e inteligente) da importadora de papéis de parede com quem eu trabalho que reviu os detalhes dos aspectos dos papéis de parede pra garantir que não saísse nenhuma asneira no post. Eu espero não ter entediado vocês. Sempre acho que a coisa ficou longa demais, que vocês vão tricotar um suéter, bater um bolo e depilar uma virilha com pinça no tempo de ler tudo que eu falo. E pra próxima semana, o que será que teremos? Tenho umas ideias, mas estou em dúvida, pede aí que eu atendo! #bença PS: (O email de contato do Lelo para quem tiver dúvidas, informações, elogios, elogios, elogios – hahaha isso é por minha parte, ele merece – é azuoexclusives@gmail.com!)

  • Dica da Leitora!

    É sexta feira! É sexta feira!! Já tá pronta pra balada??? Já passou o batom vermelho? Ops… ainda não? Veio dar uma espiada antes? Ou vai ficar por aí mesmo??? Então prepara que tem DDL! Dica 01 -Paola Paola surtou nas compras e foi ser feliz nas onças ricas da C&A! Ela viu o vestido e a batinha que mostrei no Snapchat e correu garantir pra ela também! Vestido por R$ 79, bata de onça igual a minha R$ 59,90, outra camisa onça (essa é comprida e um pouco aberta atrás) R$ 59,90 e regatinha  R$ 49,90 Dica 02 – Amanda Já a Amanda foi na Renner e garantiu alguns acessórios: O colar R$ 39,90, o brinco de pedra preta R$ 25,90 e o prateado por R$ 29,90. Dica 03 – Renata A dica da Renata é um Slipper da Beira Rio com estampa onça. Ela comprou no site da Marisa e custou R$ 59!!! Dica 04 – Marina ¨Sou sua leitora ha 3 anos e desde então confiro o blog diariamente, religiosamente! Participo muito nos comentários e vc quase sempre me responde (dou sorte)! Mas é a primeira vez que participo do DDL! Então, achei essa jaqueta hoje na Riachuelo por 99,00 dilmas! Veste bem e é bem feita! Tem gola e punho de moletinho, dando uma cara mais esportiva,mas se colocar com algo mais arrumado acho que esse detalhe passa desapercebido! Detalhe: não comprei! Afff, ultimamente ando insegura, necessitando de uma opinião alheia pra comprar/usar etc. Alguem se identifica ou já passou por isso? Mas to pensando muito nela e acho que vou voltar pra adquirir ja! Um beijo, sou sua fã e quando esbarrar com vc pelos shoppings ou bares de BH vou te parar hein?!¨ Marina, pode voltar lá comprar! Achei linda! Dica 05 – Ariela Minha amiga tatuada comprou mais um sapatinho! Ela não curte muito scarpin então optou por um sapato boneca. Na Dafiti por R$ 89,90 da marca Five Blue. Achei que super combinou com você! Dica 06 – Larissa DicONA da Larissa! Blazer lindo na Luigi Bertolli por R$ 199! E tem detalhe em couro! Dica 07 – Ana Carolina As compras da Ana foram na Renner. Vejamos: Saia em tecido tipo camurça por R$ 59 (esses dias precisei TANTO de uma…) e jaqueta (que ela diz que a foto não fez jus a beleza da jaqueta) por R$ 89,90! Foto 08 – Mel Recado da Mel! Conyta! Aqui estou eu de novo no DDL. Estou de férias forçadas e entediada, então, lá vai shopping: saia de couro fake da Zara 159,00. Achei super seventies! Camiseta da Riachuelo, 35,00. Da cor do inverno e franjas!!!!! Adorei. E a botinha é mega confortável pra bater perna pelo mundo, Ramarim na Marisa por 189,00. É isso! Beijos pra você e para as minhas linducas, ex-leitoras do blog que me enchem de orgulho lendo o Futilish AMO A MEL! De alto nível cultural e intelectual rsrs E bom gosto, claro! Foto 09 – Jessica Lembram daquela sandália mara que comprei na Arezzo e que tava toda receosa de usar porque era muito alta? Pois é, já usei e achei super ok! E a Jessica enviou uma Alternativa Fashion super bacana! Sonho dos Pés por R$ 108! Dica 10 – Vivi ¨Olá, Cony, depois de ver seu ultimo dica da leitora, resolvi mostrar minha bonita! Paguei 79,00 e seria a prima pobre da shutz e arezzo. Mas pelo precinho amei demais.¨ Acho que a Vivi comprou em alguma promoção porque no site agora tá R$ 159 Mas fica a dica de qualquer forma! Minhas leitoras aquecendo a economia do país rsrsrs. Obrigada meninas!

  • No Conforto de um Maxi Tricot!

    EIKE DELICIA O FRIO CHEGOU! Ou tá chegando, aos pouquinhos, só sei que ontem a noite dormi com camisola de flanela e meia soft hahaha, bem sexy! Adoro frio, amo inverno, mas não o frio de doer os ossos. Gosto daquele ventinho gelado no rosto, da pele seca, do cabelo e maquiagem no lugar, da roupa chique, da bota no pé, do chega-mais-amor-me-esquenta... Mas nosso arsenal de roupas de frio não é lá grandes coisas né? Pelo menos pra quem mora de SP pra cima! E hoje vou falar de uma peça que é suuuuper gostosa de usar e fica bem fashion no inverno: o maxi tricot! Ele é fácil de achar, é fácil de vestir, é atemporal, é chique! Ele nos salva nos momentos difíceis, nos deixa quentinhas e ainda tira onda de fashionista. Vem comigo se inspirar. O básico e trivial, maxi tricot cor neutra, legging preta e bota preta.  Com jeans e scarpin também fica lindo! Mas aí vai depender do frio da pessoa. Eu ¨guento¨ no frio de MG! Com calça skinny e ankle boot de salto alto e fino. Sabe mulher poderosa? Pois é. Com slip on!!! Lindo! Com sapatilhas ou sapatos baixos. Eu prefiro usar com calças bem justas ok? Como o maxi tricot já é grandão, soltão e tem muito volume, melhor ¨secar¨ o restante do look. E para ficar mais fashion ainda, com saias! E se usar com uma over the knee, minha filha, corre fotografar o look, porque vai ficar de REVISTA. Sem muitas regras, apenas a cor neutra e que cubra o bumbum. Eu gosto muito dos que tem gola alta larguinha. E lembrem-se da proporção: largo em cima, justo em baixo!

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Ando TÃO sem paciência ultimamente que tô até com medo dos meus conselhos para hoje hahaha. Por isso conto com a compreensão e principalmente, a colaboração de vocês. Caso 01 – Letícia “Estou numa situação delicada. Meu “marido” (moramos juntos há 7 anos e temos uma filha de 2) foi convidado para ser padrinho de casamento de um colega de trabalho. Somente ele foi convidado. Não conheço o colega, aliás, não conheço quase ninguém do trabalho dele e estou um pouco constrangida de ir ao casamento. Ficar sentada sozinha na igreja…. No inicio achei super natural, afinal, se ele gosta do meu marido e nem me conhece….Mas agora que está chegando a data, confesso que nao estou com a minina vontade de ir. Qual sua opiniao? Vou? Fico? Sei lá, eu nunca convidaria somente uma pessoa, se não tenho afinidade com o casal, melhor não convidar do que convidar um só.”   Concordo PLENAMENTE com você. Fosse namorada de pouco tempo, ok, dá até pra relevar, mas poxa, vocês estão juntos há um tempão, moram juntos, tem filhos ou seja, FAMÍLIA e cometem indelicadeza! E outra, seu marido também poderia ter dado uma indiretas (ou diretas mesmo né). Não sei se você deve ir ou não… O convite de casamento tá como ou nem nisso te incluíram?     Caso 02 – Viviane   “Oi Constanza, a historia é o seguinte: namorei 10 anos, desde muito jovem blablabla, até que um dia cansei e sai da relação. Isso tem uns dois meses. Depois que terminei o que eu queria era TRANSAR !!  E ai, me joguei no Tinder. Fiquei com um cara aqui outro ali. Um que eu conversava nunca queria transar sempre ocupado (agora entendo, ele era muito ruim de cama). Ai conheci o André, no Tinder claro. Era um domingo a noite, estava chovendo e resolvi chamar ele para vir pra casa. Ele veio trouxe vinho, fiquei bêbada (estava muito nervosa, nunca tinha feito isso). Enfim a gente transou loucamente e ele é espetacular em todos os sentidos (tanto na cama como de papo). Enfim ele foi embora e não houve mensagem no dia seguinte nem nada. Eu fiquei tranquila, pois realmente não esperava muita coisa, só queria alguém mesmo pra ser meu PA. Convidei ele na semana seguinte para passar em casa, ele falou que tava cansado que ia trabalhar no outro dia blablabla mas me perguntou o que eu ia fazer no feriado, falei que ia viajar e ficou por isso mesmo. Ai antes do feriado, mandei mensagem, ele falou que tinha viajado e tudo mais eu falei que ia no dia seguinte, porém o Tinder entrega o login e a ultima logada da pessoa e dizia que ele estava por perto. Pensei, que trouxa!!!! Eu não tenho nada com ele pra que mentir?? Fiquei na minha continuei com meus outros esquemas. Num fds depois, estava eu curtindo minha ressaca num sábado e o André me manda uma msg falando oi e se eu estava por aqui, falei que sim e perguntei dele, ele nunca respondeu. Fiquei sem entender nada mas ok, tinha um hot date no domingo e tava toda animada. Tive meu date, foi ótimo, mas nada comparado com o lindão do André! Fiquei pensando no André e tentando entender se ia rolar novamente ou se ia ficar só naquela vez. Falei com a minha psicologa e ela me disse para mandar uma msg pra ele pra ver qual seria a resposta e fechar esse assunto. Mandei, ele respondeu, ele não estava na cidade (a família dele é de outra cidade – e foi confirmado pelo localizador do Tinder), trocamos umas msgs safadas mas eu tinha outro date (o cara do começo) e então logo parei de responder. Depois do meu date horroroso, no dia seguinte estou eu curtindo minha ressaca e la vem o André me mandando uma mensagem super quente, falando que não conseguia esquecer o que eu tinha falado no dia anterior. Conversamos mais umas coisas (cunho sexual) e no fim mandei umas fotos (calma nada de rosto nas fotos e nada tao comprometedor). Pedi uma foto e ele só respondeu que enviaria, mas o dia passou a noite chegou e nada. Acabei saindo, pois era sábado e no outro dia perguntei, e ai cade minha foto? Ele me enviou uma foto impublicável deliciosa. Conversamos mais um pouco e ficou nisso. A noite resolvi mandar uma msg: e ai, ficar por isso mesmo? Ele mentiu de novo falando que não estava aqui e o Tinder entregou ele novamente… perdi a paciência mandei uma msg seca e estou aqui pensando qual é a desse cara? O que ele quer? Aliás ele quer ou não quer? To muito confusa e peço ajuda de todas. Como vocês podem ver, sou nova nesse ramo, depois de 10 anos de namoro, to enferrujada. Tenho 29 anos e por favor troque meu nome!!”   O que ele quer? Sexo! E quando ele quiser! Só não vou desenhar porque vai ficar pornográfico rsrs. Mas você cometeu um erro fatal: se envolveu com seu “quase” PA. Pra viver assim fia, tem que ter total desprendimento emocional. Agora vai ter que rebolar para provar que você é mais do que uma transa de Tinder… Isso se realmente quiser o bofe. Ou então desencana de vez e aproveite quando ele te procurar. Ok que vai ficar na mão dele né, mas se você não quiser compromisso… Nada mais a fazer.     Caso 03 – Isabella   “Oi Cony, tudo bem?   Bom, além das obviedades de que adoro o blog, e tals, gosto muito da Srta. Gosto muito da sua coerência nos gostos e opiniões, forma de se expressar, etc. Uma vez te vi no aero, jurei que eramos muito íntimas, hahaha.. mas não fui lá encher seu saco porque né, íntima pero no mucho.   Vamos lá. Resolvi mandar a minha história porque ainda me choco com o tanto de amigas que vejo por aí sendo reprimidas, sendo diminuídas, e meninas..NÃO, apenas NÃO.   Eu nasci e cresci cidade pequena, cresci acreditando que o certo era ser ~menina moça boazinha~, pra casar. Nem foi minha mãe que me falava essas coisas não, era o mundo mesmo. Aí, por óbvio, arrumei uns namoradinhos machistas porcarias que, embora tenham sido porcaria, me ensinaram uma ou duas coisas na vida. Coisas tipo: o que eu não preciso pra minha vida, o tipo de namoro que eu não quero, o tipo de homem que eu não admiro, etc.   Me mudei pra cidade grande, e fiquei assim.. abismada com o tamanho do mundo, com a variedade de pessoas, com o milhão de possibilidades. E saí por aí curtindo a vida adoidado. Por curtindo a vida adoidado digo, fazendo tudo o que eu queria fazer. Basicamente, o meu raciocínio era o seguinte: estou deliberadamente fazendo mal pra alguém? Se a resposta fosse não, eu corria pro abraço. E assim.. me diverti em festas, fiz viagens incríveis, conheci uma penca de gente divertida (e um bando de besta também, é verdade… eles estão por todo o lado, cuidado), fiquei com quantos caras eu quis, dei pra quem eu quis. Informação importante: dar pra quem eu quisesse não significava dar pra todo mundo, né. Dava, simplesmente, pra quem eu quisesse. Nessa época aí, teve tempo de eu querer ficar em casa vendo meus filminhos, ficar sossegada e ficava sei la…1 ano sem fazer nada, sem quase beijar na boca. Mas tinha época que a coisa tava boa, saia muito, conhecia caras interessantes, alguém com a pegada interessante. Entre uma loucurada e outra, arrumei mais um namorado que era ó: uma bosta. Sumi com ele bem rapidinho, que era pra nem dar tempo de criar raiz no meu jardim. XÔ!   Obviamente, algumas “amigas” da época da cidade pequena bem me falaram umas bobagens, do tipo ~vai ficar rodada, heimmmm~, ou então, isso não é coisa de menina pra casar. Depois de ficar muito puta da vida com os comentários, um dia soltei o belo FODA-SEEEEE!!!!! Acabei explodindo, e falei pra elas: escutem aqui quiridinhas, que eu fiz uma puta faculdade vocês não falam nem parabéns, que eu tenho um belo dum emprego com ótimo salário, vocês não falam, que eu pago todas as minhas contas (enquanto vocês vivem de mesada) vocês não falam, que eu resolvo todos os meus problemas sem gritar pra minha mãe, vocês não falam, e agora vão ficar enchendo o saco com o que eu faço da minha vida romântica/sexual/recreacional? VÃO A MERDA!   E assim.. é óbvio que não é fácil ignorar por completo tudo que todo mundo fala.. Mas da muito bem pra você ouvir quem importa sim, mas viver a vida do seu jeito. Eu acho o mais importante você entender o que você quer: se é ficar em casa de boas, lendo seu livrinho, esperando O cara, bacana Faça isso, se respeite, não vá sair e encher a cara e ficar por ficar por pressão das amigas porque não é legal. Mas se você quer fazer tudo isso, não vai ficar em casa lendo um livro porque o universo diz que bagunçar é coisa de quem vai ficar pra tia…   Enfim.. fato é que, alguns anos atrás, eu tava numa dessas fases bonitas da vida. Tinha arrumado um emprego novo pura maravilha, aqueles de dar beijinho no ombro, tava com uma viagem dos sonhos agendada, tinha conhecido um moço muito legal e tava meio que investindo. Aí um dia fui dar uma volta com uns amigos, e conheci O cara. Achei ele bonito, super legal, do bem… Enfim, fomos nos conhecendo, vendo que tinha tudo a ver, a coisa foi desenvolvendo lindamente. E long story short, 2 anos depois to aqui noiva, vamos casar, temos planos de ficar velhos corocas e nos vestir combinando. Coisa mais linda!   Então, o que eu queria contar com minha história aqui, é que assim.. mulher pra casa é uma ova. Todas temos o direito a tudo que quisermos. Não deixem essas amizades tóxicas, ou os julgamentos de quem viveu em outros tempos, afetar o que vocês querem da sua vida, abafar quem vocês são. Digo e repito: não façam nada por  pressão dos outros, seja para um lado, ou para o outro. Sejam quem vocês quiserem ser, por que se for pra vocês um dia serem FELIZES ao lado de alguém, vai ser alguém que aceita e ama vocês exatamente como são, com a bagagem que tem.   Ps – informação relevante: as amigas seguem vivendo de mesada, uma com um namorado machista tão bosta quanto os meus da época dos meus 16 anos. Beijos!”   Vou falar O QUÊ??? Tá mais que certa, sua vida, suas escolhas! E seus méritos e seus erros também!   Casos diferentes, uma resposta duvidosa (no primeiro caso realmente não consegui me posicionar, me ajudem), um resposta aparentemente certeira e um Sorria para encorajar as meninas que têm medo do “que os outros vão pensar”!

  • Pra Perna Grossa!

    Ok, vocês me sensibilizaram. Não adianta fazer ouvidos surdos quando a maioria dos comentários no meu post da bota caramelo eram reclamações de mulheres de pernas grossas que não encontram botas de cano alto que sirvam. É muita gente que passa por isso… E me pergunto… porque as marcas não fazem mais modelos para as pessoas que tem esse problema? Andei pesquisando na internet e achei algumas coisas inclusive uma coisa MUITO legal. A bota para quem tem pernas grossas tem que ter um diâmetro maior do cano, ou então, elástico! O elástico pode ser atrás, ou na lateral do calçado. Eu tinha uma amiga que não estava nem aí: comprava a bota que amava e mandava para um sapateiro de confiança por elástico na lateral e dava muito certo! Pesquisei, olhei sites, conferi blogs e achei algumas coisinhas para quem quer uma botinha de cano alto neste inverno. Como podem perceber, todas tem elástico para melhor adaptação. Seguem os links: Ana Capri, Capodarte, Ramarim, Schutz, Goradin e Flaminga.  Agora deixa eu contar o BABADO… A Goradin e a Flaminga fazem botas sob medida! Em ambos sites, tem váaarios modelos e você manda suas medidas e pronto, bota que serve! Achei o máximo e confesso que gostei mais dos modelos da Goradin! E dividem de váaarias vezes, a Goradin 12x e a Flaminga 6x. Como é um tipo de sapato que é praticamente eterno e atemporal, vale muito a pena gastar um pouco a mais e melhor ainda sabendo que ficará perfeita para você. Curtiram, já querem comprar, mandar fazer a sua e sair usando? Calma, agora umas inspirações! Amei todos os looks, em especial o vestido preto com a bota camel! ♥ E as dicas para alongar são as de sempre: bota da mesma cor da calça ou meia calça (vide looks da primeira montagem, reparem como são mais harmoniosos e gostosos de ver), se quiser usar vestido, melhor que ele cubra parte da bota para não criar muitos “cortes” no corpo e achatar! Estão vendo, todo mundo pode usar bota de cano alto sim! É só uma questão de saber usar e claro, achar a bota que sirva!

  • Na Mira: Delineador com Glitter

    Podem me chamar de drag queen da blogsfera, mas a pessoa aqui AMA um brilho. Nas roupas, nos sapatos, nos detalhes, e agora cismei que quero um brilho nos olhos! E não, não estou falando de olhar para o amor da minha vida, quero é glitter mesmo! Tenho reparado em alguns delineadores glitterizados por aí, mas com MUITO brilho e estou doida para comprar um! A Jô do Futilidades tem um maravilhoso que se não me engano é da Urban Decay. Sabe aquele dia que você tem uma festa mas tá com preguiça de uma mega make nos olhos? Taca-lhe delineador com brilho!!! Agora é só treinar o tracinho da perfeição né? Dá para fazer o mesmo efeito com pigmentos, é só dar uma molhadinha num pincel fininho e se aventurar. E quem tiver dicas de delineadores com glitter (mas glitter MESMO, nada de um brilhinho aqui e outro ali), conte nos comentários que farei um post com as opções mais legais!

  • Eu Testei: Corretivo Fit Me da Maybelline

    Esses dias mostrei lá no Snapchat (futilish hein) algumas maquiagens com as quais eu estava me montando e uma ganhou vários prints e emails pedindo mais informação: o corretivo da Maybelline, da linha Fit Me! Esse foi dica da Vanessa Rozan, num encontro da Maybelline que aconteceu ano passado em NY durante a semana de moda. Ela estava com a maletinha de makes super recheada e falou meeeega bem desse corretivo. E vocês me conhecem né? Desesperada que sou, corri na farmácia e comprei duas cores de uma vez no caso de errar a tonalidade hahaha. Ele é bem baratinho, coisa de 7 obamas e acha em qualquer farmácia na gringa. Me adaptei bem com a cor 20, Sand Sable. A outra nem lembro qual é, já que só uso essa. Aplicador ok, sem cheiro, não suja e vem produto na quantidade certa. ÓOOOOOTIMO pra levar na bolsa e fazer retoques durante o dia. Ele é bem cremosinho, não escorre. Porém espalha fácil. Desnudando a blogueira: Na primeira foto, eu e meus melasminhas. Na segunda foto, como aplico o corretivo! Aprendi que é errado aplicar em pontinhos, tem que desenhar um triângulo invertido para iluminar não só a olheira mas também parte da bochecha! Isso evita aquele maldeto efeito panda. Aplico com um pincel duo fiber, mas pode ser outro (eu gosto desse pois o acabamento fica mais natural). Ah, e sim, odeio lavar pincéis. Na última foto, como fica o Fit Me Concealer no rosto. A cobertura é boa mas o que mais amo nele é o efeito natural e a iluminada que dá!  Moral da história: Vanessa Rozan tinha razão, ele é MUITO BOM! E ainda por cima baratinho… Quer saber mais? Acho uma EXCELENTE alternativa para o Radiant Creamy Concealer da NARS. Adoro o da Nars, mas guardo para eventos e festas. Pro dia a dia, como tenho dó de gastar o da Nars e ele é bem caro, uso o da Maybelline e fico feliz da vida!

  • A Bota Que Fica Linda

    Ia fazer um post sobre botas na cor camel (ou caramelo…), um post geral, com vários tipos de botas mas acabei salvando quase todas as Over The Knee que apareceram na minha frente. 2015 e ainda escuto gente perguntando se vale a pena comprar uma bota OTK… Fia, se tivesse comprado quando começou a febre, já teria uns 3 anos de uso viu? Elas vieram para ficar, não tenha mais dúvidas! A primeirona de todas é uma preta, bem bonita, talvez bem cara (é o tipo de sapato que quanto mais caro mais bonito, infelizmente) mas te garanto que vai valer cada suado centavinho. Já tem a preta? Olhe para as marrons, o que nós (eu e vocês) que somos antenadas e sabemos quase tudo das tendências chamamos de camel né meninas? Acho LINDAAAA! Usada com vestidinhos curtos estilo boho fica a coisa már linda de se ver. Com jeans também fica perfeito e o melhor, essa cor não vai encurtar suas pernoquitas. #vemcomatia (copiando o Lelo rs) E adoro quando a bota camel é combinada com uma bolsa também camel! É uma combinação simples e que dá SUPER certo! Imagina um vestidinho jeans, manga comprida, uma over the knee dessas e uma bolsa em camurça (pode ser uma bucket) camel? Apaixonante. Não achei nenhuma foto assim, mas nóix desenha. Gostaram? Vestido Balmain e bota Gucci! E escolhi outro tipo de bolsa para ficar mais chique rs. Querem igual? Aqui ó:   Seguem os links para as minhas amigas Becky Bloom se deliciarem: Luiza Barcelos (minha preferida!), Market 33, Ramarim, Capodarte, Schutz, Arezzo, e Taquilla!     Gostaram? No próximo post prometo mater o foto e falarei sobre como usar ankle boot nessa mesma tonalidade ok? Beijos!

  • Kim? C&A? EU QUERO É BALMAIN PRA H&M!

    Ontem o que mais causou no Billboard não foi a J.Lo quase pelada ou a Taylor Suífti brincando de ser sexy. Quando perguntaram para Kendall Jenner o que ela estava vestindo, ela respondeu: Balmain para H&M. (minuto de silêncio…) Coméquié???? BALMAIN PARA H&M??? E foi assim, com esse tapa seco e todo bordado de pérolas que recebemos a notícia de uma das parcerias mais TOP DO UNIVERSO DEPOIS DO BIG BANG! Sim bruacas amigas (ah me deixa?), dia 05 de novembro deste ano já temos onde dormir, na porta da H&M mais próxima! Um salve para o diretor criativo da grife, Olivier Rousteing, um francesinho de apenas 29 anos mas super talentoso que fará dos nossos desejos, realidades. Mas o que queremos de Balmain a preço de H&M? Jaquetas! Bordadas, estruturadas, cheias de detalhes, daquelas de parar o raio x do aeroporto um milhão de vezes. Bordado rico, sem miséria! E uma sacolinha de 1 Kg de miçanga no caso de algum acidente. Calça de couro! Tem que ter! Sapatos maravilhosos para dormir com eles e acordar Balmainiana E claro, vestidinhos bordados, armados e pesando 10kg cada um. As roupas que Kendall e Joudan Duun usaram ontem (o do meio é o Olivier, o Diretor Criativo da Balmain) já são uma preview do que está por vir. Ok, agora tenho que pensar numa estratégia de alcançar uma das 250 lojas da H&M que irão receber essa coleção cápsula. E juntar $$$, porque se for tipo a coleção da Isabel Marant, não será muito barato não!

  • O Melhor e o Pior do… Billboard Music Awards 2015

    Ontem teve festéeeeeenha dos cantô gringo e claro, teve tapete vermelho pra gente analisar! Não escolhi mostrar os looks de todo mundo, só algumas mais relevantes, oka? Taylor Swift, beeeesha maldeta, desencarnou da princesa nude toda bordada e agora posa de mulher fatal. Faltam umas coxinhas e uns pão de queijo aí, mas é puro recalque porque ela tá gata. E ainda pegando o Calvin Harris. E levou quase todos os prêmios. Passa a coxinha pra cá que eu como. Ah, o macacão bapho é Balmain. Lili Aldridge, toda certa, toda chique, toda linda, toda na pose. De Balmain também. As Kardashinhas! Leia com voz infantil: “Ah mas não são Kardashians, são filhas do Bruce e são Jenner“. Leio mi mi mi. Bom, as Kardashinhas sabem fazer carão como ninguém. Mais uma vez, Kendall é minha preferida, acho mais chique. Já Kylie tamém muito bonita, mas parece desconfortável com esse cinto. As roupas??? Balmain… Chrissy Teigen, se juntasse um tiquim esse decote ficaria beeeem melhor. Ainda assim curti o macacão! E não tô zoando, mas também é Balmain! Acho que a loja tava na promo e as celebs aproveitaram (até parece) Achei Renee Bargh chiquéeeerima. Que corte, que caimento dessa roupa! E não é Balmain rs. Duas musas, dois erros. Eu amo a Britoca e nem achei a roupa TÃO ruim assim, mas ficou algo sem sal sabe? Sem graaaça, chato de ver. E Jennifer Lopez quer convencer Deus e o mundo que ela continua gostosa e melhor que muita menina de 20 anos. Já entendemos o recado, J.Lo. Faz tempo. Pode se vestir. Eu achava a Aimee Song uma das blogueiras mais meigas e fofas do mundo, até acompanhar o Snapchat dela. A muié só come e posta coisas bem… esquisitas.  Celine Dion dormindo no formol né? OPS! Fui conferir a idade e ela tem só 47 anos! Achei que fosse mais! Pode trocar a marca do formol fia. Rita Ora e Iggy Azalea, naqueles looks que a gente não fala nada, só lamenta. Ó tá na moda usar vestido preto recortado! Lembram da Sabrina Sato no casamento da Preta né? E vi muito no desfile da Animale na SPFW também. Mas digamos que Giuliana pode e Mariah não. Não é bulling, é bom senso. Molly Ringwald! A Garota de Rosa Shocking! Eike saudadeeeeeeeeeeeee! Ops, pera, saudade não… nem é da minha época, mami que conta… cof cof cof Looks que a gente não comenta, só lamenta, parte II Agora vamos dar um close nessa barangada toda aê Linda. E desengonçada. É recalque, não se preocupem. Quando erra o preenchimento labial fica desse jeito aí ó. A boca dá uma ondinha. Ia fazer uma piadinha, nos meus tempos áureos de início do blog seria aceitável e todo mundo iria rir. Mas hoje em dia, como não se pode fazer nenhuma brincadeira que logo aparece alguém magoado e defendendo o politicamente correto, deixa pra lá. O negócio é ser boring mesmo, engolir a piada e morrer de tédio. E tenho certeza que ainda assim alguém irá mimimizar o que acabei de falar. The Kardashinhas Power. Doida para saber qual das duas será a primeira a se envolver num mega bafão. Só esperando. E no site que surrupiei as fotos, tinha um remember de como foi o Billboard Music Awards do ano 2000. Olha só, e a gente ainda falando mal das meninas… a coisa melhorou MUITO! Britney, Jessica Simpson, Mila Kunis… Sheryl Crow, Pink e Beyoncé! Pra tudo tem jeito nessa vida! E vamos terminar com uma imagem doce? Ed Sheeran ♥♥♥♥♥ E o que acharam de mais esse red carpet?  Ah, e sobre a overdose de Balmain, não queimem meu próximo post com a novidade ok? Spoilers serão bloqueados rs

  • Já Pinaram Hoje?

    Ontem (ou antes de ontem, não me lembro), uma leitora me perguntou do que se tratava esse botãozinho ¨Pin It¨ que aparece sobre as fotos que posto. Menina… é um negócio MUITO LEGAL! A gente parte de um princípio que todo mundo sabe o que sabemos, que tudo será facilmente captado e entendido, mas não, realmente existem coisas que as pessoas não conhecem e eu dei essa ¨batatada¨ de não explicar previamente aqui o que é o tal do Pin It, do Pinterest. Comecemos do início: o Pinterest é um site (ou ferramenta visual como eles gostam de chamar) que funciona tipo uma base de fotos, imagens bonitas, sobre todos os assuntos. TODOS OS ASSUNTOS. Lá você cria seu perfil e monta suas pastinhas do jeito que achar melhor e dentro delas salva todas as fotos que achar interessante para o seu projeto. Por exemplo: no meu Pinterest (tô lá como Futilish, www.pinterest.com/futilish) tenho cerca de 50 pastas (que eles chamam de painéis) de todos os assuntos que mais gosto. Tenho Inspiração Fashion, Comidas, Frases, Animais, Lugares, Decoração… Você segue as pessoas e elas também te seguem, daí essa rede vai se abrindo e todo mundo vê o que você anda pinando (que é uma forma carinhosa de falar que curtiu e salvou a foto em um dos seus painéis). O Pinterest é ótimo para achar inspirações para várias coisas. Se você está em dúvida como usar uma saia branca, por exemplo, você digita ¨saia branca¨ na busca e um milhão de fotos sobre o assunto vão aparecer. E você vai salvando as que curtir mais. E quem põe essas fotos no Pinterest? Como elas vão parar lá? Então, essa é a parte bacana da história. Além da gente ficar pegando fotos das pessoas que já participam do Pinterest, também podemos adicionar fotos que vemos na internet! Por exemplo (hoje tô cheia de exemplos rs): abriu o Futilish, viu um look MARA, ou um produto que você tá querendo? Clica no botãozinho Pin It que aparece na foto e ele vai salvar no seu Pinterest, no painel que você escolher! Também dá para salvar imagens de outros sites que não tem o Pin It, mas aí precisa instalar uma ferramenta no seu browser (é bem fácil) que te permite pinar tudo o que ver pela frente. Tá meio confuso? Deixa eu mostrar então como está o meu Pinterest (o lugar de onde tiro uns 70% das imagens que me inspiram para posts e para me vestir diariamente rs)   Esses são alguns dos meus painéis e ao clicar em cada um, vocês poderão ver tudo o que salvei referente a um determinado assunto! É ótimo! Tá sem saber o que cozinhar? Corre no Pinterest ver alguma receita legal. Sem saber o que vestir? Lá você vai achar milhões de looks para inspirar. Vai numa festa e não tem ideia do vestido? Procura no Pinterest que ideias não vão faltar. Quer decorar seu banheiro e não sabe como? Já sabe… no Pinterest algo vai te agradar. E cuidado que vicia. Eu baixei o aplicativo no celular e sempre que tô a toa, no aeroporto, esperando médico, fico olhando fotos e pinando. Ah, e as frases que coloco no Chora Que Eu Te Escuto e que vocês sempre curtem… acho no Pinterest! Faz um pra brincar também… vocês vão ver como isso aprimora o olhar e o bom gosto.

  • Mi Casa, Su Casa – Tetos!

    E o Lelo continua com seu sucesso TOTAL aqui no Futilish! Os dois primeiros posts foram super bacanas e esclarecedores e hoje teremos mais um assunto interessante para quem está construindo ou reformando sua casinha! Hoje o Lelo vai falar sobre TETOS! “Olá! Não imaginei que falar de tinta ia ser tão bem aceito. Eu até perguntei pra patroa se não estava chato demais… Técnico demais. Tanto ela quanto vocês me garantiram que não, então, muito obrigado! Mas então, depois que a gente se jogou no chão… Subiu pelas paredes… Vamos morcegar até o teto! Então coloca a fantasia de mulher/homem-aranha e #vemkotio! Estranho falar de teto, porque até mesmo pra mim, parece meio “limitado” ou “simples”. O teto – veja bem, não estamos falando de desenho de gesso, dentre outros detalhes possíveis– estamos falando de teto. Essa coisa que fica pendurado sobre nós diariamente e que na maioria do tempo nos passa despercebido. Vai ser gesso? Vai ser forro de madeira? De PVC? Modular? Laje + pintura? Concreto aparente? Fibra natural? Viu que já não é mais tão simples como a música dos dedinhos da Eliana? Um ponto a prestarmos atenção é que cada um tem que ver o que melhor se encaixa pra própria região, porque né, Terra Brasilis é grande demais pra eu dizer “esse sim, esse não”. Gesso Disparado na frente dos outros (tipo a seleção da Alemanha naquele jogo lá…) esse acabamento pra forro tem dois formatos: Tradicional, que são placas quadradas de mais ou menos 60×60 cm que vão se unindo e permitem diversas frescurinhas que a gente adora, como rasgos de iluminação, curvas, desníveis… Já o gesso mais moderninho é o gesso acartonado. Ele vem um placas bem maiores, a mais comum é 120×240 cm. A diferença é que apesar de mais fina, o gesso vem de-li-ci-o-sa-me-te “encoxado” entre duas camadas de papel cartão, fazendo com que ele seja mais leve inclusive, porém tão estável quanto o outro. Com suas grandes dimensões a colocação dele é muito mais rápida… porém, ele é mais limitado nas viadagens, firulas que se faz com ele. Forro de Madeira Atualmente, a não ser que estejamos indo pra um design de uma fazenda, ou algo assim, temático, dificilmente se usa um forro inteiro em madeira como antigamente… y eso me duele, porque eu acho o efeito lindo. Mas além das complicações como valor do produto, da instalação, da manutenção… ainda faz barulho né gente… madeira trabalha, faz uns barulhinhos… Daí você acha que tem uns gasparzinhos pela casa, ou bichinhos diversos. Forro em PVC Pensa num troço resistente, fácil de instalar, barato (aqui na região é R$ 8,90 o m2, contra R$ 55,00 do gesso) e ele se parece exatamente com as 9 dilminhas que ele custa: paupérrimo. Muito comum em imóveis de menor valor, imóveis do programa Minha Casa, Minha dívida Vida , em locais para comércio, o importante é ser bem instalado. Eu tenho que dar o braço a torcer que eu já vi um que foi pintado com um tom de “achocolatado” que ficou Ryko tipo café Havana. Então, vamos lembrar que tudo, quando bem colocado, pode ficar bom, menos calça saruel. Modular Esse tipo de teto não é comum em casas, mas você já viu ele em teatros, aeroportos, grandes bancos, ou até em magazines, eles são tipo o gesso, mas numa versão que permite movimentação de cabos, diferentes opções de iluminação, instalação simplificada de som ambiente… existem com diversas propriedades, como tratamento acústico para auditórios e cinemas… mas nada impede você de ser uma fufuléte alta-renda e ter ele no teu home-cinema, tá bom meu bem? Laje + pintura Basicamente presente em todos os apartamentos de classe média construídos nos últimos 25 anos, ele é bem isso aí mesmo, o povo faz a laje, amassa, pinta e você fica com um mísero bico de loooooooz solitário no meio do cômodo. Quando ela não tá torta igual a da minha sala de jantar, jogue as mãos para o céu! Eu convivo com essa coisa sobre a minha cabeça. Fazer o quê? O pé direito (distância entre piso e teto) lá do meu apto é 255cm, e eu já acho baixo. Pra poder instalar gesso, por exemplo, e trabalhar com uma iluminaçãozinha MARROMENOS teria que baixar de 15 a 20 cm… Não gente, Pé direito de 235cm + a pessoa fresca aqui não funciona… Concreto aparente Esse teto anda na muóda de novo… eu acho ele super estiloso e tem cara de arquitetura brasileira e a cidade de Brasília e toda a turma de arquitetos que incluem esse povinho tipo Paulo Mendes da Rocha e Oscar Niemeyer. Fibra natural Não, esse não é comum, nem é pra qualquer um, nem deve ser prático, muito mens fácil de achar. Mas Débora Aguiar, que é lusho, poder e maravilhosidade, fez uma casa na montanha e deixou a humanidade com vontade de ter um teto desse: Eu tenho que confessar que eu sou muito atraído pela estética dela, que está super atual, mas que eu tenho um certo… bloqueio… com o excesso de béééééééérge. Então eu sempre vejo os projetos dela com um filtro mental que modifica as cores. HAHAHAHAHA Maltratei vocês ou foi tranquilo? Posso deixar o segredo/dica pra outro dia se vocês estiverem exaustas. Não né? Meu pai me ensinou a cumprir promessas. Então vamos falar de pequenos detalhes que pra um profissional, é corriqueiro, mas que pra um humano, não é algo perceptível. Quando eu comecei, lindamente, a (leia com voz de biXXXa má) estudar Design de Interiores, um dos tópicos que me chamou a atenção foi o “fundo permanente”. O tal do fundinho (ui!) é composto por: Piso + Parede + Teto. Essa tríade compõe dois terços da decoração! Tipo a relação do armário do closet, onde 66% é da mulé, Rá! Eu não gosto do nome “fundo permanente“, porque hoje ele nem é mais tão permanente assim, tem muito revestimento de parede que pode trocar naquela madrugada de insônia, tipo papel de parede, adesivos, tinta… Mas o que acontece é que, eu quero que vocês comecem a botar um fundinho gostoso, bonito em casa. Depois, vai ser muito mais fácil ter um ninho RYKO! Pra ilustrar, eu peguei umas imagens pra que vocês vejam o quanto o teto e a composição do fundo permanente realmente são interessantes quando olhamos pra ela com atenção. E pra próxima semana eu vou juntar os papéis de parede e explicar porque ele é uma saída pra quem vive de aluguel. Até lá gente, e não comportem-se! #bença E aí? Ficaram pensando na tríade como eu fiquei? hahahaha acho que nunca mais olharei para um ambiente sem reparar parede + chão + teto rs. Muito obrigada Lelo (sim, ele é o Paraguai Pink! Ele tem um blog com dicas de compras do Paraguai, quem quiser dar uma espiada, o LINK É ESTE), estamos ansiosas esperando pelo próximo post! O email do Lelo para contato caso você queira dar um up na sua casinha (e com muito bom humor) é azuosexclusive@gmail.com.

  • Bolsa da Vez: Chloe Drew

    Sai semana de moda, entra semana de moda e sempre fica algo marcado, uma peça que foi usada a exaustão pelas fashionistas, um acessório, um modelo específico de sapato, um tipo de bolsa… Viraliza sabe? Parece desespero coletivo de ter a it peça do momento e no MOMENTO certo já que em pouco tempo será copiada por fast fashions (obrigada Zara) e chegará em nossas mãos ávidas por moda e tendência e claro, num preço mais amigo. A jogada certeira é saber comprar, na cor certa, no modelo atemporal. Aquele que poderá ser usado por muito tempo mesmo quando a febre passar. Quem optar por esperar a inspiração na fast fashion, pode (e deve) arriscar por cores e detalhes, mas quem for quebrar o cofrinho, e se isso for algo sofrido, melhor pensar bem sobre seu novo investimento! Hoje vou mostrar uma bolsa que fez a cabeça das mocinhas do street style gringo e 11 em cada 10 fashionistas usaram no ano passado: a Drew Bag da grife Chloe! Segundo a Dona Chloe, a Drew Bag é uma bolsa super feminina, porém de presença forte, fina e elegante que pode ser usada tanto de dia quanto a noite. Seu desenho é simples e bem setentista (dos anos 70), mistura curvas delicadas com detalhes pesados, quase masculinos. É a bolsa da menininha meiga e delicada mas que tem força e determinação. Tipo a gente. Existe look MAIS LINDO? Quero TUDO hahaha. Onça da família real de tão rica e classuda. Vamos falar de preços? Bom, existe a Mini Draw e a Medium Draw e os preços vão de US$ 1700 a mais de 2000 obamas.  Acho bonita, simpática, realmente dá para usar de dia e de noite MAS cara para o que é. Se tivesse $$$ sobrando, quem sabe. Se eu ganhasse, iria amar (ainda mais a de onça). Mas para quebrar o cofrinho, precisa me impressionar um pouquinho mais. O que vocês acham?

  • Dica da Leitora!

    Gente, vocês já me seguem no Snapchat? Tô lá como futilish! Hoje tirei fotos de um MONTE de coisas na Renner só que a Vivo simplesmente comeu minha internet (diz eles que gastei 5GB em 15 dias!) e o Snap não salva as fotos… resultado: perdi tudo! Tô muito nervosa com isso, mas enfim, vamos relaxar com um DDL! Dica 01 – Daniela A Dani foi na Forever 21 do Shopping Morumbi em SP e arrematou essa jaqueta de couro fake rica, conforme o nosso post explicativo! Forever 21, R$ 119! E aproveito para contar para minhas leitoras de BH que teremos Forever 21 no Pátio Savassi! SIM, É VERDADE! Se tudo der certo, em outubro nos encontramos na fila de inauguração hahahahahahaha Dica 02 – Giovanna A Giovanna foi na Renner e caiu de amores por essa mochila: Super estilosa e por R$ 129! Na Renner do centro de Recife! BEIJOOOO RECIFEEEE! Dica 03 – Cintia Email grande, então vou copiar rsrs Ei Cony!! Vou começar com o clichê que adoro o seu blog, seus looks, dica da leitora (oi), alternativa fashion e tudo o mais que você posta, kkkkk.  Será que você se lembra de quando nos encontramos? Uma vez estávamos indo de BH para o Rio (Fashion Week) mas ouve um imprevisto e o vôo teve que fazer uma parada em outra cidade, almoçamos juntas e batemos papo até a hora de embarcar novamente. Me senti a blogueira/leitora mais influente e importante do mundo ao seu lado, kkkkkkkk. Bom, eu nunca participei do DDL, e pra suprir todas as vezes que quis mandar algo e não mandei, aqui vai um carregamento de coisas (espero que legais e que você goste, e as leitoras também, óbvio).  Ps: As fotos eu tirei no celular, espero que sirvam, hihi. Vamos lá. 1 – Tshirt listrada – Zara do BH Shopping por R$49,90 2 – Jaqueta jeans – Zara do BH Shopping por R$179,00 3 – Quimono Rico aveludado (o tom dele é maravilhoso, mas a foto não ajudou muito, na foto do detalhe dá pra ver melhor) – Forever21 do Shopping Village Mall no RJ por R$135,90 4 – Shorts jeans – Polo Wear do BH Outlet Plus por R$79,90 cada   5 – Legging de onça (achei bem milionária, ela tem o fundo marrom, mas na foto ficou meio amarelado, e tem esse elástico na cintura que “ajusta” as gordurinhas no lugar) – Forever21 do Shopping Village Mall do RJ por R$25,90 – comprei uma preta de couro fake que você postou no DDL anterior também e amei. 6 – Bolsa de couro legítimo Marsala – Zara do Shopping Rio Sul no RJ por R$319,00 7 – Sutiã passa-fita – Loungerie do Pátio Savassi em BH – na promo de R$89,90 por R$24,90 – aproveitei e comprei logo dois da mesma cor (só tinha roxo) e se tivesse outras cores eu teria comprado uns 10, kkkk  9 – Calcinhas – Loungerie do Pátio Savassi em BH – na promo 3 por R$79,90 (pra quem for comprar uma só ela sai por R$29,90) 10 – E um look com algumas das peças.  Claro que eu lembro de você! Almoçamos em Vitória não foi? rsrsrs E amei seu look! Dica 04 – Tássia Oi Cony, faz tempo que não mando dicas, mas confesso que por preguiça porque continuo gastando e fazendo uns achados por aí!!! Kkkkk A dica da vez é este slip on da Pool – Lojas Riachuelo do Pátio Batel em Curitiba/PR! Custou R$59,90 e a moça disse que faz parte da coleção pro Dia dos Namorados e que lá chegou antes que nas demais lojas! Já usei e achei confortável! Tinha no azul klein tb!!! Um beijo LINDO TUDO! Amei seu look! Dica 05 – Ariela A Ariela SEMPRE participa do DDL, até sinto falta quando não tem email dela hahaha. Hoje ela mostra um look completo e super Fufu Style! Look PERFEITO! Blusa listrada da Renner por R$ 59, calça rasgada também da Renner por R$ 89,00 (ela disse que tem as pernas bem grossas e teve que comprar um número a mais para a calça servir nas pernas, mas ficou larguinha na cintura) e bota LINDA da Zara por R$ 219! Dica 06 – Renata Essa dica é ETERNA! Já falei milhões de vezes aqui sobre os cabides de veludo, o tanto que são bons por segurar bem a roupa e que não ocupam espaço. Troque todos meus cabides por esses e ainda fica bonito, arrumadinho sabe? O melhor preço sempre é no Sam’s Club. Já vi loja vendendo por 5 reais a unidade mas no Sam’s é muito amor. E a Renata veio mostrar pra gente o quanto compensa comprar lá! 50 cabides por R$ 70, cerca de R$ 1,40 cada! Mas ó, não é sempre que tem lá não, aparece de vez em quando e acaba rapidinho, tem que ficar de OLHO! Dica 07 – Melina QUE LINDO ESSE AMARELO! Casaquetos na Renner por R$ 220! Pirei no look listrado e amarelo! Tudo direto do Park Shopping Barigui em Curitiba! Dica 08 – Larissa Oi, quero TE DAR UMA DICA DE PRODUTO!!! Tá eu sei que vc agora ta chique e anda “desdenhando” o nosso querido aliexpress, mas essa eu tenho q te falar! Jamais compraria cosméticos no ali…medo de “cair a cara sabe”… rsrsrsr mas minha irmã  corajosa comprou uma mascara preta de sucção para tirar cravos daquelas que prometem tirar o cravo inteiro grudado na mascara….(já usei tantas que prometiam isso e nada de resultado). Ela veio me visitar e trouxe a tal mascara…usei, pronto! Paixão de mais! Sabe quando vc vai puxando a mascara seca e vai pronunciando “Nossa!!! Uau!!! Tinha tudo isso na minha pele!!!! Pois foi assim….acho q clareou até um tom na minha pele de tanta impureza q tinha…e eu uso adstringente, esfoliante e tals… limpeza de pele no salão nunca mais!!!!!!! O cravo sai inteiro,mesmo os mais profundos…incrível!!!!!! Recomendo quem quiser testar FUNCIONA!!!! nunca vi nada igual! obs.: só não pode passar muito fino, fica difícil de puxar inteira e se puder lavar o rosto com água morna, facilita a saída do cravo Segue o LINK! Comprei! Tinha visto algo parecido no Facebook mas acho que de outra marca. E baratinho né? 2 dólares e pouco! Dica 09 – Danielle A Danielle foi na Marisa e ficou: compro ou não compro? Enfim, comprou! O vestido jeans custou R$ 89,95! Pode incrementar com um maxi colar, colar comprido… Eu evitaria cintos ok? E coincidentemente, a Luana lá de Niterói também comprou o vestido na Marisa, só que sem mangas e ela pagou R$ 39,90! Achei mega parecido para tanta diferença de preço… Enfim, os dois fofos! Dica 10 – Graziele Olha só! A dica da Graziele é uma das peças que eu tinha selecionado hoje na Renner e a foto sumiu! Clutch bordada por R$ 109! GENTE ESSA É LINDAAAAAA! Maravilhosa, é azul rosa e dourado! E tem preta, prata, de pérolas, dourada… Quem estiver precisando de clutch escândalo, pode ir na Renner! Por hoje é só amigues! Muito obrigada a quem participou! Quem brincar também? Envie sua dica para constanza@futilish.com, foto BOA, nome da loja e preço que pagou!

  • Vestido Pra Toda Hora!

    Imagina uma tela em branco. Nela você pode fazer o que quiser. Por si só, a tela já é bonita e instiga a imaginação. Pode ganhar cores, texturas, detalhes e se transformar. E temos essa tela no vestuário também e ela se atende por, vestidinho preto. TOOOOODOOOO mundo sabe da força do LBD (little black dress) mas hoje vou falar de um vestidinho preto específico: o do dia a dia. Porque de festa, mais arrumadinho, daquele que vai pra balada, com certeza você tem um. Mas já pensou em usar um para sair durante o dia? Pois é. Ele é confortável, prático, não precisa de muita produção porém aceita toda e qualquer produção! Tá com preguiça de pensar no que vestir? Não quer mais calça jeans e camisa ou camiseta? Pense assim ó: De malha (boa, por favor), pode ter manga longa, manga 3/4, manga curta ou de alcunha. Com tênis é O conforto mais estiloso que existe. Mas se quiser ficar mais arrumada, pode usar sandália ou sapato de salto. Acompanhe sempre de uma bela bolsa e pode se jogar, de cabeça, nos acessórios! Tá meio frio né? O vestidinho preto aceita lindamente ankle boots e botas over the knee também! Fica lindo com botas de cano alto! E com gladiadores é muito amor. Com rasteirinhas… No calor e no frio dá para montar ótimas produções a partir de um vestido preto curto e básico! Ficou querendo? Separei alguns que achei na internet: 01 – Farm: R$ 198 02 – Eclectic: R$ 169 03 – Spezzato para Farfetch: R$ 449 (esse é LINDO! Muito fino!)  04 – Market 33 para OQ Vestir: R$ 239 05 – C&A: R$ 89,90 06 – Riachuelo: R$ 179,90 07 – Renner: R$ 49,90 08 – Renner: R$ 139 Que tal? Um bom curinga né?

  • MAIS C&A! Agora com Maria Filó!

    A C&A é assim, quando lança uma parceria, vem um monte atrás! Pois então, novamente teremos Maria Filó nas araras da Fast Fashion. A marca traz romantismo porém com uma pegada mais adulta e cores fortes (azul, preto, vinho) como também com tonalidades suaves (rosinha, off white e amarelim). Teremos pelo fake, quimono (acabaram-se as dúvidas sobre comprar ou não um quimono certo?), veludo, calças flare, lingerie fofa, oxford (que está voltando, mas achei o dessa coleção feinho) e bolsas de alças compridas. E eis minha peça preferida de todas, a bolsa bucket com o tassel pink. Com coração, o que mais curti e com certeza gostei de mais coisas que a coleção da Kim. Adorei as peças florais que as modelos estão usando, principalmente aquele conjunto de calça e blusa da segunda foto (ou será macacão?) e o vestido com o colete de pelo. Sobre os preços, estamos em crise, então achei um pouco salgado, com exceção da bota com franjas, que está SALGADÍSSIMA! De matar qualquer um de pressão alta. Maria Filó para C&A, O Retorno, estará nas lojas selecionadas a partir do dia 19 de maio. E quem não tiver loja perto, pode comprar online! E então, gostaram dessa parceria?

  • Ainda Sobre Kim Kardashian…

    Porque o assunto não acaba! A mulé já veio, já foi embora e a gente ainda vai falar MUITO sobre ela. E até descobrir algumas coisinhas… Me contaram por aí (uma leitora muito antenada) que das 20 peças da coleção, a Kim só escolheu/desenhou 4 e que o restante ficou por conta da C&A escolher, bolar ou repetir (logo vocês entenderão). Ou seja, essa linda historinha que foi tudo pensado pela Kim para o corpo da brasileira já não é tão verdade assim. Outra coisa, as roupas não tem etiqueta com o nome da Kim Kardashian, são todas Clock House. Acho que merecia uma etiquetinha com o nome da musa né? Babados a parte, seguem as fotos da campanha. Rolou uma seleção natural das pessoas que não usam cropped. Eu, inclusive. E agora mais peças da coleção da Kim e seus respectivos preços! Falei no último post que estava achando tudo com cara de pobrinho e a malha duvidosa. Bom… continuo achando tudo bem marromeno mas me contaram que a malha é boa, grossinha e que segura tudo! Aí gostei. Posso até pensar na saia lápis preta com detalhe. E tô com mini siricutico de provar um cropped. Se ficar só uma linha da pança pra fora, quem sabe? E continuo amando os bodies. Aliás, O body, o primeiro da montagem e já garanti o meu. Agora o babado.   Que a C&A repete peças nas coleções, isso nós já sabemos há um bom tempo e fingimos que acreditamos que é tudo novidade. Mas poxa… a da Kim podia ter sido só com coisa nova né? Mas daí aparece um vestido igual ao da coleção da Agatha. … … E então? Como lidar com essa coleção que até agora eu tô tentando amar mas não consigo?

  • O Melhor e O Pior do… CASAMENTO DA PRETA!

    Teve casório mega concorrido ontem e que parou o Rio de Janeiro. Preta Gil subiu ao altar e os números de sua festa foram surpreendentes: 750 convidados Vestido de noiva com 50 mil pérolas 56 padrinhos 4 mil pétalas de rosa 7 mil botões de rosas brancas 115 garçons (e todos gatos) 400 garrafas de Veuve Cliquot 14 lustres Baccarat E claro, as celebs brasileiras quiseram fazer bonito e capricharam nos looks! Ou não. A turma do verde. Acho que falei em algum post passado o tanto que tô apaixonada por verde bandeira! Fernanda Souza causou indo de vestido alugado. Achei espertíssima e ficou LINDA! Amora Mautner também escolheu a cor, mas achei que o cabelo merecia algo mais elaborado. Camila Coutinho linda e magra de Patrícia Bonaldi. Daqui saiu o vestido mais lindo na noite e não consigo me decidir se foi Bruna Marquesine ou Fernanda Paes Leme. A irmã da noiva, também foi de vermelho. Sheron Menezzes tava gata de preto, AMEI o vestido de Sabrina Sato (coisas que só ficam bem nela) e Mari Weickert sendo magra, alta e fina. Todo mundo achou a Carolina Dieckmann linda mas eu achei apenas ok. Tava muito bonita mas senti falta de uma cor em algum lugar do look… Ivete MARAVILHOOOOOSA! O vestido é Martu e tem 20 mil cristais bordados. A cor era um mistério, até que li que era cinza com cristais azuis. Como sempre, as douradas. Regina Casé deu uma melhoradinha! Só faltou arrumar o cabelo. E sabe que gostei do look de Angelica?  A mãe de Preta estava lindaaaa num vestido turquesa! Eu sou suspeita para falar dessa cor, AMO.   E a noiva!!! Aí estão as 50 mil pérolas bordadas! Achei o vestido bonito mas confesso que não sei ver beleza em vestidos de noiva. E os erros da noite. Não é que eu esteja boazinha, mas realmente teve muito acerto nos modelitos para esse casamento. Mas aí apareceu Anitta e errou pra todo mundo junto! Tudo errado e não teve ângulo para desmentir esse show de orrô. E para ela não levar sozinha o troféu de pior vestida do casamento da Preta, apareceu Elba Ramalho desse jeito aí ó. Toda trabalhada no papel crepom. Nem foi tão ruim, mas a parcela do ¨ruim¨ foi de DOER!

  • Hola Mexico! Que Tal um Vlog?

    Gente olha que legal! Quando fui pro México, fiz alguns vídeos bem despretensiosos, afinal nunca fui de vlog ou vídeos. Ok, cheguei, procurei  o pessoal da Compota Ip que faz edições lindas e pedi para montar um vídeozinho da viagem pra ver se ficava legal. AMEEEEEEEEEI! Ficou muito fofo e me deu uma saudade IMENSA da Riviera Maya! Aperta o play, assiste tudo e depois vem me contar o que achou! Delícia de viagem! E ainda quero voltar para Playa del Carmen para aproveitar mais. Sobre os posts, ainda falta Tulum, Cenotes e Cozumel ok! Ah e claro, se inscrevam no meu canal no Youtube! 

  • 10 Coisas Que Odeio em: Início de Namoro!

    No começo de um namoro a gente fica sem jeito de várias coisinhas. Coisinhas bobas, mas que vão se transformando em mini tragicomédias que um tempo depois, a gente vai se lembrar e rir muito. Durante toda minha vida eu já passei por vários perrengues inimagináveis e alguns, impublicáveis, em início de namoro. E hoje vou listar 10 coisas que simplesmente eu DETESTO ao começar uma nova relação amorosa. 1 – Vou começar logo com a mais trágica, pelo menos para mim. Comecinho de namoro, coisa boa dormir com o bofe, agarradinhos, conchinha etc e tal mas… E NA HORA DE ACORDAR? Eu acordo antes, dou uma enxaguada na boca e passo um corretivo nas manchas e olheiras. Daí volto toda princesa pra cama. E não me achem louca, conheço mulheres CASADAS que fazem isso e que o marido nunca as viu sem maquiagem. No meu namoro atual já desencanei e hoje acordo com todos meu melasmas dando bom dia apaixonado 2 – Outra parte ruim é não poder usar aquela camisola velha, furadinha e com estampa de cachorrinho que a gente tanto ama. Pelo menos não no início do namoro. No começo só camisolinha mais feminina e novinha. 3 – E quando faz frio a noite e o pé gela? Nem pense colocar aquela meia rosa shock de pelúcia. Melhor juntar os pézinhos com o mô para se esquentar. (Bom é quando isso tudo fica pra trás e a gente acorda com uma meia num pé e o outro sem, com a camisola vestida do avesso e toda descabelada hahaha) 4 – Lingerie é um caso sério. Geralmente quem começa a namorar investe em calcinhas e sutiãs novos, começa a reparar em rendinhas, lacinhos, coisas mais zékzis né? Mas pode anotar: o dia que você estiver toda preparada não vai rolar nada. E o dia que estiver com aquela calcinha bege e seu sutiã de todo dia há 3 anos, COM CERTEZA seu namorado vai estar todo animadinho. Incrível isso. 5 – Você começa a frequentar a casa dele e ter acesso às coisas da casa. Já abre a geladeira, já usa o fogão, já pega as toalhas… mas aí parece que você nunca mexeu com isso antes na vida. Não sabe ligar o microondas e parece uma retardada tentando usar (e não quer perguntar para não parecer lesada), vai usar o filtro e não consegue fazer a água parar de sair (aconteceu comigo, achei que ia alagar a cozinha), ele pede para você dirigir o carro dele e por incrível que pareça você, quase uma Ayrton Senna da vida, só faz coisa errada no trânsito. Outra que aconteceu comigo, apesar de saber a senha do alarme, no início não me entendia com ele e disparava SEMPRE. Gzuis, o que tava fazendo de tão errado? 6 – Vocês fazem a primeira viagem romântica. Geralmente um feriado prolongado para a praia ou uma cidadezinha no meio do mato. O que acontece? O intestino TRAVA. Eles vão feliz e saem mais feliz ainda do banheiro mas a gente simplesmente não consegue fazer o n. 2. Resultado, ficamos inchadas, de mau humor (só que interno, porque até então somos fofas e meigas) e extremamente desconfortáveis nos momentos mais íntimos. Isso para uma mini viagem de uns 3 dias. Fica meu conselho para quem está começando a namorar: não façam viagens de mais de uma semana no início. Pegue intimidade primeiro hahahaha. 7 – Começou a namorar e já é dia dos namorados? Bora quebrar a cabeça para saber como presentear! Geralmente não sabemos o gosto da pessoa direito, não sabemos tamanhos de roupa, de sapato, se gosta de perfume, se a gente dá um baita presente pra impressionar ou melhor não, vai que ele fica mal acostumado? Delícia é quando o tempo passa e a gente fala: ah, vamos só sair pra jantar? 8 – Sair pra jantar no comecinho do namoro também pode ser um pouco estressante. Pensamos: será que ele paga a conta toda? Será que ofereço pra dividir? Se ele falar que ele banca tudo, mas a conta foi super cara, será que insisto? Será que ele tá sendo sincero? E se for só educação? E se eu insistir muito pra meiar, será que ele vai ficar chateado? Mas isso dura pouco, geralmente umas duas ou tres saídas e pronto, a gente já entra nos eixos! 9 – Conhecer os amigos e amigas dele. Pode ser tranquilão, fazer amizade rápido ou então você ficar boiando durante as piadas internas e papos sobre pessoas que você nunca ouviu falar. Também tem aqueles amigos que ainda tratam seu namorado como se ele estivesse solteiro. Aí não né? 10 – Por último, conhecer a família do bofe. Coloquei bem por último pois não é uma das coisas que mais odeio. No meu caso, como sou tímida, fica um pouquinho mais difícil me soltar, mas é questão de minutos rs. Tive a sorte de todos meus namorados terem famílias bacanas e minhas sogras sempre foram tranquilas. Mas pode ocorrer alguma tensão quando em algum jantar de família, começarem a falar da vida do seu namorado e relembrar o passado dele. Melhor respirar fundo e sorrir. Listei 10 coisas porque a tag é de 10 coisas, mas pararia na 6 de boa. Sei que vou rir muito nos comentários então agora eu que pergunto: QUAIS SÃO AS COISAS QUE VOCÊ MAIS ODEIA EM INÍCIO DE NAMORO? Se quiser contar algum “caso” pode contar, a gente adoooora rs.

  • O Dia Que a Kim Zerou o Brasil

    Sim, ela veio hoje, dia 11 de maio de 2015, e simplesmente não se falou em outra coisa. Aliás, ainda se fala. A Kim Kardashian, a KIM, mãe de Noroeste e marida de Kaniê Uést, veio para SP apresentar sua coleção de roupitchas colantes em parceria com a C&A. A minha, a sua, a nossa C&A. Aquela que fica a caminho de casa e paradinha básica de quase todos os dias. Que seriam roupas justas não tínhamos dúvidas. Que teria muita saia lápis coladéeeeenha também tínhamos certeza. E assim foi e pelo pouco que a C&A já soltou da coleção da nossa piriguete mais amada, as peças estão bem kardashianas, DNA comprovadíssimo. Prevejo muitos derrières apertadinhos por saias e passinhos curtos pelas ruas nos próximos dias. Antes de conhecer as roupas (ou pelo menos parte delas), vejamos o furacão Kardashian em sua passagem por São Paulo. Que saúde! Curvas muito bem pronunciadas e fiquei sabendo que ela é magriiiiinha magrinha, só o bumbum que é, digamos, avantajado. De Popozuda para Popozuda. Até a roupa parecida INCLUSIVE o modelo da sandália. Kim tá linda hein. Foto cruel, ângulo cruel, mas só para deixar a gente pensativa… Enquanto pensam, vejamos as roupas, que é o que nos resta de Kim pelo Brasil: Muito top cropped, muita saia justa… Vestidos também super colantes. Tem croppedzinho listrado! Muito amô. Mas não uso cropped.   Sinceramente? Não gostei de nada do que foi publicado até agora. Mas se alguém curtiu, pode ficar animadinha que os preços estão bem bons: jaqueta R$ 189, saia estampada de cobra por R$ 59, jeans R$ 119… OPA OPA OPA! Agora Kim falou futilishês. AMEI esse body! De frente e de costas, achei tudo lindo e… JÁ COMPRAY! Fiquei tensa com medo de acabar a única peça que curti (até o momento) e como tá baratinho and frete grátis, comprei. R$ 89, bem bom né? Tomara que seja bacana ao vivo! Também curtiu? Segue o LINK caso seja ansiosa e louca que nem eu.  Gostei da Kim mas não gostei das roupas. Achei tudo com cara de pobrinho, as malhas parecem duvidosas, mas até segunda ordem, claro. Vai que começam a aparecer as peças bapho e eu pago língua. Tem algumas coisinhas a venda no site da C&A mas o grosso mesmo vai para as lojas no dia 21 de maio. Continuamos de olho, e Kim, volte sempre.

  • 5 Coisas – Aplicativos!

    Esse vai ser difícil, eu tenho MILHÕES de aplicativos! Mas num caso emergencial, onde só pudesse salvar 5 deles, quais seriam? Não vou considerar redes sociais (Instagram, Facebook, SnapChat, Twitter nem os de comunicação como Viber, Skype, WhatsApp, nem os de sobrevivencia como o Waze, Banco e Dropbox ok? hahahaha, bom, nessas exeções acho que listei todos os que mais uso). Mas considerando aplicativos que também uso bastante e que valem muito a pena, ficaria com esses: Snapseed – Na minha opinião o MELHOR para tratamento de fotos. E depois da sua última atualização ficou melhor ainda! Dá para tratar partes específicas da foto ou ela inteira. Perfeito. Split Lens – Sempre que uso, alguém quer saber qual o aplicativo. Ele une fotos sem uma divisão aparente, tipo funde uma em outra sabe? Fica assim: Esse look MARA tá lá no Instagram! Vai ver os créditos @futilish Uber e Easy Taxi –Uber é meu queridinho na gringa, em Londres então… super compensa, é BEM mais barato que taxi! Aqui no Brasil ainda não testei pois tem essa pendenga de que tá proibido, não tá proibido, então fico sem saber. Mas parece que agora tá liberado em BH né? O Easy Taxi sempre funciona e nunca me deixou na mão! Uber e Easy Taxi. E jamais pergunte para um taxista o que ele acha do Uber, bem capaz de começar a 3ª Guerra Mundial rs.    SoundHound – Quem ama música não pode viver sem. Muita gente usa o Shazam, mas eu, que já usei os dois, amo muito mais o SoundHound. Para quem não sabe do que se trata, é um aplicativo que descobre a música que está tocando, em qualquer lugar. Eu vivo com o celular pro alto em lojas, festas e desfiles para conseguir captar o ¨cantô¨ hahahaha Melhores Destinos – Amo e odeio. Amo pois avisa das melhores promoções para viajar. Tem cada coisa absurda, tipo passagem para Europa por R$ 300. Claro que precisa ser ninja e também sortudo para conseguir comprar passagens nesses valores muito abaixo do normal. Especificamente nesse caso da passagem ultra barata para a Europa foi um erro da cia aérea e algumas pessoas conseguiram comprar! E odeio pois às vezes me pega desprevenida e quando escuto o apito do app avisando que tem coisa boa já fico tremendo para saber qual a promo do dia e se vou conseguir comprar. Fico tensa. Esses são meus 5 queridinhos que sempre mantenho atualizados e passo de celular para celular. Agora quero saber de vocês! Quais aplicativos (tirando aquelas exceções que falei láaa em cima) são imprescindíveis? 

  • A Mulher Que Me Persegue (Ou O Estilo de Sarah Harris)

    Tudo começou assim: um belo dia numa Semana de Moda gringa, não me lembro se em NY ou Londres (#eikemetida), vi uma mulher vestida tão basicamente básica e estava tão bonita que me chamou a atenção. Tirei foto dela, meio escondida antes do início do desfile mas lembro que ela percebeu pois ficou me encarando… Claro, uma louca do outro lado da passarela mirando em você e tirando fotos. Ela usava jeans, scarpin e não me lembro se camisa branca ou camisa jeans. O cabelo, branco branco, preso em um coque (ou rabo de cavalo, não lembro). Bom, passaram-se vários desfiles em várias Fashion Weeks e sempre ela estava lá, na primeira fila de todos. Deduzi que era alguém importante no mundo da moda, mas ninguém sabia me dizer quem era. E nesta última semana de moda em Londres, lá estava ela de novo e mais uma vez tirei foto da mulher básica, chique e do cabelo branco. E de tênis. (Fotos que eu tirei na última semana de moda londrina, as outras não achei pois estavam no celular velho e devo ter apagado tudo) A mulher misteriosa continuava sendo um mistério para mim até que dia desses, atualizando meu Pinterest e minhas pastas de inspiração (já me segue lá também né? Me achem como Futilish), quem apareceu? A pessoa do cabelo branco. AHÁAAAAA eu sabia que era alguém famosa e quando descobri de quem se tratava, quase caí da cadeira. Editora de Moda da Vogue UK. E a pessoa aqui não sabia. Mais uma prova da minha lerdice. Comecei a salvar freneticamente todos os looks, e caramba, como me identifiquei! Porque editora de moda é assim: super básica e super chique. Ou louca tipo a Anna Dello Russo. E ontem numa mesa de bar, conversando sobre moda com amigos, falei da mulher de cabelo branco que eu finalmente tinha descoberto o nome e hoje coincidentemente um portal de moda nacional fez uma matéria sobre ela. É um sinal para eu vir aqui e mostrar para vocês o porque de eu ter obsessão por Sarah Harris! Sarah Harris poderia muito bem ser leitora do Futilish (#eikemodesta), já que ela AMA jeans e scarpin. Sarah Harris acaba de nos ensinar uma maneira simples e fashion de por a camisa pra dentro da calça. O jeans: rasgado. Nos pés: scarpin. Quando Sarah Harris sente frio, ela gosta de blusões soltos usados com camisa por baixo e jeans. E scarpin de novo. Sarah Harris gosta de se sentir confortável e usa vestidos larguinhos com botas. Copiar DJÁ neste inverno. Quando Sarah Harris cansa do salto do scarpin, ela usa tênis. E às vezes deixa a meia aparecer e ainda assim fica chique (essa meia não copio não rs) E quando cansa do jeans, Sarah Harris não pensa duas vezes e veste calça preta.  As únicas estampas que Sarah Harris, vão pro pé.  Quantas calças jeans será que ela tem? E quantos scarpins? Sarah gosta de praticidade e usa seu cabelo grisalho sem neura nenhuma. E quer saber? ACHO MARAVILHOSO! Mulher chique é isso! Ela começou a ficar grisalha aos 16 anos e não quis ser escrava de salão. Palmas para ela. Agora vou contar um segredo… eu tenho MUITO cabelo branco, quando mostrei a Sarah pro meu namorado, ele até brincou para eu parar de pintar e assumir a grisalhice mas não sou tão desapegada assim rs. E ela é nova, pelos meus cálculos deve ter uns 36, 38 anos. E claro, Sarah Harris sabe que listras, jaqueta de couro rica, camiseta branca e jeans rasgado são peças mais do básicas, trata-se de item de sobrevivência. E cabelão, mesmo que branco. Como será o closet de uma mulher tão fina, básica e ainda por cima, editora da Bíblia da Moda? Assim ó: Agora me conta… Precisa de muito para ficar elegante? Com as peças básicas e certas dá até para ser Editora de Moda da Vogue.

  • Mi Casa, Su Casa – Tintas!

    Gente, foi SUCESSO a nova coluna do Futilish, a Mi Casa, Su Casa! O Lelo escreve maravilhosamente bem e faz da Arquitetura e Design de Interiores ser um assunto super divertido e leve. Fico feliz que tenham gostado, feliz pela excelente receptividade ao nosso novo colaborador e mais feliz ainda que ele vestiu a camisa e cá está novamente com mais um tema super importante para quem está construindo ou reformado sua casinha! Hoje o Lelo vai falar sobre TINTAS e preparem-se para muito bom humor e sacadas inteligentíssimas (eu soltei altas gargalhadas quando li o post HAHAHA). “Oi gente! Muito obrigado pelo carinho no primeiro post do Mi casa, su casa! Eu estava realmente empolgado e, com um certo receio de as pessoas me acharem meio abilolado. HAHAHA Como eu disse pra Cony essa semana, em projeto e execução de obra, temos que levar as coisas de uma forma mais descontraída, senão a gente briga. Mas agora do fundo do meu coração peludo, eu estou muito lisonjeado com a aceitação das fufulétez. Eu falei pra patroa que neste segundo post eu queria falar de tintas para paredes e que o próximo vai ser X e que neste terceiro post eu vou contar um segredo. E como bom canceriano que sou estou mantendo o segredo e deixando ela (quiçá vocês agora) com coceira de curiosidade. Então pega a prancheta e #vemkotio que nós vamos entender as diferenças dos tipos de tintas: Tinta a Óleo Quando eu era criança pequena lá em Três Coqueiros… Pausa dramática para as pessoas encontrarem essa vila na geografia do Brasil: Então, retomando: … quando eu era mini-humano em Three Palm trees… eu sempre ouvia Xuxa 3… digo, falar de tinta óleo, tinta óleo, tipo: “Vamos reformar e usar tinta óleo.” Porque tinta óleo? A tinta óleo tem acabamento fosco ou brilhante, é altamente lavável, de excelente acabamento, tem uma durabilidade enorme e pode ser utilizada tanto para o interior quanto exterior do imóvel. Como sua base é com óleos, ela tem um certo poder de impermeabilização… De leve tá? Não dá pra usar para construir uma piscina. É muito utilizada em paredes de alvenaria, gesso madeira e ferro. Posso falar? Então, eu acho ela uma coisa meio… gosmenta, não sei eu olho para a parede e tenho impressão de que foi pintada com giz de cera. Me dá uma certa agonia e eu catalogo o efeito dela – tanto no fosco quanto no brilhante como: pobre. Tinta Esmalte A tinta esmalte já tem uma irmã rica! Pois ela pode ser comum ou siliconada, sintética. Tipo uma tinta que fez cirurgia plástica. Ela é indicada para quando se quer um acabamento de qualidade superior. Essas tintas supremas devem ser diluídas em aguarrás caso seja comum e as novas, que são sintéticas podem ser diluídas em água. O detalhe dessa tinta é que, como todo produto de frescura, qualidade superior, ela tem uma série de particularidades: Cheiro forte; Secagem lenta; Excelente resistência à luz (incidência solar); Resistência à chuva; Mão de obra especializada. Devido estes detalhes próprios, acaba que na maior parte do tempo limitamos a especificação da tinta esmalte para uso em madeiras, metais e sobre azulejos. Epóxi Diz a lenda que essa tinta é quase a cura do câncer. Mas antes de eu fornecer minha opinião vamos aos detalhes da Épókiceee: Mega resistente à chuva e ao sol, também não é facilmente danificada por produtos químicos. Impreterivelmente deve ser aplicada por mão de obra profissional. Ela tem propriedades de impermeabilização, e é resistente ao atrito – pode dar uns pega no seu amô – contra a parede sem medo. Comumente empregada sobre azulejos, ela é a salvação dos banheiros vintage porque né, ninguém quer ficar nu com a mão no bolso, ou relaxar num trono que tem décadas de uso. Então essa tinta cria uma falsa impressão de que a coisa toda é novinha. Tem sido muito usada em pisos comerciais e garagens. Eu, particularmente, nunca vi uma tinta epóxi que não tenha vindo a óbito depois de um ano. Sério gente, solta o canto, cria bolha, dá varizes, um terror. Sabe aquela brincadeira de passar cola branca na mão e depois ir movimentando pra descolar do jeito mais improvável… esse é o comportamento dessa tinta. Só que a parede não mexe… ou não deveria pelo menos. Tinta latex, ou PVA. Se a luva de látex, pode te proteger da louça suja da casa da sogra você já deve imaginar que maravilha ela deve ser pra sua parede né? Só que não. Apesar do látex proteger nosso corpinho até de DSTs, não é dessa composição que estamos falando. Essa tinta tem um valor muito atrativo, mas a durabilidade não é das maiores e, apesar de ser de rápida e fácil aplicação, a manutenção é bem delicada. Não pode ser lavada, nem limpa com produtos químicos. A frequência de limpeza deve ser baixa e apenas feita com pano úmido. Não pode ser usada em exteriores. Solúvel em água, de acabamento fosco e aveludado, pode ser aplicada sobre paredes e outras superfícies, dentre elas gesso, fibrocimento e reboco. Eu guardei minha queridinha para o final. Tinta acrílica A tinta acrílica oferece um alto padrão de acabamento. Pode ser usada em ambientes internos ou externos. Essa querida, tem um caminhão de vantagens: diluem-se e limpam-se com água, são altamente laváveis, pouco cheiro, secam rápido, e de aplicação facílima. E eu digo isso orgulhosamente, porque a pessoa besta aqui resolveu pintar uma parede e estava tão afobado que não leu o #modusoperanti e tacou tinta na parede… Tinha umas gosmas, umas coisas estranhas… Rendeu tão pouco no final… Daí quando eu acabei descobri que eu deveria ter diluído a tinta. Hahahahhahaahahahah muito bocó que eu sou gente! Usei a tinta grossa ser diluir dava pra triplicar os 900ml. As tintas acrílicas tem uma extensa lista de possibilidades de acabamentos: brilho, semi brilho, fosco, acetinado… E efeitos como linho, mármore, camurça… O fosco é meu preferido, mas para cores escuras ele é meio chatinho de limpar, tem que limpar a parede inteira senão fica perceptível o local onde “passou-se um paninho” ou seja: não dá pra fazer uma limpeza só em um pedaço. A tinta acrílica produzida à base de resinas acrílicas e foi criada para uso externo, e ela dificilmente amarela e tem uma certa propriedade impermeabilizante, então tem sido usada em banheiros e cozinhas comumente hoje em dia. O blá blá blá de hoje foi mais chatinho, mas as diferenças entre as tintas nem sempre são esclarecidas o pintor apenas pede o que ele gosta de usar e o cliente compra. Os vendedores sempre te sugerem a mais cara, ou a que está pagando uma melhor comissão. Então é importante saber um pouquinho. Na dúvida, vai na tinta acrílica, ela seria como a calça jeans de uma produção – segura, de bom gosto e resistente. Na verdade eu queria falar de PAREDES, mas se fosse esmiuçar isso, escreveria o novo-testamento de novo, teria que separar em livros, capítulos e versículos… então resolvi começar pelo que é mais comum. Deixem suas sugestões que eu já estou preparando as respostas dos comentários anteriores. #bença! Tem como não amar? Adorei o post e com certeza será de muita valia para mim e para quem mais estiver passando por esse processo chatinho de obra. Até mesmo quem não tiver nada a ver com isso, por enquanto, deve salvar bem este post, certeza que em algum momento da vida será necessário.  E quem perdeu o primeiro Mi Casa, Su Casa, aqui está o LINK para se atualizar. Curtiu o trabalho do Lelo e quer fazer sua obra com bom humor e alto astral, além de muito bom gosto? Segue o email de contato  azuosexclusive@gmail.com.

