Resultado de busca para : 




A primeira plataforma de Influenciadores Digitais de moda e lifestyle do mundo

TODOS OS POSTS

1745 resultado(s) encontrados.
  • Mi casa, Su casa – Um quarto de rainha.

    Fufús! Feliz dia das mães. Seja você mãe de humanos, cães, gatos, passarinhos ou répteis. Só não vale aranha. #fobia Que tal a gente pensar no que faz um quarto de rainha? E não estou falando de estilo, mas dos itens que eu acredito que são os que transformam o espaço de dormir em um quarto de rainha. Então vamos aproveitar o tema das mamys pra pensar nisso. Falando em rainha (segundo a internet) este é o quarto de HRH Queen Elizabeth II : Euzinho, transtornado que sou, nem me importo da véia dormir no sofá (visto que não achei a cama na foto) só quero saber quenhé que vai trepá nesse lustre e desentortar essas velas que estão me consumindo. Obviamente nós, os outros 97% da população mundial, não tem esse espaço todo para encher de carneirinhos imaginários quando estiver insone, mas podemos nos permitir certos luxos. Na Nest Interiores acreditamos que um espaço de dormir deve transmitir calma e ser rico em texturas. Para tanto não é necessário ser milionário, basta pensar em “camadas”. As coisas que são “fixas”:  Piso, parede, teto. Temos uma riqueza de texturas aí? Exemplificando: um piso com textura de madeira, uma parede com uma tinta com acabamento toque de seda e um teto em gesso com uma pintura lisa já somam três texturas. Essa é sua base, e você vai seguir construindo a partir daí. O que pode ser adicionado? Tapetes, papel de parede e uma cabeceira estofada por exemplo: Cortinas outros tecidos, como mantas, cobertores e almofadas decorativas: Iluminação em vários pontos, como abajures e pendentes: Se tiver, ou puder incluir, gesso e iluminações indiretas, trazem uma possibilidade maior de cenários aconchegantes: Sobre o mobiliário, eu sou um ferrenho defensor da cama tamanho queen (158x198cm). Ela é confortável e espaçosa o suficiente para grandes aventuras assim como para dormir de conchinha com seu bem. Eu, particularmente gosto de dormir abraçadinho, então tenho uma cama de casal tradicional (138x188cm) porque prefiro um quarto com maior circulação do que com muita cama e o dedinho do pé batendo em tudo. A cama tamanho king (198×198) e maiores são muito legais para quem tem espaços realmente amplos e que não precisam se preocupar com o preço dos lençóis. Mas eu ainda acho que se você gosta da pessoa com quem divide a cama, pode muito bem viver numa queen size. Se a desculpa é: minhas crianças/cachorro/gato… dormem junto comigo… não cabe a mim. Aproveite sua cama gigante. Nestes últimos dois anos a altura das camas tem crescido. E tem crescido a centímetros bizarros. A altura ideal da cama é uma em que você possa sentar e alcançar os pés no chão confortavelmente. Sério gente, daqui a pouco vão inventar um banquinho paras pessoas subirem nas próprias camas, e o pior é que vai ter gente comprando. When it comes to night stands temos duas dicas de ouro! Opte por uma mesa de cabeceira que seja pelo menos 5 centímetros mais baixa que o nível do colchão, assim é menos provável que você bata a cabeça na quina deste pequeno. Outro detalhe a se levar em consideração é que seu criado mudo esteja afastado da cama o suficiente para que a roupa de cama caia elegantemente entre eles. Caso o espaço permita, sempre gostamos de propor um móvel ao pé da cama. Conhecido como recamier, existem diversos modelos, estilos, tamanhos e cores. Eu opto muito pelos tipo baú e, especialmente se você aprecia uma cama com muitos travesseiros e almofadas, ele pode guardar todos estes itens durante a noite. Esse móvel é legal para quando você precisa sentar para calçar um sapato, para receber uma amiga no quarto enquanto se arrumam e fofocam. Até para apoiar uma bandeja de café da manhã num dia especial.  Acredito que quando essa peça é ligeiramente mais estreita que a cama o resultado é mais phyno. Já a profundidade dela costuma ser pequena, bem como um banco mesmo, coisa de 40 até 55 cm é mais do que adequado. Se o guarda roupas está no quarto, eu continuo defendendo que espelhos não devem refletir a área onde estão os travesseiros. Assim você evita de acordar e dar de cara com você mesmo te encarando. Outro item que eu entendo ser dispensável é a TV no quarto, mas se para você é importante ou até obrigatório, lembre-se que a posição ideal é ao pé da cama, e que o centro da tela deve estar a 150cm do chão. Agora me diz: Para você o que tem no seu quarto de rainha? Acredita que esta semana completamos três anos de Mi casa, su casa? Ainda que as coisas tenham mudado um pouco, e me desculpem se eu não tenho conseguido escrever todas as semanas, mas esse cantinho junto de vocês é o melhor do mundo! Obrigado Cony por me permitir ter contato com as suas Fufús e os senhores Fufús, todos tão especiais para mim. #Bença!

    Leia Mais

  • Fonte da Juventude – Vitamina C!

    Dia desses, estava eu numa sorveteria na Savassi (aqui em BH) quando uma moça disse: FUFUUUUU, SABIA QUE UM DIA IRIA TE ENCONTRAR POR AQUI! Era uma leitora (porque eu tenho LEITORAS e não seguidoras rs) muito simpática e iniciamos um papo sobre beleza, dieta e tals. Ela me contou que teve melasma e o que me chamou a atenção foi o “TEVE”, pois eu já vi de tudo menos EX melasma. Perguntei obviamente o que ela tinha feito para se livrar das manchas e a resposta foi enfática: vitamina C TODO dia. Bom, eu tenho vitamina C em casa, várias inclusive, mas confesso que minha (in) disciplina me faz esquecer de aplicar. Ela me contou que passa todo santo dia há anos, inclusive mais de uma vez ao dia, e que foi isso que melhorou muito a pele. E realmente, era uma pele sem rugas, com viço e sem manchas. Ah, ela tem 54 anos. Ou seja, um tapa na minha cara manchada né? Claro que a partir desse dia deixei minha vitamina C ao lado da escova de dente. Acordo, lavo o rosto, passo Vitamina C. Vou dormir, lavo o rosto, vitamina C de novo. Mas o que essa maravilhosidade faz? É um poderoso antioxidante, ou seja, atua contra os radicais livres que causam o envelhecimento. Mas o que são radicais livres? São moléculas instáveis altamente reativas (ficam nervosinhas com o sol, cigarro, stress) que danificam as células saudáveis, gerando mutações no DNA e acelerando o processo de envelhecimento. Resultado? Rugas, linhas finas e manchas. A vitamina C também diminui as linhas de expressão Deixa a pele mais luminosa Dá viço, aquela pele de moça jovem sabe? Estimula a produção de colágeno (a pele fica mais firme) Clareia a cutis (é aí que eu amo mesmo) Refina os poros Tem ação cicatrizante Ajuda na proteção contra os raios solares (e não é fotossensível!) Não tem restrição de pele ou idade. Qualquer pessoa pode usar (quem tem pele oleosa, pode usar Vitamina C em sérum, quem tem pele seca, em creme)   Como usar? Todo santo dia, pela manhã, com o rosto bem limpo. Depois não se esqueça de passar seu protetor solar. Alguns estudos dizem que a Vitamina C fica por mais de 24 horas na pele, ou seja, não precisa reaplicar… MAS sei lá, eu uso a noite também inclusive algumas marcas indicam aplicar de manha e a noite.   Quais são as melhores opções no mercado? São várias e citarei algumas, com preços e tudo mais. Quanto mais alta a concentração de Vitamina C (ou ácido L-Ascorbico, seu nome químico), melhor, sendo que o máximo encontrado no mercado é 20% (dizem que acima de 20% não faz mais efeito…). Ah, e ela pode vir associada a outros ativos! Eu particularmente acho o PODER o combo de Vitamina C e Ácido Hialuronico. UM DETALHE IMPORTANTE – a Vitamina C oxida! Então se abrir, tem que usar logo. Isso é um ponto a ser observado ao comprar a sua, já que dependendo da embalagem, ela pode estragar mais rápido. Escolha aquelas que fecham BEM e não deixa o produto nada exposto. Gosto de conta gotas. 01 – Adcos Derma Complex Concentrando Vitamina C20 – “O Derma Complex Concentrado Vitamina C 20 é um anti-idade que uniformiza o tom, revela a luminosidade da pele e estimula a produção de colágeno. É um antioxidante concentrado com 20% de Vitamina C para o rosto em sérum, que reduz rugas e firma a pele.” R$ 200,00 LINK 02 – Antioxidante C E Ferulic da SkinCeuticals – “Sérum antioxidante com alta concentração de vitamina C pura para corrigir e prevenir os sinais do envelhecimento.” Tem 15% de Vitamina C Pura e 0,5% de Ácido Ferulico R$ 399 LINK 03 – Clinique Fresh Pressed Booster Diário com Pura Vitamina C –  “Assim como o suco ou a vitamina da manhã faz bem à saúde, o Booster Diário foi projetado como um suplemento para revelar uma aparência mais jovem e como uma maneira simples e perfeita de revigorar a sua rotina com cuidados anti-idade. Basta misturar 2 gotas com o seu hidratante pela manhã e à noite. A vitamina C pura degrada-se naturalmente quando exposta ao oxigênio, por isso o produto é mais eficaz quando fresco. A embalagem Stay-Fresh isola a Vitamina C até a sua ativação, mantendo-a fresca com a máxima potência para obter os melhores resultados.  Produto para uso por 28 dias. São 4 frascos para uso de 7 dias cada.” R$ 419 LINK 04 – Anti-idade Redermic Hyalu C UV da La Roche Posay – “O Anti-idade Redermic Hyalu C UV reduz as rugas profundas, dá firmeza e uniformiza a pele, com proteção UVA/UVB FPS 25 (PPD 10). Textura com efeito preenchedor refrescante, aveludada e não oleosa. Contém ácido hialurônico e vitamina C pura. QUERO UM LITRO DESSE!” R$ 229 LINK 05 – Choquei com esse produto. Levou por água abaixo a tal concentração máxima de 20% de Vitamina C. “O Improve C30 da Dermage é um concentrado antioxidante e anti-aging com vitamina C pura a 30% e inclui inovação e tecnologia na maior concentração de vitamina C do mercado brasileiro, prevenindo e combatendo o envelhecimento cutâneo, proporcionando uma correção intensiva dos sinais de envelhecimento, rugas e linhas de expressão.” R$ 282 LINK 06 – Powerful Strength Line-Reducing Concentrate da Kiehls – “Agora formulado com ainda mais vitamina C, Dermatologist Solutions ™ Powerful Strength Line-Reducing Concentrate é composto por com 10,5% de ácido L-ascórbico e 2% de ascorbilglucósido. Nossa fórmula nova e melhorada oferece benefícios diversos para a pele: Visivelmente reduz a aparência de linhas finas e rugas, aumenta a radiação da pele e melhora a textura; Ajuda a minimizar visivelmente os poros ao longo do tempo para uma pele mais suave; Contém ácido hialurônico, nossa fórmula ajuda a diminuir a aparência de linhas e rugas e melhorar a textura da pele. Testado dermatologicamente. Formulado cuidadosamente para todos os tipos de pele, incluindo pele sensível” R$ 390 LINK 07 – Vitamina C Activating Squares TimeWise da Mary Kay – “A Vitamina C pura degrada e perde a sua potência com o tempo, quando exposta ao ar, luz ou água. Agora, esse problema está resolvido! Essa tecnologia em forma de quadrado, solúvel é conservada e embalada individualmente, mantendo a Vitamina C estável até que você desbloqueie seu poder a cada uso. À medida que o quadrado dissolve na palma da sua mão, ele se transforma em uma potente, nova e pura solução de Vitamina C para intensificar o seu sérum, adicionar benefícios e te deixar com a pele que você sempre quis. Esta poderosa Vitamina C é conhecida por deixar o tom da pele com aparência mais uniforme e radiante. Além disso, desempenha um papel no suporte de colágeno natural e elastina para ajudar a reduzir a aparência de linhas finas e rugas. Isso porque a vitamina C é antioxidante, que ajuda a proteger contra os efeitos negativos dos radicais livres na pele”. R$ 79,90 com 12 quadradinhos. Ótima para misturar com seu serum preferido! LINK     Bom, depois disso tudo acho que podemos afirmar que a Vitamina C é um “tem que ter” de beleza né? Eu uso o da Adcos a noite e o da SkinCeuticals de manhã. É um tratamento com resultados a médio e longo prazo, mas já sinto a pele mais firme e com mais viço. O melasma ainda está lá, mas não desisto. Por enquanto, é o único produto que uso para tratar as manchas. Se alguém tiver outra Vitamina C para indicar, conta pra gente nos comentários!

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Gente, tô com tantas ideias pro Chora… ain vai ser TÃO LEGAL! Mas enquanto as novidades não aparecem, vamos de choradeira? Chora 01 – Aperol Cony, eu sabia que esse dia chegaria! Acompanho o blog tem muito tempo e sempre leio os choras pensando que um dia alguma das minhas angustias também estaria ali. esse dia chegou! Tenho 29 anos, estou chegando aos 30 e tenho um forte sentimento de que não tenho valor algum. Na infância, convivi com um pai extremamente abusivo, no sentido psicológico (graças a Deus nunca físico nem sexual), que tratava a mim e a minha mãe como sua propriedade, nos humilhando e tirando de nós o valor de ser mulher. Eles se separaram na minha adolescência e até hoje eu e ela temos sequelas, mas graças a terapia já não nos culpamos pelas atitudes dele, nem por não manter contato algum com ele hoje. Contei isso rapidamente, pois já sei que é daí que vem esse sentimento. O que acontece é que, depois disso, sinto que não consigo fazer nada na vida dar certo. Vivi um casamento também abusivo, pois casei muito cedo, na ânsia de sair de casa, diga-se de passagem. Comecei uma faculdade que amava e larguei pois meu ex marido me convenceu que eu não era boa o bastante para essa profissão, acabei me formando no curso mais genérico que existe: administração (odiava), fui trabalhar em áreas que não tem nada a ver comigo. Consegui me separar, depois de muita briga, muita ameaça e muita agressão. Trabalhei por anos numa mesma empresa, da onde fui dispensada em 2014, quando estava em um quadro terrível de depressão. Nessa época, já namorando (com meu atual marido), quase acabei com um relacionamento extremamente saudável por achar que eu não estava a altura dele. Nunca me senti merecedora da minha vida. Já pensei em acabar com ela. Já pensei em sumir e começar de volta. Quando aconteceu de sair dessa empresa (odiava o trabalho, odiava o ambiente, mas ganhava bem) minha família e meu então namorado me incentivaram a procurar algo que me fizesse feliz profissionalmente. Comecei a estudar sobre moda e hoje tenho a “carreira dos sonhos”, Trabalho com styling e consultoria de estilo, amo muito o que faço, devolvo a autoestima pra tanta gente! Hoje estou casada, tenho a família que sempre sonhei, moro em uma casa linda (do meu marido), tenho uma vida “confortável” no sentido material, tenho apoio, incentivo, ranto dele quanto da minha família, mas como o mercado em que atuo está muito ruim, me sinto novamente inútil, por não contribuir com nada do que tenho. Resumindo, hoje sou sustentada pelo meu marido, sonho pra muita gente, mas um calvário para mim. O pior é que eu trabalho muito duro pra minha carreira dar certo, e tenho consciência de que talvez não dê mesmo, estamos em crise e é um serviço elitizado. Mas quando tomo atitude de procurar um emprego, todos me desencorajam, pois viveram comigo a depressão e o burnout do ultimo emprego. Não me sinto merecedora do que tenho, não me sinto capaz de fazer algo para merecer e a questão do “não valor” tem voltado com tudo. Não me sinto merecedora nem de sofrer por isso. Não me sinto merecedora nem de ganhar espaço e conselhos no chora (talvez esse email nem seja enviado), mas não consigo falar desses sentimentos com ninguém. Não tenho mais força pra aguentar sozinha essa situação e mesmo com tanta gente boa ao meu redor, não tenho coragem de “incomodá-los” com os meus problemas. Talvez você ou as meninas possam me ajudar . Juro que me senti mal lendo o seu depoimento e vou te falar porque: você tem uma carga negativa TÃO grande que tenho certeza que é ela que te amarra ao fundo do poço. Observe quantas vezes você disse a palavra NÃO. Se fosse para desenhar sua situação, seria você se afogando numa poça água, pedindo ajuda sendo que só é necessário olhar pra cima e se levantar. Difícil? É sim, mas pare e pense: você tem uma família que te apoia, um marido que está sempre com você, trabalha com o que gosta. Tem crise no país? Tem, mas tem pra todo mundo. A gente atrai o que vibra e se você continuar nessa de ficar lamentando, achando que não merece nada, que é uma inútil e incapaz é isso que terá da vida de volta. Volte pra terapia urgente, você mesma está se afundando! (repare como começou o seu texto: eu sabia esse dia (de chorar) um dia chegaria. Quem mira no ruim, no fracasso, sempre terá isso de volta.)     Chora 02 – Gin Oi Cony tudo bem?? Primeiro quero dizer que sou sua fã acompanho seu blog a anos. Sempre leio os choras e isso tem me dado forças. Então, tenho 24 anos e tenho uma filha de 3 anos ( que é a minha razão de viver) acabei de sair de um relacionamento de 7 anos, 3 anos de namoro e 4 anos de “casamento”. Engravidei aos 20 anos o que nos levou ao morar juntos. Até ai tudo Ok! Eis que com o passar dos meses morando juntos e eu ainda grávida eu descobri que ele usava drogas. Surtei, pirei e minha filha nasceu prematura de 8 meses (graças a Deus não precisou de UTI). Ele pediu perdão e jurou que nunca mais ia chegar perto daquelas porcarias, ledo engano! Como nunca cheguei perto desse tipo de coisa eu não sabia identificar cheiros, sintomas e tals. Demorei, burriei. Tem um mês que eu descobri que ele nunca parou, achei nas coisas dele. Avancei nele, e joguei as porcarias no vaso e dei descarga, porque poxa ele tinha prometido, tinhamos uma bebê em casa. E mandei ele embora. E o ele fez?? Me bateu. Foi a gota!! Registrei Maria da Penha e tudo, foi uma das situações mais humilhantes da minha vida, mas agora estou LIVRE daquele embuste.   Mas ainda não acabou, como estou carente kkkkk ne rendi ao Tinder só que as conversas não “vingam” os carinhas ate pedem Whatsapp, mas o único que virou contatinho some no fim de semana e eu briguei com ele kkkk porque segundo minhas amigas ainda estou com cabeça de casada. Cony, ajuda arrumar uns contatinhos kkkkk Gente não estou crendo nesse Chora. Parece escrito por duas pessoas diferentes. A primeira uma mulher que sofreu violência física de um drogado e com uma bebê de 3 anos. Grave, preocupante, triste! E depois fala de Tinder e sua preocupação são os contatinhos??? Não sei nem o que falar, não que você não deva ter seus contatinhos mas fiquei confusa rs. Acho que o mais importante no momento, já que se trata de uma separação recente e traumática, é o bem estar da sua filha e sua segurança. Chora 03 – Vodka Olá Cony, sempre fui leitora do blog, acho que desde de 2009 ou 2010. Mas confesso que fiquei 1 ano e meio sem entrar! E quando entrei hoje resolvi escrever minha história! hahaha Eu tenho 35 anos e sou de BH, formada e independente! Tive um relacionamento de 7 anos no qual foram 3,5 de namoro e 3,5 de casamento, sempre conturbados e cheio de brigas! Até minha terapeuta me dizer que eu estava em um relacionamento abusivo. E foi aí que minha ficha caiu, na verdade já havia começado a cair pois quando procurei minha terapeuta novamente parecia que era isso que eu esperava escutar. Me casei em 2014 e no final de 2016 fomos morar nos USA  pq ele visitou o país em 2014 e voltou dizendo que queria se mudar pra lá, me convenceu no início de 2016 e nos mudamos em novembro de 2016. Lá não houve companheirismo e eu não me adaptei e o relacionamento que já estava ruim terminou!  Eu me torturava querendo tomar uma atitude e não conseguia, até que um dia consegui. Procurei terapia e advogado e com muita dificuldade consegui me separar, voltei pro Brasil em novembro de 2017 e em janeiro já estava oficialmente separada. Hoje vivo a melhor fase da minha vida, me sinto livre e dona de mim e madura o suficiente para lidar com todas as coisas da vida, foi um processo desde quando eu estava me relacionando com o meu ex, mas eu nunca consegui colocar em prática tudo que a vida estava me ensinando. Hoje moro com duas amigas e sou independente e faço o que quero da minha vida. Mas aí bate aquela vontade de ter alguém né?   Conheci um cara logo que voltei pro Brasil, bacana e do tipo que toda mulher sonha, mas eu ainda não estava preparada e terminei com ele. Depois de algumas saídas conheci um cara que super bateu em tudo, mas aí ele não estava na mesma frequência que eu! (coisas da vida). E eu saí fora outra vez, sem ele me dar um fora nem nada, ele me procurava, mas não era nada sério.   Agora conheci um cara bem do jeito que eu queria (fiz meta para isso), ele tem demonstrado interesse, é bacana, mas terminou um namoro de 1 ano há 1 mês. Eu estou deixando me levar com muito empurrão do meu subconsciente, mas confesso estou morrennndo de medo de sofrer, ele é um cara sincero e me disse que ainda gosta da ex. Mas tem feito planos e nos falamos todos os dias, mas já pensei em saí fora também por medo de sofrer novamente. Sinto que estou me auto sabotando. Sei que preciso arriscar uma hora, mas sinto que deixo o medo de paralisar!   Hum, normal. Terminar é normal. Recomeçar é normal. Se apaixonar é normal. Levar pé na bunda é normal. Apenas te aconselho a prestar atenção aos sinais no inicio de qualquer relacionamento, e um cara afirmar que ainda gosta da ex namorada é um sinal em neon de 2 metros de altura e 5 de largura. Mantenha ele por perto e observe, mas não se prenda a esse.     FEEDBACK DO CHORA Recebi um feedback! Vocês sempre perguntam se alguém manda um mail falando o que fez depois dos conselhos e tal, e recebi esta resposta da Barcelona (este chora AQUI): Cony, eu não sei como vc vai entender isso, pq posso parecer um pouco doida hehe Mas eu estou extremamente grata por vc ter publicado, respondido e dado a oportunidade de outras pessoas opinarem sobre meu chora. Na verdade, eu chorei mesmo! Haha Vc não tem ideia de como foi bom e muito importante pra mim ler essas mensagens, sobre não me sentir um ser estranho perante a sociedade, e de conseguir repensar bastante sobre minhas paranóias e coisas que já escutei por aí… Eu finalmente comecei a me sentir em paz com minha situação… Os comentários me ajudaram tanto! Eu nunca soube de outras mulheres que já passaram por isso, e nossa! Que bom que vc existe! Que seu blog existe, suas leitoras…! Sou eternamente grata. Eu vi seu stories e não entendi o caso da polêmica, mas não importa, o que eu li hoje já foi o suficiente para repensar nos meus ideais, na minha vida e o q eu quero para ela, e isso é muito importante! Se for possível, gostaria de pedir pra vc agradecer nos stories ou blog, as leitoras que deixam comentários no chora. Elas fazem muita diferença, assim como vc. Peço isso pq n tenho como fazer… Gostaria de dar um abraço em cada uma hehe Nunca comentei sobre os casos, mas a partir de hoje, se puder contribuir com alguma coisa, com certeza vou comentar, quero poder ajudar assim como fui ajudada. Muuuuuuito mais sucesso pra vc! Vc merece tudo de bom! Beijos da Barcelona

