O RESORT 2018 DA PRADA

Está aberta a temporada de desfiles Cruise no hemisfério norte. A Chanel já fez uma apresentação encantadora na semana passada em Paris e, neste último domingo, foi a vez da Prada entrar para o calendário oficial pela primeira vez. E, para o seu debut, Miuccia Prada não poupou suspiros! Se é para impressionar, ela surpreende! Desta vez, ela escolheu o Osservatorio Fondazione Prada, que fica localizado no topo da Galleria Vittorio Emanuelle II (aquela galeria próxima à Catedral Duomo), como o seu cenário. Vi diversos fashionistas publicando fotos lindas no Instagram, de diversos ângulos, e o lugar é incrível.

Na passarela, a estilista manteve a sua linha de criação focada na força da mulher. Acho maravilhosa a forma como ela traz, a cada estação, uma faceta da power woman. Agora, são modelos que tiveram, da beleza à roupa, referência no universo do pugilismo. Os meiões, as tranças nos cabelos e peças esportivas deram o recado. No contraste, ferramenta preferida de Miuccia, a delicadeza das transparências, o romantismo nos bordados e os shapes acinturados. A cartela também teve encontro do candy color com os neutros, como cinza, preto e branco. Um dos acessórios que chamou a minha atenção foi a tiara com aplicação de uma longa pena, que lembra as versões usadas pelas melindrosas na década de 20 – que, é bom lembrar, que foi o período em que as mulheres ficaram “livres” dos espartilhos. Volta e meia, Miuccia coloca algum detalhe da década.

 

LEIA MAIS:



ANTERIOR / PRÓXIMO