  • Branca de Neve!

    Looks monocromáticos são chiquérrimos, pena que só estamos acostumadas ao preto… Ok, o cinza também tem várias adeptas mas o que falar de uma produção toda branca? Ah, roupa de médico… ou Ah, reveillon. Mas o total white pode surpreender quando usado com sabedoria, uma pitada de ousadia fashion e sem preconceito. Se for off white então… maravilhoso! Acho PERFEITO esse tipo de produção: pantalona com blusa larguinha. Elegante né? A bolsa e os sapatos sempre vão dar ¨acabamento¨ a esse look. Eu aconselho usar algo bem glamouroso (uma clutch com brilhos, um scarpin estampado, um pulseirismo carregado, um brincão turquesa…) justamente para diferenciar a produção e não parecer um profissional da área de saúde, apesar de eu achar que a escolha do modelo de calça e blusa já diferencia bem o que é um uniforme do que é roupa de sair! Se engorda? Sim, infelizmente o corpo parece maior, mas ó, acho que dá para tentar. Geralmente eu aparento ser mais magra quando uso calça branca e não sei falar o porquê. Vale a tentativa! 

  • Chora Que Eu Te Escuto

    Hoje acordei conselheira, quem me ajuda? Caso 1 – Vanessa ¨Oi Cony! Antes de mais nada, o seu blog é sem dúvidas o melhor e mais completo ever. Agora, posso chorar? rs Namorei por 4 anos com Fábio, tudo sempre foi incrível até que no ano passado passamos por uma crise, sem brigas, mas ficamos distantes. Eu conversei com ele diversas vezes dizendo que me sentia sozinha e carente e ele não levou muito a sério. Infelizmente me envolvi com um rapaz do trabalho, que me prometia mundos e fundos e me ouvia como se fosse a pessoa mais atenciosa do planeta. Doce ilusão. Me arrependo amargamente disso ter acontecido.. Me afastei do rapaz e no carnaval tive uma conversa importante com Fábio onde decidimos que lutaríamos pelo nosso amor, independente do que acontecesse.1 mês depois da nossa conversa ele descobriu tudo o que tinha acontecido.. E ficou arrasado, claro. Com toda a razão. Fiz uma coisa terrível e me arrependo a cada segundo por isso, não fujo da minha culpa e estou arcando com as conseqüências.Mas tá doendo! Depois disso tudo eu percebi o quanto amei o Fábio, o quanto foi importante e o quanto a saudade me dói.Ele pediu que eu me afastasse pois quer seguir sua vida, e eu fiquei desesperada. Fui atrás, chorei, falei, mas nada adiantou. Ele me trata friamente e já está seguindo como disse que faria. A culpa é toda minha e isso piora ainda mais o meu estado emocional. Eu não consigo aceitar o fim. Parece que a dor não vai passar nunca!E pra piorar.. eu perdi todos os amigos que tínhamos em comum, minhas amigas namoram ou são casadas, minha mãe falecida. Eu queria um colo sabe? Eu não sou um monstro… Apesar de todos os julgamentos que fizeram. Eu cometi um erro terrível, mas isso não me torna uma pessoa ruim. E o amor que eu sinto não acabou. Eu sei que muitas meninas vão julgar e dizer que se eu amasse não teria feito isso, mas o amor é complicado. Só quem está dentro da situação pode dizer e saber o que sente. Eu escrevi porque estou perdida, sozinha e achei que talvez pudesse ser um exemplo do que NÃO fazer.  Beijo!!¨ Ô minha linda… imagino seu sofrimento. E não, você não é um monstro. Às vezes a gente faz umas burradas na vida, mas senti que você se arrependeu e aprendeu desse erro. É diferente quando uma pessoa sabe que está fazendo algo errado, que está fazendo mal para alguém, mas continua por vaidade e ego. Você estava num momento de fraqueza, carente, e achou alguém que naquele momento te dava o que você estava precisando. Infelizmente não temos como entrar na cabeça das pessoas que amamos e passar um borracha na burrada que fizemos, porque é isso que dá vontade de fazer né? Não dá para ¨zerar¨ a mágoa do outro e continuar a felicidade de onde achamos que nos convém e será bom. Você não pode fazer mais nada. O que tinha que ser feito, você já fez. Já mostrou seu arrependimento, sua dor, seu amor… Deixe-o ir. Dói, mas se for pra ser seu, será. Frase mega clichê mas é isso mesmo. Talvez ele não volte, mas você aprendeu. Seja sempre pura e transparente nos seus sentimentos e não se preocupe com o julgamento alheio. Ninguém sabe o que realmente acontece na sua vida. Se você já foi atrás, chorou e pediu desculpas, agora resta a ele pensar. Não pressione mais, deixe livre, e você… reflita muito e cuidado com suas ações. Tente encontrar ¨paz¨ no seu dia a dia e alivie seu coração. Fica bem tá?     Caso 2 – Giovana ¨Oi, Cony! Minha história é a seguinte. Me chamo Giovana. Eu me casei em Outubro de 2013. Quando meu (na época noivo) atual marido, me pediu em casamento, fiquei nas nuvens – claro. Sendo assim, liguei imediatamente para minha melhor amiga. Aquela amiga de infância, que você conta para todas as horas, mas que já te deu vários motivos que nem é tanto sua amiga assim. Parece que é mais amiga de festa do que amiga de vida. Logo que chamei essa minha amiga para ser madrinha começaram a aparecer alguns problemas. Ela não demonstrava interesse algum no meu casamento. Eu não fui uma daquelas noivas neuróticas, que só tem um assunto. Mas eu gostaria, SIM, que ela tivesse perguntado algumas vezes como estavam os preparativos para o grande dia. Só que isso NUNCA ocorreu. Fiz dois jantares em minha casa para conversarmos dos preparativos, e ela ficava no “whatsapp” enquanto eu falava sozinha. Me martirizava por dentro, e alugava meu marido para falar o quão triste eu havia ficado com aquela situação. Eu tinha mais 5 madrinhas, e só essa madrinha morava em minha Cidade. As outras 4 moravam na Cidade dos meus Pais, BH. E eu casei em Poa-RS. Então, eu não tinha como contar com elas. Meu noivo mora em outra Cidade também, e era só eu e minha mãe para organizarmos tudo.  Gostaria muito que essa minha madrinha tivesse tirado um dia de sua agenda para sair comigo e me ajudar nos preparativos, mas isso nunca ocorreu. Três dias antes do casamento ela perguntou se eu precisava de alguma ajuda, sendo que eu já havia resolvido tudo, afinal, foram 10 meses de correria. Bom, essa minha amiga vive finaceiramente muito bem, é médico, tem sua própria clinica. E como mora com os pais não tem quase nenhuma despesa. O momento final foi quando eu convidei toda a família dela; Os tios, avós, pais, cerca de 25 pessoas na festa. E simplesmente ninguém me deu nada, quando digo nada é nada mesmo. Ela ensaiou me presentear com um liquidificador. Disse no dia do meu casamento que ia comprar um para mim, pois sabia que eu ainda não tinha, mas simplesmente não disse mais nada depois. Eu não quero parecer mesquinha. Eu tive uma madrinha que tem dois filhos para criar e no momento encontra-se sem emprego, e é uma das pessoas que mais amo na vida. Então, se ela me desse algo, se fizesse algum esforço, eu ficaria até triste por saber que ela estava gastando em um momento difícil. Mas ela se fez presente mesmo morando em outro país, sempre mostrava interesse. O problema não é o presente em si, e sim o fato de você saber que a pessoa não faz esforço para te agradar. Continuo sendo amiga dela, mas algo não me deixa mais tão à vontade, sabe? O que você acha disso, acha que devo ignorar esse fato, deixar para lá, já que isso tudo passou?  Será que é exagero meu ter ficado magoada? Obrigada por ler meu relato, Cony.¨ Deixa eu ver se entendi direito… você chamou para ser sua madrinha de casamento, uma amiga que você mesmo disse que nem era tão amiga assim e já tinha provado isso antes? Pediu pra apanhar né fia? Outra coisa, porque não conversou com ela sobre essa falta de interesse dela NA ÉPOCA DO CASAMENTO? Deveria ter chegado na lata: ¨amiga¨ noto que você não está muito interessada e eu gostaria da sua ajuda. Você prefere que eu chame outra pessoa em seu lugar? Pronto, isso já seria o suficiente! Se a gente não expor os problemas e por pra fora, as vezes o outro nem entende que ESTÁ TENDO um problema sabe? Outra coisinha… a pessoa não te ajudou nem um pouco e você convidou 25 pessoas da família dela? Ok, você deve ser muito educada e tal, mas pera lá né… acho que para tudo tem limites e se ela já não estava merecendo muita coisa, você ainda a premiou com uma festa quase que exclusiva para a família dela (exagerei, mas o recado é perto disso). Sobre os presentes, não esperava nada diferente, tá bem claro que ela não está nem aí pra você. O que me surpreende é você ter engolido isso tudo a seco, ainda ser amiga da mulé e ficar remoendo isso. Já perdeu o timing de ter feito o ¨barraco¨ necessário. Agora já era, mas eu, no seu lugar, nem consideraria mais essa pessoa como amiga e muito menos a incluiria em qualquer atividade da vida atual. E nem tente endenter o que se passa/passou pela cabeça dela. É fácil falar que é inveja, mas as vezes essa pessoa nem te considera amiga mesmo e você não tem importância nenhuma pra ela (eu fico com essa última opção). Não se contente com migalhas. Amizade a gente escolhe e não implora por ela. Caso 03 – Katia ¨Cony, depois de ler o post da Carol, achei que era hora certa de te mandar esse “Sorria”. Minha história começa quando eu tinha 21 anos (hoje tenho 28) e conheci meu ex nos EUA. Era tudo lindo, flores, até eu ter que voltar as pressas para o Brasil por meu avô estar com câncer terminal. Foram 4 meses juntos. Depois de eu chegar no Brasil, ele enlouqueceu e disse que viria morar comigo em Lima, Peru (ele é peruano). Eu no auge do meu amor topei e arrumei trabalho antes de ir, cheguei la com tudo certinho, casa, emprego, din din. Lá que as coisas desandaram de vez, ele tinha problema com drogas e normalmente saia sexta para “comprar comida” e voltava somente no domingo, sem dar nenhuma explicação. Quando descobri o problema da droga, eu me ofereci para ajudar, ele disse que ia mudar que iria fazer o que fosse preciso. Depois de 1 ano morando com ele desse jeito, desisti e voltei ao Brasil. Deixei ele com uma simples frase: Quando tu amadurecer, me procura. (idiota eu, depois de tudo ainda apaixonada). No Brasil, eu já com minha vida de volta aos eixos (depois de muito sofrimento, chorando até dormir por 2 meses), ele coloca fotos que eu tinha feito “especialmente para ele” em perfil fake do Face, Twitter, Gmail, e mandou e-mail para todos meus amigos com as fotos e um texto me chamando de tudo o que era possível. Eu liguei para todas redes sociais possíveis dizendo que não era nos perfis, consegui tirar 90% da net em 1 dia, o resto ele mesmo tirou 3 dias depois e pediu mil desculpas, dizendo que estava medicado com remédios fortes e não era ele no momento que fez aquilo. Depois desse episodio ele veio para o Brasil atrás de mim, porém não conseguiu contato comigo. Ele ficou morando na mesma cidade que eu por 4 anos, fiquei sabendo no dia que ele me convidou p sair (depois de 4 anos) e a burra aqui aceitou. Não gosto de guardar rancor de ninguém, perdoo muito fácil. Depois de 4 anos sem nos falar, voltamos a sair juntos e dai eu pedi ele em namoro (isso mesmo, euzinha, a das fotos) UGRRRR comiga mesma. Namoramos por 5 meses quando ele começou a desaparecer de novo, dizia que ia em um churras de amigos e só voltava no outro dia, após o trabalho. Até hoje acho que tinham drogas na jogada de novo. Disse para ele que isso eu não iria aguentar de novo, ele prometeu mundos e fundos, mas não passou de mais 1 mês para eu tocar ele fora de casa. Fiquei arrasada, meu mundo desabou, e percebi que precisava de ajuda profissional, pois como poderia ainda gostar tanto de alguém que só me fez mal. Não conseguia me concentrar na faculdade, no trabalho, não tinha vontade de nada mais, pensei que seria mais fácil dormir e não acordar mais. Fiz 2 meses de terapia (muito pouco) mas me ajudou muitooooo. Não continuei, pois agora meti a cara nos livros e me formo esse ano, estou fazendo todas cadeiras possíveis. E meu presente de formatura em 2016 será um mochilão pela Europa (isso se o euro ajudar né). E para 2017 vou para Austrália fazer um curso. Isso tudo solita, by myself!!

  • Eu Testei! Terapia Cosmética Capilar Regenerativa Natura Plant

    Uma das melhores partes de ser blogueira, é receber jabás. Primeiro está o carinho de vocês (aêeeeeeeee, sério, os emails carinhosos, os comentários fofos e e ser reconhecida por vocês na rua é muito gratificante, não tem preço), mas receber presentinhos das assessorias e marcas é muito legal também. Conhecer um produto em primeira mão, ter a oportunidade de testar, conhecer, e ver se realmente é bom para depois contar para as pessoas, tudo isso que me faz de certa forma, cobaia de beleza, é bem bacana hahahaha. Daí que há um tempo recebi um pacotão da Natura e que ficou na fila da resenha esperando pacientemente sua vez de ser testado. Meu Deus, porque não testei antes? Bom, deixa explicar do que se trata, o nome é grande. Terapia Cosmética Capilar Regenerativa Natura Plant, um kit para recuperar cabelos danificados que contém um shampoo e 10 ¨potinhos¨. Sobre o kit: sua base é óleo de abissínia em alta concentração, capaz de uma potente ação reconstrutora que penetra na fibra capilar e trata até a última camada. Ou seja, seus cabelos terão um cuidado por dentro e por fora. O tratamento é composto por 2 passos: primeiro é feita uma preparação com o shampoo pré tratamento, que limpa profundamente os fios. Não faz muita espuma, então eu acabo usando umas 3 vezes até dar uma espuminha. Depois chega a parte divertida: após lavar os cabelos, tem que fazer uma misturinha do potinho verde grande com o cinza pequeno. O verde é uma máscara de tratamento profundo e o cinza é um óleozinho que eles chamam de elixir capilar de abissínia. A mistura é feita no potinho verde mesmo (o kit acompanha uma espátula para fazer uma mistura homogênea). DICA: faça essa mistura ANTES de entrar no chuveiro e já deixe pronto para o uso. Porque falo isso? Pois na primeira vez que usei, não consegui abrir o potinho do óleo (tem uma pontinha para quebrar e com a mão molhada não dá) e tive que sair toda molhada pelo banheiro procurando uma tesoura para cortar a pontinha. Agora já aprendi e já entro no box com a mistura pronta. Fica assim. Então, depois de lavar com o shampoo pré tratamento, passe essa mistura nos cabelos úmidos, mecha por mecha e aguarde 5 minutos. Depois é só enxaguar e pronto! Gente, o cabelo DERRETE! Melhor que muito tratamento caro que já vi por aí. O kit é para 5 aplicações contínuas e pode ser usado por até duas vezes por semana. Quando os potinhos acabarem, não fique triste. Dá para manter o resultado da seguinte maneira: A linha contem umas ampolas de manutenção (vende separado do kit shampoo e potinhos) e assim dá para manter o resultado por mais tempo. Eu ainda não cheguei nessa parte, ainda faltam 2 aplicações para acabar. O que achei? MARAVILHOSO! Como comentei acima, há tempos não via um resultado tão bom nos cabelos. Fica mega hidratado, suave, a mão escorrega pelos fios! E dá muito brilho também. Sinto meu cabelo bem mais nutrido e obediente quando uso esse kit da Natura Plant. E não é caro: o kit custa cerca de R$ 100 e pensem comigo, é um tratamento completo e vai dar pra mais de mês. Agora pensa quando custa UMA hidratação no salão? E nem comparo com os tratamento que a gente faz em casa, pois achei essa melhor que todas que já usei. Até melhor que o Morocca. Ganhou Selo Fufu de Qualidade!  

  • Acho Que Já Vi Isso Antes…

    O mundo dá voltas, isso a gente já está cansada de saber. Mas o mundo da MODA também dá voltas e olha que apareceu novamente? Dá um sorrisinho aí quem já usou essa gargantilha há alguns (muitos) anos atrás! Pois é, a Tattoo Choker, ou a gargantilha-de-plástico-preto-que-fica-grudada-no-pescoço-e-que-pinica ressurgiu das cinzas sabe-se lá porquê e por QUEM! Porque pelamor né gente… que coisa mais feia. A turma mais novinha que curte um boho, hippismo, revoltismo super amou esse return. Mas para mim, continua sendo uma das bizarrices que usamos antigamente.  Gosto não e se conheço bem vocês, também irão soltar um sonoro NÃO para essa modinha (sim, modinha, pois vai passar rapidamente). Comente seu NÃO bem grande ou então, tente me convencer que isso é bonito.

  • O Que Eu Perdi no QG Do Fhits

    Como já contei por aqui, fiquei apenas 2 dias e meio na última SPFW e algumas coisas bem legais aconteceram justamente no dia que eu não estava mais lá… Uma delas foi a mesa redonda com o Fábio Porchat, NOSSA COMO EU QUERIA TER PARTICIPADO! Quando fiquei sabendo que ele iria quase mudei minha passagem kkkk. Adoro o Fábio, morro de rir e queria saber um pouco sobre o novo filme dele, o Entre Abelhas. O bate papo papo foi super divertido e ainda contou com a participação de Miá Mello. Queria ter estado lá Outra mesa redonda bacana que teve, foi a de outro Fábio, o Jr. Segue o link para quem quiser assistir ele e a Cleo Pires trocando carinhos e declarações de amor. Aham. Também perdi a apresentação do novo celular da LG, o G Flex 2 que TOOOOODOOO mundo ficou comentando como era poderoso! O aparelho é curvo, o que melhora muito para segurar, encaixa melhor na mão sabe? A tela é full HD de 5,5 polegadas, a câmera tem sensor de selfie, você consegue tirar uma foto sua sem apertar nenhum botão! É só fazer um gesto com a mão que o G Flex 2 dispara a câmera. Ainda sobre a câmera, o foco é automático a laser, ou seja, fotos claras – mesmo em ambientes escuros – ou em movimento. Se o telefone cair, não se desespere. Tanto a tela quando o corpo dele foram feitos para suportar quedas! Também não precisa chorar se a bateria acabar, em 40 minutos ele carrega 50% da sua capacidade. É… acho que deveria ter ficado um dia a mais em SP…

  • A Jaqueta de Couro Perfeita

    Não é mais uma classificação sócio econômica das roupas, mas bem que poderia ser. Me reviro e mordo a mão quando vejo alguém mostrando uma ¨jaquetinha de côro¨ que comprou na fast fashion, pagou 200 reais e é pobriiiiinha pobriiiinha, mas quem sou eu pra falar que a escolha não foi boa né? Geralmente são aquelas lisas, com um zíper na frente, golinha e manga reta… Amo fast fashion, mas para pagar 200 contos em algo que não é de couro e que provavelmente a qualidade não é lá essas coisas, que pelo menos seja bonito certo? O olho tem que ser clínico para comprar uma jaqueta de ¨couro¨. Há grandes chances de escolher a errada, seja em couro couro (o que é pior porque vai custar um rim e uma córnea), seja em couro fake. A jaqueta de couro bonita tem cara de velhinha. Nada de couro esticado, duro e liso, também nada de couro brilhando, ferragens simples e corte reto. A bonita, é um pouco acinturada, pode ser mais curta, o zíper aparece, os ombros são marcados. Se tiver um acolchoado nas mangas é riqueza pura, mas acolchoado de verdade, não simples costura sem nada dentro. A jaqueta de couro bacana parece ser pesada, parece ter sido usada várias vezes, e o melhor, abraça seu corpo. Nada de comprar uma muito grande ou uma muito pequena. Ela tem que ficar boa quando usada aberta e quando fechada. Se tiver zíper nas mangas, mais linda ainda. E na minha humilde opinião, se as ferragens forem em ouro velho, é paixão imediata. Ilustremos. Deu para sentir a força de uma bela jaqueta de couro preta? E só precisa de uma. Se for de boa qualidade, bem capaz que dure a vida inteira, então vale a pena gastar um pouco mais. As mais musas do universo: Burberry e Balmain. Tenham isso como base ao escolher uma jaqueta de couro descolada, fashion e moderna. Eu tenho total paixão por essa peça. Se vou viajar, ela sempre vai comigo, e na mão. Quando vejo uma linda, não resisto e já quero tudo pra mim! Comprei essa da Zara (a terceira foto) e é LINDA (ainda tem um monte na Zara de BH!). Não comprei da outra vez e me arrependi cada dia até topar com ela novamente. Couro de verdade e por R$ 700, super valeu a pena! Mas meu sonho mesmo é essa Balmain da última foto. Custa ¨apenas¨ 10 mil dólares.  Não está muito fácil achar um modelo legal nas fast fashion… O olhar tem que ser clínico! Achei essa da OMK bem bacana e o preço ótimo por ser couro de verdade. Só não curti os spikes nos ombros.  É uma peça MEGA NECESSÁRIA para todo mundo. Pode ser usada em look casual e até mesmo numa festa. Também é companheira de viagens e monta lindos looks de aeroportos! Sei que tem umas bem bacanas na Shoulder, na Animale e claro, as da Zarinha. E como é a jaqueta de couro perfeita para vocês?

  • O Melhor e O Pior do… Baile do MET 2015!

    Gente mas é mulher DEMAIS! Caramba, e ainda ficou um monte de fora! Acho que se for falar de cada uma, fico até o MET de 2016 escrevendo rsrs. Li por aí que foi um show de horrores, mas possfalá? Nem achei TÃO ruim assim não. A temática este ano foi China e vi muita gente a caráter e algumas com looks bem lindos! Claro que teve alguns sustos por aí, mas normal… Não vou comentar look por look mas darei meus pitacos no que achar interessante. Chinesas de branco: teve noivinhas no tapete vermelho. Achei Uma Thurman muito deusa e TODA SANTA VEZ olho pro pé dela. Li que o pé de Uma é gigante, daí fiquei com isso na cabeça rs.  Chinesas douradas: Anne estava mais para Star Wars ou qualquer coisa intergaláctica do que para China. Kate Hudson, que costuma tombar todo red carpet, desta vez ficou me devendo. Tava gata, ok, mas não soltei um WOW PRECISO DESSE VESTIDO, como costumo fazer toda vez que ela aparece.  Chinesas estranhas: antes de mais nada, acho que estou muito por fora do mundo das celebs, pois nunca na vida ouvi falar nessa namorada do Pattinson. Ela chama FKA mesmo? E vocês repararam que tem um pé saindo do vestido? Kerry Washington parece uma menininha que escolheu um vestido de princesa e apareceu na festa falando assim: olha como tô lyndra! Tá não. Solange Knowles achou que na China as pessoas se disfarçam de ostra. A não ser que tenha alguma explicação plausível para esse modelito e que eu desconheça, acho que foi a coisa mais estranha que já vi em tapetes vermelhos. Dá a impressão que ela vai se esconder atrás dessa roupa, levantar a cabeça de repente e falar: ACHÔOOO! Chinesas poderosas: me julguem, mas achei a Katy uma das mais lindas da noite! Pode não ter muito a ver com o tema da festa, mas a roupa é a cara dela e esse cabelo curto escuro deixou a mulher FATAL! Madonna voltou 10 anos no Jogo da Vida e apareceu mais enxuta do que nunca. Tá gata. A roupa feia, mas normal. Ela é tipo a Xuxa, nunca vai acertar num modelito de gala.  As chinesas fashionistas: Sarah Jessica Parker caiu do carro alegórico mas considerando que é SJP e que ela sempre ousa nos acessórios de cabeça, tá tudo certo. Anna Wintour me convencendo que toda grande mulher do mundo da moda se veste muito ¨esquisitamente¨. Juro que tento achar o fashionismo aí, a tendência, a moda, mas só vejo uma fantasia. Devo ser muito ignorante ainda sobre o assunto. As gêmeas Olsen, se aparecessem assim para mim no meio da noite, eu morreria infartada, CERTEZA!  Chinesas lacradoras: As mais lindas da noite, eu acho. Só deu Kendall Jenner com bordinha de peito aparecendo, mas juro que ainda assim não achei de mal gosto e super curti a produção. Essa menina promete. Ah, vestidim Calvin Klein by Francisco Costa. Essas coisas não vem para a parceria com a C&A né? hahaha. Ivanka Trump MUSA MASTER ENDINHEIRADA! Top das galáxias, a filha do homem, a dona de metade de NY e chique e linda e fina. Quer invejar alguém na vida? Inveje Ivanka Trump. Estão pensando o que Emma Roberts está fazendo aí? Pois então, eu amei a cor do vestido! Há tempos não via um verde tão verde nessas galas. Achei chique de doer.  As chinesas lindas apagadinhas: são lindas, arrasam, mas desta vez até Sofia Vergara foi bem borocochô.  As chinesas modelas: uma revoltada, outra descolada e outra deusa. Tem que ter muita personalidade para usar um look igual ao da Constance viu? Look nada.  Mais chinesas modelas: Naomi divando, Candice elegantérrima e a outra… Não conheço. Humpf. As chinesas chinesas: essas sim levaram a sério o tema do baile do MET deste ano! E em ordem crescente, Chloe bem ruim, Georgia marromeno e Courtney ok. Obviamente levando em consideração o evento. As chinesas ousadas: elas juravam que na China tinha que por o bumbum de fora e assim foram. J.Lo estava HORROROSA! Falo mesmo. Amo Jeiloca, acho ela tudo de linda e maravilhosa, mas desta vez não tem como defender. Até a Kim que mais erra do que acerta usou transparência melhor do que Jennifer. Chinesas recortadas. Não sei porque mas me deu saudade da Miley de língua de fora.  As que vieram para causar. Não dá nem para comentar os looks da Gaga né? Tipo vou falar o quê? Que tá bonito, que tá feio, que favoreceu o corpo dela, que a combinação foi sucesso? Não é nem roupa… na verdade é. É roupa de Lady Gaga e ficamos por isso mesmo. Rihanna é outra que tira onda com nossa cara, aliás com a cara de todo mundo que fica analisando looks de red carpets. Ela deve escolher a roupa pensando no quão difícil vai tornar nossa vida.  As chinesas sem sal. Só eu tenho a impressão que Maggie Gyllenhaal cada vez aparece mais ¨derretida¨? Tuuuudo bem que cada um é cada um, mas eu daria uma levantadinha nessa bochecha DJÁ! Skinbooster na moça! Jennifer Connelly parece que está atrás daqueles painéis que tem um corpo desenhado com um buraco no rosto e a gente põe o carão lá e tira foto. Acho que se ela der um passo pro lado, o vestido fica. Katie Holmes até que está sorridente e bonita mas pelo seu histórico de sem gracismo, se juntou azamigues sem sal.  Quem pensa na China, pensa em vermelho né? E assim foi para Sienna, Kurkova e Kris Jenner. Aliás, a Dona Jenner estava O ERRO. Tava chinese, but chinese in the wrong way. Li num instagram de fofoca que ela estava com medo de encontrar o ex e ele estar com um vestido mais bacana que o dela #maldaaaade Vermelho RYCOOOOOH! Amei bilhões de vezes esse vestido de Jessica Hart. Adriana Lima maquiavélica de tão maravilhosa. Acho que foi o make mais lindo da noite. Vestido pobrim e que pouco favoreceu suas curvas, mas o cabelo e o make salvaram tudo. Chinesinhas fofas: adorei os três modelitos e achei Emily Blunt chique de DOEEEER! Talvez se não tivesse essa capa o look ficaria melhor, mas não sei… acho que curti assim mesmo! E para acabar, o vermelho sobre o vermelho. Na verdade, nem queria postar essa montagem, achei esses looks muito sem graça, mas queria falar mesmo de Gigi Hadid. Já conhecem a moça? Tem 20 anos, californiana e a maior aposta fashion do momento. Super amigue da Kendall Jenner (que dupla hein?) já fez campanha pra Guess, é rosto da Maybelline e agora Rosa Chá! Guardem esse nome.  Viram que nem foi tão ruim assim? O povo mirou só nas uber famosas e esqueceram as outras celebridades. E ainda tivemos a facilidade de Sofia Vergara e Kate Hudson deixarem espaço para as outras deusarem mais que elas. O que acharam? PS: Este post contem ironias NÃO SINALIZADAS. Porque ironia não se explica néam? 

  • Roupa de Ficar Em Casa (Y Otras Cositas Más)

    Ontem dei uma passada na Renner para procurar algum vestidinho bonitinho e beeeem confortável para ficar em casa. Sim, ficar em casa também merece um mínimo de dignidade, vai que aparece alguém de surpresa e te pega com camiseta rasgada de vereador de 1998, short de pijama e uma havaiana de cada cor? Ou se acontece algo e você tem que sair correndo e não dá tempo de trocar de roupa? Ou tem que ir logo ali, na padaria e no caminho aparece o homem dos seus sonhos? Mas não se preocupem, não estou falando de grandes produções, muito pelo contrário. Gosto de vestidos de malha, peça única, fácil de por e de tirar. Ter uns dois desses já é mais que suficiente, acaba virando seu home dress code! Vi alguns bem interessantes, olhem só: Floral azul e branco de malha gostosa por R$ 69,90. Azul (sim, é azul escuro) com a manga rendada por R$ 149… Camisetão listrado manga 3/4 por R$ 69,90 e mais um listrado com renda nas costas (lindo esse!) por R$ 89,90. E tem várias outras cores, os preços variam de R$ 59 a R$ 79 (o de bolinha) Além desses vestido de casa, também tem outras coisas bem legais na Renner! Há tempos não entrava lá e amei esse vestido de andorinha (elas voltaram!) com cinto e que esqueci o preço (era R$100 e alguma coisa), jaqueta estilo perfecto azul bebê por R$ 189 (de tecido, tipo um moletom grosso). As bolsas também estão bonitas. Tem Valentinho, Chloe… As pretas estão por R$ 89 e R$ 99 e a azul (que tem rosa pink, preta e caramelo) por R$ 59. Mas amei MESMO foi essa bolsa bem Coachella da vida. Coloridona, muitas franjas e mega estilosa! Acabou que não comprei nenhum vestido para ficar em casa, gostei do listrado com renda nas costas mas não tinha meu tamanho. Continuarei procurando!

  • Sim ou Não Para o Cinza?

    Tenho cisminha com cinza, mas depois de uma profunda análise pessoal saquei que não gosto é de cinza chapado! Mescla ou cinza com detalhezinhos eu até gosto, só acho uma cor muito apagada e triste… É chique, eu sei, mas o cinza todo cinza acho meio deprê… Daí que hoje, enquanto dirigia e pensava no cinza (sim, eu penso em cores e combinações enquanto dirijo rs)  imaginei usar essa cor com um toque de PINK! Mas o nosso PINK, o rosa shock, não o rosinha gringo (que também tem seu lugar nessa combinação, as meninas mais delicadas vão curtir!). E olha que não sou lá uma super amante de pink, mas acho que as duas cores conversam! Será? Elas só não conversam como são melhores amigas! O cinza, todo chique e sério, ama a companhia do rosa, que é bem espalhafatoso mas super alegre! Uma cor complementa a outra e juntas ficam lindas! Já quero usar cinza com pink. Como viram nas fotos, até um pequeno detalhe na bolsa ou no sapato faz toda a diferença. Nosso inverno não precisa ser sem graça né?

  • Hola Mexico! Chegamos em Playa del Carmen!

    Logo que saímos de Chichen Itza, rumamos para Playa del Carmen, nosso QG pelos próximos 6 dias. Eu sempre confundi Playa com Punta Cana (shame on me) e não sabia muita coisa de lá. A única coisa que sabia que faria por lá, seria ir na CocoBongo, já que em Cancun não rolou. Chegamos a noite, já escuro e colocamos no Waze o endereço do hotel que apontava para uma tal de 5ª Avenida (ah, comprei chip pré pago pro celular da Telcel, custou uns 15 dolares e a internet é bem boa). Gente… mas gente… Quando avistei a 5ª Avenida já queria descer do carro e sair correndo. Uma rua fechada, cheia de restaurantes, gente na rua, lojinhas fofas e muita animação! Algo bem mais intimista e praiano do que Cancun! E para nossa sorte, o hotel que o Rafa escolheu era MEGA bem localizado, no ponto alto dessa avenida!!! Só não tinha estacionamento mas isso foi facilmente resolvido ao encontrar vaga numa rua bem perto. Durante todos os dias que ficamos por lá, nunca tivemos problemas em achar vaga. Querem ver o hotel ou a minha querida avenida primeiro? Por incrível que pareça não tirei nenhuma foto da avenida durante o dia :-/ Fiz vários vídeos (que postarei em breve, estão na edição!) mas foto durante o dia esqueci! Essa peguei do Google para mostrar como é a famosa 5ª Avenida de Playa del Carmen. É bem isso mesmo, uma rua fechada (não passa carro), com muitas lojas e restaurantes. O hotel que ficamos e ADORAMOS foi o Artisan Handmade. Conseguimos um preço ótimo pelo Booking.com e foi uma surpresa maravilhosa. Hotel novinho, staff super atencioso, café da manhã bem gostoso com frutas, sucos, chás e dá para pedir sanduíches e ovos (esses não ficam expostos, mas é só pedir). Eles emprestam toalhas para ir para a praia também, a equipe é muito simpática e prestativa. Ah, e internet ótima rs. Os quartos são enormes e o nosso tinha até uma varandinha com banheira (ficamos no primeiro andar, apto 103 caso alguém queira igual). Cama gigante e gostosa.  Banheiro com produtos da L’Occitane e isso conta muito ponto na minha avaliação de hotel: os apetrechos de banheiro dizem muito sobre o local rs. Um porém, banheiro sem porta principal e apenas uma porta de vidro para o sanitário e chuveiro. Se tiver pouco tempo de namoro ou pouca intimidade com a pessoa com quem está viajando, talvez isso seja um problema. Ou então entre num acordo e peça para a pessoa esperar 5 minutos a mais no café hahahahaha.  Saindo do hotel, logo a direita, nosso restaurante preferido rs. Sei que tem vários por lá, mas esse ganhou nosso coração pelo preço e qualidade da comida. O Restaurant Ambasciata D’ Italia é de comida italiana (dãaaaaa) e os pratos custam cerca de US$ 10! Esse é PERFEITO! Peixe mediterrâneo (que não aparece no menu no site) mas era simplesmente maravilhoso. E uma boa massa recheada de camarões com molho de cogumelos, aspargos e tomate cereja! CADÊEEEE??? Quero mais! Teve um restaurante que eu estava LOUCA para ir mas não deu tempo… O Alux Restaurant! Foi dica de uma leitora (não me lembro quem, desculpe ) que falou de um restaurante bafo que ficava numa caverna com direito a cenote e tudo mais! Fica bem no centro de Playa mesmo e é bom fazer reserva. Já tenho mais uma desculpa para voltar para a Riviera Maya. Pelas lojinhas da 5ª Avenida é possível achar muitas coisas interessantes: souvenir típicamente mexicanos, caveirinhas (mais caras que em Chichen Itza, viu?) e coisas engraçadas como essas camisetas acima. Aliás, o que mais tem em Playa são despedidas de solteiras e vi váaaarios grupos de meninas com camisetas iguais, véus e muita azaração! Se quiser algo mais exclusivo, vá direto para uma loja que se chama Rosalia. A maioria das coisas se repete nas lojinhas de Playa mas na Rosalia você poderá encontrar blusas com bordados diferenciados, tapetes, toalhas de mesa e tudo vendido diretamente pelas artesãs indígenas da região. É como uma feirinha, e cada artesã expõe suas peças e você paga diretamente para elas. Algumas não aceitam cartão de crédito então é bom ir com dinheiro vivo. Nada é muito caro, comprei um cinto por cerca de 30 dólares, duas camisas com bordados por uns 2o dólares cada uma. Mas não se empolgue muito com as coisas, apesar da gente querer levar o México para casa, nem tudo é fácil de ser usado por aqui. Até hoje não usei as blusas :-/  Eis uma coisa que queria ter comprado e não trouxe e semi arrependi: um sombrero! Achei que seriam caríssimos mas nem era, tipo uns 16 dólares! Mas só fiquei pensando em como trazer no avião, onde guardar em casa e acabei desistindo.  A praia de Playa não me agradou muito. Tudo bem que é cheia de restaurantes e bares legais, muita musica eletrônica, mas também muita gente. Se for de turma, se esbalde. Se quiser sossego, que tal conhecer Maroma Beach? E disso que estou falando. Maroma Beach é considerada uma das 10 praias mais bonitas do mundo!   Maroma Beach fica pertinho de Playa del Carmen, coisa de 20 minutos de carro e tem váaarias coisas para fazer, apesar das fotos parecerem bem calmas. Ficamos num ponto da praia onde as pessoas vão relaxar mas logo na entrada está o Maroma Adventures. Lá você pode contratar um monte de atividades na água tais como snorkel, parasailing, mergulhos, nadar com golfinhos… Mas os preços são um pouco salgados então vá considerando gastar uns bons pesos caso queira emoção. Se preferir ficar de pernas pro ar, tomando sol e aproveitando a praia, o gasto é mínimo: 100 pesos por pessoa para entrar no paraíso (uns 7 dólares, a praia não é pública) o que te dá direito a espreguiçadeira ou cabaninha (eles não fornecem toalhas). Comida e bebida são bem baratinhas. Vale a pena passar o dia por lá! Ainda tem muito mais para falar de Playa… tem a CocoBongo, os Cenotes, o passeio para Cozumel e Tulum… mas isso é assunto para outros posts! Eu AMEI Playa del Carmen, mil vezes mais que Cancun! Se algum dia voltar para aqueles cantos, tenho toda a certeza que ficarei todos os dias em Playa!

  • O Novo BB Cream da La Roche Posay!

    Eu recebo MILHÕES de releases de assessorias por dia (exagerada, mas recebo muitos sim). Lançamentos de vários tipos: gastronomia, beleza, moda, viagens, casas noturnas, spas, de tudo mesmo. Obviamente não publico todos os releases aqui, na verdade, acho que nunca publiquei um na íntegra e geralmente posto as coisas mais interessantes no Facebook (já curtiu a página do Futilish lá né? www.facebook.com/futilish). Acontece que o seguinte produto causou TANTO no Face que resolvi mostrar por aqui também! E copiando totalmente o que a assessoria me mandou, afinal achei BAFO e tenho medo de perder alguma informação importante se passar para minhas palavras. Leia com calma, pega um cházinho, se ajeita na cadeira, que a info é BOA! ¨Os tão adorados BB’s ganham agora um adicional de peso no Brasil: Effaclar BB Blur, uma base em textura mousse ultraleve, com tecnologia dinâmica, elástica, flexível e de fácil aplicação, que uniformiza o tom da pele e controla a oleosidade por 9h. O produto, lançado pela La Roche-Posay, chega às prateleiras em meados de maio para incrementar a linha Effaclar, para peles oleosas. Effaclar BB Blur contém a tecnologia BLUR, uma das mais recentes tendências de maquiagem, que reflete a luz, trazendo um efeito óptico instantâneo que alisa e cobre as imperfeições. O efeito Blur funciona como um efeito “photoshop”, que transforma imediatamente a superfície e a tonalidade da pele.  A mais nova opção de maquiagem do mercado para quem sofre com oleosidade e brilho durante o dia. O produto contém tecnologia Airlicium em sua fórmula, que controla de forma inteligente a oleosidade e a umidade por 9h, e ainda possui com FPS 24.  “A linha Effaclar oferece opções para limpeza, tratamento e agora Effaclar BB BLUR: uniformizador com efeito óptico instantâneo, e controle inteligente da oleosidade por 9h. É o produto perfeito para a rotina de cuidados da pele oleosa”, diz Júlia Sève, diretora da La Roche-Posay no Brasil. Conheça as propriedades do Effaclar BB Blur: Tecnologia Blur – efeito óptico que dispersa a reflexão da luz, alisando visualmente poros e linhas finas. Pigmentos BB – disfarçam marcas e imperfeições. Uniformizam a tonalidade da pele com cobertura natural. Tecnologia Airlicium – Controle inteligente da oleosidade e da umidade por 9h com tecnologia que absorve o sebo em 10 vezes o seu peso e provoca evaporação da umidade. Textura mousse ultraleve, oil free,de fácil aplicação, elástica, flexível e não pegajosa, que se adapta à pele. FPS 24 Em teste exclusivo realizado com consumidores brasileiros: 92% afirmaram que a pele estava menos oleosa após a aplicação; 92% perceberam que os poros estavam menos visíveis após 2h; 96% afirmaram que a pele estava menos oleosa e brilhosa após 9h. 8 entre 10 voluntárias afirmaram que o produto tem “Cobertura com acabamento natural” e desperta “sensação de pele perfeita” Indicação: Para pele oleosa ou mista. Modo de usar: Uso diário. Aplicar após a limpeza da pele. Pode ser usado após a aplicação do Effaclar Duo [+] Preço sugerido: R$ 99,90¨ TUDO DE BOM NÉ? Tudo o que a gente mais deseja! E ó, fui na farmácia hoje (aqui em BH, na Araújo) e já tem para vender sim! Um pouco mais caro que o preço sugerido (estava R$ 109), mas já está nas prateleiras. E aí? Quem vai testar? Sei que a linha Effaclar da La Roche Posey é a queridinha de muita gente!

  • Com Vocês… Mi Casa, Su Casa!

    Já tem um tempo que eu queria uma coluna aqui no blog sobre arquitetura e decoração, afinal acho importante cuidar das nossas casinhas da mesma forma que cuidados do nosso corpo e aparência né? Só que meu gosto pra casa não é lá muito bom e confesso que nunca me preocupei muito com isso. Até pouco tempo atrás morava na casa dos meus pais, até que eles foram embora e fiquei sozinha, mas ainda na casa deles. No meu caso, não fui eu quem saiu de casa, foram eles hahahaha. Bom, mas como continuava sendo a casa de papi e mami, deixei tudo como estava: móveis antigos, os tapetes de sempre, os efeites que me acompanharam a vida toda… Bem casa de pai e mãe sabe? Onde a gente não mexe muito… Só que como já contei em algum post anterior, vou mudar de lar. Agora sim, algo meu e que será com minha cara. Um pouco tarde talvez, mas ainda em tempo. Nunca imaginei que construir e decorar uma casa desse tanto trabalho, principalmente quando não se entende NADA sobre o assunto e quando o gosto para isso é meio… duvidoso. Nos últimos meses tenho aprimorado esse gosto, já sei distinguir papel de parede rico e pobre, pisos que servem em banheiros e outros que não podem ser utilizados em áreas molhadas, já sei que temos que considerar friamente onde estarão as tomadas da casa e pensar em zilhões de detalhes que jamais pensei que existiam. Caramba, quanta coisa tenho a aprender sobre isso! Mas eu sozinha, pela minha falta de conhecimento, falaria muita besteira por aqui e por isso saí em busca de colaboradores para me ajudar, tanto nas informações sobre arquitetura e decoração para a vida e para meu futuro lar. Pedi pro Lelo me ajudar, um amigo muito especial e que tem excelente gosto. Ele cursou arquitetura por 4 anos e fez especialização em Design de Interiores simultaneamente, que ele diz ser a parte fashion da coisa. Ele vai nos ajudar aqui no blog com dicas e inspirações para nossos lares! O assunto de hoje é: TIPOS DE PISO! Com vocês, Lelo, nosso novo amigo que vai deixar nossas casas LINDAS! ¨Oi gente, se tudo deu certo, a Cony manteve o nome dessa coluna como “Mi casa, su casa”, porque, vejam bem: ela é chilena, eu moro na fronteira e trabalho muito no Paraguay, esse blog é brasileiro, então eu acho que o drink oficial pra acompanhar essa leitura, deve ser o cosmopolitan. Pode isso produção? Chegar embebedando as leitoras? Então é o seguinte, vamos falar de obra, por que casa cheia de amor, é igual relacionamento, precisa de construção. Eu não vou seguir uma sequencia muito lógica, mas ao longo do tempo, falaremos de todos os estágios de uma obra. Vamos começar com um assunto bem amplo: Pisos. Ele está em todo lugar, mas enquanto não precisamos escolher um revestimento de piso pra chamar de “meu” a gente não dá muita atenção. No máximo separa mentalmente os pisos como: feio e bonito. Claro que, existem pisos internos, externos, comerciais, residenciais… E eu pretendo sobreviver para falar deles todos aqui, mas, calma! Vamos começar pelos pisos pra usarmos nos nossos lares. Atualmente, opta-se por praticidade, então os pisos mais comuns são: Porcelanatos, Cerâmicos, Pisos laminados, pisos de pedra, de madeira, o caçula do laminado vinílico e, fazendo às vezes de Rubinho, o carpete. Agora vamos ter uma visão panorâmica de cada um. Coloca o capacete de obra e #vemkotio: Os porcelanatos são os queridinhos da vez. Pela imensa gama de acabamentos, padrões, tamanhos e preço$. Cerâmicos, estes são os primos menos tecnológicos e de baixa renda do porcelanato, são interessantes, em minha opinião, quando se tem um orçamento mais limitado.   Piso laminados, eles são quase… Tem cara de madeira, toque de madeira… Mas não tem cheiro de madeira, durabilidade de madeira.. Apesar de que tem pontos bons, como a fácil manutenção, rápida instalação e o preço convidativo. Pedra – existem opções excelentes, geralmente usadas nos jardins e áreas de lazer, essas texturas incríveis são negligenciadas. Além dos granitos, mármores, limestone, e da escravizada canjiquinha, temos uma série de materiais pra exibir pela casa, como a miracema. Madeira – meu bem, no preço que tá, transforou-se privilégio de alguns. não somente pelo investimento inicial, mas também pela mão de obra, que deve ser especializada, pela manutenção com cera semanal, os cuidados pra não riscar… Pelo menos ela é muito resistente e pode ser lixada até 4 vezes (considerando o emprego de réguas com 2 centímetros de espessura) reavivando a beleza e deixando tudo novinho. Laminado vinílico: não surta amiga. Não perca seu respeito por mim. Eu não tô falando daquele piso de hospital insolente. Alguma alma caridosa juntou a facilidade do uso do piso vinílico com o design moderno das réguas de laminados que imitam madeira.  Agora temos uma opção com 3 milímetros de espessura que nos dá a chance de, fazer de conta, que temos um piso de madeira. Carpete – tadinho! Tão odiado no brasil, ele é um cara legal. Especialmente se você tem um home theater ou uma academia em casa. Ao contrário do que as pessoas dizem, carpet não produz calor. Calor é energia, e se carpete produzisse energia, eu mesmo não teria a Itaipu aqui no quintal de casa. E os carpet modernos tem tratamento anti ácaros e bactérias, mas assim, acho que pra uso residencial, o carpet deve ser usado em menores proporções. Falaremos dele no futuro e vocês vão se assustar com os ensaios técnicos que eu tenho pra mostrar. Muita coisa né!? Mas ainda é a pontinha do iceberg. Devagar e sempre, iremos falando de maiores detalhes. E por hoje é só! #bença!¨ E o tanto que eu amei o alto astral do Lelo? É pra morrer de rir hahahaha. Quando falou de piso feio e bonito logo pensei ¨eu classificaria como piso rico e piso pobre¨. Acho que nos entenderemos bem! Se alguém tiver dúvidas, pode deixar nos comentários e se tiver sugestões de temas para esta coluna, também deixe sua ideia nos comentários, afinal… MI CASA SU CASA!

  • Dica da Leitora!

    DDL de feriado! Tá a toa? Programe suas comprinhas para o findi! Dica 01 – Glaucia Inverno chegando (ebaaaa) e a busca por botas aumenta! Amei essa dica da Glaucia, direto da Renner. R$ 199. Gostei da marronzinha! Dica 02 – Silvana A Sil, muito atenta e esperta, viu essa legging de couro na Forever 21 e logo lembrou do post ensinando os sinais de riqueza dessa peça: couro fosco e que vista bem. Na F21 de SP e por apenas R$ 49,90! Dica 03 – Nayme Outra SUPER dica de legging de couro fake!   Na Hering, por R$ 120! Ficou ÓTIMAAAA! Amei que entenderam bem como escolher uma bela legging de couro! E curti ainda mais que essa tem a cintura alta, para achatar a pancinha. Também quero. Dica 04 – Vanessa Com as próprias palavras, Van: ¨Oi Cony! Estou in love com estes achadinhos na C&A e Renner. Primeiro, esta jaqueta da C&A, de couro fake matelassê, que está um luxo. Muito bem feita, high quality, vestiu muito bem e custou R$ 199,00. Achei o preço bom pela beleza, riqueza e qualidade da jaqueta. Na Renner, achei este cinto de metal com elástico atrás, que é maravilhoso para usar com um vestido mais simples e dar aquela valorizada. Assim como você, sou dessas que compra o mesmo item em cores diferentes quando acha algo que vale a pena rsrs. Comprei em dourado e prateado, ambas as cores “envelhecidas”. R$ 39,00 cada.  As compras foram feitas em São Bernardo do Campo – SP, nos shoppings Metrópole (Renner) e São Bernardo Plaza (C&A). Aliás, essa C&A do shopping São Bernardo Plaza é uma das melhores que conheço (sim, acho que tem MUITA diferença entre uma loja C&A e outra, tem C&As  que não consigo gostar de nada e outras que fazem um estrago no meu cartão de crédito). Todas as peças de lá parecem que são escolhidas a dedo, enfim, é diferenciada, quem estiver por SBC, vale a pena conhecer. É isso! Adoro seu blog! Muito sucesso! Beijos¨ Linda a jaqueta! E super válida a dica da melhor C&A para quem mora em São Bernardo do Campo. Dica 05 – Ariela ADOOOOOOROOOOOO! Gente, serviço completo da Ariela que passou na Renner e fez a louca das listras! Essa é das minhas!!!! Disse que a Renner estava cheia de peças listradas, lembrou de mim e fotografou tudo pra mostrar pra gente! Gosta de listras que nem a gente mas não sabe onde comprar? Não SABIA! Corre pra Renner! Dica 06 – Juliana Mas genteeeee! Vocês estão afiadíssimas hein! A Ju achou esse slip on matelassado, também na Renner, por R$ 119. Digno e fofo! Dica 07 – Camilla ¨Oi, Cony! Fui hoje na Riachuelo aqui em Salvador atrás de uma calça flare seguindo suas dicas e ó, elas estavam maravilhosas mesmo e vestiam bem, mas a que roubou meu coração só dava pra usar com salto e eu não uso muito salto no dia a dia. Uma pena. Em compensação, encontrei essa mini bag fofinha, com uma cor bonita (ela é um pouquinho mais escura na real life) e com desconto: de R$ 59,90 por R$ 39,90. Pra entrar na tendência sem ter que vender um dos rins, kkkkkk. Ah, importante: a alça não é super curta nem muito longa. Um beijo, Camilla¨ Fofa e baratinha! Só não uso porque sou grande e acho que a mini bag iria sumir em mim rs. Meninas, amei as dicas deste DDL! Sinto que a cada vez, o gosto fica mais apurado e as dicas melhores. Sinal que estamos fazendo um bom trabalho hein? Hoje não vou reclamar das poucas dicas, muito pelo contrário, recebi um MONTE de emails legais. Tanto que terei que dividir este DDL em duas partes, então o próximo não demorará muito (posto domingo ou segunda feira). Beijos e bom feriado!

  • O Melhor e o Pior de… I LOVE Paraisópolis!

    Ontem teve festéeeeenha de globais em SP para o lançamento da mais nova novela, I Love Paraisópolis, que tem como protagonistas Tatá Werneck, Bruna Marquezine, Caio Castro e Maria Casadeval. A festa foi animada e os modelitos estiveram ou muito bons ou… muito ruins! Já vou começar com a mais linda da noite, Lucy Ramos! E sem puxar a sardinha pro meu lado, ela é nossa nova colega de trabalho no Fhits! Linda de Leticia Bronstein! Thaina Duarte também estava belíssima em um macacão preto, que na minha opinião, é uma peça que fica chique até na mais refinada das festas. Teve little black dress tomara que caia e de couro. Os dois ok, mas sinto que faltou alguma coisa em ambos looks. Apesar de amar scarpin, eu escolheria outro tipo de sapato para a produção da Carolina. Espero que as pernas de Françoise sejam bem brancas e isso não seja uma meia calça. Look bom, apenas prenderia o cabelo. Letícia Spiller, sendo Letícia. Ela passa uma naturalidade incrível né? Gosto disso. As que ostentam. Tata Werneck num Gucci que não curti AT ALL. O modelo original é bem mais chique, com a saia até os joelhos mas Tata deu uma bela encurtada. Pirigou geral, mas como li por aí, talvez esteja vestida da sua personagem na novela. Já Bruna, de Dolce & Gabbana, estava bonita e apropriada. Sem mais. Ou a meia calça branca tá na moda ou o flash foi cruel com essa moças! Maria Casadevall sendo Maria Casadevall e invejei profundamente sabe por qual motivo? Errou quem pensou Caio Castro! Ela chegou de Fusquinha na festa! Gente, meu SONHO é ter um fusca e causar cidade afora! Ainda terei um pra chamar de meu. E de banco de couro claro e calota bolinha. Carolina Abras sendo gente como a gente e usando colar do eBay. Achei que Lesliana errou. Fosse um Oscar da vida, ok, mas para lançamento de uma novela o look estava meio exagerado não? E Amanda do Big Brother quase simples demais. Não sei… eu usaria esse vestido para uma babadinha de fim de tarde na praia ou passeio de domingo. Eu achei os looks bem equilibrados para o que era o evento e ocasião! Palmas para quem foi fiel ao seu estilo (farei post sobre isso em breve), sei o quanto é difícil no meio de tanta informação tentar se manter imparcial e fiel à sua personalidade. A mais linda: Lucy Ramos, sem dúvida. E vocês, o que acharam dos looks?

  • Hoje É Dia de Cortar Cabelo!

    Sabe aquelas que quando vão cortar o cabelo pedem pra amiga segurar a mão? Pois é… quem vai segurar minha mão hoje? E não, não é long bob nem nada radical mas vocês sabem o apego que tenho com meu cabelo! Há tempos ele já não é 100% como antes… forte, saudável, brilhoso. Um série de acontecimento enfraqueceram bastante meus fios: luzes (não tem jeito, por mais cuidado que se tenha, o cabelo fica detonado), o uso irresponsável do Miracurl (sim, eu tenho boa parte de culpa no meu estrago capilar), e claro, falta de corte. Gastei uma nota preta com produtos para reconstruir o cabelo e estava conseguindo, estava mais forte e com melhor aparência (inclusive preciso contar sobre um kit da Natura!). Tem muito tempo que não corto direito, quase sempre só as pontinhas mas agora não tem mais jeito. Tive uma ajudinha extra no estrago que estava quase resolvido: esses dias precisei fazer uma escova e saí procurando salão pelas redondezas da casa do meu namorado. Achei um bem bacana, uma casa grande, numa esquina, tudo pra dar certo. Entrei e pedi um escova modelada que para minha surpresa a moça não sabia do que se tratava. Apareceu um rapaz que disse que sabia fazer e beleza, fui pras mãos dele. Se tem uma coisa que ODEIO é quando lavam meu cabelo, tiram o excesso de água com toalha e já partem pra escova, com os fios molhados ainda. E lá fizeram assim mas como sou retardada, fiquei com vergonha de pedir pra dar uma secada no cabelo antes e desembaraçar com pente (desembaraçar com escova comum é assassinato!). Na verdade já estava me achando uma chata por pedir um tipo de escova que não conheciam e ainda ter que confirmar com o rapaz se era da forma que eu queria (¨aquela que você vai torcendo a escova…¨). Não quis fazer mais uma ¨exigência¨ e pensei: como o salão é bacanudo, o serviço deve ser bom e vai ficar legal. Confiei. Fizeram a escova no cabelo molhado e o resultado aparentemente estava ok. Não ficou modelada como eu queria (gente, é tão raro assim achar quem saiba fazer uma?), mas estava com um pouco de movimento como gosto, apesar das poucas ondas. Ao pagar (e não foi barato), passei a mão na franja e senti algo diferente. Não estava com tempo para analisar, pois já estava atrasada para um almoço/reunião. Fui para meu compromisso e quando pude, conferi a escova… Gente, TODAS AS PONTAS ESTURRICADAS! O mesmo que o Miracurl fez no meu cabelo aquela vez, na verdade acho que até pior! Começou um mini desespero e como eu tinha dermatologista depois dessa reunião, mostrei pra ele na esperança de descobrir algum creme, sei lá! Ele me falou para correr no cabeleireiro dele, num salão top de BH que saberiam me dizer melhor o que fazer. Ele mesmo ligou para o salão e pediu para me atender no mesmo dia. Fui lá e o veredicto foi cruel: vai ter que cortar. Não vai adiantar hidratar, pois o cabelo ficaria suave mas o dano continuaria lá. Pintar, jamais. Pedi para não tirar muito do comprimento e me falaram para não me preocupar, que seria um corte em camadas o que até ficaria bem melhor para mim, já que gosto de cabelo com movimento e atualmente meu fio é reto, apenas um desfiado na frente. Tive que ouvir que estava com um corte de ¨madalena arrependida¨ hahaha. Ok então. Me deixe Gisele! Vou daqui a pouco. Confesso que tenho medo de entregar o cabelo na mão de quem não conheço mas ao mesmo tempo estou empolgada em fazer um corte novo depois de tanto tempo e tantas aventuras capilares. Continuará comprido (espero) mas com melhor aparência (o que mais espero rs). Enquanto isso, minhas inspirações! E sobre a escova maldita que esturricou as pontas do meu cabelo, eu voltei no salão, perdi a vergonha e reclamei. Vieram 3 pessoas e todas que pegavam para ver o estrago, soltavam um: hummmmmmmm. Não teve uma pessoa que disse que ¨estava ok, que era assim mesmo¨, todos concordaram com minha queixa. A gerente me ofereceu um tratamento de reconstrução (aquele CPR) e já fiz uma sessão por desencargo, pois sei que não irá recuperar. Meu cabelo ficou muito sensível depois das luzes e para piorar, usaram secador muito quente e escova de metal. Além claro, de terem feito isso no cabelo molhado. Fica o alerta para quando forem fazer escova: peçam para secar um pouco antes com secador!

  • Quer Uma Caixinha Recheada??

    A Glambox de abril veio no meu número! Vocês leram o post que falei do meu mico da perna ressecada né? Então, quando recebi e abri a Glambox PatBO dei de cara com um sabonete Dove que é especialmente para peles secas como a minha, mas também servem para peles delicadas. Vou falar de todos os produto, mas antes deixa eu perguntar: vocês sabem o que é a Glambox? A Glambox é um serviço que toda mulher vai amar. É assim, você entra no site, cadastra e assina para receber todos os meses entre 5 a 7 produtos de beleza (miniaturas, full sizes e amostrinhas). E é MUITO legal! Imagina receber uma caixa recheada de coisas que a gente ama e tudo surpresa? É tipo presente acertado! Na edição PatBO (que foi apresentada na SPFW) vieram os seguintes produtos: 1 – Dove | Cleansing Bar Barra de Limpeza: Como eu já contei lá em cima, esse sabonete é ótimo porque ele limpa sem tirar a proteção natural da sua pele. Ele foi formulado especialmente com lipídios naturais da pele que promovem uma limpeza super leve e hidratante, por isso que remove suavemente a sujeira e o óleo sem danificar peles delicadas. E ainda é hipoalergênico, sem fragrância, livre de sulfatos e parabenos. Quem já usou sabonete Dove sabe o quanto são deliciosos né? 2 – Ideal Cosméticos | Lenço Removedor de Esmalte: para quem não aguenta ficar com as unhas descasadas veio um produto MARAVI! Esse lencinho vem em sachês com cinco unidades, perfeito para deixar na nécessaire e em outros lugares (na gaveta do trabalho, em casa, no carro etc), sair espalhando por aí mesmo. Além de tirar o esmalte rapidinho, tem um cheirinho bom e hidrata deixando as unhas com um aspecto saudável. Também veio em boa hora, ultimamente nem tempo para tirar o esmalte descascado tenho! Agora vou tirar quando o trânsito estiver parado rs. 3 – Elseve | Shampoo e Condicionador Arginina Resist X3 Restituição de Massa: Essas amostras de shampoo e condicionador são super potentes! Diz assim: a Arginina Restituição de Massa foi desenvolvida para reforçar os cabelos finos desde a raiz, encorpando os fios na medida certa e favorecendo uma restituição de massa no comprimento dos fios. Ok, se restitui massa eu aceito rs. 4 – Vita Seiva | Luvas de Silicone Proteina da Soja: Esse hidratante para mãos deixa uma camada invisível que protege a pele do ressecamento causado pela ação de agentes externos e é super sequinho. Se a perna tá seca, imagina a mão. Muito bem vindo também. 5- Regenerate | Enamel Science™ Advanced Toothpaste: Nome difícil para essa pasta de dente que promete regenerar o esmalte, recuperar sua composição mineral com o uso regular, proteger contra cáries e ainda por cima deixar uma sensação de frescor da menta. E garante que no primeiro uso já começa a fazer efeito! Me lembrou muito uma gringa que eu usei por muito tempo mas depois deixou de compensar… será nossa alternativa ¨dental¨? Tomara! 6 – Impala | Esmalte na cor: Lançamento! O meu veio nessa cor que chama “Em off” e adorei a cor e o nome (um sonho: ficar em off rs)! Soube que algumas meninas reclamaram porque não receberam o esmalte Revlon (que algumas assinantes receberam) mas não podemos esquecer que a Glambox é para testar então é bobagem se preocupar com isso. Os dois são ótimos! 7 – Bio Oil: Tá aí uma coisa que todo mundo deveria ter em casa: Bio Oil! É bom para tudo e tem um cheirinho beeeeem gostoso. Tenho um no quarto, um no banheiro e esse vou levar pra casa do namorado. E TEM PROMOÇÃO PRAS LEITORAS DO FUFU!!!! Se assinar a Glambox e usar o meu cupom para receber a primeira edição, o valor fica em apenas R$34,90! Baratex, até porque a partir do mês que vem a assinatura mensal vai custar R$68. O dobro. Pensem nisso. Para assinar com o meu desconto, é só clicar AQUI e colocar o cupom de desconto “Futilish” antes de efetuar o pagamento – o desconto vai aparecer automaticamente lá no site.

  • Todas Querem: Tênis Branco!

    Me rendi completamente ao tênis branco. Se antes eu achava estranho, ou apenas usava quando a saída era 1000% informal, já não penso assim! De tanto ver inspirações em Street Style gringo e ficar babando nas produções pra lá de confortáveis e estilosas, já consumi meu tchênis branquinho by Zara e agora já quero mais um, que vou mostrar no final do post. Como de costume, primeiramente observemos. Dicas: Manter o tênis sempre limpinho! O maior charme dele é justamente ser bem branco. Dê preferência para o calçado de couro liso, já que tecido (ou lona, nylon, camurça) tendem a se sujar com maior facilidade. O modelo deve ser bem street, ponta arredondada e com meia invisível, aquela bem pitica que nem aparece. Tem gente que não se importa com a meia aparecendo, mas eu particularmente não curto, acho que fica colegial demais e às vezes até… pobrinho. Se o tênis for bem confortável e não machucar em nada, use sem meia mesmo. Eu faço quase sempre assim! Com que tipo de roupa usar? TUDO! Mas tudo mesmo! Ops, vestido de festa não, até segunda ordem. Mas vai de alfaiataria até jeans rasgando. De mini saia a vestidão esvoaçante! Só vai depender do seu grau fashion para usar e abusar do white sneaker. O meu tênis é o último da montagem. Comprei na Zara de BH e paguei uns 120 reais, há um mes e meio mais ou menos. Mas sinto informar que nunca mais vi para vender (na Zara de BH… nas outras não sei.) E agora cismei com este outro! Nike Air Force. Nem é tão caro, custa uns 350 reais (e 90 obamas na gringa) mas é difícil de achar! Pelo menos eu não tenho dado muita sorte… Dizem por aí que é o modelo da Nike mais vendido do mundo em trocentos anos. Nem acho tão feminino assim (eu adoro uma delicadeza no pé) mas esse modelo é bem bacana e  algo vintage, não acham? Essa é minha dica de tênis branco ideal para acompanhar esta trend que por mim, ficaria para sempre. Já acostumei oszoio então agora é só bater perna super estilosa por aí! Alguém tem mais dicas bacanas de modelos de tênis branco?

  • E a Pele Ressecada?

    Esses dias passei uma vergoooooonha!! Na verdade isso já tinha acontecido comigo outras vezes, mas nunca de forma que tão constrangedora. Deixa contar… Vocês sabem que durante as semanas de moda de SP, o Fhits monta um QG no hotel Unique onde acontecem várias coisas certo? Uma das coisas mais aguardadas são as mesas redondas, onde acontece um bate papo entre famosos e blogueiras, que ficam sentadas bonitinhas num sofá grandão em frente ao convidado, Alice e câmeras (tudo é filmado). Beleza. No dia do Fábio Jr lá estava eu sentadinha, esperando começar a conversa quando olho para minha perna e quase tive um treco. Ela estava COMPLETAMENTE RESSECADA! Branca, ruça como dizem por aí, coisa mais feia! Como a gente fica o dia inteiro no ar condicionado, a pele sofre muito! Até quem estava ao meu lado reparou e como não dava tempo de sair correndo procurar um hidratante, tivemos a idéia de passar água discretamente nas pernas. Ali, sentada mesmo, peguei minha garrafinha de água e comecei a passar. Deu para amenizar o problema, mas convenhamos que nem de perto é o recomendável. E isso que eu tinha passado hidratante de manhã hein! Daí que para minha alegria recebi um produto que TESTEI, aprovei e nunca mais viajarei sem ele. O Hydraporin da Mantecorp é uma loção hidratante que promete hidratação intensa por 24 horas! O efeito é na hora e a pele fica beeeem macia. Para esta época é perfeito, já que o frio está começando e o cuidado com a pele seca aumenta. E pra mim ainda mais, pois voltei bronzeada do México (o que já resseca bastante a pele), fico muito em ar condicionado e agora com o frio então, minhas pernas e braços ficam horrorosos. E como fiz o teste? Passei o creme depois do meu banho noturno (que é com água bem quente, mais um fator para aumentar o ressecamento da pele) e ao acordar a pele estava ótima, pronta para usar saia. O Hydraporin tem textura leve, absorção rápida e rende bastante. Cuidado com a quantidade ao aplicar, a gente acha que não vai render e exagera! Um pouco do produto já faz perfeitamente seu trabalho. E não tem cheiro, portanto não interfere em nada com o perfume! Isso da hidratação durar por até 24 horas é maravilhoso, afinal a gente passa creme uma vez por dia e não dá para ficar reaplicando o tempo todo né? Amei e espero nunca mais passar por situações constrangedoras como aconteceu no SPFW!

  • Fala Que Eu Te Escuto – Casamento no Inverno!

    A Simone me mandou um email com uma dúvida que sempre aparece nesta época do ano: casamento no inverno, o que usar? E para piorar a situação da Simone, o casamento que ela foi convidada é em Porto Alegre e em Julho!!! Vou tentar te ajudar Si… ¨Cony!!! Boa noite! Vou lhe poupar do acompanho seu blog…..só digo que cheguei até você procurando dicas para o Chile, lá em 2011. Resolvi lhe escrever pois a questão é (quase) de vida ou morte: Como não morrer de frio em um casamento que será realizado em Porto Alegre em meados de Julho? Sou uma mineira que já morou em Porto Alegre, que agora mora em Aracaju e sabe o quanto o frio nessa época pode ser cruel. Eu já tinha vestido certo já que inicialmente o casamento seria em dezembro de 2014. A mãe do noivo faleceu e acharam melhor adiar a celebração. O casamento será realizado às 20:00 com direito ao combo Igreja + Festa. Não consigo pensar em roupas que fiquem ao mesmo tempo elegantes e quentes o suficiente. Uma amiga de lá disse que me emprestaria algum casaco para sobrepor o vestido…mas que vestido?! Que sapato?¨ Simone, o que mais me preocupa é o casaco mas se uma amiga te emprestar já é meio caminho andado! Pense que você irá passar frio ao entrar na igreja, ao sair e chegar na festa, então o casaco é o item mais importante desse look! Claro que o restante terá que harmonizar com a temperatura, obviamente você não irá de floral esvoaçaste com alcinha e decote. O vestido tem que ser um pouco mais quentinho né? Eu sou o tipo de pessoa que prefere uma roupa lisa e incrementar nos acessórios do que escolher algo muito chamativo e correr o risco de ficar exagerado. Percebi nas últimas semanas de moda que a moda festa está voltando a ser um pouco minimalista e deixando os bordados e tules de lado! Pensando nisso, escolhi 4 roupas mais básicas, mais fáceis de encontrar (ou mandar fazer) e dei atenção especial aos incrementos. Na montagem acima, o tradicional vestido preto ganha muito glamour com um brinco mais sofisticado, tipo jóia mesmo. Nos pés, sandália moderna, um bolsa com brilhos para dar o ar de festa e um casaco de pele (falsa tá?). Não se preocupe muito com o glamour do casaco, você vai usar ele pouco! AMEI esse vestido roxo! Usaria esse look sem pensar 1/2 vez! Novamente, um mega brinco e casaquinho peludo. Nos pés sandália dourada. Eu não gosto de vestido longo com scarpin. Aconselho sandália mesmo ou peep toe. Este look pode gerar polêmica mas pensemos globalmente e não em cada peça: o vestido é liso, a sandália quase não vai aparecer, o brinco pode até brigar com o casaco mas será uma briga rápida, já que o casaco não fará parte do look, oficialmente. A clutch rica fica mais rica ainda com uma produção monocromática. É ousado, mas acho que funcionaria lindamente. E por último, um dos meu looks preferidos! Achei TÃO adequado! Vestido curto de manga longa, tecido encorpado, casacão preto facinho de achar (ou pegar emprestado), ousaria no brinco, usaria uma clutch modernosa e um scarpin preto. E meia calça! E aí Simone? Deu para esclarecer um pouquinho sua dúvida?

  • Dica da Leitora Trip – Curaçao!!

    Sou LOUCA para conhecer esse lugar! Depois que fui para Aruba e vi o mar caribenho pela primeira vez, me apaixonei. Agora só quero Caribe em minha vida rsrs. A dica de hoje é da Rafaela. ¨Oi Cony! Antes de dar a dica, queria dizer que AMO o Fufu! Sou leitora há anos e indico pra todo mundo! Ahh, amei essa tag de viagens! Pretendo participar muito dividindo minhas experiências por aqui Então, minha dica (ou guia, de tão grande rs) de viagem vai pra quem ama praia, sol e paisagens incríveis! Fui em maio de 2014  com meu namorado para Curaçao, um destino do caribe até então pouco procurado por brasileiros. A ilha é a maior das Antilhas Holandesas, fica logo ali em cima da Venezuela e é um destino perfeito para uma viagem romântica (vi muitos casais em lua de mel por lá!) Para chegar: tem como ir do Brasil até a Venezuela e de lá pegar um pequeno avião e chegar até a ilha. Mas a Copa faz vôos (baratos) pra lá com conexão no Panamá – que é ótimo para quem também quer fazer umas comprinhas. Acabei escolhendo a segunda opção e valeu muito a pena pela comprinhas! Rs Moeda: a moeda local é o florim, mas a ilha inteeeira aceita dólar americano! Clima: sol o dia inteiro mas venta bastante, o que é ótimo porque não fica aquele calorão abafado! Um guia local me contou que a menor temperatura registrada na ilha foi 23°C! Daí vocês tiram como é o clima do lugar… Rs  O que fazer: As praias são as maiores atrações da ilha. Não deixe de conhecer as praias Kenepa Grandi, Kenepa Chiki, Jan Thiel (a mais badaladinha), Port Marie e Cas Abao. Nas 3 últimas você paga pra entrar, mas é super baratinho, cerca de 3 dólares e você tem direito a usar as cadeiras e toalhas. De balada tem a Mambo Beach e a Wet’n’Wild. Ambas são baladinhas que começam “despretensiosamente” na praia e se estendem até a madrugada. Elas ficam na beira da praia e uma ao lado da outra (a primeira toca música latina e a segunda toca pop, hip hop e house), você não paga para entrar (apenas o que consumir) e fica com o pé na areia mesmo. Então nada de salto ou sapatilha! Outro passeio imperdível é conhecer o centrinho com as lojas coloridas (Punta e Otrabanda). Lá eles tem um costume de ter todas as casas bem coloridas numa mesma rua. Nesse centrinho você vai ver muitas lojas bacanas, barzinhos e cafés, além de navios que param por ali e uma ponte flutuante para pedestres atravessarem de um lado a outro. Onde ficar: Existem várias opções de hospedagem. Pela praticidade, optei por um resort all inclusive (só existe um all inclusive em Curaçao) chamado Sunscape Hotel. Recomendo a todos! Quartos grandes, comida bem gostosa, drinks deliciosos, equipamento de snorkeling, prancha de SUP e caiaques já inclusos na diária. Só os serviços de spa, cassino, mergulho profissional e wi-fi que não estão inclusos. Mas as coisas são baratas e só de ter a alimentação inclusa já faz valer muito a pena! $$$: Com passagens, hospedagem para 8 noites e taxas (embarque/emissão), pagamos R$3.680 por pessoa. Isso mesmo, em REAIS! Seguem algumas fotos para vocês sentirem o que é esse lugar…  Espero que suas leitoras gostem da dica, Cony! Se elas tiverem alguma dúvida é só comentar que eu respondo embaixo Beijo!¨ Ah, como eu queria estar num lugar desses agora viu? Acho que todo ser humano deveria ir pelo menos uma vez por ano para um paraíso desses! Amei sua dica de viagem Rafaela, e quem tiver mais informações sobre Curaçao e quiser complementar o post, é só deixar seu comentário!

  • Incrementando a Bolsa

    Há tempos que as bolsas das fashionistas ganharam acessórios: ou um lenço amarrado na alça, ou forrando a alça, um chaveiro de penduricalhos (LV ama) e agora a nova onda é pendurar um pompom. Em TODA semana de moda, tinha alguém usado essa bolinha de pelos na bolsa. Até então achei ¨bonitinho¨, quase infantil e confesso que prefiro a bolsa sem nada (até o lenço já tentei mas acho que não orna comigo. Acredito que tem que ser muito rycah e forrar uma Birkin com um lenço Hermes para fazer um bom efeito. Cisma minha). Dei uma pesquisada para saber que raios de pompom era esse e me deparei com a Fendi! Foi graças ao desfile de Primavera de 2015 da Fendi que os pompons ganharam força. Força e forma, já que a grife criou mini mosntrinhos peludos para enfeitar as bags de mulheres fashion e antenadas. Cerca de 600 dólares cada um e para tristeza geral da nação e ódio do PETA, de pelo de verdade (coelho, raposa ou vison).  Outra surpresa, eu, na minha singela ignorância achava que Karl Lagerfeld se resumia a Chanel. Não, ele também é diretor criativo da Fendi! Em que mundo eu estava? Ele está lá SÓ desde 1965. Ok, informação adicionada, ainda que tardia, Karl lançou o Karlito, um charm para bolsas que é um mini ele. Fez de brincadeira (ele se ama, isso é fato) e rendeu uma baita fila de espera apesar do salgado preço de US$ 1.700. E dizem que o mundo está em crise.  Info adicional: a Fendi é um dos desfiles mais odiados pelo PETA, já que a grife usa e abusa do uso de pele verdadeira em seus shows. Não é a toa que grande parte dos protestos acontecem na semana de moda de Milão. Quem vai toma o cuidado (e tem o bom senso) de não ir usando peles, já que pode tomar um banho de leite e sangue. Continuo preferindo minha bolsa pelada ou com um chaveirinho tipo os da LV. E vocês?

  • Tem Jeito?

    Dúvida interessante da Luiza e que me deu enorme vontade de usar um lazer bordado que tenho! ¨Oi Cony! Adoro o Fufu , principalmente o Tem Jeito! Pode me ajudar? Comprei esse casaqueto lynnnndo em uma viagem fora. Paixão a primeira vista. Mas não sei como usar, por ser uma peça bem chamativa, acabo pensando em usá-lo só com um pretinho básico, e com calça? Com cor? Obrigada! Luiza – Florianópolis¨ É bem o tipo de peça que eu pararia para ficar admirando, olhando os detalhes, analisando por todos os ângulos. Ele assim, sozinho, tem um quê vintage que pode ser muito bom, ou muito ruim dependendo de seu estilo. Eu preferiria usar esse casaquinho de uma maneira mais moderna e ele tem potencial para isso PORÉM, a produção fica realmente mais restrita pela quantidade de informação que o casaco tem. Pensa comigo: ele vai cobrir metade do seu corpo, o que já é bastante coisa, então, pela nossa regrinha suprema do menos é mais, o restante do look deverá ser básico e neutro! Claro que uma pessoa fashionista poderia muito bem usar o casaco com uma saia de plumas por exemplo, mas fora de uma fashion week, isso fica mais difícil. Falemos de realidade. Camiseta branca e jeans. SEMPRE! No seu caso, como o casaquinho é mais fino, para não dar volume seria melhor usar uma regata branca, voltinha. Vai ficar LINDO! Outro clássico dos clássicos, blusa branca e calça preta. Pensa numa legging de couro, regatona branca cobrindo o bum bum e o casaco jogado nas costas! FINA! E claro, num look total preto.  Com saia também pode e olha que Olivia Palermo usou com usa saia (ou short) também chamativa. Mas o ponto comum de TODAS as fotos, é a neutralidade da ¨base¨ da produção! Se ainda assim estiver receosa de usar o casaquinho, ele pode virar um colete bem lindo. Mas fico com dó, aconselho tentar as opções anteriores! Super Tem Jeito! E se ainda assim não quiser usar, eu aceito de presente rsrsrs

  • Tá Frio Ou Tá Calor?