    Leia Mais

  • 15º QG Fhits – O Que Teve?

    Décimo quinto QG Fhits durante a SPFW e mais uma vez foi um arraso. Desta vez o tema foi PHYGITAL, o encontro do físico com o digital, com decoração assinada por Rodrigo Ohtake e a presença de 48 empresas apoiando o QG. E que nome bacana né? PHYGITAL, traduziu perfeitamente o momento do QG onde as influenciadoras (a parte digital da historia) se encontram com a parte física, o ambiente aberto ao público e o contato direto com as pessoas e marcas. Mas essa denominação não é exclusiva do QG, mas sim um termo que vem sendo usado já a algum tempo. Em poucas palavras o termo PHYGITAL, ou FIGITAL se explica assim: “Quando o consumidor cria qualquer interesse de consumo, ele vai para a internet pesquisar suas necessidades. Ao buscar pelo horário de cinema, localização de um restaurante ou fazer a comparação de preço de um produto, ele une a realidade física com a digital.” Nada mais atual do que isso né? Quem nos recebeu mais uma vez foi o Shopping Cidade Jardim, o mais arborizado de SP. E teve uma coisa que ARREMATOU meu coração: eu não sabia que o Cidade Jardim é 100% pet friendly! Sim, eles aceitam animais de estimação de QUALQUER tamanho e podem circular por todo o shopping AND lojas! Gente, os bichinhos podem entrar com você em qualquer lugar! Ah se todos os shoppings fossem assim… Outra coisa que descobri no Cidade Jardim desta vez foi uma Daiso, no último andar perto da praça de alimentação. Eu achava de Daiso só tinha no centro de SP mas nem é. No Cidade Jardim tem uma bem boa e até fiz umas comprinhas lá. Comprei umas porcelanas por 5 reais cada hahaha. Mara né? Blogueirinha no Cidade Jardim! O QG Fhits foi na Casa Bossa, o espaço de eventos do shopping e é enoooorme e tem uma vista linda. Vem ver como estava: Fino, sim ou sim? Quem cuidou dos nossos cabelos foi novamente a Truss com sua gama de produtos incríveis. Teve um dia que fui de cabelo BEM chapado (na verdade foi o primeiro dia) e estava cheia de frizz, aqueles cabelinhos arrepiados sabe? Passei na estação da Truss e a moça me indicou o Instant Repair que deu um jeito NA HORA no meu frizz! É um gel seco, nem sei como explicar isso, mas a textura é gel porém seca super rápido e tem uma fragrância deliciosa. Amei isso! O make estava por conta do O Boticário, que é um antiga conhecida de todas nós. Acho que podemos afirmar que ao longo dos seus 40 e poucos anos, é a marca de cosméticos com maior credibilidade no Brasil. Sabiam que ela produz mais de 300 milhões de produtos por ANO? Sim, mais de um produto por pessoa. E se não me engano, vende um batom a cada 9 segundos. Uma loucura né? A nova coleção Make B estava a nossa disposição e agradei de vários produtos, mas como boa amante do delineado que sou, logo fiquei apaixonada pelo Delineador Liquido Roller que faz um traço perfeito, fininho e secou super rápido. Algumas meninas comentaram na minha foto do instagram que tiveram dificuldade de usar o delineador ou que não secou rápido, mas deve ter mudado a formula, pois o que provei foi sensacional. E o preço é super amigo, R$ 48. Ah, as embalagens passaram por uma reformulação, estão mais chiques e sofisticadas e quem está acompanhando o Boticário nessa mudança é a musa Gisele Bundchen! Quem nos levou e buscou e esteve sempre a disposição foi a Ford. Conheci o novo modelo do Ecosport, o Storm e AMEI cada detalhe. Primeiro que é um carro super tecnológico, conectividade pra todo lado (tem o MAIOR monitor da categoria e é Sony!), seguro (anticapotamento, ele avisa quando o eixo está saindo do lugar!) e tem aquele controle remoto que só de chegar perto do carro, já abre a porta. Acho isso tão seguro… Imagina, ainda mais para nós mulheres, ir pegar o carro de noite, com a mao cheia de coisas e só de não perder tempo procurando a chave dentro da bolsa já é maravilhoso! E também não precisa de chave para ligar o carro, apenas apertar um botão. Fiquei com vontade dele. E até na hora de ir embora rolou uma paixão. Uma paixão amarela, digamos assim. A Samsonite me presenteou com uma mala da nova coleção da linha American Tourister.  Linda por fora e por dentro, design diferenciado, quatro rodinhas mega deslizantes (como amo isso, zero força pra empurrar a mala) e o tamanho M é ótimo para viagens… médias kkk. Tipo mais que um final de semana e menos que um mês. Amei a minha! E assim foi mais um QG no meu currículo. Gostaram dos looks?

    Leia Mais

  • Como Usar e ONDE COMPRAR – Coturnos!

    Vocês perguntam e eu respondo! Mesmo que essa resposta tenha que ser atualizada todo santo ano né hahaha. Vai chegando o inverno e meu mail começa a pipocar com dúvidas de como usar botas e coturno. Hoje falarei dos COTURNOS COM SALTO, inclusive porque lancei alguns modelos em parceria com a Maria Barbosa, loja aqui de BH que vende tanto na loja física quanto na loja online e cá entre nós… vocês sabem como sou chata na hora de escolher roupas e sapatos, e esses estão LINDOOOOOOS! Confiem e acreditem!!! Mas antes de mostrar meus filhotinhos, vamos ver alguns looks com coturno? Vou fugir do tradicional jeans e camiseta porque isso todo mundo sabe néeeeee, vamos variar um tico. Pode mostrar um pouco de canela. Fica lindo o jeans mais curto ou com a barra viradinha. Casacos retos e sem detalhes dão elegância a esse sapato pesado! Pode usar com calça mais soltinhas também. Apenas cuidado para o look não ficar muito “militar”. Esse é basico né? Tudo preto. Simples assim. Quem disse que não pode ser mocinha e feminina usando um coturnão? Pode sim e ó, fica SENSA! Pode ser mais xóvem com uma camisa branca e mini saia, ou bem mulherão da poha com midi de couro e camisa branca. Chique. Sim, saia midi fica ótima com coturno (e ankle boots em geral). Baixinhas também podem usar, a Camila é petit e ficou lindo! Amei esses dois looks. Adoro essa pegada minimalista, reta, poucos detalhes. E o coturno lá, super democrático! No friozão, pode usar um casacão com coturnão! Se for friorenta, joga uma calça preta bebem justa (skinny) e fica diva. E olha como ele é democrático mesmo: fica bem até com vestidinhos fofos! Quem acha que é um item muito masculino, pode montar um look romântico e arrasar. O contraste do leve, do fluido, com o pesado, além de estiloso é lindo! AMEI ESSES DOIS LOOKS! Longos estampados com coturno! E é pra mostrar a perna MESMO! Um arraso! Pra quem curte a vibe roqueirinha (eu amo), saia preta, camiseta e ele, o coturno. O look com o vestido todo de couro também é beeeem legal. Agora a pergunta que não quer calar: ONDE COMPRAR??? AQUI Ó: MARIA BARBOSA CALÇADOS! Já falei um monte dessa loja aqui no blog! Ela fica na Savassi, aqui em BH (no quarteirão fechado da Antonio de Albuquerque, número 625) e só tem coisas lindas e preço super bom! Fiz uma parceria com eles e lançamos uma mini coleção com sapatos 100% escolhidos por mim! Tudo foi analisado com muito carinho, usei meu olho clínico para observar cada detalhe e apostei apenas em peças que eu aprovei em sua totalidade. Tem sandálias de salto, tênis, rasteiras, espadrilhes e botas. E E esses dois coturnos que são da minha coleção! O primeiro é de couro e custa R$ 329,90. GENTE TODO DE COURO! Ele é lindo lindo lindo! Beeeem parecido com o da Louis Vuitton. Acabamento impecável, forma normal (calço 37 e o meu é 37 mesmo), rico demais e muito confortável!!! O segundo é de material sintético e custa R$ 239,90, e tão lindo quanto o primeiro, é uma opção mais em conta! Também super confortável, ferragens ricas, cadarço digno (até isso eu escolhi a dedo) e salto facetado (no mesmo material do corpo do sapato). Fiz bem feitinho para vocês comprarem um item de qualidade e atemporal viu? Tô muito feliz e orgulhosa com essa parceria com a Maria Barbosa calçados! Se gostou e quiser ver quais os outros itens da minha coleção, pode ver no instagram da loja (@mbcalcados) ou ir direto na loja online LINK. Aproveitem, porque está acabando super rápido!

    Leia Mais

  • Mi Casa, Su Casa – Piti nos móveis.

    Olá Fufuterráquias/os! Turupom cocêis? Eu estou absolutamente enfeitiçado pelo olhar de mi patrona, Constanza, mostrando uma das minhas cidades preferidas de Terra Brasilis no stories do Instagram @Futilish. Merece um post essa comparação cosmopolita que só nossa blogueira mozuda poderia fazer. Apesar de eu procurar falar aqui de coisas corriqueiras na vida a Nest Interiores, escrevendo aqui sobre acontecimentos da minha semana, desta vez eu me inspirei num fato que aconteceu com mozão, mas que eu vivi muito nos meus quase 10 anos de vendedô de móvis. Quem aqui já passou por alguém procedimento estético mais invasivo, ou uma cirurgia plástica, sabe que para ficar bom antes é necessário virar um Gremlin. Então o pior pesadelo que a gente pode ter é: Cliente (de primeira obra) morando no local ou, cliente que vai na obra o tempo todo. Tem momentos que você chega numa construção/reforma/montagem que parece que absolutamente tudo está errado/estragado. Calma, Calma, Calma. Segura na minha mão e tenha fé! Minha experiência com móveis modulados, as coisas eram um pouco mais “organizadas” pois o mobiliário vem quase como um Lego da vida real, onde os montadores fazem apenas pequenos ajustes de vistas (um acabamento que fica entre o móvel e a parede) ou quando temos que embutir móvel onde existem colunas ou vigas. Outro fato é a necessidade de fazer furos ou recortes para a passagem de canos ou de fios. E de preferência é nesta hora em que tem serragem voando pelas janelas, toco de MDF e MDP sambando pela cozinha, marcas de lápis, giz, caneta por todas as paredes, pisos e móveis que o dono da casa aparece e, por não saber dos processos, tem um surto. Aquele móvel magnífico, com o revestimento mais caro da loja, que você economizou uma bolsa de grife para comprar… também tem intestinos e a buchada dele não é, necessariamente, esplêndido como a parte de fora. As portinhas que por opção sua, custaram de 25 até 30% a mais para não baterem… só vão fechar linda e silenciosamente, depois que TUDO for montado, limpo e regulado. Claro que eu acho muito válido que sejam feita algumas visitas durante o período de montagem de mobiliário, especialmente se optarem por marcenaria, que tem muito mais cortes, recortes, montagens e parafusos… Agora se você não quis, ou não pôde contratar um profissional para acompanhar/fiscalizar sua obra, eu vou deixar algumas dicas: Compre um protetor de pisos. Tem de várias faixas de preço, e a mais comum/barata é o rolo de papelão ondulado, que é vendido por quilo e se encontra facilmente em lojas de embalagens. Peça para a montagem iniciar pelos ambientes onde você precisará instalar granitos, assim quando a marmoraria entregar as pedras possivelmente os marceneiros ainda estão por lá para a última limpeza e regulagem. Verifique se tem parafusos caídos pelo chão e ferramentas espalhadas pelo ambiente. Parafusos podem danificar seriamente qualquer tipo de piso (laminados, madeiras, porcelanatos, pedras) e ferramentes espalhadas mostram que o montador não tem experiência – ou que é porco mesmo. Exija a limpeza final dos móveis antes da inspeção final. Nem risco de lápis, meleca de cola ou silicone devem ficar aparentes. Peça um cronograma para o fornecedor, assim você tem controle de quantos dias serão necessários. Fotografe pisos e paredes antes do início de montagem. Assim caso tenham batidas ou danos você pode pedir ressarcimento. Você já passou por alguma reforma? Tem alguma outra dica? Conta pra gente nos comentários! #Bença!  

    Leia Mais

  • Qual o Estilo da Sua Mãe??

    Se me perguntarem qual pessoa eu mais gostaria de presentear na vida, com certeza eu responderia minha mãe. Presentear a vida toda, todo dia, não deixar passar nenhuma oportunidade de fazer minha bichinha mais feliz e satisfazer todos os seus desejos. Sei lá, pra mim mãe é uma coisa meio sagrada sabe? Não sei explicar. Quero ver ela sempre linda, arrumada, bonita… minha mãe é muito vaidosa! Lembro-me sempre de quando eu era criança, ela acordava e ia se maquiar no banheiro. TO DO SAN TO DI A. E eu ficava só observando. Acho que isso influenciou um bocado meu gosto por maquiagens e roupas rs rs. E se todas as mães são iguais em cuidar da gente, elas são diferentes na forma de se vestir. Tem mãe de todos os estilos: classica, moderna, básica, esportista, mãe romântica, mãe mais senhorinha… Quem vai nos ajudar na tarefa de dar um belo presente neste dia das mães? Quem? Quem? A AMARO, claro! Decidi fazer um post bem instrutivo, do jeito que gosto de fazer, explicadinho, montando looks, combinações. Vou dividi-lo em partes: para cada estilo de mãe, vou dar uma opção de look. Vem ver! A palavra chave para essa mãe é ALFAIATARIA e a AMARO entende disso como ninguém! Cortes clássicos, caimento perfeito, cores neutras. Aquela mãe chique sabe??? Montei um look elegantérrimo com essas peças: Casaqueto LINK Blusa off white gola alta (fica perfeita por baixo de blazer e casaquinhos) LINK Pantalona de cintura alta chiquérrima LINK Ankle boot sem detalhes, bem chique LINK Óculos com lente preta degradê (tenho esse, é MARAVILHOSO! A haste dele tem um desenho lindo, clica no link pra ver melhor) LINK Bolsa neutra, tamanho bom para as mães executivas LINK Brincos de acrílico branco, para dar aquele toque de estilo LINK   A mãe moderninha gosta de moda, se arrisca mais, usa tendências e não tem medo de ousar! Olha que look MARA para elas: Macacão pantacourt em jeans molinho (desejei!! Eu mesma me influenciei digitalmente rs) LINK Cinto largo (pode tirar a faixa do macacão e mudar a roupa quando quiser!) LINK Bolsa tote MARAVILHOSA (mais um item que desejei rs. Tem outras cores! Está lindíssima) LINK Bota vermelha (essa eu tenho, AMO DE PAIXÃO! E super tendência para este inverno) LINK Óculos de gatinho. A mãe moderna gosta dessas coisas! LINK Brinco LINK e Bracelete LINK e bracelete geométricos. Modernidade pura.   A mãe básica gosta de conforto, não quer se enfeitar muito, é mais tradicional e preza pelo bom e velho jeans. Ela ficou assim: Calça flare de cintura alta, em uma lavagem mais escura (fica mais elegante) LINK Camiseta na cor fendi, aquele marrom mais acizentado LINK Bolsa de atravessar. A mãe básica gosta de praticidade! LINK Bota com salto grosso (para usar com a flare) e atemporal (ela vai usar MUITO essa bota… acredite) LINK Brinco de argola. Básico e atemporal. LINK Óculos com lente degradê preto. Vai com tudo. LINK   A mãe romântica com certeza é canceriana hahahaha. Ela gosta do feminino, do vintage, do delicado. Vestido floral, midi, transpassado (essa modelagem deixa qualquer corpo lindo!) LINK Brincos com um ar antigo, pendentes, branco com dourado LINK Bolsa vermelha, mais vintage impossível. LINDAAAA, meu lado canceriano gritou aqui rs LINK Sandália vermelha, salto médio se a mammy for mais velha e não curtir saltão. Se ela aguentar, tem a mesma sandália com salto alto e fino. LINK   Essa mãe é porreta. Acorda e vai fazer yoga, almoça light e de tardinha vai pra academia ou correr. Ela quer conforto e montei um look super esportivo e LINDOOOO. Queria todo pra mim rsrsrs. Blusa LINK e calça jogging LINK em veludo molhado, azul marinho, conjunto LINDO DE MORRER! Pensa num conforto estiloso? Tem dele preto e vinho também! Tênis branco, tem que ter ne miga? E as mães adoram um tenizinho fofo e confortável. Esse é 100% couro! LINK Mochila metalizada para fechar o estilo desse look LINK Óculos com lente clara e armação transparente LINK Arrasei muito nesse look.    Não queria falar “senhorinha” mas não achei outro adjetivo carinhoso para falar daquela mãe que já tem mais idade, que não usa mais salto, que tem limitações com tipos de roupa, que a bolsa tem que ser fácil de usar e que nada a incomode. É a mãe que a gente cuida e queria carregar num potinho pra proteger sempre sabe?? Então, pensei e, produzir ela com cuidado e deixá-la bem linda. Chemise nude, uma roupa super atemporal e elegante. Não aperta, não incomoda e fica linda para várias ocasiões! LINK Bolsa em croco marrom com ferragens douradas. Achei chique e tem alça comprida e alça curta LINK Sapato com salto baixo e tira no tornozelo para firmar bem o pé! Não vai cair hein mami?? Se não curtir o salto, tem o mesmo estilo em sapatilha LINK Óculos marrom com dourado, para combinar com o look LINK Brinco LINK e anel LINK dourados com pérolas. Chique.   Que tal??? Viu sua mãe em algum desses estilos?? Só para falar um pouquinho da AMARO: atualmente é APENAS o melhor ecommerce do Brasil. O que mais cresce, virou case de sucesso! A agilidade de entrega e o pós venda são seus grandes diferenciais e os produtos tem ótima qualidade, preço e a variedade é incrível! Eu sou consumidora voraz da AMARO, sempre estou de olho no aplicativo e no site para ver as novidades (todos os meses as coleções mudam!) e promoções. Toda vez acho algo legal!!! E nem é só roupa viu gente, os acessórios, bolsas, sapatos e óculos são incríveis!!! Vale a pena dar uma olhada na loja toda, em todas as seções! Agora pronto, pode montar o look da sua mami e fazer ela super feliz no Dia das Mães com uma caixinha da AMARO!