    Já contei por aí que meu mês preferido é maio né? Começa o friozinho, tudo fica mais gostoso, aconchegante e eu sou FÃ de frio! E as temperaturas mais baixas já começaram a aparecer, delíiiicia! Mas enquanto o frio não vem de verdade (e tomara que venha, porque teve uns anos aí pra trás que o inverno deu um olé na gente e passou direto né) a gente fica sem saber o que vestir para sair. Será que vai esfriar? Tá muito quente agora na rua? E todo mundo fica doido checando a previsão do tempo no celular. Então vale seguir os conselhos de mami e sempre levar um casaquinho! Look que usei no domingo, para almoçar com a família: camiseta e tricô Hering (na nova coleção tem várias cores e modelos lindos, bem modernos e com toque maciiiio), saia Siberian, bolsa Vince Camuto (cismei com ela rs) e tênis Zara. Bem confortável e pronto para o frio e para o calor!

  • TEM QUE TER: Scarpin de Oncinha

    Não adianta me olhar torto, pensar ¨Constanza ficou doida¨, ou qualquer tipo de obstáculo para esse sapato tão lindo e necessário. Sim, necessário. Onça rica e necessária. Deixa eu explicar: sapato é um item MUITO importante no vestuário. Você pode estar toda linda, arrumada, maquiada, penteada, vestido caro mas se colocar um sapato chinfrim, muito velhinho ou fora do contexto, já era sua produção toda. O sapato arremata. Aprendi que a gente tem que se preocupar com dois pontos antes de mais nada: cabelo e pé. Cabelo onde começa seu corpo e pé onde acaba. Os dois tem que estar apresentáveis, no meio do corpo, a gente dá um jeito, mas o princípio e o fim tem que estar perfeitos. E o scarpin de oncinha é aquela peça chave que vai incrementar seu jeans e camiseta, seu vestidinho preto básico (aquele comprado na fast fashion na promoção) e que vai te permitir um mix de estampas mais tranquilo, usando por exemplo, com uma camiseta listrada. Se a onça for bem escolhida, vai arrancar olhares e pensamentos tipo ¨olha que ousada, usando um sapato de onça… e não é que tá bonito?¨. Eu não tenho preconceito NENHUM com estampa de bicho, adoro, acho super válido, porém em doses moderadas e na estampa certa. Foi-se a época que era coisa de perua, hoje é coisa de gente que sabe se vestir! Em looks total black… Com jeans… (esse primeiro, da bolsa vermelha, está PERFEITO) E Palerminha tirando TODO o proveito de seus scarpins de oncinha! Já quer sair correndo para comprar um né? Calma, não se desespere. Um scarpin de onça que atenda a todos os requisitos de beleza e riqueza não é tão simples assim de encontrar.    A Arezzo que me perdoe, mas que onça é essa? Gostei muito do Margot (a venda no OQVestir), o da Carmen Steffens está LINDO (já vi ao vivo e a onça é bem rica, repararam que ele está numa foto acima?) e também gostei do modelo da Schutz, que apesar de não ter pelinhos, curti o desenho do sapato. Infelizmente parece que esse já saiu de linha… Pelo menos no site não tem mais. Mas o mais TOP TOP TOP do universo é o Louboutin. Perfeito em todos os ângulos! Só o preço que não é muito perfeito hahaha. E eu não tenho um acreditam?? Na verdade tenho um de salto baixinho mas que não gosto e um que só tem onça no calcanhar. Ainda a procura do scarpin de onça perfeito.

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    E agora em diferentes versões! Bom para dar uma variada né? Vamos começar com o email da Márcia? “Olá, Cony! (… tirei algumas partes do email) Eu casei muito novinha. Porque quis mesmo. Fiquei casada cinco anos. Mas chegou um momento que aquela vida pacata estava me matando! Acordei e pensei “Que raios estou fazendo da minha vida???”- Me separei. rs Mas, assim como casei novinha demais, me separei novinha demais também. Não tinha condições de me manter sem ajuda e acabei voltando para a casa dos meus pais. Ok, confesso que sou um tanto mimada pela minha família, o que possibilitou que eu voltasse. Acontece que hoje já estou com 33 anos, prestes a completar os 34. Minha condição financeira melhorou, me sinto profissionalmente estabilizada, claro que tenho objetivos a alcançar ainda, mas estou bem mais estabilizada profissionalmente. Aos 33 anos, não me sinto mais nem um pouco à vontade na casa dos meus pais e resolvi morar sozinha. Estou organizando as coisas para ir para meu apartamento no segundo semestre. Pronto! Isso já está mais que resolvido. rs Acontece que, como mulher, tenho alguns medos.  Busquei em sites e em blogs mulheres que compartilhassem sua experiência em morar sozinhas, pois eu acho que existe uma certa diferença entre um homem morando sozinho e uma mulher. Quando vejo posts sobre o assunto, as preocupações sempre são: Quem vai limpar a casa, quem vai cuidar da roupa, quem vai fazer a comida, quem vai cuidar das despesas. Minha preocupação é outra, até porque fui casada e já fiz tudo isso. rs Minha preocupação é com relação à segurança. Me preocupa o fato de eu ser uma mulher e estar sozinha em um apartamento, chegando sozinha à noite, essas coisas. Ninguém nunca fala nesse aspecto. Então, isso tem me deixado insegura. Amedrontada, na verdade. rsGostaria saber de você e de suas leitoras, se vocês têm experiências desse tipo e se podem me ajudar com dicas ou experiências com relação à segurança, pois mulher sempre é mais frágil neste assunto. =/ Um grande abraço” Muito boa sua dúvida Márcia! Eu vou contar o que eu geralmente faço, já que moro praticamente sozinha, às vezes conto com a visita de algum familiar, mas a maior parte do tempo, sou só eu mesma. Acho que a parte mais perigosa é voltar pra casa a noite. Se estou de carro, olho BEM o movimento, vejo se tem alguém estranho por perto. Se tiver, não paro o carro. Dou voltas no quarteirão até me sentir segura. Tento abrir o portão da garagem assim que avisto ele e não tem ninguém estranho por perto. E assim que o carro passa, fecho o portão. Claro que estou falando de portão automático, acho que nem cogito a possibilidade de descer do carro para abrir a garagem! Se no seu prédio não tiver isso, considere morar em outro lugar. Sério. Já se alguém estiver te levando em casa, peça para esperar até você entrar. Cortinas fechadas, os vizinhos podem ver sua rotina e saber que mora sozinha. Nunca conte que mora 100% sozinha, diga sempre que tem um amigo, irmão, ou qualquer pessoa em casa. Eu não atendo telefone fixo à noite. Pode ser cisma minha, mas se for alguém conhecido ou urgente, vai me ligar no celular. Deixe sempre uma cópia da chave com alguém de confiança: você pode esquecer uma janela aberta, algo no forno, perder a sua chave, passar mal a noite e ter que pedir ajuda, enfim, sempre é bom que alguém confiável tenha acesso à sua casa. Não dê o endereço da sua casa para estranhos. Use uma caixa postal ou dê o endereço de algum parente. Não poste seu dia a dia em redes sociais (nossa, faço tudo o que não deve ser feito rs), não conte que vai viajar, não fale que está fora de casa, se o fizer, deixe claro que tem alguém em casa. Trancas com segurança, olho mágico, alarme, tudo é válido. Se estiver cismada, não abra a porta em horários que considerar tarde ou quando não estiver esperando alguém. Pediu pizza? Pegue na portaria. Não deixe o motoboy subir. E pode parecer loucura, mas eu dormia com um taco de beisebol ao lado da cama rsrs. Quando mudei ele sumiu, mas era uma ótima arma. Ah, e outra loucura minha, fico imaginando rotas de fuga. Tipo, se entrar alguém em minha casa, penso em uma escapatória sem ser a porta principal. Já pulei a varanda na minha imaginação várias vezes kkkk. Eu faço assim, se alguém tiver mais dicas, será ótimo compartilhar!     Agora a Nicole! Olá Cony, frequento seu blog tem um tempo. Gosto muito do “Chora que eu te escuto”. Sempre pensei em escrever, mas faltava aquele empurrão sabe? Foi aí que eu li um em que você diz que todos os emails recebidos para essa coluna falaram sobre mulheres apaixonadas e na “sofrência”. Senti certa necessidade de te enviar algo. Adoro seus conselhos. Bom, sou jovem, tenho 20 anos, mas me sinto muito mais adulta do que muitas mulheres que vejo por aí. Nunca tive um relacionamento sério, aqueles de levar em casa, apresentar aos pais e tal. Sempre tive meus “rolos” e nunca vi a necessidade de ter alguém sério. Moro com meus pais, faço faculdade, trabalho, pago minhas contas. Sou até certo ponto independente. O que acontece é que de uns tempos pra cá, comecei a sentir uma certa pressão por parte da minha família e amigos. Dizem que to ficando velha, que preciso “desencalhar”. Acontece que eu não sinto essa necessidade, quero terminar minha faculdade e meu curso de inglês, viajar, estudar fora e depois me dedicar a encontrar alguém, pois como toda mulher sonho em casar, ter a minha família, meus filhos, porém, no momento me sinto completa e sinto que tenho muita vida pela frente e preciso cuidar de mim em primeiro lugar. Queria saber de você e suas leitoras se eu estou (como muitas pessoas me falam) perdendo tempo, ou deixando de ser feliz com alguém. Só pra terminar, tenho 1,80, peso 60 kg, sou morena, cabelo liso hahaha adoro cuidar de mim e me sentir bonita. EU ME AMO e pretendo ser uma publicitária de muito sucesso. Adoro o fufu e me inspiro muito, amo uma oncinha e quando encontro uma onça rica enlouqueço! Beijinhos Ni. Tá querendo confete né? hahaha. SÓ VOCÊ sabe a hora certa para as coisas acontecerem em sua vida. Se você não está a fim de namorar e tem outras prioridades no momento, pronto! Fazer o que os outros esperam de você, gera frustração e infelicidade. Quando alguém te falar algo, conte seus objetivos mesmo, fale que ainda não quer se prender num relacionamento pois tem outros objetivos. E para terminar, a Janaína. O meu “chora” não é bem um “chora” porque não estou jogada na cama de tristeza pelos fatos, mas é uma situação um pouco chata. Estudei muito para um estágio muito concorrido, fiz uma prova super difícil, e consegui ser aprovada. Fiquei muito feliz e estava super empolgada para começar. Soube por uma colega minha que antes de eu começar algumas pessoas estavam olhando minhas redes sociais e comentando que eu era bonita. Até aí, nada demais, fico muito lisonjeada. Logo quando entrei fui muito bem recebida, por exceção de uma pessoa….minha sub-chefe. Desde o começo senti uma frieza da parte dela, mas imaginei que poderia ser apenas a personalidade dela, ter um jeito mais fechado, enfim….não imaginei que fosse pessoal. Mas com o passar do tempo comecei a perceber que ela conversava diversas vezes de maneira descontraída com outras pessoas, mas quando eu tecia algum comentário, ou fazia uma gentileza, ela simplesmente me ignorava ou respondia com indiferença. Comecei a notar alguns olhares tortos para a forma como eu me visto. Não me visto mal, juro! até porque gosto de estar sempre arrumadinha, com uma roupa simples, mas que sempre tenha um detalhe diferente. Um pouquinho de blush, rímel e batom. Mas isso é algo da minha personalidade, eu sempre fui muito vaidosa. Cheguei ao ponto de ficar com vergonha de usar até vestidinhos bem comportados, com medo que gere algum tipo de comentário.  Quando eu chego eu digo ” Bom dia” ou “Até amanhã” quando estou saindo, e em algumas vezes ela nem responde, em outras responde quase se arrastando, com má vontade. Eu tento entrar em alguma conversa descontraída com ela, mas geralmente quando eu puxo o assunto ela não dá muita trela ou ignora mesmo. Nunca passei por uma situação dessas Cony, e de verdade, eu não acho  que ela seja má pessoa, mas também não entendo essa antipatia gratuita e acho a situação bem chata, porque fico muito insegura sobre como agir com ela. Fico sem graça até de tirar alguma dúvida profissional, pois não sinto abertura. Tenho medo que ela possa estar passando essa ideia errada sobre mim para outras pessoas, e que a longo prazo isso venha a afetar meu relacionamento com outras pessoas no estágio. E aí? o que eu faço? Estou muito perdida sobre como agir nessa situação. Mulher é um bicho complicaaaaado! Mas me conta, alguém mais já reparou esse tratamento diferente que a sua sub chefe tem com você? Será que não é coisa da sua cabeça? Se outras pessoas concordarem com você, há grandes chances de ser inveja (e como odeio chegar a essa conclusão…). Por isso disse que mulher é complicado. Já tive amigas que passaram por essa situação, inclusive mais grave, com difamação e tal. Tente conversar com ela, numa boa, fale que sente um clima estranho entre vocês duas, pergunte se fez algo errado, que gostaria de ser uma boa colega… enfim, bem humildezinha mesmo. Se isso não der abertura, releve. Mas se ela começar a te prejudicar (como aconteceu com uma amiga minha), fale com seu superior! Fica bacana assim, com assuntos diversos né? Claro que vez ou outra aparecerá algum caso cabeludo sobre relacionamentos por aqui, desde que não seja aquela historinha de sempre… No mais, to curiosa com as dicas de segurança para mulheres que moram sozinhas!

  • SPFW 2015 – The Last Day

    Último dia de SPFW que na verdade nem fui ao Villa Lobos. Correria total, meu último dia no QG FHits foi acordar, arrumar a mala, conseguir tirar foto do meu look (a gente tem que ficar esperta para não perder o fotógrafo e conseguir fotos lindas), me despedir de todo mundo e literalmente, voar para o aeroporto. Cada semana de moda, seja nacional ou internacional, é especial. A cada temporada vou conhecendo mais a fundo as meninas e me apaixonando por elas. Sim, eu me apaixono por pessoas, pela educação (beijo pra Cris Tamer, a mulher mais educada do mundo e que mais entende de música), pela simplicidade e gentileza (Clau Bartelle, loira, linda e gentil!), pelas dicas de como fotografar (Lala Noleto, que me deu as primeiras dicas para as fotos de look), pelo bom humor sempre presente (Carol Tognon, sempre dou risadas com ela), pelo alto astral que contagia (Ju Ali, nunca vi pessoa tão pra cima!), pelos drinks sempre que o momento permitir (Thereza Chammas, companheira de vinhos e espumantes), pela elegância que inspira e tenho como exemplo, seja nas roupas quanto nas atitudes (Silvia Braz e Nicole Pinheiro, maior exemplo de classe) e tantas outras meninas que formam essa equipe estrelada. E não só as blogueiras, mas o “backstage” (Gabi, Dudinha, Sandra, Carol, Patri…) desse mundo que parece ser 100% glamour mas é de muuuuuito trabalho, correria e dedicação. É um conjunto de pessoas que fazem tudo isso acontecer, de 6 em 6 meses e que deixa a gente morrendo de saudades e esperando o próximo encontro. Hoje acordei sentimental. Coisas de canceriana. Bom, vamos de look? Body DEUSO da Doux Brazil (sem decotão nas costas, perfeito!), quimono e calça da Riachuelo (mais uma flare apaixonante), bolsa Vince Camuto e óculos Mr. Boho (comprei no México, uma alternativa fashion dos Illesteva e Spektre por um terço do preço!), anéis e brinco, da minha querida Carolzinha (Um Meia Dois, no Feira Shop da Savassi em BH) Acabaram os looks, nos próximos posts, as tendências!

  • Desejando: Legging de Couro (e Rica!)

    Esses dias uma amiga me perguntou onde encontrar uma legging de couro “rica”. Fiquei pensando, pensando e pensando e não consegui me lembrar de algum lugar bacana. E sim, existe legging de couro rica e pobre. A última que comprei (devo ter umas 3, mas nenhuma realmente boa) foi na Agatha, e até que é boazinha se não fosse a perna ser um pouco larga na canela. Legging que é legging, tem que ficar colada. As ricas são inteiras de couro (ou material que imite), na frente E atrás. Nada disso de ser couro só na frente e atrás malha. É feio? Não, não é (inclusive tenho uma assim da Zara), mas não é rico. Não tem brilho, são quase foscas. São bem justas e vestem bem tanto nos quadris quanto nas pernas. O material não deve ser muito fino, mas também não muito grosso. O acabamento é perfeito e acho que é a parte mais difícil, pois costurar couro fake pode repuxar e isso é pobreza total. Então não é nada fácil encontrar uma bacana. Se não quiser errar de jeito nenhum, parta para o couro de verdade mas arque com a consequência na conta bancária. É o melhor, e nesse caso, o preço será garantia de um bom produto e pra vida toda. Mas por quê uma legging de couro? Porque é chique, é cool, é fashion, o inverno está chegando e deixa qualquer pessoa parecendo ser do mundo da moda. Acho que é o único tipo de legging que aceita salto alto! Mentira, as de paetês também. A regra é clara, couro bom e bum bum coberto SEMPRE. Olha que produção linda essa do meio! Ainda não está frio mas quer já começar a usar? Pode, eu deixo. Com camisetas de malha fica MARA! Mas não se esqueçam da regrinha hein. Quer usar com tênis? Também pode. Fique atenta para a legging não cobrir o tênis. O comprimento da legging perfeita é até o ossinho do tornozelo. Com sapatilha e cardigã é Palermismo na veia. Chique até. E fácil.  Também pode emendar na bota preta e ficar bem alongada! DETALHE: há controvérsias quanto a usar a legging de couro com botas de camurça. Tem gente que não curte por misturar materiais e tem gente que se atreve a experimentar. Eu experimentaria, não seria tão radical assim. Estamos em outro tempos onde as misturas acontecem cada vez mais. Se o conjunto ficar harmonioso, tá valendo. Onde comprar? Achei algumas bem interessantes. 1 – Bo. Bo R$ 468 na OQVestir 2 – Fillity R$ 398 na Farfetch 3 – FYI R$ 278 na OQVestir 4 – MOB R$ 329 OQVestir  5 – P.A.R.O.S.H. R$ 3.150 na Farfetch (couro couro) 6 – Michael Kors R$ 840 na Farfetch Se alguém tiver mais dicas de onde comprar uma (tomara que couro na frente e atrás) deixe a dica nos comentários! E ó… acho que super vale a pena ter uma para este inverno viu?

  • Hola México! Vamos Conhecer Chichén Itzá?

    Voltemos ao meu passeio pelo México? Hoje vamos conhecer Chichén Itzá! Ficamos alguns dias em Cancun e resolvemos conhecer Chichén Itzá quando fossemos para Playa del Carmen (dividimos nossa viagem em 5 dias para Cancun e 6 para Playa). Não, não é caminho, mas não queríamos perder um dia inteiro indo para as pirâmides e depois voltar para Cancun, então pensamos: ficamos em Cancun, passamos o dia em Chichen e vamos para Playa del Carmen. E assim foi. Chichén Itzá fica a quase 200 km de Cancun, o que exige um bom planejamento, como acordar cedo, levar lanchinhos e se programar para voltar de noitão. Nós fomos de carro que alugamos durante toda a temporada, mas sei que existem vários passeios para lá. Nos hotéis mesmo existem guichês que podem ajudar com isso. Acordamos, colocamos as malas no carro, fizemos o check out e fomos para nosso mergulho cultural. A estrada é boa, tranquila, com um pedágio caro (cerca de 20 dólares) mas não sei falar se tem como ir pro outro caminho para evitar essa mini facada. Bom, quem for de ônibus e passeio guiado não terá esse problema. Antes de chegar a Chichén Itzá tem um Cenote bem famoso, o Ik Kil, que na nossa ingenuidade deixamos para visitar depois do passeio as ruínas. Posso falar? Se programem bem quanto a isso, pois quando terminamos em Chichen já estava tarde e não conseguimos ver essa maravilha abaixo. Foi meu maior arrependimento de toda a viagem ao México, não ter ido conhecer o Cenote de Ik Kil (está COLADO a Chichen Itza). Fui em outro, também muito bonito, mas eu queria Ik Kil… Vimos em um blog uma dica aconselhando ir ao cenote depois de Chichén, para não fazer o passeio nas ruínas molhados e tal, mas sinceramente? Se não estiver com o tempo bem contado, acho melhor ir para Ik Kil antes e depois Chichen. É mais garantido. Ou ir para Chichén BEM cedo e sair umas 15h para o cenote para aproveitar a luz. Bom, pelo menos tenho uma desculpa para voltar! (Foto: reprodução) Em Chichén Itzá faz muito calor. Nós fomos em Março mas li relatos de gente que foi em outras épocas e que também quase virou churrasquinho maia! Então segue o dress code para Chichén Itzá: roupas leves, chapéu (ou boné, inclusive na entrada tem barraquinhas vendendo), bastaaaante protetor solar e sapato confortável, lá é bem grande e a caminhada intensa. Ah, e água, bastante água. Tem algumas lanchonetes lá dentro mas se puder levar, melhor ainda. Mas já sabem o que é Chichen Itza? É um sítio arqueológico que foi o centro político e econômico da civilização Maia e umas das novas maravilhas do mundo! Tudo cercado de muito mistério e causos bem interessantes. O início da civilização maia é outro mistério, alguns estudiosos datam de 1000 AC e outros de beeeem antes! Já imaginaram quanto tempo isso significa? E a inteligência e cultura dos maias é outro ponto forte: todas suas construções tem algum toque de matemática, astronomia, física, acústica! Nenhuma pedra foi colocada ali por acaso, todo o conjunto tem uma história e uma ciência muito bem arquitetada e que impressiona pela sua perfeição. Para entrar é cobrada uma pequena taxa de uns US$ 18 que pode ficar um pouco mais cara se você contratar o passeio guiado. Nós pagamos somente a entrada mas lá dentro pegamos um guia pela metade do preço. Isso parece que é proibido pois nosso guia nos disse que se alguém perguntasse onde tínhamos contratado o serviço, teríamos que falar que foi lá fora, na entrada.   Look Chichenitzano! Body Cia Marítima, short jeans C&A, bolsa e alpargata Arezzo. Essa é a construção mais top do sítio arqueológico, a pirâmide de Kukulcan! Duas vezes por ano (se não me engano uma data é no dia 21 de Junho) a posição do sol cria sombras que reproduzem a serpente de Kukulcan descendo a pirâmide. Agora me diz: como os maias sabiam disso? Como ¨testaram¨? E outra, num certo ponto bem em frente à pirâmide, quando você bate palmas, dá para ouvir o grito de um pássaro! Meio louco isso, mas fiquei igual besta batendo palmas rs.  Um cenote dentro de Chichen Itza. Farei um post falando sobre esses lugares LINDOS e com história um pouco macabra. Dizem que os maias faziam sacrifícios lá! Dica de ouro: NÃO COMPREM ARTESANATO EM CANCUN OU OUTRAS CIDADES! RESERVE SEUS PESOS PARA CHICHÉN ITZÁ! Tem MUITOOOOO artesanato e dá para pechinchar bastante! Lá comprei uma caveira mexicana maravilhosa e paguei 200 pesos (cerca de 15 dólares) e não achei outra tão linda e tão barata quanto essa. Tem máscaras, esculturas, roupas, tudo o que pensar em artesanato mexicano. Sem dúvidas é o melhor lugar para se abastecer de lembrancinhas.  Eu adorei esse passeio e acho válido fazer com um guia! Ele vai saber explicar certinho o porquê de cada coisa além de contar várias curiosidades sobre o povo Maia. É cultura em doses cavalares e um passeio muito interessante. Mas prepare-se para andar muito e sentir calor, mas vale cada segundo cultural.

  • Look Walmart!

    Acho que nunca fiz tanto look em uma semana de moda rs. O deste post, usei para fazer uma gravação para o Walmart.com. Eles me perguntaram sobre o que eu queria falar, que tipos de dicas dar e escolhi uma das peças que mais amo: JEANS! Sim, o mesmo assunto do post de ontem! Jeans é muito democrático e existem taaaaantas variações e modelos que dá para brincar muito com essa peça. Para essas fotos escolhi uma calça skinny em jeans preto, e claro, virei a barra e usei um scarpin! Calça Levi’s (a venda neste link) que veste maravilhosamente bem e camisa vermelha Morena Rosa. Ah o vídeo? Está AQUI! Tive que prender o cabelo pois não parava de ventar e estava atrapalhando a gravação. E nesse mesmo link tem indicações de compra para as calças viu?

  • Instagramão de Fashion Week

    O Instagram está ficando maluco… Ou melhor, desde que nosso amigo Zuckerberg o comprou, o aplicativo mudou um bocado, agora tem propaganda entre as fotos e nem tudo apare na timelime dos seguidores! Tem um botãozinho ao lado dos perfis que seguimos que a gente precisa habilitar para saber quando teve foto nova. Notei isso pela diminuição brusca de curtidas, está todo mundo reclamando! Enfim, como muita gente pode não ter visto meu dia a dia no Insta (e agora tem Snapchat e Periscope também, estou neles como @futilish) vim aqui fazer um resumão do que aconteceu nesses meus 2 dias e meio de SPFW! A Riachuelo esteve fortemente presente nesta edição de SPFW. No Villa Lobos, onde acontecem os desfiles, tinha carrinhos de golf patrocinados pela loja para levar a gente do estacionamento até a entrada. Isso foi ÓTIMO, pois é bem longinho e o salto nem sempre ajuda… Ah, e meu look de aeroporto (quando cheguei em SP) é todo Riachuelo! Ficamos no Unique, onde todo ano é feito o QG do Fhits. Lá é uma delícia… O que mais amo é o Skye, restaurante super top que fica no último andar do hotel. Fica cheio TODOS OS DIAS! Tem DJ durante a noite e muuuuita gente bonita. Comi um japa delicioso (um nigiri trufado que pelamordedeus, o que era aquilo!) e penne com shimeji e ovinho pochê. HUMMM! O café da manhã também é delicioso! Quem tiver vontade de conhecer esse badalado hotel, ele oferece várias experiências bacanas, como diárias especializadas para momentos especiais. Tem a Dream Blue, a Dream Red e a Dream Purple. Interessante para uma surpresa romântica hein? Encontro com gente querida e famosos sempre acontece durante as semanas de moda! Com Thereza e Tati, Fábio Jr. e Cléo Pires (que foram nos mostrar a nova música do Fábio, Sempre Que Estamos Juntos, com participação da Cléo. Foi bem emocionante…) e na última foto, meu querido amado salve salve Arlindo Grund! Tenho paixão por ele! A simpatia em pessoa! E vocês acham que blogueira não come?? Come e come bastante! Só que a gente tem que saber balancear entre doces e coisas mais lights. No QG, todos os dias tínhamos sorvetes Magnun a disposição e a tentação era MUITA! Tanta que não deu para resistir e provei o sorvete de edição limitada Dolce & Gabbana, de chocolate branco e pistache. Pensa numa cosia gostosa… Pois é, 1000 vezes mais. MUITO BOM! E as comidinhas ficaram por conta do top Chef Daniel Aquino do Unique Garden (primeiro empreendimento no Brasil a receber o selo Green Kitchen), onde tudo é feito com ingredientes da horta orgânica do hotel! Quer coisa mais saudável do que isso? Teve salada líquida refrescante, brownie orgânico, vários tipos de sucos detox, alimentos sem glúten, iogurte caseiro… E tudo MUITO gostoso. Assim dá para fazer dieta rs. 

  • Tudo Azul!

    AMO jeans! E se no começo eu achava estranho usar jeans com jeans, hoje em dia acho o máximo! É uma combinação certeira, fácil, mas que muita gente tem medo por sair do comum. Para dar um ar diferente, gosto de usar um sapato colorido para incrementar o look. Fica mais ou menos assim. Camisa Dudalina da coleção com inspiração em Barcelona (não tem jeito né? Camisa boa e de qualidade, é Dudalina. E agora a marca tem além de camisas, calças, vestidos, saias e até sapatos!), calça jeans boyfriend e rasgada da Siberian (e nem venham reclamar do rasgado, a minha tá até pouco! Vocês precisam ver como estão usando por aí…), scarpin LINDO da Carmen Steffens (tô com mini vício por scarpins estampados!), clutch fofa da Riachuelo, anel Nadia Gimenes e bracelete Balonê. Fácil usar jeans com jeans né? E pode ser uma calça skinny, flare (fica maravilhoso), saia jeans… Eu se você, tentaria.  

  • Novidades de Beleza!

    Gente, leiam com carinho porque o assunto agora é MARA! Esta semana tivemos um bate papo com a Gerente de Markting da Galderma e com duas dermatologistas, Dra. Monica Maluf e Dra. Luciana Lourenço. Falamos sobre cuidados com a pele, o tanto que nossa geração está sendo privilegiada (todos esses tratamentos estéticos e cada vez mais acessíveis, que não existiam na época de nossas mães) para se cuidar desde nova e driblar o envelhecimento. Velhinhas todas vamos ficar, mas dá para ser mais devagar né? Eu AMO esse assunto e fui bastante ¨zoada¨ durante o bate papo, minha empolgação era muito visível hahahaha. Falou que tira ruga e deixa a pele lisa, eu já peço um garrafão de 5 litros rs. Brincadeiras a parte, conversamos sobre dois produtos da Galderma, o Restylane e o Restylane Skinboosters. Vem coméeeeego! Vamos ficar lindas! Mulherada caladiiiiinha prestando atenção e anotando tudo! Seguinte, todo mundo já ouviu falar sobre ácido hialurônico certo? Quem não sabe do que se trata, é um componente natural do nosso organismo que é responsável por preencher o espaço entre as células. Ele é lindo, ativo e forte quando somos mais jovens, mas a medida que vamos envelhecendo, aparecem aqueles caras chatos, os tais de radicais livres que vão exterminando nossos amigos da juventude! Daí o que acontece? A pele perde hidratação, elasticidade, começa a cair e a gente fica enrugadinha e tristinha Mas nós temos o poder de repor o tal ácido hialurônico! Como? Com produtos como o Restylane da Galderma! É um produto natural e como é feito de algo que nosso corpo JÁ possui, ninguém briga com ninguém e não existe rejeição. O Restylane é injetado na pele de pouquinho em pouquinho, para preencher novamente os espaços entre as células e retomando o volume que antes existia. O resultado é imediato, mas não dura para sempre. Como o tempo não para e os radicais livres continuam agindo, de tempos em tempos (a durabilidade varia de pessoa para pessoa, idade, estilo de vida etc) é necessário fazer nova aplicação. Com o Restylane, dá para diminuir o bigode chinês por exemplo,  e não fica ¨gordinho¨ ou volumoso. Fica jovem, como era antes da ruga ou marca de expressão aparecer. E agora existe mais um tipo de Restylane, o Skinboosters e EU ESTOU LOUCA PARA FAZER! Enquando a Dra. falava eu só pensava em ligar para minha dermato e perguntar se ela fazia esse tratamento. É o seguinte, o Skinboosters serve para revitalizar a pele, dar aquele ¨tapa¨ de beleza sem ser radical. Não é um preenchimento, é uma hidratação de dentro para fora que também tem como matéria prima nosso querido amigo hialurônico! É feito em 3 sessões, uma por mês e a recomendação é de repetir uma vez por ano. Easy! Mulher pode fazer, homem pode fazer, em peles mais jovens como as mais maduras, todos tipos de pele! E não só no rosto. Dá para fazer nas mãos e pescoço. Sabe aquela ruga que aparece no decote? Skinboosters nela. Sabe joelho enrrugadinho? Skinboosters. Mão entregando a idade? Não mais. Taca-lhe Skinboosters. Até mesmo quem tem marcas de acne podem se beneficiar muito com esse tratamento. A pele fica radiante, suave, com viço! E é o que eu preciso loucamente, o tal do viço! Ele também é aplicado por injeções e funciona ¨puxando¨ e reunindo as moléculas de água, formando tipo um reservatório de água sob a pele. E ainda estimula a produção de outro querido nosso, o colágeno. Ah, e a Dra. Luciana falou que nos lábios fica lindooooo! Ele não dá volume, mas sim definição e a boca fica jovem e macia. ÓBVIO que vou fazer. Me empolguei né? Saindo agora um pouco do assunto Restylane, AMEI essa novidade da Galderma. É o Dermotivin um sabonete em espuma que vem com uma escovinha acoplada na embalagem!! Adoro essas coisas práticas, que dá para fazer rapidamente. E tem para vários tipos de pele. Depois do bate papo: trabalhar! Silvia, eu, Carolzinha e Fabi Justus. Ah, e mais um informação sobre o Restylane! A nova campanha traz ninguém menos que Sharon Stone e se chama Proof In Real Life onde a Galderma vai colocar seus produtos A PROVA! Vão testar na vida real tanto o Restylane quanto o Restylane Skinboosters. Quem quiser acompanhar, o site é www.proofIRL.com! E já que estamos falando de beleza, olha quem foi o responsável pela beleza das blogueiras do Fhits nesta temporada: Natura! Muitas novidades! Duos de sombras, batons, um delineador em canetinha MARA (usei de manhã e tô até agora delineada), base em mousse… A Drica que nos maquiou! E agora vou mostrar o que mais AMEI da Natura! Três máscaras de cílios a prova d’água, da Natura Una! Eu só uso waterproof, pois são as únicas que seguram a curvinha feita pelo curvex. Tem a Ultra Volume, a Alongadora (a que mais me apetece) e a Extremo Volume. Sempre gosto de ver o formato dos pincéis, gosto exatamente como o da Ultra Alongadora, mais compridos e finos! Acho que é porque como tenho os cílios curtos, quando o pincel é mais gordinho, acaba borrando muito… Muita coisa boa para deixar a gente mais bonita né? De OLHO nas novidades!

  • SPFW 2015 – Dia 3

    Ontem foi um dia muito interessante. Pela primeira vez na vida fui assistir algumas palestras do WGSN e posso falar? Quero trabalhar lá. Fazer qualquer coisa, mas achei TÃO bacana e me senti tão ¨preenchida¨ de informação bacana e relevante que queria respirar um pouco de WGSN todos os dias. As palestras foram no Shopping Iguatemi e me arrependi amargamente de não ter ido no primeiro horário para pegar tudo. Anotei as coisas loucamente, parecia uma universitária caxias hahaha. Para quem não conhece, o WGSN é uma empresa mundial que faz previsão de tendências (cores, materiais, design) e que serve como base para muita gente lançar seu produto! Eu saí de lá cheia de ideias, repensando muita coisa, inclusive confirmando suspeitas de trends que eu imaginava! Estão curiosas né? Assim que der farei um post contando do que vi nas palestras. Bom, mas o assunto hoje é look, que com certeza teve a sua tendência registrada alguns anos atrás pelo WGSN (sim, eles trabalham anos a frente). Usei essa roupa justamente para ir me abastecer de informação nas palestras. Capa (na verdade é um casaquinho de um chamois bem molinho que usei como capa) da Kaele (amo essa marca, visto direto!), blusinha de couro rendado da Cris Capoani (mestra do couro), calça flare da Riachuelo (comprei umas 4 hahaha) e bolsa Vince Camuto. Fotos: Carol Barrionuevo (minha diva fotógrafa) AMEI essa roupa! Eu tava chata que só usava preto preto e preto ou então encanei com o verde militar. Fiquei feliz de fazer algo diferente! 

  • Pro Inverno: Ponchos!

    Ou mantôs para as mais chiques. Eles estão em todos os invernos gringos e tenho fé que vai pegar por aqui também! Os ponchos são velhos conhecidos meus, já que no Chile essa peça é beeeeem usada por ser bem frio. Claro que agora temos os ponchos mais estilizados e com maior informação de moda, tudo se renova, sempre! A nova versão dos ponchos veste melhor e tem mais funcionalidade que os tradicionais. Os tecidos também são mais macios e gostosos! Podem ser estampados – muito print étnico, o que resgata um pouco o real espírito do poncho – ou de cores sóbrias e elegantes como o camel e o preto. Vejamos. Nessa mistura louca existe um pequeno limite entre o que é o poncho, o quimono e a capa. Todos com a mesma proposta porém o poncho é mais informal e quentinho, o quimono já não esquenta tanto e serve mais para compor looks e a capa que é o poncho mais chique (farei post sobre ela). Na verdade o poncho poncho mesmo, é de lã e apenas com um buraco para passar a cabeça, raramente tem abertura para os braços (aí vira uma capa) e é BEM quente. Acho super fácil e bem lindo usar qualquer um desses modelos! E mesmo se o inverno não for cruel na sua cidade, dá para usar de um tecido mais leve! Eu vou. Vocês vão?

  • SPFW 2015 – Dia 2

    Vim CORRENDO mostrar a roupa que usei ontem para um bate papo com a dermatologista da Galderma! A ¨consulta¨ aconteceu aqui no QG do Fhits no hotel Unique, e digamos que meu quarto é colado ao QG! Como teria desfiles mais a noite que é quando a gente se monta um pouco mais, deixei para usar durante o dia um look mais confortável e que me deixasse livre para sentar, levantar, caminhar, ficar mais a vontade mesmo. E sem querer querendo, mirei no militarismo de novo! Estilo é um negócio muito engraçado né… Quando a gente tem um, não tem como ficar mudando muito! Já é inconsciente a escolha da roupa e eu fui de listras, calça mais soltinha com a barra virada, bolsa a tiracolo e brincão. O tricô é Morena Rosa e além do listrado que amo, tem umas aplicações douradas que dão um toque mais glamouroso à peça. Ficou bem moderno e é bem o tipo de roupa que a gente precisa no inverno-não-inverno que temos por estas bandas. A calça verde e com modelagem mais ampla é da minha querida Kaele, já falei que amo tudo dessa marca né? Muito bom gosto e o melhor, a numeração é justa! O 40 é 40, e ninguém passa aperto – literalmente – com as roupas da Kaele. Já a bolsa é da Le Postiche! De couro couro, no tamanho ideal (cabe muuuuita coisa) e super básica. O brinco MARA é da Galerie! Aquela multimarcas de BH que amo! Peguei uma super promoção de acessórios lá e arrematei essa lindeza e um outro com pedra turquesa. Mostei lá no instagram! Vocês viram?   Hoje está bem corrido mas vou tentar voltar mais tarde para contar sobre a Galderma! GENTE, É BABADOOOO! Apresentaram um tratamento que parece ser a solução de todos nossos problemas. Eu tô desesperada para fazer!

  • Dica da Leitora!

    Muita gente fica perguntando: ¨Cadêeeee o DDL!¨ Mas gente… o DDL depende de vocês! Tô recebendo pouquinha dica então vou acumulando. Agora juntei algumas e deu para fazer o post. Vamos lá: Dica 1 – Thaís Achei ótimo que a dica da Thais tem tudo a ver com um post que farei em breve: botas em tom caramelo! E vou falar bem e dar dicas de como usar, então se quiser se antecipar, pode copiar a dica da Thais! Zara, por 149 dinheiros! Achei bem digna! Dica 02 – Giovanna Tô rindo que esse é outro assunto que abordarei nos próximos dias: vestido curto de manga comprida, porém com estampas mais invernais! A Giovanna achou esse na Riachuelo e custou 99 reais! Comprou no Shopping Riomar em Recife. Adorei Gio! Dica 03 – Ariela Minha leitora mais tatuada e que AMA sapatos fez mais um achado! Sandália de amarrar Raphaella Booz na Dafiti na promo, de R$ 299 por R$ 194. Curti também. Dica 04 – Fernanda A Fê diz assim: ¨Boa tarde Cony, gostaria de enviar para sua leitoras hoje uma dica que pode tanto servir para a Dica da Leitora ou como Alternativa Fashion. Falo da bota de cano médio com malha de metal da Schutz. Comprei uma Marron com malha prata pra mim ano passado e usei muuuito e já estou doida para começar a usar este ano. Ontem no Pátio Savassi em BH vi uma na Arezzo super parecida e com um preço menor, cerca de R$120,00 de diferença. Como acho que desde o ano passado muitas meninas se interessaram por essa bota, quem sabe a da Arezzo não pode ser uma boa! Beijos, Fê¨ Schutz (R$ 520) x Arezzo (R$ 399).  Dica 05 – Monalisa Moninha viu o meu vídeo de jabás recebido e ficou toda alegre quando viu aquela sandália modelo 2 tiras da Sonho dos Pés! Ela custa 100 reais mais barata que a da Arezzo e ela consumiu preta AND azul! MUST HAVE! Seja a da Sonho dos Pes, da Arezzo ou da Schutz. Esse modelo vai com T U D O! R$ 100 cada uma! E como a Moninha não tem medo de tendências, comprou esse quimono fofo nas Lojas Pernambucanas por R$ 89,90! Dica 06 – Edna ¨Cony, tava louca atrás de uma plataforma preta da Mr. Cat que algumas blogueiras tinham recebido e postado no instagram e nada. Amei pq tinha mega cara de Schutz, só que devia ser metade do preço né.. Fui em todas as lojas da minha cidade e ainda não tinha chegado em nenhuma pq era da coleção nova. Eis que passo em frente à C&A e me deparo com uma gêmea, só que mais pobrinha hahaha mas achei linda e custava R$ 119,90.  Segue as fotos reais dela e a da Mr. Cat (que é R$ 239,90). Entrei no site da C&A e ela tá sendo vendida por lá também, pelo mesmo preço q eu paguei, descobri que também tem caramelo. A diferença é que a da Mr. Cat é um suede em cima e um couro com textura snake na plataforma, e a da C&A é o couro fake em cima, e tipo um macramê na plataforma.. Espero ter ajudado! Amo seu blog! Beijos¨ Mas é igualzinhaaaaaaa! Arrasou no achado Edna! Dica 07 – Camila A Camila tem o mesmo problema nos joelhos que eu, condromalácia, e aproveitou que foi ao Shopping Nova America no Rio, passou no Outlet da Adidas e fez o seguinte achado: Tênis fofo fofo fofo de R$ 249 por R$ 119! Lindo né? Dica 08 – Ana Maria Conta Ana: ¨Adoro seu blog, passo por aqui todo dia. Vi você no Outlet BH e quis muito conversar com você, mas fiquei sem graça. Da próxima vez eu não perco tempo rsrs. Espero que tenha próxima bem rápido. Enfim, eu estava desejando esta sandália plataforma preta, sou baixinha e amo plataforma, não uso muito salto pela correria de sempre, mas sempre que possível, uso salto bem alto. Passando pela Arezzo no BH Outlet, encontro a preta linda e maravilhosa, meu número (33), que é super difícil encontrar, e ainda com 50% de desconto, de R$ 249,90 por R$124,00. Claro que comprei. Agora é desfilar por aí, com 14cm a mais.¨ E o tanto que o Outlet BH tá bom? Agora aumentaram o número de lojas e ficou ÓTIMOOOO! Muita coisa boa e com preço bom! Quem for de BH ou estiver de visita na cidade, tem que dar uma passadinha lá.  Dica 09 – Veronica Dica com historinha! ¨Oi Fufu! Acompanho seu blog há muito tempo e adoro, preciso registrar! Agora, vamos à dica/achado da semana… Antes, um pouquinho de historia… Sou advogada e deixei meu emprego em novembro para me dedicar ao mundo dos concursos públicos, e assim tem sido meus dias de muito estudo, pouco glamour e gasto quase zero! Rs E é aí que seu blog entra na história! Tentando me acostumar a usar roupas mais ace$$íveis porém mantendo o mínimo de compostura, descobri com você a Hering (num post sobre macacões, no final do ano). E não é que minhas visitas à Hering se tornaram frequentes?! A descoberta de hoje foram umas blusinhas da coleção de outono super baratinhas (R$39,90) mas que valem uma produção mais caprichada se colocarmos acessórios bacanas pra compor. Comprei as 4 cores que achei, e a rosa vesti hoje para dar uma alegrada em mais um dia de cursinho… Beijo para você, obrigada pela ajuda em manter minha dignidade fashion mesmo tendo me transformado em uma concurseira desempregada (rs) e espero que as dicas ajudem mais pessoas.¨   Eu tenho dessas! A malha é uma delíiiiiiicia!!! Dica 10 – Thais Mais uma dica do BH Outlet! A Thais queria uma sandália nude e achou exatamente como queria na loja Villa Vittini do Bh Outlet! Pagou 164 reais (estava com 50% de desconto). Tô falando… o outlet tá muito bom! E essa foram as dicas de hoje! Quem quiser enviar seu achado, mande foto (EM BOA QUALIDADE PLISSS), preço e nome da loja onde fez a compra para constanza@futilish.com e no assunto coloque DICA DA LEITORA! Obrigada a quem participou hoje!

  • SPFW 2015 – Dia 1

    Cá estou eu novamente em mais um SPFW! Minha semana por aqui será curta, pois volto quinta feira para BH e na sexta já embarco para o Rio de Janeiro curtir uma prainha! Ontem postei algumas fotos no meu Instagram (@futilish, todas seguem né) e também um pouco do meu dia a dia no Snapchat (futilish). Gente, é muita rede social para administrar, socorro! Bom, já tenho as fotos do primeiro look, que achei bem minha cara e com a carinha de SP também! Créditos do look: saia e casaco LN Deluxe (marca mineira MARA), regata da Riachuelo, bolsa Gucci, botas Carmen Steffens (mega confortável, fiquei com ela o dia TODO! É da nova coleção de inverno que será lançada dia 28 de abril), óculos Mr. Boho e anéis Hector Albertazzi para Farfetch! E agora respirar fundo, pensar em mais um look e voltar para a semana de moda!

  • Os Desfiles do Minas Trend Preview Verão 2015/2016

    E acabou a semana de moda mineira e já estou em SP para a SPFW! Uma emenda na outra e é o momento de treinar o olhar para filtrar o que poderemos levar para a vida real no próximo verão tendo como base os desfiles apresentados nas fashion weeks nacionais. Sabemos bem que na passarela vemos tendências. Muitas roupas depois são adaptadas para o mercado e ao que realmente teremos a disposição nas lojas. Por vezes a gente se assusta e torce o nariz para muita coisa que aparece nos desfiles, mas vai muito além. Não é a primeira impressão a que fica mas sim o que vem por trás do que está sendo apresentado. Claro que algumas grifes mostram sua moda bem real, já outras são tão conceituais que pode dar um mini trabalhinho cerebral separar a tendência da rua x passarela. Hoje quero mostrar um pouco do que vi no Minas Trend Preview e os desfiles que mais gostei. Fiz vídeos dos momentos finais de cada um deles e acho que vale muito a pena assistir e treinar o tal olhar para as novas (ou nem tão novas) tendências. Vamos começar com a Faven. A Faven é famosa pelo seu tricô, muito elegante e moderno. Sim, tramas modernas e para o verão de 2015/2016, muito colorido e cortes assimétricos! Vestidos e saias com pontas, tom sobre tom, laranja, lilás, verde e azul. Um verdadeiro arco iris. Agora vamos de vídeo?  A Madrepérola surpreendeu e me deu um orgulho danado! Já vesti a marca várias vezes e sei bem da competência e do profissionalismo de Angela Laguardia e toda sua equipe. Foi seu debut nas passarelas do Minas Trend, apesar da grife já ter 30 anos, e ao som de música ao vivo, mostrou uma moda minimalista, elegante, feminina e muito, mas muito chique! Zero estampas, bastante alfaiataria e desenhos geométricos feitos com organza e tiras de tecido. Um verdadeiro espetáculo mineiro. Fabiana Milazzo trouxe Isabeli Fontana para estrelar sua coleção com inspiração tibetana. Vestidos que parecem obras de arte, desses que dá vontade de ficar olhando e estudando cada detalhe. Bordados coloridos e delicados sobre telas nude que transformam o corpo em uma escultura. Ponto alto do desfile, para mim, a trilha sonora. Tudo bem que fui para ver roupa mas não pude me conter de felicidade quando ouvi rock de qualidade (muito amor por Jethro Tull). Curti o contraste dos vestidos delicados com um som mais pesado, mas tudo fazia sentido quando Isabeli aparecia. Foi um casamento perfeito de modelos, criações e música. Para terminar, Mabel Magalhaes. Ah, Mabel, queria TODAS as roupas desfiladas! Como pode fazer algo tao lindo, tão desejável, numa proporção de… digamos… 100%???? Inspirada nas musas dos anos 50, muita feminilidade e silhuetas marcadas fizeram deste um dos desfiles mais bonitos que já vi na vida. As cores, os cortes, os decotes, as saias, os vestidos, o princesismo, tudo, mas TUDO lindo e maravilhoso. Aposto que vocês vão concordar comigo! Cliquem no vídeo para suspirar junto comigo… Ah, e ninguém menos que Frank Sinatra cantando Fly Me To The Moon. Fly me Mabel, please! E então, tudo lindo ou maravilhoso? rsrs Ah minha querida Minas Gerais, cada vez aparecendo mais no cenário fashion brasileiro. Muito amor!

  • Dedinhos de Fora

    Chega logo Maio! Meu segundo mês preferido do ano! O primeiro é Julho, pois é meu aniversário e na seqüência, Maio, quando começa o friozinho! Já estou de olho nas modas invernais deste ano, buscando tendências aqui e ali, vendo fotos de street style, reparando nas vitrines e relembrando tudo o que tenho visto nas semanas de moda. Já sabemos dos ponchos (ou mantôs), franjas, botas over the knee (acredito que todo inverno teremos elas de volta), sapatos masculinos e achei mais uma: open boots. O que é uma open boot? É uma bota com abertura na frente, que deixa os dedinhos de fora. Tenho minhas dúvidas quanto ao uso indiscriminado, pois geralmente são de cano curto e usadas com saias e vestidos podem achatar a silhueta. Com calças skinny fica bem bonito, dá personalidade e fica BEM fashionista. Vejamos. Muito me agrada open boot com saia curta mas as pernas tem que estar em dia ou palitas. Para quem tem perna grossa infelizmente não vai ficar legal. O cano é curto na maioria dos modelos. Sinto que estou gostando bem viu… As fashionistas AMAM! E eu amo que elas adoram usar tudo preto e ficam sempre chiquérrimas. Eu adoro looks total black ou preto e branco mas tenho tentado me policiar mais para não sair sempre do mesmo jeito rs. Na montagem acima, Christine Centenera, diretora de moda da Vogue. A open bootie também pode ser em outras cores como caramelo ou cinza, mas eu ainda fico com a pretinha. Já estou convencida que quero! Lembro que tinha uma da Renner de 1892, mas acho que me desfiz dela Fica bem com legging, normal ou de couro (acho MARA) ou com roupa curta, com aquela ressalva de perna em dia ou fina.   

  • Minas Trend Preview – Verão 2016

    Segunda feira foi o dia da abertura de mais uma edição do Minas Trend, a semana de moda mineira, desta vez mirando no verão de 2016. Gente… vem pra Belo Horizonte vem. Se você curte semana de moda, TEM que vir pra ca conhecer a moda mineira, visitar o fantástico salão de negócios, ver desfiles lindos e conhecer muita gente bacana. Antes o Minas Trend era tíiiiiiiiimido, ninguém dava muita bola para ele, mal aparecia no calendário fashion brasileiro, mas agora… minha filha, o negócio tá bombante. Acho que foi a edição que eu mais gostei (acaba hoje) e notei a evolução do Minas Trend. Desfiles mais elaborados, a feira mais organizada, o salão de negócios com marcas lindas, muita tendência para a gente ir se preparando e saber certinho o que vamos usar no próximo verão! É bem diferente de uma SPFW por exemplo, onde o forte são os desfiles. Aqui em Minas, o forte é o bussines, o networking, o conhecer pessoas, conhecer marcas novas, pegar, sentir, ver de perto. Aqui, a gente se insere na semana de moda, em SP, somos mais espectadores. Eu acho. Vem comigo, vamos dar uma passeadinha na feira. Vamos começar com um look! Este vestido MARAVILHOSO que usei na festa de abertura do Minas Trend é da Cosh! Lindo demais e combinei com uma bolsa de acrílico da Zara e a sandália altona da Arezzo! O forte de Minas Gerais é a moda festa. Os vestidos são riquíssimos, de qualidade altíssima, caimento perfeito, hollywoodianos! Sei que muita gente já está saturada de bordado e tule mas quando o bordado é como esse da Arte Sacra, o resultado é maravilhoso. A Arte Sacra é uma das grandes grifes de moda festa aqui de BH e uma das que mais me identifico. Tudo de muito bom gosto e elegante. Se repararam na paleta de cores das fotos anteriores, viram que os tons pastel estarão presentes no verão de 2016. Na foto acima, um vestido maravilhoso da LN Deluxe, em renda com cinto bordado.  Mais um pouquinho de Cosh, agora na versão verão! PIREI nesse vestido! Além da estampa maravilhosa, ele desenha o corpo incrivelmente. Aliás eis uma tendência que reparei neste Minas Trend em várias marcas: silhueta e curvas femininas bem marcadas. Tudo muito feminino e delicado! Agora vamos dar uma passadinha na M. Rodarte e com uma grande novidade: vestidos de festa sem brilhos! Para quem não aguenta mais ver brilhos e paetês, olha a proposta da M. Rodarte. Muito jacquard e bordado em linha, bem artesanal. A coleção está LINDA! Não dá vontade de usar um vestido desses e fazer a princesa??? Visitei o stand da Vicenza e gostei de MUITA coisa que vi por lá. Tudo do meu gosto: anabelas delicadas, preto e branco, dourado, uma sandália nude que TEM que ser minha e aquele modelo que tanto amo, de duas tirinhas. E um passarinho me contou que em breve a Vicenza terá loja online hein! Fiquemos de olho. Alguém disse que clutch de festa tem que ser banhada em cristais? Nananinanão. Elegância e classe nas clutches de madeira, acrílico e madrepérola da La Spezia! Tão diferentes e lindas que, como falaram no instagram (postei algumas coisas por lá sobre o Minas Trend), poderiam muito bem ser objetos de decoração! Sabe bolsa que você não consegue parar de olhar? São as da La Spezia. Brincões! Eu SÓ quero brincos grandes! Mas como que faz com a orelha quase toda rasgada? Por isso que curti os brincos da Letícia Sarabia. Vi uma moça no restaurante usando um brinco gigante maravilhoso mas não tive coragem de perguntar de onde era. Ao rodar na feira me deparei com ele e era da Leticia Sarabia! Fiquei toda feliz ao pegar e ver que era levinho levinho!!! Consegui convencer a moça a me vender um (não vendem unidade, só fecham pedidos para lojistas), mas eu pedi tanto que ela se sensibilizou e permitiu a compra. O Minas Trend desta temporada foi lindo e ainda quero falar dos desfiles que vi e das tendências para roupas! No próximo post contarei mais tá? Curtiram?

  • C&A Cheia das Novidades!

    Perdi algumas parcerias da C&A né? Por enquanto estamos low profile, considerando o que vem por aí e já ja vou contar (e aposto que todas vocês já sabem). A mais nova coleção estrelada da C&A é a de Andrea Marques, que faz repeteco e novamente aparece com peças super usáveis, muita coisa atemporal e bacana para montar looks trabalhísticos. Já está nas lojas desde terça feira dia 7 e pelas fotos me parece digna de uma visitinha com carinho e tempo. As estampas são exclusivas e as cores bem sóbrias e básicas, tem verde militar, burgundy, preto, branco e algo de caramelo. Pegadinha artsy que eu ADORO! E preto e branco então… Lê chiquetê.  Os tecidos escolhidos para essa coleção foram crepe, viscose e algodão! Tem calças, bodies, camisas, saias, macacões… o mix está bem completo e diz que o caimento é perfeito. Uma coisa que me chamou bastante a atenção foi a preocupação com as tendências atuais. Não foi uma coleção pensada em vender o mesmo de sempre, as modelagens mais comuns e aceitas pelo povo. Tem até culottes (que mostrei aqui)! Os sapatos também estão acompanhando a moda e tem sandália de plataforma reta e modelos masculinos.  E se Andrea Marques queria me convencer a dar uma passadinha na C&A, com esse macacão ela conseguiu!   Amei o primeiro look com a saia estampada! Tudo super usável e CHIQUE!  Gostei bastante, acho que é o tipo de coleção que dá para fazer boas compras e usar muito! Agora a novidade MOR da C&A e que quase matou todo mundo no dia 1º de Abril foi o anúncio da nova parceria da loja para o Dia dos Namorados: ninguém menos que KIM KARDASHIAN! E é verdade verdadeira! Kimzona vem ao Brasil em Maio para o lançamento que dizem ser no dia 11 de maio. Tá bom pra vocês? Kim e C&A! Não boto muita fé nas roupas da coleção, mas a parceria por si só já está dando o que falar. A Thereza do Fashionismo fez um post ótimo sobre as previsões para essa coleção e eu concordo com tudo. Podem se preparar para muita saia lápis, cropped justinho, vestidos colados e blazer. Tô curiosa! Prevejo muita mulher vestida de Kim pro dias dos namorados… 

  • O Estilo de: Sofia Vergara!

    Dizem que a gente admira as pessoas com as quais se identifica um pouco né? Eu admiro a Sofia Vergara, acho que somos muito parecidas HAHAHAHAHAHAHAHA. Tipo, as duas falamos espanhol… e… bom, já é uma grande coincidência não acham? Toda vez que tem algum red carpet por aí, eu tenho duas certezas: Kate Hudson vai arrasar. E Sofia também. Esta colombiana Barranquilla (mesma terra da Shakira, ô água boa desse lugar hein) de 42 anos – sim, morram, 42 anos – e nascida em 10 de Julho (opa, canceriana! Mais uma coincidência) é na minha opinião, uma das mulheres mais lindas do mundo. Sua vida como estrela de TV começou quando ela tinha 17 anos e fez uma propaganda para a Pepsi, veiculada apenas na Colombia. Mas sua fama internacional veio a tona quando ela foi jurada do Festival de Viña del Mar, no Chile! (ihhhh, mais coincidência…). Lá rolou um boato que ela estava de namorico com Luis Miguel, um cantor galã mexicano mega famoso. Daí pronto, todo mundo queria saber quem era essa mulher. Ela, pouco esperta, se mudou pra Miami e começou a trabalhar numa TV hispânica, a Univision. Fez algumas novelinhas, deu um pulinho mais alto e foi para FOX onde fez algumas pontas em filmes e em 2005 começou a atuar em seriados gringos. Mas foi em 2009 que Sofis virou uma verdadeira estrela. No seriado Modern Family, onde ela interpreta uma mãe meio pirada colombiana, com direito a sotaque bem carregado, ela se consagrou. E se estiver achando pouco beleza e sucesso, saiba que a conta bancária dela também é BEM recheada. Segundo a Forbes, Doña Vergara está em 1º lugar como a atriz de TV mais bem paga de 2011 e 2012. Faturou pouca coisa, uns 19 milhões de dólares. Nisso não coincidimos Acabou a sessão Wikipédia. Agora vamos falar do estilo da Sofia! Vai ter muita coisa que vocês irão reconhecer dos últimos posts do blog. Vamos lá. Sofia AMA calça jeans e ela é 8 ou 80. Ou vai de flare… … ou de skinny. Ela curte dobrar BEM a barra e usar tipo cigarrete! Sandálias quase sempre pesadas, bastante plataforma e ela nem é baixinha, mede 1,70! Além disso, curte uma bolsa grifada, oclão e blusas em cores neutras. Quase nada de estampa. Outro detalhe importante: cabelão. Ouvi alguém falando que mulheres com mais de 40 anos não podem usar cabelo comprido?? Hein hein? Humpf. She’s sexy and she knows it. Tudo justo mas na maioria das vezes de bom gosto. Claro que escorrega de vez em quando, mas Sofis pode. O seu índice de acerto a perdoa. Mas quando o assunto é tapete vermelho… Segurem as lágrimas. Vamos puxar o cabelo dela e sair correndo? LINDA! SEMPRE! Na próxima reencarnação não quero nascer Gisele ou Ivanka. Quero nascer em Barranquilla na Colombia. Ou terei um rebolado dos deuses ou serei a própria deusa. Salve a Colombia! (Pode copiar o cabelo? Qualquer um, de qualquer foto?) Do que Sofia gosta: jeans, bolsas de grife, sandálias altas, cabelão solto, turquesa, blusas básicas. OH WAIT! Pelo menos no gosto, me sinto quase uma Vergarinha. 

  • Fala Que Eu Te Escuto – Flare com Flat

    Lembram daquele post sobre a calça flare? Pois é, dividiu opiniões, como eu já esperava. Há quem goste com o sapato aparecendo e quem prefira escondendo quase completamente o calçado. Mas uma dúvida gritou nos comentários e muitas meninas perguntaram: E flare com salto baixo? Dá para usar? Olha… que dá dá sim. Você pode usar com o que quiser, mas novamente, se me perguntar se eu gosto… gosto não. A flare é uma calça que alonga a perna e dá uma boa equilibrada na proporção corporal (a boca larga ameniza quadris largos) porém eu acho que o efeito com salto dá mais elegância e deixa o corpo mais esbelto. Com sapatos baixo tenho a impressão que achata, fora que novamente o problema do comprimento aparece… Se for para aparecer a sapatilha completamente, no way. Se for para esconder, vai arrastar no chão. Complicado. Com salto pelo menos dá para contornar esse problema. Mas há uma alternativa que muito me agrada para quem quer manter os pés bem no chão, trocar a flare por uma calça modelo boot cut. Flare é quando a calça jeans tem a boca BEM larga. A boot cut tem a boca larga, mas não muito. Ela leva esse nome pois é feita para caber uma bota por dentro da calça. Nas fotos acima, bons exemplos de boot cut com sapatos sem salto! Aí sim, sinal verde! Esse é meu medo de flare com salto baixo, passar uma impressão de desleixo, de roupa escolhida às pressas sabe? Mas se você for magra palita e tiver 1,80, pode tudo. Aliás, porque está lendo este post? rsrs Muita gente confunde os dois modelos e acho que a foto acima facilita bem a diferença entre elas. Quem quiser usar flare com sapato baixo de qualquer maneira, escolha sapatilhas de bico fino para dar uma estilizada! Com rasteiras acredito que ficará muito hipponga e com botas muito grosseiro.  Na minha humilde opinião, flare, mas flare MESMO com sapato baixo, só pra modelos e olhe lá. Ainda assim não me agrada muito. Já a boot cut é bem mais democrática e também tem um bom efeito visual! Querem desafio? Quem achar legal usar flare com sapato baixo, tire uma foto do look e marque #desafiofufu no Instagram! Bom que inspira mais meninas e quem sabe mudo de ideia? Mas tem que ser FLARE ok? 

  • Dica de Filme!

    Aêeee! Ontem assisti um filminho bacana, aliás tenho três filmes para indicar! Os três bem hollywoodianos mas que deixam a gente tensa e doida para saber o final logo. Hoje vou falar de um com o mestre dos mestres, Denzel Washington e vocês sabem né, se tem Denzel Washington, o filme é bom. Sou fã dele e mesmo sem saber nada sobre o roteiro, me preparo com pipoca, edredon e celular desligado. Confio demais nesse cara e ontem não poderia ser diferente. O Protetor (The Equalizer), filme de 2014, trata de um cara bacana, pacato, que trabalha numa loja de material de construção, gente fina porém misterioso. Ele não pode ver uma injustiça social que se ¨transforma¨ e o filme começa quando ele tenta salvar uma menina explorada sexualmente pela máfia russa, interpretada por Chloë Grace Moretz. Não posso contar muito, vejam o trailer. O Protetor (The Equalizer) é bom, por vezes exagerado (aquelas cenas que você solta um AHHHH VÁAAAAAA TÁ BOM VIU FIO), mas não deixa de ser tenso e deixa a gente louca pra saber o final. Tem cenas fortes (muito violentas) então acho melhor crianças não assistirem. É bem aquela história gringa do justiceiro misterioso, mas ó, o justiceiro no caso é Denzel Washington. Apesar do roteiro batido, curti MUITO e tem pontuação 7.2 no IMDB então vale a assistida. E claro, tem Denzel Washington ♥♥♥

  • Unhas Stiletto

    Há tempos não aparece uma novidadinha realmente relevante em se tratando de unhas né? Acho que a última que me lembro que me chamou a atenção foram os esmaltes holográficos. Ah, os de acabamento mate também fizeram um auê. De lá para cá quase nada tem me deixado WOW nesse quesito, nem as unhas de rendas que andaram suspirando por aí conseguiram me prender. Mas a história mudou um pouco e não se trata do novo esmalte que muda de cor quando molhado (sim, essa é novidade também), mas sim o novo formato das unhas. Eu SEMPRE usei quadrada com os cantos arredondados. Acredito que é o formato mais comum entre as brasileiras e o mais bonito e prático, seja a unha curta ou comprida. No Chile por exemplo, gostam mais de unhas em formato oval. Mas a trend na gringa é a unha completamente pontiaguda. Antes de ver essa nova tendência, vejamos quais os formatos existentes? Sou do time ¨Quadrada com os cantos arredondados¨! E vocês?? Mas como estava contando, a unha da vez é quase assassina, totalmente pontuda e atende pelo nome de Stiletto. Nos outros e em fotos tem até umas bonitinhas, mas eu não usaria. Primeiro que minha unha não cresce esse tanto, segundo que acredito ser muito desconfortável e nada prático e por último, parece unha de bruxa! Prefiro continuar com a minha quadradinha e curta… O que vocês acham? Usariam a unha stiletto?

  • Chora Que Eu Te Escuto O Caramba!

    Hoje voltei para a pilha de emails que ainda tenho sem resposta do Chora Que Eu Te Escuto. Li uma história, xinguei a menina mentalmente por ser tão acomodada e aceitar tantas sacanagens do namorado. Passei para o seguinte email, a mesma coisa… mais um cafa sem escrúpulos e a menina ainda falando: não sei o que fazer, amo tanto ele… Quis tentar outro email para ver se achava algo diferente e interessante, mas não, a mesma coisa, mais uma mulher choramingando por quem não vale a pena e sem coragem de tomar atitude. MAS GENTE! CADÊ AMOR PRÓPRIO??? Todos, praticamente TODOS os emails que recebo no Chora são sobre o mesmo tema: mulherada ¨apaixonada¨ por um cara que não vale a pena. Homens que somem, que traem, que agridem psicologicamente, que pintam e bordam e as bonitas ficam lá: mas o que que eu fiz de errado? Será que a culpa é minha? Não consigo terminar… Sinto muito a falta dele… Ainda assim tento ver a história pelos dois lados, afinal todo mundo tem sua razão, mas essa fragilidade, falta de coragem, de atitude e principalmente de amor próprio, está me chateando um montão. Não é o fim do mundo ficar sozinha, a gente não precisa de homem para ser feliz ou completa, o mundo faz sentido SIM sem ter namorado ou marido! Parem com isso de achar que o único objetivo da vida é encontrar alguém! É legal tem uma companhia? É sim, é ótimo. Mas ela tem que ser boa, tem que acrescentar, tem que te fazer feliz. Se não está indo por esse caminho, amiga, você está com a pessoa errada. E o mais velho dos ditados faz mais sentido do que nunca: antes só do que mal acompanhada. E lendo os emails me deparei com um que falou tudo o que eu queria dizer, com todo tipo de conselho que sempre dou e que pareço papagaio de tanto repetir. Leiam e absorvam essas palavras, por favor. ¨Oi Cony! Sou sua fã e acho essa coluna genial. Esperei até o sinal verde pra poder enviar esse texto e fiquei bem feliz com o “Sorria“. Contudo ainda sou obrigada a dizer que está tudo errado! Nossa postura como mulher está errada! E quem escreve não é uma mera fanfarrona (Cap. Nascimento feelings), mas alguém com conhecimento de causa. Alguém que já quiz morrer por não aguentar carregar tanta tristeza. Pé na bunda todas nós levaremos, cedo ou tarde. Recomendo o quanto antes, de preferência ainda adolescente. A lição que se aprende é valiosa demais para querer passar incólume. Conselho as sofredoras: se está pesado é porque você não aprendeu a lição. Procure achar por entre a sua dor o caminho para sua reconstrução (soa como horóscopo mas é verdade). E a lição é tão simples: amor e respeito. Sem esse duo não há relação! O cara sumiu e você está preocupada? Porfa! A menos que ele apresente um atestado de alguma clínica psiquiátrica onde esteve internado até então, é ele o canalha! Parem de assumir culpas (e neuras) que não te pertencem! Fico com esse trecho de música na cabeça “as inimigas desejo vida longa…”. Que inimigas? Sou lá super herói por acaso??? Mas a mulher que “roubou” meu noivo é o que? Uma desclassificada… mas não a culpada. A culpa é dele que não soube ser homem o suficiente para assumir suas ações, para ter postura (e sem mimimi que ela seduziu e bla, bla, bla whiskas sache). O meu ex sumiu. Sem qualquer explicação, após me arrastar por dois estados me apresentando à família como “a noiva”, sumiu, escafedeu-se. Eu fiquei lá, com desenhos de vestido e modelos de convite. Casa pronta… Descobri tempos depois que havia voltado pra ex (eu os vi no shopping e se não fosse minha mãe me dar forças acho que me enterraria ali mesmo). Eu o amava? Pensava que sim… Beirando os 30 achei que era o fundo do poço. Depois disso desisti de qualquer ilusão. De princesa da Disney passei a cachorra. Minha carreira durou um baile. Não é pra mim, não foi minha criação. Sofri, chorei… Se meu chefe não fosse tão bacana teria sido demitida na época. A única parte boa foi emagrecer! 10kg!!! Mas de forma nada saudável. Me arrastei por meses até que decidi sair dessa. Precisava me encontrar, juntar meus cacos, redescobrir meu valor. Fui para Machu Picchu, fiz a trilha Inca. Quatro dias de caminhada insana, com uma mochila pesada e acampando sob o céu mais estrelado que já deitei os olhos, coisa que nunca tinha feito na vida! Chegar no topo da montanha sem sentir as pernas, dor ou outra coisa que não puro extase não tem descrição. Depois daquela montanha descobri que sou muito mais forte e melhor do que eu imaginava. De volta ao mundo dos canalhas ouvi tanto bla, bla, bla de carinha que só queria uma foda e nada mais. E isso me dava (ainda dá) uma repulsa tão grande. Nojo desse tipo de gente (são pessoas ou vermes?). Mas se eles existem é porque nós permitimos! No Peru encontrei minha alma gemea. Três anos depois, mais de 20 países no passaporte, um bebê a caminho e uma vida surreal eu afirmo com convicção: Somos todas princesas! Independentes, fortes e dignas de um amor honesto e justo. Não aceite menos. Você não vai acabar sozinha (o mundo é tão grande!). Entenda que você atrai aquilo que almeja. Se mirar baixo só acertará o chão! Tá na fossa? Faça coisas novas (eu entrei para equitação depois que psicólogo algum deu jeito na minha choradeira), frequente lugares novos, abra seu leque de opções, explore o mundo! Abra mente, olhos e coração. Descubra-se, valorize-se, desencane! As coisas acontecem por uma razão e tudo traz algo a ser aprendido. Voltei do Peru e fui demitida! Horrível? Parecia que sim, mas foi o que me deu coragem de saltar no escuro rumo ao desconhecido. Mudei para os EUA para morar com um quase estranho. Eu, que nem dormir fora de casa podia me vi no mundo. E nunca estive tão feliz! Abri minhas asas e conheci tanta gente, mas tanta, que me dá agonia essa falta de perspectiva de algumas meninas (amigas minhas inclusas). Depois dos EUA mudamos para China e recentemente pro Oriente Médio. Toda minha sede por outras culturas tem sido preenchida da melhor maneira possível: vivendo. E é isso que eu desejo a todas em 2015. Coragem de perseguir seus sonhos (conhecer o mundo sempre foi o meu). Fica a minha história! Beijo a todas! Carol  PS: suas simpatias para sacudir a poeira foram exatamente iguais as minhas! Queimar as coisas ruins e escrever num papel a lista de desejos (eu a guardei num livro sagrado). Deu tudo certo! No creo en brujas, pero que las hay, las hay!¨ Estão vendo??? Quando a gente começa a olhar para nós mesmas, aí tudo muda. Quando a gente percebe que já somos completas e que alguém só complementaria, acaba a ansiedade por ter outra pessoa junto. Quando a gente aprende a ser feliz sozinha, para de jogar toda a responsabilidade em um amor! Amei seu email Carol, o único que me deu vontade de publicar! Continuo aceitando emails para o Chora Que Eu Te Escuto, mas com uma condição: se amem mais, se valorizem e tenham atitude. Com isso, acredito que 80% dos problemas estarão resolvidos. Mas continua aberto o espaço para quem quiser uma luz. Ou um tapa na cara rs.

  • Melasma: Quais Suas Dúvidas?

    Vocês sabem o tanto que pesquiso e testo tudo o que existe para melasma né? Um dia desses, vasculhando a internet em busca de novidades, me deparei com um tal de Portal do Melasma. Opa, existe um site que só fala de melasma??? Sim, existe. Esse portal de assunto único, foi criado pelo Dr. Bruno Vargas – graduado em Medicina pela UFMG e especialista em Dermatologia Clínica, Cirúrgica e Cosmiatria – visto a quantidade de pessoas que lutam para se livrar do melasma. É a queixa número 1 em consultórios de dermatologia! Achei super bacana e gostei ainda mais quando vi que ele, o Dr. Bruno, atende em Belo Horizonte!!!!! Liguei na hora e um pouco mais tarde lá estava eu para minha primeira consulta. O papo foi longo, afinal discutir melasma é algo sem fim e com uma única certeza: ele é muito difícil de tratar. Como existem várias dúvidas em relação a essa manchinha chata que cresce e se multiplica, perguntei para o Dr. Bruno, que é especialista na área, se ele topava responder algumas perguntinhas para a gente e ele gentilmente respondeu ao meu mini questionário melasmático. Vejamos Futilish Pergunta: É verdade que se tomar sol em qualquer parte do corpo, ativa o melasma? Dr. Bruno Responde: Segundo estudos sobre o melasma, não há evidências de que a exposição de uma parte do corpo ao sol acarrete no desenvolvimento do melasma noutro local. No entanto, é importante salientar que a radiação ultravioleta é capaz de estimular a síntese do hormônio alfa-melanoestimulante (alfa-MSH) e adrenocorticotropina (ACTH). Em última análise, isso aumentaria a proliferação dos melanócitos e, consequentemente, da produção de melanina, o que poderia agravar o melasma. Entretanto, isso ocorre apenas no local exposto.O que pode passar a falsa impressão de que a exposição de uma parte do corpo agrava o melasma da face, por exemplo, é o fato de que, se o indivíduo estiver em um ambiente com muito sol, a probabilidade de que sua face também receba todas as radiações (UVA, UVB, luz visível e radiação infravermelha) é grande, ainda que na sombra. Sobre os laser (Spectra, luz pulsada), isso realmente adianta? Hoje é sabido que a maioria dos tratamentos a laser podem piorar o melasma devido ao grande processo inflamatório (calor) que geram. Tal processo ativa os melanócitos a produzirem mais pigmento (melanina). O laser Spectra é o única tecnologia aprovada pelo FDA (americano) e Anvisa (brasileiro) para o tratamento do melasma. O laser é indicado para os pacientes com resposta ruim (refratários) aos tratamentos convencionais. Os resultados são variáveis e dependem de alguns fatores: profundidade do melasma; energia usada; correto manuseio da tecnologia pelo operador-no caso, o dermatologista-; tom de pele; dentre outros. A luz pulsada e os lasers fracionados (por exemplo, o laser de Co2) são contra-indicados no tratamento do melasma. É verdade que a hidroquinona faz mal? Quais os prós e contras dela? É consenso que a hidroquinona é o mais potente agente despigmentante (clareador) existente no mercado, mas seu uso a longo prazo pode desencadear alguns efeitos indesejáveis. O uso em concentrações altas e prolongado pode acarretar: hipocromia em confete (são aquelas manchas arredondadas brancas dentro da mancha marrom); sensibilização da pele => dermatite de contato => processo inflamatório => piora do melasma (isto que ocorre quando a pele começa a ficar avermelhada/sensível com o uso do creme….). A nova tendência é a diminuição do uso da hidroquinona (principalmente por longos períodos) e a sua substituição por clareadores menos irritativos. O que acha do famoso Cosmelan? O Cosmelan é um produto existente no mercado que foi muito divulgado na internet… Existe um consenso entre os dermatologistas que todo ácido/clareador usado na pele deve ter a composição/concentração conhecida. O Cosmelan por não ter a fórmula aberta não deve ser usado indiscriminadamente. Acredito que exista altas concentrações de hidroquinona na composição e por isso não o indico. Peeling melhora ou piora? Existe algum tipo de peeling mais recomendado? Sempre falo que o peeling químico funciona muito bem nos pacientes que possuem um melasma inicial, que geralmemnte são epidérmicos (o pigmento está mais superficialmente na pele). O melasma dérmico (mais profundo) não responde bem ao peeling. O protetor solar precisa ser em qual fator? Quanto maior melhor? O protetor solar precisa bloquear todas as radiações que estimulam o melanócito e causam a piora do melasma e o envelhecimento da pele. Aquele número que aparece no rótulo chamado FPS confere proteção a apenas a radiação ultravioleta B (UVB) e este deve ser no mínimo 30. A proteção contra a radiaçãoo ultravioleta A (UVA) é dada pelo PPD e este deve ser 1/3 do FPS (geralmente esta informação não esta exposta de forma tão clara; existe uma nova regulamentação que obriga os laboratórios a dar esta informação de forma objetiva). O spectro da luz visível é protegido pela filtro físico (daí a importância dada hoje em dia aos filtros com base, uma vez que o pigmento funciona como uma barreira física na pele). E por último o espectro do infravermelho (que nada mais é que o calor) não é protegido pelo protetor … (isto explica o motivo pelo qual em dias quentes o melasma pode piorar mesmo que você não esteja diretamente exposto a luz..). Qual a diferença de protetor solar físico e químico? O filtro solar químico requer uma reação química entre a pele, o produto e a radiação para agir … enquanto o filtro físico não necessita de reação para agir sua / a proteção ocorre pela própria barreira física (película) que se forma acima da pele. Quem tem melasma não pode NUNCA tomar sol? Se a pessoa não quer abrir mão de férias na praia ou piscina, quais cuidados deve tomar? Não digo que quem tem melasma nunca possa ir a praia. Os cuidados devem ser redobrados nessas situações. Anticoncepcional faz aparecer melasma? Em caso afirmativo, então enquanto eu estiver tomando pílula terei melasma? E os anticoncepcionais mais novos, aquele que tem pouco hormônio, ainda assim há risco de ter melasma? É sabido que os hormônios femininos estimulam a pigmentação de um modo geral. Os anticoncepcionais orais e injetáveis possuem em sua composição tais hormônios em diferentes concentrações. Existem anticoncepcionais no mercado com níveis de hormônios reduzidos. É preciso avaliar o risco-benefício individualmente. Existe algum anticoncepcional mais recomendado para evitar o aparecimento de melasmas? Dar preferência para os com doses de hormônio menores. Para as grávidas, mesmo usando protetor solar ainda há risco de melasma? Sim. Se a paciente tiver uma predisposição ao melasma, esta é uma fase que a mancha pode aparecer. Existe um pico hormonal muito grande na gestação. O melasma é resultado de algum fator hereditário? Algum estilo de vida aumenta as chances de ter melasma? Existe uma predisposição genética. Os latinos, negros e asiáticos possuem maior tendência ao desenvolvimento das manchas. Os cremes depilatórios para rosto podem estimular o aparecimento do melasma? Os cremes depilatórios por si só não. Caso haja alguma queimadura/irritação no local depilado existe a probabilidade de estímulo do melanócito e consequentemente maior produção de melanina. Qual tipo de depilação é a menos pior para quem tem melasma? Qualquer método depilatório não deve irritar o local. Uma dica é interromper o uso de quaisquer ácidos no local que será depilado. Afinal, tem cura? Ou apenas controle? O melasma possui controle, uma vez que ainda não identificou-se o motivo pelo qual a célula que produz o pigmento (melanócito) na face comporta-se de maneira diferente do resto do corpo. Gostei muito do que vi, li e ouvi. É bem o que tenho pesquisado por aí e apesar de não ter sido apresentada a nenhuma cura milagrosa, sinto que quanto mais a gente aprende sobre melasma, mais perto está o controle dos maleditos. No Portal do Melasma tem várias informações e até o donwload de um livro desmistificando a doença, de graça! Vale a visita e se informar super para visitar os dermatologistas com conhecimento!

  • Inverno Novo, Sapato Novo!

    Sou dessas que todo e qualquer motivo é desculpa para um sapatinho novo. Até falei ontem, meu médico mandou dar uma pausa nos sapatos de salto e lá fui eu comprar tênis e sapatilhas rs. E como o inverno está chegando, as lojas já começam a rechear suas vitrines com novos desejos! A gente não pode ficar de fora e hoje, em primeira mão, que tal conhecer a nova coleção de inverno da Sapatilha Shop?? Preparem-se para uma deliciosa avalanche de botas Over The Knee! Difícil escolher uma e tem para TODOS os gostos! Com salto fino, com salto grosso, de couro, de camurça, sem salto, de bico fino, de bico arredondado… Tenho certeza que se você estava procurando uma OTK para chamar de sua, acabou de encontrar! Quer bota de cano curto? Ok, a Sapatilha Shop também tem! Marrom, para montar um estilo boho e descolado, pretinha de salto grosso para o dia a dia (to num amor com essa… me vejo usando-a nas minhas viagens gringas…), de salto e bico fino para fazer a chique e elegante. Vontade de ter todas! Não quer bota? Tudo bem, que tal glamourizar com esse scarpin gliterizado BAPHO da Uza, em degradê? Coisa mais linda, não tinha visto modelo assim! Também amei a espadrilha da Schutz, em cores neutras e chiques. Os dois scarpins de bico redondo (também Uza) estão sob medida para quem precisa trabalhar formalmente todos os dias e sem sofrer com os pés! Salto super confortável e lindos modelos. Nada de salto, seu negócio é pé no chão. Então vamos lá: tênis Carrano todo estiloso para o dia a dia e ideal para bater pernas em viagens! E olha que apareceu por aqui, um slip on matelassado, lembram que eu estava louca com um? A Sapatilha Shop também cuida da riqueza das onças e tem essa sapatilha linda da Uza e mais chique ainda, a sapatilha achanelada com direito a camélia e tudo mais! Gostaram da minha seleção para o inverno da Sapatilha Shop? Então podem gostar ainda mais, pois consegui FRETE GRÁTIS para todo o Brasil até o domingo de páscoa! E divide de 6 x no cartão ou 5% de desconto por boleto bancário. Corre aproveitar gente! Depois não venham me perguntar ¨onde achar uma bota over the knee bonita¨. Eis a resposta!

  • Tem Jeito? Camisa de Onça

    Não tô acreditando nessa dúvida… “Boa noite Constanza!! Estou tentando ensinar minha mãe a classificar as onças de acordo com suas regrinhas socioeconômicas. Ela me pediu pra mandar a foto dessa camisa que comprou e nunca usou pra ajudar na didática! Kkkk É muito pobre? Chega a ser uma oncinha assalariada? Kkkkkkk Afinal, Tem Jeito? Bjinhos, querida! Lu“ Tentando descobrir quem bateu a cabeça, a mami ou a filha… Essa onça tá RYCKISSIMA! Mas muito mesmo! Sem dúvida nenhuma, pode separar ela das outras roupas para não pegar mania de pobre! Essa merece duplex com vista pro mar hahaha Camisa de onça é MUITO fácil de usar e fica linda em várias produções! É um must have, acredito que todo mundo tem que ter uma (ryca tá?)! Separei algumas inspirações para vocês verem: Como estamos falando da mãe da Lu, pensei em looks mais sóbrios. Não sei qual a idade dela mas preferi não arriscar comprimentos muito curtos ou decotes! Saia lápis preta, calça branca, jeans com lavagem escura… Com calça preta (qualquer modelo), saia midi branca… Ai, não é linda uma bela camisa de onça?  E fiz algumas montagens! Tenho paixão por onça com vermelho! Como peguei uma peça “grande” (a calça), é melhor neutralizar os acessórios. Aqui deixei o destaque para o scarpin vermelho! Não fica luxo? Poderia ser laranja, verde, azul anil… Com bermuda preta para os dias mais quentes e uma flat bem confortável. Escolha uma sapatilha de bico fino para alongar! Com jeans é sem erro. Para dar alegria e descontrair o look, vale apostar uma cor vibrante na bolsa! Tem Jeito facinho, facinho, ainda mais com uma camisa linda dessa! Pode dar sinal verde pra mami Lu, ela acertou em cheio na riqueza da onça!

  • Hola Mexico! Parte I – Cancun

    Passamos duas semanas no México, uma viagem um tanto inconsequente se considerarmos a alta do dólar e deu para perceber claramente a ausência de brasileiros! Por incrível que pareça, desta vez mal escutamos falar português nas ruas, shoppings ou hotel. Muitos americanos (muitos adolescentes bêbados, hello Spring Break!) e muuuuuitos asiáticos! Pareciam japoneses e coreanos, mas em grande quantidade mesmo! E nós. Sofrendo para economizar os suados dólares. Comprei a passagem no site da Tam no ano passado, numa promoção bem boa porém o trecho era BH – SP – Cidade do México. Daí comprei a parte Cidade do México – Cancun por cerca de 400 dólares ida e volta pela Aero México. Pensamos em pegar uma low cost mas a diferença não era muita e não teríamos problema com a bagagem. Na Aero México você pode despachar uma mala de 25 kg e levar uma de mão até 10kg, isso fora sua bolsa. Numa low cost cada kg é cobrado! Post com looks ok? Casaco Kaele, blusa Riachuelo, legging Zara, tênis New Balance, bolsa Michael Kors (é a que usei na praia, levei a bolsa oficial dentro dela para economizar espaço), mala de mão Roncato e óculos Ray Ban. Chegamos no México logo cedo com um fuso de 3 horas a menos. Para ir para a área de embarque nacional tem que pegar um trenzinho e CUIDADO, logo começam a querer te cobrar por qualquer ajuda. Veio um tiozinho oferecer ajuda com as malas já que não podia usar o carrinho (oi?) e eu neguei. Já tinham me alertado isso e era só o começo. O embarque na área nacional foi tranquilo, o terminal tem varias lojinhas mas NÃO SE EMPOLGUEM! O câmbio nas lojas é o pior possível. Se vale como dica, no hotel que ficamos em Cancun encontramos o melhor cambio. Segurem seus dólares até conseguir uma boa casa de câmbio, não comprem nada em lojas com obamas. Na sala de embarque tem aquele free shop La Riviera, o mesmo do Panamá e é bem recheado mas eu nem entrei para não cair em tentação. Tem loja da MAC, que também passei longe. Ao chegar em Cancun, no desembarque, uma avalanche de pessoas de uniforme marrom tentam de qualquer forma te puxar para oferecer sei lá o que. Qualquer coisa que você responda eles vão dar um jeito de falar que tem algo ótimo e é uma baita oportunidade. Novamente passei direto pois tudo parece ser pegadinha. Nós alugamos um carro pela Hertz, num valor tão baixo que desconfiamos. Algo em torno de 250 dólares por 11 diárias. Lá no aero mesmo pegamos o carro e claro, o valor “cru” era aquele mas tínhamos que considerar as taxas e impostos (ok) e o seguro contra terceiros que foi o que duplicou o valor do aluguel. Para o seguro do carro, usamos o que o cartão de crédito oferece mesmo. Carro alugado, rumo ao hotel! Zona hoteleira de Cancun Ficamos no Marriot Casa Magna, situado na Zona Hoteleira de Cancun. Ótima localização, hotel grande, boa infraestrutura mas um pouco antiguinho, o que não atrapalhou nada. O staff foi muito atencioso, simpático e logo na chegada deram um cartão de desconto para os restaurantes do hotel (10% off). O café da manhã (que não está incluído na diária e custa cerca de 25 dólares por pessoa) é farto (muito mesmo) e tem de comida japonesa a french toast. Se quiser economizar na comida durante o dia, aproveite o breakfast hahaha Lobby do hotel… Nossa vista de todos os dias (ai que chato…) E parte do café da manhã. Não sei porque não fotografei o buffet. Nós não pegamos hotel all inclusive pois não queríamos ficar presos no hotel, queríamos sair e conhecer a cidade, mas o tiro saiu pela culatra. Em Cancun não tem muito o que fazer, algumas baladas a noite e as praias, pelo menos no setor que fiquei, não davam para nadar pois o mar era muito bravo. Acabamos gastando uma boa graninha comendo fora. Quem quiser comer bem e barato super indico o supermercado Selecto Chedraui que fica perto da CocoBongo! Lá tem de tudo, roupa de praia, farmácia, bebidas, cosméticos (marcas mais comuns como Revlon, CoverGirl e Maybelline) e comida além de uma praça de alimentação super variada. Tem estação de salada, comida japonesa, massas, hamburgeria, sanduíches, ceviche, arroz, frango, batatas recheadas, cafeteria e sorvete. Um almoço para duas pessoas fica em média 150 pesos, algo como 10 dólares! Então se quiser economizar na comida durante o dia, lá é o lugar certo. Como contei, não tem muito o que fazer em Cancun durante o dia… Passamos boa parte na piscina do hotel já que iriamos ficar mais uma semana em Playa del Carmen, e de lá ir aos passeios mais famosos como X Caret, Tulum, Cozumel, Chichen Itza e etc. Perto do nosso hotel estava o La Isla, um dos shoppings mais chiques da cidade. Tem boas lojas (Tiffany, BCBG, Louis Vuitton, Coach, Zara – pequena e ruim – Diesel, Prada, a gigante mexicana Liverpool – uma loja de departamentos que vende grifes e não grifes – e terá uma Sephora em breve) mas achei tudo absurdamente caro – oi dólar – e estava bem vazio! Nem fiquei lá muito tempo… Shopping La Isla, bem perto dos hotéis da Zona Hotelera. (Foto: Reprodução) Durante nossa semana em Cancun tiramos um dia para ir a famosa Isla Mujeres. Para chegar lá é bem fácil: é só ir para a Praia Tortuga e comprar o ticket do ferry (US$15 ida e volta). Claro que tem um monte de barraquinhas vendendo vários passeios mas como não queríamos cair em nenhum programa pega turista, pagamos só o transporte mesmo. O ferry é grande e tem um mariachi que faz um show durante a travessia. O da ida era bem normalzinho mas o mariachi da volta era loco loco loco hahahah (fiz um vídeo muito negraçado, clique AQUI). Lá em Isla Mujeres muita gente aluga um carrinho de golf para passear pela cidade mas novamente fomos contra o que todo mundo faz e partimos em busca de uma praia tranquila e com mar calmo para relaxar. No caminho, muito artesanato e dá para pechinchar MUITO! Apesar de não ter comprado nada (o concierge do hotel me aconselhou a comprar artesanato em Chichen Itza, pois tudo vinha de lá), várias vezes parei para admirar as lindas caveiras mexicanas, os sombreros e as máscaras de luta livre mexicana. Se livrar dos vendedores é uma arte hein? Eles fazem de TUDO para você comprar. Alguém já assistiu Nacho Libre? hahaha Ficamos numa praia em Punta Norte, são várias e escolhemos uma mais afastada e tranquila. Acho que esse dia foi o que mais relaxei! Tomei mojitos e nadei naquele mar calmo e cristalino, que era o que eu mais queria… Até então era a praia mais bonita que tinha visto. Além de bonita, muito barata! Escolhemos o bar Zazil Ha, um loungezinho gostoso e pagamos cerca de 200 pesos (uns 14 dólares) para ficar naquelas espreguiçadeiras duplas com guarda sol e um garçon indo de tempos em tempos checar se estávamos bem. Ô se tava… O único problema é que eles não fornecem toalhas, então tivemos que nos contentar com uma mini toalha que eu carreguei do hotel. A comida também era muito boa: pedimos um peixe mediterrâneo que estava maravilhoso. Muito me indicaram nadar com golfinhos quando fosse para Isla Mujeres mas além de caro (150 dólares por pessoa, quase 500 reais cada um) não vejo muita graça nisso. Fico com dó dos bichos… O ferry para Isla Mujeres (reparem a cor do mar!) Isla Mujeres (paraíso) Pode ficar aqui? Relax total no Zazil Ha! Depois de visitar Isla Mujeres, nos restava ficar curtindo o hotel. O que também não era nada mal rs. Rolava uma praia, mas nada de entrar no mar, muito bravo! E taca-lhe guacamole com cerveja na beira da piscina. Mais um look made in Cancun: body Cia Marítima, short Riachuelo, alpargata Arezzo. Fomos visitar algumas praias perto do hotel e uma das mais famosas é a Playa Delfines, ontem tem aquele escrito grande Cancun que todo mundo tira foto. A praia é bonita, mas confesso que ainda esperava mais (e sim, eu teria mais, muito mais). Playa Delfines Tem um mirante bem bacana para fazer fotos bonitas. Todos os dias rolava um mini stress para ir pra CocoBongo. TODO MUNDO falava que tinha que ir, que era o máximo, imperdível mas ou estávamos cansados, ou simplesmente ficávamos com dó de pagar os US$140 da área VIP. Sim, da VIP e não por metideza mas muitas leitoras me avisaram que na pista mal dava para dançar, não dava para aproveitar o lugar e era quase um pesadelo. Além disso, algumas amigas tinham me avisado que na área VIP era mais tranquilo para casais. Ok, eu queria evitar minhas voadoras então só iria se fosse de VIP. A entrada normal custa US$ 75 e o dobro na VIPona, as duas com open bar de bebida nacional até as 3 e meia da manhã. No último dia de Cancún resolvemos finalmente ir, mas nos deparamos com outro problema: chegamos meia noite e já não havia mais entradas. O horário para chegar nessa balada é por volta de 10 da noite! São uns 20 shows que começam por volta de 23h e acabam as 3 da manhã. As outras baladas (é uma esquina cheia de danceterias) estavam LOTADAS, daqueles mesmos adolescentes loucos. Eu que não ia né? Noite em Cancun E se for para indicar um restaurante em Cancun, indico o Sasi Thai! Um thailandes delícia que fica no hotel Casa Magna (o que estávamos hospedados)! Fomos sem pretensão nenhuma mas o atendimento foi tão bom e a comida tão gostosa, além de um ambiente lindo, que queria ter descoberto esse lugar antes! Mojito, por supuesto! Meu prato e que esqueci o nome, mas eram vegetais com  macarrão de arroz e carninha (muito bom!) E o Rafa foi de porco com arroz (em nome chique, claro) E mais um look! Vestido Isbella por Isabela Giobbi, sandália Arezzo (não levem salto fino, anabela já tá ok! E só uma…) e bolsa Arezzo. Cancun é legal, achei bonito mas bem mais ¨cidade¨ do que eu imaginava. É praticamente uma mini Miami! Para quem ficar só lá, aconselho fortemente ficar num hotel all inclusive, e um bem bom com ótima piscina, pois as atrações na cidade durante o dia são bem limitadas. Quem for curtir as redondezas e visitar outros lugares, porém voltando para Cancun todos os dias, não precisa de all inclusive. No nosso caso, ainda teríamos mais 6 dias em Playa del Carmen, onde faríamos todos os passeios possíveis. Estou doida para contar de lá… Aguardem o próximo post!

  • Conforto Branco

    Já contei que tenho condromalácia nos joelhos né? Na verdade nem sei se existe condromalacia em outro lugar hahaha. É um desgaste da cartilagem, degenerativo, que com o passar dos anos fica cada vez pior. Não existe maneira de ¨repor¨ essa cartilagem, apenas atrasar um pouco o desgaste. Vai ficando osso no osso o que ocasiona dores e muitas limitações. O meu caso é precoce e o último médico que fui (fui em vários) finalmente descobriu o motivo de eu ter isso tão ¨nova¨: minha rótula (aquele ossinho que mexe no meio do joelho) é torto e os dois são vesgos. Assim, eu forço mais a lateral externa do joelho, onde justamente tenho as dores. Nasci com defeito de fábrica e um dia iria passar a conta. Durante um bom tempo convivi bem com isso. Nunca consegui correr por muito tempo, mas conseguia alternar corridas de 3 minutos com caminhadas, conseguia agachar e flexionar o joelho, mas no começo deste ano exagerei na bike e acabei detonado os dois de uma vez, até um cisto apareceu! Resultado: quando agacho parace que estou quebrando uma cristaleira inteira dentro dos joelhos, sinto dores ao descer escadas e, correr? Nem pensar. Só consigo flexionar o joelho até 30º, ou seja, quase nada e nada de esportes de impactos, com freadas bruscas. Justo eu, que amo spinning, muay thai, fazer esportes de rua e tudo o que tenha batidão. Apareceram duas alternativas: aplicar ácido hialurônico ou cartilagem alternativa (Synvisc One), isso de 6 em 6 meses, mas nada para curar a condromalácia patelar, apenas para dar uma melhorada na qualidade de vida. Além disso, fisioterapia e esportes na água (o que odeeeeeeioooo). Por enquanto nada de aeróbicos! Como que emagrece assim? Ah e essas aplicações são caríssimas, cerca de R$ 1.500 por joelho, de 6 em 6 meses, pro resto da vida. E claro, o plano de saúde não cobre. Também tomo Condroitina e Glucosamina todo santo dia, que também não cura nem faz ¨nascer¨ cartilagem, mas dão uma amenizada na dor. O dia que senti mais dor, foi no voo de volta de Londres, esse último, muitas horas sentada e com o joelho dobrado, quando levantei mal conseguia andar! Mas porque esse desabafo todo? Para contar de terei que descer do salto por um tempo. Bom, um médico disse para eu usar sapato baixo, o outro disse que é pior não usar salto, já que ele ameniza, estou bem confusa mas por via das dúvidas, faz mais sentido em minha cabeça NÃO usar salto. E claro, tudo é desculpa para comprinhas fashion! Fui naquela famosa liqui da Arezzo e comprei umas 6 alpargatas, na gringa comprei 2 New Balance, mas meu amorzinho atual, é um tênis branco que comprei na Zara de BH mesmo! Ele é pesado e machuca um pouco os pés (ainda mais para quem cisma em não usar meia, como eu hehehe), mas fica super street style e dá para usar com qualquer tipo de roupa que fica chique, nem parece tênis! Porque existe tênis de rua e tênis de academia, e claro, se não estivermos malhando, só vale usar os street ok? O tênis branco que me agrada é de couro (ou couro fake) pois os de lona sujam muito. Tem o solado um pouco mais alto e grosso e sem muitos detalhes. All Star e Superga também funcionam, mas prefiro os mais street e minimalistas, tipo esses: Ficam bons com vestidos, saias, jeans e até roupa de alfataria! O meu é esse último modelo da montagem acima, da Zara e paguei uns R$ 180 (não me lembro direito). É uma bela alternativa para quem precisa descer do salto mas ainda quer manter o estilo. E esses são bem fáceis de limpar e mega versáteis! Enquanto mais branco e sem detalhes, melhor ainda. E no final das contas, o joelho agradece

  • Qual o Comprimento Certo da Calça Flare?

    Ihhh, assunto polêmico hoje no Futilish. A calça flare é amor ou ódio, sempre percebo isso quando posto algum look usando uma. Quem ama, acha maravilhoso… já quem torce o nariz, acha milhões de defeitos na coitada. Eu gosto MUITO de flare. É uma das peças que a princípio não curtia muito, não me acostumava com o tamanho da boca da calça e não conseguia me decidir quanto ao comprimento dela. Não sabia o que era legal, o que funcionava visualmente e esteticamente, o que favorecia. Mas a gente só aprende tentando e observando e hoje estou em paz com minhas flares. De tanto usar (sim, uso bastante) já aprendi a contornar o problema mais grave desse modelo: o comprimento. Mas preste atenção, estou falando o que EU acho bacana, o que no meu gosto é aceitável! Cada um pode ter uma ideia diferente quanto a isso mas se perguntarem qual o comprimento perfeito da flare eu vou responder mais ou menos assim: “Não fica legal um amontoado de tecido na barra, de jeito que mesmo ao caminhar o sapato não apareça e a calça fique arrastando no chão. O comprimento deve ser exato, no máximo um centímetro de salto aparecendo, no MÁXIMO. A graça da flare é que esconda o sapato, que apareça de leve a pontinha mas como falei acima, não pode arrastar. Quando o sapato aparece muito, dá a impressão de calça curta, o que acho horroroso. De costas, o bacana é que o salto não apareça.” Nem toda calça vem no comprimento certo para mim mas como tenho preguiça de mandar para a costureira, eu vou nivelando com sapatos diferentes até acertar o ponto ideal. Exemplifiquemos: Tá curta. O sapato apareceu demais e ficou pesado! Uma das maiores vantagens da calça flare é alongar a silhueta e nesse caso ela não está cumprindo seu papel. Tá comprida! Nada de sapato, nem ao caminhar e bololô de tecido na barra.  Comprida… Deu para entender né? Agora vejamos o comprimento certo. Calça esticadinha, quaaaase pegando no chão! Pontinha do sapato aparente e ele surge ao caminhar! Ponto! É um detalhe milimétrico, literalmente! Falo que é o ponto certo pois não fica arrastando no chão e nem curta! Assim conseguimos alongar bem as pernas! Resumindo: a meu ver, o comprimento perfeito para a calça flare esconde o sapato, principalmente quando de costas, a pontinha dele pode aparecer principalmente ao caminhar e a calça fica esticada! Esse modelo é milagroso para a maioria dos biotipos pois alonga e equilibra proporções! Tentem e tenho certeza que vão curtir o resultado.

  • Quer Colorir?

    Um belo dia, abri o Facebook e me deparei com uma pessoa mostrando seu desenho colorido num livro de colorir. Achei as cores bonitinhas, o desenho fofo e só. No outro dia, outra pessoa mostrava a capa do tal livro, que tinha acabado de comprar. Ok, passei pro seguinte feed. Pouco depois, outra pessoa falava o quanto estava gostando de colorir o MESMO livro. Daí parei e prestei atenção: mas que mania é essa? Trata-se do livro Jardim Secreto, de Johanna Basford, que virou mania nacional. Na verdade a história começa no ano passado, quando na Europa lançaram vários títulos única e exclusivamente com a finalidade de fazer os adultos preencherem com cores esses desenhos mais elaborados. Pode parecer coisa de criança, mas a idéia ganhou força e incentivo para os adultos quando incorporaram as palavras ¨anti stress¨ e ¨terapêuticos¨, coisas que nós bem sabemos do que se trata. Desde então foram vendidos milhares de exemplares mundo afora e o Jardim Secreto é apenas mais um desses livros destinados ao relax adulto. Dizem que você começa a colorir bem tímido, mas que depois aquilo não te larga mais e você se desliga do mundo! Será? Confesso que a princípio achei bem bobo, oras, não tenho tempo para ler os livros que compro, vou ter para colorir? Mas estão falando tanto nisso que bateu uma enorme curiosidade de saber como é! Pode ser que eu colora apenas a primeira folha e depois jogue tudo pro alto (sou ansiosa e gosto de ver resultados rápidos) mas pode ser também o meu momento do dia que irei me desligar de tudo o que é virtual e digital. Sabiam que nem escrever consigo mais? Minha letra era linda, mas de tanto só digitar, a mão ficou dura e agora minha caligrafia está péssima. Se formos olhar por esse lado, a idéia é realmente muito válida! O livro Jardim Secreto – o mais famoso no momento aqui no Brasil – está bem fácil de achar (pelo menos na internet achei em várias livrarias – Saraiva, Submarino, Travessa) e tem um preço bom, cerca de R$ 25. E só para atiçar ainda mais minha curiosidade, lembrei que tenho uma mega super hiper blaster caixa de lápis de colorir, que custou os ói da cara e comprei quando fazia paleta de cores para clientes de Personal Stylist. Acho que voltarei a usar meus lapizinhooooos! Ótimo presente para aquela sua amiga stressadinha hein? O que acham? 

  • Comprinhas de Viagem: Make Up!

    Resolvi finalmente mostrar minhas comprinhas das últimas viagens, a de Londres e a do México! Mas só vou mostrar as maquiagens pois as (poucas) roupas vou mostrando a medida que for usando, melhor né? Para ficar o elemento surpresa rs. Foi-se o tempo que eu voltava carregada de make do exterior. Quem me acompanha há mais tempo sabe o quanto eu comprava compulsivamente e voltava cheia das coisas, mas como tudo ficou caro pra nós e já tenho muita coisa, estou cada vez mais seletiva. Só tem uma coisa que SEMPRE me quebra as pernas: base. Falou que é nova, promete mundos e fundos, eu vou lá e compro. Já tive tara por corretivos, agora são as bases. Comprei isso ó: Da esquerda para a direita: tipo uma máscara para sobrancelhas da Maybelline. Tinha mostrado em um Novidade da Gringa e encontrei no México. Outra coisa que achei foi a versão a prova d’água da máscara para cílios Miss Manga da L’Oreal. Tenho a versão normal e é muito boa, fiquei bem feliz ao ver a waterproof (que eu prefiro para ¨segurar¨ os cílios curvados por mais tempo). Também trouxe uma caixinha com essas tirinhas para tirar cravos do nariz, da Bioré. Bem boa também, as minhas tinha acabado. Essa máscara da Revlon comprei porque achei barata e promete volume e alongamento dos cílios, nunca usei, tomara que seja boa! E aproveitei que vi make Tom Ford em Londres e garanti estoque para meu amado delineador. Gente, esse é O delineador! O melhor do mundo, apenas. É caro, mas vale cada centavinho e como é mais difícil de achar, comprei assim que vi. O meu está quase acabando. Da MAC comprei dois batons, que inclusive foram dicas de vocês! A esquerda o Modesty (que dizem ser o nude preferido da Kim Kardashian) para repor o I Love Winter e o Captive, que vocês me contaram que se parece muito ao meu amado Private Party. São alternativas para os Edição Limitada que mostrei neste post aqui! Ainda na MAC, comprei dois lápis: o da foto acima é de boca na cor Dervish, para contornar batons nude e ficar com bocão igual ao da Kardashinha. Esse é de olhos e caí no canto da vendedora. Ela me contou que era novidade, preto com brilhinhos dourados, que dura um monte e não borra e besta aqui comprou na hora. Acontece que o Black Line não é novidade coisa nenhuma, tanto que eu já tinha um em casa… :-/  Agora as makes de rycah hahaha. Gente, que coisa mais maravilhosa são essas embalagens da Dolce & Gabbana? Essa base foi indicação da Lalá Noleto que me contou maravilhas dela, que é excelente, boa cobertura e deixa a pele natural! Óbvio que corri comprar! A minha cor é a Caramel e ainda não testei. Querem resenha né? Comprei na Harrod’s em Londres e a vendedora me disse que era uma das bases mais compradas pelas brasileiras. Ok, deve ser boa mesmo. Outra indicação da Lalá foi o pó bronzeador também da D&G. Embalagem mais luxo ainda, daquelas para abrir no banheiro da balada e matar a mulherada de inveja hahahaha. Comprei o Deep Bronze, 30/40, que nem é tão deep assim. O outro era MUITO claro e nem iria aparecer na minha pele. São dois pós na mesma embalagem: um mais claro para passar no rosto todo e… … um mais escuro para usar como blush ou contorno! Muito LOOOOSHOOO! Tive mais uma indicação de base que não deixei passar batido. A Karin, leitora querida e mega entendida em makes finas e de qualidade, me falou para eu comprar a nova base da YSL se eu visse por aí. Trata-se da Le Teint Encre de Peau que promete longa duração, boa cobertura, acabamento mate e luminoso (dá para ser mate e luminoso ao mesmo tempo?). O aplicador é diferentão mas eu curti. Dá para dosar bem e não desperdiçar produto (ao contrário daquela maledita da Nars, que metade já vazou pela péssima embalagem, ainda vou falar dela em outro post). Também não provei para valer, mas está na fila. E essas foram minhas comprinhas! Assim que testar essas bases farei resenha e conto o que achei! Sempre em busca de alta cobertura e acabamento natural.

  • Eu Testei! Batons Líquidos de Acabamento Matte

    Tudo começou quando vi um monte de gente comentando sobre os batons da Dailus. A marca é nacional e eu pouco conheço mas lançou um hit que pegou geral: o batom líquido com efeito mate. Ok, a invenção não é deles mas foi a partir daí que comecei a me interessar por tal produto e querer testar todos. Comprei os Dailus aqui em BH, no Feira Shop da Savassi e paguei R$ 25 em cada um, o que não achei assim uma pechincha mas queria tanto, estavam tão famosos que comprei assim mesmo, e em três cores: o Sapatilha (um roxo bem escuro), o Ballet (um vermelhão) e o Sissone (nude). Pouco depois, comprei dois da Lime Crime (acho que 60 reais cada), nem estava atrás deles, mas uma amiga maquiadora tinha um contato que estava vendendo e me recomendou comprar. Peguei o Utopia e o Red Velvet. Se parei por aí? Não… Fiquei sabendo que a Quem Disse Berenice também tinha lançado batons do mesmo estilo, fui lá conferir e de todas as cores (e todas estavam disponíveis, na loja do BH Shopping), gostei da Uvali e Vinheli. Consumi os dois por R$ 29 cada. Querem ver?? Os primeiros que comprei, Dailus! O Ballet é um vermelho bem bonito, cor rica e os batons são extremamente secos. É bom esfoliar bem os lábios, passar um balm e aí aplicar o batom. O Sapatilha é um roxo LINDOOOO! Bem escuro e exige perfeição ao passar. É o mais difícil de todos de espalhar. Já usei o Sissone milhões de vezes. Das marcas que comprei, nenhuma tinha um nude tão bonito quanto esse.  Agora os Lime Crime… É chato falar isso, mas nem se compara o acabamento e a textura desses com os da Dailus. Infinitamente superior, o batom desliza na boca, a cobertura é perfeita e dura muito! As cores são mais intensas e não borra, não fica a boca manchada sabe? Olha o swatch… esse vermelho é muito poder! Uma das cores mais lindas que já vi, o Utopia é maravilhoso! Conseguem perceber como a textura é boa? Grossa, espessa, cobertura máxima! E o melhor, ¨desliza¨ nos lábios. Sem sofrimento para passar. Quero mais cores da Lime Crime! E por último, os da Quem Disse Berenice! O Vinheli é MUST HAVE! Gente, que cor chique! Também são mais faceis de aplicar e GRUDA na boca. Passei um para provar na loja e tive que ficar com ele mesmo porque não saía por nada rs. Outra cor que amei, Uvali! A cor está mais para o swatch da direita, na sombra ela ficou avermelhada, mas é bem vinho mesmo. Não consegui escolher um nude dessa marca, todos os que provei não me agradaram pois achei que puxavam pro rosa e eu gosto de nude nude. Voltarei com mais paciência para ver se acho algo. As três marcas tem cores lindas e realmente os batons tem acabamento bem matte e duram muito. Achei os da Lime Crime os melhores, tanto pela textura quanto pela facilidade de aplicar. Os da Dailus são os que mais mancham porém as cores são bem bonitas também e tem o melhor preço. Acredito que os batons da Quem Disse Berenice são os que mais se aproximam aos da Lime Crime, são fáceis de achar e tem ótimo preço! Só queria que tivesse uma outra opção de nude. Acham que parei por aí? Nops… acabei de encomendar uns da NYX! Vi a Isabella Fiorentino usando um e AMEI! Assim que chegar mostro aqui! Alguém já testou esses? Algo a acrescentar? Outra marca??

  • Melasma: Por Essa Eu Não Esperava!

    Fui pra praia e desencanei do melasma. Sim, porque se fosse ficar preocupada com as manchas, não teria aproveitado em nada aquele paraíso todo. Sei que em 5 minutos de sol já teria todos meus melasminhas de volta, então nada de stress mas obviamente com todos os cuidados recomendados pelo dermatologista: Helioral de manhã e na hora do almoço, protetor solar direto, cápsulas de Oli Ola e rosto na sombra. Nem sempre deu para me manter na sombra mas como sei que isso é uma coisa mínima frente a potência do melasma, não me preocupei muito. De um jeito ou de outro eles iriam voltar e eu teria que retomar toooodo meu tratamento. Ok, voltei igual a um dálmata e isso que segui as indicações preventivas. Nada adianta de nada. Já marquei meu retorno às sessões de Spectra, aquele laser que não faz nada mas que ainda tenho algumas sessões do pacote milionário que paguei. Não vou desperdiçar. Também já marquei consulta com um dermato especialista em melasma, aliás consultei com ele antes de viajar mas o tratamento pra valer será agora. Mas o que queria contar mesmo, na verdade compartilhar e trocar idéias com vocês, é sobre um email que recebi de uma leitora, a Denise, com uma informação que eu desconhecia totalmente e que me deixou perplexa: ¨Olá Constanza! Há um tempo acompanho seu blog e, dentre tantas dicas, as que mais me atento são referentes ao Melasma! Também possuo a mancha – e no mesmo lugar. Também vivo (ia) à procura de um tratamento ou um milagre, ainda mais pelo fato de eu amar surfar – e nenhum protetor solar durar e proteger a pele 100%. Até que, às vésperas de me casar, procurando amenizar a mancha, recebi da minha dermatologista o conselho de não me privar do que amo fazer e não me preocupar além do natural com o sol, apenas saber encontrar uma boa maquiagem para escondê-la. Enfim, convenhamos que é verdade, né? Podemos passar ANOS sem ver um raio de sol sequer, mas, quando isso acontecer, lá está ela de novo. Por isso consegui dar uma boa desencanada. Mas, ainda sempre lendo muito a respeito, acabei encotrando um blog que defendia muito o uso de Óxido de Zinco como proteção solar. Segue alguns links onde há uma melhor explicação pra isso: 7 Motivos para Usar Oxido de Zinco como Protetor Solar e Proteção Solar para Peles Claras e Sensíveis. Bom, não sou nenhuma engenheira química, dermatologista, nem nada. Apenas li sobre isso nesse blog e fiquei curiosa. Parece que a proteção do óxido de zinco é  superior a de qualquer protetor solar comercializado. Como não corria nenhum risco de prejudicar minha pele, resolvi testar. O que escrevo agora são minhas impressões pessoas, nada técnicas, muito menos profissionais, ok? - Podemos passar na área dos olhos – não arde, não irrita; - Não fica melecado – tem uma consistência bem líquida mesmo; - Não precisa retocar de 3h em 3h – enquanto estiver no corpo, protege; - Cobre COMPLETAMENTE a área aplicada; - Protege de praticamente tudo – é como se fosse uma proteção física mesmo, como se estivesse “embaixo” de alguma coisa que te protege de todos os raios. - Melhor custo benefício – um frasco de 100ml por R$4 e não precisa retocar a cada 3h? - Melhor resultado – meu marido passou na tatuagem do braço para testarmos em um dia de mormaço e em um dia de muito sol. No restante do corpo usou protetor solar da Loreal fator 60. Resultado? O braço visivelmente mais branco do que as costas ou o peito! Isso porque usou o FPS 60! - não é testado em animais (!); - Durou toda a “sessão” do meu surfe, entrei e saí com o rosto super branco! Porém, fica a dica pra quem deseja usar no dia-a-dia: é só colocar uma gota da sua base dentro do frasco ou passar um pó depois de aplicar! - A minha mancha do melasma não sumiu, porém, percebo que vem clareando muito, devido ao fato de estar melhor protegida agora. Tem muitos benefícios na prática, ainda mais pra quem, como eu, odeia aquela sensação de suor e meleca que causa o protetor solar comum. Mas, ressalto que minhas impressões são de alguém que percebeu esses benefícios na prática, não com um estudo aprofundado ou algo mais profissional. Fica minha dica… quando for se expor ao sol, sugiro testar a famosa “pasta d’água”. Depois me conta também o que achou! Beijos¨ Fiquei chocada. Dei uma pesquisada e vi que tal substância está presente no Hipoglós e na Minâncora. Descobri que tem poder anti-séptico, é secativo e anti inflamatório. Ele ¨acalma¨ a pele mas não achei nada ¨oficial¨ sobre substituir o protetor solar. Perguntei se além do Oxido de Zinco, ainda passou protetor solar. Eis a resposta: ¨Oie! Então, olha… Eu não passei NADA! Só a pasta d’água! Além disso, ela seca espinhas! Da pra acreditar? Por isso resolvi testar, era muito milagroso pra ser verdade. Segundo teorias, não é muito divulgado por conta da indústria em torno dos protetores… Não sei, mas pra mim está funcionando! O rosto fica branco sim! Mas no mesmo blog elas ensinam umas receitas de primer caseiro – que já fiz – colocando um pouco do pó por cima ou misturando um pouco da base no mesmo frasco do óxido de zinco… Ainda não consigo usar diariamente porque não tenho paciência de me maquiar todo dia (pra sair o branco). Mas na praia no rosto só vai ele! Até perto do couro cabeludo eu passo e não gruda o cabelo! Sério… Testa!¨ E aí nação melasmática??? Dermatologistas, químicos, pessoas entendidas! Já ouviram falar disso?? Será que encontramos um amigo contra a batalha do melasma?

  • Trend Da Vez: Sandália de Plataforma

    Não é bem assim uma mega tendência, mas está mais evidente nesta estação. Eu já tinha reparado que várias fashionistas e bloggers estavam abusando das sandálias de plataforma e sempre olhei com indiferença. Vocês sabem meu gosto né, sandálias delicadas e de tirinhas… Além disso, sempre pensei que eu, com meus 1,72 de altura (e nem sou tão alta assim), ficaria parecendo um traveco usando uma sandálias dessas. Só que o tal sapato continuava atravessando meu olhar… No Pinterest, no Instagram, nas semanas de moda… caramba, todo mundo usa? Quando de repente, as mais famosas lojas de calçados nacionais (re) lançaram a sandália e está em TODAS as vitrines. Mas antes das nacionais, vejamos as gringas e provavelmente, a inspiração para as nossas rs. Prada e Gucci são as mais cobiçadas! Mas como usar?  Assim ó: Sabe quando o olho acostuma? Pois é, já não acho tão grotesca e alguns modelos são bem aceitáveis! O que não curto muito é quando o salto é MUITO quadrado, tipo tijolinho. Acredito que dá para ter delicadeza mesmo nesse modelo de sandália! E com vocês, nossas opções! Fresquinhas em todas as lojas do país! Tem de prender no tornozelo, com o calcanhar coberto, mais grossa, mais baixa, mas o ponto comum para todas é o material: camurça. Até tem de couro ou verniz, mas a pretinha de suede, na minha opinião, é o carro chefe desta moda. Adivinha? Provei uma na Arezzo (a primeira Arezzo da montagem) e até curti bem no pé! Fiquei traveca, mas gostei do salto mais fino e da tira no tornozelo. Se terei coragem de usar… não sei. Farei um teste drive em casa, se não rolar química, volta pra loja e pego uma de tirinhas delicadas rs. Vocês curtem esse modelo?

  • Desejando: Top Com As Costas Trançadas!

    Ou com tirinhas! Lembram quando fiz este post falando da Cutout Lingerie? Pois é, garanti as minhas na Victoria’s Secret mas se antes queria tirinhas na frente, agora a cisma é outra. Antes de viajar, vi essas duas fotos no Instagram e não consegui tirar da cabeça: Na esquerda, top Carol Bassi e na direita, a fofa Sophia Alckmin usando top Lollita. São tops ¨normais¨ na frente porém com tirinhas nas costas, perfeitos para usar com regatas cavadas ou blusas que tem as costas peladas e a gente acaba evitando porque ¨não dá para usar com sutiã¨. Olha a da Sophia como ficou linda! Pensei: beleza, vou procurar na viagem, se não achar, compro na volta. Me lasquei, pois não acho nenhum desses dois e mesmo em outras marcas está impossível de encontrar! Fui no e-Closet, no OQVestir, no Gallerist, no Hype It e nada… (no meu tamanho) Para piorar, o desejo aumentou ao ver essas inspirações: Muito cool! Se alguém curtiu, tem nessas lojas que falei acima: e-closet (vende o Carol Bassi, mas não tem tamanho M), o OQVestir (várias marcas – Giuliana Romanno, Hype It, Missinclof, Paula Raia… mas tudo esgotado rs), Gallerist… Olha que lindezas: Meus TOP 3 são, na ordem, Paula Raia, La Rouge Belle e o Carol Bassi. E aí, o que que faz? Senta e chora?

  • The New Kardashinha

    Demorei para falar sobre este assunto, mas a cada dia que passa mais me surpreendo com a transformação da Kylie Jenner. Sim, Jenner, mas que eu carinhosamente chamo de Kardashinha. Na verdade, acho que a única que se mantem Jenner é a Kendall já que Kylie cada vez mais se parece com as irmãs armênias. Dizem por aí que ela quer ser a nova Kim e para isso está fazendo algumas alterações no seu corpo. Detalhe que a menina tem só 17 anos e me assusta um pouco saber o que mais ela pode inventar de fazer. A mudança mais radical até então é nos lábios. A boca dela ganhou um belo preenchimento, provavelmente de ácido hialurônico (pela miléeeeeeeeeeesima vez, BOTOX não preenche e nem vai na boca. Me dá nos nervos cada vez que escuto/leio alguém falar que “fulano aplicou Botox na boca”. Isso NÃO existe!) apesar de falarem por aí que é um aparelhinho que incha os lábios. Eu duvido. Vejamos o antes e depois? Kylie antes do bocão… … e depois do bocão! Também noto sobrancelhas mais grossas, mas acho que é só.  E esse é o tal aparelhinho que dizem que Kylie usou (e que duvido muito): chama Candy Lipz e custa uns 70 dólares. Ele suga os lábios e deixa a boca inchada, e obviamente, bem maior. Só consigo pensar nas consequências de usar isso frequentemente, prevejo muitas bocas necrosadas. Passo mal só de ver essas fotos da propaganda. Não vou negar que Kylie está infinitamente mais bonita e cada vez menos Jenner e mais Kardashian. Rola por aí outro boato, que ela pôs bumbum e está cada vez mais parecida com a irmã Kim. Eu sou super a favor de intervenções cirúrgicas para ficar satisfeita com o corpo, só me preocupa (daquele jeito né, cada um faz o que quer rs) o fato dela ter apenas 17 anos. E quanto a boca, ficou maravilhosa (achei mesmo), só que foi uma mudança muito grande, prefiro quando são pequenos retoques que ninguém repara. E se você curtiu o bocão e tem medinho desse aparelho ou de preenchimento, saiba que contornar a boca com lápis, fazendo o contorno um pouco para fora dos lábios, dá um efeito bem legal! O que acharam da Kylie Kardashinha, melhor ou pior?

  • Desejando: In Styler

    Eu nem sabia da existência de mais esse queimador de cabelo (depois do meu acidente com o Miracurl, acho que são todos assassinos de cabelos) mas com uma rápida googlada vi que já é bem conhecido por aqui e até um programa de TV patrocina tal produto. Conheci o In Styler no México e fiquei doida com tudo o que ele promete: alisar, cachear, fazer ondas, e tem um modelo que até seca o cabelo!!! E ainda diz que pode dar volume, caso seja o propósito, e muito brilho aos fios. A propaganda é bem tentadora e tabajara ao mesmo tempo: promete tudo e ainda diz que é o número 1 do mundo, o preferido da mulherada esperta e que depois dele ninguém mais precisará de chapinha ou babyliss. Será? De cima para baixo (e pelo que entendi, pois o site do In Styler é bem confuso): o Ceramic Ion (que foi o que vi no México), o normal (que a Polishop detem a marca aqui no Brasil), um outro modelo que o tubo gira para os dois lado, e por último, um que até seca o cabelo. É uma mistura de babyliss com escova e os modelos variam pelo diâmetro do tubo, pelo tubo giratório (sim, ele gira e pode ser para um lado ou para os dois), pelo material que é feito, entre outras qualidades. E esse vídeo me deixou ainda mais animada (começa no segundo 15). E porque não comprei? Porque estava muito caro! Quase 600 reais (o modelo roxo, de cerâmica) enquanto que o tradicional (o laranja) custa R$ 300 aqui no Brasil, vendido na Polishop, Walmart, Extra, Ponto Frio… Confesso que apesar de todo o perrengue do cabelo queimado, fiquei animadinha com esse, ainda mais depois de ver tantas resenhas positivas por aí. Achei perfeito para finalizar as pontas rapidamente, dar aquela curvinha depois de secar naturalmente. Se cumprir tudo o que promete será meu melhor amigo forever AND ever! Alguém já usou???

  • 5 Coisas: Pinceis!

    E novamente minha casa pegou fogo e dessa vez lembrei dos meus amados pinceis e preciso escolher só 5 para sair correndo! Quais serão? Na ordem de salvamento: 266, 224 e 217 da MAC, F80 da Sigma e kabuki da Sephora. Primeiro o 266 da MAC, acredito que esse é o pincel que pego primeiro para usar todos os dias! É um chanfradinho que uso para preencher sobrancelha. Já comprei de outras marcas, mas esse da MAC tem a rigidez exata das cerdas, nem muito duras e nem muito molengas.  Já o 224 é para esfumar sombra mas uso para aplicar corretivo! Fica perfeito, quem me deu essa dica foi uma maquiadora de NY. O 217 é o rei dos pinceis esfumadores. Tenho o 222 também mas acho as cerdas dele muito compridas. O 217 é perfeito!  Para aplicar bases gosto muito do F80 da Sigma. Tenho de várias outras marcas (Shiseido, MAC, Real Techiques…) mas na hora de separar um para levar nas viagens, é sempre ele o escolhido.  Meu kabukinho querido da Sephora! Para aplicar bronzer, pó, blot. Tamanho ideal e tem um preço bem bom também. Eu sei que são apenas 5 pincéis, mas lembrei de mais um e voltei correndo pra pegar! O 159 da MAC é o mais novo da turma e justamente por ser novinho (comprei em NY em setembro do ano passado… é, não é tão novo assim mas foi o último pincel que comprei) que resolvi salvá-lo de uma morte lenta e dolorosa. Esse eu comprei depois de uma make que fiz no Proença e o maquiador só usou ele e o resultado ficou incrível! A base foi a Touche Eclat da YSL e ele passou umas 3 camadas. Claro que ficaram muitos de fora… o de blush, mais de sombras, o de contornar, mas esses do post seriam os que mais uso mesmo, tanto é que estão todos sujinhos rs. Agora quero saber de vocês, tem algum pincel tem que ter?

  • Dica da Leitora!

    Nem sei que dia é hoje e que horas são aí no Brasil, estou aproveitando meus últimos dias aqui no México e amando cada segundo… Mas não esqueço de vocês! Que tal um diquinha da leitora para animar hein?? Dica 01 – Mariana Vamos com a bem humorada Mari! Constanza, sou leitora assídua do blog e adoro as Dicas das Leitoras, ainda mais quando as promoções estao babado! Hoje vim trazer uma dica absurdamente IMPERDÍVEL. Acho que todos conhecem a marca BoBo, carrérrima (pelo menos para o meu humilde bolso), mas tudo pode mudar! Eis que um belo dia resolvi ir ao OUTLET PREMIUM (esse é o nome do paraíso), que fica na frente do parque de diversões Hopi Hari – quem é de SP sabe onde fica, e um milagre aconteceu. TODA A COLEÇAO BOBO DO INVERSO PASSADO COM 90% DE DESCONTO. Quase morri. Aqui as minhas comprinhas: Saia de animal print, simplesmente maravilhosa e chique, e paguei meros 113 reais. Juro! E fica linda!! A saia verde foi amor à primeira vista, ainda mais pelo preço: 81 REAIS. #queriaestarmorta. A branca é simplesmente linda! Linda! Toda trabalhada no tricô e na promotion: 109 reais. As inimigas choram. E por último uma saia colorida que nao é BoBo, é John John. 70 reais. É pra glorificar de pé! Boas compras hein? A que mais amei foi a primeira! Dica 02 – Karenilda! Chamo assim pois a Karen é leitora antiga. Vocês acham que não decoro os nomes e quem sempre está por aqui? Decoro sim, sei tudooooo hahaha. Conta Karenilda, proncêfoi e o que você viu? Olá Cony!! A Renner do Shopping Leblon aqui no Rio  tá bem boa pra quem esta a procura de um casaquinho/cardigan na moda. Esse cardina cinza (ou seria um cozy?!) parece ser bem quentinho e custa R$59,90.Tbm tinha branquinho(meio off white) e de todos os tamanhos. A parka (ou trench coats,eu nunca lembro a diferença…) foi amor a 1 vista! Foi meio cara, R$219,00 (ele é bem acabadinho e mesmo sendo de “couro ecológico” tem um toque macio e confortável) mas ficou tão fofo até de vestido que eu acabei trazendo também. rsrs Beijos!! Karen, acho que tá mais pra cozy do que pra cardigã viu? Cardigã é reto e geralmente tem botões na frente… E o outro é trench coat. Parka é mais esportiva, na maioria das vezes tem capuz e cordinha para acinturar!  Dica 03 – Michelle A Michelle foi na Riachuelo e fez as seguintes comprinhas: Camiseta da coleção da Lala Rudge por R$ 59 e calça flare de onça classe média alta por R$ 99! Agora deixa eu contar… EU TAMBÉM COMPREI ESSA CALÇA! Achei a onça bonita, gosto de flare e o preço fava bom… mas a melhor parte é o tanto que ela veste bem!! Farei um look com ela! Dica 04 –  Lau Olá Cony, tudo bem? Passei no Outlet da Nike no Shopping Internacional de Guarulhos/SP e encontrei esse tênis. Super macio, ótimo para ir na academia. Paguei R$149,90 (preço original R$229,90) Bjs, Lau Amei as cores! Dica 05 – Natália A Nat passou na Forever 21 do Shopping Morumbi e… …arrematou essa dupla dinâmica e que eu AMO! Batinha branca por 69 dilmas e shortim jeans também por 69 dilmitas! Dica 06 – Júlia E temos mais Forever 21! Oi, Cony! Tudo bem? Esse sábado dei uma passada na Forever 21 do Shopping Vila Olímpia e fiz duas compras básicas que valem a pena. A calça jeans é skinny e custou R$39,90. Além do jeans escuro tem preto, jeans claro e um jeans meio cinza que é lindo, quase levei também. O número é o americano, no meu caso uso 38/40 no Brasil e comprei a 29 na Forever. A outra compra foram esses 15 pares de brinco básicos por R$25,90! Acho super bom pra ter em casa e usar com vários colares ou quando a roupa já está muito carregada… O marido não entendeu pra que tanto brinco! hahaha Bjs, Jú   R$ 39 na calça jeans??? Isso é sério??? Gente, de boa, não tá compensando comprar NADA fora do Brasil. Por incrível que pareça, tudo está muito caro por aqui… Em Londres estava caríssimo e aqui no México também! Dica 07 – Erica AMEI DE ONDE VEIO ESSA DICA! Olá Cony, Boa noite…. Me chamo Érica e tenho 24 anos. A maioria das minhas compras são influenciadas pelo Fufu há um bom tempo. Tive vontade de mandar meus achados várias vezes, mas nunca consegui. Moro em Monte Sião MG, a capital nacional do tricô. Comprei nessa semana um casaquinho chanel por 49,90 e a blusa por 29,90 na Durhan Tricot. É Érica… as fotos não ficaram muito boas não mas curti tanto uma dica de Monte Sião que passou viu? rs Adorei esse casaquinho achanelado! Fico feliz que estejam antenados e fazendo peças atuais. Dica 08 – Emily Mais uma leitora frequente! Vai ficar aí na gringa pra sempre Dona Emily? Oi Cony! Olha só, não tenho nenhuma dica especifica, mas achei que valia a pena mostrar o que tem de novo aqui na Forever 21 dos EUA… Como vc pode ver, MUITO boho, franjas, quimonos e chapéus. Ah, tbm vi muito floral de fundo preto e esses sapatos na pegada masculina! Ah não falei! Tudo o que está naquele post de tendências! Fufu antenadíiiiissimo! E já caí nas graças dos sapatos masculinos. Aguardem e confiem. Dica 09 – Bárbara AMEIIIII! Cony, tudo bem? Precisava de compartilhar meus achadinhos! São a cara dos acessorios de inverno! Não costumo compar biju porque escurecem rapido e ai tenho que me desfazer, mas esses dias vi uma moça falando pra passar base de unha nelas que assim não estragam e então resolvi testar nessas! Espero que dure bastante, porque eu adorei esses aneis! Achei com cara de boho rico kkkk São da Renner do Shopping West Plaza em São Paulo. O shopping esta bem caidinho, mas a Renner de la foi reformada e é bem arrumada ai sempre vou la só pra ir nela rs. Paguei R$ 29,90 em cada. Bjão, Bárbara Esse do indicador tá maraviiiiiii! Dica 10 – Renata A Rê passou na Arezzo, viu esses scarpins e lembrou de mim! Scarpins com um lado mais cavado do que o outro, igual a um da Zara que tenho e AMO! Bom saber que a Arezzo tem! Obrigada Rê! Dica 11- Thaís Olá, Cony! Adoro as dicas que a mulherada dá aí no blog e resolvi compartilhar o meu achado! Comprei 2 sapatilhas iguais na Santa Lolla e fiquei encantada com o conforto que elas me proporcionaram! Eu estava atrás de conforto, pois vou viajar e andar bastante, mas não consigo gostar de tênis de jeito nenhum… Eu as coloquei no pé e não queria tirar! Uma delas é onça rycah linda de viver!!! Amei! Na verdade amo onça e agora fico classificando as onças igual a você! rs A outra é um vermelho meio cereja que, particularmente, achei linda também. O modelo delas é igual, mas a de onça foi R$ 169,90 e a vermelha R$ 149,90. É isso, Cony, espero que tenha gostado e que a mulherada aprove! E tá aprendendo direitinho! Amei os dois sapatos, tem cara de ser mega confortável mesmo! Dica 12 – Andrea A Andrea aproveitou as promoções e fez duas comprinhas MARA! Anabela na Arezzo (que modelo lindo! Não vi dessa em loja nenhuma…) por R$ 114 e alpargata LINDA da Renner por 39 reais! E por hoje é só! Muita compra bacana hein? Gostei demais dessa leva de emails… aproveitei tipo 95% das dicas! Obrigada meninas. Quem quiser participar do Dica da Leitora e ver seu achado publicado aqui no Futilish, é só mandar um email para constanza@futilish.com, no assunto colocar DICA DA LEITORA, foto boa (importantíssimo), preço da peça e loja que comprou!

  • Chile, Fotografia e Amor

    Ah, tenho CERTEZA que vocês vão amar essa novidade. É quase um ¨publi¨, mas é de irmão então tem desconto rs. Não sei se vocês sabem, mas tenho dois irmãos (os dois lindos #irmacoruja), um mora no Japão e o outro no Chile. O que está em Santiago, Patrício, é fotógrafo e tem um olhar muito interessante. Um dia, quando comentávamos da quantidade de brasileiros que vão para o Chi Chi Chi, o quanto gostam de fotos, falei: porque você não fotografa eles? Casais em lua de mel, turmas de amigos, famílias, pessoas que viajam sozinhas… para que não precisem ficar pedindo pros outros ou usando pau de selfie! Ele curtiu a ideia e ainda incrementou com um tour guiado por Santiago (ele é formado em turismo) além de dicas de fotografia com smartphones! GENTE! Criei um monstro hahahaha. Deixa ele contar melhor a idéia que teve: ¨Sim! Eu já fiz esses tipos de sessão de fotos, e também como guia turístico em Santiago. E sim, andar com o selfie stick de um lado pro outro acaba ficando meio chato haha. Sou formado em Turismo, então já trabalhei em algumas agências tanto como guia turístico e outras áreas – mas sempre relacionado com Turismo. Como sempre gostei de fotografia, resolvi acrescentar isso ao meu trabalho e acabei fazendo cursos de fotografia (aqui no Chile e em Belo Horizonte, na Escola de Imagem). Também já fiz algumas fotos pra minha irmã, e no meu Instagram (@fdzpat) tem algumas fotos de uma sessão que fiz para um casal do Brasil em sua passagem pelo Chile. Foi assim: um tempo atrás fiz uma sessão de fotos + guia turístico para um casal de brasileiros (Debora e Fernando K.). Eles entraram em contato comigo pois não queriam se preocupar com a procura e contratação de guias confiáveis, e/ou ficar pedindo para as pessoas tirarem fotos deles. Além disso, os guias das agências mais procuradas sempre vão levar para os lugares turísticos mais comuns. Já eu, mostro todos os lugares turísticos de Santiago, os comuns e os incomuns. O tour que faço é sem transporte/van/carro, já que a melhor forma de conhecer Santiago é a pé e não é necessário ter um carro. Tanto o metrô ou táxi (que é bem barato) são suficientes para cobrir todos os lugares em que eu indico conhecer. Vamos falar um pouco da parte turística de Santiago: Centro de Santiago (alguns bairros como o Lastarria e outros) Cerro San Cristobal, Cerro Santa Lucia, também passaremos pelo coração de Providencia e alguns parques, Las Condes e seu famoso Sanhattan (mistura de Santiago com Manhattan, pelo estilo do lugar), e um belo parque que está em Vitacura. Tudo isso em Santiago mesmo e dá para fazer em um dia. Eu fico o dia inteiro com vocês, encontramos de manhã bem cedo e vamos até a noite se for necessário, o importante é que eu consiga mostrar todos os lugares! Caso não consigamos fazer tudo em um dia, podemos continuar no outro sem problema algum! E se vocês quiserem passar por um lugar que não esteja no roteiro ou tirar foto em um determinado lugar, tudo bem! Tudo é conversado. Se estiverem pensando em uma sessão de fotos nos Andes (centros de ski, Cajon del Maipo) também é possível, com alguns acertos prévios (nesse caso precisaremos de transporte apropriado). Outros lugares que eu acompanho tanto como guia e fotos seriam: Viña del Mar e Zapallar, duas lindas praias do litoral central, e detalhe, quase nenhum turista tem Zapallar no roteiro. Querem saber sobre os valores né? Bom, o valor final cobre a sessão de fotos já editadas (em um pendrive que entregarei em um prazo de no máximo 2 dias) e o tour guiado. Alimentação, transporte, ingressos (para alguns parques ou atrações) é por conta de vocês, ok? Comigo apenas fotos e passeios bacanas. Além disso, se for de interesse, posso ensinar algumas dicas de fotografia, principalmente mobile photography, já que gosto muito de fazer fotos com o celular e ir até os limites com ele! Dou dicas de apps, como tirar proveito da câmera do celular, enquadramento, iluminação, etc. Ah, e claro, segue uma amostra do trabalho que fiz!¨ OWNNNNNNNNN QUE FOTOS LINDAS! Que casal fofo!!!! Achei essa idéia TUDO de bom, ainda mais para quem vai com pouco tempo e quer registros para uma viagem inesquecível! Quem quiser saber dos valores e maiores informações, é só mandar um email para fdzpat@gmail.com. E depois quero ver as fotos de vocês no Insta hein? Podemos até criar uma hashtag! Parabéns irmão, sou sua fã. (E obrigada a Debora e ao Fernando por cederem as imagens. Muito amor pra vocês ♥)

  • La Zara Mexicana!

    Quando vim pro México, uma das primeiras coisas que procurei saber era se tinha Zara em Cancun. Sim, sou nesse nível de Zaramaníaca. Estava torcendo para que não tivesse, afinal com essa alta do dólar, qualquer compra poderia ser muito perigosa. E tinha. Bom, a Zara em Cancun fica no Shopping La Isla (talvez tenha outra, mas só fui nessa) e estava bem ruim! Nada de novo, achei a loja pequena e os preços, caros. Acho que tudo ficou caro agora pra gente né? Maravilha, tinha desencanado da Zara daqui. Até que, olhando o mapa de Playa del Carmen, quem eu acho escondidinha num shopping ao lado do porto?? Ela, a Zara. E assim que pude, dei uma passada por lá. Essa é apenas MIL VEZES melhor que a de Cancun (aliás como quase tudo aqui em Playa, falarei disso no post da viagem), grande, variada, mas infelizmente, ainda cara para nos pobres brasileiros que ganhamos em real. Mas o que mais me chamou a atenção mesmo foi a seleção de peças que vi por lá. Não sei se é coincidência, se é culpa da tal trend boho, mas vi tantas roupas com um pézinho na cultura mexicana que chego a pensar que a Zara estuda o lugar onde está sua loja e manda os itens que mais tenham a ver com o lugar. Vejam se não está tudo ¨amexicanizado¨. Será que contrataram um estilista Maia? rsrsrs Gostei de várias coisas! Ah, e tem muito do que vi em Londres também. Quanto aos preços, para ter uma idéia, ou estão iguais aos praticados pela nossa Zara ou até um tico mais caro. Desse jeito. Não está compensando comprar nada. E a sandália que desejei mas não comprei por já ter uma no estilo e por poupar dólares! Linda né?  Mas agora vou contar o porque da minha real peregrinação pelas Zaras mundo afora. Essa clutch! Vi a Mandy do blog Starving usando durante a Semana de Moda de Londres e fiquei louca por ela! Mas não acho em lugar nenhum, até online já procurei e nada. Se alguém achar por aí, me avise por favor!   Curtiram a Zara Mexican Style?

  • Tem Jeito? Sapato Rosa

    Quanto tempo não temos um Tem Jeito!!!! Mas recebi um que precisava ser respondido… logo vocês entenderão o porque! Conta Aline, que pasa? ¨Olá Cony, td bem? Comprei esse sapato rosa há uns três anos atrás mais ou menos, e se não me falha a memória, ele custou uns R$ 170,00 (não acho nada barato). Pois bem, quando coloquei no pé achei maravilhoso, bem alto, sexy, confortável (por conta da meia pata fica bem melhor de usar) e me senti poderosa com ele. Usei ele umas duas ou três vezes, e agora eu olho pra ele com um certo olhar de desprezo, dúvida, sabe? Rs. Agora preciso da sua ajuda… TEM JEITO??? Se sim, gostaria que me desse uma luz de como usá-lo. Lembrando que uso de tudo, calças, vestidos, saias, preto e branco, colorido… Agora se não tiver jeito, vou doá-lo no mesmo momento em que ver seu post com a resposta hahahahaha. Obrigada e um beijo!¨ Analisando friamente a situação… DOE! Tudo bem que dá para tirar o lacinho. Dá para transformá-lo num scarpin. Dá para pintar de preto e neutralizar o sapato, mas sinceramente? É muito trabalho para um resultado bem marromeno. O lacinho é o que mais mata o sapato, e em seguida vem o detalhe do solado e salto, aliado ao acamurçado (é suede né?) e a cor. Tudo junto não ficou legal e outro detalhe importante: seu sapato tem 3 anos e você usou 2 vezes. Acho que isso já diz tudo! Quando a gente tem bloqueio com algo, pode saber que ainda vai ficar mais 3 anos encostado e sendo assim, melhor liberar espaço no armário para algo lindo e que você realmente ame! Por mim, NÃO TEM JEITO.   Esses dias fiz uma limpeza no meu armário (na verdade estou fazendo já tem uns 3 meses) e contei umas 6 malas de roupas que não uso! Muita coisa com etiqueta, nova, coisa que eu nem lembrava que tinha comprado, coisas que comprei esperando emagrecer, ou porque estava barata ou na moda. Botei na cabeça que o que comprei e não usei em seguida, não usaria nunca mais. O que usei pouquíssimas vezes e a peça é antiga, também iria embora. O que não faz meu estilo e por algum motivo estava no armário, também fora. Roupas que tenho birrinha (alguns paetês pobres, onças estranhas, rendas esquisitas) eu também não usaria e não fazia sentido estar lá ocupando espaço. E nisso tudo se foram essas 6 malas e ainda tem mais coisa para desapegar! Tem que ser assim, não gosta, tem dúvida, algo inconscientemente te impede de usar uma determinada roupa ou sapato? Desapegue.  E sobre o sapato da Aline? Vocês dariam jeito nele ou melhor dar espaço para um novo?

  • Dica da Leitora Trip – Austrália!

    AMO quem ama viajar. Meu papo preferido em rodinhas de amigos sempre é sobre viagens. Adoro ouvir sobre lugares, saber curiosidades, o que se come, a cultura local, os perrengues… tem coisa mais deliciosa do que aventurar-se mundo afora? E achei o DDL Trip de hoje uma delícia de ler! Vamos com a Luiza láaaaa pra Austrália!!! ¨Oi Conyzita! Adoro seu blog! Entro e releio várias vezes ao dia! O meu depoimento pode ser um Chora Que Eu Te Escuto, Sorria Que Eu To Teliz, e uma mega Dica de Trip. Terminei meu namoro (daqueles que vc entra com o bumbum e ele com o pé), fiquei mal, dias chorando e sem programas (amigas casadas) e resolvi viajar! Sempre fui daquelas crianças mulekas sabe? Sai de casa nova, formei, fiz mestrado em outro estado, sempre, sempre.. topei viagens de fim de semana para lugares pertinhos, e trabalho muito para poder viajar e me surpreender com os paraísos … Sou super econômicas nas viagens, então sempre penso onde posso economizar para viajar mais.. Minha meta são 30 paises antes dos 30.. (Já faco 30 em junho srsss) Vamos que vamos… quem quiser ver minhas viagens baratas e dicas tem meu instagram (luizapcfranco1) Resolvi a data de férias no trabalho, e comecei a pensar onde ir. Meu irmão mais novo estava morando na Austrália, mas nunca tínhamos viajado juntos… ai pensei… vou lá visita-lo. E nossa primeira experiência viajando só nos dois foi PERFEITA. Claro como sempre, tem as brigas, mas tudo dentro do paraíso fica mais fácil de contornar. Cheguei em Melbourne, a cidade que ele morava… O primeiro dia ele estava em aula, então “roubei” a gopro dele e fui passear sozinha! La é lindo, uma cidade grande com carinha de cidade pequena. Facil de se locomover, muitos turistas, muitos mapas, muita arte de rua, cantores, dançarinos, e muita beleza. De lá pegamos um voo, no segundo dia e fomos para Sydney. Ficamos em albergue, porque na Austrália é tudo bem mais caro que Europa e Estados Unidos. Mas foi bem tranquilo. Fomos nos principais pontos turísticos de la, Opera House, Ponte da Baía de Sydney, Jardim botânico real. La pode-se fazer tudo de ônibus… é caro como tudo na australia, mas super pratico, confortável, e rápido. No outro dia fomos a praia Bondi Junction y, localizando-se a poucos quilômetros da praia, a leste, e cerca de 5 quilômetros do centro da cidade, que tem trilhas lindas, e a piscina dentro do mar!   De lá partimos para a parte mais legal e única da minha viagem. Fomos para Withsunday.. Cony, lá o lugar mais lindo que existe. Conheço muita praia, mas lá foi aquelas que o coração acelerou. Mas para chegar la, so de tour, e 3 dias de barco. Isso mesmo… mas são super bem equipados. Fiz pela empresa Explore Whitsunday. Agora vejam a praia! Nesse próprio passeio, eles param umas duas vezes ao dia para mergulhar e você vê tartaruga, peixinhos… tudo lindo. E lá começa a grande barreia de corais… então tem corais maravilhosos e coloridos. De lá, do meu mais lindo sonho fomos para um lugar ainda mais lindo, e mais impressionante. Fomos para Noosa, uma linda cidade (me lembra Buzios), com parques, trilhas, praias, luau, muita gente jovem, barzinhos, baladinhas. Ai de la um dia fomos no australiazoo, que vc pode ver canguru e coala =) E no outro dia tcham..tcham..tcham… conheci algo que apelido de “lagoa azul”… A Ilha tem aprox. 120 km de comprimento por 15 Km de largura, sendo que além de ser patrimônio da humanidade, é constituida inteiramente de areia, sendo considerada a maior ilha de areia no mundo, com dunas, e formações de florestas que chegam a atingir 180 metros acima do nível do mar. Para levar carro para a ilha (somente 4×4). A ilha é um paraíso para os que gostam de natureza pristina, pescarias, caminhadas, observação de pássaros, praias de areias brancas e água quente cristaliana, ou simplesmente não fazer nada. Essas fotos abaixo, não são de praia, é um lago, isso mesmo! Um lago de agua doce (óbvio), o lago McKenzie (da um google para arrepiar) Por último fizemos o passeio de carro “the great ocean road” com belas paisagens, e paradas. E fomos ao The Grampians National Park, com lindos parques, por do sol maravilhoso, cachoerias, e trilas de todos os níveis. E foi isso, foram 20 dias de sol, de muita amizade de albergue (la todo mundo viaja assim, e tem quartos duplos, e os mais econimicos), muitas paisagens, muitas fotos de instagram (luizapcfranco1).. e me fez muito bem! Espero que goste! LINDO TUDOOOOOO! Sempre tive vontade de conhecer a Austrália e um dia pretendo ir! Tenho até medo de falar assim, porque todo lugar que me dá vontade de conhecer, passa um tempinho e eu estou lá hahaha. Lembram quando fiz aquele post sobre Cancun, ano passado, um publi de um hotel? Fiquei na maior vontade e olha agora onde estou rs. Ah, e por falar na minha trip, tô fazendo vlog e texto para vocês tá! Amei Luiza! E lembre-se SEMPRE que até um pé na bunda te joga pra frente! Linda, leve e solta e pronta pra próxima tá? (as fotos vieram pequenininhas, mas publiquei assim mesmo, se quiser me mandar as fotos grandes, vamos adorar hahahaha, beijos!)

  • TV Fufu!

    Vocês não tem IDEIA do quanto enrolei para postar sobre meu canal no Youtube. Enrolei o pessoal da edição, enrolei vocês e a mim mesma por um único motivo: vergoinha. Muitas leitoras me pedem vídeos, falam que aproxima mais a blogueira do seu público e eu super concordo mas tenho uma preguiça gigante de ter que me produzir, arrumar a casa, achar um lugar legal pra gravar… Mas daí novamente vocês vieram e me falaram: faz de qualquer jeito! Faz sentada no chão da sua sala mesmo! E pronto, não tive mais desculpas. Apesar de ver tantos canais de blogueiras super profissionais, aquela coisa quase padrão Globo de ser, fiz meu primeiro videozinho ¨mais sério¨. Falo mais sério porque tenho alguns outros beeeeem amadores mesmo e de anos atrás, mas como estou começando do zero, criei um canal novo só para vídeos do blog! Chega de lenga lenga e apresento o vídeo dos jabás recebidos do final do ano hahahhahahaha. Olha o tamanho da enrolação! Mas se tudo der certo e vocês curtirem, teremos mais. O difícil é o primeiro! Não riam, não reparem no cabelo ainda secando e na falta de jeito com a câmera!     Me contem, gostaram? O canal ainda está bem cru, irei ajeitando aos poucos e para conseguir mexer mais nele preciso de gente inscrita! E se tiverem dicas de assuntos para os vídeos, serão muito bem vindas! Ah claro, e o link para o canal é este AQUI! Se inscrevam gente, pra eu deixar ele bem lindo!

  • Como Passar uma Camisa Social

    Calma, calma, não façam cara feia. Eu é que faço cara feia toda vez que vou pegar uma camisa para vestir, ou meu namorado, e a camisa está toda torta, com a gola mal dobrada, sem jeito e fica aquela marmota no corpo. Ainda mais no caso dele, fico até com dó, porque homem veste do jeito que está e sai mas a gente ainda tenta dar uma ajeitada com a mão, passa no steamer pra ver se dá uma amolecida, enfim, se vira. O que tenho notado é que existe um certo preconceito ao passar camisas. Deve ser tão, mas tão chato que vai de qualquer jeito mesmo. Eu não passo nada, se existem duas coisas que morro de preguiça de fazer é passar roupa e lavar louça, porém fiquei curiosa para saber qual a forma correta de passar as camisas para que elas fiquem prontinhas para o uso. Um dia pode ficar tudo na minha mão né? A primeira ¨pessoa¨ que me passou pela cabeça para eu perguntar foi a equipe da Dudalina, afinal, quem mais entende de camisas aqui no Brasil? E eles gentilmente responderam com os seguintes passos: Desabotoe a camisa Nunca passe a camisa abotoada Primeiro passe o interno do botão Depois encaixe a lateral da camisa na tábua Passe a lateral da camisa O colarinho deve estar sempre aberto para passar e o ferro deve ser passado rente a linha de costura (para a gola ficar durinha e certinha) O punho também deve estar sempre aberto, e deve ser passado por dentro, nunca por fora   Outras dicas que li por aí: começar a passar as partes pequenas primeiro (golas, punhos e pala), passar a camisa quase seca ou então borrifar um pouquinho de água (pois isso ajuda a amolecer o tecido) e se for viajar e levar camisas, dobrar com um papel de seda por dentro, pois a marca da dobradura ficará no papel e não na camisa. Mas ainda ficou uma dúvida: e passa o colarinho aberto e depois não dobra e dá mais uma ¨passada¨ nele? Alguém sabe?

  • Um Tom de Cinza

    Desde que começaram as semanas de moda que eu prestei atenção em uma coisa: várias botas over the knee (aquelas que vão acima do joelho) na cor cinza. Acredito não ser item inédito das últimas fashion weeks pois comecei a pesquisar e vi muuuuitas fotos com esse sapato que, até então, eu não tinha dado bola nenhuma. Primeiro que não gosto de cinza. Na verdade é um birra boba, um certo trauma que o curso de Consultoria de Imagem deixou em mim quando o professor me disse que meu sub tom de pele era quente, dourado, e que cores frias me apagariam. Desde então olho pro cinza com má vontade e cheia de precauções mas confesso que de vez em quando uso um pouco, tentando quebrar a tonalidade com algo na minha cartela de cores. Complicado, um dia falo disso. Segundo que bota OTK já é algo tão difícil de achar, aquela ideal, com o cano na altura certa, com o formato bacana, até mesmo na cor preta que é a mais tradicional de todas, imagina cinza? Mas a bota da vez tem NOME and SOBRENOME. Primeiro vamos às fotos. Eu fiquei com vontade. Sério mesmo, apesar de todo o cinza, achei fina, diferente, chique. Nem todas as fotos acima são as da famosa bota (que já já vou contar qual é), mas é bom saber que é trend das fortes pro inverno. Quer A bota? Então anota aí, Stuart Weitzman, 795 obamas. Além da cinza tem marrom, preta e um begezinho. Quero a cinza mesmo Seu Stuart! O que acharam, será que aparecerão alternativas fashion brasileiras?

  • Dica da Leitora!