    Leia Mais

  • Make – O Que Usei!

    Sim eu sumi. Como trabalho sozinha, foi humanamente impossível atualizar o blog nos últimos dias. Emendei Minas Trend com o SPFW e tô doidinha! Já me falaram para contratar alguem para escrever para mim, mas sinceramente, morro de medo. Acho blog algo tão pessoal, não tem como delegar minha escrita e minhas opiniões né? Mas vamos lá! Hoje quero falar de um make que fiz em um live dias atrás e que deu SUPER certo. Muita gente curtiu e elogiou!!!! Pois bem, vou mostrar os produtos que usei e os links para quem quiser saber onde comprar e preços. A make foi essa aqui: Até que fiz um olho bonito né?? rs Vamos aos produtos??? Preparação de pele é muito importante! Na verdade, acho que é a parte mais importante de uma maquiagem de sucesso. Primeiro lavo BEM o rosto, seco, daí passo uma vitamina C (amo essa da Adcos, a Derma Complex com 20% de vitamina C – LINK), em seguida dou uma borrifada com a águinha milagrosa da Caudalie, Eau de Beauté (LINK) e ultimamente tenho gostado bastante do primer Mister Mat da Givenchy (LINK). Na base eu capricho porque né… os melasmas estão sempre ali! Comprei essa Dermablend em Miami e tô ADORANDO ela!! Minha cor é a 35W e uso de 3 a 4 gotinhas, aplicadas com esponja, para uma cobertura alta e acabamento natural. Mas como gosto da pele bem uniforme, arremato com a Dermablend da Vichy nos pontos onde o melasma é mais escuro, para deixa-lo bem escondido. Minha cor é a 25 Nude (LINK) A sobrancelha eu preencho com o duo da Anastasia, que ADORO e deixa super natural. Como primer de pálpebras, uso um paint pot da MAC na cor Painterly (LINK). Enquanto faço contorno e finalizo a pele, deixo os cílios secando com a cola DUO, a melhor de todas! Segue um link dela com super desconto (pelo menos estava, pela metade do preço). E sobre cílios postiços, amo os Wispies da Ardell (vende em farmácias gringas). Para levantar o olhar, High Brow da Benefit (LINK), um lápis clarinho para aplicar no ossinho abaixo da sobrancelha sabe? Como corretivo/iluminador, AMO o Creamy Concealer na cor Custard da Nars (LINK). Nesse make usei 3 sombras, a Salazar da Alice Salazar para fazer o côncavo, a primeira marrom da paleta Full Exposure da Smashbox e uma clarinha na parte interna dos olhos. Não achei dela para vender aqui, mas tem uma bem boa neste LINK Pulei os numero 14 e 15 aff… isso se chama cansaço. Para contornar, desta vez usei o Duo de Contorno da Natura Una, na cor CLARA (e no site tá SUPER BARATO! R$ 39!!! LINK). Achei bem bom viu? Como blush, o Costa Rica, um bronzer da marca própria da Sephora que eu AMEEEEEI, segue o LINK!!! E para iluminar, meu mais novo queridinho (e que estava esquecido na gaveta ha anos) o Shimmer Brick Bronze da Bobbi Brown. LINK! Lápis de olho, usei o preto da Toque da Natureza. É bem famosinho esse lápis, por ser bom e barato. LINK. O delineador nem preciso falar né? Meu preferido da vida, o Tattoo Liner da Kat Von D (LINK)! Máscara de cílios usei a Voluminous Lash Paradise da Loreal, comprei em Miami também. Usei um batom da coleção nova de nudes da Mary Kay, se chama Belíssimo Nude (LINK) e é realmente belíssimo! Para finalizar, blot da MAC na cor Medium Dark (LINK). Gostaram? Acho que farei mais posts assim porque me força a usar produtos diferentes a cada vez para mostrar pra vocês! O que acham??

    Leia Mais

  • Tem Jeito Decor 45 – O Quarto da Nathália

    Olááááár Fufúlândgeeea! Hoje vamos ver o quarto da Nathália, que como vocês sabem, está numa fila de #TJD faz um tempão! Trocamos alguns emails fofos até eu publicar aqui. “Bom dia Lelo, Tudo bem? Primeiramente, gostaria de te dizer que, amo as suas dicas, e o seu ponto de vista em decoração.  Fico #chateada, quando você demora a postar. rsss Mas hoje é a minha vez de te pedir um help no meu quarto.  Sou uma pessoa que gosto de ficar em constate mudança, e enjoo das coisas com um tempo. E nesse caso é o meu quarto.  Pintei ele tem uns 03 anos atrás desse lilas, e agora a tinta esta desbotando e eu estou agoniada com isso…    Eu tinha uma mesa de computador que me desfiz, pois era um elefante branco no quarto.  Quero algo clean e com cara de adulta.. até porque tenho 28 anos!! Pensei em tecido para paredes, para não pintar tudo, pois sou extremamente alérgica.   E também pensei em comprar um penteadeira, pois amo maquiagem, mas não sei como encaixaria tudo nesse pequeno quarto, que só tem 01 parece completa e esta dominada pelo armário.  Te peço total ajuda!!! Um grande beijo e estou ansiosa pelas suas dicas. “ Aí… como as fotos estão bem apertadídeas, eu pedi para a Nath (pq a gente já vira íntimo) medidas do ambiente. E ela prontamente respondeu: “Olá Lelo.. Tudo bem? Nossa amei o retorno. Então as paredes possuem 3.17 de comprimento e 2.70 de altura.  Deixa só eu te atualizar de algumas coisinhas!! A parede do armário tem quatro (4) e pouco de comprimento, a altura permanece a mesma. Eu desisti da Penteadeira, eu nunca me embelezei sentada e não seria dessa vez. Ai copiei a ideia da Cony e comprei aqueles carrinhos para colocar as maquiagens, que não são bonitos, porém são uteis. O meu é bem menor, obviamente, vou te mandar no anexo. De resto, os moveis continuam os mesmos só mudaram algumas coisas de lugar, a cômoda esta ao lado da cama, e essa estante branca ao lado da televisão. O espelho eu coloquei onde esta a cômoda nessa foto. Fiquei tão feliz com seu e-mail!!! Obrigada e mil beijos!” Meu bem, eu agradeço teu carinho! E desculpe pela demora. Antes de tudo, sobre tecidos na parede, se você é alérgica pode esquecer. Eles não tem como ser limpos de maneira eficiente. Opte por papéis de parede, se possível vinílicos, que você pode limpar com um pano pouco úmido em água e sabão neutro, ou vinagre de maçã. Contudo, é úmido quase seco, importante lembrar disso. Agora para o projeto! Fiz dois layouts diferentes, seguindo o máximo de solicitações que você me fez. E algo que os dois tem em comum é: Cama de adulto! Vamos usar uma cama de casal aí, dormir em X é tendência. Nas fotos, não consegui ver essa amplitude toda, mas depois que você passar as medidas ficou bem mais fácil de resolver. Então pega a caderneta e #vemkotio! Nesse formato eu priorizei aquela coisa teatral de abrir a porta do quarto e ver a cama toda. Mesas de cabeceira, um tapete de sisal, cabeceira estofada, um apoio de luz através de um abajour e uma bela cortina. Algo que eu gosto de brincar é com uma disposição inusitada para o quadro, e para a parede um grafismo, porque você apesar de não ser mais uma menininha. tbm não é uma senhora, e pode ter uma informação moderna. Como você disse que sofre com alergias, o tapete de sisal é baixinho e mais fácil de manter limpinho. Um ponto a se analisar é que nesta posição a TV fica na lateral da cama, para um apoio eu investiria em um móvel e também já encaixaria seu carro de  maquiagem. Um objeto que você pelas fotos usa bastante é o cabideiro de pé (mancebo) que eu deixei posicionado logo na entrada. Agora, para a segunda versão, eu me esforcei para alcançar mais conforto. Eu não sei a largura total do teu guarda roupa, contudo, para essa opção funcionar você precisa de apenas um metro e meio livre. Armário e frente para quem entra, um sofazinho estilo namoradeira para receber uma amiga, um mozão ou para sentar e calçar um sapato é um excelente apoio. A cama fica do lado direito de quem entra, e tem mesas de cabeceira diferentes, espelhão e ao pé da cama, TV, penteadeira com pufe e espaço para o carrinho. Em ambas opções, pensei em tons neutros nas paredes, com um ponto mais chamativo na parede da cabeceira, mas cortinas e outras paredes bem neutras. O tapete redondo, salva quem acorda e tá procurando o chinelo, quem está se vestindo e quem está no sofá…. usando um produto com pêlo bem curtinho você não terá problemas em fazer a manutenção de limpeza e respirar tranquila. Nessa segunda opção o bege e o cinza se juntam para deixar tudo bem moderno e bem livre para o que vc quiser incorporar, seja azul, verde, rosa… Praticamente tudo é permitido sobre essa base. Nessa versão o cabideiro de pé sumiu, mas eu mantive um atrás da porta para aquele casaco que a gente usa muito, e também para a bolsa de todos os dias. Eu tenho um desse e acabo usando para deixar a toalha de banho nele, pois o quarto é melhor arejado que o banheiro aqui em casa. Ambas opções propõe amplitude visual, agora você tem que pensar em qual se adapta melhor a sua rotina diária. E hoje o post foi rápido e rasteiro. Conta pra mim as ideias de vocês nos comentários. Beijo grande não esqueça de ver nossa patroa maravillosa no Instagram. #Bença!

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Ainda é quarta feira e tem Chora! Chora 1 – Betty Oi Cony, tudo bem? Já acompanho seu blog há muito tempo e não perco nenhum chora. Acho muito bacana esse espaço para que as leitoras dividam seus dilemas e sucessos. Bom, chegou a minha vez. Fiquei solteira por muito tempo, na verdade nunca tive um relacionamento que durasse um ano todo. Minha última história (digo história, pois nunca foi um relacionamento), durou quase 4 anos e terminou há quase 5. Aproveitei muito esse período, sem me preocupar em encontrar um namorado a qualquer custo. Eis que no começo do ano conheci um cara fantástico, que já havia sido casado, que ao contrário dos últimos que me relacionei, sabe exatamente o que quer da vida, sem jogo. Estamos namorando há quase dois meses e está sendo tudo muito perfeito. Eu sou profissional liberal autônoma, não tenho salário fixo. Acontece que nos últimos anos meus ganhos caíram muito e eu não soube lidar com isso, continuei gastando como antes. Me enrolei toda nas dívidas (cartões) com nome no Serasa e tudo mais. Ainda não consegui resolver e continuo sem saber como lidar, pois minha renda mensal só diminui. O que mais me preocupa no momento, é como eu vou contar isso para o meu namorado. Ele é bem de vida e banca todas as nossas saídas, mas o que me frustra mais é saber que a ex dele é concursada e muuuuuuito bem sucedida. Não é que eu tenha medo de perdê-lo por isso, é mesmo a vergonha de estar nesta situação, sabendo que a culpa é toda minha! Muito obrigada pelo espaço do desabafo… Beijo. Vamos lá… antes de mais nada, não se compare com a ex do seu namorado. Isso é auto tortura e não vai te trazer nada de bom. Agora vejamos uma coisa: percebi uma sucessão de erros. Primeiro você diz nunca ter tido um relacionamento duradouro. Ok, acontece. Logo em seguida, você diz ter tido uma historia de 4 ANOS que não era um relacionamento. Será que ter permitido isso não fechou as portas de algo realmente verdadeiro acontecer na sua vida? Não será que você desperdiçou tempo e energia em algo que não iria dar em nada. Será que você não observou os sinais? Ok, já passou. AGORA, é a hora de fazer tudo certo e não repetir erros antigos. Antes de mais nada, você tem que tomar consciência que está em um problema que se não tomar uma medida agora, só vai piorar. É uma bola de neve. Tome a medida, controle seus gastos DE VERDADE e abra o jogo pro seu namorado. Mas só faça isso quando realmente estiver fazendo algo para se ajustar a sua atual realidade financeira, caso contrário ele pode achar que você é uma descontrolada (o que ninguém quer na vida, ainda mais início de namoro) ou então sei lá, pode passar pela cabeça dele que você vai se aproveitar dele. Mostre maturidade quanto ao seu problema e jogue a real. Sinceridade SEMPRE e que bom que você sabe que está tudo nas suas mãos. Chora 02 – Dita Oi Cony, finalmente criei coragem de enviar meu chora, confesso que ainda não vi casos parecidos por aqui e que no fundo eu sei o que precisa ser feito pra solucionar, mas gostaria muito de saber a sua opinião e das leitoras lindas a respeito. Parece que quando o problema está de fora enxergamos melhor né. Tenho 28 anos e namoro a 7 um cara que gosto muito, até pouco tempo atrás eu tinha certeza absoluta que queria casar e viver todo o resto da minha vida ao lado dele, não é um relacionamento perfeito (assim como nenhum é), mas sabe quando vc encontra a pessoa que é o “seu tamanho”? Pois é. Tudo corria bem até que em março do ano passado eu conheci um cara na academia, daquelas pessoas que vc olha e, por um motivo não explicável, sente uma atração instantânea. Isso nunca havia acontecido comigo até então. Depois de algum tempo começamos a trocar uma ou duas palavras durante o treino, evoluímos pra conversas no WhatsApp até que surgiu o primeiro encontro, fora da academia, após 6 meses. Nesse meio tempo, eu totalmente desnorteada por está interessada em outra pessoa que não o meu namorado decidi terminar pra tentar colocar as coisas em ordem na minha cabeça. Já estava totalmente interessada e sabia que o interesse era recíproco pela terceira pessoa. No segundo encontro ele soltou uma bomba: casado, pai de um bebezinho de apenas um mês de vida. Não vou dizer que meu mundo desabou pq é demais né. Mas fiquei sem norte. Sempre fui de muitos princípios e acho inconcebível alguém entrar em uma relação já construída. Decidi que dali em diante cortaria os laços. O que não foi possível, claro, pq a gente até sabe o que tem que ser feito, mas no meu caso, não fiz. Depois desse encontro começamos a jogar abertamente com o outro: sobre todos os riscos e prejuízos que ambos não estávamos dispostos a enfrentar mas nunca conseguimos nos afastar de verdade. Saímos mais algumas vezes, mas só conversávamos mesmo, assunto é uma coisa que não nos falta. Acaba que a “relação” evoluiu pra uma “amizade um pouco diferenciada”. Resumindo: a gente se gosta muito, se fala todos os dias, se encontra sempre, ele me liga umas 5 vezes na semana, conversa comigo nos fins de semana, é atencioso, respeita minha decisão de não ter contato físico (o máximo que acontece é abraço), carinhoso e tudo o mais, seria alguém com quem eu me envolveria sem nem pensar duas vezes, não fosse o detalhe mais importante de todos. Nunca conversamos sobre o casamento dele, foi uma escolha minha, mesmo tendo liberdade de conversar sobre qualquer coisa. Fato é que eu estou envolvida. Tenho plena consciência disso. Eu sinto falta quando a gente não se fala, sonho com ele, coração acelera quando a gente se encontra e todas esses sinais típicos de “que deu merda”. Resolvi voltar com o meu namorado em dezembro, sei que fiz errado, pq no fundo voltei pra tentar esquecer o que eu não podia ter. Seguimos juntos, óbvio que não como antes, mas a relação continua super boa. Sei exatamente que preciso cortar todos os laços com o dito cujo, mas não tenho forças. Sei que essa história pode não acabar bem pra nenhum dos lados, mas é como se algo não me deixasse fugir disso. É uma situação complicadíssima pra mim que estou por dentro e queria muito escutar a opinião de vcs. Sem julgamentos, gente, por favor. A minha consciência já é bastante dura comigo. Obrigada, Cony. Amo seu blog. Vc é uma inspiração. Fia, o que começa errado, acaba errado. O cara é casado. PONTO. FIM DA HISTORIA. Pense nisso! Uma aventura não vale o casamento dele nem o seu relacionamento com um cara bacana. Seja racional. Você está enganando seu namorado e SE ENGANANDO. E é questão de tempo essa decisão de não ter contato fisico ir por água abaixo. Daí já era… Acabe com isso antes que isso acabe com você. Pare de conversar, bloqueie, troque de academia. Deixe de achar que tudo está ok porque não tem contato físico, não seja ingênua. E do MESMO JEITO QUE ESSE CARA CASADO NÃO ESTÁ RESPEITANDO A ESPOSA, TAMBÉM NÃO VAI TE RESPEITAR. Questão de caráter. Chora 03 – Veronica São tantos anos aqui anônima atrás da telinha do computador, só você com todo esse seu carisma e competência para unir suas leitoras em busca de um mundo melhor e mais seguro para nós mulheres!  Já li muitos “choras” contando sobre seus abusos, e que me ajudam a cada dia a ter força e seguir em frente. Sim, eu também já passei por muitos abusos e as vezes me pergunto o que a vida quer me ensinar com tudo isso. No espiritismo acredita-se  que a  alma antes de encarnar nesse mundo escolhe quais provações ela irá passar nessa vida, para que o espírito vá se elevando. Depois de conhecer esta teoria, só ficava uma pergunta na minha cabeça: “tinha que ter pressa e escolher tudo isso numa vida só?!” Devaneios a parte, vamos ao meu chora em ordem cronológica: na infância eu era abusada sexualmente pelo meu irmão mais velho, não me lembro bem quando começou mas acho que eu devia ter uns 10 anos a durou até os 14 anos. Vocês podem se perguntar como durou tanto tempo, bom eu era uma criança e não tinha noção do que acontecia, só depois de adulta e de muitas leituras que fui entender o que aconteceu comigo. Meus pais nunca souberam, hoje eu não falo mais com meu irmão, foi o jeito que encontrei de me proteger do passado. Ainda não consegui perdoá-lo, deixar isso para trás, mas eu tenho certeza que vou conseguir. Passados alguns anos, me casei com o primeiro marido, ele me apoiava nos estudos, na faculdade e esteve ao meu lado quando meu pai ameaçou não me ajudar com nenhum centavo caso eu largasse a faculdade de enfermagem…chorei muito, ergui a cabeça e larguei a faculdade, fui correr atrás do meu sonho. Marido ficou ao meu lado e meu pai me deixou para trás. Este sonho necessitou de muitos anos de estudo, muitas noites em claro, muitos finais de semanas e feriados dedicados ao estudo, e iniciei uma nova faculdade. Vocês podem imaginar que aquele marido atencioso se mudou de cidade, foi viver a vida dele, arrumou amantes e depois de muitas mentiras e um coração partido resolvi pedir o divórcio…junto com a separação veio a promessa de não me envolver novamente com alguém…7 anos depois, uma faculdade concluída e 4 anos de especialização na minha área, meu coração começou a fraquejar e eu fui sentindo falta de ter alguém ao meu lado…conheci uma pessoa, que me encantou e em 10 meses estávamos morando juntos. Eu terminei  a especialização e me mudei para a cidade que ele morava, fomos morar juntos, nos casamos em Las Vegas. Mas os sinais estavam ali o tempo todo, e eu não vi. Era a irritação sem motivo, a agressividade verbal, o machismo, o ciúme excessivo dos meus colegas de trabalho e tudo só piorou a partir do momento que comecei a ganhar mais que ele.  Lembro de um episódio ,quando estávamos há 6 meses namorando, durante o café da manhã ele me questionou porque eu não brigava, gritava , o porquê de eu ser tão calma, me incitando para a briga …ahhh esses sinais, agora fazendo um retrospectiva eles estavam ali o tempo todo. Dizem que nos tornamos parecidos com as 5 pessoas mais próximas com as quais convivemos, ou seja, fui perdendo a cabeça e o pavio estourou. Da mulher calma e tranquila, passei a ser estressada, pronta para responder seus ataques e nossa casa virou um campo de batalha, brigas e mais brigas, pelos motivos mais tolos. Ele brigava se eu ia para um curso, se chegava tarde do trabalho, estava o tempo todo querendo saber onde eu estava, se íamos sair com meus amigos eu já sabia que ao chegar em casa ia ter briga. A família dele não ajudava, a mãe dele mal olhava na minha cara quando eu ia na casa dela, não me servia comida e só falava comigo para me perguntar quando é que eu ia engravidar. Depois de 3 anos juntos, muitas brigas, agressões, coação para fazer sexo eu cansei… a nossa vida já é tão difícil lá fora no trabalho, são tantas coisas para resolver, preocupações que eu só quero chegar em casa e ter paz! Ano passado eu tirei um mês de férias e fui fazer um curso no exterior, convidei ele pra ir, ele disse que não ia, na primeira semana senti saudades, mas logo as brigas por ciúme começaram por mensagens no celular, a melhor coisa que fiz foi esquecer dele e curtir meu curso e as horas vagas para passear. Na ultima semana comecei a sentir um aperto no peito, uma sensação ruim, uma tristeza que tomava conta de mim… pensando muito durante meus passeios pude perceber que estava me sentindo feliz lá sozinha e estava com medo de voltar para todo esse drama. Enfim, foi lá que decidi que queria me separar. Há 5 meses, após uma nova crise, pedi a separação ele me disse que eu não estava sendo parceira dele pois ele estava passando por um momento muito difícil ,que confiou em mim e por causa disso eu estava o deixando. Ahhh, esse meu coração mole não aguentou e ficou mais uma vez, com a promessa que tudo ia melhorar. Nos mudamos de apartamento, com a promessa de uma vida nova mas ,nada mudou. Há 2 meses descobri que ele estava usando o Tinder e pedi para ele sair do nosso apartamento. Ele não saiu, me disse que se eu quiser tirar ele daqui vou ter que ir na justiça ( o apartamento é alugado, mas está no meu nome e meu pai é o fiador, sim meu pai fez as pazes comigo depois que eu me formei ), todos os dias de manha ele prepara meu café, traz flores toda semana, dormimos em quartos separados. Normalmente fico trancada no meu quarto, pois não quero cruzar com ele pela casa. Tenho medo de meu coração mole fraquejar, com tantas promessas de mudanças e pedidos de perdão… Desculpa não ter um fim para esta história, mas espero que eu tenha força para não voltar atrás na minha decisão. E meninas, apesar dessa vida amorosa tão conturbada eu não desisti de seguir a minha vocação, nunca deixei de lado minha vida profissional, hoje estou construindo uma carreira que me deixa muito feliz e realizada. Lembrem-se que ninguém pode tirar de vocês o seu conhecimento, suas experiências e seu sucesso… não vamos desistir! Mulher do céu, você já passou por muito perrengue na vida, por muita coisa pesada e seguiu em frente! PERMITA-SE SER FELIZ!!! Pense em você! Guerreira, dedicada, forte, foi atrás dos seus sonhos profissionais, nada te parou até conseguir, e vai ser um EMBUSTE que vai te deixar presa no quarto da sua própria casa pra não esbarrar com ele??????? CADE A MULHER FORTE QUE ENFRENTOU O PAI E VENCEU NA VIDA????? O coração mole tem que ser COM VOCÊ, não com quem transforma sua vida num inferno. Sabe, não tá “casando” a personalidade da mulher que foi atrás do sonho com essa que se deixa manipular e fraqueja a cada promessa. Quem é você? Pense em tudo o que já passou, em tudo o que construiu e saiba que, você pode e DEVE ser feliz, sozinha ou acompanhada, mas se for acompanhada, que seja de um cara legal que te valorize e se orgulhe do mulherão da porra que você é. Se ame. Apenas isso, olhe pra você com carinho e pense em você velhinha e feliz de ter vivido a vida que merecia. ADIVINHAAAA? Choras abertos! Mande sua angustia, problema, desilusão, pedido de conselho para constanza@futilish.com e no assunto coloque CHORA QUE EU TE ESCUTO. Textos breves e explicados ok?

    Leia Mais

  • A Farsa no Instagram – Parte 2

    Mas deu o que falar o post sobre A Farsa No Instagram hein? Tanto que apareceu assunto até para uma parte 2 e cá estou eu, novamente, mais armada de informação e MAIS REVOLTADA ainda com a cara de pau dos “influenciadores” que montam um perfil baseado na mentira. Antes de mais nada, queria esclarecer uma coisa. Minha denúncia não é direcionada a ninguém especifico, não é recalque nem inveja, não preciso disso. Não mesmo… Minha denúncia tem a ver com um trabalho que eu faço (e que várias outras pessoas também fazem) HONESTAMENTE e levado MUITO a sério, mas que é desvirtuado e desvalorizado por gente de má índole que quer se dar bem em cima de um “jeitinho” para aparecer mais ou construir uma imagem forte que… não existe. Deixa eu desenhar, vem comigo (adoro analogias rs): Pensem em uma pessoa que acorda cedo, se arruma, vai trabalhar, chega no horário, faz seu trabalho direito, cumpre suas responsabilidades, responde seu “chefe”, faz suas tarefas da melhor maneira possível… Tenta conquistar seus clientes um a um, mostrando transparência e conquistando a confiança. Tudo isso com o intuito de garantir sua permanência no emprego, de conseguir quem sabe uma promoção, de ter seu salário conquistado para pagar suas contas e quem sabe comprar um carro, uma casa, sei lá além de obviamente entregar um produto/serviço de qualidade e que corresponderá ao que o cliente deseja, sem enganações. Daí tem o colega de trabalho, mesmo cargo, mesma empresa, mesmo “chefe”. Ele chega atrasado mas pede para alguém “bater ponto” pra ele antes. Ou nem vai porque tá de ressaca mas diz que tá doente em casa. No trabalho, enrola, finge estar trabalhando, tem suas responsabilidades atrasadas. Mas de alguma maneira, ele forja para seu “chefe” um trabalho bem feito, só a parte de cima trabalhada, um relatório com a capa linda mas cheio de folhas em branco, mostra sua “competência” com um número grande de clientes que ele inventou (ou que enganou prometendo coisas que não consegue entregar) e o que acontece?? O chefe acha lindo, vai lá e promove a pessoa, aumenta o salário. Injusto não? Pois bem. As empresas/marcas são os “chefes” dessa turma de influenciadores. O relatório, é conteúdo que produzem. A competência, o retorno gerado. Os clientes, os seguidores, enganados ou conquistados. Simples assim. Alguém está sendo enganado não é? Tanto as marcas que acreditam num trabalho que não existe, que apenas é “enfeitado”, como os seguidores, que foram forçados a acreditar que aquele serviço era bom. Affff falei demais, mas foi só a introdução para a bomba que vou jogar agora. No último post, dei algumas dicas de como saber se a pessoa que você segue comprou seguidores ou não. Muita gente me disse que a Luisa Accorsi tinha feito um vídeo falando de um site que mostra exatamente isso: se o perfil é comprado ou não. Bom, na verdade, o tal site não vai te falar claramente, mas só de ler os dados a gente já saca na hora. O tal dedo duro dos fakes se chama Social Blade. Ó, já aviso… Cuidado que ele vicia. Pra começo de conversa, ele só funcionou pra mim no Chrome. A interface é bem fácil de trabalhar. Vamos lá, vem comigo desmascarar alguns fakes: No Chrome, vá em www.socialblade.com Escolha “investigar” Instagram Me escolhi para mostrar pra vocês Os printf são de janeiro, este post está esperando já tem um tempinho… Como podem ver, eu ganho e perco seguidores na mesma proporção. Em dois anos, cresci apenas 10 mil seguidores e tô investigando o motivo. Um dos motivos é provavelmente o uso de algumas # que foram proibidas pelo Instagram há um tempo e eu teria que tirá-las das minhas fotos, mas cadê coragem de checar minhas mais de 7000 fotos para procurar as tais #? Enfim, continuemos com o Social Blade. No gráfico acima, vocês podem ver meu crescimento desde 2014. Uma curva continua em ascensão. Normal. Crescimento ORGÂNICO, zero compra de seguidores. Lá pra dezembro de 2014 uma queda de poucos seguidores, que foi aquela limpa que o Insta fez e que todo mundo perdeu alguns números. Quem tinha comprado, perdeu MUITOS, algumas contas mais de 50%, quem não tinha comprado, perdeu seguidores inativos e spammers. A revista Glamour fez uma matéria sobre a tal limpeza no Insta, segue o LINK para quem quiser ler. É bem legal. Agora vamos ver quem compra e quem não compra seguidores? Uma das maneiras mais rápidas e fáceis é comparar perfis. Lá no Social Blade mesmo você pode fazer isso. Comparei 3 perfis que sei que não compram seguidores: a Lu Ferreira do Chata de Galocha, a Anita Bem Criada e eu, todas de BH porque gosto de valorizar minhas colegas que fazem um trabalho lindo. Claro, a Lu tem muito mais seguidores que a gente e fica lá em cima, mas reparem no formato do gráfico: os 3 perfis são curvas em suave ascensão. Praticamente uma linha crescente sem grandes eventos. AGORA VEM O TERROR, OLHEM O GRAFICO DE QUEM COMPRA SEGUIDORES:   Conseguem ver a diferença no gráfico? Enquanto um crescimento orgânico é uma curva suave e crescente, a curva de quem compra seguidores é cheia de eventos, de picos e altos e baixos!!! Por que disso? Porque cada pico, é um dia de seguidores “comprados”. Um dia compra 2mil, outro 4mil, depois perde 1mil e por aí vai. Mais uma comparação. POVO QUE COMPRA SEGUIDORES E SE AUTODENOMINA INFLUENCIADOR, CÊS NÃO TEM VERGONHA NA CARA NÃO? Enganam as marcas vendendo um alcance que não existe e enganam os seguidores fingindo credibilidade no que postam! Aff Continuemos: Gente, é bom dar uma entendida nesses números, principalmente marcas ao pesquisar influenciadores para ações: não é normal ganhar 2 mil seguidores num dia, depois perder e perder, e depois ganhar 4 mil, 5 mil seguidores em um único dia. A não ser que o perfil seja SUPER CITADO por alguma mídia de peso (o que não é fácil/comum/recorrente), isso não é um crescimento verdadeiro, ok? É fake, BEM FAKE.  Quer mais dicas para saber se o “influenciador” tem perfil com informações falsas? Fácil, o mesmo número de curtida em todas as fotos. Sim, porque pode comprar curtidas,  comentários e seguidores. Gente, uma BOA foto de look dá boas curtidas, uma foto de uma flor, dá menos curtidas. Uma selfie bonita, dá boas curtidas, uma foto de um produto na bancada do banheiro dá menos curtidas. Fotos espontâneas, dão boas curtidas, fotos de PUBLI dão menos curtidas. É uma coisa óbvia! Então reparem: se um perfil tem 4.000 mil curtidas em todas as fotos, seja selfie, de paisagem, de um pedaço de pão, pode saber, são curtidas compradas. O engajamento REAL é variável e vai de acordo ao exibido no Instagram. Mais dicas para saber se estão comprando curtidas? Clica pra ver quem está curtindo as fotos. Se for aqueles meninos de boné de aba reta, perfis de sacanagem ou esquisitos, de um público nada a ver,  pode saber que tem algo estranho. E percebi que esses perfis que curtem tem geralmente 7.500 seguidores. Perfis montados e fakes. Tipo assim: É só dar uma olhada nas curtidas e se tiver uma série desses, bingo: compra curtidas também. Podemos chamar isso de engajamento? Esse público vai comprar algo? Acho que não hein… E todos esses prints acima foram de UMA FOTO de uma blogueira com mais de 6 mil curtidas na foto. Nem precisei procurar os fakes, era um atrás do outro mesmo. Ah, comentários repetidos da mesma pessoa chamando insistentemente de : LINDA, MUSA, DEUSA, VOCÊ ARRASA, IDOLA também indicam que tem treta aí. Ah, pára né? Além dessa turminha que ama comprar tudo no Instagram e enche a boca pra falar que é influenciador profissional (sim, tem gente que se denomina assim. Profissional só se for em compra de fakes né?) existe também mais uma maneira de bombar o Instagram de falso engajamento: os grupos de whatsapp. Como assim? Existem grupos de WhatsApp, cheio de “influenciadoras” que combinam de curtir e comentar as fotos das migues para aumentar o engajamento. O convite para esses grupos é mais ou menos assim: Meu estômago chega a embrulhar. E o de vocês? Gente, essa farsa saiu até no New York Times! Mais direcionada aos fakes do Twitter, mas no fundo é a MESMA coisa. Quem quiser ler, segue o LINK. “Todo mundo quer ser popular online. Alguns pagam por isso.”  Ia citar também alguns casos que recebi sobre lojas/marcas que fecharam com influenciadoras e não tiveram retorno algum. Tipo, nem copo d’agua ganharam. Várias pessoas entraram em contato comigo para me contar casos mas… deixa pra lá né? O recado está dado: para as MARCAS prestarem atenção em quem estão investindo e para VOCÊS abrirem os olhos e saber quem estão seguindo. O que vai acontecer? Vão parar de comprar? Não… não vão. O Instagram vai fazer uma nova limpa e acabar de vez com essa prática? Duvido… A única coisa que eu realmente quero e me importo é com o mercado. Só quero que as marcas valorizem quem faz um trabalho limpo, de verdade e honesto. Que entendam de uma vez por todas que número de seguidores NÃO é garantia de retorno ou indica engajamento. Olhem com calma, analisem, pensem em nichos, em público de verdade e conteúdo. O resto, que continue fake, mas que não queime o trabalho de quem faz bem feito. E se fizer drama, ainda vai ter a parte 3.

    Leia Mais

  • Achados na Renner e C&A!

    Sabe aquela passadinha básica no shopping? Pois é, fui e vi algumas coisas interessantes: Achei esse maxi cardigã beeeeeem interessante! Para esses dias bipolares que fica frio e calor várias vezes durante o dia. LINK Camisa listrada por que sim né? hahaha, nem precisa explicar muito! LINK Coletão jeans! Achei esse BEM DIGNO para montar looks descontraídos e fazer o papel da “terceira-peça-transformante-no-look”. LINK Calça jeans flare, cintura alta, super emagrecedora. Faz um corpãaaaaao! E com lavagem linda! Olha o preço amigo! LINK Pode comprar AGORA! Macacão pantacourt, listrado (vertical!) super chique para eventos de ultima hora. Pra não fazer feio! Ou até mesmo para ir trabalhar mais arrumada. Lindo, clássico, estiloso! E preço bacana. Esse não tem link, vocês vão ter que ir na loja mesmo… Agora na C&A. Camisão “verde guerra” como diz meu boy rss. Camuflado lindo para usar com short jeans e botinha preta baixa! (esse eu comprei!) Das botas meias (que já falei AQUI) acho que essa é a mais bonita das fast fashion. Preço amigo e tem preta também! LINK Bons achados né? Não se esqueçam de mandar seus achados para constanza@futilish.com e no assunto coloque DICA DA LEITORA. Foto boa, preço e nome da loja são muito importantes ok?

    Leia Mais

  • Eu Testei – Paleta The Complexionista da Benefit

    Um belo dia recebi um release que poderia ser apenas mais um na minha caixa de mail mas não… era um especial pois se tratava de uma das marcas que mais amo de makeup: Benefit. Gosto da Benefit especificamente por dois motivos: acho as embalagens fofas e eles tem o melhor produto para fazer contorno, o Hoola. Daí vi que a marca tinha acabado de lançar uma paleta de corretivo, contorno e iluminador, edição limitada e nem quis pensar muito, dei logo um jeito de comprar a minha na Sephora com medo que ela acabasse (e realmente esgotou). Chegou semana passada e hoje vou mostrar para vocês: Como sempre, embalagens lindas. São 6 produtos, dois corretivos (Boi Ing 1 e 2), dois bronzers (Hoola Lite e Hoola) e dois iluminadores (Watt’s Up – cremoso – e o Dandelion Twinkle – em pó). As quantidades são reduzidas: 1,3 g de cada corretivo, 3 g de cada bronzer e 2,8 h do iluminador Watt’s Up e 1 g do Dandelion. Considerando que a versão mini do Hoola (a que uso e rende bastante) tem 4 g e custa quase R$ 80 SÓ ELE, nem achei tão menos produto assim. Ah, a paleta com todos esses produtos custou R$ 173 ou seja, super valeu a pena. Vamos aos swatches? Começando do começo, os dois corretivos Boi-Ing. O da esquerda é o número 1 e achei bem bom para iluminar. O da direita é o número 2, um tom de pêssego, bom para camuflar olheiras. A cobertura é mediana, mas dá para construir mais cobertura com camadas ou ainda misturar os dois para conseguir um terceiro tom. Os bronzers! E uma decepção… Como sou mega fã do Hoola, tinha super curiosidade com o Hoola Lite mas ele simplesmente não apareceu na minha pele. Ele e nada é a mesma coisa então não rola de usar como contorno NO MEU CASO. Acredito que para as meninas beeeeeeeem branquinhas, pode ser uma boa. Para mim, serve apenas como pó mesmo. Os iluminadores! São dois, um cremoso (Watt’s Up) e um em pó (Dandelion Twinkle) O Watt’s Up tem um tom champanhe e aparece mais que a sua dupla em pó Dandelion. Dá para usar os dois para ficar mais “brilhosa”: primeiro aplica o iluminador em creme e por cima uma camada do iluminador em pó. Conclusão: paletinha BEM BOA para viagens ou para quem está construindo um mini arsenal de maquiagem. Ótima para quem não tem nada de makes e quer matar vários coelhos com uma paulada só. Os corretivos atendem, o Hoola continua sendo o melhor contorno e os iluminadores são bem bons. E como falei acima, o preço dela está bem justo, afinal só um produto dessa paleta já custa quase metade dela. Compra feliz! Só falta agora a Sephora reestocar né Benefit?