    Dica da Leitora direeeeeto de Cancun! Pois é pessoas, juntei os biquínis e vim passar uns dias aqui. É minha primeira vez na cidade, chegamos ontem e hoje começamos a aproveitar tudo! Me sigam no Instagram (@futilish) e Snapchat (futilish) para atualizações em real time! Mas não posso abandonar o blog né? Então vamos com um DDL bem caprichado e com os próprios emails das leitoras, vou deixar vocês contarem seus achados por hoje e é bom que me ajudar a economizar o tempo na frente do computador hahahaha. Dica 01 – Mariana Oi, Cony! Tudo bem? Te acompanho há anos por aqui, daquele jeito: comento pouco, mas leio e aprendo muito. Nunca havia mandado um DDL, mas achei que esta seria uma boa primeira vez. Recentemente emagreci 6kg (3 deles nos últimos 20 dias) fazendo reeducação alimentar e exercícios. Passei do manequim 40/42 para o 36/38. Por isso, ontem fui à caça de algumas roupas novas, principalmente calças e shortinhos jeans e camisetas, que uso bastante pra trabalhar e sair. O primeiro look (de camiseta e short) é da C&A: camiseta por R$ 19,90 e short por R$ 79,90. Achei o jeans, o modelos e os desfiados dignos. Sou meio enjoada pra short mas gostei da lavagem desse porque vai com tudo. A camiseta tem malha muito gostosa e caimento muito legal.  Aproveitei e levei a vermelha também (detalhe para a frase fofa que já virou filosofia de vida). Ainda na C&A, comprei essa calça jeans boyfriend (queria muito uma!) na promo por R$ 69,90. É bem ajustada na cintura e não deixa a gente parecendo um saco. A lavagem é bonita e tem uns desfiados discretos. Tinha lavagem escura também, mas por R$ 99. A camiseta “Peace” tem um tecido levinho gostoso e brilhos nada “chegaaay” e paguei R$ 39 (tinha de outras cores). Já na Renner, comprei essa camisa jeans linda (tava doida por uma, mas tinha que fechar certinho no busto e nunca encontrava) por R$ 59,90. A calça também é de lá, paguei R$ 89. Não sei se usaria assim, all-jeans, foi mais pra condensar as fotos mesmo, hehe. Ah, pra quem interessar, o sapatos (lindo!) é da Schutz, que também comprei esta semana. Os preços são daqueles salgadinhos (R$ 300) porque é da coleção nova, mas achei uma compra inteligente, pois vou usar horrores e economizei nas roupas. Minha filosofia é: compre roupas por preços mais acessíveis e invista em bons sapatos, porque eles fazem a diferença, tanto no conforto quanto no look. Beijo grande! Menina, usa o jeans com jeans sim, FICOU LINDO! Adorei todas suas comprinhas! Dica 02 – Wal Oi Cony, tudo bem? Sempre comento no blog mas é a primeira vez que mando email.  Super curto o Fufu e as dicas que você posta! E te curto mais ainda porque você é chilena e eu apenas AMO as minhas amigas de lá (e adorei Santiago também!).  Estava em uma fase de contenção de despesas mas esse final de semana passei na C&A e não resisti, muitas peças legais com um precinho mais legal ainda! Eu gosto muito dos jeans de lá e fiquei apaixonada pelo short da foto, custou somente R$ 39,90. A camisa verde é 100% viscose, bem levinha e perfeita para usar no verão aqui de Recife (Hellcife, para os íntimos rsrsrs), custou R$ 39,90 também. A alpargata foi amor à primeira vista. Adoro sapatilhas para usar no dia a dia, tenho várias, mas é bom variar, né? Achei que a cor laranja foi a cereja do bolo, paguei R$ 49,90. Há um bom tempo tenho procurado uma camisa jeans legal só que tava difícil encontrar, às vezes não curtia a lavagem, o corte, muitas vezes o preço… Procurando bermudas para o meu marido encontrei a da foto. Sim, sim, é masculina, mas achei que vestiu tão bem que não resisti (vivo comprando camisetas na seção masculina, sou dessas). Foi R$ 39,90. E eu sou a rainha das camisetas, daí que não podia deixar de comprar uma, ainda mais por R$ 19,90. Achei fofinha e o tecido é gostoso. Com exceção da camisa verde, tinha várias das outras peças (comprei na C&A do Shopping Guararapes). E eu curti tanto que mal comprei e já usei duas vezes e short e as alpagartas. hahahahahah. Espero que as dicas sejam úteis.  Um beijão! Também sou a louca do shortim jeans hahahaha. Adorei o seu, quase todos os meus são da C&A também! Dica 03 – Anna Oi Cony!!! Tudo bem? Saudades de escrever aqui! Mas com um bebe em casa as prioridades são “levemente” alteradas! Ontem comprei estas sandálias e achei que valia a pena mandar para o DDL! Sandálias com salto de corda da Pontapé, de altura média, camurça (pelo menos parece que que é de verdade) superconfortável. Boa para andanças que pedem um saltinho R$ 99,90. Além da caramelo, tem vermelha e azul bic. A sandália de salto fino calça superbem, a altura do salto é usável (porque tem uns hoje em dia que são inviáveis). Bem, e a cor… Então, ela tem branca, preta de verniz, prata e dourada. Eu queria a preta e a prata mas não tinham meu número, e experimentei a branca para confirmar a numeração e achei que poderia ter potencial… Resultado, trouxe a branca (se não usar eu pinto de preto ou vermelho! Gente! Pintar sapato é muito fácil!) e pedi de outra loja a preta e a prata. O preço? Amigo R$ 69,90. Agora Cony! Me dá sua opinião sincera sobre esta sandália branca? Hot ou Not? Mil beijos! Minha opinião: pinta de preto. Existem sandálias brancas bonitas sim, mas também entram naquela classificação de ricas e pobres. A sua infelizmente está pobrinha Dica 04 – Monalisa Será q dá tempo?  Vamos lá. Mesmo com esse calor fiquei resfriada.  Daí fui passear no “BH xopis” e o ar condicionado de lá trincou até meus ossos.  A solução foi correr atrás de uma blusinha. E da loja mesmo já passei no banheiro e troquei. A primeira que achei foi essa da Riachuelo, com detalhe na gola. R$ 79,90. A segunda que achei mais leve e macia, foi na Renner, por R$ 49,90. Devidamente mais quentinha fui para C&A.  Tinha muita coisa em promoção e remarcado, como foi o caso dos cintos. Tinha cinto pra todo gosto. Me joguei nos pretinhos básicos por R$ 9,90. Os de onça quando vi, exatamente nessa ordem, comecei a rir.  Onça ryca, emergente e pobrinha. Todas por R$ 9,90. Bjoooo Cony. MATOU A PAU NA CLASSIFICAÇÃO DAS ONÇAS! Usarei essa foto para exemplificar futuros casos de dúvidas hahahahaha. Dica 05 – Clarissa Oláa FuFu!!Seguem alguns achadinhos que fiz nas fast-fashion da minha cidade:  Sapatilha preta de verniz na Riachuelo do centro (Rua João Pessoa), por R$ 59.90. Améeyy, linda, chique, elegante e confortável! Colar dourado de franja por R$ 29.90 e casaco/blazer/quimono (??) de paetês de R$ 129.90 por R$ 79.90 na C&A da Avenida Rio Branco, centro, Natal. Fiquei em dúvida sobre a classificação sócio econômica do paetê, mas achei phyno e elegante,pode render uns looks bem moderninhos… Ah, tinha preto também e em várias numerações. Uma pausa para sua estadia em terras britânicas! Arrasou muito! Bjos Atenção para essa sapatilha que você comprou! Atende perfeitamente à trend de roupa masculina que vem para o inverno. Para quem quer entrar na moda mas não parecer Joãozinho, esse tipo de sapato é perfeito! É feminino mas remete aos sapatos masculinos. Arrasou! Dica 06 – Tatiana Oi Cony, segue a dica desse tricô com mini paetês que comprei na Riachuelo, aqui em Curitiba. Custou 80 reais e achei ótimo pq é mais compridinho atrás pra usar com legging. Beijo, Tati. Lindo mesmo Tati, só cuidado para não sair puxando todos os fios… Todos os meus aconteceram isso. Tire relógios, anéis e pulseiras antes de vestir tá? Dica 07 – Gessica Oi, Cony! Acho que mereço musiquinha da vitória, hein! Saia Ateen para C&A R$12,90! E todas as outras peças da Zara por R$29 cadaaaa O vestido listrado vou cortar porque achei que o comprimento ficou jeca! De resto, tudo perfeito e veste muito beeeemm. Bjssss, Gessica Amei TUDO mas o que mais curti mesmo foi a saia da C&A! Adorei as cores! Dica 08 – Regina Oiii Cony! Sexta feira passada fui dar uma passeada inocente (juro!!) no shopping Mueller, em Curitiba, e eis que me deparo com a Arezzo em liquidação. O esquema era o seguinte: você comprava um sapato e ganhava outro, sendo cobrado o de maior valor. Tentei resistir mas não consegui. Comprei esses 4 pares e paguei apenas 2. Se fosse no preço normal, a compra sairia mais de R$ 1.000,00, mas paguei R$ 500 e pouco. A atendente me disse que essa promo vai até chegar a nova coleção em março. Sei que não foi uma compra barata, afinal R$ 500 é dinheiro pra caramba, mas considerando que são 4 pares de respeitáveis sandálias, eu super achei que valeu a pena. Podem me julgar, hehehe. Espero que vc publique a minha dica pras malucas por sapato! Adoro seu blog! Beijos Não te julgo nem um pouco, eu fiz PIOR hahahahaha. Tem que aproveitar mesmo! Dica 09 – Roberta Oi Cony, dica da sandália tem que ter na promo da Arezzo. De R$219 por R$99. Comprei na Arezzo do Shopping Pelotas, em Pelotas RS. Tinha também em prateado. Beijos. Amo tanto esse modelo que compraria TODAS as cores! Dica 10 – Aloma Olá Cony! Aqui quem fala é a Aloma, de Natal/RN! Venho compartilhar mais uma DDL de uns achadinhos que fiz na liqui da Maria Filó! Comprei esta camisa branca com detalhes em renda por R$99,00 e também esse body lindo que eu estava de olho desde o lançamento da coleção que estava de quase R$400,00 por míseros R$107! Mereço ou não a musiquinha da vitória?! Hehehehe! Espero que as dicas ajudem outras leitoras! Um grande beijo! Body DEUSO! Aliás, falando em body, trouxe uns 5 pra Cancun, postarei fotos hahahaha. Dica 11 – Debora Oi Cony, tudo bom? Fiz esse achado na semana passada e, mesmo num calor carioca de quase 40 graus, tive que trazer esse casaco longo de onça para casa comigo. rs. Onça ryca or what? hehehe Fiquei de olho nele no inverno passado da Renner mas não levei pois preferi o blazer que é uma peça que uso mais normalmente, ainda mais no RJ onde o frio quase não chega. Mas tive a sorte de topar novamente como ele numa loja Renner e desta vez na promoção por R$79,00. Adorei o shape dele, acinturado e sem gola, deu ar super moderno. Separei até uma foto dele no site para ver como fica. Bjs, Debora Menina, se já tava de olho nele há tempos, gostou do shape e tudo mais, nem se importe com a riqueza da onça, que tá bem boa por sinal. Agora só tem que ir pra um lugar onde faça frio né? rsrs, tá lindo. Aprovado!   Dica 12 – Lauriene Hoje tirei o dia para encher a sua caixa de mensagens rs! Não sei se são super achados,mesmo assim,decidi compartilhar.E espero ter começado bem o meu guarda-roupa,beijos Zara: Calça skinny preta 109,00, calça jeans skinny de 139,00 por 89,00, blusa listrada 49,00 Arezzo: sapatilha de 159,00 por 99,00, slip on de 199,00 por 99,00 TUDO, mas TUDO MESMO, Fufu Style! Lindas coisas!  Por hoje é isso amigues! Talvez volte mais tarde com um mini diário de Cancun, anotei váaaarias dicas que vocês me passaram tanto aqui no blog quanto no Instagram! Só não sei se teremos post de comprinhas, porque com esse dólar nas alturas, serei uma turista bem pão dura hahaha. E quem quiser mandar seus achados para compartilhar cazamigah, é só enviar FOTO BOA, com preço do produto e nome da loja para constanza@futilish.com e no assunto colocar DICA DA LEITORA! Beijos, fui e obrigada a quem participou desta vez!

  • Décor: Acabamento Madrepérola Para Banheiros

    Já contei por alto que em breve mudarei de apartamento. Então… mudarei de apartamento rs. A casa nova ainda está bem crua, começou do zero e eu nem imaginava a dor de cabeça e o monte de indecisões que isso traria. Como li num blog por aí, quando você acha que decidiu e que está tudo pronto para a execução, a gente vai e muda tudo de novo. É uma história sem fim pois sempre tem algo mais bonito, alguma inspiração mais bacana ou uma indicação importante. Escolher o piso do apartamento foi uma semi novela. Já tínhamos mais ou menos a idéia na cabeça, mas a variedade de cores, tamanhos e preços deixa tudo mais complicado. Mas acho que isso é assunto para outro post. Hoje quero falar mesmo é de banheiro. Na verdade um banheiro em especial, o da suíte. Aquele que usarei todos os dias, que será meu ninho da beleza e dos meus momentos de spa em casa. Nossa arquiteta é das boas, daquelas que tem excelente gosto e também bom senso para economizar onde dá para economizar e gastar um pouco mais onde precisa ser mais caprichado. Não é das que indica tudo absurdamente caro e fora da realidade. Ainda bem. Na hora de fazer o banheiro da suíte ela indicou um acabamento que eu nem sabia que existia (na verdade, estou aprendendo muita coisa agora), o madrepérola. É bem chique, sofisticado, rico. Nós optamos por deixar tudo branco, bancada de mármore, também branco (assunto para outro post: bancadas e cubas) e fazer algum detalhe nesse acabamento. Ela nos ensinou a não misturar muitos materiais para não ficar um espaço poluído. Tal como nas roupas, keep it simple. Menos é mais até para construção. Só que vocês acham que é simples falar: ah ok, vamos de madrepérola então? Não, não é. Tem o acabamento com rejunte, sem rejunte, puxando pro dourado, pro azulado… e qual afinal vai ficar melhor para o banheiro? Madrepérola com rejunte, esses espaços entre os quadradinhos que precisam ser preenchidos por uma massinha. Madrepérola sem rejunte, MARAVILHOSO! Fiquei apaixonada por esse da Mosarte (os dois da foto acima, mas gostei mais do sem rejunte), achei o top dos tops, mas o preço também é top: cerca de 130 reais por plaquinha! Uma mísera paquinha, de 30 por 30 cm. É para detalhes, apenas detalhes. Pensamos em por esse acabamento na parede atrás do espelho e acho que será assim mesmo. De qualquer forma, procurei algumas fotos para me inspirar. Olhem como é maravilhoso. Achei a cara de banheiro chique e tem gente que põe em outros cômodos da casa também. Mas ainda acho que tem mais cara de banheiro. O que acharam? Dicas?? Já pedi para nossa arquiteta dar uns palpites por aqui. É incrível a capacidade que elas tem de achar saída para todo tipo de problema e obstáculo e conseguir transformar ambientes. E se não custar uma fortuna, melhor ainda! O desafio dela será fazer meu closet… fiquem tranquilas que vocês acompanharão todos os passos ok? Que tal meu futuro banheiro?

  • Novidades para 2015 da L’ Oréal!

    Ontem participei de um evento bem legal da L’Oréal em São Paulo. Fui convidada a conhecer alguns lançamentos da marca para o ano de 2015, além de comemorar os 40 anos daquele famoso slogan: Porque você vale muito. Também conhecemos a nova porta voz da L’Oréal Brasil, foi um suspense danado durante a manhã toda! Já sabíamos da Grazi Massafera, da Taís Araújo, da Isabelli Fontana e da Emanuela de Paula. Quem mais seria??? No final do post vocês ficarão sabendo… O evento foi no Contemporâneo, uma linda casa que fica no Jardim América em SP. Em cada cômodo, um chandelier de tirar o folêgo!  Adoro esses eventos para conhecer coisas novas, mas ter a cia de gente tão bacana faz tudo ficar melhor ainda! Lá estava a Sabrina do Coisas de Diva, a Ane do Eu Maquio e a Gabi do Starving! Nunca ri tanto na minha com algumas palhaçadas pós evento rs.  Para começar nos apresentaram a nova linha da Elseve. Eles contaram que sempre fazem pesquisas para saber qual a maior preocupação das mulheres em relação aos cabelos e que a maioria esmagadora reclama da queda dos fios. E somado a isso, a maioria das mulheres brasileiras possuem o cabelo fino, ¨mirrado¨. Mirando nesse público, a Elseve lançou a linha Arginina Resist, que restitui a massa dos fios, encorpando e reforçando a fibra, nutre o bulbo capilar e ajuda no crescimento dos cabelos. Contaram que o maior responsável pelo crescimento dos fios é a arginina, um aminoácido essencial para esse processo! Ainda não testei mas já posso falar que o cheiro é uma DELÍCIA! Além da linha tradicional composta por shampoo, condicionador, mascara, agora a Elseve lançou os Booster. Achei isso MEGA interessante e acho que vocês vão curtir. São três tipos de Sérum Booster: o Quera-Liso (com micro queratina), o Reparação Total 5 Extra Profundo (com LAK 1000, um ativo que penetra em 10 camadas dos fios e assim reestruturar a fibra) e o Argina Resist Restituição de Massa (que contem arginina). São mini vidrinhos de 10 ml cada um e o preço sugerido é de R$ 9,90. Baratinho e quer ficar mais feliz ainda? Não é dose única como a maioria dessas ampolinhas que a gente vê por aí! É necessário apenas uma gotinha (que pode ser medida na tampinha do produto) para ser misturada ao condicionador ou máscara. Isso vai render um monte gente… Alertaram a não passar muito produto para não pesar o cabelo. Então nada de exagerar na dose, é apenas uma gota MESMO. Pode usar todos os dias, pode misturar os booster (mas sempre cuidando da quantidade) e o resultando é um cabelo mara. É o que prometem, agora só preciso testar! Perguntei se podia misturar pois sou daquelas que quer usar todos e ter todos os resultado e falaram que pode! Mas como falei acima, tem que ser UMA gotinha só! A outra novidade nem é tão novidade assim, pelo menos para mim. Não sei se lembram, mas um tempo atrás eu comprei na gringa um produto da L’Oréal que prometia ¨blurar¨ a pele, ou seja, disfarçar rugas, poros e linhas de expressão. Ele super funcionou, mas desconfio que me deu espinhas. Pois bem, o tal produto chegou ao Brasil e começara a ser vendido entre Abril e Maio por cerca de R$ 39,90 (beeeem mais barato que na gringa! Lá paguei uns 20 dólares). A minha primeira pergunta foi: é a mesma formula dos EUA? E ainda bem que a resposta foi ¨não, não é a mesma fórmula¨. O Revitalift Blur Mágico, que promete efeito photoshop, passou por uma reformulação para atender a pele das brasileiras e o nosso clima! Amei isso! Também perguntei se tinha algum tipo de ¨tratamento¨ nele ou apenas era um produto para disfarçar imperfeições. Bom, o Blur Mágico não trata a pele, mas dá uma melhorada visual, um acabamento fosco, uma ¨alisada¨ instantânea que dura até 6 horas. Ele deve ser aplicado APÓS o protetor solar e hidratante e ANTES da maquiagem. Além disso, serve como primer! Também fiquei muito curiosa para testar logo e ver ser realmente a formula é diferente da gringa. Dá uma alisadinha mesmo! Agora vamos testar no rosto rsrs. Após conhecer esses produtos, fomos para uma salinha onde seria apresentada a nova porta voz brasileira da L’Oréal. Antes dela ser anunciada, a Grazi Massafera, a Taís Araujo, a Emanuele de Paula e a Isabelli Fontana contaram um pouquinho de como elas levavam para a vida delas o slogan ¨Porque você vale muito¨. Taís Araújo, que acabou de ter uma filhinha (e está magra magra) falou que está valendo MUITO mais que antes, já que agora é uma super mãe de duas crianças pequenas e tem que desdobrar com suas funções. E querem saber quem é a nova integrante desse time de beldades? Juliana Paes! Gente, a bicha é LINDA! Tudo bem que as outras também são maravilhosas (a Fontana nem deveria ser deste mundo, é muito injusto) mas quando a Ju entrou ela iluminou o lugar sabe? Mega simpática e com uma vibe super boa! Eu nunca fui muito fã dela (na verdade não ligo muito pro povo da TV), mas ela me ganhou hoje. Quero ser amiga da Ju Paes hahahaha. E assim foi meu dia ontem em São Paulo! Lembrando que os booster (as ampolinhas para cabelo da Elseve) já estão a venda e o Blur Mágico começa a ser vendido mês que vem! E eu já tenho uahauhauhauahua.

  • Por Uma Cozinha Linda e Espelhada

    Ultimamente tenho sido bem dona de casa. Nunca fui de cozinhar, de ligar pra decoração, de deixar tudo arrumadinho, mas como vou mudar de casa e pretendo ter um lar lindo e aconchegante, esse lado tem aflorado em mim. Já estou de olho em várias coisinhas para casa a nova e claro, pesquisando muito por preços, pois quero coisa boa mas sem gastar uma fortuna! Um dos itens que PRECISO comprar e que faço questão que seja BBB (bom, bonito e barato) é um micro-ondas novo. Desses modernos. Eu tenho aqueles comuns, brancos, mas já está tão velho e sujinho (encarde né?) que vou aposentá-lo. E como mulher vaidosa que sou, AMEI esse micro-ondas espelhado, para dar uma olhadinha e checar a maquiagem enquanto a comida não fica pronta hahahaha. Porque mulher tem que se cuidar mesmo quando está na cozinha!     E sabem o que é melhor, além de LINDO (acho praticamente um objeto de decoração) é da Consul e o Walmart.com está com o MELHOR PREÇO DO MERCADO! Pesquisei e constatei que é o mais barato de todos. O preço é EXCLUSIVO e vale até sexta feira da semana que vem hein!   Esse micro-ondas é de 20 litros (tamanho perfeito, não gosto dos gigantes), 11 níveis de potência e tem daqueles menus que já vem com o tempo certinho para fazer vários tipos de coisas. A gente nem precisa ficar se preocupando de quanto tempo demora para fazer uma pipoca, uma massa, descongelar uma carne… Ele adapta o tempo de aquecimento ou descongelamento conforme o peso da comida! Outra coisa que achei interessante, ele tem um botãozinho que desliga o visor e com isso economiza energia!!! Achei TUDO DE BOM, ainda mais pelo momento que nosso país está passando, a economia tem que ser geral e as pequenas coisas fazem muita diferença! E novamente, o design dele é muito bonito, efeita QUALQUER cozinha independente da decoração (falando nisso, aguardem váaaarios posts sobre decoração e casa nova aqui no Futilish!)   Esse é sim ou sim pra minha casa nova!  Perfeito para comemorar o dia da mulher, afinal, essa beleza aí tirou a gente do fogão e tornou nossa (louca) vida muito mais prática! E já que é pra ser prático, que seja barato, lindo e de qualidade. LINK COM PREÇO ESPECIAL!

  • #selfiecea

    As fast fashions nacionais já estão se preparando para os lançamento de outono inverno 2015 e a C&A está com um concurso IM PER DÍ VEL! É bem simples. Você tem um celular, está sempre conectada, adora o Instagram, curte estar na moda e o principal, postar uma bela selfie? Então já grave essa hashtag: #selfiecea Mega fácil de participar e as instruções estão na foto acima! Quem não quer ser estrela da C&A e ainda por cima concorrer a R$ 1.000 em compras, POR DIA? As tendências a serem postadas estão lindas e simples de seguir: étnico, jeans com jeans, militar e floral com o fundo escuro. Pelo o que conheço vocês, já sabem muito bem o que postar… mas se alguém ainda tiver dúvidas, seguem algumas sugestões! Trend étnica: AMEI esse look! Lembram que falei que o folk e o boho continuarão com tudo? Esse colete p&b está perfeito para montar uma produção bem bacana e sem erro. Já foi pra wish list! Trend jeans com jeans: veio para ficar e a cada estação ganha mais espaço. Eu adoro usar e fica muito estiloso! Se joguem, não tem muito segredo! Trend militarismo: mais uma que foi comentada dias atrás por aqui. Tons como verde musgo (será que existe outro nome para esse verde? Não gosto de falar musgo rs), variações de marrom, tons terrosos e um pouco de camuflado. Preparem-se para a guerra, essa tendência vem FORTE! Trend dark floral: as românticas também tem seu espaço nos dias mais frios… O floral continua sendo romântico e doce, mas quando com o fundo escuro, ganha força e personalidade. Tudo pronto? Trend escolhida para sua selfie? Já está valendo e não se esqueça do filtro X-Pro II e claro, a #selfiecea ao postar sua foto! Boa sorte!

  • 5 Coisas: Blushes!

    Ai tô adorando fazer esta tag!!!! Serve para me conhecer melhor e saber do que realmente gosto! Tipo, na dos batons, reparei que meus batons preferidos são em tons de rosa queimado, ficarei atenta quando for comprar o próximo. Hoje falarei de 5 blushes que eu salvaria em caso de emergência. Pensei em fazer 5 da MAC (devo ter uns 20) mas meus preferidos nem são todos MAC então achei justo dividir e mais uma surpresa: descobri que gosto dos blushes da Benefit! Vejamos quais meus preferidos? 3 da MAC sendo um Edição Limitada e dois da Benefit! Da coleção Wonder Woman, o Mighty Aphrodite que encontra-se todo quebradinho. Mistura dois tons de rosa e dá aquela cor de saúde na pele com leve brilho. Swatch do Mighty Aphrodite da MAC. Muito lindo, versátil e infelizmente, não vende mais. A MAC às vezes relança alguns produtos… quem sabe? Warm Soul da MAC. Um dourado MARAVILHOSO, com brilhinhos, bem verão! Swatch do Warm Soul da MAC, vê se não é perfeito? Blushbaby da MAC. Toda vez que alguém me pede indicação de blush, tipo, o primeiro a ser comprado, aquele tem que ter e que vai com todo tom de pele, eu indico esse. Sem erro, não conheço UMA pessoa que tenha se arrependido de comprar o Blushbaby. Eu já estou no segundo e olha que pra eu acabar com algum cosmético é porque eu gostei muito viu rs. Swatch do Blushbaby da MAC: carreguei bastante para a cor ficar bem aparente, claro que no rosto não fica assim, mas o tom é isso mesmo, um rosa queimado. É… acho que gosto de rosas queimados rs. Bella Bamba da Benefit! O meu é amostrinha e sempre está na necessaire de viagem. É uma cor que vai com tudo, fica ótima durante o dia e dá aquele ar de saúde. Swatch do Bella Bamba da Benefit: Um rosinha com brilhinhos bem lindo! Minha paixão da Benefit, o Rockateur! Lembro que vi em algum Instagram ou em algum blog e fiquei louca com ele. Comprei em Miami e desde estão virou um dos meus preferidos! Swatch do Rockateur da Benefit: pena que a foto não pegou, mas ele tem um perolado maravilhoso! Algo um pouco furta-cor mas beeeeem de leve. Esse vale muito a pena viu? E falando em Benefit… Esse não é blush, ou é… mas uso como contorno, dica da Thê do Fashionismo! É o tom perfeito para fazer aquele famoso jogo de claro/escuro que faz toda a diferença no make. Chama-se Hoola e também vale a compra (o meu é amostra, cuido dela demais rs). Esses são meus cinco meninos que eu salvaria de uma catástrofe (e com uma dica extra no final do post). Mas o mais mais de todos ainda continua sendo o Blushbaby da MAC. Agora quero saber de vocês, qual o seu blush preferido??

  • Chora Que Eu Te Escuto

    Semaninha eclética esta hein? Comecei falando de cachorro, depois de moda, agora comportamento… provavelmente o próximo post será sobe maquiagem rs. Vamos lá com a choradeira do dia: 01 – Monica Em 2013, fui passar o ano novo na praia com meus amigos. Minha amiga e o namorado dela me chamaram, e chamaram mais dois amigos deles também. Eu não conhecia estes dois meninos, e minha amiga estava super na expectativa que nos dessemos bem e que um possível amor de verão subisse a serra! Pois bem, para irmos, fomos em dois carros, sendo que eu fui com um dos dois meninos (que nunca tinha visto na frente, fui conhecê-lo quando ele chegou ao meu condomínio)! À primeira vista, ele era ok. Quando entrei no carro dele, vi que ele escutava os mesmos tipos de música que eu e nos demos bem, batemos um papo – até porque seriam mais de duas horas de viagem – e foi tudo bem. Ele é bem blasé, mais observa do que fala, mas eu gostei muito dele. O que mais me chamou atenção foi o charme dele. Mesmo ele sendo inegavelmente bonito, ele tem algo a mais.   Então, com o passar dos dias fomos conversando mais, dando risada, falando bobagens ou coisas sérias, dividindo todas as refeições (pois íamos sempre em restaurantes com aqueles pratos enoooormes e sempre dividíamos), enfim, tudo muito legal, muito bacana. Ah, esqueci de contar, eu dividia o quarto com os dois meninos, pois a casa só tinha dois quartos, e o casal estava no outro.   Até que veio a noite de ano novo! Jantamos, bebemos muito espumante e fomos pra praia pular ondinhas e beber o champagne nosso de cada ano novo. Voltamos todos pra casa, felizes, animados e, meu Deus, como eu tava feliz! Então, eu e ele, inventamos de tomar tequila. Como já estávamos mais pra lá do que pra cá, o casal foi dormir, o outro menino também (ele estava deprê por causa da ex) e nós ficamos tomando tequila. Meia garrafa. Pura. Ele, então, sugeriu de irmos à praia – já passava das duas da manhã! E lá fomos. E aconteceu. Ficamos. E rolou. Começou lá, na areia mesmo, e terminou em casa. Não me arrependo por nenhum segundo: foi maravilhoso, eu me diverti, fiz o que eu queria fazer e foi o melhor ano novo!   Voltamos pra casa e dormimos. Nem preciso falar que a ressaca do outro dia parecia incurável: eu nunca achei que passaria tão mal em toda minha vida, parecia que não tinha cura, mas depois de muito remédio e hidratação, nos recuperamos para o outro dia. Mas, depois disso, naturalmente, ficou um clima meio estranho entre nós, sabe? Com aquela vergonha por como aconteceu, mas não pelo o que aconteceu. Passamos mais uns dias na praia e voltamos pra casa, sem ter conversado sobre o ocorrido.   Voltamos juntos e não conversamos muito. Ele me deixou em casa e naquele mesmo dia me mandou uma mensagem dizendo que o que havia acontecido tinha sido muito legal e que foi uma das melhores maneiras que ele já tinha começado um ano – eba! -, mas que ele estava envolvido com alguém e tudo mais   Fiquei meio chateada, poque tinha gostado dele, mas entendi e tentei tocar o barco. Até que então umas duas semanas depois, ele me mandou uma mensagem puxando um assunto. Conversa vai e vem, me chamou pra ir na casa dele – que mora sozinho. Eu fui. Foi super divertido, conversamos muito e rolou.   E por mais um tempo ele me mandava mensagens, a gente conversava, saíamos algumas vezes e só. E aos poucos fomos nos falando cada vez menos. Ele está na fase de curtir, sair, fazer o que quiser. Não é mais menino – tem 29 bons vividos anos, e tá curtindo a solteirice. Neste meio tempo, eu fiquei com outro garoto e fiquei muito a fim dele e começamos a namorar. Eu já não falava mais com o outro menino, até que veio minha formatura e nos encontramos. E foi quando ele soube que eu estava namorando, ficou surpreso e nunca mais nos falamos.   O meu namoro ia muitíssimo bem! Eu estava completamente feliz, o cara é um fofo, legal e muito inteligente também. E lá fomos nós para a mesma praia, com o mesmo casal de amigos, passar o ano novo – nós quatro. Durante a passagem do ano, ali na praia mesmo, na areia, com fogos estourando, meu namorado fechou a cara. Sentou, virou de costas para o casal, não falou mais com ninguém e ficou meio emburrado, dizendo que estava pensando no ano que tinha passado. Todos nós ficamos super sem entender o que estava acontecendo, se ele estava chateado com alguma coisa… Eu fiquei triste, porque eu espero que meu namorado – seja quem for – se dê bem com os meus amigos, ou pelo menos se esforce. Isso me incomodou bastante, mas ok.   No outro dia, qual não foi a minha surpresa ao receber uma mensagem do menino do ano passado: ele estava na Europa, com os amigos dele. A mensagem era de feliz ano novo, e dizia que ele estava lá, lembrando de como havia começado 2014. Eu perguntei onde ele estava, ele disse que estava na Áustria – ali, do outro lado do mundo, e pensou em mim!!! – mas que trocaria para estar de volta comigo na praia. Fiquei sem chão. Imagine você: um cara que super – e sempre – mexeu com você, que você realmente gostou, te manda uma mensagem do outro lado do oceano te dizendo isso!? Mexe sim, garanto.   Voltamos e eu fiquei pensando nisso, muito. Não paro de pensar nem por um segundo nele. Veio meu aniversário e ele me mandou uma mensagem; nada de mais, mas mandou. Enquanto isso, eu e meu namorado não fazemos sexo há dois meses, pois ele teve uma infecção, e sei lá, ainda tô mexida. Meu namorado é um cara ótimo, daquelas pessoas que têm um coração bom, sabe? Mas ele também tem atitudes que têm me desmotivado, me desanimado – não tá correndo atrás de uma vida melhor, de um trabalho melhor… tá ali, bem acomodadinho, e isso tá me irritando (já conversamos, mas tá difícil). E eu tô assim, desanimada, sem aquele brilho no olhar de quem tá estasiada de tanta felicidade, como era antes.   Não sei o que fazer, Cony. Minhas amigas falam: você gosta do outro, né?! E eu não admito, mas eu acho que sim. Ele me encanta. E meu namorado não tanto quanto antes. Não sei o que fazer. Não sei mesmo, do fundo do coração. Alguém me ajuda, me dá um conselho, por favor. Eu não quero jamais magoar meu namorado, mesmo. Ele não merece mesmo. Mas eu não sei o que fazer. Minha amiga (que tem muito contato com o outro por causa do namorado dela) vive dizendo que ele está na fase cafajeste, e que não acha que vai acabar tão cedo. E eu acho que se talvez ele quisesse ter tido algo mais sério, talvez ele tivesse se mexido mais na época. Eu não sei. Mas ele ter lembrado de mim lá longe me abalou – e meu deu esperança, não nego. Preciso de conselhos. Tô perdida. Nossa fiquei sufocada com sua história. Sufocada e confusa só de ler, imagino na sua cabeça. A primeira coisa que sinto é que você precisa de um tempo sozinha para se organizar internamente e desembolar todos esses “fios” de sentimentos. Pode ser que o carinha do reveillón só queira você como lanchinho, pode ser que não. O seu namorado pode ser um cara bem bacana e você não enxergar por causa do fantasma do carinha da praia. Eu acho assim, quando a gente assume um relacionamento amoroso, zera todos os outros. Imagina comprar uma blusa e ficar olhando outras na vitrine e achando tudo melhor que a que comprou? Dessa maneira nunca estará satisfeita e não aproveitará bem o que tem em mãos. Pense nisso. 2 – Vitoria Enfim, deve ter muita mulher na mesma situação que eu, mas às vezes me sinto tão perdida e sozinha, que não sei por onde começar, e fico apenas remoendo as situações e problemas, me dando “chicotadas”, como seu eu precisasse de castigo, sabe? Tenho 39 anos (muita gente acha q pareço mais nova faço 40 em agosto), sou arquiteta, trabalho (e gosto do que faço), ganho o meu dinheiro. Tive um casamento ruim, que durou pouco, mas que  terminou há uns 6 anos e do qual me curei completamente. Depois de mais de 1 ano e meio sozinha, comecei a namorar o cara que achei que era o HOMEM da minha vida. Engraçado, simpático, espirituoso, com uma vida estabilizada de grana, os mesmos gosots musicais….. Seria o pai dos mues filhos. Só que depois de mais de 1 ano de namoro (isso foi em 2012), ele terminou comigo. Disse que nós não éramos mais crianças, que sabia que eu queria uma família, e que ele não era a pessoa certa para estar comigo. Que eu era carinhosa demais, chique demais, que eu tinha ideias de viagens nas quais ele jamais pensaria (sempre quis ir a Costa Amalfitana, por exemplo, e para ele viajar para Roma já está de bom tamanho) e que nós não daríamos certo juntos. E que como eu já tinha quase 36 anos, eu deveria procurar alguém que pudesse estar ao meu lado para isso. Meu mundo caiu. Entrei em uma depressão que me fez perder 12kg em 2 meses (hj eu peso cerca de 56kg, na época estava mais gordinha mesmo). Virei um cadáver ambulante. Isso para descobrir depois de 3 meses que na verdade ele terminou comigo para ficar com outra mulher, acredito que “mais adequada” ao que ele esperava de alguém para casar. Fiz tudo o que estava ao meu alcance para ficar bem, melhorar. Terapia, fui ao psquiatra para tomar remédio corretamente, cortei o cabelo, comprei roupa….. Mas nada conseguia fazer com que a dor do vazio e da solidão saíssem de mim. Mas fazendo um grande esforço na vida, comecei a sair com um grupo de amigos, liderado por uma amiga também divorciada, mas cujo pique e estilo de vida não são muito os meus. Mas se você não pode contra eles, junte-se a eles, não? Acontece que nesse grupo, há cerca de uns 4 meses atrás, um dos caras que saem conosco demonstrou algum interesse em mim. Não dei muita trela, são muitas pessoas juntas, e não queria meu nome em fofoca. Ele pegou meu telefone com uma amiga em comum, pois na época eu não saí tanto com essa turma.  E na época ele pareceu ser um cara tão legal, tão tranquilo. Mais novo que eu (tem 31 anos), mas maduro de cabeça, voltado para o trabalho, para viajar, ficou me contando de uma viagem que tinha feito ao Japão, que nesse ano iria para Londres pois o melhor amigo se casa lá e ele seria o padrinho. Acabou que “fiquei” com ele por 3 vezes. Nada demais, apenas beijinhos e ok. Mas ele ficou mandando mensagens, querendo marcar um outro jantar. Enfim concordei e no dia, ele desmarcou em cima da hora alegando estar muito cansado pois tinha voltado de trabalho em São Paulo. E como nós todos iríamos numa festa de um amigo em comum no dia seguinte, nos veríamos lá. E eu me arrumei lindamente pra tal da festa, e cheguei lá e ele ficou com outra garota na minha frente. Fiquei com tanta raiva, dele, da mulher, de mim, por ter acreditado que dessa vez seria diferente, que eu poderia confiar em outro cara de novo, pois ele parecia tão legal……… Fiz um escândalo na festa (eu tinha bebido muito), uma atitude completamente ignorante da minha parte. Ele me pediu desculpas depois, alegou que tinha sido a bebida e que não queria me magoar, esperando que nós pudéssemos ser amigos. Na época eu disse apenas que ok, que estava tudo certo, e também pedi desculpas a ele por ter agido com tal comportamento. Ele veio com o papo masculino normal de que estava passando por uma fase difícil, etc…….. Fiquei um bom tempo sem conversar com ele, mesmo quando todos estavam em grupo saindo,  me limitando a cumprimentos e palavras bobas até passar a raiva. O problema é que não consigo tirar esse cara da cabeça. E como estamos todos num mesmo grupo, incluindo no whatsapp, volta e meia ele manda mensagens no grupo tipo “hj não posso sair pq tô pegado”. No Carnaval agora foi um inferno. Mensagens do tipo “nem sei q lugar eu estou, será que acordo a bela adormecida aqui, ou saio de fininho?” foram algumas das barbaridades que ele postou. E sempre que leio isso, fico extremamente magoada. Como alguém pode mudar de comportamento assim? Quero dizer, toda a raça masculina, tirando os que estão num relacionamento, os padres e os eunucos, estão fadados a serem babacas com letras maiúsculas? Como eu, uma mulher de 39 anos, com um ex-marido, independente, inteligente, que sei falar de tudo (inclusive de futebol) posso continuar com a mente fixada num idiota como esses? Não sou uma mulher espirituosa. Não sou uma piadista nata. Não sei ser engraçada ou agregadora. Na verdade sou muito tímida e quieta, avessa à multidão, prefiro ir ao cinema e comer uma pizza a sair para festas. E sinto muita falta de alguém do meu lado para fazer isso comigo. Volta e meia convido alguma amiga para sair, e ela : 1 – está ocupada; 2- arrumou um bofe novo e vai sair com ele; 3 – quer ir pra farra; 4 – só responde depois de 2 dias a mensagem. /tabém não posso contar com minha irmã, ela nunca abre mão de nada do que está fazendo para ficar um pouco do meu lado…….. Achei que tinha superado a tremenda solidão em que me sinto e o vazio em que a minha vida se transformou, mas vi que na verdade nada disso aconteceu. Mesmo estando num grupo, me sinto só e perdida. Daria qualquer coisa na vida para conseguir ter o que vejo alguns amigos, que são casados, com filhos tem. O que os meus pais tem (43 anos de casamento em 46 de relacionamento). o que eu faço? Como tirar essa dor de dentro? Como me sentir viva de novo? Hum… para você apenas uma frase: a gente só é feliz quando aprende a ser feliz sozinha. Sinto um desespero em encontrar alguém e quando aparece, a expectativa é tão grande que se não der certo, a decepção é gigantesca. Outra frase: no expectations, no disappointments. Você mal ficou com o cara e já deu show porque ele ficou com outra. Entenda que vocês não tem nenhum relacionamento e ele pode fazer e falar o que quiser. Fia, você tem 39 anos… resolvida financeiramente, tem carreira, tem assunto, é inteligente, já pensou em se apaixonar por você mesma? Foca essa energia, esse amor, essa carência em você mesma! Vai viajar, SOZINHA, vai se conhecer, curtir as coisas que gosta. Homem gosta é de mulher independente, resolvida, prática! Vai ficar de mimimi por um carinha que não tá nem aí pra você? Parte pra outra logo e posta no grupo do Whatsapp os lugares que está visitando, as pessoas que está conhecendo, foto de uma taça de vinho num restaurante bacana… Aposto que o carinha vai te achar interessante novamente e ir pra cima de você. Mas CLARO que você não vai querer ele nunca mais né? 3 – Alexia Eu sou uma namoradeira assumida… Não sei ser solteira, definitivamente, não que eu não goste de mim o suficiente para ficar sozinha, pois tenho uma ótima auto-estima. Mas sim porque não gosto dessa fase de paquerinhas, para mim é a fase da instabilidade, pois fico ansiosa, não consigo definir se devo demonstrar o que sinto, se posso ligar ou devo dar uma sumidinha… Chego a ter dor no estômago e emagreço mais que no fim dos namoros. Definitivamente sou uma garota da estabilidade! Eu namorei por quase 4 anos por duas vezes, um foi um namoro de adolescência, bobo e turbulento, que hoje olho para tras e parece que nem vivi isso tudo. O outro foi mais sério, chegamos a noivar, e um mes depois terminar porque ele se sentiu pressionado. Detalhe que quem inventou de noivar foi ele (se pressionou sozinho). Enfim, depois disso, terminamos, ficamos um mes separados, e ele foi atras de mim para voltar, mas voltei como namorada, não queria ser noiva mais. Ficamos mais quase dois anos juntos, porem voltei diferente, morava perto da casa dele e não gostava de ficar lá, preferia ficar em casa fazendo minhas coisas de menininha, e quando ia para la era aquela rotina chata, esperava a hora de pedir para ele me levar embora. Até que um dia ele cismou que precisávamos dar um passo adiante e começar a pensar em algo mais serio, comprar apartamento e morar juntos (logo pensei com meus botões: lá vem ele de novo, depois fala que se sentiu pressionado). Um dia me buscou de carro com a mãe dele para ver apartamento. Nesse dia eu que surtei, me senti pressionada, pensei que não queria passar o resto da minha vida com ele, que estava muito nova para casar, queria dar um rumo na vida profissional primeira. Depois disso o namoro ficou pior ainda, até que as vesperas do carnaval, uma semana antes ele me fala por internet que queria um tempo para pensar, que deveríamos passar o carnaval separados. Alô, quem pensa no carnaval? Feriado de pensar é Natal, Pascoa, ação de graças…. Logo acendeu meu sensor de namorada esperta! E não é que estava certa! Fucei até descobrir, que ele viajou com outra! Aí sim, xinguei, briguei… E paramos de nos falar! Depois conversamos com mais calma, mas enfim… Não dava mais. Também tive um luto de um mês, emagreci… Depois entrei na fase de fazer qualquer coisa menos ficar em casa pensando no que me deixava triste, topava qualquer evento, chato ou legal, desde que me distraísse. Os dias, semanas, meses foram passando, até que ficar sozinha em casa no fds não era mais triste, não pensava mais no fim, e sim prazeroso, queria descansar da vida agitada, um tempo para mim. Também comecei a fazer murais com tudo aquilo que queria para o meu futuro, pessoal, profissional, financeiro, até na minha aparência. E hoje, me sinto realizada. Conheci o amor da minha vida, cresci profissionalmente, melhorei a forma de me vestir, conquistei o corpo que queria. Conheci meu atual noivo numa daqueles eventos que aparecem de surpresa, que você esperando não conhecer ninguém interessante. Ficamos, duas semanas depois começamos a namorar, passamos por um periodo turbulento de inicio de namoro (definitivamente odeio essa instabilidade) e foi ficando serio, estamos juntos há tres anos e meio. E o melhor de tudo, ele é exatamente tudo que coloquei no meu mural. É lindo, bem humorado, mais família, animado e principalmente, gosta das mesmas coisas que eu, combinamos demais. Nem preciso dizer que é o contrario do ex né? Mas sabe de uma coisa? A raiva passou, hoje em dia a existência dele e da nossa historia é indiferente. Compreendi que foi preciso passar por tudo isso para me tornar a namorada que sou hoje e principalmente, dar valor em pequenas coisas que sentia falta na relação anterior, que talvez não prestasse atenção se não tivesse vivenciado o oposto. Se tivesse que dizer algo ele hoje, diria apenas obrigado! Pois sem ter passado por tudo isso, não estaria vivendo toda esta felicidade hoje! Aprendi duas coisas: Nunca questione Deus por um sofrimento, pois ele pode estar te preparando para algo melhor; e que pensamento positivo atrai coisas boas, devemos olhar o lado bom de tudo e focar nos nossos sonhos! EXATO! Pensamento positivo atrai coisas boas, sempre! Adorei sua história, Alexia! E continuo batendo na mesma tecla: mulheres, amem-se mais. Ao mínimo sinal que o carinha tá zoando com você, te enrolando, cheio de gracinha, fique alerta e se prepare para pular fora. Mulher precisa de HOMEM não de moleque.  O envio de emails continua suspenso… ainda tem MUITO chora guardado…

  • O Que Vai Usar?

    Poucas novidades, muitas releituras e a parte boa: dá para aproveitar muitas coisas de invernos passados. A semana de moda européia foca no outono/inverno de 2015, mas lembrem-se que essas estações no hemisfério norte são no final do ano. Ou seja, quando for nosso verão 2015/2016, que eles usarão a moda apresentada nesta Fashion Week. Confuso, mas como tá tudo parecido ao último ano, dá pra usar agora e no ano que vem também rs. Trend Observada: roupas masculinas. Inclusive sapatos. Trend Observada: Culottes (e já alertada aqui). Podem se acostumar, essa vem FORTE. Trend Observada: Animal Print. Sério. A onça virou item atemporal. Trend Observada: mini bags. AMEI demais essa novidade! Já vinha usando inconscientemente e adoro! Trend Observada: Ponchos! A mais mais da semana de moda. Pode investir. Trend Observada: franjas e estilo boho/folk. Hum… conte-me mais…. Trend Observada: militarismo! Vai e volta de 2 em 2 anos mais ou menos… Trend Observada: camuflados! Pode ir lá na sacola de doação de roupa e resgatar aquela sua jaquetinha camuflada, vai usar! De todas essas, a novidade fica por conta dos ponchos. Achei todas bem fáceis mas acredito que os cultores não serão bem aceitos por aqui. E vocês, qual tendência gostaram mais e qual menos?

  • Por Uma Segunda Feira Feliz

    Sabe o que mais me faz sorrir? Cachorrinhos. Ok, gatinhos também. Tá bom… qualquer animal fofo e simpático, fazendo graça ou apenas dormindo. Amo muito, sinto uma pureza tão grande, uma inocência tão linda, um amor tão incondicional… O tipo de coisa que falta MUITO nos seres humanos hoje em dia. Sou dessas que gosta mais de bicho do que de gente e não suporto ver alguém maltratando um animal, seja qual for. Pedi para algumas leitoras me mostrarem seus bichinhos de estimação e recebi TANTAS fotos fofas que hoje selecionei algumas para mostrar para vocês! Só algumas, porque teremos mais posts leves e felizes como este. Repara as carinhas gente! Olha como são expressivos! E o que é o Rodolfo da Jessica? Super sorrindo pra foto!!! Fiz a última montagem com yorkshires por motivos de: Nero rsrsrs, meu amor maior. Hoje foram cachorrinhos, na próxima farei de gatos, depois de animais em geral, depois cachorrinho de novo… Sempre que precisar dar uma alegrada por aqui, teremos essas fofuras para começar bem o dia!

  • London Look!

    Último post exclusivo de look londrino, podem ficar tranquilas rs. Usei esse no último dia, no último desfile, durante minhas últimas horas na cidade mais linda do mundo… Vestido Romaria (lindo e achei a CARA de Londres!), bota Carmen Steffens, casaco do Chile, bolsa Zara e óculos Spektre via Madame Chica. Ah, e uma blusa térmica da Uniqlo por baixo do vestido! Amei esse look… apesar de invernal, a cor do vestido deu uma alegrada na produção! Gostaram?

  • Quando em Londres – Essence London

    Nesta semana de moda, mais uma vez tivemos a maravilhosa cia da Essence London, um concierge de luxo de propriedade de uns brasileiros muitos chiques (na verdade acredito que já são 100% ingleses pela pontualidade e profissionalismo, só que falam português rs) que nos trataram como rainhas. Até quero sugerir um slogan para Essence: Seja uma Rainha na Inglaterra kkkk. Mas é verdade, desde a chegada ao aeroporto até o dia de ir embora, eles cuidaram da gente com muita dedicação e carinho. E durante os poucos dias que fiquei por lá, a Essence London preparou algumas surpresas para nós. Come with me. Primeira para e com uma imagem dessa… Muito amor pelas ruas londrinas! Fomos conhecer a nova coleção de Eddie Borgo, um designer nova iorquino responsável por jóias e bolsas LINDAS! Ele tem uma pegada muito interessante, une o clássico com o moderno. Fiquei louca com as bolsas, super chiques, elegantes, finas porém feitas com materiais inovadores, texturas diferentes e com várias surpresinhas que a gente ama, por exemplo, todas as bolsas tem tipo uma alça na base da bola, para carregar igual blogueira que não quer pendurar a bolsa no ombro sabe? E fica firme e seguro. A divisão interna também é pensada detalhe por detalhe para ficar bem funcional. Tem bolsa que desmonta e vira clutch, tudo isso com muita classe! Curtiu? Ainda não estão a venda, somente pre order a partir de 26 de março. Os acessórios também são lindos! Tudo diferente e nem são caros, acreditem! Podem conferir no site dele, neste link, Outra experiencia maravilhosa que a Essence London nos proporcionou foi uma visita ao salão Neville.  Fizemos uma sessão de radiofrequência no rosto, mas não foi QUALQUER radiofrequência! Esse é o mais novo aparelho no mercado, o Venus Viva, com melhor penetração em profundidade, aquecimento seletivo e promete resultados de longo prazo. Diz a moça que uma sessão tem resultado imediato e dura até 3 semanas. Para quem não sabe, a radiofrequência melhora imediatamente a textura da pele e faz tipo um lifting na hora. Eu amo fazer e gostei muito desse novo aparelho. Depois fizemos cabelo e make! Agora a Essence Experience que eu MAIS AMEI! A exposição de vestidos de noiva no museu Victoria And Albert! A exposição está maravilhosa! São Wedding Dresses de 1775 a 2014. Lá a gente pode conferir a evolução dos vestidos, matar a curiosidade de como era uma noiva antigamente, os sapatos que usavam, os acessórios, os costumes. Minha paixão imediata foi esse vestido Jenny Packham com um bordado deslumbrante. Olha isso gente! Achei interessante que tem vestido de várias culturas: indianas, africanas, americanas… Esse é o vestido que Dita Von Teese usou no seu casamento com Marilyn Manson. A CARA dela rs. E o vestido da Kate Moss! Fiquei curiosas com os sapatos de antigamente. Tão fininhos e compridos! A exposição fica no museu Victoria and Albert até dia 15 de março! Se estiver em Londres, não deixe de ir. E para terminar… que tal a vista da minha janela em Londres? A Essence nos hospedou no Mondrian London, hotel perfeito, cool e chique ao mesmo tempo! É da mesma rede daquele Mondrian que fiquei em Miami lembram? O de Londres tem a mesma pegada, porém um pouco mais sério. E fomos recebidas com espumante e flores. Seja uma Rainha na Inglaterra com a Essence London rs. Foi bem assim que me senti! Ainda não acabaram os posts sobre Londres ok? Teremos um post sobre as próximas tendências, mais um look, algumas comprinhas e dicas de comidinhas porque eu não sou de ferro!

  • O Desfile Mais Disputado da Semana de Moda Londrina

    Se tem um desfile que eu sempre quis ver na London Fashion Week, é o da Burberry. É o show mais esperado de toda a semana de moda da Rainha, frequentado por pessoas super influentes, celebridades, modelos, gente da TV e só os tops da moda mundial. Por enquanto fico só olhando as pessoas entrarem (na entrada desse desfile surgem looks maravilhosos e eu sempre vou dar um espiada, até fiz um vídeo mas não sei se vai prestar rs) e quem sabe um dia não chega minha vez de ver Burberry direto da passarela londrina? Enquanto isso não acontece, no dia seguinte ao desfile fui conferir o re-see, onde a gente pode ver de perto todas as roupas e acessórios desfilados. Além dessas peças, também temos acesso a toda a nova coleção e ficar por dentro das próximas tendências. Vem comigo ver o re-see e conhecer mais do que vai acontecer na Burberry versão Fall/Winter de 2015. Franjas, MUITAS franjas!!! Já vi que elas não sairão de moda tão cedo!!! Animal print (achei umas onças meio pobrinhas por aí hein Seu Burberry?), tons terrosos, muito camel, vinho, verde musgo. Muita inspiração folk, hippie e boho, com direito a estampas étnicas, espelhinhos, tecidos acolchoados e patchwork. Várias peças com modelagem ou bem ampla ou bem acinturada, neste último caso, por um simpático coletinho que compõe algumas peças e que também pode ser usado separadamente. A bolsa da vez é a bucket bag, em versão média e pequena, grande jamais. Tem franjada e sem franjas e todas podem ser personalizadas com 3 iniciais. Parte bacana: pode ser feito online. Parte não tão bacana: esse serviço não é disponibilizado no Brasil. Se fizer online, terá que enviar para um endereço gringo. As mini bolsas estão umas tchutchucas e as cores lindas! DETALHE: é a vez das mini bags. Farei post sobre isso tá? Um dos tipos de personalização. O tênis da vez, com o solado bem mais alto. Mas é off desfile que eu morro. O trench coat, a peça mais famosa da grife, é um dos meus sonhos dourados. E nem quero um preto ou caramelo, eu compraria um vermelho ou vinho! Ah, camuflado (militarismo) também está de volta. Eis o famoso trench coat da Burberry repaginado. A moda agora é ser poncho (ou mantô, como preferir), e na versão burberryana ficou assim. A aposta da grife nesse modelo é grande e já é uma das peças mais concorridas! A Burberry se divide em três ¨marcas¨: a Prorsum, que é a desfilada, a mais fashion, a mais inovadora and cara, a London, que é a roupa de ir trabalhar, com corte mais formal (mas que agora está repaginada e não mais tão… careta!) e a Brit, a mais casual, aquela para usar no final de semana no sítio. Em Londres, claro. Mas sabe qual o meu crush da grife? AS JAQUETAS DE COURO! Meu Deus, sabe aquela jaqueta impecável, com tudo no lugar, a manga no tamanho certo, acabamento perfeito, as ferragens no tom ideal, aquela que parece que foi feita sob medida? É a da Burberry. Fica a dica de presente rs. E para quem ficou curiosa para ver as peças que mostrei acima na prática, seguem algumas fotos do desfile! De tudo o que vi, falando especificamente do desfile, eu ficaria com as bolsas (as pequenas em especial) e os ponchos. Um Coachella de inverno chic e londrino. A versão é nova, mas achei que a inspiração não foi tão inédita assim afinal as franjas e o boho style já nos perseguem há um bom tempo. Curti as peças acinturadas, o coletinho nos vestidos e jaquetas, isso sim foi novidade. Não gostei das onças, que mesmo sendo Burberry, foram barradas na minha classificação sócio econômica. E estou me preparando psicologicamente para duas coisas: a volta do camuflado e o preço da jaqueta de couro dos meus sonhos. E vocês, o que acharam?

  • Trend Alert: Colares em Camadas

    A moda é assim: uma hora grande, outra pequeno, muitos, poucos, um só, nenhum, dourado, prateado, com brilho, sem brilho, delicados, grotescos… E a trend da vez, talvez uma releitura de anos atrás, é usar colares delicados em camadas. Há um tempo usamos dois ou três, curtinhos, com pingentes delicados, de florzinha, coração, gotinha imitando pedra preciosa, lembram? Agora é mais ou menos a mesma coisa, porém com colares um pouco mais compridos e tomara que o pingente seja algo étnico, folk, com pedra bruta ou geométrico. Delicadeza nas correntes e pingentes mais alternativos. Fica assim ó: Gosto quando tem um mais comprido, também gosto mais quando os pingentes são ¨abstratos¨ se é que me entendem. Sem muito brilho, sem muito significado. Algo mais minimalista e curioso. Fica chique e interessante. E reparem em TODAS as fotos: a camiseta sempre é uma excelente escolha. Porque menos é mais. Copiando em… assim que o look permitir rs. Essa tá fácil e linda hein?

  • Mais Look, Mais Londres…

    Ai como amei esse look!!! Acho que foi um dos mais lindos que usei durante a Semana de Moda de Londres, se bem que, modéstia a parte, fiz vários looks lindos rs. Desta vez acertei em cheio! Vestido DEUSO da Frutacor (gente, tem tanta coisa linda dessa marca aqui de BH… tô chocada, foi uma grata surpresa para mim!), casaco ultra quente da Liola (daquela loja chilena, que já falei aqui), velhinho velhinho, ele até passou um mês inteiro comigo no Japão ano passado, lembram?, cachecol da Riachuelo, bolsa e scarpin (de sempre) da Zara e óculos Spektre comprado com a Madame Chica! Que tal? Hein hein?? Ah e a perna de fora não foi problema antes que alguém fale, o frio estava suportável e váaaaarias pessoas estavam de perna de fora (até tirei foto para provar rs). AMEI! E tem mais look, aguardem!

  • Desejando: Jimmy Choo Lance

    Toda vez que viajo para o exterior, compro um item que eu chamo de “item de impacto”. Ou uma bolsa grifada ou um sapato grifado. Daqueles para fazer look high low bem charmoso. Desta vez, como não sabia que bolsa comprar (na verdade comprei uma em SP, uma Louis Vuitton que vale mais a pena comprar aqui no Brasil mesmo) pensei em uma sandália, uma que há tempos habita meus sonhos. Com vocês, a Lance, da Jimmy Choo. É essa. Tem que ser essa. Nude e em verniz. Pela foto pode parecer uma sandália normal, como muitas outras por aí, mas a maneira que ela calça, a forma que ela abraça o pé, é maravilhosa. Fica pé de rica em questão de segundos rs. E olha que meu pé não é nada bonito e é bem fino. Essa ficou perfeita. A Lance é a que tem o salto mais alto. Seguidos tem a Lang e a Ivette. Foquemos na Jimmy Choo Lance (o meu desejo): nos USA custa US$ 775, em Londres 475 rainhas, aqui no Brasil (tem loja no Cidade Jardim) R$ 3.080. Dói. E dói tanto que apesar de todo o meu amor, não comprei. O dólar muito alto me desanimou um bocado mas não desisto! Ainda hei de ter uma rs. E me contaram por aí, que com sorte dá para achar em Outlets. Hummmmm, quem sabe? Sei que tem alternativas por aí, falaram que a Schutz tem uma igual (e não duvido, apesar de não ter visto), mas minha cisma é com a Jimmynha mesmo. Ah lá… já tem até nome, Jimmynha… Continua na lista de desejos, linda, chique, atemporal e o principal, vira uma jóia no pé.

  • O Primeiro Casamento Pop do Ano

    Finalmente Fernanda Souza e Thiaguinho, subiram ao altar. Informação bem furada pois nem sei se namorava há muito tempo ou não, mas tenho que escrever algo sobre o casal antes de começar com o tema principal do post: os looks. Teve pouco acerto e muito erro, mas uma coisa me chamou MUITO a atenção: o excesso de paetês. Será que estamos entrando em uma nova fase, onde o tule e os rendados bordados estão ficando pra trás? Confesso que se for como vi nas fotos, ainda prefiro o tule, e isso que sou fã de paetês hein, mas tem que usar com cautela. Analisemos: Vamos começar com o vestido da noiva, um Martha Medeiros lindíssimo. Vestido tradicional porém achei muito bonito! Diz que a Martha Medeiros ficou UM ANO fazendo o bordado. Demais né? Agora vamos às convidadas! Da esquerda para a direita: Carolina Dieckmann, não sei se a foto foi cruel mas não gostei do vestido… Achei a combinação das cores um pouco estranha, será aquela minha mini cisma com a cor marsala? Josie Pessoa foi para mim uma das mais bem vestidas da festa e soltei um ¨só podia ser¨ quando soube que o vestido é Alphorria, grife mineira que amo! Paloma Bernardi também estava lindíssima e ganhou um dos primeiros lugares de ¨boniteza¨ nesse casamento. O vestido era mega parecido com um que a Rihanna usou.  Preta Gil de Vivaz, mais uma grife mineira e Regina Casé de Regina Casé rs. Além dos tons de vinho e roxo, o verde também esteve bastante presente. Angélica com um modelo mega batido em Red Carpets, Samara Felippo, madrinha, achei bastante adequada e elegante e Julia Faria num Patricia Bonaldi que tá mais pra baile da Vogue que pra casamento. Adriane Galisteu e Gisele Itié resolveram mostrar as pernas. Gisele, em particular, BEM mostradas rs. Gostei de Adriane e o da Gisele, não odiei, mas achei estranho. A turma do pretinho e o começo da invasão do paetê. Anitta foi de Versace (não se sabe se para Riachuelo ou Versace Versace mesmo), Luiza Possi, se tivesse menos fenda ficaria bem legal (amei a sandália) e Vera Viel, de paetê RYCOH! Alguém consegue entender alguma coisa no primeiro visual? E o segundo, da irmã da noiva, QUASE foi um acerto, não fosse por esse sapato nada glamouroso. Os erros: paetê colorido é muito para minha pessoa. E teve mais gente no clima (Giovana Lancelotti usou um todo verde!), o que realmente me deixa apreensiva. Marisa Orth também se jogou no paetê, mas achei nesse caso, muito despojado para um casamento.  O que acharam dos looks?

  • Ainda em Londres…

    Nem acredito que a London Fashion Week já acabou… Parece que foi ontem que eu estava aqui contando para vocês que estava indo, toda atarefada, ansiosa, louca pra ver a terra da Rainha novamente. Enfim, já estou de volta mas ainda tenho muito material para mostrar aqui, falar das tendências que vi por lá, quais as novidades, o que continua, o que desaparece, o que desejei, o que comprei… Enquanto isso, vamos a mais um look? Nesse dia a minha agenda não tinha grandes eventos, nada muito glamouroso ou chique então eu poderia ser um pouco mais casual. Além disso, foi o único dia que tive umas horinhas para passear pela Oxford Street e caçar uma Zara e uma Boots! Pena que a Rainha tá desfazendo das nossas dilmas e precisamos de quase 5 reais para uma mísera monarca. Camisa Dudalina, básica, daquelas que faz bonito em qualquer look (a coleção nova tem inspiração em Dubai e está LEEEENDA! Vale dar uma espiada não só na camisaria como também em todas as roupas da marca, sapatos e jeans!), jeans skinny da Guess (com leves rasgadinhos, lavagem escura e macio de vestir!), bota e bolsa Zara (comprei em BH mesmo), óculos Spektre por Madame Chica, casaco super quentinho e gostoso da Madreperola (marca de BH que mora no meu coração, tem tanta coisa linda…) e pulseirinha da Ong Orienta Vida a venda no Walmart.com , com a medalhinha escrito Saúde, afinal é a coisa mais importante em nossa vida, sem saúde não conseguimos fazer nada… Gostaram desse look mais informal? A bota deu um belo toque de cor, e vinho com cinza fica LINDO! E fiquem ligadas que teremos muitos, mas MUITOS, posts bem interessantes sobre a London Fashion Week!  

  • Night Night in London

    Eu AMO frio, isso desde sempre, prefiro mil vezes ao calor! Tudo fica mais chique, mais elegante, a maquiagem não escorre, o cabelo fica bom… E quando o frio é em Londres, aí minha filha… é perfeição na certa! Durante a semana de moda acontecem muitos jantares e coquetéis e sempre que penso nas roupas para esses eventos, só me vem uma coisa à cabeça: o famoso LBD. Para quem não sabe o significado dessa sigla, é Little Black Dress, ou o vestidinho preto. Aquele indefectível, que não faz feio em lugar nenhum e que nunca vai fazer você se sentir mal vestida, seja qual for o tipo de ocasião. E uma noites dessas (acho que foi antes de ontem, já tô meio perdida com os dias rs), eu fui assim num jantar: Vestido preto Acostamento (vendido no Walmart.com), mantô camel da Zara, meia calça fio 40 (já falo o fio porque sei que vocês sempre perguntam) e meu scarpin velho de guerra (tava até comentando com minha roomate Duda que ele merece um post especial hahahaha) e clutch da Zara. Ah e o relógio chiquéeeeerrimo, marrom, lindo, é da Euro, também para Walmart.com! A prova de erros né? E esse vestido é super funcional, pois de casaco fica mais comportado, e sem ele, aparece um decotão nas costas, toda rendada! Em breve, mais looks. Aguardem!

  • Red Carpet Possível!

    Quem assistiu ao Oscar ontem? Eu não consegui ver e nem sei direito o que se passou mas assim que chegar ao Brasil prometo dar meu parecer sobre todos os looks! Mas o que queria contar para vocês hoje, é que o vestido que a Carol Ribeiro usou ontem PODE SER SEU! É um vestido maravilhoso, exclusivo para a Riachuelo, criado por ninguém menos que Lethicia Bronstein! É este daqui: Despenquei no chão, bati a cabeça três vezes e voltei à vida. EU TAMBÉM QUERO ESSE VESTIDO!!! Quer saber como essa belezura pode ser sua? Clique NESTE LINK e participe, a promoção da Riachuelo já está no ar! Se uma de nós ganhar vai ser mara… Verdadeiras celebs! Boa sorte!

  • Meus Essenciais de Beleza (Pra Viagem)

    Gente, eu não sei fazer malas. Sei que vocês sempre me perguntam, algumas vezes até me arrisco a responder, mas no fundo no fundo, sou um belo zero a esquerda quando o assunto é escolher roupas e acessórios para alguns dias fora de casa. Sou do tipo que se passar um unicórnio pela sala enquanto estou arrumando mala, eu pego e levo ele, só por via das dúvidas… vai que precisa? Com roupa, sapato, bolsas e bijoux eu me enrolo toda e levo várias opções imaginando mil possibilidades de uso mas quando o assunto é beleza, aí acho que faço certo. Ou quase. No quesito maquiagem, levo bastante coisa, mas tudo necessário: umas três bases (considerando uma base pesada, uma leve e um BB cream por exemplo), de sombra, monto um quarteto com tons neutros (sempre tem uma clarinha, uma marrom, uma preta e uma outra cor qualquer). Pincéis, um para cada coisa, só para base que levo dois pois são os que mais sujam. Batons, uns 5, com cores entre nude e vermelho fechado. Também levo corretivo, produto para sobrancelha, lápis de olho, blush (uns 2, um com brilhinhos e um mate), um produto para contorno, um iluminador e por aí vai. Mas a parte de beleza que quero falar não é bem sobre make up, é sobre os essenciais MESMO! Vamos lá: – Cremes de dia: Uso o Clairal 10 da SVR (já que o Hydracid acabou e estou terminando aqueeeeele estoque que trouxe de Paris em 2013), Pigmentclar da La Roche e protetor solar Biore. – Cremes noite: Advanced Pigment Corrector da Skinsceuticals e Even Better Eyes da Clinique. – Sabonete facial, demaquilante específico para os olhos, um pouco de adstringente num potinho, algodões. – Pente, babyliss (o meu é o Hot Tools, grosso, se não me engano, de 1 1/4 polegadas) e secador! Esses não deixo nunca pra trás, e o medo do hotel não ter secador de cabelo? Desta vez trouxe um secador novo, potente, para secar o cabelo bem rápido e não perder muito tempo para me preparar, afinal semana de moda exige estar bem arrumada e em pouco tempo. E secador tem que ser bom, é o típico item em que não se economiza, praticamente um investimento! Esse secador Taiff Titanium, tem motor profissional e dura dez vezes mais que um secador comum. A potência é de 2100w e tem íons negativos que selam as cutículas do cabelo para deixar mais macio e sedoso sabe? E o cabo é enoooooorme (são 3 metros), bom para poder movimentar tranqüilamente e sem se embolar! É vendido no Walmart. com! Quem estiver procurando um bom secador e com bom custo benefício, dá uma olhadinha nesse e aproveitem e leiam as resenhas deixadas pelas pessoas que compraram, só falam maravilhas! Ah, e tem 6 (eu disse SEIS) combinações de temperatura! Quem quiser dar uma conferida, aqui está o LINK para ir direto ao secador. Além desses itens, sempre levo um protetor térmico para cabelo, elásticos, prendedores, cílios postiços (e cola e pinça), um pouco de cotonete, um mini hidratante… E vocês, quais itens de beleza indispensáveis para uma viagem?

  • London Fashion Week – Dia 2

    Não deu para fotografar o look de hoje com o nosso super fotografo. A agenda foi cheia e não deu para parar! Mas tenho fotos de celular, pode ser??? Trench coat da Madrepérola (liiiindo), camisa e calça flare da Isbella! Quis usar cores claras para dar uma alegrada ao dia que acordou meio cinzento.  Óculos Spektre e scarpin nude Zara (que perdeu o salto no primeiro dia de uso )

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    E aí meninas? Aproveitaram muito o carnaval? Deixaram os bofes de molho, foram juntos, não foram, bofes novos, antigos que reapareceram? Eu fiquei quietinha no recanto do meu lar, junto ao meu amor. Bem sussa. Bom, hoje temos mais alguns casos de nossa querida coluna do coração, sendo dois choras e um sorria. Choro 1 – Ana ¨Meu nome é Ana, tenho 24 anos. Há 3 semanas terminei um namoro de 5 anos. Ele fez faculdade comigo, não éramos amigos desde o começo do curso, mas nos aproximamos com o tempo. Ele sempre fez o tipo fechado, poucos amigos, falava pouco sobre ele mesmo. Ficamos a primeira vez em uma festa, continuamos ficando com frequência. A proximidade fez meu interesse aumentar e fiquei em cima até ele namorar, ele tinha dúvidas no começo. Não era o tipo baladeiro, mas tinha lá seus casinhos. Eu mesma coisa. Começamos a namorar bem novos, eu com 19 e ele com 22. Mas parecia a coisa certa desde o começo. Vivemos uma “lua de mel” por 3 anos, a gente se entendia, se amava e não se desgrudava um segundo. No 3o ano de namoro, sem nenhum porquê, ele resolveu que queria um tempo. Eu sofri bastante, não queria de jeito nenhum. Ficamos separados por 1 mês mais ou menos. Nesse tempo ele ficou com uma menina numa festa, amiga de um amigo, mas não me contou (disse que não tinha ficado com ninguém). Voltamos depois desse mês e lá se foi mais um ano juntos. Um ano bem mais ou menos pra falar a verdade, estávamos passando por uma fase complicada da faculdade, eu tava com a auto-estima lá embaixo, brigávamos por qualquer besteira. A situação era bem insustentável e eu sabia que o fim estava próximo se não sentássemos e tivéssemos uma conversa. Essa conversa acabou nunca acontecendo, porque uma noite passando fotos do computador dele pro meu pendrive eu vi uma conversa dele no facebook com uma menina do nosso ambiente de estágio. Não tinha nenhum indício que eles ficaram na conversa, mas era uma conversa íntima demais pra alguém que eu nem conhecia e nem sabia que ele tinha contato. Ele negou que tinha qualquer coisa com a menina, disse que era uma amiga. Não tirei isso da cabeça. Uma semana depois ele esqueceu o celular na faculdade e me entregaram pra eu devolver pra ele. Não tive dúvidas, revirei o celular (coisa que nunca fiz). Todas as mensagens apagadas, mas tinha uma ligação pra tal menina do facebook um dia que ele tinha saído a noite com os amigos. Fui atrás dele e terminei na hora. Não queria nem ouvir explicações. Depois de um tempo ele pediu pra conversar e me contou que durante o nosso “tempo” ele tinha ficado com essa menina e que tinha reencontrado ela recentemente e que ela tinha ido atrás dele e começaram a conversar. Disse que realmente houve uma intenção dela de ficar com ele, mas que nunca aconteceu nada enquanto estávamos juntos. Não acreditei a princípio, mas tudo levava a crer que ele estava mesmo falando a verdade. A menina era daquele tipo “destruidora de lares” mesmo, tanto que enquanto ele tentava voltar pra mim, ela já estava atrás de outro cara com namorada. Enfim, ele pediu uma chance, disse que tinha sido imaturo nessa situação e eu acabei aceitando. Também tive um rolinho com outro cara nesse tempo que estávamos separados, mas nada importante pra mim. Eu estava de mudança marcada para outra cidade, sabia que pelo menos se não desse certo, seria um pouco mais fácil. Acontece que deu muito certo, desde o começo deu pra perceber o esforço que ele estava fazendo para que o namoro desse certo, vinha me ver todos os finais de semana. Mesmo quando eu tinha que trabalhar de final de semana, ele ficava na minha casa pra gente se ver pelo menos antes de dormir. Começamos a falar de planos pro futuro, de casamento, de morar juntos. Tudo estava perfeito, nunca tinha sido tão feliz. Ele, que sempre tinha sido mais fechado, estava conseguindo falar dos seus sentimentos. Ele também ia se mudar para uma cidade mais longe, mas eu já confiava 100% nele, nada me abalava mais. As desconfianças tinham mesmo ficado no passado. Até que há 3 semanas recebi uma ligação de uma amiga. Dizendo que no casamento de um amigo em comum (que não pude ir por causa do trabalho), há 2 meses atrás, ele tinha ficado com uma menina e que ela tinha ido embora junto com ele. Meu mundo caiu. Essa amiga disse que não tinha falado antes porque até achava que ele tinha me contado e que eu tinha perdoado. Mas resolveu falar naquele momento. Conversei com ele, ele não negou. Disse que tinha bebido muito, que não sabia nem como explicar o que aconteceu. Disse que realmente levou a menina embora, mas “só” se beijaram. Disse que não lembrava nem o nome dela. Chorou muito, disse que sabia que eu nunca mais ia confiar nele, que eu era tudo na vida dele, que ele tinha estragado tudo, que nunca ia se perdoar. Falou que pensou em me contar, mas teve medo. Em nenhum momento ele deu qualquer sinal de que algo estava errado antes de eu saber. Minha vida parou nessa hora aí. Estou parada no tempo. Não consegui desapegar, hoje é o primeiro dia que não falei com ele desde então. Ele é meu melhor amigo, daqueles de adivinhar pensamento. Sempre soube que ele é muito fraco para bebida, que realmente perde o senso da realidade, fala muita besteira, se acha “O” cara, mas não achei que isso fosse acontecer. Ainda mais num casamento cheio de conhecidos. Eu e todos que nos conhecem realmente achamos que ele me ama. Que o sentimento é sincero. Da minha parte, nem preciso dizer. Mas eu não sei como lidar com essa situação. Por ele sempre ter sido essa pessoa super fechada, tenho dúvidas até da minha sombra agora. Quero acreditar que essa foi a única vez que realmente aconteceu alguma coisa física, mas também sei muito bem o antecedente dele com aquela outra menina lá atrás. Eu sofro pelas coisas que passamos, pelas que não vamos passar e até por ver ele sofrendo também. E ele vai embora em 2 semanas, pra essa cidade a 700 km de mim. A chance de a gente não se ver mais é enorme. Tenho certeza que ele é do tipo que some, desaparece. Não sei o que eu faço. Eu sei que eventualmente vai passar, vai parar de doer (li todos os seus textos), sei o curso natural das coisas. Mas eu acho que não quero deixar passar, entendeu? Será possível viver com esse cara que eu não consigo saber o que pensa? Que mesmo eu sendo a pessoa que conhece melhor ele, ainda tenho dúvidas do que se passa dentro dele? Sei que ficou super extenso, me desculpa. Acho que foi mais pra mim do que pra você. De qualquer forma, se um dia você ler e tiver disposição pra responder, eu agradeço! Mas entendo se não der também. Obrigada pelo blog! Beijos enormes!!!¨ Ana, se você levantar mais um “tiquinho” essa pedra, tenho certeza de que vai achar mais “amiguinhas” dele por aí. Que santo que ele é né? Uma hora a desculpa é a garota que não sai do pé dele, outra é a bebida e você ali, dando voto de confiança um atrás do outro. Já vi muito homem canalha chorando e ameaçando se matar por “amor”, mas é só tudo entrar nos eixos que aprontam de novo. E pare de dar desculpas para minimizar as safadezas dele e amenizar a situação. Ele te ama? Sim, é bem provável. Mas não te respeita. Pensa bem nesse homem morando longe… Foi capaz de te trair numa festa cheia de conhecidos! E quando dizem que só rolou beijo, pode saber que as chances de ter tido sexo são beeeeem grandes. A gente tem mania de acreditar nas palavras lindas, no amor que dizem sentir, se comove por meia dúzia de lágrimas mas um relacionamento vai MUITO além disso. Atitudes valem muito mais que palavras e ele não foi muito legal com você. Meu conselho? Dê um tempo, mas de VERDADE. Tipo término mesmo, não dê tempo pensando na volta, mas sim em se fortalecer, ver tudo com mais clareza e deixar o sentimento um pouco de lado e analisar tudo friamente. Só você sabe o quanto isso tudo te machucou, o que você tolera e o que não. Deixa ele sentir sua falta , sentir que perdeu, que você não é mais uma menininha que vai acreditar em qualquer história dele. Seja forte, se afaste e coloque todos os prós e contras numa balança. Homem bom ta cheio por aí e acho que você precisa de mais experiências na sua vida para saber o que realmente te faz feliz. Beijos! Choro 2 – Fabiola ¨Em 2011 me separei e iniciei um relacionamento que dura até hoje. Tivemos um filho, que hoje está com 2 anos. Ele é alcoólatra desde os 13 anos, quando perdeu o pai, saiu de casa, teve vários relacionamentos, teve um filho, com 17 anos. Um dos namoros durou mais: 4 anos. Ele tinha 32, ela tinha 17, mas acabou, segundo ele, depois que descobriu que ela havia abortado. Seus sonhos eram: morar na praia, ter uma filha e ser empresário. Suas mágoas são: não ter contato com o filho e não ter tido uma filha. De minha parte, posso dizer que me apaixonei por ele. Porém, desde que nos conhecemos, não passo 15 dias sem uma notícia desagradável: alcoolismo somado à falta de trabalho ou mensagens e ligações de ex-namoradas, Skype. Apoiei ele no tratamento do alcoolismo, na falta de dinheiro, por não encontrar trabalho, perdoei traições virtuais e o ajudei quando trouxe um irmão para morar aqui. Em 5 de dezembro aconteceu algo muito ruim: ele havia bebido e queria sair de carro. Eu (idiota) guardei a chave do carro e não dei a ele. Então, ele começou a destruir o quarto. Eu estava dando banho no bebê e ele foi agressivo comigo, gritando, atirando as coisas e móveis, o reboco de uma parede foi parcialmente destruído. Meu bebê chorava e ele dizia: “a culpa é toda sua, você não sabe nem proteger o seu filho”. Gritei por socorro e ninguém apareceu. Peguei meu filho e corri, entrei em um ônibus, 40 minutos depois cheguei a um supermercado e lá ficamos. Umas 22h regressamos.  O silêncio imperava, subi as escadas e lá estava ele, deitado na cama, conversando. Assustou-se com a minha presença e perguntei com quem falava. Ele perguntou várias vezes porque levei o filho dele, e disse que falava com sua irmã. Depois corrigiu e disse que era com a mãe do filho dele. No dia seguinte descobri que ele falava com outra pessoa e que havia 98 ligações trocadas entre eles. Perguntei claramente: quem é ela? O que está acontecendo? Ele me disse que era uma conhecida, que ligou uma vez porque não sabia o que fazer, que só queria conversar. Em 24 de dezembro outro incidente. Estávamos organizando uma janta de natal e ele saiu para beber. Quando voltou perguntou se eu não iria passar o natal com meus pais e eu disse que gostaria de ficar em casa. Após um tempo, comecei a chorar, lembrando dos últimos acontecimentos e ele achou que eu chorava porque queria ir na casa de meus pais. Iniciou uma enxurrada de xingamentos e terminou me dizendo que eu era uma patricinha do caralho, que tudo o que acontecia comigo meus pais me respaldavam, enfim. Desde então minha autoestima está abalada, não tenho apetite, meu cabelo está caindo, sinto-me humilhada, desrespeitada, infeliz. Meu bebê o rejeita, não quer colo dele, chora. Pedi a separação, mas ele não aceita. Diz que isso vai passar e que nunca me traiu e que sem mim não sabe o que fazer, que me ama, que sou a mãe do filho dele, que quer só cuidar da família dele, quer minha ajuda para parar de beber.¨ Gente, pára o mundo que eu quero descer. AGORA. Tenho medo de soltar os cachorros nele e alguém vir falar ¨ah, mas ele é alcoólatra, precisa de ajuda¨. Ok, precisa, isso não nego, mas você Fabiola, não precisa de JEITO NENHUM se submeter as agressões psicológicas e físicas (por que ele vai acabar te batendo, só acho) dessa pessoa que está destruindo a vida dele e a sua! E até seu filho, sendo bebê, o rejeita! Quer mais sinais do que isso para você tomar atitude e dar rumo na sua vida? É isso o que você sonhou para você? É esse o casamento que você quer? É esse carinho de homem que você precisa? Um cara que te trata mal na noite de natal e fica de telefonema com outra? Isso não é amor, mas sim falta de amor, amor próprio! Não fique esperando ele aceitar a separação, ele não vai fazer isso nunca. E me conta, jura que você acredita que ele nunca te traiu? Trocando 98 telefonemas com outra mulher?? Meu conselho: separe, vá morar em outro canto, longe dele, pela sua sanidade mental e segurança física, porém ajude-o a superar o vício. Você não precisa estar na mesma casa que ele para ajudar. Pense no seu filho, em você. Assim tudo ficará mais claro e fácil de ser resolvido. E não caia em chantagens emocionais de uma pessoa totalmente desequilibrada pela bebida. Sorria!!! Vamos sorrir com a Amanda! ¨Oi, Cony, tudo bem? Então, menina. Ensaiei bastante pra mandar esse email pra você! Quero muito que minha história possa ser publicada, para inspirar algumas garotas a não desistirem dos seus objetivos e também para que possam perceber que depois de uma tempestade, sempre aparece um arco íris de babar! Parece brega, mas é a mais pura realidade, rs. Na verdade tudo é um misto de chora com sorria que te escuto. Tudo começa há quase dois anos, em janeiro de 2013 (ui, como o tempo passa rápido!) Eu fiz odontologia e trabalhava em Betim, estava no começo de um namoro que eu julgava super legal, morava com duas amigas e colegas de profissão e pensava que era feliz. A odontologia nunca satisfez minhas expectativas como profissão. Escolhi o curso no susto porque, quando tentei o vestibular na PUC, lá ainda não tinha medicina. Meu sonho sempre foi ser médica, eu sempre soube que tinha nascido para aquilo, mas depois de três anos de cursinho estava cansada de tudo. A minha vontade sempre esteve lá, guardadinha, sempre me lembrando que eu precisava ser médica, rs. Daí que no começo de 2013 eu resolvi diminuir minha carga de trabalho e começar a estudar para tentar um novo vestibular, estava super animada. Para completar minha certeza de estar fazendo a coisa certa conheci um cara legal, bem sucedido e inteligente, e ele ainda queria ser meu namorado! Tudo estava indo muito bem, até que um dia, 28 de maio, ele resolveu, depois de uma discussão idiota, terminar nosso namoro pelo chat do facebook, eu no meu horário de almoço e ele num congresso láááá na Bélgica. Fiquei devastada, sofri, chorei, tomei um porre, beijei um monte de caras nada a ver, mas não desisti do meu objetivo principal, daquela que seria minha “namorada” para o resto da vida: a medicina. Eis que no meio do ano passei no vestibular, e como se não bastasse, passei em três ótimas escolas de medicina, podia até escolher onde estudar. Foi então que, sofrendo, fui morar em outra cidade, porque era a mais conceituada das três faculdades. No início não foi fácil conhecer gente nova, sofrer de saudades dos amigos e da família e, muito menos, parar de lembrar, de cinco em cinco minutos, do ex. Eis que passou um semestre, vieram as férias de final de ano, me diverti horrores e voltei para a faculdade revigorada, mas ainda lembrando do ex de vez em quando. E eis que no começo de fevereiro conheci uma pessoa super legal, que achava o máximo eu ter a coragem de começar tudo de novo (o ex não era muito a favor de eu largar tudo e começar outra faculdade), que me achava e ainda acha linda do jeito que eu sou, que adora dormir até tarde no domingo, compartilhar as minhas leituras e entender minhas crises. Então, no dia 28 de fevereiro, demos nosso primeiro beijo e não nos desgrudamos mais. Brinco que, neste dia, nove meses depois do término com o ex, eu pari meu sofrimento, que durou exatamente o tempo de uma gestação. Consideramos que nosso namoro começou nesse dia 28, já vamos fazer um ano de namoro e nunca brigamos (parece até mentira, porque eu não sou fácil de aguentar!). Claro que discutimos às vezes, mas mais por motivos bobos como escolher o sabor da pizza ou o fato de ele demorar demais no banho. Só sei que estou feliz demais! E que, tanto ele como eu, estamos contando os dias para chegar minha formatura e podermos realizar o maior sonho que temos juntos: nos casar e ter filhos! Pra mim, minha história, que até parece ser boba, é bem inspiradora, pois aprendi que são nos momentos difíceis, quando precisamos tomar as decisões mais sérias, coisas ruins até podem acontecer, mas vem sucedidas de coisas maiores, que estão guardadinhas para você só esperando para te fazer feliz! Cony, espero mesmo que vc goste da história, eu precisava compartilhar isso, pois adoro a coluna te escuto no seu blog! Acho que não vejo mais nenhum outro blog discutir coisas assim, tão reais, ficam sempre naquela: viagens, roupas, maquiagem. Você arrasou! Beijos, Amanda.¨ Cada vez mais acho que as mulheres estão se submetendo a barbaridades e humilhações com tal de acreditar que o dito cujo da vez é o príncipe encantado. Acreditam em tudo e não enxergam a realidade. Para a maioria é só ler o próprio email/desabafo que já terá a resposta… Meninas, fiquem espertas. Se um homem te faz mal, não aceite, não mascare a situação, não tente defendê-lo apenas para se sentir menos humilhada. Existem milhares de caras bacanas por aí, não se contentem com migalhas!

  • London Fashion Week – Dia 1!

    Oi gente, já estou em Londres para curtir uma semana cheia de novidades fashion e de beleza, além de várias experiências novas e se Deus quiser e a Ibéria permitir, eu conseguirei ficar mais uns 2 dias por conta para poder fazer vários achadinhos pra nós. O tempo está gostoso, bom, digamos assim… um pouco frio mas nada congelante. E hoje eis meu primeiro look na terra da Rainha! Vejamos: Cardigan da Kaele (aquela marca que já falei várias vezes aqui e AMO!), com estampa étnica, preto, branco e cinza, chiquérrimo, calça de couro fake da Zara e bota over the knee (eu amo e já virou item atemporal viu?) da Carmen Steffens. Adorei esse look, achei bem minha cara! Amanhã tem mais

  • O Batom e Nós

    Quando fiz o post do batom, me deparei com uma surpresa. Eu JURAVA que o formato que eles ficavam após o uso era na diagonal sabe? Daí que vi que eles ficam retinhos! E me lembrei também de um teste de personalidade que vira e mexe aparece na internet, falando justamente sobre o formato dos batons e a personalidade da pessoa… ui ui, medo. O que será que o meu batom fala sobre mim? Imagem do blog TPM Eu sou sincera e tímida!!!!! Achei tudo a ver, esses dias mesmo contei lá no Instagram (naquela brincadeira de 5 coisas secretas sobre mim) que eu sou bem tímida. E sobre a sinceridade… Não preciso nem comentar né? Vide meus conselhos, muitas vezes rudes e diretos, nos Chora Que Eu Te Escuto e nos Tem Jeito. Achei válido. E vocês? Alguém mais se identificou??? Gente to indo pra Londres AGORA cobrir a semana de moda! Por isso o post curtinho e rápido e ontem não consegui postar nada… Fiquei por conta de arrumar a mala e montar os looks! Vou tentar ficar uns dias a mais por lá para poder fuçar as lojas e a Boots e saber das novidades londrinas. Tomara que eu consiga alterar minha passagem! Me acompanhem pelo Instagram @futilish, que atualizarei sempre por lá e em real time ok? Beijos!

  • 5 Coisas: Batons MAC!

    Depois do primeiro “5 Coisas” que foi sobre perfumes, hoje minha casa pegou fogo de novo e tenho que escolher 5 batons MAC para salvar! Essa tá difícil pois tenho uns 50! Sem pensar muito peguei os que mais gosto, aqueles que sempre levo nas necessaires de viagem. Vejamos: Dá para perceber que tenho amor especial por 3 desses né? Tudo gastadinho. Viva Glam I, para mim, o vermelho mais chique que existe.  I Love Winter! AMO AMO AMO esse! Rosinha cor de boca mais que perfeito. Mas foi edição limitada e veio num kit… Pander Me, esse é novo. É um cor de boca com um toque levemente alaranjado. Dá cor aos lábios sem gritar sabe? E ainda por cima é acabamento Matte, fica lindo! Esse é meu xodó, certeza que seria o primeiro a ser salvo. Private Party, também de edição limitada. Sofro em pensar que ele vai acabar um dia e eu ficarei orfã… Faux, um clássico dos clássicos. Daquele que você pode comprar para presentear qualquer amiga que ela vai amar e usar até o fim. Vai com tudo e com todas. Swatches, da esquerda para a direita: Viva Glam I, I Love Winter, Pander Me, Private Party e Faux. Meus 5 queridinhos da MAC! Depois farei os 5 preferidos de marcas aleatórias. Sugestões para outro “5 Coisas”?

  • Dica da Leitora – Parte II

    Ontem o WordPress estava de brincadeira comigo e depois que tinha escrito um post gigante, tudo devidamente salvo automaticamente de tempos em tempos, ao postar, ele estava incompleto E escrevi tuuuuudo de novo, subi o post e… PELA METADE! Acho que ele foi pra gandaia e me deixou no vácuo. Bom, hoje continuo com as 5 dicas que faltaram ontem: Dica 8 – Makenia A Mak, leitoras das antigas e frequente no Fufu, deu uma bela sumida devido a sua dedicação ao mestrado. Muito bem Mak, tem que estudar mesmo e deixar a internet de lado rsrsrs. Mas sempre que compra algo bacana, ela corre mostrar pra gente! Alpargata jeans da Jey por R$ 69!!! AMEIIII, tipo muito! Estou in love por esse modelo, acho tão confortável e cool… Vou dar uma passada na Jey ver se ainda tem! Dica 09 – Brenda A Brenda estava passeando no Market Place em Sampa, entrou na Farm só para aquela olhadinha básica, quando se apaixonou por esse vestido. É da coleção nova e além das cores acima, tem verde e azul! Ela ficou com o amarelo, pagou R$ 189 mas não consegue tirar o laranja da cabeça… Brenda, posso dar uma opinião? Se joga no laranjinha também (ou troca!). Achei que ficou lindo em você!  Dica 10 – Tatiana Gente, olha que dica mais interessante!!! ¨Oi Cony, tudo bem? Quero encaminhar uma dica para as suas leitoras. Hoje fui conhecer uma loja que fica no 2º andar do prédio aqui perto do meu trabalho (sou de São Paulo), e vende as marcas que fazem parte da Estée Lauder Companies: MAC, Clinique e Smashbox para maquiagem e afins e Michael Kors, Tommy Hilfiger, Ermenegildo Zegna e DKNY para perfumes. O nome da loja é The Company Store que reúne itens de coleções passadas, com estoque excedente ou cujas embalagens apresentam avarias, portanto mais barato. Fui na hora do almoço e foi bem tranquilo, mas quando sai a fila estava enorme. Fui bem econômica e comprei apenas o Kit com os três passos da Clinique por R$ 76, uma água de colônia Tommy Hilfiger para o meu marido por R$ 34 e um BB Cream Smashbox por R$ 29. Os produtos da MAC estavam com preços muito bons também, vi vários batons por R$ 46. Me arrependi de não ter pego o perfume Be Delicious So Intense Feminino Eau de Parfum (30 mililitros), da Donna Karan R$ 101,00 cada um ou R$ 152,00 kit com duas unidades (a título de comparação, custa R$ R$ 133,00 cada na Sephora). ENDEREÇO Avenida das Nações Unidas, 11.541, Brooklin, 2º andar. SP. Segunda a sexta, das 10h às 19h; sábados, até as 14h Aceita cartões de débito e crédito  Pagamentos em até três parcelas REGRAS - Não é permitido tirar fotos; - É preciso fazer um cadastro para passar os produtos no caixa; - Cada cliente só pode fazer uma compra a cada semana; - São permitidos apenas quinze produtos por mês; - É proibido levar mais de três unidades de um mesmo item; - As compras mensais não devem exceder R$ 1.000,00.¨ Mas genteeeee! Será a mesma da gringa, aquela que tem nos outlets? Achei fantástico saber que tem essa loja aqui no Brasil, mesmo que apenas em SP… ou será que tem mais escondidas por aí? Porque essa está bem escondidinha… E viram o tanto de regras que tem? Se alguém for lá, depois conta mais pra gente! Adorei a dica Tati, sinto que a mulherada vai enlouquecer! Dica 11 – Luciana Mais uma que aproveitou as promoções da Arezzo! Mocassim pink por R$ 79,90 e espadrilha MARA por R$ 99. Ótimas compras Luciana, essa liqui está imperdível mesmo! Dica 12 – Júlia A Júlia queria muito essa birkenstock desde o lançamento, mas se negou a pagar os R$ 239 iniciais. Esperou pacientemente e… … sua desejada sandália entrou na promoção – da Arezzo, sim, de novo – e ela comprou por R$ 99. Quem espera sempre alcança. O problema é esperar rs. Admiro quem consegue hahahaha. Dica 13 – Daya Estava Daya checando seus emails quando viu um avisando da promoção do Michael Kors (carinhosamente apelidado de Maicocó). Ela passou na loja (no Shopping Pátio Batel em Curitiba) para ver do que se tratava e saiu de lá toda feliz e saltitante! Essa bolsa pink que estava por R$ 1.213 saiu por R$ 719! Economia de quase 500 reais! Boa compra, eu tenho essa laranja, até me deu vontade de usar mais a minha! Agora sim, DDL completo!

  • Dica da Leitora!

    Oi oi oi… Tudo bem? bem? bem? Tá dando eco aqui. Acho que está todo mundo curtindo o carnaval e ninguém vai entrar aqui até quarta feira, mesmo assim publicarei um DDL BEM gordinho para vocês tá? tá? tá? Dica 1 – Naiara A Naiara passou na Arezzo e viu aquela liqui mara deles. Eu comprovo, pois caí na mesma situação e comprei um MONTE de sapatos. Nem quis mostrar para não me chamarem de louca, mas a promo estava realmente boa. Eu consumi váaaaaarias alpargatas e algumas cositas más rs. Bom, voltando ao caso da Naiara, ela comprou uma rasteirinha e mandou para a gente analisar a classificação sócio econômica dela. De R$ 250 por R$ 125! O modelo está bem bonito e longe de ser pobre. Mas essa ostenta. Digamos que é uma rasteira-perua-rycah. Dica 02 – Priscila ¨Oi Cony, tudo bom? Sou a Pri, leio o blog religiosamente todos os dias mas participo de vez em nunca rs. Eis que dessa vez me senti obrigada a compartilhar o ocorrido de tanto orgulho da minha mãe rs. Durante um passeio despretensioso no shopping Nova América (RJ) com minha mãe até que ela bate o olho na vitrine da Maria Filó e bate o olho nesse casaco leeeeeendo (casaco nesse calor?? Tá maluca??). A questão é que a loja estava em liquidação e o casaco que era R$580,00 estava por R$98,00!!! Me senti quase que obrigada a garantir esse lindão pra posteridade e pude ouvi Beyoncé cantando a musiquinha da vitória quando comprei rs. As fotos estão péssimas, mas foi o máximo que consegui na pressa  Aliás, encontrei o mesmo casaco nesse link e lá o casaco também está na promoção mas por R$235,60 (musiquinha da vitória de novo pra minha mãe rs) Bjos!!¨ Confesso que fico assustada com os descontos da Maria Filó… MEGA barato esse casaco e sua mãe merece não só a Beyonce, mas a Mariah Carey e a  Ariana Grande cantando juntas a musiquinha da vitória! Falo que não entendo esses descontos pois eu mesma comprei dois vestidos no Outlet da loja aqui em BH (Outlet BH ao lado do BH Shopping) e paguei coisa de 60 reais em cada um deles e nesses sites multimarcas, os mesmos vestidos, também na promo não saíam por menos de R$ 200! Tem que ficar de olho na liqui direta da Maria Filó viu gente. ALTOS achados. Dica 03 – Talita A Talita foi na Zara e comprou DUAS calças por R$ 138. AS DUAS, por esse valor! Uma destroyed branquinha e skinny e uma jeans azul modelagem boyfriend! Eu amo a Zara para comprar calças… Quase todos meus jeans são de lá! Dica 04 – Marina A dica da Marina não vai adiantar muito.. se trata de uma liquidação especial da Arezzo do Pátio Savassi (BH) pois a loja iria fechar para reforma. Essa liqui já acabou… Mas as rasteiras ricas ficaram! Muito chique e o preço foi ótimo. A com pedras saiu por R$ 115, a prata por R$ 49 e a dourada também por 115! Ótimo gosto Marina, tá aprovada na Avaliação da Rasteira Rycah! Dica 05 – Moninha Moninha e seus ótimos achados. AMEI essas bolsas de praia! No supermercado Extra, R$ 49,90 a de telinha e R$ 39 as de palha! LINDAS! Dica 06 – Suellen Tá calor aí? Aqui tá… Mas a Suellen já está aproveitandos a moda inverno para comprar algumas blusinhas mais quentes! Na Renner, a listrada por R$ 69,90 e a de gatinhos por R$ 79,90. Acho que tenho essa listrada de alguma coleção passada… Dica 07 – Daniela A Dani foi ver a liquidação da Santa Lolla e caiu nas garras deu uma vendedora esperta que já foi mostrando o preview de inverno… A Dani não resistiu ao conforto desse mocassim e acabou levando ele pra casa! Achei MARA! Também teria comprado! R$ 169 e ela contou que é MUITO confortável e macio. Boa compra! Gente, não sei o que está acontecendo com o WordPress… Fiz 13 dicas mas ele só tá salvando até a 8 e ainda assim incompleta! Decidi não passar mais raiva e vou publicar só estas sete tá? Amanhã tento subir o resto… que coisa estranha… Bom, queria dizer que vocês estão cada vez mais com o gosto mais apurado! Estão de parabéns e quem aparece aqui ganha estrelinha dourada na Prova de Bom Gosto da Faculdade Futilish rs. Quem acha que esta é apenas uma tag para mostrar comprinhas, saiba que é muito mais do que isso… Trata-se de um exercício de como se vestir bem e gastando pouco! Quem quiser participar, é só enviar sua foto com nome da loja e preço do produto para constanza@futilish.com. Fotos boas, claras e com fundo neutro tá? Recebo muitas fotos tiradas na cama com colcha estampada ou com armário aberto… Não dá para ver a roupa direito e a foto fica muito poluída. Outra coisa, se sua dica não aparecer por aqui, não se revolte nas redes sociais ou me mande emails xingando. Sou eu quem escolhe as dicas, de acordo ao meu gosto e o que realmente achar ser uma boa dica. Então paciência e educação ok? E que leu este post, dá um oi nos comentários. Parece que só eu estou fugindo da bagunça do Carnaval kkk

  • Look do Dia do Encontro!

    E no dia do encontrinho usei mais um dos meus macaquinhos! Lembram que eu estava louca com eles? Pois é… já tenho uns cinco hahahah Macaquinho (que parece vestido mas não é) da Lafê para Galerie, bolsa Coach, sandália Schutz, anel Hector Albertazzi para Farfetch, brinco Um Meia Dois e relógio Casio a venda no Walmart.com. Foto: Camila Magalhães Muito fofo esse macaquito ne?

  • Novidades da Gringa!

    Comprei revistinha americana e está CHEIA de novidades de beleza! Anotem aí na listinha: Da Maybelline! A família Fit Me ganha dois novos integrantes, a Dewy + Smooth que hidrata a pele, tem acabamento natural e luminoso e a Matte + Poreless que promete desaparecer com os poros e o brilho da pele. Quero a Matte + Poreless… A maquininha já tem um tempo que foi lançada. Faz praticamente o que todas as outras fazem, mas ela diz ter um diferencial pelos movimentos ‘sônicos’ que proporcionam uma limpeza ainda mais profunda. A novidade fica por conta do sabonete facial, criado exclusivamente para trabalhar com o aparelhinho. Os dois juntos custam pouco mais de 100 doletas. E eu ainda tomando coragem para comprar o Clarisonic. Até hoje não sei se é necessário ou não… Nova linha de esmaltes da Essie! A Cashmere Matte vem em 6 cores mega chiques e elegantes. O acabamento é matte, mas tem um brilho beeeeem discreto, com micro pérolas. Amei o azul. Brow Drama da Maybelline! Tipo um “rímel” para sobrancelhas! Na propaganda diz que faz uma diferença gigantesca e vem em 4 cores! Também quero. AMEI isso! Já sou mega fã da Venus e essa versão com a bolinha – Venus Swirl – parece muito legal! Essa vai em toooodos os cantinhos e direções.  E quase tudo de farmácia e baratinho! 

  • Os Óculos Certo Para Cada Tipo de Rosto

    Já perdi a conta de quantas vezes recebi emails pedindo ajuda para saber o tipo certo de óculos conforme o formato do rosto mas confesso que me sinto insegura para falar disso. Aprendi a trocentos anos atrás mas nunca dei a devida importância para essa questão… Eu não ligo muito para isso, sei que meu rosto é redondo (apesar de algumas pessoas afirmarem que é oval) e se eu gostar dos óculos, compro. Independente de deixar meu rosto mais bolinha ainda ou não. Acontece que ontem fui ao Midia Date da Alice Ferraz em São Paulo (farei post mostrando as novidades, tem tanta coisa linda…) e encontrei com a Naomi, da Lema 21, aquela marca de óculos de sol que tem modelos lindos – tanto de sol quanto de grau – e com precinho mega amigo! Daí conversa vai, conversa vem, ela me contando das novas tendências internacionais em sunglasses, etc e tal, perguntei se ela sabia qual era o esquema certo do formato de óculos x formato de rosto e sabe o que me respondeu? ¨Tenho material completo sobre o assunto!¨ Fiquei doida e abusadamente pedi para compartilhar esse tesouro comigo, afinal, na internet a gente encontra muita coisa, mas daí a saber a procedência e se é confiável fica complicado né? Então, graças a Lema 21, habemus post sobre os óculos certos para cada tipo de rosto! Vamos lá Lema 21, explica pra gente como que funciona! Tipos de Rosto   Redondo Rosto é redondo quando a altura e a largura do rosto são proporcionais. Recomendação: armações retangulares e quadradas, estreitas, já que linhas retas ajudam a alongar o rosto. Evitar molduras redondas. Modelos LEMA21 aconselhados: QUADRADOS: Eleonora, Virgílio, Gabriel, Stan, Gil, Vicente, Pedro Alfredo, Vinz, Malcom RETANGULOS: Esther, Arthur, Alan, Enzo, Fred, Luca, George, Dan, Joaquim, Max, Ivan   Oval Rosto é oval quando o queixo é um pouco mais estreito que a testa e as maçãs do rosto também são um pouco mais elevadas. Recomendação: Muitas opções de armações que ficam bem nesse formato de rosto, tanto as retangulares quanto as redondas! Modelos LEMA21 aconselhados: RETANGULOS: Esther, Arthur, Alan, Enzo, Fred, Luca, George, Dan, Joaquim, Max, Ivan REDONDOS: Alberto, Gandi, Dev, Valentim, Isaac ARREDONDADOS: Nicolas, Gabriel, Ian, Samuca, Orlando GATINHO: Jaque, Beatriz, Nathalia BORBOLETA: Velma, Brígida AVIADOR: Cot, Little Coy, Gregório, Vitor, Tito   Triângulo Invertido Rosto é triângulo invertido quando a testa é mais larga que o maxilar, as maçãs do rosto são salientes e o rosto estreita-se gradualmente até o queixo. Recomendação: para esse tipo de rosto, as molduras devem adicionar largura abaixo da linha dos olhos, para compensar o queixo estreito! Portanto, óculos sem aros, no estilo aviador, borboleta ou até armações com topo arredondados e a parte inferior quadrada funcionam bem! Modelos LEMA21 aconselhados: OCULOS SEM ARO/ARO FINO: Edgar, Malcom AVIADOR: Cot, Little Coy, Gregório, Vitor, Tito BORBOLETA: Velma, Brígida   Triangular Rosto é triangular quando a fronte é estreita e se alarga no rosto e nas áreas do queixo. Recomendação: para adicionar a largura e enfatizar o estreito do terço superior da face, tente armações que são fortemente acentuadas com cores e detalhes na metade superior. Modelos LEMA21 aconselhados: BICOLORES GRAU (válidos nos solares respectivos): Alberto Crisp & Brown, Virgilio Seventies, Woody Retrô Brown, Alfredo Retrô Brown, Valentim Retrô Brown, Joaquim Field, Vinz Smoked Grey & Crystal, Vinz Crisp & Brown, Samuca Brown Ice & Cube, BICOLORES SOL: Renata Verde Musgo Havana   Quadrado Rosto é quadrado quando a linha da mandíbula é forte, a testa e as maçãs do rosto largas, além do queixo, que também é largo. Recomendação: armações estreitas, com curvas suaves são ideais e modelos redondos ou ovalados para equilibrar suas proporções! Modelos LEMA21 aconselhados: ARREDONDADOS: Nicolas, Gabriel, Ian, Samuca, Orlando TRAPEZIOS: Woody, Duda, Paul REDONDOS: Alberto, Gandi, Dev, Valentim, Isaac GATINHO: Jaque, Beatriz, Nathalia OVERSIZED: Dora, Renata, Mathilde, Nathalia, Virgilio   Oblongo/Retangular Rosto oblongo ou retangular. Recomendação: armações menores com maior profundidade de cima para baixo são ideias, bem como formatos redondos e profundos para equilibrar as proporções de seu rosto. Pontes (ligação entre os dois aros) mais baixas também são recomendadas. Modelos LEMA21 aconselhados: TRAPEZIOS: Woody, Duda, Paul REDONDOS: Alberto, Gandi, Dev, Valentim, Isaac PONTES BAIXAS: Gandi, Dora, Gil, Vicente, Beatriz, Jaque, Alberto, Velma, George, Paul   Diamante Rosto diamante é um biotipo raríssimo; é caracterizado por linha da mandíbula estreita e por maçãs do rosto altas e bem acentuadas. Recomendação: para destacar os olhos e realçar as maçãs do rosto, tente armações detalhadas, armações sem aro ou ovais. Modelos LEMA21 aconselhados: BICOLORES GRAU (válidos nos solares respectivos): Alberto Crisp & Brown, Virgilio Seventies, Woody Retrô Brown, Alfredo Retrô Brown, Valentim Retrô Brown, Joaquim Field, Vinz Smoked Grey & Crystal, Vinz Crisp & Brown, Samuca Brown Ice & Cube, BICOLORES SOL: Renata Verde Musgo Havana OCULOS SEM ARO/ARO FINO: Edgar, Malcom TRAPEZIOS: Woody, Duda, Paul GATINHO: Jaque, Beatriz, Nathalia   Nariz Nariz Pequeno: Em relação à ponte (ligação entre os dois aros), a melhor opção para nariz pequeno, é o uso de óculos com ponte pequena Nariz Largo: Em relação à ponte (ligação entre os dois aros), escolha opções mais altas. Nariz Longo/ Grande: Em relação à ponte (ligação entre os dois aros), como você possui nariz longo é recomendável que ela seja mais baixa do que a linha superior da armação. Nariz de Oriental: Nariz de orientais não tem o “ossinho” que segura as armações, por isto temos que prestar atenção às pontes (ligação entre os dois aros) dos óculos, pois elas devem ser baixas e com pouca profundidade. Óculos com “nose pads”/ plaquetas são ideais.   Região dos Olhos Olheiras: Para ajudar a esconder olheiras, armações foscas ou grossas na altura delas são recomendadas, pois ajudarão a esconder o ar de cansaço. Franja: Para quem tem franja, é preciso tomar muito cuidado para escolher um par de óculos que não a amasse. Por isto, modelos muito grandes, ou muito altos, que tapem a sobrancelha não são indicados. Sobrancelhas bem marcadas: Para sobrancelha grossa e bem marcada, é indicado valoriza-la com armações que a deixem a mostra e a destaquem no rosto!   Cabeça Cabeça Grande: Para rostos grandes, escolha modelos mais largos que fiquem confortáveis. É importante frisar que a grande maioria dos óculos da Lema21 possuem hastes flexíveis que se ajustam bem a vários tipos de rosto! Cabeça Pequena: Para rostos pequenos, escolha modelos mais estreitos que fiquem confortáveis. Maçãs do rosto altas: Para maçãs do rosto altas, é preciso tomar cuidado com armações profundas, pois podem incomodar. Barba: Para barba marcante, é preciso leva-la em consideração na escolha de seus óculos. Escolha armações bicolores com cores mais marcantes na parte superior para dar maior leveza ao seu rosto. Traços Delicados: Para traços extremamente delicados, é importante escolher armações com traços mais finos, não muito espessas, para harmonizar com o rosto.   Pele e Cabelos Negros: A cor da armação, por sua vez, deve puxar para tons claros e fortes ou âmbar. Loiras: As cores podem ser fortes, com tons escuros e coloridos! Armações douradas ficam incríveis também! Morenos: A cor da armação, devido ao seu tom de pele e cabelos, pode ser qualquer uma! Portanto, não se atenha a este quesito e escolha de acordo com seu gosto pessoal! Morenos de pele e/ou olhos claros: Em relação à cor dos óculos, para moreno de pele com olhos claros, são recomendados tons fortes que destaquem no rosto. Preto, tons em vermelho, em azul são apostas certas! Ruivos: Cores indicadas: tons de preto, vinho, verde, cinza. Carecas: Os carecas possuem a vantagem de não ter que se ater à cor ou ao se tipo de cabelo na hora de escolher seus óculos. A recomendação é ousar, escolhendo armações arrojadas, bem marcantes no rosto!   Acho que está super explicadinho e ainda com os modelos correspondentes para vocês tirarem suas dúvidas. Muito obrigada Naomi e Lema 21 pelo material! Agora sim senti segurança para falar sobre o assunto!

  • E Assim Foi O Primeiro Encontro do Futilish em BH

    Não me perguntem como, onde e quando surgiu a idéia desse encontro. Uma leitora puxou outra, o barulho começou a se armar quando de repente, recebi o convite para o primeiro encontrão de leitoras do meu próprio blog kkkk. Acredito que as meninas não aguentaram mais minha enrolação eterna de ¨sim, vamos fazer um encontrinho¨ e nada nunca acontecer. Elas mesmas se juntaram e pronto, não é que saiu o encontrão? Foi MUITA gente, fiquei passada! Nos encontramos num bar aqui de Belo Horizonte, um que amo e que frequentei durante toda a Copa do Mundo, o Itatiaia Rádio Bar (fica na Rua Pium-i, no Sion). Tomamos conta de toda a varanda e a animação que começou por volta de 18h foi até quase uma da manhã! Haja papo hein? Quando estava me arrumando em casa, pensei que seria legal levar algum mimo para as meninas e com alguns contatos consegui que a loja Jey (uma loja super bacana aqui de BH, que vende todas as tendências com precinho super amigo – e tem loja online, aqui o LINK) fornecesse brindes para todas elas! Foram super solícitos e levaram para o bar mesmo, um monte de sacolinhas com flash tattoo para todo mundo! Muito amor né? E tínhamos que registrar esse momento histórico, depois de 5 anos de blog, o contato em primeiro grau rs. A Camila Magalhães, amiga, leitora AND fotógrafa (top de casamentos! Fina!) fez vários registros do que aconteceu no dia. Vem com a gente. Começou… As meninas um pouco tímidas, papo discreto, falta de assunto… MENTIRA! Já começaram a todo vapor! Nunca vi tanto assunto na vida hahahaha Os mimos da Jey! Todo mundo adora um pressentindo né? Conversamos sobre tudo: pele, cabelos, roupas, bofes… Até que chegou o momento de abandonarmos o suquinho e ir para algo mais forte rs. E a cada minuto ia chegando mais e mais gente! Uma mulherada LINDA! Que orgulho das minhas leitoras! Essa moça toda sorridente (a da direita, as duas estão gargalhando rs) é a querida Brenda, que organizou tudo! LINDA!!! Gratidão eterna! Ana Gata. Moninha e Renata E também levei alguns mimos para sortear!  O povo do bar não estava entendendo nada rs. Camila, a nossa querida fotógrafa! Foi LINDO! Tô até emocionada com essas imagens… Pelas fotos deu para perceber o alto astral que foi esse encontro né? Muita alegria, muita gente bacana, muitas conversas, muitos Choras, bebidinhas e novas amizades. Meu agradecimento ao Itatiaia Rádio Bar por permitir ser o local da bagunça (e se depender de mim, sempre será! Adoro!), a loja Jey por mimar minhas meninas (tem Flash Tatto na loja virtual hein! Essa é das boas!) e a Camila Magalhães (link e instagram dela. NOIVAS, anotem essa dica!), pelas fotos MARAVILHOSAS! Muito obrigada a quem foi e que venha o próximo!

  • O Melhor e o Pior do Grammy 2015

    E ontem teve Grammy versão 2015!!! Teve tapete vermelho! Teve peitos, brilhos e muita loucura! Mas também teve uma princesa… Vejamos: Más gente! É Miley Cyrus? Sem língua de fora? Com roupa “normal”? Senti uma vibe meio Angelina Jolie… Acho que pelo braço fino e tatuado. Pela primeira vez NA VIDA, curti o look da mocinha. Piriguete chique, se é que é possível. Nicky Minaj junto com Beyonce contribuíram com a cota de peitos, curvas e quadril da noite. Não, pera… tem mais uma logo mais. As moças do vestidinho preto indefectível: Courtney Cox, miga, joelho é tenso. Nenhum é bonito mas o seu tá entregando a idade. Louise Roe, eu tenho esse look no meu armário! Já posso ir pro Grammy hahaha. Nicole Kidman, sempre uma lady. E o joelho em dia. Poderia ser a mãe da Taylor Swift, quase a mesma coisa. Só no carão, Ciara, Jessie J (odiei tudo, tá muito Morticia) e Kelly Osbourne bem sem emoção também. As meninas de calça. Gwen musa, amo, adorei o look. E Giuliana cada dia mais palita. Como diz a Thereza, nossa PHD em Red Carpets, eis a dose de canutilho do dia hahaha. Kim Kardashian de roupão, nada favorecendo nada, mas… é Kim Kardashian. AND de cabelo curto! É isso mesmo??? Paris Hilton toda trabalhada no Biotônico Fontoura, tá fortinha né? E Rita Ora, me empresta esse vestido depois? É o tipo de coisa que eu não usaria, mas adoraria ter em casa hahaha. Não posso ver um brilho… Ariana Grande me intriga. Pelo nome sempre imaginei uma loira enorme quando na verdade é uma morena baixinha (metro e meio) com um vozeirão comparado ao de Mariah Carey. Sobre o look, ok. Já em Chrissy Teigen vejo dobrinhas de peitos. O decote poderia ter ficado mais para baixo, deu a impressão de vestido pequeno. Adoro Katy Perry. Não amei o look, achei que não favoreceu (em fotos de frente tava porpetinha) mas ela é linda e curti a cor do cabelo. Lady Gaga NÃO SENDO Lady Gaga! Será este o red carpet da ‘normalização’? Já vimos Miley comportada (na sua realidade, claro) e Gaguinha até segurando decote para não aparecer nada além. Quem te viu quem te vê hein? Close em Kim. Ai tô achando antipática.  Já a dose de ousadia ficou com Madonna, sempre temática, sempre causando. Bem que poderia levar a Lourdes (filha dela) para um efeito Sasha né?  Ousadia com a Madonna e loucura com a Rihanna! Fantasia de cupcake de morango?? E eis o acerto da noite. Taylor Perfeita Swift num Elie Saab LINDOOOOOO e altamente copiável.  Essa merece close em tudo! Make perfeita, cabelo perfeito e… … chega de NUDE! Amei a combinação do fúcsia com o verde (?) do vestido! Arrasou, minha preferida com toda a certeza do mundo. Acho que nem precisamos analisar muito né? Só deu Taylor! Sim ou sim?

  • Desafio Fashion: Mix de Estampas!

    Vocês sabem que este é um blog para a gente aprender, trocar idéias e por em prática muitas das coisas que conversamos certo? Não teria graça se eu fosse mais uma ¨blogueira cabide¨, mostrando looks lindos que talvez não fossem muito funcionais e aplicados a vida real de todas nós. CLARO que de vez em quando eu gosto de bancar a modelete (quem não curte quando se tem uma boa roupa, um bom cenário e um ótimo fotografo?) mas o foco do Futilish não é e nunca será esse. Amamos moda, amamos as tendências e nada mais justo do que praticarmos todas essas novidades no dia a dia! Então, dia desses fiz um post com algumas dicas para misturar estampas e pedi que as leitoras participassem postando seus looks no Instagram utilizando a hashtag #desafiofufu! Muitas meninas se jogaram no mix and match e montaram look MARA! Escolhi algumas – as que mais curti – para a gente se inspirar <3 Me identifiquei muito com a Vivy (@vivyeduarte)! Amei a combinação de listras com poás!!! E eu fiquei devendo meu look né? Tipo, jogo todo mundo na fogueira e eu fico de fora só olhando hahaha. Mas tá em tempo ainda, prometo que postarei no Insta. A desculpa da vez é que semana passada foi mega corrida e não consegui parar para pensar em algo bacana. Tô em dívida. Mas vocês estão de PARABÉNS! Super antenadas e com ótimo gosto, todas todas! Teremos mais desafios pela frente, quem quiser sugerir algum tema, fique a vontade!

  • Dica de Filme: O Juiz

    Cenário de um sábado promissor: fui com o meu namorado em minha casa buscar um presente para o aniversário de uma amiga, pegar uma roupa bacana para a festinha e na volta… PÁH, um ônibus bateu na traseira do nosso carro. Acabou ali toda a vontade de sair. Não posso nem reclamar da chuva que não para (e tomara que não pare) mas é sempre bom dirigir com muita cautela em noites chuvosas. Enfim, o que nos restou foi ficar em casa, tomar um vinho e assistir um filminho. E é aí que quero chegar. MAS QUE FILME! Escolhemos assistir O Juiz e claro que eu insisti um pouquinho para ser esse ao saber que o Homem de Ferro, também conhecido como Robert Downey Jr estava no elenco. Os advogados irão gostar deste filme, que eu pensei se tratar de algum julgamento terrível onde um temido juiz teria papel importante e todas as cenas fossem dentro de um tribunal. Bom, é isso mesmo, mas visto de outro ângulo, algo bem mais dramático e sentimental. Visto da esfera de uma família com problemas, com desavenças, com várias coisas para resolver. Perdi a conta de quantas vezes deixei cair lágrimas ao ver a excelente atuação de Robert Downey Jr – que incorporou um temível e requisitado advogado – e de Robert Duvall, que interpretou impecavelmente O Juiz e pai de Robert. Também fiquei bastante sensibilizada com algumas coincidências do filme com momentos difíceis que passei e constatei o quão reais foram várias cenas. O Juiz, um filme duro, dramático e sensível ao mesmo tempo. Desses que nos faz repensar a relação que temos com o nosso passado e principalmente com nossa família. Daqueles filmes que nos dá vontade de abraçar na hora nossos irmãos e pais e falar o quanto são importantes para a gente, aconteça o que acontecer. 7.5 no IMDB. As vezes um filme algo parado, mas que vale a pena assistir cada cena até o final.

  • O Melhor e o Pior do… Baile da Vogue 2015

    E teve o mais badalado baile de carnaval da high society brasileira. Quem foi no Baile da Vogue 2015, foi. Quem não foi, ficou em casa analisando os looks via instagram em mandando print pras amigas no whatsapp ou nem lembrou disso rsrs. O tema este ano foi “La Grande Folie”, um baile de máscaras da França antiga com uma dose de cabaré. Vejamos o que aconteceu? As modelas: Carol Francischini, Giani Albertoni e Talyta Pugliese. Me julguem, mas AMEI a roupa da Giani!! Algo meio cabaret assassina Bond…  Mais modelas: Alessandra Ambrósio, Marcelle Bittar e Renata Kuerten. Muita beleza e looks sem graça e ousadia. Afinal, no baile da Vogue o povo quer causar né? Maaais modelas! Desta vez, das antigas. Mari Wickert, Isabella Fiorentino e Caroline Bittencourt. Quem foi a mais linda? Quem, quem? Minha musa eterna, razão da minha inspiração diária, a riqueza e a nobreza personificada, Bella Fiorentino! As apresentadoras maluquetes: Luciana Gimenez, Adriane Galisteu e Sabrina Sato. Luciana, ok. Adriane, apesar do povo não ter falado muito bem da roupa dela, achei que foi uma das poucas que seguiu o tema da festa. Eu gostei. Sabrina, Sabrina… inspirou-se num show de cabaré francês, o Crazy Horse, e LACROU o baile. E diz ela que tinha calcinha sim. Não sei onde… Com certeza foi a mais ousada da noite. As apresentadoras certinhas: Angélica boring, Ana Hickmann também sem graça e Ana Paula Padrão cheia de caras e bocas. As globais: Carol Dieckmann de espanhola tudo a ver com o tema, Thaila Ayala de vestido Bô. Bô (fiquei pensando se é roupa vendida em loja ou se é feita exclusivamente para o baile) e Débora Secco, fatal e com umas pernas mega torneadas. Invejei. Mais globais! Fernanda Vasconcellos (ficaram sabendo que ela separou daquele muso do Cassio Reis??? E por falar em separação, que a Paolla de Oliveira também separou do cara que largou a Thais Fersoza durante a lua de mel pra ficar com ela? Altos bafões!), Sophia Abrãao que foi a melhor vestida segundo o Ego (oi??) e Natallia Rodrigues. As cantoras! Falei tão bem da Popozuda e olha como ela me aparece… aff. Anitta Jackson e a musa master da música brasileira, Ivete Sangalo, que estava super no tema e arrasou no show. Meu voto da mais bem vestida deste Baile da Vogue, vai para ela, Veveta! As ex! Val Marchiori, ex mulheres ricas, Hortência, ex do basquete, e Mirella Santos, ex do Latino.  As bloguetes! As Camilas! Coutinho de espanhola  e Coelho, mais uma divando no tema da festa. Mais bloguetes: Helena Bordon, no segundo vestido preto sexy da noite que curti e Thassia toda trabalhada no ouro. Aliás, preciso falar que o cabelo dela é maravilhooooooso! Brilha terrivelmente! As lindas: Dani Sarahyba que estava super sumida e apareceu triunfante e Fiorella Mattheis, em bordados e tule de quem? Dela, Patricia Bonaldi, claro. E para terminar, as fotos estranhas da noite. As Sheilas, todas trabalhadas no preenchimento e botox excessivo. Eu gosto de botox AND preenchimento, mas tem que ser natural né? Ainda faltou muita gente neste post, mas deu para ter uma idéia do que foi esta edição do Baile da Vogue. Achei bem normal e sem grandes emoções. E vocês?

  • Sobre o Evento O Boticário – Make B Universe

    Terça feira teve evento O Boticário e é claro que foi ótimo. TODO evento deles é muuuuuuuuuuuuuuito bom! Capricham desde a chegada ao hotel até o momento de ir embora. Fazem a gente se sentir tão especial e importante que sempre é uma honra receber um convite do Boti. Não nego NENHUM rs. Fora isso, eles sempre convidam uma turma bacana, onde fiz várias amizades, então o trabalho fica mais prazeroso ainda. Desta vez, o motivo era o novo lançamento da Make B, aquela linha de maquiagem mais top da marca. Chama-se Universe e adivinhem qual foi a inspiração? Palmas para quem falou “o universo” rs. Logo ao chegar no hotel, na porta do quarto tinha um aviso: Não acenda as luzes. Uia, medo. Mas eu, menina obediente, não acendi a luz e me deparei com uma luminária linda, refletindo estrelinhas na parede. Daí já captei o espírito da coisa e embarquei nessa viagem intergaláctica das maquiagens. A Universe by Make B tem vários itens metalizados, sempre seguindo as últimas tendências do mundo da moda. E já tem algumas temporadas que vemos metalizados por aí né? Muito jogo de luz e sombras, tecnologia, cores sofisticadas, misteriosas e futurista. São 19 itens e as cores mais emblemáticas são o azul cobalto e o roxo vinho. Antes do desfile (sim, teve um desfile com as maquiagens da linha) fomos para uma apresentação restrita a imprensa e blogueiras. Olha que luxo, uma mini palestra para pouquíssimas pessoas e nós estávamos lá! Conhecemos os itens e logo depois deixaram a gente “brincar” com os produtos. Posso falar o tanto que amo meu trabalho? rsrs Dos itens que mais curti, estão esses blushes baked, com o efeito dos planetas. Tem um rosa e um coral LINDO! Também amei os 2 quartetos de sombras, também baked (é uma tecnologia onde o pó fica finiiinho e tem alta cobertura, fixação e cor intensa), sendo um com cores mais neutras (amarronzadas) e um com cores mais invernais e azuladas. Tem com acabamento mate e acetinando! Também teremos lápis – os Space Lines – que servem como sombra ou delineador. Falaram em textura marcante, fixação por até 10 horas e estou louca para testar! Esmaltes com tecnologia 4free (livres de tolueno, formaldeído, fibutilftalato e cânfora) para as mais sensíveis. Nada de alergias! E tem cores lindas, sendo duas holográficas e duas cremosas! Esta semana usarei um e mostro no Instagram (@futilish) tá?AHHHH mas pera, que tem uns adesivos prateados que achei o máximo! Acho que vou usar eles antes kkkk Agora deixa eu tentar explicar a nova fragrância… É meio complicado, mas veremos se entendi direito rs. Eles mandaram uma rosa para o espaço. Aham, isso mesmo, pegaram a flor, colocaram num foguete e mandaram para uma viagem espacial. Lá, capturaram o cheiro dela, que seria o aroma exalado naturalmente em um ambiente sem NENHUMA interferência externa! Ganhou um nome chique: Space Rose, uma rosa pura, limpa, natural. E a fragrância resultou em notas florais amadeiradas, sofisticada e marcante. Ficou curiosa para dar um cheirinho né? Mais um motivo para dar uma atenção especial a essa linha Make B! Habemus batons e nós amamos batons! A linha Universe possui quatro cores sendo dois metalizados e dois com acabamento matificado. Esse roxinho está na minha mira. Outra grande aposta é o Delineador Eclipse. O formato dele permite fazer o traço mais preciso e acertar de vez no look gatinho! Foi o primeiro que testei e gostei bastante. Além disso, GRUDA na pele. Farei resenha. As explicações… … e a curiosidade. Ane Medina, gata, loira e MUITO querida, usando o delineador. Olha como é fácil aplicar! Após a apresentação da linha Universe, tivemos um desfile com mega produção de Paulo Borges! E foi MEGA mesmo! E reencontrar as amigas sempre é bom né? Da esquerda para a direita: Gabi do Starving, eu, Joana e Carla do F-Utilidades, Sabrina Olivetti do Coisas de Diva e a Ane do Eu Maquio! Baguncinha numa nave espacial improvisada. E o look da noite! Macaquinho Shoulder, clutch La Spezia, sandália Zara! Lindo evento, lindos produtos, lindas companhias! E a linha Universe da Make B estará nas lojas a partir do dia 16 de Março ok? Logo farei resenha dos meus preferidos. Obrigada Boti, por mais uma experiência incrível.

  • A Sorte das Belorizontinas – Vestidos de Festa

    Esta semana dei uma bela dica pros paulistanos e hoje darei uma MEGA dica pras mineiras lindas do meu coração! Sempre, mas SEMPRE, me perguntam onde comprar vestidos de festa lindos e que nao custem um rim… Dificil viu, ainda mais aqui em BH onde temos a moda festa mais maravilhosa do planeta. Grifes não faltam mas e os preços? Pois é… Então segurem essa! Sabem a Cosh? Aquela grife MARA que tem vestidos maravilhooooosos para todo tipo de festa e evento? Eles estão com uma super liquidação e quem esta precisando de vestidos de festa TEM que aproveitar! TODA a coleção de inverno do ano passado está com 70% de desconto! Tem vestidos lindos que podem ser usados tranquilamente em qualquer época do ano. Já a coleção de verão 2014/2015 tem de 20 a 50%, o que também deixa os preços bem mais amigos! Fiz algumas fotos para mostrar para vocês: Visual da coleção de inverno, a que está com 70% off ! Tem vários pretinhos, alguns básicos e outros nem tanto, mas todos para a vida toda! Tem vestido mais simples, sem muitos detalhes e outros bem elaborados. Para todos os gostos. Ah, e tem numeração grande e vestidos de festa para senhoras também viu? Se mami estiver precisando de algo, leva ela na Cosh dar uma olhadinha. Esse é LINDOOOO! E com 70% de desconto gente… parem de reclamar da vida hahahaha Agora vejamos alguns detalhes?? E a coleção de verão! Cores lindas! Está valendo muito a pena gente! E ainda por cima, aos fundos da loja tem um bazar com roupa de festa a partir de 200 reais! Não é publi e nem jabá (passei lá na segunda feira para pegar uma saia pro evento de ontem) e eu precisava contar pra vocês! Aproveitem mesmo, porque vestido de festa bonito, de qualidade e com preço bom é raridade. Eu fiquei chocada. Fica pertinho do Pátio Savassi, na Rua Irmão Gonçalves Xavier, 58. E falem que viram aqui no blog para me dar uma moralzinha com o pessoal de lá hahahaha.

  • 10 Coisas Que Odeio em: Multidões

    Ontem me desafiaram a fazer o 10 coisas que odeio em multidões e logo pensei: o 10 coisas mais fácil da vida. O único vuco vuco que gosto é de algum show de banda que eu ame muito e olhe lá! Maroon 5 e U2 são exceções em minha frescurite e enfrento quase tudo por eles. Multidões podem ser variadas: um lançamento numa loja (parcerias bombásticas? Só se valer muito a pena), praia num final de semana de verão, shows, carnaval, metrô… Enfim, qualquer coisa ou evento que reuna muita gente e fique todo mundo apertado e concorrendo por uma vaga para encaixar o pé em chão firme. Só de olhar a foto já passei mal. Eu odeio que… 1 – Que me empurrem. Sabe aquela pessoa super ¨educada¨, que acredita que tá arrasando, que é mais cool da festa toda, puxa a amiga pelo braço e sai abrindo caminho aos empurrões? Desejo morte lenta e dolorosa. CANSEI de quase cair de tanto levar empurrão das loucas. Meu olhar fuzila imediatamente e faço força mental para que a pessoa se espatife no chão. Pena que nunca funciona. 2 – Que pessoas suadas encostem em mim. Tá gato, tá bombado, tá sem camisa aproveitando o calorão? LONGE de mim pelamor… Não me atrai em nada, muito pelo contrário, passo do outro lado quando vejo esses grupinhos, já imaginando aquela pele melequenta e peluda roçando na minha pessoa. 3 – Se tem uma coisa que não consigo fazer é jogar latinha de cerveja ou garrafa de água de chão. Sempre procuro uma lixeira e rara vez encontro. Meu subconsciente é tão forte que simplesmente não consigo soltar a lata! Parece que fica presa na mão, como um imã, mesmo vendo aquele chão LOTADO de lixo. O que faço? Dou para alguém e peço para jogar fora pra mim. Detesto a falta de lixeiras nesses lugares (que deveriam ser MUITAS e esvaziadas de tempos em tempos). 4 – Emendando o fator acima… NÃO SUPORTO que joguem lata de cerveja no chão e que espirre resto de bebida no meu pé. Me sinto a pessoa mais imunda da face da terra e acaba com meu humor imediatamente. 5 – Acho que quem sofre mais nessas multidões é o pé né… detesto levar pisão. Principalmente se for do brutamonte suado sem camisa. 6 – Banheiros químicos. Não, eu não odeio banheiros químicos, mas odeio o estado que ficam quando estão em eventos super lotados e acredito que isso vai muito da organização da festa. No último evento que fui, os banheiros estavam vomitados e cheios de coco. Sim, fezes, até no chão. Papel? Nem pensar. Porém devo contar que uma vez fui numa festa eletrônica mega bem organizada e os banheiros tinham papel, espelhos e estavam perfumados. Dá para usar um químico sim, desde que bem cuidado e com pessoas educadas. 7 – Desodorante vencido. Não, não e não. 8 – Homem que pega no seu cabelo ou no braço para te chamar a atenção. Outro que merece morte lenta e dolorosa. Não. Encoste. Em. Mim. Pessoa. Estranha. 9 – E na hora de ir embora? Odeio a disputa pelo táxi. E me sinto vitoriosa quando consigo um hahahaha 10 – Os amigos que somem. Geralmente antes de desaparecer dizem ¨me espera AQUI que vou ali e já volto¨ e você só vai encontrar com eles novamente na disputa pelo táxi. APOSTO que vocês tem vários outros motivos para odiar multidões. Já dei minhas 10 razões, agora é com vocês!

  • A Sorte dos Paulistanos

    Hoje, especialmente hoje, eu gostaria de morar em São Paulo. Quando falam em comida, é muito fácil me convencer de qualquer coisa. Primeiro imagino o aroma, o sabor, as texturas mas quando vejo o prato, seja em foto ou ao vivo, é que vai me convencer de vez da gostosura prometida. E foi o que aconteceu quando vi as fotos das comidinhas da Da Má da Lê. A cada imagem, mais minha boca ia enchendo d’agua. Aquela vontade louca de fazer o virtual virar real na hora e conseguir abocanhar tudo o que estava vendo. Mas antes de dividir essa sensação, deixa eu contar um pouco sobre a Da Má da Lê. Aposto que pararam para ler o nome com calma: Da Má da Lê! Da Má (Maria Regina) e da Lê (Lelena César), duas irmãs de muito sucesso profissional que uniram o prazer de cozinhar com a vontade de vender comidinhas saudáveis, saborosas, com qualidade (elas tem um baita cuidado com a matéria prima, tudo 100% fresquinho e selecionado) e feitas com todo aquele carinho e cuidado de mãe. Sim, comida de mãe, direto na sua mesa, na hora que você quiser e ainda por cima, com preço justo. Ah, e super fácil de ¨preparar¨, digamos, esquentar rsrsrs, porque para quem não curte cozinhar até um simples aquecimento pode ser complicado. Esse não é o caso da Da Má da Lê! Todas as receitas são aquelas tradicionais de família porém com toda uma tecnologia para garantir o sabor e a qualidade até o momento de ser consumida (não são congeladas e nem possuem conservantes!). Prontas para salivar? Dá uma olhada nessas fotos e depois me conta o que sentiu. Caseirinho: carne moída com batatas, feijão e arroz Lasanha ao sugo com pesto de manjericão (♥ pesto) Risoto de grãos com castanhas e cogumelos Salmão a provençal ES TRO GO NO FE!!!! Amor eterno amor verdadeiro! Creme de tapioca ao leite de coco com manga fresca (hummmmmm) Pescada à dorê, arroz de 7 grãos e creme de espinafre (OMG!! Peixinhoooo!) Purê de abóbora Morreram? Eu morri, lentamente, de desejo por cada prato… A Da Má da Lê funciona assim: você entra no site, liga ou vai direto na loja (que fica a Rua Deputado Lacerda Franco, 452 Vila Madalena, São Paulo e o telefone é 011 2925-7010) e faz seu pedido que pode ser para o dia ou para a semana toda (dá para refrigerar tudo). Além disso, também pode escolher por um menu familiar ou ainda um especial para quem quer manter a forma (inveja nível 1000!). Existem combinados low carb (com poucos carboidratos) e com menos de 350 calorias por refeição!!! Comida gostosa, saudável e que ainda por cima vai te deixar maaaagra! Se você tiver esse objetivo, claro rs. Eles entregam gratuitamente para 40 bairros de Sampa (estão todos no site) duas vezes por semana e para quem mora um pouco mais longe ou quer antecipar sua comidinha, tem uma mini taxa de entrega (BH vale?). Todas os pratos você pode aquecer em banho-maria ou no microondas, sem bagunça, sem sujeira, sem ter que lavar louça em seguida. Tudo também bem explicadinho no site. Aposto que querem saber quais os campeões de pedidos né? Lá vai:  entre os combinados clássicos os mais amados são o Estrogonofe da Mamãe, Torta Rústica de Frango, Mix de Legumes Tostados, Cozido da Vó Cida, Purê de Banana da Terra, Salmão Grelhado e Creme de Tapioca com Manga. Para quem está preocupado com o shape do corpinho, os mais mais da Damádalê são o Frango com Polenta, Mignon Mix de Cogumelos, Frango ao Molho de Cogumelos, Frango Mineiro, Mignon Raizes, Carne Moída Tricolore, Salmão Mix, Pescada Mediterranea, Salmão Mediterrâneo e o Frango Mix. Muita opção para dietas sem sofrimento! Vista da varanda! Para quem quiser comer no local, a Da Má da Lê fica aberta de segunda a sábado, de 9:30 até as 19 horas. Charmosinho né? E aconchegante. Tipo em casa! Tem uma vitrine refrigerada onde você pode fazer suas escolhas e degustar ali mesmo! As embalagens dos combinados são super fofas e vem porcionadas para uma pessoa. Prático, rápido e sem desperdício… Que tal hein??? Acho muito muito injusto a Da Má da Lê ser um benefício apenas de SP… A idéia é fantástica e eu seria cliente mais que fiel! Ah, e ainda por cima, quem é cliente frequente tem descontinhos e outras cositas mais. Todas as novidades são postadas na fan page no Facebook, para acompanhar as tentações sem perder nada! Agora deixa ir ali preparar meu miojo… ai ai ai… Muito injusto isso.

  • A Moda dos Bloquinhos

    Nunca fui de carnaval, aliás há vários anos que não passava um por aqui. Pera, mentira… Quando era novinha bem que curtia uma folia em cidadezinhas do interior sim. Ia com as amigas e me divertia bastante. Ano passado fui para um sítio e fiquei longe de toda muvuca possível. E nos outros anos, sempre passei no Chile, quieta, na praia (lá não tem carnaval). Acontece que BH já começou a ferver. Os bloquinhos tomaram conta das ruas no ano passado e dizem que este ano será mais bombante ainda. E ontem, pela primeira vez na vida, fui a um bloquinho. E me senti um peixe fora d’agua kkkkkk. Fui ao Parque das Mangabeiras e estava LO TA DO! Porém a grande maioria era de gente beeeeeem novinha e aquele típico clima de azaração. Meninas, quem estiver solteira, aproveite! Mas com cautela, pelamor… Os banheiros químicos estavam todos vomitados e vi várias garotas passando mal por lá. Não precisa beber até cair não gente… é feio e sabe-se lá o que pode acontecer numa bebedeira dessas. Enfim, multidão não é minha praia (sim, sou fresca pra essas coisas :-/), mas fiquei de olho nos modelitos para contar para vocês qual a moda nos bloquinhos neste carnaval! Vamos ao check list de carnaval de rua: Short jeans: várias várias meninas usando. Principalmente os de cintura alta. Rasteirinhas. Quase não vi sapatilhas mas vi algumas alpargatas. Salto, de jeito nenhum. Eram pouquíssimas e destoava do povo. Muita estampa, bem colorida, compondo um short jeans ou uma sainha, de preferência trumpet curta ou rodada, de uma cor só. Crochê! Achei fofo quem usou blusinhas de crochê com top por baixo. Aliás o boho style faz bonito até no carnaval. Vi alguns vestidos longos, visualmente bonito, mas imagino que chegaram destruídos em casa. O chão imundo (porque jogar tudo no chão gzuis? Cadê lixeiras?) e os banheiros químicos devem ter dificultado a vida de quem usou. Vestidinhos curtos estampados. Desses mais soltinhos e de alças finas. Regatinhas, tudo bem fresco. Flash tattoo, eis o momento. Aliás a Jey está vendendo umas lindas e o preço tá lindo também! Calça jeans não fica legal. Shorts com a porpa aparecendo também não. Mas o que mais bombou mesmo e fez bonito em quase todos os looks foram os acessórios de cabelo: tiaras com flores, casquetes, presilhas enfeitadas… Vi umas lindas! Estavam vendendo por lá, mas bem mixurucas e caras. E hoje, por coincidência, estava conversando com uma amiga sobre isso e ela me contou que a amiga dela (papo de mulher já viu né, é a amiga da amiga da amiga) está fazendo acessórios lindos para o carnaval e com precinho MUY amigo!   Essas custam R$ 30!!! E LINDAS! Choquei pois as mixurucas que estavam vendendo no bloquinho eram 20 reais.  As mais caras custam R$ 50 e os tictacs com flor (tipo esse rosa no pandeiro), R$ 20. Quero essa… Já que vou ficar em BH mesmo, bem capaz de ir pra muvuca de novo, só que agora quero tentar entrar no clima. Ah, claro, o nome do santo né? O instagram é @beneditaacessorios, de Belo Horizonte mas manda pro Brasil todo (ela vende por Whatsapp e Face também). E não é publi nem jabá, mas como vi muito disso ontem e queria encontrar opções lindas, dignas, recheadas (e não uma flor aqui e outra láaaa do outro lado da cabeça) e baratas, achei a dica mega apropriada! Na Accessorize também tem algumas opções, mas achei meio sem cor. AMO/SOU máscaras, mas ontem não vi ninguém usando. O make também ajuda a montar um bom look carnavalesco mas CUIDADO. Usem um bom primer para segurar tudo no lugar e não derreter. Posso falar? Eu só arriscaria no make se fosse super craque. Lidar com sombras coloridas é para quem está no nível hard da coisa. Melhor usar algo bem natural e um acessório arrasador nos cabelos. AHHH, vi cílios postiços coloridos também e achei bem legal! Dicas para considerar antes de sair pro bloquinho: MUITO protetor solar, comidas leves, bebam água antes, durante e depois (principalmente se for beber álcool), levem papel higiênico na bolsa (ontem tive que usar o lencinho de limpar óculos hahahaha), óculos escuros (os espelhados estão em alta, nada de óculos perua de novela das 8), uns band aids caso o sapato machuque e bolsa pequena, atravessada e bem fechada, isso se fizer questão da bolsa. O que não faço por vocês né? Me espremer entre o povo e ficar reparando nos looks pra contar depois rsrsrs Ah claro, minha roupa. Não tirei foto porque nem lembrei mas fui com um vestidinho azul bem fresquinho e rasteira. Rica, claro.

  • Dica da Leitora Trip – Zakynthos, Grécia

    Querem ver fotos lindas? Então leiam a dica de viagem da Cindy! Fiquei PAS SA DA com as imagens!!! ¨Oi Cony! Hoje venho apresentar pra vcs nada menos que o paraíso! Pra mim, o lugar mais incrível do planeta, não que eu conheça muitos lugares (ainda), mas tenho certeza que será difícil bater a ilha que tem a praia mais bonita do mundo! (Mesmo! Foi eleita esse ano pelo TripAdvisor).  Acho que nada do que eu falar vai convencer mais que as fotos, mas posso assegurar que elas não representam toda a beleza desse lugar… mas vamos lá…  O lugar em questão chama-se Zakynthos, na Grécia. A Grécia por si só já é incrível! Toda aquela história, arquitetura, cultura, gastronomia… Tudo lá é maravilhoso! Fomos em setembro, pois já tinha passado a alta temporada, o que significava preços mais baixos, menos gente e um calor agradável.  Passei 20 dias por lá com meu namorado e posso garantir que quem for vai amar pra sempre! Mas hoje resolvi falar de Zakynthos. Nós chegamos por Atenas, passamos uns dias por lá, alugamos um carro, passamos mais uns dias viajando pela parte continental, que é muito rica culturalmente, e fomos por ferryboat pra ilha. Foi a primeira das ilhas que visitamos. O tal do ferry não é como aqueles que existem aqui no Brasil, tá mais para um navio de luxo (quase). Ele é enorme e a viagem foi muito tranquila! Durou cerca de 1 hora. Chegando na ilha vimos uma cidade muito bonitinha, com as sua arquitetura peculiar. Quando pensamos em Grécia, logo nos vem à mente aquelas casinhas brancas, mas nessa ilha as construções são mais “normais”. A ilha foi colonizada por italianos, então a arquitetura lembra muito a veneziana. A ilha é muito grande e isso nos surpreendeu! Alugamos um jipe pequeno, um Jimny… lá não tem transporte público e o taxi é meio caro, então tem que alugar um carro! Ficamos na parte sul da ilha, na praia de Keri, é uma região linda, cheia de oliveiras (aliás, como a ilha toda!) e muito calma! Ficamos em um hotel que ficava a uns 500m da praia e foi bem baratinho, 15 euros por dia pra duas pessoas. Não tinha café da manhã, mas o hotel, estilo pousada, tinha tudo o que precisávamos, incluindo cozinha e era super limpo (o que acho imprescindível). Passamos 2 dias e meio na ilha e considerei um tempo bom! Deu pra conhecer as principais atrações com calma. A primeira coisa que fizemos foi conhecer a famosa praia de Navagio, a mais bonita do mundo! A praia só é acessível por barco. Pagamos 12 euros por pessoa e fomos em um barco com mais 10. O passeio incluía a ida para a praia, conhecer as Blue Caves, dar um mergulho por lá e a volta para o porto. O passeio até a praia já foi maravilhoso! O azul do mar é tão intenso que parece pintado! É muito emocionante chegar à praia! Ela é cercada por falésias super altas e quando você a avista é lindo! Bem no meio da “areia” ( que na verdade são pequenas pedrinhas) tem um barco encalhado. Ele tá lá desde 1980. Era um barco que traficava tabaco, mas na perseguição encalhou e ficou por lá. Sendo verdade ou não, dá todo um charme… O azul do mar chega a fazer os olhos doerem de tão claro! Tudo é perfeito! As pedrinhas brancas do chão, os paredões em volta, o mar sem ondas… realmente é a praia mais bonita do mundo! (na minha opinião) Ficamos algum tempo por lá tirando milhões de fotos e voltamos para o barco. De lá seguimos para as Blue Caves, que são cavernas feitas pela ação do vento nas falésias. O barco consegue entrar em algumas e em uma delas tem uma fenda submarina que faz com que entre uma luminosidade azul bem interessante. Saindo de lá paramos em um ponto para mergulhar. Levamos pés de pato e snorkel e aproveitamos muito! O mar é muito cristalino e cheio de peixinhos, uma das experiências mais gratificantes da viagem. No dia seguinte decidimos ver Navagio pelo alto. É possível ver a praia do alto da falésia… e que vista!!! No local tem um mirante, mas a vista não é muito boa, mas vc pode andar por umas trilhas e ter a vista perfeita. Ficamos uma hora olhando aquilo tudo, hipnotizados. Parecia de mentira e não queríamos mais sair dali, mas como tínhamos mais coisas pra conhecer, fomos pra outro lugar lindo, o Porto Limnionas. Quando pensávamos que já tínhamos visto beleza suficiente pro dia, descobrimos muito mais. Essa praia que na verdade é um braço de mar tinha um mar lindíssimo! Pegamos nossos pés de pato e ficamos horas nos divertindo! O local é bem afastado e só tinha um restaurante. Estávamos morrendo de fome e fomos ver quanto sairia um prato, pensando que iríamos pagar em rim a conta. Gente, a comida lá é maravilhosa e o sobrenome do povo é justiça. Nós pagamos incríveis 5 euros pelo prato que era tão bem servido que nem consegui comer tudo. Lá é tudo muito barato, ninguém te cobra a mais por estar em um lugar paradisíaco, eles são extremamente justos e a comida é di-vi-na! A ilha é considerada o santuário das tartarugas, inclusive tem uma área de proteção ambiental só pra elas. Há muitos passeios que garantem o avistamento desses bichinhos. No dia seguinte decidimos fazer esse passeio. Saía da praia de Keri mesmo e ainda não tínhamos visto a praia de dia. Quando chegamos lá demos de cara com uma ilha com o formato de tartaruga! Fomos pesquisar as empresas que faziam o passeio e um cara nos abordou oferecendo uma barco só pra nós. Tinha lido em alguns sites sobre isso e decidimos tentar. Vc aluga o barco por hora. Decidimos ficar 3 horas e foi muito legal! Não precisa de habilitação e eles ensinam direitinho como mexer em tudo. Pagamos 55 euros e foi uma experiência maravilhosa! Vimos uma targaruga e segundo a tradição agora tenho um ano de sorte hahah… Passeamos pelas Keri Caves que são bem parecidas com as Blue Caves e paramos na ilha da tartaruga, que se chama Maratonissi, para mergulharmos. Depois seguimos para o nosso hotel para pegarmos as malas e partirmos de avião para a ilha de Creta, mas esse passeio fica pra uma próxima “dica”. E um detalhe… lá o povo é extremamente solícito, mesmo quando não falam inglês e tudo é na base da confiança. Alugamos o carro pagando em dinheiro e dei apenas como documento a minha carteira de habilitação. Pedimos para deixar o carro no aeroporto e pediram que deixássemos o carro no estacionamento, aberto e com a chave embaixo do tapete! Ficamos chocados, mas fizemos isso. Beijos Conyta, amo amo amo seu blog!¨   As fotos mais LINDAS que já vi na vida! E como de costume, se alguém quiser complementar a super dica dessa viagem maravilhosa da Cindy, pode falar nos comentários! Obrigada Cindy, ARRASOU!

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Hoje não teremos Dica da Leitora por motivos de: falta de dicas. Recebi poucas esta semana então vamos acumular tá? O que tô tentando ¨desacumular¨ são os Choras que tenho guardados. Hoje teremos três casos. Gostei de uma sugestão que recebi de fazer 2 Choras e 1 Sorria por post para não nos deixar tão desanimadas da vida kkkk. Faz todo sentido. Vamos primeiro com a Jussara Cony, nunca vi uma história parecida com a minha na coluna e te entendo se não for publicada. Nunca tive nenhum relacionamento ou amizade fora a minha mãe e a minha vó. A minha história começa quando eu tinha 11 anos (hoje, tenho 20). Nessa época, minha mãe foi diagnosticada com uma síndrome terrível, que no decorrer dos anos levou também sua mobilidade e independência, pois a síndrome levou a uma trombose na perna direita, que teve que ser amputada. Meu núcleo familiar se resumia a minha mãe, minha vó materna e meu pai (que mora em outro estado e tem outra família, logo, se esqueceu de mim.) Nessa época, foi um fuzuê, o sofrimento da minha mãe, a mudança para a capital para buscar melhor tratamento, o distanciamento dos meus amigos do interior, e a minha mudança de menina pra mulher num momento onde tudo estava caindo aos meus pés. Mudei de escola, sofri muito bullying, por meu jeito de ser fisicamente e pelo meu sotaque. Logo os hormônios começaram a agir e eu não entendia por que de um dia pro outro os homens me olhavam de forma estranha. Caí nas garras de um pedófilo, por que nunca pensei que um professor pudesse ter malícia e eu ainda tinha aquela cabeça de menina do interior. Me vi pulando refeições, e usando roupas largas para me esconder. Enfim, muito se passou. Hoje, fazem dois anos e 3 meses que minha avó perdeu a luta pro câncer pancreático. Hoje, fazem 8 meses que minha única amiga verdadeira, minha fortaleza, meu tudo se foi. Minha mãe faleceu durante o sono no último dia das mães, de 2014. Me encontro vazia, incompleta, inconsolável. Mas, por favor, não pense que eu me deixei cair. Continuei meus estudos, meus treinos na academia e entrei na sala de cirurgia sozinha para colocar silicone. Mas meu maior tormento é o abandono familiar. Sou do ramo jurídico e sei que em casos de menor idade, isso é cabível de sanção. Porém, no meu caso é só cabível de sofrimento mesmo. Sou uma garota de 20 anos, sem contato familiar algum, e me sinto num beco sem saída. O que fazer? Jussara DO CÉU! Vem aqui pra casa agora rs. Menina, que difícil, quantas coisas pesadas! Olha, a única coisa que posso te aconselhar é se rodear de amigos. Muitos muitos muitos, daí você vê com quem tem mais afinidade e escolhe seus melhores amigos, aqueles que estarão com você em qualquer momento. É trabalho de formiguinha, aos poucos, seja simpática, não conte suas tristezas (num primeiro momento as pessoas podem não entender tamanha carência, tamanha carga que você passou, as experiências difíceis em sua infância, e se assustar e se afastar), ouça mais do que fale e conquiste pessoas. E fico muito feliz que não tenha deixado a tristeza te derrubar. Continue forte, busque pessoas para te acompanhar mas com cuidado para não se apegar muito. Acredito que terapia também te fará bem. E talvez, porque não procurar seu pai??? Será que ele se esqueceu de você mesmo??? Pense nisso. Boa sorte! Chora Naiara… Olá Cony, meu drama é difícil. Sou casada há 5 anos e tenho uma filha. Amo meu marido. Em 2012 tive um caso com meu chefe da época. Nos apaixonamos. Mas como trabalhávamos juntos, a coisa não foi bem. Tanto eu quanto ele temos personalidades difícies. Formou-se uma confusão imensa e acabei sendo transferida para outra Unidade da empresa onde trabalho, para bem longe da minha casa. Mas meu marido nunca soube de nada. Acontece que o caso acabou mas eu ainda penso nele sempre. E ele diz que também pensa em mim mas que seria um erro reatarmos. Já fui na porta da casa dele e ele me rejeitou, disse que não faria isso com o coração dele, disse que comigo ele fica desequilibrado. Porém ele sempre diz que sente saudades, pensa muito em mim e nunca me esqueceu. E eu, não sinto mais atração sexual pelo meu marido, só penso nele, só desejo ele, não consigo esquecê-lo. Mas também não quero me separar porque tenho um casamento estável, e minha filha é especial e precisa dos pais juntos. Esse ano ela vai fazer uma cirurgia. Eu amo meu marido como amigo, tenho ele como um irmão. Todos os dias eu penso nesse meu ex chefe, e ele diz que também sente o mesmo, mas tenta me esquecer, ele diz que eu mexo demais com ele, que pensa muito em mim, mas sabe que não pode se permitir a isso, que tem sempre o depois, que a cabeça dele ficará confusa novamente, que ele ficará ainda mais apaixonado e não vai poder me ter. E ele tem razão né? Mas eu não consigo esquecê-lo de jeito nenhum e sofro com isso. Bela sacanagem com seu marido hein Dona Naiara??? Não apoio em NADA seu comportamento e atitude. Uma mulher casada, mãe, indo na casa do amante, sendo rejeitada e ainda pensando nele???? Se está apaixonada por outro e não sente nada pelo seu marido, separe-se logo. O que você está fazendo não é nada legal e eu, que sou uma pessoa que acredita muito que tudo tem volta, fico preocupada com o que o futuro possa ter guardado para você. Não faça isso com seu marido, não abuse do ¨casamento estável¨ e nem se apoie na condição especial de sua filha. Se você quer o bem da sua família, viva para ela e por ela, e não foque seus sentimentos em alguém que fala milhões de coisas que você quer ouvir mas que não está com você, não é seu companheiro e muito menos retribui seu sentimento. Falar, até papagaio fala. Seja mulher e assuma seus atos e vontades antes que a conta venha alta demais. Fiquei chateada. Agora um Sorria! Com a Melissa! Fui casada por 6 anos…durante os primeiros anos foi ótimo até que as coisas começaram a mudar, nós amadurecemos (nos casamos mto novos) crescemos profissionalmente, mudamos de cidade, os propósitos mudaram, os ideais e nossa rotina também, ele começou a me tratar mal…e eu não concordava muito com algumas atitudes, mas ao mesmo tempo, achava que seria passageiro… fomos nos afastando cada vez mais, e mais…Tive que ir para minha cidade por um problema familiar e ficamos algumas semanas afastados …nos primeiros dias foi ruim, mas passados 10 dias já não tinha muita paciência de conversar com ele…Todas as vezes q conversávamos tinha um ponto de atrito e não falar com ele me dava PAZ…Essa viagem foi um marco, pois me fez analisar de fora o relacionamento que eu estava vivendo, não éramos mais os mesmos…nessa altura eu tinha 26 anos…Quando voltei, conversamos muito e tentamos por longos meses colocar as coisas nos eixos…muitas mudanças tinham acontecido, tinhamos que dar um tempo para que as coisas se encaixassem, e demos… mas não demorou muito para que as atitudes dele me fizessem falar em divórcio…ele, apesar de dar todos os sinais que não estava feliz tb, não aceitava, era contra e dizia sempre que não podíamos desistir, que era fase e ia passar…e eu, com todo o contexto envolvido, famílias, era tudo tão difícil de administrar mentalmente, que eu deixava no piloto automático…Passados alguns meses, uma amiga vendo o comportamento dele, me perguntou se já tinha desconfiado que ele pudesse me trair…eu confessei que já tinha pensado, mas não acreditava que fosse possível….até que, com a ajuda dela, consegui pegá-lo num motel com uma colega de trabalho dele!!! Sim, eu a conhecia, sim, foi horrível…. A única pergunta que conseguia me fazer era: Meu Deus, se era outra, pq ele não aceitava o divórcio e acabava com essa palhaçada?! Eu sofria muuuito com nossas brigas diárias!!! À partir daquele momento, o sofrimento acabou… Ao invés de chorar, morrer, me sentir a abandonada, largada, traída eu me considero uma sortuda!!! Pq se não fosse a traição (e o fato de ter visto), o ciclo não teria um fim e talvez eu tivesse ficado outros anos no automático…Pra piorar (ou melhorar) descobri tantas coisas, várias traições, até com conhecidas minhas ele já teve caso (O pior pesadelo de qualquer mulher)!!! Tem como um casamento dar certo assim? Não dá….e meu sexto sentido já tentava me contar isso desde aquela viagem… No começo foi difícil pq era muita coisa para administrar…as famílias, mudança, bens, emprego novo, divórcio, novas rotinas…mas passado isso, me joguei na vida de solteira, sai com pessoas que não via há anos, conheci gente p cacete, morei em outro país, viajei o mundo inteiro!!!! E tive muito o apoio e amor da minha família!!! Rodei, rodei, rodei e pouco tempo depois, encontrei meu grande amor, em uma balada!!! Lugar improvável, momento mais ainda!!!! Estamos juntos há 2 anos e vamos nos casar este ano!!! Me sinto plena, realizada, encontrei nele exatamente o que eu espero de um relacionamento: companheirismo, RESPEITO, amor, serenidade e o escolho todos os dias pelos mais diversos (e lindos) motivos…temos nossas diferenças, claro, mas com toda essa experiência veio o amadurecimento, uma plenitude inexplicável e que eu rezo e agradeço todos os dias por ter tirado tanta coisa boa, de momentos tão difíceis!!! E cada vez mais, tenho a certeza que a nossa felicidade está dentro da gente, só a gente pode escolher ser feliz, ou se vitimizar e sofrer com determinadas situações…eu escolho ser feliz todos os dias e todo mundo que se ama, deveria escolher também!!! Muito importante essa questão do círculo vicioso. Eu já passei por isso e sei bem que quando um relacionamento não está dando certo, que mesmo após a tentativas nada muda, tem que acabar sim. Sorte sua que descobriu a traição mesmo! Há males que vem para bem e a gente não tem que ter medo de ficar sozinha ou de começar tudo de novo! Quem bom que está bem e felicidades no novo casamento! Continuo muito irritada com o caso da Naiara… Mas fazer o quê né? As vezes a pessoa não consegue enxergar o estrago que está fazendo em sua família e na própria vida. Envio de emails CONTINUA SUSPENSO. Vamos com calma… Ainda chateada.