    Leia Mais

  • Mi casa, Su casa- Pisos Internos Frios

    Fufuléts, Estamos beirando 3 anos por aqui e hoje eu me dei conta que prometi (lá no comecinho) explicar melhor sobre os pisos, especialmente hoje, pisos internos frios. Então pega sua ferramenta de limpeza (vassoura, rodo, mop, feiticeira ou aspirador de pó) e #vemkotio! Eu PRE CI SA VA colocar uma foto da feiticeira aqui. Metade de vocês nunca deve ter ouvido falar dessa maravilha da vida doméstica. A outra metade, assim como eu, nos anos 80 ajudava a mãe com uma dessas pela casa, ouvindo Fagner no rádio. Essa semana eu achei pra comprar no site do Magazine Luiza. Agora vamos todos pro chão! Começando por… Produtos cerâmicos: Os esse tipo de material é produzido a partir de uma combinação de argilas, prensado e queimado a 1.150ºC e geralmente tem o acabamento mais rústico. As bordas “simples” que são bem arredondadas ou “bold” que são um pouco mais uniformes, exigem uma linha de rejunte de 4 até 10mm de espessura. Cada produto tem na sua caixa a medida ideal desse acabamento, e eu indico seguir a instrução para evitar rachaduras. Cerâmicos são um pouco mais frágeis por possuírem uma absorção de água razoavelmente maior que os porcelanatos, e cada vez mais tem sido lançados produtos cerâmicos para parede e menos para pisos por causa disso. Porcelanato: O porcelanato é composto por uma mistura de materiais mais nobres e resistentes, prensado e curado a mais de 2.000ºC. Inicialmente eram indicados apenas para locais de alto tráfego, como aeroportos. Com a grande resistência e facilidade de manutenção (e também aumento de oferta) ele foi tomando a dianteira nas vendas e nos desejos dos brasileiros. Produtos polidos recebem ainda uma película protetora, contudo é importante lembrar que um porcelanato tem absorção igual ou menor a 0,1% e por isso ao ser usado em áreas molhadas (cozinha, lavanderia ou banheiros) o ideal é usar modelos antiderrapantes, nunca polidos ou você pode dar um triplo-twist-estendido diretamente pro chão.  As juntas de dilatação desse produto quando são do modelo retificado podem variar entre 1 e 3mm. O que deixa os ambientes mais elegantes e a manutenção mais fácil, afinal o que encarde e vira um karma é o rejunte. Agora alguns cuidados para uma boa experiência com o cerâmico e o porcelanato. O contrapiso deve estar nivelado ou com as caídas necessárias prontas antes da instalação. Para áreas molhadas, sugiro a impermeabilização do piso e mais 15cm das paredes. No caso de banheiros a área do box pode ser impermeabilizada completamente para evitar a fadiga. O impermeabilizante parece uma lama de cimento: Compre pelo menos 10% mais de produto do que a área a ser revestida, isso supre perdas que acontecem na hora dos recortes e ainda o estoque de 1 caixa para reparos futuros. Lembrando que lotes diferentes podem ter mudança de tonalidades. Escolher a argamassa correta para o tipo de instalação: AC-I para ambientes residenciais internos e banheiros de pequenas áreas; AC-II mais resistência a variação de temperatura, podendo ser usada em ambientes internos e externos com vãos de até 5 metros, piscinas de água fria e fachadas; ou AC-III de grande aderência pode ser usado em grandes espaços, piscinas aquecidas, saunas e para produtos com tamanho superior a 60×60. No escritório temos usado sempre a branca para evitar mudança nas tonalidades do revestimento. Não economize nos espaçadores e niveladores de peças. Esses plastiquinhos e borrachinhas ajudam a evitar desastres.  Esperar a argamassa “curar” antes de passar o rejunte. A maioria das argamassas leva 48 horas para que a água da massa se dissipe, e é imprescindível que se espera o tempo que o manual do fabricante diz pois se por feito o rejuntamento antes dela secar, ficará uma poça d´áhua debaixo do seu piso que pode manchar a peça ou até acabar fazendo com que ela se solte. Quem nunca pisou no chão e sentiu um “créck” ? Rejunte serve para “vedar” a entrada de água, para nivelar as peças, para facilitar a troca de peças no futuro e para esteticamente ficar tudo mais uniforme. São três tipos de rejunte: Cimentício, mais barato, mais rugoso e rústico, é indicado para os produtos cerâmicos, com junta de 3 a 10mm; Acrílico, com resina acrílica, cimento e areia tem uma viscosidade menor e melhor acabamento, é indicado para juntas de 1 a 3mm; Epóxi é um rejunte bicomponente, com resina epóxi e um catalisador que faz a resina endurecer. É o de melhor acabamento, indicado para juntas de 3mm ou menos. Dica estética: Sempre da mesma cor que o produto escolhido ou mais claro. O rejunte escuro e as polainas ficaram lá nos anos 1990. Nunca utilize revestimentos de parede no piso. Eles não tem resistência nem porosidade para esse fim, já o contrário (colocar o piso na parede) é permitido, mas isso não vai transformar você em uma lagartixa, não indico tentar andar pelas paredes. Antes que alguém pergunte nos comentários, vamos falar da Junta seca. Esse tipo de instalação, onde as peças ficam completamente encostadas, sem rejunte nenhum só funciona em parede, em ambientes secos e com pouca variação climática. No caso as peças de porcelanato retificado que tenham a possibilidade de serem instaladas como junta seca, (Ceusa tem muitos modelos assim) procuramos usar para um detalhe, como um hall, uma parede de uma escadaria, um detalhe em um corredor, mas sempre com poucas peças porque no Brasil uma hora tá 30ºC e na outra tá 12ºC essa variação pode fazer com que as peças quebrem com a dilatação da parede. O tal do Porcelanato líquido: O porcelanato líquido não tem quase nada de líquido, e de porcelanato é que ele não tem nadinha da Silva. Esse produto é formado por resinas (epóxi ou poliuretano) e tem característica monolítica. O que isso quer dizer? que você vai criar um único pisão, bem grandão, do tamanho do seu… coração! Ele não tem rejunte nem ementas. Por isso tem sido usada amplamente em clínicas, hospitais e por tem grande resistência também em indústrias, concessionárias e outros locais que se precisa de um piso resistente. A resina Epóxi pode sofrer rachaduras com variações climáticas, então é mais indicado para áreas pequenas e internas. A resina de Poliuretano é mais flexível então é indicada para grandes ambiente, tanto internos quanto externos. As resinas podem ser monocolores, ter efeitos como marmorizado ou, caso a breguice habite dentro de você, é possível fazer a plotagem de uma imagem e usar a resina incolor por cima, causando uma catástrofe contra o bom gosto. As resinas podem mudar de cor conforme incidência solar, sobretudo as mais claras, assim como podem riscar e trincar com as variações de temperatura. A grande vantagem é que com uma espessura média de 3mm muitas vezes é possível instalar sobre o piso já existente, sem grandes obras. Eu fiquei até sem palavras depois desse mar debaixo de um sofá. #depreshum Em breve falamos dos vinílicos, os queridinhos do momento. Contem pra mim se vocês tem mais dúvidas, se algo estranho aconteceu com você ou com alguém que estava reformando… Juntos aprendemos muito! #Bença!

    Leia Mais

  • Dica da Leitora!!!

    Algumas diquinhas por aqui! Olha o DDL voltando!!! 01 – Leticia A Leticia mandou algumas coisas mas as fotos não estavam boas miga!!! Consegui ver direito só esse blazer MARA que fiquei apaixonada! Na Renner por R$ 139! LINDO LINDO LINDO! 02 – Aline “Olá Cony!!  Fui despretensiosamente a C&A hoje e encontrei uma calça preta com a listra lateral do seu último post de looks para viagem com tênis! Precinho de R$ 69,90!!” MA OÊEEEEEE, gente que achado hein?? Arrasou na dicas, PODEM CORRER GARANTIR UMA! Gente, calça pra vida e enriquecedora de looks de aeroporto!  Dica 03 – Kelly “Não deixe a tag morreeeer, não deixe a tag acabar! Oi, Cony, tudo bem? Sinto muita falta do DDL, então resolvi mandar umas dicas, já que reclamar e não fazer nada pra tag voltar é vacilo. Vamos lá, todas as dicas em lojas do Shopping Flamboyant em Goiânia: Na Forever 21, comprei esse blazer bordô de veludo BABADO. Não sei se ainda está na moda, mas achei bem bonito, vestiu bem e gostei do preço R$139 (saí à caça de blazer esse fds e só achei de R$169 pra cima e com uns tecidos bem mais ou menos). E precisava de um saltinho baixo para usar no trabalho e achei esse na promoção da C&A, por R$69.” Já se adiantou na moda do inverno: VELUDO! Arrasou na compra da Forevis! E achei o saltinho bem digno. Olho bom pra compras inteligentes! Dica 04 – Jalila “Olá Cony! Vamos lá! Meu nome é Jalila e comecei a seguir seu blog em 2012 e desde então não larguei mais. Me identifico muito com você e acho difícil achar nesse meio alguém tão autêntica quanto você. Às vezes quando vou comprar alguma roupa fico pensando o que você acharia… rsrsrsrs Bom, estive na Pernambucanas de Ubá-MG e fiz umas comprinhas. Comprei essa jaqueta e gostei muito dela no corpo e da lavagem. Achei muito bom o preço e a qualidade da jaqueta. Valeu super a pena! Grande beijo!!” Gostei REAL da jaqueta jeans! Vocês sabem que eu amo uma jaquetinha dessas né? Item pra vida também! A lavagem está bem rica. Parabéns! Dica 05 – Bia “Oi Constanza, resolvi contribuir para a continuidade do Dica da Leitora! Estava precisando de uma bolsa preta, e achei essa na Riachuelo do Caruaru Shopping – PE. É estruturada, com um tamanho bom para o dia a dia, e possui bolsos internos. A alça comprida bordada é removível, e deixa mais interessante um look básico. Foi R$ 99,90, achei um ótimo custo-benefício! Um beijo, Bia“ Ótima dica Bia! Bolsas a preços acessíveis sempre serão bem vindas

    Leia Mais

  • Novidades de Beleza – Inkstroke Eyeliner da Shiseido

    As loucas do delineado piram, eu inclusive!!!! Olha esse lançamento da Shiseido, um delineador inspirado na caligrafia japonesa! Quando recebi o release e vi a descrição, logo lembrei do Fluidline da MAC que já teve seus momentos de fama mas depois sumiu. Eu tenho dois, se não me engano, mas a dificuldade de usar é justamente por não achar o pincel ideal, e assim acabo preferindo sempre as canetinhas. Esse da Shiseido diz ter aplicação ultra precisa, tons intensos e textura suave. E como aplica? Então, ele já vem com um pincel de ponta fininha e com tampa, para proteger bem o aplicador. São 6 cores: 01 – Empitsu Gray (GY902) O cinza escuro matizado possui uma presença vívida e nítida como a de um lápis. Ele se mistura bem com a pele, assim como a grafite derretendo em um canvas – suave e ao mesmo tempo impactante 02 – Kon-ai Blue (BL603) Revivendo o lindo tom do mar azul-índico, frequentemente visto em todo o Japão, esta cor moderna e profunda tem uma estética vintage. 03 – Kuromitsu Brown (BR606) Marrom rico e quente, como o melaço japonês. É doce, com um pouco de amargor, incrivelmente atraente. 04 – Nasubi Purple (VI605) Esse roxo intenso e dramático é profundo e brilhante, como berinjelas frescas cobertas pelo sereno da manhã. 05 – Shikkoku Black (BK901) Intensamente profundo e luminoso, é um preto laqueado bem evocativo, como nunca antes visto. 06 – Shinrin Green (GR604) Um verde escuro, romântico e puro, remanescente da mística floresta que brilha suavemente ao entardecer. Com um sopro de vento, as árvores sussurram e ganham vida, fazendo com que sua presença seja notada. O pincel e o delineador. E tem esse outro pincel para as artistas do delineado! Mas esse é vendido separadamente e custa R$ 189. Segue o release: Shiseido Inkstroke Eyeliner – R$ 199,00 1. Textura suave e cremosa A fórmula original Inkstroke, da Shiseido, se espalha uniformemente, de maneira suave, permanecendo no lugar exato sem borrar. Ela cria desde traços finos e nítidos a traços robustos e ousados com um simples deslizar das mãos. 2. Desenvolvimento das cores Possui tons criados para satisfazer a todos, acentuando a beleza natural do formato e da cor dos olhos. 3. Longa Duração A fórmula, resistente à umidade, suor e oleosidade, se mantém intacta sem desbotar ou manchar. 4. Embalagem original A nova embalagem de alto impacto da Shiseido inclui um pincel delineador de ponta fina, fácil de usar, com tampa, especialmente projetado para delinear de maneira rápida. 5. Dermatologicamente e oftalmologicamente testado 6. Sem fragrância TONS – O diretor artístico da Shiseido, Dick Page, criou seis novas e belas cores, inspiradas nos elementos e na beleza das paisagens naturais do Japão Design da embalagem – O design exclusivo da embalagem foi inspirado na tinta Suzuri, que é tradicionalmente usada para caligrafia e pintura japonesa. O Inkstroke Eyeliner Brush desliza facilmente pela lateral da embalagem e permite ao usuário o perfeito controle da quantidade de produto no pincel. Resultados: – 94% das mulheres sentiram que o produto apresenta “uma suavidade incrível.” – 97% das mulheres afirmaram que o produto tem “uma cor rica e profunda.” – 95% das mulheres sentiram que “o delineador definiu meu olhar.” – 89% das mulheres sentiram que o produto “não borra” (após 8 horas de uso). – 92% das mulheres sentiram que “é fácil passar a ponta do pincel em diferentes ângulos dentro do frasco para pegar o produto.” Ó, sinceramente, achei caro, mas é aquela coisa… se for o melhor do mundo, tá valendo! O lançamento é para este mês. Quem comprar conta aí se é bom mesmo! Ah, o LINK para quem quiser saber mais!

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto

    Chorem migues! Chora 01 – Barcelona Ei Cony, tudo bem? Sigo seu blog há teeempos, mas nunca tive coragem de mandar alguma coisa. Mas esse ultimo chora sobre ter 32 anos e ser virgem, me deu uma certa vontade e segurança de te enviar esse email. Talvez você não escolha ele, porque acabou de postar sobre esse assunto, mas não custa tentar, né? Tenho 27 anos e nunca transei. Passei por momentos difíceis quando mais jovem e acredito que isso tenha atrapalhado no meu desenvolvimento pessoal sobre o assunto. Agora que estou melhor, sinto vontade mas ao mesmo tempo vergonha de me relacionar com alguém, mesmo sem estar apaixonada, e ter que falar sobre isso. Fico imaginando que a reação da outra pessoa vai ser a pior possível e vou me sentir humilhada. Será que você poderia falar um pouco sobre mulheres mais velhas que ainda não transaram, ou algum conselho? Agradeceria muito… Mesmo se não postar no blog e responder por aqui. Te admiro muito como mulher, acho incrível sua independência e modo de viver, quero ser assim também! hehe Bom, é isso! Mil beijos! Muito sucesso! Miga é tao díficil eu aconselhar sobre isso porque é um assunto que é completamente fora da minha realidade e das pessoas que convivem comigo. E confesso que fico até surpresa com a quantidade de mulheres mais velhas que ainda são virgens. O que posso te dizer é que sexo é algo natural do ser humano, e não tem que ser visto com vergonha ou pudores. E é muito bom!!! Sério, melhora o humor, a disposição, tudo. Com certeza você já deve ter escutado por aí, quando aparece alguém muito feliz, comentários como “eita, essa transou hoje”. É tipo isso. É uma parte da vida, é uma necessidade, não se prive disso por medos ou vergonhas. Se tivesse alguma questão religiosa, acho que seria até mais “entendível” mas não deixe o sexo de lado por insegurança. E ó… a primeira vez pode até ser mais complicada, mas depois é só alegria! Não deixe de curtir isso! Chora 02 – Madri Oi Cony, amo seu blog e considero vc uma miga rsrs… Bora lá pro meu chora. Vou tentar resumir, pq essa história é longaaaa… Tenho 35 anos, moro numa cidade pequena onde todo mundo se conhece… Fiquei com meu primeiro namorado por 15 anos… Isso mesmo, nos conhecemos, ficamos noivos e não chegamos a nos casar. Construímos uma casa linda, mas ele sempre me enrolando para casamento. O tempo foi passando, ele me tratava muito bem, éramos acima de tudo melhores amigos, mas aí o tempo continuou passando… Há 3 anos atrás do nada ele terminou o compromisso comigo, eu fiquei sem chão. Pensa numa mulher que sofreu, chorei, sofri horrores… Ainda por cima descobri que ele estava me traindo com uma mulher super conhecida aqui na minha cidade, todos ficaram sabendo, fiquei pior ainda… Como se não bastasse isso, em menos de um mês ele já a assumiu e foi morar com ela adivinha onde? Na casa onde construímos… Fiquei no chão, me senti um lixo… ( Sim, ele me deu um golpe)… Enfim, perdi tudo, dinheiro, minhas economias, minha juventude com esse cara que em nenhum momento me valorizou. Pois bem, passados esses 3 anos, ele voltou a me procurar, confesso que ainda sinto algo por ele, mas ele não quer “voltar” comigo não, ele só quer sexo! Também jamais voltaria com ele por vergonha na cara mesmo, mas a questão é… Saio com ele e esfrego na cara da atual que ele não presta? Tenho tudo arquivado Cony, conversas, áudios, prints dele me convidando pra ir na casa dele, na casa que eles moram, sei que ela começou a dar aulas a noite. Sabe, sei que não vale a pena se vingar, sei que tudo que vai volta, sei de todo esse blá blá blá… Mas quero opinião sincera sabe, como mulher mesmo que sofreu pra caramba, que passou humilhação, e hoje tem a oportunidade de jogar na cara de todo mundo que esse cara não presta, e nem ela, pois sabia que ele era noivo quando se envolveu com ele. E migas, o que vcs fariam?? QUE???? E O FEDAZUNHA AINDA TEM CORAGEM DE TE PROCURAR E SÓ PRA SEXO??? Ah manda pro inferno JÁ! Aqui, vem cá, a senhorita está PROIBIDA de mandar mensagens, de ficar com ele, de querer QUALQUER TIPO DE CONTATO. Esquece vingança, esse homem vai pagar sozinho tudo o que fez com você. O que acho sim que você deveria fazer, era por um baita processo nas costas deles e pegar tudo o que você gastou na casa de volta. Ah pelamor né??? Folgado, traíra e safado! Sério, esquece ele, pensa em você, fique linda, ache um bofe maravilhoso e deixe a vida dar o troco! Não gaste energia com esse embuste.   Chora 03 – Malaga Olá Cony, sou sua leitora assídua há muitos anos, adoro você e o blog! Hoje vim aqui abrir meu coração e de alguma forma buscar um pouquinho de ajuda pois sei que o meu problema deve ser algo pelo que todas nós já passamos. Pra começar, queria dizer que me valorizo muito, sou arquiteta, tenho um emprego ok, sou super vaidosa e sempre estou buscando cuidar de mim interna e externamente. Meu problema é com meu relacionamento, e o ponto é que meu namorado não tem culpa nenhuma, o problema está em mim. Como lidar com as feridas que ficam de um relacionamento anterior? Tive um namoro que durou 6 anos. Pra mim era um relacionamento maravilhoso, haviam problemas mas tudo sempre era resolvido. Sempre fui muito segura e jamais desconfiava dele. Acontece que um dia surgiu aquela desconfiança, vi uma conversinha aqui e outra ali dele com uma mulher, pensei “ok são apenas amigos”… Fui traída. Pra mim não houveram dúvidas, terminei tudo e vida que segue, afinal não sou o tipo de pessoa que aceitaria desculpas nem que fosse o último homem da terra. Fez suas escolhas, fiz as minhas. Aqui cabe citar que nunca voltei atrás, ele me procurou uns seis meses depois, mas sou bem decidida quanto a pontos finais, pode ter doído muito mas superei e não quis mais saber. Passaram-se 8 meses, estava curtindo, feliz, levando a vida… Conheci um cara, ficamos amigos e por uns dois meses saímos na amizade, até que veio o primeiro beijo, começamos a nos ver e passados mais dois meses, a namorar. Cony aí entra meu problema, eu nunca, NUNCA me senti tão insegura! Ele é um amor de pessoa, me apresentou pra família, para os seus amigos, me incluiu em sua vida de uma forma que não existe o porque de sentir isso. Mas eu sinto. Sabe medo? Medo de que a qualquer momento tudo se repita… Por outro lado, fico a todo momento falando comigo mesma: “Calma, você está criando problemas onde não tem” e “se isso acontecer, você vai seguir novamente como sempre fez”. Mas Cony queria tanto me livrar desse peso sabe, simplesmente curtir esse namoro que tem sido algo incrível e totalmente novo pra mim… Como faz para curar essa insegurança de um relacionamento novo? Te entendo super bem… também tenho me preocupado em não carregar medos antigos em relacionamentos novos. O que sempre penso é: cada situação é diferente. São pessoas distintas, o cenário é completamente novo. Tem que mudar a cabeça mesmo! Zerar a alma dos sentimentos ruins e desconfianças passadas. Fica o aprendizado, fica a experiência, mas carregar uma bagagem de coisas ruins para algo novo, que está nascendo, é deixar de aproveitar algo que pode ser maravilhoso e tranquilo. Também pode ser uma bomba relógio, afinal por qualquer coisa, você pode explodir com uma pessoa que não tem nada a ver com o que aconteceu lá atrás. Vamos desenhar (adoro): imagina que você morava em um apartamento que tinha um vazamento no teto do seu quarto, e aquilo te incomodava horrores, pingava no seu rosto a noite toda. Tirou seu sono, te stressou, não te deixava em paz. Você tentou arrumar, durante um tempo ficava bom, mas o vazamento aparecia de novo e de novo. Daí você desistiu e mudou de apartamento, achou um outro bem melhor que o antigo, você foi no quarto, olhou o teto e estava perfeito. Qual a lógica de dormir insegura, olhando pro teto achando que a qualquer momento pode ter um vazamento??? NENHUMA! Tá perdendo uma linda e tranquila noite de sono. Pode ser que algum dia apareça um vazamento? Pode, mas pode ser que nunca aconteça também. Então fia, relaxa, desencana, aproveite seu novo amor do zero, de coração aberto e sem olhar para os sofrimentos passados. O que passou, passou! Choras ainda fechados!

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Paetês!

    Lembram DESTE post LINDO onde falei do meu amor por tudo o que brilha?? Pois é, descobri que temos uma legião de pseudo “drags” que também amam um brilho! Então como aqui no Fufu o serviço é completo, segue uma curadoria de peças em paetê que achei em e-commerces. PREPAREM OS CARTÕES DE CRÉDITO! 01 – Calça jogging AMARO, bem doida!!! R$239,90  LINK 02 – Calça jogging Animale R$ 838 LINK Tenho paixãozinha por joggings de paetê…   03 – Olha mais aqui, calça jogging J. Chermann, R$ 498 LINK 04 – Rosa Chá, R$ 799 LINK 05 – AMEI ESSA SAIA DA AMARO!!! Linda linda linda, R$ 249 LINK 06 – Preta, básica, só que brilha! Da Madeleine por R$ 116 LINK 07 – Para quem tem medo de peças grandes e brilhosas, que tal começar por reganhas? Essa da AMARO é bem linda e tem várias cores, R$ 179,90 LINK 08 – Cor linda e diferente para uma regata de paetês! Da Canal por R$ 589 LINK 09 – Bomber! Uma toda prata da AMARO, por R$ 299. Tem verde também! LINK 10 – Preta e rosa da Iorane, R$ 643 LINK 11 – Super achado essa blusinha hein!! R$ 64,90 da Market 33 (marca própria do OQVestir) LINK 12 – AMEI essa. Preta, básica, decote V profundo. R$ 191 da Loft 747 LINK 13 – Vestido todo de paetê, da AMARO, por R$ 159,90 e tem outras cores! LINK 14 – Mais um vestido da AMARO, R$ 229,90 e tem prata também! LINK 15 – Saia lápis Mixxon R$ 49,90 LINK (aproveita que tá na promoçã0) 16 – Saia lápis Mixxon prateada R$ 59,90 LINK 17 – Vestido MARA da Iorane, azul, na promo de R$ 889 por R$ 443!!! LINK 18 – Vestido da Canal, igual a regata! Achei linda essa cor… R$ 729 LINK 19 – Regata de paetê, na Zattini por lindos R$ 49 LINK 20 – Outro modelo de regata, também na Zattini, R$ 49 LINK 21 – Mochila MARAAAAAAAA! Quero quero quero! R$ 139, 90 na Zattini LINK 22 – Agora a mesma mochila, só que preta, também R$ 139 na Zattini LINK O que acham??? Pode querer tudo??

    Leia Mais

  • Novidade de Beleza – Paleta Naked Heat

    Vamos todas ficar de pé e bater palmas para a Urban Decay? Ela foi mestra em inventar a paleta de sombras mais desejada dos últimos tempos, a Naked, e como eles são espertos, fizeram uma série de Naked para agradar todo mundo e se tornar um item praticamente colecionavel. Tiro o chapéu para qualquer sacada de produto que crie o desejo da coleção. Não basta ter uma, tem que ter todas. Gênios. Eu comprei a Naked 1. Depois a Naked 2. Pulei a Naked 3. A Naked Basics eu quis mas achei que seria muita loucura. Igual com a Naked2 Basics, porém não resisti a última Naked, a Heat. Antes de falar dela, vamos olhar as primeiras paletinhas. Todas elas, a primeira Naked com as cores mais democráticas (LINK), daí viram o sucesso e fizeram a Naked 2 (LINK), também democrática, mas parecida com a 1 e eu acabei desapegando da 1 e fiquei só com a 2. A Naked 3 é rosinha (LINK) e eu não curto make rosa então nem liguei. Mas quando vi a Naked Heat, quase morri. Tons de marrom quentes, o último grito da maquiagem e cá entre nós, fica LINDO em morenas. Ainda não tem link nacional, porque não chegou na Sephora daqui, mas na gringa tem e custa US$ 54 (LINK).  Também tem essas Naked, em tamanho menor e com preço um pouquinho mais em conta.  Na Sephora daqui tem todas elas, menos obviamente, a Naked Petite Heat. Seguem os links: Naked Basics (LINK), Naked2 Basics (LINK), Naked Ultimate Basics (LINK)   Agora vamos falar dela??? A HEAT!! Como ainda nao vende no Brasil e eu queria muito, pedi para uma amiga comprar para mim na Sephora de NY. Custou US$ 54 mais taxas. Agradecimento eterno para Debinha <3 As cores são realmente lindas e QUENTES. Quem tem olhos castanhos fica super bem, afinal essas cores “clareiam” os olhos. Estou A PAI XO NADA. Agora vamos aos swatches: Amei todas, inclusive as metalizadas e olha que sou uma pessoa matte. Até o momento, posso dizer que é minha paleta de sombras preferida!!! E como boa colecionadora de Nakeds (ou nem tão boa afinal agora só tenho a 2 e a Heat), posso dizer que uma NÃO substitui a outra pois são cores diferentes e complementares. Amei. Muito.

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto

    É quarta feiraaaaa, é quarta feiraaaaa, olha o dia da choradeiraaaaaa! Chora 01 – Nokia Oi Cony, nem precisa dizer o quanto adoramos seu blog né? O único que ainda acompanho. Mas vamos aos fatos. Estou há dois anos com uma pessoa, maravilhoso, companheiro, enfim, relacionamento como casal ótimo. Ele tem uma filha, hoje com 6 anos. No nosso primeiro ano, não tive muito contato com a menina, fui conhecê-la acho que já estávamos juntos uns 6 meses, mas passei a ter um contato com ela bem eventual. Depois passamos a almoçar, jantar, até que com um ano de namoro, passamos o primeiro fim de semana juntos. Primeiro ano, ótimo, relação ótima. Eis que no segundo, muita coisa mudou. Afinal, a criança vem com uma mãe, e a relação pai e mãe que era ótima, passou a ser péssima. Ela não quis mais trabalhar, arrumou um namorado péssimo (digo barra pesada mesmo, tipo que saiu da cadeia). Ele é um ótimo pai, paga uma ótima pensão (mesmo estando numa péssima situação financeira), judicialmente eles tem guarda compartilhada, ele fica com a menina dois dias por semana mais um fim de semana alternado. Mas enfim, a relação com a mãe começou a ser terrível, e claro, sobrou pra mim. Sempre ouvi pra não me meter, mas não tem como. Eu amo a menina, amo criança, faço tudo por ela. Eu já morava sozinha e tinha o quarto todo arrumado pra ela. Fato que a mãe usa o dinheiro praticamente todo com a casa e com ela (porque vive de madame, academia, massagem) e a menina tá sempre uma “mendiga”, roupas velhas, pequenas. Passou ano passado INTEIRO, inverno e verão com roupas pequenas. No fim do ano ele comprou várias roupas e descontou da pensão, pensem o barraco. Noivamos e estamos morando junto. Mas essa situação toda me incomoda. Eles não se falam, agora a menina vem mandando recado da mãe (pra mim), me ofendeu falando do trabalho, vive só pedindo as coisas, tanto pra mim quanto pra ele, diz que a mãe não tem dinheiro. Sei que a criança não tem culpa, às vezes eu corrijo, finjo que não escuto. Já conversei com meu noivo, ele conversa com a criança. Fato que com ele ela é muito mimada, e ta ficando mal educada. Meu noivo todo esse tempo paga pra não entrar numa briga, só que vejo que isso ta interferindo na nossa relação, mas principalmente na educação da criança. Mesmo a mãe não trabalhando, a menina passa o dia na frente da tv, já parece uma menina de 10 anos, precoce, só quer celular e séries de adolescentes, beijou meu sobrinho de 3 anos na boca. A verdade é que não estou conseguindo lidar. Como ser uma boadrasta, como criar uma criança que não é minha e tem uma educação completamente diferente com a mãe, como não deixar a mãe da criança interferir na minha relação? Obrigada por todo esse carinho com suas leitoras. Que você continue sempre plena e bela! Beijos! Só consigo sentir pela menina… que dó, que confusão que ela está, pensa como deve estar a cabeça dela!!! Não faço a mínima ideia de como te ajudar e aconselhar, sei zero sobre educação infantil, só acho que infelizmente um problema que não era para ser seu, agora é e tende a se agravar. Imagina essa menina adolescente?? E não por ela, mas pelo que a mãe está passando para ela. Enfim, leitoras, conto com vocês. Chora 02 – Samsung Oi Cony, sua linda. Acho que nem preciso dizer que sou super fã e não deixo de acessar o Futilish um dia se quer. Minha história é longa, mas tentarei resumir. Durante as férias de dezembro conheci um cara incrível, gente boa, bom de cama, e que me trata igual uma princesa. Topei um namoro a distância, mas sempre falando sobre os planos e há quem diga que coisa está indo rápida demais. Mas até aí tudo bem. O problema Cony é que ele tem depressão e é bastante inseguro. O assunto nunca foi tabu nas nossas conversas e ele sempre deixou bem claro sobre a “tristeza que o ronda”. Nos momentos difíceis, como os dias ruins que ele tem, mesmo que sentindo o drama por WhatsApp ou ligação, eu repenso nosso relacionamento de quase três meses. Metade de mim diz que sou forte para continuar e termos um futuro. Peso o fato que ele é tudo que sonhei, com todas as qualidades e sabemos que o mercado (alô solteiras) não está nada fácil, principalmente onde moro, que são 5 mulheres para um homem. Mas metade de mim diz que sou jovem, bonita, bem formada e que a carga é pesada demais para aguentar, podendo retomar minha vida que era super tranquila. Sei que o assunto já foi tratado aqui, mas o relacionamento da leitora já era mais maduro, e o meu está no começo. Obrigada pelo espaço Cony. Antes de mais nada, isso de falar que o mercado tá ruim, tá pros dois lados viu? Tem muita mulher querendo um cara bacana e também tem muito cara bacana procurando uma mulher legal. O negócio é não ficar procurando demais, não criar expectativas e estar bem consigo mesma que quando menos pensar, aparece alguém bacana. Quanto ao seu namoro, super recente, e com um depressivo, EU (falo 100% por mim) pularia fora o quanto antes. Ser solteira é bom sim, a gente aprende a se curtir mais e o melhor, APRENDER A ESCOLHER, e não ser escolhida. Eu não escolheria alguém com problemas para iniciar um relacionamento. Depressão é punk, conviver com depressivos é complicado, tem que ter MUITO amor, muita paciência e vocês, no inicio de um namoro e ainda por cima a distancia, acho complicado. Vocês podem ser ótimos amigos, você pode ajudar ele, mas acredito que se optar continuar esse namoro, você terá que saber lidar com o peso e as consequências que isso irá trazer. Você está preparada? É o que você sonhou? Vale a pena trocar sua vida super tranquila e pacífica por algo que todos os dias irá te provocar de alguma maneira??? Chora 03 – Apple Oii Cony! Sou muito fã do seu trabalho, em especial, do chora. Não me recordo de ter lido um chora com a mesma “aflição” que vou descrever, então vamos lá… Namoro há dois anos, tenho 29 anos e ele 37. Nesse tempo conheci as qualidades e defeitos do meu namorado…até aí normal, não sonho com um príncipe encantado inalcançável. Temos algumas brigas, mas por coisas ínfimas, no geral, ele sempre se esforça para me agradar, me respeita e nunca me deu motivos para desconfianças de qualquer espécie, sendo sempre muito sincero comigo. O que começou a me incomodar foi uma tendência que percebi em meu namorado:  ele não sai da casa da família, mesmo tendo casa própria. O fato é que moramos um pouco distantes e só nos vemos no fim de semana, contudo, no meio de semana ele sai do trabalho e vai direto para casa dos pais praticamente todos os dias. Quando vou para a casa dele ( é mais cômodo, pois moro com meus pais) ele sempre arranja motivos pra passar na casa dos pais e eu vou junto. Falando sinceramente, me dou super bem com a família toda, meu sogros me adoram e vivem cobrando um casamento, me dou bem com todos sem exceção, então ir lá não é tão ruim, pois sempre sou muito bem tratada. O que me preocupa é que falamos em casamento e se este se concretizar, tenho medo que ele não desgrude, não saia da casa dos pais assim como o irmão dele. O irmão dele casou,  tem dois filhos, mas sai do trabalho, pega a família toda dele ( esposa e dois filhos) e vai pra casa dos pais, fazem todas as refeições lá as custas da minha sogra e as vezes passam o dia todo do fim de semana lá, só consumindo, sem exageros. Meu namorado já foi casado e contou que no seu antigo relacionamento a ex esposa o “proibia” de ir na casa dos pais, e reclamava  que ele passava lá todos os dias após o trabalho, mas ele disse que só fazia isso pq ela trabalhava até tarde. O fato é que já mostrei que tudo isso me incomoda, já falei na cara dele que ele não cortou o cordão umbilical, o que obviamente gerou uma briga. Ele fala que no momento isso não impacta em nada no nosso relacionamento e ele não deixa de ter razão, mas e se casarmos e ele continuar assim? Quem casa, quer casa, e não viver com os sogros ou sozinha pq o marido não sai da casa dos pais. Ainda que ele não faz o mínimo esforço para conviver com os meus pais. Sei que família é sagrada e estou longe de me intrometer entre meu namorado e sua família. Mas não sei se é normal ter sua própria casa e ir todos os dias na casa dos pais. Agora preciso da sua ajuda e das leitoras. E agora, estou viajando? Não é hora pra pensar nisso? É hipocrisia, pois moro com meus pais e os vejo todos os dias? Ou devo me preocupar com essa atitude? Se sim, qual abordagem junto ao meu namorado? Ah preguiça desse seu bofe viu? Sinceramente isso também iria me incomodar MUITO e teria a mesma preocupação que você: e depois de casar? Imagina, todo final de semana ir pra casa dos sogros, ou durante a semana, imagina repetir o hábito do irmão, pegar a família e ir pra lá… Ah nem, coisa mais chata! A gente quer ficar em casa com o marido, juntinho, um final de semana quietos no sofá vendo filme, pedindo delivery, não ficar na casa dos outros. Vez ou outra fazer essas visitas mas jamais todos os dias e todos os finais de semana. Que bacana que ele tem uma família legal, unida, mas pera lá ne… Depois que casar a família dele passa a ser você e não pode te obrigar a fazer parte do ritual deles. Agora pensa comigo, você acha que esse homem vai mudar? Um casamento dele já acabou e bem provável que por esse motivo, o que me leva a pensar que ou você engole esse sapoa e entra na loucura de visitar os pais dele todos os dias ou dá o grito de verdade e exige um posicionamento. Claro que vale tentar novas conversas “amigáveis” sobre o assunto, mas novamente, pensa o tanto que a ex esposa deve ter falado com ele, o tanto que você já falou e ele não mudou… Tá parecendo murro em ponta de faca, sinceramente, acho que ele não vai mudar não. Choras ainda fechados, vamos acabar esta leva e aviso quando for receber mais tá?

    Leia Mais

  • Fala Que Eu Te Escuto – Vestido Pra Formatura Da Amiga

    Uma das dúvidas mais comuns é sobre como ir vestida em formaturas… Vejamos essa pergunta: “Cony, acompanho seu blog há um tempo e suas opiniões sinceras muito me agradam. Tenho 22 anos e eis que uma amiga vai se formar, vou como convidada e minha dúvida é se esse vestidinho de tule com os acessórios certos cabe para a ocasião. Usei ele com um cinto e sandália de salto mais baixo para ir a um jantarzinho informal e até que gostei. Pensei em usar com um saltão bonito, acessórios, make e cabelo mais elaborados mas permaneço na dúvida de quais escolher e se o vestido ficará legal pra compor algo de festa. Não sou muito dos look clássicos mas acabo tendendo a escolher esse estilo por medo de parecer muito inadequada, muito moderninha para usar algo mais diferente. Obrigada desde já!. PS: o vestido não tem esse cinto que aparece na foto com a modelo, ele é só acinturado, sem esse detalhe.” Miga, não. Não use esse vestido para a formatura da sua amiga. Com ele você pode ir pra balada, pra um show de rock, pra um jantar ou para uma festa a fantasia e encarnar a gótica. Por mais novinha que você seja, essa roupa não é adequada para uma formatura e você sabe né? Se foi convidada para um momento tão especial da sua amiga, o mínimo que se pode fazer é ir bem arrumada caso contrário fica parecendo que você está indo “só por ir”. Um cuidado com a make, com o cabelo, com a roupa demonstra o quão você está realmente se importando com o convite. A sua roupa está muito simples, informal, e o tule não me parece bom, pelo menos pela foto.  Vou te mostrar alguns looks que pode ser mais interessantes: Todos as produções que vou mostrar são inspirações ok? Você pode ir com um vestido preto ladylike, que mesmo que for ser bordado nenhum, dá para acessorizar bem e deixá-lo glamouroso. O vestido da Marina também está lindo: estilo camisola de paetê, comprimento midi. Chique e jovem ao mesmo tempo. Dois looks que achei lindíssimos e super apropriados: vestido preto, curto, com detalhes. Tem que arrasar na make hein! Só estou listando vestidos curtos pois acho mais jovial e mais condizente para convidadas. A formanda é melhor ir de longo, mas as miga, curtinho! Tons claros também ficam lindos! Pense em renda rycah, paetê rycoh ou um vestido preto básico (porém que vista maravilhosamente bem) e com super acessórios. Nem preciso falar da make e do cabelo né? É isso! Acho que a preocupação com o look ao prestigiar eventos de amigos importantíssima. Como falei acima, ir de qualquer jeito dá a impressão que a pessoa nem ligou pro convite. Se é convidado, retribua com o cuidado no seu visual!

    Leia Mais

  • Novidades de Beleza – URGENTE – The Complexionista da Benefit

    Imagina os melhores produtinhos da Benefit numa paleta só? Pois é, acaba de ser lançada a The Complexionista, que é uma paleta de contorno e iluminador cheia de best seller! Mas ó, edição LIMITADA, ou seja, compre agora ou arrependa-se para sempre!!!   Olha o que vem nela: Hoola Lite Pó bronzeador Hoola Iluminador Dandelion Twinkle Iluminador Watt’s Up Corretivo Boi-ing na cor 1 Corretivo Boi-ing na cor 02 Vocês sabem que o Hoola é o melhor pó de contorno né? A cor dele é PERFEITA! E OLHA O FURO JORNALÍSTICO! ESSA PALETA ESTÁ PARA SER LANÇADA AMANHÃ, DIA 27, MAS JÁ TEM PARA VENDER NA SEPHORA!!! Eu acabei de garantir a minha!!!! LINK DICA DE COMO USAR! Para cobrir olheiras, manchas e imperfeições, aplique Boi-ing Industrial Strength Concealer com a ponta dos dedos. Depois, aplique o bronzeador mate Hoola nas laterais do nariz e abaixo das maçãs do rosto e maxilar para um contorno em segundos. Aplique Hoola Lite por todo o rosto para uma dose diária de Sol. Aplique e espalhe o iluminador cremoso Watt’s Up! nas bochechas e no arco das sobrancelhas para um brilho delicado. Depois, aplique o iluminador em pó Dandelion Twinkle por cima para um acabamento radiante. Não é publi nem jabá (acabei de COMPRAR a minha mesmo) mas achei a paleta MARA de verdade! Segue o LINK de novo!

    Leia Mais

  • Produtos Que Acabam – Base Lock It Kat Von D

    Vamos falar mais sobre produtos que acabam? Esse é meu parâmetro para saber se realmente gostei de algo! Se acabou, no meio de tanta coisa que tenho, pode saber que foi porque gostei muito. Da última vez falei sobre a base da Dior, a Airflash (LINK), que amo amo amo, já usei umas 3 e parei de comprar para dar chances às outras que tenho e claro, pelo preço, já que não é a das mais baratas. Hoje, falarei de outra base de alta cobertura, afinal tenho melasma e o item de maquiagem que mais uso são bases que prometem cobrir tudo: a Lock It Foundation da Kat Von D. Conheci essa base depois de ter ficado maravilhada com o delineador da marca, que é meu preferido de LONGE (esse AQUI). Pensei: se o delineador é bom desse jeito, as outras coisas também devem. E logo apostei na base. Primeiro comprei a cor 52, ficou um pouco clara, e em seguida, comprei a 54 Medium, que serviu perfeitamente! Tão perfeitamente que acabou super rápido (de tanto eu usar viu?) e já comprei mais uma. É essa aqui: Coisas boas: ela realmente cobre bem, são várias tonalidades (então com certeza terá o tom exato de sua pele), é sequinha, transfere médio. TODAS as bases de alta cobertura transferem muito, por isso sempre aconselham usar pó fixador. Achei que a Lock It transferem menos que as outras. A embalagem é diferente. Tem um pump que vai subindo e “espremendo” o produto até que ele acabe. No caso da minha, tentei abrir para tirar o restinho e não consegui. Talvez isso seja um ponto negativo pois não dá para saber se usou a base até a úuuuuuultima gota. Minha cor certeira é a Medium 54! Achei swatches bem interessantes caso alguém queira ver mais cores: Olha como cobre bem!!! Ah e a embalagem mudou, agora está assim: Onde vende? Na Sephora (LINK). Quem tiver uma loja perto pode ir e experimentar todas as cores. Quem não tem, pode se basear pelo meu tom! Boa viu, como tudo o que tenho provado da Kat Von D. Quero testar o primer também!!!!  Tem alguma base de alta cobertura que você ame? Conta aqui pra gente!

    Leia Mais

  • Mi casa, su casa – Do you know Wabi Sabi?