  • 5 Coisas: Perfumes!

    Uma leitora sugeriu uma tag que achei bem interessante… A Ana pediu para eu fazer um top 5 de coisas que eu salvaria se, por exemplo, minha casa estivesse pegando fogo. Dá para fazer com uma infinidade de coisas e achei bem legal pois assim conseguirei saber bem quais são meus produtos, acessórios, roupas e sapatos preferidos! Para inaugurar a tag ¨5 Coisas¨ começarei com os 5 perfumes que eu colocaria numa sacola e sairia correndo! Da esquerda para a direita: Prada Infusion D’Iris, Escentric Molecules 01, Cartier Essence D’Orange, Acqua Fresca do Boticário e Lichia e Pimenta da Phebo! O primeiro que eu pegaria COM CERTEZA seria o Prada Infusion D’Iris. Continuo amando loucamente, esse já é meu 3º ou 4º vidro! Meu perfume de dias mais sofisticados e chiques, o Escentric Molecules 01. Caro e difícil de encontrar, mas vale cada centavinho. Um pro dia a dia! Tem que ser fresquinho e se possível com cheirinho de laranja. Amo esse da Cartier, o Essence D’Orange. Para deitar e dormir! Depois de tomar banho e passar meus creminhos, adoro usar Acqua Fresca do Boticário e ir pra cama… E por último, salvaria o Lichia e Pimenta da Phebo! É perfume, recebi esses dias e gostei MUITO! Levaria comigo para poder usar e testar com calma rs. E esse é meu Top 5 de perfumes! O que querem no próximo? Pensei em 5 batons da MAC!

  • Desafio Fashion: Misturando Estampas

    Alguém me perguntou o que eu achava de misturar estampas. Quem me conhece sabe que não me arrisco muito nesse quesito. Na verdade, acho que nunca me joguei num mix ousado… Apesar dos meus temores, acho bonito, aceitável, demonstra conhecimento de moda e personalidade. Mas pode dar MUITO errado e fazer o efeito completamente contrário. Falcão que o diga. Classifiquei as misturas de estampas em níveis para facilitar o entendimento e no final, uma surpresa. Nível Fácil: mesma estampa (ou BEM parecida) em ambas peças. Até fica parecendo que é uma roupa só. A chance de errar ou de ficar estranho é bem pequena. Ainda assim passa informação de moda e se torna interessante aos olhos. Nível Intermediário: estampas parentes. Não é a mesma, mas são da mesma família (geométricas com geométricas, flores com flores). As cores harmonizam e para o look ficar mais divertido, um acessório colorido. Nível Avançado: estampas com padronagens diferentes porém com cautela e cores “amigas”. No primeiro look, preto e branco em listras e poá. No segundo look, listras e estampa porém a cor conversa entre um item e outro. No look da Bella, listras e geometria, porém percebam a presença de verde na blusa e saia e de roxo na saia e no sapato. Tudo diferente, porém integrado. Nível Hard: o mix das fashionistas. Aquele que a gente nunca pensaria em fazer mas olhando as foto acha bonito. Sabem o que percebi nessas montagens? Listras SEMPRE são uma boa pedida quando o assunto é misturar estampas. Qualquer listra: horizontal, vertical, fina, grossa, colorida, preta…  Olha aí! Para quem quer começar a se aventurar no mix de estampas, comece com uma peça listrada! De cara vai super bem com poá e com onça. Rica, claro. Num segundo momento e quando tiver mais confiança, tente uma listra com floral. Não dá vontade de copiar?? Lindos looks! Nível Errado: estampas que parecem estar de mal uma com a outra. As peças TEM que conversar, seja no estilo, nos desenhos, nas cores… Nos casos acima noto claramente duas peças completamente diferentes nos 3 looks. Quando os olhos custarem a entender a imagem e a gente parar para tentar decifrar direito, é sinal que não deu certo. Agora o desafio!!! Vamos treinar uma mistura de estampas??? Quem quiser participar, fotografe seu look e poste no Instagram com a hashtag #desafiofufu ! Postarei aqui no blog semana que vem os looks mais bonitos! Eu farei minha misturinha amanhã e quem quiser conferir é só acompanhar pelo Instagram @futilish. Boa sorte pra nós!

  • O Que Você Vai Aprender Este Ano?

    Tava voltando pra casa, agorinha mesmo, dirigindo nessa estrada sem fim (eita drama rs) e pensando, pensando, pensando… Pensei no tanto de coisas que ainda quero aprender. Sim, coisas novas, afinal o que é a vida senão um eterno aprendizado? E se a gente pode direcionar esse aprendizado (e não somente tirar lições em momentos de tristezas ou tragédias) por que não se aventurar em algo diferente? Daí lembrei que fiz uma aula de pole dance dia desses (lembram do post que fiz ano passado e da minha vontade de fazer?). Achei TÃO difícil, mas tão desafiador que quero provar para mim mesma que sou capaz de fazer todas aquelas peripécias humanamente impossíveis aos meus olhos. Ainda não voltei na aula pois não tive tempo, mas está na lista das coisas novas a fazer em 2015. Outra coisa que sempre quis aprender é tocar um instrumento musical. Pensei em violão (até tenho um!), mas tenho os dedos duros de tanto digitar. Gaita seria uma opção bem legal e é uma possibilidade. Mas meio que cismei sabem com o que? Pandeiro! hahaha, tipo Ana Carolina sabe? Acho o máximo! Bateria também me agrada… ou guitarra, mas novamente os dedos duros me impedem. Queria saber falar francês. Ou italiano. Queria saber andar de skate. Ou reaprender a andar de patins. Quero fazer um curso sobre a história da moda. E um de vinhos. Queria entender mais de arte, saber diferenciar um pintor, saber a que época pertence uma tela. Queria aprender a mergulhar (e essa vontade tem prazo de um mês para se concretizar). Queria saber diferenciar tecidos e a finalidade deles. Queria aprender a mexer na minha camera fotográfica nova e fazer belas fotos… E o que nos separa de tanto “querer”??? NADA. Só levantar e ir atrás do que se tem vontade. Porque o pandeiro não vai cair na minha cabeça e eu vou tocar um samba na hora e nem Van Gogh virá aqui me explicar o tal do Grito. Por enquanto consigo explicar a origem de um vinho Carmenere e fazer bonito numa roda de amigos. Mas ah… a vida é tão maior do que isso… Aprender faz a gente crescer, amplia a mente, desenvolve sensações e aguça sentimentos. Além de manter a cabeça ocupada, nos livrar de maus pensamentos e desperdiçar nosso precioso tempo com bobagens ou coisas que não acrescentam. E você? Tem vontade de aprender o quê?

  • Feedback Spectra

    Gente, ele é GUERREIRO! Forte, intenso, constante! E não, não estou falando do Spectra (aquele laser que contei AQUI). Tô falando é do melasma mesmo. Não “arredou” o pé, ainda deu risadinha, olhou pra mim e falou: “jura que você acha que esse raio quentinho vai me tirar daqui? HAHAHAHAHAHAHAHAHA“. Desse jeito. Bom deixa contar direito né? Comecei a fazer o tratamento com o Spectra no ano passado e estava toda confiante que iria me livrar do melasma ou PELO MENOS amenizar as manchas. A promessa era fantástica, o laser era o mais temido do mundo dos melasmas! Resultados a partir da 4ª sessão!! E era verdade, vi resultados! No meu bolso… Foram quase 3 mil mérreis em 10 sessões que me deixariam com pele de princesa. Antes tivesse comprado o sapatinho de cristal by Louboutin viu… Deixa eu parar de reclamar e contar como é o tratamento (novamente, para quem não leu o post passado): Não precisa de nenhum preparo para as sessões, que são feitas semanalmente. Você chega na clínica, lava o rosto (não pode estar maquiada) e já vai pro laser. Fica deitadinha na maca enquanto a dermatologista põe uns óculos de metal em você (não sei que metal é), touquinha e cobre sua sobrancelha com esparadrapo. Por que cobrir a sobrancelha? Porque o Spectra clareia os pêlos, na verdade, ficam branquinhos! Se não tira o melasma, pelo menos a gente fica com a pele mais clara pelos pêlos que desaparecem hahaha. Daí ligam a máquina e começa a sessão. É uma ponteira pequena, não machuca, mas faz aquele barulhinho de raquete que mata pernilongo, tec tec tec. O barulho assusta mais que a leve “alfinetada” (por assim dizer) que a gente leva no rosto. É feito em todo o rosto e repete onde tem melasma. O lugar mais tenso é nas olheiras e quando algum raio do laser pega nos óculos de metal, faz um barulhão! Quando termina, aplicam compressas de algodão com água fria para resfriar o rosto, depois um corticóide em creme (que tem que aplicar nos 3 dias subsequentes) e MUITO protetor solar. Não queima, fica vermelho só por alguns instantes e vida normal. Fiz 8 sessões das 10 que paguei, interrompi pois viajei e agora tenho que voltar para as duas últimas. Voltarei só por desencargo mesmo, pois já percebi que não vai adiantar nada. O melasma não clareou nem um pouco, a textura da pele melhora sim, logo após a sessão já fica mais macia e firme, mas o efeito é somente durante as sessões. Sei que muita gente vai pensar que eu deveria ter concluído o tratamento para falar se funciona ou não, mas minha própria dermato já me informou que não vai rolar (aparentemente, no MEU caso. Diz que tem gente que vê resultados). O Spectra deveria ter começado a clarear na 4ª sessão ou por último na 7ª já tinha que ter alguma resposta, mas nada. Mais um ponto pra você melasma. E no momento continuo com muito protetor solar e Helioral. Apesar de querer muito sumir com as manchas (a que mais me irrita atualmente é uma logo abaixo da olheira direita. Imagina, a pessoa já tem olheira e ainda emenda com um melasma. Fica parecendo que a olheira vai até a bochecha hahaha) não me privo de praia e piscina. CLARO que não fico com o rosto esturricando ao sol, protejo de todas as formas, mas já vi que é batalha perdida, então, não vou perder meus dias de relax e prazer por causa desse maledito. E até o momento a única coisa que some com melasma é o bom e velho corretivo. Continuamos no aguardo de alguma novidade…

  • Cozy, Leitoras. Leitoras, Cozy.

    Apresentação formal para uma peça que acredito que TODO mundo deveria ter. Uma só, não precisa de várias cores. Apenas uma, cuidar bem e deixá-la sempre cheirosinha e passadinha no armário para o dia que for… viajar, por exemplo. Lembram do post que fiz sobre looks para viajar? Por várias vezes me deparei com celebs usando esse casaco-cardigã aberto, com pontas na frente, delicadamente jogado sobre uma roupa básica. Trata-se do Cozy e o original (porque existem várias cópias por aí) é da DKNY e é feito em seda e cashmere. São vários modelos, mas o mais funcional e famoso é o de manga comprida. Super leve e não ocupa espaço quase nenhum. Mas o que ele tem de TÃO especial assim? Esse simples casaquinho pode ser usado de váaaarias maneiras! Tem até cartilha ensinando, olhem só: De todas essas formas, acredito que eu só usaria umas três rsrs. Confesso que não tenho muita habilidade para essas coisas e quando fica com cara de que a peça ¨real¨ não é assim, fico com preguiça de bordar demais. Vide cangas com mil amarrações. Uso as básicas e só. Das formas que está acima achei tudo de lindo. Usaria fáaaacil!  E na hora que precisar colocar uma jaqueta por cima, para não ficar aquela coisa esquisita com as pontas aparecendo, é só fazer o cozy virar uma echarpe! Amei demais essa versão! Essa última, com a saia clara, também está bem bonita e usável. Assim já não curto… Utilizado solto ou com amarrações mais simples, fica bem bonito! Para viajar é perfeito, você pode se embolar nele e dormir quentinha e acordar chique. Não é muito barato, custa cerca de US$ 150 mas tem que pegar, provar e sentir na pele. Eu ainda não provei mas está na minha lista! Afinal, utilidade, sei que vai ter! O que acharam do nosso novo amiguinho?

  • A Cor de 2015 – Marsala!

    Todo ano a Pantone escolhe a Cor do Ano baseada numa intensa pesquisa do que está acontecendo no mundo. Isso inclui viagens, comidas, artistas em destaque, lugares, até mesmo filmes! Momento Futilish de Cultura: O que é Pantone? Pantone é uma empresa situada New Jersey (USA), idealizadora de um sistema de cores que é amplamente utilizado pela indústria gráfica. Ela nasceu em 1962 e no início fazia cartões de cores para a indústria de cosméticos. Logo em seguida, desenvolveu o primeiro sistema de cores! Daí nasceu aquele livrinho com várias cores, sendo ele composto por páginas com variações de uma mesma cor (por exemplo: variações de vermelho) e cada um com sua descrição e um número que a identifica. Esse Guia Pantone (como é chamado o livrinho) muda anualmente pois as cores sofrem alterações. Quando a pessoa quer uma cor EXATA de alguma coisa, escolhe o pantone correto e pede para desenvolver! E daí que em base a essa pesquisa anual, a cor escolhida para 2015 foi a MARSALA! “Assim como o fortificado vinho que dá o nome à Marsala, esse tom saboroso engloba a riqueza satisfatória de uma farta refeição, enquanto as suas raízes marrom-avermelhadas emanam uma sofisticada e natural sensação terrosa” Trata-se de um burgundy sem graça, triste e quase apagado. Um vinho “ruço”, desgastado! Como podem perceber, não curti muito a tonalidade. Achei realmente triste, bem invernal e muito apagada. Será que é isso que o mundo passa atualmente como referência de cor? O que acharam?

  • Classificação Sócio Econômica da: Rasteirinha!

    Gente, baixou o Caco Antibes aqui… existe coisa mais pobre que rasteirinha??? hahaha Não me levem a mal hein! Quem acompanha o Futilish sabe bem que minhas classificações sócio econômica das coisas nada mais é do que uma maneira bem humorada de treinar o bom gosto! Rasteirinha é algo muito complicado. Mostra muito o pé, os dedos, deixa o pé sujo rapidamente e se não for escolhida com muuuuuito carinho e cuidado, pode detonar o look. Pé já não é uma coisa muito bonita… poucas são as pessoas afortunadas com pés sem manchas, sem calos, com unhas bonitas, sem joanetes e dedinhos esticados. O meu é terrível, tenho joanete e calos (resultantes de uma vida inteira de salto alto), meu dedinho é um tatu bolinha e para amenizar isso cuido bem deles com esfoliações, produtos específicos (lembram do Footner? Esse é MARA para dar dignidade aos pés!) e unha sempre feita. Ainda assim, sempre que posso, evito rasteiras pois elas mostram TODOS os defeitos. Enfim, em época de sol escaldante, por várias vezes, queremos dar um ar fresco para os dedinhos. E hoje vamos treinar o bom gosto para escolher rasteirinhas, usar as mais bonitinhas e chiques, afim de elevar o grau sócio econômico de um calçado tão traiçoeiro (tem coisa mais feia que um pé todo espalhado dentro uma rasteirinha, com dedos fugindo e encostando o chão??). É MUITO difícil tentar explicar o que distancia uma coisa “rica” de uma “pobre”. Geralmente é qualidade, quantidade de informação, cores, acabamento, material utilizado. Mas tentaremos, vamos primeiro com a riqueza: Como falei acima, quanto mais informação, maior o risco de tornar uma peça “pobrinha”. Fica parecendo que quer mostrar muito serviço, enfeitar demais e o resultado pode ser desastroso. Para evitar isso, é bom escolher uma cor única, de preferência neutra e um modelo sem muitas firulas.  Menos sempre é mais e permite pode ousar um pouco além na roupa. Fico tensa, muito tensa, com rasteirinhas de pedrarias. Aqui o cuidado deve ser redobrado! Reparar no formato da pedra, na composição da montagem, na cola (gente, já vi tanta pedra mal colada que é inacreditável que vendam produtos assim), na simetria, nas cores… Quanto menos mistura de cor, melhor ainda. Essa da foto acima achei bem bonita, harmoniosa, fiel a UM estilo e não tem aquele brilho ofuscante que deixa muitas rasteiras bregas. Ah isso, cuidado com o brilho das pedras.  Repararam como as mais simples são as mais chiques? Eu gosto MUITO dessas que só tem uma tirinha na frente, mas haja cuidado para manter o pé bonito viu? Comprei uma na Arezzo, preta, por 99 reais, bem chiquezinha mas ainda não me aventurei a usar rs. Preciso dar mais uma manuteção ao meu pézito… A pobreza: muitos detalhes, lacinhos, aplicações. Reparem na mistureba de materiais! E essa rosa me incomoda muito pelos frufrus. Pra quê? Olhem que pedraria mais sem graça, parece que tinham as pedrinhas contadas e só deu para fazer esse detalhe xôxo. Melhor (bem melhor) sem elas. Essa última branca, é tudo de errado no mundo, nada combina com nada, parece que foi feita aproveitando restos de material. Vocês estão entendendo minha preocupação com pedrarias? E com a quantidade de detalhes?? Ou tem pedras bonitas, um desenho bem bolado e qualidade ou melhor nada! Ah, e solado de cortiça também é bem preocupante e fator de eliminação. Exemplificando ainda mais o problema das pedrarias, essas que estão na montagem acima são bem aceitáveis. É complicado né? Mas aos poucos a gente vai treinando o olhar e aprendendo a fazer boas escolhas na hora de comprar sapatos e roupas. A regra principal sempre será: menos é mais. Isso não nos impede de escolher algo mais elaborado, mas aí o cuidado será BEM maior.

  • Assunto Importante

    Nunca na vida achei que faria um post sobre isso… Mas ontem, conversando com uma amiga, nos pegamos super preocupadas com um assunto que seria de ¨adultos¨: a falta de água. Acontece que os adultos já somos nós e não dá mais para deixar os mais poderosos, os mais importantes, os mais entendidos resolverem isso. E outra coisa que sempre passou pela minha cabeça: isso não vai me atingir, vai acontecer em outro canto, mas aqui tudo vai ficar normal. Vai não Dona Constanza. Já está acontecendo, bem perto e quando menos esperar, nós seremos os próximos atingidos. Já pensou como viver sem água? Já pensou na quantidade de doenças que poderão aparecer ou voltar? Tipo aquelas que aprendemos na escola, que aconteceram centenas de anos atrás, que mataram monte de pessoas? Já pensou não encontrar água para beber? Já imaginou sentir sede e não por preguiça de ir na cozinha pegar um copo de água, mas sim por não ter água para beber??? Coisa de filme de terror, de ficção científica futurista, de Mad Max, onde tudo é seco, não existem plantas, as pessoas andam sujam, famintas e desesperadas por água. Ok, não é para tanto (será que não?), mas é bom tomar consciência de que esse bem tão precioso está cada dia mais escasso e muita gente ainda continua no mundo cor de rosa achando que esse problema não é deles. Hoje vou dar algumas diquinhas fáceis para economizar água, coisa que todos nós podemos incorporar no dia a dia e tentar minimizar o estrago que está por vir. Se é que alguém ainda não sabe, nossos reservatórios só tem mais 3 meses de abastecimento, o que antes era pelo menos para um ano! Anotem aí: Durante o banho, feche o chuveiro enquanto se ensaboa e passa shampoo nos cabelos. O consumo de água cai de 180 para cerca de 48 lt! Ah, e banhos rápidos viu? Um banho demorado pode consumir até 200 litros de água. O recomendado pela ONU são cerca de 100 litros POR DIA. Além disso, também se economiza energia. Ao escovar os dentes, feche a torneira e enxágue a boca com um copo d’água. Economia de 3 litros! Mantenha as torneiras sempre bem fechadas. Aquele pinga pinga pode levar 46 litros de água. Quando for lavar a louça, utilize uma bacia com água para a ensaboar a louça suja e outra para enxaguar. A torneira aberta o tempo todo para lavar pratos consome mais de 100 litros. Sabem o que eu faço muito? Retiro a sujeira com papel toalha, os pratos ficam quase limpos e o tempo de lavagem diminui bastante. Domingão, dia de lavar o carro? Pense que são 600 litros de água desperdiçados! Lave só uma vez por mês, se possível sem mangueira e sim com baldes. Sabe a água da máquina de lavar roupa? Você pode utilizar para lavar o chão, limpar quintal, calçada e até mesmo lavar o carro. Sobre a máquina de lavar roupas e louça, só utilize quando estiverem cheias. Lave frutas e legumes de uma vez só numa bacia, não um a um debaixo de uma torneira aberta. Escolha UM copo para ser seu copo de beber água durante o dia. Isso evita utilizar um a cada vez e ter assim, mais copos para lavar. Sabe o gelo que sobrou no copo ou caiu no chão?? Não jogue fora, despeje-os nas plantas! Seu chuveiro não esquenta na hora?? Nada de deixar a água escorrendo até esquentar… colete essa água num balde e utilize-a para lavar o banheiro ou regar as plantas. Não jogue lixo no vaso sanitário e dê uma descarga completa ao invés de várias ¨incompletas¨. Não descongele alimentos na torneira, use a geladeira para isso. Nunca utilize uma mangueira para varrer! Isso é pecaaaado! Use uma vassoura mesmo e deixe a água quietinha. Suspeita de algum vazamento em casa? Conserte já!   Nem é tão difícil assim certo? É só questão de costume e de bom senso, já que o problema é real e muito grave. E saibam que vai atingir toda a população, independente de beleza, conta no banco, local de moradia. É um alerta para toda a população! Quem tiver mais dicas de como economizar água, pode contar nos comentários!

  • Dica da Leitora!

    Prontas para as dicas mais esperadas da semana? Dica 01 – Josy Dicas das Renner! E sabem do que lembrei ao ver as dicas da Josy? Do post de dicas de looks para trabalhar no verão! Amei e usaria todas essas peças para ir workar! Bolsa tipo a Gucci Soho Disco por R$ 69, calça pijama LINDA por R$ 119, regata branca por R$ 49,90 (de viscose) e camisa verde, também de viscose, por R$ 69,90. Os colares também são da Renner, sendo o comprido de miçangas por R$ 25,90 e o de coração 29,90! Dica 02 – Ilana A Ilana queria um top para fazer ginástica. Foi na Renner e comprou um vestido! hahaha, super te entendo viu Ilana? Ela amou que ele vestiu super bem e tem cara de Farm! Custou 139 corações valentes. Lindo mesmo! Dica 03 – Aline Ou mais conhecida como a louca da remarcação: Ela contou que perdeu 13 kg e está renovando todo o guarda roupa! Para isso, não sai da Renner procurando demarcações que valham a pena e ó… tem achado muita coisa bacana viu? Blazer estampado de R$ 169 por R$ 59, jaqueta vermelha de linho de R$ 149 por R$ 69, tricô verde de R$ 89 por R$ 29, saia paetizada preta de R$ 179 por R$ 39 (!!!!), saia com paetês douradinhos de R$ 179 por R$ 49 e mais uma saia de paetês, desta vez na cor taupe, de R$ 199 por R$ 49. Mas tá de parabéns!!!! Dica 04 – Ariela Minha leitora mais tatuada da vida e viciada em sapatos! Os dois comprados na promo da Dafiti: a sandália preta Raphaella Booz por R$ 149,90 e o scarpin vermelho da Jorge Bischoff por R$ 154,99. Alguém mais achou que esse scarpin vermelho é a CARA da Ariela??? Dica 05 – Kênia A Kênia conta assim: ¨Oi Cony, tudo bem?Fiquei empolgada em participar do dica da leitora! Hoje a foto não é tão clara,  foi tirada no provador, mas espero que dê para usar. Vestido midi, listrado, de tecido grossinho, que veste SUPER bem, da Zara. Fui na loja semana passada e ele estava por R$ 139 na promoção, fora da promoção ele custava R$ 189. Experimentei, achei lindo, mas não comprei, até que postei no meu Instagram e fez o maior sucesso, então fiquei com ele na cabeça durante toda semana e rezei para ainda ter quando eu voltasse lá, voltei nesse último domingo e para minha alegria ainda tinha e por apenas R$ 89! Amo o Fufu! Beijos, Kênia¨ Lindo! Mas convenhamos… tem que ter esse corpinho aí pra poder usar né?? Tá GATA! Dica 06 – Yasmin Mais dicas da Renner! Pelo jeito, é a fast fashion com melhores achados para esta temporada… Bolsa fofa, clutch tipo envelope (aham, tem estudado o post dos tipos de bolsas néam?), por R$ 89,90 e saída de praia super digna também por R$ 89! Aliás, a moda praia da Renner tá BEM boa viu! Dica 07 – Ariany Duas blusinhas super fofas para compor mais looks de trabalho no verão! As duas da C&A por R$ 29,90 a estampada e R$ 39,90 a listrada! Muito barata! Dica 08 – Mariana Conta Mari, o que você aprontou? ¨Oi Cony! Leio o blog já tem um bom tempo, e já aproveitei mts dicas! Depois de ver seu post semana passada sobre a pré-coleção da C&A passei em duas lojas aqui de Recife, nos shoppings Plaza e Riomar, para conseguir todas as peças que gostei. Ameeeeei demais o modelo desse vestido, e se tivesse em outras estampas teria levado! Cada um custou 89,90 e o colorido passa total por Farm, tanto que fui em um aniversário de criança hoje e me perguntaram de onde era o vestido, e quando disse que era C&A falaram que juravam que era Farm! As camisas estampadas custaram 79,90 e tb são do mesmo modelo. Elas tem a manga sino, sabe? E a branca é linda demais com essa detalhe nas mangas, e tb custou 79,90. Outra dica desse fim de semana também é que abriu aqui em Recife aquela loja Estoque, que é ponta de estoque da Le Lis Blanc, Bobô, John John, etc. Atualmente está tudo com 60%, mas soube que alguns dias atrás estavam com 80%! Acabei comprando apenas esse short jeans super clássico, que não fica curto, de aproximadamente 375 por 150! Ótimo não? Beijão!¨ AMEI AS CAMISAS ESTAMPADAS! Que onça trilhardária é essa? E o vestidinho realmente é muito fofo! Lindos os achados de hoje! Eu achei, vocês concordam? E quem quiser participar já sabe: email para constanza@futilish.com, no assunto colocar DICA DA LEITORA, foto em boa qualidade pelamordedeus, nome da loja e preço que pagou! E meu rotineiro obrigada a quem participou deste DDL!

  • Tomando Banho de VERDADE!

    Existe algo mais gostoso que um bom banho, daqueles profundos, com sabonete cheiroso, espuminhas, esfoliantes corporais e óleos? Não, não tem. Eu tenho um monte de produtos no box e cada dia vario, pois gosto de deitar (sim, meu banho é a noite, me deixem rs) sempre com um cheirinho gostoso e a pele macia. Pele macia… não sei vocês mas eu amo banho quente! Mesmo no verão, não tomo banho gelado de jeito nenhum, e nessa minha mini sauna aproveito para fazer a sessão limpeza profunda: esfolio joelhos, cotovelos e bumbum com um produto mais potente, e o restante do corpo com outro mais suave. Claro que não faço isso todos os dias, e nem pode, mas umas duas vezes por semana faço sim! Esfoliar o corpo não é tarefa muito fácil. Ou melhor, é, mas pode ser potencializada. E achei um produto no Walmart.com que é PERFEITO para deixar a pele macia e sedosa, igual tratamento de SPA! O Massageador Complete Bath da Relaxmedic é 100% a prova dágua (claro rs), usa 3 pilhas AAA e acompanha 5 acessórios: um para massagem (alívio e relaxamento, ótimo para os ombros e nuca… nossa, até fiquei mole só de imaginar rs) outro para limpeza (para aplicar sabonetes e cremes), um de esfoliação (esse muito me interessa, bom que dá para alcançar áreas mais difíceis e não cansar o braço sabe?), uma escova massageadora para limpeza mais profunda e por último um que as japonesas iriam adorar, uma esponja para limpeza e esfoliação mais suave. Falo que elas adorariam pois as japas AMAM tudo que faz espuma, muita espuma! E novamente tenho preço especial para as leitoras do Futilish! Usando ESTE LINK você consegue comprar o Massageador Complete Bath da Relaxmedic por R$ 79! É o melhor preço da internet gente, fiz questão de conferir em todos os concorrentes! Também vou comprar um, pele macia e gostosa é prioridade na minha vida… e pra ser bem sincera, cansa muito ficar usando aquelas luvinhas e fazer os movimentos circulares certinhos. Esta promoção é só até quarta feira que vem, dia 28/01! Eis o tipo de produto que vale a pena ter para aqueles dias que a gente quer se cuidar um pouquinho mais!

  • Fala Que Eu Te Escuto!!

    O original! Não é chora e nem sorria, é aquele espaço onde vocês podem tirar suas dúvidas de make e moda! Hoje quem pede socorro é a Isabelle! “Oi Cony para começar gostaria de dizer que sou super fã do blog. Adoro você e sigo desde o comecinho, no Flickr. Queria te pedir um Fala Que Eu Te Escuto que para mim está sendo muito complicado e só você pode me socorrer. Agora no dia 03 de Fevereiro estou embarcando para Dublin para realizar meu sonho que é fazer um intercâmbio. Minha decisão final de ir para lá foi depois da sua experiência maravilhosa na Irlanda. Vou sair de BH ás 19 horas e fazer escala no Rio durante 3 horas, o grande problema é que saio nesse mega verão do Brasil e chego em Dublin em pleno inverno na Irlanda. E eu não tenho ideia que look de aeroporto posso usar pois vou ficar quase 13 hrs no avião, ele tem que ser confortável, fresco para não morrer de calor no Rio e ao mesmo tempo tem que aguentar a escala de Londres e também o frio de Dublin. Me ajuda please! Beijos” Minha amada Irlanda!!!!! Olha só, para tudo dar certo, sua mala deve conter um item muito especial e importante: EU! hahahahahahaha Aceito ir dobradinha, até emagreço se for o caso para não ocupar muito espaço rs. Não se desespere com seu look de aeroporto, será bem tranquilo e confortável, apenas terá que levar algumas coisas extras na mala de mão! Vamos começar pela roupa que irá vestida? Aconselho legging preta, uma de tecido mais grossinho para não marcar nada e nem ficar transparente, porém que seja confortável. As da Zara são as melhores do mundo! Se for comprar para viajar, já compre duas. Vai usar bastante. Não gosto de calça jeans em viagens longas pois abafa as partes baixas e não será nada legal chegar ao seu destino sofrendo as consequências rs. Lingerie confortável. Nem pense em estrear aquele sutiã novo ou calcinha de rendinha. Vá de algodão mesmo e até uma calçola maiorzinha! Para suportar o calor das escalas nacionais, camiseta. De malha mesmo, da cor que preferir. Eu iria de listrada mas pode ser uma colorida, branquinha, com estampa… E mais compridinha para cobrir o bumbum tá? Ainda pensando nas escalas nacionais, escolha uma sapatilha, tênis, ou slip on. EU, Constanza, não gosto de rasteirinha em aeroporto. Acho que suja o pé e como a viagem será longa, não é nada agradável ir com pé sujo. Para não ficar um look sem graça, use um colar comprido, com um pingente bonito porém simples para dar um toque na camiseta. Pulseiras e relógio desde que você tenha o costume. E saiba que vai apitar no raio X. Pronto, parte nacional ok. E na mala de mão? O que levar?? Preste atenção nesta parte pois é ela que vai segurar seu frio durante a viagem e na chegada! Uma troca de lingerie. Eu sempre levo duas calcinhas na mala de mão… vai que acontece algum desastre né? E absorventes diários também. Meia soft, daquelas fofinhas para esquentar os pés no avião. Para o trecho longo da viagem, você pode embarcar com sua sapatilha ou tênis mesmo, e no avião tirar o sapato e ficar de meia. Os pés incham muito, mais ainda se ficar o tempo todo com o calçado. Uma bota sem salto, fácil de calçar e bem confortável. Quando chegar ao destino, guarde a sapatilha e calce a boa. Pode até ser com a meia soft, mas se quiser tudo novinho, leve também um par de meias extra. O modelo de bota que mais gosto é a motorcycle (de cano curto e boca larga) Uma camiseta extra. E como vai para lugar frio, leve uma camiseta de malha térmica. Não faz volume na mala de mão e esquenta bem. Um suéter de lã (se for fininho melhor ainda) ou moletom. Pashmina ou lenço grosso, para se cobrir no avião caso necessário e para usar quando chegar no frio. Jaqueta de couro. Eu sempre opto pela jaqueta de couro. Coloco a blusa térmica, o suéter de lã e a jaqueta por cima. Arremato com a pashmina bem enrolada no pescoço. Se não confiar seu frio numa jaqueta de couro, leve um casacão. Meia calça grossa. Chegando ao aeroporto de destino, você coloca ela antes de sair pra rua. Luvas, touquinha… Eu sempre esqueço as luvas e sinto muita falta delas! Pode parecer muita roupa de frio, mas é melhor prevenir! Eu não abriria mão da camiseta térmica (de manga longa), do casacão ou jaqueta de couro e da pashmina. Agora vejamos alguns looks prontos? Tenho visto MUITO as celebs usando um cozy para viajar (esse casaco comprido e aberto). Farei post específico sobre ele. Vi tanta foto bacana, ele tem TANTA cara de look de viagem, que me peguei fortemente desejando um. Sim, sou vítima dos meus próprios posts hahaha. Esqueça os saltos das fotos e preste atenção às cores neutras e na simplicidade das produções. Legging preta com sapatilha, bota ou slip on. O último look é muito minha cara. Ah, a Hering tem uma calça de moletom que imita jeans mega confortável para viajar! É uma alternativa para quem não se dá bem com leggings. Gosto muito dos looks de aeroporto da Thassia Naves, sempre dou uma espiadinha para me inspirar! Novamente reparem nas cores neutras e na legging, sempre presente! O último look não é de aeroporto mas bem que poderia ser, com suas devidas alterações (uma bota mais confortável e uma bolsa maior). É isso Isabelle, epero que tenha ajudado e tome muitas Guinness no Temple Bar por mim viu? E se alguém tiver mais dicas do que usar em viagens com destinos congelantes, conte nos comentários!

  • A Importância do Cabide!

    Vocês já sabem que adoro uma arrumação né? Não tanto da casa (não levo muito jeito rs), mas gosto de ter minhas coisinhas todas arrumadinhas e de fácil alcance. Fico louca em lojas e sites de organização, passo horas procurando dicas e inspiração no Pinterest, sempre procuro otimizar meu espaço porém sem perder a funcionalidade. Logo que comecei a me importar mais com minhas coisas, vi algo que me incomodou muito. Eu tinha vários cabides de cores diferentes, de estilos e materiais que não tinham nada a ver um com o outro. Isso dava a impressão de bagunça, de desleixo e o que fiz? Troquei TODOS meus cabides. Mas TODOS, todos mesmo. Comprei de cara 4 caixas daqueles de veludo, fininhos, que ocupam pouco espaço e seguram a roupa. Na época comprei no Sam’s Club num precinho mara, coisa de 60 reais por 60 cabides, algo assim. De vez em quando ainda aparecem mais dessas caixas por lá, um tico mais cara, mas ainda compensa muito mais do que em outras lojas que chegam a vender esse cabide a mais de R$ 5 a unidade. Enfim, onde quero chegar com esse bla bla bla. Mexendo em papeis antigos, achei uma matéria bem interessante da minha época de curso de Personal Stylist que falava justamente sobre a diferença e a funcionalidade dos cabides. Vocês já devem ter visto vários tipos por aí e hoje vamos aprender para que serve cada um deles e quais suas vantagens. Ou não. Cabide Número 1 – Esses que tem as bases largas e um pouco caídas, são bons para pendurar ternos e blazers, para modelar bem o ombro e evitar marcar e deformar as roupas. Eles podem ser tanto de madeira ou plástico, os de madeira ficam mais bonitos! Cabide Número 2 – Com presilhas. Perfeito para pendurar saias, blusas tomara que caia, calças de tecido delicado… A única coisa ruim é que os prendedores marcam a roupa. Se tiver paciência, coloque um papelzinho entre o tecido e a presilha! Cabide Número 3 – Perceberam que a barra é mais grossa? Esse modelo é ótimo para pendurar calças e evita os vincos. Cabide Número 4 – O modelo mais comum. Serve para tudo porém perde um pouco de vantagens em relação aos mais específicos. Os que tem essas garrinhas na base servem para pendurar as roupas que tem aquelas fitinhas sabem? Nunca uso rs, corto todas! Eu particularmente não gosto muito desse modelo transparente… Acho gordinhos e ocupam espaço!   Três modelos de cabide para FUGIR! Esse primeiro, com presilhas é muito frágil! Só segura uma coisa de cada vez e convenhamos que para aproveitar espaço é bom pendurar 2 ou 3 saias juntas. Fora que é feio. Outra coisa ruim… tente tirar um cabide desses do meio dos outros… Agarra TU DO! Sem chance, já tive e detestei. Cabide com presilha, para mim, tem que ser de madeira.  Cabide preto, de plástico. Como diz minha amiga, cabide lavanderia rs. Feio, quebra fácil, marca a roupa. Cabide de arame: simplesmente não. Marca MUITO a roupa e com o tempo deforma, ficando horroroso. E se for cabide de arame AND colorido, aí que eu corro mesmo rsrs   Os cabides que uso são esses! De veludo e beeeem fininhos. Vantagens: a roupa não escorrega, não ocupa espaço, visualmente é ok. Desvatagens: pode marcar a roupa em alguns casos, como são muito fininhos, ao colocar vários juntos vira um bololô para tirar. Ele ainda tem uma garrinha logo abaixo do gancho, para pendurar um cabide em outro e ganhar mais espaço mas não achei muito funcional! Na hora de tirar o cabide, essa garrincha prende nas roupas e vem um monte de coisa junto. Seria funcional caso tivesse um bom espaço entre eles, ou no caso de pouca roupa. Para quem tem muito, não rola. E outra coisa, como ele é fino e dá para aproveitar bem o espaço do armário, a gente sempre acha que cabe mais coisa e vai entupindo o guarda roupa… No final, fica quase impossível pegar um cabide só. E os meus tem quebrado na parte do gancho, talvez pelo peso.  De todos os cabides acima (e já usei praticamente todos), gosto mais dos de veludo e os de madeira com presilhas. Não misture cabides, fica feio. Tente usar sempre o mesmo modelo! Para quem tem cabides comuns e reclama que as roupas escorregam, uma dica é colocar um elástico (desses de prender dinheiro) em ambas extremidades. Isso vai segurar a roupa no lugar! Camisetas não precisam de cabide (viu Dona Constanza??) O ideal é uma peça por cabide, para não amassar as roupas. Dependendo do volume de peças, até duas dá para pendurar no mesmo cabide. Eu penduro até três, mas amarrota muito mesmo. Roupa amassada? Steamer nelas, essa foi uma das minhas melhores aquisições! Steamer e cabides para mim são parentes de primeiro grau e um não vive longe do outro rs.  Os cabides forrados, com cetim e lacinhos são lindos. Para crianças. É isso! Se alguém tiver mais dicas de cabides, pode falar nos comentários!

  • Índice de Dicas do Chile!

    Achei a forma mais fácil de responder a pergunta de sempre: Posta dicas do Chile?? Já fiz tantos, mas tantos posts que nem sei mais o que indicar. Os passeios continuam os mesmos, as épocas de promoção também, o clima, só Deus sabe! Então resolvi fazer este postão reunindo tudo o que já falei sobre minha querida terra aqui no Futilish, e quando tiver dica nova adicionarei aqui. Em breve colocarei um banner com link direto para este post na barra lateral do blog, então quando bater a dúvida, é só clicar no banner e PÁH, tudo atualizado. Sou ninja, sim ou sim?? rsrs La Moneda Parque Forestal de Santiago Vamos lá, todas as dicas do Chile que já passaram por aqui (começando com as mais recentes)! Comendo Como Os Chilenos – Dicas de comida típica! LINK Duas Vinícolas Diferentes – LINK Lojas no Chile – LINK Forever 21 Chilena – LINK Lagos Andinos – LINK H&M Chilena – LINK Passeio pelo Barrio Itália em Santiago – LINK Dica de Restaurante em Santiago: Osaka – LINK Passeio no Pueblito Los Dominicos em Santiago – LINK Dica de Restaurante em Santiago: Aqui Esta Coco – LINK Dica de Restaurante em Santiago: Como Água Para Chocolate – LINK Itens de Decoração Baratinhos – LINK Delicatessen Maravilhosa em Santiago: Coquinaria – LINK Shopping Costanera Center – LINK FAQ Chile (post com as dúvidas mais comuns) – LINK Restaurantes no Chile (Como Água Para Chocolate, Casa Doña Paula e Aqui Esta Coco) – LINK Museu da Moda em Santiago – LINK Outlets em Santiago – LINK Dicas Gerais do Chile – LINK Dica de Loja de Casacos de Inverno – LINK   Deserto do Atacama (Norte do Chile) Saltos del Petrohué (Sul do Chile) Huilo Huilo (Sul do Chile) E o pôr do sol de toda praia chilena… E vendo esses links percebi que ainda faltam umas coisinhas sim (como por exemplo minha viagem para Huilo Huilo). Irei postando e atualizando este índice ok? E se gostarem, farei índice com as dicas de todas minhas outras viagens também! Leia-se Inglaterra, USA, Japão, Aruba, França, Irlanda…

  • Ideias de Looks para Trabalhar no Verão!

    Cena diária: arremessar o despertador na parede, levantar lentamente e pensar: força… sexta feira tá quase aí. Em seguida ir ao banheiro, fazer as necessidades, subir na balança e pensar: aff… mesmo peso, mas ontem comi tão pouco… Lavar o rosto, olhar no espelho, espremer um cravo, reparar na ruga nova, dar uma penteada no cabelo. Para quem toma banho de manhã, banho. Eu tomo a noite, todos os dias, gosto de deitar limpinha e sentir o lençol me abraçando cheirosamente rs. Já com um pouco mais de ânimo, ir para o quarto, enrolada na toalha, abrir o armário e pensar: o que que eu vou usar hoje? Nisso você repara que JÁ está suando, já está toda ruim, melando, derretendo e a vontade é de ficar pelada na frente do ventilador ou voltar pra cama com o ar condicionado no máximo. Mas não dá. O dever te chama. E pior que a chamada do dever é escolher o que vestir para ir trabalhar nesse calor absurdo, pensando em todos os perrengues até chegar ao trabalho e poder respirar novamente ar. Ar condicionado. Pensei em várias situações: gente que vai de ônibus, de metrô, de carro, a pé e todos os looks abaixo podem ser adaptados a realidade. Porque trabalhar de calça jeans não dá! Ah, e tudo tá facinho de achar nas nossas queridas lojas de sempre. Cores neutras. Sempre é mais fácil montar um look decente e chique se as cores forem neutras. Para este calorão invistam em tons claros (off white, nude), caramelo, azul. Isso se o seu trabalho for mais formal, caso contrário, pode jogar uma cor. Dos looks acima, muito me agrada o do meio, pois é simples mas muito elegante. E OLHO, todos esses tipos de roupas achamos facilmente nas fast fashion da vida. Calças de tecidos leves e estampadas. Minha paixão para o verão! Prefiro as que tem a boca mais afunilada (skinny não), para poder dar aquela viradinha na barra e usar com sapatilhas, rasteiras e até mesmo salto, caso seu trabalho permita e você esteja acostumada. As calças leves e esvoaçantes que tem a boca larga ficam melhor com salto que pode ser uma anabela para ficar confortável, ou até rasteira mesmo, desde que você seja alta. O modelo que mais gosto é o que tem elástico na cintura, tecido beeeeem levinho, estampa em cores mais sérias e barra mais justinha. Daí é só colocar uma camiseta básica ou uma regatinha e pronto. Look feito. Bermudas! Porque não? Lembram que contei que a última fashion week estava lotada delas? Pois é, e já vi na Renner! Aproveitem! Ainda mais quem tem que pegar ônibus ou metrô e não se sente muito a vontade em usar saias e vestidos. Escolham um comprimento entre o joelho e o meio da coxa. Pernocas depiladas e um bronze ajudam o look ficar mais bacana. Quem achar que tem a pele perebenta, manchada. com celulite ou com vasinhos e tem vergonha, experimente daqueles sprays de maquiagem para as pernas, já falei de um AQUI. Ou pegar sol mesmo. Fica belo. Vestidinhos! Sem decote e não muito curtos. Nos pés, anabela ou sapatilha. Acredito que rateiras deixam o look muito informal. Deixem para por os dedinhos pra fora no final de semana. A maravilhosa dupla saia e blusinha. O comprimento da saia irá variar conforme seu estilo e seu trabalho. Mini saia nunca, a não ser que você trabalhe na praia ou seu emprego for muuuuuuito informal e te der liberdade para isso! Decote, ou muito pouco ou nenhum… Blusinhas claras irão complementar super bem qualquer bermuda, calça ou saia. Procurem de tecido, visualmente fica melhor que malha. Tipos de blusas que devemos ter para trabalhar no verão: regatas (de alça fininha caso consiga usar um sutiã tomara que caia), blusinhas claras de manguinha e gola redonda, um modelo que parece uma camisa sem manga (AMO! Na C&A e na Zara tem várias), regatas de malha, regatas mais secas e certinhas no corpo (pode ser com a alça mais larga para poder usar sutiã sem ele aparecer) e camisas leves com cores e estampas de verão. Saias, como falei acima, o comprimento e o modelo vão depender do seu gosto. Mas sempre lembrando que está indo trabalhar, o ideal seria que ela fosse quase no joelho. Saia longa para trabalho não me agrada muito… Vestidos longos também não… mas tudo depende do grau de formalidade né? Bermudas e calças! Calças estampadas, leves, tecidos finos, cores claras, ou até escura mesmo, desde que não muito justa para não passar a sensação de desconforto no calor. No meu instagram (@futilish) tenho postado alguns looks de trabalho para este verãozão. Meu dia a dia não exige muita formalidade então as vezes uso uma saia mais curta ou um macacão mais decotado. O que não abro mão é do conforto e de peças mais larguinhas. Coisa justa no calor, para ficar o dia todo na rua, não dá! Espero que tenham gostado e consigam montar looks frescos e confortáveis para a labuta diária!

  • Beijinho No Ombro Pra Vocês

    Esses dias uma leitora me disse: Cony, vê a Valesca Popozuda na TV, ela tá com um look que é a sua cara! Fiquei intrigada. Como que uma funkeira poderia estar usando algo no meu estilo? Não me considerando melhor ou pior, apenas que são estilos beeeem diferentes e não consegui imaginar uma Cony Popozuda Style. Fui dar uma espiada nos looks de Valesca (gente, sou a pessoa mais por fora de assuntos de TV no mundo, só para terem uma ideia, deve ter uns 3 meses que não ligo a televisão do meu quarto) e realmente vi vários looks que eu usaria! Começando pelos looks que eu NÃO usaria! Eis a Valesca antiga, a que não se preocupava muito com suas roupas ou como ela mesma disse, quando ¨achava¨ que entendia de moda. Depois de um tempo, ela procurou uma personal stylist e mudou radicalmente sua forma de vestir! Observemos…  De 2012 para cá, a moça deu uma bela reformulada nas suas roupas. Vi em uma entrevista ela contando que passou a comprar todas as revistas de moda e prestar mais atenção no que se estava usando na temporada. Porém, ela afirma não ser uma fashion victim, pois não usa algo que não a favorece só porque está na moda. E ainda conta que a sua maior paixão são os sapatos! Incrível a mudança né? Valesca não deixou a sensualidade de lado, claro, ainda abusa de roupas justas, curtas, transparências e decotes mas de uma forma MUITO mais clean e elegante! Reparem nas cores, nas modelagens, nas composições!  E o tapa final foi um belo long bob! Gostei muito do trabalho da personal stylist da Popozuda, que com todo o respeito, a transformou numa piriguete chique hahaha. Virou exemplo para tantas outras que ainda estão perdidas num mundo de decotes sem fim e transparências uterinas. O que acharam dessa transformação?

  • E a Celulite Diminuiu!

    Lembram quando reclamei horrores da celulite neste post? Pois é, continuo reclamando hahahaha, mas não tanto. Preciso contar que finalmente vi resultado em um tratamento! Ou um conjunto deles, mas acredito piamente que um foi essencial. Primeiro deixa contar o que fiz no final do ano passado. Eu “moro” em Betim mas passo o dia todo em BH. Mudar é uma questão que será resolvida em breve, mas tenho meus motivos para ainda continuar em Betim (um cidade da região metropolitana, coisa de 30 minutos até a capital). Enfim, em Betim malho com personal, mas não tenho frequência. Eu mando whatsapp e pergunto se posso ir. Minha personal é uma querida e super entende minha agenda louca, minhas viagens de última hora e meu cansaço constante (beijo Alê da Transpiração). Como vou muito para Belzonte, às vezes ficava com horários disponíveis na agenda e pensei que poderia fazer algo mais produtivo que ficar batendo perna em shopping e correndo o risco de gastar a tôa rs. A questão era: queria fazer várias coisas, porém que fossem perto uma da outra e que não fosse muito caro. Perguntando e pesquisando, me contaram que existia um SPA na Av. Bandeirantes que possuía vários tratamentos. Era o SPA Bella Donna, que eu já conhecia de nome. Fui lá e fiquei impressionada com tantas coisas… o lugar (lindo e bem cuidado), o atendimento, a variedade de tratamentos e tem até academia! Quando falo de variedade de tratamentos não pensem que é só massagem, drenagem etc. Lá tem, além disso tudo, salão de beleza, dentista, nutricionista, pilates, dermatologista! Tudo em um único lugar e outra coisa que ganhou meu coração: estacionamento grátis hahahahaha. Sério, considero estacionamento grátis tão importante quanto frete grátis em compras online. Quer coisa mais chata que ficar procurando vaga ou pagar uma mini fortuna para parar o carro? Pois é, lá você chega, entrega as chaves para o manobistra e pronto, daí é só entrar no templo da beleza. Peguei o Pacote Verão, praticamente um tratamento de choque para esta época onde o corpitcho fica mais exposto. Neste pacote estão incluídas 40 sessões de tratamentos estéticos, 40 sessões de fitness e 8 consultas com a nutricionista. Fizeram uma avaliação e ouviram meus lamentos sobre a celulite e logo indicaram o Vela Shape e o Cellutec, além de drenagem. Aliado a isso, uma boa alimentação e malhação! Para malhar, escalaram a Glenda para me aturar e gzuis, como sofro com ela… Pega pesado MESMO. Como fiquei com duas personal (uma em Betim e outra em BH), alinhamos os treinos para um dar sequência ao outros. A avaliação nutricional foi boa, mas tipo assim, eu já sei quase tudo né? rs De tanto ir em nutricionista, sei de cor e salteado o que devo e o que não devo fazer. E sei também que meu erro é justamente não comer de 3 em 3 horas. Eu tento, tem dias que consigo, mas em outros estou tão corrida que nem dá tempo para almoçar. E taca-lhe puxão de orelha da nutri. Agora, o que fez A diferença na minha celulite acredito que foram os tratamentos estéticos. Logo na primeira sessão de Vela Shape notei a pele mais macia, lisa e firme sabe? Tenra rs. O Cellutec também é legal, mas meu amor ficou por conta do Vela. O Vela Shape é um conjunto de 3 tratamentos: radiofrequência, endermologia e luz infravermelha. Cada um desses tratamentos foi explicado AQUI. A maquininha tem uma ponteira que faz esses três serviços em conjunto. E não vou mentir, DÓI e olha que sou até bem resistente a dor. Mas mexer na celulite dói muito, parece que está arrancando a alma, mas… dá resultado, então pode doer rs. A moça me perguntava: quer que diminua a frequência? E eu não deixava rs. Logo depois da sessão de VS (que dura uns 50 minutos), ela faz uma drenagem maravilhosa para esquecer dos problemas da vida. Antes de ir pro Chile fiz metade do pacote, sendo ginástica com a Glenda por uma hora e depois uma hora de estética, isso duas vezes por semana e no final dessa mini temporada, consegui voltar a usar short! Sério gente, estava com TANTA celulite que tinha vergonha de usar shortinho e saia curta, o que para mim é terrível pois amo usar meu shortim… Acredito que minha celulite melhorou uns 60%! E olha que ainda nem terminei meu pacote. Esta semana devo voltar ao SPA Bella Donna para terminar o tratamento de choque, desta vez mirando no carnaval! Claro que se parar, o corpo não segura sozinho. O esquema é cuidar da manutenção, não descuidar da alimentação, continuar se exercitando, beber bastante água e fazer uma sessão de Vela Shape pelo menos uma vez por semana.  Quando estiver melhor, uma vez a cada 15 dias. De todos os tratamentos estéticos que já fiz, com certeza foi o Vela o que deu mais resultado. Apesar da dor (que no meu caso era devido a grande quantidade de células inflamadas) o resultado é muito bom! Agora vou mostrar um pouquinho do SPA Bella Donna, meu templo-da-beleza-tudo-num-único-lugar!  Salinha clara para os tratamento estéticos mais punks, mas na hora de relaxar eles ligam essa luzinha azul e tudo fica estrelado! E tem muito mais, só não fotografei o SPA todo rs. Para quem for de BH, vale a pena dar uma conferida nos tratamentos que o SPA Bella Donna oferece. Tem para todos os gostos e os preços são bem convidativos! Principalmente quando se tratar de pacote, compensa bastante.  E quem não for de BH e estiver lutando contra a celulite, tente o Vela Shape. E beba MUITA água.

  • Dica da Leitora Parte II

    Vamos para a segunda parte do DDL Especial de Final de Semana? Dica 01 – Bárbara A Bárbara do Dicas com Glamour fez O achado do verão! Alpargata MARAVIIIIIIIIIIII da Riachuelo por 19 REAIS! Gente, que sapato que hoje em dia custa 19 reais? Nem chinelo!!! E a cor e estampa são lindas! Vamos lá: tã na nãaaaaaaaa, tã na nãaaaa Dica 02 – Natália Posso morrer?? Bolsa paetizada rycah da Renner de 129 por 49! E quero morrer porque comprei na Renner mesmo, uma beeeem parecida por 119, isso há dois dias… Dica 03 – Camila A Camila foi na C&A e… Comprou um blazer de onça rycah por R$ 89,90 e viu aquelas sandálias lindas da última parceria da C&A (que me fugiu o nome, ajudaê) por R$ 119 (preço cheio ainda). Achei belíssimas! Dica 04 – Ludmila Lembram do post da saia trumpet? A Lud cismou que cismou que queria uma e conseguiu! Lá na C&A do Norte Shopping no Rio. De onça apresentável por R$ 29,90!! Tá mais pra onça esperta viu, porque a Lud falou que veste suuuper bem! Dica 05 – Melissa AMEEEEEIIII ESSA SAIA!!! Os dois colares são da Forever 21 de Porto Alegre, sendo o de cima por R$ 39,90 e o de baixo por R$ 59,90. A saia maravi de tudo é da Shoulder, de neoprene, e custou R$ 140 (100 reais abaixo do preço normal). Muito linda viu? Arrasou nas escolhas! Dica 06 – Nayme Pra quem gosta de brilhar na night! Short de paetês da Marisa por R$ 29,90!!!! Com uma camisa preta meio transparente hein??? Ou regatinha… Tombou as inimiga. Dica 07 – Carolina AMO/SOU roupas de gym da Nike! ¨Ei Cony, decidi não me presentear no Natal, pensando nas promoções típicas após a data. Numa troca de presentes da minha irmã, fui a Nike Store do Shopping Boulevard e encontrei algumas peças que não resisti, já que pratico corrida e acabo “gastando” muita roupa. Veja se aprovam, fufuzetes! Short verde: Na etiqueta estava R$ 49,90, e estava com o desconto de 40%. Foi pra R$ 29,94. Short cinza: Estava de R$29,90 por R$17,94. O vestido super confortável estava na etiqueta por R$139,90, na hora de passar no caixa saiu por R$69,90, mais o desconto de 40%, sai por R$41,94. Muito barato! ¨ Adorei tudo! Principalmente os shortinhos… nesse calorão, são os melhores amigos para malhar! Dica 08 – Glaucia Gente, essa dica chegou no Natal, mas quem sabe ainda tem? Achei dignos! Dois short saia, da Renner, por R$ 79 cada um! Esse branco tá fofo hein… Dica 09 – Giovanna Essa dica também é antiguinha, mas passei na C&A semana passada e ainda vi dessa bolsa! Bucket bag, ou bolsa saco, por R$ 79,90! A cara do verón! Overdose de DDL no findi hein! Mas já tô em dia! Podem mandar seus achados para constanza@futilish.com, com preço e nome da loja. E please… foto boa tá? Ah, no assunto, colocar DICA DA LEITORA! Bjs!

  • Dica da Leitora!

    Aêeeeee, o primeiro dica do anoooo! Olha que ontem dei uma passada rápida no shopping e vi muita coisa interessante nas fast fashion, acredito que esta temporada será boa e recheada de comprinhas inteligentes! Dica 01 – Ludymilla A Lud passou na Renner e o que ela achou por lá? UM MACAQUINHO! Amei Luuuuddd! Também quero hahahaha E o precinho??? 89 pilambas!! E ela contou que o tecido é ótimo. Todas correndo pra Renner… eu vou! E esse é atemporal, vai dar para usar por muito tempo! Dica 02 – Samira Liqui na Zara! Adoro, mas confesso que tenho uma preguiiiiiiça! A loja fica toda bagunçada. Tem que ir cedo, logo que abre! R$ 119 cada. Adorei os dois, talvez um pouco mais o vermelho. Dica 03 – Glaucia Mais Zara! Vestidinho preto maxi mega ultra necessário por R$ 79,90 e sapatilha fofa por R$ 49! AR RA SOU! Preço ótimo para as duas coisas! Dica 04 – Bruna Dia desses postei um look do dia no Instagram (já segue né? Se não segue, deveria rs @futilish) e era com uma regata da Zara que AMO de paixão! Tenho uma cinza e uma preta e cuido muito delas pois a malha é ótima e nunca mais vi igual por lá. Daí que a Bruna comentou que achou a MESMA regata no Ali por um mini preço. Quanto? US$ 3,41!!! NADA! Neste link. Dica 05 – Beatriz Conta Bia, o que achou por aí? “Oi Cony! Dica online vale né? hehe Estava precisando de uma mochila para a faculdade e encontrei essa bem linda fuçando na internet! Ela é do site Elo7, que reúne várias lojinhas de produtos artesanais. Comprei na loja Vikley por 98 reais + frete. A mochila é bem espaçosa, de ótima qualidade e macia!  A alpargata é Santa Lolla, comprei na Dafiti e paguei R$109,90. Achei super linda e é bem confortável! Adorei minhas comprinhas, espero que as leitoras gostem tbm! Aproveito o email pra dizer que AMO o Fufu e adoro todas as dicas e quadros do blog! Grande beijo, Beatriz.¨ Mochila LINDA! E a sapatilha??? Meu amor por listras diz que ela é sensa rs Dica 06 – Natalia Ou mais conhecida como ¨a louca dos vestidinhos¨ rsrs. Brincando viu Nati? Também AMO um vestidinho! Tudo na promo. Da esquerda para a direita: cobra rica na C&A por R$ 49 (vai ficar lindo com um cinto fininho!), Animale na OQVestir por R$ R$ 268 com 50% de desconto e onça muito bem de vida por R$ 89 na C&A! Adorei TO DOS! Dica 07 – Kênia Menina, quando vi suas fotos soltei um: Nossa que foto BOA! Adorei! Clarinha, clarinha… bom vamos à dica. Slip on de outra onça muito bem de vida, desta vez da Riachuelo, por R$ 79! Ótima compra, ficou linda no look! Dica 08 – Raísa Vejamos se prestaram atenção no post com os nomes das bolsas. Qual é o modelo da bolsa abaixo?? A Raísa achou essa bolsa XXXX na Zara por R$ 119! A cor é linda e ela contou que o tamanho é médio. Outra boa compra. Pelo jeito a sale da Zara tá bombando hein… Dica 09 – Ana Vou contratar a Ana para fazer publieditorial, ela me convenceu a comprar o produto hahahahaha ¨Oies Cony, vim compartilhar uma comprinha. Seguinte, desaprendi a usar bolsa grande no dia-a-dia ja algum tempo, não sei, muito calor, peso da bolsa pra lá e pra cá, levar um monte de coisa que a gente não precisa, etc… Resolvo muito das minhas coisas a pé e tenho procurado algumas bolsas pequenas que não sejam tão pequenas assim, que caibam o mínimo necessário com dignidade, sem ter que puxar uma coisa e tirar/cair todo o resto. Aí achei essa (perfeita) na Renner, o espaço interno é perfeito cabe tudo de mais imprescindível, carteira, chave, celular, cabe até minha sombrinha (#velhafeelings rsrs consequências de se resolver tudo a pé), tem as duas formas de usar a alça tanto mais longa, esticada quanto mais curta, o fecho é super prático fora que é linda demais, a cor é um caramelo clarinho.  É inspirada na bolsa da Chanel obviamente mas não foi isso que me fez compra-la, até porque alça de corrente é desconfortável pra se usar por muito tempo, machuca o ombro ao longo do dia, arranca os fios de cabelos, etc mas por incrível que pareça essa não. A alça não machuca em nada, não pega o cabelo, é super confortável, uso todo dia o dia todo e é super levinha (de couro fake).  A única coisa ruim é que a alça veio enooooorme mas foi só levar pra encurtar e resolveu. O preço dela é R$79,90 e tb tem dela na cor preta com a alça dourada. É isso, te adoro, adoro o blog, adoro suas dicas, adoro seus textos, suas opiniões no ‘chora que eu te escuto’ e morro de ir contigo no feici. Desejo só o melhor nesse novo ano. Beijão, Ana.¨ Feliz ano novo pra você também Ana! Curti muito a sua bolsa, boa mesmo para usar no dia a dia e ficar arrumadinha, mas fiquei pensando… sério que cabe uma sombrinha aí??? O tamanho deve ser muito bom mesmo! Dica 10 – Monalisa Morro com os emails da Mona rsrs ¨A pergunta do blog que nunca irá calar: Cony, minha onça é rica ou pobre.  Achei ela trilhardaria, tem até  pelinhos kkkkkkk. Papete da Shoestock de R$ 259,00 por R$ 99,0. Musiquinha  da vitória 1. E como boa leitora,  se gostamos de algo compramos 2 vezes com estampas diferentes. Slip on da Coca Cola, de R$ 111,0 por R$ 50,0 cada. Musiquinha da vitória 2. Bjooo¨ Sim Mona, sua onça é trilhardária e ainda ostenta pelinhos e ferragens douradas gordinhas hahahahaha. Somos loucas, sim ou sim? Curtiram? E ó, provavelmente teremos um DDL Extra, talvez amanhã, ficou muita dica pra trás pois deixei acumular nas férias… não me xinguem!

  • Dignidade na Praia

    … ou na piscina! Me conta um coisa… tem coisa PIOR do mundo do que receber um convite de última hora para ir numa praia, clube ou piscina e estar com a depilação vencida??? O que que a gente faz? Sai correndo comprar uma gilete na esquina, faz de qualquer jeito e depois fica com a virilha toda irritada, pele grossa e escura né? Eu resolvi meu problema com duas coisas: laser e depilador íntimo. Como não sou frequente com o laser, ainda aparecem alguns pelos que me recuso a tirar com cera ou lâmina de barbear. Descobri esse Depilador Íntimo da Philips e amei TANTO mas TANTO que não sei como vivi tanto tempo sem ele! A maior vantagem é que dá para usar no chuveiro, ele não tem fio então não tem problema nenhum de molhar. Você deixa ele no chuveiro e faz sua depilação sempre que necessário, sem dor e sem machucar a pele. É FAN TÁS TI CO! Esses dias quase morri quando fui usar o meu e ele não ligava… Quase chorei achando que tinha estragado mas depois lembrei que nunca tinha recarregado o aparelho hahahahaha. A carga dura muito muito e depois de vários meses de uso, recarreguei e pronto! Tá lindo e forte me ajudando a ficar com a virilha lisa e pronta para o biquíni. É esse daqui:   O formato é ergonômico, acompanha as curvas do corpo e pega todos os cantinhos possíveis. Não dói, não machuca, não fere a pele. Ele tem uma barreira que protege as peles mais sensíveis. Além disso, tem uma abertura para facilitar a limpeza. Ele “pega” até os pêlos mais curtinhos, deixando a virilha lisinha! Ah, e demora a nascer de novo viu. Acho super necessário toda mulher ter um depilador íntimo desses no chuveiro!  E está com um preço MARA no Walmart.com! De R$ 299 por R$ 149. Mas ó, preço especial para o Futilish e só até o dia 20/01 hein! Vale muito a pena esse Depilador Íntimo da Philips, uma ajuda ótima para não pagar mico neste calorão!

  • Por Um Verão LINDO!

    Durante minha visita diária ao Facebook, onde me atualizo do mundo e das pessoas, me deparei com a foto de uma amiga que me hipnotizou. Não conseguia tirar os olhos da roupa dela (a foto é essa aqui), que macaquinho MAIS LINDO DO MUNDO! Achei o look maravilhosamente perfeito para o verão, leve, fresco and chique, muito chique! Apesar da manga comprida, não senti “calor” vendo a foto (se é que me entendem) e na hora desejei muito uma roupa igual. Lembrei que tenho alguns, mas nada assim tão leve e gostoso de se ver e de se usar. O que isto significa? Que começou a temporada de caça ao macaquinho perfeito para o verão! Os de manga comprida são os mais belos na minha opinião. Não que a manga precise necessariamente ficar esticada, se der uma dobradinha, ou puxar, már lindo ainda. Florais… Decotadões… Com estampas mais sérias… (dei pulinhos de animação com o terceiro da montagem acima, muito eu) Boho ou hippie chic… Peladinhos… Brancos! E pretos, ai que lindeza. Aliás, acabei de escolher meu look para a festa de hoje a noite rs. Famosa que ama usar: Taylor Swift! O da minha amiga foi comprado na Galerie, que tem loja virtual e outros modelos! O que quero não tem mais no meu tamanho, então… continuo na busca! Fica lindo não fica? Pra ficar arrumadinha e não perder a dignidade nesse calor senegalês! Se alguém souber onde mais encontrar nesse estilo, conte pra gente!

  • Se Assim For, Eu Caso!

    Quem casou dia 06 de Dezembro de 2014, em Los Angeles, Califórnia, não sabia do risco que estava correndo. Nesse bendito, santo e idolatrado dia, Adam Levine, sim, nosso Adam, teve a brilhante ideia de invadir de surpresa casamentos para montar o clipe do mais novo single do Maroon 5, Sugar. As reações são as mais divertidas e espontâneas possíveis! Fiquei me imaginando na situação… Pensa bem, na sua festa de casamento, do nada montam uma “tenda”. A tenda cai e quem está lá tocando para os noivos?? Ele. Arrepiem-se O clipe mais F&%$ de TODOS OS TEMPOS! Eu ri, arrepiei e até chorei kkk. Brilhante sacada Adam! Eu casaria. E vocês? 

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Vou começar o post de hoje com duas observações: Observação 1 – A repercussão do Sorria Que Eu Te Escuto foi MARA! Nunca imaginei! Percebi que vocês gostam mais de histórias felizes que as problemáticas rs. Então, quem quiser participar enviando um Sorria, fique a vontade. Observação 2 – Os Choras ainda estão suspensos, não mandem mais emails, please… Tenho material pro ano todo praticamente e terei que cortar alguns casos. Aguardem nova chamada ok? Vamos lá, caso um, Rebeca: Oi Cony! e Fufu no geral! Seguinte… preciso de ajuda! Namoro há quase 2 anos, sempre tivemos um relacionamento ótimo (no começo foi um pouco meio turbilhado) mas sempre soubemos que teríamos um ao outro, até essa semana (na minha mente, pelo menos) sempre houve confiança. O fato é que, ele mentiu. Disse que iria sair com um amigo (o qual eu conheço) p/ beber e botar o papo em dia. Até aí, ok, beleza… não me incomodo com essas coisas, pq acho que todo mundo tem que ter seu momento (seja sozinho ou com os amigos) e eu também gosto disso. Porém, acabei descobrindo (não queiram saber como descobri… não foi nada legal) que a saída dele envolvia outros amigos (os quais são noivos e namorados de amigas minhas). Eles foram para um local masculinho (leia-se puteir…)!!! Quando confrentei ele, ele foi verdadeiro ao dizer que sim, que eles tinham ido para a despedida de solteiro de um deles. Se ele tivesse me falado antes que eles iriam, eu JURO meninas, que não teria me importado. Já fui na de outras amigas, porém sempre contei… o fato dele ter traído a confiança que tínhamos fez tudo desabar, entendem? Como se eu não soubesse até que ponto poderia confiar nele de novo e olha que nem estou pensando se rolou algo ou não, não vou ficar louca pensando nisso. A traição moral já houve e isso me fez perder o chão. Oq vcs acham? Que estou sendo muito dramática? Louca?… podem falar!!! rs A outra questão é que: as duas amigas noivas nem estão sonhando com isso, realmente acreditam que o noivo nunca teria coragem de fazer isso, já que entre eles combinaram de não fazer a tradicional “despedida de solteiro”. Depois de brigar das mentiras dele, falei que era bom ele falar com os noivos conversarem com suas respectivas para se acertarem (acho que é mais “ético” elas saberem por eles) porém homem é um FDP que adoram se proteger e nessa hora ele já mudou de lado dizendo que “não… não era festa de despedida… que os meninos nunca estiveram lá” que ele assumia o erro dele e que nós dois tinhamos que nos resolver e não interferir no relacionamento de ngm… Me falam? Não dá vontade de esganar um ser desse??? Me ajuda Cony!!! Me ajudem meninas!!!  Fiquei curiosa para saber como você descobriu que eles foram pra festeeeeenha. Conta! E sim achei feio ele ter mentido, mas jura mesmo que você iria deixar ele ir? E concordo com ele que vocês não tem que interferir no relacionamento de ninguém. Achei uma situação chata, eu ficaria com muita raiva e também perderia boa parte da confiança!   Caso 2 – Cassia Cony, minha história é um pouco estranha…Preciso compartilhar porque faz muito tempo que lido com isso sozinha. Eu namoro há 8 anos e faz 1 ano que estamos morando juntos. Nosso relacionamento é ótimo, somos muito companheiros, temos mil planos para o futuro, planos de carreira, de viagens, de construir uma família. Enfim, realmente não poderia ser melhor. Eu o amo muito e estou muito feliz nesse relacionamento. O problema, no caso, é outro. Há uns 4 anos nós passamos por uma crise e resolvemos dar um tempo. Eu aproveitei a vida de solteira, conheci pessoas legais, curti pra caramba, aquela coisa toda! Mas senti falta dele. Muita! E ele a minha. Tanto que 4 meses depois já estávamos juntos de novo e muito felizes de lá até agora. Mas, assim como eu curti a vida, ele curtiu também! E é esse o tal do problema… Desde então tenho uma “fixação” pelas meninas que ele ficou há 4 anos! Nenhuma delas significou muita coisa pra ele, foram casos rápidos, nada de mais… mas não sei o que acontece comigo! Eu sinto NECESSIDADE de acompanhar a vida de pelo menos umas 3! Checo atualizações diariamente, busco fotos, informações… Às vezes acredito que tenho curiosidade em entender pq elas o atraíram, pq ele as escolheu. Às vezes sinto vontade de conhecê-las, de ter algum contato. É muito louco isso? Agora escrevendo que estou me dando conta… A situação é tão tensa que eu chego a sentir uma atração física por elas. Eu amo meu namorado, nunca tive nenhuma relação homoafetiva, embora já tenha tido curiosidade. E isso tudo me deixa muito confusa… O que eu gostaria de saber: alguém mais já passou por isso? O que eu devo fazer? Passar por uma intervenção e apagar de vez esses fantasmas da vida? Estou ficando doida? Sabe aquele emoticon dos olhinhos arregalados? Favor inserir ele aqui rs. Amiga, terapia JÁ! Virou obsessão e você tem que se tratar para ficar livre disso! Acredito que você sim tenta descobrir o que nessas moças atraiu seu namorado, mas isso pode ser muito auto destrutivo. Pense que ele está com você, e você o atrai mais que todas as outras. Inconscientemente você pode estar se comparando a elas e minando sua auto estima. Pára com isso.   Caso 3 – Isabel Ai que felicidade de poder fazer meu desabafo e ouvir outras opiniões. Tenho 25 anos moro com meus pais, estou desempregada, namoro há 8 anos e é ai que entra o dilema. Há um ano atrás fique com um outro cara pois vivia reclamando pro meu namorado que estava carente e ele não me dava atenção. Ok isso não justifica mas fiquei com esse outro e me arrependi foi ruim. Meses depois meu namorado ficou sabendo e nós discutimos, expliquei que não tinha sido nada e pronto resolvemos. Em novembro resolvemos viajar, durante a viagem peguei algumas conversas bem animadas dele no facebook conversando com algumas amigas falando que estava com saudades que elas tinham se esquecido dele e tal, quando o confrontei ele disse que não tinha motivo para eu ficar brava que elas são apenas antigas amigas da cidade onde ele morou e que gosta de conversar. Mesmo assim fiquei super paranoica, achando que ele é mais atencioso e carinhoso com as amizades dele  do que comigo, queria verificar o celular dele o tempo todo, controlar todas as redes sociais, até o ponto que ele não aguentou e falou que queria terminar. Me humilhou ( foi assim que me senti) falou que eu sou uma desocupada que não faço nada, que tenho muito tempo livre para ficar perturbando, que tudo o que quero meus pais me dão e o resto ele paga para que eu tenha sempre o melhor e que eu não valorizo isso. Enfim, a briga foi horrível , chorei todos os dias da viagem ( que acabou antes do previsto).  Uns dias após chegarmos de viagem decidi procura-lo e ele falou que não queria mais nada, que iria viajar para resolver uns problemas do pai dele e pronto.   Dez dias se passaram e ele voltou de viagem, ligou falando que queria me ver, fiquei super animada achando que ele tivesse se acalmado e iriamos resolver as coisas, saímos fomos pro motel e depois jantar, quando perguntei se estávamos namorando se tudo tinha voltado ao normal, ele respondeu que não queria rotular as coisas, que ele estava focado no trabalho.  Como assim??? Namoramos durantes OITO anos e o cara me fala isso?! Fiquei arrasada…. Não sei o que fazer, parece que me sinto perdida, sem amigos, sem emprego, sem namorado.  Cony e meninas me ajudem, eu continuo ficando com ele dessa forma dando espaço para ele se dedicar mais ao trabalho, deveria mesmo cogitar que ele tem um caso com alguma amiga, está me punindo por eu ter ficado com outro ou simplesmente o namoro já acabou mesmo?   Sim, acho que ele não perdoou sua traição e está te punindo. Morte lenta e dolorosa, ele tá te cozinhando. E pra piorar você não trabalha, fica ociosa e pensando milhões de coisas. Um conselho: dê um tempo nesse namoro sem pretensão de voltar. Tipo dê um reset nessa história que teve um agravante sério. E faça algo da sua vida! Você me pareceu muito carente e dependente, tente se virar sozinha primeiro, ganhe firmeza e força e depois veja o que acontece.   Mentiras, traições e obsessão… Hoje tá quase um Cruel Intentions!