    Olá Fufu! Tá todo mundo bão? Hoje eu tava aqui, bem pensando em escrever para vocês sobre cozinhar com fogão de indução. Essa maravilha ainda pouco conhecida em Terra Brasillis. MAS, eu ainda não me considero um expert, porque faz pouquíssimo tempo que adquiri o meu. Então vou fazer mais experiências antes de contar tudo pra Fufulândia. Então eu saí lendo os blogs que eu mais gosto e pesquisando tendências e coisas assim. Foi quando me deparei com um termo que eu li uns dois ou três anos atrás: Wabi Sabi. Eu ainda acho que mesmo com a globalização, com a velocidade das informações e o advento da internet a “fatia” que diz respeito a decoração chega no Brasil de caravela. Voltemos ao tema. Wabi Sabi é uma estética tradicional japonesa que tem como premissa de que há beleza no imperfeito, no mutável e incompleto. Essa concepção é baseada no Budismo. Eu não sei se é um estilo de vida, de decoração, se é uma tendência da vida moderna ou se é uma moda. O que importa é que é algo muito atual e que me fez refletir um pouco. As características desta vertente incluem: Assimetria, rusticidade, simplicidade, economia, austeridade, modéstia, intimidade e apreciação do itens naturais. Essa vertente tem a ver com uma forma mais simples de se viver, minimalista, em sintonia com a natureza e com aceitação do envelhecimento. Inicialmente a primeira pergunta é: como “desentulhar” a casa e ter poucas coisas, ainda assim tendo todas as coisas necessárias e as coisas que tem valor sentimental, que vamos acumulando ao longo da vida? O fato é que o Wabi Sabi é muito mais algo sentimental do que cheio de regras. Se você gosta por exemplo, de ter livros, ou quadros, ou de guardar um jeans antigo para usar em casa no inverno, tá tudo tranquilo. Entretanto tem que existir um limite racional, não são 10 calças jeans que já não servem mais que você guardará. Pode (e deve) guardar o primeiro sapatinho do seu bebê. Na realidade tudo que não causa caos ou stress na sua vida é perfeitamente aceito nessa forma de viver. A verdade é que o que para o ocidente é inovador, para os japoneses não é novidade nenhuma, já que eles praticam isso há eras. Linhas retas, formas orgânicas e coisas “jogadas despretensiosamente” são os pontos chave. Quero falar de alguns destes detalhes, e aí cada um aceita e adota o que achar que convém. Eu já faço algumas coisas mesmo antes de conhecer. Acredito que você vai se relacionar com algo também. Assuma o tempo. Não é obrigatório ter tudo impecavelmente novo. Deixe as coisas que você gosta exibirem as marcas do tempo. Deixe que pareça surrado e antigo. Não estou falando de comprar algo que parece velho. Deixe as coisas terem histórias próprias. Materiais Naturais Interagir e viver com materiais mais rústicos e orgânicos. Menos plástico e mais algodão, madeira, cerâmica, concreto, pedras… Cores da Natureza. Beges, cinzas, verdes e azuis. Sim, todas as cores podem ser encontradas na exuberância da natureza, especialmente pra nós em um país tropical. O que o Wabi Sabi quer é que você tenha uma base neutra para sua moradia. Sem pressão. Os lençóis não precisam estar impecavelmente passados, nem a toalha da mesa. Tudo bem de a almofada estiver um pouco puída. Contanto que a casa esteja limpa, relaxe e não se cobre tanto por que o sofá está bagunçado. Natureza Não precisa viver na selva. Um vasinho com galhos secos. Umas folhas displicentes dentro de um copo mesa, ou até algumas ervas na janela da cozinha. Vale até pinhas secas numa tigela. Mais uma vez, relaxe. Luz Natural! Muita luz, o máximo de luz que você puder trazer pra dentro de casa. Blackout só nos quartos, pro restante da casa, tecidos esvoaçantes e translúcidos. Acostume a fazer suas tarefas perto das janelas, apreciando a luz e a vista lá de fora. Janelas abertas e essa integração visual com o exterior ajuda até em casos de depressão, pois faz com que as pessoas se sintam menos isoladas. Aromas Use velas, aromatizadores, perfumes, chás, óleos essenciais. Abra a janela, renove o ar. Acenda um incenso. Faça tudo isso, ou escolha apenas um que te agrade. Permita-se ter um cheiro próprio no seu canto. Sem ideias? Ferve uma chaleira com algum chá/erva: anis, canela, louro, hortelã… a casa inteira agradece. Equilibre: Funcional e bonito Tenha itens que você aprecie, não apenas pelo uso. Compre a escova de dentes da sua cor favorita, ou uma inusitada. Compre um dispenser/saboneteira lindo. Escolha coisas que te deixam feliz de olhar. Que agraciam seus olhos e que fazem você se sentir especial. Toalhas felpudas e potes de cozinha cheios de estilo. Basicamente acredito que seja essa a essência do que os japoneses vivenciam. Já tinha ouvido falar disso? Conta pra mim nos comentários. Ah, adorando que chegaram uns Tem Jeito Decor quentíssimos. Estou preparando para vocês. Não esquece de seguir a minha patroa maravilhuda no Instagram @futilish e o titio aqui no Instagram e no Snapchat @Tiolelofoz em ambos. #Bença!

    Leia Mais

  • Me Deixa Brilhar!

    Que eu sou uma amante dos brilhos todo mundo sabe né? Só que agora, o paetê está vindo mais furioso, em peças grandes, bem statement, e para ser usado inclusive durante o dia! São saias longas, casacos, calças, e ó, com brilho total, nada fosco, mas bem brilhante MESMO! Vem ver os looks que separei: Saias midi e lápis. Chiquérrimas, com sandálias tem que ter nude e blusas clássicas. Na montagem acima, com camisa e com pólo! OLHA ISSOOOOO, que maravilhosidade de calça! Achei tão rycah! Blusões soltos e com calça jeans. Tenho coragem! Saias longas. Sou FASCINADA com o segundo look!! Acho tudo lindo! As saias de paetê podem ser usadas com salto ou tênis mesmo. E nem se apeguem ao paetêzinho, o pequeno, pode ser o grandão também! Acho lindo e super estiloso!!! 

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    Tô bolando um projeto com o Chora que vocês vão amar!!!! Tô ansiosa! Vamos com os casos de hoje: Chora 01 – Ibirapuera Cony, primeiramente quero dizer como todas que amo o blog, porém eu não tenho tempo pra quase nda e o seu blog está na pequena lista dos que leio sempre, porque sempre dou um jeito de ler. Faz tempo que quero escrever esse chora. Sou mãe, esposa, dona de casa, trabalho na Administração de um órgão de economia mista muito conhecido e ainda sempre me cuido, sou vaidosa e nunca saio sem maquiagem e perfume. Além disso, sou religiosa e gosto muito de reservar um tempo para minhas orações e idas à missa. Me considero uma pessoa inteligente e a maioria das pessoas à minha volta também. Acontece que estou no mesmo cargo há dez anos e nunca consegui passar na prova dos cargos acima. Tenho nível superior e estou em um cargo de nível fundamental. Apesar disso, faço o serviço de funcionários de nível superior até melhor que eles. Meu chefe gosta muito do meu trabalho e por isso me dá trabalhos mais sérios e difíceis, me dá privilégios (Que acabam causando ciúmes das outras pessoas do meu cargo) e sou uma das pessoas de confiança dele. Acontece que esse chefe não é para sempre. Quando vier outro no lugar dele, vai olhar para o meu cargo e me colocar para o atendimento, não vai olhar para as minhas capacidades. E eu entendo perfeitamente, afinal algumas coisas que eu faço nem posso assinar pois pode ser considerado desvio de função. MORRO de medo de ir para o atendimento, já fiquei lá anos atrás e fiquei doente. Mas Cony, por mais que eu tente, eu não consigo passar na prova. Esses processos seletivos acontecem poucas vezes e eu não passo. Eu estudo, fico até tarde estudando, pago cursinho, me esforço apesar do cansaço e nada. Tomo anti depressivos há anos, mas isso nunca me atrapalhou. Sofro de enxaqueca crônica faz tempo, mas ainda assim não me deixo paralisar. Já tentei todo tipo de tratamento e não resolveu, mas não desisto. Então não posso usar isso como desculpa. Na minha empresa existem muitos cargos que simplesmente “aparecem” por indicação do diretor regional. Só que eu sou uma das pessoas que entrou fazendo prova e não por favor de ninguém, então não tenho costas largas apesar de muita gente achar que eu tenho. Eu ganho mal e para fazer minhas coisas conto com a ajuda do meu pai (Só que rola brigas às vezes) e nunca deixo de ajudar nas contas em casa.  Não sei mais o que fazer! Bem vinda ao mundo real baby. O que tem de gente injustiçada por aí… Em partes me vejo um pouco na sua historia, que é quando falo das influenciadoras que compram seguidores e muitas vezes são mais reconhecidas ou ganham mais de quem faz um trabalho de verdade e mostra serviço. Mas o mundo é assim, acontece com você, comigo, com a leitora que está nos lendo agora, com a vizinha, com XinXaiLe lá na China. O que a gente tem que fazer é justamente o que você já está fazendo: não desistir e tentar se superar sempre. Acredito que uma hora a recompensa virá, prefiro pensar assim do que remoer esse sentimento de “injustiça”. Continue fazendo o que você faz de melhor e da melhor forma, continue mostrando seu trabalho bem feito, mas não faça isso esperando que alguém venha e te reposicione no trabalho. Faça por você, faça por ser o seu melhor. Continue estudando e não desista. Olhe sempre pra frente, jamais para trás nem para os lados. Chora 02 – Jardins Oi Cony! Tudo bem?! Vou te mandar um chora sobre um assunto que não lembro de ter lido algo parecido por aqui já. Me chamo Jardins, tenho 27 anos e tenho dois irmãos gêmeos (M. e P.), com 22 anos hoje. Então, ano passado tive certeza de que o M. é gay. Só que não foi numa conversa aberta com M. Ele nunca chegou para me contar pessoalmente. Foram por algumas atitudes dele desde pequeno, conversas que ouvi meio por cima entre os dois que eu comecei a desconfiar. Até que um dia resolvi ter a certeza e perguntei para o P. pois os dois são muito mais apegados, parceiros e se contam tudo. Foi aí que P. me confirmou que M. era gay. Então perguntei se o resto da família já sabia, o porque nunca tinham falado pra mim. P. me disse que meus pais já sabiam há alguns meses e não sabia me dizer o porquê M. nunca tinha me contado. Não fiquei chocada com a notícia, pois como disse já imaginava. Mas realmente fiquei um pouco chateada por nunca terem se aberto comigo. Mas o maior problema é que não sei como lidar com isso. Não por mim, mas pelo M. Eu sou uma pessoa bem fechada, dificilmente me abro com as pessoas e também acho difícil tocar num assunto como esse lá em casa. Mesmo que apenas com o M. Nós nunca conversamos sobre isso. Mesmo não conversando, milhões de coisas passam pela minha cabeça. Quando M. era menor, passou por alguns momentos difíceis, quase entrou em depressão. Precisou de terapia. E imagino como tenha sido difícil para ele se aceitar quando descobriu ser homossexual. Hoje sei que ele se aceita como ele é. Eu tento me colocar no lugar dele, e imagino como deve ser difícil lidar com isso. Já ouvi amigos da família fazendo piadinhas sobre gay na frente de M. Já ouvi prima minha dizendo para a minha mãe que nunca aceitaria um filho gay. E essas coisas que me incomodam. Como lidar com pessoas inconvenientes assim? Eu já namorei, apresentei meu ex para a família toda. P. começou a namorar recentemente e já apresentou a namorada para a família. M. também já namorou, mas as poucas pessoas que conheceram o namorado, conheceram-no como “amigo”. Me pergunto se ele não sente falta de abrir o relacionamento para todos, assim como eu e P. Os únicos que sabem são meus pais, eu e P, além de alguns amigos mais próximos. Ai sempre em alguma janta de família vem algum parente fazer aquela perguntinha escrota para M. “e ai, como vão as namoradinhas?” e eu só penso no que meu irmão deve sentir ao ouvir isso. Gostaria da opinião de vocês, se tem algo que eu possa fazer para ajuda-lo; se devo esperar ele procurar ajuda; e principalmente como lidar com essas situações desagradáveis do dia a dia. Pois sei que vai muito além das poucas que já vivenciei junto com ele. Sei que ele se aceita do jeito que é. Mas eu fico mal por ele vivenciando situações como essas e queria saber de uma forma para amenizar a dor que ele deve sentir. Acho que você não deveria se preocupar tanto com o “externo”. Vamos por partes: ele já se aceitou, o que é maravilhoso. Pior seria se ele travasse uma luta interna por não estar dentro dos “padrões da sociedade”. Segundo: a família toda sabe e tá tudo certo. Se seus pais fossem contra, seria ouuuutra historia. Acho que você não deve se preocupar em como agir, apenas faça tudo como sempre, normalmente!! Não tem que mudar o tratamento, ou tocar no assunto na sua casa, ou ainda chamar ele pra conversar. Mostre, com atitudes, que você está com ele pro que der e vier, que o apoia e que nada mudou e nem mudará. Quando ele se sentir a vontade, falará sobre o assunto com você! Não force nada mas também não se feche muito, para poder dar abertura a ele caso ele sinta vontade de te contar algo. E sempre aparecerão situações chatas, mas isso está fora do seu controle então o que você pode fazer quando isso ocorrer, talvez seja mudar de assunto, desviar a atenção. No mais, curta MUITO seu irmão, eu iria adorar ter um irmão gay, os gays são os melhores amigos!!!! Chora 03 – Itaim Olá Cony, engraçado que já te escrevi um chora e não enviei… Na hora que terminei de escrever eu pensei o seguinte : “ se eu sei tudo o que está acontecendo , se eu acabei de detalhar tudo pelo que estou passando e eu mesma não tomo uma atitude, quem poderá me defender?! A única pessoa que pode mudar essa situação sou EU” Nessa época eu passa por um relacionamento abusivo e estava casada (fui casada por quase 8 anos) . Super infeliz, me sentindo feia, mal amada, pegando as características terríveis do ex e não sentia que havia saída . Sempre fui alegre, expansiva , sorridente , com pais incríveis que sempre fizeram tudo por mim. Não sei se isso é normal, mas as vezes parece que por sermos pessoas tão boas de coração atraímos esses homens (graças a Deus foi só ele). Ele era mais velho do que eu 10 anos. Cheio de machismo, não gostava dos meus amigos, da minha família ,eu me sentia pisando em ovos e tendo que toda hora balancear situações , ele enchia o saco do modo que eu me vestia e era simpática . Engraçado que no começo eu achava que tudo aquilo era proteção , e por morar longe dos meus pais na época deixei ele dominar muito a minha vida . Eu sempre trabalhei e comprei minhas coisas e mesmo assim ele reclamava… Me xingou varias vezes, não me elogiava, nem me beijava na boca direito … era uma MERDA. Depois nós mudamos e ele saiu do emprego. Fomos morar na cidade dos meus pais e por não alugar nada de início na cidade, moramos com eles … a coisa foi de uma tal forma que eu quase não falava mais com meus pais dentro da minha própria casa por causa do embuste. Um horror… hoje eu penso em tudo isso e sinto vergonha. Ele trabalhava na empresa deles assim como eu e mal os cumprimentava … Tudo estava ruim, nada prestava e só ele era o bonzão. Ele só trabalhava de manhã e passava a tarde toda jogando videogame. Um homem de 40 anos. Eu tinha 30 na época, isso foi em 2016. Cony, aquilo foi me deixando desesperada . Eu não sabia como terminar e mandar ele de volta para a cidade em que morávamos (já que ele era de lá ). Comecei aos poucos trabalhar isso na minha cabeça. A olhar ao meu redor, a ver o sofrimento dos meus pais, a analisar em como não estava sendo uma boa filha, em como tudo o que eles me ensinaram estava sendo jogado no lixo… e a pensar: “você não é assim, mude isso agora…” mas minha relação com meus pais estava tão abalada que até pedir ajuda me envergonhava .. Eu estava já ficando com coração acelerado sabe? So de pensar em tudo! Um belo dia resolvi aos poucos ir mudando isso. Eu li muitos e muitos “choras “do blog, suas palavras , batia print das mensagem com foto que você coloca, sabe ? Olhava aquilo sempre, as palavras de incentivos , as mensagens, e aquilo juntos com outras mensagens de auto ajuda de instas foram de verdade sendo a minha terapia. De verdade queria te agradecer! Você sem saber me ajudou muito! Lia seus conselhos para as outras meninas e varios e varios serviram para mim. Quantas e quantas vezes eu pegava meu celular à noite e só ficava vendo os prints que batia do blog. Aí olhava pro lado e via o ex lá. E pensava: vou dar um jeito nisso. Ia para frente do espelho e dizia “ se enxerga, olha para você ! Bonita, bem nascida, com condição financeira . Quem é ele pra fazer isso com você , se enxerga! Tenha amor próprio e mude sua vida !” E graças a Deus Cony, consegui sair do relacionamento abusivo. Pedi o divórcio e bolei um plano com meus pais para despachar de mala e cuia o embuste . (Meus pais foram e sempre serão os anjos da minha vida) impressionante que mesmo quando a gente machuca e decepciona eles, no momento em que precisamos,eles estão ali, do nosso lado. Resumindo a ópera: me separei! Em menos de 1 mês estava com minha certidão de divórcio averbada ! E foi a melhor decisão da minha vida . Nunca fui tão feliz depois que voltei a viver, a sorrir sem medo, a usar minhas roupas, a ter amigos, a ter meus pais sempre perto, a ser eu mesma novamente! Liberdade não tem preço, um coração leve e feliz é a melhor coisa da vida. Para quem leu meu depoimento eu tenho uma coisa a dizer : Faça o que tiver de fazer pela sua felicidade ! Seja egoista, pense primeiro em você e faça o que for necessário . Só se vive uma vez e a vida é muito curta para estarmos ao lado de quem não nos ama e não nos coloca para cima e cresce junto conosco. Depois que reconquistei meu amor próprio, minha vida e minha felicidade, conheci meu namorado atual e digo uma coisa: melhor coisa da vida é amar e ser amada . Ele me respeita, me ama do jeito que eu sou, tem uma família linda, excelente filho, profissional e ser humano. Estamos com planos de casar, ter filhos e já começamos a preparação . Eu achei que homens assim não existiam mais, mas depois que aprendi o meu valor, encontrei exatamente um amor do mesmo nível que o meu. E coloquei isso na minha meta de vida : nunca mais ficar ao lado de quem não me amasse como eu mereço. Uma dica meninas : se sua mãe não gostar do namorado (a) caia fora. Intuição de uma mãe nunca falha. A da minha então , senhor hahahahaha… Ah se eu tivesse escutado ela… Sim, ela ama o meu namorado e diz que com ele sim, ela quer me ver casada novamente .(detalhe: ela nunca falou isso do outro). Cony, obrigada por tudo! Você tem muito nisso tudo! Parabéns pelo blog, por tudo. Você é sensacional e nem imagina como me ajudou. Voltei aqui como queria voltar : com um depoimento para você, te contar como consegui ser uma vencedora e sair de um relacionamento abusivo! E para as meninas, que assim que nem eu, precisam de palavras para seguir em frente. Eu só posso dizer uma coisa:Enfrente! Você é a única responsável pela sua felicidade! Só se vive uma vez! Esqueça o que passou, suas culpas e o que deveria ter feito. Coloque todas as suas energias em buscar se reencontrar e no seu amor próprio. Você quando for livre novamente, vai saber a sensação! Não vou te contar, tome a atitude e saia disso mulher! Você consegue , eu consegui! Cony, mais uma vez, OBRIGADA! CHOREI LITROOOOOOOOOS! Ah mulher, que alegria, QUE ALEGRIA!!!!! Nossasenhora, é com esses relatos que sinto que minha missão na terra é ajudar a mulherada a se amar mais e se livrar dos embustes hahahaha. Fico tao, mas tao feliz que não sei nem expressar! E você falou uma coisa muito certa: a gente acha que não existe homem bom no mundo, mas quando a gente passa a se dar valor e saber o que quer pra vida e como MERECE ser amada, a gente não aceita mais qualquer coisa e consegue desviar do caminho os caras babacas. A gente atrai a energia que emite, e quando se esta feliz, leve, de bem consigo mesma, atraímos o amor que merecemos!! A mais pura verdade!!! Parabéns pela coragem, pela atitude e por entender o que sempre me questiono quando leio alguns choras: as mulheres conseguem por no papel tudo o que estao passando, descrevem todo o sofrimento, e ainda assim perguntam o que fazer. PALMAS PARA VOCÊ, que nem precisou enviar o Chora e sacou pelas próprias palavras o que tinha que fazer. EXEMPLO VIU??? Seja muito feliz, como merece e que nada, NUNCA MAIS, apague sua luz

    Leia Mais

  • Casamento em Milagres!