  • News da C&A

    Não, não se trata de nenhuma nova parceria. Recebi um release com algumas das peças que estarão presente na Coleção de Outono Inverno 2015 na loja e achei algumas beeeem interessantes. O destaque fica para os vestidos longos e as peças em arabesco (ainda? sim, ainda). E o boho continua firme e forte. Vejamos. Achei os vestidos bem Farm, mas o que mais gostei mesmo foram os sapatos (adorei a sandália com salto grosso, tenho pensado muito em um assim) e a batinha branca. E vocês, curtiram?  

  • Diário de Viagem: Comendo Como Os Chilenos

    E voltando uns 3 kg mais cheinha rs. A comida chilena é bem gostosa. Não é porque sou de lá, mas é realmente saborosa, com gostinho caseiro, de casa de vó, farta e pesada, muy pesada. Chilenos amam carboidratos: quase tudo tem batata, milho, arroz. Chilenos amam abacate, e salgado. Vai no cachorro quente (lá se chama completo), na salada, na comida japa e acredite, fica DELICIOSO. Chilenos amam temperinhos, quase tudo tem cominho e coentro. Chilenos comem pãozinho caseiro com manteiga (manteiga pura) e pebre enquanto a comida não chega (abaixo explicarei o que é pebre). Chilenos gostam mais de cerveja que de vinho, essa informação também me surpreendeu mas foi confirmada por uma guia turística. Eu devo ser chilena revoltada, pois prefiro un buen vino tinto. Vamos ao fatos. Sempre me perguntam onde comer a típica comida chilena e o único lugar que eu sabia indicar era uma cidadezinha perto de Santiago (Pomaire) ou no Pueblito Los Dominicos, mas lá não tem tudo, tudo. Desta vez fiquei sabendo de um restaurante chamado Doña Tina, bem famosinho e que é de uma senhorinha, Agustina, que vendia pan amassado (pão caseiro) na rua. Os pães dessa dona faziam muito sucesso e logo ela começou a vender empanadas. Tudo isso para sustentar os 7 filhos, e sem saber ler e escrever, montou um restaurante de comida chilena. Isso já tem 30 anos e até hoje ela está lá comandando a cozinha. Eu a vi pessoalmente e é uma vovó muito fofa que foi em algumas mesas conversar com seus clientes!!! O lugar é bem bonito e reproduz um ambiente rústico bem chileno. Fica no final da Av. Las Condes, aos pés da Cordilheira dos Andes. O chão é de terra, as mesas e cadeiras bem simples e o atendimento agradável. Apesar de parecer um lugar propício para turistas, a maioria das pessoas que estavam no dia que fui eram chilenas! Apenas uma mesa com gringos. Achei isso interessante…  Para tudo ficar mais chileno ainda, uma dupla tocava músicas tradicionais. Aí ela! Doña Tina! E esse é o pebre, o molhinho que SEMPRE acompanha um pãozinho antes do prato principal chegar. É feito de tomate picado, cebola, coentro, vinagre, sal e aji, uma pimenta bem ardida. Mas acho que esse não tinha aji pois nem estava ardido. Ah, uma curiosidade: no Chile descascamos os tomates. Sempre. Empanada de pino! Como expliquei e mostrei no Instagram (já segue né? @futilish), o pino é o recheio mais tradicional da empanada. Ele é feito de carne (pode ser moída ou em quadradinhos), cebola picada, ovo cozido e azeitona (uma só, minha parte preferida é achar a azeitona rs). Algumas levam passas. A empanada também pode ser de queijo ou de camarão com queijo. Geralmente essa última é mais consumida no litoral e é frita. Outra preciosidade chilena, o Pastel de Choclo! Choclo é milho! Eles fazem tipo um purê com milho, manjericão (albahaca) e açúcar (sim, é doce) e por baixo desse “purê” tem um pino (vide explicação acima) que desta vez é incrementado com um pedaço de frango. Gostoso, mas pesaaaaaado! Eu não consegui comer nem a metade. Ah, e a maioria das comidas chilenas é feita e servida nesses bowls de um tipo de barro, que lá chamam de greda. Esse material mantem a comida quente o tempo todo. AMO porotos granados! Trata-se de uma sopa de feijão branco que só aparece no verão. No inverno não tem desse feijão! E pensem comer isso no calor de 35 graus de Santiago? É de suar bicas, mas delicioso. O feijão é cremosinho, derrete na boca, e o que mais tem na sopa? MILHO! Ou choclito Também leva manjericão (albahaca) que no Chile tem uma folhas enormes e um cheiro maravilhoso e abóbora (zapallo). Fica muito gostoso acompanhado de uma ensalada a la chilena, que nada mais é que tomate e cebola à juliana. Salivei… E para refrescar do calor, Mote con Huesillo! Bebida mais típica IMPOSSÍVEL! Lembro que uma leitora falou que quando viu isso, pensou em suco de cérebro rsrs, realmente não é muito bonito. O mote é um trigo e o huesillo é pêssego desidratado que eles cozinham e o caldinho vira esse chá. É servido BEM gelado e é algo do tipo ame ou odeie. A maioria ama.  O restaurante é perfeito para quem quer conhecer a fundo a cozinha chilena. Tanto o ambiente quando os pratos não deixam nada a desejar. No menu existem vários outros pratos, como as humitas (um tipo de pamonha), plateada (carne cozida), arrollado… E também bebidas, muito pisco, sucos e cervejas nacionais. Não é dos mais baratos, uma empanada sai por uns $ 2.800 (uns 15 reais), o pastel de choco $ 9.000 (cerca de R$ 50), os porotos $ 8.000. Mas vale cada centavo e a visita. Até o momento, não sei de lugar melhor em Santiago para provar a verdadeira comida chilena. Se quiser degustar as delícias chilenas, indico muito o Doña Tina!

  • Dicionário de Bolsas

    Estava passeando pelo Pinterest quando vi um poster com os tipos de bolsas. Achei bem interessante, pois eu sempre tive dúvidas e apesar dos nomes gringos, nós vários usamos por aqui. E até aprendi uma nomenclatura nova! Procurei bolsas atuais (algumas nem tanto) para ilustrar o post. Vejamos:   Tote: bolsa grande com duas alças. Outro modelo clássico de tote é a Neverfull da Louis Vuitton. Na minha cabeça também pode ser considerada uma shopper bag. Não vejo muita diferença entre elas. Satchel: tem uma tampa, uma alça pequena e uma alça grande Saddle: parece uma sela para cavalos Messenger: maior que a satchel e mais informal. Para usar atravessada, aqui chamamos de bolsa carteiro. Quando for pequenininha, chama-se Sling Bag. Hobo: bolsa grande, de ombro, com apenas uma alça que geralmente é continuação da bolsa. Clutch: bolsa pequena, retangular, sem alça. Se for fininha também pode ser chamada de bolsa envelope. Doctor: parece uma antiga maletinha de médico. O modelo mais famoso é a Speedy, também da Louis Vuitton. Minaudiere: essa eu não conhecia. Antes de saber esse nome, classificaria como uma clutch com pedrarias. E é exatamente o que é a minaudiere, uma bolsa jóia. Bucket: bolsa saco. Um vai e vem no mundo da moda. Baguette: quando penso em bolsa baguette na hora associo com o famoso modelo da Fendi. Alça curta e retangular. Acho difícil de usar. A alça atrapalha e usar debaixo do braço fica estranho. Backpack: quando for comprar uma mochila na gringa, peça por uma backpack. Barrel: traduzindo ao pé da letra, é uma bolsa em formato de barril. Em tamanho grande, é utilizada para viagens ou academia. A Louis Vuitton fez um modelo desses que foi febre anos atrás. Será que volta? Flap: a tampa é que fecha a bolsa. Modelo clássico, Chanel 2.55 Crossbody: alça comprida para usar atravessada no corpo. É a que mais tenho usado!   E tem mais nomes de bolsas por aí, mas achei variação das que citei acima. Frescurinha feminina, para saber qual bolsa está usando no dia. Hoje estou de crossbody, e vocês?

  • Dica de Filme!

    Quanto tempo sem uma diquinha de filme por aqui! Realmente não tenho assistido muito, na verdade nem tenho ligado a TV! A última coisa que me prendeu frente a telinha foi Game of Thrones que comecei a assistir da metade da terceira temporada pra frente e viciei. Tenho que assistir as primeiras temporadas… Mas queria contar que assisti um filme no avião que foi um duro soco no estômago. Se chama Homens, Mulheres e Filhos. Homens, Mulheres e Filhos, com Adam Sandler, Jennifer Garner e Emma Thompson.  Fiquei meio sem saber se escolhia ou não esse filme para assistir durante o vôo, pois se tinha Adam Sandler. provavelmente seria comédia. Mas por outro lado era do mesmo diretor de Juno, filme que adoro. Assisti o trailer e tive certeza que seria esse meu escolhido. O filme trata de como a internet tem interferido nas relações pessoais e como as pessoas estão tomando decisões e rumos diferentes pela facilidade da comunicação virtual. Falo que é um soco no estômago pois mostra um ser humano tão aéreo, tão suscetível ao que lê na internet, tão escravo do mundo virtual que é impossível a gente não se ver nesse filme e pensar: “será que sou tão patética assim?¨. São várias óticas diferentes: uma mãe superprotetora que rastreia cada mensagem da sua filha, um casal em crise que começa a trair facilitado pela internet, uma menina anoréxica que encontra apoio para sua doença na net, uma mãe liberal que faz fotos sensuais de sua filha e coloca num site, um menino abandonado pela mãe que é viciado em jogos virtuais. Cada um com sua história e algumas se cruzam durante o filme. Palmas para Adam Sandler, que não tem nada de engraçado desta vez e me convenceu que é um grande ator. Palmas também para Jennifer Garner, que me fez ficar com ÓDIO de sua personagem e espero não lembrar disso no próximo filme (eu pego birra de alguns atores por causa de seus papéis, vide Samuel L. Jackson em O Vizinho). Realmente um filme que vale muito a pena assistir e que fará você refletir como nunca…

  • O Melhor e O Pior do Golden Globe 2015!

    Que calor é esse Brasiiiil!! Cheguei ontem e já estou em processo de derretimento rsrsrs. Nerinho ficou bem, antes que me perguntem… na verdade ele nem me dá bola mais, fica feliz com meu pai e minha mãe. Quando cheguei foi a maior festa, mas depois desencantou de mim… Acho que perdi a guarda mesmo Bom, hoje acordei com a notícia que teve Golden Globe ontem! Não assisti por motivos de: cansaço. Mas hoje já dei uma olhada nos looks e gostei de algumas coisas viu? Esqueci de colocar os nomes da celebs nas fotos, mas sempre será da esquerda para a direita! Siena Miller de vestido Miu Miu, achei ela TÃO diferente! Deve ser o ângulo da foto ou ela fez algo no rosto. Quanto a roupa, gostei! Anna Faris de Reem Acra, adoro essa menina e acho-a tão simpática que mesmo faltando um ponto de cor no look vou deixar na lista das bem vestidas. AMEI o Zuhair Murad de Chrissy Teigen! Apesar de já termos visto vários vestidos ¨tipo¨ esse (tá rolando uma falta de criatividade mundial para roupa festa não acham?), achei esse modelo muito lindo e adequado. E ela linda também. As brocadas: Ellie Kemper em um vestido bonito, talvez vintage, não achei maiores referências. Kate Beckinsale de Elie Saab, PER FEI TA! Se repararem o vestido não é grandes coisas… é bonito, mas reparem nos acessórios, make, cabelo e inclusive cor do esmalte! Toda bem montada! J Lo sem carão não é J Lo. Mais um Zuhair Murad no tapete vermelho e ela deusa como sempre.  As princesas: tenho um pouco de preguicinha desse tipo de vestido, mas vamos lá. Anna Kendrick de Monique Lhuillier, Greer Gramer de Lorena Sarbu e Allison Williams em Armani Privé. Se fosse para eu escolher um desses looks e sair rodopiando, iria de Anna Kendrick. As vermelhas deusas: com Jane Fonda, Helen Mirren e Catherine Zeta Jones não se brinca. Aqui não se julga, aqui se respeita.  As vermelhas não tão deusas: o que é esse cinto Kate Mara?? Tipo, em que momento ela pensou ¨ah, falta um cinto, peraí¨. Simplesmente acabou com o look. Julianna Margulies pesou nos acessórios e Lena Dunham ficou parecendo um abajour. Tenho a impressão que se puxar um braço dela, vai acender uma lâmpada embaixo dessa saia.  As metalizadas light. Adoro metalizadas. Reese Whiterspoon de Calvin Klein e Diane Kruger de Emilia Wickstead, ambas belíssimas. Estrelinha extra para Reese, há tempos não a via tão bonita. As metalizadas hard: Julianne Moore de Givenchy Couture (sabem que amei esse vestido?) e Dakota Johnson de Chanel. Chanel duvidoso. Sandália linda.  As azuis! Katherine Heigl de Zac Posen, simples mas certeira. Kelly Osbourne sempre em tons frios e minimalista, e Maria Menounos que super me decepcionou. Ela sempre está linda e impecável mas achei esse vestido uó, fora que ela ficou com um pandeiro enorme.  As de branco. Fiquei passada como teve gente que super elogiou o vestido da Rosamund Pike! Achei pavoroso. Esse Vera Wnag tirou todas as curvas dela e vestiu muito mal. Julia Louis-Dreyus sem grandes emoções, porém ok e a Louise Roe no vestido branco mais bonito, de Jenny Packham. Só achei que ela poderia ter caprichado mais no make e cabelo. As amarelinhas: Jenna Dewan Tatum, Leslie Mann e Naomi Watts. Fico com Leslie Mann.  As Rivotril, porque me dão soooooono! Amanda Peet tão sem graça quanto tv em dia de domingo, Maggie Gyllenhaal nunca me emocionou (já o irmãozinho…) e Keira Knightley em outro Chanel duvidoso! Que passa Karl??? Por incrível que pareça não teve muitos looks pretos. Mas Jennifer Aniston, como sempre, foi de preto. Aliás ela tá quase ganhando o Premio Rivotril do Ano de tanto sono que tem me dado. Nunca surpreende e olha que sou super amiga dela. Emma Stone foi de Lanvin e eu AMEI! Lindo look, diferente e chique. Cindy Crawford de Versace mas que poderia muito bem ter sido comprado na lojinha de roupas de festas da esquina (detalhe para a sandália Jimmy Choo, estou doida com uma! Mas quero nude…) e Heidi Arroz de Festa Klum, também de Versace, foi mais bem sucedida na escolha do look, Os que não sei se gosto ou não: Claire Danes de Valentino. Gostei do vestido… mas não sei se para esse red carpet ficou legal… algo me incomoda. Jessica Chastain de Versace linda. Ela linda, cabelo, make, corpo mas o vestido… gostei e não gostei. Adorei o mega hair da Katie Holmes, o Marchesa sem frufrus mas parei no sapato. Nananinanão, não consigo gostar de sapato fechado com vestidos longos. Pesa. Outra turma que me deixou em dúvida: Amy Adams num Versace lavanda que não me desce. O modelo está ok, mas a cor me irrita. Não consigo gostar desse lilás clarinho, é uma cor não cor. Parece algo desbotado, mole, antigo. Não gosto. Acho que Mathew não está dando assistência pra Camila Alves, olha a cara dela de desgosto… Sempre tão blasé… Enrolada num belo lençol de Monique Lhullier. Salma Hayek de Alexander McQueen aproveitou a sobra de tecido do vestido e mandou forrar a clutch. É isso mesmo?? E quem não se deu muito bem… Amal, Amal… eu que tanto te elogiei aqui, hoje fico triste por essas luvas brancas. Não quero ser má, mas dá uma olhadinha nos looks de red carpet da ex Sra Clooney. Aquela nunca desapontava. Lupita, que ano passado foi a mais bem vestida do Golden Globes, este ano não quis entrar na competição. Foi fantasiada de flor. E Lorde, errou completamente com o tamanho e comprimento dessa calça. Tá parecendo o Didi Mocó. (Estão falando que as luvas brancas da Amal eram em forma de protesto pelos atentados na França! Se for… ok então né…) Agora a brincadeira acabou. De novo, ela. Kate Hudson só vai em tapetes vermelhos se for para ser a mais bela, e novamente este ano, para mim, ela foi a mais top de todas. Outro Versace (como teve Versaces essa noite), só que este PERFEITAMENTE esculpido no corpo de Kate. Aliás, que corpo. Que vestido. Que look maravilhoso! E não vou criticar nada porque seria puro recalque, ela foi a mais bonita da noite. Sim ou sim? E só um plus para finalizar este post… Até Adam foi. Acho que tem um vulto ao lado dele, mas não tô enxergando direito, parece uma sombra, sei lá. Só vejo Adam, com aquele sorrisinho fofo que me faz rir também… Achei interessante esse Golden Globes. Modelos variados de vestidos, muita gente na zona de conforto, bem frequentado. Do tipo que dá para salvar vários looks e mandar a costureira fazer depois. 

  • Meu Dia Com Ele

    Fiquei quase um ano sem vir para o Chile visitar a família. 2014 foi um ano intenso, de muito trabalho, muitas viagens, muitos acontecimentos que me impediram de vir com a freqüência de sempre a minha terra. Mas vim. O destino para o meu Natal de 2014 seria sim ou sim junto aos meus pais, irmão e ele, Nero, meu filhote de quatro patas que tive que abrir mão da guarda por não poder cuidar dele como ele merece. E assim que cheguei o que fiz? Fomos passar a tarde num dos parques mais bonitos de Santiago, o Parque Bicentenário! Fica em Vitacura e é beeeeem grande. As pessoas vão fazer picnic, ginástica, levam seus cachorrinhos, tudo bem família e tranquilo. Enquanto pensava no look para o passeio (que teria fotos, claro, afinal um ano longe do meu filho merecia registros) pensei em algo confortável, que fosse bem minha cara e sem grandes produções, afinal o que é uma simples roupa quando é a gente que faz ela ter sua história? Sempre lembrarei que o dia que levei o Nero para passear no Parque Bicentenário depois de quase um ano sem vê-lo, usei uma saia estampada e uma blusa jeans. Simples? Sim, mas está na memória. E é isso que a Hering quer passar (e já está passando) com o reposicionamento da marca. A frase ¨roupas não vivem sem você¨ expressa perfeitamente o que acabei de falar. Não são as roupas que farão nossos momentos eternos, não são elas as protagonistas da nossa vida, mas sim nós mesmos que faremos valer a pena aquele dia que saímos tão despretensiosamente vestidos. Vamos ao passeio? Eis o lindo Parque Bicentenário e ao fundo podemos ver a Gran Torre Santiago, o edifício mais alto da América Latina (na base dele está o shopping Costanera Center). Como podem ver, o parque é muito bonito e rende ótimas fotos! E a roupa escolhida para o dia. Saia fresquinha (uma delícia! E veste tãaaao bem…) e uma blusa jeans, super Cony Style. Tudo Hering! E se tem um item que não consigo economizar são os acessórios… Se tem pedra turquesa então… Tudo da Carolzinha (Um Meia Dois) Lindo lugar, lindo momento e linda a roupa! Agora essa saia e essa blusa podem contar que fizeram parte de um momento muito especial pra mim.

  • Diário de Viagem: Duas Vinícolas Diferentes no Chile

    Hoje vamos falar de uma coisa que me gusta mucho: VINHOS! O tal do vinho é um dos grandes responsáveis pelas minhas gordurinhas mais resistentes, pois posso até cortar pão de queijo e coxinha, mas vinho não! Antes que pensem mal, não sou alcoolatra tá? Mas adoro tomar uma tacinha a noite, sem motivos nenhum e só para curtir mesmo. Prazer, Constacinha. Aqui no Chile já visitei a Concha y Toro que é a vinícola mais comercial e com melhor infraestrutura. É muito bonita mas prepare-se para ver muitos brasileiros e um comércio muito bem definido. Ela segue uma linha mais industrial então quem quer algo mais artesanal ou em menor escala pode não gostar muito. Ainda assim acredito que quem nunca foi a uma vinícola deveria ir na Concha y Toro e em outra menor para ver a diferença. Também já visitei a Indómita, que fica no caminho a Viña del Mar. É pequenininha, mas bem bonita e aconchegante. Dizem que o restaurante de lá é muito bom mas quando fomos estava fechado. Desta vez fomos na Viña Santa Rita e na Errazuriz e contarei um pouquinho sobre elas. Vamos começar pela Santa Rita! Queríamos fazer algo diferente e meu namorado viu que existia um tal de Bike and Wine nessa vinícola. Nada mal para queimar as gordices de final de ano certo? A empresa que faz o passeio se chama Turistik e se não me engano é a maior empresa de passeios turísticos em Santiago. Tem vários roteiros: para o litoral, por Santiago mesmo, pra neve… Confesso que tinha escutado falar bem mal dela, que era muito cara e bagunçada mas como era a única opção, fechamos com eles mesmo via internet (pois tinha um desconto de 10%) e o passeio Bike and Wine ficou por uns USD 60 por pessoa. Eles tem uma lista de hotéis onde passam para te pegar, e se seu hotel não estiver na lista, você escolhe o local mais perto. Marcamos às 8:15 da manhã perto da casa da minha mãe e por volta de 8:30 uma van nos pegou. Achei que daí iríamos direto para a Santa Rita mas nos levaram ao estacionamento do Parque Arauco onde um MONTE de ônibus e um batalhão de turistas procuravam seus respectivos passeios. Achamos o nosso e partimos. A Santa Rita fica a uns 45 minutos de Santiago, no Valle del Maipo,  e nosso passeio de bike deveria começar por volta de 10 horas da manhã, com duração de uma hora e meia e sem direito a pausa para almoço. Após o passeio, a volta para Santiago seria imediata. Ok né… Lá é muito bonito, jardins lindos e muito verde. Não é grande (comparando sempre com a Concha y Toro), mas é mais intimista sabe? Uma das particularidades da Santa Rita é que lá foi redescoberto o Carmenere! As videiras dessa variedade foram dizimadas no mundo inteiro por uma praga (a filoxera) e pensaram que nunca mais haveria carmenere no mundo. Até que um francês veio ao Chile em 1994, foi passear na Santa Rita e que folha ele viu lá? CARMENERE! Sim, o Chile não foi afetado pela praga devido as suas barreiras naturais (mar, deserto, cordilheira e glaciais) e eis que o mundo novamente tinha seu Carmenerzinho. E hoje em dia, todo carmenere é derivado do Chile, mais precisamente da Viña Carmen de Santa Rita! Êeeeee, todo mundo junto comigo: chi chi chi, le le le!  10 horas e nada… 10 e meia e nada… 11 horas e NADA! O que estava acontecendo? Fui perguntar para a guia e eis o problema: NÃO HAVIA BICICLETAS DISPONÍVEIS! Como assim? Como uma empresa desse porte monta um passeio desses se não tem bicicletas disponíveis??? Faltavam cerca de 4 (ou 6, não me lembro) bicicletas e descobrimos que elas existiam porém estavam todas com os pneus vazios. Era só encher certo? Certo, mas não tinha o trequinho que enche… Daí me lembrei do que tinha escutado falar da Turistik… Foi um caos. Eu não entendia como podiam ser tão desorganizados. Se tem um grupo fechado para o passeio com X pessoas, manda alguém antes do grupo chegar e arruma as bikes e já deixa tudo prontinho! Mas não, tivemos que chegar lá para eles começarem a arrumar as bikes e se deparar com os pneus vazios. Por um momento a guia falou em cancelar o passeio, o que gerou a ira de todo mundo, afinal, uma manhã de férias vale ouro! Todo mundo com os dias contados para aproveitar!  Depois de um tempo conseguiram a bomba para encher os pneus e pronto, o passeio saiu quase meio dia! E lá fomos nós.  Estava muito quente mas o passeio é bem tranquilo. Achei que seria mais hard, mas foi piece of cake. Após o passeio aconteceu a tão aguardada degustação de 3 vinhos Santa Rita. Não sei porque não tirei fotos… O rapaz deu várias informações úteis e ele conhecia bem sobre o assunto. Explicou temperatura do vinho, teor alcoolico, como segurar a taça, com o que harmonizar… Bom, acho que sei o porque de não ter tirado fotos… estava bebendo hahaha. E a surpresinha depois da degustação. Como pedido de desculpas, a Turistik deu cestas de picnic! Estavam bem recheadas e com a fome que estávamos, deixamos passar o deslize viu Turistik? Mas só desta vez. Lindo passeio e acho que super vale a pena, mas o picnic foi uma das partes mais legais e não estava no roteiro. Se existisse o Bike and Wine and Picnic, seria PERFEITO.  Agora vamos para o luxo da Viña Errázuriz? No caminho para a praia (frequento o litoral norte) tem o Vale do Aconcágua e eu nem sabia que existiam vinícolas por lá. Meu namorado pesquisou e achou a Viña Errázuriz, perto de San Felipe, a uma hora e meia de Santiago mais ou menos. Desviamos um pouco o caminho e para lá fomos. O lugar é lindo. Lindo de maravilhoso. Pertence a uma das famílias mais tradicionais do Chile e se procuram exclusividade, a Errazuriz é a sua escolha. Nós fomos na sorte, pois vimos no site que era necessário fazer reserva mas ninguém me atendeu pelo telefone. O lugar é de fácil acesso (fomos de carro) mas tem que prestar atenção a sinalização. A entrada não diz que é entrada, mas paramos para ver se era por lá (um portão enorme e maravilhoso) e era lá mesmo. Essa sem dúvidas foi a vinícola mais chique que já conheci. Ainda mantém vários cômodos exatamente como o Don Maximiliano Errazuriz deixou. Ah, por sorte teria tour no dia que fomos, um grupo tinha reservado e a moça deixou a gente fazer junto com eles, então sobre a reserva, é bom fazer mesmo! Tem restaurante, mas também precisa reservar. Como a Errazuriz fica mais longe, tudo é com horário marcado e a cozinha não fica aberta o dia todo para o público. Eles cozinham para o número exato de pessoas reservadas. O menu parece bom apesar de alguns reviews negativos na internet. Nós preferimos não arriscar, era caro (30 mil pesos por pessoa, uns R$ 150) e as resenhas negativas nos desanimaram.  Tudo é muito bem cuidado, rola uma mistura de arquitetura antiga e tradicional com modernidade. O prédio onde ficam os vinhos ícones (os mais tops) é impressionante! Parece um laboratório da Nasa de tão moderna. E a degustação foi quase perfeita. Enquanto a maioria das vinícolas oferece 3 tipos de vinhos, na Errazuriz são 4 e ainda acompanha queijos e biscoitinhos. Mas porque “quase” perfeita? Porque achei a explicação da guia bem vaga e sem muitos detalhes. Foi basicamente sentir o aroma dos vinhos e beber, sem maiores informações. Eu já gosto de saber mais rs. Ah, o valor do tour é de 20 mil pesos por pessoa, cerca de R$ 100. Saindo da trivial Concha y Toro, existem muitas vinícolas interessantes no Chile! Quem souber de outras que não foram citadas aqui, pode mandar a dica nos comentários. E teremos mais um post de Santiago e logo em seguida o geral, com todos os posts sobre o Chile já feitos até hoje no Futilish!

  • SORRIA Que Eu Te Escuto!

    Nada de começar 2015 com choradeira! Esta semana será só de coisas lindas e felizes para trazer boas energias pro restante do ano. Hoje teremos 2 casos de superação, felicidade e muito amor, para a gente se encher de esperanças e encarar o ano novo lindamente! Vamos coma Rê primeiro e DUVIDO que alguém termine o texto dela sem dar um sorrisinho no final. Eu tô com carinha feliz até agora rsrs. Oi Cony, tudo bem? Comigo tudo ótimo! Acabo de voltar ao início do email para dizer que tem upgrade no fim, e siiim, meu caso estava escrito só esperando você autorizar o envio de novos casos para essa coluna. Ainda fiquei me perguntando se enviava, mas após ler o caso lindo da Dani, percebi que além de conselhos, ver o caso de superação de outras pessoas nos dá força para tentar superar os nossos problemas. Então, vamos a minha história? Tenho 25 anos, e um ex relacionamento que durou 8 anos, morávamos em cidades diferentes, mas nos víamos todo fim de semana. Meu ex foi o meu primeiro namorado, aquele da adolescência, com quem dei meu primeiro beijo; sempre muito carinhoso, e eu o amava absurdamente demais, nesse tempo ele me traiu 3 vezes, perdoei todas, e me convenci com o passar do tempo que tudo não passou de curiosidade de menino novo. Depois de 8 anos as coisas se desgastaram, e eu já não reconhecia o homem com quem eu estava. Grosso, convencido que me tinha nas mãos (e tinha mesmo rs), cheio de palavras duras. Uma noite, enquanto discutíamos por telefone ele terminou comigo, me disse que eu era muito convencida que valia muita coisa, mas que mulher como eu ele encontraria em qualquer esquina. Nessa hora já era para eu ter dado um fim em tudo, afinal o respeito estava definitivamente acabado; mas sabe como é né? Eu o amava, muito, mais a ele que a mim. Tentei insistir, liguei pedindo volta, e na minha última ligação ele disse: “Não vou voltar pra você, para de andar atrás de mim feito uma cachorra”. E PAREI! Pensei que fosse morrer, aquele homem era tudo na minha vida, emagreci horrores, não saía de casa, e tinha vergonha de assumir para todos que tudo tinha acabado. Depois desse dia, passaram-se dois meses, até que ️então teve um show na minha cidade, o qual resolvi ir, depois de dois meses de cama, e fossa já tava na hora de acabar meu luto. Me arrumei maravilhosamente linda, e fui finalmente perder a dignidade mas não o Open Bar daquele dia. Enquanto eu esperava meu táxi, o telefone tocou, e adivinha quem era? O EX! Que me ligou única e exclusivamente para dizer que não era pra eu ir pro show, pois ele tinha acordado pra vida e descoberto que eu era a mulher da vida dele, e precisávamos nos entender. Adivinha o que a boba fez? Desliguei o cel, guardei na gaveta e fui curtir o show. E nesse show finalmente beijei outra boca, foi estranho, me senti a pior das mulheres, como se ainda devesse consideração ao meu ex. O rapaz viu meu constrangimento, e me add no face para pedir desculpa, pois não sabia que eu não gostava dessa vida de “pega e não se apega”. Até hoje não sei explicar o que aconteceu, pois nunca havia beijado alguém sem compromisso, e qd vi, já estava garrada haha. Pois bem, desde então passamos a papear, e só paramos quando pensei em dar uma última chance pro meu ex que não saía do meu pé. Pois é ele não parou na ligação do show, inclusive descobriu do beijo do show, e teve a capacidade de espalhar pra Deus, o mundo, todos os amigos e família que ia terminar comigo pq eu havia traído ele. Adivinha o que aconteceu? Me senti culpada, pensei que deveria ter esperado mais, e fui na cidade do ex para tentar me reconciliar, mas então, o tal do show não me saía da cabeça. Voltei para minha cidade, avisei o ex que não dava mais mesmo; afinal todo aquele amor doido e roxo já tinha acabado, quando? Não sei! Mas acho que a verdade é que o desgosto tomou conta de mim. E tomou mesmo, principalmente depois de descobrir que eu tinha mais ponta que maxixe e todos sabiam; o fim de semana era meu, a semana era das outras, 8 anos assim. Preciso dizer o quanto fui exposta, humilhada, e me senti a pior das mulheres? Pois é, mas fui superando dia a dia, enquanto isso, Eu e o rapazinho viramos amigos, papeávamos todos os dias pelo chat do face(durante 8 meses), até que ele veio visitar o irmão e aproveitou para me ver; dessa vez beijei sem culpa rs, já estava totalmente envolvida, ficamos dois dias grudadinhos, e na hora da despedida, foi choro, choro, choro. Mas a volta não demorou nada, 1 mês depois ele voltou, dessa vez apenas para me ver, e já me pediu em namoro; eu que não sou boba aceitei, e estamos juntos e felizes a 1 ano e meio. 1 ano e meio de lua de mel, ele é um verdadeiro príncipe, me trata a pão de ló, um gentleman; lindo e apaixonado; o amor da minha vida! sabe todos nossos sonhos de homem ideal? Eu não sonhava apenas, eu também orava, e contava para Deus tudo que esperava, e Ele me deu, melhor do que eu pedi. Estou nas nuvens até hoje. Ainda na vida de namorar a distância, mas talvez esse seja meu carma. Agora vem o UPGRADE: Enquanto essa história estava guardadinha esperando sua autorização para enviá-la, fui pedida em casamento. E só de escrever me emociono mais uma vez. O pedido foi surpresa, lindo, cheio de cuidados e detalhes, digno de um roteiro de filme. Então agora sou mais que a moça superada; sou a noiva mais feliz do mundo! O que eu quero contando minha história? Sinceramente que todas entendam que devemos acima de tudo nos amar em primeiro lugar. A pessoa certa vai amar tudo aquilo que a pessoa errada achou que era defeito. Não aceitem migalhas, o homem perfeito não existe, mas existe nosso “perfeito imperfeito” que vamos amar até os defeitos. Um amor bonito e cheio de cumplicidade é possível e mesmo tantos apostando que homens são todos iguais, acreditem: todos os outros são, mas o meu, o seu, aquele que Deus fez para você, é diferente de todos os outros. E ele existe! Beijos a todas, e deixa eu correr que falta menos de um ano para o meu casamento rs.   O outro caso é de uma moça que se chama Constanza hahahahaha. Ai ai ai, o que não faço aqui né? Vocês pediram e eu pensei muito, mas muito mesmo, se deveria falar de mim novamente em assuntos do coração. Perguntei pro Rafa o que ele achava e tá tudo ok! Bom, como vocês sabem eu terminei no final de 2012 um namoro de quase 15 anos (e cada vez gosto menos de falar disso. É algo tão distante de mim que parece uma história que vejo de fora e que não me pertence) Enfim, sofri, chorei mas nem tanto como imaginam. Só me permiti cerca de um mês de sofrimento intenso e depois fui pra vida. Exatamente no dia 1 de Janeiro de 2013, resolvi deixar tudo o que tinha me feito mal para trás. Querem saber de mais uma bruxaria minha? hahaha lá vai… escrevi num papelzinho tudo de ruim o que tinha acontecido em 2012 e as pessoas que não queria mais na minha vida e botei fogo no papel. Queimei aquilo como se fosse um ritual do fim de todo meu sofrimento. Em outro papelzinho escrevi tudo o que queria para 2013 e o tipo de pessoa que eu gostaria de encontrar, as qualidades e até características físicas. Guardei o papel do bem na carteira. Comecei o ano ouvindo músicas felizes (ai gzuis, a playlist da felicidade… tenho que atualizar né?), fazendo caminhadas e paquerando os gatinhos que apareciam no caminho, andei muito de bike, resolvi cuidar do corpo e decidi fazer do meu aniversário do ano, o melhor da minha vida. Arrumei vários “paquerinhas”. Até julho de 2013 tive uns 4 e revezava (não me julguem) e nenhum deles conheci em baladas. Mentira, um sim. Os outros eram amigos de amigas, conhecidos, etc. Na verdade nunca tive dificuldade em conhecer pessoas e me relacionar, sempre foi questão de querer mesmo e claro, um bom papo. Saí muito. Topava de aniversário de tia de amiga, festa junina de bairro até show de banda que não conhecia. Mas quando não dava para sair, nem achava ruim. Tomava um vinho em casa e comia um japa assistindo The Voice gringo, American Horror Story ou Girls. Fui atrás de amizades que me fizessem cia REAL, não queria mais coisas virtuais na vida. Claro que ajudam, mas as vezes a gente precisa de gente perto, de olhar no olho, de dar abraço, de sair de casa. Chamava para sair na cara de pau. Mandei mensagem para todos meus contatos, amigos antigos, novos, conhecidos e até gente que eu apenas simpatizava pela internet, simples e direta: “oi, tô solteira e quero sair, quando fizer algo me chama?” E chamavam. Numa dessas, uma “leitora” me mandou um inbox contando que tinha acabado de separar do marido e estava mal… O que eu falei? “Vamos sair?” E fomos no pior bar de BH hahahaha, sem papo, afinal nem nos conhecíamos, nunca a tinha visto e ela só me conhecia pelo blog, bebemos um pouco e fomos embora. Hoje é uma das minhas grandes amigas! Ah, fui passar meu aniversário na Europa, bem estilo Paris Hilton comemorei em Londres, Dublin e Paris. Entrei em contato com todas as pessoas que conhecia nos lugares onde ia passar, eu queria ver gente, queria me divertir! Em Londres conheci outra leitora, que já era muito especial mas que eu só conhecia virtualmente e é minha paixãozinha… Uma menina maravilhosa de energia tão positiva que vicia! Também encontrei um querido amigo das antigas e conheci outra querida leitora. Em Dublin, outra amizade virtual virou real (e na Irlanda foram as 3 noites mais divertidas da minha vida). Em Paris, meu melhor amigo que na época morava na Itália, foi encontrar comigo e foi fantástico. Tudo perfeito, tudo redondo, tudo feliz. Na volta, recebi a proposta de entrar no F*Hits e obviamente encarei. Me tornei uma pessoa de SIM e deixei todos os NÃOs para trás. Se desse errado, pelo menos teria tentado e não teria um “e se…” na minha cabeça. Esse foi meu mantra durante todo o ano. 2013 estava sendo tão bom que não poderia melhorar, mas ficou ainda melhor! No final de outubro conheci uma pessoa, assim do nada, quando menos se espera e ele me convidou para jantar. Topei, afinal, eu tinha me transformado em um pessoa de SIM, lembram? Poderia ser horrível? Poderia. Mas também poderia ser muito bom. E não foi bom, foi ótimo! Conversamos muito, ele não entendia o que era um blog e eu estava com muita vergonha de mostrar. Imagina, ele abrir o Futilish e cair num post onde falo de onça pobre? Iria me achar A louca né kkkk Enfim, combinamos de nos ver no final de semana e assim foi. Não demorou muito (quase nada) e me apresentou aos amigos, me pediu em namoro e marcamos a primeira viagem juntos. Tudo muito rápido porém firme. Eu que não sou boba, avisei logo no início: viajo muito e sou chata. O lance de viajar ele tirou de letra, já que também ama e me acompanha muito. Sobre eu ser chata ele não acreditava, hoje já pode confirmar com conhecimento de causa rs. Lembram do papelzinho do bem que tinha feito no começo do ano com o tipo de pessoa que eu queria para mim? Era exatamente o que tinha escrito. Em novembro do ano passado fizemos um ano de namoro e tem sido maravilhoso. Somos muito parceiros, viajamos bastante, ele me apoia e incentiva e temos gostos parecidos. Claro que brigamos… por semos mais velhos temos nossas manias e teimosias e passamos constantemente por ajustes e adaptações, mas no final das contas só temos acrescentado um ao outro. A cada dia ele me ensina a ser uma pessoa melhor e acredito que eu a ele também. E é isso! Não digo que minha vida sentimental será perfeita eternamente (quem me dera) mas se o destino me der outra rasteira, sei muito bem como me levantar. Quando paro para pensar na virada que minha vida deu, vejo que tudo foi fruto somente das minhas atitudes! Eu poderia ter me deixado dominar pela tristeza, reclamar da vida, achar defeitos em todos, ficar estática e ver o tempo passar mas não, eu me fiz o mais leve possível e deixei ser levada por todos os ventos que passaram por mim. Não rejeitei nenhum. Uma pessoa de SIM. E hoje me encontro tão bem que como disse no início do meu texto, o “drama” que passei, parece nunca ter me pertencido.   Então amigues, menos choro, mais atitude, mais amor próprio e mais SIM em 2015!

  • Comprinhas no Chile!

    Este post será bem decepcionante para quem me acompanha desde os primórdios do Futilish. Lembram como eu era a louca das compras? Era tipo todo dia, toda hora, um desejo atrás do outro! Não era falta de nada (psicologicamente falando) mas sim o grupo que eu frequentava, onde as meninas compravam muita coisa e eu ia no fluxo. Daí que procurei outros objetivos e não é que a Cony Bloom descansou?? Claro que ainda faço minhas loucurinhas, mas não tão frequentes. Às vezes quando vou na Zara e ela está boa, meu cartão de crédito sofre rsrs. Bom, hoje vou mostrar minhas compras de maquiagem e cosméticos aqui no Chile e quase todos são culpa dela, Camila Coelho. Vou contar um segredo sobre mim… Não leio blogs!!! Já li muito, principalmente no começo, era bem viciada mas depois que passei pro lado de cá da coisa, meu tempo ficou tão escasso e internet acabou virando sinônimo de trabalho que o que era prazeroso já nem é mais… De vez em quando clico em algum link interessante de blogueiras no Facebook e fica por isso mesmo! Daí que dia desses vi a campanha super forte da Camila no Youtube, achei bacana afinal ela é um fenômeno dos vídeos, apesar de eu nunca ter visto um (até então) e faz makes perfeitas não só para vídeo, ao vivo também são maravilhosas. No voo para Santiago, via Lan, fui assistir TV e quem tinha um canal lá? Camila. Pensei ¨vou assistir os vídeos¨. Gente, AMEEEEEIIII! Não conseguia parar de ver, foi um atrás do outro hahahaha. E a parte ruim foi que anotei várias makes que ela usa bastante e fala super bem. Achei alguns itens aqui no Chile e tenho outros para wish lists gringas. Vamos lá: Base Sheer Glow Foundation da Nars. Fica linda na pele e deixa um glow mara! Pele com viço, saudável sabe? A cor da Camila é a Stromboli mas para mim achei escura. Acabei comprando a Medium 2, Santa Fe, um tom abaixo e ficou perfeita. Custou 34.000 pesos, algo como 170 reais. (Ah, aqui no Chile você encontra Nars na loja Ripley). Só achei o dosador ruim. BEM ruim. Ainda influenciada pela Camila, também comprei o corretivo da Nars, o Radiant Creamy Concealer, desta vez, na mesma cor dela, a Custard. Nos vídeos ela fala o que os maquiadores sempre dizem, que o corretivo tem que ser um tom mais claro que sua pele para dar aquela iluminada. Este da Nars é bem cremosinho, promete disfarçar imediatamente imperfeições, rugas, linhas de expressão, olheiras e ainda hidrata. Não craquela NADA e o acabamento fica perfeito! Mega dica essa viu. O olhar fica fresco… Uns 110 reais. Esse não foi dica da Camila mas já que estava na Nars acabei olhando outras coisinhas e amei a cor desse batom! E o vendedor ainda me convenceu falando que esse aplica a cor REAL nos lábios, sem sofrer alterações da bala para a cor da boca. E como a cor era linda, também veio junto. Chama-se Fanny e é da linha Audacious Lipstick. Cerca de R$ 100 Em quase toda make, a Camila usa o Paint Pot Soft Ochre e em menor escala usa o Painterly, ambos da MAC, para neutralizar a cor das pálpebras e segurar a sombra. Eu anotei os dois na minha listinha e fui atrás. Ao provar, notei que o Painterly casou melhor com minha pele, o Soft Ochre ficou meio amarelado. A diferença foi muito sutil entre eles, e como o Soft é difícil de achar, comprei os dois rsrsrs. Tenho usado mais o Painterly mesmo. Farei resenha com os dois, aliás, com os quatro Paint Pots que tenho agora, mas só quando voltar ao Brasil. Na foto só tem o Painterly pois estou na praia e o Soft Ochre ficou em Santiago. Uma leitora muito observadora e gentil me contou que a base Superstay Better Skin da Maybelline já estava sendo vendida aqui no Chile. Eu estava com desejo dela desde a semana de moda de NY, quando visitei o backstage do Custo Barcelona e eles estavam usando muito esta base. O maquiador top Gato da Maybelline, falou muito bem dela e o resultado nas modelos era incrível. Pois bem, comprei a base ontem! Chutei a cor 030 Sand (comprei nas Farmácias Ahumada e eles não tem testes humpf) mas deu certinho. Passei ontem em mim e na minha mãe e ficou muito bom! Ela tem acabamento seco porém sem tirar o brilho natural da pele. E ainda promete melhorar a textura da pele em 3 semanas. Gostei. Ultimamente ando numa vibe de bases que deixam a pele natural, e essa ficou bem nesse quesito. Baratinha, cerca de R$ 35. E para finalizar, estava procurando alguma novidade para clarear manchas (sempre né… o Spectra foi ótimo. Pra gastar dinheiro) e dei de cara com uma novidade da La Roche Posay, o Pigmentclar Serum. É um concentrado clareador intensivo que contém Ácido Ferúlico na sua fórmula, o mesmo ácido do famoso Ferulic da Skin Ceuticals e por um preço mais amigo. Ele não tem Vitamina C, mas considerando que já uso a super top da SVR (Hydracid C20), acho que pode dar certo. Ou não… quando se fala de manchas, acho que só nascendo de novo para resolver, mas enfim, a proposta desse serum da LRP parece bem tentadora. E claro, testarei.   Só 5 coisinhas!!! Ah, comprei uns lápis de olho na MAC também mas sem grandes alardes. Repeti o Stubborn Brown que para mim é o marrom perfeito, comprei um cor berinjela e um pretinho pois achei que o meu da Natura tinha sumido (mas achei depois). E só!

  • E O Ano Começou!

    Nada de esperar depois do Carnaval para levar as coisas a sério! 2014 foi um ano muito esquisito, parece que não deslanchava nunca e quando achei que ia começar, acabou. Assim, do nada, já era 31 de Dezembro. Para 2015 não tenho muitas resoluções, acho apenas continuar o que conquistei em 2014… E claro, as que me acompanham todos os anos como dar mais atenção aos amigos reais, não usar tanto o celular, cuidar da minha saúde, respeitar meu corpo e a mais mais de todas, perder 5 kg kkkkk Como vocês já sabem, vim pro Chile ver a família, passar o Natal e o Reveillon por aqui. Muitas pessoas me pedem dicas mas nem sei mais o que falar… sério! Já fiz vários posts sobre o Chile que listarei no final para reunir tudo num lugar só e facilitar a vida geral da nação. Hoje vou dar um resumo do que tenho feito, onde tenho ido, comido e quem sabe conseguir alguma novidade né? Vamos começar pela parte gostosa? COMIDAS NO CHILE! Empanadas! TEM QUE COMER! Sempre que chego aqui é a primeira coisa que penso degustar. É típico do Chile e a da foto é a tradicional Empanada de Pino (pino é o nome que eles dão ao recheio, uma mistura de carne moída – que as vezes pode ser em tirinhas – cebola, azeitona preta, cominho, ovo cozido e de vez em quando, colocam passas). Onde comer? Boa pergunta. Minha mãe compra aqui perto de casa mas para turistas, acredito que o lugar mais pitoresco seja perto do Mercado Central, o Zunino. Lá é bem popular e centrão mesmo… se quiser algo mais fancy mas sem perder a chilenidade, pode ir provar uma empanadita no Pueblito Los Dominicos, uma vilazinha que fica em Santiago mesmo e que reproduz uma ¨roça¨ chilena. Lá também pode experimentar um pastel de choclo (uma torta salgada de milho) e um mote com huesillos (um chá com trigo). Decidiu comer no Pueblito? Está com calor? Peça uma cerveja Torobayo da Kunstmann. Detalhe para o copo congelante! Essa cerveja é artesanal, do sul do Chile (Valdivia) e é muito pedida por aqui. Sabiam que o Chile tem uma baita rivalidade com o Peru e um dos muitos motivos é a origem do Pisco Sour? Dizem que é uma bebida peruana, e os chilenos, xatiados, nomearam a Piscola como bebida nacional. O Sour é pisco (aguardente de uva) com limão, clara de ovo e gotas de um negocinho amarelo que se chama amargo de angustura e não faço ideia do que se trata. A piscola, é pisco com coca cola. Ceviche! Esse foi no restaurante La Mar, do badalado chef peruado Gaston Acurio. Apenas bom, mas toda vinda ao Chile exige provar um ceviche. Tem um muito gostoso no restaurante El Otro Sitio. Uma entrada bem famosa nos restaurantes locais são os Camarones al Pil Pil. São camarões num molho de azeite, alho, pimenta, manteiga, sal e salsinha. Bem gostoso, mas não mata fome rs. Esse da foto comi num restaurante muito bom e de fácil acesso para os turisitinhas, o La Perla del Pacifico, no Boulevard do Parque Arauco, o shopping mais amado pelos brasileiros rs. DICA PARA OS COMPRADORES: ao lado da Starbucks, pelo lado de dentro do Shopping, tem um guichê que ao apresentar seu passaporte ou identidade brasileira, você ganha um cartão com descontos em váaaarias lojas. A melhor é a GNC, com 30% off! Turma do whey treme. No Costanera também tem o mesmo esquema. Se for jantar ou almoçar no La Perla, peça uma centolla com purê de palta (abacate). Prato delicioso e muito saboroso. Não faça cara feia pro meu querido abacate. Quase tudo no Chile tem abacate, coentro e tomate. É muuuuito bom! Uma bebida que está fazendo sucesso por aqui mas é ruim que dói, é o tal do Aperol Spritz. O drink do verão europeu deu as caras no Chile é uma mistura de prosecco, aperol e água com gás. Se você curte Campari, vai adorar, mas se não gosta… melhor guardar seus pesos. Um dos meu pratos preferidos do mundo! Pena que só como aqui no Chile… Pastel de Centolla! Sabe aquele caranguejo gigantesco que já mostrei aqui? Então, fazem uma misturinha dele desfiado, creme de leite, queijo e farinha de pão. Gzuis… de comer ajoelhada e agradecendo a vida. Você pode encontrar em vários lugares, mas se estiver passando pelo litoral central, dê uma paradinha na cidade de Maitencillo e prove no restaurante Puntamai. E ainda presenteie os olhos com uma linda vista. DICA DE ROTEIRO OFF TURISTAS e com poucos brasileiros (tem gente que gosta de ir em lugares atípicos né?): litoral central sentido norte, depois de Viña del Mar. Comece pelas seguintes praias: Maitencillo, Cachagua, Zapallar e Papudo. Cada uma com sua particularidade. Maitencillo é a praia da juventude, com restaurantes, baladinhas, surfistas, agito (mas nem tanto). Cachagua é a praia dos políticos, das celebridades nacionais e sociedade. Tem ruas de terra e casas mais rústicas. Zapallar é a nata da nata dos balneários chilenos, desses bem tradicionais. Não se assuste se encontrar babás tomando conta de 10 crianças na praia, Ferraris passando, mansões maravilhosas e mulheres esqueleticamente magras fumando sem parar. E Papudo é a mais popular, porém mais pitoresca. Fica a dica para fugir do roteiro Viña del Mar e Valparaíso e ver uma das paisagens mais lindas do pacífico. Lembram do mega caranguejo que falei acima, a centolla? Ela tem um parente menorzinho e muito servido no Chile, a Jaiba! Também pode ser feita como pastel, como empanada ou em ¨pinzas¨, que são suas patinhas com um molho que chamam de Salsa Golf (que nada mais é que maionese, ketchup, gotas de limão e de molho inglês, tudo misturado). Não é tão saborosa como a prima grande (nem tão cara), mas é outro must da cozinha chilena. Gente, acabei de mudar de idéia sobre o post rsrsrs. Vai ficar muito grande se eu colocar tudo aqui e ainda tenho monte de fotos de lugares. Acho que por hoje vamos ficar só nas comidas e no próximo falo por onde andei, pode ser? Prometo não demorar a postar! Boa maneira de começar o ano! Comendo… :-/

  • 31 de Dezembro: O Dia da Mala

    Todo ano faço o mesmo post, quase que na mesma data. E ainda assim, sempre me pedem pra repetir hahaha. Acontece que se trata de uma simpatia de final de ano que DÁ CERTO. Tão certo que várias leitoras que já fizeram, comprovaram e depois vieram me contar o sucesso da minha pequena ¨bruxaria¨. Seguinte, eu amo viajar. Tudo o que eu puder fazer para incrementar minhas viagens, ter a possibilidade de passear ainda mais, eu faço. E assim que há bons anos faço uma simpatia, durante a virada do ano, que é tiro e queda. Existem variações dessa simpatia mas eu acho que quanto mais varia, mais perde a ¨força¨. A original é assim: quando der meia noite, você pega uma mala e dá uma volta no quarteirão. Tipo bem louca mesmo, mas tudo por um álbum recheado de fotos lindas. Variação 1 – Não dá para dar a volta no quarteirão? Ok, pegue a mala, e quando der meia noite, suba numa cadeira e mentalize muitas viagens. Variação 2 – Não tem quarteirão , nem mala e cadeira? Passe a virada com o passaporte na mão, novamente desejando muitas viagens. Ó, quem fez não se arrependeu. Tive leitora que nunca tinha saído do país e depois dessa já foi duas vezes. PS 1 – Para quem acreditar, boa viagem. Quem não acredita, a gente manda fotinho dos lugares tá? PS 2 – Tô sumida porque tô no Chile aproveitando as férias! Dessa vez vou ficar pouquinho tempo, então tenho que aproveitar beeeem! PS 3 – Beijos da blogueira bruxa e um 2015 LINDO para todos nós! Se não quiser viajar, mentalize coisas boas e sucesso. Energia positiva atrai coisas positivas!

  • Dica da Leitora Trip: Cancun!

    Essa DDL Trip MUITO me interessa! Estou com passagem marcada para março e ansiosa para conhecer esse paraíso. Quem nos ajuda hoje com dicas de lá é a Mônica: ¨Oi, Constanza! Adoro o blog! Não participo ativamente, mas leio diariamente! Hehe! Outro dia vi que você pediu dicas sobre Cancún e logo me animei! Acabei de voltar de lá! Éramos cinco pessoas, eu e meu marido, mais um casal e uma amiga avulsa! Programamos a viagem por uns 2 anos, até que fomos em novembro! Ficamos do dia 27/11 ao dia 04/12, foi MARA! SOBRE O CÂMBIO: A moeda oficial é o peso mexicano, mas o dólar americano é usado numa boa. Afinal, Cancún parece mesmo uma extensão da Flórida. Nós optamos por levar dólar, apesar do câmbio. Terminei a viagem sem saber o que é melhor, porque quando eles não têm troco em dólar, te dão em peso com uma cotação que não costuma ser vantajosa. PASSAGEM: Compramos as passagens em maio por R$1.761,05, ida e volta por pessoa, classe econômica, com as taxas, pela Copa Airlines (BH-Panamá-Cancún). Sobre a Copa: pegamos as aeronaves mais novas, com tela individual. O serviço de bordo é bom, no voo mais longo foram servidas duas refeições. Nada excepcional, mas nada intragável também. Achei a programação disponível um pouco restrita, mas vou muito ao cinema, então já tinha assistido a todos os filmes do catálogo. CONEXÃO NO PANAMÁ: Escolhemos um voo com o menor tempo de conexão, porque pesquisamos antes e achamos que para valer a pena fazer compras no Panamá, seria necessário passar um dia por lá. Explico: existem os shoppings (um inclusive em frente ao aeroporto) e o free shop, mas dizem que o bom mesmo é a Zona Libre de Colón, tipo um bairro sem imposto. Como não fomos para fazer compras, optamos por fazer a menor conexão. Apesar disso, claro que as mulheres do grupo foram saracotear pelas lojinhas do free shop. Conclusão: não perca seu tempo. Perfumes, cosméticos e makes são mais baratos em Cancún. Se está a procura de algum eletrônico, pode ser… Mas pesquise antes. Dica de site sobre compras no Panamá neste link. HOTEL: A regra em Cancún são os resorts all inclusive e nós não fugimos dela. Até tentamos, mas ao pesquisar, vimos que financeiramente não valia a pena abrir mão do all inclusive. Escolhemos o The Royal Sands. Eu e meu marido ficamos no quarto mais simples, que já é bem grande: duas camas de casal (que achei um pouco pequenas, a nossa aqui é queen), varanda, mini cozinha, closet e banheiro. O hotel conta com duas áreas de piscina gigantes, quadras, dois restaurantes (além de outros três externos e da facilidade de você poder frequentar e usufruir do all inclusive dos outros hotéis da rede), empréstimo de artigos esportivos, supermercado interno e mais um monte de facilidades. O atendimento foi excepcional; aliás, amei os mexicanos! Todos muito alegres e simpáticos! Pagamos US$1.397,70 por 7 diárias com as taxas. TRASLADO AEROPORTO-HOTEL: Como éramos cinco, decidimos alugar dois carros básicos (ficava mais barato que um utilitário), devolver um no dia seguinte e ficar com o outro mais um dia para irmos ao Xcaret (tipo um parque aquático, falarei dele mais abaixo). Existem shuttles, táxis e alguns hotéis disponibilizam traslados, mas achamos que essa era a melhor opção para gente. Foi 25 dólares a diária sem o seguro opcional: fique atento, pois o seguro básico não inclui reboque caso o carro tenha algum problema mecânico e danos acidentais (quebra de vidro, riscos, etc), isso é um adicional cobrado a parte (uns 15 dólares). PROGRAMAÇÃO: É aquela estória… você paga para ter bebida e comida a vontade, tem uma super área de lazer a disposição e acaba ficando o dia todo pelo hotel. Para não deixarmos de aproveitar a cidade e nem o resort, dividimos o tempo meio a meio: 3 dias no hotel e 3 dias fazendo passeios. Ficou assim: 27/11 – Chegamos à noite, exaustos, e os restaurantes do hotel já tinham fechado a cozinha, só o serviço de quarto estava funcionando e usamos ele mesmo para matar a fome. 28/11 – Xcaret – como eu disse, é tipo um parque aquático. É enorme e não dá tempo de ver e fazer tudo em um dia (mas não acho que justifique dois dias de parque). Chegamos por volta das 10hs da manhã (tarde, chegue mais cedo) e saímos umas 20hs (depois do show temático). Compramos o ingresso que dá direito a usar os lockers e com almoço incluído. Os armários são indispensáveis, porque não dá para carregar a mochila para lá e para cá e nem deixá-la em algum lugar antes de fazer as atividades. Eles vendem um protetor solar que dizem ser específico para não poluir a água, mas achamos balela. Usamos os nossos mesmo sem problemas. Impressão geral: curti! Gostei de nadar no rio subterrâneo (fiz o misto, meio aberto e meio fechado. Tem um todo fechado e outro todo aberto. Não vá de óculos! Perdi os meus!) e de assistir ao show noturno. O almoço foi num self service que não amei, mas era o que tinha, então beleza. Não deu tempo de alugar o snorkel e não quisemos nadar com os golfinhos lá (atividade paga à parte). Existem mais umas cinco opções de parques desse tipo em Cancún. Ficamos entre o Xcaret e o Xplor, mas optamos pelo primeiro, porque não somos fãs de aventura (o Xplor parece ter muitas atividades com emoção, tipo tirolesas e etc). Custo: se não me engano, 129 dólares por pessoa. 29/11 – Dia todo no resort. Vou aproveitar para falar um pouco sobre o hotel. Gostei bastante da comida da rede Royal (os drinks ficaram a desejar, tava esperando coisas coloridas em copos grandes, decorados com sombrinhas… Aiai… É tudo num estilo mais básico, com gosto duvidoso – pra mim, parecia remédio). Mas comparando com minha outra experiência de all inclusive (Iberostar Praia do Forte), achei esse bem melhor! As reservas só podem ser feitas no dia, o que é ótimo, pois você não corre o risco de não conseguir lugar justo naquele restaurante que tanto queria ir. O café da manhã é quase um almoço para gente, bem estio americano, mas dá para salvar umas frutinhas, um queijinho branco e tal. Nas áreas externas, tudo show! Único porém: apesar de haver um aviso sobre a proibição de reservar as cadeiras e espreguiçadeiras da piscina e da praia, a galera coloca a toalha na maior… Mas como não estava cheio, não tivemos maiores problemas. A praia onde ficamos tem um mar bem bravo, foi bandeirinha vermelha e salva vidas apitando todos os dias. Me parece que o mar tipo piscininha só rola no início da península, até o Km 8, por aí. Esse trecho da zona hoteleira foi o primeiro a ser construído, na década de 70. Então, salvo os hotéis que passaram por reforma, essa parte é mais velhinha. Fica a dica na hora de escolher onde se hospedar. Nós estávamos no Km 12/13, próximo ao shopping Luxury Avenue. Neste dia, fomos jantar em um restaurante da rede Royal, o Capitan’s Cove, especializado em frutos do mar. Pelas resenhas que li sobre ele depois, a vista da varanda é linda e vale a pena ir para assistir ao pôr-do-sol. Fomos a noite, não vimos nada disso! Mas a comida estava gostosa, nota 8. 30/11 – Isla mujeres: pegamos o ferry e chegando lá, alugamos um carrinho de golf para nos locomovermos (uma piada! Mas valeu a pena pela diversão! Não tem jeito de atravessar com o carro, então era isso ou alugar uma moto ou um carro. Pagamos 40 dólares para devolver o carrinho até às 17hs). Passamos apenas o dia lá e como queríamos nadar com os golfinhos, ficamos praticamente o tempo todo no Dolphin Discovery, que é um complexo onde se pode pagar para interagir com os golfinhos. São três pacotes, cada um com uma lista de atividades que se pode fazer. Escolhemos o mais completo, com direito à área vip (com piscina de borda infinita exclusiva e direito a almoço em dois restaurantes com comida mexicana e internacional. Nota 6 para comida.) Pagamos 99 dólares (rolou desconto para os brazucas chorões) mais 56,61 dólares pelo cd com as fotos! Isso aí! Não pode ir até a área dos golfinhos com a máquina. Quer foto? Compre o cd. Mas eu AMEI!!!! É verdade que dá um pouco de pena dos bichinhos, mas eles têm vários certificados e dizem que os animais que estão lá são muito bem tratados e, ou nasceram em cativeiro, ou foram resgatados de situações de risco – machucados, mal tratados, etc. Os golfinhos são super treinados e incrivelmente dóceis. Têm também leões-marinhos e peixes-bois, mas fiquei só com os golfinhos mesmo. Saímos de lá por volta das 15:30 e fomos passear nas lojinhas. Rola tipo uma feirinha com muitos artesanatos! Dá para garimpar lembrancinhas! Voltamos no penúltimo ferry, das 16:30 (19 dólares ida e volta). Chegamos em Cancún e fomos ao shopping La Isla. Atenção mulheres! Vale procurar a UltraFemme para comprar perfumes, makes e cosméticos. Tem muitas opções e sempre rola um descontinho! Uma pequena observação: nada supera os EUA no quesito preço. Minhas compras ficaram restritas a imãs de geladeira (coleciono das viagens), tequila, perfumes e reposição dos meu Cliniques para rosto. Voltamos bem tarde para o hotel e ficamos no bar de lá mesmo. 01/12 – Resort de novo! Piscinando all day! À tarde, pegamos bicicletas no hotel (eles tinham para emprestar, inclusive com colete e capacete, muito lindos! SQN…) e fomos pedalando até o letreiro Cancún, para tirar umas fotinhos, coisa de turista! À noite, jantamos no outro restaurante do Royal, o Hacienda Sisal, especializado em comida mexicana. Amo!! Nota 9. Fechamos a noite na boate Cocobongo. Nos divertimos horrores! Muito legal! Ficamos na pista, com bebida incluída. Estava cheio, mas não lotado, e conseguimos ser servidos numa boa pelo garçom (sem pagar propina – gorjeta). Durante a noite rolam vários shows temáticos, tipo uns covers, mas tudo muito bem feito. Cuidado se te chamarem para dançar num pedestal lá no alto: eles soltam um vento por baixo da saia da mulherada e aí já viu, né?! Preço: 65 dólares por pessoa, pista com bebida incluída. 02/12 – Tentamos passar o dia no outro resort da rede Royal, o Royal Cancun, que fica no trecho de praia calminha. Mas choveu o dia todo e acabamos indo para o shopping La Isla de novo. À noite, jantamos no El Conquistador. Um restaurante que fica dentro do The Royal Islander. Disparado o melhor restaurante! Nota 10! Serviço a la carte, ambiente mais sofisticado com música ao vivo e comida divina! Dica: homens devem ir de calça, trajes informais não são permitidos. 03/12 – Chichén Itzá – Fechamos esse pacote com uma empresa em Cancún, mas não recomendo porque fiquei muito decepcionada com o guia que nos acompanhou no complexo arquitetônico. Nos disseram que o cara era fera, que falava português e tal, mas achei as explicações dele muito superficiais. Qualquer programa sobre Chichén Itzá do National Geographic supera o que ele nos disse. Mas enfim… Pegaram a gente no hotel às 7:40 da manhã e “devolveram” às 19hs. São umas 2:30 de viagem. Eu queria muito conhecer, então achei que valeu a pena poder ver de perto essas ruínas tão antigas e cheias de história. Se não tiver água incluída no seu passeio, leve, porque o sol castiga! Rola uma feirinha de artesanato lá também, pode deixar para comprar suas lembrancinhas ao final. Saindo de lá fomos ao Cenote Ikil (é um poço natural, como se fosse uma gruta), onde pudemos nadar e almoçar. Depois fomos a uma fábrica de tequila e fechamos o passeio com uma visita à Valladolid, cidadezinha histórica com forte descendência Maya. Pagamos 89 dólares por pessoa, incluindo almoço, todas as entradas e água! 04/12 – dia de voltar! Ficamos o dia no hotel, almoçamos por lá e às 13hs fomos para o aeroporto (pagamos 7 dólares por pessoa por esse translado). Dica final! Assim como em alguns países da América do Sul, o México tem a política do taxback, que nada mais é que a devolução do imposto que você pagou nas suas compras. Para fazer isso, peça a nota específica na loja (desde de que o valor da compra seja superior a 100 dólares) e leve todas as notas, seu cartão de embarque, passaporte e cartão de crédito (o mesmo utilizado nas compras) no guichê do aeroporto (tem guichê no La Isla também). São devolvidos 65% dos 16% de IVA cobrados, tudo estornado no seu cartão em até 40 dias. Não inclui comida, bebida e algumas outras coisas. Já fiz isso no Uruguai e deu super certo! Fizemos de novo lá sem problemas! É isso! Espero que ajude, adorei escrever sobre a viagem! Beijos e sucesso sempre! Mônica AMEI AMEI AMEI seu email! E adorei a forma que você escreveu, tudo explicadinho! Muito obrigada por ser tão caprichosa e detalhista. Com certeza seguirei muitas das suas dicas!  E quem tiver mais dicas de Cancun, fale agora ou cale-se para sempre rsrs

  • Os Melhores do Ano – Versão 2014

    O que vocês não me pedem chorando que eu faço sorrindo? hahaha, uma leitora das antigas me pediu uma atualização daquela lista de melhores do ano que fiz em 2011! E gostei da solicitação, achei coerente e divertido saber o que mudou no meu gosto e o que ganhou meu coraçãozinho este ano. Com vocês, OS MELHORES DO ANO VERSÃO 2014! Maquiagem Base Líquida: Posso falar 3? Chanel Perfection Lumière (acabamento natural, minha cor é a 30 Beige), a Airflash da Dior (acabamento mais pesado, uso a 300), Dermablend (a que cobre tudo, até cara de pau, uso a cor Sand Beige 1 2/3) Corretivo: Dermablend e um mini crush pelo da Shiseido (Natural Finish Cream Concealer, cor 3 Medium Naturel) Máscara Cílios: não é uma máscara mas sim uma base para cílios da Anastasia que potencializa e torna water proof qualquer máscara! O achado se chama Lash Genius. Delineador: Tom Ford, sem sombra de dúvidas Blush: Brown da Make B. A Joana do F-utilidades fez TANTA propaganda que me rendi. É realmente lindo e vai com qualquer tom de pele. Batom: Private Party da MAC Lápis de Olho: Um da Natura que ganhei e é meu xodó! Mas até hoje não descobri se é Natura Una ou outra linha. Nele está escrito apenas Lápis Para os Olhos. Macio e não escorre de jeito nenhum! E tá acabando Primer: Um japinha da Sofina, o melhor do mundo, chama Primavista Long Keep Base (no link, resenhado pelo Pedro e eu complemento falando que funciona maravilhosamente bem com maquiagem). Quem for ao Japão pode trazer pra mim que ficarei muito feliz rs. Primer para Olhos (new): Paint Pot Painterly, desbancou o japinha! Comprei antes de ontem e já virou meu preferido. Neutraliza super bem a pálpebra e segura a sombra. Sombra: O quarteto da Clinique, 02 Jennas’s Essentials. Incrível como usei ele tipo 90% das vezes que fui me maquiar, tem as melhores cores básicas do MUNDO! Iluminador: Soft and Gentle da MAC, um ícone. Pó Bronzeador: Nem usei… mas o Hoola da Benefit tem uma cor perfeita tanto para bronze como para contorno Base em pó: Também não usei muito, mas indico a da Bare Minerals, Ready Foundation. Pó Translúcido: Outro que não usei rsrsrs Pincel Revelação: Os da Real Techniques, qualquer um! São ótimos e tem bom preço Demaquilante rosto: lencinhos umedecidos da Neutrogena. Mais baratos (bem mais) que os da MAC e fazem ótimo trabalho. Demaquilante olhos: They’re Real Remover da Benefit! PER FEI TO BB Cream (new): O Big Easy da Benefit, fiz resenha esses dias! Minha cor é a 04, medium. Produto para Sobrancelhas (new): o Dipbrow Pomade da Anastasia (minha cor é a Dark Brow). AMO AMO AMO.   Cuidados com o Rosto Creme Diurno: Hydracid C20 Creme da SVR. Depois que comecei as sessões de Spectra (que até hoje não deram resultados :-(), fiquei proibida de usar hidroquinona. Agora só fico na vitamina C! Estou acabando com meu estoque SVR que comprei em Paris e quando acabarem partirei para os da Skinceuticals. Custe o que custar, literalmente rs. Creme Noturno: o mesmo do dia, Hydracid C20 Creme da SVR. Creme Olhos: da Clinique, Even Better Eyes. Gostoso de passar, tem o aplicado em metal, geladinho e faz massagem. Sabonete Facial: Clinique de novo, o Rinse Off Foaming Cleanser e o da Bare Minerals Deep Cleansing Foam. Os dois rendem absurdamente! Tônico: da Adatina, Zincell Adstringente e outro da Clinique (acho que gosto da Clinique rs), o Clarifying Lotion 03 (o rosinha) Esfoliante Facial: recém descoberto, o da Granado em pó! Chama Pó Esfoliante Revitalizante Facial. Resenha em breve, estou apaixonada! Protetor Solar: ele, o meu, o seu, o nosso querido Bioré Acqua Rich. Gadget de Beleza: Miracurl, apesar dos pesares, usei bastante!   Cuidados Pessoais Desodorante: qualquer um em spray que não manche a roupa preta rs. Gosto muito do Dove. Creme para o Corpo: O Boticário, da linha Nativa SPA Vinoterapia, Sorbet Hidratante Corporal, MAGNÍFICO e o cheiro mais magnífico ainda. Tratamento estético (new): Velashape, vocês não tem idéia do que isso fez na minha celulite. Teremos post específico. Lipbalm: não usei Pasta Dental: Luminous White da Colgate. Era trabalho mas acabei usando muito e tô gostando dos resultados! Escova de Dentes: Curaprox 5460, sempre e avante. Lâmina: Gillette Venus Embrace Sabonete: Nivea Body Wash Extra Touch japonês. É diferente do Nivea que conhecemos, esse faz uma espuma absurda e é delicioso. O Yogi Flow da Rituals também é outro que habita meus preferidos… O cheirinho dele é imbatível. Perfume: Escentric 01 da Escentric Molecules. Caro, difícil de achar, mas riqueza em borrifadas.   Cabelos Shampoo: Variei tanto de shampoo este ano… Os que mais usei foram o MoroccanOil, o da Burt’s Bee e o da Exo. Condicionador: Acompanhando os shampoos, MoroccanOil, Burt’s Bee e Exo! Máscara: A da Exo! Sim, quem encontrar o kit (shampoo, condicionado e máscara) pode comprar! Os meus comprei com a Fran do Salão Elas, a moça que faz a exoplastia em mim (e a melhor da região, várias leitoras saem de BH para ir em Betim só pra fazer o tratamento com ela!) e são muito muito bons! O contato da Fran para quem quiser comprar os produtos é 31 – 3532 4050. Ah, e sabem a caca que fiz no cabelo com o Miracurl? Fiz a hidratação power da Exo e ficou muuuuito melhor! Óleo: MorrocanOil, sempre Leave In: O óleozinho do Morocca Protetor Térmico (new): então… não sei… quando usei, foi o do MoroccanOil, em spray! Gosto bastante.   E vocês, qual o produto de beleza revelação em 2014?

  • Visita a Hering e Minhas Escolhas Para as Férias!

    Semana passada fui na Hering dar uma conferida na nova coleção e escolher algumas peças para minhas férias. Férias é sinônimo de conforto, de roupas leves e gostosas de usar e acho que fiz boas escolhas. Vamos dar uma olhada na loja? Fui na Hering do Diamond Mall, em BH, onde fui super bem recebida pela gerente, a Beth, uma baiana recém chegada em BH muito gente boa! Também tive a companhia da Raquel, vendedora (and leitora) muito atenciosa que me ajudou a escolher os looks! Se você ainda não escolheu seu look da virada, corre na Hering que tem muita coisa bacana! Muita renda em blusinhas, quimonos, vestidos, e com preço bem bom! Shortinhos fofos para quem for passar as férias na praia… Blusinhas rendadas que até já apareceram aqui no Dica da Leitora. Comprei essa calça branca! Veste bem demais! A camisaria de Hering também está ótima viu? Vale a pena olhar com carinho. Essas em tie dye são super fresquinhas e levinhas, levei uma… logo saberão qual! Essa achei interessante e me fez voltar a infância… lembram daquelas roupas que guardavam assim, toda torcida?? Váaaarios modelos de jeans e… …BOLSAS! Vocês sabiam que a Hering vende bolsas? Eu não fazia IDÉIA! E só bolsa linda, olha essas! E preço mara, cerca de 100 reais! Looks super lindos para as férias. Agora vejamos os que provei: A produção que mais amei e achei super minha cara: calça branca (aquela que falei acima) e a camisa tie dye azul, LINDA! Gente, se achar dela por aí, pode comprar, essa tem Selo Fufu de Qualidade. Duas peças importantes e coringas para as férias: a camisa vai com shortinho jeans e a calça com regatinhas soltinhas estampadas! Férias TEM QUE TER: short e regata de malha branca. Para disfarçar os pneuzinhos, um quimono bem lindo e estiloso. Também vai pra minha mala de férias: macacão estampado bem verão! Esse é MARAVILHOSO!!!! Quando minha mãe me viu tirando ele da mala ficou doida e perguntou porque não tinha trazido um pra ela hahahaha. E para finalizar, um macacão preto que é tão minha cara que não tem como não considerá-lo nas férias! Não está tudo lindo na Hering? Dá para montar uma mala completinha para sua viagem, de roupa pro dia até roupa pra noite.  Quem quiser viajar com roupa nova (sempre é bom né? Sou dessas que compra roupa pra viajar kkk), corre dar uma passarinha na Hering e veja as inúmeras alternativas e o melhor, sem gastar muito! 

  • Rapidinho!

    Gente, tô aqui no Chile, vim passar o Natal com minha família! Cheguei domingo a noite e já tenho descansado taaaanto! Durmo igual pedra, acordo com o abraço e os beijos do Nero, café da manhã de mami, almoço as delícias chilenas, trabalho um pouquinho, saio fazer minha caminhada, enfim… sendo mimada por tudo e por todos. E como a vida muda né? Dois anos atrás eu estava triiiiiste, ano passado estava no Japão e hoje aqui no Chi, tranquila, calma e serena. Para tudo ficar mais completo ainda só falta o Fran (o irmão que mora no Japão) e meu amor, mas ele chega em alguns dias pra gente ficar juntinho de novo rs. E nesse clima familiar, de descanso, paz e plenitude venho desejar um FELIZ NATAL para vocês, minhas leitoras que me acompanham diariamente, algumas há anos, outras a dias. O importante é sua presença aqui! Hoje é quarta feira mas não é dia de Chora Que Eu Te Escuto, hoje é dia de SORRIR E SER FELIZ! Agradeça