    Este final de semana foi badalado! Teve o casamento da Helena Lunardelli em São Miguel dos Milagres, Alagoas! Não sei se já contei aqui, mas só fui pro Nordeste uma vez, em 2015 a convite da Korres, quando fiquei no Kenoa na Barra de São Miguel. Depois disso, nunca mais voltei lá, só agora para o casamento mais lindo de todos os tempos. Vem que vou contar tudo. O casamento que Helena planejou, foi bem intimista e com uma vibe leve, bem praia mesmo. Ela escolheu se casar na Capela dos Milagres, em frente ao mar! A decoração estava linda, chique, elegante, e no interior da capela tinha o tablado que levava ao altar mas os bancos estavam na areia mesmo. Por opção da noiva, ela pediu no convite que todos fosse de branco no dia do casório. Fiquei um pouco tensa, afinal, como que vai de branco num casamento sem tirar o brilho da noiva? Tive que pensar muito num look bonito, leve, com ares de praia e que não chamasse muito a atenção. Já volto a falar do meu look do grande dia, mas antes, vem ver um pouco de Milagres. Não consegui aproveitar muito, fomos na quinta a noite para Maceió, dormimos lá e no dia seguinte fomos para Milagres. Ficamos na Pousada Angá, bem boa! Tinha uma galera do casamento nessa pousada, minha miga Carol Tognon ficou no chalé vizinho ao nosso kkkk. Foi ótimo! Na sexta feira, teve festa de boas vindas numa fazenda. O traje era esporte e fui com um vestido floral, midi da Marrô, marca daqui de BH. Usei uma sandália de salto bloco da Schutz e uma clutch em formato de leque dourado da Isla! Ah, e um brinco lilás em formato de flor da Papagalla. Com a noiva na festa de boas vindas! No dia seguinte, dia do casamento, aproveitamos a manhã para fazer um passeio de jangada até as piscinas naturais. Achei o preço bom, R$ 50, só que tem que sair bem cedo por causa da maré! Fui com meu biquini listrado velho de guerra da Cia Marítima e uma saída de praia da Ju Noronha. Aí noix! Eu e Carolzinha Tognon O casamento era a tarde, as 16h e por volta das 14h comecei a me arrumar. Estava muito quente, então coloquei o ar condicionado no máximo para poder fazer a make tranquila sem derreter. Modéstia a parte, acho que foi uma das maquiagens mais bonitas que já fiz… vou fazer um live, e lá contarei tudo o que usei para que a pele aguentasse o make até o final. E aguentou. O dia estava maravilhoooooso! O céu super azul e a capela lindamente decorada. Eis meu look! Também da Marro, mas esse foi feito especialmente para mim. Pedi um vestido fluido, leve e em off white. Usei com uma hot pant branca e achei que ficou DIVINO!  Olha o make! Usei tônico de tirar a oleosidade, hidratante, primer… Vocês querem a lista de produtos?? O colar MARAVILHOSO e que super compôs o look é Papagalla. Como estava de branco e esvoaçante, a bolsa tinha que estar no clima né? Usei uma clutch PERFEITA da Isla. Uma borboleta em madrepérola que serve até como item de decoração de tão linda! Foi a escolha mais certeira do look todo. Um sonho né? Carolzinha também arrasou! Um vestido longo, moderno e super delicado. Os boys também de branco! Nós e a noiva!!! A decoração era listrada, igual ao convite de casamento. Tudo muito lindo e de excelente gosto! E Helena, maravilhosa, uma das noivas mais lindas que já vi. A cerimonia foi leve e muito emocionante.  Parece um quadro! A festa foi bombante né… teve show da Preta Gil, super animado. Voltamos de van pra pousada (a organização foi incrível. Disponibilizaram vans para pegar e levar a gente para os hotéis), e no dia seguinte, BH… Como o nordeste é bom viu? Ainda quero voltar lá para ficar pelo menos uma semana aproveitando pra valer.

    Leia Mais

  • Chora Que Eu Te Escuto!

    As choradeiras estão ficando tensas, até caso oculto tivemos semana passada por se tratar de um assunto polêmico. Como será hoje? Chora 01 – Caramelito  Adoro seu blog e sempre quis mandar meu caso pra cá, até que vc disse que tava aberto e criei coragem. E o seguinte minha mãe é uma pessoa maravilhosa, mas como todas as pessoas ela possui alguns defeitos que me incomodam e não sei como ajudar. Ela tem muito problema com dinheiro e mentira, gasta mais do que tem e sempre menti a respeito de alguma situação e até por coisa bem bobas, desde que me entendo por gente uns dos problemas da nossa família é esse, inclusive a separação do casamento dos meus pais. Ela faz empréstimos em nome de outras pessoas, sempre gastando mais do que pode. Ocorre que dessa vez ela fez isso e pegou uma quantia relativamente alta e umas das formas de pagar e vendendo um bem imóvel dela, mas como todos sabem o mercado não está fácil e não estamos conseguindo vender. Então meio que estou controlando as contas de casa e pagando parte delas, o que não acho que seja errado pois se moro e posso ajudar mais do que minha obrigação. Acabou que invertemos os papéis sabe? Sempre estou procurando alguma pista nas coisas dela pra ver se ela não está fazendo nada de errado, fico no trabalho ligando pra ela pra ver se descubro algo, enfim uma loucura. Ocorre que esse problema me atormenta de tal forma que fico sem dormir e isso afeta meu humor em todos os sentidos da minha vida (trabalho, estudo,  namoro, tudo) e sempre discutimos por conta disso. Procurei uma ajuda psicológica pra ela, e ela desviou disso e a psicóloga sugeriu que eu fosse a psicóloga para saber como lidar com a situação, só que agora não posso pois como as contas estão justas a prioridade é acertar as contas de casa. Mas já estão nos planos assim que as coisas se acertarem. Então fico nesse impasse e super ansiosa de mais problemas surgirem. E também em breve devo sair de casa, pois já namoro há algum tempo e vou me casar, fico com um sentimento que estou abandonando ela com os problemas, como se eu fosse tão egoísta a ponta de não ajudá-la. Mas também não posso viver apreensiva todo dia esperando qual será a próxima bomba. Grande parte desses descontroles dela era arcado pelo meu avô que acaba “acobertando” essas atitudes que infelizmente faleceu esse ano. Agora não temos mais ele é não sei o que me espera pela frente. Será que sempre Vou sempre viver nessa angústia? Estou completamente perdida. E ainda como toda briga que envolve pessoas está ligada à dinheiro os irmãos da minha mãe ficam doidos com essas coisas e me fuzilam de todos os lados falando dela. E eu fico no meio de tudo isso tentando sobreviver e ter uma vida normal. Se alguém puder me dar uma luz, agradeço de coração. Caramba… miga não entendo muito disso, mas não tem como você intervir a ponto de você controlar o dinheiro dela? Não sei se é muito forte, mas acho que tem como declarar ela incapaz (posso estar falando uma grande bobagem, mas já vi caso em que os filhos tomam conta do dinheiro e do patrimônio dos pais em casos de doença mental por exemplo). Acho que terapia não é o que vai solucionar o problema AGORA mesmo pela falta de condições financeiras e por sua mãe burlar o tratamento. Talvez seja o momento de algo mais duro com ela… Procure saber mais sobre essa possibilidade! Chora 02 – Rosabaya Oi Cony, tudo bem? Quero fazer um relato hoje, depois de ler tanto sobre relacionamentos abusivos por aqui e por estar exatamente nesse momento pesquisando sobre meu primeiro vibrador, aos 32 anos. Estive num relacionamento amoroso por quase 9 anos (6 de namoro e 3 morando juntos), sendo que ele foi o meu segundo namorado e primeiro homem que transei. Eu sempre achava o sexo no geral entediante e ruim, mas sempre me culpava pois diversas vezes, mesmo falando isso pra ele, ele dizia que a culpa era minha, que eu tinha que me masturbar mais e etc etc. Já teve diversas vezes de eu transar sem vontade, dizer que não queria e acabar cedendo por medo dele “me largar” como ele sempre dizia que faria já que ele falava que parecia até que eu nem gostava e então ele teria que procurar fora. Fora outras vezes de eu estar dormindo e ser acordada com ele me penetrando e eu puta, brigava e acabava cedendo (até depois, mais emponderada, vi que era um estupro marital). Além disso, teve uma vez dele querer muito sexo anal e eu falar que não queria e nem sentia que era a hora de tentar. Ele insistiu, eu briguei, ele ficou tão puto e brigou comigo que virou pro lado e disse que não queria transar mais. Aí eu me sentindo culpada, afinal eu tinha que transar com ele (na minha cabeça) e engolia a raiva e insistia pra ele transar comigo, mesmo eu não querendo, mas por achar que eu tinha essa obrigação já que ele queria. Me separei há 1 ano (por iniciativa dele e hoje dou graças à Deus!) e foi quando comecei a me relacionar com outras pessoas e descobri o sexo casual. Morria de medo dele. E na primeira vez transando com um recém conhecido que eu havia ficado umas duas vezes, quebrei meu bloqueio de que não podia “transar assim tão rápido” e foi a primeira vez que gozei. Com alguém que eu conhecia há pouquíssimo tempo, sem nenhum grande esforço. E ali eu fiquei tão feliz pq percebi que eu não era frígida que mandei um áudio pra minha melhor amiga pra contar. Sim, eu achava que tinha alguma problema pq não era possível transar 8 anos com alguém e nunca ter gozado e nem ter curtido o sexo como via muita gente curtindo. E meu relato do relacionamento abusivo só está no âmbito sexual. Ainda existiam as situações de agressões verbais quando ele estava nervoso por qualquer coisa e descontava em mim, quando ele me diminuía sempre, quando eu sempre “pisava em ovos” com medo dele “explodir”. Tantas coisas e eu no fundo sabia que era abusivo mas nunca tive coragem de terminar. Por isso agradeço à Deus e à ele por ter se separado de mim, pois eu voltei a ser quem eu era: uma pessoa alegre! Tenho meus percalços, ainda estou na vida de solteira aprendendo a paquerar, saber como lidar com tudo isso e quem sabe encontrar alguém pra dividir a vida comigo mas de maneira leve e contributiva. Tive ajuda dos meus amigos íntimos, da minha família e da minha psicóloga. Sem eles eu estaria no fundo do poço! Mas estou aqui: feliz com o que aprendi ao longo desse um pouco mais de 1 ano solteira, com a pessoa que me tornei e com o que percebi que quero pra mim em termos de relacionamentos. O meu intuito é mostrar que a gente acaba se acostumando com relacionamentos abusivos, ruins e unilaterais, sexo ruim e sem prazer e acha que tem que ser assim. Que merece isso. Que nunca vai conseguir nada melhor. Ou que vai ficar sozinha pois “ah mas tem o lado bom”. Não tem! O lado bom não compensa minimamente nada disso. Hoje aprendi que gosto muito de sexo, estou com vontade de sempre me conhecer mais sexualmente, que há diferença de química, de homem pra homem e que quando você aprende tudo isso, percebe que você pode também ter prazer no sexo, ah! isso é libertador! Beijo grande e obrigada pelo espaço e por sempre compartilhar tantas histórias inspiradoras <3 Tive vontade de vomitar quando você contou do estupro!! MEU DEUS COMO PODE ISSO??? Que maldito!!!!!! Sinto muito pelo que aconteceu com você e agradeço enormemente seu depoimento pois ele pode ajudar milhares de mulheres que estão passando pela mesma situação e não tem coragem de sair fora ou que ainda arrumam desculpas para não separar. MULHERES, SER COAGIDA NAO É NORMAL. FAZER POR OBRIGAÇÃO NAO É NORMAL. SER AMEAÇADA NAO É NORMAL. VOCES NÃO TEM CULPA DE NADA! TER MEDO DO SEU PARCEIRO NAO É NORMAL!!!! E cá entre nós, estou achando LINDO esse monte de gente se abrindo e contando seus casos de relacionamento abusivo. Isso é mais comum do que se imagina e jamais pode ser considerado algo normal. As coisas estão mudando!   Quando o marido de Sunetra forçou ela a fazer sexo, algumas pessoas falaram que não tinha nada de errado nisso e que era o dever dela, como esposa, servir ele bem. Sunetra, seu marido não é seu dono e casamento não dá o direito de ele de violar sua dignidade. Sexo forçado é estupro, e é SEMPRE ERRADO. Chora 03 – Livanto Olá Cony! Eu te acompanho há muito tempo e agora preciso de conselho, estou muito infeliz com minha vida, com os rumos que ela tomou e não sei por onde começar a mudar. Fui mãe muito jovem e precisei abandonar minha carreira porque tenho uma filha deficiente. Eu a amo, é a minha maior benção, fiz e faço tudo que posso por ela. Reconheço que foi uma escolha deixar tudo pra acompanhar seus cuidados de perto, muitas optam por não ter filhos ou tê-los muito mais velhas. Porém, hoje eu me sinto presa a essa decisão porque a maternidade não me satisfaz, me sinto inútil, sem talento e muito deprimida.   Fiquei tanto tempo fora do mercado que não consigo voltar. Tem sido longos anos de portas fechadas, seja pelo tempo que fiquei sem atuar, seja por ter filho, ainda que hoje eu consiga auxilio para cuidá-la quando eu estiver fora. Aliado a isso, aceitei muita coisa da família do meu marido, eles me humilhavam demais e sempre deixaram claro que preferem a ex mulher. Com medo de não conseguir me manter sozinha sem trabalho e com filhos, sendo uma com despesas extremamente altas todo mês, fui aceitando jantares, passeios e até viagens junto com ela com a desculpa que era pra manter o filho deles próximo. Anos sorrindo na frente das pessoas e aguentando ela em todas as festas familiares, à ultima na semana passada. Até hoje, 15 anos depois, ele ainda não se divorciou da ex mulher alegando que não quer dividir os bens e eu me sinto uma pessoa horrível por ter aceitado. Meus pais não se conformam que eu viva com alguém por tantos anos no papel de concubinato (amante judicialmente falando), dizem que não vão se meter nas minhas decisões mas morrem de tristeza.   Todos os dias penso em ir embora, deixar tudo e tentar uma bolsa de doutorado no exterior ou simplesmente trocar de profissão e recomeçar. Meu marido é o amor da minha vida mas estou infeliz, estagnada profissionalmente e cansada da vida doméstica. Sempre fui fiel e dedicada ao casamento porque acredito no ideal do matrimônio, na decisão de ficar com alguém na monogamia. Porém, conheci alguém por acaso e te juro que tenho controlado a tentação de ser infiél até em pensamentos.   Sinto que me falta paixão, não quero depender de homem a minha vida inteira, preciso olhar pra trás e ver que construí alguma coisa com meu próprio esforço, que fiz algo por mim também e isso parece algo muito distante. Me faltam forças pra nadar de volta antes de me afogar em depressão. Por favor, me ajude, não sei o que fazer. Senti um nó na garganta ao ler seu relato… quanta tristeza e dá para sentir de longe sua angústia!!!! Primeiro: você diz que ele é o amor da sua vida, mas será que você é o amor da vida dele??? Um homem que permite que a ex se relacione tão estreitamente com vocês??? Se ele realmente te amasse, te respeitaria e colocaria limites para a ex! Pensa nisso! Um relacionamento feliz, um amor verdadeiro, é bom quando é RECÍPROCO! Você é guerreira! Tá ao lado dele, está completamente dedicada a vida de esposa e mãe de uma criança deficiente o que não deve ser nada fácil! Onde está você nesse meio todo??? VOCÊ, SUA PESSOA, O SEU AMOR PROPRIO, onde está??? Está perdida no meio de uma família (dele) que te diminui, te ignora, te despreza, um marido que não te respeita, que te expõe, que não te protege??? Está em cuidar da casa de VOCÊS, dos filhos de VOCÊS??? Onde VOCÊ esta??? Novamente, casamento é acordo de reciprocidade. Juntos na saúde e na doença, na alegria e na tristeza, na riqueza e na pobreza. Está sendo assim???? Pense muito, não se anule mais. Você diz não querer depender de homem a vida inteira e eu te digo, VOCE NÃO DEVERIA TER DEPENDIDO DELE NUNCA! Mas dá tempo de reverter isso, e só depende de você. Se imponha, coloque seus limites na relação, seja forte, seja você a dar as regras do jogo que ele topou jogar com você! Se ele quiser continuar e respeitar você, ótimo. Caso contrário, levanta a cabeça e vá reconstruir sua vida (aliás, faça essa reconstrução pessoal JÁ, com ele ou sem ele)   Choras abertos. Mandem suas angustias, dúvidas, problemas para constanza@futilish.com e no assunto coloque: CHORA QUE EU TE ESCUTO. A gente pode não resolver, mas garanto os melhores conselhos da internet (e não falo dos meus, mas sim das leitoras mais solidarias, sensatas, maduras e inteligentes da blogsfera)

    Leia Mais

  • Fala Que Eu Te Escuto – Look Viagem Com Tênis!

    Já falei váaaaarias vezes sobre isso por aqui, mas como a dúvida é recorrente e as inspirações são lindas, eis mais um post explicativo! Falaê Andreia “Ótimo dia, Cony!! Inicialmente parabéns pelo blog de ótimo gosto! Sigo sempre, mas não comento tanto, apenas no Instagram! Você é sucesso! E que assim permaneça! Mas vamos lá… Minha dúvida de hoje é sobre look. Meu namorado e eu sairemos de férias e estamos planejando viajar para ARGENTINA. Mas aí está. É minha primeira viagem internacional e ainda que acredite que o clima de lá seja parecido com o clima do Brasil,  quero providenciar umas roupitchas mais arrumadinhas… Ahh… Ainda não sei quais serão os passeios turísticos que faremos, mas vi no sua viagem para o Chile, que usou tênis para um dia de trilhas e gostei da ideia. Então queria um look com tênis para podermos passear a vontade. Seria possível? Fufu, te admiro muito e conto com seu bom gosto para me ajudar nos looks para minhas férias! Haha Beijos e gratidão! Andreia” Miga, usei tênis de trilha pra fazer trilha mesmo, no Atacama. Fora isso, não fica legal não. Selecionei alguns looks confortáveis e arrumadinhos para bater perna e turistar bem digna. Vem ver, tem MUITA COISA LINDA! Tênis + jeans + camisa = trio infalível! Se a camisa for branca, jeans ou listrada, fica a coisa mais linda de se ver. Fotografa bem e não estraga seu algum de fotos! Repare que em ambos looks, a bolsa é caramelo! Vestido listrado + jaqueta/maxi cardigã + tênis = Mais um combinação LINDAAAAA. “Ah mas vestido listrado engorda”, não se colocar um casaco “delimitando” as laterais ou uma jaqueta amarrada para disfarçar a barriguinha. Chiqueza a jato: calça preta com listra lateral. Aquele esporte bem de rycah! Com blusa preta ou branca fica lindo. Com vestido “camiseta”! Pode ser listrado, preto, off white, até estampado, se for de bom gosto, claro. Estampa é campeã em destruir looks nas fotos. Fica datado, caricato, por isso é sempre bom ir no clássico e neutro. AMO isso! Jeans boyfriend, tênis Adidas e camiseta de malha com blazer ou cardigã. Muito rycoh! Jaqueta jeans é item imprescindível numa mala de viagem. Compõe look e mesmo em climas quentes, dá para usar a noite ou ainda amarrada na cintura para fazer um estilo. Gosto demais. Quer parecer a dona da poha toda??? Monta um look monocromático em tons claros (rosê, off white, cinza) e tênis branco. SEM ERRO! Como falei acima, looks monocromáticos são sempre um alívio para os olhos além de muito elegantes! Calça pantacourt também é bem boa para viajar. Fresquinha, confortável e ainda por cima estilosa. Com camiseta listrada fica show! Pode ser preta, off white, colorida ou listrada. Estampada não tá? A maioria dos tênis que mostrei acima são os street da Adidas, tanto o Stan Smith quanto o Superstar. Para quem quer mais conforto, pode optar por tênis tipo New Balance, mais macios porém lembrem-se de sempre escolher em tons neutros, se for claro melhor ainda, mais fácil de combinar! Looks lindos né Andreia? E não só para viajar, mas para a vida!

    Leia Mais

  • Onde Comprar – Bota Meia!

    Serviço completo. Onde comprar a bota meia do post passado? 01 – Paula Torres R$ 694 LINK 02 – Jimmy Choo R$ 3094 LINK 03 – Dolce & Gabbana R$ 2752 LINK 03 – Luiza Barcelos R$ 399 LINK 05 – Oscar Tiye R$ 1342 LINK 06 – Schutz R$ 390 LINK 07 – Paula Torres R$ 698 LINK 08 – Vicenza R$ 394 LINK 09 – Sam Edelman R$ 456 LINK 10 – Balenciaga R$ 3876 LINK 11 – Le Lis Blanc R$ 799 LINK 12 – Paula Torres R$ 698 LINK 13 – Tricot BeBeCe R$ 199 LINK 14 – C&A R$ 159,90 LINK 15 – C&A R$ 159,90 LINK 16 – Jorge Bischoff na Zattini R$ 349 LINK 17 – Via Marte na Renner R$ 159 LINK 18 – Riachuelo R$ 159 LINK 19 – Riachuelo (achei mara essa) R$ 139 LINK 20 – Vizzano R$ 199 LINK   E aí? Qual delas? Ou nenhuma delas???

    Leia Mais


TODOS OS BLOGS